SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Baixar para ler offline
2 A CIDADE OUTUBRO DE 2016 PUBLIEDITORIAL - OUTUBRO ROSA | APOIE ESSA CAUUSA
2
PUBLIEDITORIAL - OUTUBRO ROSA 3A CIDADEOutubro de 2016
4 A CIDADE OUTUBRO DE 2016 PUBLIEDITORIAL - OUTUBRO ROSA | APOIE ESSA CAUUSA
Realizado pelo Hospital de Câncer de Barretos na região e em outras duas instituições no país, procedimento
acrescenta contraste radiológico ao exame de mamografia, permitindo diagnóstico mais rápido e confiável.
Durante entrevista, médica radiologista do Instituto de Prevenção do HC de Barretos, Drª Sílvia Sabino, afirma que
a Mamografia com Contraste é a revolução da mamografia tradicional. Confira:
- Como a Mamografia por Contraste pode
beneficiar pacientes?
O benefício se dá pela agilidade no diagnóstico. Em um
exame de 7 minutos, temos praticamente as mesmas
informações da ressonância magnética das mamas.
Ao termos uma suspeita é possível realizar a injeção
do meio de contraste e fazer a mesma mamografia
que a mulher já está acostumada, porém obtendo
informações essenciais sobre a natureza da lesão, além
de características adicionais como tamanho real, se é
apenas um nódulo ou se existem tumores adicionais ou
então,namelhordashipóteses,descartarapossibilidade
de câncer, abreviando assim a angústia da paciente.
- O exame por contraste substitui a
mamografia?
Não. O exame complementa a mamografia em casos de
suspeita diagnóstica de câncer de mama. Em um futuro
próximo será certamente uma boa opção à ressonância
magnética das mamas. Ele pode ser considerado a
revolução da mamografia tradicional.
- Desde quando este exame é realizado pelo
Hospital de Câncer de Barretos?
Desde novembro de 2014, lembrando que hoje no
Brasil, apenas 3 instituições realizam esta modalidade
diagnóstica. O HCB é o único a disponibilizá-la
gratuitamente.
- Ele é indicado para qualquer paciente com
suspeita?
Ele é indicado no rastreamento de pacientes que
apresentam alto risco de desenvolvimento de
Câncer de Mama, com lesões suspeitas, multifoco ou
multicêntricas. Também pode ser considerado como
uma opção diagnóstica para as pacientes que tenham
restrição para a realização de ressonância magnética
como claustrofobia, uso de marca-passos, algumas
próteses metálicas e sobrepeso.
- O Câncer de Mama é o mais temido entre
as mulheres pela alta incidência. Existe muita
desinformação?
É a principal neoplasia feminina no Brasil. Seguimos uma
tendência mundial que a cada ano 1.500.000 mulheres
vão escutar a frase “você tem câncer de mama” em todo
planeta. Apesar de todos os nossos esforços, muitas
ainda se recusam a realizar os exames preventivos como
rotina, seja por medo do diagnóstico, preconceito, pudor
ou por acreditarem que a doença não ocorrerá com elas.
Médica radiologista Drª Sílvia Sabino afirma que o exame
pode ser considerado a revolução da mamografia tradicional
Procedimento acrescenta contraste radiológico ao exame de
mamografia, permitindo diagnóstico mais rápido e confiável
Apoio familiar e prevenção fazem a diferença
Dentre os muitos casos de câncer de mama que acometeram as
mulheres brasileiras em 2015, Luciana Casemiro foi a segunda da família
que recebeu o diagnóstico. “Descobri uma alteração ao fazer exames
de rotina e infelizmente tivemos a confirmação”, comenta. Luciana
passou por uma cirurgia, radioterapia e junto com o tratamento, por
orientação médica, ela seguia uma dieta, começou a reduzir peso e a
praticar exercícios físicos. “Pode ser até clichê, mas me sinto mais viva
agoradoqueantesdodiagnóstico.Façoescolhasmelhores,tenhonovas
metasemeempenhopara colocá-lasem prática.Otempo ganhounovo
significado para mim”, afirma.
Diagnosticadaem2012,FabianaAraújoafirmaqueoapoiodafamília
foifundamental.“Nodiaquefuirasparacabeça,tiveumasurpresamuito
grande:meusamigosemeumaridorasparamacabeçatambémeforam
fazer uma serenata na porta da minha casa. Até hoje me emociono de
lembrar daquele dia”, conta. Fabiana passou pelo tratamento e destaca
a importância do diagnóstico precoce. “A prevenção é fundamental.
Descobri o câncer bem no início e foi bem mais fácil de me curar. Recebi
um grande apoio por parte dos profissionais do InORP, onde me tratei.
Quando você recebe um diagnóstico de câncer de mama, primeiro você
não acredita que está acontecendo com você. Mas neste momento é
preciso encontrar forças para conseguir superar isto”, diz.
Fabiana Araújo passou por tratamento no InORP em 2012 e recebeu o apoio da família para superar a doença
Mamografia com Contraste: exame é uma revolução na
mamografia tradicional
FOTO Arquivo pessoal
FOTOS Divulgação
4
PUBLIEDITORIAL - OUTUBRO ROSA 5A CIDADEOutubro de 2016
previnem até 13 tipos de câncer
O sobrepeso e a obesidade estão associados
ao aumento no risco de desenvolver 13 tipos de
câncer, segundo avaliação da Iarc (Agência Inter-
nacional de Pesquisa em Câncer, da Organização
Mundial de Saúde). Neste contexto, uma alimen-
tação equilibrada é considerada essencial para a
prevenção, principalmente quando associada a
uma vida ativa fisicamente.
De acordo com Carolina Ferreira, nutricionista do
InORP, alimentos funcionais têm potencial para,
além de reduzir o risco de câncer, retardar a taxa
de crescimento e disseminação de uma doença
maligna, diminuindo efeitos colaterais associados
à quimioterapia e radioterapia. “É fundamental
ter uma alimentação variada e equilibrada, rica
em frutas, verduras, legumes, fibras e alimentos
integrais. Estes são os principais auxiliares na pre-
venção e combate da obesidade e, consequente-
mente, de alguns tipos de câncer”, afirma.
Da mesma maneira, a nutricionista alerta so-
bre os alimentos que devem ser evitados, princi-
palmente em excesso: carne vermelha, frituras,
leite integral e derivados, embutidos de forma
geral, alimentos industrializados e preservados
em sol, como carne de sol e peixes salgados.
De acordo com o INCA (Instituto Nacional de Câncer), de 30
a 40% dos casos de câncer podem ser prevenidos com a prática
regular de atividades físicas.
Segundo o Coordenador Médico do Departamento de
Mastologia do Hospital de Câncer de Barretos Dr. Gustavo Zucca,
a atividade física frequente, principalmente exercícios aeróbicos, é
uma potente ferramenta contra os riscos da vida sedentária e que
colabora no combate ao câncer de mama e de outras doenças como,
músculo-esqueléticas e cardiovasculares, entre outras. O médico
ressalta ainda que a obesidade e o sedentarismo estão intimamente
ligados e podem gerar distúrbios hormonais comprovadamente
ligados à recidiva (volta) da doença em mulheres já tratadas.
Já Leonardo Andrade, educador físico da academia Bodytech,
orienta que o ideal é que as atividades sejam feitas de 4 a 5 vezes
por semana com duração mínima de 45 minutos. “Os exercícios mais
recomendados e eficientes são os aeróbios e os neuromusculares,
porém, sempre antes de iniciar o treinamento deve-se realizar uma
avaliação das condições de saúde, motivação e condicionamento,
no intuito de adequar a prescrição”, explica.
Atividade física é
essencial para prevenção
É LEI:todo paciente em tratamento ou que já superou o câncer de mama, independente do
tipo e da gravidade, tem direito a comprar um carro adaptado com isenções, segundo a advogada
Andréa Ajona Machado Françoso. Confira abaixo alguns dos benefícios que a lei propõe:
Paciente com câncer de mama pode
comprar carro com até 35% de desconto
Hábitos saudáveis
As atividades físicas contribuem para mais qualidade de vida e melhoram a autoestima
FOTO Fabricio Fiacadori
- Isenção do IPI (Imposto de produtos
industrializados);
- Isenção do IPVA (imposto sobre a propriedade
de veículos automotores);
- Isenção de ICMS (imposto sobre circulação de
mercadorias e serviços);
- Desconto de até 35% no valor do carro (o
automóvel deve custar até R$ 70 mil, não pode ser
importado, deve ser automático e só é permitido
fazer a troca depois de dois anos de uso);
- Saque integral do Fundo de Garantia por
Tempo de Serviço.
Câncer de Mama Masculino
também é uma realidade
A cada ano, 57 mil novos casos de câncer de
mama são diagnosticados em homens, segundo
o INCA. Infelizmente por desinformação e
falta de controle, os homens descobrem este
tipo tumor em estágio avançado. Segundo o
Coordenador Médico do Departamento de
Mastologia do Hospital de Câncer de Barretos,
Dr. Gustavo Zucca, o câncer de mama ocorre em
1% da população masculina e é responsável por
0,1% dos cânceres neste público.
Consultas permanentes, históricos clínico e
familiar, além de exames físicos nas regiões
da mama e axilas são fundamentais para o
