SlideShare uma empresa Scribd logo
O Plano de Deus
para a
Humanidade
Quando tudo começou
E porei inimizade entre ti e a mulher, e
entre a tua semente e a sua semente;
esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o
calcanhar. Gênesis 3:15
O PECADO – Causa da separação e afastamento de Deus
O homem foi criado para viver com Deus em união perfeita, mas a desobediência e
rebeldia o separou do Criador.
O Senhor tem plano para reunir-se novamente, trazendo o homem para si:
Jesus, a semente da mulher que pisará a cabeça da serpente.
Davi fala profeticamente a respeito do Filho de Deus que subjugará seus inimigos.
Disse o Senhor ao meu Senhor: Assenta-te à
minha direita, até que eu ponha os teus inimigos
por escabelo dos teus pés.
O Senhor enviará de Sião o cetro do teu poder.
Domina no meio dos teus inimigos.
Salmos 110:1,2
Ora, enquanto os fariseus estavam reunidos, interrogou-os Jesus, dizendo:
Que pensais vós do Cristo? De quem é filho? Responderam-lhe: De Davi.
Replicou-lhes ele: Como é então que Davi, no Espírito, lhe chama Senhor, dizendo:
‘Disse o Senhor ao meu Senhor: Assenta-te à minha direita,
até que eu ponha os teus inimigos debaixo dos teus pés?’
Se Davi, pois, lhe chama Senhor, como é ele seu filho? Mateus 22:41-45
Jesus se refere assim mesmo,
citando o Salmo 110.
Paulo também faz um relato do princípio de todas as coisas
até o fim de todas as coisas em I Cor 15: 20 a 28.
Mas na realidade Cristo foi ressuscitado dentre os mortos,
sendo ele as primícias dos que dormem.
Porque, assim como por um homem veio a morte, também
por um homem veio a ressurreição dos mortos.
Pois como em Adão todos morrem, do mesmo modo em
Cristo todos serão vivificados.
Cada um, porém, na sua ordem: Cristo as primícias,
depois os que são de Cristo, na sua vinda.
Então virá o fim quando ele entregar o reino a Deus o Pai,
quando houver destruído todo domínio, e toda autoridade
e todo poder.
Pois é necessário que ele reine até que haja posto todos os
inimigos debaixo de seus pés.
Ora, o último inimigo a ser destruído é a morte.
Pois se lê: Todas as coisas sujeitou debaixo de seus pés.
Mas, quando diz: Todas as coisas lhe estão sujeitas, claro
está que se excetua aquele que lhe sujeitou todas as coisas.
E, quando todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então
também o próprio Filho se sujeitará àquele que todas as
coisas lhe sujeitou, para que Deus seja tudo em todos.
1 Coríntios 15:20-28
O que é confirmado em Apocalipse 21:03.
A finalidade do Plano de Deus.
Como tudo terminará
E ouvi uma grande voz, vinda do trono, que
dizia: Eis que o tabernáculo de Deus está com os
homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu
povo, e Deus mesmo estará com eles.
Apocalipse 21:3
DEUS É FIEL ... À Sua Palavra !!!
Então me disse o Senhor: ...; porque eu
velo sobre a minha palavra para a
cumprir. Jeremias 1:12b
Assim será a minha palavra que sair da
minha boca; ela não voltará para mim
vazia, antes fará o que me apraz, e
prosperará naquilo para que a enviei.
Isaías 55:11
≠
Romanos 11:25-27
“Porque não quero, irmãos, que ignoreis este mistério {para que não
presumais de vós mesmos}: que o endurecimento veio em parte
sobre Israel, até que a plenitude dos gentios haja entrado; e assim
todo o Israel será salvo, como está escrito(Is 59:20): Virá de Sião o
Libertador, e desviará de Jacó as impiedades; (Jer.31:33) e este será o
meu pacto com eles, quando eu tirar os seus pecados.”
Israel Igreja e Gentios
Israel nos planos de Deus.
Isaías 42:6-7
Eu, o Senhor, te chamei em justiça, e te tomarei pela mão, e te guardarei, e te
darei por aliança do povo, e para luz dos gentios.
Para abrir os olhos dos cegos, para tirar da prisão os presos, e do cárcere os que
jazem em trevas.
Isaías 54:5
Porque o teu Criador é o teu marido; o Senhor dos Exércitos é o seu nome; e o
Santo de Israel é o teu Redentor; que é chamado o Deus de toda a terra.
Êxodo 19: 5 e 6
Agora, pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes a minha
aliança, então sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos, porque
toda a terra é minha.
E vós me sereis um reino sacerdotal e o povo santo. Estas são as palavras que
falarás aos filhos de Israel.
Mas ......
Jeremias 3:8
E vi que, por causa de tudo isto, por ter cometido adultério a rebelde Israel, a
despedi, e lhe dei a sua carta de divórcio, que a aleivosa Judá, sua irmã, não
temeu; mas se foi e também ela mesma se prostituiu.
Oséias 2:13-16
Castigá-la-ei pelos dias dos baalins, nos quais elas lhes queimava incenso, e se
adornava com as suas arrecadas e as suas jóias, e, indo atrás dos seus amantes, se
esquecia de mim, diz o Senhor.
Portanto, eis que eu a atrairei, e a levarei para o deserto, e lhe falarei ao coração.
E lhe darei as suas vinhas dali, e o vale de Acor, por porta de esperança; e ali
cantará, como nos dias de sua mocidade, e como no dia em que subiu da terra do
Egito.
E naquele dia, diz o SENHOR, tu me chamarás: Meu marido; e não mais me
chamarás: Meu senhor.
O Senhor tem ciúme de sua esposa
Amor incomparável
Israel nos planos de Deus.
A Igreja substituiu Israel nos planos de Deus?
N Ã O
Jesus ordenou aos seus discípulos:
“Não ireis pelo caminho dos gentios, nem entrareis em cidade de samaritanos; mas ide antes às
ovelhas perdidas da casa de Israel” (Mateus 10:5,6).
Contudo, após a Cruz e a Ressurreição, Ele ordenou: “... Ide, fazei discípulos de todas as nações,
batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo” (Mateus 28:19 e Marcos 16:15).
Mesmo assim, o Evangelho continua sendo “primeiro do judeu e também do grego” (Romanos
1:16).
70
As setentas semanas de Daniel
Daniel 9:24-27
Setenta semanas
estão decretadas
sobre o teu povo, e
sobre a tua santa
cidade, para fazer
c e s s a r a
transgressão, para
dar fim aos pecados,
e para expiar a
iniquidade, e trazer
a justiça eterna, e
selar a visão e a
profecia, e para
ungir o santíssimo.
Sabe e entende:
desde a saída da
o r d e m p a r a
restaurar e para
edificar Jerusalém
até o ungido, o
príncipe, haverá
sete semanas, e
sessenta e duas
s e m a n a s ; c o m
praças e tranqueiras
se reedificará, mas
e m t e m p o s
a n g u s t i o s o s .
E depois de sessenta
e duas semanas será
cortado o ungido, e
nada lhe subsistirá;
e o p o v o d o
príncipe que há de
v i r d e s t r u i r á a
cidade e o santuário,
e o seu fim será com
uma inundação; e
até o fim haverá
g u e r r a ; e s t ã o
d e t e r m i n a d a s
a s s o l a ç õ e s .
E ele fará um pacto
firme com muitos
por uma semana; e
n a m e t a d e d a
semana fará cessar o
s a c r i f í c i o e a
oblação; e sobre a
a s a d a s
abominações virá o
assolador; e até a
d e s t r u i ç ã o
determinada, a qual
s e r á d e r r a m a d a
sobre o assolador.
Conhecendo o Plano de Deus

