SlideShare uma empresa Scribd logo
Região Sudeste
Acadêmicos: Francine Lunardi, Leonardo Machado, Dieslyn
Melo, Charliston, Emanuel Bento
Professor Agostinho Schneiders
• A região Sudeste do Brasil é composta pelos estados de São Paulo, Minas Gerais,
Espírito Santo, Rio de Janeiro. Com a maior população e consequentemente a
maior desigualdade social.
Região Sudeste – Economia
• Muito forte e diversificada;
• A Economia é a maior do país, com maior desenvolvimento desde a época
colonial com a descoberta do ouro em Minas e a necessidade de abastecer a
população com produtos;
• A partir dessa época, como decorrência da corrida do ouro, o espaço do Sudeste
começou a ser ocupado e organizado desordenadamente;
• Crise na década de 30 dos EUA que afetou o café no Brasil dando inicio a
industrialização;
Os fatores da industrialização no Sudeste
• O desenvolvimento industrial na região ocorreu principalmente a partir do século
XX, após o declínio do café;
• Transportes e a integração da Região Sudeste;
• A distribuição da indústria no Sudeste;
• A indústria e os recursos naturais;
População
• A grande quantidade de população se deu a preferência por essa região, entre outros
fatores, deveu-se à necessidade de mão-de-obra para a lavoura e à necessidade de
efetivar-se a colonização do Sul.
• É a mais populosa e urbanizada, abriga mais de 40% da população do Brasil e também a
mais densa;
• Com o alto desenvolvimento econômico nessa região ela foi motivo de migrações de
pessoas de todo o país em busca de melhores condições de vida, formando uma grande
mistura cultural no sudeste.
• Migração de retorno;
• População não é bem distribuída;
• Esse desenvolvimento econômico contribui para os bons indicadores
socioeconômicos da Região, que detém o segundo melhor IDH.
• Porém não está isento de problemas sociais. Existe uma grande desigualdade
social nesses estados, além da violência, desemprego, déficit habitacional;
• Atualmente essa região tem aproximadamente 84,21 hab por Km² e tem uma
mistura de etnias gigantesca por ser o maior polo de comércio do Brasil.
A agricultura
• A agricultura no sudeste tem elevado padrão técnico e produtividade;
• Qualidade do Solo;
• Minas Gerais oferece, além da famosa culinária, uma riqueza histórica que
poucas cidades turísticas no Brasil têm. Cidades históricas como Tiradentes;
• Já no Espírito Santo, o forte do turismo é motivado pelas belezas naturais
encontradas lá. São quase 20 áreas de preservação ambiental, com
incontáveis belezas;
Relevo
• O relevo da região sudeste é marcado pela variedade;
• É, basicamente, quatro relevos que serão encontrado na região;
• Planícies: Terras baixas costeira;
• Planícies (conhecido planalto Atlântico ou oriental);
• Planalto meridional;
O rio São Francisco é o principal rio de Minas
Gerais e um dos mais importantes do Brasil.
Nasce na Serra da Canastra e drena quase
metade da área do estado, incluindo as regiões
central, oeste, noroeste e norte.
Clima
• O Clima muda de acordo com a localidade, ele pode ser:
• Tropical
• Caracterizado altas temperaturas, chuva no verão e seca no inverno (nas baixadas litorâneas do Rio de
Janeiro, norte de Minas Gerais, oeste paulista e no litoral do Espírito Santo).
• Tropical de altitude
• Caracterizado pelas áreas de altitude mais elevadas ou serranas, por causa disso, tem temperaturas mais
frescas.
• Subtropical
• Caracterizado por ter uma boa distribuição de chuvas e por grande amplitudes térmicas (grande
variação de temperatura. Localizada no sul do estado de São Paulo).
• Litorâneo úmido
Clima
• Caracterizado pela influência da massa de ar tropical atlântica (úmida e quente). Só
no inverno, que ocorre a chegada da massa de ar polar atlântica (fria e úmida), que
pode ocasionalmente produzir uma frente fria podendo durar dias ou até mesmo
semanas, principalmente nas regiões do litoral sul e sudeste.
• A região Sudeste está localizada entre os paralelos 14º e 25º de latitude sul, desta
forma a maior parte das suas terras fica na zona tropical. O relevo influencia muito
nas diferenças de temperatura e na quantidade de chuvas dessa região.
• Percebe-se também, que o clima tem ligações diretas com relevo e vegetação. Por
causa do relevo temos diferentes climas, e por causa dos climas, temos diferentes
formas de vegetação e uma biodiversidade de espécies (plantas e animais).
Vegetação
• A maior parte da vegetação dessa região é formada pela Mata Atlântica, uma
vegetação tropical, com espécies de alto porte devido o alto índice de umidade, mas
pouco se resta dessa vegetação, sendo a mais devastada no Brasil, seus
remanescentes encontram-se em unidades de conservação. Assim como a
diversidade de flora, a fauna da Mata Atlântica é diversa. Em algumas áreas de
Minas Gerais encontram-se vegetações de cerrado, com aparência de vegetação
morta na época seca, mas voltam as tonalidades verdes com a chuva.
• Mata ciliar é a formação vegetal localizada nas margens dos córregos, lagos, represas
e nascentes. Também é conhecida como mata de galeria, mata de várzea, vegetação
ou floresta ripária.
Turismo
• É altamente interligado com as áreas econômicas e culturais.
• É responsável por grande parte das atividades econômicas da região.
• O Rio de Janeiro, com o carnaval mundialmente famoso, Além das praias, outras belezas naturais
como o Pão de Açúcar e o grande monumento “Cristo Redentor” são pontos certos no roteiro
turístico do estado. Uma curiosidade é que a estátua do Cristo Redentor, uma das sete maravilhas
do mundo moderno, foi idealizada pela primeira vez em 1859, mas a ideia só foi virar realmente
projeto em 1921, quando se faziam os preparativos para a festa do centenário da independência.
• São Paulo, pelo grande potencial urbano de hotéis e entretenimento que tem;
• Minas, pelo valor histórico de suas cidades e Espírito Santo, com suas praias e belezas naturais
formam uma região quase imbatível no turismo brasileiro.
Região Sudeste do Brasil
Região Sudeste do Brasil