diagnóstico precoce da doença, que aumenta
as chances de cura. “Geralmente o diagnóstico
é feito mediante alguma alteração percebida
pelo paciente. O mais comum é notarem
nódulos na mama. Mas o grande problema é
que na maioria das vezes o diagnóstico é tardio
por total desinformação. Demoram a procurar
ajuda, não dando importância para os achados
anormais encontrados”, explica.
5
6 A CIDADE OUTUBRO DE 2016 PUBLIEDITORIAL - OUTUBRO ROSA | APOIE ESSA CAUUSA
Correndo por uma causa
3ª Corrida Outubro Rosa promove conscientização e qualidade de vida
Homens e mulheres, de todas as idades,
correrão pela conscientização, prevenção e
diagnóstico precoce do câncer de mama, no dia
9 de outubro, em Ribeirão Preto. Com inscrições
esgotadas, a 3ª edição da Corrida/Caminhada
Outubro Rosa reunirá 1.500 pessoas. O evento
é promovido pelo InORP e pela ARS Eventos e
Consultoria Esportiva.
“A corrida de rua tem ganhado cada vez mais
público e esta foi a forma que encontramos para
mobilizar os adeptos deste esporte de Ribeirão
e região: chamá-los para vestir rosa e correr por
uma causa extremamente importante”, afirma o
Gerente Administrativo do InORP, Gustavo Davoli.
A prova terá largada às 8h no estacionamento
do Shopping Iguatemi. Toda verba arrecadada
será revertida para o IEPO (Instituto de Ensino e
Pesquisa em Oncologia de Ribeirão Preto).
Caroline participará da corrida pelo segundo ano consecutivo
FOTOS ARQUIVO PESSOAL
CORRENDO EM FAMÍLIA
Ana Cristina Pinheiro e a filha Caroline Pinheiro são a prova desta mobilização. Elas participarão da
corrida pelo segundo ano, após enfrentar um caso de câncer dentro de casa. “A luta contra a doença é
muito díficil. A ação é uma forma de mostrar aos pacientes que eles não estão sozinhos. Encontramos
na corrida uma maneira de superar os nossos sofrimentos, voltar a ter esperança e alegria de viver!”,
ressaltam.
Ana Cristina e Carol Pinheiro mobilizaram as amigas para corrida
Outubro Rosa em 2015
Ribeirão Preto conta com
centros de referência para o
tratamento do câncer
Para o diagnóstico e tratamento de câncer é preciso cuidado,
além de atendimento humanizado e de excelência ao paciente.
Ribeirão Preto conta com centros especializados que atuam neste
segmento da saúde e são referências no assunto. O Hospital de
Câncer, mantido pela Fundação SOBECCan, realiza diagnóstico e
tratamento de pacientes com câncer do DRS XIII (Departamento
Regional de Saúde) que compreende 25 cidades da região. O
Hospital não possui convênio com o SUS e opera através do apoio
da comunidade e com subvenções governamentais, garantindo 99%
dos atendimentos gratuitamente.
Outra instituição de referência é o Instituto Oncológico de
Ribeirão Preto que atende 27 convênios, além de pacientes
particulares. O InORP aposta em humanização, conhecimento
técnico e atenção integral através de equipe médica disponível
24 horas e no trabalho da clínica integrativa – que garante o
acompanhamento dos pacientes por meio da avaliação conjunta
de diversos especialistas em oncologia, médico geriatra, psicólogo,
nutricionista e fisioterapeuta – e na parceria técnico-científica com
o Centro de Oncologia e Hematologia do Hospital Albert Einstein.
Além da sede em Ribeirão, o instituto também possui filiais em
Matão, Pirassununga e Mococa.
Já o Centro de Tratamento Oncológico (CTO) também garante
atendimentohumanizadopara27convêniosepacientesparticulares.
Desde 2013 oferece os serviços do Centro de Tratamento em Rádio-
oncologia (CTR), especializado em radioterapia de alta tecnologia
e capaz de tratar quase todos os tipos de tumores que precisam
deste tipo de tratamento. Em 2017, o CTO expandirá as ações e
inaugurará uma nova clínica na cidade.
6
HOSPITAL DE CÂNCER DE RIBEIRÃO PRETO
Endereço: Rua Octávio Martins Braga, 50 - Residencial Flórida
Telefone: (16) 3878-9700
INSTITUTO ONCOLÓGICO DE RIBEIRÃO PRETO (INORP)
Endereço: Rua Ayrton Roxo, 571 - Alto da Boa Vista
Telefone: (16) 3623-2341
CENTRO DE TRATAMENTO ONCOLÓGICO (CTO)
Endereço: Rua Garibaldi, 1881 - Jardim Sumaré
Telefone: (16) 3623.5191
CENTRO DE TRATAMENTO EM RÁDIO-ONCOLOGIA (CTR)
Endereço: Rua Magda Perona Frossard, 85 - Jardim Nova Aliança
Telefone: (16) 3602-9999
PUBLIEDITORIAL - OUTUBRO ROSA 7A CIDADEOutubro de 2016
O Outubro Rosa está no ar pela cidade
Chamar a atenção para a causa! Com esta meta,
vários pontos da cidade vão desenvolver ações. A
UNAERP é um deles. Além de iluminação rosa em sua
fachada, acontecerá uma exposição de fotos de Lídia
Muradás com o nome de “Toque de Coragem”, que
retrata mulheres vitimadas pelo câncer de mama e
alerta aos cuidados e prevenção no Hospital Escola da
Instituição.
No dia 09, às 10h30, os alunos da Liga de Oncologia
do Curso de Medicina estarão no Parque Prefeito Luiz
Roberto Jábali (Curupira) desenvolvendo atividades
relacionadas ao tema. Já no dia 18, a ação acontece
no Shopping Santa Úrsula, no Programa Bem-Estar
com atividades que promovem a importância e as
ferramentas de prevenção da doença.
O Shopping Iguatemi Ribeirão Preto apostou na
iluminação da fachada, ações com colaboradores,
decoração e flores cor de rosa, peças de comunicação
informativas e lojas com vitrines chamando a atenção
ao tema. Já o RibeirãoShopping contará com a fachada
da oitava expansão, na avenida Presidente Vargas,
iluminada com a cor rosa.
O Hotel Plaza Inn Master também priorizou
ações de informação tanto para hóspedes como
colaboradores. No mês, todos usarão um broche da
campanha e todo o hotel terá comunicação visual e
displays nos corredores, elevadores e recepção para
conscientizar sobre a causa.
A Documenta, empresa de Diagnóstico por
Imagens, preparou um cartão especial para as
mulheres, o “Cartão Rosa” que está sendo distribuído
gratuitamente. O objetivo é lembrar as mulheres que
a prevenção é fundamental.
Ações beneficentes também estão em alta. O
Platino Cabeleireiros, por exemplo, promoverá em
todas as quartas-feiras do mês, a “Quarta-Rosa” que
destinará R$ 30,00 de cada corte e 100% do valor das
hidratações capilares da marca NG de France para
a ABRACCIA (Associação Brasileira de Combate ao
Câncer Infantil e Adulta).
Diagnóstico positivo: como lidar com a doença na família?
Há 4 anos o supervisor operacional
Fernando Luiz Dezerto deixou a profissão
para cuidar dos pais. A mãe, diagnosticada
com Câncer de Mama e o pai com
insuficiência renal. Entre os principais
aprendizados desta fase, que trouxe
uma nova profissão para a sua vida, a
de cuidador, Fernando encontrou novos
sentidos e valores. “Acredito que ter um
suporte de uma equipe multidisciplinar
com oncologista, nutricionista, psicólogo,
fisioterapeuta e geriatra é fundamental
para o tratamento do paciente. Também
passo por terapias, participo de grupos na
internet e troco experiências com pessoas
que estão vivenciando o mesmo que eu.
Issotrouxenovosvaloresparaaminhavida,
pois aprecio cada minuto ao lado da minha
mãe (o pai faleceu há 5 meses)”, conta.
Saber lidar com a doença e dividir as
responsabilidades foi fundamental para
o cuidador: “ao receber o diagnóstico,
a primeira coisa que pensamos é em
morte. Isso muda ao longo do tempo,
pois criamos uma comunidade em que
um auxilia o outro. É muito importante
cuidar também de você, pois para cuidar
de alguém é preciso que a saúde física e
mental esteja em dia”.
De acordo com a Oncologista do
InORP Dra. Cristiane Alves Mendes,
a tarefa de cuidar expõe o indivíduo
a uma série de situações adversas e
implica mudanças no estilo de vida,
trazendo como consequência sintomas
como: ansiedade, estresse, fadiga,
exaustão, isolamento social, instabilidade
emocional além do impacto causado pela
diminuição da renda familiar. “O câncer é
uma doença que causa extremo desgaste
e degeneração do paciente, fazendo com
que ele não consiga, ao longo do tempo,
desempenhar suas funções básicas.
A família constitui um dos núcleos
centrais na formação de crenças, valores,
conhecimentos do indivíduo e, em geral,
quando uma pessoa adoece toda a
família sofre e sente as consequências do
momento”, analisa. Segundo ela, reservar
um momento de lazer ou participar de
alguma atividade que traga bem-estar
reduz a sobrecarga.
A iniciativa da Documenta de criar o Cartão Rosa é mais uma forma de chamar
a atenção das mulheres para o diagnóstico precoce do câncer de mama
Fachada do Shopping Iguatemi Ribeirão Preto ganha iluminação rosa para
conscientização da causa
RibeirãoShopping terá iluminação especial durante o mês
FOTO Ayrton Photos
Fernando Luiz Dezerto dedica-se integralmente aos cuidados de sua mãe
FOTO Fabricio Fiacadori
FOTO Fabio Benedicto
7
Outubro Rosa

