SlideShare uma empresa Scribd logo
Organização do
Espaço Brasileiro:
Constituição do Território
e Regionalização.
Prof. Jane Mary
Um espaço é
formado por
um conjunto
indissociável
solidário e
contraditório
de sistemas
de objetos e
sistemas de
ações. Espaço
Geográfico
Organização e formação do espaço brasileiro
Periodização do Espaço
Geográfico Brasileiro
A natureza selvagem, objetos naturais,
condições naturais = base material;
O trabalho e as técnicas se relacionavam
com as dádivas da natureza;
Do meio natural criava-se uma nova
natureza sem grandes transformações.
Meio Natural (anterior até XV / XVIII)
Organização e formação do espaço brasileiro
O homem foiO homem foi
desenvolvendodesenvolvendo
mais técnica emais técnica e
criando novascriando novas
tecnologias.tecnologias.
O Meio Técnico (1720-1945)
• Espaço mecanizado, objetos fabricados
técnicos, objetos culturais;
• O homem começa a fabricar um tempo
novo;
• O tempo social sobrepõe ao tempo
natural;
• Iniciam-se os problemas ambientais.
Organização e formação do espaço brasileiro
O Meio Técnico-Científico-
Informacional
• Interação profunda da
ciência e da técnica
Tecnociências;
• Mercado Global;
• Os objetos são
técnicos e informacionais
(intencionalidade de
produção e de localização);
• Manifestações geográficas
novos progressos
• produção de algo novo.
Tecnociências
Organização e formação do espaço brasileiro
Localização do Brasil
Localizado na América do Sul
É Inteiramente Ocidental
Pertence tanto ao Hemisfério Norte e o Sul.
Um país tropical com 92% do território na
zona
intertropical
e 8% na zona
temperada
do sul.
O territórioO território
brasileiro possuibrasileiro possui
uma área de ≈ 8.5uma área de ≈ 8.5
milhões de km2milhões de km2²²..
É o maior país daÉ o maior país da
América do Sul eAmérica do Sul e
faz fronteira comfaz fronteira com
quase todos, comquase todos, com
exceção doexceção do
Equador e Chile;Equador e Chile;
A Constituição do Território
Brasileiro
Brasil é um país equidistante:Brasil é um país equidistante:
Pontos extremosPontos extremos
Norte (Monte Caburai -Norte (Monte Caburai -
RR) e Sul (Arroio Chuí –RR) e Sul (Arroio Chuí –
RS) são 4.395 km.RS) são 4.395 km.
Leste (Ponta dosLeste (Ponta dos
Seixas - Pb) e OesteSeixas - Pb) e Oeste
(Serra do Cotamana –(Serra do Cotamana –
Ac) são 4.319km.Ac) são 4.319km.
A formação do território
brasileiro
A organização do espaço geográfico
brasileiro no período Colonial
• Adquiriu aspecto territorial com mapeamento e
descrições das viagens de reconhecimento;
• A apropriação do território demarcava-se a leste
pelo oceano Atlântico e a oeste pela linha do
Tratado Tordesilhas;
• Capitanias hereditárias;
• Exploração do pau-brasil (devast. Mata Atlântica)
• As atividades econômicas: produção de cana de
açúcar, a pecuária e a mineração estabelecia-se a
ocupação e limites do território;
Organização e formação do espaço brasileiro
A economia e o território brasileiro nos
séculos
XVII
XVIII
Na fase pós-independência
Sec. XIX
A delimitação do
território negociadas:
•França disputa do
Amapá;
•Bolívia posse do
Acre;
•Argentina, Paraguai e
Uruguai (questão platina).
O processo de formação e ocupação do território
brasileiro está vinculado às atividades agroexportadoras
Organização e formação do espaço brasileiro
A economia desse período preponderou-se na
constituição de cidades, que exerceram
influências na (re)organização do espaço
geográfico.
A industrialização foi responsável pelo aumento
dos fluxos migratórios e pela urbanização e pelo
surgimento de inúmeras cidades.
São Paulo e Rio de Janeiro deixam as
características provincianas e passa para núcleo
urbano do país, concentração da produção, dos
serviços e do consumo – Região Concentrada.
Brasil:
Houve
introduçã
o da
tecnologi
a em
todos os
setores
da
economia
Vias de
circulação
2011
Brasil: vias de circulação 2014
Referências
ALBUQUERQUE, Maria A. Martins de.
Geografia sociedade e cotidiano: espaço
brasileiro. V. 2. São Paulo: Escala Educacional,
2013.
SANTOS, Milton. Natureza e Espaço. 4. ed. São
Paulo: USP, 2008

