SlideShare uma empresa Scribd logo
Informação retirada dos panfletos produzidos pela Bayer HealthCare, Bayer Schering Pharma
A sexualidade e a  contracepção  Todas as relações sexuais acarretam riscos.  Há  sempre  o risco de contrair e/ou transmitir doenças sexualmente transmissíveis (DST) e uma possível gravidez. Ter dúvidas é natural e os profissionais de saúde estão preparados para esclarecê-las.
Métodos Hormonais  (a taxa de eficácia só se verifica se o método for aplicado correctamente) Vantagens: Forma mais eficaz de evitar uma gravidez indesejada Pode ser interrompido em qualquer momento Não interferem com a fertilidade Fáceis de utilizar Desvantagens: Não protegem contra 0 DST ou infecções sexualmente transmissíveis Há medicamentos que pode interferir na eficácia destes métodos Existem alguns efeitos secundários
A pílula combinada contêm estrogénio e progestagénio Embalagens com 21 e 28 comprimidos Redução do risco de cancro do ovário e do útero, e menor ocorrência de tumores benignos na mama Podem ocorrer dores de cabeça, variações de humor, alteração do desejo sexual, inchaços e hemorragias Grau de eficácia: entre 97 e 99%
A pílula progestativa  (mini-pílula) Contém apenas progestagénio É adequada para a intolerância aos estrogénios e para o período da amamentação Qualquer atraso superior a 12 horas tornam este método ineficaz Podem aparecer manchas na pele, tensão mamária, inchaço e dores de cabeça Grau de eficácia: 99,7%
Implante Cápsula de plástico que contém um reservatório de progestagénio É inserido na parte superior do braço da mulher, através de uma mini-cirurgia realizada por um médico Este método é eficaz durante três anos. Pode ser removido em qualquer altura Adequado para o período da amamentação e para a intolerância ao estrogénio Grau de eficácia: 99,95%
Dispositivo de Libertação Intra-Uterino (DLIU) Dispositivo plástico, em forma de T,  com um cilindro que contém progestagénio É inserido no útero por um médico, pode estar colocado até cinco anos Indicado para a intolerância aos estrogénios e durante a amamentação Protecção contra as infecções pélvicas e contra o cancro da parede do útero Grau de eficácia: 99,9%
Injecção Hormonal Contém apenas progestagénio e é administrada por um profissional de saúde a cada três meses Adequada para mulheres em período de amamentação e para a intolerância aos estrogénios Dada a irreversibilidade temporária do método, os efeitos secundários só desaparecem algum tempo depois do fim da actuação Grau de eficácia: 99,7%
Adesivo Contraceptivo Contém estrogénios e progestagénio É colado no abdómen, coxas, nádegas ou parte superior do braço O adesivo pode ser mudado, semanalmente, durante três semanas, ao que se segue uma semana de paragem Este método é visível Grau de eficácia: 99,7%
Anel vaginal  Contém estrogénio e progestagénio Mantém-se colocado durante três semanas, sendo depois removido durante uma semana Depois da pausa deve inserir-se um novo anel vaginal Caso o anel saia, passe-o por água morna e volte a colocá-lo Se o anel estiver fora da vagina mais de três horas, a eficácia contraceptiva pode estar comprometida Grau de eficácia: 99,7%
Contracepção de Emergência  (pílula do dia seguinte) Pode ser tomada até 72 horas após a ocorrência de uma relação sexual sem protecção, ou se o método que utilizou tenha falhado Não deve ser usado regularmente e destina-se apenas à utilização por segurança Grau de eficácia: se tomado até 72 horas após a relação desprotegida, o risco de gravidez é reduzido para 84%
Métodos de Barreira (actuam impedindo que o esperma entre no útero) Vantagens: Alternativa à contracepção hormonal; Protege de doenças e infecções sexualmente transmissíveis Desvantagens: Podem interferir na espontaneidade, sensação e prazer Menos eficazes que os métodos hormonais na prevenção da gravidez  Pode ser necessária prática para o seu uso correcto
Preservativo Masculino Tubo de látex que se coloca no pénis erecto Tem um reservatório que retém o esperma; o preservativo deve ser colocado antes de ocorrer penetração Após a ejaculação, o homem deve segurar o preservativo, para evitar derrame de esperma Os lubrificantes à base de óleo não devem ser utilizados simultaneamente Grau de eficácia: 98%
Preservativo Feminino Manga de poliuretano que se coloca na vagina; As extremidades têm uma anel flexível para que o preservativo se mantenha colocado. Uma das extremidades é fechada Não está disponível em todos os países; Grau de eficácia: 95%
Dispositivo Intra-Uterino  (DIU) Em forma de T,  em plástico e cobre, é colocado na cavidade uterina, por um médico.  São necessários check-up semestrais Pode ficar no útero durante 3 a 5 anos e pode ser removido a qualquer altura Pode aumentar o risco de infecções pélvicas, sobretudo para quem tem múltiplos parceiros, e pode levar à infertilidade Pode provocar o aumento das dores abdominais, abundância e prolongamento da menstruação, podendo levar à anemia Grau de eficácia: 99,4%
Diafragma e Espermicida Forma de cúpula, de borracha ou silicone, pode ser utilizado juntamente com um espermicida É necessária uma colocação por um médico e deve ser verificada a cada seis meses Deve ser inserido antes da relação sexual. Deve manter-se colocado durante seis a 24 horas Não deve ser utilizado com medicação para o tratamento das infecções fúngicas genitais Grau de eficácia: diafragma – 94%; espermicida – 82%
Cone Cervical e Espermicida  É feito de borracha ou silicone Necessita de uma colocação inicial por um profissional de saúde, e deve ser verificado a cada seis meses Deve ser inserido antes de cada relação sexual e não deve manter-se na vagina por mais de 24 horas Pode causar irritação cutânea Grau de eficácia: 91% - antes de dar à luz; 74% - depois de dar à luz; espermicida – 82%
Outros Métodos São alternativos aos métodos hormonais e aos de barreira Nenhuma das opções protege das DST É aconselhável o uso do preservativo, se houver a desconfiança de estar numa situação de risco
Planeamento Familiar  Natural  Observação cuidada do corpo da mulher, durante o ciclo, para identificar as fases fértil e não fértil Devem ser evitadas as relações sexuais durante o período fértil Pode ser utilizado em simultâneo com os métodos de barreira durante o período fértil; Influências causadas por circunstâncias diárias podem alterar o ciclo menstrual, impossibilitando o cálculo do período fértil e o não fértil Grau de eficácia; entre 91 e 99%
Coito Interrompido O homem retira o pénis da vagina, antes da ejaculação Este método pode fracassar, dado que podem ser libertadas pequenas gotas de esperma, antes da ejaculação Prejudica o orgasmo Grau de eficácia: 96%
Esterilização Feminina Procedimento cirúrgico que bloqueia as trompas É um método irreversível e permanente Pode ocorrer um fracasso técnico durante o procedimento, quando a obstrução não é completa ou as trompas recanalizam Grau de eficácia: 99,5%
Esterilização Masculina Método cirúrgico que laqueia os canais que transportam o esperma O homem continua a ejacular, mas não existem espermatozóides É permanente e adequa-se para quem não quer ter filhos, definitivamente. Pode ser revertido, mas raramente é bem sucedido Por segurança, neste período inicial, devem ser utilizados outros meios de contracepção Grau de eficácia: 99,9%

