SlideShare uma empresa Scribd logo
jornal11

26.05.03

09:05

INFORMATIVO

DE

Page 3

DIVULGAÇÃO

DA

Informa

HELIOTEK

Nº

11 -

DEZEMBRO/2002

HELIOTEK LEVA
A BANDEIRA DO
BRASIL, DESTA
VEZ, À FRANÇA
A Heliotek acaba de dar mais um passo para a consolidação da
marca junto ao mercado internacional, ao expor seus produtos na
maior feira mundial de piscinas, a EUROEXPO LYON, de 13 a 15 de
novembro último, na França. Durante o evento, a empresa fechou
acordo para comercialização de seus equipamentos de aquecimento
solar e de piscinas com os dois principais distribuidores da Espanha e
de Portugal. A tecnologia desenvolvida pela Heliotek e traduzida em
produtos, como o Heliopool, o Reservatório K2, e as Bombas de
Calor de diferentes modelos e dimensões, surpreendeu e conquistou os
visitantes de 71 países. A expectativa dos diretores da empresa,
Oscar de Mattos e Ronaldo Kulb, é de que os contatos feitos em Lyon,
a exemplo dos resultados obtidos em 2001 na feira de Barcelona,
gerem importante aumento no volume de exportações no próximo ano.
Eles estimam que, este ano, as vendas para o exterior já representam
mais de U$ 3 milhões, o equivalente a 10% de sua carteira.
"O mercado europeu é muito exigente. Não basta que o fabricante
proponha produtos da mais alta qualidade, é preciso que comprove.
Nesse aspecto, a Heliotek supera as expectativas, pois além de
certificada com a ISO 9000 – considerada, lá, como condição
básica de compromisso com a qualidade –, a empresa é detentora,
também, da ISO 14000, verdadeira bandeira dos europeus na sua
função de preservação do meio ambiente", explica o gerente de
Exportações da Heliotek, Attílio Angelino que comandou as ações em
Lyon, junto com Oscar de Mattos. A participação na edição francesa
da EUROEXPO, como continuidade do trabalho internacional iniciado
em Barcelona no ano passado, foi fundamental no processo de
conquista de confiabilidade junto ao mercado.
"Mostramos, em nosso estande, produtos que comprovaram que a
Heliotek está, tecnologicamente, à altura do mercado internacional. É
o caso da Bomba de Calor TP 500 com compressor scroll, que se
destaca por ser mais silenciosa que as
demais, característica técnica relevante para
os europeus", explica Angelino. Se para o
mercado brasileiro o uso do gás ecológico
R407C nas Bombas de Calor da Heliotek

TP500 representa, ainda, uma inovação, para o europeu já é uma
obrigatoriedade legal. "Aqui, essa exigência deverá ocorrer por
volta de 2004, o que nos garante, na disputa do mercado
internacional a posição de vanguarda, pois revelamos que já
estamos produzindo no Brasil e temos esse equipamento para
exportar, com a mesma qualidade dos europeus", comenta.
Acompanhando tendência da maioria dos expositores, a Heliotek
expôs sua Bomba de Calor TI 800, com trocador de calor de
titânio, mais resistente ao desgaste mecânico. "Todos os fabricantes
fazem questão de levar equipamentos que utilizam o titânio, por isso
foi interessante apresentar o nosso nessa que é a feira mais
importante do setor no mundo", diz o gerente, acrescentando que o
produto que mais atraiu a atenção dos visitantes foi o Heliopool por
suas características mecânicas e eficiência térmica. "Até mesmo os
fabricantes de produtos correlatos aplaudiram o equipamento que
desenvolvemos. Registramos vários pedidos de orçamentos em
decorrência da inovação e qualidade do Heliopool", conclui.

"Orgulhosamente produzido no Brasil,
com a qualidade mundial Heliotek".
Atendimento ao cliente:
0800 148333
www.heliotek.com.br
jornal11

26.05.03

09:05

Page 4

Fidelidade, uma ética
necessária
As relações comerciais, reproduzindo as relações
humanas de modo geral, estão longe da perfeição. Mas,
há um senso ético universal que todos nós,
indistintamente, reconhecemos em nosso e no
comportamento alheio. Entre os pilares da ética, a
fidelidade é, para a maioria das empresas e das
pessoas, o bem mais valioso. Fidelidade rima com
honestidade, transparência, constância. É conduta que
exige, em contrapartida, credibilidade. Parceiros
comerciais escolhem ser fiéis a partir de critérios
conhecidos de todos, como qualidade do produto
oferecido; boas condições de negociação de preços e
prazo de entrega; e disponibilidade no desenvolvimento
de soluções técnicas.
O Informe Heliotek, na sessão ‘Entrevista’ tem revelado
relações de fidelidade de nossa empresa com
fornecedores que, ao longo dos últimos anos, participam
do sucesso dos produtos Heliotek no mercado. É essa
fidelidade que nos permite desenvolver novas tecnologias
e liderar o ranking de inovações no setor. Fiéis a eles e,
eles, fiéis a nós, estão permanentemente à disposição
para criar matérias-primas e componentes fundamentais
aos novos produtos. Para os fornecedores e para a
Heliotek, associar publicamente o nome de nossas
empresas é motivo de orgulho, é a confirmação diante do
mercado de uma relação saudável e comprometida.
Na distribuição, independente do ramo de produção, as
bandeiras estão aí para serem fidelizadas. São
estabelecidos acordos de confiança que só se rompem
quando uma das partes perde a credibilidade.
Quem concede a bandeira tem deveres, como o de
oferecer produtos de qualidade e, de preferência, de
qualidade certificada; manter o diálogo aberto, aceitando
sugestões e negociando todas as possibilidades, sempre;
propor novos produtos e aceitar desafios técnicos.
Quem concede a bandeira, cumpridas as regras, tem o
direito fundamental de controlar o uso da marca e exigir
fidelidade.
Quem adota a bandeira tem o dever de ser fiel.
A Heliotek se congratula com todos os seus parceiros –
fornecedores, revendas e clientes. E deseja que, em
2003, possamos criar e usufruir, juntos, do melhor de
nossa relação – a fidelidade, a credibilidade!

