À Volta do Mundo<br />O Egipto<br />Trabalho Realizado Por:Henrique Correia 9ºB Nº8Marco Augusto 9ºb nº10Romeu marques 9ºb...
Localização<br />  O Egipto  é um país árabe do norte de África e do Médio Oriente, limitado a norte pelo mar Mediterrâneo...
A Religião no Egipto<br />A religião maioritária do Egipto é o islã sunita, aproximadamente 90% da população. A maior mino...
Gastronomia Egípcia<br />Cozinha Egípcia - uma pimenta, beringela, feijão, arroz e vísceras (intestino, fígado, estômago),...
A Alimentação no Egipto<br />Carnes e Pescados<br />Empregam-se pescados frescos da costa do Mediterrâneo, são muito conhe...
Pratos Característicos <br />Pratos Principais:<br />Ful medammes-Prato com nabos cozidas. <br />O molokheya (mouloureija)...
Costumes<br />Nas margens do Nilo, a revolução do neolítico foi bem sucedida, a recolecção, os animais domésticos e as pra...
Língua<br />A língua<br /> O egípcio é a língua nativa extinta do Egipto e um ramo da família de línguas afro-asiáticas. H...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O Egipto

520 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
520
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Egipto

  1. 1. À Volta do Mundo<br />O Egipto<br />Trabalho Realizado Por:Henrique Correia 9ºB Nº8Marco Augusto 9ºb nº10Romeu marques 9ºb nº14<br />
  2. 2. Localização<br /> O Egipto é um país árabe do norte de África e do Médio Oriente, limitado a norte pelo mar Mediterrâneo, a leste com a Faixa de Gaza, com Israel, com o Golfo de Aqaba (através do qual faz fronteira com a Jordânia e com a Arábia Saudita) e com o mar Vermelho, a sul com o Sudão e a oeste com a Líbia. Sua capital é o Cairo.<br />Egipto<br />
  3. 3. A Religião no Egipto<br />A religião maioritária do Egipto é o islã sunita, aproximadamente 90% da população. A maior minoria religiosa é os coptas (9% da população). Outras minorias religiosas são os ortodoxos gregos e arménios, tanto católicos quanto protestantes.<br />
  4. 4. Gastronomia Egípcia<br />Cozinha Egípcia - uma pimenta, beringela, feijão, arroz e vísceras (intestino, fígado, estômago), patos, perus, pombos, frango, coelho, borrego e carne de bovino, subtilmente especiarias. Um especial delicadeza - frito pombo recheado com pombos e de codornas. Pratos populares com as miudezas ou o cérebro. Raros camelo fígado é considerada uma delicadeza. Garnish utilizado principalmente como uma batata, arroz, saladas e legumes frescos. A maioria dos egípcios modernos - vegetarianos. Cozinhando sem água nos seus próprios sucos, com a adição de manteiga ou de um dos elementos mais importantes de cozinha egípcia. Nacional é beber chá. Lotes de suco fresco - laranja, limão, manga.<br />
  5. 5. A Alimentação no Egipto<br />Carnes e Pescados<br />Empregam-se pescados frescos da costa do Mediterrâneo, são muito conhecidas umas gambas de grande tamanho originárias de Alexandria. No terreno da carne, a mais comum é a cordeiro que se guisa, se asa ou se coze. Mal se come boi já que costuma ser empregue mais para os labores agrícolas.<br />Frutas e Verduras<br />Os legumes são muito apreciados e sobretudo a omnipresente naba que na cozinha egípcia se alinham, se assassem, se fazem puré, etc. Podem-se ver de inumeráveis formas acompanhando a diferentes pratos. O segundo ingrediente é a arroz. Existem não obstante pratos que empregam como ingredientes as bamias e os gombos. Fazem emprego do azeite de oliva tanto como alho como elemento para fritar.<br />Postres (sobremesa)<br />Os postres são semelhantes aos de outros países do médio oriente e são muito celebrados os loukoum e os baklava. Emprega-se muito o dátil, por exemplo para elaborar as menenas, uma espécie de bolas de massa de almendras recheado de dátiles.<br />Bebidas<br />É muito popular beber água aromatizada com diferentes sabores como azahar, rosas, etc. Existe uma pequena produção de vinho e de cerveja.<br /> <br />
  6. 6. Pratos Característicos <br />Pratos Principais:<br />Ful medammes-Prato com nabos cozidas. <br />O molokheya (mouloureija)-Sopa elaborada com diferentes ervas à que se lhe acrescenta carne de frango, coelho e diversas especiarias.<br />Kushari- Estufado de legumes. <br />Ful medammes<br />Molokheya<br />kushari<br />
  7. 7. Costumes<br />Nas margens do Nilo, a revolução do neolítico foi bem sucedida, a recolecção, os animais domésticos e as praticas da pecuária. A observação de um aumento da produção de gramíneas no limo das inundações, levou à criação de um sistema de irrigação que levou à organização da economia que ajudou a armazenagem, levando ao desenvolvimento das ciências, e das artes:<br />Escrita, para a gestão dos recursos, <br />Geometria, para calcular as encostas em valas e medição da área, <br />Álgebra, para distribuir adequadamente o fluxo <br />O Tempo, para prever a inundação do rio, <br />Astronomia e, portanto, o momento de anunciar e organizar trabalho.<br />
  8. 8. Língua<br />A língua<br /> O egípcio é a língua nativa extinta do Egipto e um ramo da família de línguas afro-asiáticas. Há registos escritos da língua egípcia que têm sido datados em cerca de 3400 a.C,tornando-a uma das línguas registadas conhecidas mais antigas. O egípcio foi falado até o final do século XVI d.C. na forma do copta. A língua nacional do Egipto moderno é o árabe egípcio, que gradualmente substituiu o copta como a língua quotidiana nos séculos após a conquista muçulmana do Egipto. O copta ainda é usado como a língua litúrgica da igreja copta. Ela supostamente tem alguns falantes nativos actualmente.<br />

×