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Unidade 3 7º ano - População do Brasil
Unidade 3   7º ano - População do BrasilUnidade 3   7º ano - População do Brasil
Unidade 3 7º ano - População do Brasil
Christie Freitas
 
Capitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evoluçãoCapitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evolução
Artur Lara
 
Espaço agrário
Espaço agrárioEspaço agrário
Espaço agrário
Almir
 
Os continentes
Os continentesOs continentes
Os continentes
Gustavo Silva de Souza
 
Fusos horários do brasil e mundial
Fusos horários do brasil e mundialFusos horários do brasil e mundial
Fusos horários do brasil e mundial
Rosi Rodrigues
 
Brasil territorio e fronteiras 7º ano
Brasil territorio e fronteiras   7º anoBrasil territorio e fronteiras   7º ano
Brasil territorio e fronteiras 7º ano
Professor
 
Fuso Horário
Fuso HorárioFuso Horário
Fuso Horário
Linguagem Geográfica
 
Regionalização
RegionalizaçãoRegionalização
Regionalização
Prof. Francesco Torres
 
Regionalização do espaço brasileiro fundamental
Regionalização do espaço brasileiro    fundamentalRegionalização do espaço brasileiro    fundamental
Regionalização do espaço brasileiro fundamental
Abner de Paula
 
Geografia da População
Geografia da PopulaçãoGeografia da População
Geografia da População
Eduardo Mendes
 
Agricultura
AgriculturaAgricultura
Agricultura
Dell Andrade
 
Geografia Do Brasil RegiõEs
Geografia Do Brasil   RegiõEsGeografia Do Brasil   RegiõEs
Geografia Do Brasil RegiõEs
Mateus Silva
 
O Território Brasileiro
O Território BrasileiroO Território Brasileiro
O Território Brasileiro
André Luiz Marques
 
Geografia 6º ano
Geografia 6º anoGeografia 6º ano
Geografia 6º ano
fabiano soares
 
A questão agrária no brasil
A questão agrária no brasilA questão agrária no brasil
A questão agrária no brasil
Uilson Pereira da Silva
 
As categorias da geografia
As categorias da geografiaAs categorias da geografia
As categorias da geografia
Jane Mary Lima Castro
 
Setores da economia
Setores da economiaSetores da economia
Setores da economia
Suely Takahashi
 
Modulo 12 - América Latina - a produção econômica
Modulo 12 - América Latina - a produção econômicaModulo 12 - América Latina - a produção econômica
Modulo 12 - América Latina - a produção econômica
Claudio Henrique Ramos Sales
 
População mundial
População mundialPopulação mundial
População mundial
Uilson Pereira da Silva
 
Introdução A Geografia
Introdução A GeografiaIntrodução A Geografia
Introdução A Geografia
Luciano Pessanha
 

Mais procurados (20)

Unidade 3 7º ano - População do Brasil
Unidade 3   7º ano - População do BrasilUnidade 3   7º ano - População do Brasil
Unidade 3 7º ano - População do Brasil
 
Capitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evoluçãoCapitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evolução
 
Espaço agrário
Espaço agrárioEspaço agrário
Espaço agrário
 
Os continentes
Os continentesOs continentes
Os continentes
 
Fusos horários do brasil e mundial
Fusos horários do brasil e mundialFusos horários do brasil e mundial
Fusos horários do brasil e mundial
 
