SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 80
Baixar para ler offline
ANO VII • Nº XXIV • SET./OUT. de 2013

1
2
Prezados amigos, leitores e clientes,
É com grande satisfação que apresentamos a nova Revista Acontece
Leste, edição especial do aniversário
de São Miguel, que marca o nosso retorno nesse segmento de revistas.
Estamos com um novo visual , design
arrojado e projeto gráfico moderno
seguindo as tendências do mercado
europeu.
Em respeito aos nossos seguidores, deixamos de produzir a revista
por algumas edições, devido à
reestruturação interna, até que pudéssemos fazer as mudanças necessárias na equipe, tendo o cuidado
para selecionar pessoas com comprometimento e profissionalismo.
Produzimos esta edição com um
carinho todo especial, pois assumimos
o compromisso de fazer a cobertura
completa da Festa de São Miguel e
mostrar toda a sua força cultural e
organizacional. Esta revista poderá
servir de documento para o pedido
de enquadramento desse grande
evento regional na Lei Federal de Incentivo à Cultura, conhecida também
por Lei Rouanet, a partir de 2014.
Nesta edição da Revista Acontece
Leste, destacamos os principais acontecimentos da Festa, que neste ano
teve uma organização primorosa, um
novo formato e novos locais. E finalizamos a edição com ótimas entrevistas com o ator Gianecchini e com o
diretor da Nitro Química, reportagem
sobre o Programa de Corredores Metropolitanos da EMTU, além de outras.
Enfim, uma revista agradável de
ler e de ver, que será guardada por
milhares de pessoas como uma verdadeira relíquia. Tenha uma excelente leitura e até a próxima edição que
está prevista para dezembro.

Divaldo Rosa

Diretor Executivo
divaldorosa@ig.com

3
38

COLÔNIA JAPONESA
FOI UM ESPETÁCULO À
PARTE NOS FESTEJOS

32

LIKA ROSA DÁ UM
SHOW DE RITMOS E
ESBANJA TALENTO

58

48

UM MANDATO A
SERVIÇO DA ZONA
LESTE

DESFILE CÍVICOMILITAR RETORNA
PARA A
TRADICIONAL
MARECHAL TITO

60
FILHOS: ELES
MUDAM POR
COMPLETO A
ESTRUTURA
DO LAR

4

52

MISSA NA CATEDRAL
MARCA O ENCERRAMENTO DA FESTA

72

REYNALDO
GIANECCHINI: O
HOMEM QUE SABE
SE REINVENTAR

NOSSA CAPA
Cacique Pajé Laguna da
Aldéia Índigena Kariboka

"São Miguel berço de São Paulo, patrimônio do Brasil" ............ 6
Aniversário de São Miguel mostra a
força cultural da região ......................................................................... 10
São Miguel presta homenagem a seleto
grupo de pioneiros do bairro ............................................................. 14
Torneio de Judô Jovens do Brasil ...................................................... 16
Circo Teatro Palombar leva a plateia ao
mundo da magia e diversão ............................................................... 18
Casa de Cultura agita a plateia com show
de forró e dança do ventre .................................................................. 22
"Pintando na Praça" traz arte gratuita
no "Aquário das Artes" .......................................................................... 24
Senhoras & senhores o espetáculo vai começar ........................ 26
SLAM da Guilhermina promove campeonato
de poesia ao ar livre ............................................................................... 29
Lika Rosa dá um show de ritmos e esbanja talento .................. 32

Unicsul promove o “Dia da Responsabilidade Social” ............. 34
Colônia Japonesa foi um espetáculo à parte nos Festejos .... 38
São Miguel ganha ensaio fotográfico com 391 fotos .............. 42
Quando o justo governa, o povo é abençoado .......................... 44
Desfile Cívico-Militar retorna para a
tradicional Marechal Tito ...................................................................... 46
Missa na Catedral marca o encerramento da Festa .................. 52
Revista Acontece Leste vai à Nitro Química! ................................ 56
Um mandato a serviço da Zona Leste ............................................ 58
Filhos: eles mudam por completo a estrutura do lar ............... 60
Espaço Mais Planejados inaugura em sua 3ª mega loja ......... 62
Programa de Corredores Metropolitanos da EMTU
vai transformar o sistema de transporte público ......................... 66
EcoUrbis e São Miguel lado a lado .................................................. 70
Reynaldo Gianecchini: o homem que sabe se reinventar ....... 72
Focada na Grande Zona Leste

5

O Grupo Acontece de Jornais e
Revista, formado pelos jornais:
Acontece Agora, Folha do Itaim,
Jornal de Ermelino&Ponte Rasa,
Jornal de Guaianás&Cidade
Tiradentes e a Revista Acontece
Leste já distribuiu gratuitamente
mais de 20 milhões de exemplares
desde a fundação do Jornal
Acontece Agora em 1993

Bairros com grande concentração de distribuição.
Bairros com boa concentração de distribuição.
Bairros com média distribuição em locais pré estabelecidos.

Nosso site: www.aconteceleste.com.br

Diretor Executivo e Editor: Divaldo Rosa
MTb: 42488 - divaldorosa@ig.com.br
Administrativo e Financeiro: Ademir Rodrigues
Criação e Editoração: Sergio Avante
Jornalista: Silmara Galvão
Fotos: Eduardo Rocha e Bruno Rosa
Comercial: Adriana Sena, Ariane Andrade
e Eduardo Rocha
Revisora: Suseli Corumba Rosa
Distribuição: Mega Multi Promoções e Eventos
Tiragem: 30.000 exemplares comprovados
Área de Circulação: Zona Leste SP

“Defesa da verdade e dos interesses da Zona Leste”

Central de atendimento: 2031-2364 e 2513-0928
Redação e Comercial: raleste@gmail.com
Nosso site: www.aconteceleste.com.br
Sede Própria: Av. dos Guachos, 166 - Vila Curuça
CEP 08030-360 - São Paulo - SP
Importante: A Revista Acontece Leste não mantém vínculos
empregatícios com nenhum de seus colaboradores relacionados neste expediente e nem autoriza permutas de anúncios,
com exceção daqueles autorizados pelo Diretor Executivo.

Um veículo do Grupo Acontece de Jornais e Revista
"São Miguel, berço de São

6

o final de semana dos
dias 21 e 22 de setembro, São Miguel foi palco
de um grande show artístico, onde aconteceram diversas atrações culturais com
entretenimento para toda a população
de São Miguel e bairros adjacentes.
Com um formato novo, a festa
este ano trouxe um contexto diferenciado, até no passado os festejos eram
realizados em todos os finais de semana do mês de setembro, porém
este ano os eventos foram concentrados em apenas um final de semana e
o local escolhido para palco do aniversário foi a Praça Fortunato da
Silveira (conhecida Praça do
Morumbizinho), lembrando que houve participação da sociedade em votação direta para esta mudança.

"Pintando na Praça",
workshop de pintura,
apresentações de Grupos
Musicais: nos estilos
MPB, Reggae, Hip-Hop,
Jazz, Samba Rock, Pop
Rock, Dança Japonesa,
Dança do Ventre,
Capoeira, Teatro de
Animação, Teatro de Rua,
Dança Afro, Show dos
meninos de Skates,
Sarau, recitações de
poesias, Ballet Infantil,
evento literário ao ar livre,
concurso de poetas e
diversos outros eventos.
Em um sábado ensolarado todos
puderam contemplar uma festa bastante tradicional, com gastronomia
(nacional e internacional), teatro,
shows, danças típicas, artesanatos,
esporte, literatura, oficinas culturais,
Paulo, patrimônio do Brasil"

7
workshops e exposições. Entre as programações aconteceram: o dia da Responsabilidade Social na Universidade
Cruzeiro do Sul, exposições dos 10
Artistas "Pintando na Praça",
workshop de pintura, apresentações
de Grupos Musicais: nos estilos MPB,
Reggae, Hip-Hop, Jazz, Samba Rock,
Pop Rock, Dança Japonesa, Dança do
Ventre, Capoeira, Teatro de Animação,
Teatro de Rua, Dança Afro, Show dos
meninos de Skates, Sarau, recitações
de poesias, Ballet Infantil, evento literário ao ar livre, concurso de poetas e
diversos outros eventos.

8

"Estamos felizes em realizar uma
festa com tamanha grandeza, em minha opinião tudo foi um sucesso, tivemos um público bastante familiar, sem
ocorrências, tudo ocorreu na mais perfeita ordem. Na minha avaliação foi
uma festa muito bonita à altura da população de São Miguel e o melhor:
com a participação de todos", disse o
subprefeito Aldo Antunes.
A Chefe de Gabinete da
subprefeitura Célia Assumpção exerceu um papel de grande relevância na
organização da Festa, ela foi o canal
de ligação entre o governo Haddad, a
comunidade organizada de São Miguel
e a Coordenação dos Festejos: "A experiência é minha e também do nosso
subprefeito e deste governo que
constrói o processo democrático, nós
respondemos em conjunto, somos os

representantes do prefeito Fernando
Haddad na região de São Miguel. O
meu sonho é ver a região crescer e se
desenvolver no sentido da geração de

emprego e renda para aqueles que ainda não conseguiram melhorar a sua
qualidade de vida", diz Célia
Assumpção.
As pessoas que passaram pela festa na Praça do Morumbizinho gostaram das mudanças e de todas as inovações. No final de semana, a festa
atraiu cerca de 10 mil pessoas. O gerente da Nitro Química e Coordenador da Festa de São Miguel, Marcos
Romanoski, se diz satisfeito com o resultado: "A festa foi um grande sucesso, conseguimos reunir toda a sociedade de São Miguel; tivemos a participação de todos, foi uma festa bastante familiar, foram muitas atividades
culturais, público de todas as idades.
Evidentemente de um ano para o outro a tendência é sempre melhorar,

esta primeira festa unificada foi um
grande sucesso, tenho certeza de que
as próximas serão cada vez melhor, parabenizo o bairro pelos seus 391 anos
e também deixo aqui meus parabéns
a todos aqueles que contribuíram para
o desenvolvimento da festa. Além do
evento, nós estamos mostrando o lado
do senso de união da parte pública e
privada. Tivemos uma festa que foi um
marco histórico e isto só foi possível
com a ajuda de todos".
Marcando presença também nos
festejos de São Miguel, o superintendente da Associação Comercial
Distrital de São Miguel, Fernando
Velucci, acompanhou a entrega dos
brindes, onde foram sorteados bicicle-

tas, celulares,
tablets, e
outros.
"Eu adorei acompanhar
cada detalhe da
festa, me
diverti
muito,
mais uma
vez a região está ganhando com todos estes eventos, estamos todos de
parabéns. Eu me sinto muito feliz pelo
empenho de todos para com o bairro", finaliza ele.

9
Aniversário de São Miguel mo
mpenhados em fazer o melhor pela festa de São Miguel,
a organização do evento não
deixou a desejar, entre diversas atrações, todas incluíram
entretenimento para a população, deu para observar que por onde
os convidados passavam tinha conexão com cultura, arte, educação, lazer,
gastronomia, etc..
Um dos organizadores da festa foi
o produtor cultural e jornalista Ivanildo
Lima Santos. Em entrevista à revista
Acontece Leste, Ivanildo afirmou que
há trez anos os organizadores tentavam criar esta festa unificada, porém
só agora teve o resultado, "a festa foi
realizada a partir da participação da

10

população, do trabalho exaustivo das
comissões, e do apoio logístico da
Subprefeitura de São Miguel e das

empresas que patrocinaram todo o
evento", explica ele.
Com o sucesso da festa e os elogios
dos moradores e participantes do evento, o jornalista se diz feliz e realizado com
o resultado. "Estou muito feliz por poder
colaborar e contribuir para a cena cultural que o nosso bairro merece, nós moradores merecemos o melhor em nossa região. Cultura no sentido mais amplo da
palavra não quer dizer apenas expressões
ou apresentações artísticas. Ela está relacionada a toda manifestação humana,
então para realizar projetos realmente
culturais aqui em São Miguel primeiro eles
precisam ser pensados para que haja
integração entre o público, poderes e instituições das mais diversas.
stra a força cultural da região
Com relação à ausência é por causa
dessa falta de articulação cultural, não
é que nós não temos produção, temos
uma produção superinteressante e intensa. Temos até uma associação dos
artistas plásticos, já tivemos e ainda temos aqui no nosso bairro movimentos
de arte popular, tem teatros que foram
fundados recentemente como o Maurício Alves, tem teatro da universidade
Cruzeiro do Sul e outros espaços.
Só que precisamos de uma grande
articulação de todos os atores envolvidos da sociedade pra que haja intervenções e ações realmente culturais
além das questões de apresentações de
espetáculos e música, todas as expressões cabem dentro da cultura, mas pre-

cisam ser sempre realizadas por todo
conjunto da sociedade", explica ele.
Outro membro ativo da Comissão

dos Festejos foi o jornalista Idevanir Arcanjo que teve sob sua responsabilidade partes importantes da organização cultural da festa. "Para mim foi um
grande prazer poder participar desta
nova fase da Festa de São Miguel. Apesar das dificuldades de última hora que
quase inviabilizaram a Festa, seguimos
em frente, nos ajustamos para atender às exigências de segurança e o resultado foi a melhor Festa de Aniversário de São Miguel, dos últimos anos.
Estamos todos nós de parabéns.", conclui o jornalista.
Nas páginas a seguir veja detalhes
marcantes dos melhores acontecimentos destes 391 anos de São Miguel
Paulista.

11
12
13
São Miguel presta homenagem a

14

homenagem aos pioneiros do
bairro é um evento tradicional
que ocorre dentro do Calendário Oficial da Festa de Aniversário de São Miguel.
Neste ano a solenidade teve
início às 20h, na Catedral de São
Miguel Arcanjo, localizada na Praça
Padre Aleixo Monteiro Mafra e tem por
objetivo homenagear pessoas simples
ou personalidades que se destacaram
no meio político ou empresarial, que
deixaram a sua marca pelos relevantes
serviços de interesse público, prestados a toda comunidade.
Nesta noite solene, estiveram presen-

tes o Subprefeito Aldo Antunes e o anfitrião Dom Manuel Parrado Carral, Bispo

O evento teve início com a
execução do Hino
Nacional e, logo após, o
mestre de cerimônia pediu
para os convidados
selecionados tomarem
assentos à frente do altar.
da Diocese de São Miguel; Diácono Rogério Arcanjo de Matos, representando
o Padre Geraldo Antônio Rodrigues, Pá-

roco da Catedral Diocesana de São
Miguel; Célia Assumpção, chefe de gabinete da subprefeitura de São Miguel; 1º
Tenente Jorge do 29º Batalhão da Polícia
Militar; Sr. Hassan Ibrahim Saleh, Presidente da Associação Islâmica de São
Miguel Paulista; além de personalidades
do bairro como Marcos Romanoski, gerente da Nitroquimica; e Fernando
Velucci, superintendente da Associação
Comercial Distrital de São Miguel.
O evento teve início com a execução do Hino Nacional e, logo após, o
mestre de cerimônia pediu para os convidados selecionados tomarem assentos à frente do altar.
seleto grupo de pioneiros do bairro
Homenageados

Em seguida foram chamados os Pioneiros homenageados: Sr. Antônio Carlos
Seixas de Sousa, Sr. Denjiro Toda, Sr. Hilário
Labatuchoa, Pe. Jan Jacobus Hendrik
Croimans, Sr. Mohamed Ibrahim, Sr.
Victorio Joaquim Piassi. E para receberem
a homenagem póstuma ao Sr. Henrique
Rodrigues Peres e ao Sr. Olegário Batatinha
dos Santos, foram convidados Sr. José
Parziale Rodrigues e Adnéia Batatinha dos
Santos, respectivamente.
Na medida em que os 08 homenageados eram chamados para receber a justa premiação, foi apresentado um breve
currículo onde relatava a trajetória de vida
de cada um, conforme segue ao lado:

Sousa,
Antônio Carlos Seixas de Sousa
nasceu no Estado do Rio de Janeiro, é
casado e tem dois filhos. No ano de
1964 mudou-se para a cidade de São
Paulo e graduou-se em engenharia civil pela universidade de Mogi das Cruzes. Engenheiro concursado pela
PMSP e homenageado pela
subprefeitura de São Miguel.
Toda,
Denjiro Toda imigrante japonês,
nascido na província de Koti Ken em
1931, chegou ao Brasil com apenas
dois anos de idade. No ano de 1958,
casou-se e mudou-se para o bairro de
São Miguel, onde passou a trabalhar
como representante comercial. É participante ativo da Associação Cultural
Nikkey de São Miguel e do Itaim
Paulista, federação Sakura, Ipê do Brasil e outras. Em 2013 completou 80
anos vivendo no Brasil, dos quais 65
anos no bairro de São Miguel Paulista.
Hilário Labatuchoa nasceu em São
Paulo, convocado a servir o Exército
Brasileiro, permaneceu na ativa por
quase 10 anos, atingindo a patente de
Capitão do Exército. Formou-se em administração de empresas pela UNICID.
É condecorado e premiado por inúmeras medalhas de Honra ao Mérito
como: Medalha Governador Pedro de
Toledo, Medalha do Constitucionalista,
Medalha O Patriarca da Independência, e membro de varias associações,
dentre elas: OSAC - Overseas Security
Advisory Council- USA.
Jan Jacobus Hendrik Croimans
nasceu no ano de 1938, na cidade de
Opoetem, Bélgica. Em 1950, aos 12
anos de idade, fez sua primeira comunhão. Em 1951, começou seus estudos vocacionais entrando para o seminário Sint Truidem. Formou-se em
teologia pela Universidade Católica de
Lovaina. Em 1963 é ordenado sacerdote e em 1966 chega ao Brasil na
cidade de São Paulo, onde assume
como Pároco na Igreja de Santo Antonio da Vila Ré.

Mohamed Ibrahim Saleh nasceu na
cidade de Majdel Anjar, Vale do Bekká,
no Líbano. Em 1953, aos vinte anos,
imigra para o Brasil. Desempenha
ações na sociedade Islâmica do bairro,
promovendo e divulgando a língua
árabe, a religião e a cultura na entidade Islâmica e Associações Brasileiras.
Victorio Joaquim Piassi, filho de imiPiassi
grantes italianos, nasceu na cidade de
Boa Esperança, São Paulo, em 1926.
Começou a trabalhar aos 14, em 1946
mudou-se para São Miguel e foi funcionário da Nitro Química por muitos anos.
No ano de 1947 casou-se com Joana,
com quem teve três filhos. Durante sua
vida no bairro dedicou grande parte de
seu tempo em ações sociais de ajuda às
pessoas em ocasiões de enchentes, criou
a primeira A.A (Associação Antialcoólica)
do bairro de São Miguel.
Henrique Rodrigues Peres (Homenagem Póstuma) nasceu no ano de
1908, filho de imigrantes espanhóis,
escolheu para morar o bairro de São
Miguel. A família foi proprietária de um
bar e uma pousada que atendia aos
trabalhadores da Nitro Química. Casado com Maria Parziale, foi pai de três
filhos. Participou da fundação do
Rotary Clube de São Miguel, e também das atividades sociais do Clube
Regatas Nitro Química. Faleceu em 30
de setembro de 1967.
Olegário Batatinha dos Santos (Homenagem Póstuma) nasceu em Igaratá
, no estado da Bahia. No ano de 1930
migrou-se para São Paulo. Em 1948,
escolheu para morar o bairro de São
Miguel Paulista, de imediato empregase na Nitro Química. Casou-se com Darcy
Helena, com quem teve quatros filhos,
netos e dois bisnetos. Faleceu em 1993.
Após as homenagens, o
subprefeito Aldo Antunes agradeceu
a presença dos convidados e todos
puderam assistir à apresentação da
Camerata do Corpo Musical da Polícia
Militar do Estado de São Paulo.