"Alta qualidade e
reconhecimento nacional"
A Termomecânica, empresa líder do setor de transformação
de metais não-ferrosos, mantêm saudável parceria com a
Heliotek. Seu diretor comercial, Luis Carlos Rabello, comenta,
aqui, esse relacionamento comercial "transparente e
baseado em respeito mútuo" entre as empresas.
Há quanto tempo a Termomecânica atua no mercado brasileiro e quais
seus principais produtos?
A Termomecânica atua no mercado há 60 anos, completados neste ano
de 2002, produzindo semi-elaborados de cobre e suas ligas (tubos de
cobre, laminados, vergalhões e fios de latão, cobre e bronze).
Qual a posição da Termomecânica no mercado brasileiro?
A Termomecânica é a líder brasileira no setor de transformação de
metais não-ferrosos (cobre e suas ligas).
Como a Termomecânica se tornou fornecedora exclusiva da Heliotek?
Devido à qualidade de seus produtos, à sua política de bons preços e
ao seu atendimento eficiente.
Como funciona essa parceria entre a Termomecânica e a Heliotek?
A parceria entre a Termomecânica e a Heliotek é muito transparente e
baseada em respeito mútuo.
A Termomecânica já desenvolveu algum produto exclusivo para a
Heliotek?
A Termomecânica já desenvolveu tubos de cobre para linha de
aquecedor solar com tecnologia de ponta, sendo a Heliotek um dos
primeiros e principais consumidores.
Como o sr. define a Heliotek e o relacionamento com a
Termomecânica?
A Heliotek é um parceiro comercial que muito nos honra, e o
relacionamento entre as duas empresas é pautado por profissionalismo.
Qual a importância da associação entre as duas marcas?
Sendo a Heliotek fabricante de aquecedor solar de alta qualidade e
reconhecimento nacional, sentimos em seus produtos a extensão de
nosso próprio produto.
Quais as perspectivas da Termomecânica quanto ao quadro econômico
do país?
A Termomecânica gostaria de que o país tivesse um crescimento
econômico, favorecendo a geração de empregos e o aumento das
exportações.

Oscar de Mattos – diretor Técnico
José Ronaldo Kulb – diretor Comercial
HELIOTEK INFORMA – Publicação bimestral da Heliotek Máquinas e Equipamentos Ltda. (público externo). Av. Gupê, 10767 (alt. do km 31 da rodovia Castelo Branco, sentido interior/
São Paulo), cep 06420-440, Barueri, São Paulo, fone (11) 4789 9100, fax (11) 4789 4100, DDG 0800 148333, www.heliotek.com.br
Jornalista Responsável: Hosana Pedroso (MTB11 656); Projeto Gráfico e Diagramação: MG Produções Gráficas; Tiragem: 2 mil exemplares; Distribuição Gratuita.

2
jornal11

26.05.03

09:05

Page 5

Obra

HELIOTEK

INSTALA O MAIOR
SISTEMA DE AQUECIMENTO
SOLAR DO RJ

O edifício sede do Jockey Club do Rio de Janeiro, localizado
no centro da cidade, foi beneficiado por um amplo projeto
economizador de energia elétrica, envolvendo sistemas de
aquecimento solar, de iluminação e gerenciamento de
automação de energia. A Heliotek foi escolhida para
participar do projeto e instalar 120 coletores solares modelo
MK6VC para o aquecimento de 12 mil litros de água,
através de três reservatórios com 4 mil litros cada. A
instalação é considerada a maior existente no Rio de Janeiro,
colaborando para o resultado final de 29% de economia de
energia elétrica no edifício de 13 pavimentos. A água
aquecida é utilizada nos vestiários do Jockey que mantêm no
prédio atividades de lazer para os sócios e nas cozinhas dos
restaurantes.
A Ecoluz, consultoria especializada em eficiência energética,
foi a gerenciadora do projeto financiado pela Light,
concessionária de distribuição de energia do estado do Rio.
"O projeto começa com a obrigatoriedade estabelecida pela
ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica – de as
concessionárias de energia investirem 0,5% da sua receita
operacional líquida em projetos economizadores de energia.
Identificamos no prédio do Jockey Club a necessidade de
redução nos gastos e buscamos financiamento junto à Light
com quem temos parceria", explica Ricardo David, diretor
presidente da Ecoluz, líder brasileira no ranking das empresas
‘esco’ – especializadas em eficiência energética e
remuneradas de acordo com a economia obtida em cada
projeto.
"A Heliotek foi a empresa que apresentou a melhor relação
técnica-comercial. Ficamos muito satisfeitos com o trabalho da
Heliotek, que por ser uma empresa com qualidade mundial e
líder de mercado, nos deu muita tranqüilidade quanto a
qualidade dos equipamentos e serviços prestados. O sistema
está funcionando com ótima performance e o resultado é o
previsto", comenta Ricardo David. Dimensionado pela
consultoria mineira Agência Energia, o sistema produzido e
instalado pela Heliotek é constituído por três reservatórios de
4 mil litros ligados em série, permitindo um melhor
aproveitamento do
aquecimento da água.
Os reservatórios de
baixa pressão,
produzidos em aço
inoxidável, suportam até
5 m de coluna d´àgua.
A obra tem cerca
200 m2 de área de
coletores solares,
equivalente a

120 painéis. "O sistema
utiliza duas prumadas de
circulação, sendo uma
horizontal na parte superior
do prédio e, outra, na
vertical, através dos 13
pavimentos. O objetivo da
circulação de prumada é
manter a água quente
próxima aos pontos de
consumo", explica Gerson
Corrêa Carvalho, gerente
de Assistência Técnica da
Heliotek que coordenou a
obra. Foi implantado apoio elétrico composto por nove
resistências, de 5 Kw cada, totalizando 45 Kw.
Durante a instalação, a dificuldade de erguer os grandes
reservatórios para a laje do edifício, a 40 m de altura,
agravada por sua localização em área central e
movimentada, foi vencida com o uso de guindastes.
"Montamos, ainda, o painel de comando que permite à
Ecoluz controlar o sistema à distância: do escritório, em outro
ponto da cidade, monitoram o consumo de energia dos
reservatórios e o seu funcionamento", revela Carvalho.
Para a Heliotek obra do Jockey Club do Rio de Janeiro foi
bastante interessante e de grande sucesso. Após o teste final,
o sistema respondeu imediatamente, comprovando ótimo
desempenho.
Todo o conjunto de medidas adotadas pela Ecoluz para a
redução no uso de energia elétrica resultará em economia de
R$ 170 mil por ano, o equivalente a 29% de economia.
Desse total, 14% se refere ao sistema de energia solar.
"Parece pouco, porém, temos que lembrar que,
proporcionalmente, o uso de energia para aquecimento de
água no Jockey é bem menor que o da iluminação que
funciona quase 24 horas por dia", diz Ricardo David.
Segundo ele, o investimento feito pela Light será pago pelo
clube em cinco anos e corresponderá ao percentual de
economia poupada com a implantação do projeto", afirma
Ricardo David.