Brasil territorio e fronteiras 7º ano
Brasil territorio e fronteiras   7º anoBrasil territorio e fronteiras   7º ano
Brasil territorio e fronteiras 7º ano
 
Fuso Horário
Fuso HorárioFuso Horário
Fuso Horário
 
Regionalização
RegionalizaçãoRegionalização
Regionalização
 
Regionalização do espaço brasileiro fundamental
Regionalização do espaço brasileiro    fundamentalRegionalização do espaço brasileiro    fundamental
Regionalização do espaço brasileiro fundamental
 
Geografia da População
Geografia da PopulaçãoGeografia da População
Geografia da População
 
Agricultura
AgriculturaAgricultura
Agricultura
 
Geografia Do Brasil RegiõEs
Geografia Do Brasil   RegiõEsGeografia Do Brasil   RegiõEs
Geografia Do Brasil RegiõEs
 
O Território Brasileiro
O Território BrasileiroO Território Brasileiro
O Território Brasileiro
 
Geografia 6º ano
Geografia 6º anoGeografia 6º ano
Geografia 6º ano
 
A questão agrária no brasil
A questão agrária no brasilA questão agrária no brasil
A questão agrária no brasil
 
As categorias da geografia
As categorias da geografiaAs categorias da geografia
As categorias da geografia
 
Setores da economia
Setores da economiaSetores da economia
Setores da economia
 
Modulo 12 - América Latina - a produção econômica
Modulo 12 - América Latina - a produção econômicaModulo 12 - América Latina - a produção econômica
Modulo 12 - América Latina - a produção econômica
 
População mundial
População mundialPopulação mundial
População mundial
 
Introdução A Geografia
Introdução A GeografiaIntrodução A Geografia
Introdução A Geografia
 

Destaque

Formação do espaço brasileiro
Formação do espaço brasileiroFormação do espaço brasileiro
Formação do espaço brasileiro
Universidade Federal Rural da Amazônia
 
Espaço geográfico brasileiro
Espaço geográfico  brasileiroEspaço geográfico  brasileiro
Espaço geográfico brasileiro
nefthales
 
Formação territorial e organização do espaço geográfico brasileiro
Formação territorial e organização do espaço geográfico brasileiroFormação territorial e organização do espaço geográfico brasileiro
Formação territorial e organização do espaço geográfico brasileiro
dantasrdl
 
População Brasileira
População BrasileiraPopulação Brasileira
População Brasileira
Jane Mary Lima Castro
 
Plano de aula piq
Plano de aula piqPlano de aula piq
Plano de aula piq
Albertina Sousa
 
Qualifica SUS - DF / Brasília Saudável
Qualifica SUS - DF / Brasília SaudávelQualifica SUS - DF / Brasília Saudável
Qualifica SUS - DF / Brasília Saudável
Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS
 
Código de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagemCódigo de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagem
Centro Universitário Ages
 
Regionalização socioeconomica
Regionalização socioeconomicaRegionalização socioeconomica
Regionalização socioeconomica
Jane Mary Lima Castro
 
Plano de sessão de educação para a saúde - Idade escolar
Plano de sessão de educação para a saúde - Idade escolarPlano de sessão de educação para a saúde - Idade escolar
Plano de sessão de educação para a saúde - Idade escolar
Literacia em Saúde
 
Sae
SaeSae
Unidade 2 7º ano
Unidade 2   7º anoUnidade 2   7º ano
Unidade 2 7º ano
Christie Freitas
 
PROCESSO DE PLANEJAMENTO EM ENFERMAGEM
PROCESSO DE PLANEJAMENTO EM ENFERMAGEMPROCESSO DE PLANEJAMENTO EM ENFERMAGEM
PROCESSO DE PLANEJAMENTO EM ENFERMAGEM
Centro Universitário Ages
 
Administração hospitalar
Administração hospitalarAdministração hospitalar
Administração hospitalar
Josy Braga
 
