SlideShare uma empresa Scribd logo

Métodos contraceptivos

1 de 24
Baixar para ler offline
Trabalho realizado por:
Pedro Dias nº19 12ºA1
Tomás Franco nº23 12ºA1
1.   Introdução

2. Vasectomia

3. Laqueação das Trompas de Falópio

4. Essure

5. Conclusão

6. Bibliografia
Neste trabalho, iremos falar sobre as opções mais radicais em
termos de métodos contraceptivos. Como o nome indica, estes métodos
são realizados através de cirurgia no sistema reprodutor do homem e da
mulher.

        A lei portuguesa permite que as mulheres ou os homens, com
mais de 25 anos, possam escolher a contracepção cirúrgica como
método definitivo de contracepção (Lei 3/84, artigo 10º, de 24 de
Março).
A vasectomia é um método contraceptivo cirúrgico, que oferece
anticoncepção permanente para homens que não desejam ter mais
filhos. É um procedimento cirúrgico simples, seguro e rápido, nos quais
os canais deferentes são cortados.
O médico, através de uma pequena incisão no escroto,
localiza os canais deferentes e estes vasos são cortados e
amarrados de forma a impedir a passagem dos espermatozóides
para a uretra. Depois de amarrados, eles são fechados com
grampos ou é aplicado calor ou electricidade (cauterização). A
cirurgia é simples, feita com anestesia local, e não é necessário o
internamento.
Até aproximadamente 3 meses após a sua realização, o sémen
ejaculado ainda poderá conter espermatozóides. A vasectomia só é
considerada eficaz quando o exame do esperma, o espermograma,
mostrar que não há mais espermatozóides no esperma ejaculado.
Assim, quando um homem tem relações sexuais e ejacula, esse sémen
não contem espermatozóides, logo não haverá risco de engravidar a sua
parceira.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Inseminação artificial
Inseminação artificialInseminação artificial
Inseminação artificial
 
Planejamento Reprodutivo: o que há de novo e além do planejamento familiar?
Planejamento Reprodutivo: o que há de novo e além do planejamento familiar?Planejamento Reprodutivo: o que há de novo e além do planejamento familiar?
Planejamento Reprodutivo: o que há de novo e além do planejamento familiar?
 
Planejamento familiar
Planejamento familiarPlanejamento familiar
Planejamento familiar
 
Vasectomia
VasectomiaVasectomia
Vasectomia
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
 
Planeamento familiar
Planeamento familiarPlaneamento familiar
Planeamento familiar
 
Seminário aborto
Seminário  abortoSeminário  aborto
Seminário aborto
 
Aborto: questões éticas e legais
Aborto: questões éticas e legaisAborto: questões éticas e legais
Aborto: questões éticas e legais
 
Vasectomia
VasectomiaVasectomia
Vasectomia
 
MÉTODOS CONTRACEPTIVOS
MÉTODOS CONTRACEPTIVOSMÉTODOS CONTRACEPTIVOS
MÉTODOS CONTRACEPTIVOS
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
 
Metodos contraceptivos barreira
Metodos contraceptivos barreiraMetodos contraceptivos barreira
Metodos contraceptivos barreira
 
METODOS DE BARREIRA
METODOS DE BARREIRA METODOS DE BARREIRA
METODOS DE BARREIRA
 
Métodos Contraceptivos de Barreira
Métodos Contraceptivos de BarreiraMétodos Contraceptivos de Barreira
Métodos Contraceptivos de Barreira
 
Hepatite C e Gestação
Hepatite C e GestaçãoHepatite C e Gestação
Hepatite C e Gestação
 
Métodos contracetivos cirurgicos
Métodos contracetivos cirurgicosMétodos contracetivos cirurgicos
Métodos contracetivos cirurgicos
 
O Aborto
O AbortoO Aborto
O Aborto
 
Pré parto
Pré parto Pré parto
Pré parto
 
Metodos contraceptivos spe
Metodos contraceptivos speMetodos contraceptivos spe
Metodos contraceptivos spe
 
Aborto: questões éticas
Aborto: questões éticasAborto: questões éticas
Aborto: questões éticas
 

