SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 17
PROJETO:
Quem somos?
Com mais de um ano de mercado, a Hipermidia Comunicação é uma empresa de
comunicação corporativa, que atua com comunicação integrada e marketing em
âmbito nacional.

A Hipermidia Comunicação é composta por quatro colaboradores, que se
associaram durante o curso de Pós-Graduação em Gestão Estratégica da
Comunicação, do Instituto de Gestão e Comunicação (IGEC), vinculado às
Faculdades Integradas Hélio Alonso (Facha), com experiência em responsabilidade
social, assessoria de imprensa, marketing e comunicação integrada e interna.

Temos como premissa atender cada cliente como se fosse único.
Objetivos do Projeto
Promover a unificação gradual da Rede D’Or São Luiz interna e externamente e favorecer
uma mudança de cultura organizacional.

O comitê de gestão de mudança, formado por líderes das principais áreas de cada hospital
(Comunicação, RH, Administração, etc.) deverá responder a algumas perguntas para saber
qual é a melhor hora de reformular a sua organização, quais tipos de mudanças fazer e qual
deve ser a escala dessa transformação.

No caso de decidir por mudar, deve avaliar os seguintes pontos:
Qual a qualidade da comunicação e da colaboração entre equipes?
Qual a capacidade de adaptação das equipes às mudanças?
Como o poder se equilibra entre as áreas e como ele influencia na tomada de decisões
estratégicas ou na distribuição de recursos entre os setores da empresa?
Visão do Projeto
O projeto será dividido em 5 etapas, cada uma com propósitos e resultados bem
definidos:


•   Etapa 1: Visão da Mudança

•   Etapa 2: Mudança Gradual

•   Etapa 3: Envolvimento adequado

•   Etapa 4: Comunicação objetiva

•   Etapa 5: Tempo para amadurecimento
Visão do Projeto
•  Etapa 1: Visão da mudança
A visão deve ser definida pela liderança, com apoio de sua equipe, consolidada e
transmitida à organização pela liderança. Contudo, é preciso desmitificar a visão da
mudança como sendo algo sempre finalizado, detalhado e extremamente claro. Os ajustes
e detalhes devem ser feitos com o envolvimento de pessoas-chave da organização.

•  Etapa 2: Mudança gradual
Abordagens simples, que buscam a mudança gradual e sistemática da cultura da
empresa, permitem que todos na organização entendam mais claramente como se planeja
executar as mudanças.

•  Etapa 3: Envolvimento adequado
O planejamento e a implantação de mudanças requerem o envolvimento adequado de
todos, em diferentes graus, de acordo com as funções que ocupam na organização. A alta
administração e a média gerência devem estar totalmente comprometidas.
Visão do Projeto
•   Etapa 4: Comunicação objetiva
Nos casos mais bem-sucedidos, verificamos que múltiplos meios de comunicação foram
utilizados, sendo que a seleção deu-se em função da amplitude do meio em cada nível
organizacional. Em alguns casos, detectamos que vários dos principais objetivos propostos
foram atingidos, mas, em função de deficiências de comunicação, as pessoas acabaram por
não reconhecê-los.

•  Etapa 5: Tempo para amadurecimento
Por fim, identificamos que nos casos bem-sucedidos há uma melhor administração do tempo
correto para amadurecimento da mudança. Empresas que apressaram o processo tiveram
problemas de baixa absorção das mudanças pela organização, onde aspectos importantes da
visão acabaram não sendo entendidos corretamente. Já em empresas complacentes que
deixaram o tempo para efetivação das mudanças se estender além do necessário, aspectos
importantes da visão foram alterados ou até esquecidos com o passar do tempo. O
fundamental é que os prazos sejam definidos e comunicados à organização e cumpridos
durante a execução.
Etapas do Projeto
Primeira Etapa:

Identificar os líderes de cada setor e verticalizar a cultura organizacional da empresa das
duas empresas analisando quais aspectos de cada cultura pode funcionar na outra e quais
devem continuar funcionamento paralelamente nas duas instituições.
Etapas do Projeto
Segunda Etapa: Após a primeira etapa definida, passar a informação para os
colaboradores internos (médicos, funcionários) de forma atraente/interessante.

