SlideShare uma empresa Scribd logo
Serviço de Biblioteca e Informação USP/FZEA
Oficina – Dicas de normalização
NBR 14724:2011 – Informação e documentação –
Trabalhos acadêmicos – Apresentação
ABNT 14724:2011
Estrutura de Projeto
Capa
Folha de rosto
Resumo
Lista de Ilustrações*
Lista de Tabelas*
Lista de Abreviaturas e Siglas*
Lista de Símbolos*
Sumário
Introdução: tema, problema, justificativa e hipótese(s) quando
couber(em)
Objetivo: Geral e Específicos
Referencial teórico
Metodologia
Cronograma
Referências
Apêndice*
Anexo*
* Elementos opcionais
Pré-textual
Textual
Pós-textual
Resumo é uma apresentação concisa dos pontos
relevantes de um texto, fornecendo uma visão rápida e
clara do conteúdo que será abordado no trabalho.
Recomenda-se ressaltar o problema, objetivo, o
método e os resultados esperados do trabalho. O
resumo dever ter de 150 a 500 palavras. Deve ser
redigido em parágrafo único.
Acima do resumo deve aparecer a referência bibliográfica
do trabalho.
Palavras-chave são palavras representativas do conteúdo
do trabalho e devem figurar logo abaixo do resumo.
Resumo
Resumo
MIZUNO, Y. Posicionamento de orelhas de bovinos em estados
emocionais positivos e negativos. 2016. 28 f. Trabalho de Conclusão de
Curso (Zootecnia) – Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos,
Universidade de São Paulo, Pirassununga, 2016.
Texto do resumo em parágrafo único e deve ter entre 150 e 500 palavras.
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
XXXXXXXXXXXX.
Palavras-chave: Estado emocional. Bem estar animal. Bovinos de corte.
Posição da orelha.
Listas
Lista de Figuras
Figura 1 – Posição de orelha 1 (PO1) ......................15
Figura 2 - Posição de orelha 2 (PO2) .......................16
Figura 3 - Posição de orelha 3 (PO3) .......................17
Figura 4 - Posição de orelha 4 (PO4) .......................17
Figura 5 - Posição de orelha 5 (PO5) .......................18
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO (COM NEGRITO E LETRAS MAIÚSCULAS)
2 REVISÃO DE LITERATURA (COM NEGRITO E LETRAS MAIÚSCULAS)
2.1 CÃES (SEM NEGRITO E LETRAS MAIÚSCULAS)
2.1.1 Animais (com negrito e letras minúsculas)
2.1.1.1 Gatos (sem negrito e letras minúsculas)
2.1.1.1.2 Felinos (sem negrito e letras minúsculas em itálico)
Sugestão de destaque e formatação de seções e
subseções no conteúdo de um documento
Fonte: Biblioteca Virginie Buff D´Ápice (2013)
Introdução
Deve responder à pergunta: Por quê este
trabalho é necessário?
Neste capítulo serão apresentados:
• tema de pesquisa;
• o problema/ hipóteses de pesquisa a ser
pesquisado;
• e a justificativa, o que levou você a propor
esta pesquisa.
Introdução
• Como o próprio nome diz, este item deve
apenas apresentar o assunto tratado, dando
uma visão geral do texto.
• Deve-se ter o cuidado de não antecipar na
Introdução os resultados e conclusões do
trabalho, o que poderá gerar um desinteresse
pela leitura integral do texto.
• A Introdução deve ser escrita com cuidado, pois
é através dela que se tem a primeira impressão
do trabalho.
Introdução
• Contextualize, abordando o tema de forma a
identificar os motivos ou o contexto no qual o
problema ou a(s) questão(ões) de pesquisa
foram identificados.
• Permita que se tenha uma visualização
situacional do problema.
• Restrinja sua abordagem apresentando a(s)
questão(ões) que fizeram você propor esta
pesquisa.
Introdução
• Indique as hipóteses ou os pressupostos que
estão guiando a execução da pesquisa.
• Hipóteses ou pressupostos são respostas
provisórias para as questões colocadas acima.
• Arrole os argumentos que indiquem que sua
pesquisa é significativa, importante e/ou
relevante.
• Indique os resultados esperados com a
elaboração da pesquisa.
Objetivo geral
Identifica claramente o problema de uma forma global,
usando os verbos sempre no infinitivo. Define o propósito
do trabalho. Onde se pretende chegar?
Objetivos específicos
Detalhar as ações dentro dos questionamentos
propostos. Viabilizam o objetivo geral
Devem ser formulados de forma clara e precisa, com
verbos no infinitivo. Classificar, Analisar, Relatar, Discutir,
Comprovar, Concluir, etc.
Objetivo
Referencial teórico
• O referencial teórico possibilita fundamentar, dar
consistência a todo estudo. Tem a função de nortear a
pesquisa apresentando um embasamento da literatura
já publicada sobre o mesmo tema, demostrando que o
pesquisador tem conhecimento suficiente em relação a
pesquisas relacionadas e a tradições teóricas que
apoiam e cercam estudo.
• É o levantamento da literatura correspondente ao
assunto escolhido e que servirá de base para a
elaboração do trabalho.
Referencial teórico
• Apresenta um histórico da evolução científica do assunto pesquisado,
demonstrando a utilidade do trabalho apresentado.
• Através do reforço a trabalhos já realizados que necessitem de
confirmação, continuação ou do preenchimento de lacunas
existentes. Em alguns casos representa o ponto básico e de partida
para a discussão científica do tema.
• Deve incluir, sempre que possível, apenas os trabalhos mais
importantes diretamente ligados à pesquisa desenvolvida.
• Os textos utilizados poderão ser citados em ordem cronológica
crescente, do mais antigo ao mais recente, o que permite uma visão
histórica do desenvolvimento do assunto abordado, ou discutidos em
qualquer ordem que seja coerente com a visão crítica do
desenvolvimento histórico do assunto.
Metodologia/Materiais e métodos
A Metodologia deve responder:
 Como o trabalho será feito?
 Onde o trabalho será feito?
 Com que ferramentas e meios o trabalho será
feito?
Você deverá mostrar como será executada a
pesquisa e o desenho metodológico que se
pretende adotar: será do tipo quantitativa,
qualitativa, descritiva, explicativa ou exploratória
Metodologia/Materiais e métodos
• Neste capítulo deve-se descrever de forma precisa os materiais,
equipamentos e métodos utilizados, de modo que permita ao
leitor compreender e interpretar os resultados como também
reproduzir o estudo ou utilizar o método empregado.
• Deve incluir informações sobre: o local e data da pesquisa,
amostragem, técnicas utilizadas e a descrição do procedimento
analítico utilizado.
• As informações devem ser apresentadas de forma objetiva,
