SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 17
DIA DA POESIA
O Dia Nacional da Poesia é 14 de março
POETA “ Canta, poeta, os hinos, com que o silêncio acordas, A natureza — é uma harpa presa nas mãos de Deus. O mundo passa... e mira o brilho dessas cordas... E o hino?... O hino apenas chega aos ouvidos teus.”  Castro Alves
O dia 14 de março foi escolhido “O Dia Nacional da Poesia” para homenagear o nascimento do grande poeta Castro Alves.
Poesia é uma forma de expressar e transmitir sentimentos, emoções e pensamentos através de versos e estrofes. É saber combinar as palavras, em linguagem escrita, de uma forma especial:
" Poesia é brincar com palavras / como se brinca com bola, papagaio e pião. / Só que bola, papagaio e pião se gastam / as palavras não ."  José Paulo Paes  CONVITE
O Dia da Poesia é um dia para nos envolvermos com a natureza, com os sentimentos e sensações do mundo ao nosso redor. E claro, um dia para conhecermos mais a poesia de nosso país que é elogiada no mundo inteiro.
Já o dia 21 de março foi proclamado pela UNESCO como o Dia Mundial da Poesia. A data escolhida é o início da primavera no hemisfério norte.
TRADUZIR-SE Uma parte de mim é todo mundo: outra parte é ninguém: fundo sem fundo.  Uma parte de mim é multidão: outra parte estranheza e solidão.  (...) Uma parte de mim é só vertigem: outra parte, linguagem.  Traduzir uma parte na outra parte — que é uma questão de vida ou morte — será arte? FERREIRA GULLAR
Ricardo azevedo Ricardo Azevedo cresceu em uma casa onde ler e escrever livros era uma prática, aprendendo desde cedo a importância da literatura. Pai geógrafo, autor de diversas obras. Escreveu seu primeiro texto para crianças — que mais tarde acabou se transformando num de seus livros mais premiados,  Um Homem no Sótão  — com aproximadamente 17 anos.
Autor de mais de 90 livros para crianças e jovens em que o folclore é a palavra-chave. Aponta a maneira como o tema é tratado nas escolas como outro problema para a aprendizagem.  “ A cultura popular não é uma coisa morta que precisa ser relembrada. Ela é viva, imensa e ocorre o tempo todo, em todos os lugares, todos os dias do ano”. (Ricardo Azevedo).
Imagem do Livro “Um homem no sótão”
Imagem do Livro “A casa do meu avô”
Recebeu quatro prêmios Jabuti e tem livros publicados na Alemanha, Portugal, México e Holanda. É mestre em Letras pela Universidade de São Paulo e doutorando em Teoria Literária (USP). É também pesquisador na área da cultura popular. Imagem do Livro “Uma velhinha de óculos, chinelo e vestido azul de bolinhas brancas”
O escritor encabeça ainda o projeto Fura-Bolo (1999), no qual escreve e ilustra — juntamente com outros autores — livros para serem distribuídos em escolas de comunidades carentes. Os integrantes do projeto ainda capacitam professores para trabalhar com os livros e formar leitores. O projeto Fura-Bolo já beneficiou mais de 70 mil crianças em todo o país. Imagem do Livro “Aula de Carnaval”
O escritor encabeça ainda o projeto Fura-Bolo (1999), no qual escreve e ilustra — juntamente com outros autores — livros para serem distribuídos em escolas de comunidades carentes. Os integrantes do projeto ainda capacitam professores para trabalhar com os livros e formar leitores. O projeto Fura-Bolo já beneficiou mais de 70 mil crianças em todo o país.
É um projeto maravilhoso, social e cultural, que realmente ajuda a formar leitores e do qual eu e todos que dele participam nos orgulhamos muito. O resultado: estamos contribuindo para formar novos leitores, capacitando professores a utilizar a literatura em sala de aula e distribuindo livros a crianças que antes só tinham acesso a livros didáticos. Não é pouco! Obviamente, nada disso é fácil, mas as dificuldades fazem parte, principalmente levando-se em conta um projeto dessa envergadura. www.mensagensvirtuais.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Eugénio de Andrade e Augusto de Campos
Eugénio de Andrade e Augusto de CamposEugénio de Andrade e Augusto de Campos
Eugénio de Andrade e Augusto de Campos
Rosário Cunha
 
Principais poetas brasileiros
Principais poetas brasileirosPrincipais poetas brasileiros
Principais poetas brasileiros
Rafael Marques
 
Eugenio de Andrade
Eugenio de AndradeEugenio de Andrade
Eugenio de Andrade
timtim100
 