•   Unificação do sistema dos dados de médicos e pacientes em todas as unidades
    da Rede;

•   Criação de uma área com conteúdo exclusivo para médicos dentro do site da
    Rede com notícias, material de pesquisa e espaço para o diálogo direto com os
    gestores;

•   Implementação do Projeto de Qualificação da Rede de Prestadores, que
    remunera de forma diferenciada a entidade, de acordo com o nível de
    acreditação;

•   Realização de seminários médicos trimestralmente com temas atuais e
    relevantes para contribuir com a integração do corpo médico e sua constante
    capacitação.
Etapas do Projeto
Terceira Etapa: Trabalhar a forma com as operadoras de saúde, médicos
associados e fornecedores.

•   Fazer treinamento de front office para receber o cliente quando ele chegar no
    hospital;
•   A Rede precisa garantir a continuidade contratual com os fornecedores com o
    envio de cartas esclarecendo a parceria;
•   Manutenção dos canais de comunicação com os fornecedores;
•   É importante não mudar imediatamente o profissional responsável pelo
    relacionamento com os fornecedores, de modo a garantir confiança;
•   Instalar um software de gerenciamento de fornecedores, que ajude a
    desenvolver e cadastrar fornecedores por meio de uma triagem com os
    potenciais terceirizados que podem atender às necessidades da Rede.
Etapas do Projeto
Terceira Etapa:

Ações com médicos associados

Elaborar um sistema integrado da Rede D’or com a São Luiz permitindo a sua
unificação com o corpo médico com a inclusão dos dados biográficos e
profissionais de todos os médicos da rede;

•   Credenciar os médicos com crachás utilizados em toda a rede com as
    respectivas ordens de acesso;
•   Implementar mecanismos de controle, premiação e distinção que permitam
    valorizar o trabalho dos médicos de toda rede;
•   Distribuir todo o tipo de conteúdo sobre a rede aos médicos.
Etapas do Projeto
Terceira Etapa:

Ações com as operadoras de Saúde:

•   Enviar comunicados e folders que descrevem a continuidade dos serviços
    oferecidos pela Rede;
•   Garantir a continuidade contratual com as operadoras, parceiras da rede.
Etapas do Projeto
Quarta Etapa: Imprensa

Distribuição de press kit convocando a imprensa para um café da manhã seguido
de entrevista coletiva com os presidentes e os diretores de marketing da Rede
D’Or São Luiz;

O press kit vai contar com um pen drive em forma de termômetro contendo fotos
em alta resolução, vídeos e áudios sobre a Rede D’Or São Luiz e também sobre o
Smart Track, além da versão digital do release que também será impresso aos
jornalistas que falam de saúde.
Etapas do Projeto
Ação Paralela: Clientes

•   Enquanto o cliente aguarda na fila do hospital para ser atendido pode assistir, no mesmo
    monitor onde são mostradas as senhas, as explicações sobre a Rede de Hospitais D'or São
    Luiz;
•   Implantação de comunicado na Central de Atendimento, que passará a ser 0800.
    Enquanto o paciente aguarda ser atendido no telefone, ouve a gravação sobre as
    novidades da Rede de D'or São Luiz;
•   Folhetos explicativos serão entregues juntamente aos exames dos pacientes;
•   Reportagens explicativas sobre a união da Rede serão publicadas na revista “Sua Saúde”;
•   Criação de área dedicada no site e/ou um hotsite para explicar as novidades da
    empresa;
•   Ação conjunta com a rádio BandNewsFM, no programa "Saúde com os Hospitais Rede D'or
    São Luiz", esclarecendo sobre as novidades e dúvidas dos ouvintes.
Ações
Sugestão de mudança para as logomarcas:
Investimento