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Métodos Contracetivos Não Naturais Químicos (Guião)
Métodos Contracetivos Não Naturais Químicos (Guião)Métodos Contracetivos Não Naturais Químicos (Guião)
Métodos Contracetivos Não Naturais Químicos (Guião)
Maria Freitas
 
Espermicida E Diafragma
Espermicida E DiafragmaEspermicida E Diafragma
Espermicida E Diafragma
guest4fe7b8
 
Métodos contraceptivos naturais
Métodos contraceptivos naturaisMétodos contraceptivos naturais
Métodos contraceptivos naturais
Alice Cruz
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
180phonefive
 
B+írbara bernardo 332 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point
B+írbara bernardo 332 novo apresenta+º+úo do microsoft power_pointB+írbara bernardo 332 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point
B+írbara bernardo 332 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point
Angela Boucinha
 
Rita Todos Contraceptivos
Rita  Todos ContraceptivosRita  Todos Contraceptivos
Rita Todos Contraceptivos
Ana Abegão
 
Métodos Contraceptivos
Métodos ContraceptivosMétodos Contraceptivos
Métodos Contraceptivos
Maria Carolina Esteves
 
Quadro comparativo dos Métodos Contraceptivos
Quadro comparativo dos Métodos ContraceptivosQuadro comparativo dos Métodos Contraceptivos
Quadro comparativo dos Métodos Contraceptivos
Atuaescola
 
Métodos contracetivos cirurgicos
Métodos contracetivos cirurgicosMétodos contracetivos cirurgicos
Métodos contracetivos cirurgicos
Carlos Carvalho
 