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Novembro Azul: Faça parte desse movimento!
Novembro Azul: Faça parte desse movimento!Novembro Azul: Faça parte desse movimento!
Novembro Azul: Faça parte desse movimento!Oncoguia
 
Câncer de mama- Outubro Rosa
 Câncer de mama- Outubro Rosa Câncer de mama- Outubro Rosa
Câncer de mama- Outubro RosaTeresa Oliveira
 
05 z zdiagn-oysticozrastreiozeztratamentozdozcayncerzdezcolozdezuytero febrasgo
05 z zdiagn-oysticozrastreiozeztratamentozdozcayncerzdezcolozdezuytero febrasgo05 z zdiagn-oysticozrastreiozeztratamentozdozcayncerzdezcolozdezuytero febrasgo
05 z zdiagn-oysticozrastreiozeztratamentozdozcayncerzdezcolozdezuytero febrasgoCarla De Marinis
 
Outubro Rosa
Outubro RosaOutubro Rosa
Outubro RosaAna Luzia
 
Novembro azul
Novembro azulNovembro azul
Novembro azulraquel400
 
Folder salvar-vidas-cancer-mama-2014
Folder salvar-vidas-cancer-mama-2014Folder salvar-vidas-cancer-mama-2014
Folder salvar-vidas-cancer-mama-2014Farmacêutico Digital
 
Outubro Rosa: faça parte desse movimento!
Outubro Rosa: faça parte desse movimento!Outubro Rosa: faça parte desse movimento!
Outubro Rosa: faça parte desse movimento!Oncoguia
 
Câncer de Mama - SIPAT 2013
Câncer de Mama - SIPAT 2013Câncer de Mama - SIPAT 2013
Câncer de Mama - SIPAT 2013Camila Ferreira
 
Folder Prevenção e Tratamento do Câncer de colo de Utero e de Mama
Folder Prevenção e Tratamento do Câncer de colo de Utero e de MamaFolder Prevenção e Tratamento do Câncer de colo de Utero e de Mama
Folder Prevenção e Tratamento do Câncer de colo de Utero e de MamaFarmacêutico Digital
 
Cartilha Campanha Outubro Rosa 2014 - Câncer de Mama: é preciso falar disso
Cartilha Campanha Outubro Rosa 2014 - Câncer de Mama: é preciso falar dissoCartilha Campanha Outubro Rosa 2014 - Câncer de Mama: é preciso falar disso
Cartilha Campanha Outubro Rosa 2014 - Câncer de Mama: é preciso falar dissoFarmacêutico Digital
 
Arte outubro folder
Arte outubro folderArte outubro folder
Arte outubro folderDaniel Dino
 

Mais procurados (20)

Publicidade & Propaganda - Outubro Rosa
Publicidade & Propaganda - Outubro RosaPublicidade & Propaganda - Outubro Rosa
Publicidade & Propaganda - Outubro Rosa
 
Livro abc do_cancer
Livro abc do_cancerLivro abc do_cancer
Livro abc do_cancer
 
Novembro Azul: Faça parte desse movimento!
Novembro Azul: Faça parte desse movimento!Novembro Azul: Faça parte desse movimento!
Novembro Azul: Faça parte desse movimento!
 
Rastreamento do câncer do colo do útero: cobertura, periodicidade e população...
Rastreamento do câncer do colo do útero: cobertura, periodicidade e população...Rastreamento do câncer do colo do útero: cobertura, periodicidade e população...
Rastreamento do câncer do colo do útero: cobertura, periodicidade e população...
 