•   Consultoria: R$ 20.000,00;
•   Reformulação do site: R$ 15.000,00;
•   Reformulação da Intranet: R$ 40.000,00;
•   Unificação do sistema médico: R$ 60.000,00;
•   Software de gerenciamento: R$ 20.000,00 mil;
•   Assessoria de Imprensa: R$ 7.000,00 mensais;
•   Fotógrafo: R$ 2.000,00;
•   Café da manhã para 35 pessoas: R$ 100.000,00 com buffet e recepção;
•   Pen drive em formato de termômetro: R$ 15,00 cada;
•   Crachá: R$ 3,00 cada;
•   Folder: R$ 1,00 cada;
•   Serviço de 0800 - R$ 10.000,00 mensais;
•   Ação no programa Band News: R$ 15.000,00.
Observações
Esta proposta tem validade de 155 (quinze) dias após sua entrega, e após a sua
aprovação, servirá como contrato de prestação de serviços entre a Hipermidia
Comunicação e o cliente.

Caso ocorram eventos não previstos, que venham a dificultar a entrega do
trabalho no prazo descrito, o presente cronograma e o orçamento deverão ser
discutidos e revistos pelos integrantes das equipes (Hipermidia Comunicação e
Cliente).

Não estão inclusas despesas de locação de salas, equipamentos (data show) e
coffee-break durante a realização de workshops e reuniões.
Obrigado!

Cabingano Manuel
 Michel Menaei
 Renata Pacheco
  Úrsula Neves

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Exercici 3 photoshop - Júlia Morey - B3
Exercici 3 photoshop  - Júlia Morey - B3Exercici 3 photoshop  - Júlia Morey - B3
Exercici 3 photoshop - Júlia Morey - B3julia_mose
 
Telefonía celular: Derecho de los usuarios
Telefonía celular: Derecho de los usuariosTelefonía celular: Derecho de los usuarios
Telefonía celular: Derecho de los usuariosMiguel Ramírez
 
O meu calendario2014 rafael pereira
O meu calendario2014 rafael pereiraO meu calendario2014 rafael pereira
O meu calendario2014 rafael pereirabombasticopt
 
Programa de actos de la Semana Santa de Viveiro 1996
Programa de actos de la Semana Santa de Viveiro 1996Programa de actos de la Semana Santa de Viveiro 1996
Programa de actos de la Semana Santa de Viveiro 1996Cofrades de Viveiro
 
Cuadro de la temporalidad de un lustro
Cuadro de la temporalidad de un lustroCuadro de la temporalidad de un lustro
Cuadro de la temporalidad de un lustroMaria Moguel Herrera
 
Prestação contas
Prestação contas  Prestação contas
Prestação contas Cepam
 
Víctimas de violencia sexual no deben ser sometidas a pruebas repetitivas
Víctimas de violencia sexual no deben ser sometidas a pruebas repetitivasVíctimas de violencia sexual no deben ser sometidas a pruebas repetitivas
Víctimas de violencia sexual no deben ser sometidas a pruebas repetitivasMiguel Ramírez
 
Kenxinda KEN® Smart Phones
Kenxinda KEN® Smart Phones Kenxinda KEN® Smart Phones
Kenxinda KEN® Smart Phones Joe Li
 
Descubren estafas contra jubilados o próximos a jubilarse
Descubren estafas contra jubilados o próximos a jubilarseDescubren estafas contra jubilados o próximos a jubilarse
Descubren estafas contra jubilados o próximos a jubilarseMiguel Ramírez
 
VestíGios VisíVeis Da Trindade
VestíGios VisíVeis Da TrindadeVestíGios VisíVeis Da Trindade
VestíGios VisíVeis Da TrindadeRaimundo Bezerra
 

Destaque (19)

Exercici 3 photoshop - Júlia Morey - B3
Exercici 3 photoshop  - Júlia Morey - B3Exercici 3 photoshop  - Júlia Morey - B3
Exercici 3 photoshop - Júlia Morey - B3
 
Telefonía celular: Derecho de los usuarios
Telefonía celular: Derecho de los usuariosTelefonía celular: Derecho de los usuarios
Telefonía celular: Derecho de los usuarios
 
