SlideShare uma empresa Scribd logo
CASO THEODOR E
 KÁTIA, É UMA
  OBSESSÃO?
SIM. EXPLIQUEMOS. SE
THEODOR NÃO DESEJA MAL A
    KATIA TAMBÉM NÃO
 DESEJAVA O BEM, QUERIA
POIS SE LIVRAR DA SITUAÇÃO
DESESPERADORA EM QUE SE
       ENCONTRAVA.
ENTÃO PODE HAVER OBSESSÃO SEM MALDADE?
        OBSESSORES SEM MALDADE

        O LIVRO DOS MÉDIUNS – cap XXIII
 246. HÁ, ESPÍRITOS OBSESSORES SEM MALDADE,
QUE ALGUMA COISA MESMO DENOTAM DE BOM,
  MAS DOMINADOS PELO ORGULHO DO FALSO
SABER. TÊM SUAS IDÉIAS, SEUS SISTEMAS SOBRE
 AS CIÊNCIAS, A ECONOMIA SOCIAL, A MORAL, A
  RELIGIÃO, A FILOSOFIA, E QUEREM FAZER QUE
          SUAS OPINIÕES PREVALEÇAM.
AQUI ENCONTRAMOS UM TIPO DE ESPÍRITO
 CONFORME ASSINALA KARDEC, OBSEDAM
     NÃO POR MALDADE, MAS PELA
NECESSIDADE DE PREVALECER SUA OPINIÃO.

      THEODOR, POIS QUE PODE SER
   CLASSIFICADO COMO OBSESSOR SEM
     MALDADE JÁ QUE NÃO DESEJAVA
 PREJUDICAR KÁTIA, NÃO HAVIA MOTIVOS
     PARA VINGANÇA OU DESFORRA.
ENCONTRAMOS NO SEU CASO UMA
 OBSESSÃO CUJO INTERESSE TAMBÉM NÃO
 ERA NECESSIDADE DE FAZER PREVALECER
SUAS IDÉIAS, MAS QUE EXERCIA INFLUÊNCIA
   DANOSA SOBRE A PERSONALIDADE DE
     KATIA, QUE SE DEIXOU DOMINAR
  TOTALMENTE PELA AÇÃO DO ESPÍRITO.
THEODOR NÃO HABILITADO A SUA
   SITUAÇÃO DE DESENCARNADO, PEDIA
SOCORRO A NOIVA QUERIDA, NO DESEJO DE
SE LIVRAR DA SITUAÇÃO INCOMPREENSÍVEL
 EM QUE ESTAVA. O MÓVEL DA OBSESSÃO
    ERA SEU DESESPERO PELA SITUAÇÃO
INUSITADA E A INCONFORMAÇÃO DE KÁTIA
 PELA SUA PERDA CONSTITUIU A TOMADA
 MENTAL DE RECEPÇÃO DESTE DESESPERO.
CLASSIFICAÇÃO DO CASO DE KATIA E
  THEODOR – QUE TIPO DE OBSESSÃO?

É UMA SUBJUGAÇÃO OU FASCINAÇÃO? NO
   CASO KATIA NÃO APRESENTAVA SUA
VONTADE PARALISADA PELO ESPÍRITO QUE
A INFLUENCIAVA, OU SEJA, THEODOR, MAS
   ACEITAVA PLENAMENTE A CONDIÇÃO
   INUSITADA DE CONVERSAR COM UM
 “MORTO” QUE FERIDO VIOLENTAMENTE
     REVIVEU DENTRO DA SEPULTURA.
ELA NÃO FOI CAVAR O TÚMULO
 OBEDECENDO SOMENTE A THEODOR, MAS
 DESEJOSA POR SI MESMA DE SALVAR SEU
  NOIVO ENTERRADO VIVO, ACREDITANDO
 TOTALMENTE QUE TAL ACONTECERA. NÃO
  HAVIA ESPAÇO PARA O RACIOCÍNIO, ELA
 QUERIA TANTO ACREDITAR NO FATO QUE
NÃO PERMITIA NENHUMA OUTRA HIPÓTESE
PARA O FENÔMENO DA CONTINUIDADE DA
EXISTÊNCIA DE THEODOR. PARECE-NOS UM
          CASO DE FASCINAÇÃO
YVONNE PEREIRA RESSALTA A DIFICULDADE
    DE SE TRATAR DESTES CASOS DE
            FASCINAÇÃO.

    RECORDAÇÕES DA MEDIUNIDADE
   A TAREFA SE APRESENTA MAIS FÁCIL
QUANDO O OBSIDIADO, COMPREENDENDO
A SUA SITUAÇÃO, PRESTA O CONCURSO DA
   SUA BOA VONTADE E DA SUA PRECE.
O MESMO NÃO SE DÁ, QUANDO, SEDUZIDO
 PELO ESPÍRITO EMBUSTEIRO, ELE SE ILUDE NO
  TOCANTE ÀS QUALIDADES DAQUELE QUE O
DOMINA E SE COMPRAZ NO ERRO EM QUE ESTE
 ÚLTIMO O LANÇA, VISTO QUE, ENTÃO, LONGE
  DE SECUNDAR, REPELE TODA ASSISTÊNCIA.

 É O CASO DA FASCINAÇÃO, INFINITAMENTE
  MAIS REBELDE DO QUE A MAIS VIOLENTA
    SUBJUGAÇÃO.» (VIDE «O LIVRO DOS
          MÉDIUNS», CAP. XXIII)
O FASCINADO NÃO ACEITA
 AJUDA OU CRÍTICA AO SEU
PROCEDER, QUE ERA O CASO
        DE KATIA.
O LIVRO DOS MÉDIUNS
    COMO JÁ DISSEMOS, O FASCINADO,
GERALMENTE, ACOLHE MAL OS CONSELHOS;
   A CRÍTICA O ABORRECE, IRRITA E O FAZ
TOMAR QUIZILA DOS QUE NÃO PARTILHAM
    DA SUA ADMIRAÇÃO. SUSPEITAR DO
ESPÍRITO QUE O ACOMPANHA É QUASE, AOS
      SEUS OLHOS, UMA PROFANAÇÃO
E OUTRA COISA NÃO QUER O DITO ESPÍRITO,
 POIS TUDO A QUE ASPIRA É QUE TODOS SE
    CURVEM DIANTE DA SUA PALAVRA.
PORQUE NÃO É SUBJUGAÇÃO?

 No caso da subjugação AS VEZES O OBSIDIADO TEM
CONSCIÊNCIA de que esta sob uma situação anormal.

          O LIVRO DOS MÉDIUNS – cap. XXIII
  240 - VAI, ÀS VEZES, MAIS LONGE A SUBJUGAÇÃO
CORPORAL; PODE LEVAR AOS MAIS RIDÍCULOS ATOS.
 CONHECEMOS UM HOMEM, QUE NÃO ERA JOVEM,
     NEM BELO E QUE, SOB O IMPÉRIO DE UMA
         OBSESSÃO DESSA NATUREZA, SE VIA
 CONSTRANGIDO, POR UMA FORÇA IRRESISTÍVEL, A
 PÔR-SE DE JOELHOS DIANTE DE UMA MOÇA A CUJO
RESPEITO NENHUMA PRETENSÃO NUTRIA E PEDI-LA
                  EM CASAMENTO.
OUTRAS VEZES, SENTIA NAS COSTAS E NOS
  JARRETES UMA PRESSÃO ENÉRGICA, QUE O
FORÇAVA, NÃO OBSTANTE A RESISTÊNCIA QUE
LHE OPUNHA, A SE AJOELHAR E BEIJAR O CHÃO
 NOS LUGARES PÚBLICOS E EM PRESENÇA DA
MULTIDÃO. ESSE HOMEM PASSAVA POR LOUCO
    ENTRE AS PESSOAS DE SUAS RELAÇÕES;
  ESTAMOS, PORÉM, CONVENCIDOS DE QUE
 ABSOLUTAMENTE NÃO O ERA, PORQUANTO
 TINHA CONSCIÊNCIA PLENA DO RIDÍCULO DO
 QUE FAZIA CONTRA A SUA VONTADE E COM
       ISSO SOFRIA HORRIVELMENTE.
Quando a subjugação aniquila a capacidade
de raciocínio Kardec afirma que ela é como
              uma fascinação:

          O LIVRO DOS MÉDIUNS
 240. A SUBJUGAÇÃO É UMA CONSTRIÇÃO
QUE PARALISA A VONTADE DAQUELE QUE A
  SOFRE E O FAZ AGIR A SEU MAU GRADO.
NUMA PALAVRA: O PACIENTE FICA SOB UM
 VERDADEIRO JUGO. A SUBJUGAÇÃO PODE
        SER MORAL OU CORPORAL.
NO PRIMEIRO CASO, O SUBJUGADO É
 CONSTRANGIDO A TOMAR RESOLUÇÕES
       MUITAS VEZES ABSURDAS E
  COMPROMETEDORAS QUE, POR UMA
ESPÉCIE DE ILUSÃO, ELE JULGA SENSATAS: É
 UMA COMO FASCINAÇÃO. NO SEGUNDO
CASO, O ESPÍRITO ATUA SOBRE OS ÓRGÃOS
  MATERIAIS E PROVOCA MOVIMENTOS
             INVOLUNTÁRIOS.
DESTACAMOS A AGRESSÃO VIOLENTA CONTRA
    O COVEIRO E A NECESSIDADE DE SER
   MANIETADA E CONTIDA PELA FAMÍLIA,
  CONVENCIDA DA URGÊNCIA DE SALVAR O
    NOIVO, QUE COMPROVAM A TOTAL
              FASCINAÇÃO.
     SE FOSSE SUBJUGAÇÃO ELA SERIA
  CONSTRANGIDA PELO NOIVO A CAVAR A
 SEPULTURA, MAS EM SEU ÍNTIMO SABERIA
  ESTAR EM ERRO, MAS NÃO CONSEGUIRIA
      DEIXAR DE FAZER A ESCAVAÇÃO.
SE THEODOR NÃO DESEJA MAL A KATIA
    TAMBÉM NÃO DESEJAVA O BEM.

657. TÊM, PERANTE DEUS, ALGUM MÉRITO
      OS QUE SE CONSAGRAM À VIDA
CONTEMPLATIVA, UMA VEZ QUE NENHUM
  MAL FAZEM E SÓ EM DEUS PENSAM?
“NÃO, PORQUANTO, SE É CERTO QUE NÃO
FAZEM O MAL, TAMBÉM O É QUE NÃO FAZEM
 O BEM E SÃO INÚTEIS. DEMAIS, NÃO FAZER O
BEM JÁ É UM MAL. DEUS QUER QUE O HOMEM
   PENSE NELE, MAS NÃO QUER QUE SÓ NELE
    PENSE, POIS QUE LHE IMPÔS DEVERES A
  CUMPRIR NA TERRA. QUEM PASSA TODO O
TEMPO NA MEDITAÇÃO E NA CONTEMPLAÇÃO
NADA FAZ DE MERITÓRIO AOS OLHOS DE DEUS,
   PORQUE VIVE UMA VIDA TODA PESSOAL E
  INÚTIL À HUMANIDADE E DEUS LHE PEDIRÁ
 CONTAS DO BEM QUE NÃO HOUVER FEITO.”
PORQUE THEODOR NÃO SE LEMBROU
  DE DEUS, DE FAZER UMA ORAÇÃO,
     PEDIR AJUDA ATRAVÉS DOS
  CONHECIMENTOS RELIGIOSOS QUE
DISPUNHA? APESAR DE TUDO ELE NÃO
    PODE SER CONSIDERADO MAL
   INTENCIONADO, MOVIDO PELO
 DESESPERO VIU NA NOIVA A ÚNICA
        FORMA DE AJUDA.
OBSESSÕES E POSSESSÕES
   45. PULULAM EM TORNO DA TERRA OS MAUS
ESPÍRITOS, EM CONSEQÜÊNCIA DA INFERIORIDADE
MORAL DE SEUS HABITANTES. A AÇÃO MALFAZEJA
   DESSES ESPÍRITOS É PARTE INTEGRANTE DOS
   FLAGELOS COM QUE A HUMANIDADE SE VÊ A
 BRAÇOS NESTE MUNDO. A OBSESSÃO QUE É UM
  DOS EFEITOS DE SEMELHANTE AÇÃO, COMO AS
  ENFERMIDADES E TODAS AS ATRIBULAÇÕES DA
    VIDA, DEVE, POIS, SER CONSIDERADA COMO
   PROVAÇÃO OU EXPIAÇÃO E ACEITA COM ESSE
                    CARÁTER.


                A GÊNESE
DIVALDO
 FRANCO
RESPONDE
QUESTIONADO SOBRE AS
 CAUSAS DO AUMENTO
  DOS TRANSTORNOS
     EMOCIONAIS
 O ORADOR RESPONDE:
Afirma que existem fatores
 como a hereditariedade, as
        enfermidades,
relacionamentos, fenômenos
socioeconômicos, ansiedade,
medo, a solidão e as perdas...
DO PONTO DE VISTA ESPÍRITA,
TODOS ESSES FENÔMENOS SÃO DO
           ESPÍRITO...
DESSA MANEIRA, A MELANCOLIA E
 A DEPRESSÃO, OS DISTÚRBIOS DO
PÂNICO E OUTROS TRANSTORNOS
      IGUALMENTE GRAVES
 ENCONTRAM-SE EM GERMES NO
    ESPÍRITO QUE É DEVEDOR.
O ESPIRITISMO, NO SEU PARADIGMA
     CIENTÍFICO, APRESENTA UMA
 TERCEIRA PSICOGÊNESE PARA TODOS
 ESSES FENÔMENOS PERTURBADORES,
 QUE DENOMINAMOS COMO A LEI DE
           CAUSA E EFEITO.
  NESSE POSTULADO, O ESPIRITISMO
IDENTIFICA UMA OUTRA SÍNDROME, A
           DA OBSESSÃO...
Doentes mentais,, transitam por todos os cantos
 deste hospício: uns, com grito alarmante, como de
réprobos. Fazendo com que também gritemos, pelo
 terror que suas ameaças odiosas nos comunicam;
  outros, desesperados e enraivecidos, vingadores
   diante das maldades que sofreram no passado,
 induzindo-nos também a fúrias insopitáveis, pelas
 revoltas que suas proezas nos despertam, e ainda
outros , tão sofredores,feios e repulsivos, com seus
olhares afogueados, suas vestes negras e rotas, seus
mantos longos quais sudários assombradores, que a
     loucura chega também a nós e nos pomos a
CONJUGAÇÃO DE
    ONDAS

( MECANISMOS DA MEDIUNIDADE )
VEMOS QUE A CONJUGAÇÃO DE ONDAS
MENTAIS SURGE, PRESENTE, EM TODOS OS
FATOS MEDIÚNICOS. ATENTA AO REFLEXO
CONDICIONADO DA PRECE, NAS REUNIÕES
  DOUTRINÁRIAS OU NAS EXPERIÊNCIAS
PSÍQUICAS, A MENTE DO MÉDIUM PASSA A
   EMITIR AS OSCILAÇÕES QUE LHE SÃO
    PRÓPRIAS, ÀS QUAIS SE ENTROSAM
 AQUELAS DA ENTIDADE COMUNICANTE,
      COM VISTAS A CERTOS FINS.
...SE QUISERMOS SUSTENTAR O
     CONTINUÍSMO DE SEMELHANTE
               CONJUGAÇÃO,
 É IMPRESCINDÍVEL CONSERVAR ENTRE OS
           DOIS UM GERADOR DE
FORÇA, QUE, NA QUESTÃO EM ANÁLISE, É O
       PENSAMENTO CONSTANTE DE
         ACEITAÇÃO OU ADESÃO DA
       PERSONALIDADE MEDIÚNICA,
THEODOR E KATIA EMITIAM
   ONDAS MENTAIS NA MESMA
FREQUÊNCIA DEVIDO A AFINIDADE
     EXISTENTE ENTRE ELES.
 POR ISSO ELA SÓ VIA A THEODOR
  ENQUANTO SABEMOS QUE EM
GERAL O CEMITÉRIO ESTÁ REPLETO
   DE ESPÍRITOS EM SITUAÇÕES
             DIFÍCEIS.
OBREIROS
   DA
  VIDA
 ETERNA