Poesia e poema
Poesia e poemaPoesia e poema
Poesia e poema
ionasilva
 
Eugenio de andrade
Eugenio de andradeEugenio de andrade
Eugenio de andrade
liofer21
 
Dia Mundial da Poesia
Dia Mundial da PoesiaDia Mundial da Poesia
Dia Mundial da Poesia
anabraga
 
Olimpiada de lingua_portuguesa
Olimpiada de lingua_portuguesaOlimpiada de lingua_portuguesa
Olimpiada de lingua_portuguesa
angelacolinas
 
Apresentação de Sofia de Mello Breyner Andresen
Apresentação  de  Sofia de Mello Breyner AndresenApresentação  de  Sofia de Mello Breyner Andresen
Apresentação de Sofia de Mello Breyner Andresen
Maria Costa
 

Mais procurados (19)

Eugénio de Andrade e Augusto de Campos
Eugénio de Andrade e Augusto de CamposEugénio de Andrade e Augusto de Campos
Eugénio de Andrade e Augusto de Campos
 
Trabalho de portugues
Trabalho de portuguesTrabalho de portugues
Trabalho de portugues
 
Conceito generos-e-poetica
Conceito generos-e-poeticaConceito generos-e-poetica
Conceito generos-e-poetica
 
Livro-José Luis Peixoto
Livro-José Luis PeixotoLivro-José Luis Peixoto
Livro-José Luis Peixoto
 
Eugénio de Andrade
Eugénio de AndradeEugénio de Andrade
Eugénio de Andrade
 
Poema 6º ano
Poema 6º anoPoema 6º ano
Poema 6º ano
 
Principais poetas brasileiros
Principais poetas brasileirosPrincipais poetas brasileiros
Principais poetas brasileiros
 
Noite da poesia slide
Noite da poesia slideNoite da poesia slide
Noite da poesia slide
 
Ofício de Poeta - Gênero Poesia
Ofício de Poeta - Gênero PoesiaOfício de Poeta - Gênero Poesia
Ofício de Poeta - Gênero Poesia
 
Sophia
SophiaSophia
Sophia
 
Eugenio de Andrade
Eugenio de AndradeEugenio de Andrade
Eugenio de Andrade
 
Poesia e poema
Poesia e poemaPoesia e poema
Poesia e poema
 
Eugenio de andrade
Eugenio de andradeEugenio de andrade
Eugenio de andrade
 
Dia Mundial da Poesia
Dia Mundial da PoesiaDia Mundial da Poesia
Dia Mundial da Poesia
 
Poesias
PoesiasPoesias
Poesias
 
Gênero poesia
Gênero poesiaGênero poesia
Gênero poesia
 
Olimpiada de lingua_portuguesa
Olimpiada de lingua_portuguesaOlimpiada de lingua_portuguesa
Olimpiada de lingua_portuguesa
 
Apresentação de Sofia de Mello Breyner Andresen
Apresentação  de  Sofia de Mello Breyner AndresenApresentação  de  Sofia de Mello Breyner Andresen
Apresentação de Sofia de Mello Breyner Andresen
 
Musica e poesia - comparação
Musica e poesia - comparaçãoMusica e poesia - comparação
Musica e poesia - comparação
 

Semelhante a Dia da poesia

Tem gato na tuba e outros poemas
Tem gato na tuba e outros poemasTem gato na tuba e outros poemas
Tem gato na tuba e outros poemas
linguaefala
 
Resgate feira do livro rotermund
Resgate feira do livro rotermundResgate feira do livro rotermund
Resgate feira do livro rotermund
Estado do RS
 
Resgate feira do livro rotermund atualizado
Resgate feira do livro rotermund atualizadoResgate feira do livro rotermund atualizado
Resgate feira do livro rotermund atualizado
Estado do RS
 
Apostila cantando e_aprendendo
Apostila cantando e_aprendendoApostila cantando e_aprendendo
Apostila cantando e_aprendendo
dialogoeducacao
 
Apostila cantando e_aprendendo
Apostila cantando e_aprendendoApostila cantando e_aprendendo
Apostila cantando e_aprendendo
dialogoeducacao
 
Tessituras: apresentação de Rosane Castro
Tessituras: apresentação de Rosane CastroTessituras: apresentação de Rosane Castro
Tessituras: apresentação de Rosane Castro
Ana Paula Cecato
 
Portfólio do projeto poesias 1º ano2 º trimestre 2010
Portfólio do projeto poesias 1º ano2 º trimestre 2010Portfólio do projeto poesias 1º ano2 º trimestre 2010
Portfólio do projeto poesias 1º ano2 º trimestre 2010
Colégio Degraus
 

