SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 35
Baixar para ler offline
www.unic.co.ao
244 932 884 895
244 993 908 786
Estrada Nacional 250 S/N, Bairro Kaluapanda
Cuito, Província do Bié, República de Angola
Rufino Tadeu, MSc
Biolgía Celular e Molecular
Regras de boa convivencia
 Não chegar atrasado
 Evitar saida desnecessaria da sala de aulas
 Participar activamente, as perguntas são bem vindas.
 Prohibido o uso de celulares durante as aulas
Temas
 Histórico da Biologia Celular e da Biologia Molecular
 Níveis de organização celular
 Caminhos metabólicos
 Membrana Plasmática e Estruturas Membranas
 Respiração celular aeróbica e mitocôndria
Tema
Níveis de organização celular
célula primitiva
Fungos
Plantas
Animal
Protistas
eucariota
procariota
Móneras
Identifica se os seguintes planteamentos
são verdadeiros ou falsos. Justifica os
que consideras falso.
a) __ A parede celular contribui ao
suporte e protecção das células que a
apresentam.
b) __ Todas as células eucariotas
possuem parede celular.
V
F
c) __ A parede celular das bacterias está
composta por peptidoglicano.
d) __ A parede celular das plantas esta
formada fundamentalmente por
celulosa, hemicelulosa y sustancias
pépticas.
V
V
R/ O planteamento é falso porque
as células eucariotas que
possuem parede celular são as
das plantas, os fungos e alguns
protistas. As células que formam
os animais não possuem parede
celular.
material
nuclear
meio
ambiente
citoplasma
membrana
citoplasmática
1- Quais são os principais componentes
químicos da membrana celular?
2- Cómo estão organizados na
estructura da membrana?
3- Quais são as principais funções da
membrana citoplasmática?
lípidos
proteínas
Composição química da
membrana de um eritrocito
proteínas……..50
%
lípidos………..40%
cabeça polar
cadeias
apolares
bicamada de lípidos
hidrofílica
hidrofóbicas
proteínas
mosaico fluido
glicoproteína
interior
exterior
bicamad
a lípidos
glicolípido
proteínas
sustancias
lipossoluveis
atravessam a
matriz
lipídica
substancias
hidrossoluveis
através de poros ou
transportadores
constituidos por
proteínas
medio exterior medio interior
Na+
K+
Na+
K+
Cl-
aniões
orgánicos
membrana citoplasmática
potencial de membrana
Cl
Está formada por lípidos e proteínas
que constituem uma dupla capa em
forma de mosaico fluido.
É assimétrica.
Possui um potencial de membrana.
É selectivamente permeavel.
É dinámica.
As proteínas podem formar poros ou
canais que permitem o transporte de
substancias
proteína
receptora
se produzem
respostas celulares
Os virus têm
especificidade.
O VIH reconhece a um tipo
de proteína da membrana
dos linfocitos e os infecta.
neurotransmisor
receptores
célula cancerígena
linfocitos
Permite o intercambio
regulado de sustancias com o
meio ambiente.
Pode detectar sinais
mediante as proteínas
receptoras.
Participa na irritabilidade
celular e na transmissão do
impulso nervoso.
Intervem nos mecanismos
de defesa do organismo.
A membrana citoplasmática é uma
barreira selectiva e sensivel entre o
citoplasma da célula e seu meio
exterior.
Sua permeabilidade selectiva
permite manter as condicões de
equilibrio do citoplasma, o que
favorece o metabolismo celular.
Muitas das actividades
enzimáticas das células
procariotas, têm lugar na
membrana citoplasmática ja
que nela se encontram
situadas as enzimas que
catalizam ditas reacções.
Argumenta a relação da
composição química com a função
na membrana celular.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (19)

05) membrana plasmática
05) membrana plasmática05) membrana plasmática
05) membrana plasmática
 
Célula vegetal e Parede Celular
Célula vegetal e Parede CelularCélula vegetal e Parede Celular
Célula vegetal e Parede Celular
 
Célula vegetal parede celulósica
Célula vegetal parede celulósicaCélula vegetal parede celulósica
Célula vegetal parede celulósica
 
Bactérias simples
Bactérias simplesBactérias simples
Bactérias simples
 
Plano de curso 2010.2
Plano de curso 2010.2Plano de curso 2010.2
Plano de curso 2010.2
 
Citologia vegetal
Citologia vegetalCitologia vegetal
Citologia vegetal
 
340412
340412340412
340412
 
organização geral das celulas
organização geral das celulasorganização geral das celulas
organização geral das celulas
 
Membrana Plasmática - Rose Lopes
Membrana Plasmática - Rose LopesMembrana Plasmática - Rose Lopes
Membrana Plasmática - Rose Lopes
 
Aula 2 célula vegetal
Aula 2 célula vegetalAula 2 célula vegetal
Aula 2 célula vegetal
 
Biomembranas
BiomembranasBiomembranas
Biomembranas
 
Célula vegetal
Célula vegetalCélula vegetal
Célula vegetal
 
Citologia - Membrana plasmática
Citologia - Membrana plasmáticaCitologia - Membrana plasmática
Citologia - Membrana plasmática
 
Célula vegetal parede celulósica
Célula vegetal parede celulósicaCélula vegetal parede celulósica
Célula vegetal parede celulósica
 