exata, clara e lógica, sem interpretações pessoais.
• Métodos de campo ou estatísticos mais conhecidos devem ser
utilizados sem comentários; os pouco usados ou mais
complexos devem ser acompanhados de referências
bibliográficas ou de explicações mais detalhadas.
• Devem ser apresentados, quando possível, tanto os aspectos
positivos quanto os negativos do método utilizado.
Metodologia – Revisão de literatura
A revisão de literatura é o momento em que são apresentados os referenciais
teóricos e as outras pesquisas relevantes para o estudo. Sendo assim, os elementos
básicos de uma revisão de literatura abrangente são os seguintes:
• Revisão (crítica) dos textos teóricos mais importantes para o embasamento do
trabalho;
• Revisão (crítica) de outras pesquisas que trazem dados importantes;
• Explicação de como o trabalho dialoga com os estudos revisados.
• Ou seja, é crucial que sua revisão de literatura não simplesmente cite vários
estudos, mas que os relacione, comente, ou até mesmo critique, se
necessário.
Dicas importantes:
• É bastante útil começar com sessões (ou parágrafos) que abordem ideias mais
gerais ou amplas e a partir daí ir para sessões (ou parágrafos) mais
específicas, até chegar o mais próximo possível do seu estudo;
• Tente organizar sua revisão por ideias, e não por lista de trabalhos; isso trará uma
lógica interna mais interessante para o seu texto;
• Busque usar textos realmente importantes para seu trabalho. Nem tudo o que
foi escrito sobre seu assunto importa, e não dá para deixar de fora da revisão textos
cruciais para sua área.
Fonte: http://www.escritaacademica.com/topicos/elementos/revisao-de-literatura/
Cronograma
Plano de distribuição das diferentes etapas de sua
execução.
ATIVIDADES AGO SET OUT NOV DEZ
Escolha do tema e do
orientador
Elaboração do projeto
Revisão bibliográfica
Experiência e Ensaio
Análise de Dados
Entrega do projeto de
pesquisa
Revisão e entrega oficial
do trabalho
Apresentação do
trabalho em banca
• Escrever de forma objetiva e impessoal
• Terceira pessoa do singular
• Evitar expressões: “meu trabalho” e
“eu fiz”.
Regras gerais de apresentação
Regras gerais de apresentação
• papel branco ou reciclado, formato A4;
• digitados na cor preta (exceto as ilustrações);
• fonte tamanho 12 (Arial ou Times New Roman) para o
texto e tamanho menor para citações de mais de três
linhas, notas de rodapé, paginação e legendas das
ilustrações e tabelas;
• Recomenda-se que os elementos textuais e pós-textuais
sejam digitados nos 2 lados da folha (anverso e verso).
Quanto aos elementos pré-textuais, imprimir somente no
anverso, com exceção da ficha catalográfica.
Regras gerais de apresentação
Anverso (frente) Verso
n. f
3 cm
2 cm
3cm
2cm
n. f
2cm
3cm
3 cm
2 cm
Margem: esquerda e superior de 3 cm; direita e
inferior de 2 cm (para o anverso), e direita e superior
de 3 cm; esquerda e inferior de 2 cm (para o verso)
 Margem: esquerda e superior de 3 cm; direita e
inferior de 2 cm (para o anverso), e direita e
superior de 3 cm; esquerda e inferior de 2 cm
(para o verso)
 Espaçamento: espaço 1,5 entre linhas. Algumas
exceções: citações de mais de três linhas, as notas,
as legendas. Obs.: títulos das subseções devem ser
separados por um espaço entre as linhas de 1,5.
Regras gerais de apresentação
Paginação
• Usar algarismos arábicos, no canto superior direito da
folha. Quando imprimir no verso, será no canto superior
esquerdo;
• As páginas pré-textuais devem ser contadas mas não
numeradas, a numeração aparece na página da Introdução.
• A numeração dos elementos pós-textuais devem dar
sequência à do texto principal.
Regras gerais de apresentação
Regras gerais de apresentação
 Para seções e subseções de um
documento:
 Todas as seções devem conter um texto
relacionados entre elas;
 Entre uma seção e outra, dar 2 espaços de 1,5;
 As seções devem estar todas alinhadas à
esquerda no sumário;
 Devem figurar no sumário com a mesma grafia
do texto
 Numeração progressiva: títulos das seções primárias
devem iniciar em folha distinta. Seções secundárias e
terciárias devem ser destacadas gradativamente,
utilizando-se os recursos de negrito, itálico ou grifo, caixa
alta, etc. A grafia das seções e subseções devem aparecer
de forma idêntica no Sumário.
 Siglas: quando mencionada pela primeira vez no texto,
deve ser indicada entre parênteses, precedida do nome
completo.
Universidade de São Paulo (USP).
Regras gerais de apresentação
Regras gerais de apresentação
 Ilustrações: sua identificação aparece na parte superior,
precedida da palavra designativa, seguida de seu número de
ordem de ocorrência no texto.
 Por exemplo: Gráfico 1 – Nome; Imagem 5 – Nome.
 Na parte inferior da ilustração, mencionar a fonte consultada,
mesmo que seja produção do próprio autor.
Regras gerais de apresentação
Figura 1 - Título da figura (fonte 10, sem negrito)
Fonte: (Própria autoria ou a citação do trabalho consultado).
Regras gerais de apresentação
Departamento Titulação
Mestre/Doutor
Programa de Pós-
Graduação
Área de
Concentração
VCI
(Cirurgia)
Ciências
Anatomia dos Animais
Domésticos e Silvestres
Anatomia dos
Animais Domésticos
e Silvestres
Ciências
Clínica Cirúrgica
Veterinária
Clínica Cirúrgica
Veterinária
VCM
(Clínica Médica)
Ciências Clínica Veterinária Clínica Veterinária
Quadro 1 - Título do quadro (fonte 10, sem negrito)
Fonte: (Própria autoria ou a citação do trabalho consultado).
Tabela 1 -Título da tabela (fonte 10, sem negrito)
Fonte: (Própria autoria ou a citação do trabalho consultado). (fonte 10, sem
negrito).
Se a tabela, gráfico ou figura tiver sido modificada deve-se colocar na
legenda Modificado de:
xxxxx xxxx xxx xxxxxx
XXXXX ... 00.00 ± 0.00 (260) 00.00 ± 0.0 (178)a
XXXXX - 00.00 ± 0.00 (272) 00.00 ± 0.0 (201)b
Acompanhe as notícias
http://bibliotecafzea.blogspot.com.br/
https://www.facebook.com/bibliotecafzea/
Siga , curta e compartilhe !!!
http://pt.slideshare.net/bibfzea
Dúvidas entre em contato
com a Equipe da
Biblioteca!
dozena@usp.br
girlei@usp.br
moreschi@usp.br
vanessarodrigues@usp.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula como elaborar um artigo científico
Aula   como elaborar um artigo científicoAula   como elaborar um artigo científico
Aula como elaborar um artigo científico
Ludmila Moura
 
