SlideShare uma empresa Scribd logo
Linux/unix
SISTEMAS OPEN SOURCE
Tiago garcia
Lorant miklosi
Historia
 O núcleo Linux foi, originalmente, escrito por Linus Torvalds.
 Linus Torvalds começou o desenvolvimento do núcleo como um
projeto particular, inspirado pelo seu interesse no Minix, um
pequeno sistema UNIX desenvolvido por Andrew S. Tanenbaum.
Ele limitou-se a criar, nas suas próprias palavras, “um Minix
melhor que o Minix”.
 No dia 5 de outubro de 1991 Linus Torvalds anunciou a primeira
versão "oficial" do núcleo Linux, versão 0.02. Desde então muitos
programadores têm respondido ao seu chamado, e têm ajudado a
fazer do Linux o sistema operacional que é hoje.
As Duas partes principais de um S.O.
 Kernel - é o componente central do sistema operativo da maioria
dos computadores; ele serve de ponte entre aplicativos e o
processamento real de dados feito a nível de hardware.
 GUI - é um tipo de interface do utilizador que permite a interação
com dispositivos digitais através de elementos gráficos como ícones
e outros indicadores visuais, em contraste a interface de linha de
comando.
Software livre
 Software Livre é uma forma de manifestação de um software em
que, resumidamente, permite-se adaptações ou modificações em
seu código de forma espontânea, ou seja, sem que haja a
necessidade de solicitar permissão ao seu proprietário para
modificá-lo. Não confundir com o movimeto Open Source
Software livre de código aberto
 Os termos software de código livre e aberto, ou free and open
source software em inglês, e software de código livre/libre/aberto,
ou free/libre/open source software em inglês, referem-se a um
software que é duplamente livre e de código aberto. Ele
é livremente licenciado para conceder a usuários o direito de uso,
cópia, estudo, mudança e melhoria em seu design através da
disponibilidade de seu código fonte. Esta abordagem tem
ganhado momentum e aceitação uma vez que os benefícios
pontenciais têm sido crescentemente reconhecidos por indivíduos
e corporações.
As 4 liberdades básicas associadas
ao software livre são:
 A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito
 A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo
para as suas necessidades . Acesso ao código-fonte é um pré-
requisito para esta liberdade.
 A liberdade de redistribuir cópias de modo que você possa ajudar
ao seu próximo.
 A liberdade de aperfeiçoar o programa, e liberar os seus
aperfeiçoamentos, de modo que toda a comunidade se beneficie.
Acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade.
Software gratuito
 Software gratuito ou freeware é qualquer programa de computador
cuja utilização não implica no pagamento de licenças de uso
ou royalties. É importante não confundir o freede freeware com
o free de free software, pois no primeiro uso o significado é de
gratuito, e no segundo de livre. Um programa licenciado
como freeware não é necessariamente um software livre, pode
não ter código aberto e pode acompanhar licenças restritivas,
limitando o uso comercial, a redistribuição não autorizada, a
modificação não autorizada ou outros tipos de restrições.
O freeware diferencia-se do shareware, no qual o usuário deve
pagar para acessar a funcionalidade completa ou tem um tempo
limitado de uso gratuito.
Caracteristicas do Linux
 - É considerado um Software básico.
 - É um Software Livre (Open Source). O Windows é considerado um software
proprietário.|
 - Licença de uso: GPL/GNU. GPL/GNU – significa Licença Pública geral, consiste
na designação de licença para softwares livres.
 - É um sistema operacional Multitarefa, assim como o Windows. Multitarefa – o
sistema multitarefa executar mais de um aplicativo ao mesmo tempo.
 - É um sistema operacional Multissessão, assim como o Windows. Multissessão –
consiste em ter vários contas de usuários em um mesmo computador.
 - É Preemptivo – permite a interrupção de processos. (É também característica
do Windows). Preemptivo é a ideia de ter vários programas sendo processados
ao mesmo tempo, e com isso, conseguimos alternar de um para o outro,
interrompendo desta forma, o processo de um para executar outro.
Caracteristicas do Linux
 - É um sistema Multiusuário. (também característica do Windows). Multiusuário
é quando existe uma rede de computadores e um servidor (pode este ser
usado tanto Linux como Windows), e com isso, os usuários podem ter acesso
simultâneo ao sistema (vários usuários acessando o servidor ao mesmo tempo).
 - Multiprocessamento (também característica do Windows).
Multiprocessamento é um computador com mais de um processador.
 - Sistema Monolítico (também característica do Windows). Sistema monolítico –
todos processos em um só núcleo.
 - Compartilhamento de bibliotecas (também característica do Windows). É o
compartilhamento de recursos com os softwares instalados no computador.
Exemplo: as fontes instaladas no computador podem ser utilizadas em vários
programas como Word, Excel, Power Point, Photoshop e etc.
 - Capacidade de processamento 32/ 64 bits (também característica do
Windows) – Há versões de 32 e 64 bits. Pode ser instalado tanto em
processadores de 32 bits, como de 64 bits.
Caracteristicas do Linux
 - # Superusuário (também presente no Windows, mas com o nome
de Administrador) é o usuário com controle total do computador.
 - $ Usuário comum (também presente no Windows, mas com o
nome de Usuário Limitado) é o usuário que não tem poder para
manipular todos os recursos existentes no computador.
 - Interface gráfica e Prompt de comando (também existente no
Windows) – É possível interagir com o Linux de duas maneiras:
Pela Interface Gráfica ou Prompt de Comando (Shell, bash sh, etc).
Como instalar uma maquina virtual
Como instalar o linux numa
maquina virtual
As principais diferenças entre o
Windows e o Linux
 Segurança
 Provavelmente, estás habituado a usar um anti-vírus e uma firewall no
Windows de modo a o teres seguro. Em Ubuntu podes esquecer isso…
Embora existam anti-vírus e firewalls para GNU/Linux, estes servem fins
totalmente diferentes. No caso do anti-vírus, só te será util caso queiras
fazer o scan a uma partição Windows a partir da tua distro e no caso
da firewall, não é mais que uma ferramenta para configurar a rede.
As principais diferenças entre o
Windows e o Linux
 Sistema de permissões
 O Ubuntu, tal como qualquer distro GNU/Linux, possui um sistema de
permissões UNIX. Básicamente, qualquer tarefa que possa alterar
profundamente o funcionamento do Sistema Operativo (Ex.: instalação
de software, modificação de uma configuração do sistema, etc.) tem
de ser realizada pelo utilizador root (que é o “senhor todo poderoso”).
 Para executares uma tarefa como root, tens de introduzir a palavra-
passe do teu utilizador. Caso não a introduzas, a tarefa em questão
não é executada… Logo, no caso de um vírus, por exemplo, este
nunca era instalado/executado sem a tua permissão.
As principais diferenças entre o
Windows e o Linux
 Updates de segurança
 Um dos factores mais importante na segurança de uma determinada
aplicação não é necessáriamente o número de falhas de segurança,
mas a velocidade com que são corrigidas após encontradas. No
Ubuntu, a correcção destas chega a estar dísponivel algumas horas
depois de divulgadas, ao contrário do Windows, por exemplo, onde
chegam a atingir prazos relativamente excessívos.
As principais diferenças entre o
Windows e o Linux
 Design superior
 Em Ubuntu, tal como em qualquer outra distribuição GNU/Linux, todos
os componentes do Sistema Operativo possuem um devido grau de
indepência entre eles. Logo, uma falha num destes não se propaga
para outro. Já no Windows, onde o Internet Explorer se encontra
bastante fundido no sistema operativo, há uma grande vulnerabilidade
a vírus, spywares, etc.
As principais diferenças entre o
Windows e o Linux
 Repositórios
 Em Windows, és obrigado a fazer download das tuas aplicações de
bastantes mirrors diferentes, onde nao tens garantia nenhuma do que
estás a sacar, ou seja, tanto pode ser a aplicação que desejas, como
outra aplicação qualquer ou mesmo um vírus. Em Ubuntu, pelo menos
90% das tuas aplicações são instaladas por repositórios de confiança.
As principais diferenças entre o
Windows e o Linux
 Instalação de software
 O método de instalação de software mais comum no Windows é: A)
Google for it B) Procurar um mirror para o respectivo download C)
Carregar sucessivamente next até a instalação estar concluída D)
*regra geral* arranjar um crack para prolongar a duração do trial.
 No Ubuntu o método de instalação de software mais comum é: A)
Procurar software nos repositórios (e adicionar uns extras se necessário)
B) Ordenar a instalação do programa e aguardar que o respectivo
download e configuração esteja completo.
Principais Comandos do Ubuntu:
 ls (lista o conteúdo de um diretório)
Exemplo: $ ls
 ls -a (lista os diretórios, arquivos oculto e executáveis)
Exemplo: $ ls -a
 ls -l (Lista o conteúdo de um diretório detalhadamente)
Exemplo: $ ls -l
 pwd (mostra o diretório corrente)
Exemplo: $ pwd
 cd (muda de diretório)
Exemplo: $ cd /etc
Principais Comandos do Ubuntu:
 6. cd - (volta para o diretório anterior)
Exemplo: $ cd -
 7. cd .. (volta um diretório acima)
Exemplo: $ cd ..
 8. cd ~ (volta para seu diretório /home)
Exemplo: $ cd ~
 9. mkdir [pasta] (cria uma pasta com o nome desejado)
Exemplo: $ mkdir programas
 10. mkdir [pasta1] [pasta2] (cria pasta1 e pasta dois ao mesmo
tempo)
Exemplo: $ mkdir teste1 teste2
Principais Comandos do Ubuntu:
 11. mkdir -p [pasta]/[sub-pasta] (cria um diretório e um sub-diretório)
Exemplo: $ mkdir -p teste3/teste3_1

