PROJETO DE COMPOSTAGEM – SANTA RITA

Camila Távora de Mello Soares – DRE: 111217920
Emelay Pereira Bispo – DRE: 109042597
...
Problemática - Brasil
• Efeitos Política Nacional de Resíduos Sólidos
• 1kg/hab.dia – 65% é Matéria Orgânica
- Apenas 1,5%...
Problemática – Santa Rita
• Comunidade Pequena
- Carência de Recursos Técnicos e Financeiros
- Destinação Final Inadequada...
Descrição da Região - Teresópolis

• Município da Microregião Serrana, no Estado do Rio de
Janeiro.
• Relevo Acentuado – F...
Descrição da Região – Bairro de Santa Rita
• Localização na Zona Rural – Vale do Paquequer
• Conta com o Plano Diretor de ...
Estimativa Populacional – Santa Rita

• Cálculo de Projeção de Crescimento Aritmético –
População no Vale do Paquequer
• P...
Objetivo do Projeto
Verificar a Possibilidade de Implantação de um Programa
de Aproveitamento de Resíduos a partir da Sepa...
A Importância do Projeto

Maior porcentagem: lixo orgânico
 Destino inadequado dos resíduos – aterros a céu
aberto

Problemas
 Contaminação de lençóis freáticos com chorume;
 Emissão de gases do efeito estufa, como o gás metano e
gás ca...
A Proposta do Projeto
 Informar a população sobre a necessidade da coleta
seletiva – separação de resíduo seco e molhado;...
O Que é Compostagem?
 Compostagem é um processo de estabilização biológica da
matéria orgânica pela ação controlada de mi...
Metodologia/ Aplicação na Região
 Compostagem com minhocas (minhocário);
 O processo será realizado por microrganismos
p...
Metodologia/ Aplicação na Região
 É colocada uma pequena quantidade de resíduo orgânico)
na caixa ;
Materiais que podem s...
Metodologia/ Aplicação na Região
 Mistura de material orgânico (rico em carbono) com o material seco (rico
em nitrogênio)...
Como fazer uma Composteira caseira
 Materiais:
 - Furadeira
 - Brocas em três tamanhos (fina, média e
5/8)
 - Torneira...
Benefícios econômicos, sociais e ambientais
 Redução de custos com a produção de
adubo, geração de renda;

 Alternativa ...
Benefícios econômicos, sociais e ambientais
 Coleta seletiva;
 Tratamento dos resíduos;
 Eliminação de patogênicos.
Exemplos de Compostagem Aplicadas
 Compostagem residencial
Projeto de compostagem onde são oferecidos kits para que
as pe...
Cronograma

Cronograma Estimado para Projeto de Compostagem Santa Rita

Caracterização dos resíduos

1 mês

Estimativas de...
Outras opções para aproveitamento de lixo
 Luz de garrafa pet - luz engarrafada
- Garrafas plásticas PET com água e uma p...
Outras opções para aproveitamento de Resíduos
 Horta de garrafa PET
- A ideia de utilizar este tipo de horta é ideal para...
Conclusões
 O investimento em projetos sustentáveis, além de serem
uma solução ambientalmente correta, podem necessitar
b...
Conclusões
 O Projeto visa a redução de custos com a produção de
adubo além de sua comercialização gerando renda para o
p...
Referências Bibliográficas
- http://agenda21teresopolis.com.br/agenda-21local/saneamento/#sthash.0cJGxW92.dpuf
- http://ww...
Referências Bibliográficas
-http://www.visiteteresopolis.com.br/pagina-inicial
-http://www.guiatere.com/teresopolis/notici...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Projeto de compostagem santa rita (grupo turma 2013.2)

1.957 visualizações

Publicada em

Aplicação de um projeto de compostagem no bairro de Santa Rita (Teresópolis/RJ)

Publicada em: Educação
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.957
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
44
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto de compostagem santa rita (grupo turma 2013.2)

