Tabagismo total 1

640 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
640
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
52
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tabagismo total 1

  1. 1. Fumar: faz mal para você, faz mal paa o planeta. Ci g a rr o nã o c o mb in a c o m a s a ú d e d o p la ne t a . Ne m c om a s ua . cigarros são levadas pela cancerígenas, além de corantes e chuva para rios, lagos, oce-Basta manter um cigarro ace- agrotóxicos em altas concentra- anos, matando peixes, tar-so para poluir o ambiente. A ções. Imagine a quantidade de tarugas e aves marinhasfumaça do cigarro contém toxidade que várias pessoas fu- que podem ingeri-las. mais mando deixam no nosso Planeta. Os agricultores são vítimas de Além dos danos à saúde (como de doenças causadas pelos diferentes tipos de câncer, doen- pesticidas e pelo manuseio Legenda da imagem ou do ças cardiovasculares, doenças da folha de tabaco (doença elemento gráfico. respiratórias, impotência sexual do tabaco verde, com sin- no homem, infertilidade na mu- tomas que incluem náusea, lher, osteoporose e catarata en- vômito, fraqueza, dor de tre mais de 50 doenças direta- cabeça, tonteira, dores ab- mente relacionadas ao tabagis- dominais, dificuldade para mo), ao longo da cadeia de pro- respirar e alteração na dução do tabaco há fatores que pressão sanguínea). Dentre afetam o meio ambiente e toda a as crianças e adolescentes sociedade: uso de agrotóxicos, de 5 a 15 anos envolvidas adoecimento dos fumicultores, em atividades agrícolas na inclusive crianças e adolescentes, região Sul do Brasil, 14%4.700 substâncias tóxicas, desmatamento, incêndios, resí- trabalham no cultivo doincluindo arsênico, amônia, duos urbanos e marinhos. Pelo tabaco, ficando expostas amonóxido de carbono (o mes- menos 25% dos incêndios rurais grandes quantidades demo que sai do escapamento e urbanos são causados por pon- agrotóxicos.dos veículos), substâncias tas de cigarros. As pontas de Respeite a sua saúde e a saúde do planeta. Ambiente saudável é ambiente livre do cigarro. Dia Nacional de Combate ao Fumo Criado em 1986 pela Lei Federal nº. 7.488, o Dia Nacional de Combate ao Fumo, comemorado em 29 de agosto, tem como objetivo reforçar as ações nacionais de sensibilização e mobilização da população brasileira para os danos sociais, políticos, econômicos e ambientais causados pelo tabaco. No Brasil, o INCA é o órgão do Ministério da Saúde que coordena o Programa Nacional de Controle do Tabagismo. O Programa visa à prevenção e à cessação do tabagismo na população por meio de ações que estimulem a adoção de com- portamentos e estilos de vida saudáveis e que contribuam para a redução da incidência e da mortalidade por câncer e doenças tabaco-relacionadas no país.
  2. 2. Fumo passivoEstudos revelam que entre pessoas expostas ao fumo passivo há risco 30% mai-or de desenvolver câncer de pulmão, 30% mais risco de sofrerem doenças cardí-acas e 25% a 35% mais riscos de terem doenças coronarianas agudas. Alémdisso, a propensão à asma e à redução da capacidade respiratória é maior nestegrupo.Um recente e importante avanço na política nacional de controle do tabagismofoi alcançado com a aprovação, pela presidente Dilma Rousseff, da Lei Federal12.546/2011, que proibiu o fumo em recintos coletivos fechados em todo País.O ar poluído contém, em média, três vezes mais nicotina e monóxido de carbo-no, e até 50 vezes mais substâncias cancerígenas do que a fumaça que entrapela boca do fumante depois de passar pelo filtro do cigarro.No Brasil, pelo menos, 2.655 não-fumantes morrem a cada ano por doençasatribuíveis ao tabagismo passivo. O que equivale NICOTINA . A dependência do tabaco foi classificadadizer que, a cada dia, sete brasileiros que não pela Organização Mundial de Saúde como umfumam morrem por doenças provocadas pela distúrbio mental e comportamental, de acor- do com a Classificação Internacional de Do-exposição à fumaça do tabaco. enças, CID– 10. . A nicotina é rapidamente absorvida pelos pulmões e mucosa oral, passando para a cor- rente sanguínea e estando à disposição do cérebro em 7 a 9 minutos. . A dose letal de nicotina, para um homem adulto, é de 50 miligramas. Cada cigarro tem de 0,8 a 2 miligramas.
