SlideShare uma empresa Scribd logo
Revisão
Revisão
 Inicia-se no Domingo de
  Ramos e se estende até o
    Domingo de Páscoa.

 É a semana mais importante
  do ano litúrgico, quando se
celebram de modo especial os
 mistérios da paixão, morte e
 ressurreição de Jesus Cristo.
Revisão
 No Domingo de Ramos,
celebra-se a entrada de Jesus
em Jerusalém, aonde vai para
 completar sua missão, que
 culminará com a morte na
            cruz.
Revisão
Não há nenhuma
celebração litúrgica
     especial.
Revisão
 O ponto alto da Semana Santa

   Inicia-se com a missa vespertina da
   Quinta-feira Santa e se conclui com a
      Vigília Pascal, no Sábado Santo.

 Os três dias formam uma só celebração,
   que resume todo o mistério pascal. Por
   isso, nas celebrações da quinta-feira à
  noite e da sexta-feira não se dá a bênção
  final; ela só será dada, solenemente, no
            final da Vigília Pascal.
Revisão
 Acontece a celebração solene
 da Missa, em que se recorda a
  instituição da Eucaristia e do
 Sacerdócio ministerial. Nessa
   missa realiza-se a cerimônia
           do lava-pés.
Revisão
A Igreja se recolhe no silêncio, na
   oração e na escuta da palavra
   divina, procurando entender o
 significado profundo da morte do
               Senhor.

    Neste dia não há missa.
 À tarde acontece a Celebração da
     Paixão e Morte de Jesus, com a
    proclamação da Palavra, a oração
    universal, a adoração da cruz e a
  distribuição da Sagrada Comunhão.

 Nesse dia a Igreja pede o sacrifício do
  jejum e da abstinência de carne, como
      ato de homenagem e gratidão a
                  Cristo.
Revisão
Uma jovem, nascida da
 descendência de Davi, vivia
com seus pais Joaquim e Ana.

Estava comprometida com
José, também da descendência
 de Davi, homem bom e justo.
  Eles se casariam dentro de
          alguns dias.
Maria entrou em casa, quando o
 seu quarto ficou todo iluminado e
   um anjo lhe disse que ficaria
  grávida e daria a luz um filho a
     quem chamaria de Jesus.

Maria disse: “Eis aqui a serva do
  Senhor, que ele faça em mim
    segundo a sua vontade.”
 A princípio José pensou em
 deixar Maria em segredo mas,
      um anjo do Senhor lhe
 apareceu em sonho e lhe disse
  para aceitar Maria como sua
  esposa porque o filho que ela
 estava esperando era mesmo o
  filho de Deus. Então José se
        casou com Maria.
Revisão
 As várias denominações dadas a Nossa Senhora
   tem relação com as diversas aparições dela ou
               com as suas virtudes.

 Nossa Senhora é a Mãe de Jesus e foi entregue
   aos cristãos através do Filho, na hora de sua
    morte. João, o discípulo amado a acolheu,
     recebeu-a em sua casa, em nosso nome.

  Cada título glorioso diz respeito a uma única
   mulher, a mais bendita entre todas: Maria de
  Nazaré, a Mãe de Deus e nossa Mãe. São muitas
 invocações, mas Nossa Senhora é uma só pessoa.
Revisão
 O rosário é uma oração bíblica pois, os mistérios
  contemplados são os mistérios centrais da história
               da salvação, da nossa fé.

  Nesses mistérios meditamos toda a vida de Jesus
    desde seu nascimento até a sua ressurreição e as
  orações que se rezam são orações tiradas da Sagrada
    Escritura. É por isso que se diz que o rosário é a
                     Bíblia do povo.

 A palavra ROSÁRIO vem de rosa. É composto de 20
   mistérios e é dividido em quatro partes, cada qual
    contendo 5 mistérios. Cada uma dessas partes é
                    chamada de terço.
Revisão
Jesus, depois que ressuscitou,
 passou muitos dias aqui na Terra,
 junto com seus discípulos. Ele os
     orientou e os enviou para
       continuar sua missão.

Depois de orientá-los e enviá-los,
 Jesus subiu para o céu em corpo e
    alma (é o que chamamos de
       “Ascensão aos Céus”).
 Mas, a ascensão do Senhor
    não quer dizer que Ele
  abandonou seus discípulos.
 Jesus já havia dito a eles que
"Eu estarei convosco todos os
dias até o fim dos tempos!" (Mt
             28,20).
 No dia de Pentecostes

 Estavam todos reunidos num lugar
chamado Cenáculo, junto com Maria,
  mãe de Jesus e, então, receberam o
Espírito Santo. Foi um acontecimento
  maravilhoso! Naquele instante, os
amigos de Jesus receberam o Espírito
  Santo e, a partir daquele momento,
perderam o medo e começaram a falar
    sobre Jesus para todo o mundo!
Foi naquele dia, que a Igreja
   começou a sua história. O
evangelho só chegou até nós hoje
  porque o Espírito Santo não
      abandonou a Igreja.
Revisão
     O mistério da Santíssima
    Trindade é o mistério central
    da fé e da vida cristã. Deus se
      revelou como Pai, Filho e
            Espírito Santo.

      A Trindade é Una. Não
    professamos três deuses, mas
    um só Deus em três Pessoas.
 Pai - Criador - 1ª Pessoa
   da Santíssima Trindade
   Filho - Salvador - 2ª
    Pessoa da Santíssima
           Trindade
    Espírito Santo -
  Santificador - 3ª Pessoa da
    Santíssima Trindade
 Corpus Christi ou festa do Corpo de
                Cristo.

 É a celebração em que solenemente a
    Igreja comemora a instituição do
  Santíssimo Sacramento da Eucaristia;
     sendo o único dia do ano que o
     Santíssimo Sacramento sai em
    procissão às nossas ruas. O padre
      caminha carregando a Hóstia
    Consagrada dentro de um objeto
          chamado Ostensório.
A Eucaristia é fonte e centro
de toda a vida cristã. Nela está
    contido todo o tesouro
espiritual da Igreja, o próprio
            Cristo.
 Curiosidade: Quando Surgiu?

 A Festa de Corpus Christi surgiu
  no séc. XIII na diocese de Liège,
 na Bélgica, por iniciativa da freira
 Juliana, (†1258) que recebia visões
    nas quais o próprio Jesus lhe
   pedia uma festa litúrgica anual
     em honra do sacramento da
             Eucaristia.
Revisão
Revisão
 O Pecado
   (Gênesis 3).
 Caim e Abel
     (Gênesis 4).
 A arca de
      Noé
   (Gênesis 6-9).
 Abraão: O
  pai da fé
  (Gênesis 11-22).
Abrão tinha 75 anos quando Deus o
 mandou sair de Harã e ir para Canaã
  (a Terra Prometida). Abrão e Sarai
   sua esposa obedeceram a Deus e
 juntos com Lot partiram em viajem.

Deus mudou os nomes de Abrão e
  Sarai para Abraão (pai de uma
  grande nação) e Sara (Princesa,
              nobre).
 Eles não podiam ter filhos porque
    Sara era estéril, mais, devido a
 obediência de Abraão, Deus lhe deu
  como filho, Isaac (ele sorrirá, será
                 feliz).