Manual técnico de normas e rotinas para enfermagem na Atenção Básica
Manual técnico de normas e rotinas para enfermagem na Atenção BásicaManual técnico de normas e rotinas para enfermagem na Atenção Básica
Manual técnico de normas e rotinas para enfermagem na Atenção Básica
Centro Universitário Ages
 
Regionalização do espaço brasileiro
Regionalização do espaço brasileiro    Regionalização do espaço brasileiro
Regionalização do espaço brasileiro
Abner de Paula
 
Localização do território brasileiro
Localização do território brasileiroLocalização do território brasileiro
Localização do território brasileiro
Gabrielly Peixoto
 
Composição étnica do povo brasileiro
Composição étnica do povo brasileiroComposição étnica do povo brasileiro
Composição étnica do povo brasileiro
Rodrigo Baglini
 
Estrutura Organizacional e os Serviços de Enfermagem
Estrutura Organizacional e os Serviços de EnfermagemEstrutura Organizacional e os Serviços de Enfermagem
Estrutura Organizacional e os Serviços de Enfermagem
Centro Universitário Ages
 
Introducao do Espaco Geografico Brasileiro
Introducao do Espaco Geografico BrasileiroIntroducao do Espaco Geografico Brasileiro
Introducao do Espaco Geografico Brasileiro
Isabella Silva
 
AdministraçãO De Enfermagem Parte 1
AdministraçãO De Enfermagem Parte 1AdministraçãO De Enfermagem Parte 1
AdministraçãO De Enfermagem Parte 1
Eduardo Gomes da Silva
 

Destaque (20)

Formação do espaço brasileiro
Formação do espaço brasileiroFormação do espaço brasileiro
Formação do espaço brasileiro
 
Espaço geográfico brasileiro
Espaço geográfico  brasileiroEspaço geográfico  brasileiro
Espaço geográfico brasileiro
 
Formação territorial e organização do espaço geográfico brasileiro
Formação territorial e organização do espaço geográfico brasileiroFormação territorial e organização do espaço geográfico brasileiro
Formação territorial e organização do espaço geográfico brasileiro
 
População Brasileira
População BrasileiraPopulação Brasileira
População Brasileira
 
Plano de aula piq
Plano de aula piqPlano de aula piq
Plano de aula piq
 
Qualifica SUS - DF / Brasília Saudável
Qualifica SUS - DF / Brasília SaudávelQualifica SUS - DF / Brasília Saudável
Qualifica SUS - DF / Brasília Saudável
 
Código de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagemCódigo de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagem
 
Regionalização socioeconomica
Regionalização socioeconomicaRegionalização socioeconomica
Regionalização socioeconomica
 
Plano de sessão de educação para a saúde - Idade escolar
Plano de sessão de educação para a saúde - Idade escolarPlano de sessão de educação para a saúde - Idade escolar
Plano de sessão de educação para a saúde - Idade escolar
 
Sae
SaeSae
Sae
 
Unidade 2 7º ano
Unidade 2   7º anoUnidade 2   7º ano
Unidade 2 7º ano
 
PROCESSO DE PLANEJAMENTO EM ENFERMAGEM
PROCESSO DE PLANEJAMENTO EM ENFERMAGEMPROCESSO DE PLANEJAMENTO EM ENFERMAGEM
PROCESSO DE PLANEJAMENTO EM ENFERMAGEM
 
Administração hospitalar
Administração hospitalarAdministração hospitalar
Administração hospitalar
 
Manual técnico de normas e rotinas para enfermagem na Atenção Básica
Manual técnico de normas e rotinas para enfermagem na Atenção BásicaManual técnico de normas e rotinas para enfermagem na Atenção Básica
Manual técnico de normas e rotinas para enfermagem na Atenção Básica
 
Regionalização do espaço brasileiro
Regionalização do espaço brasileiro    Regionalização do espaço brasileiro
Regionalização do espaço brasileiro
 
Localização do território brasileiro
Localização do território brasileiroLocalização do território brasileiro
Localização do território brasileiro
 
