SlideShare uma empresa Scribd logo
Biblioteca de Estudos e Aplicação de Metadados
                     Minicurso: Introdução ao RDA
                  Marília, 18 e 19 de novembro de 2011




Introdução ao RDA
Fabrício Silva Assumpção
Estrutura do RDA
Módulo 2
Tópicos


 Estrutura do RDA
  Seções
  Capítulos
  Apêndices e glossário
 Fluxo da catalogação
Estrutura do AACR2

 Anglo American Cataloguing Rules, 2nd ed.
   Código de Catalogação Anglo-Americano, 2. ed.

 Parte I
    Orientada ao tipo de recurso (livro, mapa, etc.)
    Um capítulo para cada tipo de recurso

 Parte II
    Pontos de acesso (cabeçalhos): pessoas, entidades coletivas, nomes
     geográficos, títulos uniformes e remissivas
Estrutura do RDA
 Duas partes
   Registro dos atributos
   Registro dos relacionamentos
 Seções
    10 seções
    Organizadas de acordo com os grupos de entidades
    1 capítulo contendo diretrizes gerais para cada seção
 Capítulos
    37 capítulos
    Organizados de acordo com as entidades
    Capítulo 0 – Introdução
 12 Apêndices, 1 Glossário e 1 Índice
Registro dos atributos

 Seção 1: Registro dos atributos de Manifestação e Item
    1. Diretrizes gerais para o registro dos atributos de Manifestações e Itens
    2. Identificação de Manifestações e Itens
    3. Descrição de suportes
    4. Provendo aquisição e acesso à informação


 Seção 2: Registro dos atributos de Obra e Expressão
    5. Diretrizes gerais para o registro dos atributos de Obras e Expressões
    6. Identificação de Obras e Expressões
    7. Descrição do conteúdo
Registro dos atributos
 Seção 3: Registro dos atributos de Pessoa, Família e Entidade coletiva
   8. Diretrizes gerais para o registro dos atributos de Pessoas, Famílias e
    Entidades coletivas
   9. Identificação de Pessoas
   10. Identificação de Famílias
   11. Identificação de Entidades coletivas


 Seção 4: Registro dos atributos de Conceito, Objeto, Evento e Lugar
    12. Diretrizes gerais para o registro dos atributos de
     Conceitos, Objetos, Eventos e Lugares
    13. Identificação de Conceitos
    14. Identificação de Objetos
    15. Identificação de Eventos
    16. Identificação de Lugares
Registro dos relacionamentos
 Seção 5: Registro dos relacionamentos primários entre uma
 Obra, Expressão, Manifestação e Item
   17. Diretrizes gerais para o registro dos relacionamentos primários entre
      uma Obra, Expressão, Manifestação e Item
 Seção 6: Registro dos relacionamentos para Pessoas, Famílias
 e Entidades coletivas associadas a um recurso
   18. Diretrizes gerais para o registro dos relacionamentos para
      Pessoas, Famílias e Entidades coletivas associadas a um recurso
     19. Pessoas, Famílias e Entidades coletivas associadas a uma Obra
     20. Pessoas, Famílias e Entidades coletivas associadas a uma Expressão
     21. Pessoas, Famílias e Entidades coletivas associadas a uma
      Manifestação
     22. Pessoas, Famílias e Entidades coletivas associadas a um Item
Registro dos relacionamentos

 Seção 7: Registro dos relacionamentos de assuntos
    23. Diretrizes gerais para o registro do assunto de uma Obra


 Seção 8: Registro dos relacionamentos entre
 Obras, Expressões, Manifestações e Itens
   24. Diretrizes gerais para o registro dos relacionamentos entre
      Obras, Expressões, Manifestações e Itens
     25. Obras relacionadas
     26. Expressões relacionadas
     27. Manifestações relacionadas
     28. Itens relacionados
Registro dos relacionamentos
 Seção 9: Registro dos relacionamentos entre Pessoas, Famílias e
 Entidades coletivas
   29. Diretrizes gerais para o registro dos relacionamentos entre
    Pessoas, Famílias e Entidades coletivas
   30. Pessoas relacionadas
   31. Famílias relacionadas
   32. Entidades coletivas relacionadas

 Seção 10: Registro dos relacionamentos entre
 Conceitos, Objetos, Eventos e Lugares
   33. Diretrizes gerais para o registro dos relacionamentos entre
      Conceitos, Objetos, Eventos e Lugares
     34. Conceitos relacionados
     35. Objetos relacionados
     36. Eventos relacionados
     37. Lugares relacionados
Apêndices