Destaque

Métodos contraceptivos cirúrgicos
Métodos contraceptivos cirúrgicosMétodos contraceptivos cirúrgicos
Métodos contraceptivos cirúrgicosshowandtellingles
 
Métodos cirúrgicos
Métodos cirúrgicosMétodos cirúrgicos
Métodos cirúrgicosap3bmachado
 
Métodos contraceptivos ou anticoncepcionais
Métodos contraceptivos ou anticoncepcionaisMétodos contraceptivos ou anticoncepcionais
Métodos contraceptivos ou anticoncepcionaisGrazi Grazi
 
Leonardo mendes 418 m+®todos contraceptivos leonardo 8_b
Leonardo mendes 418 m+®todos contraceptivos leonardo 8_bLeonardo mendes 418 m+®todos contraceptivos leonardo 8_b
Leonardo mendes 418 m+®todos contraceptivos leonardo 8_bAngela Boucinha
 
8ano exercicio doencas_sexualmente_transmissiveis
8ano exercicio doencas_sexualmente_transmissiveis8ano exercicio doencas_sexualmente_transmissiveis
8ano exercicio doencas_sexualmente_transmissiveisNathalia Pietrani
 
Slide aspectos clinicos da-colposcopia
Slide aspectos clinicos da-colposcopiaSlide aspectos clinicos da-colposcopia
Slide aspectos clinicos da-colposcopiaMarcela Muniz
 
Métodos Contraceptivos....
Métodos Contraceptivos....Métodos Contraceptivos....
Métodos Contraceptivos....Gabriela Bruno
 
Quadro comparativo dos Métodos Contraceptivos
Quadro comparativo dos Métodos ContraceptivosQuadro comparativo dos Métodos Contraceptivos
Quadro comparativo dos Métodos ContraceptivosAtuaescola
 
Métodos contracetivos; trabalhos de alunos
Métodos contracetivos; trabalhos de alunos Métodos contracetivos; trabalhos de alunos
Métodos contracetivos; trabalhos de alunos Sofia Ribeiro
 
Métodos contraceptivos químicos
Métodos contraceptivos   químicosMétodos contraceptivos   químicos
Métodos contraceptivos químicosap3bmachado
 
Métodos contraceptivos naturais
Métodos contraceptivos naturaisMétodos contraceptivos naturais
Métodos contraceptivos naturaisap3bmachado
 
Ft aparelho reprodutor
Ft aparelho reprodutorFt aparelho reprodutor
Ft aparelho reprodutorCláudia Moura
 
Prova de segunda chamada 8 ano 3 tri
Prova de segunda chamada 8 ano 3 triProva de segunda chamada 8 ano 3 tri
Prova de segunda chamada 8 ano 3 triErivelto Teixeira
 
Metodos Químicos
Metodos QuímicosMetodos Químicos
Metodos QuímicosDarkWolf
 
Trabalho sobre Sexualidade
Trabalho sobre SexualidadeTrabalho sobre Sexualidade
Trabalho sobre SexualidadeCocax8
 
MéTodos Contraceptivos
MéTodos ContraceptivosMéTodos Contraceptivos
MéTodos Contraceptivosveronicasilva
 
Planeamento familiar
Planeamento familiarPlaneamento familiar
Planeamento familiarZaara Miranda
 

Destaque (20)

Métodos contraceptivos cirúrgicos
Métodos contraceptivos cirúrgicosMétodos contraceptivos cirúrgicos
Métodos contraceptivos cirúrgicos
 
Métodos cirúrgicos
Métodos cirúrgicosMétodos cirúrgicos
Métodos cirúrgicos
 
Essure
EssureEssure
Essure
 
Métodos contraceptivos ou anticoncepcionais
Métodos contraceptivos ou anticoncepcionaisMétodos contraceptivos ou anticoncepcionais
Métodos contraceptivos ou anticoncepcionais
 
Leonardo mendes 418 m+®todos contraceptivos leonardo 8_b
Leonardo mendes 418 m+®todos contraceptivos leonardo 8_bLeonardo mendes 418 m+®todos contraceptivos leonardo 8_b
Leonardo mendes 418 m+®todos contraceptivos leonardo 8_b
 
8ano exercicio doencas_sexualmente_transmissiveis
8ano exercicio doencas_sexualmente_transmissiveis8ano exercicio doencas_sexualmente_transmissiveis
8ano exercicio doencas_sexualmente_transmissiveis
 
Slide aspectos clinicos da-colposcopia
Slide aspectos clinicos da-colposcopiaSlide aspectos clinicos da-colposcopia
Slide aspectos clinicos da-colposcopia
 
Métodos Contraceptivos....
Métodos Contraceptivos....Métodos Contraceptivos....
Métodos Contraceptivos....
 
