SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 22
funções 
da arte 
HISTÓRIA DA ARTE 
Aula 1 
Prof. Lila Donato
1. PORQUÊ ESTUDAR HISTÓRIA DA ARTE? 
“Nós estudamos História da Arte porque ela nos ensina 
sobre as nossas expressões criativas e aquelas dos 
nossos antepassados.” 
HISTÓRIA DA ARTE 
Aula 1 
Prof. Lila Donato 
(ADAMS, Laurie Schneider. A history of western art. 5th 
edition. 
NY: McGraw Hill, 2011.) 
PINTURA 
bidimensional 
- pinturas 
- mosaicos 
- vitrais 
- tapeçarias 
- impressões 
- fotografia 
ESCULTURA 
tridimensional 
- pedra 
- metal 
- madeira 
- barro 
(vidro, plástico, 
arame, recicláveis, 
etc) 
ARQUITETURA 
tridimensional 
- incorporam 
pinturas, 
esculturas e 
outras formas de 
arte
1. PORQUÊ ESTUDAR HISTÓRIA DA ARTE? 
“Um forte motivo para a produção da arte é o desejo de 
deixar, após a morte, alguma coisa de valor que perpetue 
a memória de quem fomos.” 
HISTÓRIA DA ARTE 
Aula 1 
Prof. Lila Donato 
(ADAMS, Laurie Schneider. A history of western art. 5th 
edition. 
NY: McGraw Hill, 2011.) 
Uma obra de arte prolonga 
simbólicamente a existência 
do seu idealizador.
1. PORQUÊ ESTUDAR HISTÓRIA DA ARTE? 
“Uma pintura faz com 
que pessoas 
ausentes estejam 
presentes, e que os 
mortos pareçam estar 
HISTÓRIA DA ARTE 
Aula 1 
Prof. Lila Donato 
vivos.” 
Leon Battista Alberti 
Leon Battista Alberti
1. PORQUÊ ESTUDAR HISTÓRIA DA ARTE? 
“Eu pinto para 
preservar a 
imagem dos 
homens após a 
sua morte.” 
Albrecht Dürer 
HISTÓRIA DA ARTE 
Aula 1 
Prof. Lila Donato 
Albrecht Dürer. Autoretrato. 1498
1. PORQUÊ ESTUDAR HISTÓRIA DA ARTE? 
• pirâmides do Egito – garantir a existência do faraó após a sua 
morte 
• Roma Antiga – bustos e estátuas dos imperadores e 
governadores 
• Idade Média – afrescos, mosaicos e vitrais nas igrejas 
• Renascimento – igrejas e edifícios públicos rica e 
exuberantemente decorados 
• no séc. XVII, Luís XIV, rei da França mandou construir o 
Palácio de Versailles como um símbolo do seu poder político e da 
glória da França 
HISTÓRIA DA ARTE 
Aula 1 
Prof. Lila Donato
2. DE ONDE VEM O VALOR DA ARTE? 
MATERIAL INTRÍNSECO RELIGIOSO 
NACIONALISTA PSICOLÓGICO 
HISTÓRIA DA ARTE 
Aula 1 
Prof. Lila Donato
2. DE ONDE VEM O VALOR DA ARTE? 
Máscara mortuária de 
Tutankhamon. 
Egito Antigo. 
• Egito – o ouro era normalmente 
utilizado nas representações dos 
deuses ou dos faraós 
• Grécia Antiga – esculturas feitas em 
bronze – o material era valorizado pois 
podia ser derretido e reutilizado 
• Idade Média – o ouro era utilizado 
na produção dos ícones, de inúmeros 
utilitários usados nas liturgias, e dos 
evangeliários; este últimos também 
recebiam aplicações de pedras 
precisosas 
HISTÓRIA DA ARTE 
MATERIAL 
Aula 1 
Prof. Lila Donato 
Evangeliário de Ariberti. 
Idade Média.
2. DE ONDE VEM O VALOR DA ARTE? 
INTRÍNSECO 
O valor intrínseco depende do prestígio 
do autor e da caracterização estética do 
autor e da sociedade. 
A pintura de Leonardo da Vinci, Mona 
Lisa, foi elaborada com materiais muito 
simples (tinta e madeira), mas é, 
indubitávelmente, uma das obras mais 
preciosas da arte occidental. 
HISTÓRIA DA ARTE 
Aula 1 
Prof. Lila Donato 
Leonardo da Vinci. Mosa Lisa. c. 1503-5 
identidade cultural
2. DE ONDE VEM O VALOR DA ARTE? 
• arte religiosa como forma de 
doutrinação – importância da 
mensagem a ser passada 
• valor simbólico das edificações, 
como locais de interação entre 
as deidades e os súditos 
• valor cultural da produção 
religiosa na identidade de um 
grupo 
HISTÓRIA DA ARTE 
RELIGIOSO 
Aula 1 
Prof. Lila Donato 
O juízo final. Capela Sistina. Michelangelo 
(1534-41) 
identidade religiosa
2. DE ONDE VEM O VALOR DA ARTE? 
NACIONALISTA 
• expressa as conquistas e o 
orgulho de um povo 
• estátuas de heróis nacionais 
• pinturas das cenas de batalhas 
vencidas e terras 
conquistadas 
• representações de grandes 
HISTÓRIA DA ARTE 
atos politicos 
Aula 1 
Prof. Lila Donato 
Monumento a Jucelino Kubitschek. Brasília. 
identidade nacional
2. DE ONDE VEM O VALOR DA ARTE? 
PSICOLÓGICO 
• despertar emoções: prazer, deslumbramento 
inquietação, medo, raiva, etc… 
