SlideShare uma empresa Scribd logo
REINO ANIMAL / METAZOA / ANIMALIA
INTRODUÇÃO (O QUE É / PRINCIPAIS CARCTERÍSTICAS)
O reino animal é formado por seres que se caracterizam pela significativa
sensibilidade e mobilidade. Envolve os seres heterotróficos e aeróbicos
desprovidos de celulose e clorofila.
Suas principais características: possuem um ativo metabolismo, organização
centralizada, meio interno constante, sistema de excreção, crescimento
diferencial e diferenciação de camadas no desenvolvimento dos embriões.
DIVISÃO
É dividido em dois reinos: Protozoários (animais unicelulares) e Metazoários (animais com
várias células).
• Os Protozoários podem se reproduzir (exemplo: amebas) por simples divisão ou podem
apresentar ciclo reprodutivo como os esporozoários. Sendo os animais mais simples os
que possuem apenas uma célula (unicelulares), supõe-se que estes tenham derivado
todos os outros. Esta grande divisão possui inúmeros representantes vivendo em habitat
diversos, podendo viver isoladamente ou em colônias (grupos organizados) que
geralmente se multiplicam por bipartição. Alguns protozoários causam doenças graves
ao homem e a outros animais.
• Os Metazoários compreendem os animais constituídos de grande número de células.
Esse grupo é muito complexo, indo desde as esponjas até os animais superiores, que
desenvolveram órgãos, aparelhos e sistemas altamente especializados (circulatório,
excretor, digestório, nervoso, muscular etc).
QUANTIDADES DE ESPÉCIES
Biólogos calculam em 1.300.000 o número de espécies animais, sendo que dentro de uma
mesma espécie há diferenças entre raças, macho e fêmea e adultos e larvas. Existem
aproximadamente 32.000 protozoários; 3.000 espongiários; 9.000 celenterados (corais,
medusas, etc.); 7.000 vermes de corpo chato, 3.000 de corpo roliço; 4.800 equinodermos
(ouriços do mar, estrelas do mar, etc.); 40.000 moluscos (caramujos, ostras, etc); 6.000
anelídeos (minhocas, sanguessugas, etc.); 25.000 crustáceos (camarões, escorpiões, etc.);
8.000 artrópodes (lacraias, piolhos-de-cobra, etc.), 660.000 insetos (baratas, formigas,
gafanhotos, etc.); 15.000 peixes, 1.900 anfíbios (sapos, rãs, etc.); 4.000 répteis (jacarés,
cobras, tartarugas, etc.); 25.000 aves e 15.000 mamíferos.
CURIOSIDADE
- O maior animal vivo é a baleia azul que atinge 30 metros de comprimento.
REINO ANIMAL
• Pluricelular​ (diferente dos protistas unicelulares)
• Eucarionte (diferente das bactérias e arqueias que são procariontes)
• Heterótrofo (diferente das plantas)
• Sem parede celular (diferente das plantas e fungos)
O rato é um exemplo de um animal pluricelular. O tigre é um exemplo de um animal heterótrofo e eucarionte.
REPRODUÇÃO
Reprodução assexuada:
• Brotamento / Gêmulas
• Regeneração ou fragmentação
• Partenogênese (Telitoquia)
REPRODUÇÃO
Reprodução sexuada:
A reprodução sexuada é uma forma de reprodução que se realiza por meio da fusão de
dois tipos de células reprodutoras especializadas chamadas gametas. Nos animais essas
células especializadas são o óvulo e o espermatozoide.
FECUNDAÇÃO
Tipos de fecundação:
• Fecundação interna: interior do organismo. Ex.: répteis, aves e mamíferos.
• Fecundação externa: fora do organismo. Ex.: anfíbios e peixes.
• Fecundação cruzada: troca de gametas. Ex.: minhoca.
INTERNA EXTERNA
CRUZADA
DESENVOLVIMENTOS NOS VERTEBRADOS
Tipos de desenvolvimento nos Vertebrados:
• Ovíparos​: põem ovos. Ex.: peixes, anfíbios, répteis e aves.
• Vivíparos​: embriões dentro da mãe – parto. Ex.: mamíferos.
• Ovovivíparos: embriões dentro de ovos dentro da mãe. Ex.: peixes e répteis.
OVÍPAROS VIVÍPAROS OVOVIVÍPAROS
FILOS DO REINO ANIMAL
• Poríferos
• Cnidários
• Platelmintos
• Nematelmintos
• Anelídeos
• Moluscos Triblásticos
• Artrópodes
• Equinodermos
• Cordados
PORÍFEROS
Os poríferos, também chamados de esponjas ou espongiários, são animais invertebrados
aquáticos e fixos em um substrato. O nome do grupo deve-se pela presença de poros pelo
corpo.
Características:
• Os poríferos são animais filtradores. Eles promovem uma corrente de água que entra
pelos poros, passa pelo átrio e sai pelo ósculo. Ao entrar, a água fornece oxigênio e ao
sair, carrega dióxido de carbono e resíduos. Assim, ocorre a respiração, através das trocas
