SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
GRALHA AZUL
               GRALHA AZUL
BOLETIM MENSAL - No. 13 JULHO 2011 - SOCIEDADE BRASILEIRA DE MÉDICOS ESCRITORES - SOBRAMES - PARANÁ


    RECONCILIATIO ET PAENITENTIA

                                                                                          Flor
        Tudo é o que é. Ou não. Às vezes nos preocupamos tanto com
o correto, com a verdade, que não prestamos atenção necessária aos
fatos que nos cercam, às notícias que ouvimos, às palavras que
falamos e nas que escrevemos.

        Antigamente ouvíamos que papel aceita tudo. Hoje, sabemos
que a internet aceita tudo. O bom e o mal, o certo e o errado, a verdade
e a mentira. No afã de comentar a utilização correta da língua
portuguesa no ensino básico e nivelar a cultura pelo padrão maior da
“Última Flor do Láscio”, copiei o modelo da letra diretamente de um
endereço da internet e não percebi a acentuação. Passou
desapercebido, meio estranho, por certo, mas não houve na minha
percepção um erro a ser corrigido.
                                                                                 Sinto-a toda!
       Na minha pesquisa sobre reconciliação com os leitores do
Gralha Azul, tive a satisfação de ler de João Paulo II, a Exortação              A poesia do amor a regar,
Apostólica Pós-Sinodal de 1984. Um esmero de estilo, condensação e               A flor, a semente e a paixão
profundidade sobre os males da humanidade no mundo moderno:                      Sentido para viver e plantar
“A ânsia de conhecer melhor e de compreender o homem de hoje e o mundo
contemporâneo, de lhe decifrar o enigma e desvendar o seu mistério, de           Belo caule!
discernir os fermentos de bem ou de mal que nele se agitam, leva muitos, de      Rígido androceu no suave gineceu
há um certo tempo a esta parte, a fixar no mesmo homem e neste mundo um          À luz do sol com dor e pesar
olhar interrogativo. É o olhar do historiador e do sociólogo, do filósofo e do
                                                                                 Da semente que morreu, lembrar
teólogo, do psicólogo e do humanista, do poeta e do místico; e é, sobretudo,
o olhar preocupado, se bem que carregado de esperança, do pastor.”               E na beira da estrada floresceu.

        Claro que a penitência sem intuito religioso, mas com cara de            Veja se pode qual poeta, qual nada
pecado, foi assimilada por mim, em trazer a vocês essa versão dos
                                                                                 Rimar o vento e a pétala, quando
fatos. Acredito, portanto que a impressão de forma incorreta
                                                                                 Morre por dentro e fenece na seca
direcionada a pessoas que ainda não tiveram o privilégio de ilustrar-se,
                                                                                 calada
poderá induzir ao erro, mesmo que inconsciente, exatamente como o
meu.                                                                             Ferida e trêmula, a branca corola

        O erro crasso, a que me refiro, foi escrever “flor” com acento           Do cálice, traga comigo,
circunflexo! Erros, talvez, tenha-os cometido muito mais vezes e em
                                                                                 E com alegria comemora,
maiores proporções, mas fui salvo nessa vez pela minha amiga Rejane
                                                                                 Divide, ampara e sem demora
Machado, do Rio de Janeiro, professora, escritora e filósofa, que com
                                                                                 Brota do solo um amor repartido.
muito carinho, chamou a atenção deste episódio. Agradeço-a,
humildemente, com a penitência de corrigir com mais atenção e peço
a todos que torçam por mim pela reconciliação com a “Última Flor do                                 S.Pitaki (2003)
Láscio”.

      BOLETIM MENSAL - SOBRAMES PARANÁ - GRALHA AZUL No 13 - JULHO 2011                                               1
O DIAGNÓSTICO DE UM MUNDO DESPEDAÇADO

                                                                JOÃO PAULO II - 1984
        “Como os outros olhares, também o olhar do pastor descobre, infelizmente, entre diversas
características do mundo e da humanidade do nosso tempo, a existência de numerosas, profundas e
dolorosas divisões.

        Estas divisões manifestam-se nas relações entre as pessoas e entre os grupos, como também ao
nível das colectividades mais amplas: Nações contra Nações, e blocos de países contrapostos, numa árdua
busca de hegemonia. Na raiz das rupturas não é difícil identificar conflitos que, em vez de serem
resolvidos mediante o diálogo, se agudizam no confronto e na oposição.

        Ao indagar sobre os elementos geradores de divisão, observadores atentos apontam os mais
variados: desde a crescente disparidade entre grupos, classes sociais e países, aos antagonismos
ideológicos, nem por sombras extintos; desde a contraposição dos interesses económicos às polarizações
políticas; desde as divergências tribais à s discriminações por motivos sócio-religiosos. De resto, algumas
realidades, bem à vista de todos, constituem como que o rosto lastimoso da divisão, de que são fruto e de
que acentuam a gravidade, com irrefutável realismo. Podem recordar-se, entre tantos outros dolorosos
fenómenos sociais do nosso tempo:

  •    o espezinhar dos direitos fundamentais da pessoa humana, sendo o primeiro entre eles o direito à vida e a
       uma digna qualidade de vida; e isso apresenta-se mais escandaloso, na medida em que coexiste com uma
       retórica, nunca antes conhecida, sobre os mesmos direitos;
  •    as insídias e as pressões contra a liberdade dos indivíduos e das colectividades, sem excluir a liberdade de
       manter, professar e praticar a própria fé, que é mesmo das mais atingidas e ameaçadas;
  •    as várias formas de discriminação: racial, cultural, religiosa, etc.;
  •    a violência e o terrorismo;
  •    o uso da tortura e as formas injustas e ilegítimas de repressão;
  •    a acumulação de armas convencionais ou atómicas, a corrida aos armamentos, com despesas bélicas que
       poderiam servir para aliviar a miséria imerecida de povos social e economicamente em condições
       deprimentes;
  •    a distribuição iníqua dos recursos do mundo e dos bens da civilização, que atinge o seu cúmulo num tipo de
       organização social, por força da qual a distância entre as condições humanas dos ricos e dos pobres aumenta
       cada vez mais. (2) A potência avassaladora desta divisão faz do mundo em que vivemos um mundo
       despedaçado, (3) até mesmo nos seus fundamentos.



