SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Como na Vida!
                              Numa Escola de Compreender o
                                           Mundo
                              Projeto 3º Ciclo do Ensino Básico
                               7º Ano – ano letivo 2011/2012
                                      Relatório
                               A formação de fósseis
Nome: João Correia Castro Rei______________________________________________ Nº 17
Turma: A




       Introdução:
   Os fósseis são considerados como sendo restos de seres vivos, ou vestígios da
   sua atividade, preservados no registo geológico. Como tal, restos de conchas
   de organismo, ossos, carapaças, ovos, pegadas, etc., muitas vezes vão originar
   os fósseis.

   Os fósseis são reservados devido à moldagem que petrifica os materiais.

       Enquadramento:
   Esta atividade experimental de “como moldar um fóssil” foi realizada pelos
   alunos do 7ºA individualmente na disciplina de Ciências Naturais. Esta
   experiência foi baseada na unidade do “A Terra e a sua história” e nos
   documentos que permitem conhecer Os fósseis.

       Materialnecessário:
              Barro;
              Concha de molusco;
              Gesso;
              Óleo;
              Copo;
              Colher;
              Vareta;
              Espátula;
              Àgua.
Procedimento:
         I.   Moldar o barro (até ficar uma bola);
        II.   Untar com óleo a parte exterior da concha;
       III.   Pressionar a concha sobre o barro até ficar completamente enterrada.
       IV.    Retirar a concha e untar com óleo o molde que foi deixado por ela.
        V.    Num copo com água, juntamos o gesso com cuidado e misturamos
              com a ajuda da vareta até obter uma pasta;
       VI.    Deitar essa pasta (gesso com água) com a ajuda da colher no molde
              deixado pela concha na plasticina;
      VII.    Deixar secar o gesso e retirá-lo do molde.



      Resultados:




Fig. 1 e 2: Resultado da experiência como moldar um fóssil



      Discussão:

              Molde interno:É o molde de superfícies ou de cavidades interiores de
              estruturas somáticas ou de vestígios de atividade orgânica. Os moldes
              internos são formados pelo material que ocupa a cavidade interior de
              qualquer estrutura, reproduzindo a sua forma e os seus relevos.
              Molde externo: É o contrário do molde interno, ou seja, molde de
              superfícies ou de cavidades exteriores de estruturas somáticas ou de
              vestígios de atividade orgânica. Os moldes externos são constituídos
              pelo material que cobre a superfície externa de qualquer estrutura,
              reproduzindo a sua forma e os seus relevos.



      Conclusão:
Com esta atividade fiquei a perceber que na altura, os fósseis com mais
   garantias de serem preservados eram aqueles organismos que possuíam
   materiais orgânicos resistentes.

   O tipo de rochas que facilitava e facilita a fossilização eram as rochas
   sedimentares.



Bibliografia:
http://www.google.pt/imghp?hl=pt-BR&tab=wi
Livro do 7ºAno “A Terra conta a sua história”.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

7 ppt-prof-7-fosseis
7 ppt-prof-7-fosseis7 ppt-prof-7-fosseis
7 ppt-prof-7-fosseis
Pelo Siro
 
Bico e Patas das aves
Bico e Patas das avesBico e Patas das aves
Bico e Patas das aves
Sara Ferreira
 
Fosseis
FosseisFosseis
Fosseis
cpfss
 
Relatório de fósseis - como moldar um fóssil
Relatório de fósseis  - como moldar um fóssilRelatório de fósseis  - como moldar um fóssil
Relatório de fósseis - como moldar um fóssil
joaorei7a
 
Rochas, solos e seres vivos
Rochas, solos e seres vivos Rochas, solos e seres vivos
Rochas, solos e seres vivos
Marjan Vos
 
Ficha trab c.nat 6º reproducao plantas-com-flor
Ficha trab c.nat 6º reproducao plantas-com-florFicha trab c.nat 6º reproducao plantas-com-flor
Ficha trab c.nat 6º reproducao plantas-com-flor
marcommendes
 
FT1 - Estrutura Interna da Terra - Revisões
FT1 - Estrutura Interna da Terra - RevisõesFT1 - Estrutura Interna da Terra - Revisões
FT1 - Estrutura Interna da Terra - Revisões
Gabriela Bruno
 
Ft power point rochas e minerais
Ft power point rochas e mineraisFt power point rochas e minerais
Ft power point rochas e minerais
Tânia Reis
 