7 s 62 s
Tempo
indeterminado
49
anos
434
anos
Igreja - Pentecostes (At.2:1-21, 38 -47) até o
arrebatamento (1Co.15:51-52, 1ts.4:13-18)
Início - Reconstrução
do templo de
Jerusalém e dos
muros.
Morte do ungido, a
cidade e o lugar
s a n t o s e r ã o
destruídos pelo
p o v o q u e v i r á
Término da
reconstrução
Tempo da igreja
mistério no antigo
testamento.
Data: mês de Nisã,
20 anos de governo
do rei. 05/05/445
a.C.
49 + 434 = 483 anos (445 a.C. a 30 d.C.)
Termina no décimo dia do mês de nisã, no ano 30 d.C., na entrada Triunfal
de Jesus em Jerusalém.

3,5 anos 3,5 anos
1 000 anos
Arrebatament
o da Igreja –
tribunal de
Cristo e Bodas
do Cordeiro.
Morte e subida das Duas
Testemunhas
Início da Grande Tribulação
“abominável da assolação”(Mateus
24.15, 16), “asa das abominações” ou
“sacrilégio terrível”.
Vinda do messias e
início do Milênio
Início da Tribulação de 7 anos
– Governo do Anticristo.
– Vinda das Duas Testemunhas
1 s
Daniel 9: 26
E depois de sessenta
e duas semanas será
cortado o ungido, e
nada lhe subsistirá; e
o povo do príncipe
q u e h á d e v i r
destruirá a cidade e o
santuário, e o seu fim
s e r á c o m u m a
inundação; e até o
fim haverá guerra;
estão determinadas
a s s o l a ç õ e s .
Daniel 9: 26 e 27 e a última semana de Jesus em Mateus cap. 22 a 24
Mat 22:1,2
Então Jesus, tomando a palavra, tornou a falar-
lhes em parábolas, dizendo: O reino dos céus é
semelhante a um certo rei que celebrou as bodas
de seu filho;
Rei: Deus Pai
Filho: Jesus
Bodas: Festa de casamento
Noiva??: A Igreja, que agora é
esposa.
3-6. A chamar os convidados: Os convidados aqui Israel certamente, recusam-se a
atender a este chamado, e quando foi apresentado mais outro convite , tornam-se
imprudentemente rudes ou homicidas. Compare o tratamento que os judeus
dispensaram a João (Mt. 21:25), a Estêvão (Atos 7:59) e a Tiago (Atos 12:2)
7. Incendiou a cidade: Uma predição da destruição de Jerusalém em 70 A.D.
O exército romano é tido na parábola como o instrumento divino (Suas tropas).
8, 9. Ide, pois às encruzilhadas dos caminhos: Isto se considera geralmente uma
referência à evangelização dos gentios na tribulação.
10. Maus como bons: Pecadores declarados e os moralmente justos. Ambos são
objetos do convite bondoso de Deus, e muitos aceitam o convite.
11,12 e 13. Veste nupcial: Alguém não está com os trajes devidos (santos) e lançaio
para fora, nas trevas: Na parábola as trevas, o choro, e o ranger de dentes indicam
claramente os tormentos do Geena.
Daniel 9: 26
E depois de sessenta
e duas semanas será
cortado o ungido, e
nada lhe subsistirá; e
o povo do príncipe
q u e h á d e v i r
destruirá a cidade e o
santuário, e o seu fim
s e r á c o m u m a
inundação; e até o
fim haverá guerra;
estão determinadas
a s s o l a ç õ e s .
Daniel 9: 26 e 27 e a última semana de Jesus em Mateus cap. 22 a 24
Mateus 22:15 e em todo capítulo 23: Temos um enfrentamento entre Jesus e os
diversos grupos religiosos judeus, que buscam prendê-lo.
Eles são acusados de todas as formas por Jesus e o sofrimento deles são
representados por diversos ‘ais’.
A Grande Tribulação futura será terrível para Israel.
Em todos séculos de existência da Igreja, Israel é confrontado com a verdade do
evangelho.
Mateus 23:37,38 : Jesus clama sobre Jerusalém
‘Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, apedrejas os que a ti são
enviados! quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os
seus pintinhos debaixo das asas, e não o quiseste!
Eis aí abandonada vos é a vossa casa.’
Mateus 23:39: Jesus prediz que retornará quando os sobreviventes da tribulação
reconhece-lo como o seu Rei.
‘Pois eu vos declaro que desde agora de modo nenhum me vereis, até
que digais: Bendito aquele que vem em nome do Senhor.’
Romanos 9:27
‘Também Isaías exclama acerca de Israel: Ainda que o número dos
filhos de Israel seja como a areia do mar, o remanescente é que será salvo.’
Daniel 9: 26 e 27 e a última semana de Jesus em Mateus cap. 22 a 24
O sermão profético – O princípio das dores, o anticristo fará um pacto de paz com
Israel, mas quebrará sua palavra.
Mateus 24:3-5:
‘E estando ele sentado no Monte das Oliveiras, chegaram-se a ele os seus