 Para testar sua obediência, Deus
mandou Abraão matar seu filho Isaac.
  Ele ficou triste mais não recusou e
quando estava para matar Isaac, Deus
 lhe impediu porque viu que Abraão
                 era fiel.
 Isaac e
  Rebeca
 (Gênesis 24-25).
Isaac teve dois filhos gêmeos,
          Esaú e Jacó.

Quando estava para morrer,
  decidiu dar a benção para seu
filho mais velho, Esaú, mais, foi
enganado por Jacó, que acabou
recebendo a benção no lugar de
           seu irmão.
Foi da descendência de Jacó,
 que nasceram as 12 tribo de
            Israel.

 Jacó casou-se com Raquel,
   com quem teve 13 filhos.
Revisão
José foi vendido por seus irmãos e
 levado para o Egito onde tornou-se
 o administrador dos bens do Faraó.

A mulher do Faraó tentou seduzir
  José mais não conseguiu, então,
 irritada mentiu para o marido que
acreditou nela e mandou José para a
               prisão.
Passados alguns anos o Faraó teve
 um sonho e mandou chamar José
        para interpretá-lo.

  José tornou-se governador do
    Egito e quando houve a fome,
 reencontrou seu pai e seus irmão e
   os perdoou. Deu a cada um, um
  pedaço de terra e assim surgiu as
       doze “Tribos de Israel”
 O povo Hebreu crescia muito então o Faraó mandou
 matar todos os meninos que nascessem, mas, Moisés foi
                salvo pela irmã do Faraó.

 Depois de matar um Egípcio que batia em um Hebreu,
 Moisés fugiu e muito tempo depois foi enviado por Deus
  de volta ao Egito para salvar o seu povo da escravidão.
Moisés, junto de Aarão, tentou de todas as
  formas convencer o Faraó a libertar os
 Hebreus mais o seu coração se mantinha
                endurecido.

  Deus enviou as 10 pragas e somente
  quando o filho do Faraó foi atingido pela
 última praga é que ele permitiu que o povo
                fosse liberto.

  Todos deixaram o Egito rumo a Terra
  prometida, mas, o Faraó se arrependeu e
          voltou a perseguí-los.
Quando estavam de frente para
     o Mar Vermelho, foram
  cercados pelo Faraó. Então o
 mar se abriu e todos puderam
       passar a pé enxuto.

No deserto choveu Maná para
  que pudessem se alimentar.
O povo se revoltou e começou a
     adorar outros deuses.

 Deus mandou Moisés subir a
   montanha e lhe deu os 10
        mandamentos.

 Moisés morreu sem entrar na
       Terra Prometida.
Revisão
Ana e Eucana não tinham filhos e
 ela se sentia humilhada porque a
 outra mulher de seu marido tinha
           filhos com ele.

 Ana então disse a Deus que se
 tivesse um filho o deixaria com o
  profeta Eli para servir a Deus. E
           isso aconteceu.
Samuel cresceu e foi
  chamado por Deus para ser
          profeta.

Foi Samuel que disse a Davi
 que ele seria o futuro rei de
            Israel.
Revisão
Davi foi escolhido por Deus para
        ser o rei de Israel.

 Davi matou o gigante Golias do
   povo Filisteu com 5 pedras.

Davi foi muito querido pelo povo e
  conquistou a raiva do rei Saul.
 Davi teve que se esconder do rei Saul
            para não morrer.

  Lutou muitas batalhas ao lado do
     povo Hebreu e dos inimigos.

 Era amigo de Jonatas, o filho do rei.

    Quando Saul morreu, Davi foi
       aclamado rei de Israel.
Revisão
Eram homens escolhidos por
   Deus para falar em nome do
  Senhor. Os profetas não eram
 adivinhos e nem mágicos. Eles
 anunciavam o futuro de acordo
  com o projeto que Deus tinha
       para humanidade.
* Os profetas Maiores são:
Isaías, Jeremias, Lamentações,
Baruc (- alguns colocam como
 um profeta maior por ter sido
  escrito por um secretário de
Jeremias, é considerado menor
   pelo tamanho), Ezequiel e
           Daniel.
* Os Profetas Menores
 São: Oséias, Joel, Amós,
 Abdias, Jonas, Miquéias,
Naum, Habacuc, Sofonias,
     Ageu, Zacarias, e
       Malaquias.
É importante dizer que
   os profetas não são
 maiores ou menores por
   sua importância na
 história da Bíblia e sim
  por causa do tamanho
        dos livros.
Revisão
É um livro escrito por homens
   mas, inspirado por Deus.

       Foi escrita em:

      cerâmica, papiro e
         pergaminho.
 Esta dividida em:

 Antigo Testamento AT (46 livros)

 e Novo Testamento NT (27 livros)
O Antigo Testamento está
    agrupado assim:

      Pentateuco
   Livros Históricos
   Livros Sapienciais
   Livros Proféticos
O Novo Testamento está
    agrupado assim:

     Evangelhos
   Escritos de Lucas
  Cartas de São Paulo
  Epístolas Católicas
   Escritos de João
Revisão
Revisão
A vírgula (,) separa o capítulo do
 versículo: (Jo 6,50 = Evangelho de João,
         capítulo 6, versículo 50).

O ponto (.) indica um pulo entre os
   versículos. Neste caso lê-se o(s)
 número(s) que vem antes e depois do
  ponto: (Jo 1,3. 9 = Evangelho de João,
       capítulo 1, versículos 3 e 9).
 O traço (-) indica que devemos ler de um versículo até o outro:
      (Jo 17,20-26 = Evangelho de João, capítulo 17,
  versículos de 20 a 26); também pode indicar uma sequência
   de capítulos: (Jo 17,20-18,12 = Evangelho de João, do
   capítulo 17, versículo 20 até o capítulo 18, versículo
                              12).

   O ponto e vírgula (;) separam uma citação de
       outra: Jo 1,5;16,14 = lê-se o versículo 5 do
   capítulo 1 e o versículo 14 do capítulo 16 . ou um
   livro de outro: Jo 1,5;Mt 1,22 = neste caso, deve-
     se procurar as duas citações pedidas, uma no
      Evangelho de João e outra no Evangelho de
                         Mateus.
 Um esse (s) indica o versículo imediatamente
   posterior ao citado: Jo 1,5s = Evangelho de João,
  capítulo um, versículos cinco e seguinte, 6. ou seja,
                    Jo1,5s = Jo 1,5-6.

 Dois esses (ss.) indicam os versículos seguintes ao
      citado, até onde se fizer necessária a citação.