Quadro comparativo dos Métodos Contraceptivos
Quadro comparativo dos Métodos ContraceptivosQuadro comparativo dos Métodos Contraceptivos
Quadro comparativo dos Métodos Contraceptivos
 
Métodos contracetivos; trabalhos de alunos
Métodos contracetivos; trabalhos de alunos Métodos contracetivos; trabalhos de alunos
Métodos contracetivos; trabalhos de alunos
 
Os métodos contraceptivos
Os métodos contraceptivosOs métodos contraceptivos
Os métodos contraceptivos
 
Adr de-ciencias-9-ano
Adr de-ciencias-9-anoAdr de-ciencias-9-ano
Adr de-ciencias-9-ano
 
Métodos contraceptivos químicos
Métodos contraceptivos   químicosMétodos contraceptivos   químicos
Métodos contraceptivos químicos
 
Métodos contraceptivos naturais
Métodos contraceptivos naturaisMétodos contraceptivos naturais
Métodos contraceptivos naturais
 
Ft aparelho reprodutor
Ft aparelho reprodutorFt aparelho reprodutor
Ft aparelho reprodutor
 
Prova de segunda chamada 8 ano 3 tri
Prova de segunda chamada 8 ano 3 triProva de segunda chamada 8 ano 3 tri
Prova de segunda chamada 8 ano 3 tri
 
Metodos Químicos
Metodos QuímicosMetodos Químicos
Metodos Químicos
 
Trabalho sobre Sexualidade
Trabalho sobre SexualidadeTrabalho sobre Sexualidade
Trabalho sobre Sexualidade
 
MéTodos Contraceptivos
MéTodos ContraceptivosMéTodos Contraceptivos
MéTodos Contraceptivos
 
Planeamento familiar
Planeamento familiarPlaneamento familiar
Planeamento familiar
 

Semelhante a Métodos contraceptivos

Trabalho de anatomia
Trabalho de anatomiaTrabalho de anatomia
Trabalho de anatomiaGBMatheus
 
Métodos contraceptivos - Ligia Maria
Métodos contraceptivos - Ligia MariaMétodos contraceptivos - Ligia Maria
Métodos contraceptivos - Ligia Mariagustavonm13
 
M+®todos contraceptivos n+úo naturais mec+ónicos
M+®todos contraceptivos n+úo naturais mec+ónicosM+®todos contraceptivos n+úo naturais mec+ónicos
M+®todos contraceptivos n+úo naturais mec+ónicosCláudia Bonifácio
 
Vasectomia final - dicas e aspectos práticos sobre vasectomia - aula para cur...
Vasectomia final - dicas e aspectos práticos sobre vasectomia - aula para cur...Vasectomia final - dicas e aspectos práticos sobre vasectomia - aula para cur...
Vasectomia final - dicas e aspectos práticos sobre vasectomia - aula para cur...Conrado Alvarenga
 
Métodos contraceptivos garantem o planejamento familiar
Métodos contraceptivos garantem o planejamento familiarMétodos contraceptivos garantem o planejamento familiar
Métodos contraceptivos garantem o planejamento familiarSirlane Pinheiro
 
Aula de histessalpingografia e dacriocistografia
Aula de histessalpingografia e dacriocistografiaAula de histessalpingografia e dacriocistografia
Aula de histessalpingografia e dacriocistografialucianooliveira306
 
05 saude sit rep e contracecao
05 saude sit rep e contracecao05 saude sit rep e contracecao
05 saude sit rep e contracecaoruiricardobg
 
Métodos anticonceptivos ou anticoncepcionais
Métodos anticonceptivos ou anticoncepcionaisMétodos anticonceptivos ou anticoncepcionais
Métodos anticonceptivos ou anticoncepcionaisLiany Avila
 