Composição étnica do povo brasileiro
Composição étnica do povo brasileiroComposição étnica do povo brasileiro
Composição étnica do povo brasileiro
 
Estrutura Organizacional e os Serviços de Enfermagem
Estrutura Organizacional e os Serviços de EnfermagemEstrutura Organizacional e os Serviços de Enfermagem
Estrutura Organizacional e os Serviços de Enfermagem
 
Introducao do Espaco Geografico Brasileiro
Introducao do Espaco Geografico BrasileiroIntroducao do Espaco Geografico Brasileiro
Introducao do Espaco Geografico Brasileiro
 
AdministraçãO De Enfermagem Parte 1
AdministraçãO De Enfermagem Parte 1AdministraçãO De Enfermagem Parte 1
AdministraçãO De Enfermagem Parte 1
 

Semelhante a Organização e formação do espaço brasileiro

A formacao-do-territorio-brasileiro (1)
A formacao-do-territorio-brasileiro (1)A formacao-do-territorio-brasileiro (1)
A formacao-do-territorio-brasileiro (1)
Maria Cledionora Tavares Tavares
 
A formacao-do-territorio-brasileiro
A formacao-do-territorio-brasileiroA formacao-do-territorio-brasileiro
A formacao-do-territorio-brasileiro
Valdemir França
 
Geografia formaçao do territorio brasileiro
Geografia   formaçao do territorio brasileiroGeografia   formaçao do territorio brasileiro
Geografia formaçao do territorio brasileiro
Gustavo Soares
 
Pré- história.pptx
Pré- história.pptxPré- história.pptx
Pré- história.pptx
TielenTanizedoAmaral
 
A formação do território brasileiro 7º ano
A formação do território brasileiro 7º anoA formação do território brasileiro 7º ano
A formação do território brasileiro 7º ano
Nilberte Correia
 
A formação do território brasileiro 7º ano
A formação do território brasileiro 7º anoA formação do território brasileiro 7º ano
A formação do território brasileiro 7º ano
Nilberte Correia
 
BRASIL_FormaçãoTerritório-PE.ppt
BRASIL_FormaçãoTerritório-PE.pptBRASIL_FormaçãoTerritório-PE.ppt
BRASIL_FormaçãoTerritório-PE.ppt
LaCosta16
 
Formação do Território brasileiro.pdf
Formação do Território brasileiro.pdfFormação do Território brasileiro.pdf
Formação do Território brasileiro.pdf
Alice755578
 
Formação do Território brasileiro.ppt
Formação do Território brasileiro.pptFormação do Território brasileiro.ppt
Formação do Território brasileiro.ppt
MARCELACARNEIROGOMES
 
Formacao_do_Territorio_brasileiro.pdf
Formacao_do_Territorio_brasileiro.pdfFormacao_do_Territorio_brasileiro.pdf
Formacao_do_Territorio_brasileiro.pdf
EmillyCardoso16
 
Linguagens, códigos e suas tecnologias
Linguagens, códigos e suas tecnologiasLinguagens, códigos e suas tecnologias
Linguagens, códigos e suas tecnologias
Evandro Batista
 
Geografia os ciclos economicos do brasil e sua relacao com a dinamica de oc...
Geografia   os ciclos economicos do brasil e sua relacao com a dinamica de oc...Geografia   os ciclos economicos do brasil e sua relacao com a dinamica de oc...
Geografia os ciclos economicos do brasil e sua relacao com a dinamica de oc...
Gustavo Soares
 
Pré-História.ppt
Pré-História.pptPré-História.ppt
Pré-História.ppt
carloshistoriador
 
Introdução: Antigo Testamento
Introdução: Antigo TestamentoIntrodução: Antigo Testamento
Introdução: Antigo Testamento
Rubens da Silva Dias Junior
 
Formação do território brasileiro
Formação do território brasileiroFormação do território brasileiro
Formação do território brasileiro
Pedro Neves
 
Formação territorial brasileira
Formação territorial brasileira   Formação territorial brasileira
Formação territorial brasileira
Professora Camila Geografia
 
