SlideShare uma empresa Scribd logo
Seja Bem Vindo
Pus-me um dia a percorrer este lindo PORTUGAL Pois queria ver, sentir  Seus encantos sem igual. Fui e vi campos no Minho Sempre mimosos e frescos, E vi as gentes minhotas Com seus trajos pitorescos. Em Trás – os – Montes alpestres, Com os seus vales sombrios, Vi águas dos altos montes Despenharam-se nos rios. E no Douro verdejante, Com vinhedos e choupais, Ouvi rouxinóis á noite Cantar suspiros e ais. Nas acidentadas Beiras, vi brilhar a branca neve, Perto das “Penhas Douradas”, Onde o ar é já mais leve. Percorri a Estremadura. que lindas, férteis campinas, Onde cresce o louro trigo E pastam vacas turinas! No Alentejo vi as messes Ondeando como o mar, E muitas casinhas brancas Como noivas a noivar.  E mais ao sul, no Algarve, Terra das amendoeiras, Vi os quentes, doces frutos Que pendem lá das figueiras. Mas não pára aqui o encanto Que deslumbra o meu olhar. Vamos, meu coração, vamos Para as terras além mar, Onde os Açores emergem, Como pérolas mimosas, E onde a ilha da Madeira Tem o perfume das rosas, E por sua formosura É a “Princesa dos Mares”… E de tudo quanto vi, Trouxe esta impressão final: Que não há terra tão linda, Como o nosso PORTUGAL.
	“Quem olhar para o mapa da Europa, notará que, a um cantinho do ocidente, se acha representado um pequeno país – o nosso querido Portugal. (…)” 	A Historia de Portugal é partilhada com a Península Ibérica.  	Nos anos 930 a 950, apareceu o nome PORTUGAL, na Era Cristã. Fernando Magno oficializou o Território de Portugal. 	No acto de doação da Igreja de São Barto Lomeu de Campelo por D. Afonso Henriques em 1129, aparece pela primeira vez de raiz heráldica o nome de Portugal. 	Os descobrimentos foram a marca deixada pelos Portugueses no mundo, entre 1415 e 1543, delineando o mapa do mundo, impulsionadas pelas conquistas e pela rota do comercio no Mediterrâneo. Este contributo também se deu num avanço na tecnologia náutica, cartográfica e astronomia.
Descobertas 	1415 – Conquista Celta, referida como inicio “descobrimentos Portugueses”. Por Infante D. Henrique 	1418 – Descobrimento do Porto Santo e da Ilha da Madeira por  João Gonçalves Zarco e Tristão Vaz Teixeira. 	1427 a 1452 – Descoberta do Arquipélago dos Açores, por Diogo de Silves e João de Teive. 	1434 – Gil Eanes contorna o Cabo Bojador. 	1492 – Chegada de Cristóvão Colombo á América. 	1488 -  Bartolomeu Dias Contorna O Cabo das Tormentas. 	1497 a 1499 – Chega a Índia por Vasco da Gama. 	1500 – Descobrimento do Brasil por Pedro Alvares Cabral.
D. Afonso I     O Conquistador                                           D. Sancho II     O Piedoso                            	1109 - 1185				          1209 - 1248	   D. Duarte Pio de Bragança D. Sancho I     O Povoador                      1945                          D. Maria II      A Educadora 	1154 – 1211                                                                   1819 - 1853   D. Afonso IIO Gordo                                                    D. Luís I        O Popular                 1185 – 1223                                                                       1838 - 1889 Alguns dos Principais Reis Portugueses:
Antigas  Bandeiras Portuguesas
Esfera Armilar - simbolizando as viagens dos navegadores portugueses pelo Mundo,  Verde - Representa a esperança  Escudo Maior- estão representados sete castelos que representam as cidades fortificadas que D. Afonso III tomou aos mouros. Escudo Pequeno - encerra cinco escudetes azuis pequenos, fazendo alusão às cinco chagas de Jesus Cristo. Cada um desses escudos contêm cinco besantes de prata que contando duas vezes os da quina do meio, recordam os trinta dinheiros pelos quais Judas vendeu Jesus Cristo e simbolizam o poder régio de cunhar moeda. Vermelha - Representa o valor e o sangue derramado nas conquistas, nas descobertas, na defesa e no engrandecimento da Pátria. Esfera Armilar - Situa-se no centro da divisão das duas faixas, simbolizando as viagens dos navegadores portugueses pelo Mundo, nos séculos XV e XVI.