discípulos em particular, dizendo: Declara-nos quando serão essas coisas, e que
sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo.
Respondeu-lhes Jesus: Acautelai-vos, que ninguém vos engane.
Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; a muitos
enganarão.’
Daniel 9: 27
E ele fará um pacto
firme com muitos
por uma semana; e
n a m e t a d e d a
semana fará cessar o
s a c r i f í c i o e a
oblação; e sobre a
a s a d a s
abominações virá o
assolador; e até a
d e s t r u i ç ã o
determinada, a qual
s e r á d e r r a m a d a
sobre o assolador.
Mateus 24:21:
‘...porque haverá então uma tribulação tão grande, como nunca houve
desde o princípio do mundo até agora, nem jamais haverá.’
A grande tribulação também é conhecida como a “angústia de Jacó”:
‘Ah! porque aquele dia é tão grande, que não houve outro semelhante!
É tempo de angústia para Jacó; todavia, há de ser livre dela.’ Jeremias 30:7
Mateus 24:15,16: Quando, pois, virdes estar no lugar santo a abominação de
desolação, predita pelo profeta Daniel {quem lê, entenda}, então os que estiverem
na Judéia fujam para os montes;
Daniel 9: 26 e 27 e a última semana de Jesus em Mateus cap. 22 a 24
O sermão profético continua – A vinda do Filho do Homem
Mateus 24:29,30 :
‘Logo depois da tribulação daqueles dias, escurecerá o sol, e a lua não dará a sua
luz; as estrelas cairão do céu e os poderes dos céus serão abalados.
Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem, e todas as tribos da terra se
lamentarão, e verão vir o Filho do homem sobre as nuvens do céu, com poder e
grande glória.’
Daniel 9: 27
E ele fará um pacto
firme com muitos
por uma semana; e
n a m e t a d e d a
semana fará cessar o
s a c r i f í c i o e a
oblação; e sobre a
a s a d a s
abominações virá o
assolador; e até a
d e s t r u i ç ã o
determinada, a qual
s e r á d e r r a m a d a
sobre o assolador.
A Igreja não estará na terra quando Ele voltar.
Estaremos com Ele.
Mateus 24:36-39
‘Daquele dia e hora, porém, ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o
Filho, senão só o Pai.
Pois como foi dito nos dias de Noé, assim será também a vinda do
Filho do homem.
Porquanto, assim como nos dias anteriores ao dilúvio, comiam,
bebiam, casavam e davam-se em casamento, até o dia em que Noé
entrou na arca,
e não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos; assim
será também a vinda do Filho do homem.’

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

4 apocalipse o grande conflito
4 apocalipse o grande conflito4 apocalipse o grande conflito
4 apocalipse o grande conflito
José Santos
 
Apocalipse - Capítulo 12
Apocalipse - Capítulo 12 Apocalipse - Capítulo 12
Apocalipse - Capítulo 12
IBC de Jacarepaguá
 
Daniel 9
Daniel 9Daniel 9
Daniel 9
Hezir Henrique
 
4) Escatologia Princípio do Fim - A Volta de Jesus
4) Escatologia Princípio do Fim - A Volta de Jesus4) Escatologia Princípio do Fim - A Volta de Jesus
4) Escatologia Princípio do Fim - A Volta de Jesus
Jean Jorge Silva
 
Apocalipse 12 e 13
Apocalipse 12 e 13Apocalipse 12 e 13
Apocalipse 12 e 13
Welem C Lourenço
 
Escatologia cap. 01
Escatologia cap. 01Escatologia cap. 01
Escatologia cap. 01
Welem C Lourenço
 
Daniel 12
Daniel 12Daniel 12
Daniel 12
Hezir Henrique
 
3ª aula Escatologia
3ª aula Escatologia3ª aula Escatologia
3ª aula Escatologia
RODRIGO FERREIRA
 
1)Escatologia principio do fim -Os impérios mundiais e o reino de Jesus
1)Escatologia principio do fim -Os impérios mundiais e o reino de Jesus1)Escatologia principio do fim -Os impérios mundiais e o reino de Jesus
1)Escatologia principio do fim -Os impérios mundiais e o reino de Jesus
Jean Jorge Silva
 
Apocalipse - Capítulo 13
Apocalipse - Capítulo 13 Apocalipse - Capítulo 13
Apocalipse - Capítulo 13
IBC de Jacarepaguá
 
A torre de babel e a nova ordem mundial
A torre de babel e a nova ordem mundialA torre de babel e a nova ordem mundial
A torre de babel e a nova ordem mundial
Eduardo Sousa Gomes
 
Apocalipse - Capítulo 16
Apocalipse - Capítulo 16Apocalipse - Capítulo 16
Apocalipse - Capítulo 16
IBC de Jacarepaguá
 
Anticristo
AnticristoAnticristo
Anticristo
ESTUDANTETEOLOGIA
 
35. senhor justiça nossa
35. senhor justiça nossa35. senhor justiça nossa
35. senhor justiça nossa
pohlos
 