3° AULA - Planejamento Familiar e Métodos Contraceptivos.pptx
3° AULA - Planejamento Familiar e Métodos Contraceptivos.pptx3° AULA - Planejamento Familiar e Métodos Contraceptivos.pptx
3° AULA - Planejamento Familiar e Métodos Contraceptivos.pptxNatasha Louise
 
Seminário métodos contraceptivos 8 ano
Seminário métodos contraceptivos 8 anoSeminário métodos contraceptivos 8 ano
Seminário métodos contraceptivos 8 anoNTE RJ14/SEEDUC RJ
 
8ano exercicio metodos_contraceptivos
8ano exercicio metodos_contraceptivos8ano exercicio metodos_contraceptivos
8ano exercicio metodos_contraceptivosNathalia Pietrani
 

Semelhante a Métodos contraceptivos (20)

Trabalho de anatomia
Trabalho de anatomiaTrabalho de anatomia
Trabalho de anatomia
 
Método contraceptivo
Método contraceptivoMétodo contraceptivo
Método contraceptivo
 
Métodos contraceptivos - Ligia Maria
Métodos contraceptivos - Ligia MariaMétodos contraceptivos - Ligia Maria
Métodos contraceptivos - Ligia Maria
 
M+®todos contraceptivos n+úo naturais mec+ónicos
M+®todos contraceptivos n+úo naturais mec+ónicosM+®todos contraceptivos n+úo naturais mec+ónicos
M+®todos contraceptivos n+úo naturais mec+ónicos
 
Ciências
CiênciasCiências
Ciências
 
Vasectomia final - dicas e aspectos práticos sobre vasectomia - aula para cur...
Vasectomia final - dicas e aspectos práticos sobre vasectomia - aula para cur...Vasectomia final - dicas e aspectos práticos sobre vasectomia - aula para cur...
Vasectomia final - dicas e aspectos práticos sobre vasectomia - aula para cur...
 
Vasectomia
VasectomiaVasectomia
Vasectomia
 
Métodos contraceptivos garantem o planejamento familiar
Métodos contraceptivos garantem o planejamento familiarMétodos contraceptivos garantem o planejamento familiar
Métodos contraceptivos garantem o planejamento familiar
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
 
Aula de histessalpingografia e dacriocistografia
Aula de histessalpingografia e dacriocistografiaAula de histessalpingografia e dacriocistografia
Aula de histessalpingografia e dacriocistografia
 
05 saude sit rep e contracecao
05 saude sit rep e contracecao05 saude sit rep e contracecao
05 saude sit rep e contracecao
 
HPP(1).pptx
HPP(1).pptxHPP(1).pptx
HPP(1).pptx
 
Contraceção cirúrgica
Contraceção cirúrgicaContraceção cirúrgica
Contraceção cirúrgica
 
Métodos contracetivos e IST's
Métodos contracetivos e IST'sMétodos contracetivos e IST's
Métodos contracetivos e IST's
 
Métodos anticonceptivos ou anticoncepcionais
Métodos anticonceptivos ou anticoncepcionaisMétodos anticonceptivos ou anticoncepcionais
Métodos anticonceptivos ou anticoncepcionais
 
Histerectomia
HisterectomiaHisterectomia
Histerectomia
 
3° AULA - Planejamento Familiar e Métodos Contraceptivos.pptx
3° AULA - Planejamento Familiar e Métodos Contraceptivos.pptx3° AULA - Planejamento Familiar e Métodos Contraceptivos.pptx
3° AULA - Planejamento Familiar e Métodos Contraceptivos.pptx
 
9º 3.3
9º 3.39º 3.3
9º 3.3
 
Seminário métodos contraceptivos 8 ano
Seminário métodos contraceptivos 8 anoSeminário métodos contraceptivos 8 ano
Seminário métodos contraceptivos 8 ano
 
8ano exercicio metodos_contraceptivos
8ano exercicio metodos_contraceptivos8ano exercicio metodos_contraceptivos
8ano exercicio metodos_contraceptivos
 