        Por outro lado, uma vez que a Igreja, sem se identificar com o mundo, nem ser do mundo, está
inserida no mundo e está em diálogo com o mundo, (4) não é para admirar que se notem na sua própria
estrutura repercussões e sinais da divisão que dilacera a sociedade humana. Para além das cisões entre as
Comunidades cristãs que de há séculos a contristam, a Igreja experimenta hoje no seu seio, aqui e além,
divisões entre as suas próprias componentes, causadas pela diversidade de pontos de vista e de escolhas,
no campo doutrinal e pastoral. (5) Também estas divisões podem, por vezes, parecer irremediáveis.

       Por mais impressionantes que se apresentem tais lacerações à primeira vista, só observando-as em
profundidade se consegue individuar a sua raiz: esta encontra-se numa ferida no íntimo do homem. À luz
da fé chamamos-lhe pecado, começando pelo pecado original, que cada um traz consigo desde o
nascimento, como uma herança recebida dos primeiros pais, até aos pecados que cada um comete,
abusando da própria liberdade.”
                           http://www.vatican.va/holy_father/john_paul_ii/apost_exhortations/documents/hf_jp-
                           ii_exh_02121984_reconciliatio-et-paenitentia_po.html

       BOLETIM MENSAL - SOBRAMES PARANÁ - GRALHA AZUL No 13 - JULHO 2011                                              2
HOMENAGEM PÓSTUMA À DRA. ZILDA ARNS NEUMAN COM A MEDALHA ARY DE CHRISTAN




          No último dia 17 de junho, foi realizada homenagem póstuma à Dra. Zilda Arns Neuman com a
  entrega da Medalha Ary de Christan (Sobrames PR e Academia Paranaense de Medicina) a qual foi
  entregue por seu presidente Dr. Hélio Germiniani (Sobrames PR). A homenagem coube ao Dr. João
  Gualberto de Sá Scheffer, orador da APM, que destacou a atuação da homenageada na área da pediatria
  nacional e internacional. O agradecimento feito por seu filho Dr. Nelson Arns Neuman foi emocionante,
  pois de maneira simples e abrangente nos confirmou sua obra nestas áreas. Várias autoridades estavam
  presentes e coroaram a acão desta médica brasileira, tragicamente retirada de nosso convívio.
          Nascida em Forquilhinha SC em 1934, tornou-se médica e escolheu o Paraná como sua casa,
  onde desenvolveu seu trabalho como médica pediatra e sanitarista. Tornou seu trabalho uma causa de
  vida.
          Foi fundadora e coordenadora internacional da Pastoral da Criança, fundadora e coordenadora
  nacional da Pastoral da Pessoa Idosa, organismos de ação social da Conferência Nacional dos Bispos do
  Brasil (CNBB). Dra. Zilda Arns também foi representante titular da CNBB, do Conselho Nacional de
  Saúde e membro do Conselho Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES).
          Faleceu tragicamente em Porto Príncipe em janeiro de 2010 durante um terremoto, no interior de
  uma igreja, após uma palestra para inserção da Pastoral da Criança naquele país.
          Suas palavras: “Sabemos que a força propulsora da transformação social está na prática do
  maior de todos os mandamentos da Lei de Deus: o Amor, expressado na solidariedade fraterna, capaz
  de mover montanhas."Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos" significa
  trabalhar pela inclusão social, fruto da Justiça; significa não ter preconceitos, aplicar nossos melhores
  talentos em favor da vida plena, prioritariamente daqueles que mais necessitam. Somar esforços para
  alcançar os objetivos, servir com humildade e misericórdia, sem perder a própria identidade.”




  DR. NELSON ARNS NEUMAN               DR. JOÃO GUALBERTO S. SCHEFFER   DRS. SÉ’RGIO PITAKI, HÉLIO GERMINIANI E BRUNO GRILLO




EXPEDIENTE: Editor Responsável e Presidente Sobrames Paraná: Sérgio Pitaki ;Vice-Presidentes: Fahed Daher e
Sonia Braga; Secretários: Paulo Maurício Piá de Adrade e Maurício Norberto Friedrich; Tesoureiros: Maria Fernanda
Caboclo Ribeiro e Edival Perrini. contacto: sergiopitaki@gmail.com , fones:41-30131133; 41-99691233



       BOLETIM MENSAL - SOBRAMES PARANÁ - GRALHA AZUL No 13 - JULHO 2011                                                       3

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

O encontro
O encontroO encontro
O encontro
 
Espiral 23
Espiral 23Espiral 23
Espiral 23
 
Espiral 51
Espiral 51Espiral 51
Espiral 51
 
Espiral 41
Espiral 41Espiral 41
Espiral 41
 
Espiral 11
Espiral 11Espiral 11
Espiral 11
 
Espiral 46
Espiral 46Espiral 46
Espiral 46
 
Espiral 38
Espiral 38Espiral 38
Espiral 38
 
Lançamentos 2012
Lançamentos 2012Lançamentos 2012
Lançamentos 2012
 
Lançamentos Martin Claret fevereiro
Lançamentos Martin Claret fevereiroLançamentos Martin Claret fevereiro
Lançamentos Martin Claret fevereiro
 
Lançamentos fevereiro-2012
Lançamentos   fevereiro-2012Lançamentos   fevereiro-2012
Lançamentos fevereiro-2012
 
