SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 19
CLIMOGRAMA ,[object Object]
  Meses   Temperaturas   Chuvas   Janeiro   27   440   Fevereiro   26   450   Março   25   280   Abril   26   370   Maio   27   80   Junho   28   60   Julho   28   40   Agosto   25   45   Setembro   26   30   Outubro   26   100   Novembro   27   260   Dezembro   27   255
Análise : Manaus apresenta duas estações de chuvas bem diferenciadas: de maio a outubro, com pouca chuva (inferior a 100 mm mensais); e de novembro a abril, com grandes quantidades, variando de 250 a 450 mm. As temperaturas variam pouco entre 25º C e 28º C, em média.  Quais são os dados representados?   Temperaturas (dados quantitativos, contínuos e absolutos), precipitações (dados quantitativos, absolutos) e meses (ordenados).
GRANDES TIPOS CLIMÁTICOS
EQUATORIAL
TROPICAL
DESÉRTICO
TEMPERADO
MEDITERRÂNEO
SUBTROPICAL
CLIMA SEMI-ÁRIDO
FRIO FAIXA LIMÍTROFE DA ZONA TEMPERADA; PRECIPITAÇÃO BAIXA (POUCA EVAPORAÇÃO) BAIXAS TEMPERATURAS AMPLITUDE TÉRMICA ANUAL
POLAR
FRIO DE ALTA MONTANHA
 
 
CLIMA NO BRASIL ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
CLIMA NO BRASIL ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 

Mais conteúdo relacionado

Mais de Maria Olandina Machado

Mais de Maria Olandina Machado (20)

Coletânea questões de geografia
Coletânea questões de geografiaColetânea questões de geografia
Coletânea questões de geografia
 
Vegetação Litorânea
Vegetação Litorânea Vegetação Litorânea
Vegetação Litorânea
 
Pantanal
Pantanal Pantanal
Pantanal
 
Floresta de Araucárias
Floresta de Araucárias Floresta de Araucárias
Floresta de Araucárias
 
Campos
Campos Campos
Campos
 
Vegetação Litorânea
Vegetação Litorânea Vegetação Litorânea
Vegetação Litorânea
 
Pantanal
Pantanal Pantanal
Pantanal
 
Mata dos cocais
Mata dos cocais Mata dos cocais
Mata dos cocais
 
Cerrado
Cerrado Cerrado
Cerrado
 
Caatinga
CaatingaCaatinga
Caatinga
 
Floresta Amazônica
Floresta AmazônicaFloresta Amazônica
Floresta Amazônica
 
Vegetação Litorânea
Vegetação Litorânea Vegetação Litorânea
Vegetação Litorânea
 
Pantanal
Pantanal Pantanal
Pantanal
 
Mata dos Cocais
Mata dos CocaisMata dos Cocais
Mata dos Cocais
 
Floresta de araucárias
Floresta de araucárias Floresta de araucárias
Floresta de araucárias
 
Floresta Atlântica
Floresta Atlântica Floresta Atlântica
Floresta Atlântica
 
Cerrado
Cerrado Cerrado
Cerrado
 
Campos
Campos Campos
Campos
 
Caatinga
CaatingaCaatinga
Caatinga
 
Biomas terrestres
Biomas terrestresBiomas terrestres
Biomas terrestres
 

Último

Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
azulassessoria9
 

Último (20)

Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 

Grandes tipos climáticos

  • 1.
  • 2.   Meses Temperaturas Chuvas Janeiro 27 440 Fevereiro 26 450 Março 25 280 Abril 26 370 Maio 27 80 Junho 28 60 Julho 28 40 Agosto 25 45 Setembro 26 30 Outubro 26 100 Novembro 27 260 Dezembro 27 255
  • 3. Análise : Manaus apresenta duas estações de chuvas bem diferenciadas: de maio a outubro, com pouca chuva (inferior a 100 mm mensais); e de novembro a abril, com grandes quantidades, variando de 250 a 450 mm. As temperaturas variam pouco entre 25º C e 28º C, em média. Quais são os dados representados? Temperaturas (dados quantitativos, contínuos e absolutos), precipitações (dados quantitativos, absolutos) e meses (ordenados).
  • 12. FRIO FAIXA LIMÍTROFE DA ZONA TEMPERADA; PRECIPITAÇÃO BAIXA (POUCA EVAPORAÇÃO) BAIXAS TEMPERATURAS AMPLITUDE TÉRMICA ANUAL
  • 13. POLAR
  • 14. FRIO DE ALTA MONTANHA
  • 15.  
  • 16.  
  • 17.
  • 18.
  • 19.