Vasectomia
VasectomiaVasectomia
Vasectomia
guest4fe7b8
 
Aula 1.1. reprodução humana métodos anticoncepcionais e ds ts
Aula 1.1. reprodução humana   métodos anticoncepcionais e ds tsAula 1.1. reprodução humana   métodos anticoncepcionais e ds ts
Aula 1.1. reprodução humana métodos anticoncepcionais e ds ts
Evandro Sanguinetto
 
130402 reprodução humana - métodos anticoncepcionais e ds ts
130402   reprodução humana - métodos anticoncepcionais e ds ts130402   reprodução humana - métodos anticoncepcionais e ds ts
130402 reprodução humana - métodos anticoncepcionais e ds ts
Evandro Sanguinetto
 
Metodos Contraceptivos - Diafragma e Espermicida
Metodos Contraceptivos - Diafragma e EspermicidaMetodos Contraceptivos - Diafragma e Espermicida
Metodos Contraceptivos - Diafragma e Espermicida
HMSBeagle12a
 
La+¡s endo 820 contracetivos masculinos e femininos
La+¡s endo 820 contracetivos masculinos e femininosLa+¡s endo 820 contracetivos masculinos e femininos
La+¡s endo 820 contracetivos masculinos e femininos
Angela Boucinha
 
Métodos
MétodosMétodos
Métodos
FBIRF1
 
Metodos contraceptivos
Metodos contraceptivosMetodos contraceptivos
Metodos contraceptivos
gabinetedossegredos
 
Métodos contraceptivos - Ligia Maria
Métodos contraceptivos - Ligia MariaMétodos contraceptivos - Ligia Maria
Métodos contraceptivos - Ligia Maria
gustavonm13
 
Métodos Contraceptivos Naturais
Métodos Contraceptivos NaturaisMétodos Contraceptivos Naturais
Métodos Contraceptivos Naturais
mariajcaralinda
 

Mais procurados (18)

Métodos Contracetivos Não Naturais Químicos (Guião)
Métodos Contracetivos Não Naturais Químicos (Guião)Métodos Contracetivos Não Naturais Químicos (Guião)
Métodos Contracetivos Não Naturais Químicos (Guião)
 
Espermicida E Diafragma
Espermicida E DiafragmaEspermicida E Diafragma
Espermicida E Diafragma
 
Métodos contraceptivos naturais
Métodos contraceptivos naturaisMétodos contraceptivos naturais
Métodos contraceptivos naturais
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
 
B+írbara bernardo 332 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point
B+írbara bernardo 332 novo apresenta+º+úo do microsoft power_pointB+írbara bernardo 332 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point
B+írbara bernardo 332 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point
 
Rita Todos Contraceptivos
Rita  Todos ContraceptivosRita  Todos Contraceptivos
Rita Todos Contraceptivos
 
Métodos Contraceptivos
Métodos ContraceptivosMétodos Contraceptivos
Métodos Contraceptivos
 
Quadro comparativo dos Métodos Contraceptivos
Quadro comparativo dos Métodos ContraceptivosQuadro comparativo dos Métodos Contraceptivos
Quadro comparativo dos Métodos Contraceptivos
 
Métodos contracetivos cirurgicos
Métodos contracetivos cirurgicosMétodos contracetivos cirurgicos
Métodos contracetivos cirurgicos
 
Vasectomia
VasectomiaVasectomia
Vasectomia
 
Aula 1.1. reprodução humana métodos anticoncepcionais e ds ts
Aula 1.1. reprodução humana   métodos anticoncepcionais e ds tsAula 1.1. reprodução humana   métodos anticoncepcionais e ds ts
Aula 1.1. reprodução humana métodos anticoncepcionais e ds ts
 
130402 reprodução humana - métodos anticoncepcionais e ds ts
130402   reprodução humana - métodos anticoncepcionais e ds ts130402   reprodução humana - métodos anticoncepcionais e ds ts
130402 reprodução humana - métodos anticoncepcionais e ds ts
 
Metodos Contraceptivos - Diafragma e Espermicida
Metodos Contraceptivos - Diafragma e EspermicidaMetodos Contraceptivos - Diafragma e Espermicida
Metodos Contraceptivos - Diafragma e Espermicida
 
La+¡s endo 820 contracetivos masculinos e femininos
La+¡s endo 820 contracetivos masculinos e femininosLa+¡s endo 820 contracetivos masculinos e femininos
La+¡s endo 820 contracetivos masculinos e femininos
 