3
jornal11

26.05.03

09:06

Page 2

OPORTUNIDADE

NOVO

ESQUEMA DE
INSTALAÇÃO DO K2

PARA CRESCER

Os últimos 10 anos foram
fundamentais na vida de Elias Batalha
de Lima funcionário da Heliotek.
Nesse período, ele teve a
oportunidade de se profissionalizar e
evoluir. "Cresci e vi a Heliotek crescer
muito desde que estou aqui", diz Elias
que começou como ajudante, passou
a serralheiro e, hoje, é líder de grupo
no setor de solda dos reservatórios.
Quando Elias conquistou seu emprego
na Heliotek a empresa era menor, "não tinha, ainda, as chefias
intermediárias, era eu e os diretores". Depois de dois anos
trabalhando como ajudante, recebeu a proposta do diretor Oscar
de Mattos, para se especializar na função de soldador, atividade
que passou a ser realizada internamente com a aquisição de novos
equipamentos de solda. "O fornecedor do equipamento ofereceu o
curso. Agarrei a oportunidade, aprendi a função e o conhecimento
que adquiri foi reconhecido", lembra Elias que, em seguida, passou
a treinar os demais colegas de trabalho.
Casado com Sueli e com dois filhos – João Vitor de oito e Felipe
de 17 anos – Elias quer que os filhos completem os estudos,
chegando até a universidade. "Eu não tive chance de estudar, mas
quero muito que meus filhos se formem", planeja.

O K2 – Aquecedor Solar Anticongelamento da Heliotek tem,
agora, uma nova disposição de instalação. Para chegar ao
novo padrão de instalação homologado pela empresa, foram
realizados diversos testes, considerando praticamente todas
as possibilidades. O esquema abaixo, mostra como instalar o
K2 para a obtenção da máxima eficiência e flexibilidade em
uma posição singular dos coletores e do reservatório.

Para pensar
por Oscar de Mattos

COMETAS

A Astronomia sempre
me interessou, talvez
por isso, tenha me
formado em Física e escolhido o Sol como o nosso ganha-pão –
pão que alimenta as pessoas, pessoas que também se
comportam como corpos celestes. Algum tempo atrás, um
anônimo definiu bem estas similaridades:
Há pessoas estrelas. Há pessoas cometas. Os cometas passam
e são lembrados, apenas, pelas datas que passam e retornam.
As estrelas permanecem. Os cometas desaparecem.
Há muita gente cometa. Passam por nossa vida apenas por
instantes, não prendem ninguém e a ninguém se prendem –
gente sem amigos. Gente que passa pela vida sem iluminar, sem
aquecer, sem marcar presença. Assim como rapazes e moças
que se enamoram e se deixam, com a maior facilidade. Ou,
como as pessoas que vivem numa mesma família e que passam
pelo outro sem serem presença.

E

ESTRELAS

Importante é ser estrela.
Estar presente, junto. Ser
luz e calor. Ser vida.
Amigo é estrela. Podem passar os anos, podem surgir distâncias,
mas a marca fica no coração. Coração que não quer enamorarse de cometas – esses atraem apenas olhares passageiros
É preciso criar um mundo de estrelas. Todos os dias poder contar
com elas, ver sua luz e sentir seu calor. Assim são os amigos,
estrelas na vida da gente. Pode-se contar com eles. Eles são uma
presença. São luz nos momentos escuros. São pão nos momentos
de fraqueza. São segurança nos momentos de desânimo.
Olhando os cometas é bom não sentir-se como eles. Olhando os
cometas é bom sentir-se estrela. Marcar presença. Ter vivido e
construído uma história pessoal. Ter sido luz para muitos amigos.
Ter sido calor para muitos corações. Ser estrela neste mundo
passageiro, neste mundo cheio de pessoas cometas é um
desafio, mas, acima de tudo, uma recompensa.
É nascer e ter vivido, e não apenas existido.
EMPRESA ASSOCIADA

4

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Revista GBC Brasil | 3ª Edição | 2015
Revista GBC Brasil | 3ª Edição | 2015Revista GBC Brasil | 3ª Edição | 2015
Revista GBC Brasil | 3ª Edição | 2015
Green Building Council Brasil
 
Revista GBC Brasil | 15ª Edição | 2017
Revista GBC Brasil | 15ª Edição | 2017Revista GBC Brasil | 15ª Edição | 2017
Revista GBC Brasil | 15ª Edição | 2017
Green Building Council Brasil
 
Sustentabilidade
SustentabilidadeSustentabilidade
Sustentabilidade
Epitacio Gomes
 
Existe Retorno Financeiro em Empreendimentos que Adotam a Certificação LEED n...
Existe Retorno Financeiro em Empreendimentos que Adotam a Certificação LEED n...Existe Retorno Financeiro em Empreendimentos que Adotam a Certificação LEED n...
Existe Retorno Financeiro em Empreendimentos que Adotam a Certificação LEED n...
Green Building Council Brasil
 
Release sbs empreendimentos_julho
Release sbs empreendimentos_julhoRelease sbs empreendimentos_julho
Release sbs empreendimentos_julho
Jornal Tudorondonia
 
Jornal2b
Jornal2bJornal2b
Jornal2b
bene piscinas
 
ANTEROS ANGOLA BROCHURA
ANTEROS ANGOLA BROCHURAANTEROS ANGOLA BROCHURA
ANTEROS ANGOLA BROCHURA
ADSO Agência de Comunicação Global
 

Mais procurados (7)

Revista GBC Brasil | 3ª Edição | 2015
Revista GBC Brasil | 3ª Edição | 2015Revista GBC Brasil | 3ª Edição | 2015
Revista GBC Brasil | 3ª Edição | 2015
 
Revista GBC Brasil | 15ª Edição | 2017
Revista GBC Brasil | 15ª Edição | 2017Revista GBC Brasil | 15ª Edição | 2017
Revista GBC Brasil | 15ª Edição | 2017
 
Sustentabilidade
SustentabilidadeSustentabilidade
Sustentabilidade
 
Existe Retorno Financeiro em Empreendimentos que Adotam a Certificação LEED n...
Existe Retorno Financeiro em Empreendimentos que Adotam a Certificação LEED n...Existe Retorno Financeiro em Empreendimentos que Adotam a Certificação LEED n...
Existe Retorno Financeiro em Empreendimentos que Adotam a Certificação LEED n...
 