 Às vezes encontramos um a, ou b, ou ainda um c
 depois da citação do versículo. EX: Jo 1,18a = lê-se a
  primeira parte do versículo dezoito. Quando a letra
   que vem logo depois da citação é b, deve-se ler a
   segunda parte do versículo e quando é c, lê-se a
 terceira parte do versículo (isso acontece porque um
   versículo pode ser formado por uma, duas ou até
                      três frases).
 Quando o livro tem um só capítulo,
  omite-se a indicação do capítulo, e
    cita-se só o versículo. Ex: Jd3 =
   Epístola de Judas, versículo três.
    Quando o livro tem mais de um
capítulo, o numero que vem logo após
 a indicação do livro é a indicação do
 capitulo. Ex: Jo2 = deve-se ler todo o
 capítulo dois do Evangelho de João.
Revisão
1º Mandamento: “Amar a Deus sobre todas as
                        coisas”
  2º Mandamento: “Não pronunciarás o nome do
              Senhor, teu Deus, em vão”
    3º Mandamento: “Guardar domingos e dias
                       santos”
        4º Mandamento: “Honrar pai e mãe”
            5º Mandamento: “Não matar”
 6º Mandamento: “Não pecar contra a castidade”
           7º Mandamento: “Não roubar”
8º Mandamento: “Não levantar falso testemunho”
     9º Mandamento: “Não desejar a mulher do
                      próximo”
 10º Mandamento: “Não cobiçar as coisas alheias”
Revisão
1. BATISMO
   É o primeiro sacramento que o cristão
                   recebe.

               2. EUCARISTIA
Jesus se faz pão e se torna alimento para que
   o cristão possa vivenciar o seu batismo.

    3. CRISMA OU CONFIRMAÇÃO
Neste sacramento, o batizado confirma sua
                   fé.
4. PENITÊNCIA
 É o sacramento da misericórdia de
              Deus.

        5. MATRIMÔNIO
 Um homem e uma mulher que se amam
comprometem-se a viver um para o outro,
             no amor.
6. ORDEM
São os padres que recebem o sacramento da
                  ordem.

     7. UNÇÃO DOS ENFERMOS
    Quando a doença ou a velhice se faz
  presente e a vida está em risco, aí está a
presença confortadora de Deus, manifestada
            na súplica da Igreja.
 FIM!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

LIÇÃO 11 - MELQUISEDEQUE ABENÇOA ABRAÃO
LIÇÃO 11 - MELQUISEDEQUE ABENÇOA ABRAÃOLIÇÃO 11 - MELQUISEDEQUE ABENÇOA ABRAÃO
LIÇÃO 11 - MELQUISEDEQUE ABENÇOA ABRAÃO
Lourinaldo Serafim
 
As 12 pedras do alicerce — aula 6a: Conhecimento Bíblico - Conheça o Livro
As 12 pedras do alicerce — aula 6a: Conhecimento Bíblico - Conheça o LivroAs 12 pedras do alicerce — aula 6a: Conhecimento Bíblico - Conheça o Livro
As 12 pedras do alicerce — aula 6a: Conhecimento Bíblico - Conheça o Livro
Freekidstories
 
Lição 11 - Maria, Mãe de Jesus - uma serva Humilde
Lição 11 - Maria, Mãe de Jesus - uma serva HumildeLição 11 - Maria, Mãe de Jesus - uma serva Humilde
Lição 11 - Maria, Mãe de Jesus - uma serva Humilde
Éder Tomé
 
Historias do Antigo Testamento: Livro para colorir
Historias do Antigo Testamento: Livro para colorirHistorias do Antigo Testamento: Livro para colorir
Historias do Antigo Testamento: Livro para colorir
Freekidstories
 
Belem galileia (1)
Belem galileia (1)Belem galileia (1)
Belem galileia (1)
Efraim Ben Tzion
 
Efesios
EfesiosEfesios
Efesios
Antonio Pinto
 
Lição 3 - Melquisedeque, o Rei de justiça
Lição 3 - Melquisedeque, o Rei de justiçaLição 3 - Melquisedeque, o Rei de justiça
Lição 3 - Melquisedeque, o Rei de justiça
Erberson Pinheiro
 
Lição 3 - Os Ministros do Culto Levítico
Lição 3 - Os Ministros do Culto LevíticoLição 3 - Os Ministros do Culto Levítico
Lição 3 - Os Ministros do Culto Levítico
Éder Tomé
 
Melquisedeque, o Rei de Justiça
Melquisedeque, o Rei de JustiçaMelquisedeque, o Rei de Justiça
Melquisedeque, o Rei de Justiça
Márcio Martins
 
Panorama do AT - Daniel
Panorama do AT - DanielPanorama do AT - Daniel
Panorama do AT - Daniel
Respirando Deus
 
A vida de Jesus - Parte1 - Frente A4
A vida de Jesus - Parte1 - Frente A4A vida de Jesus - Parte1 - Frente A4
A vida de Jesus - Parte1 - Frente A4
sukerth
 
Aula 7-eade-1-ii-roteiro-1-nascimento-e-infância-de-jesus
Aula 7-eade-1-ii-roteiro-1-nascimento-e-infância-de-jesusAula 7-eade-1-ii-roteiro-1-nascimento-e-infância-de-jesus
Aula 7-eade-1-ii-roteiro-1-nascimento-e-infância-de-jesus
JoyAlbanez
 
Livreto ieq-20161103
Livreto ieq-20161103Livreto ieq-20161103
Livreto ieq-20161103
JONATAS VELOSO
 
Lucas 001
Lucas   001Lucas   001
Lucas 001
Marcos Nori
 
A vida de Jesus
A vida de JesusA vida de Jesus
A vida de Jesus
ministerioinfantilafupm
 
Lição 12 - Jose, o pai terreno de Jesus - um homem de carater
Lição 12 - Jose, o pai terreno de Jesus - um homem de caraterLição 12 - Jose, o pai terreno de Jesus - um homem de carater
Lição 12 - Jose, o pai terreno de Jesus - um homem de carater
Éder Tomé
 
Infância de Jesus
Infância de JesusInfância de Jesus
Infância de Jesus
aprofundar
 
O Nascimento e a Infância de Jesus
O Nascimento e a Infância de JesusO Nascimento e a Infância de Jesus
O Nascimento e a Infância de Jesus
pralucianaevangelista
 
Atividades Novo Testamento para crianças
Atividades Novo Testamento para criançasAtividades Novo Testamento para crianças
Atividades Novo Testamento para crianças
MariGiopato
 
Advento e natal, tempo ou esperanca e paz
Advento e natal, tempo ou esperanca e pazAdvento e natal, tempo ou esperanca e paz
Advento e natal, tempo ou esperanca e paz
Martin M Flynn
 

Mais procurados (20)

LIÇÃO 11 - MELQUISEDEQUE ABENÇOA ABRAÃO
LIÇÃO 11 - MELQUISEDEQUE ABENÇOA ABRAÃOLIÇÃO 11 - MELQUISEDEQUE ABENÇOA ABRAÃO
LIÇÃO 11 - MELQUISEDEQUE ABENÇOA ABRAÃO
 
As 12 pedras do alicerce — aula 6a: Conhecimento Bíblico - Conheça o Livro
As 12 pedras do alicerce — aula 6a: Conhecimento Bíblico - Conheça o LivroAs 12 pedras do alicerce — aula 6a: Conhecimento Bíblico - Conheça o Livro
As 12 pedras do alicerce — aula 6a: Conhecimento Bíblico - Conheça o Livro
 
Lição 11 - Maria, Mãe de Jesus - uma serva Humilde
Lição 11 - Maria, Mãe de Jesus - uma serva HumildeLição 11 - Maria, Mãe de Jesus - uma serva Humilde
Lição 11 - Maria, Mãe de Jesus - uma serva Humilde
 