12. rm -r [pasta/arquivo] (deleta uma pasta ou arquivo)
Exemplo: $ rm -r teste3

13. mv [arquivo1] [arquivo2] (renomeia uma pasta)
Exemplo: $ mv teste teste2

14. mv [arquivo] [caminho] (move o arquivo para um determinado caminho)
Exemplo: $ mv imagem. jpg ~/t4k_slack/Wallpapers

15. cp [arquivo] [caminho] (copia um arquivo para um determinado caminho)
Exemplo: $ cp imagem.jpg ~/t4k_slack/Wallpapers
Principais Comandos do Ubuntu:
 ln -s [caminho] [link] (cria um link)
Exemplo: $ ln -s /usr/bin/limewire limewire
 type [executável] (busca o caminho de um executável)
Exemplo: $ type limewire
 cat > [arquivo] (cria novo arquivo)
Exemplo: $ cat > teste.txt
 cat [arquivo1] >> [arquivo2] (acrescenta arq.2 em arq.1)
Exemplo: $ cat teste1 >> teste2
 touch [arquivo] (cria um arquivo)
Exemplo: $ touch teste
Principais Comandos do Ubuntu:
 diff [arquivo1] [arquivo2] (compara os dois arquivos)
Exemplo: $ diff teste1 teste2
 locate [arquivo] (localiza o arquivo desejado]
Exemplo:$ locate JimiHendrix. jpg
 head [-linhas] [arquivo] (mostra as primeiras linhas de um arquivo)
Exemplo:$ head -10 texto.txt
 tail [-linhas] [arquivo] (faz exatamente o contrário do comando
anterior)
Exemplo:$ tail -20 texto.txt
 less [arquivo] (mostra o conteúdo de um diretório)
Exemplo:$ less texto.txt
 more [arquivo] (mostra o conteúdo de um arquivo)
Exemplo:$ more texto.txt
Principais Comandos do Ubuntu:
 nl [arquivo] (mostra quantas linhas tem no arquivo)
Exemplo:$ nl texto.txt
 wc [arquivo] (lista número de linhas, palavras e bytes de um
arquivo)
Exemplo:$ wc texto.txt
 [comando1] | [comando2] (conecta dois processos)
Exemplo:$ vi /etc/X11/xorg.conf | more
 sleep [tempo] && [comando] (executa um comando em um
determinado tempo)
Exemplo:$ sleep 2 && pwd
 echo [mensagem] (exibe uma mensagem em seu shell)
Exemplo:$ echo Olá Big Linux
 alias [comando/atual] [comando_novo] (muda o nome de um
comando)
Exemplo:$ alias dir=ls -l
 history (lista os últimos 500 comandos que você digitou)
Exemplo:$ history
 su (muda para o super usuário root, precisa da senha)
Exemplo:$ su, no Big Linux para ter acesso como administrador sem
digitar su, digite "sudo su" sem aspas.
 su [usuário] (muda para outro usuário, também necessita da senha)
Exemplo:$ su fulano
 shutdown (reinicia o sistema)
Exemplo:$ shutdown
 reboot (reinicia a máquina com emergência)
Exemplo:$ reboot
 passwd (troca sua senha)
Exemplo:$ passwd
 uname (mostra o sistema operacional)
Exemplo:$ uname
 uname -a (mostra o sistema operacional, nome da máquina,
versão do kernel e etc)
Exemplo: $ uname –a
 dmesg (mostra informações do sistema)
Exemplo: $ dmesg
 top -d [segundos] (informações detalhadas dos processos)
Exemplo: $ top -d 3
ps (mostra os processos corrente "PID")
Exemplo: $ ps
killall [programa] (força o término de um programa)
Exemplo: $ killall xmms
xkill (transforma o ponteiro do mouse em um assassino de programa)
Exemplo:$ xkill
 mkfs.ext2 (formata um disquete em formato Linux)
Exemplo: $ mkfs.ext2 /dev/fd0
 superformat (formata um disquete em formato DOS)
Exemplo: $ superformat /dev/fd0
vmstat [-tempo] (mostra a memória swap em uso)
Exemplo: $ vmstat -2
arch (mostra a arquitetura do seu PC)
Exemplo: $ arch
lsmod (lista os módulos da sua máquina)
Exemplo: $ lsmod
insmod [módulo] (levanta um módulo forçadamente, requer root)
Exemplo: # insmod spca5x
 adduser (adiciona um usuário no sistema, requer root)
Exemplo:# adduser
userdel [usuário] (deleta um usuário, requer root)
Exemplo: # userdel fulano
userdel -r [usuário] (deleta o usuário e sua pasta que se encontra no
diretório /home,
requer root)
Exemplo: # userdel -r fulano
chfn [usuário] (muda informações de um usuário, requer root)
Exemplo: # chfn fulano
chage -M [dias] [usuário] (expira um usuário, no dia pré-determinado,
requer root)
Exemplo: # chage -M 20 fulano
display [imagem.jpg] (mostra uma imagem no X, necessita do ImageMagick)
Exemplo: $ display imagem. jpg
convert [imagem.png] [imagem.jpg] (converte o formato .png para . jpg,
necessita
também do ImageMagick)
Exemplo: $ convert imagem.png imagem.jpg
chmod (altera permissões)
Exemplo: # chmod 666 /dev/hdd
mount [device] (monta um dispositivo)
Exemplo: $ mount /mnt/cdrom
umount [device] (desmonta um dispositivo)
Exemplo: $ umount /mnt/cdrom
 eject (abre a gaveta do cd-rom)
Exemplo: $ eject /mnt/cdrom
eject -t (fecha a gaveta do cdrom)
Exemplo: $ eject -t /mnt/cdrom
halt (desliga o PC)
Exemplo: $ halt
date (informa o dia e a hora)
Exemplo: $ date
hostname (informa o nome da máquina)
Exemplo: $ hostname
 du [diretório] (fornece o tamanho de um diretório)
Exemplo: $ du pasta
du -S [sub-diretórios] (fornece o tamanho do sub-diretório)
Exemplo: $ du -S sub_pasta
[comando] & (inicia um processo em segundo plano e deixa o terminal
livre para
trabalhar)
Exemplo: $ gkrellm &
cal (mostra um calendário do mês atual)
Exemplo: $ cal
cal [ano] (mostra os 12 meses de um determinado ano)
Exemplo: $ cal 2005
 last [-quantidade] (mostra informações sobre os últimos logins, onde
em quantidade
você indica o número de logins)
Exemplo: $ last -10
tar -zxvf[arquivo.tar.gz] (descompacta um arquivo em formato .tar.gz)
Exemplo: $ tar -zxvf amsn-0.94.tar.gz
tar -jxvf [arquivo .tar.bz2] (descompacta um arquivo no formato
.tar.bz2)
Exemplo: $ tar -jxvf gkrellm-0.12.tar.bz2
clear (limpa a tela do shell)
Exemplo: $ clear
free (mostra detalhes sobre a memória RAM)
Exemplo: $ free
 time [comando] (mede o tempo gasto para abrir um programa)
Exemplo: $ time amsn
uptime (mostra o tempo desde do último boot)
Exemplo: $ uptime
lsattr [arquivo/diretório] (lista atributos de um arquivo ou diretório)
Exemplo: $ lsattr arquivo
whereis [executável/comando] (localiza o caminho de um
executável/comando)
Exemplo: $ whereis amsn
who (mostra quem está conectado ao sistema nesse momento)
Exemplo: $ who
 wget -c [URL] (faz download de arquivo na internet)
Exemplo: $ wget -c http://www.lugar.do.download/
 whoami (mostra quem se logou primeiro no sistema)
Exemplo: $ whoami
 lspci(lista os componentes PCI do seu computador)
Exemplo: $ lspci
 init 6 (faz reiniciar o computador mais rápido)
Exemplo: $ init 6
 init 0(faz desligar o computador mais rápido)
Exemplo: $ init 0
 startx (inicia a interface gráfica padrão do sistema)
Exemplo: $ startx
Linux
Linux

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação Linux
Apresentação LinuxApresentação Linux
Apresentação Linux
guestca430
 
Evoluçâo Sistema Operacional Windows
Evoluçâo Sistema Operacional WindowsEvoluçâo Sistema Operacional Windows
Evoluçâo Sistema Operacional Windows
Marcio Da Silva Teobaldino
 
Linux para leigos
Linux para leigos Linux para leigos
Linux para leigos
Guilherme Hinkelmann
 
Linux
LinuxLinux
Apresentação software livre
Apresentação software livreApresentação software livre
Apresentação software livre
jullyanars
 
Windows x Linux
Windows x LinuxWindows x Linux
Windows x Linux
Chromus Master
 
Software livre, proprietário e comercial
Software livre, proprietário e comercialSoftware livre, proprietário e comercial
Software livre, proprietário e comercial
Henrique Fonseca
 
1 - Introdução ao linux
1 - Introdução ao linux1 - Introdução ao linux
1 - Introdução ao linux
Rosanete Grassiani dos Santos
 
Sistemas operacionais linux
Sistemas operacionais linuxSistemas operacionais linux
Sistemas operacionais linux
Leandro Lemes
 
Virtualização - Máquinas Virtuais
Virtualização - Máquinas VirtuaisVirtualização - Máquinas Virtuais
Virtualização - Máquinas Virtuais
André Felipe Santos Martins
 
História do windows
História do windowsHistória do windows
História do windows
Antonio Cabral
 
Sistema Operativo Open Source
Sistema Operativo Open SourceSistema Operativo Open Source
Sistema Operativo Open Source
Diogo Silva
 