Governo da Republica Portuguesa 	O Governo é constituído pelo Primeiro – Ministro, Ministros,  pelos Secretários de Estado  e Subsecretários de Estado. Também pode incluir um ou mais vice-primeiros-ministros. O governo, actualmente em funções, não inclui nenhum vice-primeiro-ministro nem nenhum subsecretário de Estado.
Fernando Pessoa Ó mar salgado, quanto do teu sal São lágrimas de Portugal! Por te cruzarmos, quantas mães choraram, Quantos filhos em vão rezaram! Quantas noivas ficaram por casar Para que fosses nosso, ó mar! 1888 - 1935  Poeta
Eça de Queirós   Escritor 1845-1900 Obras: A Capital A Cidade e as Serras A Ilustre Casa de Ramires A Relíquia As Minas de Salomão O Crime do Padre Amaro Os Mais O Primo Basílio
A Alma de um Povo 	Tem origem no séc.  XIX em Lisboa. 	A palavra fado tem origem no latim fatum, ou seja, Destino. 	Os instrumentos utilizados são a Guitarra Portuguesa ou clássica.
Tourada Portuguesa Quer gostem ou não, a tourada Portuguesa faz parte de uma longa tradição nacional, move milhões de pessoas de todo o país. Teve origem por volta do séc. XIX. As personagens principais são os cavaleiros vestidos de forma tradicional com fatos que remontam ao séc. VIII, os cavalos de raça lusitana, o touro das geladarias Portuguesas e por fim os forcados.
	Com forte tradição por todo o país, esta cultura portuguesa passa de geração para geração e leva todos os que a adiram ou não a dar um pezinho de dança ao som das musicas culturais.
Gastronomia  	Toda a gastronomia Portuguesa é um convite ao bom paladar, navega entre bons Vinhos, Pão, Queijo e Enchidos, de Norte a Sul e Regiões Autónomas, desgostamos dos mais diversos  sabores, que nos permitem percorrer todo o país sem sair de casa.
Monumentos Portugueses Mosteiros dos Jerónimos Padrão dos Descobrimentos Torre de Belém
Mais bela Lenda  	Situada na margem sul do rio Mondego, em Coimbra, a Quinta das Lágrimas, possui a mas afamada fonte da Europa, a Fonte das Lágrimas, cenário da paixão de D. Pedro e D. Inês de Castro. "As filhas do Mondego, a morte escura  Longo tempo chorando memoraram  E por memória eterna em fonte pura  As Lágrimas choradas transformaram  O nome lhe puseram que ainda dura  Dos amores de Inês que ali passaram  Vede que fresca fonte rega as flores  Que as Lágrimas são água e o nome amores"  Os Lusíadas, canto III.
Ilha da Madeira 	Conhecida como a Pérola do Atlântico, esta formosa Ilha é constituída pelo Porto Santo ou Ilha Dourada, as Deserta que são três e pelas Selvagens. 	Com um clima tropical, a Ilha é conhecida pelas suas paisagens paradisíacas, das quais grande parte é constituída pela Fauna e Flora típicas e únicas na Região, que encanta aqueles que a visitam. 	Com um calendário preenchido, não deixa ninguém indiferente ou aborrecido, Carros do Monte, Levadas, Safari, Praia, o melhor Fim do Ano do Mundo, Carnaval, entre muitas outras actividades ao longo de todo o ano.
Arquipélago dos Açores 	Nove são as Ilhas os Açores, cada uma mais magica que a outra. Corvo Flores Graciosa São Jorge Faial Pico Terceira São Miguel Santa Maria Cada umas das ilhas possui lendas que nos fazem sonhar e uma beleza natural ainda por descobrir.
Quem passa por Portugal não passa sem lá voltar. Porque vir a Portugal! Não pense muito, venha descobrir um País a beira mar plantado, rico em vida e em diversão, com um povo caloroso e simpático, cheio de alegria. 	De Norte a Sul e as Ilhas tem muito por onde escolher, e garantimos que  não terá vontade de ir embora.   Portugal, terra tão linda Como não há igual. Ó terra dos meus avós, Salve, lindo Portugal!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Expansão Marítima Portuguesa: Ilhas atlânticas e Marrocos
Expansão Marítima Portuguesa: Ilhas atlânticas e MarrocosExpansão Marítima Portuguesa: Ilhas atlânticas e Marrocos
Expansão Marítima Portuguesa: Ilhas atlânticas e Marrocos
Fabiana Léo
 