Historias do Antigo Testamento: Livro para colorir
Historias do Antigo Testamento: Livro para colorirHistorias do Antigo Testamento: Livro para colorir
Historias do Antigo Testamento: Livro para colorir
 
Belem galileia (1)
Belem galileia (1)Belem galileia (1)
Belem galileia (1)
 
Efesios
EfesiosEfesios
Efesios
 
Lição 3 - Melquisedeque, o Rei de justiça
Lição 3 - Melquisedeque, o Rei de justiçaLição 3 - Melquisedeque, o Rei de justiça
Lição 3 - Melquisedeque, o Rei de justiça
 
Lição 3 - Os Ministros do Culto Levítico
Lição 3 - Os Ministros do Culto LevíticoLição 3 - Os Ministros do Culto Levítico
Lição 3 - Os Ministros do Culto Levítico
 
Melquisedeque, o Rei de Justiça
Melquisedeque, o Rei de JustiçaMelquisedeque, o Rei de Justiça
Melquisedeque, o Rei de Justiça
 
Panorama do AT - Daniel
Panorama do AT - DanielPanorama do AT - Daniel
Panorama do AT - Daniel
 
A vida de Jesus - Parte1 - Frente A4
A vida de Jesus - Parte1 - Frente A4A vida de Jesus - Parte1 - Frente A4
A vida de Jesus - Parte1 - Frente A4
 
Aula 7-eade-1-ii-roteiro-1-nascimento-e-infância-de-jesus
Aula 7-eade-1-ii-roteiro-1-nascimento-e-infância-de-jesusAula 7-eade-1-ii-roteiro-1-nascimento-e-infância-de-jesus
Aula 7-eade-1-ii-roteiro-1-nascimento-e-infância-de-jesus
 
Livreto ieq-20161103
Livreto ieq-20161103Livreto ieq-20161103
Livreto ieq-20161103
 
Lucas 001
Lucas   001Lucas   001
Lucas 001
 
A vida de Jesus
A vida de JesusA vida de Jesus
A vida de Jesus
 
Lição 12 - Jose, o pai terreno de Jesus - um homem de carater
Lição 12 - Jose, o pai terreno de Jesus - um homem de caraterLição 12 - Jose, o pai terreno de Jesus - um homem de carater
Lição 12 - Jose, o pai terreno de Jesus - um homem de carater
 
Infância de Jesus
Infância de JesusInfância de Jesus
Infância de Jesus
 
O Nascimento e a Infância de Jesus
O Nascimento e a Infância de JesusO Nascimento e a Infância de Jesus
O Nascimento e a Infância de Jesus
 
Atividades Novo Testamento para crianças
Atividades Novo Testamento para criançasAtividades Novo Testamento para crianças
Atividades Novo Testamento para crianças
 
Advento e natal, tempo ou esperanca e paz
Advento e natal, tempo ou esperanca e pazAdvento e natal, tempo ou esperanca e paz
Advento e natal, tempo ou esperanca e paz
 

Destaque

Presentación mecdc 130904
Presentación mecdc 130904Presentación mecdc 130904
Presentación mecdc 130904
Universidad Nacional Morelia
 
Crear una cuenta de e mail
Crear una cuenta de e mailCrear una cuenta de e mail
Crear una cuenta de e mail
FRANKLIN Guaynilla
 
Metodologia de desenvolvimento o que é
Metodologia de desenvolvimento   o que éMetodologia de desenvolvimento   o que é
Metodologia de desenvolvimento o que é
metodesenvolvimento
 
Jornal aliança nº 176 junho 2014
Jornal aliança nº 176 junho 2014Jornal aliança nº 176 junho 2014
Jornal aliança nº 176 junho 2014
mcj2013
 
Jornal aliança abril 2014 Edição Nº 174
Jornal aliança abril 2014 Edição Nº 174Jornal aliança abril 2014 Edição Nº 174
Jornal aliança abril 2014 Edição Nº 174
mcj2013
 
Practica 5
Practica 5Practica 5
Practica 5
nenamaryx
 
Taller de sanaciones populares y rituales Sabado 14 de Julio
Taller de sanaciones populares y rituales Sabado 14 de JulioTaller de sanaciones populares y rituales Sabado 14 de Julio
Taller de sanaciones populares y rituales Sabado 14 de Julio
pablomistico
 
Tema nº 4
Tema nº 4Tema nº 4
Tema nº 4
Marta Quintero
 
Fq1 u1 t1_contenidos_v02
Fq1 u1 t1_contenidos_v02Fq1 u1 t1_contenidos_v02
Fq1 u1 t1_contenidos_v02
JMOLPED251
 
Configuracion Inicial Core
Configuracion Inicial CoreConfiguracion Inicial Core
Configuracion Inicial Core
eduenlasiberia
 
El retablo mayor de la Merced Calzada de Écija
El retablo mayor de la Merced Calzada de ÉcijaEl retablo mayor de la Merced Calzada de Écija
El retablo mayor de la Merced Calzada de Écija
Arte Barroco
 
Sp bi kbsm
Sp bi kbsmSp bi kbsm
Sp bi kbsm
Noraliza Effendy
 
Apresentação Fernando Cavallieri
Apresentação Fernando CavallieriApresentação Fernando Cavallieri
Apresentação Fernando Cavallieri
transformurb
 
Huan najm
Huan najmHuan najm
Huan najm
Muhammad Naqi
 
Seguridad neumaticos - Neumatop Neumaticos Online
Seguridad neumaticos - Neumatop Neumaticos OnlineSeguridad neumaticos - Neumatop Neumaticos Online
Seguridad neumaticos - Neumatop Neumaticos Online
Neumatop
 
Khoshae anjum
Khoshae anjumKhoshae anjum
Khoshae anjum
Muhammad Naqi
 
Comparativa entre gmail,hotmail y yahoo
Comparativa entre gmail,hotmail y yahooComparativa entre gmail,hotmail y yahoo
Comparativa entre gmail,hotmail y yahoo
marina_benabad92
 
331 equipo 2 bloque 1
331 equipo 2 bloque 1331 equipo 2 bloque 1
331 equipo 2 bloque 1
Jessica Zavala
 
Politica económica comercial en chile
Politica económica comercial en chilePolitica económica comercial en chile
Politica económica comercial en chile
Paula Bobadilla
 

Destaque (20)

Presentación mecdc 130904
Presentación mecdc 130904Presentación mecdc 130904
Presentación mecdc 130904
 
Crear una cuenta de e mail
Crear una cuenta de e mailCrear una cuenta de e mail
Crear una cuenta de e mail
 
Metodologia de desenvolvimento o que é
Metodologia de desenvolvimento   o que éMetodologia de desenvolvimento   o que é
Metodologia de desenvolvimento o que é
 
Jornal aliança nº 176 junho 2014
Jornal aliança nº 176 junho 2014Jornal aliança nº 176 junho 2014
Jornal aliança nº 176 junho 2014
 
Jornal aliança abril 2014 Edição Nº 174
Jornal aliança abril 2014 Edição Nº 174Jornal aliança abril 2014 Edição Nº 174
Jornal aliança abril 2014 Edição Nº 174
 