Apocalipse - Capitulo 21
Apocalipse -  Capitulo 21Apocalipse -  Capitulo 21
Apocalipse - Capitulo 21
IBC de Jacarepaguá
 
Daniel 7
Daniel 7Daniel 7
Daniel 7
José Santos
 
Apocalipse - Capítulo 17
Apocalipse - Capítulo  17Apocalipse - Capítulo  17
Apocalipse - Capítulo 17
IBC de Jacarepaguá
 
8) principio do fim a besta e a prostituta
8) principio do fim   a besta e a prostituta8) principio do fim   a besta e a prostituta
8) principio do fim a besta e a prostituta
Jean Jorge Silva
 
Quem são os sete reis de apocalipse 17?
Quem são os sete reis de apocalipse 17?Quem são os sete reis de apocalipse 17?
Quem são os sete reis de apocalipse 17?
Eduardo Sousa Gomes
 
2) princípio do fim as 70 semanas de daniel
2) princípio do fim   as 70 semanas de daniel2) princípio do fim   as 70 semanas de daniel
2) princípio do fim as 70 semanas de daniel
Jean Jorge Silva
 

Mais procurados (20)

4 apocalipse o grande conflito
4 apocalipse o grande conflito4 apocalipse o grande conflito
4 apocalipse o grande conflito
 
Apocalipse - Capítulo 12
Apocalipse - Capítulo 12 Apocalipse - Capítulo 12
Apocalipse - Capítulo 12
 
Daniel 9
Daniel 9Daniel 9
Daniel 9
 
4) Escatologia Princípio do Fim - A Volta de Jesus
4) Escatologia Princípio do Fim - A Volta de Jesus4) Escatologia Princípio do Fim - A Volta de Jesus
4) Escatologia Princípio do Fim - A Volta de Jesus
 
Apocalipse 12 e 13
Apocalipse 12 e 13Apocalipse 12 e 13
Apocalipse 12 e 13
 
Escatologia cap. 01
Escatologia cap. 01Escatologia cap. 01
Escatologia cap. 01
 
Daniel 12
Daniel 12Daniel 12
Daniel 12
 
3ª aula Escatologia
3ª aula Escatologia3ª aula Escatologia
3ª aula Escatologia
 
1)Escatologia principio do fim -Os impérios mundiais e o reino de Jesus
1)Escatologia principio do fim -Os impérios mundiais e o reino de Jesus1)Escatologia principio do fim -Os impérios mundiais e o reino de Jesus
1)Escatologia principio do fim -Os impérios mundiais e o reino de Jesus
 
Apocalipse - Capítulo 13
Apocalipse - Capítulo 13 Apocalipse - Capítulo 13
Apocalipse - Capítulo 13
 
A torre de babel e a nova ordem mundial
A torre de babel e a nova ordem mundialA torre de babel e a nova ordem mundial
A torre de babel e a nova ordem mundial
 
Apocalipse - Capítulo 16
Apocalipse - Capítulo 16Apocalipse - Capítulo 16
Apocalipse - Capítulo 16
 
Anticristo
AnticristoAnticristo
Anticristo
 
35. senhor justiça nossa
35. senhor justiça nossa35. senhor justiça nossa
35. senhor justiça nossa
 
Apocalipse - Capitulo 21
Apocalipse -  Capitulo 21Apocalipse -  Capitulo 21
Apocalipse - Capitulo 21
 
Daniel 7
Daniel 7Daniel 7
Daniel 7
 
Apocalipse - Capítulo 17
Apocalipse - Capítulo  17Apocalipse - Capítulo  17
Apocalipse - Capítulo 17
 
8) principio do fim a besta e a prostituta
8) principio do fim   a besta e a prostituta8) principio do fim   a besta e a prostituta
8) principio do fim a besta e a prostituta
 
Quem são os sete reis de apocalipse 17?
Quem são os sete reis de apocalipse 17?Quem são os sete reis de apocalipse 17?
Quem são os sete reis de apocalipse 17?
 
2) princípio do fim as 70 semanas de daniel
2) princípio do fim   as 70 semanas de daniel2) princípio do fim   as 70 semanas de daniel
2) princípio do fim as 70 semanas de daniel
 

Semelhante a Estudo breve de escatologia

Daniel 9
Daniel 9Daniel 9
A Grande Tribulação.pptx
A Grande Tribulação.pptxA Grande Tribulação.pptx
A Grande Tribulação.pptx
Lázaro Marks
 
Apocalipse intro e cap 01
Apocalipse intro e cap 01Apocalipse intro e cap 01
Apocalipse intro e cap 01
Welem C Lourenço
 
LB 17 - O FILHO DO HOMEM.pptx
LB 17 - O FILHO DO HOMEM.pptxLB 17 - O FILHO DO HOMEM.pptx
LB 17 - O FILHO DO HOMEM.pptx
ssuser179577
 
As setenta semanas de daniel-PDF
As setenta semanas de daniel-PDFAs setenta semanas de daniel-PDF
As setenta semanas de daniel-PDF
ELIAS OMEGA
 
20ª aula -o Reinado Milenar de Cristo_Milênio
20ª aula -o Reinado Milenar de Cristo_Milênio20ª aula -o Reinado Milenar de Cristo_Milênio
20ª aula -o Reinado Milenar de Cristo_Milênio
RODRIGO FERREIRA
 
Estudos biblicos de lcruh --------------
Estudos biblicos de lcruh --------------Estudos biblicos de lcruh --------------
Estudos biblicos de lcruh --------------
Luis Ruh
 
Lição 09 a vinda de jesus em glória
Lição   09 a vinda de jesus em glóriaLição   09 a vinda de jesus em glória
Lição 09 a vinda de jesus em glória
RODRIGO FERREIRA
 
Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015
Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015
Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015
Welem C Lourenço
 