Câncer de mama- Outubro Rosa
 Câncer de mama- Outubro Rosa Câncer de mama- Outubro Rosa
Câncer de mama- Outubro Rosa
 
05 z zdiagn-oysticozrastreiozeztratamentozdozcayncerzdezcolozdezuytero febrasgo
05 z zdiagn-oysticozrastreiozeztratamentozdozcayncerzdezcolozdezuytero febrasgo05 z zdiagn-oysticozrastreiozeztratamentozdozcayncerzdezcolozdezuytero febrasgo
05 z zdiagn-oysticozrastreiozeztratamentozdozcayncerzdezcolozdezuytero febrasgo
 
Outubro Rosa
Outubro RosaOutubro Rosa
Outubro Rosa
 
Novembro azul
Novembro azulNovembro azul
Novembro azul
 
Programa saúde em movimento
Programa saúde em movimentoPrograma saúde em movimento
Programa saúde em movimento
 
Folder salvar-vidas-cancer-mama-2014
Folder salvar-vidas-cancer-mama-2014Folder salvar-vidas-cancer-mama-2014
Folder salvar-vidas-cancer-mama-2014
 
Outubro Rosa: faça parte desse movimento!
Outubro Rosa: faça parte desse movimento!Outubro Rosa: faça parte desse movimento!
Outubro Rosa: faça parte desse movimento!
 
Ações de controle do Câncer do Colo do Útero no Brasil: avanços e desafios
Ações de controle do Câncer do Colo do Útero no Brasil: avanços e desafiosAções de controle do Câncer do Colo do Útero no Brasil: avanços e desafios
Ações de controle do Câncer do Colo do Útero no Brasil: avanços e desafios
 
Folder Campanha Outubro Rosa - 2019
Folder Campanha Outubro Rosa - 2019Folder Campanha Outubro Rosa - 2019
Folder Campanha Outubro Rosa - 2019
 
Outubro rosa
Outubro rosaOutubro rosa
Outubro rosa
 
Outubro rosa
Outubro rosaOutubro rosa
Outubro rosa
 
Câncer de Mama - SIPAT 2013
Câncer de Mama - SIPAT 2013Câncer de Mama - SIPAT 2013
Câncer de Mama - SIPAT 2013
 
Outubro rosa
Outubro rosaOutubro rosa
Outubro rosa
 
Folder Prevenção e Tratamento do Câncer de colo de Utero e de Mama
Folder Prevenção e Tratamento do Câncer de colo de Utero e de MamaFolder Prevenção e Tratamento do Câncer de colo de Utero e de Mama
Folder Prevenção e Tratamento do Câncer de colo de Utero e de Mama
 
Cartilha Campanha Outubro Rosa 2014 - Câncer de Mama: é preciso falar disso
Cartilha Campanha Outubro Rosa 2014 - Câncer de Mama: é preciso falar dissoCartilha Campanha Outubro Rosa 2014 - Câncer de Mama: é preciso falar disso
Cartilha Campanha Outubro Rosa 2014 - Câncer de Mama: é preciso falar disso
 
Arte outubro folder
Arte outubro folderArte outubro folder
Arte outubro folder
 

Destaque

Key Projects of Note 1.24.17
Key Projects of Note 1.24.17Key Projects of Note 1.24.17
Key Projects of Note 1.24.17Andrea Poleo-Leal
 
What does a CIT do?
What does a CIT do?What does a CIT do?
What does a CIT do?bpearltx
 
How did you use media technologies in the construction and research, planning...
How did you use media technologies in the construction and research, planning...How did you use media technologies in the construction and research, planning...
How did you use media technologies in the construction and research, planning...LOTRadam
 
Meu Bairro Zona Leste - Outubro
Meu Bairro Zona Leste - OutubroMeu Bairro Zona Leste - Outubro
Meu Bairro Zona Leste - OutubroACIDADE ON
 
AHLCON INTERNATIONAL SCHOOL- FAMILY LIFE
AHLCON INTERNATIONAL SCHOOL- FAMILY LIFEAHLCON INTERNATIONAL SCHOOL- FAMILY LIFE
AHLCON INTERNATIONAL SCHOOL- FAMILY LIFEsabhyatasharma1988
 
Meu Bairro Zona Leste - Maio
Meu Bairro Zona Leste - MaioMeu Bairro Zona Leste - Maio
Meu Bairro Zona Leste - MaioACIDADE ON
 
Tronrud Engineering Presentation are 28.01.16
Tronrud Engineering Presentation are 28.01.16Tronrud Engineering Presentation are 28.01.16
Tronrud Engineering Presentation are 28.01.16Robert Head
 
Eleições 2016 - 2 turno
Eleições 2016 - 2 turnoEleições 2016 - 2 turno
Eleições 2016 - 2 turnoACIDADE ON
 
Audience Research
Audience ResearchAudience Research
Audience ResearchLOTRadam
 
Meu Bairro Centro - Setembro
Meu Bairro Centro - SetembroMeu Bairro Centro - Setembro
Meu Bairro Centro - SetembroACIDADE ON
 
5 små skridt til et simpelt liv
5 små skridt til et simpelt liv5 små skridt til et simpelt liv
5 små skridt til et simpelt livOle Ditlev Nielsen
 
Present simple
Present simplePresent simple
Present simplexatu29
 
Storyboard reading ppt
Storyboard reading pptStoryboard reading ppt
Storyboard reading pptsindi sanusi
 

Destaque (17)

Key Projects of Note 1.24.17
Key Projects of Note 1.24.17Key Projects of Note 1.24.17
Key Projects of Note 1.24.17
 
What does a CIT do?
What does a CIT do?What does a CIT do?
What does a CIT do?
 
How did you use media technologies in the construction and research, planning...
How did you use media technologies in the construction and research, planning...How did you use media technologies in the construction and research, planning...
How did you use media technologies in the construction and research, planning...
 
Accoau MDVA
Accoau MDVAAccoau MDVA
Accoau MDVA
 
Meu Bairro Zona Leste - Outubro
Meu Bairro Zona Leste - OutubroMeu Bairro Zona Leste - Outubro
Meu Bairro Zona Leste - Outubro
 
AHLCON INTERNATIONAL SCHOOL- FAMILY LIFE
AHLCON INTERNATIONAL SCHOOL- FAMILY LIFEAHLCON INTERNATIONAL SCHOOL- FAMILY LIFE
AHLCON INTERNATIONAL SCHOOL- FAMILY LIFE
 
Eleições 2016
Eleições 2016Eleições 2016
Eleições 2016
 
Meu Bairro Zona Leste - Maio
Meu Bairro Zona Leste - MaioMeu Bairro Zona Leste - Maio
Meu Bairro Zona Leste - Maio
 
Adote Pet
Adote PetAdote Pet
Adote Pet
 
Tronrud Engineering Presentation are 28.01.16
Tronrud Engineering Presentation are 28.01.16Tronrud Engineering Presentation are 28.01.16
Tronrud Engineering Presentation are 28.01.16
 
Eleições 2016 - 2 turno
Eleições 2016 - 2 turnoEleições 2016 - 2 turno
Eleições 2016 - 2 turno
 
Audience Research
Audience ResearchAudience Research
Audience Research
 
The Softer Side of Scheduling
The Softer Side of SchedulingThe Softer Side of Scheduling
The Softer Side of Scheduling
 
Meu Bairro Centro - Setembro
Meu Bairro Centro - SetembroMeu Bairro Centro - Setembro
Meu Bairro Centro - Setembro
 
5 små skridt til et simpelt liv
5 små skridt til et simpelt liv5 små skridt til et simpelt liv
5 små skridt til et simpelt liv
 
Present simple
Present simplePresent simple
Present simple
 
Storyboard reading ppt
Storyboard reading pptStoryboard reading ppt
Storyboard reading ppt
 

Semelhante a Outubro Rosa

Apresentação resumo atenção primaria a saude
Apresentação resumo atenção primaria a saudeApresentação resumo atenção primaria a saude
Apresentação resumo atenção primaria a saudejaquelinesoaresenf
 
Cartilha_câncer_de_mama_2023_8_ed.pdf
Cartilha_câncer_de_mama_2023_8_ed.pdfCartilha_câncer_de_mama_2023_8_ed.pdf
Cartilha_câncer_de_mama_2023_8_ed.pdfmaxion03
 