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Geografia Do Brasil RegiõEs
Geografia Do Brasil   RegiõEsGeografia Do Brasil   RegiõEs
Geografia Do Brasil RegiõEs
Mateus Silva
 
INDUSTRIALIZAÇÃO E URBANIZAÇÃO BRASILEIRA
INDUSTRIALIZAÇÃO E URBANIZAÇÃO BRASILEIRAINDUSTRIALIZAÇÃO E URBANIZAÇÃO BRASILEIRA
INDUSTRIALIZAÇÃO E URBANIZAÇÃO BRASILEIRA
Bruno Lima
 
População brasileira
População brasileiraPopulação brasileira
População brasileira
Prof. Francesco Torres
 
America do sul.revisão.
America do sul.revisão.America do sul.revisão.
America do sul.revisão.
Camila Brito
 
Continente americano
Continente americanoContinente americano
Continente americano
André Luiz Marques
 
Aula de hidrografia do brasil
Aula de hidrografia do brasilAula de hidrografia do brasil
Aula de hidrografia do brasil
Professor
 
Os fluxos migratórios
Os fluxos migratóriosOs fluxos migratórios
Os fluxos migratórios
Jane Mary Lima Castro
 
Urbanização
UrbanizaçãoUrbanização
Geografia da População
Geografia da PopulaçãoGeografia da População
Geografia da População
Eduardo Mendes
 
O continente americano completo
O continente americano  completoO continente americano  completo
O continente americano completo
Camila Brito
 
Relevo Brasileiro
 Relevo Brasileiro Relevo Brasileiro
Relevo Brasileiro
Stéfano Silveira
 
Regiao Nordeste
Regiao NordesteRegiao Nordeste
Regiao Nordeste
Walquiria Dutra
 
O Território Brasileiro
O Território BrasileiroO Território Brasileiro
O Território Brasileiro
André Luiz Marques
 
Populaçao mundial
Populaçao mundialPopulaçao mundial
Populaçao mundial
Prof.Paulo/geografia
 
America latina
America latina America latina
America latina
Christie Freitas
 
Formação Territorial Do Brasil
Formação Territorial Do BrasilFormação Territorial Do Brasil
Formação Territorial Do Brasil
Luciano Pessanha
 