15
Torneio de Judô Jovens do Brasil
ando continuidade aos eventos comemorativos dos 391
anos de São Miguel, entre
cultura, lazer, saúde e entretenimento, chega o momento do esporte. Para abrir
as comemorações dos festejos, no
domingo (22), foi realizado o torneio de
Judô. O evento ocorreu no Ginásio
Poliesportivo da Universidade Cruzeiro
do Sul, onde cerca de 300 judocas participaram do 1º Torneio de Judô Jovens
do Brasil. A maioria dos participantes
eram crianças e pré-adolescentes com
faixa etária entre 04 e 16 anos. Segundo os organizadores do evento, o objetivo é passar para os convidados a necessidade do esporte no dia-a-dia do cidadão e possibilitar a integração dos atletas com todos da região. Muito emocionada com a presença da sobrinha no torneio, Claudia Ferreira admite que é fã
desta arte marcial, "nunca tive a oportunidade de ver pessoalmente minha
sobrinha lutando, a não ser em vídeos.
Achei bem bacana, espero que tenha
outros torneios aqui em São Miguel para
que eu possa acompanhar". O Torneio
foi realizado pela ONG Jovens do Brasil
sob a coordenação de Renato Marques
e mestres: Sandro, Vagner e Jefferson e
contou com apresentação do Grupo de
Taiko Tenryuu Wadaiko.

17
Circo Teatro Palombar leva a plate

18
18

grupo de Circo Teatro
Palombar fez a alegria da
Festa de São Miguel com sua
apresentação, pra lá de engraçada. O grupo conseguiu
agitar toda a plateia, arrancou
por diversas vezes gargalhadas de todos os convidados que assistiram à peça
teatral no aniversário de São Miguel.
Durante a apresentação, os artistas
utilizaram-se de uma narrativa divertida e envolvente para contar um pouco
da história do circo, por meio de cenas
que mesclam teatro, acrobacias,
pirofagia, malabarismo, entre outras
técnicas para contar as aventuras da
Trupe.
O grupo teatral teve um papel fundamental na festa do bairro de São
Miguel, "era fazer diversão... cá
ia ao mundo da magia e diversão
estamos nós (risos), nossa região é carente de cultura e de bons entretenimentos; este é o primeiro ano que fomos convidados pela organização da
Festa de São Miguel para participar da
festa do bairro, estamos felizes e bastante realizados, desejamos que São
Miguel cresça mais e mais", comentam
os artistas do espetáculo Marcelo Nobre e Rafael Garcia.
O grupo Circo Teatro Palombar nasceu em 2012 no bairro Cidade
Tiradentes, a partir de um processo de
formação continuado, iniciado em
2005 pelo Instituto Pombas Urbanas,
com o objetivo de promover o ato de
brincar por meio de atividades circenses na infância e adolescência.
Formou-se então um núcleo artístico com crianças e adolescentes que experimentaram o circo de uma forma

Nossa região é carente
de cultura e de bons
entretenimentos; este é
o primeiro ano que
fomos convidados pela
organização da Festa
de São Miguel para
participar da festa do
bairro, estamos felizes e
bastante realizados,
desejamos que São
Miguel cresça mais e
mais", comentam os
artistas do espetáculo
Marcelo Nobre e
Rafael Garcia.

lúdica, coletiva e numa cultura de paz.
Eis que as crianças cresceram e a proposta do "Somos do Circo" já não conseguia abarcar os seus sonhos, nascendo assim o projeto "Nós na Lona - Elos
da Tradição", que recebeu o Prêmio
Funarte, Carequinha 2011, com uma
proposta de formação integrada entre
teoria e prática, no sentido de uma formação de multiplicadores desse processo na comunidade.
Em 2013, com o projeto "Uma Arriscada Trama de Picadeiro e Asfalto",
o Grupo de Circo Teatro Palombar é
contemplado pelo Programa VAI - Valorização de Iniciativas Culturais, da Secretaria Municipal de Cultural.
O projeto prevê as apresentações do
espetáculo nos seguintes locais: Parque
do Rodeio, Parque do Carmo, Parque
Ecológico do Tietê e Parque Ibirapuera.

19
20
21
Casa de Cultura agita a plateia com
Mesmo com um calor de 40 graus
não faltou público para assistir a bela
apresentação da banda de forró "Naves do Forró" que agitou a galera e fez
todos os convidados dançarem ao som
de um ritmo contagiante.

22

E para o delírio dos marmanjos de
plantão, as meninas do grupo de dança árabe da Casa de Cultura não deixa-
show de forró e dança do ventre
ram a desejar com a brilhante apresentação de dança do ventre.
Na opinião da família Balchina, a
Festa foi muito animada. "Participo
dessas festividades há muito tempo,
não perco um ano. As festas que eles
fazem são muito boas. Tem muita alegria, comida típica, diversão, uma comemoração muito bonita para as famílias de São Miguel. Os organizadores
estão de parabéns".

23

A professora de dança da Casa de
Cultura de São Miguel Andressa demonstrou a sua emoção ao falar da Festa. "Todos os anos nós da casa de cultura participamos do bairro, com esta
nova localidade eu acho que a festa
expandiu bem, temos mais espaços
para divulgar os trabalhos artísticos de
várias regiões. Eu desejo para São
Miguel tudo de melhor, que nós possamos ter muita evolução e que a região ganhe ainda mais cultura".
Um dos maiores atrativos da Festa
na Praça do Morumbizinho foram as
barracas com comidas e doces árabes.
"Sempre que chega o mês de setembro, fico superansiosa pra participar da
festa árabe, pois adoro os doces dessa
cultura, provo todos e ainda levo pra
casa pra comer no dia seguinte. Pena
que o bairro faz aniversário apenas uma
vez por ano (risos)", finalizou a estudante Dandará Tavares.
"Pintando na Praça" traz arte

24

O Pintando na Praça é uma atividade ao ar livre de iniciativa dos artistas
plásticos da região que pertencem à
Associação dos Artistas Plásticos de São
Miguel. Durante o evento sob uma tenda, os artistas colocaram à disposição
telas e tintas para os visitantes soltarem
sua imaginação com auxílio técnico dos
profissionais. A programação faz parte
dos festejos de aniversário do bairro de
São Miguel.
Quadros foram expostos durante a
festa e os visitantes tinham o prazer
de ver as obras de arte produzidas pelos artistas e com isto interagir com as
pinturas. Os 10 Artistas plásticos da
região descobriram o local ideal para
exporem suas obras, a antiga base de
segurança da Guarda Civil Metropolitana que fica na praça em frente à
Unicsul foi transformada em uma galeria de artes, o espaço foi nomeado

como "Aquário das Artes".
Segundo a artista plástica Adinéia
Batatinha, tudo foi de muito bom gosto e o espaço dedicado melhor ainda.
"Este ano tivemos uma maravilhosa
experiência que foi de concentrar todos em um só lugar, e para nós do Pintando na Praça foi ótimo, tivemos um
espaço para expor nossas obras, o Aquário das Artes, o qual acredito que a
cada ano ficará melhor. Agora nossa
expectativa será pleitear este espaço (risos); quero que aqui seja o espaço oficial para expor nossas artes".
Na opinião do casal Cristiano Souza
e a namorada Abida da Silva, a festa
dos 391 anos de São Miguel estava linda e num lugar perfeito. "Diante de
uma tarde tão bela, este maravilhoso
sol contribuiu para o dia ser mais lindo
ainda, achamos bem bacana a festa este
ano ser unificada e, o melhor, bem per-

Artista plástica Adinéia Batatinha

to da universidade. Estava tudo perfeito, muita comida boa, as apresentações
foram muito legais, espero que todo
ano seja assim. Este tipo de evento faz
com que os jovens se despertem ainda
mais para a cultura".
gratuita no "Aquário das Artes"

25
Senhoras & senhores o
Núcleo Cênico Projeto BaZar apresenta "Chapeuzinhos Coloridos"
Encantando a todos com a peça
"Chapeuzinhos Coloridos", o Núcleo
Cênico Projeto Bazar fez uma bela apresentação teatral com versão adaptada
e bem humorada do conto tradicional
Chapeuzinho Vermelho.
De uma forma bastante descontraída, o grupo teatral por diversos momentos da peça fez toda a plateia cair em
uma gostosa gargalhada.
O projeto reúne literatura, música e
teatro, tudo em apenas um espetáculo. A ideia é inovar, trazendo ao público histórias de livros, poesias e textos

26

que não foram dramatizados para o
palco em forma de espetáculos.
"Temos um trabalho de sete anos,
nós já trabalhamos com José Roberto
Torero que é o autor do nosso primeiro espetáculo; ele também é autor dessa peça Chapeuzinhos Coloridos que
apresentamos aqui no aniversário de
São Miguel. É uma peça infantil que
agrada muito os adultos devido às
temáticas que acontecem no meio
dela", explica a atriz Áurea Karpor.
No ano de 2001, um grupo de pessoas decidiu se reunir para juntos for-

talecerem seus trabalhos artísticos.
Eram atores, artistas plásticos, músicos, artesãos, que, em parceria, realizaram no ano seguinte um Bazar para
arrecadar fundos e fomentar a continuidade dos seus trabalhos. O BaZar
deu certo e o que acontecia na casa
de um dos participantes, no bairro do
Tatuapé, na região da Zona Leste de
São Paulo, passou a ser realizado em
diversos outros lugares da cidade. O
grupo que organizou o BaZar precisava de um nome, então se autodenominaram Projeto BaZar.
espetáculo vai começar
"Desejamos que São Miguel cresça,
se desenvolva e tenha mais cultura, que
a infraestrutura melhore, porque como
em todos os bairros periféricos, temos que

lutar sempre. São Miguel merece todas
as melhorias que possam dar mais qualidade de vida aos moradores desse grande bairro", conclui a atriz Áurea Karpor.

27
28
SLAM da Guilhermina promove
campeonato de poesia ao ar livre

29

Marcando presença nos festejos de
São Miguel, totalmente despojados e
com um astral contagiante, o grupo
Slam da Guilhermina foi uma das maiores atrações para os jovens convidados do evento.
Trazendo cultura e descontração
para os jovens, Slam da Guilhermina é
uma batalha de poesias, onde reúne
artistas que criam e recitam poesias das
mais diferentes adaptações.

A ideia é elaborar eventos
literários ao ar livre, que tem
como proposta reunir poetas,
M.C's e público para vivenciar
a palavra de uma forma
lúdica.
A apresentação do grupo
se inicia com o Recital Livre e
em seguida a Batalha de Poesias. Todos podem participar,
mas para competir é necessário trazer três textos autorais
e sem acompanhamento musical. O
vencedor ganha uma pilha de livros,
CDs e DVDs. Um dos destaques da apresentação do grupo no aniversário de
São Miguel foi a elaboração de um campeonato, no qual bastava o convidado
ter o entusiasmo de subir ao palco e
recitar sua poesia.
"Nossa arte atinge as pessoas da
periferia, como Cidade Tiradentes, São
Miguel e Itaim Paulista, entre outras
localidades aqui da zona leste. Então
essa galera que curte Hip-Hop e poesias está sempre conosco. Nós queremos

propagar a poesia e o encontro de pessoas, então cada poeta que se apresenta manifesta aquilo que está pensando. Fazemos uma competição aberta e
sempre deixamos livre o tema para não
interferir na arte do poeta. Atualmente
temos quatro pessoas em nosso grupo
contando com a organização", explica
o integrante do grupo Emerson Alcalde.
Slam da Guilhermina é uma batalha
de poesias que acontece toda última
sexta-feira de cada mês ao lado do
Metrô Guilhermina-Esperança, do lado
esquerdo ao sair da catraca.
30
31
32

Lika Rosa
dá um
show
de ritmos
e esbanja
talento
Ela dançou, interpretou, cantou e
encantou a todos...a musicista, atriz e
compositora Lika Rosa, 27 anos, segundo os convidados foi uma das melhores apresentações artísticas dos festejos de São Miguel.
"Estou deslumbrado com o show
dela, a Lika mandou muitíssimo bem,
tem ótima performance no palco, faz
coisas incríveis com a própria voz, de
todas as apresentações podemos dizer que ela, sem exagero, foi a melhor
parte da festa", afirma a estudante
de arquitetura Karina Solano.
Com uma atuação totalmente inovada, Lika Rosa apresentou no palco
uma mistura de ideias entre as batidas
ritmadas da música brasileira, interpretada com performance corporal e um
roteiro cênico interagido com o público durante o espetáculo musical e ao
vivo (vocais, cordas, teclado, bateria
eletrônica e percussão).
Lika Rosa se apresenta nos Saraus
da cidade de São Paulo em versões
acústicas com interpretação e Shows

com sua Banda em movimentação cênica. O CD Lançado, intitulado
Movi...mento, contém 13 faixas permitindo que se escolham poesias ou
músicas com os estilos diversificados.
O Projeto tem parceria com a Associação Periferia Invisível, que tem
mais de três anos de experiência na
multiplicação cultural desenvolvendo
projetos independentes. Em breve lançarão os próximos Clipes, eles já atingiram mais de 40.000 acessos nos Clipes lançados anteriormente, destacando-se a música "Pega-Pega", com a
participação do poeta e ator Emerson
Alcalde, entre outras. Lika também fez
parte da Comissão Organizadora dos
Festejos de São Miguel, segundo a atriz
a festa este ano foi bem diferente e a
proposta era inovar.
"A ideia era fazer a diferença, contemplar todos os artistas, os jovens,
adolescentes, crianças, e eu pude ajudar na parte da organização, fizemos
a programação, fui coordenadora do
desfile de São Miguel. A proposta era

inovar e conseguimos superar nossa
expectativa", ela acrescentou ainda
que a união fez toda a diferença,
"Achei bacana a ideia de poder unir a
comunidade, transformar tudo em um
só lugar, saber um pouco mais sobre
cada cultura que temos aqui em São
Miguel, foram mais de 650 artistas e
200 programações, tudo feito com
muito amor".
Nascida e criada na região Leste, a
artista Lika Rosa deseja que São Miguel
e todos os outros bairros tenham um
processo de desenvolvimento que proporcione maiores e melhores condições para toda a sociedade.
"Desejo a evolução de São Miguel,
que a comunidade junto com o poder
público possa construir um lugar melhor para viver, onde possamos buscar
e encontrar soluções para os problemas comuns. Sou artista e desejo que
todos os artistas possam aqui em São
Miguel sentir orgulho de ser artista
daqui e de ser reconhecido em sua região", finaliza a artista.

33
Universidade Cruzeiro do Sul promove

34

Com participação ativa na festa de
São Miguel a Universidade Cruzeiro
do Sul ofereceu para os convidados o
"Dia da Responsabilidade Social" e
durante todo o dia (21) a universidade ficou de portas abertas para atendimento vip em vários setores destinados à população em geral.
Durante o evento, os convidados
puderam participar de atividades gratuitas cujo intuito era fornecer à comunidade atendimentos, serviços
úteis e preventivos. As atividades foram promovidas pelos cursos das áreas de Ciências Administrativas, Negócios, Biológicas, Saúde, Humanas,
Sociais e Exatas.
Na área de Saúde foram feitas:
Avaliação de gasto energético e massa muscular com orientação sobre
exercícios físicos; Avaliação de índice
de massa corporal e orientação para
alimentação saudável; Avaliação e orientação postural; Orientação sobre
saúde bucal e escovação; Medição de

pressão arterial e teste de glicemia;
Orientação do papel do farmacêutico
e o uso de remédios; e Orientação geral sobre saúde de cães e gatos.

As atividades foram
promovidas pelos cursos
das áreas de Ciências
Administrativas,
Negócios, Biológicas,
Saúde, Humanas,
Sociais e Exatas.
No Jurídico e Social, a Instituição
ofereceu: Atendimento jurídico à comunidade; Orientação ao abrigo e
adoção de pessoas; Orientação
socioassistencial sobre programas de
transferência de renda.
No setor de Educação e Comunicação houve orientações sobre: Arte
e educação inclusiva; Coordenação
motora, criatividade e expressão; Desenho criativo e produção de Fanzine;

Dra. Janice Valia de Los Santos

Orientação psicológica sobre sexualidade; Orientação vocacional e relação
família-escola.
Em Ciências, Arquitetura, Engenharias e Informática, as atividades
foram voltadas para: Orientação de
aproveitamento dos espaços interio-
o “Dia da Responsabilidade Social”
res do imóvel; Como aperfeiçoar a
construção e reforma de imóveis;
Plantão de dúvidas com o Dr.
Informática; Mostra de Ciências; Técnicas de tratamento da água para o
uso doméstico; Pequenos reparos em
eletrodomésticos.
Feliz com a data, a Pró-reitora de
Extensão e Assuntos Comunitários
Professora Dra. Janice Valia de Los
Santos diz que a Universidade Cruzeiro do Sul com o bairro de São Miguel
foi um casamento que deu certo.
"Foi uma casualidade muito feliz
nós termos a comemoração do aniversário de São Miguel e o Dia da Responsabilidade Social aqui na universidade, então nós só temos que agradecer a São Miguel por todo este desenvolvimento da região e por ter nos
deixado crescer também. Estamos
hoje todos em festa pelos 391 anos
do nosso bairro".

35
Colônia Japonesa foi um espetáculo
Uma das tradicionais apresentações no aniversário de São Miguel são
as danças originárias do Japão, elaboradas por membros da colônia Japonesa de São Miguel. Danças e comidas típicas do país oriental sempre
foram um dos destaques da Festa de
Aniversário do bairro.

38

Com o ronco do
tambor do Taiko e
com a leveza do
Engueibu a colônia
japonesa mantém
a magnitude da
festa de São Miguel
a cada ano.
Durante a festa, japonesas e descendentes vestindo elegantes trajes típicos e homens com roupas de
samurai mostraram diversas danças
tradicionais, entre elas: a Dança do
Guarda-chuva, na qual se misturam
gestos suaves e vigorosos acompanhados pelos sons dos guizos presos
nos guarda-chuvas.
à parte nos Festejos de São Miguel

39

Danças e
comidas
típicas do
país oriental
sempre foram
um dos
destaques
da Festa de
Aniversário
do bairro.
Com trajes típicos e ao som da
música japonesa, os grupos de dança

fizeram brilhantes apresentações de
músicas, performances artísticas e exibição de Taiko. Todos realizados através da Associação Cultural e
Desportiva Nikkey de São Miguel
Paulista.
O TAIKO TENRYUU WADAIKO está
em São Miguel Paulista há anos. Com o
apoio da Associação Brasileira de Taiko,
foi criado o grupo de taiko Tenryuu
Wadaiko (dragão celestial), com pouco
mais de 5 integrantes (crianças de origem oriental, incentivadas por familiares a divulgarem esta milenar cultura de
seus ancestrais). Hoje o grupo é composto por mais de 25 jovens, com idades variando entre 10 e 24 anos.
Aliando cultura, tradição, disciplina, respeito e princípios de colaboração e retribuição entre os povos - a
miscigenação de raças tão iminentes
no Brasil também pode ser vista neste grupo.
Os treinos, realizados na sede da
Associação Nikkey de São Miguel
Paulista, são feitos duas vezes por semana.
"A festa estava ótima, com a colaboração de todos da comunidade a

40

festa foi um sucesso. Como já se esperava, o resultado foi satisfatório
para todos, estou muito feliz por fazer parte de mais um aniversário de
São Miguel. O nosso bairro merece
isto e muito mais", disse o presidente
da Associação Nikkei de São Miguel,
Yoshishigue Mikan. As barracas foram
distribuídas pela praça do Morumbizinho onde vendiam pratos típicos
como tempurá, yakissoba, doces japoneses e outras especialidades.
Com trajes típicos e ao som da
música japonesa, os grupos de
dança fizeram brilhantes
apresentações de músicas,
performances artísticas e exibição
de Taiko. Todos realizados através
da Associação Cultural e Desportiva
Nikkey de São Miguel Paulista.