Slide Gênero Textual Notícia
Slide Gênero Textual NotíciaSlide Gênero Textual Notícia
Slide Gênero Textual Notícia
Jomari
 
Projeto de Pesquisa - Metodologia
Projeto de Pesquisa - MetodologiaProjeto de Pesquisa - Metodologia
Projeto de Pesquisa - Metodologia
Karlos Aires
 
Estruturas de Projetos de Pesquisa Relatórios de Pesquisa e Artigos Científicos
Estruturas de Projetos de Pesquisa Relatórios de Pesquisa e Artigos CientíficosEstruturas de Projetos de Pesquisa Relatórios de Pesquisa e Artigos Científicos
Estruturas de Projetos de Pesquisa Relatórios de Pesquisa e Artigos Científicos
Herbert Santana
 
aula_REVISÃO DE LITERATURA.pptx
aula_REVISÃO DE LITERATURA.pptxaula_REVISÃO DE LITERATURA.pptx
aula_REVISÃO DE LITERATURA.pptx
OdeteMyraMesquita
 
Estrutura para projetos de pesquisa.
Estrutura para projetos de pesquisa.Estrutura para projetos de pesquisa.
Estrutura para projetos de pesquisa.
Franklin Oliveira
 
Tcc não é bicho papão
Tcc não é  bicho papãoTcc não é  bicho papão
Tcc não é bicho papão
Itamar Faria
 
Metodologia científica
Metodologia científicaMetodologia científica
Orientações para projeto de pesquisa
Orientações para projeto de pesquisaOrientações para projeto de pesquisa
Orientações para projeto de pesquisa
CRIS TORRES
 
Elaboração de Pôsteres Científicos para Congressos - Profa. Rilva Muñoz
Elaboração de Pôsteres Científicos para Congressos - Profa. Rilva MuñozElaboração de Pôsteres Científicos para Congressos - Profa. Rilva Muñoz
Elaboração de Pôsteres Científicos para Congressos - Profa. Rilva Muñoz
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Como fazer uma boa introdução de tcc
Como fazer uma boa introdução de tccComo fazer uma boa introdução de tcc
Como fazer uma boa introdução de tcc
Alan
 
Manual do TCC
Manual do TCCManual do TCC
Manual do TCC
Alan
 
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNTModelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Rosineia Oliveira dos Santos
 
Tratamento AVC isquemico: perspectivas atuais
Tratamento AVC isquemico: perspectivas atuaisTratamento AVC isquemico: perspectivas atuais
Tratamento AVC isquemico: perspectivas atuais
Erion Junior de Andrade
 
Normas da ABNT
Normas da ABNTNormas da ABNT
Normas da ABNT
eef-fps
 
Apresentação referências bibliográficas
Apresentação referências bibliográficasApresentação referências bibliográficas
Apresentação referências bibliográficas
Luiz Alberto Gomes Barbosa Neto
 
Artigo científico
Artigo científicoArtigo científico
Artigo científico
Janieliton Gabriel
 
Aula - Guia de Citações (ABNT-UFC)
Aula - Guia de Citações (ABNT-UFC)Aula - Guia de Citações (ABNT-UFC)
Aula - Guia de Citações (ABNT-UFC)
Fábio de Oliveira Matos
 
Texto jornalístico
Texto jornalístico Texto jornalístico
Texto jornalístico
escrevermais
 
aula de tcc: estrutura da introdução e conclusão
aula de tcc: estrutura da introdução e conclusãoaula de tcc: estrutura da introdução e conclusão
aula de tcc: estrutura da introdução e conclusão
Lordde Pinda
 

Mais procurados (20)

Aula como elaborar um artigo científico
Aula   como elaborar um artigo científicoAula   como elaborar um artigo científico
Aula como elaborar um artigo científico
 
Slide Gênero Textual Notícia
Slide Gênero Textual NotíciaSlide Gênero Textual Notícia
Slide Gênero Textual Notícia
 
Projeto de Pesquisa - Metodologia
Projeto de Pesquisa - MetodologiaProjeto de Pesquisa - Metodologia
Projeto de Pesquisa - Metodologia
 
Estruturas de Projetos de Pesquisa Relatórios de Pesquisa e Artigos Científicos
Estruturas de Projetos de Pesquisa Relatórios de Pesquisa e Artigos CientíficosEstruturas de Projetos de Pesquisa Relatórios de Pesquisa e Artigos Científicos
Estruturas de Projetos de Pesquisa Relatórios de Pesquisa e Artigos Científicos
 
aula_REVISÃO DE LITERATURA.pptx
aula_REVISÃO DE LITERATURA.pptxaula_REVISÃO DE LITERATURA.pptx
aula_REVISÃO DE LITERATURA.pptx
 
Estrutura para projetos de pesquisa.
Estrutura para projetos de pesquisa.Estrutura para projetos de pesquisa.
Estrutura para projetos de pesquisa.
 