Lançamentos Martin Claret 01
Lançamentos Martin Claret 01Lançamentos Martin Claret 01
Lançamentos Martin Claret 01
 
Espiral 42
Espiral 42Espiral 42
Espiral 42
 
Co 2009 Ir Isabel
Co 2009   Ir  IsabelCo 2009   Ir  Isabel
Co 2009 Ir Isabel
 
Gralha azul no. 39 outubro - 2013 web
Gralha azul no. 39   outubro - 2013 webGralha azul no. 39   outubro - 2013 web
Gralha azul no. 39 outubro - 2013 web
 
Ano 03 nº9 - abril - bimestral - 2011
Ano 03   nº9 - abril - bimestral - 2011Ano 03   nº9 - abril - bimestral - 2011
Ano 03 nº9 - abril - bimestral - 2011
 
Espiral 19
Espiral 19Espiral 19
Espiral 19
 
Revista bem estar-20140316
Revista bem estar-20140316Revista bem estar-20140316
Revista bem estar-20140316
 
GRALHA AZUL No. 56, OUTUBRO - 2015
GRALHA AZUL No. 56, OUTUBRO - 2015GRALHA AZUL No. 56, OUTUBRO - 2015
GRALHA AZUL No. 56, OUTUBRO - 2015
 
Espiral 53
Espiral 53Espiral 53
Espiral 53
 
Edição n. 59 do CH Noticias - Maio/2020
Edição n. 59 do CH Noticias - Maio/2020Edição n. 59 do CH Noticias - Maio/2020
Edição n. 59 do CH Noticias - Maio/2020
 

Destaque

Sacamento da reconciliação
Sacamento da reconciliaçãoSacamento da reconciliação
Sacamento da reconciliaçãoconceicaoborges
 
2011 evaluacion del_riesgo_en_las_cadenas_de_suministro
2011 evaluacion del_riesgo_en_las_cadenas_de_suministro2011 evaluacion del_riesgo_en_las_cadenas_de_suministro
2011 evaluacion del_riesgo_en_las_cadenas_de_suministroIngMarmota
 
Sacramento da Penitência - Estrutura
Sacramento da Penitência - EstruturaSacramento da Penitência - Estrutura
Sacramento da Penitência - EstruturaOrlando Junior
 
Síntese da Encíclica "Laudato Sì" (Louvado Seja) sobre o Cuidado da nossa Cas...
Síntese da Encíclica "Laudato Sì" (Louvado Seja) sobre o Cuidado da nossa Cas...Síntese da Encíclica "Laudato Sì" (Louvado Seja) sobre o Cuidado da nossa Cas...
Síntese da Encíclica "Laudato Sì" (Louvado Seja) sobre o Cuidado da nossa Cas...Antonio De Assis Ribeiro
 
25 Os Setes Sacramentos Da Igreja
25  Os Setes Sacramentos Da Igreja25  Os Setes Sacramentos Da Igreja
25 Os Setes Sacramentos Da Igrejap1guarei
 
Introdução aos sacramentos
Introdução aos sacramentosIntrodução aos sacramentos
Introdução aos sacramentosJean
 

Destaque (7)

Sacamento da reconciliação
Sacamento da reconciliaçãoSacamento da reconciliação
Sacamento da reconciliação
 
2011 evaluacion del_riesgo_en_las_cadenas_de_suministro
2011 evaluacion del_riesgo_en_las_cadenas_de_suministro2011 evaluacion del_riesgo_en_las_cadenas_de_suministro
2011 evaluacion del_riesgo_en_las_cadenas_de_suministro
 
Sacramento da Penitência - Estrutura
Sacramento da Penitência - EstruturaSacramento da Penitência - Estrutura
Sacramento da Penitência - Estrutura
 
Síntese da Encíclica "Laudato Sì" (Louvado Seja) sobre o Cuidado da nossa Cas...
Síntese da Encíclica "Laudato Sì" (Louvado Seja) sobre o Cuidado da nossa Cas...Síntese da Encíclica "Laudato Sì" (Louvado Seja) sobre o Cuidado da nossa Cas...
Síntese da Encíclica "Laudato Sì" (Louvado Seja) sobre o Cuidado da nossa Cas...
 
25 Os Setes Sacramentos Da Igreja
25  Os Setes Sacramentos Da Igreja25  Os Setes Sacramentos Da Igreja
25 Os Setes Sacramentos Da Igreja
 
Os 7 Sacramentos Católicos
Os 7 Sacramentos CatólicosOs 7 Sacramentos Católicos
Os 7 Sacramentos Católicos
 
Introdução aos sacramentos
Introdução aos sacramentosIntrodução aos sacramentos
Introdução aos sacramentos
 

Semelhante a Homenagem à Dra. Zilda Arns com a Medalha Ary de Christan

Como lidar com a morte
Como lidar com a morte Como lidar com a morte
Como lidar com a morte Felipe Cruz
 
Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Agosto...
Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Agosto...Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Agosto...
Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Agosto...ParoquiaDeSaoPedro
 
Homo Serviens - Sou feliz, sirvo à vida! Prof. Jaci Rocha Gonçalves
Homo Serviens - Sou feliz, sirvo à vida! Prof. Jaci Rocha GonçalvesHomo Serviens - Sou feliz, sirvo à vida! Prof. Jaci Rocha Gonçalves
Homo Serviens - Sou feliz, sirvo à vida! Prof. Jaci Rocha GonçalvesLuan Silva Gonçalves
 
Resenha espirita on line 101
Resenha espirita on line 101Resenha espirita on line 101
Resenha espirita on line 101MRS
 
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 616 an 18 abril_2017
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 616 an 18 abril_2017AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 616 an 18 abril_2017
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 616 an 18 abril_2017Roberto Rabat Chame
 
