Santa Casa daSanta Casa da
Misericórdia de CascaisMisericórdia de Cascais
CENTRO DECENTRO DE
ALOJAMENTOALOJAMENTO
TEMPORÁR...
História
A casa
Encontra-se localizada na Quinta de
Santo António de Tercena, Rua
Comendador Alvaro Vilela, nº 23
2730 – 051 Barcar...
Constituída por:Constituída por:
Missão e Valores
Equipa
A equipa de trabalho é constituída por 32 elementos, divididos por três
turnos, e conta com o apoio semanal de uma ...
O objectivo é comum!O objectivo é comum!
Pretendemos:
Crianças e jovens em risco
Problemática do Acolhimento
Plano de Intervenção
•um correcto diagnóstico da situação de cada criança;
• a elaboração de um plano individual de interv...
Articulação com a
Comunidade
Voluntariado
O voluntariado, quer na sua vertente de apoio individualizado ao
estudo, quer no enquadramento de diversas ac...
Voluntariado
Voluntariado
Comemoração Anual do
Dia do Voluntário
Responsabilidade Social
O espaço físico tem vindo a ser progressivamente melhorado através de
acções de mecenato e de resp...
Famílias Amigas
Parceria com o Nucleo de
Intervenção Familiar
Parceria com o Nucleo de
Intervenção Familiar
Resultados da
intervenção
desde 2004•O acolhimento das crianças e jovensO acolhimento das crianças e jovens
permite o afas...
Resultados da intervenção
Autonomização
Resultados da intervenção
Resultados da intervenção
Resultados da intervenção
Resultados da intervenção
Projecto Famílias Amigas
ResultadosResultados
Acolhimento em FamíliaAcolhimento em Família
Projecto Famílias Amigas
ResultadosResultados
Projecto Famílias Amigas
Este projecto permite que as crianças/jovens institucionalizados criem
vínculos estáveis e perman...
Acreditamos que esta missão…
É uma longa caminhadaÉ uma longa caminhada
feita de pequenos passos,feita de pequenos passos,...
Obrigada!
Obrigada!
Apresentação set 2015
Apresentação set 2015
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação set 2015

187 visualizações

Publicada em

Apresentação CATercena

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
187
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação set 2015

  1. 1. Santa Casa daSanta Casa da Misericórdia de CascaisMisericórdia de Cascais CENTRO DECENTRO DE ALOJAMENTOALOJAMENTO TEMPORÁRIOTEMPORÁRIO DE TERCENADE TERCENA
  2. 2. História
  3. 3. A casa Encontra-se localizada na Quinta de Santo António de Tercena, Rua Comendador Alvaro Vilela, nº 23 2730 – 051 Barcarena
  4. 4. Constituída por:Constituída por:
  5. 5. Missão e Valores
  6. 6. Equipa A equipa de trabalho é constituída por 32 elementos, divididos por três turnos, e conta com o apoio semanal de uma médica pediatra e terapeuta familiar.
  7. 7. O objectivo é comum!O objectivo é comum!
  8. 8. Pretendemos:
  9. 9. Crianças e jovens em risco
  10. 10. Problemática do Acolhimento
  11. 11. Plano de Intervenção •um correcto diagnóstico da situação de cada criança; • a elaboração de um plano individual de intervenção; •a definição atempada de um projecto de vida; •a articulação com as famílias, •a sinalização e o encaminhamento para a adopção; •a preparação para a autonomia de vida; • o estabelecimento de um plano individual de educação e formação; •o apoio a crianças com necessidades educativas especiais •o planeamento, gestão e avaliação das actividades curriculares, desportivas e de tempos livres, formativas e de rotina diária; •a prestação de cuidados de saúde; •a dinamização de projectos de voluntariado; •a capacidade de captação de apoio da sociedade civil. Pressupõe:
  12. 12. Articulação com a Comunidade
  13. 13. Voluntariado O voluntariado, quer na sua vertente de apoio individualizado ao estudo, quer no enquadramento de diversas actividades lúdicas, desportivas e culturais constitui uma mais valia e um valioso contributo da sociedade civil, para o sucesso da nossa intervenção. Actualmente:Actualmente:
  14. 14. Voluntariado
  15. 15. Voluntariado
  16. 16. Comemoração Anual do Dia do Voluntário
  17. 17. Responsabilidade Social O espaço físico tem vindo a ser progressivamente melhorado através de acções de mecenato e de responsabilidade social de várias empresas que o vão tornando mais acolhedor e confortável. São também realizadas acções que promovem actividades diversas junto das crianças.
  18. 18. Famílias Amigas
  19. 19. Parceria com o Nucleo de Intervenção Familiar
  20. 20. Parceria com o Nucleo de Intervenção Familiar
  21. 21. Resultados da intervenção desde 2004•O acolhimento das crianças e jovensO acolhimento das crianças e jovens permite o afastamento das situações depermite o afastamento das situações de perigo a que estiveram expostos.perigo a que estiveram expostos. • O tempo de permanência no CATT é oO tempo de permanência no CATT é o necessário até que seja definido umnecessário até que seja definido um projecto de vida condigno, tendo emprojecto de vida condigno, tendo em vista :vista :
  22. 22. Resultados da intervenção Autonomização
  23. 23. Resultados da intervenção
  24. 24. Resultados da intervenção
  25. 25. Resultados da intervenção
  26. 26. Resultados da intervenção
  27. 27. Projecto Famílias Amigas ResultadosResultados Acolhimento em FamíliaAcolhimento em Família
  28. 28. Projecto Famílias Amigas ResultadosResultados
  29. 29. Projecto Famílias Amigas Este projecto permite que as crianças/jovens institucionalizados criem vínculos estáveis e permanentes para que, no seu projecto individual possam construir a sua família.
  30. 30. Acreditamos que esta missão… É uma longa caminhadaÉ uma longa caminhada feita de pequenos passos,feita de pequenos passos, no sentido de concretização dos sonhos das crianças e jovensno sentido de concretização dos sonhos das crianças e jovens que acolhemos.que acolhemos. O sucesso desta caminhada depende tambémO sucesso desta caminhada depende também do contributo que o comum dos cidadãos quiser e puder dar.do contributo que o comum dos cidadãos quiser e puder dar. Afinal,Afinal, este é um projecto de todos nós,este é um projecto de todos nós, enquanto sociedade responsável e solidária.enquanto sociedade responsável e solidária.
  31. 31. Obrigada! Obrigada!

×