2 av hist. brasil_2012_demo-p&b-pm-ba(soldado)
2 av hist. brasil_2012_demo-p&b-pm-ba(soldado)2 av hist. brasil_2012_demo-p&b-pm-ba(soldado)
2 av hist. brasil_2012_demo-p&b-pm-ba(soldado)
Herbert Machicao
 
Cap2 e 3
Cap2 e 3Cap2 e 3
Pré história
Pré históriaPré história
Pré história
Lucas Reis
 
Os ciclos econômicos do Brasil e sua relação com a dinâmica de ocupação do es...
Os ciclos econômicos do Brasil e sua relação com a dinâmica de ocupação do es...Os ciclos econômicos do Brasil e sua relação com a dinâmica de ocupação do es...
Os ciclos econômicos do Brasil e sua relação com a dinâmica de ocupação do es...
AnaPaolaGmez1
 

Semelhante a Organização e formação do espaço brasileiro (20)

A formacao-do-territorio-brasileiro (1)
A formacao-do-territorio-brasileiro (1)A formacao-do-territorio-brasileiro (1)
A formacao-do-territorio-brasileiro (1)
 
A formacao-do-territorio-brasileiro
A formacao-do-territorio-brasileiroA formacao-do-territorio-brasileiro
A formacao-do-territorio-brasileiro
 
Geografia formaçao do territorio brasileiro
Geografia   formaçao do territorio brasileiroGeografia   formaçao do territorio brasileiro
Geografia formaçao do territorio brasileiro
 
Pré- história.pptx
Pré- história.pptxPré- história.pptx
Pré- história.pptx
 
A formação do território brasileiro 7º ano
A formação do território brasileiro 7º anoA formação do território brasileiro 7º ano
A formação do território brasileiro 7º ano
 
A formação do território brasileiro 7º ano
A formação do território brasileiro 7º anoA formação do território brasileiro 7º ano
A formação do território brasileiro 7º ano
 
BRASIL_FormaçãoTerritório-PE.ppt
BRASIL_FormaçãoTerritório-PE.pptBRASIL_FormaçãoTerritório-PE.ppt
BRASIL_FormaçãoTerritório-PE.ppt
 
Formação do Território brasileiro.pdf
Formação do Território brasileiro.pdfFormação do Território brasileiro.pdf
Formação do Território brasileiro.pdf
 
Formação do Território brasileiro.ppt
Formação do Território brasileiro.pptFormação do Território brasileiro.ppt
Formação do Território brasileiro.ppt
 
Formacao_do_Territorio_brasileiro.pdf
Formacao_do_Territorio_brasileiro.pdfFormacao_do_Territorio_brasileiro.pdf
Formacao_do_Territorio_brasileiro.pdf
 
Linguagens, códigos e suas tecnologias
Linguagens, códigos e suas tecnologiasLinguagens, códigos e suas tecnologias
Linguagens, códigos e suas tecnologias
 
Geografia os ciclos economicos do brasil e sua relacao com a dinamica de oc...
Geografia   os ciclos economicos do brasil e sua relacao com a dinamica de oc...Geografia   os ciclos economicos do brasil e sua relacao com a dinamica de oc...
Geografia os ciclos economicos do brasil e sua relacao com a dinamica de oc...
 
Pré-História.ppt
Pré-História.pptPré-História.ppt
Pré-História.ppt
 
Introdução: Antigo Testamento
Introdução: Antigo TestamentoIntrodução: Antigo Testamento
Introdução: Antigo Testamento
 
Formação do território brasileiro
Formação do território brasileiroFormação do território brasileiro
Formação do território brasileiro
 
Formação territorial brasileira
Formação territorial brasileira   Formação territorial brasileira
Formação territorial brasileira
 
2 av hist. brasil_2012_demo-p&b-pm-ba(soldado)
2 av hist. brasil_2012_demo-p&b-pm-ba(soldado)2 av hist. brasil_2012_demo-p&b-pm-ba(soldado)
2 av hist. brasil_2012_demo-p&b-pm-ba(soldado)
 
Cap2 e 3
Cap2 e 3Cap2 e 3
Cap2 e 3
 
Pré história
Pré históriaPré história
Pré história
 
Os ciclos econômicos do Brasil e sua relação com a dinâmica de ocupação do es...
Os ciclos econômicos do Brasil e sua relação com a dinâmica de ocupação do es...Os ciclos econômicos do Brasil e sua relação com a dinâmica de ocupação do es...
Os ciclos econômicos do Brasil e sua relação com a dinâmica de ocupação do es...
 