41
São Miguel ganha ensaio
fotográfico com 391 fotos

42

Para abrilhantar ainda mais os festejos de São Miguel, o autor Carlos
Alberto Prata da Silva, com um olhar
poético, teve o lançamento de seu livro "São Miguel Paulista 391 anos, 391
fotos", na noite de 26, no auditório
da Universidade Cruzeiro do Sul.
O livro registra por meio de um excelente ensaio fotográfico todo o espetáculo histórico do bairro de São
Miguel, sendo patrocinado exclusivamente pela empresa Nitro Química.
O evento reuniu personalidades da
sociedade Miguelense para contar a
história de São Miguel através de imagens coletadas por diversos profissionais de comunicação do bairro como:
jornalistas, blogueiros, historiadores,
personagens, entre outros.
Segundo Carlos Alberto, a ideia era
mostrar através de fotos o patrimônio
cultural, religioso e histórico do bairro
de São Miguel e suas características de
cidade interiorana preservadas mesmo
com o passar dos anos.
Uma de suas maiores motivações
para dar início a um sonho antigo de

registrar um livro fotográfico sobre o
bairro surgiu no momento em que ele
percebeu a necessidade de mostrar aos
jovens moradores a herança que possuem em sua região.
"Muitos jovens desconhecem o
patrimônio rico que possuímos, a ideia
é que o livro seja uma biografia de São

Miguel e sirva de guia turístico para
que todos conheçam, valorizem e se
encantem ainda mais com o bairro",
aconselha ele.
Na ocasião o autor homenageou
todos que contribuíram com a criação
desta obra que relata a vida do bairro
fundado em 1622.
43
Quando o justo governa,
o povo é abençoado

Por: Sérgio Miranda

44

São Miguel Paulista é um bairro com
uma grande importância histórica e econômica, e neste mês de setembro completou 391 anos, e o que faz desta data
e região serem tão especiais é o povo
que aqui vive e trabalha. Uma população representada por vários segmentos,
como por exemplo, as colônias japonesa, árabe, portuguesa e nordestina que,
nesta data, através de apresentações
culturais e comidas típicas, marcam suas
presenças nos festejos.
Outro importante grupo, conhecido como "evangélicos", também enriquece o calendário oficial realizando a
nona edição do Culto em Ação de Graças pelo aniversário de São Miguel.
Neste ano, a convite do pastor
Vagner, o culto foi realizado na Igreja
Vida em Cristo, em 27/09, e contou
com a presença de aproximadamente
400 pessoas vindas de várias igrejas da
região, e ainda recebeu as principais
autoridades do bairro. O objetivo do

culto, segundo a comissão organizadora, é orar a Deus, intercedendo por
estas autoridades, que têm importantes e desafiadoras responsabilidades.
O próprio tema deste ano, "Quando o
justo governa, o povo é abençoado",
já resume a essência do encontro.
O que também faz deste evento um
momento especial é a unidade das
igrejas que compõem a comissão responsável pelo culto. São diversas denominações como: Presbiteriana, Batista, Congregacional, O Brasil Para
Cristo, Quadrangular, Metodista
Wesleyana, Assembleia de Deus, Comunidade Restauração, Igreja Evangélica das Nações, Igreja Vida em Cristo,
entre outras, que conseguem abrir um
espaço em suas agendas e se dispõem
a colaborar diretamente na programação, ou simplesmente trazendo uma
parte dos seus membros para estarem
abençoando o bairro.
45
Desfile Cívico-Militar retorna

46

a manhã de domingo
dia (29), aconteceu o
tão esperado Desfile Cívico 2013, em comemoração aos 391 anos do
bairro de São Miguel. O
evento aconteceu na avenida Marechal
Tito, por volta das 9h, onde centenas
de moradores e estudantes da região
de São Miguel e bairros adjacentes puderam acompanhar o espetáculo.
A volta do desfile para a Avenida
Marechal Tito era uma reivindicação
antiga dos moradores e comerciantes
e houve participação de toda Comissão dos Festejos para esta mudança.
Trata-se de uma antiga reivindicação da
população, que tinha esperança em ver
o ponto alto da Festa de Aniversário na
principal avenida do bairro, como acontecia desde os anos 80.
O Desfile Cívico-Militar foi marcado
pela presença de diversas autoridades
para a tradicional Marechal Tito
civis e militares, parlamentares, funcionários da Subprefeitura de São Miguel,
membros da Comissão dos Festejos e
representantes dos patrocinadores.
Tão logo foi iniciado o desfile, o show
passou a ser daqueles que são os principais agentes do desfile cívico-militar:
fanfarras das escolas públicas e particulares, desfile das viaturas de órgãos públicos responsáveis pela segurança da
população, tais como Polícia Militar,
Corpo de Bombeiro, Defesa Civil, CET,
GCM, desfile do Moto Clube de São
Miguel e o desfile dos carros antigos.
A abertura do evento se deu pelo
desfile das viaturas da Polícia Militar
seguida pelas viaturas da Guarda Civil
Metropolitana e no decorrer do evento
as fanfarras e bandas marciais das escolas animaram o público presente,
chegando a deixar todos os convidados
emocionados com as exuberantes apresentações.

47
48

A professora Heloisa Pereira, 42 anos,
tem sua preferência e diz que o Desfile
Cívico é a melhor e mais linda parte de
todos os eventos do aniversário de São
Miguel, "sinto muitas saudades da época que eu desfilava em minha escola, os
anos passam, mas as tradições da nossa
região permanecem; me sinto honrada
por ser moradora de São Miguel". O
desfile Cívico é um marco tradicional no
calendário do aniversário de São Miguel
e a cada ano os moradores da região se
encantam com as apresentações. "Admito que reclamo do meu bairro, mas no
mês de setembro me sinto orgulhosa de
ser moradora de São Miguel, é uma alegria ver meus netos desfilarem como escoteiro mirim", fala emocionada a avó
coruja, dona Mercedes Alverina, 62 anos.
O artista conhecido como Zé da Lua,
fez a sua apresentação com o grupo
teatral, que apresentou os descendentes indígenas da tribo Karibocas que habitavam a região de São Miguel no século VII. No final das apresentações, a
equipe de funcionários da subprefeitura
de São Miguel envolvida com a Festa e
a Comissão organizadora desfilaram na
avenida sendo aplaudidas por todos os
presentes.
49
50
51
Missa na Catedral marca o
encerramento da Festa
ara fechar com chave de ouro
a Programação de Aniversário dos 391 anos de São
Miguel, na noite de domingo dia (30), foi realizada a tradicional Missa de encerramento dos festejos do aniversário do bairro que também coincide com o dia do padroeiro
São Miguel Arcanjo. Cerca de 1.500 fiéis estiveram reunidos na Catedral de
São Miguel Arcanjo para agradecer pelo
aniversário do bairro e também para
fazer suas habituais orações e agradecimentos pelas bênçãos recebidas.
Diversas autoridades e personalidades vieram participar da Missa de En-

52

cerramento dos Festejos, destacandose: Simão Pedro, Secretário de Obras
do Município de São Paulo; Ricardo
Teixeira, Secretário do Verde e Meio
Ambiente de São Paulo; Subprefeito
Aldo Antunes; Chefe de gabinete, Célia
Assumpção; Marcos Romanoski, Coordenador dos Festejos; além de outras
personalidades e lideranças, que emocionadas participaram da missa atentamente e no decorrer da cerimônia fizeram suas preces.
A Missa foi abrilhantada pelo coral
da Diocese que tornou a celebração
muito emocionante, juntamente com a
procissão dos Santos de devoção dos
fiéis. No encerramento da Missa, o pá-

roco da catedral Padre Geraldo
Rodrigues invocou uma benção para
todos da igreja.
Emocionada com os acontecimentos da missa, a professora de Língua
Portuguesa, Mônica Ferreira do Amaral,
diz que a catedral de São Miguel é um
patrimônio histórico da região, e todas
as vezes que ela vem à missa se sente
privilegiada de ser moradora de São
Miguel. "Acredito que não só hoje (no
aniversário), mas todos os dias, nós
moradores deveríamos agradecer por
ter uma igreja católica tão tradicional
em nossa região, eu me emociono em
todas as missas que participo. Amo meu
bairro, amo minha igreja", finaliza ela.
53
54
55
Revista Acontece Leste
vai à Nitro Química!
Por: Gustavo Simões.

56

epois dos festejos em comemoração de mais um
aniversário do nosso bairro, resolvemos fazer uma
visita a empresa Nitro Química, que há dois anos deixou de fazer parte do Grupo Votorantim
e passou a ser administradas por um
novo grupo de acionistas. Grupo nacional que tem a Nitro Química como seu
principal negócio, focados em fomentar o desenvolvimento econômico e
social através de sua atuação.
Fomos recebidos pelo Diretor Geral da
empresa Gustavo Albuquerque e sua
equipe, a fim de realizarmos uma entrevista exclusiva para falar sobre as práticas
de gestão e inovação adotas pela nova

administração. A Nitro Química mantém
o seu compromisso em estreitar ainda
mais sua atuação com a comunidade local. "Desde que os novos acionistas assumiram a Companhia e eu cheguei aqui
como gestor, estamos reestruturando a
área de inovação, pesquisa e desenvolvimento, onde aumentamos os recursos
nos processos internos da empresa com
foco em desenvolver novos produtos e
processos. Afirma o diretor.
Albuquerque nos conta também
que grande parte de seus empregados
moram na região de São Miguel, e que
os mesmos têm uma valorização muito
grande pela história da companhia.
"Não houve uma reestruturação para
adaptar o quadro de funcionários, pelo
contrário, estamos aumentando as

oportunidades e reaproveitando o pessoal interno da fábrica com conhecimentos específicos para atender a demanda da empresa".
A Nitro Química mostra-se cada vez
mais engajada em estimular ações inovadoras com foco no desenvolvimento
mútuo de seus funcionários e de toda a
comunidade que acerca sua atividades,
sempre valorizando a segurança e o respeito ao meio ambiente; " O sucesso está
traçado desde 1935 e o apoio da comunidade é o que torna real o alcance dos
nossos objetivos, não podemos antever
o futuro, mas estamos trabalhando para
que a nossa história esteja sempre presente na vida de cada morador deste bairro''. Encerra Gustavo Albuquerque, atual diretor Geral da Nitro Química.
57
Um mandato a ser
Por Alcides Amazonas,
Deputado Estadual (PCdoB)

58
58

esde que assumi o mandato de deputado estadual,
em janeiro deste ano, estabeleci como foco central
de minha atuação as necessidades do nosso povo
mais simples, dos trabalhadores de
nossas cidades. No caso de São Paulo,
tenho procurado ajudar especialmente a Zona Leste.
A escolha não é aleatória: vivo na
região há mais de 40 anos. Ali cresceram meus filhos, ali vivem meus pais. E
durante muitos anos, eram as suas ruas
que eu percorria como cobrador e motorista de ônibus. Ou seja, conheço bem
as dores de quem vive na periferia. É
para este povo que eu trabalho.
Além disso, meu mandato se insere
num contexto de valorização da Zona
Leste. Depois de ter ficado por décadas
à margem das políticas públicas, a região experimenta um momento de
maior desenvolvimento. O Brasil evoluiu
nos últimos dez anos e, com isso, houve maior distribuição de renda e crescimento da classe C, o que repercute diretamente na região. Também conta
muito a construção do Itaquerão, que
trouxe consigo uma série de melhorias
para o entorno e que ainda deixará um
importante legado para toda a cidade
depois da Copa.
A gestão de Fernando Haddad, em

Amazonas se reúne com Cel. Meira, da PM: por mais segurança na região

parceria com a presidenta Dilma
Rousseff, tem ampliado os investimentos em saúde, educação, moradia,
transporte e infraestrutura e tem buscado atrair a iniciativa privada através
da desoneração de impostos para empresas que se instalarem na região, aumentando a geração de emprego e
renda local.

Ações para a ZL
Em sintonia com as necessidades da
região, bem como das periferias e do
povo de maneira geral, tenho realizado uma série de ações relevantes. Uma
delas é meu trabalho junto ao poder
público para resolver a situação de mi-

Amazonas conversa com moradores sobre situação da regularização do Keralux

lhares de famílias do Jardim Keralux,
Chácara Soares, Jardim Mabel e Jardim
Pantanal que buscam regularizar suas
casas e terem uma infraestrutura urbana de melhor qualidade. Fico satisfeito
em ver que a intervenção do mandato
está ajudando a agilizar tais processos.
Aliás, para poder estreitar a relação com
os moradores da região e viabilizar
ações de interesse local, abri um escritório em São Miguel.
Também participei de reuniões e
audiências relativas ao Plano Diretor e
ao Plano de Metas da prefeitura, contribuindo para levar à administração
municipal as principais demandas da
população e tenho percorrido diversos
bairros, conversando com moradores e
lideranças comunitárias para buscar traduzir essas necessidades em ações práticas. Com base em reclamações que
recebi referentes à segurança, me reuni com representantes da PM e da GCM
a fim de ampliar o policiamento em
bairros como o Jardim Célia, Itaim
Paulista e José Bonifácio.
Através de emendas parlamentares,
tenho contribuído para áreas de interesse social. Assim, foram liberados recursos por mim solicitados para a educação e para projetos culturais e espor-
viço da Zona Leste

Amazonas participa de reunião da Comissão de Infraestrutura sobre cartel nos
trens e metrôs que recebeu o presidente da CPTM, Mário Rodrigues

tivos feitos por entidades ligadas, por exemplo, às comunidades da Vila Mara e Parque
Veredas.
Outra questão à qual tenho
me dedicado é a redução do
custo de vida. O Projeto de Lei
536/13 tem esse objetivo. Ele
propõe a inclusão do gás de
Amazonas participa de manifestação em apoio
cozinha na cesta básica, o que
aos trabalhadores do transporte escolar gratuito
levaria a uma diminuição do
ICMS de 12% para até 7%, barateando este produto essencial no dia-a-dia das famílias.

Transporte de melhor
qualidade
Vale ressaltar ainda que
uma das minhas prioridades é
a luta por um transporte público eficiente, de qualidade e que
Com moradores da Vila Mara: luta por melhores
alcance os bairros mais distancondições de vida no bairro
tes. Por isso, tenho lutado na
Assembleia pela criação de
uma CPI que investigue as denúncias de cartelização e superfaturamento nas licitações do
Metrô e CPTM envolvendo os
governos de Mário Covas, José
Serra e Geraldo Alckmin, todos
do PSDB, partido que há 20
anos comanda o estado. Minha
Em visita GCM-Leste junto com as lideranças
visão é a de que estes milhões
Cícera, Ana Martins e Carlos Príncipe

de reais mal utilizados poderiam ter sido
aplicados na melhoria do transporte, o
que certamente teria contribuído para
acelerar a construção de mais linhas e
estações e diminuir o caos vivido cotidianamente pela população.
Também quero fazer valer para o
estado, através do PL 36/13, a lei
13.207/01, que aprovei quando fui vereador na capital, garantindo o emprego dos cobradores de ônibus. Afinal,
estes profissionais são essenciais para
ajudar tanto o motorista quanto os
usuários - especialmente aqueles com
necessidades especiais e limitações físicas - e evitar que o condutor tenha
de dirigir e cobrar ao mesmo tempo, o
que contribui para a segurança no
trânsito. Nesta mesma linha, apresentei o Projeto de Lei 556/13, que cria
linha de crédito para a renovação da
frota dos trabalhadores do transporte
escolar, medida que ajudará a melhorar a segurança de nossas crianças. Ele
ainda tem apoiado os trabalhadores do
transporte escolar gratuito na luta por
reajusta em sua remuneração atrasada há oito anos.
Mas, claro, tudo isso é apenas o
começo. Os protestos de junho reafirmaram um sentimento que sempre tive:
o político deve atuar sintonizado com
as necessidades da população. É isso
que tenho feito e vou continuar fazendo. Afinal, foi o povo que me elegeu e
é ele o dono deste mandato.

Participe do mandato do
Dep. Alcides Amazonas:
www.alcidesamazonas.com.br
www.facebook.com/
deputadoalcidesamazonas
imprensa@alcidesamazonas.com.br
Escritório na zona leste:
Rua Irineu Bonardi, 129
São Miguel
Tels.: (11) 2037-2900/1106
Gabinete na Alesp:
Av. Pedro Álvares Cabral, 201
2º andar - sala 2039
Tels.: (11) 3886-6738/6719

59
59
Filhos: eles mudam por

60

egundo as mamães corujas de
plantão, tudo muda por completo com a chegada da cegonha.
A sensibilidade e a força destas
mulheres se tornam gigantescas.
Constam em estudos que o sexto sentido de uma mamãe é algo extremamente místico, porém nenhum estudo conseguiu, até os dias atuais, revelar talvez a força da ligação entre mãe
e filho. Em geral as "mães" têm a capacidade de ouvir o silêncio, adivinhar
sentimentos, encontrar a palavra certa nos momentos incertos e fortalecer
quando tudo ao redor parece ruim. Religiosos dizem que é sabedoria emprestada dos deuses para proteger, amparar e orientar. O amor incondicional
liga estes dois seres (Mãe e Filho) logo
no início da gestação.

Como é o exemplo da pequena princesa Laura Ferreira do Nascimento de
01 ano e 06 meses, primeira filha do
casal Fábio Soares do Nascimento e
Eliana Ferreira do Nascimento, que ao
saber da gestão já percebeu que tudo
iria mudar em suas rotinas.
"No primeiro momento fiquei um
pouco assustada, mas depois de passado o susto, fiquei tão feliz que não cabia em mim de tanta felicidade, não via
a hora de contar a novidade para toda
a família", lembra a mamãe Eliana.
Embora o susto de ser informada
sobre a gestação, a mamãe Eliana diz
que o sentimento e a ligação com Laura
é inexplicável, "quando se é mãe o
amor ao próximo literalmente torna-se
carne e a ligação entre mãe e filho também é acompanhada de um tipo espe-
completo a estrutura do lar
cial de sexto sentido, chamado amor. É
essa ligação que permite que mães e
pais consigam sentir quando os filhos
estão precisando de nossa ajuda mesmo a quilômetros de distância, o coração apertado, quando algo de ruim
acontece com eles".
Com o casal Patrícia Kelly e Antonio
Carlos também não foi diferente, com a
chegada de Giulia Magalhães Fonseca
de Oliveira de 01 ano e 03 meses, tudo
se transformou em uma verdadeira festa de família, "ela tem o dom de alegrar
nossos dias, transforma pequenos momentos em uma maravilhosa festa, sou
totalmente apaixonada pela minha filha
e não canso nunca de agradecer a Deus
pela dádiva de ser mãe. No trabalho conto os segundos para chegar em casa e ir
direto abraçá-la", comenta ela.
Para os pais Anderson Lopes
Rodrigues e Juliana Gomes Pedrosa o

nascimento da primeira filha, Sofia
Rodrigues Pedrosa de 06 meses, foi
extremamente especial, pois ao saber
que estava grávida, Juliana lembra que

quase nem acreditou, pelo fato de ter
passado por uma cirurgia bastante delicada, "todos se surpreenderam com
a noticia da gravidez, pois aos 16 anos
tive que fazer uma laparoscopia que me
tirou um ovário, com isso pensei que
teria muita dificuldade em engravidar".
Hoje aos 06 meses, a pequena Sofia ganhou espaço total na agenda dos
pais e o que antes tinha regras e horários, agora tudo fica invertido, "sempre tivemos uma vida muito regrada e
bastante corrida, mas admito que hoje
mudou tudo, ser mãe é trocar a novela por desenho animado (risos), posso
afirmar que nasce uma mãe escondida dentro da mulher, hoje me sinto
uma pessoa melhor, completa, mais
forte e inspirada pra tudo. Ser mãe pra
mim é sentir um amor incondicional, é
ver o seu melhor crescendo fora de
você", finaliza.

61
Espaço Mais Planejados inaugura
em São Miguel a sua 3ª mega loja
No mês de aniversário da região que tem o comércio mais forte de São Paulo,
quem ganha o presente são seus exímios moradores e frequentadores.

62

im, São Miguel Paulista acaba de ganhar mais uma mega
loja da Espaço Mais Planejados (exclusiva Italínea). Os
Diretores da nova loja nos falam um pouco sobre esta
família que esta crescendo. "A cada dia ganhamos destaque na região por nosso conceito moderno e inovador de
trabalhar nesse ramo, com projetos de design arrojado e contemporâneo, tudo para satisfazer as necessidades, expectativas e exigências de nossos clientes.
Ao longo de cinco anos de vida, contamos com mais de
sete mil clientes, com os móveis de seus sonhos entregues e
montados. Clientes esses que hoje se tornaram nossos amigos e parceiros, destacando-se a Coopmil (Cooperativa da
Policia Militar de São Paulo),e a Apeoesp (Associação dos
Professores e Diretores de São Paulo), com uma atenção especial à todos que fazem parte destas instituições, pois acreditamos que a ajuda mútua pode realizar sonhos.
No dia 19 de Setembro, aconteceu nosso Coquetel de
Inauguração, onde recebemos com muito carinho todos os

nossos colaboradores e seus familiares, nossos parceiros,
representantes, comerciantes e diretores de instituições
renomadas da região, para apresentarmos em primeira mão
nossa nova casa.
O novo cantinho possui um showroom sensacional e já
conta com a coleção 2014 de planejados. São mais de oito
ambientes lindos, distribuídos em dois andares de puro prazer visual, que nossos convidados aprovaram e elogiaram
cada ambiente feito com esmero e cuidado, para agradar
nossos clientes e futuros clientes.
Entre alguns convidados estavam: Divaldo Rosa, (Diretor
do Grupo Acontece de Jornais e Revistas), o empresário
Ribamar da FNT Moda Masculina, Dr. Luiz Carlos Silva (Diretor da OAB - Regional São Miguel), Fernando Velucci, Diretor Superintendente da ACSP - Distrital São Miguel, Júlio e
Élcio diretores da AT&D Sistemas de Tecnologia, Maurício
Xavier Gerente Jurídico (Banco Santander), e os Gerentes
Samuel e Carlos (Caixa Econômica Federal).
Queríamos concluir dizendo que se não fossem por nossos familiares,
amigos, colaboradores e clientes esta noite não estaria sendo possível, por
isso, nosso muitíssimo obrigado a todos por fazerem parte deste momento."