  1. 1. PROJETO DE COMPOSTAGEM – SANTA RITA Camila Távora de Mello Soares – DRE: 111217920 Emelay Pereira Bispo – DRE: 109042597 Stephanye Almeida Leite – DRE: 113280018 Thatiana Vitorino Castro Pereira – DRE: 110070838 Universidade Federal do Rio de Janeiro Engenharia Ambiental Educação Ambiental UFRJ - Dezembro 3, 2013
  2. 2. Problemática - Brasil • Efeitos Política Nacional de Resíduos Sólidos • 1kg/hab.dia – 65% é Matéria Orgânica - Apenas 1,5% é reciclado – Compostagem • MO no lixão: - Vira Chorume - Contamina águas subterrâneas - Gás metano -> Efeito estufa - Atraem Patogenicos
  3. 3. Problemática – Santa Rita • Comunidade Pequena - Carência de Recursos Técnicos e Financeiros - Destinação Final Inadequada -> Problema Ambiental • Falta de Informação – Educação Ambiental - Terrenos baldios - Problemas Ambientais e de Saúde Pública - Proliferação de Insetos, Contaminação da Água.
  4. 4. Descrição da Região - Teresópolis • Município da Microregião Serrana, no Estado do Rio de Janeiro. • Relevo Acentuado – Floresta Atlântica • Área = 770,601 km² • População de 162.622 hab • Economia: Turismo, Indústria e Agricultura
  5. 5. Descrição da Região – Bairro de Santa Rita • Localização na Zona Rural – Vale do Paquequer • Conta com o Plano Diretor de Rsíduos Sólidos • Dispõe de um Aterro Sanitário – Inaugurado em 2009 • Recolhimento do óleo usado, baterias e pets. • Falta de Coleta Seletiva e Reciclagem • Projeto Piloto -2010 – “Teresópolis Recicla” - Coleta Seletiva de 20% das residências - Educação Ambiental em 5 escolas - Projetos de Compostagem
  6. 6. Estimativa Populacional – Santa Rita • Cálculo de Projeção de Crescimento Aritmético – População no Vale do Paquequer • População Vale do Paquequer igual a 3785 hab. • Mesma taxa de Crescimento para Santa Rita População igual a 200 hab em 2010 População igual a 230 hab em 2013
  7. 7. Objetivo do Projeto Verificar a Possibilidade de Implantação de um Programa de Aproveitamento de Resíduos a partir da Separação do Lixo ( Coleta Seletiva) , com enfoque na Compostagem, no bairro de Santa Rita. Evitando assim a Destinação Inadequada do Lixo.
  8. 8. A Importância do Projeto Maior porcentagem: lixo orgânico  Destino inadequado dos resíduos – aterros a céu aberto 
  9. 9. Problemas  Contaminação de lençóis freáticos com chorume;  Emissão de gases do efeito estufa, como o gás metano e gás carbônico;  Atrai insetos e animais, que podem transmitir doenças ao homem. Solução: Compostagem doméstica  A composteira é um local onde se reutiliza o lixo orgânico dentro da própria casa, onde é possível tratá-lo para produzir adubo orgânico;  Minimiza de maneira sustentável os impactos ambientais do seu consumo diário, ao diminuir o volume de resíduos destinado aos lixões e aterros.
  10. 10. A Proposta do Projeto  Informar a população sobre a necessidade da coleta seletiva – separação de resíduo seco e molhado;  Criação de oficinas – minhocário;  Composto final – entregue na cooperativa, na Associação de Moradores; Pesar, embalar e vender para os agricultores. Obs: Cada morador receberá uma quantia proporcional à quantia que for levada até a cooperativa.
  11. 11. O Que é Compostagem?  Compostagem é um processo de estabilização biológica da matéria orgânica pela ação controlada de microorganismos transformando-a em composto e húmus.  A produção e utilização do composto permitem reconstituir e manter o ciclo da matéria orgânica indispensável ao ciclo ecológico do solo.  Os materiais compostados geralmente são restos de alimentos, estercos, aparas de grama, folhas e galhos.  O tempo de compostagem aproximadamente. dura de 2 a 3 meses,  Se for adicionado minhocas o tempo pode ser reduzido em 50%.