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 616 an 18 abril_2017
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 616 an 18 abril_2017AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 616 an 18 abril_2017
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 616 an 18 abril_2017Roberto Rabat Chame
 
Etio bolt2012 2 mar abr total pdf
Etio bolt2012 2 mar abr total pdfEtio bolt2012 2 mar abr total pdf
Etio bolt2012 2 mar abr total pdfetiotio
 
09. comece caridade no mundo jovem - 11 e 12.2011
09. comece   caridade no mundo jovem -  11 e 12.201109. comece   caridade no mundo jovem -  11 e 12.2011
09. comece caridade no mundo jovem - 11 e 12.2011comece
 
MORRER NO PLURAL: UMA REFLEXÃO ANTROPOLÓGICA SOBRE A MORTE E A MORTE DE QUINC...
MORRER NO PLURAL: UMA REFLEXÃO ANTROPOLÓGICA SOBRE A MORTE E A MORTE DE QUINC...MORRER NO PLURAL: UMA REFLEXÃO ANTROPOLÓGICA SOBRE A MORTE E A MORTE DE QUINC...
MORRER NO PLURAL: UMA REFLEXÃO ANTROPOLÓGICA SOBRE A MORTE E A MORTE DE QUINC...Patrícia Loebens
 
51433408 damatta-roberto-o-oficio-de-etnologo-ou-como-ter-anthropological-blues
51433408 damatta-roberto-o-oficio-de-etnologo-ou-como-ter-anthropological-blues51433408 damatta-roberto-o-oficio-de-etnologo-ou-como-ter-anthropological-blues
51433408 damatta-roberto-o-oficio-de-etnologo-ou-como-ter-anthropological-bluesMauro Meirelles
 
Beume junho15
Beume junho15Beume junho15
Beume junho15Ume Maria
 
Beume junho15
Beume junho15Beume junho15
Beume junho15Ume Maria
 
Messaggio della Consigliera per le Missioni - 14 febbraio 2018
Messaggio della Consigliera per le Missioni - 14 febbraio 2018Messaggio della Consigliera per le Missioni - 14 febbraio 2018
Messaggio della Consigliera per le Missioni - 14 febbraio 2018Maike Loes
 
Pelo que Vale a Pena Viver
Pelo que Vale a Pena ViverPelo que Vale a Pena Viver
Pelo que Vale a Pena ViverCarlos Correa
 
O Bandeirante - n.201 - Agosto de 2009
O Bandeirante - n.201 - Agosto de 2009O Bandeirante - n.201 - Agosto de 2009
O Bandeirante - n.201 - Agosto de 2009Marcos Gimenes Salun
 

Semelhante a Homenagem à Dra. Zilda Arns com a Medalha Ary de Christan (20)

Como lidar com a morte
Como lidar com a morte Como lidar com a morte
Como lidar com a morte
 
Edição n. 14 do CH Noticias - Agosto/2016
Edição n. 14 do CH Noticias - Agosto/2016Edição n. 14 do CH Noticias - Agosto/2016
Edição n. 14 do CH Noticias - Agosto/2016
 
Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Agosto...
Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Agosto...Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Agosto...
Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Agosto...
 
Homo Serviens - Sou feliz, sirvo à vida! Prof. Jaci Rocha Gonçalves
Homo Serviens - Sou feliz, sirvo à vida! Prof. Jaci Rocha GonçalvesHomo Serviens - Sou feliz, sirvo à vida! Prof. Jaci Rocha Gonçalves
Homo Serviens - Sou feliz, sirvo à vida! Prof. Jaci Rocha Gonçalves
 
Resenha espirita on line 101
Resenha espirita on line 101Resenha espirita on line 101
Resenha espirita on line 101
 
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 616 an 18 abril_2017
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 616 an 18 abril_2017AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 616 an 18 abril_2017
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 616 an 18 abril_2017
 
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 616 an 18 abril_2017
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 616 an 18 abril_2017AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 616 an 18 abril_2017
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 616 an 18 abril_2017
 
Etio bolt2012 2 mar abr total pdf
Etio bolt2012 2 mar abr total pdfEtio bolt2012 2 mar abr total pdf
Etio bolt2012 2 mar abr total pdf
 
09. comece caridade no mundo jovem - 11 e 12.2011
09. comece   caridade no mundo jovem -  11 e 12.201109. comece   caridade no mundo jovem -  11 e 12.2011
09. comece caridade no mundo jovem - 11 e 12.2011
 
Scena Crítica, n. 01, ano 1.pdf
Scena Crítica, n. 01, ano 1.pdfScena Crítica, n. 01, ano 1.pdf
Scena Crítica, n. 01, ano 1.pdf
 
MORRER NO PLURAL: UMA REFLEXÃO ANTROPOLÓGICA SOBRE A MORTE E A MORTE DE QUINC...
MORRER NO PLURAL: UMA REFLEXÃO ANTROPOLÓGICA SOBRE A MORTE E A MORTE DE QUINC...MORRER NO PLURAL: UMA REFLEXÃO ANTROPOLÓGICA SOBRE A MORTE E A MORTE DE QUINC...
MORRER NO PLURAL: UMA REFLEXÃO ANTROPOLÓGICA SOBRE A MORTE E A MORTE DE QUINC...
 