 Cap. 15
LOGO APÓS, ANTE AS
  EXCLAMAÇÕES DOLOROSAS DOS
    FAMILIARES, O ATAÚDE FOI
CERRADO E INICIOU-SE O PRÉSTITO
 SILENCIOSO. SEGUÍAMOS, AO FIM
     DO CORTEJO, EM NÚMERO
   SUPERIOR A VINTE ENTIDADES
   DESENCARNADAS, INCLUSIVE O
      IRMÃO RECÉM-LIBERTO.
PROSSEGUÍAMOS COM AS MELHORES
   NOTAS DE CALMA, QUANDO NOS
   ACERCAMOS DO CAMPO-SANTO.
 ESTRANHA SURPRESA EMPOLGOU-ME
    DE SÚBITO. NENHUM DOS MEUS
COMPANHEIROS, EXCEÇÃO DE DIMAS,
   QUE FAZIA VISÍVEL ESFORÇO PARA
SOSSEGAR A SI MESMO, EXTERIORIZOU
   QUALQUER EMOÇÃO, DIANTE DO
        QUADRO QUE VÍAMOS
MAS NÃO PUDE SOFREAR O ESPANTO
  QUE ME TOMOU O CORAÇÃO. AS
 GRADES DA NECRÓPOLE ESTAVAM
    CHEIAS DE GENTE DA ESFERA
      INVISÍVEL, EM GRITARIA
   ENSURDECEDORA. VERDADEIRA
 CONCENTRAÇÃO DE VAGABUNDOS
 SEM CORPO FÍSICO APINHAVA-SE À
 PORTA. ENDEREÇAVAM DITÉRIOS E
PIADAS À LONGA FILA DE AMIGOS DO
             MORTO.
CLARIVIDÊNCIA E
CLARIAUDIÊNCIA
( MECANISMOS DA MEDIUNIDADE )
IDÊNTICO MECANISMO (conjugação de
  ondas mentais) PRESIDE OS FENÔMENOS
 DA CLARIVIDÊNCIA E DA CLARIAUDIÊNCIA,
      PORQUANTO, PELA ASSOCIAÇÃO
 AVANÇADA DOS RAIOS MENTAIS ENTRE A
 ENTIDADE E O MÉDIUM DOTADO DE MAIS
AMPLAS PERCEPÇÕES VISUAIS E AUDITIVAS,
 A VISÃO E A AUDIÇÃO SE FAZEM DIRETAS,
   DO RECINTO EXTERIOR PARA O CAMPO
 ÍNTIMO, GRADUANDO-SE, CONTUDO, EM
          EXPRESSÕES VARIADAS.
ESCASSEANDO OS RECURSOS ULTRA-
SENSORIAIS, SURGEM NOS MÉDIUNS DESSA
   CATEGORIA A VIDÊNCIA E A AUDIÇÃO
  INTERNAS, MAIS ENTRANHADAMENTE
 RADICADAS NA CONJUGAÇÃO DE ONDAS.
 ATUANDO SOBRE OS RAIOS MENTAIS DO
     MEDIANEIRO, O DESENCARNADO
  TRANSMITE-LHE QUADROS E IMAGENS,
 VALENDO-SE DOS CENTROS AUTÔNOMOS
 DA VISÃO PROFUNDA, LOCALIZADOS NO
              DIENCÉFALO,
OU LHE COMUNICA VOZES E SONS,
 UTILIZANDO-SE DA CÓCLEA, TANTO MAIS
     PERFEITAMENTE QUANTO MAIS
     INTENSAMENTE SE VERIFIQUE A
   COMPLEMENTAÇÃO VIBRATÓRIA NOS
  QUADROS DE FREQÜÊNCIA DAS ONDAS,
    OCORRÊNCIAS ESSAS NAS QUAIS SE
    AFIGURA AO MÉDIUM POSSUIR UM
 ESPELHO NA INTIMIDADE DOS OLHOS OU
UMA CAIXA ACÚSTICA NA PROFUNDEZ DOS
              OUVIDOS.
PAULO E ESTEVÃO
    A JOVEM NOIVA TECLA OUVINDO AS
 PREGAÇÕES DO APÓSTOLO PASSA A SENTIR
     EXTREMA PAIXÃO POR ESTE, FATO
   APROVEITADO PELOS ISRAELITAS PARA
PROMOVEREM A EXPULSÃO DO ORADOR DA
 CIDADE. A NOIVA ESQUECEU DOS DEVERES
  FAMILIARES EM BUSCA DA PRESENÇA DE
PAULO. ABANDONOU O TRABALHO, SUA MÃE
 E SEU NOIVO ACOMPANHAM O CASO COM
        DESAGRADÁVEL SURPRESA.
Certa vez, a moça lhe pediu uma palavra em
  particular, quando se declara ao apóstolo:
SENHOR — CONSEGUIU DIZER OFEGANTE —,
NÃO SEI POR QUÊ, TENHO RECEBIDO GRANDE
    IMPRESSÃO COM A VOSSA PALAVRA.
      — O QUE TENHO ENSINADO —
 ESCLARECEU PAULO — NÃO É MEU; VEM DE
   JESUS, QUE NOS DESEJA TODO O BEM.
— DE QUALQUER MODO, PORÉM — DISSE
    ELA COM MAIS TIMIDEZ —, AMO-VOS
                  MUITO!...
...—DEPOIS DE MEDITAR PAULO RESPONDE:
FILHA, OS QUE SE AMAM EM ESPÍRITO, UNEM-SE
 EM CRISTO PARA A ETERNIDADE DAS EMOÇÕES
MAIS SANTAS; MAS, QUEM SABE ESTÁ AMANDO
          A CARNE QUE VAI MORRER?...
     SIM, O AMOR É SANTO, MAS A PAIXÃO É
     VENENOSA. MOISÉS RECOMENDOU QUE
    AMÁSSEMOS A DEUS ACIMA DE TUDO; E O
 MESTRE ACRESCENTOU QUE NOS AMÁSSEMOS
        UNS AOS OUTROS, EM TODAS AS
           CIRCUNSTÂNCIAS DA VIDA...
QUANDO O NOIVO CHEGA ENRAIVECIDO
RESPONDE: — AMIGO, NÃO TE ACABRUNHES
  NEM TE EXALTES, EM FACE DOS SUCESSOS
     QUE SE ORIGINAM DE PROFUNDAS
    INCOMPREENSÕES. TUA NOIVA ESTÁ
    SIMPLESMENTE ENFERMA. ESTAMOS
 ANUNCIANDO O CRISTO, MAS O SALVADOR
 TEM OS SEUS INIMIGOS OCULTOS EM TODA
  PARTE, COMO A LUZ TEM POR INIMIGA A
          TREVA PERMANENTE.
OS ADVERSÁRIOS INVISÍVEIS, DA
   VERDADE E DO BEM, CERTO SE
LEMBRARAM DE INFLUENCIAR ESTA
  POBRE CRIANÇA, PARA FAZÊ-LA
 INSTRUMENTO PERTURBADOR DE
  NOSSA TAREFA. Ë POSSÍVEL QUE
    NÃO ME COMPREENDAS DE
     PRONTO; NO ENTANTO, A
     REALIDADE NÃO É OUTRA.
AÇÃO
             E
          REAÇÃO
( MODO DE AGIR DOS OBSESSORES )
APRENDEMOS NAS ESCOLAS DE VINGADORES
      (4) QUE TODOS POSSUÍMOS, ALÉM
  DOS DESEJOS IMEDIATISTAS COMUNS, EM
   QUALQUER FASE DA VIDA, UM "DESEJO-
                CENTRAL" OU
    "TEMA BÁSICO" DOS INTERESSES MAIS
ÍNTIMOS. POR ISSO, ALÉM DOS PENSAMENTOS
               VULGARES QUE
 NOS APRISIONAM A EXPERIÊNCIA ROTINEIRA,
    EMITIMOS COM MAIS FREQÜÊNCIA OS
               PENSAMENTOS
QUE NASCEM DO "DESEJO-CENTRAL" QUE NOS
                CARACTERIZA,
PENSAMENTOS ESSES QUE PASSAM A
CONSTITUIR O REFLEXO DOMINANTE DE
NOSSA PERSONALIDADE. DESSE MODO, É
         FÁCIL CONHECER A
 NATUREZA DE QUALQUER PESSOA, EM
   QUALQUER PLANO, ATRAVÉS DAS
     OCUPAÇÕES E POSIÇÕES EM
        QUE PREFIRA VIVER.
ASSIM É QUE A CRUELDADE É O REFLEXO
  DO CRIMINOSO, A COBIÇA É O REFLEXO
   DO USURÁRIO, A MALEDICÊNCIA É O
REFLEXO DO CALUNIADOR, O ESCÁRNIO É O
           REFLEXO DO IRONISTA
      E A IRRITAÇÃO É O REFLEXO DO
   DESEQUILIBRADO, TANTO QUANTO A
    ELEVAÇÃO MORAL É O REFLEXO DO
                 SANTO
CONHECIDO O REFLEXO DA CRIATURA QUE
 NOS PROPOMOS RETIFICAR OU PUNIR É,
                ASSIM,
 MUITO FÁCIL SUPERALIMENTÁ-LA COM
       EXCITAÇÕES CONSTANTES,
  ROBUSTECENDO-LHE OS IMPULSOS E
    OS QUADROS JÁ EXISTENTES NA
IMAGINAÇÃO E CRIANDO OUTROS QUE SE
         LHES SUPERPONHAM,
NUTRINDO-LHE, DESSA FORMA, A FIXAÇÃO
               MENTAL
COM ESSE OBJETIVO, BASTA ALGUMA
DILIGÊNCIA PARA SITUAR, NO CONVÍVIO DA
 CRIATURA MALFAZEJA QUE PRECISAMOS
      CORRIGIR, ENTIDADES OUTRAS
QUE SE LHE ADAPTEM AO MODO DE SENTIR
 E DE SER, QUANDO NÃO POSSAMOS POR
 NÓS MESMOS, À FALTA DE TEMPO, CRIAR
  AS TELAS QUE DESEJEMOS, COM VISTAS
   AOS FINS VISADOS, POR INTERMÉDIO
      DA DETERMINAÇÃO HIPNÓTICA.
ATRAVÉS DE SEMELHANTES PROCESSOS,
    CRIAMOS E MANTEMOS FACILMENTE O
 "DELÍRIO PSÍQUICO" OU A "OBSESSÃO", QUE
    NÃO PASSA DE UM ESTADO ANORMAL
   DAMENTE, SUBJUGADA PELO EXCESSO DE
SUAS PRÓPRIAS CRIAÇÕES A PRESSIONAREM O
     CAMPO SENSORIAL, INFINITAMENTE
    ACRESCIDAS DE INFLUÊNCIA DIRETA OU
        INDIRETA DE OUTRAS MENTES
DESENCARNADAS OU NÃO, ATRAÍDAS POR SEU
      PRÓPRIO REFLEXO. E, SORRINDO, O
      INTELIGENTE PERSEGUIDOR DISSE,
               SARCÁSTICO:
- CADA UM É TENTADO EXTERIORMENTE PELA
  TENTAÇÃO QUE ALIMENTA EM SI PRÓPRIO.
29
A VISÃO DE FRANCISCO
NOTEI NARCISA A LUTAR HEROICAMENTE POR
 ACALMAR UM RAPAZ QUE REVELAVA SINGULARES
 DISTÚRBIOS. PROCUREI AJUDÁ-LA.O POBREZINHO,
     DE OLHOS PERDIDOS NO ESPAÇO, GRITAVA,
                     ESPANTADIÇO:
 - ACUDA-ME, POR AMOR DE DEUS! TENHO MEDO,
      MEDO!...E, OLHAR ESGAZEADO DOS QUE
    EXPERIMENTAM PROFUNDAS SENSAÇÕES DE
   PAVOR, ACENTUAVA:- IRMÃ NARCISA, LÁ VEM
       "ELE"!, O MONSTRO! SINTO OS VERMES
                      NOVAMENTE!
    "ELE"! "ELE"!. . . LIVRE-ME "DELE" IRMÃ! NÃO
               QUERO, NÃO QUERO!...
- CALMA, FRANCISCO - PEDIA A COMPANHEIRA DOS
INFORTUNADOS -, VOCÊ VAI LIBERTAR-SE, GANHAR
 MUITA SERENIDADE E ALEGRIA, MAS DEPENDE DO
                      SEU ESFORÇO
- A QUEM SE REFERE O DOENTE? - INDAGUEI,
                IMPRESSIONADO. ESTÁ,
  PORVENTURA, ASSEDIADO POR ALGUMA SOMBRA
              INVISÍVEL AO MEU OLHAR?
 A VELHA SERVIDORA DAS CÂMARAS DE RETIFICAÇÃO
             SORRIU CARINHOSAMENTE E
                        FALOU:
        - TRATA-SE DO SEU PRÓPRIO CADÁVER.
         - QUE ME DIZ? - TORNEI, ESPANTADO.
- O POBREZINHO ERA EXCESSIVAMENTE APEGADO AO
                 CORPO FÍSICO E VEIO
   PARA A ESFERA ESPIRITUAL APÓS UM DESASTRE,
           ORIUNDO DE PURA IMPRUDÊNCIA.
    ESTEVE, DURANTE MUITOS DIAS, AO LADO DOS
         DESPOJOS, EM PLENO SEPULCRO, SEM
      SE CONFORMAR COM SITUAÇÃO DIVERSA.
QUERIA FIRMEMENTE LEVANTAR O CORPO
  HIRTO, TAL O IMPÉRIO DA ILUSÃO EM QUE
  VIVERA E, NESSE TRISTE ESFORÇO, GASTOU
  MUITO TEMPO. AMEDRONTAVA-SE COM A
   IDÉIA DE ENFRENTAR O DESCONHECIDO E
 NÃO CONSEGUIA ACUMULAR NEM MESMO
      ALGUNS ÁTOMOS DE DESAPEGO ÀS
      SENSAÇÕES FÍSICAS. NÃO VALERAM
SOCORROS DAS ESFERAS MAIS ALTAS, PORQUE
      FECHAVA A ZONA MENTAL A TODO
   PENSAMENTO RELATIVO À VIDA ETERNA.
MECANISMOS
    DA
MEDIUNIDADE

