Discurso de Tomada de Posse do Presidente da Direção da FNEEC

1.508 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.508
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Discurso de Tomada de Posse do Presidente da Direção da FNEEC

  1. 1. Cerimónia de Tomada de Posse dos Órgãos Sociais da FNEECDiscurso do Presidente da Direção da FNEEC André Cavadinha Magalhães Lisboa, 18 de Fevereiro de 2012 Auditório da Sede da Ordem dos Engenheiros
  2. 2. Muito boa tarde.Em nome da Federação Nacional de Estudantes de Engenharia Civil queroagradecer a V. presença e cumprimentar:O Exmo. Presidente do Conselho Diretivo da Região Centro da Ordem dosEngenheiros, Eng. Octávio Alexandrino, em representação do Exmo.Bastonário da Ordem dos Engenheiros, Eng. Carlos Matias Ramos, queteve a amabilidade de nos receberO Exmo. Presidente da Mesa de Assembleia Geral da Federação Nacionalde Estudantes de Engenharia CivilTiago Sá CarneiroO Exmo. Presidente da Comissão Executiva do 1.º Congresso Ibérico deJovens EngenheirosEng. Bento AiresEm representação do Conselho Diretivo da Região Sul da Ordem dosEngenheirosA Exma. Eng. Maria Filomena FerreiraEm representação do Colégio Regional de Engenharia Civil da Região Sulda Ordem dos EngenheirosO Exmo. Eng. José Paulo CruzO Exmo. Diretor de Instituto Superior de Engenharia da Universidade doAlgarveEng. Ilídio MestreO Exmo. Diretor do Departamento Engenharia Civil da Universidade deAveiroProf. Dr. Paulo CachimO Exmo. Coordenador do Curso de Mestrado Integrado em EngenhariaCivil do Instituto Superior Técnico da Universidade Técnica de LisboaProf. Dr. Jaime Alberto dos SantosA Exma. Diretora do Curso de Mestrado em Engenharia Civil daUniversidade de Trás-os-Montes e Alto DouroProf.ª Dr.ª Anabela Paiva 1/6
  3. 3. A Exma. Presidente da Associação de Estudantes de Engenharia Civil daUniversidade do Minho (AEECUM)Tânia FortesO Exmo. Presidente do Fórum Civil - Associação de Estudantes doMestrado Integrado em Engenharia Civil do Instituto Superior Técnico daUniversidade Técnica de LisboaFrancisco CeiaO Exmo. Presidente do IACES - Porto (International Association of CivilEngineering Students - Local Committe Porto) da Universidade do PortoSérgio PereiraO Exmo. Presidente do Núcleo de Estudantes de Engenharia Civil daAssociação Académica da Universidade de Aveiro (NEBEC-AAUAv)Tiago CarvalhoO Exmo. Presidente do Núcleo de Estudantes de Engenharia Civil daAssociação Académica de Coimbra (NEEC / AAC)Vasco QueirósO Exmo. Presidente do Núcleo de Estudantes de Engenharia Civil daUniversidade da Beira Interior (NECUBI)Jorge RodriguesA Exma. Presidente do Núcleo de Estudantes de Engenharia Civil daUniversidade de Évora (NEECUE)Inês FigueiredoEm meu nome, a Direção do Núcleo de Estudantes de Engenharia Civil daUniversidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (NEC-UTAD)O Exmo. Presidente do Núcleo de Estudantes de Engenharia Civil daUniversidade do Algarve (NEEC-UAlg)Bruno AbreuO Exmo. Presidente do Núcleo de Estudantes de Engenharia Civil daUniversidade Lusófona (NECULHT)Carlos Oliveira 2/6
  4. 4. O Exmo. Membro estudante da Comissão Pedagógica do MestradoIntegrado em Engenharia Civil da Universidade Nova de Lisboa (UNL)Rui RibeiroO Exmo. Membro estudante da Coordenação de Curso de Engenharia Civildo Instituto Superior de Engenharia Civil do Instituto Politécnico de Lisboa(ISEL-IPL)Pedro SabidoCaros Docentes, colegas e convidados,Uma palavra de agradecimento a todos os elementos da FNEEC quecessam hoje funções, em especial aos nossos companheiros Tiago SáCarneiro, Miguel Fernandes, João Oliveira, Carlos Poêjo e Paulo Ferreira,cujo trabalho desenvolvido ao longo do mandato, permitiu, entre outrasmetas atingidas, reunirmo-nos hoje neste auditório a convite do Exmo.Bastonário da OE em Assembleia Geral representada por todos os núcleose associações pertencentes à FNEEC para a tomada de posse dos novosÓrgãos Sociais para o mandato de 2012.Quero agradecer também o apoio dado à FNEEC pelo Prof. Dr. Luís Ramos,docente da UTAD, de modo a atingirmos os objectivos que vêm sendotraçados ao longo dos últimos anos.Chegou o momento de felicitar os elementos que compõem a nova equipada Federação Nacional de Estudantes de Engenharia Civil. Espero quepossamos realizar um excelente trabalho no exercício deste mandato.Enquanto representantes dos Estudantes de Engenharia Civil, preocupa-nos a situação actual do país. Portugal enfrenta uma profunda criseeconómica e financeira.As empresas estão estranguladas e não conseguem obter financiamentoem Portugal e no estrangeiro.O sector da construção passa por enormes dificuldades e é um dos maisafectados a nível nacional. Nos últimos anos, várias empresas fecharam e 3/6