02 - A evolução do Microsoft Windows - v1.0
02 - A evolução do Microsoft Windows - v1.002 - A evolução do Microsoft Windows - v1.0
02 - A evolução do Microsoft Windows - v1.0
César Augusto Pessôa
 
Sistemas Operativos
Sistemas OperativosSistemas Operativos
Sistemas Operativos
Pmpc10
 
Sistemas operativos 10º
Sistemas operativos 10ºSistemas operativos 10º
Sistemas operativos 10º
teacherpereira
 
Sistema Operacional Android
Sistema Operacional AndroidSistema Operacional Android
Sistema Operacional Android
Lucas Damasceno
 
Historia Sistema Operacional Linux
Historia Sistema Operacional LinuxHistoria Sistema Operacional Linux
Historia Sistema Operacional Linux
Faculdade de Tecnologia
 
Linux - Sobre a Disciplina + Introdução ao Linux
Linux - Sobre a Disciplina + Introdução ao LinuxLinux - Sobre a Disciplina + Introdução ao Linux
Linux - Sobre a Disciplina + Introdução ao Linux
Frederico Madeira
 
Software livre por que usar? slide
Software livre por que usar?   slideSoftware livre por que usar?   slide
Software livre por que usar? slide
José Nascimento
 
Sistema operacional linux
Sistema operacional linuxSistema operacional linux
Sistema operacional linux
gabiel-felipe
 

Mais procurados (20)

Apresentação Linux
Apresentação LinuxApresentação Linux
Apresentação Linux
 
Evoluçâo Sistema Operacional Windows
Evoluçâo Sistema Operacional WindowsEvoluçâo Sistema Operacional Windows
Evoluçâo Sistema Operacional Windows
 
Linux para leigos
Linux para leigos Linux para leigos
Linux para leigos
 
Linux
LinuxLinux
Linux
 
Apresentação software livre
Apresentação software livreApresentação software livre
Apresentação software livre
 
Windows x Linux
Windows x LinuxWindows x Linux
Windows x Linux
 
Software livre, proprietário e comercial
Software livre, proprietário e comercialSoftware livre, proprietário e comercial
Software livre, proprietário e comercial
 
1 - Introdução ao linux
1 - Introdução ao linux1 - Introdução ao linux
1 - Introdução ao linux
 
Sistemas operacionais linux
Sistemas operacionais linuxSistemas operacionais linux
Sistemas operacionais linux
 
Virtualização - Máquinas Virtuais
Virtualização - Máquinas VirtuaisVirtualização - Máquinas Virtuais
Virtualização - Máquinas Virtuais
 
História do windows
História do windowsHistória do windows
História do windows
 
Sistema Operativo Open Source
Sistema Operativo Open SourceSistema Operativo Open Source
Sistema Operativo Open Source
 
02 - A evolução do Microsoft Windows - v1.0
02 - A evolução do Microsoft Windows - v1.002 - A evolução do Microsoft Windows - v1.0
02 - A evolução do Microsoft Windows - v1.0
 
Sistemas Operativos
Sistemas OperativosSistemas Operativos
Sistemas Operativos
 
Sistemas operativos 10º
Sistemas operativos 10ºSistemas operativos 10º
Sistemas operativos 10º
 
Sistema Operacional Android
Sistema Operacional AndroidSistema Operacional Android
Sistema Operacional Android
 
Historia Sistema Operacional Linux
Historia Sistema Operacional LinuxHistoria Sistema Operacional Linux
Historia Sistema Operacional Linux
 
Linux - Sobre a Disciplina + Introdução ao Linux
Linux - Sobre a Disciplina + Introdução ao LinuxLinux - Sobre a Disciplina + Introdução ao Linux
Linux - Sobre a Disciplina + Introdução ao Linux
 
Software livre por que usar? slide
Software livre por que usar?   slideSoftware livre por que usar?   slide
Software livre por que usar? slide
 
Sistema operacional linux
Sistema operacional linuxSistema operacional linux
Sistema operacional linux
 

Destaque

Windows vs Linux
Windows vs LinuxWindows vs Linux
Windows vs Linux
Pepe Rocker
 
Configurando a rede wireless no le 4.0
Configurando a rede wireless no le 4.0Configurando a rede wireless no le 4.0
Configurando a rede wireless no le 4.0
Nilson Alves de Almeida
 
Obtendo ajuda no Linux
Obtendo ajuda no LinuxObtendo ajuda no Linux
Obtendo ajuda no Linux
Ivani Nascimento
 
Plataformas Gráficas do Linux
Plataformas Gráficas do LinuxPlataformas Gráficas do Linux
Plataformas Gráficas do Linux
Ranieri Trecha
 
Mini curso de Linux
Mini curso de LinuxMini curso de Linux
Mini curso de Linux
Diego Almada
 
Linux Educacional 4.0 - Aula 1
Linux Educacional 4.0 - Aula 1Linux Educacional 4.0 - Aula 1
Linux Educacional 4.0 - Aula 1
Adson Nunes
 
Ppt informática básica sistema operacioanal
Ppt informática básica sistema operacioanalPpt informática básica sistema operacioanal
Ppt informática básica sistema operacioanal
Fluminense Federal University
 
Mini-Curso "Introdução ao Linux Educacional"
Mini-Curso "Introdução ao Linux Educacional"Mini-Curso "Introdução ao Linux Educacional"
Mini-Curso "Introdução ao Linux Educacional"
Morgana Lacerda
 
Linux Vs Windows Tco Comparison
Linux Vs Windows Tco ComparisonLinux Vs Windows Tco Comparison
Linux Vs Windows Tco Comparison
askme
 
Linux vs windows
Linux vs windowsLinux vs windows
Linux vs windows
coolraisecret
 
CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA
CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICACURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA
CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA
Leonam dos Santos
 
Linux v/s Windows
Linux v/s WindowsLinux v/s Windows
Linux v/s Windows
Sukhdeep Singh
 
State of the Word 2011
State of the Word 2011State of the Word 2011
State of the Word 2011
photomatt
 

Destaque (13)

Windows vs Linux
Windows vs LinuxWindows vs Linux
Windows vs Linux
 
Configurando a rede wireless no le 4.0
Configurando a rede wireless no le 4.0Configurando a rede wireless no le 4.0
Configurando a rede wireless no le 4.0
 
Obtendo ajuda no Linux
Obtendo ajuda no LinuxObtendo ajuda no Linux
Obtendo ajuda no Linux
 
Plataformas Gráficas do Linux
Plataformas Gráficas do LinuxPlataformas Gráficas do Linux
Plataformas Gráficas do Linux
 