TCF sobre "Entendendo o cancer de mama"
TCF sobre "Entendendo o cancer de mama"TCF sobre "Entendendo o cancer de mama"
TCF sobre "Entendendo o cancer de mama"Marcia Oliveira
 
Setemi News Outubro/16
Setemi News Outubro/16Setemi News Outubro/16
Setemi News Outubro/16Setemi News
 
Artigo com Nathalia Belletato sobre o Outubro Rosa
Artigo com Nathalia Belletato sobre o Outubro RosaArtigo com Nathalia Belletato sobre o Outubro Rosa
Artigo com Nathalia Belletato sobre o Outubro RosaNathalia Belletato
 
Outubro Rosa - Emilia_Wilson.pptx
Outubro Rosa - Emilia_Wilson.pptxOutubro Rosa - Emilia_Wilson.pptx
Outubro Rosa - Emilia_Wilson.pptxWilsonBonifcio
 
Outubro Rosa.pptx
Outubro Rosa.pptxOutubro Rosa.pptx
Outubro Rosa.pptxJssicaPaz5
 
Novembro Azul - Troque o preconceito pela vida
Novembro Azul - Troque o preconceito pela vidaNovembro Azul - Troque o preconceito pela vida
Novembro Azul - Troque o preconceito pela vidaRosilene Carmo
 
Novembro azul troque o preconceito pela vida
Novembro azul troque o preconceito pela vidaNovembro azul troque o preconceito pela vida
Novembro azul troque o preconceito pela vidaEmilio Matos Rocha
 
aumentar o penis
aumentar o penisaumentar o penis
aumentar o penisb7dwtmj123
 
Carta Aberta ao Ministério da Saúde sobre o câncer do colo do útero
Carta Aberta ao Ministério da Saúde sobre o câncer do colo do úteroCarta Aberta ao Ministério da Saúde sobre o câncer do colo do útero
Carta Aberta ao Ministério da Saúde sobre o câncer do colo do úteroOncoguia
 
Outubro Rosa e a prevenção do cancer de mama
Outubro Rosa e a prevenção do cancer de mamaOutubro Rosa e a prevenção do cancer de mama
Outubro Rosa e a prevenção do cancer de mamaGustavo Alvarez
 
Aula 4 ciclo do controle do cancer de mama 2018
Aula 4 ciclo do controle do cancer de mama 2018Aula 4 ciclo do controle do cancer de mama 2018
Aula 4 ciclo do controle do cancer de mama 2018Simone Amucc
 
Debate em Saúde: A mamografia na prevenção do câncer de mama: qual a idade id...
Debate em Saúde: A mamografia na prevenção do câncer de mama: qual a idade id...Debate em Saúde: A mamografia na prevenção do câncer de mama: qual a idade id...
Debate em Saúde: A mamografia na prevenção do câncer de mama: qual a idade id...Silvio Bromberg
 

Semelhante a Outubro Rosa (20)

Apresentação resumo atenção primaria a saude
Apresentação resumo atenção primaria a saudeApresentação resumo atenção primaria a saude
Apresentação resumo atenção primaria a saude
 
Cartilha_câncer_de_mama_2023_8_ed.pdf
Cartilha_câncer_de_mama_2023_8_ed.pdfCartilha_câncer_de_mama_2023_8_ed.pdf
Cartilha_câncer_de_mama_2023_8_ed.pdf
 
TCF sobre "Entendendo o cancer de mama"
TCF sobre "Entendendo o cancer de mama"TCF sobre "Entendendo o cancer de mama"
TCF sobre "Entendendo o cancer de mama"
 
cartilha_cancer_de_mama_2022.pdf
cartilha_cancer_de_mama_2022.pdfcartilha_cancer_de_mama_2022.pdf
cartilha_cancer_de_mama_2022.pdf
 
Setemi News Outubro/16
Setemi News Outubro/16Setemi News Outubro/16
Setemi News Outubro/16
 
Artigo com Nathalia Belletato sobre o Outubro Rosa
Artigo com Nathalia Belletato sobre o Outubro RosaArtigo com Nathalia Belletato sobre o Outubro Rosa
Artigo com Nathalia Belletato sobre o Outubro Rosa
 
Outubro Rosa - Emilia_Wilson.pptx
Outubro Rosa - Emilia_Wilson.pptxOutubro Rosa - Emilia_Wilson.pptx
Outubro Rosa - Emilia_Wilson.pptx
 
Outubro Rosa.pptx
Outubro Rosa.pptxOutubro Rosa.pptx
Outubro Rosa.pptx
 
outubro-rosa-sugestao
outubro-rosa-sugestaooutubro-rosa-sugestao
outubro-rosa-sugestao
 
Novembro Azul - Troque o preconceito pela vida
Novembro Azul - Troque o preconceito pela vidaNovembro Azul - Troque o preconceito pela vida
Novembro Azul - Troque o preconceito pela vida
 
Novembro azul troque o preconceito pela vida
Novembro azul troque o preconceito pela vidaNovembro azul troque o preconceito pela vida
Novembro azul troque o preconceito pela vida
 
aumentar o penis
aumentar o penisaumentar o penis
aumentar o penis
 
Tudo sobre a Saúde da Mama
Tudo sobre a Saúde da MamaTudo sobre a Saúde da Mama
Tudo sobre a Saúde da Mama
 
Carta Aberta ao Ministério da Saúde sobre o câncer do colo do útero
Carta Aberta ao Ministério da Saúde sobre o câncer do colo do úteroCarta Aberta ao Ministério da Saúde sobre o câncer do colo do útero
Carta Aberta ao Ministério da Saúde sobre o câncer do colo do útero
 
Outubro Rosa e a prevenção do cancer de mama
Outubro Rosa e a prevenção do cancer de mamaOutubro Rosa e a prevenção do cancer de mama
Outubro Rosa e a prevenção do cancer de mama
 
Cancer do cólo do útero pronto
Cancer do cólo do útero prontoCancer do cólo do útero pronto
Cancer do cólo do útero pronto
 
Aula 4 ciclo do controle do cancer de mama 2018
Aula 4 ciclo do controle do cancer de mama 2018Aula 4 ciclo do controle do cancer de mama 2018
Aula 4 ciclo do controle do cancer de mama 2018
 
Reprodução e bioética
Reprodução e bioética Reprodução e bioética
Reprodução e bioética
 
Debate em Saúde: A mamografia na prevenção do câncer de mama: qual a idade id...
Debate em Saúde: A mamografia na prevenção do câncer de mama: qual a idade id...Debate em Saúde: A mamografia na prevenção do câncer de mama: qual a idade id...
Debate em Saúde: A mamografia na prevenção do câncer de mama: qual a idade id...
 