• valor simbólico – veneração / desprezo 
- na França, durante a revolução industrial, 
estátuas dos reis e reaínhas antes veneradas, 
foram brutalmente destruídas 
- em 2001 fundamentalistas talibãs destruíram 
duas grandes estátuas de buda, pois estar eram 
vistas como uma afronta ao Islamismo. 
HISTÓRIA DA ARTE 
Aula 1 
Prof. Lila Donato 
Os budas de Bamiyan. Afeganistão. 
individualidade & comunidade 
196 
3 
2008
3. A ILUSÃO DA ARTE 
HISTÓRIA DA ARTE 
Aula 1 
Prof. Lila Donato 
Isto não é um cachimbo. 
René Magritte. A traição das 
imagens. 
IMAGEM 
NATURALISTA FIGURATIVA 
Quando as imagens naturalistas – seja na pintura, seja na escultura 
– são tão bem representados que se pareçam com o objeto real, diz-se 
que são ILUSÓRIAS. 
Quando o artista tem a intenção de enganar o observador, o efeito é 
designado pelo termo francês trompe l’oeil.
4. METODOLOGIAS DA HISTÓRIA DA ARTE 
FORMALISMO 
HISTÓRIA DA ARTE 
Aula 1 
Prof. Lila Donato 
ÍCONOGRAFIA 
ÍCONOLOGIA 
MARXISMO 
FEMINISMO 
BIOGRAFIA 
AUTOBIOGRAFI 
A 
SEMIÓTICA 
PSICOANÁLISE 
DESCONSTRUÇ 
ÃO
4. METODOLOGIAS DA HISTÓRIA DA ARTE 
FORMALISMO 
A arte independe de contexto, função ou conteúdo. 
Ela está vinculada apenas ao efeito estético dos 
elementos formais. 
HISTÓRIA DA ARTE 
Aula 1 
Prof. Lila Donato 
arte 
pela 
arte 
Brancusi. Pássaro no espaço. 1928
4. METODOLOGIAS DA HISTÓRIA DA ARTE 
ÍCONOGRAFIA 
Leitura da obra 
relativamente à 
história/estória que 
lhe serviu de 
inspiração. 
ÍCONOLOGIA 
Considera a escolha 
do artista nas 
formas de 
composição, cores e 
outros elementos, e 
como eles se 
relacionam uns com 
os outros. 
HISTÓRIA DA ARTE 
Aula 1 
Prof. Lila Donato 
análise 
Mosteiro dos Jerônimos – portão sul. Lisboa, 
Portugal
4. METODOLOGIAS DA HISTÓRIA DA ARTE 
A análise marxista surgiu a partir das idéias de Karl Marx – filósofo 
alemão que influenciou os movimentos politicos do socialism e do 
comunismo. 
• estuda a relação da arte com fatores econômicos (custo, 
disponibilidade de materiais, etc.), dentro de um contexto 
social. 
impacto sócio-econômico 
HISTÓRIA DA ARTE 
MARXISMO 
Aula 1 
Prof. Lila Donato
4. METODOLOGIAS DA HISTÓRIA DA ARTE 
BIOGRAFIA & AUTOBIOGRAFIA 
As obras são vistas como expressões ou reflexos da vida de seus 
idealizadores. 
As análises são mais longas e complexas. 
HISTÓRIA DA ARTE 
Aula 1 
Prof. Lila Donato 
contexto
4. METODOLOGIAS DA HISTÓRIA DA ARTE 
Semiótica é a ciência que estuda 
os fenômenos culturais como se 
fossem sistemas de significação. 
sinais símbolos 
interpretação 
HISTÓRIA DA ARTE 
SEMIÓTICA 
Aula 1 
Prof. Lila Donato 
Cristo. Mosaico Bizantino.
4. METODOLOGIAS DA HISTÓRIA DA ARTE 
DESCONSTRUÇÃ 
- direita/esquerda 
- positivo/negative 
- masculino/feminine 
- pai/mãe 
- etc. 
A presença de um demanda a 
presença do outro. 
dualidade James Whistler. Arrangement in black. 
HISTÓRIA DA ARTE 
O 
Pares binários: 
Aula 1 
Prof. Lila Donato
4. METODOLOGIAS DA HISTÓRIA DA ARTE 
PSICOANÁLISE 
Criada por Sigmund Freud, foca seus olhares em: 
HISTÓRIA DA ARTE 
Aula 1 
Prof. Lila Donato 
expressão 
Brancusi. Pássaro no espaço. 1928 
imaginário 
história 
criatividade 
Reconstrói o passado e interpreta a relevância 
desse passado no presente.
5. A LINGUAGEM DA ARTE 
HISTÓRIA DA ARTE 
Aula 1 
Prof. Lila Donato 
ELEMENTOS DE LIGUAGEM 
composição 
planos 
equilíbrio 
linha 
profundidade 
(ilusão) 
espaço 
forma 
luz & cor 
textura 
“As artes visuais têm a sua própria 
linguagem, e, assim como um músico 
pensa nas escalas musicais e um 
matemático pensa nos números, o artista 
pensa segundo essa linguagem. O 
vocabulário visual básico consiste de 
elementos formais, que incluem, entre 
outros, a linha, a forma, o espaço, a cor, 
a luz e a sombra. Quando os artistas 
combinam estes elementos de uma 
maneira específica, diz-se que têm um 
estilo. Para descrever e analisar um 
trabalho de arte, é essencial estar 
familiarizado com o vocabulário formal do 
artista.” 
(ADAMS, Laurie Schneider. A history 
of western art. 5th edition. NY: McGraw Hill, 2011.)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
 