Mini curso de Linux
Mini curso de LinuxMini curso de Linux
Mini curso de Linux
 
Linux Educacional 4.0 - Aula 1
Linux Educacional 4.0 - Aula 1Linux Educacional 4.0 - Aula 1
Linux Educacional 4.0 - Aula 1
 
Ppt informática básica sistema operacioanal
Ppt informática básica sistema operacioanalPpt informática básica sistema operacioanal
Ppt informática básica sistema operacioanal
 
Mini-Curso "Introdução ao Linux Educacional"
Mini-Curso "Introdução ao Linux Educacional"Mini-Curso "Introdução ao Linux Educacional"
Mini-Curso "Introdução ao Linux Educacional"
 
Linux Vs Windows Tco Comparison
Linux Vs Windows Tco ComparisonLinux Vs Windows Tco Comparison
Linux Vs Windows Tco Comparison
 
Linux vs windows
Linux vs windowsLinux vs windows
Linux vs windows
 
CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA
CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICACURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA
CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA
 
Linux v/s Windows
Linux v/s WindowsLinux v/s Windows
Linux v/s Windows
 
State of the Word 2011
State of the Word 2011State of the Word 2011
State of the Word 2011
 

Semelhante a Linux

linux: um pouco sobre ele e como aprender .pdf
linux: um pouco sobre ele e como aprender .pdflinux: um pouco sobre ele e como aprender .pdf
linux: um pouco sobre ele e como aprender .pdf
VitriaNorazDeusmeure
 
Sistema operacional-1-ano-de-informatica-completa
Sistema operacional-1-ano-de-informatica-completaSistema operacional-1-ano-de-informatica-completa
Sistema operacional-1-ano-de-informatica-completa
Odeberto Borges Vieira L. da Rocha
 
Sistemas Operativos Linux e os suas versões
Sistemas Operativos Linux e os suas versõesSistemas Operativos Linux e os suas versões
Sistemas Operativos Linux e os suas versões
xaninha123
 
So alexandra nunes
So alexandra nunesSo alexandra nunes
So alexandra nunes
xaninha123
 
Modulo+4
Modulo+4Modulo+4
Modulo+4
SENAC RIO
 
Modulo+4
Modulo+4Modulo+4
Introdução ao Linux
Introdução ao LinuxIntrodução ao Linux
Introdução ao Linux
guest82cc1d
 
Módulo 6 - Gnu/Linux
Módulo 6 - Gnu/LinuxMódulo 6 - Gnu/Linux
Módulo 6 - Gnu/Linux
Paulo Guimarães
 
Windows x Linux
Windows  x LinuxWindows  x Linux
Windows x Linux
Bianca Silva
 
Sistemas Operacionais - Gnu/Linux
Sistemas Operacionais - Gnu/LinuxSistemas Operacionais - Gnu/Linux
Sistemas Operacionais - Gnu/Linux
Luiz Arthur
 
A.S.O 2 - Linux
A.S.O 2 - LinuxA.S.O 2 - Linux
A.S.O 2 - Linux
Mateus Cardoso
 
Apresentação Semi-Final
Apresentação Semi-FinalApresentação Semi-Final
Apresentação Semi-Final
Jordan Claussen
 
Software livre, simples assim.
Software livre, simples assim.Software livre, simples assim.
Software livre, simples assim.
guilhermemar
 
Fascículo Sistema Operacional Linux
Fascículo Sistema Operacional LinuxFascículo Sistema Operacional Linux
Fascículo Sistema Operacional Linux
Eduardo Santana
 
Inf sis opeinf_semana6
Inf sis opeinf_semana6Inf sis opeinf_semana6
Inf sis opeinf_semana6
Eduardo Santana
 
Curso de Introdução ao Software Livre - Aula de 29/10/2009
Curso de Introdução ao Software Livre - Aula de 29/10/2009Curso de Introdução ao Software Livre - Aula de 29/10/2009
Curso de Introdução ao Software Livre - Aula de 29/10/2009
Antônio Arapiraca
 
Linux
LinuxLinux
Linux
valmarques
 
Sistema operacional
Sistema operacionalSistema operacional
Sistema operacional
lanzinirodrigo
 
Introdução ao Software Livre
Introdução ao Software LivreIntrodução ao Software Livre
Introdução ao Software Livre
PeslPinguim
 
Linux
LinuxLinux

Semelhante a Linux (20)

linux: um pouco sobre ele e como aprender .pdf
linux: um pouco sobre ele e como aprender .pdflinux: um pouco sobre ele e como aprender .pdf
linux: um pouco sobre ele e como aprender .pdf
 
Sistema operacional-1-ano-de-informatica-completa
Sistema operacional-1-ano-de-informatica-completaSistema operacional-1-ano-de-informatica-completa
Sistema operacional-1-ano-de-informatica-completa
 
Sistemas Operativos Linux e os suas versões
Sistemas Operativos Linux e os suas versõesSistemas Operativos Linux e os suas versões
Sistemas Operativos Linux e os suas versões
 
So alexandra nunes
So alexandra nunesSo alexandra nunes
So alexandra nunes
 
Modulo+4
Modulo+4Modulo+4
Modulo+4
 
Modulo+4
Modulo+4Modulo+4
Modulo+4
 
Introdução ao Linux
Introdução ao LinuxIntrodução ao Linux
Introdução ao Linux
 
Módulo 6 - Gnu/Linux
Módulo 6 - Gnu/LinuxMódulo 6 - Gnu/Linux
Módulo 6 - Gnu/Linux
 
Windows x Linux
Windows  x LinuxWindows  x Linux
Windows x Linux
 
Sistemas Operacionais - Gnu/Linux
Sistemas Operacionais - Gnu/LinuxSistemas Operacionais - Gnu/Linux
Sistemas Operacionais - Gnu/Linux
 
A.S.O 2 - Linux
A.S.O 2 - LinuxA.S.O 2 - Linux
A.S.O 2 - Linux
 
Apresentação Semi-Final
Apresentação Semi-FinalApresentação Semi-Final
Apresentação Semi-Final
 
Software livre, simples assim.
Software livre, simples assim.Software livre, simples assim.
Software livre, simples assim.
 