Último

A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...excellenceeducaciona
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdfPlanejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdfJanielleCristina1
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Mary Alvarenga
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...apoioacademicoead
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;azulassessoriaacadem3
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...excellenceeducaciona
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...apoioacademicoead
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!Psyc company
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.azulassessoriaacadem3
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoPaula Meyer Piagentini
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfddddddddddddddddddddddddddddddddddddRenandantas16
 

Último (20)

A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdfPlanejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdf
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
 
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
 

Métodos contraceptivos

  • 1. Trabalho realizado por: Pedro Dias nº19 12ºA1 Tomás Franco nº23 12ºA1
  • 2. 1. Introdução 2. Vasectomia 3. Laqueação das Trompas de Falópio 4. Essure 5. Conclusão 6. Bibliografia
  • 3. Neste trabalho, iremos falar sobre as opções mais radicais em termos de métodos contraceptivos. Como o nome indica, estes métodos são realizados através de cirurgia no sistema reprodutor do homem e da mulher. A lei portuguesa permite que as mulheres ou os homens, com mais de 25 anos, possam escolher a contracepção cirúrgica como método definitivo de contracepção (Lei 3/84, artigo 10º, de 24 de Março).
  • 4. A vasectomia é um método contraceptivo cirúrgico, que oferece anticoncepção permanente para homens que não desejam ter mais filhos. É um procedimento cirúrgico simples, seguro e rápido, nos quais os canais deferentes são cortados.
  • 5. O médico, através de uma pequena incisão no escroto, localiza os canais deferentes e estes vasos são cortados e amarrados de forma a impedir a passagem dos espermatozóides para a uretra. Depois de amarrados, eles são fechados com grampos ou é aplicado calor ou electricidade (cauterização). A cirurgia é simples, feita com anestesia local, e não é necessário o internamento.
  • 6. Até aproximadamente 3 meses após a sua realização, o sémen ejaculado ainda poderá conter espermatozóides. A vasectomia só é considerada eficaz quando o exame do esperma, o espermograma, mostrar que não há mais espermatozóides no esperma ejaculado. Assim, quando um homem tem relações sexuais e ejacula, esse sémen não contem espermatozóides, logo não haverá risco de engravidar a sua parceira.
  • 7. Embora uma falha tardia, causada pela recanalização dos canais deferentes, seja muito rara, ela também foi documentada. A vasectomia é o método contraceptivo a longo prazo mais eficiente que existe, e está entre as opções mais seguras para o planeamento familiar. Actualmente muitos homens nos seus 30 ou 40 anos são os que mais fazem a vasectomia, a fim de um controlo de natalidade.
  • 8. O baixo custo e a simplicidade da vasectomia; • Poucas complicações; • A baixa mortalidade da vasectomia; • Não interfere com as relações sexuais ou função sexual; • Não tem efeitos colaterais ou riscos para a saúde, a longo prazo; • A taxa de eficácia é elevada.
  • 9. Hematomas no escroto; • Infecção da incisão/perfuração no escroto; • Testículos dolorosos (epididimite); • Podem ocorrer fugas de esperma para os tecidos adjacentes, e subsequente formação de pequenos nódulos no escroto (granuloma); • Requer um procedimento cirúrgico; • Não é recomendado para homens solteiros, que não têm certeza de que querem filhos; • Podem surgir complicações pós-operatórias, apesar de ser bastante raro; • Não protege contra as DST.
  • 10. E se a companheira de um homem que fez a vasectomia engravidar? O que pode ter acontecido? Neste caso, três situações são possíveis: 1) O casal não esperou pelo resultado negativo do espermograma para ter relações sem o uso de outro método anticoncepcional. 2) O médico cometeu um erro 3) As pontas cortadas do vaso deferente cresceram novamente e uniram-se, possibilitando assim a passagem de espermatozóides.