IDEOPLASTIA
PARA MAIOR COMPREENSÃO DE QUALQUER
      FENÔMENO DA TRANSMISSÃO
MEDIÚNICA, NÃO NOS SERÁ LÍCITO ESQUECER
           A IDEOPLASTIA, PELA
QUAL O PENSAMENTO PODE MATERIALIZAR-
        SE, CRIANDO FORMAS QUE
  MUITAS VEZES SE REVESTEM DE LONGA
  DURAÇÃO, CONFORME A PERSISTÊNCIA
    DA ONDA EM QUE SE EXPRESSAM.
NOS
 DOMÍNIOS
    DA
MEDIUNIDADE
ABEIRAMO-NOS DA MÉDIUM RESPEITÁVEL
  E MODESTA E VIMO-LA PENSATIVA, NÃO
    OBSTANTE O VOZERIO ABAFADO, EM
                 TORNO.
NÃO LONGE, O PENSAMENTO CONJUGADO
 DE DUAS PESSOAS EXTERIORIZAVA CENAS
  LAMENTÁVEIS DE UM CRIME EM QUE SE
         HAVIAM EMBRENHADO.
  E, PERCEBENDO-AS, DONA AMBROSINA
  REFLETIA, FALANDO SEM PALAVRAS, EM
FRASES AUDÍVEIS TÃO SOMENTE EM NOSSO
                  MEIO:
— “AMADOS AMIGOS ESPIRITUAIS, QUE
   FAZER? IDENTIFICO NOSSOS IRMÃOS
  DELINQÜENTES E RECONHEÇO-LHES OS
   COMPROMISSOS... UM HOMEM FOI
    ELIMINADO... VEJO-LHE A AGONIA
     RETRATADA NA LEMBRANÇA DOS
RESPONSÁVEIS... QUE ESTARÃO BUSCANDO
      AQUI NOSSOS INFORTUNADOS
 COMPANHEIROS, FORAGIDOS DA JUSTIÇA
             TERRESTRE?”
REPARÁVAMOS QUE A MÉDIUM TEMIA
 PERDER A HARMONIA VIBRATÓRIA QUE LHE
              ERA PECULIAR.
NÃO DESEJAVA ABSORVER-SE EM QUALQUER
  PREOCUPAÇÃO ACERCA DOS VISITANTES
             MENCIONADOS.
    FOI ENTÃO QUE UM DOS MENTORES
PRESENTES SE APROXIMOU E TRANQÜILIZOU-
                    A:
 — AMBROSINA, NÃO RECEIE. ACALME-SE. É
PRECISO QUE A AFLIÇÃO NÃO NOS PERTURBE.
ACOSTUME-SE A VER NOSSOS IRMÃOS
    INFELIZES NA CONDIÇÃO DE CRIATURAS
 DIGNAS DE PIEDADE. LEMBRE-SE DE QUE NOS
ACHAMOS AQUI PARA AUXILIAR, E O REMÉDIO
NÃO FOI CRIADO PARA OS SÃOS. COMPADEÇA-
  SE, SUSTENTANDO O PRÓPRIO EQUILÍBRIO!
SOMOS DEVEDORES DE AMOR E RESPEITO UNS
   PARA COM OS OUTROS E, QUANTO MAIS
  DESVENTURADOS, DE TANTO MAIS AUXÍLIO
  NECESSITAMOS. É INDISPENSÁVEL RECEBER
  NOSSOS IRMÃOS COMPROMETIDOS COM O
MAL, COMO ENFERMOS QUE NOS RECLAMAM
                  CARINHO.
LIVRO CARTAS E CRÔNICAS -
         IRMÃO X
  08 - OBSESSÃO PACÍFICA
QUANDO REENCONTREI O MEU
AMIGO CUSTÓDIO SAQUAREMA NA
   VIDA ESPIRITUAL, DEPOIS DA
       EFUSÃO AFETIVA DE
COMPANHEIROS SEPARADOS DESDE
  MUITO, A CONVERSA SE DIRIGIU
      NATURALMENTE PARA
COMENTÁRIOS EM TORNO DA NOVA
           SITUAÇÃO.
SABIA CUSTÓDIO PERTENCENTE A FAMÍLIA
ESPÍRITA E, DECERTO, NESSA CONDIÇÃO, TERIA
               ELE RETIRADO E
O MÁXIMO DE VANTAGENS DA EXISTÊNCIA QUE
    VINHA DE LARGAR. PENSANDO NISSO,
               ARRISQUEI UMA
PERGUNTA, NA EXPECTATIVA DE SABÊ-LO COM
 EXCELENTE BAGAGEM PARA O INGRESSO EM
                 ESTÂNCIAS
SUPERIORES. SAQUAREMA, CONTUDO, SORRIU,
  DE MODO VAGO, E INFORMOU COM A FINA
              AUTOCRÍTICA QUE
       EU LHE CONHECIA NO MUNDO:
- ORA, MEU CARO, VOCÊ NÃO AVALIA O QUE
     SEJA UMA OBSESSÃO DISFARÇADA, SEM
         QUALQUER MOSTRA EXTERIOR.
  - VOCÊ NÃO IGNORA QUE RENASCI NUM LAR
 ESPÍRITA, MAS, COMO SUCEDE À MAIORIA DOS
REENCARNADOS, TRAZIA COMIGO, JUNGIDOS AO
    MEU CLIMA PSÍQUICO, ALGUNS SÓCIOS DE
 VÍCIOS E EXTRAVAGÂNCIAS DO PASSADO, QUE,
 SEM O VEÍCULO DE CARNE, SE VALIAM DE MIM
                   PARA SE
     VINCULAREM ÀS SENSAÇÕES DO PLANO
    TERRESTRE, QUAL SE EU FORA UMA VACA,
           HABILITADA A COOPERAR
 NA ALIMENTAÇÃO E CONDUÇÃO DE PEQUENA
                  FAMÍLIA...
CREIA QUE, DE MINHA PARTE, HAVIA
               RETOMADO
 A CHARRUA FÍSICA, LEVANDO EXCELENTE
    PROGRAMA DE TRABALHO QUE, SE
       ATENDIDO, ME ASSEGURARIA
PRECIOSO AVANÇO PARA AS VANGUARDAS
       DA LUZ. ENTRETANTO, MEUS
      VAMPIRIZADORES, ARDILOSOS E
INTELIGENTES, AGIAM À SOCAPA, SEM QUE
  EU, NEM DE LEVE, LHES PRESSENTISSE A
             INFLUÊNCIA... E
              SABE COMO?
- ATRAVÉS DE SIMPLES CONSIDERAÇÕES ÍNTIMAS –
 PROSSEGUIU SAQUAREMA, DESAPONTADO. – TÃO
  LOGO ME VI SAÍDO DA ADOLESCÊNCIA, COM BOA
   DOSE DE RACIOCÍNIOS LÓGICOS NA CABEÇA, OS
INSTRUTORES AMIGOS ME EXORTARAM, POR MEUS
PAIS, A CULTIVAR O REINO DO ESPÍRITO, REFERINDO-
                       SE A
   ESTUDO, ABNEGAÇÃO, APRIMORAMENTO, MAS,
        DENTRO DE MIM, AS VOZES DE MEUS
                ACOMPANHANTES
SURGIAM DA MENTE, COMO FIOS D’ÁGUA FLUINDO
DE MINADOURO, PROPICIANDO-ME DA FALSA IDÉIA
                        DE
         QUE EU FALAVA COMIGO MESMO;
“COISAS DA ALMA, CUSTÓDIO? NADA DISSO. A SUA
   HORA É DE JUVENTUDE, ALEGRIA, SOL... DEIXE A
   FILOSOFIA PARA DEPOIS...” DECORRIDO ALGUM
             TEMPO, BACHARELEI-ME.
 AS ADVERTÊNCIAS DO LAR SE FIZERAM MAIS ALTAS,
  CONCLAMANDO-ME AO DEVER; ENTRETANTO, OS
MEUS SEGUIDORES, ATÉ ENTÃO INVISÍVEIS PARA MIM,
       REVIDAVAM TAMBÉM COM A ZOMBARIA
      INARTICULADA: “AGORA? NÃO É OCASIÃO
   OPORTUNA. DE QUE MANEIRA HARMONIZAR A
               CARREIRA INICIANTE
      COM ASSUNTOS DE RELIGIÃO? CUSTÓDIO,
 CUSTÓDIO!... OBSERVE O CRITÉRIO DAS MAIORIAS,
              NÃO SE FAÇA DE LOUCO
CASEI-ME E, LOGO APÓS, OS CHAMADOS À
  ESPIRITUALIZAÇÃO RECRUDESCERAM, EM
                  TORNO
 DE MIM. MEUS SOLERTES EXPLORADORES,
   PORÉM, COMENTARAM, VIVAZES: “NÃO
             CEDA. CUSTÓDIO! E
   AS RESPONSABILIDADES DE FAMÍLIA? É
 PRECISO TRABALHAR, GANHAR DINHEIRO,
   OBTER POSIÇÃO, ZELAR POR MULHER E
FILHOS...” A MORTE SUBTRAIU-ME OS PAIS E
EU, ADVOGADO E FINANCISTA, JÁ NA IDADE
                MADURA,
AINDA OUVIA OS BONS ESPÍRITOS, POR
    INTERMÉDIO DE COMPANHEIROS
   DEDICADOS, REQUISITANDO-ME À
ELEVAÇÃO MORAL PELA EXECUÇÃO DOS
COMPROMISSOS ASSUMIDOS; TODAVIA,
 NA CASA INTERNA SE EMPOLEIRAVAM
OS ARGUMENTOS DE MEUS OBSESSORES
        INFLEXÍVEIS: “CUSTÓDIO,
  VOCÊ TEM MAIS QUE FAZERES... VIDA
               SOCIAL...
VOCÊ NÃO ESTÁ PREPARADO PARA SEARA DE
                FÉ...” EM
   SEGUIDA, MEU AMIGO, CHEGARAM A
    VELHICE E A DOENÇA, ESSAS DUAS
      ENFERMEIRAS DA ALMA, QUE
VIVEM DE MÃOS DADAS NA TERRA. PASSEI A
SOFRER E DESENCANTAR-ME. ALGUNS RAROS
             VISITANTES DE
 MINHA SENECTUDE, TRANSMITINDO-ME OS
       DERRADEIROS CONVITES DA
   ESPIRITUALIDADE MAIOR, INSISTIAM
                COMIGO,
ESPERANDO QUE EU ME CONSAGRASSE ÀS
COISAS SAGRADAS DA ALMA; NO ENTANTO,
                 DESSA
    VEZ, OS GRITOS DE MEUS ANTIGOS
   VAMPIRIZADORES SE ALTEARAM, MAIS
       IRÔNICOS, ASSOPRANDO-ME
  SARCASMO, QUAL SE FORA EU MESMO A
    RIDICULARIZAR-ME: “VOCÊ, VELHO
              CUSTÓDIO?!
QUE VAI FAZER
VOCÊ COM ESPIRITISMO? É TARDE DEMAIS...
 PROFISSÃO DE FÉ, MENSAGENS DE OUTRO
             MUNDO... QUE
   SE DIRÁ DE VOCÊ, MEU VELHO? SEUS
MELHORES AMIGOS FALARÃO EM LOUCURA,
           SENILIDADE... NÃO
            TENHA DÚVIDA...
SEUS PRÓPRIOS FILHOS INTERDITARÃO VOCÊ,
COMO SENDO UM DOENTE MENTAL, INAPTO
   À REGÊNCIA DE QUALQUER INTERESSE
  ECONÔMICO... VOCÊ NÃO ESTÁ MAIS NO
            TEMPO DISSO...”
SAQUAREMA ENDEREÇOU-ME SIGNIFICATIVO
          OLHAR E REMATOU:
- OS MEUS PERSEGUIDORES NÃO ME
        SEVICIARAM O CORPO, NEM ME
          CONTURBARAM A MENTE.
ACALENTARAM APENAS O MEU COMODISMO
  E, COM ISSO, ME IMPEDIRAM QUALQUER
                   PASSO
RENOVADOR. VOLTO DA TERRA, MEU CARO,
 IMITANDO O LAVRADOR ENDIVIDADO E DE
              MÃOS VAZIAS QUE
   REGRESSA DE UM CAMPO FÉRTIL, ONDE
 PODERIA TER AMEALHADO INIMAGINÁVEIS
                TESOUROS...
SEI QUE
  VOCÊ AINDA ESCREVE PARA OS HOMENS,
NOSSOS IRMÃOS. CONTE-LHES MINHA POBRE
               EXPERIÊNCIA,
   REFIRA-SE, JUNTO DELES, À OBSESSÃO
 PACÍFICA, PERIGOSA, MASCARADA... DIGA-
            LHES ALGUMA COISA
ACERCA DO VALOR DO TEMPO, DA GRANDEZA
   POTENCIAL DE QUALQUER TEMPO NA
          ROMAGEM HUMANA!...
PERGUNTA FEITA SOBRE OBSESSÃO
 UM RAPAZ DURANTE UM ESTUDO SOBRE
    OBSESSÃO PERGUNTOU COMO ELE
   PODERIA SABER SE ESTÁ OBSIDIADO.
 RESPOSTA: QUANDO VOCÊ ESCUTE NOS
     RECESSOS DA MENTE UMA IDEIA
 TORTURANTE QUE TEIMA POR SE FIXAR,
     INTERROMPENDO O CURSO DOS
   PENSAMENTOS; QUANDO CONSTATE,
  IMPERIOSA, ATUANTE FORÇA PSÍQUICA
INTERFERINDO NOS PROCESSOS MENTAIS;
QUANDO VERIFIQUE A VONTADE SENDO
   DOMINADA POR OUTRA VONTADE QUE
 PARECE DOMINAR; QUANDO EXPERIMENTE
 INQUIETAÇÃO CRESCENTE, NA INTIMIDADE
  MENTAL, SEM MOTIVOS REAIS; QUANDO
SINTA O IMPACTO DO DESALINHO ESPIRITUAL
EM FRANCO DESENVOLVIMENTO, ACAUTELE-
    SE, PORQUE VOCÊ SE ENCONTRA EM
PROCESSO IMPERIOSO E ULTRIZ DE OBSESSÃO
               PERTINAZ.
 (NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO – PG. 28 –
         EXAMINANDO A OBSESSÃO)
SINAIS
    DE
  ALARME

IRMÃ SHEILA
HÁ DEZ SINAIS VERMELHOS, NO CAMINHO
   DA EXPERIÊNCIA, INDICANDO QUEDA
    PROVÁVEL NA OBSESSÃO: QUANDO
         ENTRAMOS NA FAIXA DA
IMPACIÊNCIA;QUANDO ACREDITAMOS QUE
        A NOSSA DOR É A MAIOR;
 QUANDO PASSAMOS A VER INGRATIDÃO
  NOS AMIGOS; QUANDO IMAGINAMOS
      MALDADE NAS ATITUDES DOS
            COMPANHEIROS;
QUANDO COMENTAMOS O LADO MENOS
   FELIZ DESSA OU DAQUELA PESSOA;
    QUANDO RECLAMAMOS APREÇO E
          RECONHECIMENTO;
   QUANDO SUPOMOS QUE O NOSSO
   TRABALHO ESTÁ SENDO EXCESSIVO;
   QUANDO PASSAMOS O DIA A EXIGIR
ESFORÇO ALHEIO, SEM PRESTAR O MAIS
 LEVE SERVIÇO;QUANDO PRETENDEMOS
  FUGIR DE NÓS MESMOS, ATRAVÉS DO
     ÁLCOOL OU DO ENTORPECENTE;
QUANDO JULGAMOS QUE O DEVER É
          APENAS DOS OUTROS.
TODA VEZ QUE UM DESSES SINAIS VENHA A
SURGIR NO TRÂNSITO DE NOSSAS IDÉIAS, A
        LEI DIVINA ESTÁ PRESENTE,
 RECOMENDANDO-NOS A PRUDÊNCIA DE
AMPARAR-NOS NO SOCORRO DA PRECE OU
       NA LUZ DO DISCERNIMENTO.
   VIEIRA, WALDO; XAVIER, FRANCISCO
  CÂNDIDO. DA OBRA: IDEAL ESPÍRITA.
     DITADO PELO ESPÍRITO SCHEILLA
SOBRE
        A
   INFLUÊNCIA
       DA
    OBSESSÃO
    NOS MEIOS
DE COMUNICAÇÃO.
DRAMAS DA OBSESSÃO
SABIDO É, ENTRE ESPÍRITAS FIÉIS AOS SEUS
 PRINCÍPIOS, QUE TODOS OS HOMENS SÃO
 MÉDIUNS, OU, PELO MENOS, POSSUEM A
       POSSIBILIDADE DE SE DEIXAREM
   INFLUENCIAR PELAS INDIVIDUALIDADES
  INVISÍVEIS, SEJAM ESTAS ESCLARECIDAS,
    MEDÍOCRES OU INFERIORES. TODAVIA,
      SABIDO SERÁ TAMBÉM QUE MAIS
DEPRESSA A INDIVIDUALIDADE HUMANA SE
PERMITIRÁ ENVOLVER-SE COM AS ÚLTIMAS
          QUE COM AS PRIMEIRAS.
OS MÚLTIPLOS CASOS E GÊNEROS DIVERSOS
 DE OBSESSÃO, ESSE FLAGELO QUE ASSOLA
       OS PLANETAS ONDE GRANDES
   CRIMINOSOS, GRANDES CULPADOS E
 VICIOSOS REENCARNAM, AGLOMERADOS
PARA OS DEVIDOS RESGATES DO PASSADO
     E CONSEQUENTE PROGRESSO; OS
      COMPLEXOS DOS NOTICIÁRIOS
  MACABROS, ONDE AVULTAM TODAS AS
  MODALIDADES DA DELINQUÊNCIA E DO
INSULTO Á HARMONIA DA SOCIEDADE, DO
CRIME E DA DESESPERANÇA SEM TRÉGUAS,
MUITAS VEZES TIVERAM ORIGEM NA
INFLUÊNCIA DE SERES INVISÍVEIS SOBRE OS
   PORTES MEDIÚNICOS IGNORADOS OU
 REJEITADOS, DO DELINQÜENTE, POIS NÃO
ESQUECEREMOS QUE SE TRATA DE FORÇAS
   TÃO NATURAIS NA ESPÉCIE HUMANA
   COMO QUALQUER OUTRO DOS CINCO
    SENTIDOS QUE INTEGRAM A MESMA
        PERSONALIDADE HUMANA.
  RIO DE JANEIRO, 14 DE MARÇO DE 1964.
      ADOLFO BEZERRA DE MENEZES
NOS DOMÍNIOS DA MEDIUNIDADE
      CAP. 15 – FORÇAS VICIADAS
 EM MESA LAUTAMENTE PROVIDA COM
FINO CONHAQUE, UM RAPAZ, FUMANDO
COM VOLÚPIA E SOB O DOMÍNIO DE UMA
 ENTIDADE DIGNA DE COMPAIXÃO PELO
    ASPECTO REPELENTE EM QUE SE
   MOSTRAVA, ESCREVIA, ESCREVIA,
              ESCREVIA...
  — ESTUDEMOS — RECOMENDOU O
             ORIENTADOR.
O CÉREBRO DO MOÇO EMBEBIA-SE EM
    SUBSTÂNCIA ESCURA E PASTOSA QUE
       ESCORRIA DAS MÃOS DO TRISTE
      COMPANHEIRO QUE O ENLAÇAVA.
  VIA-SE-LHES A ABSOLUTA ASSOCIAÇÃO NA
    AUTORIA DOS CARACTERES ESCRITOS.
A DUPLA EM TRABALHO NÃO NOS REGISTROU
                A PRESENÇA.
 — NESTE INSTANTE — ANUNCIOU AULUS,
ATENCIOSO —, NOSSO IRMÃO DESCONHECIDO
   É HÁBIL MÉDIUM PSICÓGRAFO. TEM AS
 CÉLULAS DO PENSAMENTO INTEGRALMENTE
CONTROLADAS PELO INFELIZ CULTIVADOR DE
       CRUELDADE SOB A NOSSA VISTA.
IMANTA-SE-LHE À IMAGINAÇÃO E LHE ASSIMILA
  AS IDÉIAS, ATENDENDO-LHE AOS PROPÓSITOS
ESCUSOS, ATRAVÉS DOS PRINCÍPIOS DA INDUÇÃO
 MAGNÉTICA, DE VEZ QUE O RAPAZ, DESEJANDO
 PRODUZIR PÁGINAS ESCABROSAS, ENCONTROU
QUEM LHE FORTALEÇA A MENTE E O AJUDE NESSE
        MISTER.... O OBSESSOR, USANDO
 CALCULADAMENTE O RAPAZ (JORNALISTA) COM
    QUEM SE AFINA, PRETENDE ALCANÇAR O
   NOTICIÁRIO DE SENSAÇÃO, PARA DEPRIMIR A
VIDA MORAL DELA ( MOÇA QUE O ESPÍRITO ESTA
  PERSEGUINDO) E, COM ISSO, AMOLECER-LHE O
CARÁTER, TRAZENDO-A, SE POSSÍVEL, AO CHARCO
            VICIOSO EM QUE ELE JAZ.
IMAGINEMOS A INFLUÊNCIA DA
 TELEVISÃO E NOTICIÁRIOS SOBRE A
       MENTE DA CRIANÇA...