Fascículo Sistema Operacional Linux
Fascículo Sistema Operacional LinuxFascículo Sistema Operacional Linux
Fascículo Sistema Operacional Linux
 
Inf sis opeinf_semana6
Inf sis opeinf_semana6Inf sis opeinf_semana6
Inf sis opeinf_semana6
 
Curso de Introdução ao Software Livre - Aula de 29/10/2009
Curso de Introdução ao Software Livre - Aula de 29/10/2009Curso de Introdução ao Software Livre - Aula de 29/10/2009
Curso de Introdução ao Software Livre - Aula de 29/10/2009
 
Linux
LinuxLinux
Linux
 
Sistema operacional
Sistema operacionalSistema operacional
Sistema operacional
 
Introdução ao Software Livre
Introdução ao Software LivreIntrodução ao Software Livre
Introdução ao Software Livre
 
Linux
LinuxLinux
Linux
 

Mais de Tiago Garcia

Juno
JunoJuno
Evolução dos processadores
Evolução dos processadoresEvolução dos processadores
Evolução dos processadores
Tiago Garcia
 
Sermão de padre antónio vieira aos peixes
Sermão de padre antónio vieira aos peixesSermão de padre antónio vieira aos peixes
Sermão de padre antónio vieira aos peixes
Tiago Garcia
 
Central eólica
Central eólicaCentral eólica
Central eólica
Tiago Garcia
 
Trabalho tema processos de controlo do esforço
Trabalho tema processos de controlo do esforçoTrabalho tema processos de controlo do esforço
Trabalho tema processos de controlo do esforço
Tiago Garcia
 
Hub switch repetidores
Hub switch repetidoresHub switch repetidores
Hub switch repetidores
Tiago Garcia
 

Mais de Tiago Garcia (6)

Juno
JunoJuno
Juno
 
Evolução dos processadores
Evolução dos processadoresEvolução dos processadores
Evolução dos processadores
 
Sermão de padre antónio vieira aos peixes
Sermão de padre antónio vieira aos peixesSermão de padre antónio vieira aos peixes
Sermão de padre antónio vieira aos peixes
 
Central eólica
Central eólicaCentral eólica
Central eólica
 
Trabalho tema processos de controlo do esforço
Trabalho tema processos de controlo do esforçoTrabalho tema processos de controlo do esforço
Trabalho tema processos de controlo do esforço
 
Hub switch repetidores
Hub switch repetidoresHub switch repetidores
Hub switch repetidores
 

