SlideShare uma empresa Scribd logo
UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL
              CURSO DE ADMINISTRAÇÃO – EAD
             TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO-TCC




             MANOEL AFONSO MARQUES LOBATO




ESTUDO DE VIABILIDADE A IMPANTAÇÃO DE UMA POUSADA




     Nome do Tutor Presencial: Meire Cristina Herculano

     Nome do Tutor Virtual: Rodrigo Muller Nauderer

     Nome do Professor Regente: Ricardo Hillmann

                Nome do Pólo: Santarém




                    Salvaterra – PA.
                        2012/4
                       SUMÁRIO
                                                          1
1.Introdução .....................................................................................................2

2.Descrição da oportunidade...........................................................................3

3.Objetivos.........................................................................................................4

4.Justificativa....................................................................................................5

5.Apresentação do negocio e dos fornecedores..............................................6

6.Identifique e caracterize os fornecedores....................................................8

7.Localização e instalações da empresa..........................................................9

8.Layout da planta..........................................................................................10

9.Plano de marketing......................................................................................12

10.Plano organizacional..................................................................................21

11.Plano financeiro.........................................................................................25

12.Considerações finais..................................................................................31

Referências bibliográficas..............................................................................32

Anexos.............................................................................................................33




                                                                                                                        2
1-Introdução:

           Este trabalho refere-se ao estudo de viabilidade para criação e organização de um
empreendimento no ramo de hospedagem denominado Pousada Castelinho, na Vila de
Joanes, Município de Salvaterra, Ilha de Marajó/PA. Faz-se aqui uma detalhada descrição das
possibilidades do negócio, como ele se insere na realidade local, sua relevância, modo de
ordenação, divulgação e marketing, a projeção de seu espaço e layout, inserção no comércio
local, maneira de captar e gerir recursos e estratégia de conquista de clientela.
           Inicia-se destacando o nicho de mercado a ser explorado pelo empreendimento, qual
seja, hospedagem e turismo ecológico. Em seguida, caracterizam-se formas de desenvolver
serviços específicos para o atendimento do público–alvo visado, a chamada melhor idade, por
meio de estratégia de marketing bem direcionada.
           Segue-se expondo de forma bem direta o que se vislumbra com o estudo de
viabilidade da Pousada e de que maneira se planeja efetivar sua implantação.
           Também indispensável, faz-se a explanação da relevância sociocultural da proposta,
mostrando como seus desdobramentos são mais que uns negócios é um projeto de gestão
sustentável, de valorização e cuidado com o meio ambiente.
           Por fim, faz-se a amostragem das formas de caracterização dos serviços oferecidos,
da formação da clientela, o que se combina com a identificação dos aspectos diferenciais do
negócio.
           Avaliam-se, de forma complementar, os riscos que se podem encontrar no processo
de implementação e as possíveis formas de contorná-los.




                                                                                            3
2- Descrição da oportunidade:

        A Pousada Castelinho propõe-se como um complexo de serviços entre hospedagem e
ecoturismo voltados principalmente para o público da terceira idade, integrando lazer e
conforto, tendo como suporte um projeto de sustentabilidade ecológico-cultural.

                                 O turismo na terceira idade é um dos grandes destaques do turismo de lazer
                       nos últimos tempos. Nunca se viu tantas opções de pacotes de viagens feitos
                       específicos para esse pessoal que geralmente viajam em grupos e se divertem tanto
                       quanto os jovens. (Thiago Busarello, 2012, p.1)

         A empresa será inserida no mercado de hospedagem, no município de Salvaterra,
visamos este município pelo grande potencial turístico e desenvolvimento da região. Também
levamos em conta o crescimento do turismo da 3ª idade em evidencia no Brasil.

                                 A população da terceira idade tem sido apontada com um nicho
                       importante para o mercado turístico, sendo inclusa em projetos específicos do
                       Ministério do Turismo, por sua representatividade e crescimento populacional nos
                       últimos anos. Em contrapartida, organizações que desenvolvem trabalhos com
                       idosos indicam o turismo como importante aliado no equilíbrio físico e social desses
                       indivíduos. Dessa forma, analisa-se o turismo cultural como opção para este público,
                       por suas cacteristicas peculiares e por sua profunda ligação com o patrimônio
                       histórico, tornando-se fonte de conhecimento e historia.
                                 (Ana Maria de Paris Possamai Patrimônio: Lazer & Turismo, v. 6, n. 8,
                       out.-nov-dez./2009, p. 43-60)




                                                                                                         4
3-Objetivos:

        3.1-Objetivo geral: Analisar a viabilidade de uma empresa que ofereça serviços de
hospedagem na Vila de Joanes.

        3.2 Objetivos específicos:

                        •   Fornecer serviços de hospedagem com qualidade com preços
               que possam permitir que os consumidores fiquem satisfeitos e encantados.

                        •   Atingir o mercado externo e turístico do Pará.