Sb debate em saude
Sb debate em saudeSb debate em saude
Sb debate em saude
 

Mais de ACIDADE ON

Caderno Boa - 27/10
Caderno Boa - 27/10Caderno Boa - 27/10
Caderno Boa - 27/10ACIDADE ON
 
Caderno Boa - 20/10
Caderno Boa - 20/10Caderno Boa - 20/10
Caderno Boa - 20/10ACIDADE ON
 
Caderno BOA _ Jornal A Cidade
Caderno BOA _ Jornal A CidadeCaderno BOA _ Jornal A Cidade
Caderno BOA _ Jornal A CidadeACIDADE ON
 
Melhores empresas para trabalhar
Melhores empresas  para trabalhar Melhores empresas  para trabalhar
Melhores empresas para trabalhar ACIDADE ON
 
Revista Agenda Minas 2017 - Tema: Cidade Criativa. Cidadania Ativa
Revista Agenda Minas 2017 - Tema: Cidade Criativa. Cidadania AtivaRevista Agenda Minas 2017 - Tema: Cidade Criativa. Cidadania Ativa
Revista Agenda Minas 2017 - Tema: Cidade Criativa. Cidadania AtivaACIDADE ON
 
Caderno especial Bloco Califórnia
Caderno especial Bloco CalifórniaCaderno especial Bloco Califórnia
Caderno especial Bloco CalifórniaACIDADE ON
 
Jornal a cidade 113 anos
Jornal a cidade 113 anosJornal a cidade 113 anos
Jornal a cidade 113 anosACIDADE ON
 
Agenda Pouso Alegre
Agenda Pouso AlegreAgenda Pouso Alegre
Agenda Pouso AlegreACIDADE ON
 
Formulário de pesquisa - Agenda Poços
Formulário de pesquisa - Agenda PoçosFormulário de pesquisa - Agenda Poços
Formulário de pesquisa - Agenda PoçosACIDADE ON
 
Formulário de Avaliação Agenda Passos
Formulário de Avaliação Agenda PassosFormulário de Avaliação Agenda Passos
Formulário de Avaliação Agenda PassosACIDADE ON
 
Produção, captação e transmissão
Produção, captação e transmissãoProdução, captação e transmissão
Produção, captação e transmissãoACIDADE ON
 
Produção, captação e transmissão
Produção, captação e transmissãoProdução, captação e transmissão
Produção, captação e transmissãoACIDADE ON
 
Notas de Estrutura
Notas de EstruturaNotas de Estrutura
Notas de EstruturaACIDADE ON
 
Galeria de Vídeos - Fashion For You
Galeria de Vídeos - Fashion For YouGaleria de Vídeos - Fashion For You
Galeria de Vídeos - Fashion For YouACIDADE ON
 
Galeria de Fotos - Fashion For You
Galeria de Fotos - Fashion For YouGaleria de Fotos - Fashion For You
Galeria de Fotos - Fashion For YouACIDADE ON
 

Mais de ACIDADE ON (20)

Caderno Boa - 27/10
Caderno Boa - 27/10Caderno Boa - 27/10
Caderno Boa - 27/10
 
Caderno Boa - 20/10
Caderno Boa - 20/10Caderno Boa - 20/10
Caderno Boa - 20/10
 
Caderno BOA _ Jornal A Cidade
Caderno BOA _ Jornal A CidadeCaderno BOA _ Jornal A Cidade
Caderno BOA _ Jornal A Cidade
 
Melhores empresas para trabalhar
Melhores empresas  para trabalhar Melhores empresas  para trabalhar
Melhores empresas para trabalhar
 
Revista Agenda Minas 2017 - Tema: Cidade Criativa. Cidadania Ativa
Revista Agenda Minas 2017 - Tema: Cidade Criativa. Cidadania AtivaRevista Agenda Minas 2017 - Tema: Cidade Criativa. Cidadania Ativa
Revista Agenda Minas 2017 - Tema: Cidade Criativa. Cidadania Ativa
 
Revista Agenda
Revista Agenda Revista Agenda
Revista Agenda
 
Caderno especial Bloco Califórnia
Caderno especial Bloco CalifórniaCaderno especial Bloco Califórnia
Caderno especial Bloco Califórnia
 
Jornal a cidade 113 anos
Jornal a cidade 113 anosJornal a cidade 113 anos
Jornal a cidade 113 anos
 
Agenda Pouso Alegre
Agenda Pouso AlegreAgenda Pouso Alegre
Agenda Pouso Alegre
 
Formulário de pesquisa - Agenda Poços
Formulário de pesquisa - Agenda PoçosFormulário de pesquisa - Agenda Poços
Formulário de pesquisa - Agenda Poços
 
Formulário de Avaliação Agenda Passos
Formulário de Avaliação Agenda PassosFormulário de Avaliação Agenda Passos
Formulário de Avaliação Agenda Passos
 
Imóvel tour
Imóvel tourImóvel tour
Imóvel tour
 
Imóvel tour
Imóvel tourImóvel tour
Imóvel tour
 
Produção, captação e transmissão
Produção, captação e transmissãoProdução, captação e transmissão
Produção, captação e transmissão
 
Geral
GeralGeral
Geral
 
Produção, captação e transmissão
Produção, captação e transmissãoProdução, captação e transmissão
Produção, captação e transmissão
 
Geral
GeralGeral
Geral
 
Notas de Estrutura
Notas de EstruturaNotas de Estrutura
Notas de Estrutura
 
Galeria de Vídeos - Fashion For You
Galeria de Vídeos - Fashion For YouGaleria de Vídeos - Fashion For You
Galeria de Vídeos - Fashion For You
 
Galeria de Fotos - Fashion For You
Galeria de Fotos - Fashion For YouGaleria de Fotos - Fashion For You
Galeria de Fotos - Fashion For You
 