O meu calendario2014 rafael pereira
O meu calendario2014 rafael pereiraO meu calendario2014 rafael pereira
O meu calendario2014 rafael pereira
 
Programa de actos de la Semana Santa de Viveiro 1996
Programa de actos de la Semana Santa de Viveiro 1996Programa de actos de la Semana Santa de Viveiro 1996
Programa de actos de la Semana Santa de Viveiro 1996
 
Vocabulary
VocabularyVocabulary
Vocabulary
 
Norway 2013
Norway 2013Norway 2013
Norway 2013
 
SILABO
SILABO SILABO
SILABO
 
Organigrama
OrganigramaOrganigrama
Organigrama
 
Cuadro de la temporalidad de un lustro
Cuadro de la temporalidad de un lustroCuadro de la temporalidad de un lustro
Cuadro de la temporalidad de un lustro
 
Prestação contas
Prestação contas  Prestação contas
Prestação contas
 
Tarea
TareaTarea
Tarea
 
Víctimas de violencia sexual no deben ser sometidas a pruebas repetitivas
Víctimas de violencia sexual no deben ser sometidas a pruebas repetitivasVíctimas de violencia sexual no deben ser sometidas a pruebas repetitivas
Víctimas de violencia sexual no deben ser sometidas a pruebas repetitivas
 
Innii u
Innii uInnii u
Innii u
 
Investigación aplicaciones web 2.0
Investigación aplicaciones web 2.0Investigación aplicaciones web 2.0
Investigación aplicaciones web 2.0
 
Actividad 8
Actividad 8Actividad 8
Actividad 8
 
Kenxinda KEN® Smart Phones
Kenxinda KEN® Smart Phones Kenxinda KEN® Smart Phones
Kenxinda KEN® Smart Phones
 
Descubren estafas contra jubilados o próximos a jubilarse
Descubren estafas contra jubilados o próximos a jubilarseDescubren estafas contra jubilados o próximos a jubilarse
Descubren estafas contra jubilados o próximos a jubilarse
 
Oracle Consultant
Oracle ConsultantOracle Consultant
Oracle Consultant
 
VestíGios VisíVeis Da Trindade
VestíGios VisíVeis Da TrindadeVestíGios VisíVeis Da Trindade
VestíGios VisíVeis Da Trindade
 

Semelhante a Hipermidia Comunicação e IGEC

ApresentaçãO Dos Alunos Na Disciplina De ComunicaçãO Organizacional
ApresentaçãO Dos Alunos Na Disciplina De ComunicaçãO OrganizacionalApresentaçãO Dos Alunos Na Disciplina De ComunicaçãO Organizacional
ApresentaçãO Dos Alunos Na Disciplina De ComunicaçãO OrganizacionalMara
 
Vivo - Tableau Du Bord - Garantia E SatisfaçãO Do Cliente
Vivo - Tableau Du Bord - Garantia E SatisfaçãO Do ClienteVivo - Tableau Du Bord - Garantia E SatisfaçãO Do Cliente
Vivo - Tableau Du Bord - Garantia E SatisfaçãO Do ClienteJuliana Maria Lopes
 
Comunicação Integrada Cruz Vermelha Brasileira
Comunicação Integrada Cruz Vermelha BrasileiraComunicação Integrada Cruz Vermelha Brasileira
Comunicação Integrada Cruz Vermelha BrasileiraAlexandre Baçallo
 
Endoacting o caso petrobras 2005
Endoacting   o caso petrobras 2005Endoacting   o caso petrobras 2005
Endoacting o caso petrobras 2005zeusi9iuto
 
Projeto CMAdMagic
Projeto CMAdMagicProjeto CMAdMagic
Projeto CMAdMagicCarla Viola
 
Projeto Rh Finalppt Pronto Futura
Projeto Rh Finalppt Pronto FuturaProjeto Rh Finalppt Pronto Futura
Projeto Rh Finalppt Pronto Futuraguest1b0490
 