Release sbs empreendimentos_julho
Release sbs empreendimentos_julhoRelease sbs empreendimentos_julho
Release sbs empreendimentos_julho
 
Jornal2b
Jornal2bJornal2b
Jornal2b
 
ANTEROS ANGOLA BROCHURA
ANTEROS ANGOLA BROCHURAANTEROS ANGOLA BROCHURA
ANTEROS ANGOLA BROCHURA
 

Destaque

Jornal15
Jornal15Jornal15
Jornal15
bene piscinas
 
Manual solar julho_2012_web
Manual solar julho_2012_webManual solar julho_2012_web
Manual solar julho_2012_web
bene piscinas
 
Jornal14
Jornal14Jornal14
Jornal14
bene piscinas
 
Jornal16
Jornal16Jornal16
Jornal16
bene piscinas
 
Mozinar local superhero
Mozinar   local superheroMozinar   local superhero
Mozinar local superhero
George Draghici
 
Simple present future
Simple present futureSimple present future
Simple present future
dini 02
 
Please Pass the Hammer
Please Pass the HammerPlease Pass the Hammer
Please Pass the Hammer
Courtney Paddick
 
UX by the numbers: Discovering the why from numbers
UX by the numbers: Discovering the why from numbersUX by the numbers: Discovering the why from numbers
UX by the numbers: Discovering the why from numbers
UXPA UK
 
Introduccion a la expoteca
Introduccion a la expotecaIntroduccion a la expoteca
Introduccion a la expoteca
FortunatoCordoba
 
How can iWOT support thin training markets - EYEQ - 251013
How can iWOT support thin training markets - EYEQ - 251013How can iWOT support thin training markets - EYEQ - 251013
How can iWOT support thin training markets - EYEQ - 251013
Vanguard Visions
 
Mapa mental
Mapa mentalMapa mental
Mapa mental
mariamancra
 
Modele scara
Modele scaraModele scara
Modele scara
Mouna Souissi
 
Mascaras proyecto de aula
Mascaras proyecto de aulaMascaras proyecto de aula
Mascaras proyecto de aula
Thalia Martinez
 
Pipe a bjerez
Pipe a bjerezPipe a bjerez
Pipe a bjerez
samuelcdr
 
Bed and Breakfast Lucca
Bed and Breakfast  LuccaBed and Breakfast  Lucca
Bed and Breakfast Lucca
Bed & Breakfast Lucca Fora
 
Ud1 redes locales
Ud1 redes localesUd1 redes locales
Ud1 redes locales
carmenrico14
 
La Naturaleza
La NaturalezaLa Naturaleza
La Naturaleza
doragil
 
Estrategias FB, Twitter (mezcla de diapositivas)
Estrategias FB, Twitter (mezcla de diapositivas)Estrategias FB, Twitter (mezcla de diapositivas)
Estrategias FB, Twitter (mezcla de diapositivas)
Mariel Garcia M
 
Forum Social Mundial
Forum Social MundialForum Social Mundial
Forum Social Mundial
rparamo
 

Destaque (20)

Jornal15
Jornal15Jornal15
Jornal15
 
Manual solar julho_2012_web
Manual solar julho_2012_webManual solar julho_2012_web
Manual solar julho_2012_web
 
Jornal14
Jornal14Jornal14
Jornal14
 
Jornal16
Jornal16Jornal16
Jornal16
 
Mozinar local superhero
Mozinar   local superheroMozinar   local superhero
Mozinar local superhero
 
Simple present future
Simple present futureSimple present future
Simple present future
 
Jornal13
Jornal13Jornal13
Jornal13
 
Please Pass the Hammer
Please Pass the HammerPlease Pass the Hammer
Please Pass the Hammer
 
UX by the numbers: Discovering the why from numbers
UX by the numbers: Discovering the why from numbersUX by the numbers: Discovering the why from numbers
UX by the numbers: Discovering the why from numbers
 
Introduccion a la expoteca
Introduccion a la expotecaIntroduccion a la expoteca
Introduccion a la expoteca
 
How can iWOT support thin training markets - EYEQ - 251013
How can iWOT support thin training markets - EYEQ - 251013How can iWOT support thin training markets - EYEQ - 251013
How can iWOT support thin training markets - EYEQ - 251013
 
Mapa mental
Mapa mentalMapa mental
Mapa mental
 
Modele scara
Modele scaraModele scara
Modele scara
 
Mascaras proyecto de aula
Mascaras proyecto de aulaMascaras proyecto de aula
Mascaras proyecto de aula
 
Pipe a bjerez
Pipe a bjerezPipe a bjerez
Pipe a bjerez
 
Bed and Breakfast Lucca
Bed and Breakfast  LuccaBed and Breakfast  Lucca
Bed and Breakfast Lucca
 
Ud1 redes locales
Ud1 redes localesUd1 redes locales
Ud1 redes locales
 
La Naturaleza
La NaturalezaLa Naturaleza
La Naturaleza
 
Estrategias FB, Twitter (mezcla de diapositivas)
Estrategias FB, Twitter (mezcla de diapositivas)Estrategias FB, Twitter (mezcla de diapositivas)
Estrategias FB, Twitter (mezcla de diapositivas)
 
Forum Social Mundial
Forum Social MundialForum Social Mundial
Forum Social Mundial
 

Semelhante a Jornal11b

Heliotek informa 19
Heliotek informa 19Heliotek informa 19
Heliotek informa 19
bene piscinas
 
Jornal9b
Jornal9bJornal9b
Jornal9b
bene piscinas
 
Jornal6b
Jornal6bJornal6b
Jornal6b
bene piscinas
 
Heliotek informa 20
Heliotek informa 20Heliotek informa 20
Heliotek informa 20
bene piscinas
 
Jornal3b
Jornal3bJornal3b
Jornal3b
bene piscinas
 
Área: Sociedade, Tecnologia e Ciência NÚCLEO GERADOR 2: SISTEMAS AMBIENTAIS D...
Área: Sociedade, Tecnologia e Ciência NÚCLEO GERADOR 2: SISTEMAS AMBIENTAIS D...Área: Sociedade, Tecnologia e Ciência NÚCLEO GERADOR 2: SISTEMAS AMBIENTAIS D...
Área: Sociedade, Tecnologia e Ciência NÚCLEO GERADOR 2: SISTEMAS AMBIENTAIS D...
Bruno Oliveira
 
Case do Ecotelhado no 1º Seminário PEIEX
Case do Ecotelhado no 1º Seminário PEIEXCase do Ecotelhado no 1º Seminário PEIEX
Case do Ecotelhado no 1º Seminário PEIEX
Fabulosa Ideia
 
Case Ecotelhado - 1º Seminário PEIEX
Case Ecotelhado - 1º Seminário PEIEXCase Ecotelhado - 1º Seminário PEIEX
Case Ecotelhado - 1º Seminário PEIEX
Fabulosa Ideia
 