Arte urbana
Arte urbana Arte urbana
Arte urbana
 
Grafite slide
Grafite slideGrafite slide
Grafite slide
 
Arte medieval
Arte medievalArte medieval
Arte medieval
 
Aula de arte urbana
Aula de arte urbanaAula de arte urbana
Aula de arte urbana
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Pop Art
 
Arte erudita popular e de massa
Arte erudita popular e de massaArte erudita popular e de massa
Arte erudita popular e de massa
 
O que é a arte
O que é a arteO que é a arte
O que é a arte
 
Arte ensino médio slide 1
Arte ensino médio  slide 1Arte ensino médio  slide 1
Arte ensino médio slide 1
 
Neoclassicismo
NeoclassicismoNeoclassicismo
Neoclassicismo
 
História da arte
História da arteHistória da arte
História da arte
 
Arte Indígena Brasileira
Arte Indígena BrasileiraArte Indígena Brasileira
Arte Indígena Brasileira
 
Arte - Realismo
Arte - RealismoArte - Realismo
Arte - Realismo
 
A arte da performance
A arte da performanceA arte da performance
A arte da performance
 
História da Arte
História da ArteHistória da Arte
História da Arte
 
Expressionismo abstrato (1)
Expressionismo abstrato (1)Expressionismo abstrato (1)
Expressionismo abstrato (1)
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Pop Art
 
Arte moderna brasileira
Arte moderna brasileiraArte moderna brasileira
Arte moderna brasileira
 
Artesanato
Artesanato Artesanato
Artesanato
 
Arte renascentista
Arte renascentistaArte renascentista
Arte renascentista
 

Destaque

A função da arte slide
A função da arte   slideA função da arte   slide
A função da arte slide2011saletekm
 
Aula História da Arte_Introdução à história da arte segundo Gombrich
Aula História da Arte_Introdução à história da arte segundo GombrichAula História da Arte_Introdução à história da arte segundo Gombrich
Aula História da Arte_Introdução à história da arte segundo GombrichLila Donato
 
Função da arte
Função da arteFunção da arte
Função da arteCEF16
 
Linha do Tempo - História da Arte
Linha do Tempo - História da ArteLinha do Tempo - História da Arte
Linha do Tempo - História da ArteJesrayne Nascimento
 
História da Arte - Pré-história e Antiguidade
História da Arte - Pré-história e AntiguidadeHistória da Arte - Pré-história e Antiguidade
História da Arte - Pré-história e AntiguidadeMarcio Duarte
 
Aula 13 historia da arte.
Aula 13 historia da arte.Aula 13 historia da arte.
Aula 13 historia da arte.Rafael Serra
 
Introdução - História da Arte - Gombrich
Introdução - História da Arte - GombrichIntrodução - História da Arte - Gombrich
Introdução - História da Arte - GombrichCoordEducare
 
Aula 05 arquitetura gótica
Aula 05 arquitetura góticaAula 05 arquitetura gótica
Aula 05 arquitetura góticaLila Donato
 
Resumão de História da Arte
Resumão de História da ArteResumão de História da Arte
Resumão de História da ArteEdenilson Morais
 
Estética conceito de arte e obra de arte
Estética conceito de arte e obra de arteEstética conceito de arte e obra de arte
Estética conceito de arte e obra de arteJulia Martins
 

Destaque (20)

A função da arte slide
A função da arte   slideA função da arte   slide
A função da arte slide
 
Aula História da Arte_Introdução à história da arte segundo Gombrich
Aula História da Arte_Introdução à história da arte segundo GombrichAula História da Arte_Introdução à história da arte segundo Gombrich
Aula História da Arte_Introdução à história da arte segundo Gombrich
 
O que é arte?
O que é arte?O que é arte?
O que é arte?
 