gasosas por difusão.
• A alimentação se dá através de partículas alimentares suspensas na água, como
protozoários e algas unicelulares. As partículas absorvidas são capturadas pelos
coanócitos, que digere parte das substâncias. A outra parte é digerida pelos amebócitos,
sendo posteriormente distribuída a todas as células.
• A reprodução dos poríferos pode ser assexuada e sexuada.
PORÍFEROS
CANIDÁRIOS
Os cnidários, também conhecidos como celenterados, são animais que se reúnem no filo
Cnidaria. A maioria dos cnidários é encontrada em ambientes marinhos, e os principais
representantes desse grupo são as águas-vivas, as anêmonas-do-mar, os corais e
as caravelas.
Os cnidários são os primeiros animais a apresentarem uma cavidade digestiva no corpo,
fato que gerou o nome celenterado, destacando a importância evolutiva dessa estrutura,
que foi mantida nos demais animais. A presença de uma cavidade digestiva permitiu aos
animais ingerirem porções maiores de alimento, pois nela o alimento pode ser digerido e
reduzido a pedaços menores, antes de ser absorvido pelas células.
Com base no aspecto externo do corpo, os cnidários apresentam simetria radial. Eles são os
primeiros animais na escala evolutiva a apresentarem tecidos verdadeiros, embora ainda
não cheguem a formar órgãos.
CANIDÁRIOS
PLATEOMINTOS
Platelmintos (filo Platyhelminthes) são vermes de corpo achatado e de pouca espessura. Na
região anterior, correspondente à cabeça, encontram-se estruturas sensoriais. Há diversas
espécies de vida livre, que se desenvolvem na água, com poucos centímetros de
comprimento, e outras maiores, de meio terrestre úmido. Muitos são parasitas.
Classificação dos platelmintos:
• Turbellaria – planárias
• Trematoda – esquistossomos
• Cestoda – tênia
PLATEOMINTOS
ANELÍDEOS
Um exemplo é a minhoca. Ela vive em solo úmido, como é, geralmente, o solo fértil que
serve como canteiro (de horta ou jardim).
A minhoca pertence ao filo dos anelídeos - nome que inclui vermes com o corpo
segmentado, dividido em anéis. Os anelídeos compreendem cerca de 15 mil espécies, com
representantes que vivem no solo úmido, na água doce e na água salgada. Podem ser
parasitas ou de vida livre.
Características gerais dos anelídeos:
Além da minhoca, existem várias espécies de anelídeos. Podemos citar animais pequenos
como a sanguessuga, que pode medir apenas alguns milímetros de comprimento e também
animais de grande porte - como o minhocuçu, que atinge dois metros.
ANELÍDEOS
NEMATELMINTOS
Nematelmintos ou nematódeos (filo Nematoda) são vermes cilíndricos, não segmentados,
que incluem várias formas de parasitas, como as lombrigas ou Ascaris e os vermes
ancilóstomos, causadores do amarelão e da elefantíase. Muitos dos nematelmintos se
desenvolvem na água e no solo úmido. Além dos nematelmintos, estes tipos de vermes
estão distribuídos ainda entre os anelídeos e os platelmintos.
Características dos Nematelmintos:
Os nematelmintos possuem uma ampla cavidade cheia de líquido entre o tubo digestivo e a
parede corporal. Serve como “esqueleto hidrostático”, que mantém a forma do animal e
proporciona alguma sustentação. O líquido que ocupa a cavidade corporal permite a
distribuição de várias substâncias, como nutrientes, resíduos e gases.
NEMATELMINTOS
MOLUSCOS TRIBLÁSTICOS
Os moluscos são o segundo maior grupo de animais em número de espécies (cerca de
100.000 espécies), sendo suplantado apenas pelos artrópodes.
Apresentam uma disparidade morfológica sem comparação dentre os demais filos de
animais, reunindo os familiares caracóis (reptantes), ostras e mariscos (sésseis) e lulas e
polvos (livre-natantes), assim como formas pouco conhecidas, como os quítons, conchas
dente-de-elefante (Scaphopoda) e espécies vermiformes (Caudofoveata e Solenogastres).
Os moluscos invadiram quase todos os ambientes; costuma-se dizer que só não há
moluscos voando. Ocorrem das fossas abissais até as mais altas montanhas; das geleiras da
Antártica até desertos tórridos.
MOLUSCOS TRIBLÁSTICOS
Os moluscos são animais triblásticos, celomados e protostômios. Apresentam o corpo mole,
não segmentado, e com simetria bilateral. A cabeça ocupa posição anterior, onde abre-se a
boca, entrada do tubo digestivo. Muitas estruturas sensoriais também localizam-se na