  5. 5. milhares de trabalhadores, entre os quais diversos quadros intermédios esuperiores, ficaram sem emprego.Segundo o Instituto Nacional de Estatística, no final de 2011 odesemprego atingiu quase os 14%, traduzindo-se em mais de 770 mildesempregados dos quais 35% correspondem ao desemprego jovem.A emigração é cada vez mais sentida entre os jovens que insistentementenão conseguem arranjar trabalho no nosso País e se vêm forçados a partirpara países ávidos de jovens qualificados.Há pouco mais de duas semanas, a União Europeia tomou a decisão dedirecionar fundos estruturais não utilizados pelos países da União paraincentivar a contratação de jovens por parte das empresas. Face a estefacto, o governo português deve concretizar sem demoras um planoestratégico para aplicação destes fundos.As famílias portuguesas estão mais pobres e sem possibilidades de pagaras suas dívidas. Nos últimos meses temos assistido a um aumento doabandono de estudantes do ensino superior. Segundo o jornal O Público, aredução do número de bolsas já afectou mais de três milhares deestudantes que acabaram por cancelar as inscrições nas universidadesdesde o início do ano lectivo. Exige-se uma resposta ao Ministério daEducação e Ciência de forma a combater esta tendência alarmante.A situação do país é grave e deteriora-se cada vez mais.Nos últimos anos temos assistido a sucessivos cortes de financiamento noEnsino Superior que se têm traduzido numa redução muito significativados Orçamentos das Instituições de Ensino e que em alguns casosrepresentaram a perda de mais de 1/4 das verbas disponíveis no passado.É premente uma correcta gestão financeira e de recursos para fazer face aestes cortes.Optimizar instalações como salas de aula, bibliotecas e laboratórios, bemcomo adquirir novos equipamentos e garantir a manutenção dosexistentes, torna-se uma tarefa deveras difícil. Porém, nem todas asInstituições de Ensino se ressentem da mesma forma, estando as de 4/6
  6. 6. menor dimensão mais expostas a essas circunstâncias, não possuindo osinstrumentos necessários para fazer face às dificuldades impostas. Énecessário criar condições para um financiamento maior às Instituiçõesmais afectadas, pois aquelas quem têm muitos alunos e grande ligação aotecido empresarial, conseguem ainda assim manter o funcionamento dassuas estruturas a um nível aceitável.As Instituições têm cada vez mais impedimentos na contratação de novosdocentes e para garantir um ensino de excelência e rigor é necessário umbom corpo docente e ter disponíveis bons meios. Só assim poderá o paísestar à altura dos desafios do futuro formando quadros e esforçando-sepor uma maior e melhor empregabilidade dos recém-licenciados.Enquanto representantes da FNEEC, preconizamos uma aposta naformação contínua nas diversas áreas que englobam a engenharia civil deacordo com o rumo profissional seguido por cada um, valorizando acimade tudo o mérito e contribuindo para o aumento da produtividade ecompetitividade da economia do nosso país.É necessário estabelecer uma ligação estreita com as empresas de forma acriar sinergias benéficas para os estudantes que representamos.Pretendemos desenvolver um trabalho digno, com actividades de cariznacional, de interesse para os estudantes. Desta forma, daremos aconhecer ainda mais a Federação.Reconhecemos a Ordem dos Engenheiros, como uma Instituição capaz denos ajudar na prossecução de tais objectivos. Juntos poderemos fazerchegar a nossa mensagem a mais estudantes que se tornarão nosprofissionais de amanhã. Encaramos positivamente esse passo.Pretendemos divulgar as vantagens dos estudantes de engenharia civil emse tornarem membros estudantes da OE e da importância dessa ligaçãopara a sua carreira profissional. Incentivando a participação destes nasiniciativas promovidas pela Ordem, em condições muito vantajosas, taiscomo actividades técnico-profissionais, acções de formação entre outras,bem como a relevante prestação de serviço de apoio à realização deEstágios após a conclusão da licenciatura ou mestrado, descontos empublicações da OE e a disponibilização gratuita da Revista da Ordem dosEngenheiros. 5/6
  7. 7. Desde a realização do I ENEEC, Encontro Nacional de Estudantes deEngenharia Civil, a OE fez questão de estar representada, pelo que é comtodo o gosto que a Federação e a Direção da Associação de Estudantes deEngenharia Civil da Universidade do Minho, endereçam em conjunto umconvite ao Exmo. Bastonário para estar presente no VIII ENEEC a realizar-se em Guimarães, de 26 a 28 de Abril deste ano.Gostaríamos de propor a criação de um Concurso Nacional, envolvendo aFNEEC, a Ordem dos Engenheiros e uma Empresa a convidar, para premiarum aluno que desenvolva uma dissertação de mestrado ou projecto sobreum determinado tema proposto e cujo júri seja formado por membros doColégio de Engenharia Civil. A seu tempo, pretendemos aprofundar esta eoutras parcerias com a OE.Falando da relação com os seus associados, a Direção da FNEECdisponibiliza-se para apoiar e desenvolver mais actividades em conjuntocom as Associações e Núcleos, como a realização de palestras e jornadasde Engenharia Civil. Desta interligação e diálogo contínuos resultarãosinergias que fortalecerão a nossa Federação.Queremos promover a integração de novos Núcleos de Estudantes deEngenharia Civil de outras Instituições no seio da Federação garantindouma maior representatividade a nível nacional.Para a divulgação das nossas actividades já começámos a apostar nasredes sociais como o facebook e iremos lançar brevemente o site daFederação.Com estes desígnios, procuraremos obter um reconhecimento e apoio porparte da OE e de entidades privadas que acreditem e apostem nesteprojecto que agora tem início.Para finalizar, comemoramos este ano, 8 anos de existência, 8 anos cheiosde percalços e dificuldades, mas também feitos de inúmeros objectivosalcançados que nos devem orgulhar. A nossa identidade continuará aobservar-se na defesa frontal e corajosa do interesse dos nossosestudantes.Hoje é de facto um dia de grande importância para todos nós.Muito obrigado. 6/6

×