63
64
65
Programa de Corredores
vai transformar o sistema
Governo do Estado está construindo corredores metropolitanos em quatro grandes regiões
do Estado, trazendo economia de tempo, conforto e mais confiabilidade para os usuários

66
66

PCM (Programa de Corredores Metropolitanos) está diretamente associado à natureza da principal atividade da
EMTU/SP, que é dar condições
de mobilidade urbana à população. Para isso, trabalha com o conceito de rede, ou seja, fazer com que
os corredores se cruzem integrando diferentes áreas, o que é a melhor maneira de redistribuir o transporte de uma
forma mais adequada, mais econômica e mais confortável, além de mais
confiável.
Desenvolvido com o objetivo de
transformar o atual cenário do transporte público, o programa visa criar uma
rede de locomoção onde não há um
centro enfatizado e sim criar a opção
para que os usuários possam acessar os
importantes centros de interesse de cada
região, sem que, necessariamente, tenham que passar pelo centro da cidade.

Os vários pólos importantes passam a
ser atendidos porque são contemplados
nos corredores e BRTs, que a EMTU/SP
está planejando e construindo nas quatro regiões metropolitanas do Estado de
São Paulo.
Devido ao crescimento das cidades
próximas à capital de São Paulo, surgiram novas condições urbanas, com o
crescimento das viagens pendulares
dentro das regiões metropolitanas e nas
sub-regiões. O transporte passou a se
estruturar em outros eixos, fora da antiga lógica que direcionava todas as linhas para os grandes centros. O PCM
se desenvolve exatamente contrário a
esta lógica, antiga e ultrapassada. No
novo contexto urbanístico, antevendo
os desafios do transporte e em sintonia
com as expansões previstas na malha
metroferroviária (sob a responsabilidade da Secretaria dos Transportes Metropolitanos, por meio do Metrô e da

Joaquim Lopes - Diretor Presidente da
EMTU

CPTM), numa busca pela integração
com diferentes tipos de modais de
transporte, os corredores priorizam os
destinos que os cidadãos precisam e
não o que as empresas preferem. Esta
definição é baseada em pesquisas de
Origem e Destino, desenvolvidas no
Estado.
Metropolitanos da EMTU
de transporte público
BRT Perimetral Leste (Jacu Pêssego)
O Corredor Perimetral Leste-Jacu
Pêssego será o primeiro corredor da
RMSP (Região Metropolitana de São
Paulo) operado por sistema BRT. Com
26,7 km de extensão, tem o objetivo
estratégico de conectar os Corredores
Guarulhos/São Paulo e São Mateus/
Jabaquara, no ABCD paulista, uma ligação fundamental na estrutura do desenvolvimento des-

sas
regiões.
A previsão é
de que a obra seja
concluída em 2015.
O Corredor Metropolitano Perimetral Leste-Jacu Pêssego
atenderá a uma demanda diária de
aproximadamente 175.500 passageiros. Ao todo, serão 25 estações de embarque e transferência ônibus-ônibus e
uma com estação ônibus-trem, com

Corredor Perimetral Leste-Jacu Pêssego

uma distância média de 900 metros
entre elas. Haverá dois terminais: o Terminal São Mateus (em São Paulo) e o
Terminal Cecap (em Guarulhos).
Atentos ao projeto de conexão com
outros modais de transporte, haverá
integrações com a Linha 11-Coral da
CPTM (Estação Dom Bosco), com o Corredor ABD (São Mateus-Jabaquara), e
Corredor Guarulhos-São Paulo. A previsão é de uma redução de 30% no
tempo médio de viagem: 100 minutos
antes do BRT e 62 minutos depois do
BRT, com investimentos estimados em 400 milhões de reais.

67
67
BRT Perimetral Alto Tietê

68
68

Há muitas regiões que precisam de
um incremento nas opções de transporte. É o caso dos municípios de
Itaquaquecetuba e Arujá. A EMTU/SP
está trabalhando na construção do
Corredor BRT Metropolitano Perimetral
Alto Tietê para melhorar a mobilidade
da população, não só nesses municípios, mas em toda a região do Alto Tietê,
abrangendo as cidades de Ferraz de
Vasconcelos, Poá - Term. Cidade Kemel,
Itaquaquecetuba e Arujá.
O Corredor BRT Metropolitano
Perimetral Alto Tietê terá uma extensão de 20,9 quilômetros para uma demanda prevista de 47.000 passageiros/
dia. Haverá duas estações de transferência (Estação de Transferência do Parque, localizada em Arujá, e PróPolos
Monte Belo, em Itaquaquecetuba, ponto final do corredor) e a distância média entre estações é de 570 metros.
Serão construídas 18 estações no Trecho Itaquaquecetuba e oito estações
em Ferraz de Vasconcelos. Quanto aos
terminais, serão três: o Terminal Arujá,
a construir, o Terminal Cidade Kemel

que passa por adequação e o Terminal
Ferraz de Vasconcelos, também a construir.
O Corredor BRT Perimetral Metropolitano do Alto Tietê terá integração
com as linhas 11-Coral e 12-Safira da
CPTM. Há também o projeto de
integração com o Corredor Perimetral
Leste-Jacu Pêssego da EMTU/SP. Todas
essas inovações resultarão numa economia de tempo para os usuários de
em média 28%. O percurso realizado
em 70 minutos, antes do BRT, será reduzido para 50 minutos depois de sua
implantação, com investimento na ordem de 310 milhões de reais.
69
EcoUrbis e São Miguel lado a lado
Responsável pela coleta de resíduos domiciliares, a concessionária parabeniza
e homenageia toda a população pelo aniversario de 391 anos do bairro.

70

mês de setembro foi marcado pelas festividades em
comemoração ao aniversario de 391 anos de São
Miguel Paulista e a EcoUrbis
Ambiental aproveita a oportunidade para felicitar a todos
os moradores, trabalhadores, visitantes e amigos do bairro.
Criada em outubro de 2004, a
EcoUrbis é a concessionária responsável pela coleta e destinação adequada de resíduos domiciliares na região
Sudeste de São Paulo, que engloba
toda a Zona Sul e a maior parte da
Zona Leste. Das 32 subprefeituras
existentes na cidade, a concessionária atende 19, aí incluída a de São
Miguel Paulista, que engloba os distritos Jardim Helena e Vila Jacui.
Apesar da "diferença de idade" a EcoUrbis está completando 9 e São
Miguel Paulista tem 391 anos - , a relação entre a concessionária e o bairro sempre fói muito próxima e ambos

se ajudam mutuamente.
Com mais de 250 caminhões
compactadores em sua frota, metade deles circulam diariamente pela

Criada em outubro de
2004, a EcoUrbis é a
concessionária
responsável pela coleta
e destinação adequada
de resíduos
domiciliares na região
Sudeste de São Paulo,
que engloba toda a
Zona Sul e a maior
parte da Zona Leste.
Zona Leste, atendendo tanto a população de São Miguel Paulista quando os moradores do entorno, como
do Jardim Helena e Vila Jacui.

E, se por um lado a EcoUrbis contribui com São Miguel Paulista recolhendo o lixo domiciliar e levando para
o aterro sanitário, por outro, o bairro
sempre acolheu bem a empresa e todos os seus trabalhadores, muitos dos
quais são moradores da região.
Mas o envolvimento da concessionária com São Miguel Paulista é bem
mais amplo.
Há alguns anos, a empresa criou
um programa ambiental chamado
"Ver de Perto", em que os estudantes de escolas publicas - inclusive os
de São Miguel - visitam o aterro sanitário que a EcoUrbis opera na Avenida Sapopemba. Lá, são dadas informações sobre como descartar corretamente os resíduos domiciliares e o
que cada um pode fazer em seu diaa-dia para presevar e contribuir com
o meio-ambiente. Além de receber
alunos, a EcoUrbis também realiza palestras em escolas, atendendo assim
um número maior de estudantes.
71
Reynaldo Gianecchini: o

homem que sabe se reinventar
Por: Ester Jacopetti

Em 2011 ele descobriu que
estava com câncer linfático.
Ainda assim, sua força e fé
foram fundamentais para
sua recuperação.
Hoje, já recuperado,
Reynaldo Gianecchini está
novamente no teatro, com a
peça A Toca do Coelho.

72

Raleste: Depois de tudo o que você
passou, o que mudou na forma como
você encara os seus personagens no
teatro?
Reynaldo Gianecchini: Mudou
tudo dentro de mim e, principalmente,
a base como ser humano. Obviamente
não tem como não levar para o trabalho. Depois que voltei do tratamento,
passei a ter uma maneira diferente de
olhar a vida. Curiosamente esta peça
não tem nada a ver com o que eu passei. Mas tem uma base muito legal, que
é como você lida com as pessoas que a
vida te apresenta. A possibilidade de
sempre enxergar e superar as coisas. O
tempo é maravilhoso pra fazer você ver.
Lembro que voltei a fazer Cruel totalmente diferente. É como eu disse, mudou a minha base de ser humano, mudou a base de qualquer personagem
que eu vá interpretar.
Raleste: Você fez algumas temporadas da peça Cruel nos CEUs da Zona
Leste de São Paulo, como foi essa experiência?
Reynaldo: Foi maravilhoso e eu
pretendo repetir assim que puder. Foi
um público incrível, porque as pessoas
acham que, por serem da periferia, eles
poderiam ficar dispersos ou não se interessarem. Mas é o oposto. No final
da peça a gente fazia um debate e eu
fiquei muito impressionado com a capacidade que eles tinham de desenvolver e conversar depois. Tem muita gente

que vai ao teatro empurrado pela mulher. Essa galera dos CEUs vai porque
está com vontade de ir e interagir com
aquela história. Eu adorei fazer!
Raleste: Você acabou de voltar de
uma viagem a Israel. Como foi essa experiência?
Reynaldo: Dá vontade de voltar
todos os anos para Israel por tudo o
que o país tem. O muro é lindo, aquelas religiões convivendo juntas. Tudo
isso é muito legal, mas não é só isso...
Tem todo um lado da tolerância, as
pessoas que já têm uma história. Tem
uma natureza que me toca, eu conheci o país inteiro. O Mar Morto, todas
as cidades antigas, o Rio Jordão, tudo
me tocou. É meio árido, mas é preenchido de muita energia. Foi uma surpresa enorme.

Os projetos que estão
me chamando, estão me
deixando muito
encantando. O filme
(Dirija... Se puder,) a
peça de teatro (Cruel), a
novela (Guerra dos
Sexos) foram muito
importantes pra mim
como processo.
Raleste: Você está sempre dividindo o seu tempo entre televisão e teatro. Mas isso te deixa exausto às vezes
né? Vale muito a pena?
Reynaldo: Vale muito a pena quando você está apaixonado. Eu adoro trabalhar, mas também adoro ter um tempo pra mim. Prometi que iria trabalhar
muito desde que eu estivesse realmente
apaixonado. Se for mais ou menos, eu
prefiro largar tudo e ir pra algum lugar
curtir umas férias... Os projetos que estão me chamando, estão me deixando

muito encantando. O filme (Dirija... Se
puder,) a peça de teatro (Cruel), a novela (Guerra dos Sexos) foram muito importantes pra mim como processo.
Aprendi e fui feliz nas convivências. É isso
que proponho pra minha vida.
Raleste: E qual foi o maior desafio
que você encontrou pra interpretar este
novo personagem Paulo na peça A Toca
do Coelho?
Reynaldo: É um personagem muito sensível, porque você tem que entrar em seu interior pra entender e conseguir passar todas as dimensões que
ele dá na peça. Como ele se transforma. É algo difícil, mas ao mesmo tempo muito prazeroso o processo de busca. Eu fiquei muito mexido nesta peça.
Como eu estava fazendo Cruel e ensaiando junto, ficava muito cansado entre Rio e São Paulo o tempo todo. Mas
tinha esse processo que me deixava preenchido e ao mesmo tempo exausto.
Emocionalmente demandou muito.
Raleste: Você comentou que o seu
trabalho mudou após a recuperação da
sua saúde. Como você trouxe tudo isso
pro seu personagem?
Reynaldo: Tem muito a ver com
essa nova forma de eu ver a vida. A peça
fala de superação e eu já tinha esse
material pra ser trabalhado. Mas não
só o meu tratamento trouxe isso, mas
também a minha bagagem de vida.
Porque ele é um pouco de tudo o que
vivi. A peça não é só sobre uma coisa.
Todo mundo pergunta e fala que a peça
é triste. Ela fala do ser humano, de uma
família, com gente de verdade. Todo
mundo vai se identificar, porque eles
são humanos, verdadeiros, você não os
julga mesmo vendo suas atitudes.
Raleste: E como tem sido chegar
próximo aos 40 anos...
Reynaldo: Está sendo ótimo e estou adorando. Acho uma idade muito
bela, porque ela já conta com um pouco de tempo pra gente ter aprendido
muita coisa. Mas ainda te deixa com
vigor e jovem. Quarenta anos é uma
idade muito jovem. Mas você tem outra cabeça né?! Pra deixar de lado um
monte de coisas que você já não precisa mais. É uma idade bela.
Raleste: Você e a Giovanna também farão a novela do Manoel Carlos?
Reynaldo: Honestamente sei pouco! Eu ainda não entrei no projeto. Na
verdade, recebi os capítulos ontem. Tem
uma parte que começa já em outubro,
a novela tem duas fases, e eu entro na
segunda que começa a ser gravada em
novembro. Tem mistérios sobre essa
novela, mas eu sei que vai ser muito
legal porque é a última do Maneco... É
maravilhoso e não tinha como não aceitar porque o Manuel (Carlos) é o meu
pai artístico. Ele foi o cara que realmente
me colocou na televisão. Foi muito importante como ser humano na minha
vida. Ele foi um pai artístico e de verdade porque lembro que quando me
mudei pro Rio de Janeiro pra fazer novela, eu frequentava a casa dele. Ele me
abraçou e me deu oportunidade. Essa
novela eu encaro como quase uma homenagem a ele.
Raleste: É verdade que o seu personagem será apaixonado por culinária?
Reynaldo: Eu vi que ele é um chef
de cozinha, meio durão, desempregado, tem essa relação meio mexida com
a mulher... Não sei se posso falar muito, mas também não sei muito...
Raleste: Em seu livro "Giane: Vida,
Arte e Luta" você falou bem da sua experiência pessoal, você se arrepende de
alguma coisa que foi escrita?
Reynaldo: Não, de jeito nenhum.
O livro é de uma elegância e acho fundamental porque ele mostra quem eu
sou. Sem entrar nos detalhes, porque
não precisa, porque seria deselegante
comigo e com as outras pessoas que
fazem parte da minha vida. Mas ele
mostra quem eu sou. Eu fico feliz com
isso. Eu não queria um livro que pintasse um personagem que eu não sou. A
ideia era mostrar o Gianecchini com
todos os defeitos, inseguranças. E nisso ele foi genialmente escrito.

73
74
75
76
77
78
79
80

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Carta mensal março
Carta mensal marçoCarta mensal março
Carta mensal março
Marcelo Dias
 
O mirante de santana 18
O mirante de santana 18O mirante de santana 18
O mirante de santana 18
Suyen Miranda
 
Jornal opção 164
Jornal opção 164Jornal opção 164
Jornal opção 164
Alair Arruda
 
JORNAL OPÇÃO DO NOROESTE EDIÇÃO 168
JORNAL OPÇÃO DO NOROESTE EDIÇÃO 168JORNAL OPÇÃO DO NOROESTE EDIÇÃO 168
JORNAL OPÇÃO DO NOROESTE EDIÇÃO 168
Alair Arruda
 
Carta sobre a Conferência
Carta sobre a ConferênciaCarta sobre a Conferência
Carta sobre a Conferência
Miguel Loureiro
 

Mais procurados (20)

Jornal opção 173 ed online
Jornal opção 173 ed onlineJornal opção 173 ed online
Jornal opção 173 ed online
 
Jornal opção 186 online
Jornal opção 186 onlineJornal opção 186 online
Jornal opção 186 online
 
Ed 154 on line
Ed 154 on lineEd 154 on line
Ed 154 on line
 
Carta mensal março
Carta mensal marçoCarta mensal março
Carta mensal março
 
O mirante de santana 18
O mirante de santana 18O mirante de santana 18
O mirante de santana 18
 
Jornal opção 164
Jornal opção 164Jornal opção 164
Jornal opção 164
 
Edição 163.
Edição 163.Edição 163.
Edição 163.
 
Jornal opção 202
Jornal opção 202Jornal opção 202
Jornal opção 202
 
Mensagem anual 2014 - São Paulo do Potengi
Mensagem anual 2014 - São Paulo do PotengiMensagem anual 2014 - São Paulo do Potengi
Mensagem anual 2014 - São Paulo do Potengi
 
JORNAL OPÇÃO DO NOROESTE EDIÇÃO 168
JORNAL OPÇÃO DO NOROESTE EDIÇÃO 168JORNAL OPÇÃO DO NOROESTE EDIÇÃO 168
JORNAL OPÇÃO DO NOROESTE EDIÇÃO 168
 
Jornal opção 205
Jornal opção 205Jornal opção 205
Jornal opção 205
 
Jornal opção 204
Jornal opção 204Jornal opção 204
Jornal opção 204
 
Jornal opção 189 online
Jornal opção 189 onlineJornal opção 189 online
Jornal opção 189 online
 
Jornal opção 170 ed online
Jornal opção 170 ed onlineJornal opção 170 ed online
Jornal opção 170 ed online
 
Jornal opção 191 online
Jornal opção 191 onlineJornal opção 191 online
Jornal opção 191 online
 
Jornal opção 187
Jornal opção 187Jornal opção 187
Jornal opção 187
 
Jornal Claudionor 65214
Jornal Claudionor 65214Jornal Claudionor 65214
Jornal Claudionor 65214
 
Carta sobre a Conferência
Carta sobre a ConferênciaCarta sobre a Conferência
Carta sobre a Conferência
 
Jornal opção 183 online
Jornal opção 183 onlineJornal opção 183 online
Jornal opção 183 online
 
Jornal opção 184 online
Jornal opção 184 onlineJornal opção 184 online
Jornal opção 184 online
 

Destaque

Blunx Marketing Digital
Blunx Marketing DigitalBlunx Marketing Digital
Blunx Marketing Digital
babiicorbelli
 
La sociedad más utilizada la anónima
La sociedad más utilizada la anónimaLa sociedad más utilizada la anónima
La sociedad más utilizada la anónima
Julian Posada
 
NOVA apresentação GetEasy 2014 Ganhos sem Indicação de até 3000 EUROS MENSAIS!
NOVA apresentação GetEasy 2014 Ganhos sem Indicação de até 3000 EUROS MENSAIS!NOVA apresentação GetEasy 2014 Ganhos sem Indicação de até 3000 EUROS MENSAIS!
NOVA apresentação GetEasy 2014 Ganhos sem Indicação de até 3000 EUROS MENSAIS!
Alcione Laercio Radaelli
 
Manual pilot 2000_esp
Manual pilot 2000_espManual pilot 2000_esp
Manual pilot 2000_esp
SERVINCOCAR
 
Auto da-barca-do-inferno-1213660370289329-8
Auto da-barca-do-inferno-1213660370289329-8Auto da-barca-do-inferno-1213660370289329-8
Auto da-barca-do-inferno-1213660370289329-8
Gabriel Lima
 

Destaque (20)

Software
SoftwareSoftware
Software
 
Estefania ortega modelosadministrativos
Estefania ortega modelosadministrativosEstefania ortega modelosadministrativos
Estefania ortega modelosadministrativos
 
Blunx Marketing Digital
Blunx Marketing DigitalBlunx Marketing Digital
Blunx Marketing Digital
 
Mi reflexión
Mi reflexiónMi reflexión
Mi reflexión
 
La moda
La modaLa moda
La moda
 
Www
WwwWww
Www
 
1° guerra mundial
1° guerra mundial1° guerra mundial
1° guerra mundial
 
La sociedad más utilizada la anónima
La sociedad más utilizada la anónimaLa sociedad más utilizada la anónima
La sociedad más utilizada la anónima
 
NOVA apresentação GetEasy 2014 Ganhos sem Indicação de até 3000 EUROS MENSAIS!
NOVA apresentação GetEasy 2014 Ganhos sem Indicação de até 3000 EUROS MENSAIS!NOVA apresentação GetEasy 2014 Ganhos sem Indicação de até 3000 EUROS MENSAIS!
NOVA apresentação GetEasy 2014 Ganhos sem Indicação de até 3000 EUROS MENSAIS!
 