                        •   Definir um planejamento de marketing.

                        •   Conhecer local adequado para implementação da empresa.

                        •   Definir um planejamento de marketing.

                        •   Verificar estrutura organizacional necessária para o negócio
               (recursos humanos).

                        •   Verificar a viabilidade financeira.




                                                                                          5
4-Justificativa:

                Diante do crescimento favorável do turismo na região Marajoara, criamos o
projeto da Pousada Castelinho com intuito de atender o grupo da 3ª idade.

        Pesquisas indicam um crescente envelhecimento da população brasileira nos últimos
tempos, como mostra a tabela a seguir.




        Fonte: http://www.ibge.gov.br


        Vários setores começam a se preocupar com a introdução no mercado de produtos e
serviços diretamente ligados a essas pessoas, garantindo melhor qualidade nesse período de
vida. Desse modo, pensou-se em um empreendimento no ramo de hotelaria e ecoturismo para
atender, sobretudo, as necessidades de lazer e hospedagem específicas para essa faixa etária.
                                                                                                6
Em termos de potencialidade econômica, sem dúvida uma atividade de grande
importância é o turismo, que está obviamente relacionado com o fato da região contar com a
maior ilha fluvio-marítima do mundo o que por si só já representa um grande atrativo turístico
com suas praias fluviais e oceânicas, além da floresta, dos campos naturais e igarapés ali
existentes. Em relação a esta atividade econômica destacam-se os municípios de Soure e
Salvaterra. Destaca-se ainda pela Cultura, como as danças folclóricas (carimbó, lundu), pela
produção artesanal (cerâmica marajoara) e pela culinária marajoara legada dos indígenas.




                                    O setor de turismo é composto de um conjunto de atividades que, em seu
                        agregado, tem grande representação econômica e vem registrando um crescimento
                        consistente ao longo das últimas décadas. O incremento da renda é o principal fator
                        propulsor das atividades turísticas, o que promove forte correlação entre o
                        dinamismo econômico e a expansão do setor. (Gustavo Mello, BNDES Setorial 33,
                        p. 5 – 42).




         5-Apresentação do negócio e dos fornecedores:


         5.1-Qual é o negócio?


         O projeto visa à implementação de um projeto uma pousada na Vila de Joanes no
município de Salvaterra. Focados no publico da 3ª idade.


         5.2-Qual o produto ou serviço que você está disponibilizando para o mercado?


         O serviço que disponibilizamos: hospedagem, café da manhã, restaurante self
serviçe, informações turísticas, lavanderia, estacionamento privativo, passeios turísticos pela
região, serviço de quarto, manifestação cultural e internet banda larga.


         5.3-Qual o segmento de mercado que você deseja atingir?


         Atender todos os tipos de clientes (turistas), do Brasil e/ou fora do país.



                                                                                                          7
Atender as necessidades de uma ótima hospedagem, passeio, alimentação e
comodidade.


            Atender o mercado turístico de Salvaterra com um diferencial, que é o atendimento á
3ª idade.


            Baseados nesses contextos e pesquisas de mercado nosso segmento será turistas da 3ª
idade entre 50 á 85 anos Solteiros e casados das classes A,B e C.




            5.4-Qual é ou são os diferenciais dos seus produtos ou serviços, em relação á
concorrência?


            Nosso diferencial é um serviço especial com atendimento a 3ª idade, que nenhum
outro serviço de hospedagem disponibiliza na região. Com aumento da demanda desta faixa
etária da terceira idade, houve uma adequação para esta faixa etária da terceira idade, houve
uma adequação para esta realidade, com objetivo de proporcionar um atendimento
diferenciado pela qualidade dos serviços a serem prestados.


            5.5- Quem são os seus consumidores e ou clientes dos produtos ou serviços?


            São turistas do Brasil e do Mundo, classes sociais A, B e C temos preços acessíveis.
Etnias religiões diferentes. Publico- alvo grupo da 3ª idade.


            5.6- Porque os clientes e ou consumidores compram ou irão comprar seu
produto ou serviço?


            Pelo diferencial do serviço, atendimento especializado para terceira idade, pois na
região não há produto especializado para este publico na região.


            5.7-Quais são as principais ameaças ao seu negócio?




                                                                                               8
As ameaças são poucas, pois não temos concorrência direta do nosso serviço. A
estrutura de acesso, que depende de serviço de navios e balsas que vêm da capital Belém e de
vans que levam os turistas do porto do camará até a vila de Joanes.A falta de rede bancária
com operações de câmbio na vila de Joanes.A falta de informações turísticas.




        5.8-Identifique e caracterize os fornecedores?