  12. 12. Metodologia/ Aplicação na Região  Compostagem com minhocas (minhocário);  O processo será realizado por microrganismos presentes no solo e acelerado por minhocas, que irão se alimentar dos resíduos e transformá-los em húmus;  Formado por uma tampa, três ou mais caixas empilháveis de plástico opaco, sendo duas digestoras, com furos no fundo, uma coletora para armazenar o chorume produzido no processo;  O chorume orgânico ou biológico é um biofertilizante líquido, rico em nutrientes e sais minerais.;  No compartimento do meio que as minhocas serão colocadas, tendo cerca de três dedos de altura de húmus no local.
  13. 13. Metodologia/ Aplicação na Região  É colocada uma pequena quantidade de resíduo orgânico) na caixa ; Materiais que podem ser compostados Elementos verdes: Materiais que NÃO podem ser compostados Fezes e urina humana e de animais domésticos Produtos químicos em geral Restos e cascas de frutas, legumes e verduras Papel colorido Saquinho de chá Saquinho e conteúdo do aspirador Bagaço de cana Remédios Restos ou migalhas de pães ou biscoitos Pilhas e baterias Esterco de galinha, gado ou cavalo (animais Madeira tratada com pesticida ou verniz herbívoros) Vidro, metal, papel, plástico e couro Pó de café inclusive o coador de papel Tinta Restos de grãos ou farinhas crus Sementes Elementos castanhos: Poda de ervas invasoras e vegetais doentes Gorduras, óleos ou graxa Aparas de ervas, raízes ou capim seco Leite e seus derivados Restos de podas e jardinagem Alimentos cozidos e salgados Cascas de árvores Ossos Arbustos e árvores Restos de carne vermelha ou branca Grama seca Cebolas doentes Folhas secas Serragem
  14. 14. Metodologia/ Aplicação na Região  Mistura de material orgânico (rico em carbono) com o material seco (rico em nitrogênio) é importante para manter o pH do sistema, além de permitir uma boa ventilação da mistura e de controlar a umidade.  Se houver uma boa aeração, o processo de decomposição será mais rápido e o húmus produzido terá melhor qualidade.  Com o passar do tempo, a caixa digestora intermediária irá se encher de húmus, chegando bem próxima à caixa de cima.  É importante não deixar o minhocário exposto ao sol e à chuva. Água e calor no sistema podem provocar a fermentação da mistura, que eventualmente irá exalar mau cheiro.  Uma caixa digestora média (50cm x 35cm x 65cm), indicada para duas pessoas pode receber cerca de 1 L de resíduos orgânicos por dia e deverá ficar completamente cheia em um mês.
  15. 15. Como fazer uma Composteira caseira  Materiais:  - Furadeira  - Brocas em três tamanhos (fina, média e 5/8)  - Torneira (5/8)  - Óculos  - Caixa com três módulos e tampa  * 15 litros para uma pessoa que não se alimenta muito em casa  * 28 litros para duas pessoas que não se alimentam muito em casa  * 39 litros para quatro pessoas que não se alimentam muito em casa  * 60 litros para seis pessoas que não se alimentam muito em casa
  16. 16. Benefícios econômicos, sociais e ambientais  Redução de custos com a produção de adubo, geração de renda;  Alternativa aos fertilizantes artificiais, que são extremamente impactantes ao ambiente;  Baixo Custo de Operação e Manutenção;  Redução de cerca de 50% do lixo destinado ao aterro;  Educação ambiental;
  17. 17. Benefícios econômicos, sociais e ambientais  Coleta seletiva;  Tratamento dos resíduos;  Eliminação de patogênicos.