Linux

  • 2. Historia  O núcleo Linux foi, originalmente, escrito por Linus Torvalds.  Linus Torvalds começou o desenvolvimento do núcleo como um projeto particular, inspirado pelo seu interesse no Minix, um pequeno sistema UNIX desenvolvido por Andrew S. Tanenbaum. Ele limitou-se a criar, nas suas próprias palavras, “um Minix melhor que o Minix”.  No dia 5 de outubro de 1991 Linus Torvalds anunciou a primeira versão "oficial" do núcleo Linux, versão 0.02. Desde então muitos programadores têm respondido ao seu chamado, e têm ajudado a fazer do Linux o sistema operacional que é hoje.
  • 3. As Duas partes principais de um S.O.  Kernel - é o componente central do sistema operativo da maioria dos computadores; ele serve de ponte entre aplicativos e o processamento real de dados feito a nível de hardware.  GUI - é um tipo de interface do utilizador que permite a interação com dispositivos digitais através de elementos gráficos como ícones e outros indicadores visuais, em contraste a interface de linha de comando.
  • 4. Software livre  Software Livre é uma forma de manifestação de um software em que, resumidamente, permite-se adaptações ou modificações em seu código de forma espontânea, ou seja, sem que haja a necessidade de solicitar permissão ao seu proprietário para modificá-lo. Não confundir com o movimeto Open Source
  • 5. Software livre de código aberto  Os termos software de código livre e aberto, ou free and open source software em inglês, e software de código livre/libre/aberto, ou free/libre/open source software em inglês, referem-se a um software que é duplamente livre e de código aberto. Ele é livremente licenciado para conceder a usuários o direito de uso, cópia, estudo, mudança e melhoria em seu design através da disponibilidade de seu código fonte. Esta abordagem tem ganhado momentum e aceitação uma vez que os benefícios pontenciais têm sido crescentemente reconhecidos por indivíduos e corporações.
  • 6. As 4 liberdades básicas associadas ao software livre são:  A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito  A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo para as suas necessidades . Acesso ao código-fonte é um pré- requisito para esta liberdade.  A liberdade de redistribuir cópias de modo que você possa ajudar ao seu próximo.  A liberdade de aperfeiçoar o programa, e liberar os seus aperfeiçoamentos, de modo que toda a comunidade se beneficie. Acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade.
  • 7. Software gratuito  Software gratuito ou freeware é qualquer programa de computador cuja utilização não implica no pagamento de licenças de uso ou royalties. É importante não confundir o freede freeware com o free de free software, pois no primeiro uso o significado é de gratuito, e no segundo de livre. Um programa licenciado como freeware não é necessariamente um software livre, pode não ter código aberto e pode acompanhar licenças restritivas, limitando o uso comercial, a redistribuição não autorizada, a modificação não autorizada ou outros tipos de restrições. O freeware diferencia-se do shareware, no qual o usuário deve pagar para acessar a funcionalidade completa ou tem um tempo limitado de uso gratuito.
  • 8. Caracteristicas do Linux  - É considerado um Software básico.  - É um Software Livre (Open Source). O Windows é considerado um software proprietário.|  - Licença de uso: GPL/GNU. GPL/GNU – significa Licença Pública geral, consiste na designação de licença para softwares livres.  - É um sistema operacional Multitarefa, assim como o Windows. Multitarefa – o sistema multitarefa executar mais de um aplicativo ao mesmo tempo.  - É um sistema operacional Multissessão, assim como o Windows. Multissessão – consiste em ter vários contas de usuários em um mesmo computador.  - É Preemptivo – permite a interrupção de processos. (É também característica do Windows). Preemptivo é a ideia de ter vários programas sendo processados ao mesmo tempo, e com isso, conseguimos alternar de um para o outro, interrompendo desta forma, o processo de um para executar outro.
  • 9. Caracteristicas do Linux  - É um sistema Multiusuário. (também característica do Windows). Multiusuário é quando existe uma rede de computadores e um servidor (pode este ser usado tanto Linux como Windows), e com isso, os usuários podem ter acesso simultâneo ao sistema (vários usuários acessando o servidor ao mesmo tempo).  - Multiprocessamento (também característica do Windows). Multiprocessamento é um computador com mais de um processador.  - Sistema Monolítico (também característica do Windows). Sistema monolítico – todos processos em um só núcleo.  - Compartilhamento de bibliotecas (também característica do Windows). É o compartilhamento de recursos com os softwares instalados no computador. Exemplo: as fontes instaladas no computador podem ser utilizadas em vários programas como Word, Excel, Power Point, Photoshop e etc.  - Capacidade de processamento 32/ 64 bits (também característica do Windows) – Há versões de 32 e 64 bits. Pode ser instalado tanto em processadores de 32 bits, como de 64 bits.