Tcc não é bicho papão
Tcc não é  bicho papãoTcc não é  bicho papão
Tcc não é bicho papão
 
Metodologia científica
Metodologia científicaMetodologia científica
Metodologia científica
 
Orientações para projeto de pesquisa
Orientações para projeto de pesquisaOrientações para projeto de pesquisa
Orientações para projeto de pesquisa
 
Elaboração de Pôsteres Científicos para Congressos - Profa. Rilva Muñoz
Elaboração de Pôsteres Científicos para Congressos - Profa. Rilva MuñozElaboração de Pôsteres Científicos para Congressos - Profa. Rilva Muñoz
Elaboração de Pôsteres Científicos para Congressos - Profa. Rilva Muñoz
 
Como fazer uma boa introdução de tcc
Como fazer uma boa introdução de tccComo fazer uma boa introdução de tcc
Como fazer uma boa introdução de tcc
 
Manual do TCC
Manual do TCCManual do TCC
Manual do TCC
 
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNTModelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNT
 
Tratamento AVC isquemico: perspectivas atuais
Tratamento AVC isquemico: perspectivas atuaisTratamento AVC isquemico: perspectivas atuais
Tratamento AVC isquemico: perspectivas atuais
 
Normas da ABNT
Normas da ABNTNormas da ABNT
Normas da ABNT
 
Apresentação referências bibliográficas
Apresentação referências bibliográficasApresentação referências bibliográficas
Apresentação referências bibliográficas
 
Artigo científico
Artigo científicoArtigo científico
Artigo científico
 
Aula - Guia de Citações (ABNT-UFC)
Aula - Guia de Citações (ABNT-UFC)Aula - Guia de Citações (ABNT-UFC)
Aula - Guia de Citações (ABNT-UFC)
 
Texto jornalístico
Texto jornalístico Texto jornalístico
Texto jornalístico
 
aula de tcc: estrutura da introdução e conclusão
aula de tcc: estrutura da introdução e conclusãoaula de tcc: estrutura da introdução e conclusão
aula de tcc: estrutura da introdução e conclusão
 

Semelhante a Oficina de normalização de projeto acadêmico de graduação

Pi 2 2012 aula 21 fevereiro instruções de projeto
Pi 2 2012 aula 21 fevereiro   instruções de projetoPi 2 2012 aula 21 fevereiro   instruções de projeto
Pi 2 2012 aula 21 fevereiro instruções de projeto
Cibele Andrade
 
Normatização do TCC - Monografia
Normatização do TCC - MonografiaNormatização do TCC - Monografia
Normatização do TCC - Monografia
Grasiela Dourado
 
Modelo de artigo cientifico
Modelo de artigo cientificoModelo de artigo cientifico
Sandrogreco Modelo%20de%20relat%F3rio%20das%20aulas%20experimentais
Sandrogreco Modelo%20de%20relat%F3rio%20das%20aulas%20experimentaisSandrogreco Modelo%20de%20relat%F3rio%20das%20aulas%20experimentais
Sandrogreco Modelo%20de%20relat%F3rio%20das%20aulas%20experimentais
Profª Cristiana Passinato
 
Sandrogreco Modelo De RelatóRio Das Aulas Experimentais
Sandrogreco Modelo De RelatóRio Das Aulas ExperimentaisSandrogreco Modelo De RelatóRio Das Aulas Experimentais
Sandrogreco Modelo De RelatóRio Das Aulas Experimentais
Profª Cristiana Passinato
 
Manual para formatacao_de_trabalhos_academicos_fit(1)
Manual para formatacao_de_trabalhos_academicos_fit(1)Manual para formatacao_de_trabalhos_academicos_fit(1)
Manual para formatacao_de_trabalhos_academicos_fit(1)
Governo do Estado do Rio Grande do Sul
 
Artigo Científico - Estrutura e Formatação.ppt
Artigo Científico - Estrutura e Formatação.pptArtigo Científico - Estrutura e Formatação.ppt
Artigo Científico - Estrutura e Formatação.ppt
RogrioGonalves41
 
Metodologia do Trabalho Científico Cessi slide pedagogia
Metodologia do Trabalho Científico Cessi slide pedagogiaMetodologia do Trabalho Científico Cessi slide pedagogia
Metodologia do Trabalho Científico Cessi slide pedagogia
Geisa Pereira
 
Artigos cientificos
Artigos cientificosArtigos cientificos
Artigos cientificos
Paulo Guilherme Jr
 
Artigo cientifico (como fazer)
Artigo cientifico (como fazer)Artigo cientifico (como fazer)
Artigo cientifico (como fazer)
Fernanda Câmara
 
Para escrever artigo ou tese
Para escrever artigo ou tesePara escrever artigo ou tese
Para escrever artigo ou tese
Ana Paula da Silva
 
Manual artigo cientifico
Manual artigo cientificoManual artigo cientifico
Manual artigo cientifico
Camila Pereira Rodrigues
 
Manual Artigo Cientifico
Manual Artigo CientificoManual Artigo Cientifico
Manual Artigo Cientifico
ProfFernandaBraga
 
Manual artigo cientifico
Manual artigo cientificoManual artigo cientifico
Manual artigo cientifico
Angelina Lessa
 
Artigo Cientifico
Artigo CientificoArtigo Cientifico
Artigo Cientifico
Unir-Metodologia
 
Artigo Cientifico
Artigo CientificoArtigo Cientifico
Artigo Cientifico
Unir-Metodologia
 
Metodologia abnt i_normas_gerais.
Metodologia abnt i_normas_gerais.Metodologia abnt i_normas_gerais.
Metodologia abnt i_normas_gerais.
Adriana Portugal
 
Manual Artigo Cientifico.pdf
Manual Artigo Cientifico.pdfManual Artigo Cientifico.pdf
Manual Artigo Cientifico.pdf
DioenisonMaciel1
 
Guia de apoio à elaboração de um trabalho escrito 3º ciclo e secundário - ...
Guia de apoio à  elaboração de um trabalho escrito   3º ciclo e secundário - ...Guia de apoio à  elaboração de um trabalho escrito   3º ciclo e secundário - ...
Guia de apoio à elaboração de um trabalho escrito 3º ciclo e secundário - ...
RedeConcelhiaVFX
 
Aula metodologia trabalho acadêmico
Aula metodologia trabalho acadêmicoAula metodologia trabalho acadêmico
Aula metodologia trabalho acadêmico
Alelis Gomes
 

Semelhante a Oficina de normalização de projeto acadêmico de graduação (20)

Pi 2 2012 aula 21 fevereiro instruções de projeto
Pi 2 2012 aula 21 fevereiro   instruções de projetoPi 2 2012 aula 21 fevereiro   instruções de projeto
Pi 2 2012 aula 21 fevereiro instruções de projeto
 