A CRIANÇA BRASILEIRA DE 4 A 12 ANOS
 FICA NA FRENTE DA TELEVISÃO UMA
   MÉDIA DE TRÊS HORAS E TRINTA
 MINUTOS POR DIA. MUITO MAIS DO
      QUE EM OUTROS PAÍSES.
         ( DADOS DE 2009 )
A CONEXÃO TELEVISÃO-VIOLÊNCIA-
   COMPORTAMENTO É PREOCUPANTE
  A VIOLÊNCIA DE TODAS AS GRADAÇÕES
       CONSPURCA AS CONQUISTAS
SOCIOLÓGICAS DESTE SÉCULO. IRROMPE-SE
   EM TODOS OS NÍVEIS DA SOCIEDADE,
    MANIFESTANDO-SE EM MÚLTIPLAS
 MAGNITUDES. LEMOS UM JORNAL, UMA
   REVISTA; ASSISTIMOS TELEVISÃO E A
    BESTIALIDADE É OBSTINADAMENTE
              DIFUNDIDA,
SEJA PELOS NOTICIÁRIOS, PELOS
DOCUMENTÁRIOS, SEJA PELOS FILMES
 (INCLUSIVE DESENHOS “INFANTIS”),
 PELOS PROGRAMAS DE AUDITÓRIO
    CADA VEZ MAIS OBSCUROS EM
     TERMOS DE VALORES ÉTICOS.
POR QUANTO TEMPO TEREMOS QUE
   CONVIVER COM OS AVILTANTES
PROGRAMAS DE TEVÊ NA PÁTRIA DO
           EVANGELHO?
DOIS ESTUDOS REALIZADOS PELO
  BANCO INTERAMERICANO DE
  DESENVOLVIMENTO (BID), EM
   2009, MOSTRARAM QUE AS
TELENOVELAS APRESENTADAS NOS
     ÚLTIMOS 40 ANOS VÊM
   MOLDANDO AS FAMÍLIAS EM
  ASPECTOS COMO NÚMERO DE
       FILHOS E DIVÓRCIOS.
ESTUDOS REALIZADOS PELA
   UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO
GRANDE DO SUL DEMONSTRAM QUE A
  EXIBIÇÃO DE VIOLÊNCIA NA TV TEM
      EFEITOS INEQUÍVOCOS. HÁ
  CORRELAÇÕES CONCRETAS ENTRE A
 FREQUENTE EXPOSIÇÃO À VIOLÊNCIA
      EXIBIDA NA TELEVISÃO E O
  COMPORTAMENTO AGRESSIVO DO
          TELESPECTADOR.
FOI PERGUNTADO A CHICO XAVIER COMO ERA
    ANALISADO O TRABALHO DOS MEIOS DE
   COMUNICAÇÃO PELO MUNDO ESPIRITUAL.
   O MÉDIUM DE UBERABA RESPONDEU: “NA
INGLATERRA HÁ UMA LEI QUE CONSIDERAMOS DE
  MUITA IMPORTÂNCIA. A PRÓPRIA IMPRENSA,
 ATRAVÉS DA CÚPULA FORMADA PELOS HOMENS
  DE RESPONSABILIDADE QUE A REPRESENTAM,
     DECIDIU FORMAR UMA ASSOCIAÇÃO DE
    CENSURA, DE TUDO QUE TIVESSE DE SER
LANÇADO AO PÚBLICO PELOS MAIS NOVOS, PELOS
        JORNALISTAS, PELOS RADIALISTAS
POR TODOS AQUELES QUE ESTIVESSEM
    COMEÇANDO A TAREFA DE SE
  COMUNICAR COM O PÚBLICO. NO
   BRASIL, A MINHA OPINIÃO, SEM
      QUALQUER CRÍTICA, MAS
  ABSOLUTAMENTE SEM QUALQUER
 CRÍTICA, EU CREIO QUE OS EXCESSOS
  NA TELEVISÃO, NOS JORNAIS E NAS
 REVISTAS SÃO DE MOLDE A FALSEAR
OS SENTIMENTOS E PENSAMENTOS DE
           MUITA GENTE.”
LIBERTAÇÃO
   Cap. 1
AS ALMAS DECAÍDAS, CONTUDO,
   QUAISQUER QUE SEJAM, NÃO
CONSTITUEM UMA RAÇA ESPIRITUAL
SENTENCIADA IRREMEDIÀVELMENTE
AO SATANISMO, INTEGRANDO, TÃO
  SÔMENTE, A COLETIVIDADE DAS
       CRIATURAS HUMANAS
 DESENCARNADAS, EM POSIÇÃO DE
     ABSOLUTA INSENSATEZ.
MISTURAM-SE À MULTIDÃO TERRESTRE,
   EXERCEM ATUAÇÃO SINGULAR SOBRE
 INÚMEROS LARES E ADMINISTRAÇÕES E O
   INTERESSE FUNDAMENTAL DAS MAIS
PODEROSAS INTELIGÊNCIAS, DENTRE ELAS,
É A CONSERVAÇÃO DO MUNDO OFUSCADO
  E DISTRAÍDO, À FORÇA DA IGNORÂNCIA
  DEFENDIDA E DO EGOÍSMO RECALCADO,
 ADIANDO-SE O REINO DE DEUS, ENTRE OS
      HOMENS, INDEFINIDAMENTE...
OBSESSOR AMIGO DE YVONNE PEREIRA –
      RECORDAÇÕES DA MEDIUNIDADE – O
            COMPLEXO OBSESSÃO
     LEMBRAMO-NOS AQUI DE UM DESSES
     OBSESSORES, COM O QUAL TRAVAMOS
CONHECIMENTO DURANTE CERTOS TRABALHOS
  PARA CURAS DE OBSESSÃO, REALIZADOS NA
ANTIGA “CASA ESPÍRITA”, DA CIDADE DE JUIZ DE
 FORA, NO ESTADO DE MINAS GERAIS, O QUAL
DIZIA, QUANDO, PRESIDINDO NÓS AS SESSÕES, O
    EXORTÁVAMOS A ABANDONAR A INFELIZ
    ATITUDE DE PERSEGUIDOR DO PRÓXIMO,
      USANDO ENTÃO EXPRESSÕES QUASE
      INTEGRALMENTE IDÊNTICAS ÀS AQUI
                LEMBRADAS:
— “PERDOE, MINHA QUERIDA! É COM PESAR
    QUE A CONTRARIO. PEÇA-ME OUTRA
QUALQUER COISA, E EU A ATENDEREI COM O
 CORAÇÃO NAS MÃOS. PEÇA-ME QUE SEJA
  BOM E CARIDOSO PARA COM QUALQUER
   OUTRA PESSOA, QUE ORE PELOS QUE
SOFREM, COMO A VEJO FAZER AQUI TODOS
 OS DIAS”;PEÇA-ME SEJA O QUE MAIS FOR E
ME ESFORÇAREI POR ATENDÊ-LA. MAS NÃO
     ME PEÇA PARA DESVIAR «DELE» (O
               OBSIDIADO
O CASTIGO QUE TANTO MERECE, PORQUE
       ISSO ESTÁ ALÉM DAS MINHAS
POSSIBILIDADES. SE A SENHORA SOUBESSE O
 QUE ELE ME FÊZ! DA SUA PESSOA, ISTO É, A
SENHORA, TÃO MEIGA PARA MIM NAS SUAS
 ORAÇÕES, TÃO AFETUOSA, TÃO BOA. PARA
OS MEUS COMPANHEIROS DE DESGRAÇA, EU
 GOSTO MUITO, MUITO MESMO! SER-LHE-EI
 ETERNAMENTE GRATO PELO BEM QUE ME
             VEM PRESTANDO:
ESTAREI PRONTO A SERVI-LA EM QUALQUER
EMERGÊNCIA EM QUE LHE PUDER SER ÚTIL. MAS
A ELE NÃO! EU O ODEIO COM TODAS AS FORÇAS
DO MEU CORAÇÃO ULTRAJADO PELA MALDADE
          DELE, E NÃO O POUPAREI!”
  EM CERTA OCASIÃO, QUANDO AS DORES DE
 UMA GRANDE PROVAÇÃO NOS ASSALTARAM,
 TIVEMO-LO AO NOSSO LADO TENTANDO ALGO
    PARA NOSSO ALÍVIO, QUAL BOM AMIGO
      TERRENO, QUE, APESAR DE NÃO SER
 PERSONALIDADE PROPRIAMENTE VIRTUOSA, É
   CAPAZ DE BEM-QUERER E FAVORECER UM
                   AMIGO.
CERCA DE UM ANO MAIS TARDE, NO
    ENTANTO, CANSOU-SE DE PRATICAR A
 VINGANÇA, ENVERGONHOU-SE DO PRÓPRIO
    PROCEDIMENTO E, PORQUE JÁ TIVESSE
  ADQUIRIDO CONHECIMENTOS RAZOÁVEIS
     SOBRE O EVANGELHO E A DOUTRINA
 ESPÍRITA, GRAÇAS À CONVIVÊNCIA COM OS
   COMPONENTES DAS ALUDIDAS SESSÕES,
ARREPENDEU-SE, ABANDONOU A PRESA, QUE
SE RECUPEROU LENTAMENTE, E DESPEDIU-SE
DE NÓS PARA NOVOS CICLOS DE PROGRESSO.
COMO BEM SE PERCEBE, ESSA ENTIDADE
    PERMANECEU, REEDUCANDO-SE, NAS
    SESSÕES DA ANTIGA «CASA ESPÍRITA»,
ASSISTINDO AOS TRABALHOS PRÁTICOS E AOS
  ESTUDOS DURANTE CERCA DE DOIS ANOS,
 QUANDO ENSEJOS LHE FORAM RENOVADOS
   PARA OBSERVAR O ELEVADO IDEAL QUE
  MOVIA AQUELAS CRIATURAS, QUE OUTRO
     DESEJO NÃO POSSUÍAM SENÃO O DE
PROGREDIR NA PRÁTICA DO BEM E DO AMOR
                 A DEUS.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Jesus e o evangelho a luz da psicologia profunda
Jesus e o evangelho a luz da psicologia profundaJesus e o evangelho a luz da psicologia profunda
Jesus e o evangelho a luz da psicologia profundaLeonardo Pereira
 
Jesus e o Evangelho à Luz da Psicologia Profunda
Jesus e o Evangelho à Luz da Psicologia ProfundaJesus e o Evangelho à Luz da Psicologia Profunda
Jesus e o Evangelho à Luz da Psicologia ProfundaProf. Paulo Ratki
 
Bem aventuradososquetemosolhosfechados
Bem aventuradososquetemosolhosfechadosBem aventuradososquetemosolhosfechados
Bem aventuradososquetemosolhosfechadosMagali ..
 
Bem aventurados os que têm os olhos fechados
Bem aventurados os que têm os olhos fechadosBem aventurados os que têm os olhos fechados
Bem aventurados os que têm os olhos fechadosHelio Cruz
 
Grupo de estudos yvonne do amaral pereira.pptresumido
Grupo de estudos yvonne do amaral pereira.pptresumidoGrupo de estudos yvonne do amaral pereira.pptresumido
Grupo de estudos yvonne do amaral pereira.pptresumidoBruno Caldas
 
Seminário Memórias de Um Suicida - Capítulo IV - Jerônimo de Araújo Silveira ...
Seminário Memórias de Um Suicida - Capítulo IV - Jerônimo de Araújo Silveira ...Seminário Memórias de Um Suicida - Capítulo IV - Jerônimo de Araújo Silveira ...
Seminário Memórias de Um Suicida - Capítulo IV - Jerônimo de Araújo Silveira ...Cynthia Castro
 
Desobsessão-profilaxia e terapêutica
Desobsessão-profilaxia e terapêuticaDesobsessão-profilaxia e terapêutica
Desobsessão-profilaxia e terapêuticajcevadro
 
31 nosso lar vampiro
31 nosso lar  vampiro31 nosso lar  vampiro
31 nosso lar vampiroFatoze
 
O conforto das dores da alma
O conforto das dores da almaO conforto das dores da alma
O conforto das dores da almacarlos freire
 
E A Vida Continua - Cap 1
E A Vida Continua - Cap 1E A Vida Continua - Cap 1
E A Vida Continua - Cap 1Patricia Farias
 
Nas Fronteiras da Loucura - Divaldo Pereira Franco pelo Espírito Manoel Philo...
Nas Fronteiras da Loucura - Divaldo Pereira Franco pelo Espírito Manoel Philo...Nas Fronteiras da Loucura - Divaldo Pereira Franco pelo Espírito Manoel Philo...
Nas Fronteiras da Loucura - Divaldo Pereira Franco pelo Espírito Manoel Philo...gabiparavoce
 
Ceu e inferno o castigo
Ceu e inferno o castigoCeu e inferno o castigo
Ceu e inferno o castigoIasmine Ally
 
Evangelhoterapia - a cura espiritual do Homem!
Evangelhoterapia - a cura espiritual do Homem! Evangelhoterapia - a cura espiritual do Homem!
Evangelhoterapia - a cura espiritual do Homem! Leonardo Pereira
 
Powerpoint obras Yvonne Pereira
Powerpoint obras Yvonne PereiraPowerpoint obras Yvonne Pereira
Powerpoint obras Yvonne PereiraBruno Caldas
 

Mais procurados (20)

Jesus e o evangelho a luz da psicologia profunda
Jesus e o evangelho a luz da psicologia profundaJesus e o evangelho a luz da psicologia profunda
Jesus e o evangelho a luz da psicologia profunda
 
Jesus e o Evangelho à Luz da Psicologia Profunda
Jesus e o Evangelho à Luz da Psicologia ProfundaJesus e o Evangelho à Luz da Psicologia Profunda
Jesus e o Evangelho à Luz da Psicologia Profunda
 
Bem aventuradososquetemosolhosfechados
Bem aventuradososquetemosolhosfechadosBem aventuradososquetemosolhosfechados
Bem aventuradososquetemosolhosfechados
 
Bem aventurados os que têm os olhos fechados
Bem aventurados os que têm os olhos fechadosBem aventurados os que têm os olhos fechados
Bem aventurados os que têm os olhos fechados
 
Grupo de estudos yvonne do amaral pereira.pptresumido
Grupo de estudos yvonne do amaral pereira.pptresumidoGrupo de estudos yvonne do amaral pereira.pptresumido
Grupo de estudos yvonne do amaral pereira.pptresumido
 
Seminário Memórias de Um Suicida - Capítulo IV - Jerônimo de Araújo Silveira ...
Seminário Memórias de Um Suicida - Capítulo IV - Jerônimo de Araújo Silveira ...Seminário Memórias de Um Suicida - Capítulo IV - Jerônimo de Araújo Silveira ...
Seminário Memórias de Um Suicida - Capítulo IV - Jerônimo de Araújo Silveira ...
 
Desobsessão-profilaxia e terapêutica
Desobsessão-profilaxia e terapêuticaDesobsessão-profilaxia e terapêutica
Desobsessão-profilaxia e terapêutica
 
Biografia de Yvonne do Amaral Pereira
Biografia de Yvonne do Amaral PereiraBiografia de Yvonne do Amaral Pereira
Biografia de Yvonne do Amaral Pereira
 
O drama da Bretanha
O drama da BretanhaO drama da Bretanha
O drama da Bretanha
 
31 nosso lar vampiro
31 nosso lar  vampiro31 nosso lar  vampiro
31 nosso lar vampiro
 
O conforto das dores da alma
O conforto das dores da almaO conforto das dores da alma
O conforto das dores da alma
 
Estudos do evangelho 17
Estudos do evangelho 17Estudos do evangelho 17
Estudos do evangelho 17
 
E A Vida Continua - Cap 1
E A Vida Continua - Cap 1E A Vida Continua - Cap 1
E A Vida Continua - Cap 1
 
Evangelho Cap5 item14
Evangelho Cap5 item14Evangelho Cap5 item14
Evangelho Cap5 item14
 
Nas Fronteiras da Loucura - Divaldo Pereira Franco pelo Espírito Manoel Philo...
Nas Fronteiras da Loucura - Divaldo Pereira Franco pelo Espírito Manoel Philo...Nas Fronteiras da Loucura - Divaldo Pereira Franco pelo Espírito Manoel Philo...
Nas Fronteiras da Loucura - Divaldo Pereira Franco pelo Espírito Manoel Philo...
 