Ma 6ano ul1_v3n-line
Ma 6ano ul1_v3n-lineMa 6ano ul1_v3n-line
Ma 6ano ul1_v3n-line
 
51433408 damatta-roberto-o-oficio-de-etnologo-ou-como-ter-anthropological-blues
51433408 damatta-roberto-o-oficio-de-etnologo-ou-como-ter-anthropological-blues51433408 damatta-roberto-o-oficio-de-etnologo-ou-como-ter-anthropological-blues
51433408 damatta-roberto-o-oficio-de-etnologo-ou-como-ter-anthropological-blues
 
Beume junho15
Beume junho15Beume junho15
Beume junho15
 
Beume junho15
Beume junho15Beume junho15
Beume junho15
 
Messaggio della Consigliera per le Missioni - 14 febbraio 2018
Messaggio della Consigliera per le Missioni - 14 febbraio 2018Messaggio della Consigliera per le Missioni - 14 febbraio 2018
Messaggio della Consigliera per le Missioni - 14 febbraio 2018
 
Caio fábio nephilim
Caio fábio   nephilimCaio fábio   nephilim
Caio fábio nephilim
 
Pelo que Vale a Pena Viver
Pelo que Vale a Pena ViverPelo que Vale a Pena Viver
Pelo que Vale a Pena Viver
 
O Bandeirante - n.201 - Agosto de 2009
O Bandeirante - n.201 - Agosto de 2009O Bandeirante - n.201 - Agosto de 2009
O Bandeirante - n.201 - Agosto de 2009
 
Pelo que vale a pena viver
Pelo que vale a pena viverPelo que vale a pena viver
Pelo que vale a pena viver
 

Mais de Sérgio Pitaki

Dr. Sérgio Pitaki Curriculum vitae- Bahia.docx
Dr. Sérgio Pitaki Curriculum vitae- Bahia.docxDr. Sérgio Pitaki Curriculum vitae- Bahia.docx
Dr. Sérgio Pitaki Curriculum vitae- Bahia.docxSérgio Pitaki
 
DR. PITAKI, CURRICULUM VITAE RESUMIDO 2022
DR. PITAKI, CURRICULUM VITAE RESUMIDO 2022DR. PITAKI, CURRICULUM VITAE RESUMIDO 2022
DR. PITAKI, CURRICULUM VITAE RESUMIDO 2022Sérgio Pitaki
 
BOLETIM GRALHA AZUL NO. 81 JANEIRO 2019
BOLETIM GRALHA AZUL NO. 81 JANEIRO 2019BOLETIM GRALHA AZUL NO. 81 JANEIRO 2019
BOLETIM GRALHA AZUL NO. 81 JANEIRO 2019Sérgio Pitaki
 
BOLETIM GRALHA AZUL NO. 82 - FEVEREIRO 2019
BOLETIM GRALHA AZUL NO. 82 - FEVEREIRO 2019BOLETIM GRALHA AZUL NO. 82 - FEVEREIRO 2019
BOLETIM GRALHA AZUL NO. 82 - FEVEREIRO 2019Sérgio Pitaki
 
GRALHA AZUL No.84 DEZ 2019
GRALHA AZUL No.84 DEZ 2019GRALHA AZUL No.84 DEZ 2019
GRALHA AZUL No.84 DEZ 2019Sérgio Pitaki
 
GABRIELA MISTRAL - AULA NA BIBLIOTECA PÚBLICA DO PARANÁ
GABRIELA MISTRAL - AULA NA BIBLIOTECA PÚBLICA DO PARANÁGABRIELA MISTRAL - AULA NA BIBLIOTECA PÚBLICA DO PARANÁ
GABRIELA MISTRAL - AULA NA BIBLIOTECA PÚBLICA DO PARANÁSérgio Pitaki
 
ACUPUNTURA REN MAI 4 - SEGUNDO CHAKRA - TAN TIEN
ACUPUNTURA REN MAI 4 - SEGUNDO CHAKRA - TAN TIENACUPUNTURA REN MAI 4 - SEGUNDO CHAKRA - TAN TIEN
ACUPUNTURA REN MAI 4 - SEGUNDO CHAKRA - TAN TIENSérgio Pitaki
 
VERSOS NA REDE No. 2 - JAN/MAR 2019
VERSOS NA REDE No. 2 - JAN/MAR 2019VERSOS NA REDE No. 2 - JAN/MAR 2019
VERSOS NA REDE No. 2 - JAN/MAR 2019Sérgio Pitaki
 
GRALHA AZUL No. 79 NOVEMBRO DE 2018
GRALHA AZUL No. 79 NOVEMBRO DE 2018GRALHA AZUL No. 79 NOVEMBRO DE 2018
GRALHA AZUL No. 79 NOVEMBRO DE 2018Sérgio Pitaki
 
GRALHA AZUL No. 80 - DEZEMBRO 2018
GRALHA AZUL No. 80 - DEZEMBRO 2018GRALHA AZUL No. 80 - DEZEMBRO 2018
GRALHA AZUL No. 80 - DEZEMBRO 2018Sérgio Pitaki
 
GRALHA AZUL No.81 - JANEIRO 2019
GRALHA AZUL No.81 - JANEIRO 2019GRALHA AZUL No.81 - JANEIRO 2019
GRALHA AZUL No.81 - JANEIRO 2019Sérgio Pitaki
 
Gralha azul no.82 Fevereiro - 2019
Gralha azul no.82 Fevereiro - 2019Gralha azul no.82 Fevereiro - 2019
Gralha azul no.82 Fevereiro - 2019Sérgio Pitaki
 
VERSOS NA REDE. No.1 NOV/DEZ 2018
VERSOS NA REDE. No.1 NOV/DEZ 2018VERSOS NA REDE. No.1 NOV/DEZ 2018
VERSOS NA REDE. No.1 NOV/DEZ 2018Sérgio Pitaki
 
GRALHA AZUL No. 77 - SETEMBRO - 2018
GRALHA AZUL No. 77 - SETEMBRO - 2018GRALHA AZUL No. 77 - SETEMBRO - 2018
GRALHA AZUL No. 77 - SETEMBRO - 2018Sérgio Pitaki
 
GRALHA AZUL No. 76 mai/jul 2018
GRALHA AZUL No. 76 mai/jul 2018GRALHA AZUL No. 76 mai/jul 2018
GRALHA AZUL No. 76 mai/jul 2018Sérgio Pitaki
 