Apocalipse 20
Apocalipse 20Apocalipse 20
Apocalipse 20
Welem C Lourenço
 
❉ Jesus: o Mestre das missões_Resp_Liç_732015_GGR
❉ Jesus: o Mestre das missões_Resp_Liç_732015_GGR❉ Jesus: o Mestre das missões_Resp_Liç_732015_GGR
❉ Jesus: o Mestre das missões_Resp_Liç_732015_GGR
Gerson G. Ramos
 
REMANESCENTES DE ISRAEL.pdf
REMANESCENTES DE ISRAEL.pdfREMANESCENTES DE ISRAEL.pdf
REMANESCENTES DE ISRAEL.pdf
Nelson Pereira
 
Jesus, o cristo
Jesus, o cristoJesus, o cristo
Jesus, o cristo
Rovanildo Vieira Soares
 
Jesus, o cristo
Jesus, o cristoJesus, o cristo
Jesus, o cristo
Rovanildo Vieira Soares
 
O anticristo
O anticristoO anticristo
O anticristo
ESTUDANTETEOLOGIA
 
A IRA DE DEUS
A IRA DE DEUSA IRA DE DEUS
A IRA DE DEUS
ESTUDANTETEOLOGIA
 
os 3 julgamentos de Deus
os 3 julgamentos de Deusos 3 julgamentos de Deus
os 3 julgamentos de Deus
ESTUDANTETEOLOGIA
 
A Vinda de Jesus em Glória
A Vinda de Jesus em GlóriaA Vinda de Jesus em Glória
A Vinda de Jesus em Glória
Márcio Martins
 
Textos sobre espirito_santo
Textos sobre espirito_santoTextos sobre espirito_santo
Textos sobre espirito_santo
Jose Moraes
 
ebd-3-trimestre-2020-licao-10O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx
ebd-3-trimestre-2020-licao-10O FIM DE TODAS AS COISAS.pptxebd-3-trimestre-2020-licao-10O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx
ebd-3-trimestre-2020-licao-10O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx
KARINEVONEYVIEIRABAR
 

Semelhante a Estudo breve de escatologia (20)

Daniel 9
Daniel 9Daniel 9
Daniel 9
 
A Grande Tribulação.pptx
A Grande Tribulação.pptxA Grande Tribulação.pptx
A Grande Tribulação.pptx
 
Apocalipse intro e cap 01
Apocalipse intro e cap 01Apocalipse intro e cap 01
Apocalipse intro e cap 01
 
LB 17 - O FILHO DO HOMEM.pptx
LB 17 - O FILHO DO HOMEM.pptxLB 17 - O FILHO DO HOMEM.pptx
LB 17 - O FILHO DO HOMEM.pptx
 
As setenta semanas de daniel-PDF
As setenta semanas de daniel-PDFAs setenta semanas de daniel-PDF
As setenta semanas de daniel-PDF
 
20ª aula -o Reinado Milenar de Cristo_Milênio
20ª aula -o Reinado Milenar de Cristo_Milênio20ª aula -o Reinado Milenar de Cristo_Milênio
20ª aula -o Reinado Milenar de Cristo_Milênio
 
Estudos biblicos de lcruh --------------
Estudos biblicos de lcruh --------------Estudos biblicos de lcruh --------------
Estudos biblicos de lcruh --------------
 
Lição 09 a vinda de jesus em glória
Lição   09 a vinda de jesus em glóriaLição   09 a vinda de jesus em glória
Lição 09 a vinda de jesus em glória
 
Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015
Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015
Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015
 
Apocalipse 20
Apocalipse 20Apocalipse 20
Apocalipse 20
 
❉ Jesus: o Mestre das missões_Resp_Liç_732015_GGR
❉ Jesus: o Mestre das missões_Resp_Liç_732015_GGR❉ Jesus: o Mestre das missões_Resp_Liç_732015_GGR
❉ Jesus: o Mestre das missões_Resp_Liç_732015_GGR
 
REMANESCENTES DE ISRAEL.pdf
REMANESCENTES DE ISRAEL.pdfREMANESCENTES DE ISRAEL.pdf
REMANESCENTES DE ISRAEL.pdf
 
Jesus, o cristo
Jesus, o cristoJesus, o cristo
Jesus, o cristo
 
Jesus, o cristo
Jesus, o cristoJesus, o cristo
Jesus, o cristo
 
O anticristo
O anticristoO anticristo
O anticristo
 
A IRA DE DEUS
A IRA DE DEUSA IRA DE DEUS
A IRA DE DEUS
 
os 3 julgamentos de Deus
os 3 julgamentos de Deusos 3 julgamentos de Deus
os 3 julgamentos de Deus
 
A Vinda de Jesus em Glória
A Vinda de Jesus em GlóriaA Vinda de Jesus em Glória
A Vinda de Jesus em Glória
 
Textos sobre espirito_santo
Textos sobre espirito_santoTextos sobre espirito_santo
Textos sobre espirito_santo
 
ebd-3-trimestre-2020-licao-10O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx
ebd-3-trimestre-2020-licao-10O FIM DE TODAS AS COISAS.pptxebd-3-trimestre-2020-licao-10O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx
ebd-3-trimestre-2020-licao-10O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx
 

Mais de Welem C Lourenço

Daniel 12
Daniel 12Daniel 12
Daniel 10 e 11
Daniel 10 e 11Daniel 10 e 11
Daniel 10 e 11
Welem C Lourenço
 
Daniel 7 e 8
Daniel 7 e 8Daniel 7 e 8
Daniel 7 e 8
Welem C Lourenço
 
Daniel 5 e 6
Daniel 5 e 6Daniel 5 e 6
Daniel 5 e 6
Welem C Lourenço
 
Daniel 3 e 4
Daniel 3 e 4Daniel 3 e 4
Daniel 3 e 4
Welem C Lourenço
 
Daniel 2
Daniel 2Daniel 2
Daniel 1
Daniel 1Daniel 1
Escatologia cap 17
Escatologia cap 17Escatologia cap 17
Escatologia cap 17
Welem C Lourenço
 
Escatologia cap 19
Escatologia cap 19Escatologia cap 19
Escatologia cap 19
Welem C Lourenço
 
