Conceitos básicos informática

370 visualizações

Publicada em

Conceitos Básicos de Informática, Tecnologia, Computador, Internet e como as pessoas utilizam a Web.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
370
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Conceitos básicos informática

  1. 1. Conceitos Iniciais Informática Tecnologia Internet Professora Viviana Pupin Zanella Etec Antônio de Pádua Cardoso Batatais
  2. 2. O que significa Informática? Informação automática, ou seja, informação rápida. É possível conseguir informações rápidas através computadores. dos
  3. 3. Definição computador   Uma máquina capaz de realizar uma grande variedade de tarefas, dependendo de como for programado (orientado) pelo usuário (pessoa que utiliza o computador). Todos nós utilizamos diversos equipamentos eletrônicos, mas não podemos alterar muito o que eles fazem (microondas, televisão, etc). Já com o computador é DIFERENTE. É possível modificar as suas funções introduzindo um novo programa. O computador realizará as tarefas para que foi programado(sozinho ele também não faz nada).
  4. 4. Para que serve o computador ou PC? Processar e armazenar informações. Essa máquina versátil serve tanto para um usuário comum digitar um texto qualquer, como para um homem de negócios. Um advogado ou um técnico utiliza o computador com programas sofisticados para auxiliá-los. Você pode fazer desenhos como um engenheiro pode fazer suas plantas ou projetos complicados. Você pode jogar no computador do mesmo modo que um piloto pode controlar o avião, também com o computador.
  5. 5. Onde o computador é usado?        Transações bancárias; Controle transito nas grandes cidades; Sistemas de segurança nas empresas Controle de aviões e metrôs; Geração energia elétrica; Industrialização alimentos, vestuário; Comunicação, entretenimento.
  6. 6. COMPUTADOR + INTERNET
  7. 7. A Internet se configura como o maior repositório de informação do mundo, recebendo milhões de novos documentos diariamente. A expansão da rede e a difusão das tecnologias digitais, facilitaram muito o trabalho de indexação e de busca (pesquisa) de documentos.
  8. 8. Mesmo com algumas resistências culturais, documentos a maior são hoje parte dos produzidos digitalmente, fazendo dos suportes digitais o padrão de arquivamento de dados, sejam eles em forma de vídeo, áudio ou texto.
  9. 9. A Internet e o computador está deixando as pessoas burras?
  10. 10. Os usuários estão ficando mais preguiçosos ou o excesso de informação está causando uma sobrecarga na vida de muita gente?
  11. 11. Ao ser questionado por alguém ou ficar em dúvida sobre um determinado assunto, você abriu o navegador e pesquisou a resposta no Google? Se sim saiba que faz parte de um grupo predominante de usuários que se acostumaram a procurar todo e qualquer tipo de informação na web, antes mesmo de pensar ou refletir sobre o assunto em questão. Se não e ficou sem resposta, pior ainda.
  12. 12. Mas quais são as razões que levam os usuários pensarem a por abrirem si mão próprios de para confiar nas respostas prontas e nem sempre precisas disponíveis na web?
  13. 13. Será que em tempos de multitarefa não estamos nos tornando mais generalistas e menos eficientes nos trabalhos que fazemos? Afinal, com mais informação estamos evoluindo ou regredindo?
  14. 14. Google: o oráculo Para acessar uma determinada página na web você deve digitar a URL do endereço no navegador, certo? No entanto, para muitos usuários, parece mais fácil manter o Google como página inicial e digitar no campo de busca o nome do site desejado e, a partir dos resultados, acessá-lo.
  15. 15. Poupar o trabalho de digitar alguns caracteres, em tese, pode significar a economia de alguns segundos. Mas apenas em tese, já que no final das contas, ao criar um intermediário no processo, o tempo de busca e carregamento da página acabará sendo o mesmo, se não for maior.
  16. 16. O mesmo acontece com o nosso cérebro ao nos condicionarmos a depender de um determinado serviço para buscar por informações. Segundo estudos realizados em universidades norte-americanas, o ser humano busca sempre a adaptação à situação mais comum ou que lhe parece mais agradável.
  17. 17. Mais informação significa mais conhecimento. Será mesmo?