Aprendizagem nas nuvens
Aprendizagem nas nuvensAprendizagem nas nuvens
Aprendizagem nas nuvens
 
14 encontro
14 encontro14 encontro
14 encontro
 
Construção-Aço-Leve-CM-26 fev2015
Construção-Aço-Leve-CM-26 fev2015Construção-Aço-Leve-CM-26 fev2015
Construção-Aço-Leve-CM-26 fev2015
 
Manual pilot 2000_esp
Manual pilot 2000_espManual pilot 2000_esp
Manual pilot 2000_esp
 
Ppt ¡come sano!
Ppt ¡come sano!Ppt ¡come sano!
Ppt ¡come sano!
 
Yo, mi región, mi cultura
Yo, mi región, mi culturaYo, mi región, mi cultura
Yo, mi región, mi cultura
 
Projecto de intervenção
Projecto de intervençãoProjecto de intervenção
Projecto de intervenção
 
15 320 produktkatalog_rz_6_72dpi3
15 320 produktkatalog_rz_6_72dpi315 320 produktkatalog_rz_6_72dpi3
15 320 produktkatalog_rz_6_72dpi3
 
Auto da-barca-do-inferno-1213660370289329-8
Auto da-barca-do-inferno-1213660370289329-8Auto da-barca-do-inferno-1213660370289329-8
Auto da-barca-do-inferno-1213660370289329-8
 
âNgulos
âNgulosâNgulos
âNgulos
 
Valoracion enfermera. envejecimiento
Valoracion enfermera. envejecimientoValoracion enfermera. envejecimiento
Valoracion enfermera. envejecimiento
 

Semelhante a Raleste20

Revista Estação Brasil - Ed. 17
Revista Estação Brasil - Ed. 17Revista Estação Brasil - Ed. 17
Revista Estação Brasil - Ed. 17
Michael Yoo
 
Aniversário da rádio cidade 35 anos 16.04
Aniversário da rádio cidade 35 anos 16.04Aniversário da rádio cidade 35 anos 16.04
Aniversário da rádio cidade 35 anos 16.04
Meio & Mensagem
 
PS SM - Boletim Informativo
PS SM - Boletim InformativoPS SM - Boletim Informativo
PS SM - Boletim Informativo
Nuno Antão
 

Semelhante a Raleste20 (20)

Revista Acontece Leste 27
Revista Acontece Leste 27 Revista Acontece Leste 27
Revista Acontece Leste 27
 
Acontece Leste
Acontece LesteAcontece Leste
Acontece Leste
 
Revista versao
Revista versaoRevista versao
Revista versao
 
Revista Acontece Leste 27
Revista Acontece Leste 27 Revista Acontece Leste 27
Revista Acontece Leste 27
 
Revista Estação Brasil - Ed. 17
Revista Estação Brasil - Ed. 17Revista Estação Brasil - Ed. 17
Revista Estação Brasil - Ed. 17
 
Projeto de Marketing Cultural - Comemoração do Aniversário de 62 Anos de Volt...
Projeto de Marketing Cultural - Comemoração do Aniversário de 62 Anos de Volt...Projeto de Marketing Cultural - Comemoração do Aniversário de 62 Anos de Volt...
Projeto de Marketing Cultural - Comemoração do Aniversário de 62 Anos de Volt...
 
Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1095 que circula no dia 27...
Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1095 que circula no dia 27...Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1095 que circula no dia 27...
Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1095 que circula no dia 27...
 
Renoguia_julho/agosto 2013
Renoguia_julho/agosto 2013Renoguia_julho/agosto 2013
Renoguia_julho/agosto 2013
 
Jornal Tirbuna Regional 85 1 à 15 de novembro de 2013
Jornal Tirbuna Regional 85 1 à 15 de novembro de 2013Jornal Tirbuna Regional 85 1 à 15 de novembro de 2013
Jornal Tirbuna Regional 85 1 à 15 de novembro de 2013
 
Guaianas 074
Guaianas 074Guaianas 074
Guaianas 074
 
Guaianas 074
Guaianas 074Guaianas 074
Guaianas 074
 
Guaianas 074
Guaianas 074Guaianas 074
Guaianas 074
 
Aniversário da rádio cidade 35 anos 16.04
Aniversário da rádio cidade 35 anos 16.04Aniversário da rádio cidade 35 anos 16.04
Aniversário da rádio cidade 35 anos 16.04
 
Fortalece Aí | Caderno Tudo - Tribuna Independente - 160202014
Fortalece Aí | Caderno Tudo - Tribuna Independente - 160202014Fortalece Aí | Caderno Tudo - Tribuna Independente - 160202014
Fortalece Aí | Caderno Tudo - Tribuna Independente - 160202014
 
Pontal criativo 25 01 2014
Pontal criativo 25 01 2014Pontal criativo 25 01 2014
Pontal criativo 25 01 2014
 
Pontal Criativo
Pontal CriativoPontal Criativo
Pontal Criativo
 
testando
testandotestando
testando
 
Evento Beneficente
Evento BeneficenteEvento Beneficente
Evento Beneficente
 
Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1092 que circula no dia 06...
Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1092 que circula no dia 06...Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1092 que circula no dia 06...
Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1092 que circula no dia 06...
 
PS SM - Boletim Informativo
PS SM - Boletim InformativoPS SM - Boletim Informativo
PS SM - Boletim Informativo
 

Mais de brunoebalto (20)