Região nordeste
Região nordesteRegião nordeste
Região nordeste
Edvaldo S. Júnior
 
Região centro oeste
Região centro oesteRegião centro oeste
Região centro oeste
Prof. Francesco Torres
 
Brasil – domínios morfoclimáticos
Brasil – domínios morfoclimáticosBrasil – domínios morfoclimáticos
Brasil – domínios morfoclimáticos
Professor
 
Clima e vegetação
Clima e vegetaçãoClima e vegetação
Clima e vegetação
Salageo Cristina
 

Mais procurados (20)

Geografia Do Brasil RegiõEs
Geografia Do Brasil   RegiõEsGeografia Do Brasil   RegiõEs
Geografia Do Brasil RegiõEs
 
INDUSTRIALIZAÇÃO E URBANIZAÇÃO BRASILEIRA
INDUSTRIALIZAÇÃO E URBANIZAÇÃO BRASILEIRAINDUSTRIALIZAÇÃO E URBANIZAÇÃO BRASILEIRA
INDUSTRIALIZAÇÃO E URBANIZAÇÃO BRASILEIRA
 
População brasileira
População brasileiraPopulação brasileira
População brasileira
 
America do sul.revisão.
America do sul.revisão.America do sul.revisão.
America do sul.revisão.
 
Continente americano
Continente americanoContinente americano
Continente americano
 
Aula de hidrografia do brasil
Aula de hidrografia do brasilAula de hidrografia do brasil
Aula de hidrografia do brasil
 
Os fluxos migratórios
Os fluxos migratóriosOs fluxos migratórios
Os fluxos migratórios
 
Urbanização
UrbanizaçãoUrbanização
Urbanização
 
Geografia da População
Geografia da PopulaçãoGeografia da População
Geografia da População
 
O continente americano completo
O continente americano  completoO continente americano  completo
O continente americano completo
 
Relevo Brasileiro
 Relevo Brasileiro Relevo Brasileiro
Relevo Brasileiro
 
Regiao Nordeste
Regiao NordesteRegiao Nordeste
Regiao Nordeste
 
O Território Brasileiro
O Território BrasileiroO Território Brasileiro
O Território Brasileiro
 
Populaçao mundial
Populaçao mundialPopulaçao mundial
Populaçao mundial
 
America latina
America latina America latina
America latina
 
Formação Territorial Do Brasil
Formação Territorial Do BrasilFormação Territorial Do Brasil
Formação Territorial Do Brasil
 
Região nordeste
Região nordesteRegião nordeste
Região nordeste
 
Região centro oeste
Região centro oesteRegião centro oeste
Região centro oeste
 
Brasil – domínios morfoclimáticos
Brasil – domínios morfoclimáticosBrasil – domínios morfoclimáticos
Brasil – domínios morfoclimáticos
 
Clima e vegetação
Clima e vegetaçãoClima e vegetação
Clima e vegetação
 

Semelhante a Região Sudeste do Brasil

As regiões
As regiõesAs regiões
As regiões
ZONIVALDO
 
Nordeste
NordesteNordeste
Nordeste
Camila Brito
 
Nordeste.
Nordeste.Nordeste.
Nordeste.
Camila Brito
 
Região Nordeste.
Região Nordeste.Região Nordeste.
Região Nordeste.
Camila Brito
 
Os complexos regionais brasileiros
Os complexos regionais brasileirosOs complexos regionais brasileiros
Os complexos regionais brasileiros
Claudio Henrique Ramos Sales
 
Os Complexos Regionais
Os Complexos RegionaisOs Complexos Regionais
Os Complexos Regionais
Claudio Henrique Ramos Sales
 
Região sudeste do brasil
Região sudeste do brasilRegião sudeste do brasil
Região sudeste do brasil
Erika Renata
 
Unidade 8 7º ano
Unidade 8 7º anoUnidade 8 7º ano
Unidade 8 7º ano
Christie Freitas
 
Mata Atlântica - Biomas
Mata Atlântica - BiomasMata Atlântica - Biomas
Mata Atlântica - Biomas
Beatriz Monteiro
 
ApresentaçãO Hg 7
ApresentaçãO Hg 7ApresentaçãO Hg 7
ApresentaçãO Hg 7
veroleal
 
Regiao Sudeste
Regiao SudesteRegiao Sudeste
Regiao Sudeste
Walquiria Dutra
 
Modulo 14 - O Complexo Centro-Sul
Modulo 14 - O Complexo Centro-SulModulo 14 - O Complexo Centro-Sul
Modulo 14 - O Complexo Centro-Sul
Claudio Henrique Ramos Sales
 
