SlideShare uma empresa Scribd logo
 Doenças associadas ao Uso do Cigarro
 O fumo é responsável por 30% das mortes
por cancro;
90% das mortes por cancro no pulmão;
97% do cancro da laringe;
25% das mortes por doença do coração;
85% das mortes por bronquite e enfisema;
25% das mortes por derrame cerebral e por
50% dos casos de cancro de pele.
 O consumo do tabaco vai aumentando
pouco a pouco ,uma vez que se
experimentam os primeiros cigarros
,desde a infância ou adolescência, ate
a juventude e a idade adulta ,que e
quando se consolida o vicio e a
dependência da nicotina
 Os riscos de fumar durante a gravidez para a mãe e para o bebé
 Nos últimos 30 anos assistiu-se a uma mudança de hábitos nas mulheres.
Até aos anos 60, fumar, era em comportamento quase exclusivo do
homem. Algumas décadas antes era pouco aceite, socialmente, que
uma senhora fumasse.
A partir da década de 70 os homens começaram a fumar menos e as
mulheres passaram a fumar mais. Como seria de esperar a incidência
de algumas doenças aumentou nas mulheres, como o cancro do
pulmão.
Mas o facto de a mulher jovem fumar criou um outro problema que
transcende a fumadora. Refiro-me à mulher que fuma durante a
gravidez. De facto fumar não faz só mal à futura mãe, tornando-a mais
propensa à bronquite crónica, à sinusite, à dispepsia obrigando-a a
tomar remédios potencialmente perigosos para o desenvolvimento do
feto e reduzindo a sua capacidade física que deve manter-se alta
durante toda a gravidez e em particular no esforço do parto.
 Fumadores passivos
 As pessoas que aspiram involuntariamente o fumo libertado pelos cigarros
dos fumadores são designados por fumadores passivos.
 Define-se tabagismo passivo como a inalação do fumo de derivados do
tabaco (cigarro, charuto, cigarrilhas, cachimbo) por não fumadores, que
convivem com fumadores em ambientes fechados.
 Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) o tabagismo passivo, a 3ª
maior causa de morte evitável no mundo, subsequente ao tabagismo
activo e ao consumo excessivo de álcool (IARC, 1987; Surgeon General,
1986; Glantz, 1995).
 As pessoas que estão próximas de fumadores, especialmente em ambientes
fechados, inalam mais de 400 substâncias que podem prejudicar a saúde.
Os não fumadores expostos ao fumo do cigarro absorvem nicotina,
monóxido de carbono e outras substâncias da mesma forma que os
fumadores, embora em menor quantidade. A quantidade de tóxicos
absorvidos depende da extensão e da intensidade da exposição, além da
qualidade da ventilação do ambiente onde se encontra a pessoa.
 A fumaça dos derivados do tabaco em ambientes fechados é denominada
de poluição tabágica ambiental (PTA).Tendo em vista que as pessoas
passam 80% de seu tempo em locais fechados tais como trabalho,
residência, locais de lazer e hospitais, o cigarro é considerado, pela
Organização Mundial de Saúde, como o maior agente de poluição
doméstica ambiental.
 ATUALMENTE,EM PORTUGAL,FUMAR E
RESPONSAVEL PELA MORTE PREMATURA
DE QUASE 9000 PESSOAS CADA ANO,
ISTO E, 25 PESSOAS POR DIA E UMAS 175
POR SEMANA.
Quando um fumante sacia sua ânsia por um cigarro,
diminui a resistência mental à dependência e afecta sua
memória. Pesquisadores da Universidade de Michigan,
nos Estados Unidos, registraram imagens do fluxo
sanguíneo cerebral de fumantes que tragavam um
cigarro após uma noite de abstinência. Também
tomaram imagens enquanto os indivíduos fumavam um
cigarro de baixo teores. Para comparar as imagens,
removeram os sinais de actividade cerebral não
relacionada com o ato de fumar, gerando um mapa
exclusivo do estímulo causado pela nicotina.
A assimilação da substância aumentou o fluxo sanguíneo
em áreas ricas em receptores de nicotina (à esquerda,
em laranja) e o diminuiu em áreas envolvidas na
formação de memórias e em regiões que controlam a
necessidade de drogas (à direita).
 O CONSUMO DE TABACO ERA ALGO
QUE HÁ MUITO POUCO TEMPO , NÃO
TINHA A IMPORTÂNCIA QUE HOJE TEM.
 ISSO DEVEU-SE Á INDUSTRIALIZAÇÃO E Á
CRIAÇÃO , A PARTIR DE 1881, DAS
TABAQUEIRAS, VISTO QUE COMEÇARAM
A FABRICAR MILHÕES DE CIGARROS EM
POUCO TEMPO , O QUE ANTES NÃO ERA
POSSÍVEL.
 PRODUTORES: LARA ALVES E ANA
CATARINA