cabeça, como os olhos. Sensores químicos também estão presentes nos moluscos e
permitem pressentir a aproximação de inimigos naturais, quando o molusco rapidamente
fecha sua concha, colocando-se protegido.
ARTRÓPODES
Artrópodes (filo Arthropoda) são animais dotados de patas articuladas e que possuem
esqueleto externo (exoesqueleto) nitidamente segmentado. Entre eles, besouros,
borboletas, aranhas, camarão, centopeia e piolho de cobra.
Características Gerais:
Todos os artrópodes possuem o corpo dotado de vários segmentos e apêndices articulados,
como patas e antenas, que possibilita movimentos. Essa é a sua característica
diagnóstica (identifica e diferencia os artrópodes dos outros) e que dá o nome ao grupo, do
grego arthros: articulação e podos:pés.
Além disso, esses invertebrados tem o exoesqueleto que confere rigidez (permite sustentar
o corpo) e impermeabilidade (tem uma camada de cera em sua superfície, o que lhe
permite viver em locais secos). O exoesqueleto é constituído de quitina, um polissacarídeo
nitrogenado​, e nos crustáceos recebe deposições de carbonato de cálcio, tornando-se ainda
mais resistente.
ARTRÓPODES
EQUINODERMOS
Os equinodermos (do grego echinos:espinhos; derma: pele) constituem um grupo de
animais exclusivamente marinhos, dotados de um endoesqueleto (endo = dentro) calcário
muitas vezes provido de espinhos salientes. No equinodermos estão as estrelas-do-mar, os
pepinos-do-mar, os lírios-do-mar e os ouriços-do-mar, entre outros.
Características dos equinodermos:
Uma das características mais marcantes dos equinodermos é a presença de um complexo
sistema de lâminas, canais e válvulas, denominado sistema aquífero ou ambulacrário (do
latim ambulare: caminhar). Este sistema relaciona-se com a locomoção, respiração,
circulação, excreção e até mesmo com a percepção do animal.
Os pés ambulacrais possuem paredes musculares e ampolas que acumulam líquido; as
variações de pressão do líquido no sistema determinam a expansão ou retração dos pés,
fato que culmina com o deslocamento do animal. Quando a pressão do líquido é maior nos
pés, estes ficam mais rígidos, quando a pressão diminui, eles ficam moles - essa diferença
permite o movimento.
EQUINODERMOS
CORDADOS
Os cordados representam o grupo de animais do filo Chordata. São representados por
alguns invertebrados aquáticos e todos os vertebrados: peixes, anfíbios, répteis, aves e
mamíferos.
A característica principal deste filo é que durante a fase embrionária todos apresentam
tubo nervoso dorsal, notocorda, fendas faringianas e cauda pós-anal.
Além disso, são animais triblásticos, enterocelomados, metamerizados, deuterostômios,
com simetria lateral e apresentam sistema digestório completo.
Existem cerca de 45 mil espécies de cordados conhecidas, distribuídas em três
subfilos: Urochordata (Urocordados), Cephalochordata(Cefalocordados) e Craniata ou
Vertebrata.
Os urocordados e cefalocordados não possuem crânio e coluna vertebral, são
invertebrados. Provavelmente, são os cordados mais primitivos e podem ser chamados
de Protocordados (do grego protos, primeiro, primitivo).
Os craniatas são todos os vertebrados e representam cerca de 98% das espécies deste filo.
CORDADOS
QUESTÕES
1-(PUC-RIO 2009)Identifique qual a afirmativa verdadeira quanto às características animais.
A) Todos os vertebrados são cordados.
B) Todos os vertebrados são mamíferos.
D) Os anfíbios e répteis são invertebrados.
D) Os peixes são animais homeotérmicos.
E) As aves são vertebrados, mas não são cordados.
QUESTÕES
2-(UFMG-2006) Analise estas figuras:
A partir dessa análise, é INCORRETO afirmar que a variabilidade genética observada:
A) em II se explica por mutação e recombinação.
B) em I decorre da troca de material genético.
C) em II possibilita a sobrevivência em vários ambientes.
D) em I resulta de um processo de mutação.
QUESTÕES
3. (UEMG-2007) Considere o esquema corporal de um animal representado na ilustração a
seguir:
São características do grupo representado por esse animal, exceto:
A) Ausência de segmentação corpórea.
B) Presença de revestimento formado pelo manto.
C) Tubo digestório incompleto.
D) Sistema circulatório aberto.
GABARITO
1-A
2-B
3-C
Reino Animal