Mudança é a Nossa Oportunidade
Mudança é a Nossa OportunidadeMudança é a Nossa Oportunidade
Mudança é a Nossa Oportunidadehugonevez
 
FGV MBA GEEP T40 Implantacao de PMO em LISARB
FGV MBA GEEP T40 Implantacao de PMO em LISARBFGV MBA GEEP T40 Implantacao de PMO em LISARB
FGV MBA GEEP T40 Implantacao de PMO em LISARBMarco Coghi
 
Elabore um plano de comunicação da transformação de serviços para sua institu...
Elabore um plano de comunicação da transformação de serviços para sua institu...Elabore um plano de comunicação da transformação de serviços para sua institu...
Elabore um plano de comunicação da transformação de serviços para sua institu...Colaborativismo
 
Guia Completo - Como Montar Sua Própria Rede de Franquia Odontológica de Suc...
Guia Completo -  Como Montar Sua Própria Rede de Franquia Odontológica de Suc...Guia Completo -  Como Montar Sua Própria Rede de Franquia Odontológica de Suc...
Guia Completo - Como Montar Sua Própria Rede de Franquia Odontológica de Suc...Senior Consultoria em Gestão e Marketing
 
ADJMPV Consultoria
ADJMPV ConsultoriaADJMPV Consultoria
ADJMPV ConsultoriaMarco Coghi
 
Paulo Brustolin MBA Turma 29 Case Unimed Cuiaba
Paulo Brustolin MBA Turma 29 Case Unimed CuiabaPaulo Brustolin MBA Turma 29 Case Unimed Cuiaba
Paulo Brustolin MBA Turma 29 Case Unimed CuiabaPaulo Brustolin
 
Sc a-g25- Criação de um Blogue sobre o Impacto das Tecnologias da Informação ...
Sc a-g25- Criação de um Blogue sobre o Impacto das Tecnologias da Informação ...Sc a-g25- Criação de um Blogue sobre o Impacto das Tecnologias da Informação ...
Sc a-g25- Criação de um Blogue sobre o Impacto das Tecnologias da Informação ...Andreia Costa103
 
Gerenciamento de Comunicação em Projetos-parte 2
Gerenciamento de Comunicação em Projetos-parte 2Gerenciamento de Comunicação em Projetos-parte 2
Gerenciamento de Comunicação em Projetos-parte 2Cláudia
 
Board Comunicação Integrada
Board Comunicação IntegradaBoard Comunicação Integrada
Board Comunicação IntegradaFernanda Sobral
 
Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas do Seto...
Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas do Seto...Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas do Seto...
Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas do Seto...Lecom Tecnologia
 
– Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas do Se...
– Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas do Se...– Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas do Se...
– Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas do Se...EloGroup
 

Semelhante a Hipermidia Comunicação e IGEC (20)

ApresentaçãO Dos Alunos Na Disciplina De ComunicaçãO Organizacional
ApresentaçãO Dos Alunos Na Disciplina De ComunicaçãO OrganizacionalApresentaçãO Dos Alunos Na Disciplina De ComunicaçãO Organizacional
ApresentaçãO Dos Alunos Na Disciplina De ComunicaçãO Organizacional
 
Vivo - Tableau Du Bord - Garantia E SatisfaçãO Do Cliente
Vivo - Tableau Du Bord - Garantia E SatisfaçãO Do ClienteVivo - Tableau Du Bord - Garantia E SatisfaçãO Do Cliente
Vivo - Tableau Du Bord - Garantia E SatisfaçãO Do Cliente
 
Comunicação Integrada Cruz Vermelha Brasileira
Comunicação Integrada Cruz Vermelha BrasileiraComunicação Integrada Cruz Vermelha Brasileira
Comunicação Integrada Cruz Vermelha Brasileira
 
Endoacting o caso petrobras 2005
Endoacting   o caso petrobras 2005Endoacting   o caso petrobras 2005
Endoacting o caso petrobras 2005
 
Redesenho de Serviços
Redesenho de ServiçosRedesenho de Serviços
Redesenho de Serviços
 