 Apêndice A – Maiúsculas
 Apêndice B – Abreviaturas
 Apêndice C – Artigos iniciais
 Apêndice D – Sintaxe de registro para dados descritivos
 Apêndice E – Sintaxe de registro para controle de pontos de
  acesso
 Apêndice F – Instruções adicionais sobre nomes de pessoas
 Apêndice G – Títulos de nobreza, termos de posto, etc.
 Apêndice H – Datas no calendário Cristão
Apêndices
 Apêndice I – Designadores de relacionamento:
  Relacionamentos entre um recurso e Pessoas, Famílias e
  Entidades coletivas associadas ao recurso
 Apêndice J – Designadores de relacionamento:
  Relacionamentos entre Obras, Expressões, Manifestações e
  Itens
 Apêndice K – Designadores de relacionamento:
  Relacionamentos entre Pessoas, Famílias e Entidades coletivas
 Apêndice L – Designadores de relacionamento:
  Relacionamentos entre Conceitos, Objetos, Eventos e Lugares*
 Glossário e Índice
Obra


     Obra




Expressão       Expressão




Manifestação   Manifestação


   Item

   Item           Item
Obra

                       Seção 2: Obra e Expressão




        Expressão




       Manifestação

                      Seção 1: Manifestação e Item

          Item
Seção 5: Relacionamentos primários entre
                      uma Obra, Expressão, Manifestação e Item
Obra




        Expressão




       Manifestação




          Item
Seção 5: Relacionamentos primários entre
                      uma Obra, Expressão, Manifestação e Item
Obra




        Expressão




       Manifestação




          Item
Seção 5: Relacionamentos primários entre
                      uma Obra, Expressão, Manifestação e Item
Obra




        Expressão




       Manifestação




          Item
Obra


                          Seção 6: Pessoas, Famílias e
                      Entidades coletivas associadas com
                                  um recurso
        Expressão




       Manifestação




          Item
Obra


                          Seção 6: Pessoas, Famílias e
                      Entidades coletivas associadas com
                                  um recurso
        Expressão




       Manifestação




          Item
Obra


                          Seção 6: Pessoas, Famílias e
                      Entidades coletivas associadas com
                                  um recurso
        Expressão




       Manifestação




          Item
Obra


                          Seção 6: Pessoas, Famílias e
                      Entidades coletivas associadas com
                                  um recurso
        Expressão




       Manifestação




          Item
Obra




        Expressão
                      Seção 3: Pessoa, Família e
                          Entidade coletiva


       Manifestação




          Item
Obra




        Expressão
                      Seção 3: Pessoa, Família e
                          Entidade coletiva


       Manifestação




          Item
Obra




        Expressão
                      Seção 3: Pessoa, Família e
                          Entidade coletiva


       Manifestação




          Item
Obra
                      Seção 9: Entre Pessoas, Famílias
                           e Entidades coletivas




        Expressão




       Manifestação




          Item
Obra




        Expressão
                      Seção 7: Assuntos




       Manifestação




          Item
Obra




        Expressão
                               Seção 4:
                      Conceito, Objeto, Evento e
                                Lugar

       Manifestação




          Item
Obra




                                 Seção 10: Entre
                      Conceitos, Objetos, Eventos e Lugares
        Expressão




       Manifestação




          Item
Obra


Obra




                       Seção 8: Relacionamentos entre
                      Obras, Expressões, Manifestações
        Expressão                   e Itens




       Manifestação




          Item
Obra


   Obra




                            Seção 8: Relacionamentos entre
                           Obras, Expressões, Manifestações
Expressão    Expressão                   e Itens




            Manifestação




               Item
Obra


     Obra




                               Seção 8: Relacionamentos entre
                              Obras, Expressões, Manifestações
Expressão       Expressão                   e Itens




Manifestação   Manifestação




                  Item
Obra


     Obra




                               Seção 8: Relacionamentos entre
                              Obras, Expressões, Manifestações
Expressão       Expressão                   e Itens




Manifestação   Manifestação


   Item

   Item           Item
Obra


     Obra




Expressão       Expressão




Manifestação   Manifestação


   Item

   Item           Item
The RDA Sandbox
                                and
     RDA Implementation Scenario One




