JOÃO PAULO COSTEIRA -

438 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
438
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
65
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

JOÃO PAULO COSTEIRA -

  1. 1. Potencial de criação de valor da energia eólicaUma análise comparativa dos benefícios macroeconómicos da produçãoeólica e CCGT (Combined Cicle Gas Turbine)Viana do Castelo, 30 de Novembro de 2012
  2. 2. Agenda• Potencial de criação de valor da energia eólica: • Metodologia • Análise custo-benefício (contribuição para o PIB) • Criação de emprego • Receitas fiscais adicionais • Impacto da produção eólica nos preços da pool de electricidade 2
  3. 3. O estudoContexto e objectivos do estudo• Desafios que a Europa enfrenta actualmente: ACCIONA - EDP austeridade fiscal e crescimento económico. Analysis of the value creation potential of renewable energy policy• Os governos europeus têm pouca escolha além de reduzir os gastos, mas precisam de estar cientes do impacto das suas políticas sobre as perspectivas de crescimento.• As energias renováveis dão um contributo crescente para combater as alterações climáticas, contrariando a pobreza energética e a insegurança energética.• Os países estão a adoptar estratégias nacionais para July 2012 as renováveis e carbono reduzido de modo a posicionarem-se no crescimento económico e competitividade.• Neste contexto, os responsáveis polí9cos devem analisar a totalidade dos custos e benefícios associados ao aumento produção das renováveis. 3
  4. 4. Metodologia e validações Metodologia• O estudo compara os custos e os benefícios actualizados ao longo do tempo de vida de projectos padrão para as tecnologias eólica e CCGT• Considera os seguintes custos do projecto: A metodologia e o modelo utilizados neste estudo foram revistos pela custo total nivelado por MWh do projecto Universidade Católica do Porto (CAPEX, OPEX, combustível e custo do CO2) efeito da segurança de abastecimento custos de integração na rede da energia eólica (back-up necessário)• E também os efeitos directos, indirectos e induzidos sobre a economia: Valor Acrescentado Bruto total nivelado Incluindo o emprego associado e os impostos colectados nivelados devido à actividade gerada• É obtida uma comparação líquida dos efeitos macroeconómicos das duas tecnologias 4
  5. 5. A energia eólica tem um custo inferior ao CCGT Principais conclusões - Portugal Comparação dos custos da eólica e CCGT e valor acrescentado bruto em Portugal• A eólica tem um custo nivelado por MWh produzido mais elevado do que o CCGT maior necessidade de CAPEX para a energia 100 Wind Int egrat ionCriação Custos de GDP eólica cost s integração de PIB Creat ion Criação Segurança de GDP Securit y 90 Induced de PIB Creat ion of supply fornecimento 80 Induced Indirect / MWh (Levelized) € € /MWh (nivelado)• A energia eólica gera mais Valor Acrescentado 70 OPEX Indirect 65 Direct CO2 Bruto por MWh do que o CCGT 60 Direct 44 parte significativa dos custos do CCGT são 50 FUEL transferidos para países produtores de 40 Net s gás, fora de Portugal 30 CAPEX Cost s Net 20 Cost s maior valor acrescentado localmente em OPEX 10 toda a cadeia de valor da energia eólica CAPEX 0 Eólica Wind Eólica Wind CCGT CCGT CCGT CCGT• Quando se incluem todos os custos e benefícios externos, o custo "líquido" da eólica é menor (44 €/MWh vs 65 €/MWh) 5
  6. 6. A eólica tem um potencial de criação de emprego superior ao CCGT Comparação da criação de emprego da Criação de empregos - Portugal eólica e CCGT em Portugal• Empregos domésticos criados: 20 Direct Directo Empregos directos relacionados com o CAPEX e o OPEX 18 18 Empregos indirectos nas empresas fornecedoras Indirecto Indirect emprego.ano / M€ investidos (nivelado) 16 3 Empregos induzidos na economia em geral (devido aos Induced Induzido proveitos adicionais gerados em toda a cadeia de 14 fornecimento) 12 11• Em Portugal, a eólica apresenta desempenhos bastante 8 2 10 bons em termos de criação de emprego: 18 empregos.ano por cada milhão de euros investidos 8 6 8• A maior parte dos empregos.ano criados estão ligados ao CAPEX e, portanto, concentradas durante os primeiros 4 2 anos 6 350 2 300 2 Empregos.ano 250 0 200 150 Eólica Wind CCGT CCGT 100 50 0 “emprego.ano” corresponde a um emprego a tempo inteiro durante um ano 1 3 5 7 9 11 13 15 17 19 21 23 25 27 6 anos eólica wind CCGT-– Cenário 1 CCGT scenario 1