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Embriologia animal
Embriologia animalEmbriologia animal
Embriologia animal
Thiago Benevides
 
Citologia e membrana celular
Citologia e membrana celularCitologia e membrana celular
Citologia e membrana celular
César Milani
 
Sistemática e filogenética
Sistemática e filogenéticaSistemática e filogenética
Sistemática e filogenética
José Nascimento da Silva Júnior
 
Poriferos e cnidarios
Poriferos e cnidariosPoriferos e cnidarios
Poriferos e cnidarios
Thainá Carvalho
 
III.2 Platelmintos e Nematelmintos
III.2 Platelmintos e NematelmintosIII.2 Platelmintos e Nematelmintos
III.2 Platelmintos e Nematelmintos
Rebeca Vale
 
Reino Animal
Reino AnimalReino Animal
Nematelmintos
NematelmintosNematelmintos
Nematelmintos
Gustavo Costa
 
Cordados
CordadosCordados
Cordados
emanuel
 
A célula
A célulaA célula
A célula
Gabriela Bruno
 
Crustáceos slide
Crustáceos slideCrustáceos slide
Crustáceos slide
MarianeSGS
 
Desenvolvimento Embrionário!
Desenvolvimento Embrionário!Desenvolvimento Embrionário!
Desenvolvimento Embrionário!
Rosalia Azambuja
 
Artropodes
ArtropodesArtropodes
Filo dos cordados
Filo dos cordadosFilo dos cordados
Filo dos cordados
Iuri Fretta Wiggers
 
Bacterias e as doenças causadas por elas
Bacterias e as doenças causadas por elasBacterias e as doenças causadas por elas
Bacterias e as doenças causadas por elas
Evandro Batista
 
Embriologia
EmbriologiaEmbriologia
Embriologia
Fabiano Reis
 
Artropodes
ArtropodesArtropodes
Artropodes
marlyrauber
 
[AULA DE REVISÃO] Reino das plantas
[AULA DE REVISÃO] Reino das plantas[AULA DE REVISÃO] Reino das plantas
[AULA DE REVISÃO] Reino das plantas
Ronaldo Santana
 
Evolução dos osteichthyes
Evolução dos osteichthyesEvolução dos osteichthyes
Evolução dos osteichthyes
Katlin Camila Fernandes
 
1 caract. gerais dos cordados
1  caract. gerais dos cordados1  caract. gerais dos cordados
1 caract. gerais dos cordados
Elaine Gabriel
 
Biologia - Artropodes
Biologia - ArtropodesBiologia - Artropodes
Biologia - Artropodes
Estude Mais
 

Mais procurados (20)

Embriologia animal
Embriologia animalEmbriologia animal
Embriologia animal
 
Citologia e membrana celular
Citologia e membrana celularCitologia e membrana celular
Citologia e membrana celular
 
Sistemática e filogenética
Sistemática e filogenéticaSistemática e filogenética
Sistemática e filogenética
 
Poriferos e cnidarios
Poriferos e cnidariosPoriferos e cnidarios
Poriferos e cnidarios
 
III.2 Platelmintos e Nematelmintos
III.2 Platelmintos e NematelmintosIII.2 Platelmintos e Nematelmintos
III.2 Platelmintos e Nematelmintos
 
Reino Animal
Reino AnimalReino Animal
Reino Animal
 
Nematelmintos
NematelmintosNematelmintos
Nematelmintos
 
Cordados
CordadosCordados
Cordados
 
A célula
A célulaA célula
A célula
 
Crustáceos slide
Crustáceos slideCrustáceos slide
Crustáceos slide
 
Desenvolvimento Embrionário!
Desenvolvimento Embrionário!Desenvolvimento Embrionário!
Desenvolvimento Embrionário!
 
Artropodes
ArtropodesArtropodes
Artropodes
 
Filo dos cordados
Filo dos cordadosFilo dos cordados
Filo dos cordados
 
Bacterias e as doenças causadas por elas
Bacterias e as doenças causadas por elasBacterias e as doenças causadas por elas
Bacterias e as doenças causadas por elas
 
Embriologia
EmbriologiaEmbriologia
Embriologia
 
Artropodes
ArtropodesArtropodes
Artropodes
 
[AULA DE REVISÃO] Reino das plantas
[AULA DE REVISÃO] Reino das plantas[AULA DE REVISÃO] Reino das plantas
[AULA DE REVISÃO] Reino das plantas
 
Evolução dos osteichthyes
Evolução dos osteichthyesEvolução dos osteichthyes
Evolução dos osteichthyes
 
1 caract. gerais dos cordados
1  caract. gerais dos cordados1  caract. gerais dos cordados
1 caract. gerais dos cordados
 
Biologia - Artropodes
Biologia - ArtropodesBiologia - Artropodes
Biologia - Artropodes
 