                 John Espley and Robert Pillow
                              ALA
                          New Orleans
                          26 June 2011
http://vtls.com/media/en-US/presentations/RDA2011SummerALAsuite0621.ppt
Referências
 FUNCTIONAL requirements for bibliographic records: final report. München: K.G. Saur, 2008.
 JOINT STEERING COMMITTEE FOR DEVELOPMENT OF RDA. Frequently asked questions. [S.l.], 2010a.
    Last updated: 18 January 2010. Disponível em: <http://www.rda-jsc.org/rdafaq.html>. Acesso em: 30
    mar. 2011.
   JOINT STEERING COMMITTEE FOR DEVELOPMENT OF RDA. RDA: Resource Description and Access.
    [S.l.], 2010b. Disponível em: <http://www.rda-jsc.org/docs/rdabrochureJanuary2010.pdf>. Acesso
    em: 09 mar. 2011.
   MORENO, Fernanda Passini; ARELLANO, Miguel Ángel Márdero. Requisitos Funcionais para Registros
    Bibliográficos. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, v. 3, n 1, p. 20-
    38, jul./dez. 2005. Disponível em:
    <http://polaris.bc.unicamp.br/seer/ojs/include/getdoc.php?id=209&article=42&mode=pdf>. Acesso
    em: 16 fev. 2009.
   REQUISITOS funcionales de los datos de autoridad: un modelo conceptual. [S.l.]: IFLA; Biblioteca
    Nacional de España, 2009. Disponível em: <http://www.ifla.org/files/cataloguing/frad/frad_2009-
    es.pdf>. Acesso em: 10 jul. 2010.
   RESOURCE description and access (RDA). Chicago: ALA, 2011.
   TILLETT, Barbara B. O que é FRBR? Um modelo conceitual para o universo bibliográfico. Library of
    Congress, 2003. Disponível em: <http://www.loc.gov/catdir/cpso/o-que-e-frbr.pdf>. Acesso em: 21
    out. 2011.
   U.S. RDA Test Coordinating Committee. Report and recommendations of the U.S. RDA Test
    Coordinating Committee. Washington: Library of Congress, 2011.
Minicurso “Introdução ao RDA” – Marília, 18 e 19 de novembro de 2011
     Grupo de Pesquisa Novas Tecnologias em Informação (GPNTI)
                         Campus de Marília




                                          Obrigado!



             Fabrício Silva Assumpção
 assumpcao.f@gmail.com | sites.google.com/site/infsassumpcao

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Pensando a catalogação a partir do RDA
Pensando a catalogação a partir do RDAPensando a catalogação a partir do RDA
Pensando a catalogação a partir do RDA
Fabrício Silva Assumpção
 
Minicurso Introdução ao FRBR e ao RDA (SNBU 2014, Belo Horizonte)
Minicurso Introdução ao FRBR e ao RDA (SNBU 2014, Belo Horizonte)Minicurso Introdução ao FRBR e ao RDA (SNBU 2014, Belo Horizonte)
Minicurso Introdução ao FRBR e ao RDA (SNBU 2014, Belo Horizonte)
Fabrício Silva Assumpção
 
Falando sobre RDA: O que é e o que podemos esperar do novo código de catalogação
Falando sobre RDA: O que é e o que podemos esperar do novo código de catalogaçãoFalando sobre RDA: O que é e o que podemos esperar do novo código de catalogação
Falando sobre RDA: O que é e o que podemos esperar do novo código de catalogação
Fabrício Silva Assumpção
 
RDA como novo código de catalogação
RDA como novo código de catalogaçãoRDA como novo código de catalogação
RDA como novo código de catalogação
Marcelo Votto
 
Mudanças e desafios na utilização do RDA (Rede de BIbliotecas da UNESP)
Mudanças e desafios na utilização do RDA (Rede de BIbliotecas da UNESP)Mudanças e desafios na utilização do RDA (Rede de BIbliotecas da UNESP)
Mudanças e desafios na utilização do RDA (Rede de BIbliotecas da UNESP)
Fabrício Silva Assumpção
 
Tecnologias aplicadas à catalogação: a utilização de folhas de estilo XSLT na...
Tecnologias aplicadas à catalogação: a utilização de folhas de estilo XSLT na...Tecnologias aplicadas à catalogação: a utilização de folhas de estilo XSLT na...
Tecnologias aplicadas à catalogação: a utilização de folhas de estilo XSLT na...
Fabrício Silva Assumpção
 

Mais procurados (6)

Pensando a catalogação a partir do RDA
Pensando a catalogação a partir do RDAPensando a catalogação a partir do RDA
Pensando a catalogação a partir do RDA
 
Minicurso Introdução ao FRBR e ao RDA (SNBU 2014, Belo Horizonte)
Minicurso Introdução ao FRBR e ao RDA (SNBU 2014, Belo Horizonte)Minicurso Introdução ao FRBR e ao RDA (SNBU 2014, Belo Horizonte)
Minicurso Introdução ao FRBR e ao RDA (SNBU 2014, Belo Horizonte)
 
Falando sobre RDA: O que é e o que podemos esperar do novo código de catalogação
Falando sobre RDA: O que é e o que podemos esperar do novo código de catalogaçãoFalando sobre RDA: O que é e o que podemos esperar do novo código de catalogação
Falando sobre RDA: O que é e o que podemos esperar do novo código de catalogação
 
RDA como novo código de catalogação
RDA como novo código de catalogaçãoRDA como novo código de catalogação
RDA como novo código de catalogação
 
Mudanças e desafios na utilização do RDA (Rede de BIbliotecas da UNESP)
Mudanças e desafios na utilização do RDA (Rede de BIbliotecas da UNESP)Mudanças e desafios na utilização do RDA (Rede de BIbliotecas da UNESP)
Mudanças e desafios na utilização do RDA (Rede de BIbliotecas da UNESP)
 
Tecnologias aplicadas à catalogação: a utilização de folhas de estilo XSLT na...
Tecnologias aplicadas à catalogação: a utilização de folhas de estilo XSLT na...Tecnologias aplicadas à catalogação: a utilização de folhas de estilo XSLT na...
Tecnologias aplicadas à catalogação: a utilização de folhas de estilo XSLT na...
 