Projeto CMAdMagic
Projeto CMAdMagicProjeto CMAdMagic
Projeto CMAdMagic
 
Projeto Rh Finalppt Pronto Futura
Projeto Rh Finalppt Pronto FuturaProjeto Rh Finalppt Pronto Futura
Projeto Rh Finalppt Pronto Futura
 
Mudança é a Nossa Oportunidade
Mudança é a Nossa OportunidadeMudança é a Nossa Oportunidade
Mudança é a Nossa Oportunidade
 
FGV MBA GEEP T40 Implantacao de PMO em LISARB
FGV MBA GEEP T40 Implantacao de PMO em LISARBFGV MBA GEEP T40 Implantacao de PMO em LISARB
FGV MBA GEEP T40 Implantacao de PMO em LISARB
 
Ouvidoria sistema público
Ouvidoria   sistema públicoOuvidoria   sistema público
Ouvidoria sistema público
 
Elabore um plano de comunicação da transformação de serviços para sua institu...
Elabore um plano de comunicação da transformação de serviços para sua institu...Elabore um plano de comunicação da transformação de serviços para sua institu...
Elabore um plano de comunicação da transformação de serviços para sua institu...
 
Ponto 6
Ponto 6Ponto 6
Ponto 6
 
Guia Completo - Como Montar Sua Própria Rede de Franquia Odontológica de Suc...
Guia Completo -  Como Montar Sua Própria Rede de Franquia Odontológica de Suc...Guia Completo -  Como Montar Sua Própria Rede de Franquia Odontológica de Suc...
Guia Completo - Como Montar Sua Própria Rede de Franquia Odontológica de Suc...
 
ADJMPV Consultoria
ADJMPV ConsultoriaADJMPV Consultoria
ADJMPV Consultoria
 
Paulo Brustolin MBA Turma 29 Case Unimed Cuiaba
Paulo Brustolin MBA Turma 29 Case Unimed CuiabaPaulo Brustolin MBA Turma 29 Case Unimed Cuiaba
Paulo Brustolin MBA Turma 29 Case Unimed Cuiaba
 
Sc a-g25- Criação de um Blogue sobre o Impacto das Tecnologias da Informação ...
Sc a-g25- Criação de um Blogue sobre o Impacto das Tecnologias da Informação ...Sc a-g25- Criação de um Blogue sobre o Impacto das Tecnologias da Informação ...
Sc a-g25- Criação de um Blogue sobre o Impacto das Tecnologias da Informação ...
 
Gerenciamento de Comunicação em Projetos-parte 2
Gerenciamento de Comunicação em Projetos-parte 2Gerenciamento de Comunicação em Projetos-parte 2
Gerenciamento de Comunicação em Projetos-parte 2
 
Board Comunicação Integrada
Board Comunicação IntegradaBoard Comunicação Integrada
Board Comunicação Integrada
 
Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas do Seto...
Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas do Seto...Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas do Seto...
Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas do Seto...
 
– Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas do Se...
– Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas do Se...– Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas do Se...
– Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas do Se...
 