Normatização do TCC - Monografia
Normatização do TCC - MonografiaNormatização do TCC - Monografia
Normatização do TCC - Monografia
 
Modelo de artigo cientifico
Modelo de artigo cientificoModelo de artigo cientifico
Modelo de artigo cientifico
 
Sandrogreco Modelo%20de%20relat%F3rio%20das%20aulas%20experimentais
Sandrogreco Modelo%20de%20relat%F3rio%20das%20aulas%20experimentaisSandrogreco Modelo%20de%20relat%F3rio%20das%20aulas%20experimentais
Sandrogreco Modelo%20de%20relat%F3rio%20das%20aulas%20experimentais
 
Sandrogreco Modelo De RelatóRio Das Aulas Experimentais
Sandrogreco Modelo De RelatóRio Das Aulas ExperimentaisSandrogreco Modelo De RelatóRio Das Aulas Experimentais
Sandrogreco Modelo De RelatóRio Das Aulas Experimentais
 
Manual para formatacao_de_trabalhos_academicos_fit(1)
Manual para formatacao_de_trabalhos_academicos_fit(1)Manual para formatacao_de_trabalhos_academicos_fit(1)
Manual para formatacao_de_trabalhos_academicos_fit(1)
 
Artigo Científico - Estrutura e Formatação.ppt
Artigo Científico - Estrutura e Formatação.pptArtigo Científico - Estrutura e Formatação.ppt
Artigo Científico - Estrutura e Formatação.ppt
 
Metodologia do Trabalho Científico Cessi slide pedagogia
Metodologia do Trabalho Científico Cessi slide pedagogiaMetodologia do Trabalho Científico Cessi slide pedagogia
Metodologia do Trabalho Científico Cessi slide pedagogia
 
Artigos cientificos
Artigos cientificosArtigos cientificos
Artigos cientificos
 
Artigo cientifico (como fazer)
Artigo cientifico (como fazer)Artigo cientifico (como fazer)
Artigo cientifico (como fazer)
 
Para escrever artigo ou tese
Para escrever artigo ou tesePara escrever artigo ou tese
Para escrever artigo ou tese
 
Manual artigo cientifico
Manual artigo cientificoManual artigo cientifico
Manual artigo cientifico
 
Manual Artigo Cientifico
Manual Artigo CientificoManual Artigo Cientifico
Manual Artigo Cientifico
 
Manual artigo cientifico
Manual artigo cientificoManual artigo cientifico
Manual artigo cientifico
 
Artigo Cientifico
Artigo CientificoArtigo Cientifico
Artigo Cientifico
 
Artigo Cientifico
Artigo CientificoArtigo Cientifico
Artigo Cientifico
 
Metodologia abnt i_normas_gerais.
Metodologia abnt i_normas_gerais.Metodologia abnt i_normas_gerais.
Metodologia abnt i_normas_gerais.
 
Manual Artigo Cientifico.pdf
Manual Artigo Cientifico.pdfManual Artigo Cientifico.pdf
Manual Artigo Cientifico.pdf
 
Guia de apoio à elaboração de um trabalho escrito 3º ciclo e secundário - ...
Guia de apoio à  elaboração de um trabalho escrito   3º ciclo e secundário - ...Guia de apoio à  elaboração de um trabalho escrito   3º ciclo e secundário - ...
Guia de apoio à elaboração de um trabalho escrito 3º ciclo e secundário - ...
 
Aula metodologia trabalho acadêmico
Aula metodologia trabalho acadêmicoAula metodologia trabalho acadêmico
Aula metodologia trabalho acadêmico
 

Mais de Biblioteca Central FZEA/USP

Oficina normalização projeto_graduação
Oficina normalização projeto_graduaçãoOficina normalização projeto_graduação
Oficina normalização projeto_graduação
Biblioteca Central FZEA/USP
 
Oficina citação referência_atualizada
Oficina citação referência_atualizadaOficina citação referência_atualizada
Oficina citação referência_atualizada
Biblioteca Central FZEA/USP
 
Normalização pós graduação
Normalização pós graduaçãoNormalização pós graduação
Normalização pós graduação
Biblioteca Central FZEA/USP
 
Abnt normalização fzea_atualizada
Abnt normalização fzea_atualizadaAbnt normalização fzea_atualizada
Abnt normalização fzea_atualizada
Biblioteca Central FZEA/USP
 
Tutorial para elaboração de ficha catalográfica para dissertações, teses e TC...
Tutorial para elaboração de ficha catalográfica para dissertações, teses e TC...Tutorial para elaboração de ficha catalográfica para dissertações, teses e TC...
Tutorial para elaboração de ficha catalográfica para dissertações, teses e TC...
Biblioteca Central FZEA/USP
 
Tutorial Dedalus - Banco de Dados Bibliográficos da USP
Tutorial Dedalus - Banco de Dados Bibliográficos da USPTutorial Dedalus - Banco de Dados Bibliográficos da USP
Tutorial Dedalus - Banco de Dados Bibliográficos da USP
Biblioteca Central FZEA/USP
 
Quer saber a classificaçao Qualis de uma revista?
Quer saber a classificaçao Qualis de uma revista?Quer saber a classificaçao Qualis de uma revista?
Quer saber a classificaçao Qualis de uma revista?
Biblioteca Central FZEA/USP
 
Tutorial do Portal de Busca Integrada do SIBiUSP
Tutorial do Portal de Busca Integrada do SIBiUSPTutorial do Portal de Busca Integrada do SIBiUSP
Tutorial do Portal de Busca Integrada do SIBiUSP
Biblioteca Central FZEA/USP
 
O que é plágio e medidas práticas para evitá-lo
O que é plágio e medidas práticas para evitá-loO que é plágio e medidas práticas para evitá-lo
O que é plágio e medidas práticas para evitá-lo
Biblioteca Central FZEA/USP
 
Oficina de citação e referências bibliográficas
Oficina de citação e referências bibliográficasOficina de citação e referências bibliográficas
Oficina de citação e referências bibliográficas
Biblioteca Central FZEA/USP
 
Normas para elaboração de trabalhos acadêmicos na FZEA-USP
Normas para elaboração de trabalhos acadêmicos na FZEA-USPNormas para elaboração de trabalhos acadêmicos na FZEA-USP
Normas para elaboração de trabalhos acadêmicos na FZEA-USP
Biblioteca Central FZEA/USP
 