Destaque

Um estudo sobre os componentes do trabalho de autoridade
Um estudo sobre os componentes do trabalho de autoridadeUm estudo sobre os componentes do trabalho de autoridade
Um estudo sobre os componentes do trabalho de autoridade
Fabrício Silva Assumpção
 
RDA - Resource Description and Access (UFC, Fortaleza, 24 out 2014)
RDA - Resource Description and Access (UFC, Fortaleza, 24 out 2014)RDA - Resource Description and Access (UFC, Fortaleza, 24 out 2014)
RDA - Resource Description and Access (UFC, Fortaleza, 24 out 2014)
Fabrício Silva Assumpção
 
Repositórios institucionais como ambientes de acesso aberto nas universidades...
Repositórios institucionais como ambientes de acesso aberto nas universidades...Repositórios institucionais como ambientes de acesso aberto nas universidades...
Repositórios institucionais como ambientes de acesso aberto nas universidades...
Fabrício Silva Assumpção
 
Conversão de registros: um modelo baseado em folhas de estilo XSLT
Conversão de registros: um modelo baseado em folhas de estilo XSLTConversão de registros: um modelo baseado em folhas de estilo XSLT
Conversão de registros: um modelo baseado em folhas de estilo XSLT
Fabrício Silva Assumpção
 
Conversão de registros em XML para MARC 21: um modelo baseado em XSLT (ENANCI...
Conversão de registros em XML para MARC 21:um modelo baseado em XSLT (ENANCI...Conversão de registros em XML para MARC 21:um modelo baseado em XSLT (ENANCI...
Conversão de registros em XML para MARC 21: um modelo baseado em XSLT (ENANCI...
Fabrício Silva Assumpção
 
Reutilização de dados catalográficos: um olhar sobre o uso estratégico das te...
Reutilização de dados catalográficos: um olhar sobre o uso estratégico das te...Reutilização de dados catalográficos: um olhar sobre o uso estratégico das te...
Reutilização de dados catalográficos: um olhar sobre o uso estratégico das te...
Fabrício Silva Assumpção
 
Formatos MARC 21
Formatos MARC 21Formatos MARC 21
Formatos MARC 21
Fabrício Silva Assumpção
 
Catalogação: conceitos, práticas, atualidades e tendências
Catalogação: conceitos, práticas, atualidades e tendênciasCatalogação: conceitos, práticas, atualidades e tendências
Catalogação: conceitos, práticas, atualidades e tendências
Fabrício Silva Assumpção
 
AACR2r Parte II: Pontos de acesso (2015)
AACR2r Parte II: Pontos de acesso (2015)AACR2r Parte II: Pontos de acesso (2015)
AACR2r Parte II: Pontos de acesso (2015)
Fabrício Silva Assumpção
 
RDA Element Sets e RDA Value Vocabularies
RDA Element Sets e RDA Value VocabulariesRDA Element Sets e RDA Value Vocabularies
RDA Element Sets e RDA Value Vocabularies
Fabrício Silva Assumpção
 
XSLT: Conceitos iniciais
XSLT: Conceitos iniciaisXSLT: Conceitos iniciais
XSLT: Conceitos iniciais
Fabrício Silva Assumpção
 
A conversão de registros na implantação de repositórios institucionais: o ca...
A conversão de registros na implantação de repositórios institucionais: o ca...A conversão de registros na implantação de repositórios institucionais: o ca...
A conversão de registros na implantação de repositórios institucionais: o ca...
Fabrício Silva Assumpção
 
SKOS: Interoperabilidade de linguagens documentais
SKOS: Interoperabilidade de linguagens documentaisSKOS: Interoperabilidade de linguagens documentais
SKOS: Interoperabilidade de linguagens documentais
Fabrício Silva Assumpção
 
XML: uma introdução (UNESP, GPNTI, BEAM)
XML: uma introdução (UNESP, GPNTI, BEAM)XML: uma introdução (UNESP, GPNTI, BEAM)
XML: uma introdução (UNESP, GPNTI, BEAM)
Fabrício Silva Assumpção
 
Mudanças e desafios na utilização do RDA
Mudanças e desafios na utilização do RDAMudanças e desafios na utilização do RDA
Mudanças e desafios na utilização do RDA
Fabrício Silva Assumpção
 
MARCXML
MARCXMLMARCXML
RDA: um exercício prático (23 jun. 2016)
RDA: um exercício prático (23 jun. 2016)RDA: um exercício prático (23 jun. 2016)
RDA: um exercício prático (23 jun. 2016)
Fabrício Silva Assumpção
 