Outubro Rosa

  • 1.
  • 2. 2 A CIDADE OUTUBRO DE 2016 PUBLIEDITORIAL - OUTUBRO ROSA | APOIE ESSA CAUUSA 2
  • 3. PUBLIEDITORIAL - OUTUBRO ROSA 3A CIDADEOutubro de 2016
  • 4. 4 A CIDADE OUTUBRO DE 2016 PUBLIEDITORIAL - OUTUBRO ROSA | APOIE ESSA CAUUSA Realizado pelo Hospital de Câncer de Barretos na região e em outras duas instituições no país, procedimento acrescenta contraste radiológico ao exame de mamografia, permitindo diagnóstico mais rápido e confiável. Durante entrevista, médica radiologista do Instituto de Prevenção do HC de Barretos, Drª Sílvia Sabino, afirma que a Mamografia com Contraste é a revolução da mamografia tradicional. Confira: - Como a Mamografia por Contraste pode beneficiar pacientes? O benefício se dá pela agilidade no diagnóstico. Em um exame de 7 minutos, temos praticamente as mesmas informações da ressonância magnética das mamas. Ao termos uma suspeita é possível realizar a injeção do meio de contraste e fazer a mesma mamografia que a mulher já está acostumada, porém obtendo informações essenciais sobre a natureza da lesão, além de características adicionais como tamanho real, se é apenas um nódulo ou se existem tumores adicionais ou então,namelhordashipóteses,descartarapossibilidade de câncer, abreviando assim a angústia da paciente. - O exame por contraste substitui a mamografia? Não. O exame complementa a mamografia em casos de suspeita diagnóstica de câncer de mama. Em um futuro próximo será certamente uma boa opção à ressonância magnética das mamas. Ele pode ser considerado a revolução da mamografia tradicional. - Desde quando este exame é realizado pelo Hospital de Câncer de Barretos? Desde novembro de 2014, lembrando que hoje no Brasil, apenas 3 instituições realizam esta modalidade diagnóstica. O HCB é o único a disponibilizá-la gratuitamente. - Ele é indicado para qualquer paciente com suspeita? Ele é indicado no rastreamento de pacientes que apresentam alto risco de desenvolvimento de Câncer de Mama, com lesões suspeitas, multifoco ou multicêntricas. Também pode ser considerado como uma opção diagnóstica para as pacientes que tenham restrição para a realização de ressonância magnética como claustrofobia, uso de marca-passos, algumas próteses metálicas e sobrepeso. - O Câncer de Mama é o mais temido entre as mulheres pela alta incidência. Existe muita desinformação? É a principal neoplasia feminina no Brasil. Seguimos uma tendência mundial que a cada ano 1.500.000 mulheres vão escutar a frase “você tem câncer de mama” em todo planeta. Apesar de todos os nossos esforços, muitas ainda se recusam a realizar os exames preventivos como rotina, seja por medo do diagnóstico, preconceito, pudor ou por acreditarem que a doença não ocorrerá com elas. Médica radiologista Drª Sílvia Sabino afirma que o exame pode ser considerado a revolução da mamografia tradicional Procedimento acrescenta contraste radiológico ao exame de mamografia, permitindo diagnóstico mais rápido e confiável Apoio familiar e prevenção fazem a diferença Dentre os muitos casos de câncer de mama que acometeram as mulheres brasileiras em 2015, Luciana Casemiro foi a segunda da família que recebeu o diagnóstico. “Descobri uma alteração ao fazer exames de rotina e infelizmente tivemos a confirmação”, comenta. Luciana passou por uma cirurgia, radioterapia e junto com o tratamento, por orientação médica, ela seguia uma dieta, começou a reduzir peso e a praticar exercícios físicos. “Pode ser até clichê, mas me sinto mais viva agoradoqueantesdodiagnóstico.Façoescolhasmelhores,tenhonovas metasemeempenhopara colocá-lasem prática.Otempo ganhounovo significado para mim”, afirma. Diagnosticadaem2012,FabianaAraújoafirmaqueoapoiodafamília foifundamental.“Nodiaquefuirasparacabeça,tiveumasurpresamuito grande:meusamigosemeumaridorasparamacabeçatambémeforam fazer uma serenata na porta da minha casa. Até hoje me emociono de lembrar daquele dia”, conta. Fabiana passou pelo tratamento e destaca a importância do diagnóstico precoce. “A prevenção é fundamental. Descobri o câncer bem no início e foi bem mais fácil de me curar. Recebi um grande apoio por parte dos profissionais do InORP, onde me tratei. Quando você recebe um diagnóstico de câncer de mama, primeiro você não acredita que está acontecendo com você. Mas neste momento é preciso encontrar forças para conseguir superar isto”, diz. Fabiana Araújo passou por tratamento no InORP em 2012 e recebeu o apoio da família para superar a doença Mamografia com Contraste: exame é uma revolução na mamografia tradicional FOTO Arquivo pessoal FOTOS Divulgação 4
  • 5. PUBLIEDITORIAL - OUTUBRO ROSA 5A CIDADEOutubro de 2016 previnem até 13 tipos de câncer O sobrepeso e a obesidade estão associados ao aumento no risco de desenvolver 13 tipos de câncer, segundo avaliação da Iarc (Agência Inter- nacional de Pesquisa em Câncer, da Organização Mundial de Saúde). Neste contexto, uma alimen- tação equilibrada é considerada essencial para a prevenção, principalmente quando associada a uma vida ativa fisicamente. De acordo com Carolina Ferreira, nutricionista do InORP, alimentos funcionais têm potencial para, além de reduzir o risco de câncer, retardar a taxa de crescimento e disseminação de uma doença maligna, diminuindo efeitos colaterais associados à quimioterapia e radioterapia. “É fundamental ter uma alimentação variada e equilibrada, rica em frutas, verduras, legumes, fibras e alimentos integrais. Estes são os principais auxiliares na pre- venção e combate da obesidade e, consequente- mente, de alguns tipos de câncer”, afirma. Da mesma maneira, a nutricionista alerta so- bre os alimentos que devem ser evitados, princi- palmente em excesso: carne vermelha, frituras, leite integral e derivados, embutidos de forma geral, alimentos industrializados e preservados em sol, como carne de sol e peixes salgados. De acordo com o INCA (Instituto Nacional de Câncer), de 30 a 40% dos casos de câncer podem ser prevenidos com a prática regular de atividades físicas. Segundo o Coordenador Médico do Departamento de Mastologia do Hospital de Câncer de Barretos Dr. Gustavo Zucca, a atividade física frequente, principalmente exercícios aeróbicos, é uma potente ferramenta contra os riscos da vida sedentária e que colabora no combate ao câncer de mama e de outras doenças como, músculo-esqueléticas e cardiovasculares, entre outras. O médico ressalta ainda que a obesidade e o sedentarismo estão intimamente ligados e podem gerar distúrbios hormonais comprovadamente ligados à recidiva (volta) da doença em mulheres já tratadas. Já Leonardo Andrade, educador físico da academia Bodytech, orienta que o ideal é que as atividades sejam feitas de 4 a 5 vezes por semana com duração mínima de 45 minutos. “Os exercícios mais recomendados e eficientes são os aeróbios e os neuromusculares, porém, sempre antes de iniciar o treinamento deve-se realizar uma avaliação das condições de saúde, motivação e condicionamento, no intuito de adequar a prescrição”, explica. Atividade física é essencial para prevenção É LEI:todo paciente em tratamento ou que já superou o câncer de mama, independente do tipo e da gravidade, tem direito a comprar um carro adaptado com isenções, segundo a advogada Andréa Ajona Machado Françoso. Confira abaixo alguns dos benefícios que a lei propõe: Paciente com câncer de mama pode comprar carro com até 35% de desconto Hábitos saudáveis As atividades físicas contribuem para mais qualidade de vida e melhoram a autoestima FOTO Fabricio Fiacadori - Isenção do IPI (Imposto de produtos industrializados); - Isenção do IPVA (imposto sobre a propriedade de veículos automotores); - Isenção de ICMS (imposto sobre circulação de mercadorias e serviços); - Desconto de até 35% no valor do carro (o automóvel deve custar até R$ 70 mil, não pode ser importado, deve ser automático e só é permitido fazer a troca depois de dois anos de uso); - Saque integral do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Câncer de Mama Masculino também é uma realidade A cada ano, 57 mil novos casos de câncer de mama são diagnosticados em homens, segundo o INCA. Infelizmente por desinformação e falta de controle, os homens descobrem este tipo tumor em estágio avançado. Segundo o Coordenador Médico do Departamento de Mastologia do Hospital de Câncer de Barretos, Dr. Gustavo Zucca, o câncer de mama ocorre em 1% da população masculina e é responsável por 0,1% dos cânceres neste público. Consultas permanentes, históricos clínico e familiar, além de exames físicos nas regiões da mama e axilas são fundamentais para o diagnóstico precoce da doença, que aumenta as chances de cura. “Geralmente o diagnóstico é feito mediante alguma alteração percebida pelo paciente. O mais comum é notarem nódulos na mama. Mas o grande problema é que na maioria das vezes o diagnóstico é tardio por total desinformação. Demoram a procurar ajuda, não dando importância para os achados anormais encontrados”, explica. 5