Case Ecotelhado - 1º Seminário PEIEX
Case Ecotelhado - 1º Seminário PEIEXCase Ecotelhado - 1º Seminário PEIEX
Case Ecotelhado - 1º Seminário PEIEX
Fabulosa Ideia
 
LED Futuro Iluminado
LED Futuro IluminadoLED Futuro Iluminado
LED Futuro Iluminado
Flavio Casemiro
 
Led futuro iluminado - Mercado de LED no Brasil
Led futuro iluminado - Mercado de LED no BrasilLed futuro iluminado - Mercado de LED no Brasil
Led futuro iluminado - Mercado de LED no Brasil
Flavio Casemiro
 
Catalogo baxiroca
Catalogo baxirocaCatalogo baxiroca
Catalogo baxiroca
Leonor_Lopes
 
Inovação em Tribologia
Inovação em TribologiaInovação em Tribologia
Heliotek informa 23
Heliotek informa 23Heliotek informa 23
Heliotek informa 23
bene piscinas
 
Caso Belgo Bekaert: - Estratégia de Inovação
Caso Belgo Bekaert: - Estratégia de InovaçãoCaso Belgo Bekaert: - Estratégia de Inovação
Caso Belgo Bekaert: - Estratégia de Inovação
Fundação Dom Cabral - FDC
 
Tyco Inova, edição 4
Tyco Inova, edição 4Tyco Inova, edição 4
Tyco Inova, edição 4
Felipe Albuquerque
 
Wind Power Summit
Wind Power SummitWind Power Summit
Wind Power Summit
InformaGroup
 
Folheto_Institucional
Folheto_InstitucionalFolheto_Institucional
Folheto_Institucional
Mario Paul Loureiro
 
Xylem Portugal - Entrevista Duarte Ferreira
Xylem Portugal - Entrevista Duarte FerreiraXylem Portugal - Entrevista Duarte Ferreira
Xylem Portugal - Entrevista Duarte Ferreira
Duarte Ferreira
 
Inovar-Auto
Inovar-AutoInovar-Auto
Inovar-Auto
glau2
 

Semelhante a Jornal11b (20)

Heliotek informa 19
Heliotek informa 19Heliotek informa 19
Heliotek informa 19
 
Jornal9b
Jornal9bJornal9b
Jornal9b
 
Jornal6b
Jornal6bJornal6b
Jornal6b
 
Heliotek informa 20
Heliotek informa 20Heliotek informa 20
Heliotek informa 20
 
Jornal3b
Jornal3bJornal3b
Jornal3b
 
Área: Sociedade, Tecnologia e Ciência NÚCLEO GERADOR 2: SISTEMAS AMBIENTAIS D...
Área: Sociedade, Tecnologia e Ciência NÚCLEO GERADOR 2: SISTEMAS AMBIENTAIS D...Área: Sociedade, Tecnologia e Ciência NÚCLEO GERADOR 2: SISTEMAS AMBIENTAIS D...
Área: Sociedade, Tecnologia e Ciência NÚCLEO GERADOR 2: SISTEMAS AMBIENTAIS D...
 
Case do Ecotelhado no 1º Seminário PEIEX
Case do Ecotelhado no 1º Seminário PEIEXCase do Ecotelhado no 1º Seminário PEIEX
Case do Ecotelhado no 1º Seminário PEIEX
 
Case Ecotelhado - 1º Seminário PEIEX
Case Ecotelhado - 1º Seminário PEIEXCase Ecotelhado - 1º Seminário PEIEX
Case Ecotelhado - 1º Seminário PEIEX
 
Case Ecotelhado - 1º Seminário PEIEX
Case Ecotelhado - 1º Seminário PEIEXCase Ecotelhado - 1º Seminário PEIEX
Case Ecotelhado - 1º Seminário PEIEX
 
LED Futuro Iluminado
LED Futuro IluminadoLED Futuro Iluminado
LED Futuro Iluminado
 
Led futuro iluminado - Mercado de LED no Brasil
Led futuro iluminado - Mercado de LED no BrasilLed futuro iluminado - Mercado de LED no Brasil
Led futuro iluminado - Mercado de LED no Brasil
 
Catalogo baxiroca
Catalogo baxirocaCatalogo baxiroca
Catalogo baxiroca
 
Inovação em Tribologia
Inovação em TribologiaInovação em Tribologia
Inovação em Tribologia
 
Heliotek informa 23
Heliotek informa 23Heliotek informa 23
Heliotek informa 23
 
Caso Belgo Bekaert: - Estratégia de Inovação
Caso Belgo Bekaert: - Estratégia de InovaçãoCaso Belgo Bekaert: - Estratégia de Inovação
Caso Belgo Bekaert: - Estratégia de Inovação
 
Tyco Inova, edição 4
Tyco Inova, edição 4Tyco Inova, edição 4
Tyco Inova, edição 4
 
Wind Power Summit
Wind Power SummitWind Power Summit
Wind Power Summit
 
Folheto_Institucional
Folheto_InstitucionalFolheto_Institucional
Folheto_Institucional
 
Xylem Portugal - Entrevista Duarte Ferreira
Xylem Portugal - Entrevista Duarte FerreiraXylem Portugal - Entrevista Duarte Ferreira
Xylem Portugal - Entrevista Duarte Ferreira
 
Inovar-Auto
Inovar-AutoInovar-Auto
Inovar-Auto
 

Mais de bene piscinas

Fluxoturbo para-hidromassagem-geracao-ii
Fluxoturbo para-hidromassagem-geracao-iiFluxoturbo para-hidromassagem-geracao-ii
Fluxoturbo para-hidromassagem-geracao-ii
bene piscinas
 
Ne 0052 13_b_folheto_lanamento_3
Ne 0052 13_b_folheto_lanamento_3Ne 0052 13_b_folheto_lanamento_3
Ne 0052 13_b_folheto_lanamento_3
bene piscinas
 
Manual tcnico motobomba_nbf_web
Manual tcnico motobomba_nbf_webManual tcnico motobomba_nbf_web
Manual tcnico motobomba_nbf_web
bene piscinas
 
Linha aquecimento de água nautilus
Linha aquecimento de água nautilusLinha aquecimento de água nautilus
Linha aquecimento de água nautilus
bene piscinas
 
Af ne 0026_13_j_folheto_filtros__motobombas
Af ne 0026_13_j_folheto_filtros__motobombasAf ne 0026_13_j_folheto_filtros__motobombas
Af ne 0026_13_j_folheto_filtros__motobombas
bene piscinas
 
Catalogo geral schneider franklin
Catalogo geral schneider franklinCatalogo geral schneider franklin
Catalogo geral schneider franklin
bene piscinas
 
