Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 lubrific

1.192 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.192
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 lubrific

  1. 1. 2. LUBRIFICAÇÃO 2-1 C 100 DREAM INFORMAÇÕES DE SERVIÇOS 2-1 DIAGNOSE DE DEFEITOS 2-1 VERIFICAÇÃO DO NÍVEL DE ÓLEO DO MOTOR 2-2 TROCA DE ÓLEO DO MOTOR 2-2 LIMPEZA DO ROTOR DO FILTRO CENTRÍFUGO E FILTRO TELA 2-3 BOMBA DE ÓLEO 2-3 PONTOS DE LUBRIFICAÇÃO 2-7 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO INSTRUÇÕES GERAIS Este capítulo descreve os serviços de verificação e troca de óleo do motor, limpeza do filtro de tela e do rotor do filtro centrífugo, além dos serviços de manutenção da bomba de óleo. No final do capítulo são indicados os pontos de lubrificação da motocicleta. ESPECIFICAÇÕES MEDIDAS DE TORQUE: Bujão de drenagem de Óleo: 25 N.m (2,5 kg.m) DIAGNOSE DE DEFEITOS • Nível de óleo muito baixo – Consumo normal de óleo – Vazamento de óleo – Anéis do pistão gastos – Anéis instalados incorretamente – Cilindro gasto – Retentores da guia de válvulas danificados – Guias de válvulas danificadas • Óleo contaminado – Óleo não foi trocado no período correto – Junta do cabeçote danificada – Anéis do pistão gastos • Pressão baixa – Bomba de óleo defeituosa – Engrenagem da bomba de óleo quebrada Capacidade de óleo 0,7 litros (após a limpeza do filtro de óleo e troca de óleo) 0,9 litros (após a desmontagem do motor ou bomba de óleo) Óleo recomendado MOBIL SUPERMOTO 4T Classificação de serviço: API-SF Viscosidade: SAE 20W-50 Descrição Valor correto Limite de uso Folga entre o rotor externo e a carcaça 0,02-0,07 mm 0,12 mm Folga entre os rotores internos e externos 0,15 mm 0,2 mm Folga entre rotores e a face da carcaça 0,10-0,15 mm 0,2 mm Bomba de óleo Óleo do motor
  2. 2. 2-0 LUBRIFICAÇÃO C 100 DREAM FILTRO TELA CILINDRO CABEÇOTE EIXOS DOS BALANCINS ÁRVORE DE COMANDO TAMPA DIREITA DO MOTOR ÁRVORE DE MANIVELAS DIREITA FILTRO CENTRÍFUGO DE ÓLEO ÁRVORE DE MANIVELAS PISTÃO BOMBA DE ÓLEO CARCAÇA DO MOTOR
  3. 3. LUBRIFICAÇÃO 2-2 VERIFICAÇÃO DO NÍVEL DE ÓLEO DO MOTOR Apoie a motocicleta no cavalete central em local plano. Dê partida no motor e deixe-o funcionar em marcha lenta durante 2 a 3 minutos. Remova o medidor do nível do óleo, limpe-o e introduza-o no bocal de abastecimento sem rosqueá-lo. Remova novamente e verifique o nível do óleo. Se o nível estiver abaixo ou próximo da marca de nível inferior do medidor, adicione o óleo recomendado até atingir a marca de nível superior. C 100 DREAM MARCA SUPERIOR MARCA INFERIOR MEDIDOR DO NÍVEL DO ÓLEO TROCA DE ÓLEO DO MOTOR NOTA Remova o medidor do nível de óleo e o bujão de drenagem. Acione o pedal de partida várias vezes com o interruptor do motor desligado para drenar completamente o óleo. Instale o bujão de drenagem. TORQUE: 25 N.m (2,5 kg.m) NOTA Limpe o rotor do filtro centrífugo e o filtro tela (página 2-3). Capacidade de óleo: 0,7 litros (para trocar) Abasteça o motor com o volume correto do óleo recomendado. Reinstale o medidor do nível do óleo. Dê partida no motor e deixe-o funcionar em marcha lenta durante 2 a 3 minutos. Desligue o motor e espere por 2 a 3 minutos. Certifique-se que o nível do óleo está na marca de nível superior do medidor. Certifique-se também que não haja vazamento de óleo. Verifique as condições da arruela de vedação. Caso esteja danificada substitua por uma nova. Troque o óleo com o motor quente e a motocicleta apoiada no cavalete central para assegurar uma drenagem rápida e completa. BUJÃO DE DRENAGEM ARRUELA DE VEDAÇÃO ARRUELA DE VEDAÇÃO BUJÃO DE DRENAGEM
  4. 4. LUBRIFICAÇÃO 2-3 C 100 DREAM LIMPEZA DO ROTOR DO FILTRO CENTRÍFUGO/FILTRO TELA NOTA Remova a tampa direita do motor (pág. 8-3). Remova o filtro tela. Efetue a limpeza do filtro antes de abastecer o motor com óleo. FILTRO TELA Remova a tampa do rotor do filtro centrífugo. Limpe o interior do rotor. Certifique-se que a junta da tampa do rotor está em boas condições. Instale a tampa do rotor do filtro centrífugo. Instale a tampa direita do motor. NOTA Não deixe sujeira do filtro entrar nos orifícios de passagem de óleo. TAMPA DO FILTRO CENTRÍFUGO JUNTA DA TAMPA DO FILTRO BOMBA DE ÓLEO Remova a embreagem centrífuga (pág. 8-4). Remova a bomba de óleo soltando os parafusos de fixação. PARAFUSOS DE FIXAÇÃO BOMBA DE ÓLEO