Saída de campo serra da freita (arouca)
Saída de campo   serra da freita (arouca)Saída de campo   serra da freita (arouca)
Saída de campo serra da freita (arouca)
Nuno Correia
 
11 evolucionismo
11  evolucionismo11  evolucionismo
11 evolucionismo
margaridabt
 
9 ciclos de vida
9   ciclos de vida9   ciclos de vida
9 ciclos de vida
margaridabt
 
Registo alunos sementes
Registo alunos sementesRegisto alunos sementes
Registo alunos sementes
Ana Picão
 

Mais procurados (20)

BioGeo11-princípios de estratigrafia
BioGeo11-princípios de estratigrafiaBioGeo11-princípios de estratigrafia
BioGeo11-princípios de estratigrafia
 
Trabalho sobre fósseis 7ºano
Trabalho sobre fósseis 7ºanoTrabalho sobre fósseis 7ºano
Trabalho sobre fósseis 7ºano
 
7 ppt-prof-7-fosseis
7 ppt-prof-7-fosseis7 ppt-prof-7-fosseis
7 ppt-prof-7-fosseis
 
Bico e Patas das aves
Bico e Patas das avesBico e Patas das aves
Bico e Patas das aves
 
Fosseis
FosseisFosseis
Fosseis
 
Relatório de fósseis - como moldar um fóssil
Relatório de fósseis  - como moldar um fóssilRelatório de fósseis  - como moldar um fóssil
Relatório de fósseis - como moldar um fóssil
 
Decaimento radioativo e geocronologia
Decaimento radioativo e geocronologiaDecaimento radioativo e geocronologia
Decaimento radioativo e geocronologia
 
Rochas, solos e seres vivos
Rochas, solos e seres vivos Rochas, solos e seres vivos
Rochas, solos e seres vivos
 
Ficha trab c.nat 6º reproducao plantas-com-flor
Ficha trab c.nat 6º reproducao plantas-com-florFicha trab c.nat 6º reproducao plantas-com-flor
Ficha trab c.nat 6º reproducao plantas-com-flor
 
Vulcões
VulcõesVulcões
Vulcões
 
FT1 - Estrutura Interna da Terra - Revisões
FT1 - Estrutura Interna da Terra - RevisõesFT1 - Estrutura Interna da Terra - Revisões
FT1 - Estrutura Interna da Terra - Revisões
 
Ft power point rochas e minerais
Ft power point rochas e mineraisFt power point rochas e minerais
Ft power point rochas e minerais
 
Relatório de Ciências-Experiência vulcânica
Relatório de Ciências-Experiência vulcânica Relatório de Ciências-Experiência vulcânica
Relatório de Ciências-Experiência vulcânica
 
Folheto minerais
Folheto mineraisFolheto minerais
Folheto minerais
 
Saída de campo serra da freita (arouca)
Saída de campo   serra da freita (arouca)Saída de campo   serra da freita (arouca)
Saída de campo serra da freita (arouca)
 
11 evolucionismo
11  evolucionismo11  evolucionismo
11 evolucionismo
 
Ciências experimentais no 1º ciclo 2012 2013
Ciências experimentais no 1º ciclo 2012 2013Ciências experimentais no 1º ciclo 2012 2013
Ciências experimentais no 1º ciclo 2012 2013
 
Ficha de Ciências 7 ano
Ficha de Ciências 7 anoFicha de Ciências 7 ano
Ficha de Ciências 7 ano
 
9 ciclos de vida
9   ciclos de vida9   ciclos de vida
9 ciclos de vida
 
Registo alunos sementes
Registo alunos sementesRegisto alunos sementes
Registo alunos sementes
 

Destaque (9)

Talvez
TalvezTalvez
Talvez
 
Hendrick avercamp
Hendrick avercampHendrick avercamp
Hendrick avercamp
 
O-NET'53 ENGLISH
O-NET'53 ENGLISHO-NET'53 ENGLISH
O-NET'53 ENGLISH
 
Plan de mejoramiento jcm unificado trigo
Plan de mejoramiento jcm unificado trigoPlan de mejoramiento jcm unificado trigo
Plan de mejoramiento jcm unificado trigo
 
Marina sanchez y maria lopez
Marina sanchez y maria lopezMarina sanchez y maria lopez
Marina sanchez y maria lopez
 
Introduccion a redes
Introduccion a redesIntroduccion a redes
Introduccion a redes
 
19 سبباً لتبدأ باستخدام النطاقات العربية #انفوجرافيك
19 سبباً لتبدأ باستخدام النطاقات العربية #انفوجرافيك19 سبباً لتبدأ باستخدام النطاقات العربية #انفوجرافيك
19 سبباً لتبدأ باستخدام النطاقات العربية #انفوجرافيك
 
La Contaminación.
La Contaminación.La Contaminación.
La Contaminación.
 