    Fornecedores           Supermercado        Mercadinho        Bebidas da Jura
                           vitoria             Marquinho

    1-Atendimento,         4                   4                 4
    condições

    2- Condições      de   3                   4                 3
    entrega

    3- Condições      de   5                   5                 5
    pagamento

    4- Facilidades de      4                   3                 2
    acesso e localização

    5-Garantias      dos   4                   4                 4
    produtos

    6- Lote Minima de      3                   3                 3
    compra

    7- Pontualidade na     4                   4                 4
    entrega

    8-Preço                3                   3                 4

    9-Qualidade       do   5                   5                 5
    produto
                       1-Ruim
        LEGENDA:
                       2-Regular

                       3-Bom                                                               9

                       4-Muito bom

                       5-Excelente
6-Localização da empresa
        6.1- Localização da pousada: na Rua da esplanada na segunda TV de nº191, na vila
de Joanes na cidade de Salvaterra-Ilha do Marajó-PA.
        6.2- 5 pontos favoráveis:
                •     Viabilidade de acesso aos transportes;
                •     Localização próxima do local turístico como a praia e parte histórica da
       Vila;
                •     Área adequada para qualquer investimento ligado ao turismo;
                •     Próximo ao comercio local da Vila;
                •     Por ser um município com visão turística, pois por ano nos visitam
       milhares de turistas.




                                                                                           10
Fonte: Paulo Furtado (Fotografo)
                                   11
1. O (primeiro chalé) será da (ADM) e (Recepção) tendo uma área 65m²com
alvenaria á construir.
         2. (segundo chalé) apresenta sua estrutura de alvenaria á construir com 50m²cada um.
         3. Terceiro Chalé área 50m² contara com refeitório e áreas interna lavanderia
         Nesta área prevê disponibilidade de 3 chalés sendo distribuídos. Estes são os dados
do layout estrutura físicas básicas do projeto. Tamanho do local: para atender a demanda
12hospedes diário, área construída devera ter aproximadamente 1045m² em área total. Área
total do terreno 19 m² de frente por 55m² de fundos, no local apresentará saneamento básico e
energia disponível. Nesta área prevê disponibilidade. O (primeiro chalé) será da (ADM) e
(Recepção) tendo uma área 65m²com alvenaria á construir nesta unidade. (segundo chalé)
apresenta sua estrutura de alvenaria á construir com 50m²cada um, incluindo o banheiro.
(terceiro chalé) respectivamente se apresenta em alvenaria á construir com 50m, ²contara com
refeitório e área interna lavanderia.




                                                                                           12
7-Plano de marketing.

         O marketing é o esforço realizado no sentido de conquistar e manter o cliente. Assim
para definir como atingir seus objetivos e metas, de maneira vantajosa que é total preocupação
do empreendimento. Colaboradores são responsáveis pela qualidade da prestação de serviço.
Com isso foi realizado uma seleção do seu pessoal, e promover treinamentos para motivar e
qualificar estes, para um serviço diferenciado.

         O desenvolvimento do planejamento de marketing do empreendimento foi totalmente
focado nos 4 p’s de serviços, e com o intuito de atender o objetivo principal do marketing que
é atender as necessidades e desejos do cliente. Tentando compreender as necessidades dos
clientes com pesquisa totalmente voltada nos contextos de marketing. Atingindo assim
lucratividade que é o feedback do nosso projeto.

                                  “Marketing é um processo social pelo qual indivíduos e grupos obtêm o
                        que necessitam e desejam por meio de criação, da oferta da livre troca de produtos e
                        serviços de valor com outros.”
                                                                  (Keller Kotler- 2006)




         Diante desta afirmação do autor entendemos que todo planejamento de marketing é
uma troca de valores, então o negócio visa sempre este conceito.




         7.1-Negócio:

         A empresa atuará no ramo de prestação de serviços de hospedagem com foco
principal grupos da terceira idade.

                  Nossa visão é ser o melhor serviço de hospedagem disponível no nosso
município, para atender as demandas deste segmento, com estrutura adequada, alimentação
saudável, opções de atividades e roteiro turístico por nossa região.
         Nossa missão é estar inserido no roteiro turístico da Ilha do Marajó, por ser
atendimento exclusivo para a terceira idade, para atendermos qualquer classe social desse


                                                                                                         13
grupo, etnias, religião, sermos exemplo para outras empresas com serviço de hotelaria,
atender melhor este grupo de cliente que esta crescendo no mundo.

        7.2-Produtos ou serviços:

        Os serviços oferecidos pela nossa empresa Pousada Castelinho, hospedagem para a
terceira idade, com quartos apropriados para a classe, banheiros e toda estrutura da pousada
com corrimões e rampas para melhor mobilidade do idoso, alimentação saudável no próprio
restaurante da pousada (self service) sendo toda semana formado um cardápio variado por um
nutricionista. Atividades eco turísticas, esporte, dança (carimbo), internet banda larga,
educação ambiental e excursões pela cidade e eventos.

        A empresa fornece um serviço intangível, mas a mesma com utilização de recursos e
muita qualidade na prestação de serviço, esse bem intangível se tornara um bem tangível e
este será o feedback dos hóspedes.