Practica 5
Practica 5Practica 5
Practica 5
 
Taller de sanaciones populares y rituales Sabado 14 de Julio
Taller de sanaciones populares y rituales Sabado 14 de JulioTaller de sanaciones populares y rituales Sabado 14 de Julio
Taller de sanaciones populares y rituales Sabado 14 de Julio
 
Tema nº 4
Tema nº 4Tema nº 4
Tema nº 4
 
Fq1 u1 t1_contenidos_v02
Fq1 u1 t1_contenidos_v02Fq1 u1 t1_contenidos_v02
Fq1 u1 t1_contenidos_v02
 
Configuracion Inicial Core
Configuracion Inicial CoreConfiguracion Inicial Core
Configuracion Inicial Core
 
El retablo mayor de la Merced Calzada de Écija
El retablo mayor de la Merced Calzada de ÉcijaEl retablo mayor de la Merced Calzada de Écija
El retablo mayor de la Merced Calzada de Écija
 
Sp bi kbsm
Sp bi kbsmSp bi kbsm
Sp bi kbsm
 
Apresentação Fernando Cavallieri
Apresentação Fernando CavallieriApresentação Fernando Cavallieri
Apresentação Fernando Cavallieri
 
Huan najm
Huan najmHuan najm
Huan najm
 
Seguridad neumaticos - Neumatop Neumaticos Online
Seguridad neumaticos - Neumatop Neumaticos OnlineSeguridad neumaticos - Neumatop Neumaticos Online
Seguridad neumaticos - Neumatop Neumaticos Online
 
Khoshae anjum
Khoshae anjumKhoshae anjum
Khoshae anjum
 
Rubaiyat mir anees
Rubaiyat mir aneesRubaiyat mir anees
Rubaiyat mir anees
 
Comparativa entre gmail,hotmail y yahoo
Comparativa entre gmail,hotmail y yahooComparativa entre gmail,hotmail y yahoo
Comparativa entre gmail,hotmail y yahoo
 
331 equipo 2 bloque 1
331 equipo 2 bloque 1331 equipo 2 bloque 1
331 equipo 2 bloque 1
 
Politica económica comercial en chile
Politica económica comercial en chilePolitica económica comercial en chile
Politica económica comercial en chile
 

Semelhante a Revisão

Estudo sobre Maria
Estudo sobre MariaEstudo sobre Maria
Estudo sobre Maria
marquione ban
 
O nascimento de jesus e o Natal
O nascimento de jesus e o NatalO nascimento de jesus e o Natal
O nascimento de jesus e o Natal
Walter Rafael Bezerra
 
28 11 2010
28 11 201028 11 2010
28 11 2010
Israel serique
 
Novo(A) Documento Do Microsoft Word (3)
Novo(A) Documento Do Microsoft Word (3)Novo(A) Documento Do Microsoft Word (3)
Novo(A) Documento Do Microsoft Word (3)
guest9260ef0
 
A História que não te contaram sobre Jesus.pdf
A História que não te contaram sobre Jesus.pdfA História que não te contaram sobre Jesus.pdf
A História que não te contaram sobre Jesus.pdf
DiegoAndrade612708
 
Religiao De Jesus
Religiao De JesusReligiao De Jesus
Religiao De Jesus
ockotber
 
Religiao De Jesus
Religiao De JesusReligiao De Jesus
Religiao De Jesus
ockotber
 
Introdução ao estudo do evangelho
Introdução ao estudo do evangelhoIntrodução ao estudo do evangelho
Introdução ao estudo do evangelho
Cláudio Fajardo
 
O nacimiento de n.s.j.c.
O nacimiento de n.s.j.c.O nacimiento de n.s.j.c.
O nacimiento de n.s.j.c.
Martin M Flynn
 
Advent e natal 1 na biblia (portugues)
Advent e natal   1 na biblia (portugues)Advent e natal   1 na biblia (portugues)
Advent e natal 1 na biblia (portugues)
Martin M Flynn
 
A HistóRia Dos Hebreus
A HistóRia Dos Hebreus A HistóRia Dos Hebreus
A HistóRia Dos Hebreus
Sílvia Mendonça
 
Jesus, cristo e os desafios do ecumenismo e do diálogo inter religioso
Jesus, cristo e os desafios do ecumenismo e do diálogo inter religiosoJesus, cristo e os desafios do ecumenismo e do diálogo inter religioso
Jesus, cristo e os desafios do ecumenismo e do diálogo inter religioso
Leandro Nazareth Souto
 
Livro curso de aprendizes do evangelho (1)
Livro curso de aprendizes do evangelho (1)Livro curso de aprendizes do evangelho (1)
Livro curso de aprendizes do evangelho (1)
Helio Cruz
 
Livro curso de aprendizes do evangelho (1)
Livro curso de aprendizes do evangelho (1)Livro curso de aprendizes do evangelho (1)
Livro curso de aprendizes do evangelho (1)
Helio Cruz
 
Israel - A historia do Povo de Deus
Israel - A historia do Povo de Deus Israel - A historia do Povo de Deus
Israel - A historia do Povo de Deus
Taisa
 
Vida de jesus
Vida de jesusVida de jesus
Vida de jesus
Onireves Raliv
 
Jesus o homem (alcione moreno)
Jesus o homem (alcione moreno)Jesus o homem (alcione moreno)
Jesus o homem (alcione moreno)
Jônata Barbosa
 
Irei
IreiIrei
Judaizaodaigreja 120418204529-phpapp02
Judaizaodaigreja 120418204529-phpapp02Judaizaodaigreja 120418204529-phpapp02
Judaizaodaigreja 120418204529-phpapp02
Monteiro07
 
Pascoa 2.pptx
Pascoa 2.pptxPascoa 2.pptx
Pascoa 2.pptx
GIEZEKARNOSKI1
 

Semelhante a Revisão (20)

Estudo sobre Maria
Estudo sobre MariaEstudo sobre Maria
Estudo sobre Maria
 
O nascimento de jesus e o Natal
O nascimento de jesus e o NatalO nascimento de jesus e o Natal
O nascimento de jesus e o Natal
 
28 11 2010
28 11 201028 11 2010
28 11 2010
 
Novo(A) Documento Do Microsoft Word (3)
Novo(A) Documento Do Microsoft Word (3)Novo(A) Documento Do Microsoft Word (3)
Novo(A) Documento Do Microsoft Word (3)
 
A História que não te contaram sobre Jesus.pdf
A História que não te contaram sobre Jesus.pdfA História que não te contaram sobre Jesus.pdf
A História que não te contaram sobre Jesus.pdf
 
Religiao De Jesus
Religiao De JesusReligiao De Jesus
Religiao De Jesus
 
Religiao De Jesus
Religiao De JesusReligiao De Jesus
Religiao De Jesus
 
Introdução ao estudo do evangelho
Introdução ao estudo do evangelhoIntrodução ao estudo do evangelho
Introdução ao estudo do evangelho
 
O nacimiento de n.s.j.c.
O nacimiento de n.s.j.c.O nacimiento de n.s.j.c.
O nacimiento de n.s.j.c.
 