Semelhante a Reino Animal

Reino Animalia
Reino Animalia Reino Animalia
Reino Animalia
Rita Galrito
 
Animais 110913184501-phpapp02
Animais 110913184501-phpapp02Animais 110913184501-phpapp02
Animais 110913184501-phpapp02
Ferrari Ferrari
 
Animais
AnimaisAnimais
Animais
wagneripo
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
Iuri Fretta Wiggers
 
Animais
AnimaisAnimais
Animais
wagneripo
 
Poriferos
PoriferosPoriferos
Poriferos
Raquel Freiry
 
Moluscos caracteristicas gerais
Moluscos   caracteristicas geraisMoluscos   caracteristicas gerais
Moluscos caracteristicas gerais
Ronalld Sabino
 
Artópodes e Equinodermos
Artópodes e EquinodermosArtópodes e Equinodermos
Artópodes e Equinodermos
Naira Silva
 
7a série organismos invertebrados
7a série   organismos invertebrados7a série   organismos invertebrados
7a série organismos invertebrados
SESI 422 - Americana
 
Zoologia dos invertebrados
Zoologia dos invertebradosZoologia dos invertebrados
Zoologia dos invertebrados
paulogrillo
 
Invertebrados
InvertebradosInvertebrados
Invertebrados
SESI 422 - Americana
 
Características Gerais dos Animais - Estudo Nerd
Características Gerais dos Animais - Estudo NerdCaracterísticas Gerais dos Animais - Estudo Nerd
Características Gerais dos Animais - Estudo Nerd
EstudoNerd
 
AULA ANIMAIS.pptx
AULA ANIMAIS.pptxAULA ANIMAIS.pptx
AULA ANIMAIS.pptx
GabrielGomes556466
 
Cnidárioso1
Cnidárioso1Cnidárioso1
Cnidárioso1
Cleilda Moreira
 
Os invertebrados
Os invertebradosOs invertebrados
Os invertebrados
EvertonAlvesdeMelo
 
Os Invertebrados
Os InvertebradosOs Invertebrados
Os Invertebrados
EvertonAlvesdeMelo
 
artropodes 2021(1).pptx
artropodes 2021(1).pptxartropodes 2021(1).pptx
artropodes 2021(1).pptx
CauGabrielMackSouto2
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
FILOS PORIFERAS E CNIDÁRIO - ESTRUTURA CORPORAL
FILOS PORIFERAS E CNIDÁRIO - ESTRUTURA CORPORALFILOS PORIFERAS E CNIDÁRIO - ESTRUTURA CORPORAL
FILOS PORIFERAS E CNIDÁRIO - ESTRUTURA CORPORAL
LaianaLessaTeixeiraP
 
Características gerais dos seres vivos
Características gerais dos seres vivosCaracterísticas gerais dos seres vivos
Características gerais dos seres vivos
Alessandra Miranda
 

Semelhante a Reino Animal (20)

Reino Animalia
Reino Animalia Reino Animalia
Reino Animalia
 
Animais 110913184501-phpapp02
Animais 110913184501-phpapp02Animais 110913184501-phpapp02
Animais 110913184501-phpapp02
 
Animais
AnimaisAnimais
Animais
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
 
Animais
AnimaisAnimais
Animais
 
Poriferos
PoriferosPoriferos
Poriferos
 
Moluscos caracteristicas gerais
Moluscos   caracteristicas geraisMoluscos   caracteristicas gerais
Moluscos caracteristicas gerais
 
Artópodes e Equinodermos
Artópodes e EquinodermosArtópodes e Equinodermos
Artópodes e Equinodermos
 
7a série organismos invertebrados
7a série   organismos invertebrados7a série   organismos invertebrados
7a série organismos invertebrados
 
Zoologia dos invertebrados
Zoologia dos invertebradosZoologia dos invertebrados
Zoologia dos invertebrados
 
Invertebrados
InvertebradosInvertebrados
Invertebrados
 
Características Gerais dos Animais - Estudo Nerd
Características Gerais dos Animais - Estudo NerdCaracterísticas Gerais dos Animais - Estudo Nerd
Características Gerais dos Animais - Estudo Nerd
 
AULA ANIMAIS.pptx
AULA ANIMAIS.pptxAULA ANIMAIS.pptx
AULA ANIMAIS.pptx
 
Cnidárioso1
Cnidárioso1Cnidárioso1
Cnidárioso1
 
Os invertebrados
Os invertebradosOs invertebrados
Os invertebrados
 
Os Invertebrados
Os InvertebradosOs Invertebrados
Os Invertebrados
 
artropodes 2021(1).pptx
artropodes 2021(1).pptxartropodes 2021(1).pptx
artropodes 2021(1).pptx
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
 