Hipermidia Comunicação e IGEC

  • 2. Quem somos? Com mais de um ano de mercado, a Hipermidia Comunicação é uma empresa de comunicação corporativa, que atua com comunicação integrada e marketing em âmbito nacional. A Hipermidia Comunicação é composta por quatro colaboradores, que se associaram durante o curso de Pós-Graduação em Gestão Estratégica da Comunicação, do Instituto de Gestão e Comunicação (IGEC), vinculado às Faculdades Integradas Hélio Alonso (Facha), com experiência em responsabilidade social, assessoria de imprensa, marketing e comunicação integrada e interna. Temos como premissa atender cada cliente como se fosse único.
  • 3. Objetivos do Projeto Promover a unificação gradual da Rede D’Or São Luiz interna e externamente e favorecer uma mudança de cultura organizacional. O comitê de gestão de mudança, formado por líderes das principais áreas de cada hospital (Comunicação, RH, Administração, etc.) deverá responder a algumas perguntas para saber qual é a melhor hora de reformular a sua organização, quais tipos de mudanças fazer e qual deve ser a escala dessa transformação. No caso de decidir por mudar, deve avaliar os seguintes pontos: Qual a qualidade da comunicação e da colaboração entre equipes? Qual a capacidade de adaptação das equipes às mudanças? Como o poder se equilibra entre as áreas e como ele influencia na tomada de decisões estratégicas ou na distribuição de recursos entre os setores da empresa?
  • 4. Visão do Projeto O projeto será dividido em 5 etapas, cada uma com propósitos e resultados bem definidos: • Etapa 1: Visão da Mudança • Etapa 2: Mudança Gradual • Etapa 3: Envolvimento adequado • Etapa 4: Comunicação objetiva • Etapa 5: Tempo para amadurecimento
  • 5. Visão do Projeto • Etapa 1: Visão da mudança A visão deve ser definida pela liderança, com apoio de sua equipe, consolidada e transmitida à organização pela liderança. Contudo, é preciso desmitificar a visão da mudança como sendo algo sempre finalizado, detalhado e extremamente claro. Os ajustes e detalhes devem ser feitos com o envolvimento de pessoas-chave da organização. • Etapa 2: Mudança gradual Abordagens simples, que buscam a mudança gradual e sistemática da cultura da empresa, permitem que todos na organização entendam mais claramente como se planeja executar as mudanças. • Etapa 3: Envolvimento adequado O planejamento e a implantação de mudanças requerem o envolvimento adequado de todos, em diferentes graus, de acordo com as funções que ocupam na organização. A alta administração e a média gerência devem estar totalmente comprometidas.
  • 6. Visão do Projeto • Etapa 4: Comunicação objetiva Nos casos mais bem-sucedidos, verificamos que múltiplos meios de comunicação foram utilizados, sendo que a seleção deu-se em função da amplitude do meio em cada nível organizacional. Em alguns casos, detectamos que vários dos principais objetivos propostos foram atingidos, mas, em função de deficiências de comunicação, as pessoas acabaram por não reconhecê-los. • Etapa 5: Tempo para amadurecimento Por fim, identificamos que nos casos bem-sucedidos há uma melhor administração do tempo correto para amadurecimento da mudança. Empresas que apressaram o processo tiveram problemas de baixa absorção das mudanças pela organização, onde aspectos importantes da visão acabaram não sendo entendidos corretamente. Já em empresas complacentes que deixaram o tempo para efetivação das mudanças se estender além do necessário, aspectos importantes da visão foram alterados ou até esquecidos com o passar do tempo. O fundamental é que os prazos sejam definidos e comunicados à organização e cumpridos durante a execução.
  • 7. Etapas do Projeto Primeira Etapa: Identificar os líderes de cada setor e verticalizar a cultura organizacional da empresa das duas empresas analisando quais aspectos de cada cultura pode funcionar na outra e quais devem continuar funcionamento paralelamente nas duas instituições.
  • 8. Etapas do Projeto Segunda Etapa: Após a primeira etapa definida, passar a informação para os colaboradores internos (médicos, funcionários) de forma atraente/interessante. • Unificação do sistema dos dados de médicos e pacientes em todas as unidades da Rede; • Criação de uma área com conteúdo exclusivo para médicos dentro do site da Rede com notícias, material de pesquisa e espaço para o diálogo direto com os gestores; • Implementação do Projeto de Qualificação da Rede de Prestadores, que remunera de forma diferenciada a entidade, de acordo com o nível de acreditação; • Realização de seminários médicos trimestralmente com temas atuais e relevantes para contribuir com a integração do corpo médico e sua constante capacitação.