Raleste25
Raleste25Raleste25
Raleste25
 
Folha 199
Folha 199Folha 199
Folha 199
 
Ermelino 171
Ermelino 171Ermelino 171
Ermelino 171
 
Acontece344
Acontece344Acontece344
Acontece344
 
Guaianas 080
Guaianas 080Guaianas 080
Guaianas 080
 
Guaianas 078
Guaianas 078Guaianas 078
Guaianas 078
 
Raleste25
Raleste25Raleste25
Raleste25
 
Acontece342
Acontece342Acontece342
Acontece342
 
Folha 197
Folha 197Folha 197
Folha 197
 
Guaianas 078
Guaianas 078Guaianas 078
Guaianas 078
 
Ermelino 168
Ermelino 168Ermelino 168
Ermelino 168
 
Acontece 341
Acontece 341Acontece 341
Acontece 341
 
Acontece 339
Acontece 339Acontece 339
Acontece 339
 
Ermelino 167
Ermelino 167Ermelino 167
Ermelino 167
 
Folha 196
Folha 196Folha 196
Folha 196
 
Guaianas 077
Guaianas 077Guaianas 077
Guaianas 077
 
Guaianas 076
Guaianas 076Guaianas 076
Guaianas 076
 
Folha 195
Folha 195Folha 195
Folha 195
 
Acontece339
Acontece339Acontece339
Acontece339
 
Ermelino 166
Ermelino 166Ermelino 166
Ermelino 166
 

Raleste20

  • 1. ANO VII • Nº XXIV • SET./OUT. de 2013 1
  • 2. 2
  • 3. Prezados amigos, leitores e clientes, É com grande satisfação que apresentamos a nova Revista Acontece Leste, edição especial do aniversário de São Miguel, que marca o nosso retorno nesse segmento de revistas. Estamos com um novo visual , design arrojado e projeto gráfico moderno seguindo as tendências do mercado europeu. Em respeito aos nossos seguidores, deixamos de produzir a revista por algumas edições, devido à reestruturação interna, até que pudéssemos fazer as mudanças necessárias na equipe, tendo o cuidado para selecionar pessoas com comprometimento e profissionalismo. Produzimos esta edição com um carinho todo especial, pois assumimos o compromisso de fazer a cobertura completa da Festa de São Miguel e mostrar toda a sua força cultural e organizacional. Esta revista poderá servir de documento para o pedido de enquadramento desse grande evento regional na Lei Federal de Incentivo à Cultura, conhecida também por Lei Rouanet, a partir de 2014. Nesta edição da Revista Acontece Leste, destacamos os principais acontecimentos da Festa, que neste ano teve uma organização primorosa, um novo formato e novos locais. E finalizamos a edição com ótimas entrevistas com o ator Gianecchini e com o diretor da Nitro Química, reportagem sobre o Programa de Corredores Metropolitanos da EMTU, além de outras. Enfim, uma revista agradável de ler e de ver, que será guardada por milhares de pessoas como uma verdadeira relíquia. Tenha uma excelente leitura e até a próxima edição que está prevista para dezembro. Divaldo Rosa Diretor Executivo divaldorosa@ig.com 3
  • 4. 38 COLÔNIA JAPONESA FOI UM ESPETÁCULO À PARTE NOS FESTEJOS 32 LIKA ROSA DÁ UM SHOW DE RITMOS E ESBANJA TALENTO 58 48 UM MANDATO A SERVIÇO DA ZONA LESTE DESFILE CÍVICOMILITAR RETORNA PARA A TRADICIONAL MARECHAL TITO 60 FILHOS: ELES MUDAM POR COMPLETO A ESTRUTURA DO LAR 4 52 MISSA NA CATEDRAL MARCA O ENCERRAMENTO DA FESTA 72 REYNALDO GIANECCHINI: O HOMEM QUE SABE SE REINVENTAR NOSSA CAPA Cacique Pajé Laguna da Aldéia Índigena Kariboka "São Miguel berço de São Paulo, patrimônio do Brasil" ............ 6 Aniversário de São Miguel mostra a força cultural da região ......................................................................... 10 São Miguel presta homenagem a seleto grupo de pioneiros do bairro ............................................................. 14 Torneio de Judô Jovens do Brasil ...................................................... 16 Circo Teatro Palombar leva a plateia ao mundo da magia e diversão ............................................................... 18 Casa de Cultura agita a plateia com show de forró e dança do ventre .................................................................. 22 "Pintando na Praça" traz arte gratuita no "Aquário das Artes" .......................................................................... 24 Senhoras & senhores o espetáculo vai começar ........................ 26 SLAM da Guilhermina promove campeonato de poesia ao ar livre ............................................................................... 29 Lika Rosa dá um show de ritmos e esbanja talento .................. 32 Unicsul promove o “Dia da Responsabilidade Social” ............. 34 Colônia Japonesa foi um espetáculo à parte nos Festejos .... 38 São Miguel ganha ensaio fotográfico com 391 fotos .............. 42 Quando o justo governa, o povo é abençoado .......................... 44 Desfile Cívico-Militar retorna para a tradicional Marechal Tito ...................................................................... 46 Missa na Catedral marca o encerramento da Festa .................. 52 Revista Acontece Leste vai à Nitro Química! ................................ 56 Um mandato a serviço da Zona Leste ............................................ 58 Filhos: eles mudam por completo a estrutura do lar ............... 60 Espaço Mais Planejados inaugura em sua 3ª mega loja ......... 62 Programa de Corredores Metropolitanos da EMTU vai transformar o sistema de transporte público ......................... 66 EcoUrbis e São Miguel lado a lado .................................................. 70 Reynaldo Gianecchini: o homem que sabe se reinventar ....... 72
  • 5. Focada na Grande Zona Leste 5 O Grupo Acontece de Jornais e Revista, formado pelos jornais: Acontece Agora, Folha do Itaim, Jornal de Ermelino&Ponte Rasa, Jornal de Guaianás&Cidade Tiradentes e a Revista Acontece Leste já distribuiu gratuitamente mais de 20 milhões de exemplares desde a fundação do Jornal Acontece Agora em 1993 Bairros com grande concentração de distribuição. Bairros com boa concentração de distribuição. Bairros com média distribuição em locais pré estabelecidos. Nosso site: www.aconteceleste.com.br Diretor Executivo e Editor: Divaldo Rosa MTb: 42488 - divaldorosa@ig.com.br Administrativo e Financeiro: Ademir Rodrigues Criação e Editoração: Sergio Avante Jornalista: Silmara Galvão Fotos: Eduardo Rocha e Bruno Rosa Comercial: Adriana Sena, Ariane Andrade e Eduardo Rocha Revisora: Suseli Corumba Rosa Distribuição: Mega Multi Promoções e Eventos Tiragem: 30.000 exemplares comprovados Área de Circulação: Zona Leste SP “Defesa da verdade e dos interesses da Zona Leste” Central de atendimento: 2031-2364 e 2513-0928 Redação e Comercial: raleste@gmail.com Nosso site: www.aconteceleste.com.br Sede Própria: Av. dos Guachos, 166 - Vila Curuça CEP 08030-360 - São Paulo - SP Importante: A Revista Acontece Leste não mantém vínculos empregatícios com nenhum de seus colaboradores relacionados neste expediente e nem autoriza permutas de anúncios, com exceção daqueles autorizados pelo Diretor Executivo. Um veículo do Grupo Acontece de Jornais e Revista
  • 6. "São Miguel, berço de São 6 o final de semana dos dias 21 e 22 de setembro, São Miguel foi palco de um grande show artístico, onde aconteceram diversas atrações culturais com entretenimento para toda a população de São Miguel e bairros adjacentes. Com um formato novo, a festa este ano trouxe um contexto diferenciado, até no passado os festejos eram realizados em todos os finais de semana do mês de setembro, porém este ano os eventos foram concentrados em apenas um final de semana e o local escolhido para palco do aniversário foi a Praça Fortunato da Silveira (conhecida Praça do Morumbizinho), lembrando que houve participação da sociedade em votação direta para esta mudança. "Pintando na Praça", workshop de pintura, apresentações de Grupos Musicais: nos estilos MPB, Reggae, Hip-Hop, Jazz, Samba Rock, Pop Rock, Dança Japonesa, Dança do Ventre, Capoeira, Teatro de Animação, Teatro de Rua, Dança Afro, Show dos meninos de Skates, Sarau, recitações de poesias, Ballet Infantil, evento literário ao ar livre, concurso de poetas e diversos outros eventos. Em um sábado ensolarado todos puderam contemplar uma festa bastante tradicional, com gastronomia (nacional e internacional), teatro, shows, danças típicas, artesanatos, esporte, literatura, oficinas culturais,
  • 8. workshops e exposições. Entre as programações aconteceram: o dia da Responsabilidade Social na Universidade Cruzeiro do Sul, exposições dos 10 Artistas "Pintando na Praça", workshop de pintura, apresentações de Grupos Musicais: nos estilos MPB, Reggae, Hip-Hop, Jazz, Samba Rock, Pop Rock, Dança Japonesa, Dança do Ventre, Capoeira, Teatro de Animação, Teatro de Rua, Dança Afro, Show dos meninos de Skates, Sarau, recitações de poesias, Ballet Infantil, evento literário ao ar livre, concurso de poetas e diversos outros eventos. 8 "Estamos felizes em realizar uma festa com tamanha grandeza, em minha opinião tudo foi um sucesso, tivemos um público bastante familiar, sem ocorrências, tudo ocorreu na mais perfeita ordem. Na minha avaliação foi uma festa muito bonita à altura da população de São Miguel e o melhor: com a participação de todos", disse o subprefeito Aldo Antunes. A Chefe de Gabinete da subprefeitura Célia Assumpção exerceu um papel de grande relevância na organização da Festa, ela foi o canal de ligação entre o governo Haddad, a comunidade organizada de São Miguel e a Coordenação dos Festejos: "A experiência é minha e também do nosso subprefeito e deste governo que constrói o processo democrático, nós respondemos em conjunto, somos os representantes do prefeito Fernando Haddad na região de São Miguel. O meu sonho é ver a região crescer e se desenvolver no sentido da geração de emprego e renda para aqueles que ainda não conseguiram melhorar a sua qualidade de vida", diz Célia Assumpção. As pessoas que passaram pela festa na Praça do Morumbizinho gostaram das mudanças e de todas as inovações. No final de semana, a festa atraiu cerca de 10 mil pessoas. O gerente da Nitro Química e Coordenador da Festa de São Miguel, Marcos Romanoski, se diz satisfeito com o resultado: "A festa foi um grande sucesso, conseguimos reunir toda a sociedade de São Miguel; tivemos a participação de todos, foi uma festa bastante familiar, foram muitas atividades culturais, público de todas as idades.
  • 9. Evidentemente de um ano para o outro a tendência é sempre melhorar, esta primeira festa unificada foi um grande sucesso, tenho certeza de que as próximas serão cada vez melhor, parabenizo o bairro pelos seus 391 anos e também deixo aqui meus parabéns a todos aqueles que contribuíram para o desenvolvimento da festa. Além do evento, nós estamos mostrando o lado do senso de união da parte pública e privada. Tivemos uma festa que foi um marco histórico e isto só foi possível com a ajuda de todos". Marcando presença também nos festejos de São Miguel, o superintendente da Associação Comercial Distrital de São Miguel, Fernando Velucci, acompanhou a entrega dos brindes, onde foram sorteados bicicle- tas, celulares, tablets, e outros. "Eu adorei acompanhar cada detalhe da festa, me diverti muito, mais uma vez a região está ganhando com todos estes eventos, estamos todos de parabéns. Eu me sinto muito feliz pelo empenho de todos para com o bairro", finaliza ele. 9
  • 10. Aniversário de São Miguel mo mpenhados em fazer o melhor pela festa de São Miguel, a organização do evento não deixou a desejar, entre diversas atrações, todas incluíram entretenimento para a população, deu para observar que por onde os convidados passavam tinha conexão com cultura, arte, educação, lazer, gastronomia, etc.. Um dos organizadores da festa foi o produtor cultural e jornalista Ivanildo Lima Santos. Em entrevista à revista Acontece Leste, Ivanildo afirmou que há trez anos os organizadores tentavam criar esta festa unificada, porém só agora teve o resultado, "a festa foi realizada a partir da participação da 10 população, do trabalho exaustivo das comissões, e do apoio logístico da Subprefeitura de São Miguel e das empresas que patrocinaram todo o evento", explica ele. Com o sucesso da festa e os elogios dos moradores e participantes do evento, o jornalista se diz feliz e realizado com o resultado. "Estou muito feliz por poder colaborar e contribuir para a cena cultural que o nosso bairro merece, nós moradores merecemos o melhor em nossa região. Cultura no sentido mais amplo da palavra não quer dizer apenas expressões ou apresentações artísticas. Ela está relacionada a toda manifestação humana, então para realizar projetos realmente culturais aqui em São Miguel primeiro eles precisam ser pensados para que haja integração entre o público, poderes e instituições das mais diversas.
  • 11. stra a força cultural da região Com relação à ausência é por causa dessa falta de articulação cultural, não é que nós não temos produção, temos uma produção superinteressante e intensa. Temos até uma associação dos artistas plásticos, já tivemos e ainda temos aqui no nosso bairro movimentos de arte popular, tem teatros que foram fundados recentemente como o Maurício Alves, tem teatro da universidade Cruzeiro do Sul e outros espaços. Só que precisamos de uma grande articulação de todos os atores envolvidos da sociedade pra que haja intervenções e ações realmente culturais além das questões de apresentações de espetáculos e música, todas as expressões cabem dentro da cultura, mas pre- cisam ser sempre realizadas por todo conjunto da sociedade", explica ele. Outro membro ativo da Comissão dos Festejos foi o jornalista Idevanir Arcanjo que teve sob sua responsabilidade partes importantes da organização cultural da festa. "Para mim foi um grande prazer poder participar desta nova fase da Festa de São Miguel. Apesar das dificuldades de última hora que quase inviabilizaram a Festa, seguimos em frente, nos ajustamos para atender às exigências de segurança e o resultado foi a melhor Festa de Aniversário de São Miguel, dos últimos anos. Estamos todos nós de parabéns.", conclui o jornalista. Nas páginas a seguir veja detalhes marcantes dos melhores acontecimentos destes 391 anos de São Miguel Paulista. 11
  • 12. 12
  • 13. 13
  • 14. São Miguel presta homenagem a 14 homenagem aos pioneiros do bairro é um evento tradicional que ocorre dentro do Calendário Oficial da Festa de Aniversário de São Miguel. Neste ano a solenidade teve início às 20h, na Catedral de São Miguel Arcanjo, localizada na Praça Padre Aleixo Monteiro Mafra e tem por objetivo homenagear pessoas simples ou personalidades que se destacaram no meio político ou empresarial, que deixaram a sua marca pelos relevantes serviços de interesse público, prestados a toda comunidade. Nesta noite solene, estiveram presen- tes o Subprefeito Aldo Antunes e o anfitrião Dom Manuel Parrado Carral, Bispo O evento teve início com a execução do Hino Nacional e, logo após, o mestre de cerimônia pediu para os convidados selecionados tomarem assentos à frente do altar. da Diocese de São Miguel; Diácono Rogério Arcanjo de Matos, representando o Padre Geraldo Antônio Rodrigues, Pá- roco da Catedral Diocesana de São Miguel; Célia Assumpção, chefe de gabinete da subprefeitura de São Miguel; 1º Tenente Jorge do 29º Batalhão da Polícia Militar; Sr. Hassan Ibrahim Saleh, Presidente da Associação Islâmica de São Miguel Paulista; além de personalidades do bairro como Marcos Romanoski, gerente da Nitroquimica; e Fernando Velucci, superintendente da Associação Comercial Distrital de São Miguel. O evento teve início com a execução do Hino Nacional e, logo após, o mestre de cerimônia pediu para os convidados selecionados tomarem assentos à frente do altar.
  • 15. seleto grupo de pioneiros do bairro Homenageados Em seguida foram chamados os Pioneiros homenageados: Sr. Antônio Carlos Seixas de Sousa, Sr. Denjiro Toda, Sr. Hilário Labatuchoa, Pe. Jan Jacobus Hendrik Croimans, Sr. Mohamed Ibrahim, Sr. Victorio Joaquim Piassi. E para receberem a homenagem póstuma ao Sr. Henrique Rodrigues Peres e ao Sr. Olegário Batatinha dos Santos, foram convidados Sr. José Parziale Rodrigues e Adnéia Batatinha dos Santos, respectivamente. Na medida em que os 08 homenageados eram chamados para receber a justa premiação, foi apresentado um breve currículo onde relatava a trajetória de vida de cada um, conforme segue ao lado: Sousa, Antônio Carlos Seixas de Sousa nasceu no Estado do Rio de Janeiro, é casado e tem dois filhos. No ano de 1964 mudou-se para a cidade de São Paulo e graduou-se em engenharia civil pela universidade de Mogi das Cruzes. Engenheiro concursado pela PMSP e homenageado pela subprefeitura de São Miguel. Toda, Denjiro Toda imigrante japonês, nascido na província de Koti Ken em 1931, chegou ao Brasil com apenas dois anos de idade. No ano de 1958, casou-se e mudou-se para o bairro de São Miguel, onde passou a trabalhar como representante comercial. É participante ativo da Associação Cultural Nikkey de São Miguel e do Itaim Paulista, federação Sakura, Ipê do Brasil e outras. Em 2013 completou 80 anos vivendo no Brasil, dos quais 65 anos no bairro de São Miguel Paulista. Hilário Labatuchoa nasceu em São Paulo, convocado a servir o Exército Brasileiro, permaneceu na ativa por quase 10 anos, atingindo a patente de Capitão do Exército. Formou-se em administração de empresas pela UNICID. É condecorado e premiado por inúmeras medalhas de Honra ao Mérito como: Medalha Governador Pedro de Toledo, Medalha do Constitucionalista, Medalha O Patriarca da Independência, e membro de varias associações, dentre elas: OSAC - Overseas Security Advisory Council- USA. Jan Jacobus Hendrik Croimans nasceu no ano de 1938, na cidade de Opoetem, Bélgica. Em 1950, aos 12 anos de idade, fez sua primeira comunhão. Em 1951, começou seus estudos vocacionais entrando para o seminário Sint Truidem. Formou-se em teologia pela Universidade Católica de Lovaina. Em 1963 é ordenado sacerdote e em 1966 chega ao Brasil na cidade de São Paulo, onde assume como Pároco na Igreja de Santo Antonio da Vila Ré. Mohamed Ibrahim Saleh nasceu na cidade de Majdel Anjar, Vale do Bekká, no Líbano. Em 1953, aos vinte anos, imigra para o Brasil. Desempenha ações na sociedade Islâmica do bairro, promovendo e divulgando a língua árabe, a religião e a cultura na entidade Islâmica e Associações Brasileiras. Victorio Joaquim Piassi, filho de imiPiassi grantes italianos, nasceu na cidade de Boa Esperança, São Paulo, em 1926. Começou a trabalhar aos 14, em 1946 mudou-se para São Miguel e foi funcionário da Nitro Química por muitos anos. No ano de 1947 casou-se com Joana, com quem teve três filhos. Durante sua vida no bairro dedicou grande parte de seu tempo em ações sociais de ajuda às pessoas em ocasiões de enchentes, criou a primeira A.A (Associação Antialcoólica) do bairro de São Miguel. Henrique Rodrigues Peres (Homenagem Póstuma) nasceu no ano de 1908, filho de imigrantes espanhóis, escolheu para morar o bairro de São Miguel. A família foi proprietária de um bar e uma pousada que atendia aos trabalhadores da Nitro Química. Casado com Maria Parziale, foi pai de três filhos. Participou da fundação do Rotary Clube de São Miguel, e também das atividades sociais do Clube Regatas Nitro Química. Faleceu em 30 de setembro de 1967. Olegário Batatinha dos Santos (Homenagem Póstuma) nasceu em Igaratá , no estado da Bahia. No ano de 1930 migrou-se para São Paulo. Em 1948, escolheu para morar o bairro de São Miguel Paulista, de imediato empregase na Nitro Química. Casou-se com Darcy Helena, com quem teve quatros filhos, netos e dois bisnetos. Faleceu em 1993. Após as homenagens, o subprefeito Aldo Antunes agradeceu a presença dos convidados e todos puderam assistir à apresentação da Camerata do Corpo Musical da Polícia Militar do Estado de São Paulo. 15
  • 16.
  • 17. Torneio de Judô Jovens do Brasil ando continuidade aos eventos comemorativos dos 391 anos de São Miguel, entre cultura, lazer, saúde e entretenimento, chega o momento do esporte. Para abrir as comemorações dos festejos, no domingo (22), foi realizado o torneio de Judô. O evento ocorreu no Ginásio Poliesportivo da Universidade Cruzeiro do Sul, onde cerca de 300 judocas participaram do 1º Torneio de Judô Jovens do Brasil. A maioria dos participantes eram crianças e pré-adolescentes com faixa etária entre 04 e 16 anos. Segundo os organizadores do evento, o objetivo é passar para os convidados a necessidade do esporte no dia-a-dia do cidadão e possibilitar a integração dos atletas com todos da região. Muito emocionada com a presença da sobrinha no torneio, Claudia Ferreira admite que é fã desta arte marcial, "nunca tive a oportunidade de ver pessoalmente minha sobrinha lutando, a não ser em vídeos. Achei bem bacana, espero que tenha outros torneios aqui em São Miguel para que eu possa acompanhar". O Torneio foi realizado pela ONG Jovens do Brasil sob a coordenação de Renato Marques e mestres: Sandro, Vagner e Jefferson e contou com apresentação do Grupo de Taiko Tenryuu Wadaiko. 17
  • 18. Circo Teatro Palombar leva a plate 18 18 grupo de Circo Teatro Palombar fez a alegria da Festa de São Miguel com sua apresentação, pra lá de engraçada. O grupo conseguiu agitar toda a plateia, arrancou por diversas vezes gargalhadas de todos os convidados que assistiram à peça teatral no aniversário de São Miguel. Durante a apresentação, os artistas utilizaram-se de uma narrativa divertida e envolvente para contar um pouco da história do circo, por meio de cenas que mesclam teatro, acrobacias, pirofagia, malabarismo, entre outras técnicas para contar as aventuras da Trupe. O grupo teatral teve um papel fundamental na festa do bairro de São Miguel, "era fazer diversão... cá
  • 19. ia ao mundo da magia e diversão estamos nós (risos), nossa região é carente de cultura e de bons entretenimentos; este é o primeiro ano que fomos convidados pela organização da Festa de São Miguel para participar da festa do bairro, estamos felizes e bastante realizados, desejamos que São Miguel cresça mais e mais", comentam os artistas do espetáculo Marcelo Nobre e Rafael Garcia. O grupo Circo Teatro Palombar nasceu em 2012 no bairro Cidade Tiradentes, a partir de um processo de formação continuado, iniciado em 2005 pelo Instituto Pombas Urbanas, com o objetivo de promover o ato de brincar por meio de atividades circenses na infância e adolescência. Formou-se então um núcleo artístico com crianças e adolescentes que experimentaram o circo de uma forma Nossa região é carente de cultura e de bons entretenimentos; este é o primeiro ano que fomos convidados pela organização da Festa de São Miguel para participar da festa do bairro, estamos felizes e bastante realizados, desejamos que São Miguel cresça mais e mais", comentam os artistas do espetáculo Marcelo Nobre e Rafael Garcia. lúdica, coletiva e numa cultura de paz. Eis que as crianças cresceram e a proposta do "Somos do Circo" já não conseguia abarcar os seus sonhos, nascendo assim o projeto "Nós na Lona - Elos da Tradição", que recebeu o Prêmio Funarte, Carequinha 2011, com uma proposta de formação integrada entre teoria e prática, no sentido de uma formação de multiplicadores desse processo na comunidade. Em 2013, com o projeto "Uma Arriscada Trama de Picadeiro e Asfalto", o Grupo de Circo Teatro Palombar é contemplado pelo Programa VAI - Valorização de Iniciativas Culturais, da Secretaria Municipal de Cultural. O projeto prevê as apresentações do espetáculo nos seguintes locais: Parque do Rodeio, Parque do Carmo, Parque Ecológico do Tietê e Parque Ibirapuera. 19
  • 20. 20
  • 21. 21
  • 22. Casa de Cultura agita a plateia com Mesmo com um calor de 40 graus não faltou público para assistir a bela apresentação da banda de forró "Naves do Forró" que agitou a galera e fez todos os convidados dançarem ao som de um ritmo contagiante. 22 E para o delírio dos marmanjos de plantão, as meninas do grupo de dança árabe da Casa de Cultura não deixa-
  • 23. show de forró e dança do ventre ram a desejar com a brilhante apresentação de dança do ventre. Na opinião da família Balchina, a Festa foi muito animada. "Participo dessas festividades há muito tempo, não perco um ano. As festas que eles fazem são muito boas. Tem muita alegria, comida típica, diversão, uma comemoração muito bonita para as famílias de São Miguel. Os organizadores estão de parabéns". 23 A professora de dança da Casa de Cultura de São Miguel Andressa demonstrou a sua emoção ao falar da Festa. "Todos os anos nós da casa de cultura participamos do bairro, com esta nova localidade eu acho que a festa expandiu bem, temos mais espaços para divulgar os trabalhos artísticos de várias regiões. Eu desejo para São Miguel tudo de melhor, que nós possamos ter muita evolução e que a região ganhe ainda mais cultura". Um dos maiores atrativos da Festa na Praça do Morumbizinho foram as barracas com comidas e doces árabes. "Sempre que chega o mês de setembro, fico superansiosa pra participar da festa árabe, pois adoro os doces dessa cultura, provo todos e ainda levo pra casa pra comer no dia seguinte. Pena que o bairro faz aniversário apenas uma vez por ano (risos)", finalizou a estudante Dandará Tavares.