Catálogo de bombas jacuzzi
Catálogo de bombas   jacuzziCatálogo de bombas   jacuzzi
Catálogo de bombas jacuzzi
bene piscinas
 
Serie tp reformulado
Serie tp reformuladoSerie tp reformulado
Serie tp reformulado
bene piscinas
 
Serie fit reformulado
Serie fit reformuladoSerie fit reformulado
Serie fit reformuladobene piscinas
 
Serie cfa reformulado
Serie cfa reformuladoSerie cfa reformulado
Serie cfa reformulado
bene piscinas
 
Desenho indicativo filtros_areia1
Desenho indicativo filtros_areia1Desenho indicativo filtros_areia1
Desenho indicativo filtros_areia1
bene piscinas
 
Manual aquecedor solar
Manual aquecedor solarManual aquecedor solar
Manual aquecedor solar
bene piscinas
 
Manual heliopool imagem
Manual heliopool imagemManual heliopool imagem
Manual heliopool imagem
bene piscinas
 
Jornal1b
Jornal1bJornal1b
Jornal1b
bene piscinas
 

Mais de bene piscinas (16)

Fluxoturbo para-hidromassagem-geracao-ii
Fluxoturbo para-hidromassagem-geracao-iiFluxoturbo para-hidromassagem-geracao-ii
Fluxoturbo para-hidromassagem-geracao-ii
 
Ne 0052 13_b_folheto_lanamento_3
Ne 0052 13_b_folheto_lanamento_3Ne 0052 13_b_folheto_lanamento_3
Ne 0052 13_b_folheto_lanamento_3
 
Manual tcnico motobomba_nbf_web
Manual tcnico motobomba_nbf_webManual tcnico motobomba_nbf_web
Manual tcnico motobomba_nbf_web
 
Linha aquecimento de água nautilus
Linha aquecimento de água nautilusLinha aquecimento de água nautilus
Linha aquecimento de água nautilus
 
Af ne 0026_13_j_folheto_filtros__motobombas
Af ne 0026_13_j_folheto_filtros__motobombasAf ne 0026_13_j_folheto_filtros__motobombas
Af ne 0026_13_j_folheto_filtros__motobombas
 
Catalogo geral schneider franklin
Catalogo geral schneider franklinCatalogo geral schneider franklin
Catalogo geral schneider franklin
 
Catálogo de bombas jacuzzi
Catálogo de bombas   jacuzziCatálogo de bombas   jacuzzi
Catálogo de bombas jacuzzi
 
Serie tp reformulado
Serie tp reformuladoSerie tp reformulado
Serie tp reformulado
 
Serie fit reformulado
Serie fit reformuladoSerie fit reformulado
Serie fit reformulado
 
Serie cfa reformulado
Serie cfa reformuladoSerie cfa reformulado
Serie cfa reformulado
 
Desenho indicativo filtros_areia1
Desenho indicativo filtros_areia1Desenho indicativo filtros_areia1
Desenho indicativo filtros_areia1
 
Manual aquecedor solar
Manual aquecedor solarManual aquecedor solar
Manual aquecedor solar
 
Manual heliotemp
Manual heliotempManual heliotemp
Manual heliotemp
 
Manual heliopool imagem
Manual heliopool imagemManual heliopool imagem
Manual heliopool imagem
 