  18. 18. Exemplos de Compostagem Aplicadas  Compostagem residencial Projeto de compostagem onde são oferecidos kits para que as pessoas possam fazer sua própria composteira em casa usando o lixo orgânico produzido em casa e gerando adubo orgânico que pode ser comercializado  Centro de Compostagem comunitária Utilização de contêineres onde a população deposita seu lixo orgânico. Também pode ser colocado lixos de feiras, sobras de restaurantes e podas de árvores. Método utilizado em algumas cidades, como NY.
  19. 19. Cronograma Cronograma Estimado para Projeto de Compostagem Santa Rita Caracterização dos resíduos 1 mês Estimativas de Geração 1 mês Levantamento de infraestrutura existente 1 mês Levantamento de custos 2 meses Levantamento de compradores do composto (fertilizante) 2 meses Treinamento da população 2 meses
  20. 20. Outras opções para aproveitamento de lixo  Luz de garrafa pet - luz engarrafada - Garrafas plásticas PET com água e uma pequena quantidade de cloro. A lâmpada funciona pela refração da luz do sol numa garrafa de dois litros cheia d'água. - Um engenheiro mediu a luz e a potência da mesma era similar a uma lâmpada de 40 ou 60 Watts, dependendo do sol.
  21. 21. Outras opções para aproveitamento de Resíduos  Horta de garrafa PET - A ideia de utilizar este tipo de horta é ideal para casas que não têm grandes áreas para jardins. Além disso, se torna também uma solução para os resíduos, que deixam de ser descartados e ganham uma utilidade diferente da original.
  22. 22. Conclusões  O investimento em projetos sustentáveis, além de serem uma solução ambientalmente correta, podem necessitar baixo investimento inicial para sua implantação e também para sua operação e manutenção;  A implantação desse projeto em Santa Rita, pode ser considerado um “laboratório” para a análise de sua eficiência para que posteriormente, sua implantação seja feita em outras localidades, caso seja um projeto piloto de sucesso;
  23. 23. Conclusões  O Projeto visa a redução de custos com a produção de adubo além de sua comercialização gerando renda para o pequeno agricultor;  Do ponto de vista socioambiental, o projeto preocupa-se com a redução dos Resíduos Sólidos destinados ao aterro, aumentando assim sua vida útil.  Proporciona à população local educação ambiental, passado para diversas idades, a coleta seletiva, facilitando o manejo dos resíduos gerados e eliminando possíveis patogênicos.
  24. 24. Referências Bibliográficas - http://agenda21teresopolis.com.br/agenda-21local/saneamento/#sthash.0cJGxW92.dpuf - http://www.ebah.com.br/content/ABAAAAn0UAA/compostagem-residuosorganicos?part=3 http://www.recicloteca.org.br/Default.asp?Editoria=5&SubEditoria=15&ID=34&V er=1 http://www.ecycle.com.br/component/content/article/44-guia-dareciclagem/1318-como-o-que-compostagem-composteira-composto-compostarminhocario-seca-lixo-residuos-restos-comida-organico-humus-domesticaresidencial-dicas-duvidas.html http://www.pucgoias.edu.br/ucg/prope/cpgss/ArquivosUpload/36/file/Continua /PROPOSTA%20DE%20IMPLEMENTA%C3%87%C3%83O%20DA%20COLETA%20SE LETIVA%20DE%20LIXO%20NO%20CONDOM%C3%8DNIO%20RESIDENCIAL%20PRI VE%20DAS%20LARANJEIRAS.pdf http://ciclovivo.com.br/noticia/aprenda_a_fazer_a_horta_de_garrafa_pet_do_l ar_doce_lar
  25. 25. Referências Bibliográficas -http://www.visiteteresopolis.com.br/pagina-inicial -http://www.guiatere.com/teresopolis/noticia/teresopolis-vai-tratar-lixo-de-3cidades.html - http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2013/08/130813_lampada_garrafa _gm.shtml

×