        Com um ambiente calmo, limpo, agradável, decoração rústica marajoara,
alimentação saudável estrutura do restaurante com limpeza total, transporte dos hóspedes para
passeios turísticos de qualidade com ar condicionado. Funcionários capacitados.

        O diferencial em questão ao serviço é o atendimento exclusivo a terceira idade,
estrutura adequada, restaurante com cardápio saudável, e o entretenimento aos mesmos.

                                 “O turismo tem crescido substancialmente nos últimos anos como um
                       fenômeno econômico e social, razão pela quais tradicionais descrições dessa
                       atividade baseadas, sobre tudo nos aspectos sociais culturais dos visitantes, têm sido
                       complementadas por uma perspectiva de caráter econômico visando identificar e
                       valorizar as contribuições geradas por este segmento á economia do país.”

                                 www.ibge.com.br (Economia do turismo)




        7.3-Conjuntura do Mercado:

        Diante da expansão do turismo da terceira idade no mundo e principalmente no
Brasil, visamos atuar neste segmento de mercado, pelo fato de não existir na região, pois na

                                                                                                          14
região marajoara estrutura e atendimento de serviços de hospedagem dedicados á terceira
idade, Pesquisas feitas em agências de viagens e o crescimento desse público-alvo visitando a
região marajoara nos fez focar neste negocio inovador.

         Para atingir as necessidades do público-alvo e conhecê-los melhor, analisamos o
mercado diante de uma pesquisa qualitativa. O objetivo da pesquisa é a descrição de nosso
suspects e nossos prospects, com o objetivo de conhecer melhor os consumidores e de que
maneira podemos atrair melhor a atenção deles. Apesar de termos um diferencial muito
grande que é o serviço para a terceira idade, queremos atender as necessidades deles. A
pesquisa necessariamente descritiva e qualitativa com analise superficial.

         Depois efetuaremos o planejamento da pesquisa, definindo a fonte de dados de
maneira primária, a abordagem será em forma de questionário. O plano de amostragem será
pesquisando turista entre 50 á 80 anos entre 10 pessoas necessariamente. O método de contato
neste perfil será feito de forma pessoal (presencial).




         •     Plano de amostragem:
         -A maiorias das pessoas eram do sexo feminino 6 e 4 do sexo masculino.

         -Idade entre 55 á 75 anos.

         -8 entre 10 entrevistados viajam de seis e seis meses.

         - Todos se agradaram com a idéia do atendimento exclusivo para a terceira idade.

         -Todos necessitam de uma alimentação saudável, pois 8 entre 10 idosos entrevistados
utilizam remédios e recomendações médicas para alimentação sem exageros e especialmente
saudáveis.




                                                                                            15
7.4-Mercado de Atuação x Mercado de Atendimento:
         O mercado de atuação será de gênero de serviço de hospedagem e o mercado de
atuação será de hotelaria.

         O negocio esta visando em atender a terceira idade no gênero de hospedagem, pois o
mercado da nossa região não trás nenhuma opção de atendimento á este publico tão grande no
Brasil.Nossa estrutura trará um conforto muito grande há este publico pois nos dedicamos
totalmente o bem estar de nossos clientes. O mercado turístico vem crescendo a cada ano na
Ilha do Marajó é o nosso empreendimento só tende a crescer junto, a fidelidade do cliente será
certa.. É um desafio inovador mais com este diferencial risco serão poucos.




         7.5- Distribuição dos produtos e serviços:

         O serviço de hospedagem que será disponível nas instalações da pousada Castelinho
na Vila de Joanes município de Salvaterra.

         O canal de distribuição terá função de um intermediário que será a internet nosso
principal canal, pois em site de agencias de viagens e blog, usaremos nossa divulgação
principal da nossa prestação de serviços.




         7.6-Matriz de SWOT:
                                                                                           16
-Forças:                                         -Fraquezas:

                   •    Qualidade do serviço                        •      Falta    de    experiência         do
                   •    Bom atendimento                   empreendedor

                   •    Serviço     exclusivo       na
       região, atendimento a terceira idade.
                -Oportunidades:                                     -Ameaças:

                   •    Serviço diferenciado                        •      Produto não essencial
                                                                    •      Produto substituível
                                                                    •      Estrutura de acesso a Ilha do
                   •    Geração     de     renda    no
                                                          Marajó.
       município
                   •    Ascensão      do     mercado
       turístico


        7.7-O setor é bom para se investir. Por quê?

         O setor é bom para se investir porque o mercado turístico vem crescendo no Brasil, a
Ilha do Marajó é uma das regiões mais comentadas nas agências de viagens de todo Brasil e
de alguns lugares do mundo. Emissoras de TV divulgam e mostram nossos potenciais.

        Marajó faz parte de um novo modelo de desenvolvimento que vem sendo construído
na Amazônia Brasileira, materializado no Plano Amazônia Sustentável (PAS).