FILOS PORIFERAS E CNIDÁRIO - ESTRUTURA CORPORAL
FILOS PORIFERAS E CNIDÁRIO - ESTRUTURA CORPORALFILOS PORIFERAS E CNIDÁRIO - ESTRUTURA CORPORAL
FILOS PORIFERAS E CNIDÁRIO - ESTRUTURA CORPORAL
 
Características gerais dos seres vivos
Características gerais dos seres vivosCaracterísticas gerais dos seres vivos
Características gerais dos seres vivos
 

Reino Animal

  • 1. REINO ANIMAL / METAZOA / ANIMALIA
  • 2. INTRODUÇÃO (O QUE É / PRINCIPAIS CARCTERÍSTICAS) O reino animal é formado por seres que se caracterizam pela significativa sensibilidade e mobilidade. Envolve os seres heterotróficos e aeróbicos desprovidos de celulose e clorofila. Suas principais características: possuem um ativo metabolismo, organização centralizada, meio interno constante, sistema de excreção, crescimento diferencial e diferenciação de camadas no desenvolvimento dos embriões.
  • 3. DIVISÃO É dividido em dois reinos: Protozoários (animais unicelulares) e Metazoários (animais com várias células). • Os Protozoários podem se reproduzir (exemplo: amebas) por simples divisão ou podem apresentar ciclo reprodutivo como os esporozoários. Sendo os animais mais simples os que possuem apenas uma célula (unicelulares), supõe-se que estes tenham derivado todos os outros. Esta grande divisão possui inúmeros representantes vivendo em habitat diversos, podendo viver isoladamente ou em colônias (grupos organizados) que geralmente se multiplicam por bipartição. Alguns protozoários causam doenças graves ao homem e a outros animais. • Os Metazoários compreendem os animais constituídos de grande número de células. Esse grupo é muito complexo, indo desde as esponjas até os animais superiores, que desenvolveram órgãos, aparelhos e sistemas altamente especializados (circulatório, excretor, digestório, nervoso, muscular etc).
  • 4. QUANTIDADES DE ESPÉCIES Biólogos calculam em 1.300.000 o número de espécies animais, sendo que dentro de uma mesma espécie há diferenças entre raças, macho e fêmea e adultos e larvas. Existem aproximadamente 32.000 protozoários; 3.000 espongiários; 9.000 celenterados (corais, medusas, etc.); 7.000 vermes de corpo chato, 3.000 de corpo roliço; 4.800 equinodermos (ouriços do mar, estrelas do mar, etc.); 40.000 moluscos (caramujos, ostras, etc); 6.000 anelídeos (minhocas, sanguessugas, etc.); 25.000 crustáceos (camarões, escorpiões, etc.); 8.000 artrópodes (lacraias, piolhos-de-cobra, etc.), 660.000 insetos (baratas, formigas, gafanhotos, etc.); 15.000 peixes, 1.900 anfíbios (sapos, rãs, etc.); 4.000 répteis (jacarés, cobras, tartarugas, etc.); 25.000 aves e 15.000 mamíferos.
  • 5. CURIOSIDADE - O maior animal vivo é a baleia azul que atinge 30 metros de comprimento.
  • 6. REINO ANIMAL • Pluricelular​ (diferente dos protistas unicelulares) • Eucarionte (diferente das bactérias e arqueias que são procariontes) • Heterótrofo (diferente das plantas) • Sem parede celular (diferente das plantas e fungos) O rato é um exemplo de um animal pluricelular. O tigre é um exemplo de um animal heterótrofo e eucarionte.
  • 7. REPRODUÇÃO Reprodução assexuada: • Brotamento / Gêmulas • Regeneração ou fragmentação • Partenogênese (Telitoquia)
  • 8. REPRODUÇÃO Reprodução sexuada: A reprodução sexuada é uma forma de reprodução que se realiza por meio da fusão de dois tipos de células reprodutoras especializadas chamadas gametas. Nos animais essas células especializadas são o óvulo e o espermatozoide.
  • 9. FECUNDAÇÃO Tipos de fecundação: • Fecundação interna: interior do organismo. Ex.: répteis, aves e mamíferos. • Fecundação externa: fora do organismo. Ex.: anfíbios e peixes. • Fecundação cruzada: troca de gametas. Ex.: minhoca. INTERNA EXTERNA CRUZADA
  • 10. DESENVOLVIMENTOS NOS VERTEBRADOS Tipos de desenvolvimento nos Vertebrados: • Ovíparos​: põem ovos. Ex.: peixes, anfíbios, répteis e aves. • Vivíparos​: embriões dentro da mãe – parto. Ex.: mamíferos. • Ovovivíparos: embriões dentro de ovos dentro da mãe. Ex.: peixes e répteis. OVÍPAROS VIVÍPAROS OVOVIVÍPAROS
  • 11. FILOS DO REINO ANIMAL • Poríferos • Cnidários • Platelmintos • Nematelmintos • Anelídeos • Moluscos Triblásticos • Artrópodes • Equinodermos • Cordados