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tabagismo
TabagismoTabagismo
Tabagismo
EFA11
 
O Tabagismo - Grupo2
O Tabagismo - Grupo2O Tabagismo - Grupo2
O Tabagismo - Grupo2
marleneves
 
Apresentação tabagismo
 Apresentação tabagismo Apresentação tabagismo
Apresentação tabagismo
Diego Righi
 
Tabagismo
Tabagismo  Tabagismo
Tabaco[1]
Tabaco[1]Tabaco[1]
Tabaco[1]
Bugui94
 
Tabagismo
TabagismoTabagismo
Tabagismo
PESES
 
O tabaco
O tabacoO tabaco
Evite o cigarro
Evite o cigarroEvite o cigarro
Evite o cigarro
CLESIOANDRADE
 
Tabagismo e outras drogas
Tabagismo e outras drogasTabagismo e outras drogas
Tabagismo e outras drogas
Isabel Ribeiro
 
Males do Tabagismo - O Vicio Cega
Males do Tabagismo - O Vicio CegaMales do Tabagismo - O Vicio Cega
Males do Tabagismo - O Vicio Cega
Glaucia Carvalho
 
Tabagismo
Tabagismo Tabagismo
Tabagismo
Inês Santos
 
Tabaco 6ano
Tabaco 6anoTabaco 6ano
Tabaco 6ano
sofiamalheiro
 
Tabagismo
TabagismoTabagismo
Tabagismo
Pedui
 
Tabagismo juvenil 1
Tabagismo juvenil 1Tabagismo juvenil 1
Tabagismo juvenil 1
BIBFJ
 
Atividades maleficios do cigarro (1)
Atividades maleficios do cigarro (1)Atividades maleficios do cigarro (1)
Atividades maleficios do cigarro (1)
Atividades Diversas Cláudia
 
Tabagismo
TabagismoTabagismo
Tabagismo
tocha_turma9b
 
Fumo causas e consequencias
Fumo causas e consequenciasFumo causas e consequencias
Fumo causas e consequencias
balsense
 
Tabagismo doenças relacionadas ao tabaco servidor
Tabagismo doenças relacionadas ao tabaco  servidorTabagismo doenças relacionadas ao tabaco  servidor
Tabagismo doenças relacionadas ao tabaco servidor
Gláucia Castro
 
Trabalho sobre o tabaco para ciencias da naturais 8ºano
Trabalho sobre o tabaco para  ciencias da naturais 8ºanoTrabalho sobre o tabaco para  ciencias da naturais 8ºano
Trabalho sobre o tabaco para ciencias da naturais 8ºano
SilviaSilva
 
Tabagismo
TabagismoTabagismo

Mais procurados (20)

Tabagismo
TabagismoTabagismo
Tabagismo
 
O Tabagismo - Grupo2
O Tabagismo - Grupo2O Tabagismo - Grupo2
O Tabagismo - Grupo2
 
Apresentação tabagismo
 Apresentação tabagismo Apresentação tabagismo
Apresentação tabagismo
 
Tabagismo
Tabagismo  Tabagismo
Tabagismo
 
Tabaco[1]
Tabaco[1]Tabaco[1]
Tabaco[1]
 
Tabagismo
TabagismoTabagismo
Tabagismo
 
O tabaco
O tabacoO tabaco
O tabaco
 
Evite o cigarro
Evite o cigarroEvite o cigarro
Evite o cigarro
 
Tabagismo e outras drogas
Tabagismo e outras drogasTabagismo e outras drogas
Tabagismo e outras drogas
 