Função da arte
Função da arteFunção da arte
Função da arte
 
Funções da arte
Funções da arteFunções da arte
Funções da arte
 
DEFINIÇÕES DE ARTE
DEFINIÇÕES DE ARTEDEFINIÇÕES DE ARTE
DEFINIÇÕES DE ARTE
 
Introdução a Arte
Introdução a ArteIntrodução a Arte
Introdução a Arte
 
Linha do Tempo - História da Arte
Linha do Tempo - História da ArteLinha do Tempo - História da Arte
Linha do Tempo - História da Arte
 
Curso de historia da arte
Curso de historia da arteCurso de historia da arte
Curso de historia da arte
 
História da Arte - Pré-história e Antiguidade
História da Arte - Pré-história e AntiguidadeHistória da Arte - Pré-história e Antiguidade
História da Arte - Pré-história e Antiguidade
 
Aula 13 historia da arte.
Aula 13 historia da arte.Aula 13 historia da arte.
Aula 13 historia da arte.
 
Funções da arte
Funções da arteFunções da arte
Funções da arte
 
Introdução - História da Arte - Gombrich
Introdução - História da Arte - GombrichIntrodução - História da Arte - Gombrich
Introdução - História da Arte - Gombrich
 
Arte 1 médio slide
Arte 1 médio slideArte 1 médio slide
Arte 1 médio slide
 
Aula 05 arquitetura gótica
Aula 05 arquitetura góticaAula 05 arquitetura gótica
Aula 05 arquitetura gótica
 
Fundamentos da arte
Fundamentos da arteFundamentos da arte
Fundamentos da arte
 
Arte
ArteArte
Arte
 
Resumão de História da Arte
Resumão de História da ArteResumão de História da Arte
Resumão de História da Arte
 
Estética conceito de arte e obra de arte
Estética conceito de arte e obra de arteEstética conceito de arte e obra de arte
Estética conceito de arte e obra de arte
 
Apostila de arte
Apostila de arteApostila de arte
Apostila de arte
 

Semelhante a Aula História da Arte_As funções da arte

Roteiro de Estudos - Introdução à História da Arte, Pré-História e Egito
Roteiro de Estudos - Introdução à História da Arte, Pré-História e EgitoRoteiro de Estudos - Introdução à História da Arte, Pré-História e Egito
Roteiro de Estudos - Introdução à História da Arte, Pré-História e Egitoalinewar
 
Introdução à arte
Introdução à arteIntrodução à arte
Introdução à arteEllen_A
 
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade Média
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade MédiaRevisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade Média
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade MédiaMaiara Giordani
 
Artes 01 gênesis 1º ano diretrizes e pré-história
Artes 01 gênesis 1º ano  diretrizes e  pré-históriaArtes 01 gênesis 1º ano  diretrizes e  pré-história
Artes 01 gênesis 1º ano diretrizes e pré-históriahbilinha
 
Estrutura dos movimentos.pptx
Estrutura dos movimentos.pptxEstrutura dos movimentos.pptx
Estrutura dos movimentos.pptxssuser0d0c5a
 
Criatividade e ruturas
Criatividade e ruturasCriatividade e ruturas
Criatividade e ruturasAna Barreiros
 
Criatividade e ruturas
Criatividade e ruturasCriatividade e ruturas
Criatividade e ruturasAna Barreiros
 
Aula 05 neoclassicismo-romantismo
Aula 05 neoclassicismo-romantismoAula 05 neoclassicismo-romantismo
Aula 05 neoclassicismo-romantismoMarcio Duarte
 
A Arte Pré-Histórica - Coleção Praticar a Arte - Professor Fabrício Secchin -...
A Arte Pré-Histórica - Coleção Praticar a Arte - Professor Fabrício Secchin -...A Arte Pré-Histórica - Coleção Praticar a Arte - Professor Fabrício Secchin -...
A Arte Pré-Histórica - Coleção Praticar a Arte - Professor Fabrício Secchin -...WeslleyDias8
 
A descrença no pensamento positivista e as novas concepções científicas
A descrença no pensamento positivista e as novas concepções científicasA descrença no pensamento positivista e as novas concepções científicas
A descrença no pensamento positivista e as novas concepções científicasgofontoura
 
APOSTILA HISTÓRIA DA ARTE
APOSTILA HISTÓRIA DA ARTEAPOSTILA HISTÓRIA DA ARTE
APOSTILA HISTÓRIA DA ARTEVIVIAN TROMBINI
 
357727624-Historia-Da-Arte-Aplicada-Ao-Turismo-Aula-02.pptx
357727624-Historia-Da-Arte-Aplicada-Ao-Turismo-Aula-02.pptx357727624-Historia-Da-Arte-Aplicada-Ao-Turismo-Aula-02.pptx
357727624-Historia-Da-Arte-Aplicada-Ao-Turismo-Aula-02.pptxRecepoTuju
 
História 1 - v1
História 1 - v1História 1 - v1
História 1 - v1Edpositivo
 
Introdução à História da Arte - Pré História e Egito
Introdução à História da Arte - Pré História e EgitoIntrodução à História da Arte - Pré História e Egito
Introdução à História da Arte - Pré História e Egitoalinewar
 
