ARTES DA FIBRAProfa. Patrícia de Paula
Polo Jaboticatubas      Grupo     Micheli   Maria José   Alexsandra Wanderson Lima      Helen
Podemos definir Arte da Fibra o resultado plástico dapesquisa do artista       utilizando manualmente demateriais têxteis,...
Como         linguagem artística, a     tapeçaria teve grandeexpressão no Brasil entre as décadas de 50 e 70. A elitebrasi...
GENARO DE CARVALHOSimone Trindade Vicente da Silva (2011)em seu artigo nomeado GENARO DECARVALHO: O ARTISTA TAPECEIROfaz c...
Aos 23 anos ganha uma bolsa de estudos do governo francês, eestuda com André Lhote na Escola Superior de Belas Artes. Gena...
Figura 2– Painel Festas Regionais. Pintura mural a têmpera.    Genaro de Carvalho. Salvador, 1950. Hotel da Bahia
Durante a década de 50 e 60 expôs em diversas capitaisbrasileiras, além de muitas cidades exterior realizando conferencias...
Vamos conhecer um pouco mais sobre as obras do artista assistindoeste vídeo.
ReferênciasPLUGCULTURA. Exposição no Museu de Arte da Bahia homenageia Genaro de Carvalho .disponível  em   <http://www.yo...
Apresentação grupo 1    arte da fibra
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação grupo 1 arte da fibra

660 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
660
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação grupo 1 arte da fibra

  1. 1. ARTES DA FIBRAProfa. Patrícia de Paula
  2. 2. Polo Jaboticatubas Grupo Micheli Maria José Alexsandra Wanderson Lima Helen
  3. 3. Podemos definir Arte da Fibra o resultado plástico dapesquisa do artista utilizando manualmente demateriais têxteis, para isto o artista utiliza de técnicastêxteis nas mais variadas formas, com qualquer tipode superfície, e com muitos tipos de materiais têxteise outros não têxteis resultando na mistura de técnicastradicionais e outras inventadas e produzidas por umartista plástico.
  4. 4. Como linguagem artística, a tapeçaria teve grandeexpressão no Brasil entre as décadas de 50 e 70. A elitebrasileira sofria grande influencia da culturaEuropeia, principalmente da cultura francesa, JeanLurçat, um dos mais importantes tapeceiros modernos daFrança tinha seus trabalhos em muitas casas paulistanas ecariocas, Lurcat foi responsável por renovar as técnicas eretirar a tapeçaria do âmbito puramente decorativo e foi semduvida grande referência de tapeceiros brasileiros, emdestaque Genaro de Carvalho.
  5. 5. GENARO DE CARVALHOSimone Trindade Vicente da Silva (2011)em seu artigo nomeado GENARO DECARVALHO: O ARTISTA TAPECEIROfaz considerações sobre o artista Genarode Carvalho, desde a sua juventude e apaixão pelos pincéis e posteriormentesua transição para a arte da tapeçaria. Eé a partir da descrição das autoras quevamos conhecer um pouco desteimportante artista.Genaro de carvalho nasceu em Salvador(BA) no ano de 1926 - Salvador-BA, 02/01/1971) Incentivado pelopai, pintor autodidata, Genarofamiliarizou-se cedo com o mundo dastelas, aos 18 anos iniciou seus estudosna na Sociedade Brasileira de BelasArtes. Imagem 1 - GENARO DE CARVALHO
  6. 6. Aos 23 anos ganha uma bolsa de estudos do governo francês, eestuda com André Lhote na Escola Superior de Belas Artes. Genarochegou a participar de diversos salões de artes plásticas na capitalfrancesa e foi neste período que teve contato com a tapeçaria mural ecomeça a se interessar e pesquisar esta técnica, resultando no seuprimeiro trabalho intitulado, Plantas Tropicais.Ao retornar ao Brasil, Genaro organiza o primeiro ateliê de tapeçariado país, aos 24 anos é convidado a realizar um mural no Hotel daBahia, com 200 metros quadrados, sobre as festas populares doestado, chamado Festas Regionais, é sua obra mais conhecida.
  7. 7. Figura 2– Painel Festas Regionais. Pintura mural a têmpera. Genaro de Carvalho. Salvador, 1950. Hotel da Bahia
  8. 8. Durante a década de 50 e 60 expôs em diversas capitaisbrasileiras, além de muitas cidades exterior realizando conferencias eexposições. Em 64, recebe em seu ateliê a visita de JeanLurçat, tapeceiro francês, que o convida a participar da 2a. BienalInternacional de Tapeçaria, na Suíça, no ano seguinte. Faleceu no anode 1971 em salvador - BAApesar de ter iniciado sua carreira como pintor, Genaro de Carvalhoé considerado o pioneiro da tapeçaria moderna no Brasil - usadacomo meio de expressão para sua pintura e desenho..
  9. 9. Vamos conhecer um pouco mais sobre as obras do artista assistindoeste vídeo.
  10. 10. ReferênciasPLUGCULTURA. Exposição no Museu de Arte da Bahia homenageia Genaro de Carvalho .disponível em <http://www.youtube.com/watch?v=bWRLMEkTXF0> acessado em08/04/2013.Imagem1 <http://www.culturabaiana.com.br/wp-content/uploads/2010/12/Genaro_desenho.jpg>acessado em 08/04/2013.Imagem2<http://3.bp.blogspot.com/_SJn0lNXU8fo/SIYDaQyN9UI/AAAAAAAAAEY/qrvCMQykAhU/s320/img013.jpg>acessado em 08/04/2013.GONÇALVES. Cassandra de Castro Assis et ALVARADO. Daisy V. M. Peccinini de. Genaro deCarvalho. Disponível em<http://www.mac.usp.br/mac/templates/projetos/seculoxx/modulo2/modernidade/espraiamento/bahia/genaro/index.html> acessado em 08/04/2013.SILVA. Simone Trindade Vicente da. GENARO DE CARVALHO: O ARTISTA TAPECEIRO Disponívelem<https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/1734/1/Genaro_de_Carvalho_O_Artista_Tapeceiro_SimoneTrindade.pdf> acessado em 08/04/2013.

×