Fatores abioticos

2.568 visualizações

Publicada em

Ciências Naturais - 8º ano

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Fatores abioticos

  1. 1. Fatores Abióticos
  2. 2. Factores abióticos• Características do ambiente físico-químico que influenciam os seres vivos: – Luz – Temperatura – Humidade Factores climáticos – Tipo de solo Factores edáficos Influenciam – O crescimento – A morfologia – A reprodução – A actividade
  3. 3. Temperatura• Factor de grande importância para os seres vivos Influencia – Período de actividade – Características morfológicas – Comportamento
  4. 4. Temperatura e actividade dos seres vivos To To To
  5. 5. Temperatura e actividade dos seres vivos• Seres estenotérmicosEspécies que sobrevivem entre estreitos limitesde temperatura (pequena amplitude térmica) estenotérmica Ex: Lagartixa• Seres euritérmicosEspécies que resistem a grandes variações euritérmicade temperatura (grande amplitude térmica) Ex: Lobo, homem Temperatura
  6. 6. Temperatura e actividade dos seres vivosDe acordo com a temperatura corporal:• Poiquilotérmicos – Temperatura corporal varia com a temperatura ambiente » Ex: crocodilo, reptéis, anfíbios• Homeotérmicos – Têm temperatura corporal constante » Ex: aves e mamiferos
  7. 7. Temperatura e o comportamento dos seres vivos Comportamento dos seres vivos: • Migram – Os flamingos – Cegonha negra – Andorinhas • Reduzem as suas actividades vitais para valores mínimos, ficando num estado de vida latente – Hibernam – Se ocorrer na estação fria ex.: ouriço-cacheiro; marmota; reptéis – Estivam - Se ocorrer na estação quente Ex.: crocodilo; caracóis • Abrigam-se durante parte do dia
  8. 8. Temperatura e as características morfológicas dos seres vivosAdaptações que permitem aos animais resistir às condições de temperatura:• Quantidade de gordura• Tamanho e densidade dos pêlos• Tamanho das orelhas e focinho• Alteração de aspecto nas plantas. • Algumas árvores perdem a folhagem na estação desfavorável » Ex.: Freixos e carvalhos • Algumas plantas perdem o caule e até a raíz – sobrevivem sob a forma de sementes, bolbos Ex: Papoila, lírios
  9. 9. Temperatura e as características morfológicas dos seres vivos• Regiões frias• Pêlos mais densos e compridos – raposas e urso polar• Grande teor de gordura - pinguins• Extremidades mais curtas (focinho, orelhas) Estas características fazem com que a perda de calor seja mínima, permitindo assim a sobrevivência.
  10. 10. Temperatura e as características morfológicas dos seres vivos• Regiões quentes• Pêlos menos densos e mais curtos• Menos gordura• Maior superfície corporal em contacto com o exterior Estas características facilitam a perda de calor para o meio e evitam o sobreaquecimento.
  11. 11. Fatores abióticosLuz
  12. 12. Luminosidade• Varia com: –Altitude –Latitude –Exposição do relevo –Cobertura vegetal –Estações do ano –Horas do dia
  13. 13. A Luz e o Comportamento dos Seres Vivos• A luz influencia principalmente: – Período de actividade – Comportamento – Distribuiçao geográfica• Fotoperíodo – período de luz em cada 24 horas do dia• Os animais e as plantas apresentam fotoperiodismo, isto é, capacidade de reagir à duração da luminosidade diária a que estão submetidos.
  14. 14. Luz e as plantas• As plantas são as mais afectadas pela variação da luminosidade, pois na ausência de luz não se desenvolvem.• A luz é indispensável para a realização da fotossíntese.
  15. 15. Luz e o habitat das plantas• As plantas terrestres não necessitam de igual quantidade de luz para se desenvolverem – Heliófilas ou “plantas de sol”- desenvolvem-se em locais bem iluminados Ex: girassol, carvalhos – Umbrófilas ou “plantas de sombra” – preferem locais com menor luminosidade Ex: fetos, avencas, musgos
  16. 16. Luz e floração das plantas• De acordo com a floração temos: – Plantas de dia longo • centeio, ervilheira, milho – Plantas de dia curto • macieira, crisântemos, morangueiro – Plantas indiferentes • cravo, sardinheira, malmequeres
  17. 17. Influência da luz sobre os animais• Manifesta-se essencialmente no comportamento, actividade e reprodução.• Quanto à actividade: – Diurnos, se a sua actividade ocorre mais durante o dia; – Nocturnos, se estão mais activos durante a noite
  18. 18. Influência da luz sobre os animais• Quanto ao habitat: – Lucífilos, se procuram locais bem iluminados • Ex: borboletas, cobras, insectos – Lucífugos, se fogem à luz, • Ex: morcego, minhocas, toupeiras
  19. 19. Influência da luz sobre os animais• Mudança de pelagem: – Lebre-do-ártico tem pelagem castanha no Verão e branca no Inverno• Migrações: – Andorinhas passam o Inverno no pólo sul• Hibernação• Reprodução: – Trutas desovam no mês de Novembro

×