                                    Este novo modelo tem como alicerce o ordenamento territorial e
                         fundiário e como pilares, os investimentos em infraestrutura e em tecnologia,
                         condições básicas para a viabilização de atividades dinâmicas e inovadoras, que
                         possibilitem a geração de empregos e a melhoria da qualidade de vida das pessoas,
                         mas compatibilizando-o com o uso sustentável dos recursos naturais e a preservação
                         do meio-ambiente em que vivemos. (Ministério da Saúde, 2007,24p. il.)

        O turismo focado na terceira idade vem tendo um considerável crescimento a cada
ano, pacotes de viagens com parcelamentos (facilidade de pagamento).




                                                                                                        17
O turismo na terceira idade é um dos grandes destaques do turismo de
                            lazer nos últimos tempos. Nunca se viu tantas opções de pacotes de viagens feitos
                            específicos para esse pessoal que geralmente viajam em grupos e se divertem tanto
                            quanto os jovens. (Thiago Busarello, 2012, p.1)

           Baseados nestes dados importantíssimos para nosso empreendimento crescer,
criamos este foco em serviços de hospedagem prestados a terceira idade.

           7.8 Análise da concorrência:

           Não existem concorrentes diretos, pois nenhuma pousada da região tem um foco em
serviço de hospedagem para a terceira idade.

           Pretendemos conquistar o mercado com atendimento personalizado, com um quadro
funcional personalizado, pessoal capacitado, nível de relacionamento alto com os
clientes.desenvolver um fluxograma operacional,mostrar ao cliente como será desenvolvido o
serviço, para que ele acompanhe e tenha confiança nos processos, evitar processos confusos,
ou muita espera, pois o processo faz parte do “pacote”de benefícios da compra do
consumidor.

           7.9-Vantagem competitiva:

           O diferencial será o serviço de hospedagem para a terceira idade, na qualidade do
serviço e do atendimento. Investindo nestes diferenciais sabemos que o feed back do
investimento será rápido, e cada vez mais investindo em pesquisas, mídia e qualidade de
serviços

           7.10-Clientes:

           O público alvo serão idosos entre50 a 80 anos, que gostam de viajar, Que curtem a
natureza e gostam de viajar



           Os clientes estão espalhados por todo um mundo mais nosso foco é turistas
brasileiros. Atenderemos necessidades de uma hospedagem com qualidade com comodidade e
alimentação saudável. O primeiro impacto do turista é uma estrutura organizada, limpa,
rústica, e com estrutura para idosos com corrimões e rampas.



                                                                                                          18
Segundo Peppers e Rogers afirmam que é impossível estabelecer uma relação com
alguém que não conseguimos identificar. Diante dessa afirmação procuramos conhecer nossos
clientes, diante de uma pesquisa de mercado com questionário presencial.

            7.11-Mídia:

            Utilizaremos “canais de comunicação” em forma de divulgação, em Spots de rádio,
cartazes e folders, divulgados em portos (navios e balsas) nos transportes em geral e
restaurantes. Na internet em site de agencias de viagens e em blog da empresa. No mês mais
intenso de turistas na cidade (mês de julho), promoveremos divulgação mais intensa nos
meios de comunicação, e com promoções especiais.

            Gastos com Mídia

Mêses                Rádio             Blog              Hospedagem        Mídia impressa
                                                         internet

Julho                R$ 70,00*         Gratuito          R$ 50,00          R$ 60,00

Agosto               R$ 60,00          Gratuito          R$ 50,00          R$ 60,00

Setembro             R$ 60,00          Gratuito          R$ 50,00          R$ 60,00

Outubro              R$ 60,00          Gratuito          R$ 50,00          R$ 60,00

Novembro             R$ 60,00          Gratuito          R$ 50,00          R$ 60,00

Dezembro             R$ 60,00          Gratuito          R$ 50,00          R$ 60,00

Total                R$ 370,00         Gratuito          R$300,00          R$ 360,00




            7.12-Preço:

            Os preços são baseados nos custos fixos de funcionários luz, água, manutenção e
custos variados como nutricionistas e divulgação da pousada. A composição em custo
unitário.

Custo de serviços disponibilizados (mensalmente)

                                                                                         19
Pousada Castelinho

Descrição                 Custo unitário      Quantidade Estimada Custo total
                                              de compra

Quarto simples com R$ 15,00                   30 diárias           R$ 450,00
ar.

Quarto VIP com ar e R$ 25,00                  30 diárias           R$ 750,00
frigobar

Quarto alberg             R$ 7,00             180 diárias          R$ 1.260,00

Redário                   R$ 5,00             300 diárias          R$ 1.500,00

Lavanderia                R$ 10,00            100 diárias          R$1.000,00

Restaurante       self R$ 10,00               200 unidades         R$ 2.000,00
service

Serviço de van            R$15,00             600 diárias          R$ 9.000,00

Internet banda larga      R$1,00              300 horas            R$ 300,00

Total                     R$88,00             1.740                R$ 16.260,00




           7.13-Vendas:

           As vendas foram projetadas mensalmente baseadas na composição feita pela
estimativa de prestação de serviços promovida pela empresa.