  7. 7. A produção eólica gera receitas fiscais significativas Comparação das receitas fiscais da eólica Receitas fiscais - Portugal e CCGT em Portugal 30 27 Impostos sobre as Corporate taxes sociedades • As receitas fiscais provêm na maior parte do IVA e 3 Encargos sociais Social taxes do imposto sobre as sociedades. 25 €cts impostos / € investidos (descontados) IVA VAT • Com a criação de valor local e empregos locais, as 20 duas fontes de energia geram impostos sobre o Impostotax Income sobre rendimento e outros impostos sociais. 13 rendimento 15 • Em Portugal, 1 € gasto em electricidade 13 proveniente da energia eólica gera 27 € cts de 1 receitas fiscais. 10 6 9 • Esta taxa é muito mais reduzida no CCGT (sendo 5 um país onde o CCGT tem uma contribuição 4 significativamente menor para o PIB que a eólica) 3 2 0 Eólica Wind CCGT CCGT 7
  8. 8. A produção eólica influencia os preços da electricidade Decréscimo dos preços da electricidade vs prémios pagos• A substituição da electricidade produzida através das Comparação dos custos de remuneração e fontes convencionais pela energia eólica conduz a uma poupanças da produção eólica na Espanha diminuição dos preços no mercado 3.5 2.9 3.0 2.5 2.5 2.2 2.3 2.0 2.0 1.6 Biliões de € 1.5 1.2 1.0 1.0 0.5 0.0 2007 2008 2009 2010 Premium costs Custos de Poupanças anuaisto price decrease Annual savings due devidas à• O estudo analisa a Espanha e a Alemanha, desde que Remuneração diminuição do preço as poupanças da diminuição de preço sejam maiores que os prémios recebidos pela eólicaNOTA: Este efeito não foi considerado na comparaçãoentre a eólica e o CCGT 8
  9. 9. UE 27: efeitos globais do investimento em energia eólicacomparado ao CCGT Principais conclusões – UE 27 Comparação dos custos da eólica e do CCGT e valor acrescentado bruto na EU 27• Os custos líquidos do CCGT são quase três 100 Custos de Wind Int egrat ionCriação vezes maiores que os da eólica cost s GDP integração Creat ion de PIB 90 Criação GDP Segurança de Securit y Induced de PIB of supply fornecimento 80 Creat ion• mesmo se o custo nivelado de produção eólica / MWh (Levelized) € /€MWh (nivelado) 70 OPEX Induced é maior do que o CCGT, com base no Indirect CO2 60 Indirect CAPEX, OPEX e custos de combustível 50 necessários para produzir um MWh. 42 Direct FUEL 40 30 CAPEX Direct• A criação de PIB pela eólica é consideravel- 20 13 Net s Cost s OPEX mente superior: 10 Net CAPEX Cost s A maior parte do CAPEX e OPEX 0 Eólica Wind Eólica Wind CCGT CCGT CCGT CCGT beneficia o mercado comum da UE UE 27 importa cerca de 2/3 do seu consumo de gás natural A eólica tem uma maior contribuição para o PIB comparada com o CCGT, em todos os países abrangidos pela análise, excepto no Reino Unido onde os custos líquidos da eólica e do CCGT não têm diferenças significativas devido à quota do gás doméstico. 9
  10. 10. Conclusões do estudo Principais conclusões• A tecnologia eólica gera retornos mais elevados para ACCIONA - EDP a economia doméstica, gerando valor acrescentado Analysis of the value creation potential of local e criação de emprego. renewable energy policy• A combinação das variáveis de custo e benefício mostra um menor "custo líquido" da eólica na maioria dos países europeus.• Decision makers: os benefícios para a economia doméstica compensam os custos iniciais mais elevados. July 2012• No entanto, os desafios energéticos que as economias europeias enfrentam exigem um mix diversificado de geração de electricidade. 10

×