Região sudeste do Brasil.pptx
Região sudeste do Brasil.pptxRegião sudeste do Brasil.pptx
Região sudeste do Brasil.pptx
Ricardo Diniz campos
 
REGIÃO SUDESTE
REGIÃO SUDESTEREGIÃO SUDESTE
REGIÃO SUDESTE
Michelle Mariana
 
45 152-1-pb
45 152-1-pb45 152-1-pb
45 152-1-pb
Fouad Paracat
 
Região centro-oeste Prof. Tiago Marinho
Região centro-oeste Prof. Tiago MarinhoRegião centro-oeste Prof. Tiago Marinho
Região centro-oeste Prof. Tiago Marinho
Tiago Marinho
 
Cap. 9 - O nordeste
Cap. 9 - O nordesteCap. 9 - O nordeste
Cap. 9 - O nordeste
Acácio Netto
 
Regionalização do brasil
Regionalização do brasilRegionalização do brasil
Regionalização do brasil
Rosemildo Lima
 
Seca e corrupção
Seca e corrupçãoSeca e corrupção
Seca e corrupção
CIRINEU COSTA
 
Resumo norte
Resumo norteResumo norte
Resumo norte
CBM
 

Semelhante a Região Sudeste do Brasil (20)

As regiões
As regiõesAs regiões
As regiões
 
Nordeste
NordesteNordeste
Nordeste
 
Nordeste.
Nordeste.Nordeste.
Nordeste.
 
Região Nordeste.
Região Nordeste.Região Nordeste.
Região Nordeste.
 
Os complexos regionais brasileiros
Os complexos regionais brasileirosOs complexos regionais brasileiros
Os complexos regionais brasileiros
 
Os Complexos Regionais
Os Complexos RegionaisOs Complexos Regionais
Os Complexos Regionais
 
Região sudeste do brasil
Região sudeste do brasilRegião sudeste do brasil
Região sudeste do brasil
 
Unidade 8 7º ano
Unidade 8 7º anoUnidade 8 7º ano
Unidade 8 7º ano
 
Mata Atlântica - Biomas
Mata Atlântica - BiomasMata Atlântica - Biomas
Mata Atlântica - Biomas
 
ApresentaçãO Hg 7
ApresentaçãO Hg 7ApresentaçãO Hg 7
ApresentaçãO Hg 7
 
Regiao Sudeste
Regiao SudesteRegiao Sudeste
Regiao Sudeste
 
Modulo 14 - O Complexo Centro-Sul
Modulo 14 - O Complexo Centro-SulModulo 14 - O Complexo Centro-Sul
Modulo 14 - O Complexo Centro-Sul
 
Região sudeste do Brasil.pptx
Região sudeste do Brasil.pptxRegião sudeste do Brasil.pptx
Região sudeste do Brasil.pptx
 
REGIÃO SUDESTE
REGIÃO SUDESTEREGIÃO SUDESTE
REGIÃO SUDESTE
 
45 152-1-pb
45 152-1-pb45 152-1-pb
45 152-1-pb
 
Região centro-oeste Prof. Tiago Marinho
Região centro-oeste Prof. Tiago MarinhoRegião centro-oeste Prof. Tiago Marinho
Região centro-oeste Prof. Tiago Marinho
 
Cap. 9 - O nordeste
Cap. 9 - O nordesteCap. 9 - O nordeste
Cap. 9 - O nordeste
 
Regionalização do brasil
Regionalização do brasilRegionalização do brasil
Regionalização do brasil
 
Seca e corrupção
Seca e corrupçãoSeca e corrupção
Seca e corrupção
 
Resumo norte
Resumo norteResumo norte
Resumo norte
 

Mais de Francine Lunardi - GRADUAÇÃO

Aspectos Sociais e Culturais de Santa Catarina divididos por Mesorregiões
Aspectos Sociais e Culturais de Santa Catarina divididos por MesorregiõesAspectos Sociais e Culturais de Santa Catarina divididos por Mesorregiões
Aspectos Sociais e Culturais de Santa Catarina divididos por Mesorregiões
Francine Lunardi - GRADUAÇÃO
 