Levantamento bibliográfico e recuperação da informação
Levantamento bibliográfico e recuperação da informaçãoLevantamento bibliográfico e recuperação da informação
Levantamento bibliográfico e recuperação da informação
Biblioteca Central FZEA/USP
 
JCR InCites
JCR InCitesJCR InCites
Como inserir paginação frente-verso em documentos.
Como inserir paginação frente-verso em documentos.Como inserir paginação frente-verso em documentos.
Como inserir paginação frente-verso em documentos.
Biblioteca Central FZEA/USP
 
Recursos e dicas de pesquisa para a Pós-graduação
Recursos e dicas de pesquisa para a Pós-graduaçãoRecursos e dicas de pesquisa para a Pós-graduação
Recursos e dicas de pesquisa para a Pós-graduação
Biblioteca Central FZEA/USP
 
Google ID: Já ouviu falar? Já fez o seu?
Google ID: Já ouviu falar? Já fez o seu?Google ID: Já ouviu falar? Já fez o seu?
Google ID: Já ouviu falar? Já fez o seu?
Biblioteca Central FZEA/USP
 
Apresentando-se com o Currículo Lattes.
Apresentando-se com o Currículo Lattes.Apresentando-se com o Currículo Lattes.
Apresentando-se com o Currículo Lattes.
Biblioteca Central FZEA/USP
 
Conheca a Biblioteca FZEA-USP
Conheca a Biblioteca FZEA-USPConheca a Biblioteca FZEA-USP
Conheca a Biblioteca FZEA-USP
Biblioteca Central FZEA/USP
 
Como inserir paginação em documentos
Como inserir paginação em documentosComo inserir paginação em documentos
Como inserir paginação em documentos
Biblioteca Central FZEA/USP
 
Como fazer Sumário Automatizado
Como fazer Sumário AutomatizadoComo fazer Sumário Automatizado
Como fazer Sumário Automatizado
Biblioteca Central FZEA/USP
 

Mais de Biblioteca Central FZEA/USP (20)

Oficina normalização projeto_graduação
Oficina normalização projeto_graduaçãoOficina normalização projeto_graduação
Oficina normalização projeto_graduação
 
Oficina citação referência_atualizada
Oficina citação referência_atualizadaOficina citação referência_atualizada
Oficina citação referência_atualizada
 
Normalização pós graduação
Normalização pós graduaçãoNormalização pós graduação
Normalização pós graduação
 
Abnt normalização fzea_atualizada
Abnt normalização fzea_atualizadaAbnt normalização fzea_atualizada
Abnt normalização fzea_atualizada
 
Tutorial para elaboração de ficha catalográfica para dissertações, teses e TC...
Tutorial para elaboração de ficha catalográfica para dissertações, teses e TC...Tutorial para elaboração de ficha catalográfica para dissertações, teses e TC...
Tutorial para elaboração de ficha catalográfica para dissertações, teses e TC...
 
Tutorial Dedalus - Banco de Dados Bibliográficos da USP
Tutorial Dedalus - Banco de Dados Bibliográficos da USPTutorial Dedalus - Banco de Dados Bibliográficos da USP
Tutorial Dedalus - Banco de Dados Bibliográficos da USP
 
Quer saber a classificaçao Qualis de uma revista?
Quer saber a classificaçao Qualis de uma revista?Quer saber a classificaçao Qualis de uma revista?
Quer saber a classificaçao Qualis de uma revista?
 
Tutorial do Portal de Busca Integrada do SIBiUSP
Tutorial do Portal de Busca Integrada do SIBiUSPTutorial do Portal de Busca Integrada do SIBiUSP
Tutorial do Portal de Busca Integrada do SIBiUSP
 
O que é plágio e medidas práticas para evitá-lo
O que é plágio e medidas práticas para evitá-loO que é plágio e medidas práticas para evitá-lo
O que é plágio e medidas práticas para evitá-lo
 
Oficina de citação e referências bibliográficas
Oficina de citação e referências bibliográficasOficina de citação e referências bibliográficas
Oficina de citação e referências bibliográficas
 
Normas para elaboração de trabalhos acadêmicos na FZEA-USP
Normas para elaboração de trabalhos acadêmicos na FZEA-USPNormas para elaboração de trabalhos acadêmicos na FZEA-USP
Normas para elaboração de trabalhos acadêmicos na FZEA-USP
 
Levantamento bibliográfico e recuperação da informação
Levantamento bibliográfico e recuperação da informaçãoLevantamento bibliográfico e recuperação da informação
Levantamento bibliográfico e recuperação da informação
 
JCR InCites
JCR InCitesJCR InCites
JCR InCites
 
Como inserir paginação frente-verso em documentos.
Como inserir paginação frente-verso em documentos.Como inserir paginação frente-verso em documentos.
Como inserir paginação frente-verso em documentos.
 
Recursos e dicas de pesquisa para a Pós-graduação
Recursos e dicas de pesquisa para a Pós-graduaçãoRecursos e dicas de pesquisa para a Pós-graduação
Recursos e dicas de pesquisa para a Pós-graduação
 
Google ID: Já ouviu falar? Já fez o seu?
Google ID: Já ouviu falar? Já fez o seu?Google ID: Já ouviu falar? Já fez o seu?
Google ID: Já ouviu falar? Já fez o seu?
 
Apresentando-se com o Currículo Lattes.
Apresentando-se com o Currículo Lattes.Apresentando-se com o Currículo Lattes.
Apresentando-se com o Currículo Lattes.
 