  • 9. Etapas do Projeto Terceira Etapa: Trabalhar a forma com as operadoras de saúde, médicos associados e fornecedores. • Fazer treinamento de front office para receber o cliente quando ele chegar no hospital; • A Rede precisa garantir a continuidade contratual com os fornecedores com o envio de cartas esclarecendo a parceria; • Manutenção dos canais de comunicação com os fornecedores; • É importante não mudar imediatamente o profissional responsável pelo relacionamento com os fornecedores, de modo a garantir confiança; • Instalar um software de gerenciamento de fornecedores, que ajude a desenvolver e cadastrar fornecedores por meio de uma triagem com os potenciais terceirizados que podem atender às necessidades da Rede.
  • 10. Etapas do Projeto Terceira Etapa: Ações com médicos associados Elaborar um sistema integrado da Rede D’or com a São Luiz permitindo a sua unificação com o corpo médico com a inclusão dos dados biográficos e profissionais de todos os médicos da rede; • Credenciar os médicos com crachás utilizados em toda a rede com as respectivas ordens de acesso; • Implementar mecanismos de controle, premiação e distinção que permitam valorizar o trabalho dos médicos de toda rede; • Distribuir todo o tipo de conteúdo sobre a rede aos médicos.
  • 11. Etapas do Projeto Terceira Etapa: Ações com as operadoras de Saúde: • Enviar comunicados e folders que descrevem a continuidade dos serviços oferecidos pela Rede; • Garantir a continuidade contratual com as operadoras, parceiras da rede.
  • 12. Etapas do Projeto Quarta Etapa: Imprensa Distribuição de press kit convocando a imprensa para um café da manhã seguido de entrevista coletiva com os presidentes e os diretores de marketing da Rede D’Or São Luiz; O press kit vai contar com um pen drive em forma de termômetro contendo fotos em alta resolução, vídeos e áudios sobre a Rede D’Or São Luiz e também sobre o Smart Track, além da versão digital do release que também será impresso aos jornalistas que falam de saúde.
  • 13. Etapas do Projeto Ação Paralela: Clientes • Enquanto o cliente aguarda na fila do hospital para ser atendido pode assistir, no mesmo monitor onde são mostradas as senhas, as explicações sobre a Rede de Hospitais D'or São Luiz; • Implantação de comunicado na Central de Atendimento, que passará a ser 0800. Enquanto o paciente aguarda ser atendido no telefone, ouve a gravação sobre as novidades da Rede de D'or São Luiz; • Folhetos explicativos serão entregues juntamente aos exames dos pacientes; • Reportagens explicativas sobre a união da Rede serão publicadas na revista “Sua Saúde”; • Criação de área dedicada no site e/ou um hotsite para explicar as novidades da empresa; • Ação conjunta com a rádio BandNewsFM, no programa "Saúde com os Hospitais Rede D'or São Luiz", esclarecendo sobre as novidades e dúvidas dos ouvintes.
  • 14. Ações Sugestão de mudança para as logomarcas:
  • 15. Investimento • Consultoria: R$ 20.000,00; • Reformulação do site: R$ 15.000,00; • Reformulação da Intranet: R$ 40.000,00; • Unificação do sistema médico: R$ 60.000,00; • Software de gerenciamento: R$ 20.000,00 mil; • Assessoria de Imprensa: R$ 7.000,00 mensais; • Fotógrafo: R$ 2.000,00; • Café da manhã para 35 pessoas: R$ 100.000,00 com buffet e recepção; • Pen drive em formato de termômetro: R$ 15,00 cada; • Crachá: R$ 3,00 cada; • Folder: R$ 1,00 cada; • Serviço de 0800 - R$ 10.000,00 mensais; • Ação no programa Band News: R$ 15.000,00.
  • 16. Observações Esta proposta tem validade de 155 (quinze) dias após sua entrega, e após a sua aprovação, servirá como contrato de prestação de serviços entre a Hipermidia Comunicação e o cliente. Caso ocorram eventos não previstos, que venham a dificultar a entrega do trabalho no prazo descrito, o presente cronograma e o orçamento deverão ser discutidos e revistos pelos integrantes das equipes (Hipermidia Comunicação e Cliente). Não estão inclusas despesas de locação de salas, equipamentos (data show) e coffee-break durante a realização de workshops e reuniões.
  • 17. Obrigado! Cabingano Manuel Michel Menaei Renata Pacheco Úrsula Neves