Artes 01 gênesis 1º ano diretrizes e pré-história
Artes 01 gênesis 1º ano  diretrizes e  pré-históriaArtes 01 gênesis 1º ano  diretrizes e  pré-história
Artes 01 gênesis 1º ano diretrizes e pré-históriahbilinha
 

Semelhante a Aula História da Arte_As funções da arte (20)

Roteiro de Estudos - Introdução à História da Arte, Pré-História e Egito
Roteiro de Estudos - Introdução à História da Arte, Pré-História e EgitoRoteiro de Estudos - Introdução à História da Arte, Pré-História e Egito
Roteiro de Estudos - Introdução à História da Arte, Pré-História e Egito
 
ELETIVA_ARTE_NA_HISTORIA_11.08.pptx
ELETIVA_ARTE_NA_HISTORIA_11.08.pptxELETIVA_ARTE_NA_HISTORIA_11.08.pptx
ELETIVA_ARTE_NA_HISTORIA_11.08.pptx
 
Introdução à arte
Introdução à arteIntrodução à arte
Introdução à arte
 
A historia da_arte
A historia da_arteA historia da_arte
A historia da_arte
 
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade Média
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade MédiaRevisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade Média
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade Média
 
Artes 01 gênesis 1º ano diretrizes e pré-história
Artes 01 gênesis 1º ano  diretrizes e  pré-históriaArtes 01 gênesis 1º ano  diretrizes e  pré-história
Artes 01 gênesis 1º ano diretrizes e pré-história
 
Estrutura dos movimentos.pptx
Estrutura dos movimentos.pptxEstrutura dos movimentos.pptx
Estrutura dos movimentos.pptx
 
4 breve viagem pela
4 breve viagem pela4 breve viagem pela
4 breve viagem pela
 
Renascimento 2019ok
Renascimento 2019okRenascimento 2019ok
Renascimento 2019ok
 
Criatividade e ruturas
Criatividade e ruturasCriatividade e ruturas
Criatividade e ruturas
 
Criatividade e ruturas
Criatividade e ruturasCriatividade e ruturas
Criatividade e ruturas
 
Aula 05 neoclassicismo-romantismo
Aula 05 neoclassicismo-romantismoAula 05 neoclassicismo-romantismo
Aula 05 neoclassicismo-romantismo
 
A Arte Pré-Histórica - Coleção Praticar a Arte - Professor Fabrício Secchin -...
A Arte Pré-Histórica - Coleção Praticar a Arte - Professor Fabrício Secchin -...A Arte Pré-Histórica - Coleção Praticar a Arte - Professor Fabrício Secchin -...
A Arte Pré-Histórica - Coleção Praticar a Arte - Professor Fabrício Secchin -...
 
A descrença no pensamento positivista e as novas concepções científicas
A descrença no pensamento positivista e as novas concepções científicasA descrença no pensamento positivista e as novas concepções científicas
A descrença no pensamento positivista e as novas concepções científicas
 
APOSTILA HISTÓRIA DA ARTE
APOSTILA HISTÓRIA DA ARTEAPOSTILA HISTÓRIA DA ARTE
APOSTILA HISTÓRIA DA ARTE
 
357727624-Historia-Da-Arte-Aplicada-Ao-Turismo-Aula-02.pptx
357727624-Historia-Da-Arte-Aplicada-Ao-Turismo-Aula-02.pptx357727624-Historia-Da-Arte-Aplicada-Ao-Turismo-Aula-02.pptx
357727624-Historia-Da-Arte-Aplicada-Ao-Turismo-Aula-02.pptx
 
História 1 - v1
História 1 - v1História 1 - v1
História 1 - v1
 
História
HistóriaHistória
História
 
Introdução à História da Arte - Pré História e Egito
Introdução à História da Arte - Pré História e EgitoIntrodução à História da Arte - Pré História e Egito
Introdução à História da Arte - Pré História e Egito
 
Artes 01 gênesis 1º ano diretrizes e pré-história
Artes 01 gênesis 1º ano  diretrizes e  pré-históriaArtes 01 gênesis 1º ano  diretrizes e  pré-história
Artes 01 gênesis 1º ano diretrizes e pré-história
 

Mais de Lila Donato

Aula 04 arquitetura românica parte 2
Aula 04 arquitetura românica parte 2Aula 04 arquitetura românica parte 2
Aula 04 arquitetura românica parte 2Lila Donato
 
Aula 04 arquitetura românica parte 1
Aula 04 arquitetura românica parte 1Aula 04 arquitetura românica parte 1
Aula 04 arquitetura românica parte 1Lila Donato
 
Aula 03 arquitetura e arte bizantina
Aula 03 arquitetura e arte bizantinaAula 03 arquitetura e arte bizantina
Aula 03 arquitetura e arte bizantinaLila Donato
 
Aula 02 arquitetura e arte paleocristã
Aula 02 arquitetura e arte paleocristãAula 02 arquitetura e arte paleocristã
Aula 02 arquitetura e arte paleocristãLila Donato
 