  • 24. "Pintando na Praça" traz arte 24 O Pintando na Praça é uma atividade ao ar livre de iniciativa dos artistas plásticos da região que pertencem à Associação dos Artistas Plásticos de São Miguel. Durante o evento sob uma tenda, os artistas colocaram à disposição telas e tintas para os visitantes soltarem sua imaginação com auxílio técnico dos profissionais. A programação faz parte dos festejos de aniversário do bairro de São Miguel. Quadros foram expostos durante a festa e os visitantes tinham o prazer de ver as obras de arte produzidas pelos artistas e com isto interagir com as pinturas. Os 10 Artistas plásticos da região descobriram o local ideal para exporem suas obras, a antiga base de segurança da Guarda Civil Metropolitana que fica na praça em frente à Unicsul foi transformada em uma galeria de artes, o espaço foi nomeado como "Aquário das Artes". Segundo a artista plástica Adinéia Batatinha, tudo foi de muito bom gosto e o espaço dedicado melhor ainda. "Este ano tivemos uma maravilhosa experiência que foi de concentrar todos em um só lugar, e para nós do Pintando na Praça foi ótimo, tivemos um espaço para expor nossas obras, o Aquário das Artes, o qual acredito que a cada ano ficará melhor. Agora nossa expectativa será pleitear este espaço (risos); quero que aqui seja o espaço oficial para expor nossas artes". Na opinião do casal Cristiano Souza e a namorada Abida da Silva, a festa dos 391 anos de São Miguel estava linda e num lugar perfeito. "Diante de uma tarde tão bela, este maravilhoso sol contribuiu para o dia ser mais lindo ainda, achamos bem bacana a festa este ano ser unificada e, o melhor, bem per- Artista plástica Adinéia Batatinha to da universidade. Estava tudo perfeito, muita comida boa, as apresentações foram muito legais, espero que todo ano seja assim. Este tipo de evento faz com que os jovens se despertem ainda mais para a cultura".
  • 25. gratuita no "Aquário das Artes" 25
  • 26. Senhoras & senhores o Núcleo Cênico Projeto BaZar apresenta "Chapeuzinhos Coloridos" Encantando a todos com a peça "Chapeuzinhos Coloridos", o Núcleo Cênico Projeto Bazar fez uma bela apresentação teatral com versão adaptada e bem humorada do conto tradicional Chapeuzinho Vermelho. De uma forma bastante descontraída, o grupo teatral por diversos momentos da peça fez toda a plateia cair em uma gostosa gargalhada. O projeto reúne literatura, música e teatro, tudo em apenas um espetáculo. A ideia é inovar, trazendo ao público histórias de livros, poesias e textos 26 que não foram dramatizados para o palco em forma de espetáculos. "Temos um trabalho de sete anos, nós já trabalhamos com José Roberto Torero que é o autor do nosso primeiro espetáculo; ele também é autor dessa peça Chapeuzinhos Coloridos que apresentamos aqui no aniversário de São Miguel. É uma peça infantil que agrada muito os adultos devido às temáticas que acontecem no meio dela", explica a atriz Áurea Karpor. No ano de 2001, um grupo de pessoas decidiu se reunir para juntos for- talecerem seus trabalhos artísticos. Eram atores, artistas plásticos, músicos, artesãos, que, em parceria, realizaram no ano seguinte um Bazar para arrecadar fundos e fomentar a continuidade dos seus trabalhos. O BaZar deu certo e o que acontecia na casa de um dos participantes, no bairro do Tatuapé, na região da Zona Leste de São Paulo, passou a ser realizado em diversos outros lugares da cidade. O grupo que organizou o BaZar precisava de um nome, então se autodenominaram Projeto BaZar.
  • 27. espetáculo vai começar "Desejamos que São Miguel cresça, se desenvolva e tenha mais cultura, que a infraestrutura melhore, porque como em todos os bairros periféricos, temos que lutar sempre. São Miguel merece todas as melhorias que possam dar mais qualidade de vida aos moradores desse grande bairro", conclui a atriz Áurea Karpor. 27
  • 28. 28
  • 29. SLAM da Guilhermina promove campeonato de poesia ao ar livre 29 Marcando presença nos festejos de São Miguel, totalmente despojados e com um astral contagiante, o grupo Slam da Guilhermina foi uma das maiores atrações para os jovens convidados do evento. Trazendo cultura e descontração para os jovens, Slam da Guilhermina é uma batalha de poesias, onde reúne artistas que criam e recitam poesias das mais diferentes adaptações. A ideia é elaborar eventos literários ao ar livre, que tem como proposta reunir poetas, M.C's e público para vivenciar a palavra de uma forma lúdica. A apresentação do grupo se inicia com o Recital Livre e em seguida a Batalha de Poesias. Todos podem participar, mas para competir é necessário trazer três textos autorais e sem acompanhamento musical. O vencedor ganha uma pilha de livros, CDs e DVDs. Um dos destaques da apresentação do grupo no aniversário de São Miguel foi a elaboração de um campeonato, no qual bastava o convidado ter o entusiasmo de subir ao palco e recitar sua poesia. "Nossa arte atinge as pessoas da periferia, como Cidade Tiradentes, São Miguel e Itaim Paulista, entre outras localidades aqui da zona leste. Então essa galera que curte Hip-Hop e poesias está sempre conosco. Nós queremos propagar a poesia e o encontro de pessoas, então cada poeta que se apresenta manifesta aquilo que está pensando. Fazemos uma competição aberta e sempre deixamos livre o tema para não interferir na arte do poeta. Atualmente temos quatro pessoas em nosso grupo contando com a organização", explica o integrante do grupo Emerson Alcalde. Slam da Guilhermina é uma batalha de poesias que acontece toda última sexta-feira de cada mês ao lado do Metrô Guilhermina-Esperança, do lado esquerdo ao sair da catraca.
  • 30. 30
  • 31. 31
  • 32. 32 Lika Rosa dá um show de ritmos e esbanja talento
  • 33. Ela dançou, interpretou, cantou e encantou a todos...a musicista, atriz e compositora Lika Rosa, 27 anos, segundo os convidados foi uma das melhores apresentações artísticas dos festejos de São Miguel. "Estou deslumbrado com o show dela, a Lika mandou muitíssimo bem, tem ótima performance no palco, faz coisas incríveis com a própria voz, de todas as apresentações podemos dizer que ela, sem exagero, foi a melhor parte da festa", afirma a estudante de arquitetura Karina Solano. Com uma atuação totalmente inovada, Lika Rosa apresentou no palco uma mistura de ideias entre as batidas ritmadas da música brasileira, interpretada com performance corporal e um roteiro cênico interagido com o público durante o espetáculo musical e ao vivo (vocais, cordas, teclado, bateria eletrônica e percussão). Lika Rosa se apresenta nos Saraus da cidade de São Paulo em versões acústicas com interpretação e Shows com sua Banda em movimentação cênica. O CD Lançado, intitulado Movi...mento, contém 13 faixas permitindo que se escolham poesias ou músicas com os estilos diversificados. O Projeto tem parceria com a Associação Periferia Invisível, que tem mais de três anos de experiência na multiplicação cultural desenvolvendo projetos independentes. Em breve lançarão os próximos Clipes, eles já atingiram mais de 40.000 acessos nos Clipes lançados anteriormente, destacando-se a música "Pega-Pega", com a participação do poeta e ator Emerson Alcalde, entre outras. Lika também fez parte da Comissão Organizadora dos Festejos de São Miguel, segundo a atriz a festa este ano foi bem diferente e a proposta era inovar. "A ideia era fazer a diferença, contemplar todos os artistas, os jovens, adolescentes, crianças, e eu pude ajudar na parte da organização, fizemos a programação, fui coordenadora do desfile de São Miguel. A proposta era inovar e conseguimos superar nossa expectativa", ela acrescentou ainda que a união fez toda a diferença, "Achei bacana a ideia de poder unir a comunidade, transformar tudo em um só lugar, saber um pouco mais sobre cada cultura que temos aqui em São Miguel, foram mais de 650 artistas e 200 programações, tudo feito com muito amor". Nascida e criada na região Leste, a artista Lika Rosa deseja que São Miguel e todos os outros bairros tenham um processo de desenvolvimento que proporcione maiores e melhores condições para toda a sociedade. "Desejo a evolução de São Miguel, que a comunidade junto com o poder público possa construir um lugar melhor para viver, onde possamos buscar e encontrar soluções para os problemas comuns. Sou artista e desejo que todos os artistas possam aqui em São Miguel sentir orgulho de ser artista daqui e de ser reconhecido em sua região", finaliza a artista. 33
  • 34. Universidade Cruzeiro do Sul promove 34 Com participação ativa na festa de São Miguel a Universidade Cruzeiro do Sul ofereceu para os convidados o "Dia da Responsabilidade Social" e durante todo o dia (21) a universidade ficou de portas abertas para atendimento vip em vários setores destinados à população em geral. Durante o evento, os convidados puderam participar de atividades gratuitas cujo intuito era fornecer à comunidade atendimentos, serviços úteis e preventivos. As atividades foram promovidas pelos cursos das áreas de Ciências Administrativas, Negócios, Biológicas, Saúde, Humanas, Sociais e Exatas. Na área de Saúde foram feitas: Avaliação de gasto energético e massa muscular com orientação sobre exercícios físicos; Avaliação de índice de massa corporal e orientação para alimentação saudável; Avaliação e orientação postural; Orientação sobre saúde bucal e escovação; Medição de pressão arterial e teste de glicemia; Orientação do papel do farmacêutico e o uso de remédios; e Orientação geral sobre saúde de cães e gatos. As atividades foram promovidas pelos cursos das áreas de Ciências Administrativas, Negócios, Biológicas, Saúde, Humanas, Sociais e Exatas. No Jurídico e Social, a Instituição ofereceu: Atendimento jurídico à comunidade; Orientação ao abrigo e adoção de pessoas; Orientação socioassistencial sobre programas de transferência de renda. No setor de Educação e Comunicação houve orientações sobre: Arte e educação inclusiva; Coordenação motora, criatividade e expressão; Desenho criativo e produção de Fanzine; Dra. Janice Valia de Los Santos Orientação psicológica sobre sexualidade; Orientação vocacional e relação família-escola. Em Ciências, Arquitetura, Engenharias e Informática, as atividades foram voltadas para: Orientação de aproveitamento dos espaços interio-
  • 35. o “Dia da Responsabilidade Social” res do imóvel; Como aperfeiçoar a construção e reforma de imóveis; Plantão de dúvidas com o Dr. Informática; Mostra de Ciências; Técnicas de tratamento da água para o uso doméstico; Pequenos reparos em eletrodomésticos. Feliz com a data, a Pró-reitora de Extensão e Assuntos Comunitários Professora Dra. Janice Valia de Los Santos diz que a Universidade Cruzeiro do Sul com o bairro de São Miguel foi um casamento que deu certo. "Foi uma casualidade muito feliz nós termos a comemoração do aniversário de São Miguel e o Dia da Responsabilidade Social aqui na universidade, então nós só temos que agradecer a São Miguel por todo este desenvolvimento da região e por ter nos deixado crescer também. Estamos hoje todos em festa pelos 391 anos do nosso bairro". 35
  • 36.
  • 37.
  • 38. Colônia Japonesa foi um espetáculo Uma das tradicionais apresentações no aniversário de São Miguel são as danças originárias do Japão, elaboradas por membros da colônia Japonesa de São Miguel. Danças e comidas típicas do país oriental sempre foram um dos destaques da Festa de Aniversário do bairro. 38 Com o ronco do tambor do Taiko e com a leveza do Engueibu a colônia japonesa mantém a magnitude da festa de São Miguel a cada ano. Durante a festa, japonesas e descendentes vestindo elegantes trajes típicos e homens com roupas de samurai mostraram diversas danças tradicionais, entre elas: a Dança do Guarda-chuva, na qual se misturam gestos suaves e vigorosos acompanhados pelos sons dos guizos presos nos guarda-chuvas.
  • 39. à parte nos Festejos de São Miguel 39 Danças e comidas típicas do país oriental sempre foram um dos destaques da Festa de Aniversário do bairro. Com trajes típicos e ao som da música japonesa, os grupos de dança fizeram brilhantes apresentações de músicas, performances artísticas e exibição de Taiko. Todos realizados através da Associação Cultural e Desportiva Nikkey de São Miguel Paulista. O TAIKO TENRYUU WADAIKO está em São Miguel Paulista há anos. Com o apoio da Associação Brasileira de Taiko, foi criado o grupo de taiko Tenryuu Wadaiko (dragão celestial), com pouco mais de 5 integrantes (crianças de origem oriental, incentivadas por familiares a divulgarem esta milenar cultura de seus ancestrais). Hoje o grupo é composto por mais de 25 jovens, com idades variando entre 10 e 24 anos.
  • 40. Aliando cultura, tradição, disciplina, respeito e princípios de colaboração e retribuição entre os povos - a miscigenação de raças tão iminentes no Brasil também pode ser vista neste grupo. Os treinos, realizados na sede da Associação Nikkey de São Miguel Paulista, são feitos duas vezes por semana. "A festa estava ótima, com a colaboração de todos da comunidade a 40 festa foi um sucesso. Como já se esperava, o resultado foi satisfatório para todos, estou muito feliz por fazer parte de mais um aniversário de São Miguel. O nosso bairro merece isto e muito mais", disse o presidente da Associação Nikkei de São Miguel, Yoshishigue Mikan. As barracas foram distribuídas pela praça do Morumbizinho onde vendiam pratos típicos como tempurá, yakissoba, doces japoneses e outras especialidades.
  • 41. Com trajes típicos e ao som da música japonesa, os grupos de dança fizeram brilhantes apresentações de músicas, performances artísticas e exibição de Taiko. Todos realizados através da Associação Cultural e Desportiva Nikkey de São Miguel Paulista. 41
  • 42. São Miguel ganha ensaio fotográfico com 391 fotos 42 Para abrilhantar ainda mais os festejos de São Miguel, o autor Carlos Alberto Prata da Silva, com um olhar poético, teve o lançamento de seu livro "São Miguel Paulista 391 anos, 391 fotos", na noite de 26, no auditório da Universidade Cruzeiro do Sul. O livro registra por meio de um excelente ensaio fotográfico todo o espetáculo histórico do bairro de São Miguel, sendo patrocinado exclusivamente pela empresa Nitro Química. O evento reuniu personalidades da sociedade Miguelense para contar a história de São Miguel através de imagens coletadas por diversos profissionais de comunicação do bairro como: jornalistas, blogueiros, historiadores, personagens, entre outros. Segundo Carlos Alberto, a ideia era mostrar através de fotos o patrimônio cultural, religioso e histórico do bairro de São Miguel e suas características de cidade interiorana preservadas mesmo com o passar dos anos. Uma de suas maiores motivações para dar início a um sonho antigo de registrar um livro fotográfico sobre o bairro surgiu no momento em que ele percebeu a necessidade de mostrar aos jovens moradores a herança que possuem em sua região. "Muitos jovens desconhecem o patrimônio rico que possuímos, a ideia é que o livro seja uma biografia de São Miguel e sirva de guia turístico para que todos conheçam, valorizem e se encantem ainda mais com o bairro", aconselha ele. Na ocasião o autor homenageou todos que contribuíram com a criação desta obra que relata a vida do bairro fundado em 1622.
  • 43. 43
  • 44. Quando o justo governa, o povo é abençoado Por: Sérgio Miranda 44 São Miguel Paulista é um bairro com uma grande importância histórica e econômica, e neste mês de setembro completou 391 anos, e o que faz desta data e região serem tão especiais é o povo que aqui vive e trabalha. Uma população representada por vários segmentos, como por exemplo, as colônias japonesa, árabe, portuguesa e nordestina que, nesta data, através de apresentações culturais e comidas típicas, marcam suas presenças nos festejos. Outro importante grupo, conhecido como "evangélicos", também enriquece o calendário oficial realizando a nona edição do Culto em Ação de Graças pelo aniversário de São Miguel. Neste ano, a convite do pastor Vagner, o culto foi realizado na Igreja Vida em Cristo, em 27/09, e contou com a presença de aproximadamente 400 pessoas vindas de várias igrejas da região, e ainda recebeu as principais autoridades do bairro. O objetivo do culto, segundo a comissão organizadora, é orar a Deus, intercedendo por estas autoridades, que têm importantes e desafiadoras responsabilidades. O próprio tema deste ano, "Quando o justo governa, o povo é abençoado", já resume a essência do encontro. O que também faz deste evento um momento especial é a unidade das igrejas que compõem a comissão responsável pelo culto. São diversas denominações como: Presbiteriana, Batista, Congregacional, O Brasil Para Cristo, Quadrangular, Metodista Wesleyana, Assembleia de Deus, Comunidade Restauração, Igreja Evangélica das Nações, Igreja Vida em Cristo, entre outras, que conseguem abrir um espaço em suas agendas e se dispõem a colaborar diretamente na programação, ou simplesmente trazendo uma parte dos seus membros para estarem abençoando o bairro.
  • 45. 45
  • 46. Desfile Cívico-Militar retorna 46 a manhã de domingo dia (29), aconteceu o tão esperado Desfile Cívico 2013, em comemoração aos 391 anos do bairro de São Miguel. O evento aconteceu na avenida Marechal Tito, por volta das 9h, onde centenas de moradores e estudantes da região de São Miguel e bairros adjacentes puderam acompanhar o espetáculo. A volta do desfile para a Avenida Marechal Tito era uma reivindicação antiga dos moradores e comerciantes e houve participação de toda Comissão dos Festejos para esta mudança. Trata-se de uma antiga reivindicação da população, que tinha esperança em ver o ponto alto da Festa de Aniversário na principal avenida do bairro, como acontecia desde os anos 80. O Desfile Cívico-Militar foi marcado pela presença de diversas autoridades
  • 47. para a tradicional Marechal Tito civis e militares, parlamentares, funcionários da Subprefeitura de São Miguel, membros da Comissão dos Festejos e representantes dos patrocinadores. Tão logo foi iniciado o desfile, o show passou a ser daqueles que são os principais agentes do desfile cívico-militar: fanfarras das escolas públicas e particulares, desfile das viaturas de órgãos públicos responsáveis pela segurança da população, tais como Polícia Militar, Corpo de Bombeiro, Defesa Civil, CET, GCM, desfile do Moto Clube de São Miguel e o desfile dos carros antigos. A abertura do evento se deu pelo desfile das viaturas da Polícia Militar seguida pelas viaturas da Guarda Civil Metropolitana e no decorrer do evento as fanfarras e bandas marciais das escolas animaram o público presente, chegando a deixar todos os convidados emocionados com as exuberantes apresentações. 47
  • 48. 48 A professora Heloisa Pereira, 42 anos, tem sua preferência e diz que o Desfile Cívico é a melhor e mais linda parte de todos os eventos do aniversário de São Miguel, "sinto muitas saudades da época que eu desfilava em minha escola, os anos passam, mas as tradições da nossa região permanecem; me sinto honrada por ser moradora de São Miguel". O desfile Cívico é um marco tradicional no calendário do aniversário de São Miguel e a cada ano os moradores da região se encantam com as apresentações. "Admito que reclamo do meu bairro, mas no mês de setembro me sinto orgulhosa de ser moradora de São Miguel, é uma alegria ver meus netos desfilarem como escoteiro mirim", fala emocionada a avó coruja, dona Mercedes Alverina, 62 anos. O artista conhecido como Zé da Lua, fez a sua apresentação com o grupo teatral, que apresentou os descendentes indígenas da tribo Karibocas que habitavam a região de São Miguel no século VII. No final das apresentações, a equipe de funcionários da subprefeitura de São Miguel envolvida com a Festa e a Comissão organizadora desfilaram na avenida sendo aplaudidas por todos os presentes.
  • 49. 49
  • 50. 50
  • 51. 51
  • 52. Missa na Catedral marca o encerramento da Festa ara fechar com chave de ouro a Programação de Aniversário dos 391 anos de São Miguel, na noite de domingo dia (30), foi realizada a tradicional Missa de encerramento dos festejos do aniversário do bairro que também coincide com o dia do padroeiro São Miguel Arcanjo. Cerca de 1.500 fiéis estiveram reunidos na Catedral de São Miguel Arcanjo para agradecer pelo aniversário do bairro e também para fazer suas habituais orações e agradecimentos pelas bênçãos recebidas. Diversas autoridades e personalidades vieram participar da Missa de En- 52 cerramento dos Festejos, destacandose: Simão Pedro, Secretário de Obras do Município de São Paulo; Ricardo Teixeira, Secretário do Verde e Meio Ambiente de São Paulo; Subprefeito Aldo Antunes; Chefe de gabinete, Célia Assumpção; Marcos Romanoski, Coordenador dos Festejos; além de outras personalidades e lideranças, que emocionadas participaram da missa atentamente e no decorrer da cerimônia fizeram suas preces. A Missa foi abrilhantada pelo coral da Diocese que tornou a celebração muito emocionante, juntamente com a procissão dos Santos de devoção dos fiéis. No encerramento da Missa, o pá- roco da catedral Padre Geraldo Rodrigues invocou uma benção para todos da igreja. Emocionada com os acontecimentos da missa, a professora de Língua Portuguesa, Mônica Ferreira do Amaral, diz que a catedral de São Miguel é um patrimônio histórico da região, e todas as vezes que ela vem à missa se sente privilegiada de ser moradora de São Miguel. "Acredito que não só hoje (no aniversário), mas todos os dias, nós moradores deveríamos agradecer por ter uma igreja católica tão tradicional em nossa região, eu me emociono em todas as missas que participo. Amo meu bairro, amo minha igreja", finaliza ela.
  • 53. 53
  • 54. 54
  • 55. 55
  • 56. Revista Acontece Leste vai à Nitro Química! Por: Gustavo Simões. 56 epois dos festejos em comemoração de mais um aniversário do nosso bairro, resolvemos fazer uma visita a empresa Nitro Química, que há dois anos deixou de fazer parte do Grupo Votorantim e passou a ser administradas por um novo grupo de acionistas. Grupo nacional que tem a Nitro Química como seu principal negócio, focados em fomentar o desenvolvimento econômico e social através de sua atuação. Fomos recebidos pelo Diretor Geral da empresa Gustavo Albuquerque e sua equipe, a fim de realizarmos uma entrevista exclusiva para falar sobre as práticas de gestão e inovação adotas pela nova administração. A Nitro Química mantém o seu compromisso em estreitar ainda mais sua atuação com a comunidade local. "Desde que os novos acionistas assumiram a Companhia e eu cheguei aqui como gestor, estamos reestruturando a área de inovação, pesquisa e desenvolvimento, onde aumentamos os recursos nos processos internos da empresa com foco em desenvolver novos produtos e processos. Afirma o diretor. Albuquerque nos conta também que grande parte de seus empregados moram na região de São Miguel, e que os mesmos têm uma valorização muito grande pela história da companhia. "Não houve uma reestruturação para adaptar o quadro de funcionários, pelo contrário, estamos aumentando as oportunidades e reaproveitando o pessoal interno da fábrica com conhecimentos específicos para atender a demanda da empresa". A Nitro Química mostra-se cada vez mais engajada em estimular ações inovadoras com foco no desenvolvimento mútuo de seus funcionários e de toda a comunidade que acerca sua atividades, sempre valorizando a segurança e o respeito ao meio ambiente; " O sucesso está traçado desde 1935 e o apoio da comunidade é o que torna real o alcance dos nossos objetivos, não podemos antever o futuro, mas estamos trabalhando para que a nossa história esteja sempre presente na vida de cada morador deste bairro''. Encerra Gustavo Albuquerque, atual diretor Geral da Nitro Química.
  • 57. 57
