SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES
GESTÃO DE SALA DE AULA
NOME DO PROFESSOR Rosângela Sâmara Rodrigues dos
Santos
ÁREA DO
CONHECIMENTO
Matemática -
Multiplicação
SÉRIE/
ANO
2º ano
NOME DA ESCOLA Escola Municipal Janduís CIDADE Assu
Objetivo/habilidade
curricular
Compreender que a multiplicação se constitui em uma ‘adição’ de parcelas iguais.
OBJETIVO DA AULA
O que você quer que seus alunos saibam ou sejam
capazes de fazer (habilidade) ao final da aula.
Realizar cálculos simples envolvendo adições e multiplicações, associando seus conceitos e
aplicabilidade no cotidiano.
AVALIAÇÃO
Descreva como você vai verificar se eles aprenderam:
- Qual pergunta o aluno deverá responder ou qual
atividade deverá desempenhar?
- Que instrumento será usado para fazer a verificação?
Os alunos realizarão atividade prática utilizando materiais concretos (quadro posicional e
canudos, material dourado ou grãos de feijão/milho), além de atividade xerocada para fixação
dos conceitos iniciais.
ATIVIDADES
PROFESSOR
O que você fará
ALUNO
O que os alunos farão enquanto isso
ORGANIZAÇÃO
DA SALA
Como a sala estará
organizada
TEMPO
Tempo em
minutos
para cada
etapa
(incluir
transições)
RECURSO MATERIAL
Recursos necessários
Chegada à escola, acolhida, oração,
apresentação da rotina de aula,
recebimento de tarefas.
Entrada na sala e conversa inicial com os
colegas, oração, entrega de atividades do dia
anterior
Carteiras dispostas
em filas
45 min
(07h)
Diário de classe,
atividades, diálogo
Leitura deleite Ouvir atenciosamente para em seguida fazer
comentários sobre o que ouviram, associando
a experiências cotidianas.
Essa atividade será
realizada no pátio
externo.
15 min.
(07h45min)
Livro paradidático
PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES
GESTÃO DE SALA DE AULA
Conversa informal sobre as operações
estudadas anteriormente.
Participação direta fazendo comentários,
apresentando conhecimentos prévios.
Alunos sentados em
seus lugares, com
as carteiras
dispostas em filas,
com alternância de
meninos e meninas.
15 min
(08h)
Diálogo
Levar os alunos para o banheiro. Sair da sala para beber água e ir ao banheiro. Dispostos em fila. 5 min
(08h15min)
Conduzir atividades práticas usando o
quadro posicional, canudos e grãos.
Realização de cálculos simples de adição e
subtração, utilizando material concreto.
Alunos agrupados,
à vontade, na sala.
20 min
(08h20min)
Quadro posicional,
canudos, grãos de feijão
ou milho, material
dourado
Explicação do conteúdo, introduzindo
conceito de multiplicação.
Escuta da explicação, participando
ativamente, apresentando conhecimentos
prévios.
Alunos sentados em
seus lugares, com
as carteiras
dispostas em filas,
com alternância de
meninos e meninas.
25 min
(08h40min)
Slides explicativos,
diálogo, imagens
Orientar na resolução de cálculos de
multiplicação.
Desenvolver atividade prática de resolução
de cálculos de multiplicação, utilizando
material concreto.
Alunos agrupados,
à vontade, na sala.
30 min
(09h05min)
Quadro posicional,
canudos, grãos de
feijão ou milho, material
dourado
Intervalo Intervalo Brincadeiras à
vontade
20 min
(09h35min)
PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES
GESTÃO DE SALA DE AULA
Atividade escrita. Responder atividade xerocada com o
conteúdo estudado.
Em grupo, os
alunos realizarão a
atividade proposta.
45 min
(09h55min)
Atividade xerocada,
quadro posicional,
grãos de feijão/milho,
material dourado.
Aplicar jogo ‘Futebol das Operações’ Participar com seus pares do jogo Dois grupos/times
para jogar o ‘futebol’
20 min
(10h40min)
Quadro branco, pincel,
cartões com operações
(adição, multiplicação)
Organização para o encerramento das
aulas.
Guardar material, organizar sala. Alunos sentados em
seus lugares
05 min
(11h)
Encerramento da aula Encerramento da aula Encerramento da
aula
11h05min Encerramento da aula