RACHA CUCA BIOMAS BRASILEIROS
RACHA CUCA BIOMAS BRASILEIROSRACHA CUCA BIOMAS BRASILEIROS
RACHA CUCA BIOMAS BRASILEIROS
Francine Lunardi - GRADUAÇÃO
 
Relação Familia e Escola e Aprendizagem de Crianças e Adolescentes
Relação Familia e Escola e Aprendizagem de Crianças e AdolescentesRelação Familia e Escola e Aprendizagem de Crianças e Adolescentes
Relação Familia e Escola e Aprendizagem de Crianças e Adolescentes
Francine Lunardi - GRADUAÇÃO
 
Processo de Desertificação
Processo de DesertificaçãoProcesso de Desertificação
Processo de Desertificação
Francine Lunardi - GRADUAÇÃO
 
Aspectos Sociais e Culturais de Santa Catarina divididos por Mesoregiões
Aspectos Sociais e Culturais de Santa Catarina divididos por MesoregiõesAspectos Sociais e Culturais de Santa Catarina divididos por Mesoregiões
Aspectos Sociais e Culturais de Santa Catarina divididos por Mesoregiões
Francine Lunardi - GRADUAÇÃO
 
Antonio Chistofoletti
Antonio ChistofolettiAntonio Chistofoletti
Antonio Chistofoletti
Francine Lunardi - GRADUAÇÃO
 
Análise de Solo Cambissolo realizado no município de Nova Veneza
 Análise de Solo Cambissolo realizado no município de Nova Veneza Análise de Solo Cambissolo realizado no município de Nova Veneza
Análise de Solo Cambissolo realizado no município de Nova Veneza
Francine Lunardi - GRADUAÇÃO
 
Senso comum e Conhecimento Empírico
Senso comum e Conhecimento EmpíricoSenso comum e Conhecimento Empírico
Senso comum e Conhecimento Empírico
Francine Lunardi - GRADUAÇÃO
 
Contribuição dos Gregos para Geografia
Contribuição dos Gregos para GeografiaContribuição dos Gregos para Geografia
Contribuição dos Gregos para Geografia
Francine Lunardi - GRADUAÇÃO
 
Efeitos dos Terremotos - Geológicos, sociais, economicos
Efeitos dos Terremotos - Geológicos, sociais, economicosEfeitos dos Terremotos - Geológicos, sociais, economicos
Efeitos dos Terremotos - Geológicos, sociais, economicos
Francine Lunardi - GRADUAÇÃO
 

Mais de Francine Lunardi - GRADUAÇÃO (10)

Aspectos Sociais e Culturais de Santa Catarina divididos por Mesorregiões
Aspectos Sociais e Culturais de Santa Catarina divididos por MesorregiõesAspectos Sociais e Culturais de Santa Catarina divididos por Mesorregiões
Aspectos Sociais e Culturais de Santa Catarina divididos por Mesorregiões
 
RACHA CUCA BIOMAS BRASILEIROS
RACHA CUCA BIOMAS BRASILEIROSRACHA CUCA BIOMAS BRASILEIROS
RACHA CUCA BIOMAS BRASILEIROS
 
Relação Familia e Escola e Aprendizagem de Crianças e Adolescentes
Relação Familia e Escola e Aprendizagem de Crianças e AdolescentesRelação Familia e Escola e Aprendizagem de Crianças e Adolescentes
Relação Familia e Escola e Aprendizagem de Crianças e Adolescentes
 
Processo de Desertificação
Processo de DesertificaçãoProcesso de Desertificação
Processo de Desertificação
 
Aspectos Sociais e Culturais de Santa Catarina divididos por Mesoregiões
Aspectos Sociais e Culturais de Santa Catarina divididos por MesoregiõesAspectos Sociais e Culturais de Santa Catarina divididos por Mesoregiões
Aspectos Sociais e Culturais de Santa Catarina divididos por Mesoregiões
 
Antonio Chistofoletti
Antonio ChistofolettiAntonio Chistofoletti
Antonio Chistofoletti
 
Análise de Solo Cambissolo realizado no município de Nova Veneza
 Análise de Solo Cambissolo realizado no município de Nova Veneza Análise de Solo Cambissolo realizado no município de Nova Veneza
Análise de Solo Cambissolo realizado no município de Nova Veneza
 