  • 6. 6 A CIDADE OUTUBRO DE 2016 PUBLIEDITORIAL - OUTUBRO ROSA | APOIE ESSA CAUUSA Correndo por uma causa 3ª Corrida Outubro Rosa promove conscientização e qualidade de vida Homens e mulheres, de todas as idades, correrão pela conscientização, prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama, no dia 9 de outubro, em Ribeirão Preto. Com inscrições esgotadas, a 3ª edição da Corrida/Caminhada Outubro Rosa reunirá 1.500 pessoas. O evento é promovido pelo InORP e pela ARS Eventos e Consultoria Esportiva. “A corrida de rua tem ganhado cada vez mais público e esta foi a forma que encontramos para mobilizar os adeptos deste esporte de Ribeirão e região: chamá-los para vestir rosa e correr por uma causa extremamente importante”, afirma o Gerente Administrativo do InORP, Gustavo Davoli. A prova terá largada às 8h no estacionamento do Shopping Iguatemi. Toda verba arrecadada será revertida para o IEPO (Instituto de Ensino e Pesquisa em Oncologia de Ribeirão Preto). Caroline participará da corrida pelo segundo ano consecutivo FOTOS ARQUIVO PESSOAL CORRENDO EM FAMÍLIA Ana Cristina Pinheiro e a filha Caroline Pinheiro são a prova desta mobilização. Elas participarão da corrida pelo segundo ano, após enfrentar um caso de câncer dentro de casa. “A luta contra a doença é muito díficil. A ação é uma forma de mostrar aos pacientes que eles não estão sozinhos. Encontramos na corrida uma maneira de superar os nossos sofrimentos, voltar a ter esperança e alegria de viver!”, ressaltam. Ana Cristina e Carol Pinheiro mobilizaram as amigas para corrida Outubro Rosa em 2015 Ribeirão Preto conta com centros de referência para o tratamento do câncer Para o diagnóstico e tratamento de câncer é preciso cuidado, além de atendimento humanizado e de excelência ao paciente. Ribeirão Preto conta com centros especializados que atuam neste segmento da saúde e são referências no assunto. O Hospital de Câncer, mantido pela Fundação SOBECCan, realiza diagnóstico e tratamento de pacientes com câncer do DRS XIII (Departamento Regional de Saúde) que compreende 25 cidades da região. O Hospital não possui convênio com o SUS e opera através do apoio da comunidade e com subvenções governamentais, garantindo 99% dos atendimentos gratuitamente. Outra instituição de referência é o Instituto Oncológico de Ribeirão Preto que atende 27 convênios, além de pacientes particulares. O InORP aposta em humanização, conhecimento técnico e atenção integral através de equipe médica disponível 24 horas e no trabalho da clínica integrativa – que garante o acompanhamento dos pacientes por meio da avaliação conjunta de diversos especialistas em oncologia, médico geriatra, psicólogo, nutricionista e fisioterapeuta – e na parceria técnico-científica com o Centro de Oncologia e Hematologia do Hospital Albert Einstein. Além da sede em Ribeirão, o instituto também possui filiais em Matão, Pirassununga e Mococa. Já o Centro de Tratamento Oncológico (CTO) também garante atendimentohumanizadopara27convêniosepacientesparticulares. Desde 2013 oferece os serviços do Centro de Tratamento em Rádio- oncologia (CTR), especializado em radioterapia de alta tecnologia e capaz de tratar quase todos os tipos de tumores que precisam deste tipo de tratamento. Em 2017, o CTO expandirá as ações e inaugurará uma nova clínica na cidade. 6 HOSPITAL DE CÂNCER DE RIBEIRÃO PRETO Endereço: Rua Octávio Martins Braga, 50 - Residencial Flórida Telefone: (16) 3878-9700 INSTITUTO ONCOLÓGICO DE RIBEIRÃO PRETO (INORP) Endereço: Rua Ayrton Roxo, 571 - Alto da Boa Vista Telefone: (16) 3623-2341 CENTRO DE TRATAMENTO ONCOLÓGICO (CTO) Endereço: Rua Garibaldi, 1881 - Jardim Sumaré Telefone: (16) 3623.5191 CENTRO DE TRATAMENTO EM RÁDIO-ONCOLOGIA (CTR) Endereço: Rua Magda Perona Frossard, 85 - Jardim Nova Aliança Telefone: (16) 3602-9999
  • 7. PUBLIEDITORIAL - OUTUBRO ROSA 7A CIDADEOutubro de 2016 O Outubro Rosa está no ar pela cidade Chamar a atenção para a causa! Com esta meta, vários pontos da cidade vão desenvolver ações. A UNAERP é um deles. Além de iluminação rosa em sua fachada, acontecerá uma exposição de fotos de Lídia Muradás com o nome de “Toque de Coragem”, que retrata mulheres vitimadas pelo câncer de mama e alerta aos cuidados e prevenção no Hospital Escola da Instituição. No dia 09, às 10h30, os alunos da Liga de Oncologia do Curso de Medicina estarão no Parque Prefeito Luiz Roberto Jábali (Curupira) desenvolvendo atividades relacionadas ao tema. Já no dia 18, a ação acontece no Shopping Santa Úrsula, no Programa Bem-Estar com atividades que promovem a importância e as ferramentas de prevenção da doença. O Shopping Iguatemi Ribeirão Preto apostou na iluminação da fachada, ações com colaboradores, decoração e flores cor de rosa, peças de comunicação informativas e lojas com vitrines chamando a atenção ao tema. Já o RibeirãoShopping contará com a fachada da oitava expansão, na avenida Presidente Vargas, iluminada com a cor rosa. O Hotel Plaza Inn Master também priorizou ações de informação tanto para hóspedes como colaboradores. No mês, todos usarão um broche da campanha e todo o hotel terá comunicação visual e displays nos corredores, elevadores e recepção para conscientizar sobre a causa. A Documenta, empresa de Diagnóstico por Imagens, preparou um cartão especial para as mulheres, o “Cartão Rosa” que está sendo distribuído gratuitamente. O objetivo é lembrar as mulheres que a prevenção é fundamental. Ações beneficentes também estão em alta. O Platino Cabeleireiros, por exemplo, promoverá em todas as quartas-feiras do mês, a “Quarta-Rosa” que destinará R$ 30,00 de cada corte e 100% do valor das hidratações capilares da marca NG de France para a ABRACCIA (Associação Brasileira de Combate ao Câncer Infantil e Adulta). Diagnóstico positivo: como lidar com a doença na família? Há 4 anos o supervisor operacional Fernando Luiz Dezerto deixou a profissão para cuidar dos pais. A mãe, diagnosticada com Câncer de Mama e o pai com insuficiência renal. Entre os principais aprendizados desta fase, que trouxe uma nova profissão para a sua vida, a de cuidador, Fernando encontrou novos sentidos e valores. “Acredito que ter um suporte de uma equipe multidisciplinar com oncologista, nutricionista, psicólogo, fisioterapeuta e geriatra é fundamental para o tratamento do paciente. Também passo por terapias, participo de grupos na internet e troco experiências com pessoas que estão vivenciando o mesmo que eu. Issotrouxenovosvaloresparaaminhavida, pois aprecio cada minuto ao lado da minha mãe (o pai faleceu há 5 meses)”, conta. Saber lidar com a doença e dividir as responsabilidades foi fundamental para o cuidador: “ao receber o diagnóstico, a primeira coisa que pensamos é em morte. Isso muda ao longo do tempo, pois criamos uma comunidade em que um auxilia o outro. É muito importante cuidar também de você, pois para cuidar de alguém é preciso que a saúde física e mental esteja em dia”. De acordo com a Oncologista do InORP Dra. Cristiane Alves Mendes, a tarefa de cuidar expõe o indivíduo a uma série de situações adversas e implica mudanças no estilo de vida, trazendo como consequência sintomas como: ansiedade, estresse, fadiga, exaustão, isolamento social, instabilidade emocional além do impacto causado pela diminuição da renda familiar. “O câncer é uma doença que causa extremo desgaste e degeneração do paciente, fazendo com que ele não consiga, ao longo do tempo, desempenhar suas funções básicas. A família constitui um dos núcleos centrais na formação de crenças, valores, conhecimentos do indivíduo e, em geral, quando uma pessoa adoece toda a família sofre e sente as consequências do momento”, analisa. Segundo ela, reservar um momento de lazer ou participar de alguma atividade que traga bem-estar reduz a sobrecarga. A iniciativa da Documenta de criar o Cartão Rosa é mais uma forma de chamar a atenção das mulheres para o diagnóstico precoce do câncer de mama Fachada do Shopping Iguatemi Ribeirão Preto ganha iluminação rosa para conscientização da causa RibeirãoShopping terá iluminação especial durante o mês FOTO Ayrton Photos Fernando Luiz Dezerto dedica-se integralmente aos cuidados de sua mãe FOTO Fabricio Fiacadori FOTO Fabio Benedicto 7