Advent e natal 1 na biblia (portugues)
Advent e natal   1 na biblia (portugues)Advent e natal   1 na biblia (portugues)
Advent e natal 1 na biblia (portugues)
 
A HistóRia Dos Hebreus
A HistóRia Dos Hebreus A HistóRia Dos Hebreus
A HistóRia Dos Hebreus
 
Jesus, cristo e os desafios do ecumenismo e do diálogo inter religioso
Jesus, cristo e os desafios do ecumenismo e do diálogo inter religiosoJesus, cristo e os desafios do ecumenismo e do diálogo inter religioso
Jesus, cristo e os desafios do ecumenismo e do diálogo inter religioso
 
Livro curso de aprendizes do evangelho (1)
Livro curso de aprendizes do evangelho (1)Livro curso de aprendizes do evangelho (1)
Livro curso de aprendizes do evangelho (1)
 
Livro curso de aprendizes do evangelho (1)
Livro curso de aprendizes do evangelho (1)Livro curso de aprendizes do evangelho (1)
Livro curso de aprendizes do evangelho (1)
 
Israel - A historia do Povo de Deus
Israel - A historia do Povo de Deus Israel - A historia do Povo de Deus
Israel - A historia do Povo de Deus
 
Vida de jesus
Vida de jesusVida de jesus
Vida de jesus
 
Jesus o homem (alcione moreno)
Jesus o homem (alcione moreno)Jesus o homem (alcione moreno)
Jesus o homem (alcione moreno)
 
Irei
IreiIrei
Irei
 
Judaizaodaigreja 120418204529-phpapp02
Judaizaodaigreja 120418204529-phpapp02Judaizaodaigreja 120418204529-phpapp02
Judaizaodaigreja 120418204529-phpapp02
 
Pascoa 2.pptx
Pascoa 2.pptxPascoa 2.pptx
Pascoa 2.pptx
 

Mais de Juliana Cristina M. Muniz

Liturgia da catequese 2014
Liturgia da catequese 2014Liturgia da catequese 2014
Liturgia da catequese 2014
Juliana Cristina M. Muniz
 
Ficha de inscrição para catequistas
Ficha de inscrição para catequistasFicha de inscrição para catequistas
Ficha de inscrição para catequistas
Juliana Cristina M. Muniz
 
Ficha de inscrição para catequizandos
Ficha de inscrição para catequizandosFicha de inscrição para catequizandos
Ficha de inscrição para catequizandos
Juliana Cristina M. Muniz
 
Planejamento dos encontros 2014
Planejamento dos encontros 2014Planejamento dos encontros 2014
Planejamento dos encontros 2014
Juliana Cristina M. Muniz
 
1º encontro Quem sou eu?
1º encontro   Quem sou eu?1º encontro   Quem sou eu?
1º encontro Quem sou eu?
Juliana Cristina M. Muniz
 
Os símbolos litúrgicos
Os símbolos litúrgicosOs símbolos litúrgicos
Os símbolos litúrgicos
Juliana Cristina M. Muniz
 
As leis da igreja
As leis da igrejaAs leis da igreja
As leis da igreja
Juliana Cristina M. Muniz
 
As bem aventurancas.doc
As bem aventurancas.docAs bem aventurancas.doc
As bem aventurancas.doc
Juliana Cristina M. Muniz
 
Batismo, Infância e Tentação no deserto
Batismo, Infância e Tentação no desertoBatismo, Infância e Tentação no deserto
Batismo, Infância e Tentação no deserto
Juliana Cristina M. Muniz
 
Os apóstolos deJjesus
Os apóstolos deJjesusOs apóstolos deJjesus
Os apóstolos deJjesus
Juliana Cristina M. Muniz
 
36º encontro
36º encontro36º encontro
Pecados x Virtudes
Pecados x VirtudesPecados x Virtudes
Pecados x Virtudes
Juliana Cristina M. Muniz
 
Os símbolos litúrgicos
Os símbolos litúrgicosOs símbolos litúrgicos
Os símbolos litúrgicos
Juliana Cristina M. Muniz
 
O ano litúrgico
O ano litúrgicoO ano litúrgico
O ano litúrgico
Juliana Cristina M. Muniz
 
A missa parte por parte
A missa parte por parteA missa parte por parte
A missa parte por parte
Juliana Cristina M. Muniz
 
O que é a Eucaristia?
O que é a Eucaristia?O que é a Eucaristia?
O que é a Eucaristia?
Juliana Cristina M. Muniz
 
Os sacramentos em nossa vida
Os sacramentos em nossa vidaOs sacramentos em nossa vida
Os sacramentos em nossa vida
Juliana Cristina M. Muniz
 

Mais de Juliana Cristina M. Muniz (18)

Histórias Bíblicas (Mig e Meg)
Histórias Bíblicas (Mig e Meg)Histórias Bíblicas (Mig e Meg)
Histórias Bíblicas (Mig e Meg)
 
Liturgia da catequese 2014
Liturgia da catequese 2014Liturgia da catequese 2014
Liturgia da catequese 2014
 
Ficha de inscrição para catequistas
Ficha de inscrição para catequistasFicha de inscrição para catequistas
Ficha de inscrição para catequistas
 
Ficha de inscrição para catequizandos
Ficha de inscrição para catequizandosFicha de inscrição para catequizandos
Ficha de inscrição para catequizandos
 
Planejamento dos encontros 2014
Planejamento dos encontros 2014Planejamento dos encontros 2014
Planejamento dos encontros 2014
 
1º encontro Quem sou eu?
1º encontro   Quem sou eu?1º encontro   Quem sou eu?
1º encontro Quem sou eu?
 
Os símbolos litúrgicos
Os símbolos litúrgicosOs símbolos litúrgicos
Os símbolos litúrgicos
 
As leis da igreja
As leis da igrejaAs leis da igreja
As leis da igreja
 
As bem aventurancas.doc
As bem aventurancas.docAs bem aventurancas.doc
As bem aventurancas.doc
 
Batismo, Infância e Tentação no deserto
Batismo, Infância e Tentação no desertoBatismo, Infância e Tentação no deserto
Batismo, Infância e Tentação no deserto
 
Os apóstolos deJjesus
Os apóstolos deJjesusOs apóstolos deJjesus
Os apóstolos deJjesus
 
36º encontro
36º encontro36º encontro
36º encontro
 
Pecados x Virtudes
Pecados x VirtudesPecados x Virtudes
Pecados x Virtudes
 
Os símbolos litúrgicos
Os símbolos litúrgicosOs símbolos litúrgicos
Os símbolos litúrgicos
 
O ano litúrgico
O ano litúrgicoO ano litúrgico
O ano litúrgico
 
A missa parte por parte
A missa parte por parteA missa parte por parte
A missa parte por parte
 
O que é a Eucaristia?
O que é a Eucaristia?O que é a Eucaristia?
O que é a Eucaristia?
 