Senso comum e Conhecimento Empírico
Senso comum e Conhecimento EmpíricoSenso comum e Conhecimento Empírico
Senso comum e Conhecimento Empírico
 
Contribuição dos Gregos para Geografia
Contribuição dos Gregos para GeografiaContribuição dos Gregos para Geografia
Contribuição dos Gregos para Geografia
 
Efeitos dos Terremotos - Geológicos, sociais, economicos
Efeitos dos Terremotos - Geológicos, sociais, economicosEfeitos dos Terremotos - Geológicos, sociais, economicos
Efeitos dos Terremotos - Geológicos, sociais, economicos
 

Último

Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
representações gráficas que apresentam dados climáticos climogramas .pdf
representações gráficas que apresentam dados climáticos climogramas .pdfrepresentações gráficas que apresentam dados climáticos climogramas .pdf
representações gráficas que apresentam dados climáticos climogramas .pdf
EVERALDODEOLIVEIRA2
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
Apresentação de Manejo do solo - Slides.pptx
Apresentação de Manejo do solo - Slides.pptxApresentação de Manejo do solo - Slides.pptx
Apresentação de Manejo do solo - Slides.pptx
Geagra UFG
 
CAMELOS E DROMEDÁRIOS, MARAVILHAS DE DEUS
CAMELOS E DROMEDÁRIOS, MARAVILHAS DE DEUSCAMELOS E DROMEDÁRIOS, MARAVILHAS DE DEUS
CAMELOS E DROMEDÁRIOS, MARAVILHAS DE DEUS
ESCRIBA DE CRISTO
 

Último (9)

Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 
representações gráficas que apresentam dados climáticos climogramas .pdf
representações gráficas que apresentam dados climáticos climogramas .pdfrepresentações gráficas que apresentam dados climáticos climogramas .pdf
representações gráficas que apresentam dados climáticos climogramas .pdf
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 
Apresentação de Manejo do solo - Slides.pptx
Apresentação de Manejo do solo - Slides.pptxApresentação de Manejo do solo - Slides.pptx
Apresentação de Manejo do solo - Slides.pptx
 
CAMELOS E DROMEDÁRIOS, MARAVILHAS DE DEUS
CAMELOS E DROMEDÁRIOS, MARAVILHAS DE DEUSCAMELOS E DROMEDÁRIOS, MARAVILHAS DE DEUS
CAMELOS E DROMEDÁRIOS, MARAVILHAS DE DEUS
 