O império português do oriente 2ª parte
O império português do oriente   2ª parteO império português do oriente   2ª parte
O império português do oriente 2ª parte
Anabela Sobral
 
Ilhas atlânticas
Ilhas atlânticasIlhas atlânticas
Ilhas atlânticas
Maria Gomes
 
07 portugal a norte povo que lavas no rio1
07 portugal a norte   povo que lavas no rio107 portugal a norte   povo que lavas no rio1
07 portugal a norte povo que lavas no rio1
Salvador da Silva Tomaz
 
Descobrimentos
DescobrimentosDescobrimentos
Descobrimentos
Ana Matias
 
Descoberta da Costa Africana
Descoberta da Costa AfricanaDescoberta da Costa Africana
Descoberta da Costa Africana
Maria Gomes
 
2 período henriquino
2   período henriquino2   período henriquino
2 período henriquino
immss
 
Descobrimentos portugueses
Descobrimentos portuguesesDescobrimentos portugueses
Descobrimentos portugueses
Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro
 
A Expansao Portuguesa.
A Expansao Portuguesa.A Expansao Portuguesa.
A Expansao Portuguesa.
sandrabranco
 
Portugal nos séculos XV e XVI
Portugal nos séculos XV e XVIPortugal nos séculos XV e XVI
Portugal nos séculos XV e XVI
cruchinho
 
O império português do oriente 3ª parte
O império português do oriente   3ª parteO império português do oriente   3ª parte
O império português do oriente 3ª parte
Anabela Sobral
 
Caminho maritimo para a índia
Caminho maritimo para a índiaCaminho maritimo para a índia
Caminho maritimo para a índia
20014
 
Paraty 2009 Dados E InformaçõEs
Paraty 2009   Dados E InformaçõEsParaty 2009   Dados E InformaçõEs
Paraty 2009 Dados E InformaçõEs
Nelson Silva
 
A política expansionista de D. João II e a rivalidade luso castelhana1
A política expansionista de D. João II e a rivalidade luso castelhana1A política expansionista de D. João II e a rivalidade luso castelhana1
A política expansionista de D. João II e a rivalidade luso castelhana1
Maria Gomes
 
1 VA - SILANIA
1 VA - SILANIA1 VA - SILANIA
Expansão Marítima
Expansão MarítimaExpansão Marítima
Expansão Marítima
Aulas de História
 
A Expansao Portuguesa Diana Nº9 8ºD
A Expansao Portuguesa Diana Nº9 8ºDA Expansao Portuguesa Diana Nº9 8ºD
A Expansao Portuguesa Diana Nº9 8ºD
sandrabranco
 
As descobertas na costa africana
As descobertas na costa africanaAs descobertas na costa africana
As descobertas na costa africana
Ana Batista
 
Vasco da Gama
Vasco da  GamaVasco da  Gama
Vasco da Gama
MariaVeleda
 
Descobrimentos portugueses mip
Descobrimentos portugueses mipDescobrimentos portugueses mip
Descobrimentos portugueses mip
Cristina Alves
 

Mais procurados (20)

Expansão Marítima Portuguesa: Ilhas atlânticas e Marrocos
Expansão Marítima Portuguesa: Ilhas atlânticas e MarrocosExpansão Marítima Portuguesa: Ilhas atlânticas e Marrocos
Expansão Marítima Portuguesa: Ilhas atlânticas e Marrocos
 
O império português do oriente 2ª parte
O império português do oriente   2ª parteO império português do oriente   2ª parte
O império português do oriente 2ª parte
 
Ilhas atlânticas
Ilhas atlânticasIlhas atlânticas
Ilhas atlânticas
 
07 portugal a norte povo que lavas no rio1
07 portugal a norte   povo que lavas no rio107 portugal a norte   povo que lavas no rio1
07 portugal a norte povo que lavas no rio1
 
Descobrimentos
DescobrimentosDescobrimentos
Descobrimentos
 
Descoberta da Costa Africana
Descoberta da Costa AfricanaDescoberta da Costa Africana
Descoberta da Costa Africana
 
2 período henriquino
2   período henriquino2   período henriquino
2 período henriquino
 
Descobrimentos portugueses
Descobrimentos portuguesesDescobrimentos portugueses
Descobrimentos portugueses
 
A Expansao Portuguesa.
A Expansao Portuguesa.A Expansao Portuguesa.
A Expansao Portuguesa.
 
Portugal nos séculos XV e XVI
Portugal nos séculos XV e XVIPortugal nos séculos XV e XVI
Portugal nos séculos XV e XVI
 
O império português do oriente 3ª parte
O império português do oriente   3ª parteO império português do oriente   3ª parte
O império português do oriente 3ª parte
 
Caminho maritimo para a índia
Caminho maritimo para a índiaCaminho maritimo para a índia
Caminho maritimo para a índia
 
Paraty 2009 Dados E InformaçõEs
Paraty 2009   Dados E InformaçõEsParaty 2009   Dados E InformaçõEs
Paraty 2009 Dados E InformaçõEs
 
A política expansionista de D. João II e a rivalidade luso castelhana1
A política expansionista de D. João II e a rivalidade luso castelhana1A política expansionista de D. João II e a rivalidade luso castelhana1
A política expansionista de D. João II e a rivalidade luso castelhana1
 