Os sacramentos em nossa vida
Os sacramentos em nossa vidaOs sacramentos em nossa vida
Os sacramentos em nossa vida
 

Revisão

  • 3.  Inicia-se no Domingo de Ramos e se estende até o Domingo de Páscoa.  É a semana mais importante do ano litúrgico, quando se celebram de modo especial os mistérios da paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo.
  • 5.  No Domingo de Ramos, celebra-se a entrada de Jesus em Jerusalém, aonde vai para completar sua missão, que culminará com a morte na cruz.
  • 7. Não há nenhuma celebração litúrgica especial.
  • 9.  O ponto alto da Semana Santa  Inicia-se com a missa vespertina da Quinta-feira Santa e se conclui com a Vigília Pascal, no Sábado Santo.  Os três dias formam uma só celebração, que resume todo o mistério pascal. Por isso, nas celebrações da quinta-feira à noite e da sexta-feira não se dá a bênção final; ela só será dada, solenemente, no final da Vigília Pascal.
  • 11.  Acontece a celebração solene da Missa, em que se recorda a instituição da Eucaristia e do Sacerdócio ministerial. Nessa missa realiza-se a cerimônia do lava-pés.
  • 13. A Igreja se recolhe no silêncio, na oração e na escuta da palavra divina, procurando entender o significado profundo da morte do Senhor. Neste dia não há missa.
  • 14.  À tarde acontece a Celebração da Paixão e Morte de Jesus, com a proclamação da Palavra, a oração universal, a adoração da cruz e a distribuição da Sagrada Comunhão.  Nesse dia a Igreja pede o sacrifício do jejum e da abstinência de carne, como ato de homenagem e gratidão a Cristo.
  • 16. Uma jovem, nascida da descendência de Davi, vivia com seus pais Joaquim e Ana. Estava comprometida com José, também da descendência de Davi, homem bom e justo. Eles se casariam dentro de alguns dias.
  • 17. Maria entrou em casa, quando o seu quarto ficou todo iluminado e um anjo lhe disse que ficaria grávida e daria a luz um filho a quem chamaria de Jesus. Maria disse: “Eis aqui a serva do Senhor, que ele faça em mim segundo a sua vontade.”
  • 18.  A princípio José pensou em deixar Maria em segredo mas, um anjo do Senhor lhe apareceu em sonho e lhe disse para aceitar Maria como sua esposa porque o filho que ela estava esperando era mesmo o filho de Deus. Então José se casou com Maria.
  • 20.  As várias denominações dadas a Nossa Senhora tem relação com as diversas aparições dela ou com as suas virtudes.  Nossa Senhora é a Mãe de Jesus e foi entregue aos cristãos através do Filho, na hora de sua morte. João, o discípulo amado a acolheu, recebeu-a em sua casa, em nosso nome.  Cada título glorioso diz respeito a uma única mulher, a mais bendita entre todas: Maria de Nazaré, a Mãe de Deus e nossa Mãe. São muitas invocações, mas Nossa Senhora é uma só pessoa.
  • 22.  O rosário é uma oração bíblica pois, os mistérios contemplados são os mistérios centrais da história da salvação, da nossa fé.  Nesses mistérios meditamos toda a vida de Jesus desde seu nascimento até a sua ressurreição e as orações que se rezam são orações tiradas da Sagrada Escritura. É por isso que se diz que o rosário é a Bíblia do povo.  A palavra ROSÁRIO vem de rosa. É composto de 20 mistérios e é dividido em quatro partes, cada qual contendo 5 mistérios. Cada uma dessas partes é chamada de terço.
  • 24. Jesus, depois que ressuscitou, passou muitos dias aqui na Terra, junto com seus discípulos. Ele os orientou e os enviou para continuar sua missão. Depois de orientá-los e enviá-los, Jesus subiu para o céu em corpo e alma (é o que chamamos de “Ascensão aos Céus”).
  • 25.  Mas, a ascensão do Senhor não quer dizer que Ele abandonou seus discípulos. Jesus já havia dito a eles que "Eu estarei convosco todos os dias até o fim dos tempos!" (Mt 28,20).
  • 26.  No dia de Pentecostes  Estavam todos reunidos num lugar chamado Cenáculo, junto com Maria, mãe de Jesus e, então, receberam o Espírito Santo. Foi um acontecimento maravilhoso! Naquele instante, os amigos de Jesus receberam o Espírito Santo e, a partir daquele momento, perderam o medo e começaram a falar sobre Jesus para todo o mundo!
  • 27. Foi naquele dia, que a Igreja começou a sua história. O evangelho só chegou até nós hoje porque o Espírito Santo não abandonou a Igreja.
  • 29. O mistério da Santíssima Trindade é o mistério central da fé e da vida cristã. Deus se revelou como Pai, Filho e Espírito Santo.  A Trindade é Una. Não professamos três deuses, mas um só Deus em três Pessoas.
  • 30.  Pai - Criador - 1ª Pessoa da Santíssima Trindade  Filho - Salvador - 2ª Pessoa da Santíssima Trindade  Espírito Santo - Santificador - 3ª Pessoa da Santíssima Trindade
  • 31.  Corpus Christi ou festa do Corpo de Cristo.  É a celebração em que solenemente a Igreja comemora a instituição do Santíssimo Sacramento da Eucaristia; sendo o único dia do ano que o Santíssimo Sacramento sai em procissão às nossas ruas. O padre caminha carregando a Hóstia Consagrada dentro de um objeto chamado Ostensório.
  • 32. A Eucaristia é fonte e centro de toda a vida cristã. Nela está contido todo o tesouro espiritual da Igreja, o próprio Cristo.
  • 33.  Curiosidade: Quando Surgiu?  A Festa de Corpus Christi surgiu no séc. XIII na diocese de Liège, na Bélgica, por iniciativa da freira Juliana, (†1258) que recebia visões nas quais o próprio Jesus lhe pedia uma festa litúrgica anual em honra do sacramento da Eucaristia.
  • 36.  O Pecado (Gênesis 3).
  • 37.  Caim e Abel  (Gênesis 4).
  • 38.  A arca de Noé (Gênesis 6-9).
  • 39.  Abraão: O pai da fé (Gênesis 11-22).
  • 40. Abrão tinha 75 anos quando Deus o mandou sair de Harã e ir para Canaã (a Terra Prometida). Abrão e Sarai sua esposa obedeceram a Deus e juntos com Lot partiram em viajem. Deus mudou os nomes de Abrão e Sarai para Abraão (pai de uma grande nação) e Sara (Princesa, nobre).
  • 41.  Eles não podiam ter filhos porque Sara era estéril, mais, devido a obediência de Abraão, Deus lhe deu como filho, Isaac (ele sorrirá, será feliz).  Para testar sua obediência, Deus mandou Abraão matar seu filho Isaac. Ele ficou triste mais não recusou e quando estava para matar Isaac, Deus lhe impediu porque viu que Abraão era fiel.
  • 42.  Isaac e Rebeca (Gênesis 24-25).
  • 43. Isaac teve dois filhos gêmeos, Esaú e Jacó. Quando estava para morrer, decidiu dar a benção para seu filho mais velho, Esaú, mais, foi enganado por Jacó, que acabou recebendo a benção no lugar de seu irmão.
  • 44. Foi da descendência de Jacó, que nasceram as 12 tribo de Israel. Jacó casou-se com Raquel, com quem teve 13 filhos.