Métodos
MétodosMétodos
Métodos
 
Metodos contraceptivos
Metodos contraceptivosMetodos contraceptivos
Metodos contraceptivos
 
Métodos contraceptivos - Ligia Maria
Métodos contraceptivos - Ligia MariaMétodos contraceptivos - Ligia Maria
Métodos contraceptivos - Ligia Maria
 
Métodos Contraceptivos Naturais
Métodos Contraceptivos NaturaisMétodos Contraceptivos Naturais
Métodos Contraceptivos Naturais
 

Semelhante a Os métodos contraceptivos

Os métodos contraceptivos
Os métodos contraceptivosOs métodos contraceptivos
Os métodos contraceptivos
Gravideznadolescencia
 
Contraceptivos
ContraceptivosContraceptivos
Contraceptivos
Eunice Palma
 
ContracepçãO Geral
ContracepçãO   GeralContracepçãO   Geral
ContracepçãO Geral
Andrea A. Ferreira
 
Contraceção
ContraceçãoContraceção
Contraceção
MrDONALDOPATO
 
Métodos Contracetivos
Métodos ContracetivosMétodos Contracetivos
Métodos Contracetivos
Alexandra Pereira
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivos Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
fernandaclararamos
 
MéTodos Contraceptivos
MéTodos  ContraceptivosMéTodos  Contraceptivos
MéTodos Contraceptivos
tiafer96
 
METODOS DE BARREIRA
METODOS DE BARREIRA METODOS DE BARREIRA
METODOS DE BARREIRA
Kimberly Casemiro
 
Mtodoscontraceptivos7c 110628063301-phpapp02
Mtodoscontraceptivos7c 110628063301-phpapp02Mtodoscontraceptivos7c 110628063301-phpapp02
Mtodoscontraceptivos7c 110628063301-phpapp02
Pelo Siro
 
Seminário métodos contraceptivos 8 ano
Seminário métodos contraceptivos 8 anoSeminário métodos contraceptivos 8 ano
Seminário métodos contraceptivos 8 ano
NTE RJ14/SEEDUC RJ
 
Métodos contracetivos hormonais.pptx
Métodos contracetivos hormonais.pptxMétodos contracetivos hormonais.pptx
Métodos contracetivos hormonais.pptx
MariaRibeiro742241
 
Planeamentofamiliaremtodoscontracetivos 120612033258-phpapp02
Planeamentofamiliaremtodoscontracetivos 120612033258-phpapp02Planeamentofamiliaremtodoscontracetivos 120612033258-phpapp02
Planeamentofamiliaremtodoscontracetivos 120612033258-phpapp02
Luiz Vicente Gargiulo
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
Carolina Correia
 
Métodos contraceptivos humanos
Métodos contraceptivos humanosMétodos contraceptivos humanos
Métodos contraceptivos humanos
Clécio Bubela
 
Métodos Anticoncepcionais
Métodos AnticoncepcionaisMétodos Anticoncepcionais
Métodos Anticoncepcionais
fabiozb
 
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
MARISTA , UVA, FIC, FAINTER, GÊNESIS
 
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
Pelo Siro
 
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
MARISTA , UVA, FIC, FAINTER, GÊNESIS
 
Métodos contraceptivos trabalho internato
Métodos contraceptivos   trabalho internatoMétodos contraceptivos   trabalho internato
Métodos contraceptivos trabalho internato
Thiago Henrique
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
turbokira
 

Semelhante a Os métodos contraceptivos (20)

Os métodos contraceptivos
Os métodos contraceptivosOs métodos contraceptivos
Os métodos contraceptivos
 
Contraceptivos
ContraceptivosContraceptivos
Contraceptivos
 
ContracepçãO Geral
ContracepçãO   GeralContracepçãO   Geral
ContracepçãO Geral
 
Contraceção
ContraceçãoContraceção
Contraceção
 
Métodos Contracetivos
Métodos ContracetivosMétodos Contracetivos
Métodos Contracetivos
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivos Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
 
MéTodos Contraceptivos
MéTodos  ContraceptivosMéTodos  Contraceptivos
MéTodos Contraceptivos
 
METODOS DE BARREIRA
METODOS DE BARREIRA METODOS DE BARREIRA
METODOS DE BARREIRA
 
Mtodoscontraceptivos7c 110628063301-phpapp02
Mtodoscontraceptivos7c 110628063301-phpapp02Mtodoscontraceptivos7c 110628063301-phpapp02
Mtodoscontraceptivos7c 110628063301-phpapp02
 
