VERMICOMPOSTAGEM EMPEQUENA-ESCALAVERMICOMPOSTORDOMÉSTICOBENEFÍCIOS E MAIS-VALIAS AMBIENTAIS
DEFINIÇÃO Resíduo é “todo e qualquer objecto que o seu detentor se desfaz ou tem a intenção em se desfazer”. Decreto-Lei n...
ESTRATÉGIAS NACIONAIS  ENRRUBDA1                                                            Necessário o contributo das   ...
PRODUÇÃO AGRONÓMICAPROBLEMÁTICA O solo é um recurso não renovável à escala humana; A grande maioria dos solos portugueses ...
SITUAÇÃO ACTUALCAPITAÇÃO EM RESÍDUOS A capitação em resíduos diz respeito à quantidade de resíduos produzida por determina...
COMPOSIÇÃO E CAPITAÇÃO (ERSUC E LIPOR)RESÍDUOS ORGÂNICOS                                                 Capitação   Tipol...
ESTIMATIVASRESÍDUOS ALIMENTARES (DADOS ERSUC)  Produção de resíduos orgânicos:  362,2 g por habitante por dia;  Produção a...
ESTIMATIVASRESÍDUOS ALIMENTARES (DADOS LIPOR)  Produção de resíduos orgânicos:  443,0 g por habitante por dia;  Produção a...
SOLUÇÕES PARA TRATAMENTO E VALORIZAÇÃOVERMICOMPOSTAGEM - DEFINIÇÃO Degradação controlada pelo Homem, na presença de oxigén...
VERMICOMPOSTOR DOMÉSTICO(PEQUENA-ESCALA)                   Vermicompostagem doméstica;                   Tratamento e valo...
VERMICOMPOSTOR FUTURAMBCARACTERÍSTICAS Compartimentos para tratamento: 3  • Comprimento (cm): 47;  • Largura (cm): 55;  • ...
VERMICOMPOSTOR FUTURAMBTRATAMENTO Quantidade inicial de resíduos (substrato para a cama de minhocas): Exemplo:  • Densidad...
VERMICOMPOSTOR FUTURAMBTRATAMENTO Quantidade de resíduos ingerida/dia: 1,03 kg; Quantidade de resíduos ingerida/semana: 7,...
LIXIVIADO PRODUZIDOSOLUÇÃO Re-incorporação no vermicompostor; Fertirrega; Atenção, não funciona como chá de vermicomposto.
VERMICOMPOSTOR FUTURAMBBENEFÍCIOS Quantidade de resíduos alimentares produzidos dia-1 (LIPOR);  444,3 g < quantidade de re...
VERMICOMPOSTOR FUTURAMBAJUSTE NA QUANTIDADE DE MINHOCAS INICIAL A biomassa inicial de minhocas (no substrato ou cama) pode...
CONCLUSÃO Capacidade de tratamento do vermicompostor:  • 376 / 132,2 ≈ 2,8 pessoas por     agregado familiar (ex. ERSUC); ...
BOAS PRÁTICAS!SAUDAÇÕES AMBIENTAIS
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Vermicompostagem em pequena-escala: Vermicompostor doméstico (Benefícios e mais-valias Ambientais)

2.367 visualizações

Publicada em

A vermicompostagem doméstica ou em pequena-escala permite a redução/eliminação da quantidade de resíduos orgânicos a depositar em Aterro através da acção simbiótica entre minhocas Epígeas e microrganismos utilizando-se para o efeito um vermicompostor doméstico.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.367
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vermicompostagem em pequena-escala: Vermicompostor doméstico (Benefícios e mais-valias Ambientais)