  • 46. José foi vendido por seus irmãos e levado para o Egito onde tornou-se o administrador dos bens do Faraó. A mulher do Faraó tentou seduzir José mais não conseguiu, então, irritada mentiu para o marido que acreditou nela e mandou José para a prisão.
  • 47. Passados alguns anos o Faraó teve um sonho e mandou chamar José para interpretá-lo. José tornou-se governador do Egito e quando houve a fome, reencontrou seu pai e seus irmão e os perdoou. Deu a cada um, um pedaço de terra e assim surgiu as doze “Tribos de Israel”
  • 48.  O povo Hebreu crescia muito então o Faraó mandou matar todos os meninos que nascessem, mas, Moisés foi salvo pela irmã do Faraó.  Depois de matar um Egípcio que batia em um Hebreu, Moisés fugiu e muito tempo depois foi enviado por Deus de volta ao Egito para salvar o seu povo da escravidão.
  • 49. Moisés, junto de Aarão, tentou de todas as formas convencer o Faraó a libertar os Hebreus mais o seu coração se mantinha endurecido. Deus enviou as 10 pragas e somente quando o filho do Faraó foi atingido pela última praga é que ele permitiu que o povo fosse liberto. Todos deixaram o Egito rumo a Terra prometida, mas, o Faraó se arrependeu e voltou a perseguí-los.
  • 50. Quando estavam de frente para o Mar Vermelho, foram cercados pelo Faraó. Então o mar se abriu e todos puderam passar a pé enxuto. No deserto choveu Maná para que pudessem se alimentar.
  • 51. O povo se revoltou e começou a adorar outros deuses. Deus mandou Moisés subir a montanha e lhe deu os 10 mandamentos. Moisés morreu sem entrar na Terra Prometida.
  • 53. Ana e Eucana não tinham filhos e ela se sentia humilhada porque a outra mulher de seu marido tinha filhos com ele. Ana então disse a Deus que se tivesse um filho o deixaria com o profeta Eli para servir a Deus. E isso aconteceu.
  • 54. Samuel cresceu e foi chamado por Deus para ser profeta. Foi Samuel que disse a Davi que ele seria o futuro rei de Israel.
  • 56. Davi foi escolhido por Deus para ser o rei de Israel. Davi matou o gigante Golias do povo Filisteu com 5 pedras. Davi foi muito querido pelo povo e conquistou a raiva do rei Saul.
  • 57.  Davi teve que se esconder do rei Saul para não morrer.  Lutou muitas batalhas ao lado do povo Hebreu e dos inimigos.  Era amigo de Jonatas, o filho do rei.  Quando Saul morreu, Davi foi aclamado rei de Israel.
  • 59. Eram homens escolhidos por Deus para falar em nome do Senhor. Os profetas não eram adivinhos e nem mágicos. Eles anunciavam o futuro de acordo com o projeto que Deus tinha para humanidade.
  • 60. * Os profetas Maiores são: Isaías, Jeremias, Lamentações, Baruc (- alguns colocam como um profeta maior por ter sido escrito por um secretário de Jeremias, é considerado menor pelo tamanho), Ezequiel e Daniel.
  • 61. * Os Profetas Menores São: Oséias, Joel, Amós, Abdias, Jonas, Miquéias, Naum, Habacuc, Sofonias, Ageu, Zacarias, e Malaquias.
  • 62. É importante dizer que os profetas não são maiores ou menores por sua importância na história da Bíblia e sim por causa do tamanho dos livros.
  • 64. É um livro escrito por homens mas, inspirado por Deus. Foi escrita em:  cerâmica, papiro e pergaminho.
  • 65.  Esta dividida em:  Antigo Testamento AT (46 livros)  e Novo Testamento NT (27 livros)
  • 66. O Antigo Testamento está agrupado assim: Pentateuco Livros Históricos Livros Sapienciais Livros Proféticos
  • 67. O Novo Testamento está agrupado assim: Evangelhos Escritos de Lucas Cartas de São Paulo Epístolas Católicas Escritos de João
  • 70. A vírgula (,) separa o capítulo do versículo: (Jo 6,50 = Evangelho de João, capítulo 6, versículo 50). O ponto (.) indica um pulo entre os versículos. Neste caso lê-se o(s) número(s) que vem antes e depois do ponto: (Jo 1,3. 9 = Evangelho de João, capítulo 1, versículos 3 e 9).
  • 71.  O traço (-) indica que devemos ler de um versículo até o outro: (Jo 17,20-26 = Evangelho de João, capítulo 17, versículos de 20 a 26); também pode indicar uma sequência de capítulos: (Jo 17,20-18,12 = Evangelho de João, do capítulo 17, versículo 20 até o capítulo 18, versículo 12).  O ponto e vírgula (;) separam uma citação de outra: Jo 1,5;16,14 = lê-se o versículo 5 do capítulo 1 e o versículo 14 do capítulo 16 . ou um livro de outro: Jo 1,5;Mt 1,22 = neste caso, deve- se procurar as duas citações pedidas, uma no Evangelho de João e outra no Evangelho de Mateus.
  • 72.  Um esse (s) indica o versículo imediatamente posterior ao citado: Jo 1,5s = Evangelho de João, capítulo um, versículos cinco e seguinte, 6. ou seja, Jo1,5s = Jo 1,5-6.  Dois esses (ss.) indicam os versículos seguintes ao citado, até onde se fizer necessária a citação.  Às vezes encontramos um a, ou b, ou ainda um c depois da citação do versículo. EX: Jo 1,18a = lê-se a primeira parte do versículo dezoito. Quando a letra que vem logo depois da citação é b, deve-se ler a segunda parte do versículo e quando é c, lê-se a terceira parte do versículo (isso acontece porque um versículo pode ser formado por uma, duas ou até três frases).
  • 73.  Quando o livro tem um só capítulo, omite-se a indicação do capítulo, e cita-se só o versículo. Ex: Jd3 = Epístola de Judas, versículo três. Quando o livro tem mais de um capítulo, o numero que vem logo após a indicação do livro é a indicação do capitulo. Ex: Jo2 = deve-se ler todo o capítulo dois do Evangelho de João.
  • 75. 1º Mandamento: “Amar a Deus sobre todas as coisas” 2º Mandamento: “Não pronunciarás o nome do Senhor, teu Deus, em vão” 3º Mandamento: “Guardar domingos e dias santos” 4º Mandamento: “Honrar pai e mãe” 5º Mandamento: “Não matar” 6º Mandamento: “Não pecar contra a castidade” 7º Mandamento: “Não roubar” 8º Mandamento: “Não levantar falso testemunho” 9º Mandamento: “Não desejar a mulher do próximo” 10º Mandamento: “Não cobiçar as coisas alheias”
  • 77. 1. BATISMO É o primeiro sacramento que o cristão recebe. 2. EUCARISTIA Jesus se faz pão e se torna alimento para que o cristão possa vivenciar o seu batismo. 3. CRISMA OU CONFIRMAÇÃO Neste sacramento, o batizado confirma sua fé.
  • 78. 4. PENITÊNCIA É o sacramento da misericórdia de Deus. 5. MATRIMÔNIO Um homem e uma mulher que se amam comprometem-se a viver um para o outro, no amor.
  • 79. 6. ORDEM São os padres que recebem o sacramento da ordem. 7. UNÇÃO DOS ENFERMOS Quando a doença ou a velhice se faz presente e a vida está em risco, aí está a presença confortadora de Deus, manifestada na súplica da Igreja.