AACR
AACRAACR
AACR
UNESP
 
Classificação Decimal Universal 1
Classificação Decimal Universal 1Classificação Decimal Universal 1
Classificação Decimal Universal 1
Raquel Prado Leite de Sousa
 
Classificações Facetadas
Classificações FacetadasClassificações Facetadas
Classificações Facetadas
Carla Ferreira
 

Destaque (20)

Um estudo sobre os componentes do trabalho de autoridade
Um estudo sobre os componentes do trabalho de autoridadeUm estudo sobre os componentes do trabalho de autoridade
Um estudo sobre os componentes do trabalho de autoridade
 
RDA - Resource Description and Access (UFC, Fortaleza, 24 out 2014)
RDA - Resource Description and Access (UFC, Fortaleza, 24 out 2014)RDA - Resource Description and Access (UFC, Fortaleza, 24 out 2014)
RDA - Resource Description and Access (UFC, Fortaleza, 24 out 2014)
 
Repositórios institucionais como ambientes de acesso aberto nas universidades...
Repositórios institucionais como ambientes de acesso aberto nas universidades...Repositórios institucionais como ambientes de acesso aberto nas universidades...
Repositórios institucionais como ambientes de acesso aberto nas universidades...
 
Conversão de registros: um modelo baseado em folhas de estilo XSLT
Conversão de registros: um modelo baseado em folhas de estilo XSLTConversão de registros: um modelo baseado em folhas de estilo XSLT
Conversão de registros: um modelo baseado em folhas de estilo XSLT
 
Conversão de registros em XML para MARC 21: um modelo baseado em XSLT (ENANCI...
Conversão de registros em XML para MARC 21:um modelo baseado em XSLT (ENANCI...Conversão de registros em XML para MARC 21:um modelo baseado em XSLT (ENANCI...
Conversão de registros em XML para MARC 21: um modelo baseado em XSLT (ENANCI...
 
Reutilização de dados catalográficos: um olhar sobre o uso estratégico das te...
Reutilização de dados catalográficos: um olhar sobre o uso estratégico das te...Reutilização de dados catalográficos: um olhar sobre o uso estratégico das te...
Reutilização de dados catalográficos: um olhar sobre o uso estratégico das te...
 
Formatos MARC 21
Formatos MARC 21Formatos MARC 21
Formatos MARC 21
 
Catalogação: conceitos, práticas, atualidades e tendências
Catalogação: conceitos, práticas, atualidades e tendênciasCatalogação: conceitos, práticas, atualidades e tendências
Catalogação: conceitos, práticas, atualidades e tendências
 
AACR2r Parte II: Pontos de acesso (2015)
AACR2r Parte II: Pontos de acesso (2015)AACR2r Parte II: Pontos de acesso (2015)
AACR2r Parte II: Pontos de acesso (2015)
 
RDA Element Sets e RDA Value Vocabularies
RDA Element Sets e RDA Value VocabulariesRDA Element Sets e RDA Value Vocabularies
RDA Element Sets e RDA Value Vocabularies
 
XSLT: Conceitos iniciais
XSLT: Conceitos iniciaisXSLT: Conceitos iniciais
XSLT: Conceitos iniciais
 
A conversão de registros na implantação de repositórios institucionais: o ca...
A conversão de registros na implantação de repositórios institucionais: o ca...A conversão de registros na implantação de repositórios institucionais: o ca...
A conversão de registros na implantação de repositórios institucionais: o ca...
 
SKOS: Interoperabilidade de linguagens documentais
SKOS: Interoperabilidade de linguagens documentaisSKOS: Interoperabilidade de linguagens documentais
SKOS: Interoperabilidade de linguagens documentais
 
XML: uma introdução (UNESP, GPNTI, BEAM)
XML: uma introdução (UNESP, GPNTI, BEAM)XML: uma introdução (UNESP, GPNTI, BEAM)
XML: uma introdução (UNESP, GPNTI, BEAM)
 
Mudanças e desafios na utilização do RDA
Mudanças e desafios na utilização do RDAMudanças e desafios na utilização do RDA
Mudanças e desafios na utilização do RDA
 
MARCXML
MARCXMLMARCXML
MARCXML
 
RDA: um exercício prático (23 jun. 2016)
RDA: um exercício prático (23 jun. 2016)RDA: um exercício prático (23 jun. 2016)
RDA: um exercício prático (23 jun. 2016)
 
AACR
AACRAACR
AACR
 
Classificação Decimal Universal 1
Classificação Decimal Universal 1Classificação Decimal Universal 1
Classificação Decimal Universal 1
 
Classificações Facetadas
Classificações FacetadasClassificações Facetadas
Classificações Facetadas
 