  • 10. Caracteristicas do Linux  - # Superusuário (também presente no Windows, mas com o nome de Administrador) é o usuário com controle total do computador.  - $ Usuário comum (também presente no Windows, mas com o nome de Usuário Limitado) é o usuário que não tem poder para manipular todos os recursos existentes no computador.  - Interface gráfica e Prompt de comando (também existente no Windows) – É possível interagir com o Linux de duas maneiras: Pela Interface Gráfica ou Prompt de Comando (Shell, bash sh, etc).
  • 11. Como instalar uma maquina virtual
  • 12. Como instalar o linux numa maquina virtual
  • 13. As principais diferenças entre o Windows e o Linux  Segurança  Provavelmente, estás habituado a usar um anti-vírus e uma firewall no Windows de modo a o teres seguro. Em Ubuntu podes esquecer isso… Embora existam anti-vírus e firewalls para GNU/Linux, estes servem fins totalmente diferentes. No caso do anti-vírus, só te será util caso queiras fazer o scan a uma partição Windows a partir da tua distro e no caso da firewall, não é mais que uma ferramenta para configurar a rede.
  • 14. As principais diferenças entre o Windows e o Linux  Sistema de permissões  O Ubuntu, tal como qualquer distro GNU/Linux, possui um sistema de permissões UNIX. Básicamente, qualquer tarefa que possa alterar profundamente o funcionamento do Sistema Operativo (Ex.: instalação de software, modificação de uma configuração do sistema, etc.) tem de ser realizada pelo utilizador root (que é o “senhor todo poderoso”).  Para executares uma tarefa como root, tens de introduzir a palavra- passe do teu utilizador. Caso não a introduzas, a tarefa em questão não é executada… Logo, no caso de um vírus, por exemplo, este nunca era instalado/executado sem a tua permissão.
  • 15. As principais diferenças entre o Windows e o Linux  Updates de segurança  Um dos factores mais importante na segurança de uma determinada aplicação não é necessáriamente o número de falhas de segurança, mas a velocidade com que são corrigidas após encontradas. No Ubuntu, a correcção destas chega a estar dísponivel algumas horas depois de divulgadas, ao contrário do Windows, por exemplo, onde chegam a atingir prazos relativamente excessívos.
  • 16. As principais diferenças entre o Windows e o Linux  Design superior  Em Ubuntu, tal como em qualquer outra distribuição GNU/Linux, todos os componentes do Sistema Operativo possuem um devido grau de indepência entre eles. Logo, uma falha num destes não se propaga para outro. Já no Windows, onde o Internet Explorer se encontra bastante fundido no sistema operativo, há uma grande vulnerabilidade a vírus, spywares, etc.
  • 17. As principais diferenças entre o Windows e o Linux  Repositórios  Em Windows, és obrigado a fazer download das tuas aplicações de bastantes mirrors diferentes, onde nao tens garantia nenhuma do que estás a sacar, ou seja, tanto pode ser a aplicação que desejas, como outra aplicação qualquer ou mesmo um vírus. Em Ubuntu, pelo menos 90% das tuas aplicações são instaladas por repositórios de confiança.
  • 18. As principais diferenças entre o Windows e o Linux  Instalação de software  O método de instalação de software mais comum no Windows é: A) Google for it B) Procurar um mirror para o respectivo download C) Carregar sucessivamente next até a instalação estar concluída D) *regra geral* arranjar um crack para prolongar a duração do trial.  No Ubuntu o método de instalação de software mais comum é: A) Procurar software nos repositórios (e adicionar uns extras se necessário) B) Ordenar a instalação do programa e aguardar que o respectivo download e configuração esteja completo.
  • 19. Principais Comandos do Ubuntu:  ls (lista o conteúdo de um diretório) Exemplo: $ ls  ls -a (lista os diretórios, arquivos oculto e executáveis) Exemplo: $ ls -a  ls -l (Lista o conteúdo de um diretório detalhadamente) Exemplo: $ ls -l  pwd (mostra o diretório corrente) Exemplo: $ pwd  cd (muda de diretório) Exemplo: $ cd /etc
  • 20. Principais Comandos do Ubuntu:  6. cd - (volta para o diretório anterior) Exemplo: $ cd -  7. cd .. (volta um diretório acima) Exemplo: $ cd ..  8. cd ~ (volta para seu diretório /home) Exemplo: $ cd ~  9. mkdir [pasta] (cria uma pasta com o nome desejado) Exemplo: $ mkdir programas  10. mkdir [pasta1] [pasta2] (cria pasta1 e pasta dois ao mesmo tempo) Exemplo: $ mkdir teste1 teste2
  • 21. Principais Comandos do Ubuntu:  11. mkdir -p [pasta]/[sub-pasta] (cria um diretório e um sub-diretório) Exemplo: $ mkdir -p teste3/teste3_1  12. rm -r [pasta/arquivo] (deleta uma pasta ou arquivo) Exemplo: $ rm -r teste3  13. mv [arquivo1] [arquivo2] (renomeia uma pasta) Exemplo: $ mv teste teste2  14. mv [arquivo] [caminho] (move o arquivo para um determinado caminho) Exemplo: $ mv imagem. jpg ~/t4k_slack/Wallpapers  15. cp [arquivo] [caminho] (copia um arquivo para um determinado caminho) Exemplo: $ cp imagem.jpg ~/t4k_slack/Wallpapers
  • 22. Principais Comandos do Ubuntu:  ln -s [caminho] [link] (cria um link) Exemplo: $ ln -s /usr/bin/limewire limewire  type [executável] (busca o caminho de um executável) Exemplo: $ type limewire  cat > [arquivo] (cria novo arquivo) Exemplo: $ cat > teste.txt  cat [arquivo1] >> [arquivo2] (acrescenta arq.2 em arq.1) Exemplo: $ cat teste1 >> teste2  touch [arquivo] (cria um arquivo) Exemplo: $ touch teste