Espirito e vida (2)
Espirito e vida (2)Espirito e vida (2)
Espirito e vida (2)
 
Ceu e inferno o castigo
Ceu e inferno o castigoCeu e inferno o castigo
Ceu e inferno o castigo
 
A IMPORTANCIA DA DOR
A  IMPORTANCIA DA DORA  IMPORTANCIA DA DOR
A IMPORTANCIA DA DOR
 
Evangelhoterapia - a cura espiritual do Homem!
Evangelhoterapia - a cura espiritual do Homem! Evangelhoterapia - a cura espiritual do Homem!
Evangelhoterapia - a cura espiritual do Homem!
 
Powerpoint obras Yvonne Pereira
Powerpoint obras Yvonne PereiraPowerpoint obras Yvonne Pereira
Powerpoint obras Yvonne Pereira
 

Semelhante a Theodor e katia é obsessão

G6 - AULA 4 - MEDIUNIDADE COM JESUS.pdf
G6 - AULA 4 - MEDIUNIDADE COM JESUS.pdfG6 - AULA 4 - MEDIUNIDADE COM JESUS.pdf
G6 - AULA 4 - MEDIUNIDADE COM JESUS.pdfFilipeDuartedeBem
 
Suely caldasshubertobsessaoe desobsessao
Suely caldasshubertobsessaoe desobsessaoSuely caldasshubertobsessaoe desobsessao
Suely caldasshubertobsessaoe desobsessaoWallancy Nunes
 
Obsessão e desobsessão (suely caldas schubert)
Obsessão e desobsessão (suely caldas schubert)Obsessão e desobsessão (suely caldas schubert)
Obsessão e desobsessão (suely caldas schubert)Helio Cruz
 
Obsessao e desobsessao (suely caldas schubert)
Obsessao e desobsessao (suely caldas schubert)Obsessao e desobsessao (suely caldas schubert)
Obsessao e desobsessao (suely caldas schubert)LidiceReisPereira
 
26/03/2014 Cap 6 Livro Missionários da Luz
26/03/2014 Cap 6 Livro Missionários da Luz26/03/2014 Cap 6 Livro Missionários da Luz
26/03/2014 Cap 6 Livro Missionários da LuzLar Irmã Zarabatana
 
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
O processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucura
O processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucuraO processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucura
O processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucurajcevadro
 
Oqueéreligião ruben alves
Oqueéreligião ruben alvesOqueéreligião ruben alves
Oqueéreligião ruben alvesRinaldo Almeida
 
FLAGELOS DESTRUIDORES.pptx
FLAGELOS DESTRUIDORES.pptxFLAGELOS DESTRUIDORES.pptx
FLAGELOS DESTRUIDORES.pptxssuser9b8021
 
Aula%20 educa%e7%e3o%20mediunica%20ii%20 %20estudo%20do%20livro%20dominios%20...
Aula%20 educa%e7%e3o%20mediunica%20ii%20 %20estudo%20do%20livro%20dominios%20...Aula%20 educa%e7%e3o%20mediunica%20ii%20 %20estudo%20do%20livro%20dominios%20...
Aula%20 educa%e7%e3o%20mediunica%20ii%20 %20estudo%20do%20livro%20dominios%20...Adevalcir Adao Alves
 
Osinimigosdesencarnadosesuaacaocontraosgruposespiritas 121216064833-phpapp02
Osinimigosdesencarnadosesuaacaocontraosgruposespiritas 121216064833-phpapp02Osinimigosdesencarnadosesuaacaocontraosgruposespiritas 121216064833-phpapp02
Osinimigosdesencarnadosesuaacaocontraosgruposespiritas 121216064833-phpapp02Alcides lambiasi
 
Rubens alves o que é religião
Rubens alves   o que é religiãoRubens alves   o que é religião
Rubens alves o que é religiãodarcdarc
 
Precursores do espiritismo nilton
Precursores do espiritismo niltonPrecursores do espiritismo nilton
Precursores do espiritismo niltonNILTON CARVALHO
 

Semelhante a Theodor e katia é obsessão (20)

G6 - AULA 4 - MEDIUNIDADE COM JESUS.pdf
G6 - AULA 4 - MEDIUNIDADE COM JESUS.pdfG6 - AULA 4 - MEDIUNIDADE COM JESUS.pdf
G6 - AULA 4 - MEDIUNIDADE COM JESUS.pdf
 
Suely caldasshubertobsessaoe desobsessao
Suely caldasshubertobsessaoe desobsessaoSuely caldasshubertobsessaoe desobsessao
Suely caldasshubertobsessaoe desobsessao
 
Obsessão e desobsessão (suely caldas schubert)
Obsessão e desobsessão (suely caldas schubert)Obsessão e desobsessão (suely caldas schubert)
Obsessão e desobsessão (suely caldas schubert)
 
Obsessao e desobsessao (suely caldas schubert)
Obsessao e desobsessao (suely caldas schubert)Obsessao e desobsessao (suely caldas schubert)
Obsessao e desobsessao (suely caldas schubert)
 
A maledicencia
A maledicenciaA maledicencia
A maledicencia
 
A maledicencia
A maledicenciaA maledicencia
A maledicencia
 
A maledicencia
A maledicenciaA maledicencia
A maledicencia
 
Maledicência
MaledicênciaMaledicência
Maledicência
 
26/03/2014 Cap 6 Livro Missionários da Luz
26/03/2014 Cap 6 Livro Missionários da Luz26/03/2014 Cap 6 Livro Missionários da Luz
26/03/2014 Cap 6 Livro Missionários da Luz
 
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
 
O processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucura
O processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucuraO processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucura
O processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucura
 
Analise legal
Analise legalAnalise legal
Analise legal
 
Oqueéreligião ruben alves
Oqueéreligião ruben alvesOqueéreligião ruben alves
Oqueéreligião ruben alves
 
FLAGELOS DESTRUIDORES.pptx
FLAGELOS DESTRUIDORES.pptxFLAGELOS DESTRUIDORES.pptx
FLAGELOS DESTRUIDORES.pptx
 
Aula%20 educa%e7%e3o%20mediunica%20ii%20 %20estudo%20do%20livro%20dominios%20...
Aula%20 educa%e7%e3o%20mediunica%20ii%20 %20estudo%20do%20livro%20dominios%20...Aula%20 educa%e7%e3o%20mediunica%20ii%20 %20estudo%20do%20livro%20dominios%20...
Aula%20 educa%e7%e3o%20mediunica%20ii%20 %20estudo%20do%20livro%20dominios%20...
 
Osinimigosdesencarnadosesuaacaocontraosgruposespiritas 121216064833-phpapp02
Osinimigosdesencarnadosesuaacaocontraosgruposespiritas 121216064833-phpapp02Osinimigosdesencarnadosesuaacaocontraosgruposespiritas 121216064833-phpapp02
Osinimigosdesencarnadosesuaacaocontraosgruposespiritas 121216064833-phpapp02
 
A DÍVIDA, O TEMPO E A EUTANÁSIA
A DÍVIDA, O TEMPO E A EUTANÁSIAA DÍVIDA, O TEMPO E A EUTANÁSIA
A DÍVIDA, O TEMPO E A EUTANÁSIA
 
Rubens alves o que é religião
Rubens alves   o que é religiãoRubens alves   o que é religião
Rubens alves o que é religião
 
O Despertar da Consciência no Além Túmulo
O Despertar da Consciência no Além TúmuloO Despertar da Consciência no Além Túmulo
O Despertar da Consciência no Além Túmulo
 
Precursores do espiritismo nilton
Precursores do espiritismo niltonPrecursores do espiritismo nilton
Precursores do espiritismo nilton
 

Mais de Bruno Caldas

Comentarios e discussões
Comentarios e discussõesComentarios e discussões
Comentarios e discussõesBruno Caldas
 
COLONIA ESPIRITUAL
COLONIA ESPIRITUAL COLONIA ESPIRITUAL
COLONIA ESPIRITUAL Bruno Caldas
 
Recordações da mediunidade
Recordações da mediunidadeRecordações da mediunidade
Recordações da mediunidadeBruno Caldas
 
Recordações introd.
Recordações   introd.Recordações   introd.
Recordações introd.Bruno Caldas
 

Mais de Bruno Caldas (6)

Comentarios e discussões
Comentarios e discussõesComentarios e discussões
Comentarios e discussões
 
COLONIA ESPIRITUAL
COLONIA ESPIRITUAL COLONIA ESPIRITUAL
COLONIA ESPIRITUAL
 
Daniel home
Daniel homeDaniel home
Daniel home
 
AMOR IMORTAL
AMOR IMORTALAMOR IMORTAL
AMOR IMORTAL
 
Recordações da mediunidade
Recordações da mediunidadeRecordações da mediunidade
Recordações da mediunidade
 
Recordações introd.
Recordações   introd.Recordações   introd.
Recordações introd.
 

Último

Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxCelso Napoleon
 
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdfEVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdfFrancisco Baptista
 
Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaNilson Almeida
 
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2emprego2
 
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]ESCRIBA DE CRISTO
 
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...edsonjsmarques
 
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.pptNuno724230
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptxPIB Penha
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 

Último (10)

Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdfEVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
 
Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De Cássia
 
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
 
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
 
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
 
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
 
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 

Theodor e katia é obsessão

  • 1. CASO THEODOR E KÁTIA, É UMA OBSESSÃO?
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5. SIM. EXPLIQUEMOS. SE THEODOR NÃO DESEJA MAL A KATIA TAMBÉM NÃO DESEJAVA O BEM, QUERIA POIS SE LIVRAR DA SITUAÇÃO DESESPERADORA EM QUE SE ENCONTRAVA.
  • 6. ENTÃO PODE HAVER OBSESSÃO SEM MALDADE? OBSESSORES SEM MALDADE O LIVRO DOS MÉDIUNS – cap XXIII 246. HÁ, ESPÍRITOS OBSESSORES SEM MALDADE, QUE ALGUMA COISA MESMO DENOTAM DE BOM, MAS DOMINADOS PELO ORGULHO DO FALSO SABER. TÊM SUAS IDÉIAS, SEUS SISTEMAS SOBRE AS CIÊNCIAS, A ECONOMIA SOCIAL, A MORAL, A RELIGIÃO, A FILOSOFIA, E QUEREM FAZER QUE SUAS OPINIÕES PREVALEÇAM.
  • 7. AQUI ENCONTRAMOS UM TIPO DE ESPÍRITO CONFORME ASSINALA KARDEC, OBSEDAM NÃO POR MALDADE, MAS PELA NECESSIDADE DE PREVALECER SUA OPINIÃO. THEODOR, POIS QUE PODE SER CLASSIFICADO COMO OBSESSOR SEM MALDADE JÁ QUE NÃO DESEJAVA PREJUDICAR KÁTIA, NÃO HAVIA MOTIVOS PARA VINGANÇA OU DESFORRA.
  • 8. ENCONTRAMOS NO SEU CASO UMA OBSESSÃO CUJO INTERESSE TAMBÉM NÃO ERA NECESSIDADE DE FAZER PREVALECER SUAS IDÉIAS, MAS QUE EXERCIA INFLUÊNCIA DANOSA SOBRE A PERSONALIDADE DE KATIA, QUE SE DEIXOU DOMINAR TOTALMENTE PELA AÇÃO DO ESPÍRITO.
  • 9. THEODOR NÃO HABILITADO A SUA SITUAÇÃO DE DESENCARNADO, PEDIA SOCORRO A NOIVA QUERIDA, NO DESEJO DE SE LIVRAR DA SITUAÇÃO INCOMPREENSÍVEL EM QUE ESTAVA. O MÓVEL DA OBSESSÃO ERA SEU DESESPERO PELA SITUAÇÃO INUSITADA E A INCONFORMAÇÃO DE KÁTIA PELA SUA PERDA CONSTITUIU A TOMADA MENTAL DE RECEPÇÃO DESTE DESESPERO.
  • 10. CLASSIFICAÇÃO DO CASO DE KATIA E THEODOR – QUE TIPO DE OBSESSÃO? É UMA SUBJUGAÇÃO OU FASCINAÇÃO? NO CASO KATIA NÃO APRESENTAVA SUA VONTADE PARALISADA PELO ESPÍRITO QUE A INFLUENCIAVA, OU SEJA, THEODOR, MAS ACEITAVA PLENAMENTE A CONDIÇÃO INUSITADA DE CONVERSAR COM UM “MORTO” QUE FERIDO VIOLENTAMENTE REVIVEU DENTRO DA SEPULTURA.
  • 11. ELA NÃO FOI CAVAR O TÚMULO OBEDECENDO SOMENTE A THEODOR, MAS DESEJOSA POR SI MESMA DE SALVAR SEU NOIVO ENTERRADO VIVO, ACREDITANDO TOTALMENTE QUE TAL ACONTECERA. NÃO HAVIA ESPAÇO PARA O RACIOCÍNIO, ELA QUERIA TANTO ACREDITAR NO FATO QUE NÃO PERMITIA NENHUMA OUTRA HIPÓTESE PARA O FENÔMENO DA CONTINUIDADE DA EXISTÊNCIA DE THEODOR. PARECE-NOS UM CASO DE FASCINAÇÃO
  • 12. YVONNE PEREIRA RESSALTA A DIFICULDADE DE SE TRATAR DESTES CASOS DE FASCINAÇÃO. RECORDAÇÕES DA MEDIUNIDADE A TAREFA SE APRESENTA MAIS FÁCIL QUANDO O OBSIDIADO, COMPREENDENDO A SUA SITUAÇÃO, PRESTA O CONCURSO DA SUA BOA VONTADE E DA SUA PRECE.
  • 13. O MESMO NÃO SE DÁ, QUANDO, SEDUZIDO PELO ESPÍRITO EMBUSTEIRO, ELE SE ILUDE NO TOCANTE ÀS QUALIDADES DAQUELE QUE O DOMINA E SE COMPRAZ NO ERRO EM QUE ESTE ÚLTIMO O LANÇA, VISTO QUE, ENTÃO, LONGE DE SECUNDAR, REPELE TODA ASSISTÊNCIA. É O CASO DA FASCINAÇÃO, INFINITAMENTE MAIS REBELDE DO QUE A MAIS VIOLENTA SUBJUGAÇÃO.» (VIDE «O LIVRO DOS MÉDIUNS», CAP. XXIII)
  • 14. O FASCINADO NÃO ACEITA AJUDA OU CRÍTICA AO SEU PROCEDER, QUE ERA O CASO DE KATIA.
  • 15. O LIVRO DOS MÉDIUNS COMO JÁ DISSEMOS, O FASCINADO, GERALMENTE, ACOLHE MAL OS CONSELHOS; A CRÍTICA O ABORRECE, IRRITA E O FAZ TOMAR QUIZILA DOS QUE NÃO PARTILHAM DA SUA ADMIRAÇÃO. SUSPEITAR DO ESPÍRITO QUE O ACOMPANHA É QUASE, AOS SEUS OLHOS, UMA PROFANAÇÃO E OUTRA COISA NÃO QUER O DITO ESPÍRITO, POIS TUDO A QUE ASPIRA É QUE TODOS SE CURVEM DIANTE DA SUA PALAVRA.
  • 16. PORQUE NÃO É SUBJUGAÇÃO? No caso da subjugação AS VEZES O OBSIDIADO TEM CONSCIÊNCIA de que esta sob uma situação anormal. O LIVRO DOS MÉDIUNS – cap. XXIII 240 - VAI, ÀS VEZES, MAIS LONGE A SUBJUGAÇÃO CORPORAL; PODE LEVAR AOS MAIS RIDÍCULOS ATOS. CONHECEMOS UM HOMEM, QUE NÃO ERA JOVEM, NEM BELO E QUE, SOB O IMPÉRIO DE UMA OBSESSÃO DESSA NATUREZA, SE VIA CONSTRANGIDO, POR UMA FORÇA IRRESISTÍVEL, A PÔR-SE DE JOELHOS DIANTE DE UMA MOÇA A CUJO RESPEITO NENHUMA PRETENSÃO NUTRIA E PEDI-LA EM CASAMENTO.
  • 17. OUTRAS VEZES, SENTIA NAS COSTAS E NOS JARRETES UMA PRESSÃO ENÉRGICA, QUE O FORÇAVA, NÃO OBSTANTE A RESISTÊNCIA QUE LHE OPUNHA, A SE AJOELHAR E BEIJAR O CHÃO NOS LUGARES PÚBLICOS E EM PRESENÇA DA MULTIDÃO. ESSE HOMEM PASSAVA POR LOUCO ENTRE AS PESSOAS DE SUAS RELAÇÕES; ESTAMOS, PORÉM, CONVENCIDOS DE QUE ABSOLUTAMENTE NÃO O ERA, PORQUANTO TINHA CONSCIÊNCIA PLENA DO RIDÍCULO DO QUE FAZIA CONTRA A SUA VONTADE E COM ISSO SOFRIA HORRIVELMENTE.
  • 18. Quando a subjugação aniquila a capacidade de raciocínio Kardec afirma que ela é como uma fascinação: O LIVRO DOS MÉDIUNS 240. A SUBJUGAÇÃO É UMA CONSTRIÇÃO QUE PARALISA A VONTADE DAQUELE QUE A SOFRE E O FAZ AGIR A SEU MAU GRADO. NUMA PALAVRA: O PACIENTE FICA SOB UM VERDADEIRO JUGO. A SUBJUGAÇÃO PODE SER MORAL OU CORPORAL.
  • 19. NO PRIMEIRO CASO, O SUBJUGADO É CONSTRANGIDO A TOMAR RESOLUÇÕES MUITAS VEZES ABSURDAS E COMPROMETEDORAS QUE, POR UMA ESPÉCIE DE ILUSÃO, ELE JULGA SENSATAS: É UMA COMO FASCINAÇÃO. NO SEGUNDO CASO, O ESPÍRITO ATUA SOBRE OS ÓRGÃOS MATERIAIS E PROVOCA MOVIMENTOS INVOLUNTÁRIOS.
  • 20. DESTACAMOS A AGRESSÃO VIOLENTA CONTRA O COVEIRO E A NECESSIDADE DE SER MANIETADA E CONTIDA PELA FAMÍLIA, CONVENCIDA DA URGÊNCIA DE SALVAR O NOIVO, QUE COMPROVAM A TOTAL FASCINAÇÃO. SE FOSSE SUBJUGAÇÃO ELA SERIA CONSTRANGIDA PELO NOIVO A CAVAR A SEPULTURA, MAS EM SEU ÍNTIMO SABERIA ESTAR EM ERRO, MAS NÃO CONSEGUIRIA DEIXAR DE FAZER A ESCAVAÇÃO.
  • 21. SE THEODOR NÃO DESEJA MAL A KATIA TAMBÉM NÃO DESEJAVA O BEM. 657. TÊM, PERANTE DEUS, ALGUM MÉRITO OS QUE SE CONSAGRAM À VIDA CONTEMPLATIVA, UMA VEZ QUE NENHUM MAL FAZEM E SÓ EM DEUS PENSAM?
  • 22. “NÃO, PORQUANTO, SE É CERTO QUE NÃO FAZEM O MAL, TAMBÉM O É QUE NÃO FAZEM O BEM E SÃO INÚTEIS. DEMAIS, NÃO FAZER O BEM JÁ É UM MAL. DEUS QUER QUE O HOMEM PENSE NELE, MAS NÃO QUER QUE SÓ NELE PENSE, POIS QUE LHE IMPÔS DEVERES A CUMPRIR NA TERRA. QUEM PASSA TODO O TEMPO NA MEDITAÇÃO E NA CONTEMPLAÇÃO NADA FAZ DE MERITÓRIO AOS OLHOS DE DEUS, PORQUE VIVE UMA VIDA TODA PESSOAL E INÚTIL À HUMANIDADE E DEUS LHE PEDIRÁ CONTAS DO BEM QUE NÃO HOUVER FEITO.”
  • 23. PORQUE THEODOR NÃO SE LEMBROU DE DEUS, DE FAZER UMA ORAÇÃO, PEDIR AJUDA ATRAVÉS DOS CONHECIMENTOS RELIGIOSOS QUE DISPUNHA? APESAR DE TUDO ELE NÃO PODE SER CONSIDERADO MAL INTENCIONADO, MOVIDO PELO DESESPERO VIU NA NOIVA A ÚNICA FORMA DE AJUDA.
  • 24. OBSESSÕES E POSSESSÕES 45. PULULAM EM TORNO DA TERRA OS MAUS ESPÍRITOS, EM CONSEQÜÊNCIA DA INFERIORIDADE MORAL DE SEUS HABITANTES. A AÇÃO MALFAZEJA DESSES ESPÍRITOS É PARTE INTEGRANTE DOS FLAGELOS COM QUE A HUMANIDADE SE VÊ A BRAÇOS NESTE MUNDO. A OBSESSÃO QUE É UM DOS EFEITOS DE SEMELHANTE AÇÃO, COMO AS ENFERMIDADES E TODAS AS ATRIBULAÇÕES DA VIDA, DEVE, POIS, SER CONSIDERADA COMO PROVAÇÃO OU EXPIAÇÃO E ACEITA COM ESSE CARÁTER. A GÊNESE
  • 26. QUESTIONADO SOBRE AS CAUSAS DO AUMENTO DOS TRANSTORNOS EMOCIONAIS O ORADOR RESPONDE:
  • 27. Afirma que existem fatores como a hereditariedade, as enfermidades, relacionamentos, fenômenos socioeconômicos, ansiedade, medo, a solidão e as perdas...
  • 28. DO PONTO DE VISTA ESPÍRITA, TODOS ESSES FENÔMENOS SÃO DO ESPÍRITO... DESSA MANEIRA, A MELANCOLIA E A DEPRESSÃO, OS DISTÚRBIOS DO PÂNICO E OUTROS TRANSTORNOS IGUALMENTE GRAVES ENCONTRAM-SE EM GERMES NO ESPÍRITO QUE É DEVEDOR.
  • 29. O ESPIRITISMO, NO SEU PARADIGMA CIENTÍFICO, APRESENTA UMA TERCEIRA PSICOGÊNESE PARA TODOS ESSES FENÔMENOS PERTURBADORES, QUE DENOMINAMOS COMO A LEI DE CAUSA E EFEITO. NESSE POSTULADO, O ESPIRITISMO IDENTIFICA UMA OUTRA SÍNDROME, A DA OBSESSÃO...
  • 30.
  • 31. Doentes mentais,, transitam por todos os cantos deste hospício: uns, com grito alarmante, como de réprobos. Fazendo com que também gritemos, pelo terror que suas ameaças odiosas nos comunicam; outros, desesperados e enraivecidos, vingadores diante das maldades que sofreram no passado, induzindo-nos também a fúrias insopitáveis, pelas revoltas que suas proezas nos despertam, e ainda outros , tão sofredores,feios e repulsivos, com seus olhares afogueados, suas vestes negras e rotas, seus mantos longos quais sudários assombradores, que a loucura chega também a nós e nos pomos a
  • 32.
  • 33. CONJUGAÇÃO DE ONDAS ( MECANISMOS DA MEDIUNIDADE )
  • 34. VEMOS QUE A CONJUGAÇÃO DE ONDAS MENTAIS SURGE, PRESENTE, EM TODOS OS FATOS MEDIÚNICOS. ATENTA AO REFLEXO CONDICIONADO DA PRECE, NAS REUNIÕES DOUTRINÁRIAS OU NAS EXPERIÊNCIAS PSÍQUICAS, A MENTE DO MÉDIUM PASSA A EMITIR AS OSCILAÇÕES QUE LHE SÃO PRÓPRIAS, ÀS QUAIS SE ENTROSAM AQUELAS DA ENTIDADE COMUNICANTE, COM VISTAS A CERTOS FINS.
  • 35. ...SE QUISERMOS SUSTENTAR O CONTINUÍSMO DE SEMELHANTE CONJUGAÇÃO, É IMPRESCINDÍVEL CONSERVAR ENTRE OS DOIS UM GERADOR DE FORÇA, QUE, NA QUESTÃO EM ANÁLISE, É O PENSAMENTO CONSTANTE DE ACEITAÇÃO OU ADESÃO DA PERSONALIDADE MEDIÚNICA,
  • 36.
  • 37. THEODOR E KATIA EMITIAM ONDAS MENTAIS NA MESMA FREQUÊNCIA DEVIDO A AFINIDADE EXISTENTE ENTRE ELES. POR ISSO ELA SÓ VIA A THEODOR ENQUANTO SABEMOS QUE EM GERAL O CEMITÉRIO ESTÁ REPLETO DE ESPÍRITOS EM SITUAÇÕES DIFÍCEIS.
  • 38. OBREIROS DA VIDA ETERNA Cap. 15
  • 39. LOGO APÓS, ANTE AS EXCLAMAÇÕES DOLOROSAS DOS FAMILIARES, O ATAÚDE FOI CERRADO E INICIOU-SE O PRÉSTITO SILENCIOSO. SEGUÍAMOS, AO FIM DO CORTEJO, EM NÚMERO SUPERIOR A VINTE ENTIDADES DESENCARNADAS, INCLUSIVE O IRMÃO RECÉM-LIBERTO.
  • 40. PROSSEGUÍAMOS COM AS MELHORES NOTAS DE CALMA, QUANDO NOS ACERCAMOS DO CAMPO-SANTO. ESTRANHA SURPRESA EMPOLGOU-ME DE SÚBITO. NENHUM DOS MEUS COMPANHEIROS, EXCEÇÃO DE DIMAS, QUE FAZIA VISÍVEL ESFORÇO PARA SOSSEGAR A SI MESMO, EXTERIORIZOU QUALQUER EMOÇÃO, DIANTE DO QUADRO QUE VÍAMOS
  • 41. MAS NÃO PUDE SOFREAR O ESPANTO QUE ME TOMOU O CORAÇÃO. AS GRADES DA NECRÓPOLE ESTAVAM CHEIAS DE GENTE DA ESFERA INVISÍVEL, EM GRITARIA ENSURDECEDORA. VERDADEIRA CONCENTRAÇÃO DE VAGABUNDOS SEM CORPO FÍSICO APINHAVA-SE À PORTA. ENDEREÇAVAM DITÉRIOS E PIADAS À LONGA FILA DE AMIGOS DO MORTO.
  • 42.
  • 43.
  • 44.
  • 46. IDÊNTICO MECANISMO (conjugação de ondas mentais) PRESIDE OS FENÔMENOS DA CLARIVIDÊNCIA E DA CLARIAUDIÊNCIA, PORQUANTO, PELA ASSOCIAÇÃO AVANÇADA DOS RAIOS MENTAIS ENTRE A ENTIDADE E O MÉDIUM DOTADO DE MAIS AMPLAS PERCEPÇÕES VISUAIS E AUDITIVAS, A VISÃO E A AUDIÇÃO SE FAZEM DIRETAS, DO RECINTO EXTERIOR PARA O CAMPO ÍNTIMO, GRADUANDO-SE, CONTUDO, EM EXPRESSÕES VARIADAS.
  • 47. ESCASSEANDO OS RECURSOS ULTRA- SENSORIAIS, SURGEM NOS MÉDIUNS DESSA CATEGORIA A VIDÊNCIA E A AUDIÇÃO INTERNAS, MAIS ENTRANHADAMENTE RADICADAS NA CONJUGAÇÃO DE ONDAS. ATUANDO SOBRE OS RAIOS MENTAIS DO MEDIANEIRO, O DESENCARNADO TRANSMITE-LHE QUADROS E IMAGENS, VALENDO-SE DOS CENTROS AUTÔNOMOS DA VISÃO PROFUNDA, LOCALIZADOS NO DIENCÉFALO,