Semelhante a Introdução ao RDA - Módulo 2: Estrutura do RDA

Resource Description and Access (RDA) (17 de junho de 2011) Unesp/Marília
Resource Description and Access (RDA) (17 de junho de 2011) Unesp/MaríliaResource Description and Access (RDA) (17 de junho de 2011) Unesp/Marília
Resource Description and Access (RDA) (17 de junho de 2011) Unesp/Marília
Fabrício Silva Assumpção
 
FRBR
FRBRFRBR
Imagens digitais e o modelo conceitual FRBR
Imagens digitais e o modelo conceitual FRBRImagens digitais e o modelo conceitual FRBR
Imagens digitais e o modelo conceitual FRBR
Ana Carolina Simionato
 
Aula 01 introdução aoo
Aula 01   introdução aooAula 01   introdução aoo
Aula 01 introdução aoo
Maria Alice Jovinski
 
Fórum de discussão e o ciclo de aprendizagem iv encontro nacional de hipertexto
Fórum de discussão e o ciclo de aprendizagem iv encontro nacional de hipertextoFórum de discussão e o ciclo de aprendizagem iv encontro nacional de hipertexto
Fórum de discussão e o ciclo de aprendizagem iv encontro nacional de hipertexto
Adolfo Tanzi Neto - University of Oxford
 
O que aprendemos com o #apare ser 1º encontro online sobre visibilidade em ...
O que aprendemos com o #apare ser   1º encontro online sobre visibilidade em ...O que aprendemos com o #apare ser   1º encontro online sobre visibilidade em ...
O que aprendemos com o #apare ser 1º encontro online sobre visibilidade em ...
Cíntia Dal Bello
 
01 introducao-a-programacao-orientada-a-objetos-programacao-orientada-a-objet...
01 introducao-a-programacao-orientada-a-objetos-programacao-orientada-a-objet...01 introducao-a-programacao-orientada-a-objetos-programacao-orientada-a-objet...
01 introducao-a-programacao-orientada-a-objetos-programacao-orientada-a-objet...
odnanfer
 
Ontologia SOA
Ontologia SOAOntologia SOA
Ontologia SOA
Marcelo Fernandes
 

Semelhante a Introdução ao RDA - Módulo 2: Estrutura do RDA (8)

Resource Description and Access (RDA) (17 de junho de 2011) Unesp/Marília
Resource Description and Access (RDA) (17 de junho de 2011) Unesp/MaríliaResource Description and Access (RDA) (17 de junho de 2011) Unesp/Marília
Resource Description and Access (RDA) (17 de junho de 2011) Unesp/Marília
 
FRBR
FRBRFRBR
FRBR
 
Imagens digitais e o modelo conceitual FRBR
Imagens digitais e o modelo conceitual FRBRImagens digitais e o modelo conceitual FRBR
Imagens digitais e o modelo conceitual FRBR
 
Aula 01 introdução aoo
Aula 01   introdução aooAula 01   introdução aoo
Aula 01 introdução aoo
 
Fórum de discussão e o ciclo de aprendizagem iv encontro nacional de hipertexto
Fórum de discussão e o ciclo de aprendizagem iv encontro nacional de hipertextoFórum de discussão e o ciclo de aprendizagem iv encontro nacional de hipertexto
Fórum de discussão e o ciclo de aprendizagem iv encontro nacional de hipertexto
 
O que aprendemos com o #apare ser 1º encontro online sobre visibilidade em ...
O que aprendemos com o #apare ser   1º encontro online sobre visibilidade em ...O que aprendemos com o #apare ser   1º encontro online sobre visibilidade em ...
O que aprendemos com o #apare ser 1º encontro online sobre visibilidade em ...
 
01 introducao-a-programacao-orientada-a-objetos-programacao-orientada-a-objet...
01 introducao-a-programacao-orientada-a-objetos-programacao-orientada-a-objet...01 introducao-a-programacao-orientada-a-objetos-programacao-orientada-a-objet...
01 introducao-a-programacao-orientada-a-objetos-programacao-orientada-a-objet...
 