Conheca a Biblioteca FZEA-USP
Conheca a Biblioteca FZEA-USPConheca a Biblioteca FZEA-USP
Conheca a Biblioteca FZEA-USP
 
Como inserir paginação em documentos
Como inserir paginação em documentosComo inserir paginação em documentos
Como inserir paginação em documentos
 
Como fazer Sumário Automatizado
Como fazer Sumário AutomatizadoComo fazer Sumário Automatizado
Como fazer Sumário Automatizado
 

Último

“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
Giovana Gomes da Silva
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptxForças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Danielle Fernandes Amaro dos Santos
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 

Último (20)

“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptxForças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 

Oficina de normalização de projeto acadêmico de graduação

  • 1. Serviço de Biblioteca e Informação USP/FZEA Oficina – Dicas de normalização
  • 2. NBR 14724:2011 – Informação e documentação – Trabalhos acadêmicos – Apresentação ABNT 14724:2011
  • 3. Estrutura de Projeto Capa Folha de rosto Resumo Lista de Ilustrações* Lista de Tabelas* Lista de Abreviaturas e Siglas* Lista de Símbolos* Sumário Introdução: tema, problema, justificativa e hipótese(s) quando couber(em) Objetivo: Geral e Específicos Referencial teórico Metodologia Cronograma Referências Apêndice* Anexo* * Elementos opcionais Pré-textual Textual Pós-textual
  • 4. Resumo é uma apresentação concisa dos pontos relevantes de um texto, fornecendo uma visão rápida e clara do conteúdo que será abordado no trabalho. Recomenda-se ressaltar o problema, objetivo, o método e os resultados esperados do trabalho. O resumo dever ter de 150 a 500 palavras. Deve ser redigido em parágrafo único. Acima do resumo deve aparecer a referência bibliográfica do trabalho. Palavras-chave são palavras representativas do conteúdo do trabalho e devem figurar logo abaixo do resumo. Resumo
  • 5. Resumo MIZUNO, Y. Posicionamento de orelhas de bovinos em estados emocionais positivos e negativos. 2016. 28 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Zootecnia) – Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos, Universidade de São Paulo, Pirassununga, 2016. Texto do resumo em parágrafo único e deve ter entre 150 e 500 palavras. XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX XXXXXXXXXXXX. Palavras-chave: Estado emocional. Bem estar animal. Bovinos de corte. Posição da orelha.
  • 6. Listas Lista de Figuras Figura 1 – Posição de orelha 1 (PO1) ......................15 Figura 2 - Posição de orelha 2 (PO2) .......................16 Figura 3 - Posição de orelha 3 (PO3) .......................17 Figura 4 - Posição de orelha 4 (PO4) .......................17 Figura 5 - Posição de orelha 5 (PO5) .......................18
  • 7. SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO (COM NEGRITO E LETRAS MAIÚSCULAS) 2 REVISÃO DE LITERATURA (COM NEGRITO E LETRAS MAIÚSCULAS) 2.1 CÃES (SEM NEGRITO E LETRAS MAIÚSCULAS) 2.1.1 Animais (com negrito e letras minúsculas) 2.1.1.1 Gatos (sem negrito e letras minúsculas) 2.1.1.1.2 Felinos (sem negrito e letras minúsculas em itálico) Sugestão de destaque e formatação de seções e subseções no conteúdo de um documento Fonte: Biblioteca Virginie Buff D´Ápice (2013)
  • 8. Introdução Deve responder à pergunta: Por quê este trabalho é necessário? Neste capítulo serão apresentados: • tema de pesquisa; • o problema/ hipóteses de pesquisa a ser pesquisado; • e a justificativa, o que levou você a propor esta pesquisa.
  • 9. Introdução • Como o próprio nome diz, este item deve apenas apresentar o assunto tratado, dando uma visão geral do texto. • Deve-se ter o cuidado de não antecipar na Introdução os resultados e conclusões do trabalho, o que poderá gerar um desinteresse pela leitura integral do texto. • A Introdução deve ser escrita com cuidado, pois é através dela que se tem a primeira impressão do trabalho.
  • 10. Introdução • Contextualize, abordando o tema de forma a identificar os motivos ou o contexto no qual o problema ou a(s) questão(ões) de pesquisa foram identificados. • Permita que se tenha uma visualização situacional do problema. • Restrinja sua abordagem apresentando a(s) questão(ões) que fizeram você propor esta pesquisa.
  • 11. Introdução • Indique as hipóteses ou os pressupostos que estão guiando a execução da pesquisa. • Hipóteses ou pressupostos são respostas provisórias para as questões colocadas acima. • Arrole os argumentos que indiquem que sua pesquisa é significativa, importante e/ou relevante. • Indique os resultados esperados com a elaboração da pesquisa.
  • 12. Objetivo geral Identifica claramente o problema de uma forma global, usando os verbos sempre no infinitivo. Define o propósito do trabalho. Onde se pretende chegar? Objetivos específicos Detalhar as ações dentro dos questionamentos propostos. Viabilizam o objetivo geral Devem ser formulados de forma clara e precisa, com verbos no infinitivo. Classificar, Analisar, Relatar, Discutir, Comprovar, Concluir, etc. Objetivo
  • 13. Referencial teórico • O referencial teórico possibilita fundamentar, dar consistência a todo estudo. Tem a função de nortear a pesquisa apresentando um embasamento da literatura já publicada sobre o mesmo tema, demostrando que o pesquisador tem conhecimento suficiente em relação a pesquisas relacionadas e a tradições teóricas que apoiam e cercam estudo. • É o levantamento da literatura correspondente ao assunto escolhido e que servirá de base para a elaboração do trabalho.
  • 14. Referencial teórico • Apresenta um histórico da evolução científica do assunto pesquisado, demonstrando a utilidade do trabalho apresentado. • Através do reforço a trabalhos já realizados que necessitem de confirmação, continuação ou do preenchimento de lacunas existentes. Em alguns casos representa o ponto básico e de partida para a discussão científica do tema. • Deve incluir, sempre que possível, apenas os trabalhos mais importantes diretamente ligados à pesquisa desenvolvida. • Os textos utilizados poderão ser citados em ordem cronológica crescente, do mais antigo ao mais recente, o que permite uma visão histórica do desenvolvimento do assunto abordado, ou discutidos em qualquer ordem que seja coerente com a visão crítica do desenvolvimento histórico do assunto.
  • 15. Metodologia/Materiais e métodos A Metodologia deve responder:  Como o trabalho será feito?  Onde o trabalho será feito?  Com que ferramentas e meios o trabalho será feito? Você deverá mostrar como será executada a pesquisa e o desenho metodológico que se pretende adotar: será do tipo quantitativa, qualitativa, descritiva, explicativa ou exploratória