Semelhante a Dia da poesia (20)

Contacto
Contacto Contacto
Contacto
 
Tem gato na tuba e outros poemas
Tem gato na tuba e outros poemasTem gato na tuba e outros poemas
Tem gato na tuba e outros poemas
 
BiblioZine CANTO NEGRO n° 1, abr 2014
BiblioZine CANTO NEGRO n° 1, abr 2014BiblioZine CANTO NEGRO n° 1, abr 2014
BiblioZine CANTO NEGRO n° 1, abr 2014
 
Entrevista escritora Angélica Rizzi
Entrevista escritora Angélica RizziEntrevista escritora Angélica Rizzi
Entrevista escritora Angélica Rizzi
 
1ª voz 4ª publicação
1ª voz  4ª publicação1ª voz  4ª publicação
1ª voz 4ª publicação
 
Novidades
NovidadesNovidades
Novidades
 
BI outubro 2014
BI outubro 2014BI outubro 2014
BI outubro 2014
 
Aula
AulaAula
Aula
 
Poemas Tem Gato na Tuba
Poemas Tem Gato na TubaPoemas Tem Gato na Tuba
Poemas Tem Gato na Tuba
 
Resgate feira do livro rotermund
Resgate feira do livro rotermundResgate feira do livro rotermund
Resgate feira do livro rotermund
 
Resgate feira do livro rotermund atualizado
Resgate feira do livro rotermund atualizadoResgate feira do livro rotermund atualizado
Resgate feira do livro rotermund atualizado
 
Apostila cantando e_aprendendo
Apostila cantando e_aprendendoApostila cantando e_aprendendo
Apostila cantando e_aprendendo
 
Apostila cantando e_aprendendo
Apostila cantando e_aprendendoApostila cantando e_aprendendo
Apostila cantando e_aprendendo
 
Tessituras: apresentação de Rosane Castro
Tessituras: apresentação de Rosane CastroTessituras: apresentação de Rosane Castro
Tessituras: apresentação de Rosane Castro
 
Agenda fevereiro 2011
Agenda fevereiro 2011Agenda fevereiro 2011
Agenda fevereiro 2011
 
Projeto castelo branco by
Projeto castelo branco by Projeto castelo branco by
Projeto castelo branco by
 
1.ª voz - 3.ª publicação
1.ª voz  - 3.ª publicação1.ª voz  - 3.ª publicação
1.ª voz - 3.ª publicação
 
Portfólio do projeto poesias 1º ano2 º trimestre 2010
Portfólio do projeto poesias 1º ano2 º trimestre 2010Portfólio do projeto poesias 1º ano2 º trimestre 2010
Portfólio do projeto poesias 1º ano2 º trimestre 2010
 
O que é literatura de cordel
O que é literatura de cordelO que é literatura de cordel
O que é literatura de cordel
 
Boletim Contacto - abril de 2022.pdf
Boletim Contacto - abril de 2022.pdfBoletim Contacto - abril de 2022.pdf
Boletim Contacto - abril de 2022.pdf
 

Mais de Mensagens Virtuais (20)

Borboletas 1
Borboletas 1Borboletas 1
Borboletas 1
 
Minha arvore de amigos
Minha arvore de amigosMinha arvore de amigos
Minha arvore de amigos
 
O verbo no infinito
O verbo no infinitoO verbo no infinito
O verbo no infinito
 
A arte de Janene Grende
A arte de Janene GrendeA arte de Janene Grende
A arte de Janene Grende
 
Doce verao florido
Doce verao floridoDoce verao florido
Doce verao florido
 
Flores de verao
Flores de veraoFlores de verao
Flores de verao
 
Delicadas flores de verao
Delicadas flores de veraoDelicadas flores de verao
Delicadas flores de verao
 
Ainda que o vendaval
Ainda que o vendavalAinda que o vendaval
Ainda que o vendaval
 
Hoje eu posso escolher
Hoje eu posso escolherHoje eu posso escolher
Hoje eu posso escolher
 
Virtudes e defeitos
Virtudes e defeitosVirtudes e defeitos
Virtudes e defeitos
 
O voo
O vooO voo
O voo
 
Viver despenteada
Viver despenteadaViver despenteada
Viver despenteada
 
Animais que fazem a cabeca
Animais que fazem a cabecaAnimais que fazem a cabeca
Animais que fazem a cabeca
 
A arte de Genise Marwedel
A arte de Genise MarwedelA arte de Genise Marwedel
A arte de Genise Marwedel
 