Ontologia SOA
Ontologia SOAOntologia SOA
Ontologia SOA
 

Introdução ao RDA - Módulo 2: Estrutura do RDA

  • 1. Biblioteca de Estudos e Aplicação de Metadados Minicurso: Introdução ao RDA Marília, 18 e 19 de novembro de 2011 Introdução ao RDA Fabrício Silva Assumpção
  • 3. Tópicos  Estrutura do RDA  Seções  Capítulos  Apêndices e glossário  Fluxo da catalogação
  • 4. Estrutura do AACR2  Anglo American Cataloguing Rules, 2nd ed.  Código de Catalogação Anglo-Americano, 2. ed.  Parte I  Orientada ao tipo de recurso (livro, mapa, etc.)  Um capítulo para cada tipo de recurso  Parte II  Pontos de acesso (cabeçalhos): pessoas, entidades coletivas, nomes geográficos, títulos uniformes e remissivas
  • 5. Estrutura do RDA  Duas partes  Registro dos atributos  Registro dos relacionamentos  Seções  10 seções  Organizadas de acordo com os grupos de entidades  1 capítulo contendo diretrizes gerais para cada seção  Capítulos  37 capítulos  Organizados de acordo com as entidades  Capítulo 0 – Introdução  12 Apêndices, 1 Glossário e 1 Índice
  • 6. Registro dos atributos  Seção 1: Registro dos atributos de Manifestação e Item  1. Diretrizes gerais para o registro dos atributos de Manifestações e Itens  2. Identificação de Manifestações e Itens  3. Descrição de suportes  4. Provendo aquisição e acesso à informação  Seção 2: Registro dos atributos de Obra e Expressão  5. Diretrizes gerais para o registro dos atributos de Obras e Expressões  6. Identificação de Obras e Expressões  7. Descrição do conteúdo
  • 7. Registro dos atributos  Seção 3: Registro dos atributos de Pessoa, Família e Entidade coletiva  8. Diretrizes gerais para o registro dos atributos de Pessoas, Famílias e Entidades coletivas  9. Identificação de Pessoas  10. Identificação de Famílias  11. Identificação de Entidades coletivas  Seção 4: Registro dos atributos de Conceito, Objeto, Evento e Lugar  12. Diretrizes gerais para o registro dos atributos de Conceitos, Objetos, Eventos e Lugares  13. Identificação de Conceitos  14. Identificação de Objetos  15. Identificação de Eventos  16. Identificação de Lugares
  • 8. Registro dos relacionamentos  Seção 5: Registro dos relacionamentos primários entre uma Obra, Expressão, Manifestação e Item  17. Diretrizes gerais para o registro dos relacionamentos primários entre uma Obra, Expressão, Manifestação e Item  Seção 6: Registro dos relacionamentos para Pessoas, Famílias e Entidades coletivas associadas a um recurso  18. Diretrizes gerais para o registro dos relacionamentos para Pessoas, Famílias e Entidades coletivas associadas a um recurso  19. Pessoas, Famílias e Entidades coletivas associadas a uma Obra  20. Pessoas, Famílias e Entidades coletivas associadas a uma Expressão  21. Pessoas, Famílias e Entidades coletivas associadas a uma Manifestação  22. Pessoas, Famílias e Entidades coletivas associadas a um Item
  • 9. Registro dos relacionamentos  Seção 7: Registro dos relacionamentos de assuntos  23. Diretrizes gerais para o registro do assunto de uma Obra  Seção 8: Registro dos relacionamentos entre Obras, Expressões, Manifestações e Itens  24. Diretrizes gerais para o registro dos relacionamentos entre Obras, Expressões, Manifestações e Itens  25. Obras relacionadas  26. Expressões relacionadas  27. Manifestações relacionadas  28. Itens relacionados
  • 10. Registro dos relacionamentos  Seção 9: Registro dos relacionamentos entre Pessoas, Famílias e Entidades coletivas  29. Diretrizes gerais para o registro dos relacionamentos entre Pessoas, Famílias e Entidades coletivas  30. Pessoas relacionadas  31. Famílias relacionadas  32. Entidades coletivas relacionadas  Seção 10: Registro dos relacionamentos entre Conceitos, Objetos, Eventos e Lugares  33. Diretrizes gerais para o registro dos relacionamentos entre Conceitos, Objetos, Eventos e Lugares  34. Conceitos relacionados  35. Objetos relacionados  36. Eventos relacionados  37. Lugares relacionados
  • 11. Apêndices  Apêndice A – Maiúsculas  Apêndice B – Abreviaturas  Apêndice C – Artigos iniciais  Apêndice D – Sintaxe de registro para dados descritivos  Apêndice E – Sintaxe de registro para controle de pontos de acesso  Apêndice F – Instruções adicionais sobre nomes de pessoas  Apêndice G – Títulos de nobreza, termos de posto, etc.  Apêndice H – Datas no calendário Cristão