Região Sudeste do Brasil

  • 1. Região Sudeste Acadêmicos: Francine Lunardi, Leonardo Machado, Dieslyn Melo, Charliston, Emanuel Bento Professor Agostinho Schneiders
  • 2. • A região Sudeste do Brasil é composta pelos estados de São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro. Com a maior população e consequentemente a maior desigualdade social.
  • 3. Região Sudeste – Economia • Muito forte e diversificada; • A Economia é a maior do país, com maior desenvolvimento desde a época colonial com a descoberta do ouro em Minas e a necessidade de abastecer a população com produtos; • A partir dessa época, como decorrência da corrida do ouro, o espaço do Sudeste começou a ser ocupado e organizado desordenadamente; • Crise na década de 30 dos EUA que afetou o café no Brasil dando inicio a industrialização;
  • 4.
  • 5. Os fatores da industrialização no Sudeste • O desenvolvimento industrial na região ocorreu principalmente a partir do século XX, após o declínio do café; • Transportes e a integração da Região Sudeste; • A distribuição da indústria no Sudeste; • A indústria e os recursos naturais;
  • 7. • A grande quantidade de população se deu a preferência por essa região, entre outros fatores, deveu-se à necessidade de mão-de-obra para a lavoura e à necessidade de efetivar-se a colonização do Sul. • É a mais populosa e urbanizada, abriga mais de 40% da população do Brasil e também a mais densa; • Com o alto desenvolvimento econômico nessa região ela foi motivo de migrações de pessoas de todo o país em busca de melhores condições de vida, formando uma grande mistura cultural no sudeste. • Migração de retorno; • População não é bem distribuída;
  • 8. • Esse desenvolvimento econômico contribui para os bons indicadores socioeconômicos da Região, que detém o segundo melhor IDH. • Porém não está isento de problemas sociais. Existe uma grande desigualdade social nesses estados, além da violência, desemprego, déficit habitacional; • Atualmente essa região tem aproximadamente 84,21 hab por Km² e tem uma mistura de etnias gigantesca por ser o maior polo de comércio do Brasil.
  • 9. A agricultura • A agricultura no sudeste tem elevado padrão técnico e produtividade; • Qualidade do Solo;
  • 10. • Minas Gerais oferece, além da famosa culinária, uma riqueza histórica que poucas cidades turísticas no Brasil têm. Cidades históricas como Tiradentes; • Já no Espírito Santo, o forte do turismo é motivado pelas belezas naturais encontradas lá. São quase 20 áreas de preservação ambiental, com incontáveis belezas;
  • 11. Relevo • O relevo da região sudeste é marcado pela variedade; • É, basicamente, quatro relevos que serão encontrado na região; • Planícies: Terras baixas costeira; • Planícies (conhecido planalto Atlântico ou oriental); • Planalto meridional;
  • 12. O rio São Francisco é o principal rio de Minas Gerais e um dos mais importantes do Brasil. Nasce na Serra da Canastra e drena quase metade da área do estado, incluindo as regiões central, oeste, noroeste e norte.
  • 13.
  • 14. Clima • O Clima muda de acordo com a localidade, ele pode ser: • Tropical • Caracterizado altas temperaturas, chuva no verão e seca no inverno (nas baixadas litorâneas do Rio de Janeiro, norte de Minas Gerais, oeste paulista e no litoral do Espírito Santo). • Tropical de altitude • Caracterizado pelas áreas de altitude mais elevadas ou serranas, por causa disso, tem temperaturas mais frescas. • Subtropical • Caracterizado por ter uma boa distribuição de chuvas e por grande amplitudes térmicas (grande variação de temperatura. Localizada no sul do estado de São Paulo). • Litorâneo úmido
  • 15. Clima • Caracterizado pela influência da massa de ar tropical atlântica (úmida e quente). Só no inverno, que ocorre a chegada da massa de ar polar atlântica (fria e úmida), que pode ocasionalmente produzir uma frente fria podendo durar dias ou até mesmo semanas, principalmente nas regiões do litoral sul e sudeste. • A região Sudeste está localizada entre os paralelos 14º e 25º de latitude sul, desta forma a maior parte das suas terras fica na zona tropical. O relevo influencia muito nas diferenças de temperatura e na quantidade de chuvas dessa região. • Percebe-se também, que o clima tem ligações diretas com relevo e vegetação. Por causa do relevo temos diferentes climas, e por causa dos climas, temos diferentes formas de vegetação e uma biodiversidade de espécies (plantas e animais).
  • 16. Vegetação • A maior parte da vegetação dessa região é formada pela Mata Atlântica, uma vegetação tropical, com espécies de alto porte devido o alto índice de umidade, mas pouco se resta dessa vegetação, sendo a mais devastada no Brasil, seus remanescentes encontram-se em unidades de conservação. Assim como a diversidade de flora, a fauna da Mata Atlântica é diversa. Em algumas áreas de Minas Gerais encontram-se vegetações de cerrado, com aparência de vegetação morta na época seca, mas voltam as tonalidades verdes com a chuva. • Mata ciliar é a formação vegetal localizada nas margens dos córregos, lagos, represas e nascentes. Também é conhecida como mata de galeria, mata de várzea, vegetação ou floresta ripária.
  • 17.
  • 18. Turismo • É altamente interligado com as áreas econômicas e culturais. • É responsável por grande parte das atividades econômicas da região. • O Rio de Janeiro, com o carnaval mundialmente famoso, Além das praias, outras belezas naturais como o Pão de Açúcar e o grande monumento “Cristo Redentor” são pontos certos no roteiro turístico do estado. Uma curiosidade é que a estátua do Cristo Redentor, uma das sete maravilhas do mundo moderno, foi idealizada pela primeira vez em 1859, mas a ideia só foi virar realmente projeto em 1921, quando se faziam os preparativos para a festa do centenário da independência. • São Paulo, pelo grande potencial urbano de hotéis e entretenimento que tem; • Minas, pelo valor histórico de suas cidades e Espírito Santo, com suas praias e belezas naturais formam uma região quase imbatível no turismo brasileiro.