  3. 3. VOCÊ ESTÁ QUERENDO PARAR DE FUMARALGUNS DADOS PARA VOCÊ REFLETIRSão mais de 4.700 substâncias tóxicas existentes na fumaça do cigarro e que trazemriscos à saúde do fumante. Além das mais conhecidas como nicotina , alcatrão e monóxi-do de carbono, a fumaça contém também substâncias radioativas, como polônio 210 ecádmio (encontrado nas baterias de carro).MAS VOCÊ PODE ARGUMENTAR...“Muitas pessoas fumam e não adoecem. Outras não fumam e adoecem”.O importante é entender o que é se expor a riscos.Por exemplo: se você atravessar uma rua movimentada de olhos fechados, poderá che-gar ao outro lado sem se machucar - mas seu risco de ser atropelado é bem maior doque se você atravessar de olhos abertos na faixa de pedestres. Da mesma forma, se vo-cê fuma, está se arriscando mais do que aqueles que não fumam. O QUE ACONTECE DE BOM SE VOCÊ PARARAo parar de fumar seu corpo recebe benefícios constantes. Veja só:
  4. 4. Estatísticas revelam que os fumantes, emcomparação a quem não fuma, apresentam Além destes riscos, as mulheres fuman-risco... tes devem saber que10 vezes maior de adoecer de câncer de pul- O uso de anticoncepcionais associadomão. ao cigarro aumenta em 10 vezes o risco de sofrer derrame cerebral e infarto.5 vezes maior de sofrer infarto.5 vezes maior de sofrer de bronquite e enfise-ma pulmonar. Grávidas fumantes aumentam o risco de2 vezes maior de sofrer derrame cerebral. Ter aborto espontâneo em 70%. Perder o bebê próximo ou depois do parto em 30%. O bebê nascer prematura em 40%. Ter um bebê com baixo peso em 200%.Após 20 minutosA pressão sangüínea e Após 3 semanasa Você vai notar quepulsação voltam ao sua respiração senormal. torna mais fácil e a circulaçãoApós 2 horas Melhora.Não há mais nicotinacirculando no seu Após 1 anosangue O risco de morte por infarto doApós 8 horas miocárdio já foi redu-O nível de oxigênio zido à metade.nosangue se normali- Após 5 a 10 anosza. O risco de sofrer in- farto será igual aoApós 12 a 24 horas das pessoas queSeus pulmões já nunca fumaram.funcionammelhor. Após 2 dias Seu olfato já percebe melhor os cheiros e seu paladar já degusta
  5. 5. DANDO O PRIMEIRO PASSO PARA SER UM NÃO FUMANTE O mais importante é escolher uma data para ser o seu primeiro dia sem cigarro. Esse dia não precisa ser um dia de sofrimento. Faça dele uma ocasião especial e procure progra- mar algo que goste de fazer para se distrair e relaxar. Você pode escolher duas formas para deixar de fumar: Parada imediata Essa deve ser sempre a primeira opção. Você deixa de fumar de uma só vez, cessando total- mente de uma hora para outra. Parada gradual Você pode usar esse método de duas maneiras: 1) Reduzindo o número de cigarros. Para isso, é só contar o número de cigarros fumados por dia e passar a fumar um número menor a cada dia. 2) Adiando a hora em que fuma o primeiro cigarro do dia. Você vai adiando o primeiro cigarro por um número de horas predeterminado a cada dia até chegar o dia em que você não fumará nenhum cigarro. Se você escolher a parada gradual não deve gastar mais de duas semanas no processo.Atenção! Lembre-se que fumar cigarros de baixosteores não é uma boa alternativa. Eles fazemtanto mal à saúde quanto os outros cigarros. Cuidado com os métodos milagrosos pa-ra parar de fumar. Se tiver dúvidas, procureorientação médica. Somente um médico po-derá avaliar a utilização do método corretopara lhe ajudar a parar de fumar. SAIA DESSA!