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Planejamento 1.doc

Uma análise do projeto “algebrincando” na sétima série.pdf
Uma análise do projeto “algebrincando” na sétima série.pdfUma análise do projeto “algebrincando” na sétima série.pdf
Uma análise do projeto “algebrincando” na sétima série.pdfmarciomwmarques
 
Pacto nacional pela alfabetização na idade certa
Pacto nacional pela alfabetização na idade certaPacto nacional pela alfabetização na idade certa
Pacto nacional pela alfabetização na idade certaCida Nenê Leite
 
Aprender Ciência
Aprender CiênciaAprender Ciência
Aprender Ciênciainnog
 
Ensinando matemática com o geoplano
Ensinando matemática com o geoplanoEnsinando matemática com o geoplano
Ensinando matemática com o geoplanoDaniela Coelho
 
Prática docente na educação infantil
Prática docente na educação infantilPrática docente na educação infantil
Prática docente na educação infantilRosinara Azeredo
 
Aula invertida e tecnologias emergentes
Aula invertida e tecnologias emergentesAula invertida e tecnologias emergentes
Aula invertida e tecnologias emergentesJosé Moura Carvalho
 
Sequencia didática de Matemática Alfabetizadora Eva Anilda Silveira
Sequencia didática de Matemática Alfabetizadora Eva Anilda Silveira Sequencia didática de Matemática Alfabetizadora Eva Anilda Silveira
Sequencia didática de Matemática Alfabetizadora Eva Anilda Silveira Solange Goulart
 
CADERNO 01 - PNAIC MATEMÁTICA
CADERNO 01 - PNAIC MATEMÁTICACADERNO 01 - PNAIC MATEMÁTICA
CADERNO 01 - PNAIC MATEMÁTICAAline Caixeta
 
Articulação dos Eixos Temáticos - Pedagogia - Ivete Mantovani
Articulação dos Eixos Temáticos - Pedagogia - Ivete MantovaniArticulação dos Eixos Temáticos - Pedagogia - Ivete Mantovani
Articulação dos Eixos Temáticos - Pedagogia - Ivete MantovaniIveteMantovani
 
2016_pdp_geo_uel_giseliaaparecidamendes.pdf
2016_pdp_geo_uel_giseliaaparecidamendes.pdf2016_pdp_geo_uel_giseliaaparecidamendes.pdf
2016_pdp_geo_uel_giseliaaparecidamendes.pdfAmanda Morato
 
50 dicas para professores começarem bem o ano letivo
50 dicas para professores começarem bem o ano letivo50 dicas para professores começarem bem o ano letivo
50 dicas para professores começarem bem o ano letivoViotto advocacia
 
Caminhos e Descaminhos no Ensino e Aprendizagem do Conceito de Divisão
Caminhos e Descaminhos no Ensino e Aprendizagem do Conceito de  DivisãoCaminhos e Descaminhos no Ensino e Aprendizagem do Conceito de  Divisão
Caminhos e Descaminhos no Ensino e Aprendizagem do Conceito de DivisãoEveraldo Gomes
 
Sequencia didática. Encontro com dois grupos do PNAIC-2014
Sequencia didática. Encontro com dois grupos do PNAIC-2014 Sequencia didática. Encontro com dois grupos do PNAIC-2014
Sequencia didática. Encontro com dois grupos do PNAIC-2014 Solange Goulart
 

Semelhante a Planejamento 1.doc (20)