Males do Tabagismo - O Vicio Cega
Males do Tabagismo - O Vicio CegaMales do Tabagismo - O Vicio Cega
Males do Tabagismo - O Vicio Cega
 
Tabagismo
Tabagismo Tabagismo
Tabagismo
 
Tabaco 6ano
Tabaco 6anoTabaco 6ano
Tabaco 6ano
 
Tabagismo
TabagismoTabagismo
Tabagismo
 
Tabagismo juvenil 1
Tabagismo juvenil 1Tabagismo juvenil 1
Tabagismo juvenil 1
 
Atividades maleficios do cigarro (1)
Atividades maleficios do cigarro (1)Atividades maleficios do cigarro (1)
Atividades maleficios do cigarro (1)
 
Tabagismo
TabagismoTabagismo
Tabagismo
 
Fumo causas e consequencias
Fumo causas e consequenciasFumo causas e consequencias
Fumo causas e consequencias
 
Tabagismo doenças relacionadas ao tabaco servidor
Tabagismo doenças relacionadas ao tabaco  servidorTabagismo doenças relacionadas ao tabaco  servidor
Tabagismo doenças relacionadas ao tabaco servidor
 
Trabalho sobre o tabaco para ciencias da naturais 8ºano
Trabalho sobre o tabaco para  ciencias da naturais 8ºanoTrabalho sobre o tabaco para  ciencias da naturais 8ºano
Trabalho sobre o tabaco para ciencias da naturais 8ºano
 
Tabagismo
TabagismoTabagismo
Tabagismo
 

Semelhante a Tabaco

Dia mundial não fumador
Dia mundial não fumadorDia mundial não fumador
Dia mundial não fumador
malex86
 
Tabagismo
TabagismoTabagismo
Tabagismo
URCA
 
Não fumar
Não fumarNão fumar
Não fumar
gustavo antunes
 
Toxicodependências
ToxicodependênciasToxicodependências
Toxicodependências
Msaude
 
Trabalho de química
Trabalho de químicaTrabalho de química
Trabalho de química
Ruth Roque
 
Química – tabaco
Química – tabaco Química – tabaco
Química – tabaco
Willian Da Silva Minelli
 
Química – tabaco e narguilé
Química – tabaco e narguiléQuímica – tabaco e narguilé
Química – tabaco e narguilé
Willian Da Silva Minelli
 
Tabagismo
TabagismoTabagismo
Tabagismo
António Morais
 
Trabalho sobre o tabaco para ciencias da naturais 8ºano
Trabalho sobre o tabaco para  ciencias da naturais 8ºanoTrabalho sobre o tabaco para  ciencias da naturais 8ºano
Trabalho sobre o tabaco para ciencias da naturais 8ºano
SilviaSilva
 
Trabalho sobre o tabaco para ciencias da naturais 8ºano
Trabalho sobre o tabaco para  ciencias da naturais 8ºanoTrabalho sobre o tabaco para  ciencias da naturais 8ºano
Trabalho sobre o tabaco para ciencias da naturais 8ºano
SilviaSilva
 
Tabagismo
TabagismoTabagismo
Dia do não fumador
Dia do não fumadorDia do não fumador
Dia do não fumador
Licínia Simões
 
Tabagismo 2
Tabagismo 2Tabagismo 2
Tabagismo 2
Mensagens Virtuais
 
Tabagismo 2
Tabagismo 2Tabagismo 2
Tabagismo 2
niemsus
 
Tabagismo
TabagismoTabagismo
Tabagismo
joaomarinheiro97
 
Campanha contra o Tabagismo
Campanha contra o TabagismoCampanha contra o Tabagismo
Campanha contra o Tabagismo
ISI Engenharia
 
Campanha contra Tabagismo
Campanha contra TabagismoCampanha contra Tabagismo
Campanha contra Tabagismo
ISI Engenharia
 
Tabaco
TabacoTabaco
Tabagismo total 1
Tabagismo total 1Tabagismo total 1
Tabagismo total 1
Barbaraqsms
 