  • 16. Metodologia/Materiais e métodos • Neste capítulo deve-se descrever de forma precisa os materiais, equipamentos e métodos utilizados, de modo que permita ao leitor compreender e interpretar os resultados como também reproduzir o estudo ou utilizar o método empregado. • Deve incluir informações sobre: o local e data da pesquisa, amostragem, técnicas utilizadas e a descrição do procedimento analítico utilizado. • As informações devem ser apresentadas de forma objetiva, exata, clara e lógica, sem interpretações pessoais. • Métodos de campo ou estatísticos mais conhecidos devem ser utilizados sem comentários; os pouco usados ou mais complexos devem ser acompanhados de referências bibliográficas ou de explicações mais detalhadas. • Devem ser apresentados, quando possível, tanto os aspectos positivos quanto os negativos do método utilizado.
  • 17. Metodologia – Revisão de literatura A revisão de literatura é o momento em que são apresentados os referenciais teóricos e as outras pesquisas relevantes para o estudo. Sendo assim, os elementos básicos de uma revisão de literatura abrangente são os seguintes: • Revisão (crítica) dos textos teóricos mais importantes para o embasamento do trabalho; • Revisão (crítica) de outras pesquisas que trazem dados importantes; • Explicação de como o trabalho dialoga com os estudos revisados. • Ou seja, é crucial que sua revisão de literatura não simplesmente cite vários estudos, mas que os relacione, comente, ou até mesmo critique, se necessário. Dicas importantes: • É bastante útil começar com sessões (ou parágrafos) que abordem ideias mais gerais ou amplas e a partir daí ir para sessões (ou parágrafos) mais específicas, até chegar o mais próximo possível do seu estudo; • Tente organizar sua revisão por ideias, e não por lista de trabalhos; isso trará uma lógica interna mais interessante para o seu texto; • Busque usar textos realmente importantes para seu trabalho. Nem tudo o que foi escrito sobre seu assunto importa, e não dá para deixar de fora da revisão textos cruciais para sua área. Fonte: http://www.escritaacademica.com/topicos/elementos/revisao-de-literatura/
  • 18. Cronograma Plano de distribuição das diferentes etapas de sua execução. ATIVIDADES AGO SET OUT NOV DEZ Escolha do tema e do orientador Elaboração do projeto Revisão bibliográfica Experiência e Ensaio Análise de Dados Entrega do projeto de pesquisa Revisão e entrega oficial do trabalho Apresentação do trabalho em banca
  • 19. • Escrever de forma objetiva e impessoal • Terceira pessoa do singular • Evitar expressões: “meu trabalho” e “eu fiz”. Regras gerais de apresentação
  • 20. Regras gerais de apresentação • papel branco ou reciclado, formato A4; • digitados na cor preta (exceto as ilustrações); • fonte tamanho 12 (Arial ou Times New Roman) para o texto e tamanho menor para citações de mais de três linhas, notas de rodapé, paginação e legendas das ilustrações e tabelas; • Recomenda-se que os elementos textuais e pós-textuais sejam digitados nos 2 lados da folha (anverso e verso). Quanto aos elementos pré-textuais, imprimir somente no anverso, com exceção da ficha catalográfica.
  • 21. Regras gerais de apresentação Anverso (frente) Verso n. f 3 cm 2 cm 3cm 2cm n. f 2cm 3cm 3 cm 2 cm Margem: esquerda e superior de 3 cm; direita e inferior de 2 cm (para o anverso), e direita e superior de 3 cm; esquerda e inferior de 2 cm (para o verso)
  • 22.  Margem: esquerda e superior de 3 cm; direita e inferior de 2 cm (para o anverso), e direita e superior de 3 cm; esquerda e inferior de 2 cm (para o verso)  Espaçamento: espaço 1,5 entre linhas. Algumas exceções: citações de mais de três linhas, as notas, as legendas. Obs.: títulos das subseções devem ser separados por um espaço entre as linhas de 1,5. Regras gerais de apresentação
  • 23. Paginação • Usar algarismos arábicos, no canto superior direito da folha. Quando imprimir no verso, será no canto superior esquerdo; • As páginas pré-textuais devem ser contadas mas não numeradas, a numeração aparece na página da Introdução. • A numeração dos elementos pós-textuais devem dar sequência à do texto principal. Regras gerais de apresentação
  • 24. Regras gerais de apresentação  Para seções e subseções de um documento:  Todas as seções devem conter um texto relacionados entre elas;  Entre uma seção e outra, dar 2 espaços de 1,5;  As seções devem estar todas alinhadas à esquerda no sumário;  Devem figurar no sumário com a mesma grafia do texto
  • 25.  Numeração progressiva: títulos das seções primárias devem iniciar em folha distinta. Seções secundárias e terciárias devem ser destacadas gradativamente, utilizando-se os recursos de negrito, itálico ou grifo, caixa alta, etc. A grafia das seções e subseções devem aparecer de forma idêntica no Sumário.  Siglas: quando mencionada pela primeira vez no texto, deve ser indicada entre parênteses, precedida do nome completo. Universidade de São Paulo (USP). Regras gerais de apresentação
  • 26. Regras gerais de apresentação  Ilustrações: sua identificação aparece na parte superior, precedida da palavra designativa, seguida de seu número de ordem de ocorrência no texto.  Por exemplo: Gráfico 1 – Nome; Imagem 5 – Nome.  Na parte inferior da ilustração, mencionar a fonte consultada, mesmo que seja produção do próprio autor.
  • 27. Regras gerais de apresentação Figura 1 - Título da figura (fonte 10, sem negrito) Fonte: (Própria autoria ou a citação do trabalho consultado).
  • 28. Regras gerais de apresentação Departamento Titulação Mestre/Doutor Programa de Pós- Graduação Área de Concentração VCI (Cirurgia) Ciências Anatomia dos Animais Domésticos e Silvestres Anatomia dos Animais Domésticos e Silvestres Ciências Clínica Cirúrgica Veterinária Clínica Cirúrgica Veterinária VCM (Clínica Médica) Ciências Clínica Veterinária Clínica Veterinária Quadro 1 - Título do quadro (fonte 10, sem negrito) Fonte: (Própria autoria ou a citação do trabalho consultado). Tabela 1 -Título da tabela (fonte 10, sem negrito) Fonte: (Própria autoria ou a citação do trabalho consultado). (fonte 10, sem negrito). Se a tabela, gráfico ou figura tiver sido modificada deve-se colocar na legenda Modificado de: xxxxx xxxx xxx xxxxxx XXXXX ... 00.00 ± 0.00 (260) 00.00 ± 0.0 (178)a XXXXX - 00.00 ± 0.00 (272) 00.00 ± 0.0 (201)b
  • 29.
  • 31. Dúvidas entre em contato com a Equipe da Biblioteca! dozena@usp.br girlei@usp.br moreschi@usp.br vanessarodrigues@usp.br