  • 48. OU LHE COMUNICA VOZES E SONS, UTILIZANDO-SE DA CÓCLEA, TANTO MAIS PERFEITAMENTE QUANTO MAIS INTENSAMENTE SE VERIFIQUE A COMPLEMENTAÇÃO VIBRATÓRIA NOS QUADROS DE FREQÜÊNCIA DAS ONDAS, OCORRÊNCIAS ESSAS NAS QUAIS SE AFIGURA AO MÉDIUM POSSUIR UM ESPELHO NA INTIMIDADE DOS OLHOS OU UMA CAIXA ACÚSTICA NA PROFUNDEZ DOS OUVIDOS.
  • 49.
  • 50.
  • 51. PAULO E ESTEVÃO A JOVEM NOIVA TECLA OUVINDO AS PREGAÇÕES DO APÓSTOLO PASSA A SENTIR EXTREMA PAIXÃO POR ESTE, FATO APROVEITADO PELOS ISRAELITAS PARA PROMOVEREM A EXPULSÃO DO ORADOR DA CIDADE. A NOIVA ESQUECEU DOS DEVERES FAMILIARES EM BUSCA DA PRESENÇA DE PAULO. ABANDONOU O TRABALHO, SUA MÃE E SEU NOIVO ACOMPANHAM O CASO COM DESAGRADÁVEL SURPRESA.
  • 52. Certa vez, a moça lhe pediu uma palavra em particular, quando se declara ao apóstolo: SENHOR — CONSEGUIU DIZER OFEGANTE —, NÃO SEI POR QUÊ, TENHO RECEBIDO GRANDE IMPRESSÃO COM A VOSSA PALAVRA. — O QUE TENHO ENSINADO — ESCLARECEU PAULO — NÃO É MEU; VEM DE JESUS, QUE NOS DESEJA TODO O BEM. — DE QUALQUER MODO, PORÉM — DISSE ELA COM MAIS TIMIDEZ —, AMO-VOS MUITO!...
  • 53. ...—DEPOIS DE MEDITAR PAULO RESPONDE: FILHA, OS QUE SE AMAM EM ESPÍRITO, UNEM-SE EM CRISTO PARA A ETERNIDADE DAS EMOÇÕES MAIS SANTAS; MAS, QUEM SABE ESTÁ AMANDO A CARNE QUE VAI MORRER?... SIM, O AMOR É SANTO, MAS A PAIXÃO É VENENOSA. MOISÉS RECOMENDOU QUE AMÁSSEMOS A DEUS ACIMA DE TUDO; E O MESTRE ACRESCENTOU QUE NOS AMÁSSEMOS UNS AOS OUTROS, EM TODAS AS CIRCUNSTÂNCIAS DA VIDA...
  • 54. QUANDO O NOIVO CHEGA ENRAIVECIDO RESPONDE: — AMIGO, NÃO TE ACABRUNHES NEM TE EXALTES, EM FACE DOS SUCESSOS QUE SE ORIGINAM DE PROFUNDAS INCOMPREENSÕES. TUA NOIVA ESTÁ SIMPLESMENTE ENFERMA. ESTAMOS ANUNCIANDO O CRISTO, MAS O SALVADOR TEM OS SEUS INIMIGOS OCULTOS EM TODA PARTE, COMO A LUZ TEM POR INIMIGA A TREVA PERMANENTE.
  • 55. OS ADVERSÁRIOS INVISÍVEIS, DA VERDADE E DO BEM, CERTO SE LEMBRARAM DE INFLUENCIAR ESTA POBRE CRIANÇA, PARA FAZÊ-LA INSTRUMENTO PERTURBADOR DE NOSSA TAREFA. Ë POSSÍVEL QUE NÃO ME COMPREENDAS DE PRONTO; NO ENTANTO, A REALIDADE NÃO É OUTRA.
  • 56.
  • 57. AÇÃO E REAÇÃO ( MODO DE AGIR DOS OBSESSORES )
  • 58. APRENDEMOS NAS ESCOLAS DE VINGADORES (4) QUE TODOS POSSUÍMOS, ALÉM DOS DESEJOS IMEDIATISTAS COMUNS, EM QUALQUER FASE DA VIDA, UM "DESEJO- CENTRAL" OU "TEMA BÁSICO" DOS INTERESSES MAIS ÍNTIMOS. POR ISSO, ALÉM DOS PENSAMENTOS VULGARES QUE NOS APRISIONAM A EXPERIÊNCIA ROTINEIRA, EMITIMOS COM MAIS FREQÜÊNCIA OS PENSAMENTOS QUE NASCEM DO "DESEJO-CENTRAL" QUE NOS CARACTERIZA,
  • 59. PENSAMENTOS ESSES QUE PASSAM A CONSTITUIR O REFLEXO DOMINANTE DE NOSSA PERSONALIDADE. DESSE MODO, É FÁCIL CONHECER A NATUREZA DE QUALQUER PESSOA, EM QUALQUER PLANO, ATRAVÉS DAS OCUPAÇÕES E POSIÇÕES EM QUE PREFIRA VIVER.
  • 60. ASSIM É QUE A CRUELDADE É O REFLEXO DO CRIMINOSO, A COBIÇA É O REFLEXO DO USURÁRIO, A MALEDICÊNCIA É O REFLEXO DO CALUNIADOR, O ESCÁRNIO É O REFLEXO DO IRONISTA E A IRRITAÇÃO É O REFLEXO DO DESEQUILIBRADO, TANTO QUANTO A ELEVAÇÃO MORAL É O REFLEXO DO SANTO
  • 61. CONHECIDO O REFLEXO DA CRIATURA QUE NOS PROPOMOS RETIFICAR OU PUNIR É, ASSIM, MUITO FÁCIL SUPERALIMENTÁ-LA COM EXCITAÇÕES CONSTANTES, ROBUSTECENDO-LHE OS IMPULSOS E OS QUADROS JÁ EXISTENTES NA IMAGINAÇÃO E CRIANDO OUTROS QUE SE LHES SUPERPONHAM, NUTRINDO-LHE, DESSA FORMA, A FIXAÇÃO MENTAL
  • 62. COM ESSE OBJETIVO, BASTA ALGUMA DILIGÊNCIA PARA SITUAR, NO CONVÍVIO DA CRIATURA MALFAZEJA QUE PRECISAMOS CORRIGIR, ENTIDADES OUTRAS QUE SE LHE ADAPTEM AO MODO DE SENTIR E DE SER, QUANDO NÃO POSSAMOS POR NÓS MESMOS, À FALTA DE TEMPO, CRIAR AS TELAS QUE DESEJEMOS, COM VISTAS AOS FINS VISADOS, POR INTERMÉDIO DA DETERMINAÇÃO HIPNÓTICA.
  • 63. ATRAVÉS DE SEMELHANTES PROCESSOS, CRIAMOS E MANTEMOS FACILMENTE O "DELÍRIO PSÍQUICO" OU A "OBSESSÃO", QUE NÃO PASSA DE UM ESTADO ANORMAL DAMENTE, SUBJUGADA PELO EXCESSO DE SUAS PRÓPRIAS CRIAÇÕES A PRESSIONAREM O CAMPO SENSORIAL, INFINITAMENTE ACRESCIDAS DE INFLUÊNCIA DIRETA OU INDIRETA DE OUTRAS MENTES DESENCARNADAS OU NÃO, ATRAÍDAS POR SEU PRÓPRIO REFLEXO. E, SORRINDO, O INTELIGENTE PERSEGUIDOR DISSE, SARCÁSTICO: - CADA UM É TENTADO EXTERIORMENTE PELA TENTAÇÃO QUE ALIMENTA EM SI PRÓPRIO.
  • 64.
  • 65.
  • 66. 29 A VISÃO DE FRANCISCO
  • 67. NOTEI NARCISA A LUTAR HEROICAMENTE POR ACALMAR UM RAPAZ QUE REVELAVA SINGULARES DISTÚRBIOS. PROCUREI AJUDÁ-LA.O POBREZINHO, DE OLHOS PERDIDOS NO ESPAÇO, GRITAVA, ESPANTADIÇO: - ACUDA-ME, POR AMOR DE DEUS! TENHO MEDO, MEDO!...E, OLHAR ESGAZEADO DOS QUE EXPERIMENTAM PROFUNDAS SENSAÇÕES DE PAVOR, ACENTUAVA:- IRMÃ NARCISA, LÁ VEM "ELE"!, O MONSTRO! SINTO OS VERMES NOVAMENTE! "ELE"! "ELE"!. . . LIVRE-ME "DELE" IRMÃ! NÃO QUERO, NÃO QUERO!... - CALMA, FRANCISCO - PEDIA A COMPANHEIRA DOS INFORTUNADOS -, VOCÊ VAI LIBERTAR-SE, GANHAR MUITA SERENIDADE E ALEGRIA, MAS DEPENDE DO SEU ESFORÇO
  • 68. - A QUEM SE REFERE O DOENTE? - INDAGUEI, IMPRESSIONADO. ESTÁ, PORVENTURA, ASSEDIADO POR ALGUMA SOMBRA INVISÍVEL AO MEU OLHAR? A VELHA SERVIDORA DAS CÂMARAS DE RETIFICAÇÃO SORRIU CARINHOSAMENTE E FALOU: - TRATA-SE DO SEU PRÓPRIO CADÁVER. - QUE ME DIZ? - TORNEI, ESPANTADO. - O POBREZINHO ERA EXCESSIVAMENTE APEGADO AO CORPO FÍSICO E VEIO PARA A ESFERA ESPIRITUAL APÓS UM DESASTRE, ORIUNDO DE PURA IMPRUDÊNCIA. ESTEVE, DURANTE MUITOS DIAS, AO LADO DOS DESPOJOS, EM PLENO SEPULCRO, SEM SE CONFORMAR COM SITUAÇÃO DIVERSA.
  • 69. QUERIA FIRMEMENTE LEVANTAR O CORPO HIRTO, TAL O IMPÉRIO DA ILUSÃO EM QUE VIVERA E, NESSE TRISTE ESFORÇO, GASTOU MUITO TEMPO. AMEDRONTAVA-SE COM A IDÉIA DE ENFRENTAR O DESCONHECIDO E NÃO CONSEGUIA ACUMULAR NEM MESMO ALGUNS ÁTOMOS DE DESAPEGO ÀS SENSAÇÕES FÍSICAS. NÃO VALERAM SOCORROS DAS ESFERAS MAIS ALTAS, PORQUE FECHAVA A ZONA MENTAL A TODO PENSAMENTO RELATIVO À VIDA ETERNA.
  • 70. MECANISMOS DA MEDIUNIDADE IDEOPLASTIA
  • 71. PARA MAIOR COMPREENSÃO DE QUALQUER FENÔMENO DA TRANSMISSÃO MEDIÚNICA, NÃO NOS SERÁ LÍCITO ESQUECER A IDEOPLASTIA, PELA QUAL O PENSAMENTO PODE MATERIALIZAR- SE, CRIANDO FORMAS QUE MUITAS VEZES SE REVESTEM DE LONGA DURAÇÃO, CONFORME A PERSISTÊNCIA DA ONDA EM QUE SE EXPRESSAM.
  • 72. NOS DOMÍNIOS DA MEDIUNIDADE
  • 73. ABEIRAMO-NOS DA MÉDIUM RESPEITÁVEL E MODESTA E VIMO-LA PENSATIVA, NÃO OBSTANTE O VOZERIO ABAFADO, EM TORNO. NÃO LONGE, O PENSAMENTO CONJUGADO DE DUAS PESSOAS EXTERIORIZAVA CENAS LAMENTÁVEIS DE UM CRIME EM QUE SE HAVIAM EMBRENHADO. E, PERCEBENDO-AS, DONA AMBROSINA REFLETIA, FALANDO SEM PALAVRAS, EM FRASES AUDÍVEIS TÃO SOMENTE EM NOSSO MEIO:
  • 74. — “AMADOS AMIGOS ESPIRITUAIS, QUE FAZER? IDENTIFICO NOSSOS IRMÃOS DELINQÜENTES E RECONHEÇO-LHES OS COMPROMISSOS... UM HOMEM FOI ELIMINADO... VEJO-LHE A AGONIA RETRATADA NA LEMBRANÇA DOS RESPONSÁVEIS... QUE ESTARÃO BUSCANDO AQUI NOSSOS INFORTUNADOS COMPANHEIROS, FORAGIDOS DA JUSTIÇA TERRESTRE?”
  • 75. REPARÁVAMOS QUE A MÉDIUM TEMIA PERDER A HARMONIA VIBRATÓRIA QUE LHE ERA PECULIAR. NÃO DESEJAVA ABSORVER-SE EM QUALQUER PREOCUPAÇÃO ACERCA DOS VISITANTES MENCIONADOS. FOI ENTÃO QUE UM DOS MENTORES PRESENTES SE APROXIMOU E TRANQÜILIZOU- A: — AMBROSINA, NÃO RECEIE. ACALME-SE. É PRECISO QUE A AFLIÇÃO NÃO NOS PERTURBE.
  • 76. ACOSTUME-SE A VER NOSSOS IRMÃOS INFELIZES NA CONDIÇÃO DE CRIATURAS DIGNAS DE PIEDADE. LEMBRE-SE DE QUE NOS ACHAMOS AQUI PARA AUXILIAR, E O REMÉDIO NÃO FOI CRIADO PARA OS SÃOS. COMPADEÇA- SE, SUSTENTANDO O PRÓPRIO EQUILÍBRIO! SOMOS DEVEDORES DE AMOR E RESPEITO UNS PARA COM OS OUTROS E, QUANTO MAIS DESVENTURADOS, DE TANTO MAIS AUXÍLIO NECESSITAMOS. É INDISPENSÁVEL RECEBER NOSSOS IRMÃOS COMPROMETIDOS COM O MAL, COMO ENFERMOS QUE NOS RECLAMAM CARINHO.
  • 77. LIVRO CARTAS E CRÔNICAS - IRMÃO X 08 - OBSESSÃO PACÍFICA
  • 78. QUANDO REENCONTREI O MEU AMIGO CUSTÓDIO SAQUAREMA NA VIDA ESPIRITUAL, DEPOIS DA EFUSÃO AFETIVA DE COMPANHEIROS SEPARADOS DESDE MUITO, A CONVERSA SE DIRIGIU NATURALMENTE PARA COMENTÁRIOS EM TORNO DA NOVA SITUAÇÃO.
  • 79. SABIA CUSTÓDIO PERTENCENTE A FAMÍLIA ESPÍRITA E, DECERTO, NESSA CONDIÇÃO, TERIA ELE RETIRADO E O MÁXIMO DE VANTAGENS DA EXISTÊNCIA QUE VINHA DE LARGAR. PENSANDO NISSO, ARRISQUEI UMA PERGUNTA, NA EXPECTATIVA DE SABÊ-LO COM EXCELENTE BAGAGEM PARA O INGRESSO EM ESTÂNCIAS SUPERIORES. SAQUAREMA, CONTUDO, SORRIU, DE MODO VAGO, E INFORMOU COM A FINA AUTOCRÍTICA QUE EU LHE CONHECIA NO MUNDO:
  • 80. - ORA, MEU CARO, VOCÊ NÃO AVALIA O QUE SEJA UMA OBSESSÃO DISFARÇADA, SEM QUALQUER MOSTRA EXTERIOR. - VOCÊ NÃO IGNORA QUE RENASCI NUM LAR ESPÍRITA, MAS, COMO SUCEDE À MAIORIA DOS REENCARNADOS, TRAZIA COMIGO, JUNGIDOS AO MEU CLIMA PSÍQUICO, ALGUNS SÓCIOS DE VÍCIOS E EXTRAVAGÂNCIAS DO PASSADO, QUE, SEM O VEÍCULO DE CARNE, SE VALIAM DE MIM PARA SE VINCULAREM ÀS SENSAÇÕES DO PLANO TERRESTRE, QUAL SE EU FORA UMA VACA, HABILITADA A COOPERAR NA ALIMENTAÇÃO E CONDUÇÃO DE PEQUENA FAMÍLIA...
  • 81. CREIA QUE, DE MINHA PARTE, HAVIA RETOMADO A CHARRUA FÍSICA, LEVANDO EXCELENTE PROGRAMA DE TRABALHO QUE, SE ATENDIDO, ME ASSEGURARIA PRECIOSO AVANÇO PARA AS VANGUARDAS DA LUZ. ENTRETANTO, MEUS VAMPIRIZADORES, ARDILOSOS E INTELIGENTES, AGIAM À SOCAPA, SEM QUE EU, NEM DE LEVE, LHES PRESSENTISSE A INFLUÊNCIA... E SABE COMO?
  • 82. - ATRAVÉS DE SIMPLES CONSIDERAÇÕES ÍNTIMAS – PROSSEGUIU SAQUAREMA, DESAPONTADO. – TÃO LOGO ME VI SAÍDO DA ADOLESCÊNCIA, COM BOA DOSE DE RACIOCÍNIOS LÓGICOS NA CABEÇA, OS INSTRUTORES AMIGOS ME EXORTARAM, POR MEUS PAIS, A CULTIVAR O REINO DO ESPÍRITO, REFERINDO- SE A ESTUDO, ABNEGAÇÃO, APRIMORAMENTO, MAS, DENTRO DE MIM, AS VOZES DE MEUS ACOMPANHANTES SURGIAM DA MENTE, COMO FIOS D’ÁGUA FLUINDO DE MINADOURO, PROPICIANDO-ME DA FALSA IDÉIA DE QUE EU FALAVA COMIGO MESMO;
  • 83. “COISAS DA ALMA, CUSTÓDIO? NADA DISSO. A SUA HORA É DE JUVENTUDE, ALEGRIA, SOL... DEIXE A FILOSOFIA PARA DEPOIS...” DECORRIDO ALGUM TEMPO, BACHARELEI-ME. AS ADVERTÊNCIAS DO LAR SE FIZERAM MAIS ALTAS, CONCLAMANDO-ME AO DEVER; ENTRETANTO, OS MEUS SEGUIDORES, ATÉ ENTÃO INVISÍVEIS PARA MIM, REVIDAVAM TAMBÉM COM A ZOMBARIA INARTICULADA: “AGORA? NÃO É OCASIÃO OPORTUNA. DE QUE MANEIRA HARMONIZAR A CARREIRA INICIANTE COM ASSUNTOS DE RELIGIÃO? CUSTÓDIO, CUSTÓDIO!... OBSERVE O CRITÉRIO DAS MAIORIAS, NÃO SE FAÇA DE LOUCO
  • 84. CASEI-ME E, LOGO APÓS, OS CHAMADOS À ESPIRITUALIZAÇÃO RECRUDESCERAM, EM TORNO DE MIM. MEUS SOLERTES EXPLORADORES, PORÉM, COMENTARAM, VIVAZES: “NÃO CEDA. CUSTÓDIO! E AS RESPONSABILIDADES DE FAMÍLIA? É PRECISO TRABALHAR, GANHAR DINHEIRO, OBTER POSIÇÃO, ZELAR POR MULHER E FILHOS...” A MORTE SUBTRAIU-ME OS PAIS E EU, ADVOGADO E FINANCISTA, JÁ NA IDADE MADURA,
  • 85. AINDA OUVIA OS BONS ESPÍRITOS, POR INTERMÉDIO DE COMPANHEIROS DEDICADOS, REQUISITANDO-ME À ELEVAÇÃO MORAL PELA EXECUÇÃO DOS COMPROMISSOS ASSUMIDOS; TODAVIA, NA CASA INTERNA SE EMPOLEIRAVAM OS ARGUMENTOS DE MEUS OBSESSORES INFLEXÍVEIS: “CUSTÓDIO, VOCÊ TEM MAIS QUE FAZERES... VIDA SOCIAL...
  • 86. VOCÊ NÃO ESTÁ PREPARADO PARA SEARA DE FÉ...” EM SEGUIDA, MEU AMIGO, CHEGARAM A VELHICE E A DOENÇA, ESSAS DUAS ENFERMEIRAS DA ALMA, QUE VIVEM DE MÃOS DADAS NA TERRA. PASSEI A SOFRER E DESENCANTAR-ME. ALGUNS RAROS VISITANTES DE MINHA SENECTUDE, TRANSMITINDO-ME OS DERRADEIROS CONVITES DA ESPIRITUALIDADE MAIOR, INSISTIAM COMIGO,