  18. 18. Sendo assim, poderíamos chegar à conclusão de que quem tem acesso a mais informação também carrega mais conhecimento, certo? No entanto, nos esquecemos de que apenas ter acesso a um volume incontrolável de informações não quer dizer, necessariamente, ter maior capacidade de raciocínio ou de tomar decisões.
  19. 19. Exemplo: Um executivo trabalha o dia todo diante de um computador. E também tem um notebook e um smartphone. Tudo integrado e sincronizado, permitindo que ele acesse informações a partir de qualquer lugar.
  20. 20. Será que o fato de esse executivo ser multitarefa, respondendo emails, checando as cotações do dólar e ainda falando com sua esposa ao telefone ao mesmo tempo faz dele um profissional mais competente do que aquele que faz uma tarefa por vez, mas com mais foco e concentração? Provavelmente não.
  21. 21. Pesquisadores já comprovaram que, diferente dos sistemas operacionais, os seres humanos não são multitarefa. Mesmo quando você está fazendo duas atividades ao mesmo tempo, seu cérebro está focado predominantemente em uma delas, reduzindo a atenção daquela que julgar menos importante.
  22. 22. É como dirigir e falar ao celular ao mesmo tempo. Enquanto faz isso você pode até ter a sensação de estar ganhando tempo. No entanto, no final das contas, você utilizará seu tempo ou até mais correções em ou função mesmo de possíveis compensações pelos momentos em que você prestou menos atenção em algo do que deveria.
  23. 23. 140 caracteres de paciência. Está bom para você?
  24. 24. Grande parte dos usuários da web analisa apenas o título e os subtítulos, se aprofundando quando julgam relevante. na a leitura informação apenas muito
  25. 25. O fenômeno “menos leitura e mais informação” se deve a grande quantidade de informação que chega até nós todos os dias, principalmente através das redes sociais. É natural que, em meio a tantas opções, o resultado seja um verdadeiro maremoto de informações diante dos seus olhos, tudo isso enquanto você deveria apenas estar lendo um texto ou redigindo um email, por exemplo.
  26. 26. O pecado capital: preguiça
  27. 27. Exemplo preguiça Nas redes sociais, vocês já devem ter visto algumas pessoas fazendo perguntas simples do tipo “onde é que eu encontro isso?” ou “como se escreve uma determinada palavra?".
  28. 28. A resposta muitas para vezes, essas pode ser perguntas, facilmente encontrada com uma simples pesquisa na internet - ou com um pouquinho de reflexão para deduzir do que se trata -, mas ainda assim muitos acham mais cômodo perguntar antes mesmo de tentar encontrar a solução.
  29. 29. Afinal, a tecnologia está nos deixando menos inteligentes e mais preguiçosos?
  30. 30. Não se pode apontar a tecnologia como a única culpada nessa história. Se não fosse por ela, muito do que existe nos dias de hoje ainda seria impossível e provavelmente o seu trabalho demoraria o dobro do tempo. A questão que deve ser analisada é a maneira como nos relacionamos com ela.
  31. 31. De que adianta ter cinco ou seis gadgets (dispositivos) conectados em tempo integral à internet se a sua capacidade de concentração permite que você apenas se dedique, satisfatoriamente, a uma tarefa de cada vez? Talvez o seu maior desafio seja lutar contra o comodismo e às facilidades que a internet proporciona, em prol do seu desenvolvimento intelectual.
  32. 32. SUGESTÃO Da próxima vez que você tiver uma dúvida simples, de como se escreve uma determinada palavra ou como passar de uma determinada fase em jogo você pensar um pouco mais sobre o assunto antes de digitar o termo na caixa de pesquisa de um site de buscas?
  33. 33. Tentativa e erro são características importantes para o aprendizado de qualquer pessoa, mas com a agilidade proporcionada pela web, muitos usuários sequer tem a consciência de que são capazes, por si próprios, de encontrar respostas para muitas dúvidas cotidianas. Será que da próxima vez você vai conseguir resistir à tentação?
  34. 34. Resposta a essas questões: Você se identificou com as situações apresentadas? Quais são os principais pontos que determinam que os usuários se tornem mais acomodados e consumam mais informação sem que isso signifique de fato um acréscimo de conhecimento?
  35. 35. Utilidades do tijolo Faça uma lista de utilidades para um tijolo, descartando o item construção, que é a finalidade básica do tijolo. Deixe sua criatividade trabalhar. “A imaginação é mais importante que o conhecimento” (Einstein)

×