Falando sobre tabagismo
Falando sobre tabagismoFalando sobre tabagismo
Falando sobre tabagismo
Mensagens Virtuais
 

Semelhante a Tabaco (20)

Dia mundial não fumador
Dia mundial não fumadorDia mundial não fumador
Dia mundial não fumador
 
Tabagismo
TabagismoTabagismo
Tabagismo
 
Não fumar
Não fumarNão fumar
Não fumar
 
Toxicodependências
ToxicodependênciasToxicodependências
Toxicodependências
 
Trabalho de química
Trabalho de químicaTrabalho de química
Trabalho de química
 
Química – tabaco
Química – tabaco Química – tabaco
Química – tabaco
 
Química – tabaco e narguilé
Química – tabaco e narguiléQuímica – tabaco e narguilé
Química – tabaco e narguilé
 
Tabagismo
TabagismoTabagismo
Tabagismo
 
Trabalho sobre o tabaco para ciencias da naturais 8ºano
Trabalho sobre o tabaco para  ciencias da naturais 8ºanoTrabalho sobre o tabaco para  ciencias da naturais 8ºano
Trabalho sobre o tabaco para ciencias da naturais 8ºano
 
Trabalho sobre o tabaco para ciencias da naturais 8ºano
Trabalho sobre o tabaco para  ciencias da naturais 8ºanoTrabalho sobre o tabaco para  ciencias da naturais 8ºano
Trabalho sobre o tabaco para ciencias da naturais 8ºano
 
Tabagismo
TabagismoTabagismo
Tabagismo
 
Dia do não fumador
Dia do não fumadorDia do não fumador
Dia do não fumador
 
Tabagismo 2
Tabagismo 2Tabagismo 2
Tabagismo 2
 
Tabagismo 2
Tabagismo 2Tabagismo 2
Tabagismo 2
 
Tabagismo
TabagismoTabagismo
Tabagismo
 
Campanha contra o Tabagismo
Campanha contra o TabagismoCampanha contra o Tabagismo
Campanha contra o Tabagismo
 
Campanha contra Tabagismo
Campanha contra TabagismoCampanha contra Tabagismo
Campanha contra Tabagismo
 
Tabaco
TabacoTabaco
Tabaco
 
Tabagismo total 1
Tabagismo total 1Tabagismo total 1
Tabagismo total 1
 
Falando sobre tabagismo
Falando sobre tabagismoFalando sobre tabagismo
Falando sobre tabagismo
 

Mais de Carla Gomes

Microrganismos trabalho
Microrganismos   trabalhoMicrorganismos   trabalho
Microrganismos trabalho
Carla Gomes
 
Higiene e problemas sociais trabalho
Higiene e problemas sociais   trabalhoHigiene e problemas sociais   trabalho
Higiene e problemas sociais trabalho
Carla Gomes
 
Os microorganismos (1)
Os microorganismos (1)Os microorganismos (1)
Os microorganismos (1)
Carla Gomes
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
Carla Gomes
 
Trabalho de grupo microorganismos
Trabalho de grupo microorganismosTrabalho de grupo microorganismos
Trabalho de grupo microorganismos
Carla Gomes
 
Microbios diogo moreno 6ºe
Microbios diogo moreno 6ºeMicrobios diogo moreno 6ºe
Microbios diogo moreno 6ºe
Carla Gomes
 
Os microrganismos
Os microrganismosOs microrganismos
Os microrganismos
Carla Gomes
 
Microrganismos
MicrorganismosMicrorganismos
Microrganismos
Carla Gomes
 
A higiene
A higieneA higiene
A higiene
Carla Gomes
 
Higiene e problemas sociais t
Higiene e problemas sociais tHigiene e problemas sociais t
Higiene e problemas sociais t
Carla Gomes
 
Os microrganismos, higiene e problemas sociais
Os microrganismos, higiene e problemas sociaisOs microrganismos, higiene e problemas sociais
Os microrganismos, higiene e problemas sociais
Carla Gomes
 
Higiene e problemas sociais
Higiene e problemas sociaisHigiene e problemas sociais
Higiene e problemas sociais
Carla Gomes
 
Higiene e problemas sociais
Higiene e problemas sociaisHigiene e problemas sociais
Higiene e problemas sociais
Carla Gomes
 