1 VA - SILANIA
1 VA - SILANIA1 VA - SILANIA
1 VA - SILANIA
 
Expansão Marítima
Expansão MarítimaExpansão Marítima
Expansão Marítima
 
A Expansao Portuguesa Diana Nº9 8ºD
A Expansao Portuguesa Diana Nº9 8ºDA Expansao Portuguesa Diana Nº9 8ºD
A Expansao Portuguesa Diana Nº9 8ºD
 
As descobertas na costa africana
As descobertas na costa africanaAs descobertas na costa africana
As descobertas na costa africana
 
Vasco da Gama
Vasco da  GamaVasco da  Gama
Vasco da Gama
 
Descobrimentos portugueses mip
Descobrimentos portugueses mipDescobrimentos portugueses mip
Descobrimentos portugueses mip
 

Destaque

Himno oblato
Himno oblatoHimno oblato
Himno oblato
jose luis
 
National Bank of Belgium's Library: Patrons Satisfaction Survey Results
National Bank of Belgium's Library: Patrons Satisfaction Survey ResultsNational Bank of Belgium's Library: Patrons Satisfaction Survey Results
National Bank of Belgium's Library: Patrons Satisfaction Survey Results
National Bank of Belgium
 
Homem de ferro (Parte 3: O cinturão da verdade)
Homem de ferro (Parte 3: O cinturão da verdade)Homem de ferro (Parte 3: O cinturão da verdade)
Homem de ferro (Parte 3: O cinturão da verdade)
Ruy Carneiro Giraldes Neto
 
Ricardo alquinga
Ricardo alquingaRicardo alquinga
Ricardo alquinga
ricardoalquinga
 
Possibilidades Internet
Possibilidades InternetPossibilidades Internet
Possibilidades Internet
mariassis2003
 
Programador semanal 31
Programador semanal 31Programador semanal 31
Programador semanal 31
lindemann2006
 
Resident evil
Resident evilResident evil
Resident evil
Manuel Herrera
 
Aula 5de Outubro[1]
Aula 5de Outubro[1]Aula 5de Outubro[1]
Aula 5de Outubro[1]
gigilu
 
Geometria no espaco_solidos geometricos
Geometria no espaco_solidos geometricosGeometria no espaco_solidos geometricos
Geometria no espaco_solidos geometricos
gigilu
 
áLbum de fotografias
áLbum de fotografiasáLbum de fotografias
áLbum de fotografias
Daramikadressa
 

Destaque (10)

Himno oblato
Himno oblatoHimno oblato
Himno oblato
 
National Bank of Belgium's Library: Patrons Satisfaction Survey Results
National Bank of Belgium's Library: Patrons Satisfaction Survey ResultsNational Bank of Belgium's Library: Patrons Satisfaction Survey Results
National Bank of Belgium's Library: Patrons Satisfaction Survey Results
 
Homem de ferro (Parte 3: O cinturão da verdade)
Homem de ferro (Parte 3: O cinturão da verdade)Homem de ferro (Parte 3: O cinturão da verdade)
Homem de ferro (Parte 3: O cinturão da verdade)
 
Ricardo alquinga
Ricardo alquingaRicardo alquinga
Ricardo alquinga
 
Possibilidades Internet
Possibilidades InternetPossibilidades Internet
Possibilidades Internet
 
Programador semanal 31
Programador semanal 31Programador semanal 31
Programador semanal 31
 
Resident evil
Resident evilResident evil
Resident evil
 
Aula 5de Outubro[1]
Aula 5de Outubro[1]Aula 5de Outubro[1]
Aula 5de Outubro[1]
 
Geometria no espaco_solidos geometricos
Geometria no espaco_solidos geometricosGeometria no espaco_solidos geometricos
Geometria no espaco_solidos geometricos
 
áLbum de fotografias
áLbum de fotografiasáLbum de fotografias
áLbum de fotografias
 

Semelhante a Portugal

Medieval
MedievalMedieval
Descoberta Das Ilhas Atanticas
Descoberta Das Ilhas AtanticasDescoberta Das Ilhas Atanticas
Descoberta Das Ilhas Atanticas
sandrabranco
 
Hstória do Meio Local
Hstória do Meio LocalHstória do Meio Local
Hstória do Meio Local
escolasebastianito
 
Fortuna
FortunaFortuna
Os imperios peninsulares
Os imperios peninsularesOs imperios peninsulares
Os imperios peninsulares
Susana Simões
 
Apontamentos historia a expansão marítima portuguesa
Apontamentos historia a expansão marítima portuguesaApontamentos historia a expansão marítima portuguesa
Apontamentos historia a expansão marítima portuguesa
Marta Pacheco
 