Aula 01 revisão e contextualização
Aula 01 revisão e contextualizaçãoAula 01 revisão e contextualização
Aula 01 revisão e contextualizaçãoLila Donato
 
Aula 05 o mundo egeu
Aula 05   o mundo egeuAula 05   o mundo egeu
Aula 05 o mundo egeuLila Donato
 
Aula 02 a pré-história
Aula 02   a pré-históriaAula 02   a pré-história
Aula 02 a pré-históriaLila Donato
 
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 2b
Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 2bAula 07   idade média - a arte cristã primitiva 2b
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 2bLila Donato
 
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 4
Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 4Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 4
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 4Lila Donato
 
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 3
Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 3Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 3
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 3Lila Donato
 
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 2a
Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 2aAula 07   idade média - a arte cristã primitiva 2a
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 2aLila Donato
 
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 1
Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 1Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 1
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 1Lila Donato
 
Aula 06 os engenhos de açúcar
Aula 06 os engenhos de açúcarAula 06 os engenhos de açúcar
Aula 06 os engenhos de açúcarLila Donato
 
Breve histórico do paisagismo no mundo_parte 01
Breve histórico do paisagismo no mundo_parte 01Breve histórico do paisagismo no mundo_parte 01
Breve histórico do paisagismo no mundo_parte 01Lila Donato
 
Elaboração de plano conceitual no Projeto Paisagístico.
Elaboração de plano conceitual no Projeto Paisagístico.Elaboração de plano conceitual no Projeto Paisagístico.
Elaboração de plano conceitual no Projeto Paisagístico.Lila Donato
 
Urbanismo medieval e renascentista - breves abordagens.
Urbanismo medieval e renascentista - breves abordagens.Urbanismo medieval e renascentista - breves abordagens.
Urbanismo medieval e renascentista - breves abordagens.Lila Donato
 
Sistemas construtivos tradicionais no brasil - arquitetura indígena.
Sistemas construtivos tradicionais no brasil - arquitetura indígena.Sistemas construtivos tradicionais no brasil - arquitetura indígena.
Sistemas construtivos tradicionais no brasil - arquitetura indígena.Lila Donato
 

Mais de Lila Donato (18)

Aula 04 arquitetura românica parte 2
Aula 04 arquitetura românica parte 2Aula 04 arquitetura românica parte 2
Aula 04 arquitetura românica parte 2
 
Aula 04 arquitetura românica parte 1
Aula 04 arquitetura românica parte 1Aula 04 arquitetura românica parte 1
Aula 04 arquitetura românica parte 1
 
Aula 03 arquitetura e arte bizantina
Aula 03 arquitetura e arte bizantinaAula 03 arquitetura e arte bizantina
Aula 03 arquitetura e arte bizantina
 
Aula 02 arquitetura e arte paleocristã
Aula 02 arquitetura e arte paleocristãAula 02 arquitetura e arte paleocristã
Aula 02 arquitetura e arte paleocristã
 
Aula 01 revisão e contextualização
Aula 01 revisão e contextualizaçãoAula 01 revisão e contextualização
Aula 01 revisão e contextualização
 
Aula 05 o mundo egeu
Aula 05   o mundo egeuAula 05   o mundo egeu
Aula 05 o mundo egeu
 
Aula 03 o egito
Aula 03   o egitoAula 03   o egito
Aula 03 o egito
 
Aula 02 a pré-história
Aula 02   a pré-históriaAula 02   a pré-história
Aula 02 a pré-história
 
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 2b
Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 2bAula 07   idade média - a arte cristã primitiva 2b
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 2b
 
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 4
Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 4Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 4
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 4
 
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 3
Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 3Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 3
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 3
 
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 2a
Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 2aAula 07   idade média - a arte cristã primitiva 2a
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 2a
 
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 1
Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 1Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 1
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 1
 
Aula 06 os engenhos de açúcar
Aula 06 os engenhos de açúcarAula 06 os engenhos de açúcar
Aula 06 os engenhos de açúcar
 
Breve histórico do paisagismo no mundo_parte 01
Breve histórico do paisagismo no mundo_parte 01Breve histórico do paisagismo no mundo_parte 01
Breve histórico do paisagismo no mundo_parte 01
 
Elaboração de plano conceitual no Projeto Paisagístico.
Elaboração de plano conceitual no Projeto Paisagístico.Elaboração de plano conceitual no Projeto Paisagístico.
Elaboração de plano conceitual no Projeto Paisagístico.
 
Urbanismo medieval e renascentista - breves abordagens.
Urbanismo medieval e renascentista - breves abordagens.Urbanismo medieval e renascentista - breves abordagens.
Urbanismo medieval e renascentista - breves abordagens.
 
Sistemas construtivos tradicionais no brasil - arquitetura indígena.
Sistemas construtivos tradicionais no brasil - arquitetura indígena.Sistemas construtivos tradicionais no brasil - arquitetura indígena.
Sistemas construtivos tradicionais no brasil - arquitetura indígena.
 