  • 23. Principais Comandos do Ubuntu:  diff [arquivo1] [arquivo2] (compara os dois arquivos) Exemplo: $ diff teste1 teste2  locate [arquivo] (localiza o arquivo desejado] Exemplo:$ locate JimiHendrix. jpg  head [-linhas] [arquivo] (mostra as primeiras linhas de um arquivo) Exemplo:$ head -10 texto.txt  tail [-linhas] [arquivo] (faz exatamente o contrário do comando anterior) Exemplo:$ tail -20 texto.txt  less [arquivo] (mostra o conteúdo de um diretório) Exemplo:$ less texto.txt  more [arquivo] (mostra o conteúdo de um arquivo) Exemplo:$ more texto.txt
  • 24. Principais Comandos do Ubuntu:  nl [arquivo] (mostra quantas linhas tem no arquivo) Exemplo:$ nl texto.txt  wc [arquivo] (lista número de linhas, palavras e bytes de um arquivo) Exemplo:$ wc texto.txt  [comando1] | [comando2] (conecta dois processos) Exemplo:$ vi /etc/X11/xorg.conf | more  sleep [tempo] && [comando] (executa um comando em um determinado tempo) Exemplo:$ sleep 2 && pwd  echo [mensagem] (exibe uma mensagem em seu shell) Exemplo:$ echo Olá Big Linux
  • 25.  alias [comando/atual] [comando_novo] (muda o nome de um comando) Exemplo:$ alias dir=ls -l  history (lista os últimos 500 comandos que você digitou) Exemplo:$ history  su (muda para o super usuário root, precisa da senha) Exemplo:$ su, no Big Linux para ter acesso como administrador sem digitar su, digite "sudo su" sem aspas.  su [usuário] (muda para outro usuário, também necessita da senha) Exemplo:$ su fulano  shutdown (reinicia o sistema) Exemplo:$ shutdown
  • 26.  reboot (reinicia a máquina com emergência) Exemplo:$ reboot  passwd (troca sua senha) Exemplo:$ passwd  uname (mostra o sistema operacional) Exemplo:$ uname  uname -a (mostra o sistema operacional, nome da máquina, versão do kernel e etc) Exemplo: $ uname –a  dmesg (mostra informações do sistema) Exemplo: $ dmesg
  • 27.  top -d [segundos] (informações detalhadas dos processos) Exemplo: $ top -d 3 ps (mostra os processos corrente "PID") Exemplo: $ ps killall [programa] (força o término de um programa) Exemplo: $ killall xmms xkill (transforma o ponteiro do mouse em um assassino de programa) Exemplo:$ xkill  mkfs.ext2 (formata um disquete em formato Linux) Exemplo: $ mkfs.ext2 /dev/fd0
  • 28.  superformat (formata um disquete em formato DOS) Exemplo: $ superformat /dev/fd0 vmstat [-tempo] (mostra a memória swap em uso) Exemplo: $ vmstat -2 arch (mostra a arquitetura do seu PC) Exemplo: $ arch lsmod (lista os módulos da sua máquina) Exemplo: $ lsmod insmod [módulo] (levanta um módulo forçadamente, requer root) Exemplo: # insmod spca5x
  • 29.  adduser (adiciona um usuário no sistema, requer root) Exemplo:# adduser userdel [usuário] (deleta um usuário, requer root) Exemplo: # userdel fulano userdel -r [usuário] (deleta o usuário e sua pasta que se encontra no diretório /home, requer root) Exemplo: # userdel -r fulano chfn [usuário] (muda informações de um usuário, requer root) Exemplo: # chfn fulano chage -M [dias] [usuário] (expira um usuário, no dia pré-determinado, requer root) Exemplo: # chage -M 20 fulano
  • 30. display [imagem.jpg] (mostra uma imagem no X, necessita do ImageMagick) Exemplo: $ display imagem. jpg convert [imagem.png] [imagem.jpg] (converte o formato .png para . jpg, necessita também do ImageMagick) Exemplo: $ convert imagem.png imagem.jpg chmod (altera permissões) Exemplo: # chmod 666 /dev/hdd mount [device] (monta um dispositivo) Exemplo: $ mount /mnt/cdrom umount [device] (desmonta um dispositivo) Exemplo: $ umount /mnt/cdrom
  • 31.  eject (abre a gaveta do cd-rom) Exemplo: $ eject /mnt/cdrom eject -t (fecha a gaveta do cdrom) Exemplo: $ eject -t /mnt/cdrom halt (desliga o PC) Exemplo: $ halt date (informa o dia e a hora) Exemplo: $ date hostname (informa o nome da máquina) Exemplo: $ hostname
  • 32.  du [diretório] (fornece o tamanho de um diretório) Exemplo: $ du pasta du -S [sub-diretórios] (fornece o tamanho do sub-diretório) Exemplo: $ du -S sub_pasta [comando] & (inicia um processo em segundo plano e deixa o terminal livre para trabalhar) Exemplo: $ gkrellm & cal (mostra um calendário do mês atual) Exemplo: $ cal cal [ano] (mostra os 12 meses de um determinado ano) Exemplo: $ cal 2005
  • 33.  last [-quantidade] (mostra informações sobre os últimos logins, onde em quantidade você indica o número de logins) Exemplo: $ last -10 tar -zxvf[arquivo.tar.gz] (descompacta um arquivo em formato .tar.gz) Exemplo: $ tar -zxvf amsn-0.94.tar.gz tar -jxvf [arquivo .tar.bz2] (descompacta um arquivo no formato .tar.bz2) Exemplo: $ tar -jxvf gkrellm-0.12.tar.bz2 clear (limpa a tela do shell) Exemplo: $ clear free (mostra detalhes sobre a memória RAM) Exemplo: $ free
  • 34.  time [comando] (mede o tempo gasto para abrir um programa) Exemplo: $ time amsn uptime (mostra o tempo desde do último boot) Exemplo: $ uptime lsattr [arquivo/diretório] (lista atributos de um arquivo ou diretório) Exemplo: $ lsattr arquivo whereis [executável/comando] (localiza o caminho de um executável/comando) Exemplo: $ whereis amsn who (mostra quem está conectado ao sistema nesse momento) Exemplo: $ who
  • 35.  wget -c [URL] (faz download de arquivo na internet) Exemplo: $ wget -c http://www.lugar.do.download/  whoami (mostra quem se logou primeiro no sistema) Exemplo: $ whoami  lspci(lista os componentes PCI do seu computador) Exemplo: $ lspci  init 6 (faz reiniciar o computador mais rápido) Exemplo: $ init 6  init 0(faz desligar o computador mais rápido) Exemplo: $ init 0  startx (inicia a interface gráfica padrão do sistema) Exemplo: $ startx