Escatologia cap 18
Escatologia cap 18Escatologia cap 18
Escatologia cap 18
Welem C Lourenço
 
Escatologia cap 16
Escatologia cap 16Escatologia cap 16
Escatologia cap 16
Welem C Lourenço
 
Escatologia cap 15
Escatologia cap 15Escatologia cap 15
Escatologia cap 15
Welem C Lourenço
 
Escatologia cap 14b
Escatologia cap 14bEscatologia cap 14b
Escatologia cap 14b
Welem C Lourenço
 
Escatologia cap 14a
Escatologia cap 14aEscatologia cap 14a
Escatologia cap 14a
Welem C Lourenço
 
Escatologia cap.13
Escatologia cap.13Escatologia cap.13
Escatologia cap.13
Welem C Lourenço
 
Escatologia cap 12
Escatologia cap 12Escatologia cap 12
Escatologia cap 12
Welem C Lourenço
 
Escatologia cap 11
Escatologia cap 11Escatologia cap 11
Escatologia cap 11
Welem C Lourenço
 
Escatologia cap 10
Escatologia cap 10Escatologia cap 10
Escatologia cap 10
Welem C Lourenço
 
Escatologia cap 9
Escatologia cap 9Escatologia cap 9
Escatologia cap 9
Welem C Lourenço
 
Escatologia cap 8
Escatologia cap 8Escatologia cap 8
Escatologia cap 8
Welem C Lourenço
 

Mais de Welem C Lourenço (20)

Daniel 12
Daniel 12Daniel 12
Daniel 12
 
Daniel 10 e 11
Daniel 10 e 11Daniel 10 e 11
Daniel 10 e 11
 
Daniel 7 e 8
Daniel 7 e 8Daniel 7 e 8
Daniel 7 e 8
 
Daniel 5 e 6
Daniel 5 e 6Daniel 5 e 6
Daniel 5 e 6
 
Daniel 3 e 4
Daniel 3 e 4Daniel 3 e 4
Daniel 3 e 4
 
Daniel 2
Daniel 2Daniel 2
Daniel 2
 
Daniel 1
Daniel 1Daniel 1
Daniel 1
 
Escatologia cap 17
Escatologia cap 17Escatologia cap 17
Escatologia cap 17
 
Escatologia cap 19
Escatologia cap 19Escatologia cap 19
Escatologia cap 19
 
Escatologia cap 18
Escatologia cap 18Escatologia cap 18
Escatologia cap 18
 
Escatologia cap 16
Escatologia cap 16Escatologia cap 16
Escatologia cap 16
 
Escatologia cap 15
Escatologia cap 15Escatologia cap 15
Escatologia cap 15
 
Escatologia cap 14b
Escatologia cap 14bEscatologia cap 14b
Escatologia cap 14b
 
Escatologia cap 14a
Escatologia cap 14aEscatologia cap 14a
Escatologia cap 14a
 
Escatologia cap.13
Escatologia cap.13Escatologia cap.13
Escatologia cap.13
 
Escatologia cap 12
Escatologia cap 12Escatologia cap 12
Escatologia cap 12
 
Escatologia cap 11
Escatologia cap 11Escatologia cap 11
Escatologia cap 11
 
Escatologia cap 10
Escatologia cap 10Escatologia cap 10
Escatologia cap 10
 
Escatologia cap 9
Escatologia cap 9Escatologia cap 9
Escatologia cap 9
 
Escatologia cap 8
Escatologia cap 8Escatologia cap 8
Escatologia cap 8
 

Último

CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Janilson Noca
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTASEscola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
ceciliafonseca16
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
ESCRIBA DE CRISTO
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADASCARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
ESCRIBA DE CRISTO
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 

Último (16)

CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
 
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTASEscola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADASCARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 