Mais de Jane Mary Lima Castro

SISTEMA TERRESTRE
SISTEMA TERRESTRE SISTEMA TERRESTRE
SISTEMA TERRESTRE
Jane Mary Lima Castro
 
Brasil conflitos e cooperação na América
Brasil conflitos e cooperação na AméricaBrasil conflitos e cooperação na América
Brasil conflitos e cooperação na América
Jane Mary Lima Castro
 
A religião, identidade cultural dos povos
A religião, identidade cultural dos povosA religião, identidade cultural dos povos
A religião, identidade cultural dos povos
Jane Mary Lima Castro
 
Organizações internacionais mundiais
Organizações internacionais mundiaisOrganizações internacionais mundiais
Organizações internacionais mundiais
Jane Mary Lima Castro
 
Biomas brasileiros ao vivo
Biomas brasileiros ao vivoBiomas brasileiros ao vivo
Biomas brasileiros ao vivo
Jane Mary Lima Castro
 
Domínios do cerrado
Domínios do cerradoDomínios do cerrado
Domínios do cerrado
Jane Mary Lima Castro
 
Educação ambiental
Educação ambientalEducação ambiental
Educação ambiental
Jane Mary Lima Castro
 
Estradas mais bonitas do mundo
Estradas mais bonitas do mundoEstradas mais bonitas do mundo
Estradas mais bonitas do mundo
Jane Mary Lima Castro
 
Os fluxos migratórios
Os fluxos migratóriosOs fluxos migratórios
Os fluxos migratórios
Jane Mary Lima Castro
 

Mais de Jane Mary Lima Castro (9)

SISTEMA TERRESTRE
SISTEMA TERRESTRE SISTEMA TERRESTRE
SISTEMA TERRESTRE
 
Brasil conflitos e cooperação na América
Brasil conflitos e cooperação na AméricaBrasil conflitos e cooperação na América
Brasil conflitos e cooperação na América
 
A religião, identidade cultural dos povos
A religião, identidade cultural dos povosA religião, identidade cultural dos povos
A religião, identidade cultural dos povos
 
Organizações internacionais mundiais
Organizações internacionais mundiaisOrganizações internacionais mundiais
Organizações internacionais mundiais
 
Biomas brasileiros ao vivo
Biomas brasileiros ao vivoBiomas brasileiros ao vivo
Biomas brasileiros ao vivo
 
Domínios do cerrado
Domínios do cerradoDomínios do cerrado
Domínios do cerrado
 
Educação ambiental
Educação ambientalEducação ambiental
Educação ambiental
 
Estradas mais bonitas do mundo
Estradas mais bonitas do mundoEstradas mais bonitas do mundo
Estradas mais bonitas do mundo
 
Os fluxos migratórios
Os fluxos migratóriosOs fluxos migratórios
Os fluxos migratórios
 

Último

Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
Texto e atividade -  Fontes alternativas de energiaTexto e atividade -  Fontes alternativas de energia
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
Mary Alvarenga
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
FLAVIOROBERTOGOUVEA
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 

Último (20)

Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
Texto e atividade -  Fontes alternativas de energiaTexto e atividade -  Fontes alternativas de energia
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 