Aula História da Arte_As funções da arte

  • 1. funções da arte HISTÓRIA DA ARTE Aula 1 Prof. Lila Donato
  • 2. 1. PORQUÊ ESTUDAR HISTÓRIA DA ARTE? “Nós estudamos História da Arte porque ela nos ensina sobre as nossas expressões criativas e aquelas dos nossos antepassados.” HISTÓRIA DA ARTE Aula 1 Prof. Lila Donato (ADAMS, Laurie Schneider. A history of western art. 5th edition. NY: McGraw Hill, 2011.) PINTURA bidimensional - pinturas - mosaicos - vitrais - tapeçarias - impressões - fotografia ESCULTURA tridimensional - pedra - metal - madeira - barro (vidro, plástico, arame, recicláveis, etc) ARQUITETURA tridimensional - incorporam pinturas, esculturas e outras formas de arte
  • 3. 1. PORQUÊ ESTUDAR HISTÓRIA DA ARTE? “Um forte motivo para a produção da arte é o desejo de deixar, após a morte, alguma coisa de valor que perpetue a memória de quem fomos.” HISTÓRIA DA ARTE Aula 1 Prof. Lila Donato (ADAMS, Laurie Schneider. A history of western art. 5th edition. NY: McGraw Hill, 2011.) Uma obra de arte prolonga simbólicamente a existência do seu idealizador.
  • 4. 1. PORQUÊ ESTUDAR HISTÓRIA DA ARTE? “Uma pintura faz com que pessoas ausentes estejam presentes, e que os mortos pareçam estar HISTÓRIA DA ARTE Aula 1 Prof. Lila Donato vivos.” Leon Battista Alberti Leon Battista Alberti
  • 5. 1. PORQUÊ ESTUDAR HISTÓRIA DA ARTE? “Eu pinto para preservar a imagem dos homens após a sua morte.” Albrecht Dürer HISTÓRIA DA ARTE Aula 1 Prof. Lila Donato Albrecht Dürer. Autoretrato. 1498
  • 6. 1. PORQUÊ ESTUDAR HISTÓRIA DA ARTE? • pirâmides do Egito – garantir a existência do faraó após a sua morte • Roma Antiga – bustos e estátuas dos imperadores e governadores • Idade Média – afrescos, mosaicos e vitrais nas igrejas • Renascimento – igrejas e edifícios públicos rica e exuberantemente decorados • no séc. XVII, Luís XIV, rei da França mandou construir o Palácio de Versailles como um símbolo do seu poder político e da glória da França HISTÓRIA DA ARTE Aula 1 Prof. Lila Donato
  • 7. 2. DE ONDE VEM O VALOR DA ARTE? MATERIAL INTRÍNSECO RELIGIOSO NACIONALISTA PSICOLÓGICO HISTÓRIA DA ARTE Aula 1 Prof. Lila Donato
  • 8. 2. DE ONDE VEM O VALOR DA ARTE? Máscara mortuária de Tutankhamon. Egito Antigo. • Egito – o ouro era normalmente utilizado nas representações dos deuses ou dos faraós • Grécia Antiga – esculturas feitas em bronze – o material era valorizado pois podia ser derretido e reutilizado • Idade Média – o ouro era utilizado na produção dos ícones, de inúmeros utilitários usados nas liturgias, e dos evangeliários; este últimos também recebiam aplicações de pedras precisosas HISTÓRIA DA ARTE MATERIAL Aula 1 Prof. Lila Donato Evangeliário de Ariberti. Idade Média.
  • 9. 2. DE ONDE VEM O VALOR DA ARTE? INTRÍNSECO O valor intrínseco depende do prestígio do autor e da caracterização estética do autor e da sociedade. A pintura de Leonardo da Vinci, Mona Lisa, foi elaborada com materiais muito simples (tinta e madeira), mas é, indubitávelmente, uma das obras mais preciosas da arte occidental. HISTÓRIA DA ARTE Aula 1 Prof. Lila Donato Leonardo da Vinci. Mosa Lisa. c. 1503-5 identidade cultural
  • 10. 2. DE ONDE VEM O VALOR DA ARTE? • arte religiosa como forma de doutrinação – importância da mensagem a ser passada • valor simbólico das edificações, como locais de interação entre as deidades e os súditos • valor cultural da produção religiosa na identidade de um grupo HISTÓRIA DA ARTE RELIGIOSO Aula 1 Prof. Lila Donato O juízo final. Capela Sistina. Michelangelo (1534-41) identidade religiosa
  • 11. 2. DE ONDE VEM O VALOR DA ARTE? NACIONALISTA • expressa as conquistas e o orgulho de um povo • estátuas de heróis nacionais • pinturas das cenas de batalhas vencidas e terras conquistadas • representações de grandes HISTÓRIA DA ARTE atos politicos Aula 1 Prof. Lila Donato Monumento a Jucelino Kubitschek. Brasília. identidade nacional