Estimativas de vendas serviços (mensalmente)
Pousada Castelinho

Descrição                 Preço de venda      Quantidade estimada Receita Bruta Total
                                              de venda

Quarto simples com R$ 50,00                   30 diárias           R$ 1.500,00
ar.

                                                                                        20
Quarto VIP com ar e R$ 85,00                  30 diárias             R$ 2.250,00
frigobar

Quarto alberg           R$ 20,00              180 diárias            R$ 3.600,00

Redário                 R$ 15,00              300 diárias            R$ 4.500,00

Lavanderia              R$ 20,00              100 diárias            R$ 2.000,00

Restaurante       self R$ 18,00               200 unidades           R$ 3.600,00
service

Serviço de van          R$ 25,00              600 diárias            R$15.000,00

Internet banda larga    R$ 3,00               300 horas              R$ 900,00

Total                   R$ 236,00             1.740                  R$ 33.350,00




   Capitulo 8-Plano organizacional

          8.1- Gestão de negócios:

          A empresa será administrada pelo Manoel Afonso formado em administração de
empresas e por seu sócio Paulo Furtado Fotografo.

          Os sócios não possuem nenhuma experiência na área de hotelaria, mas procuraram se
capacitar na área com cursos ministrados pelo Sebrae-PA, para conhecimento no segmento.

          8.2-Estrutura organizacional:

          A empresa Pousada Castelinho contará com dois sócios que irão administrar e
gerenciar o processo de prestação de serviços disponibilizados pela pousada. A linha de
                                                                                          21
serviços será composta 1 arrumadeira, 1 faxineira, 1 cozinheira e 1 auxiliar de cozinha. Todos
sem experiência na área, mas passaram por processos capacitação para trabalhar na pousada.
Conforme descrito na planilha abaixo:

Estrutura Organizacional: Pousada Castelinho

Pessoal de prestação de serviços

Cargo            Funções ou Salários            Benefícios      Quantidade      Total
                 demandas
                                                ( VT)

Arrumadeira      Organização     R$ 650,00      R$ 60,00        1               R$710,00
                 do quartos

Faxineira        Limpeza         R$ 650,00      R$60,00         1               R$710,00
                 geral      da
                 pousada

Cozinheira       Produção do R$650,00           R$60,00         1               R$710,00
                 restaurante

Auxiliar     de Auxilio na R$ 650,00            R$60,00         1               R$ 710,00
cozinha         cozinha    e
                servir    os
                hospedes.

Subtotal                                                        4               R$ 2.840,00

Encargos                         R$132,00                       4               R$528,00
médios
(FGTS+INSS)
16,5%
TOTAL                                                                           R$3.368,00




Pessoal do Administrativo

Cargo            Funções         Salário        Benefícios      Quantidade      Total
                                                (VT)
Gerente       e Gerencia         R$1.700,00             -       2               R$3.400,00
sócio           fluxo
                financeiro,
                estoque,
                recepção etc.
Outros                   -               -                -              -              -
Subtotal                         R$1.700,00               -     2               R$3.400,00
                                                                                             22
Encargos                   R$330,00         2   R$660,00
médios
(FGTS+INSS)
16,5%
Total                                           R$4.060,00




      8.3-Organograma:

           Sócios e
         proprietários

       (Gerente e sócio)




                              Arrumadeira




                              Faxineira




                              Cozinheira

                                                             23
Auxiliar   de
                               cozinha




8.4-Fluxograma:

  Cliente




 Recepção



                  Quarto
                  simples

                  Quarto VIP

                                               Restaurante

                  Quarto
                  alberg


                  Redário
                                                             24
Capitulo 9-Plano financeiro

         9.1-Capital Social e fonte de recursos:

         A empresa será composta por dois sócios, com 50% (cinqüenta por cento do capital
da empresa cada) sendo a empresa divida por cotas de sociedade civil limitada. O
investimento inicial será dos dois próprios sócios.

         A razão social da empresa será Hospedagens parceria Ltda., e o nome fantasia será
Pousada Castelinho, sendo que o capital de cada sócio será de R$20.000,00.