Trabalho de ciencias higiene e problemas sociais
Trabalho de ciencias higiene e problemas sociaisTrabalho de ciencias higiene e problemas sociais
Trabalho de ciencias higiene e problemas sociais
Carla Gomes
 
Drogas lara e luana e ana
Drogas lara e luana e anaDrogas lara e luana e ana
Drogas lara e luana e ana
Carla Gomes
 
Trabalho de ciencias
Trabalho   de cienciasTrabalho   de ciencias
Trabalho de ciencias
Carla Gomes
 
Joana e micaela
Joana e micaelaJoana e micaela
Joana e micaela
Carla Gomes
 
Micróbios 6º c
Micróbios 6º cMicróbios 6º c
Micróbios 6º c
Carla Gomes
 
Drogas lara e luana e ana
Drogas lara e luana e anaDrogas lara e luana e ana
Drogas lara e luana e ana
Carla Gomes
 
Os microrganismos grelha
Os microrganismos grelhaOs microrganismos grelha
Os microrganismos grelha
Carla Gomes
 

Mais de Carla Gomes (20)

Microrganismos trabalho
Microrganismos   trabalhoMicrorganismos   trabalho
Microrganismos trabalho
 
Higiene e problemas sociais trabalho
Higiene e problemas sociais   trabalhoHigiene e problemas sociais   trabalho
Higiene e problemas sociais trabalho
 
Os microorganismos (1)
Os microorganismos (1)Os microorganismos (1)
Os microorganismos (1)
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Trabalho de grupo microorganismos
Trabalho de grupo microorganismosTrabalho de grupo microorganismos
Trabalho de grupo microorganismos
 
Microbios diogo moreno 6ºe
Microbios diogo moreno 6ºeMicrobios diogo moreno 6ºe
Microbios diogo moreno 6ºe
 
Os microrganismos
Os microrganismosOs microrganismos
Os microrganismos
 
Microrganismos
MicrorganismosMicrorganismos
Microrganismos
 
A higiene
A higieneA higiene
A higiene
 
Higiene e problemas sociais t
Higiene e problemas sociais tHigiene e problemas sociais t
Higiene e problemas sociais t
 
Os microrganismos, higiene e problemas sociais
Os microrganismos, higiene e problemas sociaisOs microrganismos, higiene e problemas sociais
Os microrganismos, higiene e problemas sociais
 
Higiene e problemas sociais
Higiene e problemas sociaisHigiene e problemas sociais
Higiene e problemas sociais
 
Higiene e problemas sociais
Higiene e problemas sociaisHigiene e problemas sociais
Higiene e problemas sociais
 
Trabalho de ciencias higiene e problemas sociais
Trabalho de ciencias higiene e problemas sociaisTrabalho de ciencias higiene e problemas sociais
Trabalho de ciencias higiene e problemas sociais
 
Drogas lara e luana e ana
Drogas lara e luana e anaDrogas lara e luana e ana
Drogas lara e luana e ana
 
Trabalho de ciencias
Trabalho   de cienciasTrabalho   de ciencias
Trabalho de ciencias
 
Joana e micaela
Joana e micaelaJoana e micaela
Joana e micaela
 
Micróbios 6º c
Micróbios 6º cMicróbios 6º c
Micróbios 6º c
 
Drogas lara e luana e ana
Drogas lara e luana e anaDrogas lara e luana e ana
Drogas lara e luana e ana
 
Os microrganismos grelha
Os microrganismos grelhaOs microrganismos grelha
Os microrganismos grelha
 