Ilhas atlânticas
Ilhas atlânticasIlhas atlânticas
Ilhas atlânticas
Maria Gomes
 
A expansao portuguesa
A expansao portuguesaA expansao portuguesa
A expansao portuguesa
josepinho
 
A expansao portuguesa 01
A expansao portuguesa 01A expansao portuguesa 01
A expansao portuguesa 01
Álvaro Maurício
 
A Expansão Portuguesa
A Expansão Portuguesa A Expansão Portuguesa
A Expansão Portuguesa
Ministério da Educação
 
A expansao portuguesa 01
A expansao portuguesa 01A expansao portuguesa 01
A expansao portuguesa 01
Reginaldo Teixeira Teixeira
 
Historia historia.em.banda.desenhada
Historia historia.em.banda.desenhadaHistoria historia.em.banda.desenhada
Historia historia.em.banda.desenhada
Lina Rodrigues
 
re82121_euvez5_pp_expansao.pptx
re82121_euvez5_pp_expansao.pptxre82121_euvez5_pp_expansao.pptx
re82121_euvez5_pp_expansao.pptx
ngelaMendes10
 
A historia de portugal
A historia de portugalA historia de portugal
A historia de portugal
gracindacasais
 
História resumos
História resumosHistória resumos
História resumos
meggytoscano
 
Os descobrimentos portugueses 1ªparte
Os descobrimentos portugueses 1ªparteOs descobrimentos portugueses 1ªparte
Os descobrimentos portugueses 1ªparte
Anabela Sobral
 
Sos matéria descobrimentos.
Sos matéria descobrimentos.Sos matéria descobrimentos.
Sos matéria descobrimentos.
Ana Pereira
 
Estudo meio 2_historiaportugal
Estudo meio 2_historiaportugalEstudo meio 2_historiaportugal
Estudo meio 2_historiaportugal
Sílvia Rocha
 
Trabalho sobre Portugal 2024 4º ano **********
Trabalho sobre Portugal 2024 4º ano **********Trabalho sobre Portugal 2024 4º ano **********
Trabalho sobre Portugal 2024 4º ano **********
SilviaRodrigues99
 
Início expansão.pptx
Início expansão.pptxInício expansão.pptx
Início expansão.pptx
Conceio10
 

Semelhante a Portugal (20)

Medieval
MedievalMedieval
Medieval
 
Descoberta Das Ilhas Atanticas
Descoberta Das Ilhas AtanticasDescoberta Das Ilhas Atanticas
Descoberta Das Ilhas Atanticas
 
Hstória do Meio Local
Hstória do Meio LocalHstória do Meio Local
Hstória do Meio Local
 
Fortuna
FortunaFortuna
Fortuna
 
Os imperios peninsulares
Os imperios peninsularesOs imperios peninsulares
Os imperios peninsulares
 
Apontamentos historia a expansão marítima portuguesa
Apontamentos historia a expansão marítima portuguesaApontamentos historia a expansão marítima portuguesa
Apontamentos historia a expansão marítima portuguesa
 
Ilhas atlânticas
Ilhas atlânticasIlhas atlânticas
Ilhas atlânticas
 
A expansao portuguesa
A expansao portuguesaA expansao portuguesa
A expansao portuguesa
 
A expansao portuguesa 01
A expansao portuguesa 01A expansao portuguesa 01
A expansao portuguesa 01
 
A Expansão Portuguesa
A Expansão Portuguesa A Expansão Portuguesa
A Expansão Portuguesa
 
A expansao portuguesa 01
A expansao portuguesa 01A expansao portuguesa 01
A expansao portuguesa 01
 
Historia historia.em.banda.desenhada
Historia historia.em.banda.desenhadaHistoria historia.em.banda.desenhada
Historia historia.em.banda.desenhada
 
re82121_euvez5_pp_expansao.pptx
re82121_euvez5_pp_expansao.pptxre82121_euvez5_pp_expansao.pptx
re82121_euvez5_pp_expansao.pptx
 
A historia de portugal
A historia de portugalA historia de portugal
A historia de portugal
 
História resumos
História resumosHistória resumos
História resumos
 
Os descobrimentos portugueses 1ªparte
Os descobrimentos portugueses 1ªparteOs descobrimentos portugueses 1ªparte
Os descobrimentos portugueses 1ªparte
 
Sos matéria descobrimentos.
Sos matéria descobrimentos.Sos matéria descobrimentos.
Sos matéria descobrimentos.
 