GRALHA AZUL No. 75 - ABRIL 2018
GRALHA AZUL No. 75 - ABRIL 2018GRALHA AZUL No. 75 - ABRIL 2018
GRALHA AZUL No. 75 - ABRIL 2018Sérgio Pitaki
 
GRALHA AZUL No. 7 - Janeiro - 2011
GRALHA AZUL No. 7 - Janeiro - 2011GRALHA AZUL No. 7 - Janeiro - 2011
GRALHA AZUL No. 7 - Janeiro - 2011Sérgio Pitaki
 
GRALHA AZUL No. 73 - JANEIRO 2018
GRALHA AZUL No. 73 - JANEIRO 2018GRALHA AZUL No. 73 - JANEIRO 2018
GRALHA AZUL No. 73 - JANEIRO 2018Sérgio Pitaki
 
GRALHA AZUL No. 71 - NOVEMBRO - 2017
GRALHA AZUL No. 71 - NOVEMBRO -  2017GRALHA AZUL No. 71 - NOVEMBRO -  2017
GRALHA AZUL No. 71 - NOVEMBRO - 2017Sérgio Pitaki
 
JORNADA SOBRAMES PR - DEZEMBRO 2017
JORNADA SOBRAMES PR - DEZEMBRO 2017JORNADA SOBRAMES PR - DEZEMBRO 2017
JORNADA SOBRAMES PR - DEZEMBRO 2017Sérgio Pitaki
 

Mais de Sérgio Pitaki (20)

Dr. Sérgio Pitaki Curriculum vitae- Bahia.docx
Dr. Sérgio Pitaki Curriculum vitae- Bahia.docxDr. Sérgio Pitaki Curriculum vitae- Bahia.docx
Dr. Sérgio Pitaki Curriculum vitae- Bahia.docx
 
DR. PITAKI, CURRICULUM VITAE RESUMIDO 2022
DR. PITAKI, CURRICULUM VITAE RESUMIDO 2022DR. PITAKI, CURRICULUM VITAE RESUMIDO 2022
DR. PITAKI, CURRICULUM VITAE RESUMIDO 2022
 
BOLETIM GRALHA AZUL NO. 81 JANEIRO 2019
BOLETIM GRALHA AZUL NO. 81 JANEIRO 2019BOLETIM GRALHA AZUL NO. 81 JANEIRO 2019
BOLETIM GRALHA AZUL NO. 81 JANEIRO 2019
 
BOLETIM GRALHA AZUL NO. 82 - FEVEREIRO 2019
BOLETIM GRALHA AZUL NO. 82 - FEVEREIRO 2019BOLETIM GRALHA AZUL NO. 82 - FEVEREIRO 2019
BOLETIM GRALHA AZUL NO. 82 - FEVEREIRO 2019
 
GRALHA AZUL No.84 DEZ 2019
GRALHA AZUL No.84 DEZ 2019GRALHA AZUL No.84 DEZ 2019
GRALHA AZUL No.84 DEZ 2019
 
GABRIELA MISTRAL - AULA NA BIBLIOTECA PÚBLICA DO PARANÁ
GABRIELA MISTRAL - AULA NA BIBLIOTECA PÚBLICA DO PARANÁGABRIELA MISTRAL - AULA NA BIBLIOTECA PÚBLICA DO PARANÁ
GABRIELA MISTRAL - AULA NA BIBLIOTECA PÚBLICA DO PARANÁ
 
ACUPUNTURA REN MAI 4 - SEGUNDO CHAKRA - TAN TIEN
ACUPUNTURA REN MAI 4 - SEGUNDO CHAKRA - TAN TIENACUPUNTURA REN MAI 4 - SEGUNDO CHAKRA - TAN TIEN
ACUPUNTURA REN MAI 4 - SEGUNDO CHAKRA - TAN TIEN
 
VERSOS NA REDE No. 2 - JAN/MAR 2019
VERSOS NA REDE No. 2 - JAN/MAR 2019VERSOS NA REDE No. 2 - JAN/MAR 2019
VERSOS NA REDE No. 2 - JAN/MAR 2019
 
GRALHA AZUL No. 79 NOVEMBRO DE 2018
GRALHA AZUL No. 79 NOVEMBRO DE 2018GRALHA AZUL No. 79 NOVEMBRO DE 2018
GRALHA AZUL No. 79 NOVEMBRO DE 2018
 
GRALHA AZUL No. 80 - DEZEMBRO 2018
GRALHA AZUL No. 80 - DEZEMBRO 2018GRALHA AZUL No. 80 - DEZEMBRO 2018
GRALHA AZUL No. 80 - DEZEMBRO 2018
 
GRALHA AZUL No.81 - JANEIRO 2019
GRALHA AZUL No.81 - JANEIRO 2019GRALHA AZUL No.81 - JANEIRO 2019
GRALHA AZUL No.81 - JANEIRO 2019
 
Gralha azul no.82 Fevereiro - 2019
Gralha azul no.82 Fevereiro - 2019Gralha azul no.82 Fevereiro - 2019
Gralha azul no.82 Fevereiro - 2019
 
VERSOS NA REDE. No.1 NOV/DEZ 2018
VERSOS NA REDE. No.1 NOV/DEZ 2018VERSOS NA REDE. No.1 NOV/DEZ 2018
VERSOS NA REDE. No.1 NOV/DEZ 2018
 
GRALHA AZUL No. 77 - SETEMBRO - 2018
GRALHA AZUL No. 77 - SETEMBRO - 2018GRALHA AZUL No. 77 - SETEMBRO - 2018
GRALHA AZUL No. 77 - SETEMBRO - 2018
 
GRALHA AZUL No. 76 mai/jul 2018
GRALHA AZUL No. 76 mai/jul 2018GRALHA AZUL No. 76 mai/jul 2018
GRALHA AZUL No. 76 mai/jul 2018
 