  • 11. Vasovasostomia é a cirurgia de reversão da vasectomia, na qual as duas partes do ducto deferente separadas são unidas.
  • 12. Durante a vasovasostomia, os cirurgiões fazem uma incisão directamente sobre a cicatriz da vasectomia, que tem cerca de dois centímetros. Uma vez localizados os canais deferentes em ambos os lados, os cirurgiões cortam as suas pontas e ligam-nas novamente. O paciente é suturado e vai para casa algumas horas depois. A cirurgia pode levar mais tempo se houver alguma obstrução no epidídimo. Esse tipo de obstrução é comum após uma vasectomia. Uma vasovasostomia com remoção da obstrução é chamada vasoepididimostomia e costuma levar pelo menos mais uma hora.
  • 13. A recuperação leva cerca de um mês e os pacientes podem voltar a trabalhar dentro de três a sete dias após a cirurgia, porém devem permanecer em abstinência sexual durante um mês. Mesmo com o procedimento, as hipóteses de recuperação da fertilidade são pequenas.
  • 14. Como a cirurgia de reversão é mais complicada que a vasectomia, o preço de ambos os processos diferem bastante. Uma vasectomia pode custar de 210€ a 710€. Vasovasostomias podem custar de 2820€ a 9180€.
  • 15.  Foi utilizado pela primeira vez em 1930  Método de esterilização feminina caracterizado pelo corte e/ou ligamento das tubas uterinas, que fazem o caminho dos ovários até ao útero  Existem várias técnicas para a laqueação
  • 17. • 6% das mulheres que realizam esta cirurgia têm complicações menores • 1% tem complicações importantes • O risco de gravidez é de 1% • É reversível em 80% dos casos
  • 18. Este método alternativo à cirurgia chama-se Essure, foi criado nos Estados Unidos nos anos 90, mas só começou a ser aplicado em Portugal a partir de 2006.
  • 19. É um procedimento em que se colocam micro-implantes nas trompas através do útero, por histeroscopia (inspecção médica da cavidade uterina através de um endoscópio) . Nas semanas após o procedimento, o organismo e os micro-implantes trabalham em conjunto para formar uma barreira natural que impede os espermatozóides de alcançarem o óvulo, impedindo assim a fecundação.
  • 20. Pode ser efectuado num consultório médico • Sem cortes, cauterizações ou cicatrizes • Não é necessária anestesia geral • Sem hormonas • Tempo de recuperação rápido • O procedimento Essure demora cerca de 10 minutos a realizar • O Essure é o único método contraceptivo com um historial de zero gravidezes nos ensaios clínicos. O Essure foi aprovado na Europa em 2001 e tem uma eficácia de 99,80% com base em 4 anos de seguimento.
  • 21. • O procedimento deve ser considerado irreversível; • Tal como todos os métodos de contracepção, o procedimento Essure não deve ser considerado 100% eficaz; • Nem todas as mulheres que se submetem ao procedimento Essure conseguem a colocação correcta de ambos os micro-implantes; • Tem de utilizar outro método contraceptivo pelo menos durante três meses após o procedimento; • O procedimento Essure é mais recente que outros procedimentos; • A remoção dos micro-implantes Essure requer cirurgia.
  • 22. “Desde então já foram feitas 2800 laqueações com esta técnica no País. A maioria dos hospitais públicos e privados, como a Maternidade Alfredo da Costa e o Hospital da Luz, em Lisboa, ou o São João, no Porto, já a adoptaram. Outros, como o Francisco Xavier, em Lisboa, ainda estão em processo de implementação e formação dos profissionais. A empresa que comercializa o Essure, a Conceptus, diz que na Europa já foram usados 35 mil implantes e 400 mil em todo o mundo. “ Diário de Notícias, Abril de 2010
  • 23. Com este trabalho pudemos explorar melhor os métodos contraceptivos cirúrgicos, e podemos concluir que antes de recorrer a eles devemos reflectir bastante pois a sua reversão pode não ser possível, e porque podem surgir complicações das cirurgias.
  • 24. • http://www.clinicadosarcos.com/laqueasao.htm • http://www.eb1-fogueteiro- • n4.rcts.pt/PAGANTIGAPGAMA/disciplinas/gazeta/2002- junho/contraceptivos/esterilizacao.html • http://www.manualmerck.net/?id=267&cn=1740 • http://www.metodoscontraceptivos.com/esterilizacao.html • http://essure.com.pt/P%C3%A1ginaInicial/CompararoEssure%C3 %A0vasectomia/tabid/921/Default.aspx • http://essure.com.pt/Default.aspx • http://repositorio.hff.min- saude.pt/bitstream/10400.10/143/1/Acta%20Urol_2.pdf