  • 12. Apêndices  Apêndice I – Designadores de relacionamento: Relacionamentos entre um recurso e Pessoas, Famílias e Entidades coletivas associadas ao recurso  Apêndice J – Designadores de relacionamento: Relacionamentos entre Obras, Expressões, Manifestações e Itens  Apêndice K – Designadores de relacionamento: Relacionamentos entre Pessoas, Famílias e Entidades coletivas  Apêndice L – Designadores de relacionamento: Relacionamentos entre Conceitos, Objetos, Eventos e Lugares*  Glossário e Índice
  • 13. Obra Obra Expressão Expressão Manifestação Manifestação Item Item Item
  • 14. Obra Seção 2: Obra e Expressão Expressão Manifestação Seção 1: Manifestação e Item Item
  • 15. Seção 5: Relacionamentos primários entre uma Obra, Expressão, Manifestação e Item Obra Expressão Manifestação Item
  • 16. Seção 5: Relacionamentos primários entre uma Obra, Expressão, Manifestação e Item Obra Expressão Manifestação Item
  • 17. Seção 5: Relacionamentos primários entre uma Obra, Expressão, Manifestação e Item Obra Expressão Manifestação Item
  • 18. Obra Seção 6: Pessoas, Famílias e Entidades coletivas associadas com um recurso Expressão Manifestação Item
  • 19. Obra Seção 6: Pessoas, Famílias e Entidades coletivas associadas com um recurso Expressão Manifestação Item
  • 20. Obra Seção 6: Pessoas, Famílias e Entidades coletivas associadas com um recurso Expressão Manifestação Item
  • 21. Obra Seção 6: Pessoas, Famílias e Entidades coletivas associadas com um recurso Expressão Manifestação Item
  • 22. Obra Expressão Seção 3: Pessoa, Família e Entidade coletiva Manifestação Item
  • 23. Obra Expressão Seção 3: Pessoa, Família e Entidade coletiva Manifestação Item
  • 24. Obra Expressão Seção 3: Pessoa, Família e Entidade coletiva Manifestação Item
  • 25. Obra Seção 9: Entre Pessoas, Famílias e Entidades coletivas Expressão Manifestação Item
  • 26. Obra Expressão Seção 7: Assuntos Manifestação Item
  • 27. Obra Expressão Seção 4: Conceito, Objeto, Evento e Lugar Manifestação Item
  • 28. Obra Seção 10: Entre Conceitos, Objetos, Eventos e Lugares Expressão Manifestação Item
  • 29. Obra Obra Seção 8: Relacionamentos entre Obras, Expressões, Manifestações Expressão e Itens Manifestação Item
  • 30. Obra Obra Seção 8: Relacionamentos entre Obras, Expressões, Manifestações Expressão Expressão e Itens Manifestação Item
  • 31. Obra Obra Seção 8: Relacionamentos entre Obras, Expressões, Manifestações Expressão Expressão e Itens Manifestação Manifestação Item
  • 32. Obra Obra Seção 8: Relacionamentos entre Obras, Expressões, Manifestações Expressão Expressão e Itens Manifestação Manifestação Item Item Item
  • 33. Obra Obra Expressão Expressão Manifestação Manifestação Item Item Item
  • 34. The RDA Sandbox and RDA Implementation Scenario One John Espley and Robert Pillow ALA New Orleans 26 June 2011 http://vtls.com/media/en-US/presentations/RDA2011SummerALAsuite0621.ppt
  • 35. Referências  FUNCTIONAL requirements for bibliographic records: final report. München: K.G. Saur, 2008.  JOINT STEERING COMMITTEE FOR DEVELOPMENT OF RDA. Frequently asked questions. [S.l.], 2010a. Last updated: 18 January 2010. Disponível em: <http://www.rda-jsc.org/rdafaq.html>. Acesso em: 30 mar. 2011.  JOINT STEERING COMMITTEE FOR DEVELOPMENT OF RDA. RDA: Resource Description and Access. [S.l.], 2010b. Disponível em: <http://www.rda-jsc.org/docs/rdabrochureJanuary2010.pdf>. Acesso em: 09 mar. 2011.  MORENO, Fernanda Passini; ARELLANO, Miguel Ángel Márdero. Requisitos Funcionais para Registros Bibliográficos. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, v. 3, n 1, p. 20- 38, jul./dez. 2005. Disponível em: <http://polaris.bc.unicamp.br/seer/ojs/include/getdoc.php?id=209&article=42&mode=pdf>. Acesso em: 16 fev. 2009.  REQUISITOS funcionales de los datos de autoridad: un modelo conceptual. [S.l.]: IFLA; Biblioteca Nacional de España, 2009. Disponível em: <http://www.ifla.org/files/cataloguing/frad/frad_2009- es.pdf>. Acesso em: 10 jul. 2010.  RESOURCE description and access (RDA). Chicago: ALA, 2011.  TILLETT, Barbara B. O que é FRBR? Um modelo conceitual para o universo bibliográfico. Library of Congress, 2003. Disponível em: <http://www.loc.gov/catdir/cpso/o-que-e-frbr.pdf>. Acesso em: 21 out. 2011.  U.S. RDA Test Coordinating Committee. Report and recommendations of the U.S. RDA Test Coordinating Committee. Washington: Library of Congress, 2011.
  • 36. Minicurso “Introdução ao RDA” – Marília, 18 e 19 de novembro de 2011 Grupo de Pesquisa Novas Tecnologias em Informação (GPNTI) Campus de Marília Obrigado! Fabrício Silva Assumpção assumpcao.f@gmail.com | sites.google.com/site/infsassumpcao