  • 12. PORÍFEROS Os poríferos, também chamados de esponjas ou espongiários, são animais invertebrados aquáticos e fixos em um substrato. O nome do grupo deve-se pela presença de poros pelo corpo. Características: • Os poríferos são animais filtradores. Eles promovem uma corrente de água que entra pelos poros, passa pelo átrio e sai pelo ósculo. Ao entrar, a água fornece oxigênio e ao sair, carrega dióxido de carbono e resíduos. Assim, ocorre a respiração, através das trocas gasosas por difusão. • A alimentação se dá através de partículas alimentares suspensas na água, como protozoários e algas unicelulares. As partículas absorvidas são capturadas pelos coanócitos, que digere parte das substâncias. A outra parte é digerida pelos amebócitos, sendo posteriormente distribuída a todas as células. • A reprodução dos poríferos pode ser assexuada e sexuada.
  • 14. CANIDÁRIOS Os cnidários, também conhecidos como celenterados, são animais que se reúnem no filo Cnidaria. A maioria dos cnidários é encontrada em ambientes marinhos, e os principais representantes desse grupo são as águas-vivas, as anêmonas-do-mar, os corais e as caravelas. Os cnidários são os primeiros animais a apresentarem uma cavidade digestiva no corpo, fato que gerou o nome celenterado, destacando a importância evolutiva dessa estrutura, que foi mantida nos demais animais. A presença de uma cavidade digestiva permitiu aos animais ingerirem porções maiores de alimento, pois nela o alimento pode ser digerido e reduzido a pedaços menores, antes de ser absorvido pelas células. Com base no aspecto externo do corpo, os cnidários apresentam simetria radial. Eles são os primeiros animais na escala evolutiva a apresentarem tecidos verdadeiros, embora ainda não cheguem a formar órgãos.
  • 16. PLATEOMINTOS Platelmintos (filo Platyhelminthes) são vermes de corpo achatado e de pouca espessura. Na região anterior, correspondente à cabeça, encontram-se estruturas sensoriais. Há diversas espécies de vida livre, que se desenvolvem na água, com poucos centímetros de comprimento, e outras maiores, de meio terrestre úmido. Muitos são parasitas. Classificação dos platelmintos: • Turbellaria – planárias • Trematoda – esquistossomos • Cestoda – tênia
  • 18. ANELÍDEOS Um exemplo é a minhoca. Ela vive em solo úmido, como é, geralmente, o solo fértil que serve como canteiro (de horta ou jardim). A minhoca pertence ao filo dos anelídeos - nome que inclui vermes com o corpo segmentado, dividido em anéis. Os anelídeos compreendem cerca de 15 mil espécies, com representantes que vivem no solo úmido, na água doce e na água salgada. Podem ser parasitas ou de vida livre. Características gerais dos anelídeos: Além da minhoca, existem várias espécies de anelídeos. Podemos citar animais pequenos como a sanguessuga, que pode medir apenas alguns milímetros de comprimento e também animais de grande porte - como o minhocuçu, que atinge dois metros.
  • 20. NEMATELMINTOS Nematelmintos ou nematódeos (filo Nematoda) são vermes cilíndricos, não segmentados, que incluem várias formas de parasitas, como as lombrigas ou Ascaris e os vermes ancilóstomos, causadores do amarelão e da elefantíase. Muitos dos nematelmintos se desenvolvem na água e no solo úmido. Além dos nematelmintos, estes tipos de vermes estão distribuídos ainda entre os anelídeos e os platelmintos. Características dos Nematelmintos: Os nematelmintos possuem uma ampla cavidade cheia de líquido entre o tubo digestivo e a parede corporal. Serve como “esqueleto hidrostático”, que mantém a forma do animal e proporciona alguma sustentação. O líquido que ocupa a cavidade corporal permite a distribuição de várias substâncias, como nutrientes, resíduos e gases.
  • 22. MOLUSCOS TRIBLÁSTICOS Os moluscos são o segundo maior grupo de animais em número de espécies (cerca de 100.000 espécies), sendo suplantado apenas pelos artrópodes. Apresentam uma disparidade morfológica sem comparação dentre os demais filos de animais, reunindo os familiares caracóis (reptantes), ostras e mariscos (sésseis) e lulas e polvos (livre-natantes), assim como formas pouco conhecidas, como os quítons, conchas dente-de-elefante (Scaphopoda) e espécies vermiformes (Caudofoveata e Solenogastres). Os moluscos invadiram quase todos os ambientes; costuma-se dizer que só não há moluscos voando. Ocorrem das fossas abissais até as mais altas montanhas; das geleiras da Antártica até desertos tórridos.