Jan vitek distributedrandomforest_5-2-2013
Jan vitek distributedrandomforest_5-2-2013Jan vitek distributedrandomforest_5-2-2013
Jan vitek distributedrandomforest_5-2-2013
 

Semelhante a Relatório de fósseis como moldar um fóssil joão-rei_cn

Moldar fósseis hugoseverino
Moldar fósseis hugoseverinoMoldar fósseis hugoseverino
Moldar fósseis hugoseverino
hugoseverino7ab
 
Formação de fósseis
Formação de fósseisFormação de fósseis
Formação de fósseis
alvesnuno
 
Conclusão (produção de moldes)
Conclusão (produção de moldes)Conclusão (produção de moldes)
Conclusão (produção de moldes)
Sasuke Sakura
 
1 ficha informativa - divulgação das sessões
1 ficha informativa - divulgação das sessões1 ficha informativa - divulgação das sessões
1 ficha informativa - divulgação das sessões
António Sérgio
 
Planejamento 151 1 t 2t 3t
Planejamento 151 1 t 2t 3tPlanejamento 151 1 t 2t 3t
Planejamento 151 1 t 2t 3t
Ivo Fonseca
 
Portfólio digital projeto desenho
Portfólio digital projeto desenhoPortfólio digital projeto desenho
Portfólio digital projeto desenho
Rose Silva
 

Semelhante a Relatório de fósseis como moldar um fóssil joão-rei_cn (20)

Fósseis joão santos.pptx
Fósseis joão santos.pptxFósseis joão santos.pptx
Fósseis joão santos.pptx
 
Projeto curso
Projeto cursoProjeto curso
Projeto curso
 
Moldar fósseis hugoseverino
Moldar fósseis hugoseverinoMoldar fósseis hugoseverino
Moldar fósseis hugoseverino
 
Apresentação do projeto
Apresentação do projetoApresentação do projeto
Apresentação do projeto
 
Moldagem de fósseis
Moldagem de fósseisMoldagem de fósseis
Moldagem de fósseis
 
CADERNO DO FUTURO - CIÊNCIAS - 2 ANO PROF. - MIOLO.pdf
CADERNO DO FUTURO - CIÊNCIAS - 2 ANO PROF. - MIOLO.pdfCADERNO DO FUTURO - CIÊNCIAS - 2 ANO PROF. - MIOLO.pdf
CADERNO DO FUTURO - CIÊNCIAS - 2 ANO PROF. - MIOLO.pdf
 
Formação de fósseis
Formação de fósseisFormação de fósseis
Formação de fósseis
 
Conclusão (produção de moldes)
Conclusão (produção de moldes)Conclusão (produção de moldes)
Conclusão (produção de moldes)
 
Trabalho do Grupo AVM
Trabalho do Grupo AVMTrabalho do Grupo AVM
Trabalho do Grupo AVM
 
Relatório matilde
Relatório matildeRelatório matilde
Relatório matilde
 
Relatório matilde
Relatório matildeRelatório matilde
Relatório matilde
 
Ficha informativa divulgacao das sessoes newton
Ficha informativa   divulgacao das sessoes newtonFicha informativa   divulgacao das sessoes newton
Ficha informativa divulgacao das sessoes newton
 
1 ficha informativa - divulgação das sessões
1 ficha informativa - divulgação das sessões1 ficha informativa - divulgação das sessões
1 ficha informativa - divulgação das sessões
 
ATPS ciencias
ATPS cienciasATPS ciencias
ATPS ciencias
 
Power point sessão 1
Power point sessão 1Power point sessão 1
Power point sessão 1
 
17 b joao_rei
17 b joao_rei17 b joao_rei
17 b joao_rei
 
Cientistas xs
Cientistas xs Cientistas xs
Cientistas xs
 
Projeto Ar feira cultural
Projeto Ar feira culturalProjeto Ar feira cultural
Projeto Ar feira cultural
 