Jornal1b
Jornal1bJornal1b
Jornal1b
 
Heliotek informa 24
Heliotek informa 24Heliotek informa 24
Heliotek informa 24
 

Jornal11b

  • 1. jornal11 26.05.03 09:05 INFORMATIVO DE Page 3 DIVULGAÇÃO DA Informa HELIOTEK Nº 11 - DEZEMBRO/2002 HELIOTEK LEVA A BANDEIRA DO BRASIL, DESTA VEZ, À FRANÇA A Heliotek acaba de dar mais um passo para a consolidação da marca junto ao mercado internacional, ao expor seus produtos na maior feira mundial de piscinas, a EUROEXPO LYON, de 13 a 15 de novembro último, na França. Durante o evento, a empresa fechou acordo para comercialização de seus equipamentos de aquecimento solar e de piscinas com os dois principais distribuidores da Espanha e de Portugal. A tecnologia desenvolvida pela Heliotek e traduzida em produtos, como o Heliopool, o Reservatório K2, e as Bombas de Calor de diferentes modelos e dimensões, surpreendeu e conquistou os visitantes de 71 países. A expectativa dos diretores da empresa, Oscar de Mattos e Ronaldo Kulb, é de que os contatos feitos em Lyon, a exemplo dos resultados obtidos em 2001 na feira de Barcelona, gerem importante aumento no volume de exportações no próximo ano. Eles estimam que, este ano, as vendas para o exterior já representam mais de U$ 3 milhões, o equivalente a 10% de sua carteira. "O mercado europeu é muito exigente. Não basta que o fabricante proponha produtos da mais alta qualidade, é preciso que comprove. Nesse aspecto, a Heliotek supera as expectativas, pois além de certificada com a ISO 9000 – considerada, lá, como condição básica de compromisso com a qualidade –, a empresa é detentora, também, da ISO 14000, verdadeira bandeira dos europeus na sua função de preservação do meio ambiente", explica o gerente de Exportações da Heliotek, Attílio Angelino que comandou as ações em Lyon, junto com Oscar de Mattos. A participação na edição francesa da EUROEXPO, como continuidade do trabalho internacional iniciado em Barcelona no ano passado, foi fundamental no processo de conquista de confiabilidade junto ao mercado. "Mostramos, em nosso estande, produtos que comprovaram que a Heliotek está, tecnologicamente, à altura do mercado internacional. É o caso da Bomba de Calor TP 500 com compressor scroll, que se destaca por ser mais silenciosa que as demais, característica técnica relevante para os europeus", explica Angelino. Se para o mercado brasileiro o uso do gás ecológico R407C nas Bombas de Calor da Heliotek TP500 representa, ainda, uma inovação, para o europeu já é uma obrigatoriedade legal. "Aqui, essa exigência deverá ocorrer por volta de 2004, o que nos garante, na disputa do mercado internacional a posição de vanguarda, pois revelamos que já estamos produzindo no Brasil e temos esse equipamento para exportar, com a mesma qualidade dos europeus", comenta. Acompanhando tendência da maioria dos expositores, a Heliotek expôs sua Bomba de Calor TI 800, com trocador de calor de titânio, mais resistente ao desgaste mecânico. "Todos os fabricantes fazem questão de levar equipamentos que utilizam o titânio, por isso foi interessante apresentar o nosso nessa que é a feira mais importante do setor no mundo", diz o gerente, acrescentando que o produto que mais atraiu a atenção dos visitantes foi o Heliopool por suas características mecânicas e eficiência térmica. "Até mesmo os fabricantes de produtos correlatos aplaudiram o equipamento que desenvolvemos. Registramos vários pedidos de orçamentos em decorrência da inovação e qualidade do Heliopool", conclui. "Orgulhosamente produzido no Brasil, com a qualidade mundial Heliotek". Atendimento ao cliente: 0800 148333 www.heliotek.com.br
  • 2. jornal11 26.05.03 09:05 Page 4 Fidelidade, uma ética necessária As relações comerciais, reproduzindo as relações humanas de modo geral, estão longe da perfeição. Mas, há um senso ético universal que todos nós, indistintamente, reconhecemos em nosso e no comportamento alheio. Entre os pilares da ética, a fidelidade é, para a maioria das empresas e das pessoas, o bem mais valioso. Fidelidade rima com honestidade, transparência, constância. É conduta que exige, em contrapartida, credibilidade. Parceiros comerciais escolhem ser fiéis a partir de critérios conhecidos de todos, como qualidade do produto oferecido; boas condições de negociação de preços e prazo de entrega; e disponibilidade no desenvolvimento de soluções técnicas. O Informe Heliotek, na sessão ‘Entrevista’ tem revelado relações de fidelidade de nossa empresa com fornecedores que, ao longo dos últimos anos, participam do sucesso dos produtos Heliotek no mercado. É essa fidelidade que nos permite desenvolver novas tecnologias e liderar o ranking de inovações no setor. Fiéis a eles e, eles, fiéis a nós, estão permanentemente à disposição para criar matérias-primas e componentes fundamentais aos novos produtos. Para os fornecedores e para a Heliotek, associar publicamente o nome de nossas empresas é motivo de orgulho, é a confirmação diante do mercado de uma relação saudável e comprometida. Na distribuição, independente do ramo de produção, as bandeiras estão aí para serem fidelizadas. São estabelecidos acordos de confiança que só se rompem quando uma das partes perde a credibilidade. Quem concede a bandeira tem deveres, como o de oferecer produtos de qualidade e, de preferência, de qualidade certificada; manter o diálogo aberto, aceitando sugestões e negociando todas as possibilidades, sempre; propor novos produtos e aceitar desafios técnicos. Quem concede a bandeira, cumpridas as regras, tem o direito fundamental de controlar o uso da marca e exigir fidelidade. Quem adota a bandeira tem o dever de ser fiel. A Heliotek se congratula com todos os seus parceiros – fornecedores, revendas e clientes. E deseja que, em 2003, possamos criar e usufruir, juntos, do melhor de nossa relação – a fidelidade, a credibilidade! "Alta qualidade e reconhecimento nacional" A Termomecânica, empresa líder do setor de transformação de metais não-ferrosos, mantêm saudável parceria com a Heliotek. Seu diretor comercial, Luis Carlos Rabello, comenta, aqui, esse relacionamento comercial "transparente e baseado em respeito mútuo" entre as empresas. Há quanto tempo a Termomecânica atua no mercado brasileiro e quais seus principais produtos? A Termomecânica atua no mercado há 60 anos, completados neste ano de 2002, produzindo semi-elaborados de cobre e suas ligas (tubos de cobre, laminados, vergalhões e fios de latão, cobre e bronze). Qual a posição da Termomecânica no mercado brasileiro? A Termomecânica é a líder brasileira no setor de transformação de metais não-ferrosos (cobre e suas ligas). Como a Termomecânica se tornou fornecedora exclusiva da Heliotek? Devido à qualidade de seus produtos, à sua política de bons preços e ao seu atendimento eficiente. Como funciona essa parceria entre a Termomecânica e a Heliotek? A parceria entre a Termomecânica e a Heliotek é muito transparente e baseada em respeito mútuo. A Termomecânica já desenvolveu algum produto exclusivo para a Heliotek? A Termomecânica já desenvolveu tubos de cobre para linha de aquecedor solar com tecnologia de ponta, sendo a Heliotek um dos primeiros e principais consumidores. Como o sr. define a Heliotek e o relacionamento com a Termomecânica? A Heliotek é um parceiro comercial que muito nos honra, e o relacionamento entre as duas empresas é pautado por profissionalismo. Qual a importância da associação entre as duas marcas? Sendo a Heliotek fabricante de aquecedor solar de alta qualidade e reconhecimento nacional, sentimos em seus produtos a extensão de nosso próprio produto. Quais as perspectivas da Termomecânica quanto ao quadro econômico do país? A Termomecânica gostaria de que o país tivesse um crescimento econômico, favorecendo a geração de empregos e o aumento das exportações. Oscar de Mattos – diretor Técnico José Ronaldo Kulb – diretor Comercial HELIOTEK INFORMA – Publicação bimestral da Heliotek Máquinas e Equipamentos Ltda. (público externo). Av. Gupê, 10767 (alt. do km 31 da rodovia Castelo Branco, sentido interior/ São Paulo), cep 06420-440, Barueri, São Paulo, fone (11) 4789 9100, fax (11) 4789 4100, DDG 0800 148333, www.heliotek.com.br Jornalista Responsável: Hosana Pedroso (MTB11 656); Projeto Gráfico e Diagramação: MG Produções Gráficas; Tiragem: 2 mil exemplares; Distribuição Gratuita. 2