Estudo breve de escatologia

  • 1. O Plano de Deus para a Humanidade
  • 2. Quando tudo começou E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar. Gênesis 3:15 O PECADO – Causa da separação e afastamento de Deus O homem foi criado para viver com Deus em união perfeita, mas a desobediência e rebeldia o separou do Criador. O Senhor tem plano para reunir-se novamente, trazendo o homem para si: Jesus, a semente da mulher que pisará a cabeça da serpente.
  • 3. Davi fala profeticamente a respeito do Filho de Deus que subjugará seus inimigos. Disse o Senhor ao meu Senhor: Assenta-te à minha direita, até que eu ponha os teus inimigos por escabelo dos teus pés. O Senhor enviará de Sião o cetro do teu poder. Domina no meio dos teus inimigos. Salmos 110:1,2 Ora, enquanto os fariseus estavam reunidos, interrogou-os Jesus, dizendo: Que pensais vós do Cristo? De quem é filho? Responderam-lhe: De Davi. Replicou-lhes ele: Como é então que Davi, no Espírito, lhe chama Senhor, dizendo: ‘Disse o Senhor ao meu Senhor: Assenta-te à minha direita, até que eu ponha os teus inimigos debaixo dos teus pés?’ Se Davi, pois, lhe chama Senhor, como é ele seu filho? Mateus 22:41-45 Jesus se refere assim mesmo, citando o Salmo 110. Paulo também faz um relato do princípio de todas as coisas até o fim de todas as coisas em I Cor 15: 20 a 28. Mas na realidade Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, sendo ele as primícias dos que dormem. Porque, assim como por um homem veio a morte, também por um homem veio a ressurreição dos mortos. Pois como em Adão todos morrem, do mesmo modo em Cristo todos serão vivificados. Cada um, porém, na sua ordem: Cristo as primícias, depois os que são de Cristo, na sua vinda. Então virá o fim quando ele entregar o reino a Deus o Pai, quando houver destruído todo domínio, e toda autoridade e todo poder. Pois é necessário que ele reine até que haja posto todos os inimigos debaixo de seus pés. Ora, o último inimigo a ser destruído é a morte. Pois se lê: Todas as coisas sujeitou debaixo de seus pés. Mas, quando diz: Todas as coisas lhe estão sujeitas, claro está que se excetua aquele que lhe sujeitou todas as coisas. E, quando todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então também o próprio Filho se sujeitará àquele que todas as coisas lhe sujeitou, para que Deus seja tudo em todos. 1 Coríntios 15:20-28 O que é confirmado em Apocalipse 21:03. A finalidade do Plano de Deus. Como tudo terminará E ouvi uma grande voz, vinda do trono, que dizia: Eis que o tabernáculo de Deus está com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e Deus mesmo estará com eles. Apocalipse 21:3
  • 4. DEUS É FIEL ... À Sua Palavra !!! Então me disse o Senhor: ...; porque eu velo sobre a minha palavra para a cumprir. Jeremias 1:12b Assim será a minha palavra que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei. Isaías 55:11
  • 5.
  • 6. ≠ Romanos 11:25-27 “Porque não quero, irmãos, que ignoreis este mistério {para que não presumais de vós mesmos}: que o endurecimento veio em parte sobre Israel, até que a plenitude dos gentios haja entrado; e assim todo o Israel será salvo, como está escrito(Is 59:20): Virá de Sião o Libertador, e desviará de Jacó as impiedades; (Jer.31:33) e este será o meu pacto com eles, quando eu tirar os seus pecados.” Israel Igreja e Gentios
  • 7. Israel nos planos de Deus. Isaías 42:6-7 Eu, o Senhor, te chamei em justiça, e te tomarei pela mão, e te guardarei, e te darei por aliança do povo, e para luz dos gentios. Para abrir os olhos dos cegos, para tirar da prisão os presos, e do cárcere os que jazem em trevas. Isaías 54:5 Porque o teu Criador é o teu marido; o Senhor dos Exércitos é o seu nome; e o Santo de Israel é o teu Redentor; que é chamado o Deus de toda a terra. Êxodo 19: 5 e 6 Agora, pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança, então sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos, porque toda a terra é minha. E vós me sereis um reino sacerdotal e o povo santo. Estas são as palavras que falarás aos filhos de Israel. Mas ......
  • 8. Jeremias 3:8 E vi que, por causa de tudo isto, por ter cometido adultério a rebelde Israel, a despedi, e lhe dei a sua carta de divórcio, que a aleivosa Judá, sua irmã, não temeu; mas se foi e também ela mesma se prostituiu. Oséias 2:13-16 Castigá-la-ei pelos dias dos baalins, nos quais elas lhes queimava incenso, e se adornava com as suas arrecadas e as suas jóias, e, indo atrás dos seus amantes, se esquecia de mim, diz o Senhor. Portanto, eis que eu a atrairei, e a levarei para o deserto, e lhe falarei ao coração. E lhe darei as suas vinhas dali, e o vale de Acor, por porta de esperança; e ali cantará, como nos dias de sua mocidade, e como no dia em que subiu da terra do Egito. E naquele dia, diz o SENHOR, tu me chamarás: Meu marido; e não mais me chamarás: Meu senhor. O Senhor tem ciúme de sua esposa Amor incomparável Israel nos planos de Deus.
  • 9. A Igreja substituiu Israel nos planos de Deus? N Ã O Jesus ordenou aos seus discípulos: “Não ireis pelo caminho dos gentios, nem entrareis em cidade de samaritanos; mas ide antes às ovelhas perdidas da casa de Israel” (Mateus 10:5,6). Contudo, após a Cruz e a Ressurreição, Ele ordenou: “... Ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo” (Mateus 28:19 e Marcos 16:15). Mesmo assim, o Evangelho continua sendo “primeiro do judeu e também do grego” (Romanos 1:16). 70
  • 10. As setentas semanas de Daniel Daniel 9:24-27 Setenta semanas estão decretadas sobre o teu povo, e sobre a tua santa cidade, para fazer c e s s a r a transgressão, para dar fim aos pecados, e para expiar a iniquidade, e trazer a justiça eterna, e selar a visão e a profecia, e para ungir o santíssimo. Sabe e entende: desde a saída da o r d e m p a r a restaurar e para edificar Jerusalém até o ungido, o príncipe, haverá sete semanas, e sessenta e duas s e m a n a s ; c o m praças e tranqueiras se reedificará, mas e m t e m p o s a n g u s t i o s o s . E depois de sessenta e duas semanas será cortado o ungido, e nada lhe subsistirá; e o p o v o d o príncipe que há de v i r d e s t r u i r á a cidade e o santuário, e o seu fim será com uma inundação; e até o fim haverá g u e r r a ; e s t ã o d e t e r m i n a d a s a s s o l a ç õ e s . E ele fará um pacto firme com muitos por uma semana; e n a m e t a d e d a semana fará cessar o s a c r i f í c i o e a oblação; e sobre a a s a d a s abominações virá o assolador; e até a d e s t r u i ç ã o determinada, a qual s e r á d e r r a m a d a sobre o assolador. Conhecendo o Plano de Deus