GRALHA AZUL No. 75 - ABRIL 2018
GRALHA AZUL No. 75 - ABRIL 2018GRALHA AZUL No. 75 - ABRIL 2018
GRALHA AZUL No. 75 - ABRIL 2018
 
GRALHA AZUL No. 7 - Janeiro - 2011
GRALHA AZUL No. 7 - Janeiro - 2011GRALHA AZUL No. 7 - Janeiro - 2011
GRALHA AZUL No. 7 - Janeiro - 2011
 
GRALHA AZUL No. 73 - JANEIRO 2018
GRALHA AZUL No. 73 - JANEIRO 2018GRALHA AZUL No. 73 - JANEIRO 2018
GRALHA AZUL No. 73 - JANEIRO 2018
 
GRALHA AZUL No. 71 - NOVEMBRO - 2017
GRALHA AZUL No. 71 - NOVEMBRO -  2017GRALHA AZUL No. 71 - NOVEMBRO -  2017
GRALHA AZUL No. 71 - NOVEMBRO - 2017
 
JORNADA SOBRAMES PR - DEZEMBRO 2017
JORNADA SOBRAMES PR - DEZEMBRO 2017JORNADA SOBRAMES PR - DEZEMBRO 2017
JORNADA SOBRAMES PR - DEZEMBRO 2017
 

Último

QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Mary Alvarenga
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaAula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaaulasgege
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniCassio Meira Jr.
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBCRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBAline Santana
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesMary Alvarenga
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 

Último (20)

QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaAula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBCRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 