  • 58. Um mandato a ser Por Alcides Amazonas, Deputado Estadual (PCdoB) 58 58 esde que assumi o mandato de deputado estadual, em janeiro deste ano, estabeleci como foco central de minha atuação as necessidades do nosso povo mais simples, dos trabalhadores de nossas cidades. No caso de São Paulo, tenho procurado ajudar especialmente a Zona Leste. A escolha não é aleatória: vivo na região há mais de 40 anos. Ali cresceram meus filhos, ali vivem meus pais. E durante muitos anos, eram as suas ruas que eu percorria como cobrador e motorista de ônibus. Ou seja, conheço bem as dores de quem vive na periferia. É para este povo que eu trabalho. Além disso, meu mandato se insere num contexto de valorização da Zona Leste. Depois de ter ficado por décadas à margem das políticas públicas, a região experimenta um momento de maior desenvolvimento. O Brasil evoluiu nos últimos dez anos e, com isso, houve maior distribuição de renda e crescimento da classe C, o que repercute diretamente na região. Também conta muito a construção do Itaquerão, que trouxe consigo uma série de melhorias para o entorno e que ainda deixará um importante legado para toda a cidade depois da Copa. A gestão de Fernando Haddad, em Amazonas se reúne com Cel. Meira, da PM: por mais segurança na região parceria com a presidenta Dilma Rousseff, tem ampliado os investimentos em saúde, educação, moradia, transporte e infraestrutura e tem buscado atrair a iniciativa privada através da desoneração de impostos para empresas que se instalarem na região, aumentando a geração de emprego e renda local. Ações para a ZL Em sintonia com as necessidades da região, bem como das periferias e do povo de maneira geral, tenho realizado uma série de ações relevantes. Uma delas é meu trabalho junto ao poder público para resolver a situação de mi- Amazonas conversa com moradores sobre situação da regularização do Keralux lhares de famílias do Jardim Keralux, Chácara Soares, Jardim Mabel e Jardim Pantanal que buscam regularizar suas casas e terem uma infraestrutura urbana de melhor qualidade. Fico satisfeito em ver que a intervenção do mandato está ajudando a agilizar tais processos. Aliás, para poder estreitar a relação com os moradores da região e viabilizar ações de interesse local, abri um escritório em São Miguel. Também participei de reuniões e audiências relativas ao Plano Diretor e ao Plano de Metas da prefeitura, contribuindo para levar à administração municipal as principais demandas da população e tenho percorrido diversos bairros, conversando com moradores e lideranças comunitárias para buscar traduzir essas necessidades em ações práticas. Com base em reclamações que recebi referentes à segurança, me reuni com representantes da PM e da GCM a fim de ampliar o policiamento em bairros como o Jardim Célia, Itaim Paulista e José Bonifácio. Através de emendas parlamentares, tenho contribuído para áreas de interesse social. Assim, foram liberados recursos por mim solicitados para a educação e para projetos culturais e espor-
  • 59. viço da Zona Leste Amazonas participa de reunião da Comissão de Infraestrutura sobre cartel nos trens e metrôs que recebeu o presidente da CPTM, Mário Rodrigues tivos feitos por entidades ligadas, por exemplo, às comunidades da Vila Mara e Parque Veredas. Outra questão à qual tenho me dedicado é a redução do custo de vida. O Projeto de Lei 536/13 tem esse objetivo. Ele propõe a inclusão do gás de Amazonas participa de manifestação em apoio cozinha na cesta básica, o que aos trabalhadores do transporte escolar gratuito levaria a uma diminuição do ICMS de 12% para até 7%, barateando este produto essencial no dia-a-dia das famílias. Transporte de melhor qualidade Vale ressaltar ainda que uma das minhas prioridades é a luta por um transporte público eficiente, de qualidade e que Com moradores da Vila Mara: luta por melhores alcance os bairros mais distancondições de vida no bairro tes. Por isso, tenho lutado na Assembleia pela criação de uma CPI que investigue as denúncias de cartelização e superfaturamento nas licitações do Metrô e CPTM envolvendo os governos de Mário Covas, José Serra e Geraldo Alckmin, todos do PSDB, partido que há 20 anos comanda o estado. Minha Em visita GCM-Leste junto com as lideranças visão é a de que estes milhões Cícera, Ana Martins e Carlos Príncipe de reais mal utilizados poderiam ter sido aplicados na melhoria do transporte, o que certamente teria contribuído para acelerar a construção de mais linhas e estações e diminuir o caos vivido cotidianamente pela população. Também quero fazer valer para o estado, através do PL 36/13, a lei 13.207/01, que aprovei quando fui vereador na capital, garantindo o emprego dos cobradores de ônibus. Afinal, estes profissionais são essenciais para ajudar tanto o motorista quanto os usuários - especialmente aqueles com necessidades especiais e limitações físicas - e evitar que o condutor tenha de dirigir e cobrar ao mesmo tempo, o que contribui para a segurança no trânsito. Nesta mesma linha, apresentei o Projeto de Lei 556/13, que cria linha de crédito para a renovação da frota dos trabalhadores do transporte escolar, medida que ajudará a melhorar a segurança de nossas crianças. Ele ainda tem apoiado os trabalhadores do transporte escolar gratuito na luta por reajusta em sua remuneração atrasada há oito anos. Mas, claro, tudo isso é apenas o começo. Os protestos de junho reafirmaram um sentimento que sempre tive: o político deve atuar sintonizado com as necessidades da população. É isso que tenho feito e vou continuar fazendo. Afinal, foi o povo que me elegeu e é ele o dono deste mandato. Participe do mandato do Dep. Alcides Amazonas: www.alcidesamazonas.com.br www.facebook.com/ deputadoalcidesamazonas imprensa@alcidesamazonas.com.br Escritório na zona leste: Rua Irineu Bonardi, 129 São Miguel Tels.: (11) 2037-2900/1106 Gabinete na Alesp: Av. Pedro Álvares Cabral, 201 2º andar - sala 2039 Tels.: (11) 3886-6738/6719 59 59
  • 60. Filhos: eles mudam por 60 egundo as mamães corujas de plantão, tudo muda por completo com a chegada da cegonha. A sensibilidade e a força destas mulheres se tornam gigantescas. Constam em estudos que o sexto sentido de uma mamãe é algo extremamente místico, porém nenhum estudo conseguiu, até os dias atuais, revelar talvez a força da ligação entre mãe e filho. Em geral as "mães" têm a capacidade de ouvir o silêncio, adivinhar sentimentos, encontrar a palavra certa nos momentos incertos e fortalecer quando tudo ao redor parece ruim. Religiosos dizem que é sabedoria emprestada dos deuses para proteger, amparar e orientar. O amor incondicional liga estes dois seres (Mãe e Filho) logo no início da gestação. Como é o exemplo da pequena princesa Laura Ferreira do Nascimento de 01 ano e 06 meses, primeira filha do casal Fábio Soares do Nascimento e Eliana Ferreira do Nascimento, que ao saber da gestão já percebeu que tudo iria mudar em suas rotinas. "No primeiro momento fiquei um pouco assustada, mas depois de passado o susto, fiquei tão feliz que não cabia em mim de tanta felicidade, não via a hora de contar a novidade para toda a família", lembra a mamãe Eliana. Embora o susto de ser informada sobre a gestação, a mamãe Eliana diz que o sentimento e a ligação com Laura é inexplicável, "quando se é mãe o amor ao próximo literalmente torna-se carne e a ligação entre mãe e filho também é acompanhada de um tipo espe-
  • 61. completo a estrutura do lar cial de sexto sentido, chamado amor. É essa ligação que permite que mães e pais consigam sentir quando os filhos estão precisando de nossa ajuda mesmo a quilômetros de distância, o coração apertado, quando algo de ruim acontece com eles". Com o casal Patrícia Kelly e Antonio Carlos também não foi diferente, com a chegada de Giulia Magalhães Fonseca de Oliveira de 01 ano e 03 meses, tudo se transformou em uma verdadeira festa de família, "ela tem o dom de alegrar nossos dias, transforma pequenos momentos em uma maravilhosa festa, sou totalmente apaixonada pela minha filha e não canso nunca de agradecer a Deus pela dádiva de ser mãe. No trabalho conto os segundos para chegar em casa e ir direto abraçá-la", comenta ela. Para os pais Anderson Lopes Rodrigues e Juliana Gomes Pedrosa o nascimento da primeira filha, Sofia Rodrigues Pedrosa de 06 meses, foi extremamente especial, pois ao saber que estava grávida, Juliana lembra que quase nem acreditou, pelo fato de ter passado por uma cirurgia bastante delicada, "todos se surpreenderam com a noticia da gravidez, pois aos 16 anos tive que fazer uma laparoscopia que me tirou um ovário, com isso pensei que teria muita dificuldade em engravidar". Hoje aos 06 meses, a pequena Sofia ganhou espaço total na agenda dos pais e o que antes tinha regras e horários, agora tudo fica invertido, "sempre tivemos uma vida muito regrada e bastante corrida, mas admito que hoje mudou tudo, ser mãe é trocar a novela por desenho animado (risos), posso afirmar que nasce uma mãe escondida dentro da mulher, hoje me sinto uma pessoa melhor, completa, mais forte e inspirada pra tudo. Ser mãe pra mim é sentir um amor incondicional, é ver o seu melhor crescendo fora de você", finaliza. 61
  • 62. Espaço Mais Planejados inaugura em São Miguel a sua 3ª mega loja No mês de aniversário da região que tem o comércio mais forte de São Paulo, quem ganha o presente são seus exímios moradores e frequentadores. 62 im, São Miguel Paulista acaba de ganhar mais uma mega loja da Espaço Mais Planejados (exclusiva Italínea). Os Diretores da nova loja nos falam um pouco sobre esta família que esta crescendo. "A cada dia ganhamos destaque na região por nosso conceito moderno e inovador de trabalhar nesse ramo, com projetos de design arrojado e contemporâneo, tudo para satisfazer as necessidades, expectativas e exigências de nossos clientes. Ao longo de cinco anos de vida, contamos com mais de sete mil clientes, com os móveis de seus sonhos entregues e montados. Clientes esses que hoje se tornaram nossos amigos e parceiros, destacando-se a Coopmil (Cooperativa da Policia Militar de São Paulo),e a Apeoesp (Associação dos Professores e Diretores de São Paulo), com uma atenção especial à todos que fazem parte destas instituições, pois acreditamos que a ajuda mútua pode realizar sonhos. No dia 19 de Setembro, aconteceu nosso Coquetel de Inauguração, onde recebemos com muito carinho todos os nossos colaboradores e seus familiares, nossos parceiros, representantes, comerciantes e diretores de instituições renomadas da região, para apresentarmos em primeira mão nossa nova casa. O novo cantinho possui um showroom sensacional e já conta com a coleção 2014 de planejados. São mais de oito ambientes lindos, distribuídos em dois andares de puro prazer visual, que nossos convidados aprovaram e elogiaram cada ambiente feito com esmero e cuidado, para agradar nossos clientes e futuros clientes. Entre alguns convidados estavam: Divaldo Rosa, (Diretor do Grupo Acontece de Jornais e Revistas), o empresário Ribamar da FNT Moda Masculina, Dr. Luiz Carlos Silva (Diretor da OAB - Regional São Miguel), Fernando Velucci, Diretor Superintendente da ACSP - Distrital São Miguel, Júlio e Élcio diretores da AT&D Sistemas de Tecnologia, Maurício Xavier Gerente Jurídico (Banco Santander), e os Gerentes Samuel e Carlos (Caixa Econômica Federal).
  • 63. Queríamos concluir dizendo que se não fossem por nossos familiares, amigos, colaboradores e clientes esta noite não estaria sendo possível, por isso, nosso muitíssimo obrigado a todos por fazerem parte deste momento." 63
  • 64. 64
  • 65. 65
  • 66. Programa de Corredores vai transformar o sistema Governo do Estado está construindo corredores metropolitanos em quatro grandes regiões do Estado, trazendo economia de tempo, conforto e mais confiabilidade para os usuários 66 66 PCM (Programa de Corredores Metropolitanos) está diretamente associado à natureza da principal atividade da EMTU/SP, que é dar condições de mobilidade urbana à população. Para isso, trabalha com o conceito de rede, ou seja, fazer com que os corredores se cruzem integrando diferentes áreas, o que é a melhor maneira de redistribuir o transporte de uma forma mais adequada, mais econômica e mais confortável, além de mais confiável. Desenvolvido com o objetivo de transformar o atual cenário do transporte público, o programa visa criar uma rede de locomoção onde não há um centro enfatizado e sim criar a opção para que os usuários possam acessar os importantes centros de interesse de cada região, sem que, necessariamente, tenham que passar pelo centro da cidade. Os vários pólos importantes passam a ser atendidos porque são contemplados nos corredores e BRTs, que a EMTU/SP está planejando e construindo nas quatro regiões metropolitanas do Estado de São Paulo. Devido ao crescimento das cidades próximas à capital de São Paulo, surgiram novas condições urbanas, com o crescimento das viagens pendulares dentro das regiões metropolitanas e nas sub-regiões. O transporte passou a se estruturar em outros eixos, fora da antiga lógica que direcionava todas as linhas para os grandes centros. O PCM se desenvolve exatamente contrário a esta lógica, antiga e ultrapassada. No novo contexto urbanístico, antevendo os desafios do transporte e em sintonia com as expansões previstas na malha metroferroviária (sob a responsabilidade da Secretaria dos Transportes Metropolitanos, por meio do Metrô e da Joaquim Lopes - Diretor Presidente da EMTU CPTM), numa busca pela integração com diferentes tipos de modais de transporte, os corredores priorizam os destinos que os cidadãos precisam e não o que as empresas preferem. Esta definição é baseada em pesquisas de Origem e Destino, desenvolvidas no Estado.
  • 67. Metropolitanos da EMTU de transporte público BRT Perimetral Leste (Jacu Pêssego) O Corredor Perimetral Leste-Jacu Pêssego será o primeiro corredor da RMSP (Região Metropolitana de São Paulo) operado por sistema BRT. Com 26,7 km de extensão, tem o objetivo estratégico de conectar os Corredores Guarulhos/São Paulo e São Mateus/ Jabaquara, no ABCD paulista, uma ligação fundamental na estrutura do desenvolvimento des- sas regiões. A previsão é de que a obra seja concluída em 2015. O Corredor Metropolitano Perimetral Leste-Jacu Pêssego atenderá a uma demanda diária de aproximadamente 175.500 passageiros. Ao todo, serão 25 estações de embarque e transferência ônibus-ônibus e uma com estação ônibus-trem, com Corredor Perimetral Leste-Jacu Pêssego uma distância média de 900 metros entre elas. Haverá dois terminais: o Terminal São Mateus (em São Paulo) e o Terminal Cecap (em Guarulhos). Atentos ao projeto de conexão com outros modais de transporte, haverá integrações com a Linha 11-Coral da CPTM (Estação Dom Bosco), com o Corredor ABD (São Mateus-Jabaquara), e Corredor Guarulhos-São Paulo. A previsão é de uma redução de 30% no tempo médio de viagem: 100 minutos antes do BRT e 62 minutos depois do BRT, com investimentos estimados em 400 milhões de reais. 67 67
  • 68. BRT Perimetral Alto Tietê 68 68 Há muitas regiões que precisam de um incremento nas opções de transporte. É o caso dos municípios de Itaquaquecetuba e Arujá. A EMTU/SP está trabalhando na construção do Corredor BRT Metropolitano Perimetral Alto Tietê para melhorar a mobilidade da população, não só nesses municípios, mas em toda a região do Alto Tietê, abrangendo as cidades de Ferraz de Vasconcelos, Poá - Term. Cidade Kemel, Itaquaquecetuba e Arujá. O Corredor BRT Metropolitano Perimetral Alto Tietê terá uma extensão de 20,9 quilômetros para uma demanda prevista de 47.000 passageiros/ dia. Haverá duas estações de transferência (Estação de Transferência do Parque, localizada em Arujá, e PróPolos Monte Belo, em Itaquaquecetuba, ponto final do corredor) e a distância média entre estações é de 570 metros. Serão construídas 18 estações no Trecho Itaquaquecetuba e oito estações em Ferraz de Vasconcelos. Quanto aos terminais, serão três: o Terminal Arujá, a construir, o Terminal Cidade Kemel que passa por adequação e o Terminal Ferraz de Vasconcelos, também a construir. O Corredor BRT Perimetral Metropolitano do Alto Tietê terá integração com as linhas 11-Coral e 12-Safira da CPTM. Há também o projeto de integração com o Corredor Perimetral Leste-Jacu Pêssego da EMTU/SP. Todas essas inovações resultarão numa economia de tempo para os usuários de em média 28%. O percurso realizado em 70 minutos, antes do BRT, será reduzido para 50 minutos depois de sua implantação, com investimento na ordem de 310 milhões de reais.
  • 69. 69
  • 70. EcoUrbis e São Miguel lado a lado Responsável pela coleta de resíduos domiciliares, a concessionária parabeniza e homenageia toda a população pelo aniversario de 391 anos do bairro. 70 mês de setembro foi marcado pelas festividades em comemoração ao aniversario de 391 anos de São Miguel Paulista e a EcoUrbis Ambiental aproveita a oportunidade para felicitar a todos os moradores, trabalhadores, visitantes e amigos do bairro. Criada em outubro de 2004, a EcoUrbis é a concessionária responsável pela coleta e destinação adequada de resíduos domiciliares na região Sudeste de São Paulo, que engloba toda a Zona Sul e a maior parte da Zona Leste. Das 32 subprefeituras existentes na cidade, a concessionária atende 19, aí incluída a de São Miguel Paulista, que engloba os distritos Jardim Helena e Vila Jacui. Apesar da "diferença de idade" a EcoUrbis está completando 9 e São Miguel Paulista tem 391 anos - , a relação entre a concessionária e o bairro sempre fói muito próxima e ambos se ajudam mutuamente. Com mais de 250 caminhões compactadores em sua frota, metade deles circulam diariamente pela Criada em outubro de 2004, a EcoUrbis é a concessionária responsável pela coleta e destinação adequada de resíduos domiciliares na região Sudeste de São Paulo, que engloba toda a Zona Sul e a maior parte da Zona Leste. Zona Leste, atendendo tanto a população de São Miguel Paulista quando os moradores do entorno, como do Jardim Helena e Vila Jacui. E, se por um lado a EcoUrbis contribui com São Miguel Paulista recolhendo o lixo domiciliar e levando para o aterro sanitário, por outro, o bairro sempre acolheu bem a empresa e todos os seus trabalhadores, muitos dos quais são moradores da região. Mas o envolvimento da concessionária com São Miguel Paulista é bem mais amplo. Há alguns anos, a empresa criou um programa ambiental chamado "Ver de Perto", em que os estudantes de escolas publicas - inclusive os de São Miguel - visitam o aterro sanitário que a EcoUrbis opera na Avenida Sapopemba. Lá, são dadas informações sobre como descartar corretamente os resíduos domiciliares e o que cada um pode fazer em seu diaa-dia para presevar e contribuir com o meio-ambiente. Além de receber alunos, a EcoUrbis também realiza palestras em escolas, atendendo assim um número maior de estudantes.
  • 71. 71
  • 72. Reynaldo Gianecchini: o homem que sabe se reinventar Por: Ester Jacopetti Em 2011 ele descobriu que estava com câncer linfático. Ainda assim, sua força e fé foram fundamentais para sua recuperação. Hoje, já recuperado, Reynaldo Gianecchini está novamente no teatro, com a peça A Toca do Coelho. 72 Raleste: Depois de tudo o que você passou, o que mudou na forma como você encara os seus personagens no teatro? Reynaldo Gianecchini: Mudou tudo dentro de mim e, principalmente, a base como ser humano. Obviamente não tem como não levar para o trabalho. Depois que voltei do tratamento, passei a ter uma maneira diferente de olhar a vida. Curiosamente esta peça não tem nada a ver com o que eu passei. Mas tem uma base muito legal, que é como você lida com as pessoas que a vida te apresenta. A possibilidade de sempre enxergar e superar as coisas. O tempo é maravilhoso pra fazer você ver. Lembro que voltei a fazer Cruel totalmente diferente. É como eu disse, mudou a minha base de ser humano, mudou a base de qualquer personagem que eu vá interpretar. Raleste: Você fez algumas temporadas da peça Cruel nos CEUs da Zona Leste de São Paulo, como foi essa experiência? Reynaldo: Foi maravilhoso e eu pretendo repetir assim que puder. Foi um público incrível, porque as pessoas acham que, por serem da periferia, eles poderiam ficar dispersos ou não se interessarem. Mas é o oposto. No final da peça a gente fazia um debate e eu fiquei muito impressionado com a capacidade que eles tinham de desenvolver e conversar depois. Tem muita gente que vai ao teatro empurrado pela mulher. Essa galera dos CEUs vai porque está com vontade de ir e interagir com aquela história. Eu adorei fazer! Raleste: Você acabou de voltar de uma viagem a Israel. Como foi essa experiência? Reynaldo: Dá vontade de voltar todos os anos para Israel por tudo o que o país tem. O muro é lindo, aquelas religiões convivendo juntas. Tudo isso é muito legal, mas não é só isso... Tem todo um lado da tolerância, as pessoas que já têm uma história. Tem uma natureza que me toca, eu conheci o país inteiro. O Mar Morto, todas as cidades antigas, o Rio Jordão, tudo me tocou. É meio árido, mas é preenchido de muita energia. Foi uma surpresa enorme. Os projetos que estão me chamando, estão me deixando muito encantando. O filme (Dirija... Se puder,) a peça de teatro (Cruel), a novela (Guerra dos Sexos) foram muito importantes pra mim como processo. Raleste: Você está sempre dividindo o seu tempo entre televisão e teatro. Mas isso te deixa exausto às vezes né? Vale muito a pena? Reynaldo: Vale muito a pena quando você está apaixonado. Eu adoro trabalhar, mas também adoro ter um tempo pra mim. Prometi que iria trabalhar muito desde que eu estivesse realmente apaixonado. Se for mais ou menos, eu prefiro largar tudo e ir pra algum lugar curtir umas férias... Os projetos que estão me chamando, estão me deixando muito encantando. O filme (Dirija... Se puder,) a peça de teatro (Cruel), a novela (Guerra dos Sexos) foram muito importantes pra mim como processo. Aprendi e fui feliz nas convivências. É isso que proponho pra minha vida. Raleste: E qual foi o maior desafio que você encontrou pra interpretar este novo personagem Paulo na peça A Toca do Coelho? Reynaldo: É um personagem muito sensível, porque você tem que entrar em seu interior pra entender e conseguir passar todas as dimensões que ele dá na peça. Como ele se transforma. É algo difícil, mas ao mesmo tempo muito prazeroso o processo de busca. Eu fiquei muito mexido nesta peça. Como eu estava fazendo Cruel e ensaiando junto, ficava muito cansado entre Rio e São Paulo o tempo todo. Mas tinha esse processo que me deixava preenchido e ao mesmo tempo exausto. Emocionalmente demandou muito. Raleste: Você comentou que o seu trabalho mudou após a recuperação da sua saúde. Como você trouxe tudo isso pro seu personagem? Reynaldo: Tem muito a ver com essa nova forma de eu ver a vida. A peça fala de superação e eu já tinha esse material pra ser trabalhado. Mas não só o meu tratamento trouxe isso, mas também a minha bagagem de vida. Porque ele é um pouco de tudo o que vivi. A peça não é só sobre uma coisa. Todo mundo pergunta e fala que a peça é triste. Ela fala do ser humano, de uma família, com gente de verdade. Todo mundo vai se identificar, porque eles são humanos, verdadeiros, você não os julga mesmo vendo suas atitudes. Raleste: E como tem sido chegar próximo aos 40 anos... Reynaldo: Está sendo ótimo e estou adorando. Acho uma idade muito bela, porque ela já conta com um pouco de tempo pra gente ter aprendido
  • 73. muita coisa. Mas ainda te deixa com vigor e jovem. Quarenta anos é uma idade muito jovem. Mas você tem outra cabeça né?! Pra deixar de lado um monte de coisas que você já não precisa mais. É uma idade bela. Raleste: Você e a Giovanna também farão a novela do Manoel Carlos? Reynaldo: Honestamente sei pouco! Eu ainda não entrei no projeto. Na verdade, recebi os capítulos ontem. Tem uma parte que começa já em outubro, a novela tem duas fases, e eu entro na segunda que começa a ser gravada em novembro. Tem mistérios sobre essa novela, mas eu sei que vai ser muito legal porque é a última do Maneco... É maravilhoso e não tinha como não aceitar porque o Manuel (Carlos) é o meu pai artístico. Ele foi o cara que realmente me colocou na televisão. Foi muito importante como ser humano na minha vida. Ele foi um pai artístico e de verdade porque lembro que quando me mudei pro Rio de Janeiro pra fazer novela, eu frequentava a casa dele. Ele me abraçou e me deu oportunidade. Essa novela eu encaro como quase uma homenagem a ele. Raleste: É verdade que o seu personagem será apaixonado por culinária? Reynaldo: Eu vi que ele é um chef de cozinha, meio durão, desempregado, tem essa relação meio mexida com a mulher... Não sei se posso falar muito, mas também não sei muito... Raleste: Em seu livro "Giane: Vida, Arte e Luta" você falou bem da sua experiência pessoal, você se arrepende de alguma coisa que foi escrita? Reynaldo: Não, de jeito nenhum. O livro é de uma elegância e acho fundamental porque ele mostra quem eu sou. Sem entrar nos detalhes, porque não precisa, porque seria deselegante comigo e com as outras pessoas que fazem parte da minha vida. Mas ele mostra quem eu sou. Eu fico feliz com isso. Eu não queria um livro que pintasse um personagem que eu não sou. A ideia era mostrar o Gianecchini com todos os defeitos, inseguranças. E nisso ele foi genialmente escrito. 73
  • 74. 74
  • 75. 75
  • 76. 76
  • 77. 77
  • 78. 78
  • 79. 79
  • 80. 80