  • 11.  7 s 62 s Tempo indeterminado 49 anos 434 anos Igreja - Pentecostes (At.2:1-21, 38 -47) até o arrebatamento (1Co.15:51-52, 1ts.4:13-18) Início - Reconstrução do templo de Jerusalém e dos muros. Morte do ungido, a cidade e o lugar s a n t o s e r ã o destruídos pelo p o v o q u e v i r á Término da reconstrução Tempo da igreja mistério no antigo testamento. Data: mês de Nisã, 20 anos de governo do rei. 05/05/445 a.C. 49 + 434 = 483 anos (445 a.C. a 30 d.C.) Termina no décimo dia do mês de nisã, no ano 30 d.C., na entrada Triunfal de Jesus em Jerusalém.
  • 12.  3,5 anos 3,5 anos 1 000 anos Arrebatament o da Igreja – tribunal de Cristo e Bodas do Cordeiro. Morte e subida das Duas Testemunhas Início da Grande Tribulação “abominável da assolação”(Mateus 24.15, 16), “asa das abominações” ou “sacrilégio terrível”. Vinda do messias e início do Milênio Início da Tribulação de 7 anos – Governo do Anticristo. – Vinda das Duas Testemunhas 1 s
  • 13. Daniel 9: 26 E depois de sessenta e duas semanas será cortado o ungido, e nada lhe subsistirá; e o povo do príncipe q u e h á d e v i r destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim s e r á c o m u m a inundação; e até o fim haverá guerra; estão determinadas a s s o l a ç õ e s . Daniel 9: 26 e 27 e a última semana de Jesus em Mateus cap. 22 a 24 Mat 22:1,2 Então Jesus, tomando a palavra, tornou a falar- lhes em parábolas, dizendo: O reino dos céus é semelhante a um certo rei que celebrou as bodas de seu filho; Rei: Deus Pai Filho: Jesus Bodas: Festa de casamento Noiva??: A Igreja, que agora é esposa. 3-6. A chamar os convidados: Os convidados aqui Israel certamente, recusam-se a atender a este chamado, e quando foi apresentado mais outro convite , tornam-se imprudentemente rudes ou homicidas. Compare o tratamento que os judeus dispensaram a João (Mt. 21:25), a Estêvão (Atos 7:59) e a Tiago (Atos 12:2) 7. Incendiou a cidade: Uma predição da destruição de Jerusalém em 70 A.D. O exército romano é tido na parábola como o instrumento divino (Suas tropas). 8, 9. Ide, pois às encruzilhadas dos caminhos: Isto se considera geralmente uma referência à evangelização dos gentios na tribulação. 10. Maus como bons: Pecadores declarados e os moralmente justos. Ambos são objetos do convite bondoso de Deus, e muitos aceitam o convite. 11,12 e 13. Veste nupcial: Alguém não está com os trajes devidos (santos) e lançaio para fora, nas trevas: Na parábola as trevas, o choro, e o ranger de dentes indicam claramente os tormentos do Geena.
  • 14. Daniel 9: 26 E depois de sessenta e duas semanas será cortado o ungido, e nada lhe subsistirá; e o povo do príncipe q u e h á d e v i r destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim s e r á c o m u m a inundação; e até o fim haverá guerra; estão determinadas a s s o l a ç õ e s . Daniel 9: 26 e 27 e a última semana de Jesus em Mateus cap. 22 a 24 Mateus 22:15 e em todo capítulo 23: Temos um enfrentamento entre Jesus e os diversos grupos religiosos judeus, que buscam prendê-lo. Eles são acusados de todas as formas por Jesus e o sofrimento deles são representados por diversos ‘ais’. A Grande Tribulação futura será terrível para Israel. Em todos séculos de existência da Igreja, Israel é confrontado com a verdade do evangelho. Mateus 23:37,38 : Jesus clama sobre Jerusalém ‘Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, apedrejas os que a ti são enviados! quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintinhos debaixo das asas, e não o quiseste! Eis aí abandonada vos é a vossa casa.’ Mateus 23:39: Jesus prediz que retornará quando os sobreviventes da tribulação reconhece-lo como o seu Rei. ‘Pois eu vos declaro que desde agora de modo nenhum me vereis, até que digais: Bendito aquele que vem em nome do Senhor.’ Romanos 9:27 ‘Também Isaías exclama acerca de Israel: Ainda que o número dos filhos de Israel seja como a areia do mar, o remanescente é que será salvo.’
  • 15. Daniel 9: 26 e 27 e a última semana de Jesus em Mateus cap. 22 a 24 O sermão profético – O princípio das dores, o anticristo fará um pacto de paz com Israel, mas quebrará sua palavra. Mateus 24:3-5: ‘E estando ele sentado no Monte das Oliveiras, chegaram-se a ele os seus discípulos em particular, dizendo: Declara-nos quando serão essas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo. Respondeu-lhes Jesus: Acautelai-vos, que ninguém vos engane. Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; a muitos enganarão.’ Daniel 9: 27 E ele fará um pacto firme com muitos por uma semana; e n a m e t a d e d a semana fará cessar o s a c r i f í c i o e a oblação; e sobre a a s a d a s abominações virá o assolador; e até a d e s t r u i ç ã o determinada, a qual s e r á d e r r a m a d a sobre o assolador. Mateus 24:21: ‘...porque haverá então uma tribulação tão grande, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem jamais haverá.’ A grande tribulação também é conhecida como a “angústia de Jacó”: ‘Ah! porque aquele dia é tão grande, que não houve outro semelhante! É tempo de angústia para Jacó; todavia, há de ser livre dela.’ Jeremias 30:7 Mateus 24:15,16: Quando, pois, virdes estar no lugar santo a abominação de desolação, predita pelo profeta Daniel {quem lê, entenda}, então os que estiverem na Judéia fujam para os montes;
  • 16. Daniel 9: 26 e 27 e a última semana de Jesus em Mateus cap. 22 a 24 O sermão profético continua – A vinda do Filho do Homem Mateus 24:29,30 : ‘Logo depois da tribulação daqueles dias, escurecerá o sol, e a lua não dará a sua luz; as estrelas cairão do céu e os poderes dos céus serão abalados. Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem, e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão vir o Filho do homem sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.’ Daniel 9: 27 E ele fará um pacto firme com muitos por uma semana; e n a m e t a d e d a semana fará cessar o s a c r i f í c i o e a oblação; e sobre a a s a d a s abominações virá o assolador; e até a d e s t r u i ç ã o determinada, a qual s e r á d e r r a m a d a sobre o assolador. A Igreja não estará na terra quando Ele voltar. Estaremos com Ele. Mateus 24:36-39 ‘Daquele dia e hora, porém, ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, senão só o Pai. Pois como foi dito nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem. Porquanto, assim como nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca, e não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos; assim será também a vinda do Filho do homem.’