Seminário métodos contraceptivos 8 ano
Seminário métodos contraceptivos 8 anoSeminário métodos contraceptivos 8 ano
Seminário métodos contraceptivos 8 ano
 
Métodos contracetivos hormonais.pptx
Métodos contracetivos hormonais.pptxMétodos contracetivos hormonais.pptx
Métodos contracetivos hormonais.pptx
 
Planeamentofamiliaremtodoscontracetivos 120612033258-phpapp02
Planeamentofamiliaremtodoscontracetivos 120612033258-phpapp02Planeamentofamiliaremtodoscontracetivos 120612033258-phpapp02
Planeamentofamiliaremtodoscontracetivos 120612033258-phpapp02
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
 
Métodos contraceptivos humanos
Métodos contraceptivos humanosMétodos contraceptivos humanos
Métodos contraceptivos humanos
 
Métodos Anticoncepcionais
Métodos AnticoncepcionaisMétodos Anticoncepcionais
Métodos Anticoncepcionais
 
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
 
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
 
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
 
Métodos contraceptivos trabalho internato
Métodos contraceptivos   trabalho internatoMétodos contraceptivos   trabalho internato
Métodos contraceptivos trabalho internato
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
 

Os métodos contraceptivos

  • 1. Informação retirada dos panfletos produzidos pela Bayer HealthCare, Bayer Schering Pharma
  • 2. A sexualidade e a contracepção Todas as relações sexuais acarretam riscos. Há sempre o risco de contrair e/ou transmitir doenças sexualmente transmissíveis (DST) e uma possível gravidez. Ter dúvidas é natural e os profissionais de saúde estão preparados para esclarecê-las.
  • 3. Métodos Hormonais (a taxa de eficácia só se verifica se o método for aplicado correctamente) Vantagens: Forma mais eficaz de evitar uma gravidez indesejada Pode ser interrompido em qualquer momento Não interferem com a fertilidade Fáceis de utilizar Desvantagens: Não protegem contra 0 DST ou infecções sexualmente transmissíveis Há medicamentos que pode interferir na eficácia destes métodos Existem alguns efeitos secundários
  • 4. A pílula combinada contêm estrogénio e progestagénio Embalagens com 21 e 28 comprimidos Redução do risco de cancro do ovário e do útero, e menor ocorrência de tumores benignos na mama Podem ocorrer dores de cabeça, variações de humor, alteração do desejo sexual, inchaços e hemorragias Grau de eficácia: entre 97 e 99%
  • 5. A pílula progestativa (mini-pílula) Contém apenas progestagénio É adequada para a intolerância aos estrogénios e para o período da amamentação Qualquer atraso superior a 12 horas tornam este método ineficaz Podem aparecer manchas na pele, tensão mamária, inchaço e dores de cabeça Grau de eficácia: 99,7%
  • 6. Implante Cápsula de plástico que contém um reservatório de progestagénio É inserido na parte superior do braço da mulher, através de uma mini-cirurgia realizada por um médico Este método é eficaz durante três anos. Pode ser removido em qualquer altura Adequado para o período da amamentação e para a intolerância ao estrogénio Grau de eficácia: 99,95%
  • 7. Dispositivo de Libertação Intra-Uterino (DLIU) Dispositivo plástico, em forma de T, com um cilindro que contém progestagénio É inserido no útero por um médico, pode estar colocado até cinco anos Indicado para a intolerância aos estrogénios e durante a amamentação Protecção contra as infecções pélvicas e contra o cancro da parede do útero Grau de eficácia: 99,9%
  • 8. Injecção Hormonal Contém apenas progestagénio e é administrada por um profissional de saúde a cada três meses Adequada para mulheres em período de amamentação e para a intolerância aos estrogénios Dada a irreversibilidade temporária do método, os efeitos secundários só desaparecem algum tempo depois do fim da actuação Grau de eficácia: 99,7%
  • 9. Adesivo Contraceptivo Contém estrogénios e progestagénio É colado no abdómen, coxas, nádegas ou parte superior do braço O adesivo pode ser mudado, semanalmente, durante três semanas, ao que se segue uma semana de paragem Este método é visível Grau de eficácia: 99,7%
  • 10. Anel vaginal Contém estrogénio e progestagénio Mantém-se colocado durante três semanas, sendo depois removido durante uma semana Depois da pausa deve inserir-se um novo anel vaginal Caso o anel saia, passe-o por água morna e volte a colocá-lo Se o anel estiver fora da vagina mais de três horas, a eficácia contraceptiva pode estar comprometida Grau de eficácia: 99,7%