Planejamento 151 1 t 2t 3t
Planejamento 151 1 t 2t 3tPlanejamento 151 1 t 2t 3t
Planejamento 151 1 t 2t 3t
 
Portfólio digital projeto desenho
Portfólio digital projeto desenhoPortfólio digital projeto desenho
Portfólio digital projeto desenho
 

Mais de joaorei7a

A arca dos contos
A arca dos contosA arca dos contos
A arca dos contos
joaorei7a
 
Índice de Massa Corporal
Índice de Massa CorporalÍndice de Massa Corporal
Índice de Massa Corporal
joaorei7a
 
Volume de um tacho
Volume de um tachoVolume de um tacho
Volume de um tacho
joaorei7a
 
Inspire Aspire
Inspire AspireInspire Aspire
Inspire Aspire
joaorei7a
 
Atividade 3 ficha interdisciplinar
Atividade  3   ficha interdisciplinarAtividade  3   ficha interdisciplinar
Atividade 3 ficha interdisciplinar
joaorei7a
 
Poster cientifico - Identificação de fósseis
Poster cientifico - Identificação de fósseisPoster cientifico - Identificação de fósseis
Poster cientifico - Identificação de fósseis
joaorei7a
 
Ficha técnica projeto individual
Ficha técnica projeto individualFicha técnica projeto individual
Ficha técnica projeto individual
joaorei7a
 
A minha biografia
A minha biografiaA minha biografia
A minha biografia
joaorei7a
 
Ma biographie
Ma biographieMa biographie
Ma biographie
joaorei7a
 
Ficha Interdisciplinar de História e Matemática
Ficha Interdisciplinar de História e MatemáticaFicha Interdisciplinar de História e Matemática
Ficha Interdisciplinar de História e Matemática
joaorei7a
 
Poemas de Álvaro Magalhães e José Braga
Poemas de Álvaro Magalhães e José BragaPoemas de Álvaro Magalhães e José Braga
Poemas de Álvaro Magalhães e José Braga
joaorei7a
 
Poemas de Álvaro Magalhães e José Braga
Poemas de Álvaro Magalhães e José BragaPoemas de Álvaro Magalhães e José Braga
Poemas de Álvaro Magalhães e José Braga
joaorei7a
 
2012 01 31_17_joao_rei
2012 01 31_17_joao_rei2012 01 31_17_joao_rei
2012 01 31_17_joao_rei
joaorei7a
 
Relatório corpos celestes
Relatório corpos celestesRelatório corpos celestes
Relatório corpos celestes
joaorei7a
 
Ficha de trabalho 3 proporcionalidade direta
Ficha de trabalho 3 proporcionalidade diretaFicha de trabalho 3 proporcionalidade direta
Ficha de trabalho 3 proporcionalidade direta
joaorei7a
 
Ficha de trabalho 3 proporcionalidade direta
Ficha de trabalho 3 proporcionalidade diretaFicha de trabalho 3 proporcionalidade direta
Ficha de trabalho 3 proporcionalidade direta
joaorei7a
 
Ficha de trabalho - Proporcionalidade direta
Ficha de trabalho - Proporcionalidade diretaFicha de trabalho - Proporcionalidade direta
Ficha de trabalho - Proporcionalidade direta
joaorei7a
 

Mais de joaorei7a (20)

A arca dos contos
A arca dos contosA arca dos contos
A arca dos contos
 
Índice de Massa Corporal
Índice de Massa CorporalÍndice de Massa Corporal
Índice de Massa Corporal
 
Volume de um tacho
Volume de um tachoVolume de um tacho
Volume de um tacho
 
Inspire Aspire
Inspire AspireInspire Aspire
Inspire Aspire
 
Atividade 3 ficha interdisciplinar
Atividade  3   ficha interdisciplinarAtividade  3   ficha interdisciplinar
Atividade 3 ficha interdisciplinar
 
Poster cientifico - Identificação de fósseis
Poster cientifico - Identificação de fósseisPoster cientifico - Identificação de fósseis
Poster cientifico - Identificação de fósseis
 
Ficha técnica projeto individual
Ficha técnica projeto individualFicha técnica projeto individual
Ficha técnica projeto individual
 
Mon biographie
Mon biographieMon biographie
Mon biographie
 
A minha biografia
A minha biografiaA minha biografia
A minha biografia
 
Ma biographie
Ma biographieMa biographie
Ma biographie
 
Jupiter
JupiterJupiter
Jupiter
 
Ficha Interdisciplinar de História e Matemática
Ficha Interdisciplinar de História e MatemáticaFicha Interdisciplinar de História e Matemática
Ficha Interdisciplinar de História e Matemática
 