                                                                                        25
9.2-Custo de operação-Investimento inicias:

Analise financeira: Pousada Castelinho
Descrição                                           Quantidade     Preço       Valor   em
                                                                               R$
Maquinário, equipamentos, móveis e utensílios              R$ 18.495,00
Cama boxe casal                                     2unidades     R$ 800,00    R$1.600,00
Cama boxe solteiro                                  7unidades     R$ 400,00    R$2.800,00
Redes                                               20unidades.   R$ 30,00     R$600,00
Ar condicionado                                     5 unidades    R$450,00     R$2.250,00
Ventiladores de teto                                4 unidades.   R$45,00      R$180,00
Frigobar                                            1 unidade     R$680,00     R$680,00
Geladeira                                           1 unidade.    R$799,00     R$799,00
Freezer                                             1 unidade     R$1.200,00   R$1.200,00
Lençóis e fronhas                                   25unidades    R$18,00      R$450,00
Toalhas de banho e rosto                            40unidades.   R$10,00      R$400,00
Tolhas de mesa                                      20unidades    R$8,00       R$160,00
Mesas para escritório                               2 unidades    R$120,00     R$240,00
Mesas para o restaurante                            8 unidades    R$ 50,00     R$400,00
Fogão para restaurante                              1 unidades    R$ 450,00    R$450,00
                                                                                            26
Despesas operacionais:                                                 Valor       em
Armário estoque para restaurante                          1 unidades   R$300,00      R$300,00
Cadeiras para escritório                                  4 unidades
                                                                        R$
                                                                       R$60,00       R$240,00
A)Salário restaurante
Cadeiras para e         encargos     com  pessoal         32unidades    R$4.060,00
                                                                       R$28,00       R$896,00
(administrativo)
TV’s 24 ‘’                                                5 unidades   R$450,00      R$2,250.00
B)Prestação de serviços (pessoal terceirizado)
Som e caixa amplificada                                   1 unidade    R$800,00 -    R$800,00
Notebook
C) Aluguel                                                1 unidade    R$890.00 -    R$890,00
Armário arquivo                                           1 unidade    R$750.00      R$750,00
D) Manutenção (máquinas da administração)                                       -
Utensílios para restaurante (louças)                      80unidades   R$ 2,00       R$ 160,00
E) Comissões de vendedores ou representantes                                    -
F) Outros(mídia-custo mensal)
Veículos                                                           -   R$170,00
                                                                              -                -
Total de despesas operacionais                                         R$4.230,00
Despesas pré-operacionais                                          -           -               -

Outros(especificar)                                                -           -               -
Total investimentos                                                                  R$18.495,00




          9.3-Descritivos Financeiros:



    Descritivo financeiro: Pousada Castelinho
    Custos dos Produtos/serviços:                                         Valor     em
                                                                          R$
    A) Custo dos produtos/serviços                                        R$
                                                                          16.260,00
    B)Salários e encargos com pessoal               (da                   R$3.368,00
    produção)
    C)Depreciação de máquinas da produção
    D)Manutenção de máquinas da produção
    Total do custo dos produtos/serviços                                  R$19.628,00




                                                                                                   27
OBS: O local do empreendimento é de propriedade dos sócios.

         9.4-Demonstrativo de resultados:




Descrição                                                          Valor em R$
1.Receita bruta de vendas( é igual a Receita Total,                R$33.350,00
e busca automaticamente da planilha mix de
produtos e serviços)
2.(-)Deduções da receita bruta (impostos 21%)                      R$ 7.003,50
3.( = ) Receita liquida de vendas                                  R$26.346,50
4.( -)Custos dos produtos(Busca automaticamente                    R$16.260,00
da planilha Mix produtos de serviços)
5.( = ) Margem de contribuição bruta                               R$10.086,50
6.( - ) Despesas operacionais (Relacionadas na                     R$ 4.230,00
planilha acima)
7.( = ) Lucro operacional                                          R$ 5.856,50
8.( - ) Imposto de renda (Lucro presumido sobre a                  R$ 70,27
receita bruta: 1,2%
Lucro total liquido                                                R$5.786,23




         Ponto positivo:
         -Receita bruta de vendas R$33.350,00 valor esperado pra uma micro empresa.

         •     Ponto negativo:
                                                                                      28
Alto índice de impostos (21%) comprometendo assim a receita liquida de vendas.




        9.5- Necessidades de investimentos Total e Capital de giro:

        Necessidade média de estoque 30 dias, e capital de giro R$ 30, 000.

        9.5.1-Estimativa de estoque inicial anual:

        Deverá ser apresentado um investimento inicial de R$ 60.000 para a implementação
deste empreendimento e se manter solido no mercado.




Descrição        Quantidade       x Valor unitário             = Total R$
                                x   R$
Alimentos        400 kg           x R$ 2,50                    = R$ 1.000,00
não                             X
perecíveis
Alimentos        500 kg             x R$ 3.50                  = R$ 1.750,00
não                             X
perecíveis
Material de      1.000 litros       x R$ 2,50                  = R$ 2.500,00
limpeza                         X
(geral)
Utensílios       100 unidades       x R$ 0,40                  = R$ 600,00
para cozinha                    X
Lençóis      e   100 unidades       x R$18,00                  = R$ 1.800,00
fronhas                         X
Toalhas          100 unidades       x R$ 8,00                  = R$ 800,00
                                X
Bebidas       2.000 litros          x R$ 2,00                  = R$ 4.000,00
alcoólicas e                    X
refrigerantes
Água mineral 3.000 litros           x R$ 0,70                  = R$2.100,00
                                X
Total                                R$ 37,60                    R$14.550