  • 11. Contracepção de Emergência (pílula do dia seguinte) Pode ser tomada até 72 horas após a ocorrência de uma relação sexual sem protecção, ou se o método que utilizou tenha falhado Não deve ser usado regularmente e destina-se apenas à utilização por segurança Grau de eficácia: se tomado até 72 horas após a relação desprotegida, o risco de gravidez é reduzido para 84%
  • 12. Métodos de Barreira (actuam impedindo que o esperma entre no útero) Vantagens: Alternativa à contracepção hormonal; Protege de doenças e infecções sexualmente transmissíveis Desvantagens: Podem interferir na espontaneidade, sensação e prazer Menos eficazes que os métodos hormonais na prevenção da gravidez Pode ser necessária prática para o seu uso correcto
  • 13. Preservativo Masculino Tubo de látex que se coloca no pénis erecto Tem um reservatório que retém o esperma; o preservativo deve ser colocado antes de ocorrer penetração Após a ejaculação, o homem deve segurar o preservativo, para evitar derrame de esperma Os lubrificantes à base de óleo não devem ser utilizados simultaneamente Grau de eficácia: 98%
  • 14. Preservativo Feminino Manga de poliuretano que se coloca na vagina; As extremidades têm uma anel flexível para que o preservativo se mantenha colocado. Uma das extremidades é fechada Não está disponível em todos os países; Grau de eficácia: 95%
  • 15. Dispositivo Intra-Uterino (DIU) Em forma de T, em plástico e cobre, é colocado na cavidade uterina, por um médico. São necessários check-up semestrais Pode ficar no útero durante 3 a 5 anos e pode ser removido a qualquer altura Pode aumentar o risco de infecções pélvicas, sobretudo para quem tem múltiplos parceiros, e pode levar à infertilidade Pode provocar o aumento das dores abdominais, abundância e prolongamento da menstruação, podendo levar à anemia Grau de eficácia: 99,4%
  • 16. Diafragma e Espermicida Forma de cúpula, de borracha ou silicone, pode ser utilizado juntamente com um espermicida É necessária uma colocação por um médico e deve ser verificada a cada seis meses Deve ser inserido antes da relação sexual. Deve manter-se colocado durante seis a 24 horas Não deve ser utilizado com medicação para o tratamento das infecções fúngicas genitais Grau de eficácia: diafragma – 94%; espermicida – 82%
  • 17. Cone Cervical e Espermicida É feito de borracha ou silicone Necessita de uma colocação inicial por um profissional de saúde, e deve ser verificado a cada seis meses Deve ser inserido antes de cada relação sexual e não deve manter-se na vagina por mais de 24 horas Pode causar irritação cutânea Grau de eficácia: 91% - antes de dar à luz; 74% - depois de dar à luz; espermicida – 82%
  • 18. Outros Métodos São alternativos aos métodos hormonais e aos de barreira Nenhuma das opções protege das DST É aconselhável o uso do preservativo, se houver a desconfiança de estar numa situação de risco
  • 19. Planeamento Familiar Natural Observação cuidada do corpo da mulher, durante o ciclo, para identificar as fases fértil e não fértil Devem ser evitadas as relações sexuais durante o período fértil Pode ser utilizado em simultâneo com os métodos de barreira durante o período fértil; Influências causadas por circunstâncias diárias podem alterar o ciclo menstrual, impossibilitando o cálculo do período fértil e o não fértil Grau de eficácia; entre 91 e 99%
  • 20. Coito Interrompido O homem retira o pénis da vagina, antes da ejaculação Este método pode fracassar, dado que podem ser libertadas pequenas gotas de esperma, antes da ejaculação Prejudica o orgasmo Grau de eficácia: 96%
  • 21. Esterilização Feminina Procedimento cirúrgico que bloqueia as trompas É um método irreversível e permanente Pode ocorrer um fracasso técnico durante o procedimento, quando a obstrução não é completa ou as trompas recanalizam Grau de eficácia: 99,5%
  • 22. Esterilização Masculina Método cirúrgico que laqueia os canais que transportam o esperma O homem continua a ejacular, mas não existem espermatozóides É permanente e adequa-se para quem não quer ter filhos, definitivamente. Pode ser revertido, mas raramente é bem sucedido Por segurança, neste período inicial, devem ser utilizados outros meios de contracepção Grau de eficácia: 99,9%