Uma análise do projeto “algebrincando” na sétima série.pdf
Uma análise do projeto “algebrincando” na sétima série.pdfUma análise do projeto “algebrincando” na sétima série.pdf
Uma análise do projeto “algebrincando” na sétima série.pdf
 
Apresentação estágio 1
Apresentação estágio 1Apresentação estágio 1
Apresentação estágio 1
 
Pacto nacional pela alfabetização na idade certa
Pacto nacional pela alfabetização na idade certaPacto nacional pela alfabetização na idade certa
Pacto nacional pela alfabetização na idade certa
 
Aprender Ciência
Aprender CiênciaAprender Ciência
Aprender Ciência
 
Ensinando matemática com o geoplano
Ensinando matemática com o geoplanoEnsinando matemática com o geoplano
Ensinando matemática com o geoplano
 
Solidos geom
Solidos geomSolidos geom
Solidos geom
 
Projeto gestar ii
Projeto gestar iiProjeto gestar ii
Projeto gestar ii
 
matematica
matematicamatematica
matematica
 
Portfólio fase 7
Portfólio fase 7Portfólio fase 7
Portfólio fase 7
 
Projeto gestar ii
Projeto gestar iiProjeto gestar ii
Projeto gestar ii
 
Prática docente na educação infantil
Prática docente na educação infantilPrática docente na educação infantil
Prática docente na educação infantil
 
Aula invertida e tecnologias emergentes
Aula invertida e tecnologias emergentesAula invertida e tecnologias emergentes
Aula invertida e tecnologias emergentes
 
Sequencia didática de Matemática Alfabetizadora Eva Anilda Silveira
Sequencia didática de Matemática Alfabetizadora Eva Anilda Silveira Sequencia didática de Matemática Alfabetizadora Eva Anilda Silveira
Sequencia didática de Matemática Alfabetizadora Eva Anilda Silveira
 
CADERNO 01 - PNAIC MATEMÁTICA
CADERNO 01 - PNAIC MATEMÁTICACADERNO 01 - PNAIC MATEMÁTICA
CADERNO 01 - PNAIC MATEMÁTICA
 
Articulação dos Eixos Temáticos - Pedagogia - Ivete Mantovani
Articulação dos Eixos Temáticos - Pedagogia - Ivete MantovaniArticulação dos Eixos Temáticos - Pedagogia - Ivete Mantovani
Articulação dos Eixos Temáticos - Pedagogia - Ivete Mantovani
 
2016_pdp_geo_uel_giseliaaparecidamendes.pdf
2016_pdp_geo_uel_giseliaaparecidamendes.pdf2016_pdp_geo_uel_giseliaaparecidamendes.pdf
2016_pdp_geo_uel_giseliaaparecidamendes.pdf
 
50 dicas para professores começarem bem o ano letivo
50 dicas para professores começarem bem o ano letivo50 dicas para professores começarem bem o ano letivo
50 dicas para professores começarem bem o ano letivo
 
Matematica
MatematicaMatematica
Matematica
 
Caminhos e Descaminhos no Ensino e Aprendizagem do Conceito de Divisão
Caminhos e Descaminhos no Ensino e Aprendizagem do Conceito de  DivisãoCaminhos e Descaminhos no Ensino e Aprendizagem do Conceito de  Divisão
Caminhos e Descaminhos no Ensino e Aprendizagem do Conceito de Divisão
 
Sequencia didática. Encontro com dois grupos do PNAIC-2014
Sequencia didática. Encontro com dois grupos do PNAIC-2014 Sequencia didática. Encontro com dois grupos do PNAIC-2014
Sequencia didática. Encontro com dois grupos do PNAIC-2014
 

Último

PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfceajajacu
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e Américawilson778875
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfSandra Pratas
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Mary Alvarenga
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 

Último (20)

PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e América
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 