Homenagem à Dra. Zilda Arns com a Medalha Ary de Christan

  • 1. GRALHA AZUL GRALHA AZUL BOLETIM MENSAL - No. 13 JULHO 2011 - SOCIEDADE BRASILEIRA DE MÉDICOS ESCRITORES - SOBRAMES - PARANÁ RECONCILIATIO ET PAENITENTIA Flor Tudo é o que é. Ou não. Às vezes nos preocupamos tanto com o correto, com a verdade, que não prestamos atenção necessária aos fatos que nos cercam, às notícias que ouvimos, às palavras que falamos e nas que escrevemos. Antigamente ouvíamos que papel aceita tudo. Hoje, sabemos que a internet aceita tudo. O bom e o mal, o certo e o errado, a verdade e a mentira. No afã de comentar a utilização correta da língua portuguesa no ensino básico e nivelar a cultura pelo padrão maior da “Última Flor do Láscio”, copiei o modelo da letra diretamente de um endereço da internet e não percebi a acentuação. Passou desapercebido, meio estranho, por certo, mas não houve na minha percepção um erro a ser corrigido. Sinto-a toda! Na minha pesquisa sobre reconciliação com os leitores do Gralha Azul, tive a satisfação de ler de João Paulo II, a Exortação A poesia do amor a regar, Apostólica Pós-Sinodal de 1984. Um esmero de estilo, condensação e A flor, a semente e a paixão profundidade sobre os males da humanidade no mundo moderno: Sentido para viver e plantar “A ânsia de conhecer melhor e de compreender o homem de hoje e o mundo contemporâneo, de lhe decifrar o enigma e desvendar o seu mistério, de Belo caule! discernir os fermentos de bem ou de mal que nele se agitam, leva muitos, de Rígido androceu no suave gineceu há um certo tempo a esta parte, a fixar no mesmo homem e neste mundo um À luz do sol com dor e pesar olhar interrogativo. É o olhar do historiador e do sociólogo, do filósofo e do Da semente que morreu, lembrar teólogo, do psicólogo e do humanista, do poeta e do místico; e é, sobretudo, o olhar preocupado, se bem que carregado de esperança, do pastor.” E na beira da estrada floresceu. Claro que a penitência sem intuito religioso, mas com cara de Veja se pode qual poeta, qual nada pecado, foi assimilada por mim, em trazer a vocês essa versão dos Rimar o vento e a pétala, quando fatos. Acredito, portanto que a impressão de forma incorreta Morre por dentro e fenece na seca direcionada a pessoas que ainda não tiveram o privilégio de ilustrar-se, calada poderá induzir ao erro, mesmo que inconsciente, exatamente como o meu. Ferida e trêmula, a branca corola O erro crasso, a que me refiro, foi escrever “flor” com acento Do cálice, traga comigo, circunflexo! Erros, talvez, tenha-os cometido muito mais vezes e em E com alegria comemora, maiores proporções, mas fui salvo nessa vez pela minha amiga Rejane Divide, ampara e sem demora Machado, do Rio de Janeiro, professora, escritora e filósofa, que com Brota do solo um amor repartido. muito carinho, chamou a atenção deste episódio. Agradeço-a, humildemente, com a penitência de corrigir com mais atenção e peço a todos que torçam por mim pela reconciliação com a “Última Flor do S.Pitaki (2003) Láscio”. BOLETIM MENSAL - SOBRAMES PARANÁ - GRALHA AZUL No 13 - JULHO 2011 1
  • 2. O DIAGNÓSTICO DE UM MUNDO DESPEDAÇADO JOÃO PAULO II - 1984 “Como os outros olhares, também o olhar do pastor descobre, infelizmente, entre diversas características do mundo e da humanidade do nosso tempo, a existência de numerosas, profundas e dolorosas divisões. Estas divisões manifestam-se nas relações entre as pessoas e entre os grupos, como também ao nível das colectividades mais amplas: Nações contra Nações, e blocos de países contrapostos, numa árdua busca de hegemonia. Na raiz das rupturas não é difícil identificar conflitos que, em vez de serem resolvidos mediante o diálogo, se agudizam no confronto e na oposição. Ao indagar sobre os elementos geradores de divisão, observadores atentos apontam os mais variados: desde a crescente disparidade entre grupos, classes sociais e países, aos antagonismos ideológicos, nem por sombras extintos; desde a contraposição dos interesses económicos às polarizações políticas; desde as divergências tribais à s discriminações por motivos sócio-religiosos. De resto, algumas realidades, bem à vista de todos, constituem como que o rosto lastimoso da divisão, de que são fruto e de que acentuam a gravidade, com irrefutável realismo. Podem recordar-se, entre tantos outros dolorosos fenómenos sociais do nosso tempo: • o espezinhar dos direitos fundamentais da pessoa humana, sendo o primeiro entre eles o direito à vida e a uma digna qualidade de vida; e isso apresenta-se mais escandaloso, na medida em que coexiste com uma retórica, nunca antes conhecida, sobre os mesmos direitos; • as insídias e as pressões contra a liberdade dos indivíduos e das colectividades, sem excluir a liberdade de manter, professar e praticar a própria fé, que é mesmo das mais atingidas e ameaçadas; • as várias formas de discriminação: racial, cultural, religiosa, etc.; • a violência e o terrorismo; • o uso da tortura e as formas injustas e ilegítimas de repressão; • a acumulação de armas convencionais ou atómicas, a corrida aos armamentos, com despesas bélicas que poderiam servir para aliviar a miséria imerecida de povos social e economicamente em condições deprimentes; • a distribuição iníqua dos recursos do mundo e dos bens da civilização, que atinge o seu cúmulo num tipo de organização social, por força da qual a distância entre as condições humanas dos ricos e dos pobres aumenta cada vez mais. (2) A potência avassaladora desta divisão faz do mundo em que vivemos um mundo despedaçado, (3) até mesmo nos seus fundamentos. Por outro lado, uma vez que a Igreja, sem se identificar com o mundo, nem ser do mundo, está inserida no mundo e está em diálogo com o mundo, (4) não é para admirar que se notem na sua própria estrutura repercussões e sinais da divisão que dilacera a sociedade humana. Para além das cisões entre as Comunidades cristãs que de há séculos a contristam, a Igreja experimenta hoje no seu seio, aqui e além, divisões entre as suas próprias componentes, causadas pela diversidade de pontos de vista e de escolhas, no campo doutrinal e pastoral. (5) Também estas divisões podem, por vezes, parecer irremediáveis. Por mais impressionantes que se apresentem tais lacerações à primeira vista, só observando-as em profundidade se consegue individuar a sua raiz: esta encontra-se numa ferida no íntimo do homem. À luz da fé chamamos-lhe pecado, começando pelo pecado original, que cada um traz consigo desde o nascimento, como uma herança recebida dos primeiros pais, até aos pecados que cada um comete, abusando da própria liberdade.” http://www.vatican.va/holy_father/john_paul_ii/apost_exhortations/documents/hf_jp- ii_exh_02121984_reconciliatio-et-paenitentia_po.html BOLETIM MENSAL - SOBRAMES PARANÁ - GRALHA AZUL No 13 - JULHO 2011 2
  • 3. HOMENAGEM PÓSTUMA À DRA. ZILDA ARNS NEUMAN COM A MEDALHA ARY DE CHRISTAN No último dia 17 de junho, foi realizada homenagem póstuma à Dra. Zilda Arns Neuman com a entrega da Medalha Ary de Christan (Sobrames PR e Academia Paranaense de Medicina) a qual foi entregue por seu presidente Dr. Hélio Germiniani (Sobrames PR). A homenagem coube ao Dr. João Gualberto de Sá Scheffer, orador da APM, que destacou a atuação da homenageada na área da pediatria nacional e internacional. O agradecimento feito por seu filho Dr. Nelson Arns Neuman foi emocionante, pois de maneira simples e abrangente nos confirmou sua obra nestas áreas. Várias autoridades estavam presentes e coroaram a acão desta médica brasileira, tragicamente retirada de nosso convívio. Nascida em Forquilhinha SC em 1934, tornou-se médica e escolheu o Paraná como sua casa, onde desenvolveu seu trabalho como médica pediatra e sanitarista. Tornou seu trabalho uma causa de vida. Foi fundadora e coordenadora internacional da Pastoral da Criança, fundadora e coordenadora nacional da Pastoral da Pessoa Idosa, organismos de ação social da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Dra. Zilda Arns também foi representante titular da CNBB, do Conselho Nacional de Saúde e membro do Conselho Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES). Faleceu tragicamente em Porto Príncipe em janeiro de 2010 durante um terremoto, no interior de uma igreja, após uma palestra para inserção da Pastoral da Criança naquele país. Suas palavras: “Sabemos que a força propulsora da transformação social está na prática do maior de todos os mandamentos da Lei de Deus: o Amor, expressado na solidariedade fraterna, capaz de mover montanhas."Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos" significa trabalhar pela inclusão social, fruto da Justiça; significa não ter preconceitos, aplicar nossos melhores talentos em favor da vida plena, prioritariamente daqueles que mais necessitam. Somar esforços para alcançar os objetivos, servir com humildade e misericórdia, sem perder a própria identidade.” DR. NELSON ARNS NEUMAN DR. JOÃO GUALBERTO S. SCHEFFER DRS. SÉ’RGIO PITAKI, HÉLIO GERMINIANI E BRUNO GRILLO EXPEDIENTE: Editor Responsável e Presidente Sobrames Paraná: Sérgio Pitaki ;Vice-Presidentes: Fahed Daher e Sonia Braga; Secretários: Paulo Maurício Piá de Adrade e Maurício Norberto Friedrich; Tesoureiros: Maria Fernanda Caboclo Ribeiro e Edival Perrini. contacto: sergiopitaki@gmail.com , fones:41-30131133; 41-99691233 BOLETIM MENSAL - SOBRAMES PARANÁ - GRALHA AZUL No 13 - JULHO 2011 3