A arte surreal
A arte surrealA arte surreal
A arte surreal
 
Desenganos
DesenganosDesenganos
Desenganos
 
Ressuscita me
Ressuscita meRessuscita me
Ressuscita me
 
Bandejas pintadas
Bandejas pintadasBandejas pintadas
Bandejas pintadas
 
Vitoria Regia
Vitoria RegiaVitoria Regia
Vitoria Regia
 
Bocas em flor
Bocas em florBocas em flor
Bocas em flor
 

Dia da poesia

  • 2. O Dia Nacional da Poesia é 14 de março
  • 3. POETA “ Canta, poeta, os hinos, com que o silêncio acordas, A natureza — é uma harpa presa nas mãos de Deus. O mundo passa... e mira o brilho dessas cordas... E o hino?... O hino apenas chega aos ouvidos teus.” Castro Alves
  • 4. O dia 14 de março foi escolhido “O Dia Nacional da Poesia” para homenagear o nascimento do grande poeta Castro Alves.
  • 5. Poesia é uma forma de expressar e transmitir sentimentos, emoções e pensamentos através de versos e estrofes. É saber combinar as palavras, em linguagem escrita, de uma forma especial:
  • 6. " Poesia é brincar com palavras / como se brinca com bola, papagaio e pião. / Só que bola, papagaio e pião se gastam / as palavras não ." José Paulo Paes CONVITE
  • 7. O Dia da Poesia é um dia para nos envolvermos com a natureza, com os sentimentos e sensações do mundo ao nosso redor. E claro, um dia para conhecermos mais a poesia de nosso país que é elogiada no mundo inteiro.
  • 8. Já o dia 21 de março foi proclamado pela UNESCO como o Dia Mundial da Poesia. A data escolhida é o início da primavera no hemisfério norte.
  • 9. TRADUZIR-SE Uma parte de mim é todo mundo: outra parte é ninguém: fundo sem fundo. Uma parte de mim é multidão: outra parte estranheza e solidão. (...) Uma parte de mim é só vertigem: outra parte, linguagem. Traduzir uma parte na outra parte — que é uma questão de vida ou morte — será arte? FERREIRA GULLAR
  • 10. Ricardo azevedo Ricardo Azevedo cresceu em uma casa onde ler e escrever livros era uma prática, aprendendo desde cedo a importância da literatura. Pai geógrafo, autor de diversas obras. Escreveu seu primeiro texto para crianças — que mais tarde acabou se transformando num de seus livros mais premiados, Um Homem no Sótão — com aproximadamente 17 anos.
  • 11. Autor de mais de 90 livros para crianças e jovens em que o folclore é a palavra-chave. Aponta a maneira como o tema é tratado nas escolas como outro problema para a aprendizagem. “ A cultura popular não é uma coisa morta que precisa ser relembrada. Ela é viva, imensa e ocorre o tempo todo, em todos os lugares, todos os dias do ano”. (Ricardo Azevedo).
  • 12. Imagem do Livro “Um homem no sótão”
  • 13. Imagem do Livro “A casa do meu avô”
  • 14. Recebeu quatro prêmios Jabuti e tem livros publicados na Alemanha, Portugal, México e Holanda. É mestre em Letras pela Universidade de São Paulo e doutorando em Teoria Literária (USP). É também pesquisador na área da cultura popular. Imagem do Livro “Uma velhinha de óculos, chinelo e vestido azul de bolinhas brancas”
  • 15. O escritor encabeça ainda o projeto Fura-Bolo (1999), no qual escreve e ilustra — juntamente com outros autores — livros para serem distribuídos em escolas de comunidades carentes. Os integrantes do projeto ainda capacitam professores para trabalhar com os livros e formar leitores. O projeto Fura-Bolo já beneficiou mais de 70 mil crianças em todo o país. Imagem do Livro “Aula de Carnaval”
  • 16. O escritor encabeça ainda o projeto Fura-Bolo (1999), no qual escreve e ilustra — juntamente com outros autores — livros para serem distribuídos em escolas de comunidades carentes. Os integrantes do projeto ainda capacitam professores para trabalhar com os livros e formar leitores. O projeto Fura-Bolo já beneficiou mais de 70 mil crianças em todo o país.
  • 17. É um projeto maravilhoso, social e cultural, que realmente ajuda a formar leitores e do qual eu e todos que dele participam nos orgulhamos muito. O resultado: estamos contribuindo para formar novos leitores, capacitando professores a utilizar a literatura em sala de aula e distribuindo livros a crianças que antes só tinham acesso a livros didáticos. Não é pouco! Obviamente, nada disso é fácil, mas as dificuldades fazem parte, principalmente levando-se em conta um projeto dessa envergadura. www.mensagensvirtuais.com.br