Planejamento 1.doc

  • 1. PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES GESTÃO DE SALA DE AULA NOME DO PROFESSOR Rosângela Sâmara Rodrigues dos Santos ÁREA DO CONHECIMENTO Matemática - Multiplicação SÉRIE/ ANO 2º ano NOME DA ESCOLA Escola Municipal Janduís CIDADE Assu Objetivo/habilidade curricular Compreender que a multiplicação se constitui em uma ‘adição’ de parcelas iguais. OBJETIVO DA AULA O que você quer que seus alunos saibam ou sejam capazes de fazer (habilidade) ao final da aula. Realizar cálculos simples envolvendo adições e multiplicações, associando seus conceitos e aplicabilidade no cotidiano. AVALIAÇÃO Descreva como você vai verificar se eles aprenderam: - Qual pergunta o aluno deverá responder ou qual atividade deverá desempenhar? - Que instrumento será usado para fazer a verificação? Os alunos realizarão atividade prática utilizando materiais concretos (quadro posicional e canudos, material dourado ou grãos de feijão/milho), além de atividade xerocada para fixação dos conceitos iniciais. ATIVIDADES PROFESSOR O que você fará ALUNO O que os alunos farão enquanto isso ORGANIZAÇÃO DA SALA Como a sala estará organizada TEMPO Tempo em minutos para cada etapa (incluir transições) RECURSO MATERIAL Recursos necessários Chegada à escola, acolhida, oração, apresentação da rotina de aula, recebimento de tarefas. Entrada na sala e conversa inicial com os colegas, oração, entrega de atividades do dia anterior Carteiras dispostas em filas 45 min (07h) Diário de classe, atividades, diálogo Leitura deleite Ouvir atenciosamente para em seguida fazer comentários sobre o que ouviram, associando a experiências cotidianas. Essa atividade será realizada no pátio externo. 15 min. (07h45min) Livro paradidático
  • 2. PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES GESTÃO DE SALA DE AULA Conversa informal sobre as operações estudadas anteriormente. Participação direta fazendo comentários, apresentando conhecimentos prévios. Alunos sentados em seus lugares, com as carteiras dispostas em filas, com alternância de meninos e meninas. 15 min (08h) Diálogo Levar os alunos para o banheiro. Sair da sala para beber água e ir ao banheiro. Dispostos em fila. 5 min (08h15min) Conduzir atividades práticas usando o quadro posicional, canudos e grãos. Realização de cálculos simples de adição e subtração, utilizando material concreto. Alunos agrupados, à vontade, na sala. 20 min (08h20min) Quadro posicional, canudos, grãos de feijão ou milho, material dourado Explicação do conteúdo, introduzindo conceito de multiplicação. Escuta da explicação, participando ativamente, apresentando conhecimentos prévios. Alunos sentados em seus lugares, com as carteiras dispostas em filas, com alternância de meninos e meninas. 25 min (08h40min) Slides explicativos, diálogo, imagens Orientar na resolução de cálculos de multiplicação. Desenvolver atividade prática de resolução de cálculos de multiplicação, utilizando material concreto. Alunos agrupados, à vontade, na sala. 30 min (09h05min) Quadro posicional, canudos, grãos de feijão ou milho, material dourado Intervalo Intervalo Brincadeiras à vontade 20 min (09h35min)
  • 3. PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES GESTÃO DE SALA DE AULA Atividade escrita. Responder atividade xerocada com o conteúdo estudado. Em grupo, os alunos realizarão a atividade proposta. 45 min (09h55min) Atividade xerocada, quadro posicional, grãos de feijão/milho, material dourado. Aplicar jogo ‘Futebol das Operações’ Participar com seus pares do jogo Dois grupos/times para jogar o ‘futebol’ 20 min (10h40min) Quadro branco, pincel, cartões com operações (adição, multiplicação) Organização para o encerramento das aulas. Guardar material, organizar sala. Alunos sentados em seus lugares 05 min (11h) Encerramento da aula Encerramento da aula Encerramento da aula 11h05min Encerramento da aula