Poemas de Álvaro Magalhães e José Braga
Poemas de Álvaro Magalhães e José BragaPoemas de Álvaro Magalhães e José Braga
Poemas de Álvaro Magalhães e José Braga
 
Poemas de Álvaro Magalhães e José Braga
Poemas de Álvaro Magalhães e José BragaPoemas de Álvaro Magalhães e José Braga
Poemas de Álvaro Magalhães e José Braga
 
Júpiter
JúpiterJúpiter
Júpiter
 
2012 01 31_17_joao_rei
2012 01 31_17_joao_rei2012 01 31_17_joao_rei
2012 01 31_17_joao_rei
 
Relatório corpos celestes
Relatório corpos celestesRelatório corpos celestes
Relatório corpos celestes
 
Ficha de trabalho 3 proporcionalidade direta
Ficha de trabalho 3 proporcionalidade diretaFicha de trabalho 3 proporcionalidade direta
Ficha de trabalho 3 proporcionalidade direta
 
Ficha de trabalho 3 proporcionalidade direta
Ficha de trabalho 3 proporcionalidade diretaFicha de trabalho 3 proporcionalidade direta
Ficha de trabalho 3 proporcionalidade direta
 
Ficha de trabalho - Proporcionalidade direta
Ficha de trabalho - Proporcionalidade diretaFicha de trabalho - Proporcionalidade direta
Ficha de trabalho - Proporcionalidade direta
 

Relatório de fósseis como moldar um fóssil joão-rei_cn

  • 1. Como na Vida! Numa Escola de Compreender o Mundo Projeto 3º Ciclo do Ensino Básico 7º Ano – ano letivo 2011/2012 Relatório A formação de fósseis Nome: João Correia Castro Rei______________________________________________ Nº 17 Turma: A Introdução: Os fósseis são considerados como sendo restos de seres vivos, ou vestígios da sua atividade, preservados no registo geológico. Como tal, restos de conchas de organismo, ossos, carapaças, ovos, pegadas, etc., muitas vezes vão originar os fósseis. Os fósseis são reservados devido à moldagem que petrifica os materiais. Enquadramento: Esta atividade experimental de “como moldar um fóssil” foi realizada pelos alunos do 7ºA individualmente na disciplina de Ciências Naturais. Esta experiência foi baseada na unidade do “A Terra e a sua história” e nos documentos que permitem conhecer Os fósseis. Materialnecessário: Barro; Concha de molusco; Gesso; Óleo; Copo; Colher; Vareta; Espátula; Àgua.
  • 2. Procedimento: I. Moldar o barro (até ficar uma bola); II. Untar com óleo a parte exterior da concha; III. Pressionar a concha sobre o barro até ficar completamente enterrada. IV. Retirar a concha e untar com óleo o molde que foi deixado por ela. V. Num copo com água, juntamos o gesso com cuidado e misturamos com a ajuda da vareta até obter uma pasta; VI. Deitar essa pasta (gesso com água) com a ajuda da colher no molde deixado pela concha na plasticina; VII. Deixar secar o gesso e retirá-lo do molde. Resultados: Fig. 1 e 2: Resultado da experiência como moldar um fóssil Discussão: Molde interno:É o molde de superfícies ou de cavidades interiores de estruturas somáticas ou de vestígios de atividade orgânica. Os moldes internos são formados pelo material que ocupa a cavidade interior de qualquer estrutura, reproduzindo a sua forma e os seus relevos. Molde externo: É o contrário do molde interno, ou seja, molde de superfícies ou de cavidades exteriores de estruturas somáticas ou de vestígios de atividade orgânica. Os moldes externos são constituídos pelo material que cobre a superfície externa de qualquer estrutura, reproduzindo a sua forma e os seus relevos. Conclusão:
  • 3. Com esta atividade fiquei a perceber que na altura, os fósseis com mais garantias de serem preservados eram aqueles organismos que possuíam materiais orgânicos resistentes. O tipo de rochas que facilitava e facilita a fossilização eram as rochas sedimentares. Bibliografia: http://www.google.pt/imghp?hl=pt-BR&tab=wi Livro do 7ºAno “A Terra conta a sua história”.