Estudo meio 2_historiaportugal
Estudo meio 2_historiaportugalEstudo meio 2_historiaportugal
Estudo meio 2_historiaportugal
 
Trabalho sobre Portugal 2024 4º ano **********
Trabalho sobre Portugal 2024 4º ano **********Trabalho sobre Portugal 2024 4º ano **********
Trabalho sobre Portugal 2024 4º ano **********
 
Início expansão.pptx
Início expansão.pptxInício expansão.pptx
Início expansão.pptx
 

Mais de nelitacaetano

Portugal Vs Irlanda
Portugal Vs IrlandaPortugal Vs Irlanda
Portugal Vs Irlanda
nelitacaetano
 
Portugal Vs Irlanda
Portugal Vs IrlandaPortugal Vs Irlanda
Portugal Vs Irlanda
nelitacaetano
 
Noticia Rtp
Noticia RtpNoticia Rtp
Noticia Rtp
nelitacaetano
 
EducaçãO[1]...
EducaçãO[1]...EducaçãO[1]...
EducaçãO[1]...
nelitacaetano
 
Escolarid[1]..
Escolarid[1]..Escolarid[1]..
Escolarid[1]..
nelitacaetano
 
Blog1
Blog1Blog1
Blog
BlogBlog
Http Www.Gave.Min Edu.Pt Np3content News Id=158&File Name=Pisa 2000 Questi...
Http   Www.Gave.Min Edu.Pt Np3content  News Id=158&File Name=Pisa 2000 Questi...Http   Www.Gave.Min Edu.Pt Np3content  News Id=158&File Name=Pisa 2000 Questi...
Http Www.Gave.Min Edu.Pt Np3content News Id=158&File Name=Pisa 2000 Questi...
nelitacaetano
 
Pisa Resultado De Desempenho Em CiêNcias Dos Estudantes Em 2006
Pisa Resultado De Desempenho Em CiêNcias Dos Estudantes Em 2006Pisa Resultado De Desempenho Em CiêNcias Dos Estudantes Em 2006
Pisa Resultado De Desempenho Em CiêNcias Dos Estudantes Em 2006nelitacaetano
 
Spm
SpmSpm
Doc.....
Doc.....Doc.....
Doc.....
nelitacaetano
 
Impacto Pisa
Impacto PisaImpacto Pisa
Impacto Pisa
nelitacaetano
 
Promover [1]..
Promover [1]..Promover [1]..
Promover [1]..
nelitacaetano
 
Jullien De Paris
Jullien De ParisJullien De Paris
Jullien De Paris
nelitacaetano
 
EducaçAo Comparada Espanha
EducaçAo Comparada EspanhaEducaçAo Comparada Espanha
EducaçAo Comparada Espanha
nelitacaetano
 
Ed. Comparada Espanha
Ed. Comparada EspanhaEd. Comparada Espanha
Ed. Comparada Espanha
nelitacaetano
 
Irlanda
IrlandaIrlanda
Irlanda
nelitacaetano
 
Portugal
PortugalPortugal
Portugal
nelitacaetano
 
O Que Faz A UniãO Europeia
O Que Faz A UniãO EuropeiaO Que Faz A UniãO Europeia
O Que Faz A UniãO Europeia
nelitacaetano
 

Mais de nelitacaetano (19)

Portugal Vs Irlanda
Portugal Vs IrlandaPortugal Vs Irlanda
Portugal Vs Irlanda
 
Portugal Vs Irlanda
Portugal Vs IrlandaPortugal Vs Irlanda
Portugal Vs Irlanda
 
Noticia Rtp
Noticia RtpNoticia Rtp
Noticia Rtp
 
EducaçãO[1]...
EducaçãO[1]...EducaçãO[1]...
EducaçãO[1]...
 
Escolarid[1]..
Escolarid[1]..Escolarid[1]..
Escolarid[1]..
 
Blog1
Blog1Blog1
Blog1
 
Blog
BlogBlog
Blog
 
Http Www.Gave.Min Edu.Pt Np3content News Id=158&File Name=Pisa 2000 Questi...
Http   Www.Gave.Min Edu.Pt Np3content  News Id=158&File Name=Pisa 2000 Questi...Http   Www.Gave.Min Edu.Pt Np3content  News Id=158&File Name=Pisa 2000 Questi...
Http Www.Gave.Min Edu.Pt Np3content News Id=158&File Name=Pisa 2000 Questi...
 
Pisa Resultado De Desempenho Em CiêNcias Dos Estudantes Em 2006
Pisa Resultado De Desempenho Em CiêNcias Dos Estudantes Em 2006Pisa Resultado De Desempenho Em CiêNcias Dos Estudantes Em 2006
Pisa Resultado De Desempenho Em CiêNcias Dos Estudantes Em 2006
 
Spm
SpmSpm
Spm
 
Doc.....
Doc.....Doc.....
Doc.....
 