  1. 1. VERMICOMPOSTAGEM EMPEQUENA-ESCALAVERMICOMPOSTORDOMÉSTICOBENEFÍCIOS E MAIS-VALIAS AMBIENTAIS
  2. 2. DEFINIÇÃO Resíduo é “todo e qualquer objecto que o seu detentor se desfaz ou tem a intenção em se desfazer”. Decreto-Lei n.º 178/2006 de 3 de Setembro http://www.auburnwa.gov/
  3. 3. ESTRATÉGIAS NACIONAIS ENRRUBDA1 Necessário o contributo das populações para o cumprimento da Estratégia; Necessária tecnologia e equipamento para o contributo das populações; A vermicompostagem doméstica vem ao encontro dos objectivos da Estratégia; A sobre-lotação dos Aterros em relação aos Resíduos Urbanos Biodegradáveis deverá ser travada.1 Estratégia Nacional para a Redução dos Resíduos Urbanos Biodegradáveis (RUB) destinados aos Aterros.
  4. 4. PRODUÇÃO AGRONÓMICAPROBLEMÁTICA O solo é um recurso não renovável à escala humana; A grande maioria dos solos portugueses são pobres em matéria orgânica fruto de: Práticas agrícolas pouco eficientes e desajustadas, nomeadamente a nível da lavoura; Excessiva adubação mineral; Práticas recorrentes de monocultura; Sobre-exploração; Aplicações excessivas de fitossanitários, resultando na destruição da fauna microbiana.
  5. 5. SITUAÇÃO ACTUALCAPITAÇÃO EM RESÍDUOS A capitação em resíduos diz respeito à quantidade de resíduos produzida por determinada população sendo o resultado apresentado em kg/habitante/ano. A capitação varia em função da população (inc. sectores de actividade), dimensão do agregado populacional, área geográfica, etc. Através deste valor são estimadas as produções de diversas tipologias de resíduos, incluíndo os orgânicos.
  6. 6. COMPOSIÇÃO E CAPITAÇÃO (ERSUC E LIPOR)RESÍDUOS ORGÂNICOS Capitação Tipologia Composição (%) (g por habitante por dia) ERSUC LIPOR ERSUC LIPOR Resíduos 29,7 33,2 362,2 443,0 alimentares Resíduos de 5,6 6,2 68,4 82,7 jardimEmbalagens de 1,1 0,7 13,7 9,3 papelJornais, revistas e folhetos 5,3 6,2 65,2 82,7 Papel de 0,7 0,8 7,9 10,7 escritórioEmbalagens de 5,8 6,4 71,2 85,4 cartão
  7. 7. ESTIMATIVASRESÍDUOS ALIMENTARES (DADOS ERSUC) Produção de resíduos orgânicos: 362,2 g por habitante por dia; Produção anual - 362,2 g x 365 dias: 132,2 kg por habitante por ano; Produção anual (Portugal) 132,2 kg x 10.000.000 1,32 x 106 t de resíduos orgânicos (alimentares) - RUB
  8. 8. ESTIMATIVASRESÍDUOS ALIMENTARES (DADOS LIPOR) Produção de resíduos orgânicos: 443,0 g por habitante por dia; Produção anual - 443,0 g x 365 dias: 161,7 kg por habitante por ano; Produção anual (Portugal) - 161,7 kg x 10.000.000 hab. 1,62 x 106 t de resíduos orgânicos - RUB
  9. 9. SOLUÇÕES PARA TRATAMENTO E VALORIZAÇÃOVERMICOMPOSTAGEM - DEFINIÇÃO Degradação controlada pelo Homem, na presença de oxigénio e a temperaturas moderadas, dos resíduos orgânicos utilizando-se a minhoca como agente biológico; Desta degradação resultam produtos como o vermicomposto, lixiviado e chá de vermicomposto, e minhocas recém-nascidas; A vermicompostagem pode ser realizada em pequena, média ou grande-escala.
  10. 10. VERMICOMPOSTOR DOMÉSTICO(PEQUENA-ESCALA) Vermicompostagem doméstica; Tratamento e valorização da fracção orgânica dos resíduos; Desvio da fracção orgânica dos resíduos a depositar em Aterro; Produção de vermicomposto e lixiviado de vermicomposto; Aumento da fertilidade e produtividade do solo através do aumento dos teores de matéria orgânica. Compartimentos para retenção de lixiviados: 3 - Volume de recepção (L): 9,6
  11. 11. VERMICOMPOSTOR FUTURAMBCARACTERÍSTICAS Compartimentos para tratamento: 3 • Comprimento (cm): 47; • Largura (cm): 55; • Altura total (cm): 9; • Altura útil (cm): 6,4; • Área útil de tratamento (m2): 0,26; • Volume útil de tratamento (L): 17. Compartimentos para retenção de lixiviados: 3 • Volume de recepção (L): 9,6.
  12. 12. VERMICOMPOSTOR FUTURAMBTRATAMENTO Quantidade inicial de resíduos (substrato para a cama de minhocas): Exemplo: • Densidade papel e cartão: 155,66 kg m-3 • Densidade frutícolas e hortícolas: 846,49 kg m-3 • Densidade substrato final: 501,025 kg m-3 • Quantidade inicial de resíduos aprox: 8,6 kg Tempo de decomposição da cama: 8 dias A este substrato serão adicionados os resíduos de acordo com a sua capitação. Quantidade de minhocas (início do processo): • Densidade: 8,0 kg m-2 • N.º de minhocas no primeiro compartimento (cama): 3760 • Biomassa: 2,07 kg
  13. 13. VERMICOMPOSTOR FUTURAMBTRATAMENTO Quantidade de resíduos ingerida/dia: 1,03 kg; Quantidade de resíduos ingerida/semana: 7,24 kg; Quantidade de resíduos ingerida/mês: 30,9 kg; Quantidade de resíduos ingerida/ano: 376 kg; Quantidade de resíduos adicionar dia-1 1,03 kg.
  14. 14. LIXIVIADO PRODUZIDOSOLUÇÃO Re-incorporação no vermicompostor; Fertirrega; Atenção, não funciona como chá de vermicomposto.
  15. 15. VERMICOMPOSTOR FUTURAMBBENEFÍCIOS Quantidade de resíduos alimentares produzidos dia-1 (LIPOR); 444,3 g < quantidade de resíduos ingerida/dia: 1,03 kg Quantidade de resíduos desviados de Aterro Sanitário ano-1: 0,4443 kg x 10.000.000 hab. ano-1 = 1,62 x 106 t = aprox. 1,6 milhões de toneladas de RUB Possibilidade de ajuste na biomassa de minhocas inicial em função da capitação em resíduos.
  16. 16. VERMICOMPOSTOR FUTURAMBAJUSTE NA QUANTIDADE DE MINHOCAS INICIAL A biomassa inicial de minhocas (no substrato ou cama) poderá ser ajustada em função da capitação de resíduos de determinado Município; -1 ERSUC – 362,2 g dia Biomassa aprox.: 725 g (aprox. 1360 minhocas); -1 LIPOR – 443,0 g dia Biomassa aprox.:900 g (aprox. 1630 minhocas).
  17. 17. CONCLUSÃO Capacidade de tratamento do vermicompostor: • 376 / 132,2 ≈ 2,8 pessoas por agregado familiar (ex. ERSUC); • 376 / 161,7 ≈ 2,3 pessoas por agregado familiar (ex. LIPOR); Capacidade de produção de vermicomposto – substrato e correctivo orgânico: 0,6 kg de vermicomposto dia-1; Produzir e consumir localmente produtos hortícolas através da aplicação do vermicomposto – melhoria da qualidade de vida e saúde pública.
  18. 18. BOAS PRÁTICAS!SAUDAÇÕES AMBIENTAIS

×