  5. 5. LUBRIFICAÇÃO 2-4 Remova a tampa da bomba de óleo soltando os parafusos de fixação. Retire o eixo e remova os rotores internos e externos da carcaça da bomba de óleo. C 100 DREAM PARAFUSOS INSPEÇÃO Meça a folga entre os rotores interno e externo. LIMITE DE USO: 0,2 mm Meça a folga entre o rotor externo e a carcaça da bomba de óleo. LIMITE DE USO: 0,12 mm
  6. 6. LUBRIFICAÇÃO 2-5 C 100 DREAM Instale a junta na carcaça da bomba. Meça a folga entre os rotores e a face da carcaça. LIMITE DE USO: 0,2 mm JUNTA Instale os rotores interno e externo na carcaça da bomba. Introduza o eixo alinhando as áreas planas do eixo e do rotor interno. CARCAÇA ROTOR INTERNO ROTOR EXTERNO EIXO ALINHE TAMPA DA BOMBA DE ÓLEO ROTOR INTERNO CARCAÇA DA BOMBA ROTOR EXTERNO EIXO DA BOMBA
  7. 7. LUBRIFICAÇÃO 2-6 Instale uma junta da tampa nova. Instale a tampa na carcaça da bomba e fixe-a com três parafusos Phillips. C 100 DREAM TAMPA JUNTA INSTALAÇÃO Instale a bomba de óleo com a junta nova, alinhando a ranhura do eixo do rotor com o ressalto do eixo motora da bomba de óleo. TAMPA RESSALTO RANHURA Aperte os parafusos de fixação da bomba de óleo firmemente. Verifique se os parafusos da tampa da bomba de óleo, estão apertados. Aperte-os se necessário. Instale a embreagem centrífuga. Instale a tampa direita do motor. Abasteça o motor com óleo recomendado.
  8. 8. LUBRIFICAÇÃO 2-7 C 100 DREAM PONTOS DE LUBRIFICAÇÃO Use graxa de uso geral quando não é especificado outro tipo. Aplique óleo ou graxa nas demais superfícies deslizantes e cabos não indicados abaixo. LUBRIFICAÇÃO DOS CABOS DE CONTROLE: Periodicamente desconecte os cabos do acelerador, do afogador e do freio nas suas extremidades superiores. Limpe os terminais de fixação dos cabos na manopla do acelerador, na alavanca do acelerador e na alavanca do freio. Lubrifique as extremidades dos cabos com óleo de baixa viscosidade e reinstale-os. Se os cabos estiverem gastos ou prendendo, deveram ser substituídos. CAME DO FREIO ROLAMENTOS DA RODA ARTICULAÇÃO DO PEDAL DO FREIO EIXOS DOS CAVALETES LATERAL E CENTRAL ENGRENAGEM DO VELOCÍMETRO/ ROLAMENTOS DA RODA CABOS DO VELOCÍMETRO, ACELERADOR E FREIO CORRENTE DE TRANSMISSÃO CAME DO FREIO MANOPLA DO ACELERADOR MOTOR ROLAMENTOS DA COLUNA DE DIREÇÃO GRAXA GRAXA GRAXA ÓLEO ÓLEO ÓLEO GRAXA GRAXAGRAXA GRAXA GRAXA
  9. 9. COMO USAR ESTE MANUAL Este Manual de Serviço descreve as características técnicas e os procedimentos de serviço da motocicleta HONDA C 100 DREAM. Os capítulos 1 a 3 referem-se à motocicleta em geral, enquanto os capítulos 4 a 17, referem-se às partes da motocicleta, agrupadas de acordo com a localização. Localize o capítulo que você pretende consultar nesta página (Índice Geral). Na primeira página do capítulo você encontrará um índice específico. A maior parte dos capítulos começa com uma ilustração do conjunto do sistema, informações de serviços e diagnose de defeitos para o capítulo em questão. As páginas seguintes detalham os procedimentos de serviços. Caso você não consiga localizar a origem de algum defeito, consulte o capítulo 18 “DIAGNOSE DE DEFEITOS”, para obter uma orientação adicional. HTA INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. Departamento de Serviços Setor de Publicações Técnicas C 100 DREAM Todas as informações, ilustrações e especificadas incluídas nesta publicação são baseadas nas informações mais recentes disponíveis sobre o produto na ocasião em que a impressão do manual foi autorizada. A HTA INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. se reserva o direito de alterar a características da motocicleta a qualquer momento e sem prévio aviso, não incorrendo por isso em obrigações de qualquer espécie. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida sem autorização por escrito. 1INFORMAÇÕES GERAIS 2LUBRIFICAÇÃO 3MANUTENÇÃO 4SISTEMA DE ALIMENTAÇÃO 5REMOÇÃO/INSTALAÇÃO DO MOTOR 6CABEÇOTE/VÁLVULAS 7CILINDRO/PISTÃO 8EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9ALTERNADOR/EMBREAGEM DO SISTEMA DE PARTIDA 10TRANSMISSÃO/ÁRVORE DE MANIVELAS/PEDAL DE PARTIDA 11RODA DIANTEIRA/SUSPENSÃO/ SISTEMA DE DIREÇÃO 12RODA TRASEIRA/FREIO/SUSPENSÃO 13PARALAMA TRASEIRO/ TUBO DE ESCAPE 14BATERIA/SISTEMA DE CARGA 15SISTEMA DE IGNIÇÃO 16INTERRUPTORES/SISTEMA DE ILUMI- NAÇÃO/MEDIDOR DE COMBUSTÍVEL 17DIAGRAMA ELÉTRICO 18DIAGNOSE DE DEFEITOS ÍNDICE GERAL SISTEMA ELÉTRICO CHASSIMOTORETRANSMISSÃO

×