Factores AbióTicos Temperatura

6.043 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.043
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.574
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
222
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Factores AbióTicos Temperatura

  1. 1. Factores Abióticos Temperatura
  2. 2. Temperatura <ul><li>Factor de grande importância para os seres vivos </li></ul><ul><ul><li>Período de actividade </li></ul></ul><ul><ul><li>Características morfológicas </li></ul></ul><ul><ul><li>Comportamento </li></ul></ul>Influencia
  3. 3. Temperatura e actividade dos seres vivos A vida só é possível dentro de certos limites de temperatura, que variam de espécie para espécie.
  4. 4. Temperatura e actividade dos seres vivos <ul><li>Seres estenotérmicas </li></ul><ul><li>Espécies que sobrevivem entre estreitos limites </li></ul><ul><li>de temperatura (pequena amplitude térmica) </li></ul><ul><li>Ex: Lagartixa </li></ul><ul><li>Seres euritérmicos </li></ul><ul><li>Espécies que resistem a grandes variações </li></ul><ul><li>de temperatura (grande amplitude térmica) </li></ul><ul><li>Ex: Lobo, homem </li></ul>euritérmica estenotérmica Temperatura
  5. 5. Temperatura e actividade dos seres vivos <ul><li>De acordo com a temperatura corporal: </li></ul><ul><li>Heterotérmicos </li></ul><ul><ul><li>Temperatura corporal varia com a temperatura ambiente </li></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Ex: crocodilo, reptéis, anfíbios </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><li>Homeotérmicos </li></ul><ul><ul><li>Têm temperatura corporal constante </li></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Ex: aves e mamíferos </li></ul></ul></ul></ul></ul>
  6. 6. Temperatura e o comportamento dos seres vivos <ul><li>Comportamento dos seres vivos: </li></ul><ul><li>Migram </li></ul><ul><ul><li>Os flamingos </li></ul></ul><ul><ul><li>Cegonha negra </li></ul></ul><ul><ul><li>Andorinhas </li></ul></ul><ul><li>Reduzem as suas actividades vitais para valores mínimos, ficando num estado de vida latente </li></ul><ul><ul><li>Hibernam – Se ocorrer na estação fria </li></ul></ul><ul><ul><li>Estivam - Se ocorrer na estação quente </li></ul></ul><ul><li>Abrigam-se durante parte do dia </li></ul>
  7. 7. Temperatura e as características morfológicas dos seres vivos <ul><li>Adaptações que permitem aos animais resistir às condições de temperatura: </li></ul><ul><li>Quantidade de gordura </li></ul><ul><li>Tamanho e densidade dos pêlos </li></ul><ul><li>Tamanho das orelhas e focinho </li></ul><ul><li>Alteração de aspecto nas plantas </li></ul><ul><ul><ul><li>Algumas árvores perdem a folhagem na estação desfavorável </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Ex.: Freixos e carvalhos </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Algumas plantas perdem o caule e até a raíz – sobrevivem sob a forma de sementes, bolbos </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Ex: Papoila, lírios </li></ul></ul></ul></ul></ul>
  8. 8. Temperatura e as características morfológicas dos seres vivos <ul><li>Regiões frias </li></ul><ul><li>Pêlos mais densos e compridos (ex: raposas e urso polar) </li></ul><ul><li>Grande teor de gordura (ex:pinguins, focas) </li></ul><ul><li>Extremidades mais curtas (focinho, orelhas) </li></ul><ul><li>Estas características fazem com que as perdas de calor sejam mínimas, permitindo assim a sobrevivência. </li></ul>
  9. 9. Temperatura e as características morfológicas dos seres vivos <ul><li>Regiões quentes </li></ul><ul><li>Pêlos menos densos e mais curtos </li></ul><ul><li>Folhas reduzidas a espinhos (ex: cactos) </li></ul><ul><li>Pele impermeável (ex: cascavel) </li></ul><ul><li>Estas características impedem as perdas de água para o meio e evitam o sobreaquecimento. </li></ul>

×