  6. 6. PARAR DE FUMAR Muitos fumantes acreditam que só poderão parar de fumar se reformularem totalmente sua SIGNIFICA vida, e ficam imaginando que vai ser tão difícil que é melhor nem UMA MUDANÇA tentar. RADICAL EM SUA VIDA Você não precisa virar um atleta, passar a ser vegetariano radical ou ter uma vida sem amigos e divertimento. Mas por- que não aproveitar a oportunidade para rever sua rotina e fazer algumas mudanças para melhor? Geralmente abusamos da alimentação desequilibrada e bebi- das alcoólicas, levamos uma vida sedentária e acreditamos que os riscos de adoecer estão sempre muito distantes. REPENSE SUA ROTINA Pense no que seria possível fazer para mudar sua rotina. Bus- car atividades diferentes pode ajudar quando se está parando de fumar. Para quebrar as associações que existem entre fu- mar e a sua rotina, é necessário planejar atividades para “colocar no lugar do cigarro”. Você deve manter seus prazeres e lazeres - sem cigarro. Neste período inicial, contudo, é me- lhor evitar certas situações até que você se sinta fortalecido para lidar com elas. Portanto, evite lugares com muitos fumantes! INVISTA EM SEU PREPARO FÍSICO Procure iniciar caminhadas, de preferência em lugares agradáveis. Se não gostar de caminhar, procure algum exercício ou esporte que lhe agrade. Preencha seu tempo com algo que você realmente goste de fazer. Dance, pratique jardinagem , cozinhe pratos diferentes, vá ao cinema, ao teatro, aos museus, ouça música, namore, leia, bata papo com os amigos, etc. O importante é movimentar-se, cuidando do corpo e da mente.Fonte: www.inca.gov.br
  7. 7. O QUE PODE ACONTECER QUANDO VOCÊ DEIXA DE FUMARFique de olho na alimentaçãoSe a fome aumentar, não se assuste. É normal umganho de peso de até 2 quilos após deixar de fumarporque seu paladar vai melhorando e seu metabolis-mo, se normalizando. De qualquer forma, procure nãocomer mais do que está acostumado. Evite doces ealimentos gordurosos. Mantenha uma dieta equilibra-da, com alimentos de baixa caloria, frutas, verduras,legumes. Para distrair a fome, você pode comer balasou chicletes dietéticos. Beba sempre muito líquido, depreferência água e sucos naturais. Evite tomar café ebebidas alcoólicas. Eles podem ser um convite ao ci-garro. Procure trocá-los por chá e coquetéis sem álco-ol (como de frutas e tomate). LIDANDO COM A VONTADE DE FUMAR A pessoa que fuma fica dependente da nicotina que é considerada uma droga. E daquelas bastante poderosas, pois atinge o cérebro em apenas sete minutos. É normal, portanto, que os primeiros dias sem cigarro sejam os mais difíceis. Ao parar de fumar você pode se sentir ansioso, com dificuldade de concentração, irritado, ter dores de cabeça e sentir aquela vontade intensa de fumar. Cada pessoa tem uma experiência di- ferente. Uns sentem mais desconforto; outros não sentem nada. Mas não desanime: tudo isso vai desaparecer no máximo em duas semanas! Fonte: www.inca.gov.br
  8. 8. PREPARE– SE PARA A NÃO VOLTAR FUMAR E CUIDADO COM AS ARMADILHAS ! Se sentir muita vontade de fumar Para ajudar, você poderá chu- par gelo, escovar os dentes a toda hora, beber água gelada ou comer uma fruta. Mantenha as mãos ocupadas com um elástico, pedaço de papel, ra- bisque alguma coisa ou manu- seie objetos pequenos. Não fique parado - converse comNos momentos de estresse um amigo, faça algo diferente, distraia sua atenção. Saiba queQuando perdemos alguém querido, a vontade de fumar não durapassamos por dificuldades finan- mais que alguns minutos.ceiras, problemas no trabalho,rompemos um relacionamento, aresposta automática pode ser ocigarro. Procure se acalmar e en-tender que momentos difíceis sem-pre vão ocorrer e fumar não vairesolver seus problemas! Fonte: www.inca.gov.br
  9. 9. EVITE Alguns ex fumantes acabam voltando a O PRIMEIRO fumar por estarem se sentindo tão bem que acham que podem fumar CIGARRO E apenas um cigarro - ou acender o ci- garro de um amigo. Mesmo uma só tragada pode levar você a uma recaí- VOCÊ da . Portanto, todo cuidado é pouco... EVITARÁ TODOS OS OUTROSEXERCÍCIOS: UM RECURSO SAUDÁVEL PARA RELAXAR RESPIRAÇÃO RELAXAMENTO RELAXAMENTO MENTAL PROFUNDA MUSCULAR Nas horas que a vontade Respire fundo pelo Você pode esticar de fumar apertar, procu- nariz e vá contando as pernas até sen- re desviar o pensamento até 6. tir os músculos para situações boas que relaxarem . Depois deixe o ar sair você tenha vivido ou pela boca até esvaziar queira que aconteça. totalmente os pul- Tente fechar os olhos e mões. lembrar de uma música que você goste e lhe acalme. Fonte: www.inca.gov.br
  10. 10. RECOMPENSE SEMPRE O SEU ESFORÇODiariamente, guarde o dinheiro que você gastaria com o cigarro e conte-o a cada final de semana. Pe-gue o dinheiro que economizou e compre um presente para você ou para quem gosta. Se preferir, saiapara fazer um programa diferente.SE VOCÊ NÃO CONSEGUIR SE SEGURAR E FUMAR, NÃO DESAMINE!A recaída não é um fracasso. Comece tudo novamente e procure ficar mais atento ao que fez você vol-tar a fumar.O mais importante é não usar a recaída como justificativa para continuar a fumar. DÊ A SI MESMO QUANTAS CHANCES FOREM NECESSÁRIAS ATÉ CONSEGUIR! OK VOCÊ VENCEU !Fonte: www.inca.gov.br

×