Organização e formação do espaço brasileiro

  • 1. Organização do Espaço Brasileiro: Constituição do Território e Regionalização. Prof. Jane Mary
  • 2. Um espaço é formado por um conjunto indissociável solidário e contraditório de sistemas de objetos e sistemas de ações. Espaço Geográfico
  • 4. Periodização do Espaço Geográfico Brasileiro A natureza selvagem, objetos naturais, condições naturais = base material; O trabalho e as técnicas se relacionavam com as dádivas da natureza; Do meio natural criava-se uma nova natureza sem grandes transformações. Meio Natural (anterior até XV / XVIII)
  • 6. O homem foiO homem foi desenvolvendodesenvolvendo mais técnica emais técnica e criando novascriando novas tecnologias.tecnologias.
  • 7. O Meio Técnico (1720-1945) • Espaço mecanizado, objetos fabricados técnicos, objetos culturais; • O homem começa a fabricar um tempo novo; • O tempo social sobrepõe ao tempo natural; • Iniciam-se os problemas ambientais.
  • 9. O Meio Técnico-Científico- Informacional • Interação profunda da ciência e da técnica Tecnociências; • Mercado Global; • Os objetos são técnicos e informacionais (intencionalidade de produção e de localização); • Manifestações geográficas novos progressos • produção de algo novo. Tecnociências
  • 12. Localizado na América do Sul É Inteiramente Ocidental Pertence tanto ao Hemisfério Norte e o Sul. Um país tropical com 92% do território na zona intertropical e 8% na zona temperada do sul.
  • 13. O territórioO território brasileiro possuibrasileiro possui uma área de ≈ 8.5uma área de ≈ 8.5 milhões de km2milhões de km2²².. É o maior país daÉ o maior país da América do Sul eAmérica do Sul e faz fronteira comfaz fronteira com quase todos, comquase todos, com exceção doexceção do Equador e Chile;Equador e Chile; A Constituição do Território Brasileiro
  • 14. Brasil é um país equidistante:Brasil é um país equidistante: Pontos extremosPontos extremos Norte (Monte Caburai -Norte (Monte Caburai - RR) e Sul (Arroio Chuí –RR) e Sul (Arroio Chuí – RS) são 4.395 km.RS) são 4.395 km. Leste (Ponta dosLeste (Ponta dos Seixas - Pb) e OesteSeixas - Pb) e Oeste (Serra do Cotamana –(Serra do Cotamana – Ac) são 4.319km.Ac) são 4.319km.
  • 15. A formação do território brasileiro
  • 16. A organização do espaço geográfico brasileiro no período Colonial • Adquiriu aspecto territorial com mapeamento e descrições das viagens de reconhecimento; • A apropriação do território demarcava-se a leste pelo oceano Atlântico e a oeste pela linha do Tratado Tordesilhas; • Capitanias hereditárias; • Exploração do pau-brasil (devast. Mata Atlântica) • As atividades econômicas: produção de cana de açúcar, a pecuária e a mineração estabelecia-se a ocupação e limites do território;
  • 18. A economia e o território brasileiro nos séculos XVII XVIII
  • 19. Na fase pós-independência Sec. XIX A delimitação do território negociadas: •França disputa do Amapá; •Bolívia posse do Acre; •Argentina, Paraguai e Uruguai (questão platina).
  • 20. O processo de formação e ocupação do território brasileiro está vinculado às atividades agroexportadoras
  • 22. A economia desse período preponderou-se na constituição de cidades, que exerceram influências na (re)organização do espaço geográfico. A industrialização foi responsável pelo aumento dos fluxos migratórios e pela urbanização e pelo surgimento de inúmeras cidades. São Paulo e Rio de Janeiro deixam as características provincianas e passa para núcleo urbano do país, concentração da produção, dos serviços e do consumo – Região Concentrada.
  • 23. Brasil: Houve introduçã o da tecnologi a em todos os setores da economia Vias de circulação 2011
  • 24. Brasil: vias de circulação 2014
  • 25. Referências ALBUQUERQUE, Maria A. Martins de. Geografia sociedade e cotidiano: espaço brasileiro. V. 2. São Paulo: Escala Educacional, 2013. SANTOS, Milton. Natureza e Espaço. 4. ed. São Paulo: USP, 2008