Apresentação colesterol dalva

1.247 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.247
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação colesterol dalva

  1. 1. Colesterol
  2. 2. INTRODUÇÃO• O colesterol, assim como os triglicerídeos, é um tipo de gorduraencontrado naturalmente no organismo humano.• O colesterol é responsável por desempenhar funções vitaiscomo:• Quando em excesso o colesterol representa um importante fatorde risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.Produção dehormônios;Produção de ácidobiliar, responsávelpelo processodigestivo;Produção dasvitaminas lipossolúveis(vitaminas A, D, E e K).
  3. 3. HDL, LDL e VLDLPor ser solúvel apenas em gorduras, o colesterol precisa sertransportado pelo sangue através das seguintes lipoproteínas(moléculas repletas de lipídeos e proteínas):VLDL – Molécula rica em triglicerídeos;LDL - Conhecido como colesterol ruim. Leva o colesterolpara as células. O seu excesso provoca a aterosclerose.HDL – Conhecido como colesterol bom, uma vez que retirao excesso de colesterol das células.
  4. 4. • O fígado acondiciona os triglicerídeos na forma de VLDL e osdespacha, pela corrente sanguínea para as células, juntamentecom menores quantidades de colesterol e proteínas.• Níveis elevados de LDL representam um sinal de alerta, pois ocolesterol é depositado nas artérias, possibilitando a formaçãode placas de gorduras (aterosclerose).• A longo prazo, essas placas podem obstruir o fluxo sanguíneona artéria acometida pelas placas de gordura, originando comoconseqüências as doenças cardiovasculares.HDL, LDL e VLDL
  5. 5. • Ao contrário do LDL, o HDL é benéfico para o organismo.Ele auxilia a remoção do colesterol, protegendo as artériascoronarianas de possíveis acúmulos de gordura.• O ideal é que os níveis de HDL e LDL se mantenhamsempre numa proporção saudável, em que as taxas decolesterol bom prevaleçam.HDL, LDL e VLDL
  6. 6. VALORES DE REFERÊNCIAValores de referência para níveis de colesterol total:Adultos:Crianças e adolescentes(2 a 19 anos):Ideal - Inferior a 170 mg/dLLimítrofes - 170 a 199 mg/dLAumentados - Acima de 200 mg/dLIdeal - Inferior a 200 mg/dLLimítrofes - 200 a 239 mg/dLAumentados - Acima de 240 mg/dL
  7. 7. Valores de referência para taxas de HDLDe 02 a 09 anos - Maior ou igual a 40 mg/dLDe 10 a 19 anos - Maior ou igual a 35 mg/dLAcima de 19 anos - Maior ou igual a 40 mg/dLValores de referência para taxas de LDLIdeal - Inferior a 100 mg/dLDesejável - 100 a 129 mg/dLLimítrofes - 130 a 159 mg/dLAumentados - Acima de 160 mg/dLValores de referência para taxas de VDLIdeal - Inferior a 30 mg/dLLimítrofes - 30 a 40 mg/dLAumentados - Acima de 40 mg/dLVALORES DE REFERÊNCIA
  8. 8. • Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia, cerca de 20%da população com mais de 40 anos apresenta taxas elevadas decolesterol no sangue. Contudo, muita gente ainda ignora agravidade do problema.• Sem causar sintomas aparentes, a maioria desses indivíduosdescobrirá o problema através de exames de rotinas ou pelainvestigação de outras enfermidades. Daí a importância de fazerexames de ckeck up com freqüência.• Nem sempre o biotipo do indivíduo revela a condição real desua saúde. Tem muita gente magra com colesterol alto e obesoscom taxas baixas.SINTOMAS
  9. 9. • Por ser um inimigo silencioso, a prevenção ao colesterol alto deveser uma preocupação já na infância.• O cuidado deve começar com os alimentos que os pais oferecempara as crianças. A alimentação saudável, evitando as frituras egorduras saturadas típicas dos fast foods que as crianças tantogostam, é o primeiro passo para prevenir doenças como osacidentes vasculares cerebrais e infarto do miocárdio no futuro.• Os pais devem optar pelos pratos coloridos ebalanceados, acompanhados de sucos naturais de frutas, ricos emvitaminas.• A Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, alertaque a gordura saturada não pode ultrapassar 10% do total decalorias ingeridas.PREVENÇÃO/TRATAMENTO
  10. 10. • Atrelada a uma alimentação rica em carnesmagras, legumes, folhas e fibras, é imprescindível a realizaçãode exercícios físicos regularmente. Isso vale para todas asidades e deve ser feito sob orientação médica de acordo comcada caso.• Simples mudanças de hábitos como dar preferência à escadaem vez de elevador para pavimentos baixos e deixar o carro delado, optando pela caminhada, em pequenas distâncias já fazemdiferença.• A prática de exercícios físicos eleva o bom colesterol e ajuda acontrolar os níveis de gordura no sangue.PREVENÇÃO/TRATAMENTO
  11. 11. Confira os fatores de risco que representam um alerta ainda maiorpara a ocorrência da aterosclerose:FATORES DE RISCOIndivíduos que se enquadrem em um ou mais desses gruposdevem redobrar os cuidados. Para eles, os valores de referênciapara as taxas de colesterol e triglicerídeos são diferenciados.Sedentarismo;Histórico de colesterol alto e/ou doenças cardiovasculares na família;Tabagismo;Obesidade;Hipertensão;Diabetes;Indivíduos com mais de 40 anos.
  12. 12. • A aterosclerose é uma doença de progressão muito lenta.Dessa forma, se o indivíduo espera chegar aos 40 anos para tero diagnóstico, provavelmente ele já perdeu 20 anos deprogressão da doença.• A mudança de hábitos simples é o melhor caminho para aprevenção das doenças cardiovasculares. Somente o seu médicopoderá orientá-lo sobre as melhores práticas para o seu casoclínico.FATORES DE RISCO
  13. 13. Consulte sempre o seu médico.Redação: Aline CâmeraRevisão técnico-científica: Dalva Gomes (CRM 52525304)

×