  • 3. jornal11 26.05.03 09:05 Page 5 Obra HELIOTEK INSTALA O MAIOR SISTEMA DE AQUECIMENTO SOLAR DO RJ O edifício sede do Jockey Club do Rio de Janeiro, localizado no centro da cidade, foi beneficiado por um amplo projeto economizador de energia elétrica, envolvendo sistemas de aquecimento solar, de iluminação e gerenciamento de automação de energia. A Heliotek foi escolhida para participar do projeto e instalar 120 coletores solares modelo MK6VC para o aquecimento de 12 mil litros de água, através de três reservatórios com 4 mil litros cada. A instalação é considerada a maior existente no Rio de Janeiro, colaborando para o resultado final de 29% de economia de energia elétrica no edifício de 13 pavimentos. A água aquecida é utilizada nos vestiários do Jockey que mantêm no prédio atividades de lazer para os sócios e nas cozinhas dos restaurantes. A Ecoluz, consultoria especializada em eficiência energética, foi a gerenciadora do projeto financiado pela Light, concessionária de distribuição de energia do estado do Rio. "O projeto começa com a obrigatoriedade estabelecida pela ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica – de as concessionárias de energia investirem 0,5% da sua receita operacional líquida em projetos economizadores de energia. Identificamos no prédio do Jockey Club a necessidade de redução nos gastos e buscamos financiamento junto à Light com quem temos parceria", explica Ricardo David, diretor presidente da Ecoluz, líder brasileira no ranking das empresas ‘esco’ – especializadas em eficiência energética e remuneradas de acordo com a economia obtida em cada projeto. "A Heliotek foi a empresa que apresentou a melhor relação técnica-comercial. Ficamos muito satisfeitos com o trabalho da Heliotek, que por ser uma empresa com qualidade mundial e líder de mercado, nos deu muita tranqüilidade quanto a qualidade dos equipamentos e serviços prestados. O sistema está funcionando com ótima performance e o resultado é o previsto", comenta Ricardo David. Dimensionado pela consultoria mineira Agência Energia, o sistema produzido e instalado pela Heliotek é constituído por três reservatórios de 4 mil litros ligados em série, permitindo um melhor aproveitamento do aquecimento da água. Os reservatórios de baixa pressão, produzidos em aço inoxidável, suportam até 5 m de coluna d´àgua. A obra tem cerca 200 m2 de área de coletores solares, equivalente a 120 painéis. "O sistema utiliza duas prumadas de circulação, sendo uma horizontal na parte superior do prédio e, outra, na vertical, através dos 13 pavimentos. O objetivo da circulação de prumada é manter a água quente próxima aos pontos de consumo", explica Gerson Corrêa Carvalho, gerente de Assistência Técnica da Heliotek que coordenou a obra. Foi implantado apoio elétrico composto por nove resistências, de 5 Kw cada, totalizando 45 Kw. Durante a instalação, a dificuldade de erguer os grandes reservatórios para a laje do edifício, a 40 m de altura, agravada por sua localização em área central e movimentada, foi vencida com o uso de guindastes. "Montamos, ainda, o painel de comando que permite à Ecoluz controlar o sistema à distância: do escritório, em outro ponto da cidade, monitoram o consumo de energia dos reservatórios e o seu funcionamento", revela Carvalho. Para a Heliotek obra do Jockey Club do Rio de Janeiro foi bastante interessante e de grande sucesso. Após o teste final, o sistema respondeu imediatamente, comprovando ótimo desempenho. Todo o conjunto de medidas adotadas pela Ecoluz para a redução no uso de energia elétrica resultará em economia de R$ 170 mil por ano, o equivalente a 29% de economia. Desse total, 14% se refere ao sistema de energia solar. "Parece pouco, porém, temos que lembrar que, proporcionalmente, o uso de energia para aquecimento de água no Jockey é bem menor que o da iluminação que funciona quase 24 horas por dia", diz Ricardo David. Segundo ele, o investimento feito pela Light será pago pelo clube em cinco anos e corresponderá ao percentual de economia poupada com a implantação do projeto", afirma Ricardo David. 3
  • 4. jornal11 26.05.03 09:06 Page 2 OPORTUNIDADE NOVO ESQUEMA DE INSTALAÇÃO DO K2 PARA CRESCER Os últimos 10 anos foram fundamentais na vida de Elias Batalha de Lima funcionário da Heliotek. Nesse período, ele teve a oportunidade de se profissionalizar e evoluir. "Cresci e vi a Heliotek crescer muito desde que estou aqui", diz Elias que começou como ajudante, passou a serralheiro e, hoje, é líder de grupo no setor de solda dos reservatórios. Quando Elias conquistou seu emprego na Heliotek a empresa era menor, "não tinha, ainda, as chefias intermediárias, era eu e os diretores". Depois de dois anos trabalhando como ajudante, recebeu a proposta do diretor Oscar de Mattos, para se especializar na função de soldador, atividade que passou a ser realizada internamente com a aquisição de novos equipamentos de solda. "O fornecedor do equipamento ofereceu o curso. Agarrei a oportunidade, aprendi a função e o conhecimento que adquiri foi reconhecido", lembra Elias que, em seguida, passou a treinar os demais colegas de trabalho. Casado com Sueli e com dois filhos – João Vitor de oito e Felipe de 17 anos – Elias quer que os filhos completem os estudos, chegando até a universidade. "Eu não tive chance de estudar, mas quero muito que meus filhos se formem", planeja. O K2 – Aquecedor Solar Anticongelamento da Heliotek tem, agora, uma nova disposição de instalação. Para chegar ao novo padrão de instalação homologado pela empresa, foram realizados diversos testes, considerando praticamente todas as possibilidades. O esquema abaixo, mostra como instalar o K2 para a obtenção da máxima eficiência e flexibilidade em uma posição singular dos coletores e do reservatório. Para pensar por Oscar de Mattos COMETAS A Astronomia sempre me interessou, talvez por isso, tenha me formado em Física e escolhido o Sol como o nosso ganha-pão – pão que alimenta as pessoas, pessoas que também se comportam como corpos celestes. Algum tempo atrás, um anônimo definiu bem estas similaridades: Há pessoas estrelas. Há pessoas cometas. Os cometas passam e são lembrados, apenas, pelas datas que passam e retornam. As estrelas permanecem. Os cometas desaparecem. Há muita gente cometa. Passam por nossa vida apenas por instantes, não prendem ninguém e a ninguém se prendem – gente sem amigos. Gente que passa pela vida sem iluminar, sem aquecer, sem marcar presença. Assim como rapazes e moças que se enamoram e se deixam, com a maior facilidade. Ou, como as pessoas que vivem numa mesma família e que passam pelo outro sem serem presença. E ESTRELAS Importante é ser estrela. Estar presente, junto. Ser luz e calor. Ser vida. Amigo é estrela. Podem passar os anos, podem surgir distâncias, mas a marca fica no coração. Coração que não quer enamorarse de cometas – esses atraem apenas olhares passageiros É preciso criar um mundo de estrelas. Todos os dias poder contar com elas, ver sua luz e sentir seu calor. Assim são os amigos, estrelas na vida da gente. Pode-se contar com eles. Eles são uma presença. São luz nos momentos escuros. São pão nos momentos de fraqueza. São segurança nos momentos de desânimo. Olhando os cometas é bom não sentir-se como eles. Olhando os cometas é bom sentir-se estrela. Marcar presença. Ter vivido e construído uma história pessoal. Ter sido luz para muitos amigos. Ter sido calor para muitos corações. Ser estrela neste mundo passageiro, neste mundo cheio de pessoas cometas é um desafio, mas, acima de tudo, uma recompensa. É nascer e ter vivido, e não apenas existido. EMPRESA ASSOCIADA 4