Tabaco

  • 1.
  • 2.  Doenças associadas ao Uso do Cigarro  O fumo é responsável por 30% das mortes por cancro; 90% das mortes por cancro no pulmão; 97% do cancro da laringe; 25% das mortes por doença do coração; 85% das mortes por bronquite e enfisema; 25% das mortes por derrame cerebral e por 50% dos casos de cancro de pele.
  • 3.  O consumo do tabaco vai aumentando pouco a pouco ,uma vez que se experimentam os primeiros cigarros ,desde a infância ou adolescência, ate a juventude e a idade adulta ,que e quando se consolida o vicio e a dependência da nicotina
  • 4.  Os riscos de fumar durante a gravidez para a mãe e para o bebé  Nos últimos 30 anos assistiu-se a uma mudança de hábitos nas mulheres. Até aos anos 60, fumar, era em comportamento quase exclusivo do homem. Algumas décadas antes era pouco aceite, socialmente, que uma senhora fumasse. A partir da década de 70 os homens começaram a fumar menos e as mulheres passaram a fumar mais. Como seria de esperar a incidência de algumas doenças aumentou nas mulheres, como o cancro do pulmão. Mas o facto de a mulher jovem fumar criou um outro problema que transcende a fumadora. Refiro-me à mulher que fuma durante a gravidez. De facto fumar não faz só mal à futura mãe, tornando-a mais propensa à bronquite crónica, à sinusite, à dispepsia obrigando-a a tomar remédios potencialmente perigosos para o desenvolvimento do feto e reduzindo a sua capacidade física que deve manter-se alta durante toda a gravidez e em particular no esforço do parto.
  • 5.
  • 6.  Fumadores passivos  As pessoas que aspiram involuntariamente o fumo libertado pelos cigarros dos fumadores são designados por fumadores passivos.  Define-se tabagismo passivo como a inalação do fumo de derivados do tabaco (cigarro, charuto, cigarrilhas, cachimbo) por não fumadores, que convivem com fumadores em ambientes fechados.  Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) o tabagismo passivo, a 3ª maior causa de morte evitável no mundo, subsequente ao tabagismo activo e ao consumo excessivo de álcool (IARC, 1987; Surgeon General, 1986; Glantz, 1995).  As pessoas que estão próximas de fumadores, especialmente em ambientes fechados, inalam mais de 400 substâncias que podem prejudicar a saúde. Os não fumadores expostos ao fumo do cigarro absorvem nicotina, monóxido de carbono e outras substâncias da mesma forma que os fumadores, embora em menor quantidade. A quantidade de tóxicos absorvidos depende da extensão e da intensidade da exposição, além da qualidade da ventilação do ambiente onde se encontra a pessoa.  A fumaça dos derivados do tabaco em ambientes fechados é denominada de poluição tabágica ambiental (PTA).Tendo em vista que as pessoas passam 80% de seu tempo em locais fechados tais como trabalho, residência, locais de lazer e hospitais, o cigarro é considerado, pela Organização Mundial de Saúde, como o maior agente de poluição doméstica ambiental.
  • 7.  ATUALMENTE,EM PORTUGAL,FUMAR E RESPONSAVEL PELA MORTE PREMATURA DE QUASE 9000 PESSOAS CADA ANO, ISTO E, 25 PESSOAS POR DIA E UMAS 175 POR SEMANA.
  • 8. Quando um fumante sacia sua ânsia por um cigarro, diminui a resistência mental à dependência e afecta sua memória. Pesquisadores da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, registraram imagens do fluxo sanguíneo cerebral de fumantes que tragavam um cigarro após uma noite de abstinência. Também tomaram imagens enquanto os indivíduos fumavam um cigarro de baixo teores. Para comparar as imagens, removeram os sinais de actividade cerebral não relacionada com o ato de fumar, gerando um mapa exclusivo do estímulo causado pela nicotina. A assimilação da substância aumentou o fluxo sanguíneo em áreas ricas em receptores de nicotina (à esquerda, em laranja) e o diminuiu em áreas envolvidas na formação de memórias e em regiões que controlam a necessidade de drogas (à direita).
  • 9.  O CONSUMO DE TABACO ERA ALGO QUE HÁ MUITO POUCO TEMPO , NÃO TINHA A IMPORTÂNCIA QUE HOJE TEM.  ISSO DEVEU-SE Á INDUSTRIALIZAÇÃO E Á CRIAÇÃO , A PARTIR DE 1881, DAS TABAQUEIRAS, VISTO QUE COMEÇARAM A FABRICAR MILHÕES DE CIGARROS EM POUCO TEMPO , O QUE ANTES NÃO ERA POSSÍVEL.
  • 10.  PRODUTORES: LARA ALVES E ANA CATARINA