Procariontes e eucariontes
Procariontes e eucariontesProcariontes e eucariontes
Procariontes e eucariontes
 
Células procarióticas
Células procarióticasCélulas procarióticas
Células procarióticas
 
Dna explicação
Dna explicaçãoDna explicação
Dna explicação
 
Célula vegetal
Célula vegetalCélula vegetal
Célula vegetal
 
Célula Vegetal
Célula VegetalCélula Vegetal
Célula Vegetal
 

Semelhante a Membrana citoplasmatica

Organização celular
Organização celularOrganização celular
Organização celularajsmorais
 
Vírus, procariontes, eucariontes e revestimentos celulares
Vírus, procariontes, eucariontes e revestimentos celularesVírus, procariontes, eucariontes e revestimentos celulares
Vírus, procariontes, eucariontes e revestimentos celularesCésar Milani
 
Introducao Citologia
Introducao CitologiaIntroducao Citologia
Introducao CitologiaBIOGERALDO
 
Aula 04 membranas plasmaticas parte 01
Aula 04 membranas plasmaticas parte 01Aula 04 membranas plasmaticas parte 01
Aula 04 membranas plasmaticas parte 01UNIS Business School
 
Apresentação BIOLOGIA - 3ªT LIC-TeSP_2324.pdf
Apresentação BIOLOGIA - 3ªT LIC-TeSP_2324.pdfApresentação BIOLOGIA - 3ªT LIC-TeSP_2324.pdf
Apresentação BIOLOGIA - 3ªT LIC-TeSP_2324.pdfMrio38
 
Membranas citoplasmáticas profª monara
Membranas citoplasmáticas profª monaraMembranas citoplasmáticas profª monara
Membranas citoplasmáticas profª monaraMonara Bittencourt
 
Citologia - introdução e visão geral dos componentes celulares.pdf
Citologia - introdução e visão geral dos componentes celulares.pdfCitologia - introdução e visão geral dos componentes celulares.pdf
Citologia - introdução e visão geral dos componentes celulares.pdfCristianaLealSabel
 
Fundamentos de Citologia: células de mamíferos desde a membrana celular até d...
Fundamentos de Citologia: células de mamíferos desde a membrana celular até d...Fundamentos de Citologia: células de mamíferos desde a membrana celular até d...
Fundamentos de Citologia: células de mamíferos desde a membrana celular até d...paulosa14
 
Resumo de Introdução a Citologia
Resumo de Introdução a CitologiaResumo de Introdução a Citologia
Resumo de Introdução a Citologialoirissimavivi
 

Semelhante a Membrana citoplasmatica (20)

Organização celular
Organização celularOrganização celular
Organização celular
 
Vírus, procariontes, eucariontes e revestimentos celulares
Vírus, procariontes, eucariontes e revestimentos celularesVírus, procariontes, eucariontes e revestimentos celulares
Vírus, procariontes, eucariontes e revestimentos celulares
 
Citologia.ppt
Citologia.pptCitologia.ppt
Citologia.ppt
 
Celula
CelulaCelula
Celula
 
Introducao Citologia
Introducao CitologiaIntroducao Citologia
Introducao Citologia
 
Aula 04 membranas plasmaticas parte 01
Aula 04 membranas plasmaticas parte 01Aula 04 membranas plasmaticas parte 01
Aula 04 membranas plasmaticas parte 01
 
A CéLula
A CéLulaA CéLula
A CéLula
 
Citoplasma
CitoplasmaCitoplasma
Citoplasma
 
Apresentação BIOLOGIA - 3ªT LIC-TeSP_2324.pdf
Apresentação BIOLOGIA - 3ªT LIC-TeSP_2324.pdfApresentação BIOLOGIA - 3ªT LIC-TeSP_2324.pdf
Apresentação BIOLOGIA - 3ªT LIC-TeSP_2324.pdf
 
Membranas citoplasmáticas profª monara
Membranas citoplasmáticas profª monaraMembranas citoplasmáticas profª monara
Membranas citoplasmáticas profª monara
 
Organelas celulares
Organelas celularesOrganelas celulares
Organelas celulares
 
Citologia - introdução e visão geral dos componentes celulares.pdf
Citologia - introdução e visão geral dos componentes celulares.pdfCitologia - introdução e visão geral dos componentes celulares.pdf
Citologia - introdução e visão geral dos componentes celulares.pdf
 
Fundamentos de Citologia: células de mamíferos desde a membrana celular até d...
Fundamentos de Citologia: células de mamíferos desde a membrana celular até d...Fundamentos de Citologia: células de mamíferos desde a membrana celular até d...
Fundamentos de Citologia: células de mamíferos desde a membrana celular até d...
 
Membrana completa
Membrana completaMembrana completa
Membrana completa
 
Citologia
CitologiaCitologia
Citologia
 
Citologia
CitologiaCitologia
Citologia
 
biologia geral
biologia geral biologia geral
biologia geral
 
Biologia geral
Biologia geralBiologia geral
Biologia geral
 
Aula Sobre Citologia
Aula Sobre CitologiaAula Sobre Citologia
Aula Sobre Citologia
 
Resumo de Introdução a Citologia
Resumo de Introdução a CitologiaResumo de Introdução a Citologia
Resumo de Introdução a Citologia
 

Último

Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETODouglasVasconcelosMa
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 

Último (20)

Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 

Membrana citoplasmatica