  • 12. 2. DE ONDE VEM O VALOR DA ARTE? PSICOLÓGICO • despertar emoções: prazer, deslumbramento inquietação, medo, raiva, etc… • valor simbólico – veneração / desprezo - na França, durante a revolução industrial, estátuas dos reis e reaínhas antes veneradas, foram brutalmente destruídas - em 2001 fundamentalistas talibãs destruíram duas grandes estátuas de buda, pois estar eram vistas como uma afronta ao Islamismo. HISTÓRIA DA ARTE Aula 1 Prof. Lila Donato Os budas de Bamiyan. Afeganistão. individualidade & comunidade 196 3 2008
  • 13. 3. A ILUSÃO DA ARTE HISTÓRIA DA ARTE Aula 1 Prof. Lila Donato Isto não é um cachimbo. René Magritte. A traição das imagens. IMAGEM NATURALISTA FIGURATIVA Quando as imagens naturalistas – seja na pintura, seja na escultura – são tão bem representados que se pareçam com o objeto real, diz-se que são ILUSÓRIAS. Quando o artista tem a intenção de enganar o observador, o efeito é designado pelo termo francês trompe l’oeil.
  • 14. 4. METODOLOGIAS DA HISTÓRIA DA ARTE FORMALISMO HISTÓRIA DA ARTE Aula 1 Prof. Lila Donato ÍCONOGRAFIA ÍCONOLOGIA MARXISMO FEMINISMO BIOGRAFIA AUTOBIOGRAFI A SEMIÓTICA PSICOANÁLISE DESCONSTRUÇ ÃO
  • 15. 4. METODOLOGIAS DA HISTÓRIA DA ARTE FORMALISMO A arte independe de contexto, função ou conteúdo. Ela está vinculada apenas ao efeito estético dos elementos formais. HISTÓRIA DA ARTE Aula 1 Prof. Lila Donato arte pela arte Brancusi. Pássaro no espaço. 1928
  • 16. 4. METODOLOGIAS DA HISTÓRIA DA ARTE ÍCONOGRAFIA Leitura da obra relativamente à história/estória que lhe serviu de inspiração. ÍCONOLOGIA Considera a escolha do artista nas formas de composição, cores e outros elementos, e como eles se relacionam uns com os outros. HISTÓRIA DA ARTE Aula 1 Prof. Lila Donato análise Mosteiro dos Jerônimos – portão sul. Lisboa, Portugal
  • 17. 4. METODOLOGIAS DA HISTÓRIA DA ARTE A análise marxista surgiu a partir das idéias de Karl Marx – filósofo alemão que influenciou os movimentos politicos do socialism e do comunismo. • estuda a relação da arte com fatores econômicos (custo, disponibilidade de materiais, etc.), dentro de um contexto social. impacto sócio-econômico HISTÓRIA DA ARTE MARXISMO Aula 1 Prof. Lila Donato
  • 18. 4. METODOLOGIAS DA HISTÓRIA DA ARTE BIOGRAFIA & AUTOBIOGRAFIA As obras são vistas como expressões ou reflexos da vida de seus idealizadores. As análises são mais longas e complexas. HISTÓRIA DA ARTE Aula 1 Prof. Lila Donato contexto
  • 19. 4. METODOLOGIAS DA HISTÓRIA DA ARTE Semiótica é a ciência que estuda os fenômenos culturais como se fossem sistemas de significação. sinais símbolos interpretação HISTÓRIA DA ARTE SEMIÓTICA Aula 1 Prof. Lila Donato Cristo. Mosaico Bizantino.
  • 20. 4. METODOLOGIAS DA HISTÓRIA DA ARTE DESCONSTRUÇÃ - direita/esquerda - positivo/negative - masculino/feminine - pai/mãe - etc. A presença de um demanda a presença do outro. dualidade James Whistler. Arrangement in black. HISTÓRIA DA ARTE O Pares binários: Aula 1 Prof. Lila Donato
  • 21. 4. METODOLOGIAS DA HISTÓRIA DA ARTE PSICOANÁLISE Criada por Sigmund Freud, foca seus olhares em: HISTÓRIA DA ARTE Aula 1 Prof. Lila Donato expressão Brancusi. Pássaro no espaço. 1928 imaginário história criatividade Reconstrói o passado e interpreta a relevância desse passado no presente.
  • 22. 5. A LINGUAGEM DA ARTE HISTÓRIA DA ARTE Aula 1 Prof. Lila Donato ELEMENTOS DE LIGUAGEM composição planos equilíbrio linha profundidade (ilusão) espaço forma luz & cor textura “As artes visuais têm a sua própria linguagem, e, assim como um músico pensa nas escalas musicais e um matemático pensa nos números, o artista pensa segundo essa linguagem. O vocabulário visual básico consiste de elementos formais, que incluem, entre outros, a linha, a forma, o espaço, a cor, a luz e a sombra. Quando os artistas combinam estes elementos de uma maneira específica, diz-se que têm um estilo. Para descrever e analisar um trabalho de arte, é essencial estar familiarizado com o vocabulário formal do artista.” (ADAMS, Laurie Schneider. A history of western art. 5th edition. NY: McGraw Hill, 2011.)