Impacto Pisa
Impacto PisaImpacto Pisa
Impacto Pisa
 
Promover [1]..
Promover [1]..Promover [1]..
Promover [1]..
 
Jullien De Paris
Jullien De ParisJullien De Paris
Jullien De Paris
 
EducaçAo Comparada Espanha
EducaçAo Comparada EspanhaEducaçAo Comparada Espanha
EducaçAo Comparada Espanha
 
Ed. Comparada Espanha
Ed. Comparada EspanhaEd. Comparada Espanha
Ed. Comparada Espanha
 
Irlanda
IrlandaIrlanda
Irlanda
 
Portugal
PortugalPortugal
Portugal
 
O Que Faz A UniãO Europeia
O Que Faz A UniãO EuropeiaO Que Faz A UniãO Europeia
O Que Faz A UniãO Europeia
 

Último

Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Centro Jacques Delors
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
Manuais Formação
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
KarollayneRodriguesV1
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 

Último (20)

Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 

Portugal

  • 2. Pus-me um dia a percorrer este lindo PORTUGAL Pois queria ver, sentir Seus encantos sem igual. Fui e vi campos no Minho Sempre mimosos e frescos, E vi as gentes minhotas Com seus trajos pitorescos. Em Trás – os – Montes alpestres, Com os seus vales sombrios, Vi águas dos altos montes Despenharam-se nos rios. E no Douro verdejante, Com vinhedos e choupais, Ouvi rouxinóis á noite Cantar suspiros e ais. Nas acidentadas Beiras, vi brilhar a branca neve, Perto das “Penhas Douradas”, Onde o ar é já mais leve. Percorri a Estremadura. que lindas, férteis campinas, Onde cresce o louro trigo E pastam vacas turinas! No Alentejo vi as messes Ondeando como o mar, E muitas casinhas brancas Como noivas a noivar. E mais ao sul, no Algarve, Terra das amendoeiras, Vi os quentes, doces frutos Que pendem lá das figueiras. Mas não pára aqui o encanto Que deslumbra o meu olhar. Vamos, meu coração, vamos Para as terras além mar, Onde os Açores emergem, Como pérolas mimosas, E onde a ilha da Madeira Tem o perfume das rosas, E por sua formosura É a “Princesa dos Mares”… E de tudo quanto vi, Trouxe esta impressão final: Que não há terra tão linda, Como o nosso PORTUGAL.
  • 3. “Quem olhar para o mapa da Europa, notará que, a um cantinho do ocidente, se acha representado um pequeno país – o nosso querido Portugal. (…)” A Historia de Portugal é partilhada com a Península Ibérica. Nos anos 930 a 950, apareceu o nome PORTUGAL, na Era Cristã. Fernando Magno oficializou o Território de Portugal. No acto de doação da Igreja de São Barto Lomeu de Campelo por D. Afonso Henriques em 1129, aparece pela primeira vez de raiz heráldica o nome de Portugal. Os descobrimentos foram a marca deixada pelos Portugueses no mundo, entre 1415 e 1543, delineando o mapa do mundo, impulsionadas pelas conquistas e pela rota do comercio no Mediterrâneo. Este contributo também se deu num avanço na tecnologia náutica, cartográfica e astronomia.
  • 4. Descobertas 1415 – Conquista Celta, referida como inicio “descobrimentos Portugueses”. Por Infante D. Henrique 1418 – Descobrimento do Porto Santo e da Ilha da Madeira por João Gonçalves Zarco e Tristão Vaz Teixeira. 1427 a 1452 – Descoberta do Arquipélago dos Açores, por Diogo de Silves e João de Teive. 1434 – Gil Eanes contorna o Cabo Bojador. 1492 – Chegada de Cristóvão Colombo á América. 1488 - Bartolomeu Dias Contorna O Cabo das Tormentas. 1497 a 1499 – Chega a Índia por Vasco da Gama. 1500 – Descobrimento do Brasil por Pedro Alvares Cabral.
  • 5. D. Afonso I O Conquistador D. Sancho II O Piedoso 1109 - 1185 1209 - 1248 D. Duarte Pio de Bragança D. Sancho I O Povoador 1945 D. Maria II A Educadora 1154 – 1211 1819 - 1853 D. Afonso IIO Gordo D. Luís I O Popular 1185 – 1223 1838 - 1889 Alguns dos Principais Reis Portugueses:
  • 6. Antigas Bandeiras Portuguesas