  • 23. MOLUSCOS TRIBLÁSTICOS Os moluscos são animais triblásticos, celomados e protostômios. Apresentam o corpo mole, não segmentado, e com simetria bilateral. A cabeça ocupa posição anterior, onde abre-se a boca, entrada do tubo digestivo. Muitas estruturas sensoriais também localizam-se na cabeça, como os olhos. Sensores químicos também estão presentes nos moluscos e permitem pressentir a aproximação de inimigos naturais, quando o molusco rapidamente fecha sua concha, colocando-se protegido.
  • 24. ARTRÓPODES Artrópodes (filo Arthropoda) são animais dotados de patas articuladas e que possuem esqueleto externo (exoesqueleto) nitidamente segmentado. Entre eles, besouros, borboletas, aranhas, camarão, centopeia e piolho de cobra. Características Gerais: Todos os artrópodes possuem o corpo dotado de vários segmentos e apêndices articulados, como patas e antenas, que possibilita movimentos. Essa é a sua característica diagnóstica (identifica e diferencia os artrópodes dos outros) e que dá o nome ao grupo, do grego arthros: articulação e podos:pés. Além disso, esses invertebrados tem o exoesqueleto que confere rigidez (permite sustentar o corpo) e impermeabilidade (tem uma camada de cera em sua superfície, o que lhe permite viver em locais secos). O exoesqueleto é constituído de quitina, um polissacarídeo nitrogenado​, e nos crustáceos recebe deposições de carbonato de cálcio, tornando-se ainda mais resistente.
  • 26. EQUINODERMOS Os equinodermos (do grego echinos:espinhos; derma: pele) constituem um grupo de animais exclusivamente marinhos, dotados de um endoesqueleto (endo = dentro) calcário muitas vezes provido de espinhos salientes. No equinodermos estão as estrelas-do-mar, os pepinos-do-mar, os lírios-do-mar e os ouriços-do-mar, entre outros. Características dos equinodermos: Uma das características mais marcantes dos equinodermos é a presença de um complexo sistema de lâminas, canais e válvulas, denominado sistema aquífero ou ambulacrário (do latim ambulare: caminhar). Este sistema relaciona-se com a locomoção, respiração, circulação, excreção e até mesmo com a percepção do animal. Os pés ambulacrais possuem paredes musculares e ampolas que acumulam líquido; as variações de pressão do líquido no sistema determinam a expansão ou retração dos pés, fato que culmina com o deslocamento do animal. Quando a pressão do líquido é maior nos pés, estes ficam mais rígidos, quando a pressão diminui, eles ficam moles - essa diferença permite o movimento.
  • 28. CORDADOS Os cordados representam o grupo de animais do filo Chordata. São representados por alguns invertebrados aquáticos e todos os vertebrados: peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos. A característica principal deste filo é que durante a fase embrionária todos apresentam tubo nervoso dorsal, notocorda, fendas faringianas e cauda pós-anal. Além disso, são animais triblásticos, enterocelomados, metamerizados, deuterostômios, com simetria lateral e apresentam sistema digestório completo. Existem cerca de 45 mil espécies de cordados conhecidas, distribuídas em três subfilos: Urochordata (Urocordados), Cephalochordata(Cefalocordados) e Craniata ou Vertebrata. Os urocordados e cefalocordados não possuem crânio e coluna vertebral, são invertebrados. Provavelmente, são os cordados mais primitivos e podem ser chamados de Protocordados (do grego protos, primeiro, primitivo). Os craniatas são todos os vertebrados e representam cerca de 98% das espécies deste filo.
  • 30. QUESTÕES 1-(PUC-RIO 2009)Identifique qual a afirmativa verdadeira quanto às características animais. A) Todos os vertebrados são cordados. B) Todos os vertebrados são mamíferos. D) Os anfíbios e répteis são invertebrados. D) Os peixes são animais homeotérmicos. E) As aves são vertebrados, mas não são cordados.
  • 31. QUESTÕES 2-(UFMG-2006) Analise estas figuras: A partir dessa análise, é INCORRETO afirmar que a variabilidade genética observada: A) em II se explica por mutação e recombinação. B) em I decorre da troca de material genético. C) em II possibilita a sobrevivência em vários ambientes. D) em I resulta de um processo de mutação.
  • 32. QUESTÕES 3. (UEMG-2007) Considere o esquema corporal de um animal representado na ilustração a seguir: São características do grupo representado por esse animal, exceto: A) Ausência de segmentação corpórea. B) Presença de revestimento formado pelo manto. C) Tubo digestório incompleto. D) Sistema circulatório aberto.