  • 87. ESPERANDO QUE EU ME CONSAGRASSE ÀS COISAS SAGRADAS DA ALMA; NO ENTANTO, DESSA VEZ, OS GRITOS DE MEUS ANTIGOS VAMPIRIZADORES SE ALTEARAM, MAIS IRÔNICOS, ASSOPRANDO-ME SARCASMO, QUAL SE FORA EU MESMO A RIDICULARIZAR-ME: “VOCÊ, VELHO CUSTÓDIO?!
  • 88. QUE VAI FAZER VOCÊ COM ESPIRITISMO? É TARDE DEMAIS... PROFISSÃO DE FÉ, MENSAGENS DE OUTRO MUNDO... QUE SE DIRÁ DE VOCÊ, MEU VELHO? SEUS MELHORES AMIGOS FALARÃO EM LOUCURA, SENILIDADE... NÃO TENHA DÚVIDA...
  • 89. SEUS PRÓPRIOS FILHOS INTERDITARÃO VOCÊ, COMO SENDO UM DOENTE MENTAL, INAPTO À REGÊNCIA DE QUALQUER INTERESSE ECONÔMICO... VOCÊ NÃO ESTÁ MAIS NO TEMPO DISSO...” SAQUAREMA ENDEREÇOU-ME SIGNIFICATIVO OLHAR E REMATOU:
  • 90. - OS MEUS PERSEGUIDORES NÃO ME SEVICIARAM O CORPO, NEM ME CONTURBARAM A MENTE. ACALENTARAM APENAS O MEU COMODISMO E, COM ISSO, ME IMPEDIRAM QUALQUER PASSO RENOVADOR. VOLTO DA TERRA, MEU CARO, IMITANDO O LAVRADOR ENDIVIDADO E DE MÃOS VAZIAS QUE REGRESSA DE UM CAMPO FÉRTIL, ONDE PODERIA TER AMEALHADO INIMAGINÁVEIS TESOUROS...
  • 91. SEI QUE VOCÊ AINDA ESCREVE PARA OS HOMENS, NOSSOS IRMÃOS. CONTE-LHES MINHA POBRE EXPERIÊNCIA, REFIRA-SE, JUNTO DELES, À OBSESSÃO PACÍFICA, PERIGOSA, MASCARADA... DIGA- LHES ALGUMA COISA ACERCA DO VALOR DO TEMPO, DA GRANDEZA POTENCIAL DE QUALQUER TEMPO NA ROMAGEM HUMANA!...
  • 92. PERGUNTA FEITA SOBRE OBSESSÃO UM RAPAZ DURANTE UM ESTUDO SOBRE OBSESSÃO PERGUNTOU COMO ELE PODERIA SABER SE ESTÁ OBSIDIADO. RESPOSTA: QUANDO VOCÊ ESCUTE NOS RECESSOS DA MENTE UMA IDEIA TORTURANTE QUE TEIMA POR SE FIXAR, INTERROMPENDO O CURSO DOS PENSAMENTOS; QUANDO CONSTATE, IMPERIOSA, ATUANTE FORÇA PSÍQUICA INTERFERINDO NOS PROCESSOS MENTAIS;
  • 93. QUANDO VERIFIQUE A VONTADE SENDO DOMINADA POR OUTRA VONTADE QUE PARECE DOMINAR; QUANDO EXPERIMENTE INQUIETAÇÃO CRESCENTE, NA INTIMIDADE MENTAL, SEM MOTIVOS REAIS; QUANDO SINTA O IMPACTO DO DESALINHO ESPIRITUAL EM FRANCO DESENVOLVIMENTO, ACAUTELE- SE, PORQUE VOCÊ SE ENCONTRA EM PROCESSO IMPERIOSO E ULTRIZ DE OBSESSÃO PERTINAZ. (NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO – PG. 28 – EXAMINANDO A OBSESSÃO)
  • 94. SINAIS DE ALARME IRMÃ SHEILA
  • 95. HÁ DEZ SINAIS VERMELHOS, NO CAMINHO DA EXPERIÊNCIA, INDICANDO QUEDA PROVÁVEL NA OBSESSÃO: QUANDO ENTRAMOS NA FAIXA DA IMPACIÊNCIA;QUANDO ACREDITAMOS QUE A NOSSA DOR É A MAIOR; QUANDO PASSAMOS A VER INGRATIDÃO NOS AMIGOS; QUANDO IMAGINAMOS MALDADE NAS ATITUDES DOS COMPANHEIROS;
  • 96. QUANDO COMENTAMOS O LADO MENOS FELIZ DESSA OU DAQUELA PESSOA; QUANDO RECLAMAMOS APREÇO E RECONHECIMENTO; QUANDO SUPOMOS QUE O NOSSO TRABALHO ESTÁ SENDO EXCESSIVO; QUANDO PASSAMOS O DIA A EXIGIR ESFORÇO ALHEIO, SEM PRESTAR O MAIS LEVE SERVIÇO;QUANDO PRETENDEMOS FUGIR DE NÓS MESMOS, ATRAVÉS DO ÁLCOOL OU DO ENTORPECENTE;
  • 97. QUANDO JULGAMOS QUE O DEVER É APENAS DOS OUTROS. TODA VEZ QUE UM DESSES SINAIS VENHA A SURGIR NO TRÂNSITO DE NOSSAS IDÉIAS, A LEI DIVINA ESTÁ PRESENTE, RECOMENDANDO-NOS A PRUDÊNCIA DE AMPARAR-NOS NO SOCORRO DA PRECE OU NA LUZ DO DISCERNIMENTO. VIEIRA, WALDO; XAVIER, FRANCISCO CÂNDIDO. DA OBRA: IDEAL ESPÍRITA. DITADO PELO ESPÍRITO SCHEILLA
  • 98. SOBRE A INFLUÊNCIA DA OBSESSÃO NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO.
  • 99. DRAMAS DA OBSESSÃO SABIDO É, ENTRE ESPÍRITAS FIÉIS AOS SEUS PRINCÍPIOS, QUE TODOS OS HOMENS SÃO MÉDIUNS, OU, PELO MENOS, POSSUEM A POSSIBILIDADE DE SE DEIXAREM INFLUENCIAR PELAS INDIVIDUALIDADES INVISÍVEIS, SEJAM ESTAS ESCLARECIDAS, MEDÍOCRES OU INFERIORES. TODAVIA, SABIDO SERÁ TAMBÉM QUE MAIS DEPRESSA A INDIVIDUALIDADE HUMANA SE PERMITIRÁ ENVOLVER-SE COM AS ÚLTIMAS QUE COM AS PRIMEIRAS.
  • 100. OS MÚLTIPLOS CASOS E GÊNEROS DIVERSOS DE OBSESSÃO, ESSE FLAGELO QUE ASSOLA OS PLANETAS ONDE GRANDES CRIMINOSOS, GRANDES CULPADOS E VICIOSOS REENCARNAM, AGLOMERADOS PARA OS DEVIDOS RESGATES DO PASSADO E CONSEQUENTE PROGRESSO; OS COMPLEXOS DOS NOTICIÁRIOS MACABROS, ONDE AVULTAM TODAS AS MODALIDADES DA DELINQUÊNCIA E DO INSULTO Á HARMONIA DA SOCIEDADE, DO CRIME E DA DESESPERANÇA SEM TRÉGUAS,
  • 101. MUITAS VEZES TIVERAM ORIGEM NA INFLUÊNCIA DE SERES INVISÍVEIS SOBRE OS PORTES MEDIÚNICOS IGNORADOS OU REJEITADOS, DO DELINQÜENTE, POIS NÃO ESQUECEREMOS QUE SE TRATA DE FORÇAS TÃO NATURAIS NA ESPÉCIE HUMANA COMO QUALQUER OUTRO DOS CINCO SENTIDOS QUE INTEGRAM A MESMA PERSONALIDADE HUMANA. RIO DE JANEIRO, 14 DE MARÇO DE 1964. ADOLFO BEZERRA DE MENEZES
  • 102. NOS DOMÍNIOS DA MEDIUNIDADE CAP. 15 – FORÇAS VICIADAS EM MESA LAUTAMENTE PROVIDA COM FINO CONHAQUE, UM RAPAZ, FUMANDO COM VOLÚPIA E SOB O DOMÍNIO DE UMA ENTIDADE DIGNA DE COMPAIXÃO PELO ASPECTO REPELENTE EM QUE SE MOSTRAVA, ESCREVIA, ESCREVIA, ESCREVIA... — ESTUDEMOS — RECOMENDOU O ORIENTADOR.
  • 103. O CÉREBRO DO MOÇO EMBEBIA-SE EM SUBSTÂNCIA ESCURA E PASTOSA QUE ESCORRIA DAS MÃOS DO TRISTE COMPANHEIRO QUE O ENLAÇAVA. VIA-SE-LHES A ABSOLUTA ASSOCIAÇÃO NA AUTORIA DOS CARACTERES ESCRITOS. A DUPLA EM TRABALHO NÃO NOS REGISTROU A PRESENÇA. — NESTE INSTANTE — ANUNCIOU AULUS, ATENCIOSO —, NOSSO IRMÃO DESCONHECIDO É HÁBIL MÉDIUM PSICÓGRAFO. TEM AS CÉLULAS DO PENSAMENTO INTEGRALMENTE CONTROLADAS PELO INFELIZ CULTIVADOR DE CRUELDADE SOB A NOSSA VISTA.
  • 104. IMANTA-SE-LHE À IMAGINAÇÃO E LHE ASSIMILA AS IDÉIAS, ATENDENDO-LHE AOS PROPÓSITOS ESCUSOS, ATRAVÉS DOS PRINCÍPIOS DA INDUÇÃO MAGNÉTICA, DE VEZ QUE O RAPAZ, DESEJANDO PRODUZIR PÁGINAS ESCABROSAS, ENCONTROU QUEM LHE FORTALEÇA A MENTE E O AJUDE NESSE MISTER.... O OBSESSOR, USANDO CALCULADAMENTE O RAPAZ (JORNALISTA) COM QUEM SE AFINA, PRETENDE ALCANÇAR O NOTICIÁRIO DE SENSAÇÃO, PARA DEPRIMIR A VIDA MORAL DELA ( MOÇA QUE O ESPÍRITO ESTA PERSEGUINDO) E, COM ISSO, AMOLECER-LHE O CARÁTER, TRAZENDO-A, SE POSSÍVEL, AO CHARCO VICIOSO EM QUE ELE JAZ.
  • 105. IMAGINEMOS A INFLUÊNCIA DA TELEVISÃO E NOTICIÁRIOS SOBRE A MENTE DA CRIANÇA... A CRIANÇA BRASILEIRA DE 4 A 12 ANOS FICA NA FRENTE DA TELEVISÃO UMA MÉDIA DE TRÊS HORAS E TRINTA MINUTOS POR DIA. MUITO MAIS DO QUE EM OUTROS PAÍSES. ( DADOS DE 2009 )
  • 106.
  • 107. A CONEXÃO TELEVISÃO-VIOLÊNCIA- COMPORTAMENTO É PREOCUPANTE A VIOLÊNCIA DE TODAS AS GRADAÇÕES CONSPURCA AS CONQUISTAS SOCIOLÓGICAS DESTE SÉCULO. IRROMPE-SE EM TODOS OS NÍVEIS DA SOCIEDADE, MANIFESTANDO-SE EM MÚLTIPLAS MAGNITUDES. LEMOS UM JORNAL, UMA REVISTA; ASSISTIMOS TELEVISÃO E A BESTIALIDADE É OBSTINADAMENTE DIFUNDIDA,
  • 108. SEJA PELOS NOTICIÁRIOS, PELOS DOCUMENTÁRIOS, SEJA PELOS FILMES (INCLUSIVE DESENHOS “INFANTIS”), PELOS PROGRAMAS DE AUDITÓRIO CADA VEZ MAIS OBSCUROS EM TERMOS DE VALORES ÉTICOS. POR QUANTO TEMPO TEREMOS QUE CONVIVER COM OS AVILTANTES PROGRAMAS DE TEVÊ NA PÁTRIA DO EVANGELHO?
  • 109. DOIS ESTUDOS REALIZADOS PELO BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO (BID), EM 2009, MOSTRARAM QUE AS TELENOVELAS APRESENTADAS NOS ÚLTIMOS 40 ANOS VÊM MOLDANDO AS FAMÍLIAS EM ASPECTOS COMO NÚMERO DE FILHOS E DIVÓRCIOS.
  • 110. ESTUDOS REALIZADOS PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL DEMONSTRAM QUE A EXIBIÇÃO DE VIOLÊNCIA NA TV TEM EFEITOS INEQUÍVOCOS. HÁ CORRELAÇÕES CONCRETAS ENTRE A FREQUENTE EXPOSIÇÃO À VIOLÊNCIA EXIBIDA NA TELEVISÃO E O COMPORTAMENTO AGRESSIVO DO TELESPECTADOR.
  • 111. FOI PERGUNTADO A CHICO XAVIER COMO ERA ANALISADO O TRABALHO DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO PELO MUNDO ESPIRITUAL. O MÉDIUM DE UBERABA RESPONDEU: “NA INGLATERRA HÁ UMA LEI QUE CONSIDERAMOS DE MUITA IMPORTÂNCIA. A PRÓPRIA IMPRENSA, ATRAVÉS DA CÚPULA FORMADA PELOS HOMENS DE RESPONSABILIDADE QUE A REPRESENTAM, DECIDIU FORMAR UMA ASSOCIAÇÃO DE CENSURA, DE TUDO QUE TIVESSE DE SER LANÇADO AO PÚBLICO PELOS MAIS NOVOS, PELOS JORNALISTAS, PELOS RADIALISTAS
  • 112. POR TODOS AQUELES QUE ESTIVESSEM COMEÇANDO A TAREFA DE SE COMUNICAR COM O PÚBLICO. NO BRASIL, A MINHA OPINIÃO, SEM QUALQUER CRÍTICA, MAS ABSOLUTAMENTE SEM QUALQUER CRÍTICA, EU CREIO QUE OS EXCESSOS NA TELEVISÃO, NOS JORNAIS E NAS REVISTAS SÃO DE MOLDE A FALSEAR OS SENTIMENTOS E PENSAMENTOS DE MUITA GENTE.”
  • 113. LIBERTAÇÃO Cap. 1
  • 114. AS ALMAS DECAÍDAS, CONTUDO, QUAISQUER QUE SEJAM, NÃO CONSTITUEM UMA RAÇA ESPIRITUAL SENTENCIADA IRREMEDIÀVELMENTE AO SATANISMO, INTEGRANDO, TÃO SÔMENTE, A COLETIVIDADE DAS CRIATURAS HUMANAS DESENCARNADAS, EM POSIÇÃO DE ABSOLUTA INSENSATEZ.
  • 115. MISTURAM-SE À MULTIDÃO TERRESTRE, EXERCEM ATUAÇÃO SINGULAR SOBRE INÚMEROS LARES E ADMINISTRAÇÕES E O INTERESSE FUNDAMENTAL DAS MAIS PODEROSAS INTELIGÊNCIAS, DENTRE ELAS, É A CONSERVAÇÃO DO MUNDO OFUSCADO E DISTRAÍDO, À FORÇA DA IGNORÂNCIA DEFENDIDA E DO EGOÍSMO RECALCADO, ADIANDO-SE O REINO DE DEUS, ENTRE OS HOMENS, INDEFINIDAMENTE...
  • 116. OBSESSOR AMIGO DE YVONNE PEREIRA – RECORDAÇÕES DA MEDIUNIDADE – O COMPLEXO OBSESSÃO LEMBRAMO-NOS AQUI DE UM DESSES OBSESSORES, COM O QUAL TRAVAMOS CONHECIMENTO DURANTE CERTOS TRABALHOS PARA CURAS DE OBSESSÃO, REALIZADOS NA ANTIGA “CASA ESPÍRITA”, DA CIDADE DE JUIZ DE FORA, NO ESTADO DE MINAS GERAIS, O QUAL DIZIA, QUANDO, PRESIDINDO NÓS AS SESSÕES, O EXORTÁVAMOS A ABANDONAR A INFELIZ ATITUDE DE PERSEGUIDOR DO PRÓXIMO, USANDO ENTÃO EXPRESSÕES QUASE INTEGRALMENTE IDÊNTICAS ÀS AQUI LEMBRADAS:
  • 117. — “PERDOE, MINHA QUERIDA! É COM PESAR QUE A CONTRARIO. PEÇA-ME OUTRA QUALQUER COISA, E EU A ATENDEREI COM O CORAÇÃO NAS MÃOS. PEÇA-ME QUE SEJA BOM E CARIDOSO PARA COM QUALQUER OUTRA PESSOA, QUE ORE PELOS QUE SOFREM, COMO A VEJO FAZER AQUI TODOS OS DIAS”;PEÇA-ME SEJA O QUE MAIS FOR E ME ESFORÇAREI POR ATENDÊ-LA. MAS NÃO ME PEÇA PARA DESVIAR «DELE» (O OBSIDIADO
  • 118. O CASTIGO QUE TANTO MERECE, PORQUE ISSO ESTÁ ALÉM DAS MINHAS POSSIBILIDADES. SE A SENHORA SOUBESSE O QUE ELE ME FÊZ! DA SUA PESSOA, ISTO É, A SENHORA, TÃO MEIGA PARA MIM NAS SUAS ORAÇÕES, TÃO AFETUOSA, TÃO BOA. PARA OS MEUS COMPANHEIROS DE DESGRAÇA, EU GOSTO MUITO, MUITO MESMO! SER-LHE-EI ETERNAMENTE GRATO PELO BEM QUE ME VEM PRESTANDO:
  • 119. ESTAREI PRONTO A SERVI-LA EM QUALQUER EMERGÊNCIA EM QUE LHE PUDER SER ÚTIL. MAS A ELE NÃO! EU O ODEIO COM TODAS AS FORÇAS DO MEU CORAÇÃO ULTRAJADO PELA MALDADE DELE, E NÃO O POUPAREI!” EM CERTA OCASIÃO, QUANDO AS DORES DE UMA GRANDE PROVAÇÃO NOS ASSALTARAM, TIVEMO-LO AO NOSSO LADO TENTANDO ALGO PARA NOSSO ALÍVIO, QUAL BOM AMIGO TERRENO, QUE, APESAR DE NÃO SER PERSONALIDADE PROPRIAMENTE VIRTUOSA, É CAPAZ DE BEM-QUERER E FAVORECER UM AMIGO.
  • 120. CERCA DE UM ANO MAIS TARDE, NO ENTANTO, CANSOU-SE DE PRATICAR A VINGANÇA, ENVERGONHOU-SE DO PRÓPRIO PROCEDIMENTO E, PORQUE JÁ TIVESSE ADQUIRIDO CONHECIMENTOS RAZOÁVEIS SOBRE O EVANGELHO E A DOUTRINA ESPÍRITA, GRAÇAS À CONVIVÊNCIA COM OS COMPONENTES DAS ALUDIDAS SESSÕES, ARREPENDEU-SE, ABANDONOU A PRESA, QUE SE RECUPEROU LENTAMENTE, E DESPEDIU-SE DE NÓS PARA NOVOS CICLOS DE PROGRESSO.
  • 121. COMO BEM SE PERCEBE, ESSA ENTIDADE PERMANECEU, REEDUCANDO-SE, NAS SESSÕES DA ANTIGA «CASA ESPÍRITA», ASSISTINDO AOS TRABALHOS PRÁTICOS E AOS ESTUDOS DURANTE CERCA DE DOIS ANOS, QUANDO ENSEJOS LHE FORAM RENOVADOS PARA OBSERVAR O ELEVADO IDEAL QUE MOVIA AQUELAS CRIATURAS, QUE OUTRO DESEJO NÃO POSSUÍAM SENÃO O DE PROGREDIR NA PRÁTICA DO BEM E DO AMOR A DEUS.