  • 7. Esfera Armilar - simbolizando as viagens dos navegadores portugueses pelo Mundo, Verde - Representa a esperança Escudo Maior- estão representados sete castelos que representam as cidades fortificadas que D. Afonso III tomou aos mouros. Escudo Pequeno - encerra cinco escudetes azuis pequenos, fazendo alusão às cinco chagas de Jesus Cristo. Cada um desses escudos contêm cinco besantes de prata que contando duas vezes os da quina do meio, recordam os trinta dinheiros pelos quais Judas vendeu Jesus Cristo e simbolizam o poder régio de cunhar moeda. Vermelha - Representa o valor e o sangue derramado nas conquistas, nas descobertas, na defesa e no engrandecimento da Pátria. Esfera Armilar - Situa-se no centro da divisão das duas faixas, simbolizando as viagens dos navegadores portugueses pelo Mundo, nos séculos XV e XVI.
  • 8.
  • 9.
  • 10. Governo da Republica Portuguesa O Governo é constituído pelo Primeiro – Ministro, Ministros, pelos Secretários de Estado e Subsecretários de Estado. Também pode incluir um ou mais vice-primeiros-ministros. O governo, actualmente em funções, não inclui nenhum vice-primeiro-ministro nem nenhum subsecretário de Estado.
  • 11. Fernando Pessoa Ó mar salgado, quanto do teu sal São lágrimas de Portugal! Por te cruzarmos, quantas mães choraram, Quantos filhos em vão rezaram! Quantas noivas ficaram por casar Para que fosses nosso, ó mar! 1888 - 1935 Poeta
  • 12. Eça de Queirós Escritor 1845-1900 Obras: A Capital A Cidade e as Serras A Ilustre Casa de Ramires A Relíquia As Minas de Salomão O Crime do Padre Amaro Os Mais O Primo Basílio
  • 13. A Alma de um Povo Tem origem no séc. XIX em Lisboa. A palavra fado tem origem no latim fatum, ou seja, Destino. Os instrumentos utilizados são a Guitarra Portuguesa ou clássica.
  • 14. Tourada Portuguesa Quer gostem ou não, a tourada Portuguesa faz parte de uma longa tradição nacional, move milhões de pessoas de todo o país. Teve origem por volta do séc. XIX. As personagens principais são os cavaleiros vestidos de forma tradicional com fatos que remontam ao séc. VIII, os cavalos de raça lusitana, o touro das geladarias Portuguesas e por fim os forcados.
  • 15. Com forte tradição por todo o país, esta cultura portuguesa passa de geração para geração e leva todos os que a adiram ou não a dar um pezinho de dança ao som das musicas culturais.
  • 16. Gastronomia Toda a gastronomia Portuguesa é um convite ao bom paladar, navega entre bons Vinhos, Pão, Queijo e Enchidos, de Norte a Sul e Regiões Autónomas, desgostamos dos mais diversos sabores, que nos permitem percorrer todo o país sem sair de casa.
  • 17. Monumentos Portugueses Mosteiros dos Jerónimos Padrão dos Descobrimentos Torre de Belém
  • 18. Mais bela Lenda Situada na margem sul do rio Mondego, em Coimbra, a Quinta das Lágrimas, possui a mas afamada fonte da Europa, a Fonte das Lágrimas, cenário da paixão de D. Pedro e D. Inês de Castro. "As filhas do Mondego, a morte escura Longo tempo chorando memoraram E por memória eterna em fonte pura As Lágrimas choradas transformaram O nome lhe puseram que ainda dura Dos amores de Inês que ali passaram Vede que fresca fonte rega as flores Que as Lágrimas são água e o nome amores" Os Lusíadas, canto III.
  • 19. Ilha da Madeira Conhecida como a Pérola do Atlântico, esta formosa Ilha é constituída pelo Porto Santo ou Ilha Dourada, as Deserta que são três e pelas Selvagens. Com um clima tropical, a Ilha é conhecida pelas suas paisagens paradisíacas, das quais grande parte é constituída pela Fauna e Flora típicas e únicas na Região, que encanta aqueles que a visitam. Com um calendário preenchido, não deixa ninguém indiferente ou aborrecido, Carros do Monte, Levadas, Safari, Praia, o melhor Fim do Ano do Mundo, Carnaval, entre muitas outras actividades ao longo de todo o ano.
  • 20. Arquipélago dos Açores Nove são as Ilhas os Açores, cada uma mais magica que a outra. Corvo Flores Graciosa São Jorge Faial Pico Terceira São Miguel Santa Maria Cada umas das ilhas possui lendas que nos fazem sonhar e uma beleza natural ainda por descobrir.
  • 21. Quem passa por Portugal não passa sem lá voltar. Porque vir a Portugal! Não pense muito, venha descobrir um País a beira mar plantado, rico em vida e em diversão, com um povo caloroso e simpático, cheio de alegria. De Norte a Sul e as Ilhas tem muito por onde escolher, e garantimos que não terá vontade de ir embora. Portugal, terra tão linda Como não há igual. Ó terra dos meus avós, Salve, lindo Portugal!