        9.5.2-Caixa mínimo – contas a receber

Prazo Médio de vendas %                         X Nº de dias    Média
Á vista               90                        X0              80

                                                                                         29
30 dias no cartão           10                     X 30           30

Total                       100                    X 30           110



          9.5.3-Caixa mínimo –fornecedores

Prazo       médio       de %                       x Nº de dias   Média
compra                                        X
Á vista                      80                    x 0            80
                                              X
30 dias no cartão            20                    x 30           60
                                              X
Total                        100                   X 30           140


           9.5.4- Estoques- Cálculo da necessidade média de Estoques

          Necessidade média de estoque= 30 dias

        9.5.5 – Cálculo da necessidade liquida de capital de giro em dias

                    Recurso da empresa fora Nº de dias
                    de sua caixa

                    Contas a receber-         prazo 60
                    médio de vendas

                    Estoque-Necessidade média        30

                    Subtotal 1 (item 1+2)            90


                    Recurso de terceiros no
                    caixa da empresa

                    Fornecedores                     140

                    Subtotal 2                       140

                    Necessidade     liquida       de 0
                    capital de giro




                                                                            30
9.5.6- Caixa mínimo

                 Custo fixo mensal         R$ 4.230,00

                 Necessidade liquida de         0
                 capital de giro
                 Caixa mínimo           R$ 4.230,00


       9.6- Ponto de equilíbrio


O PONTO DE EQUILIBRIO
MOSTRA O QUANTO A EMPRESA NECESSITA ARRECADAR PARA COBRIR
TODOS OS CUSTOS NO PERIODO


INDICE   DE     MARGEM                   DE (RECEITA TOTAL - CUSTO
CONTRIBUIÇÃO (IMC) =                        VARIÁVEL TOTAL)
                                                  RECEITA TOTAL

       I
MC =                       R$ 33.350,00-      R$19.628,00   =0, 4114
                           R$ 33.350,00


PONTO             DE
EQUILIBRIO (PE) =    CUSTO FIXO TOTAL
                     IMC


       P
E=          R$ 4.230,00              =        R$10.281,96
           0,4114




                                                                       31
-Considerações finais:

        Através do decorrer do plano de negócios conseguimos identificar à viabilidade do
negócio e a lucratividade através de dados financeiros concretos e pesquisas de mercado
efetuadas pela mesma.

        As evidencia do turismo na Ilha do Marajó é ponto favorável e contando também
com nosso diferencial que é o atendimento especializado a terceira idade.

        No contexto do plano financeiro este negocio tem feed back aos empreendedores,
gerando também renda a população ao redor do projeto.




                                                                                       32
-Referencias Bibliográficas

          - ANA MARIA, De Paris Possamai Patrimônio: Lazer & Turismo, v. 6, n. 8, out.-
nov. dez./2009, p. 43-60). Acesso em: Setembro. 2012, 13:42: 06.
          -www.bndes.gov.br/SiteBNDES/export/sites/default/.../set3301.pdf >Acesso em: 01
Outubro. 2012, 11:25:03


          -Manual para o desenvolvimento de projeto/Universidade Luterana do Brasil –
Ulbra, (Org.) - Curitiba: Ibpex, 2010.

          consultoriaprofuturo.com/wp-content/.../Tema21>. Acesso em: 22 agostos. 2012, 21:
31: 06.
          ABREU, J. Microeconomia: Uma abordagem introdutória. São Paulo. Makron,
1995.

          IBGE. Instituto Brasileiro de Geografias e Estatísticas-Cidades. Disponível em
<http://www.ibge.gov.br:> Acesso 04 de setembro de 2012.

          SEBRAE. Como elaborar um plano de negócios.2009. Disponível em: <http
//www.sebrae.com.br.> Acesso em 17/08/12

          HTTP: //WWW.saude.gov.br/bvs> Acesso em: 01 setembro 2012: 16:30: 06

          http://www.vidadeturista.com/artigos/turismo-na-terceiraidade20/09/2012

          ALBERTO, Nestor. Administração do capital de giro, Orçamento e fluxo de
caixa.Rio grande do sul2010.l

          Administração de marketing/ Universidade Luterana do Brasil. Curitiba: Ibpex,2009.




                                                                                          33
ANEXOS




IMAGEM DA FACHADA DA ORGANIZAÇÃO.




FIGURA 1 VISTA AÉREA


Localização da Pousada em Joanes-Salvaterra-Ilha do Marajó Imagens de Paulo Furtado (De
satélite).


                                                                                     34
Questionário presencial:

         1-Sexo: ( )Masculino ( ) feminino

         2-Idade: ________________

         3-Com que freqüência você costuma viajar?

         ( ) de seis em seis meses

         ( ) uma vez ao ano

         (   ) com freqüência

         4- O que você acha de se hospedar em uma pousada com atendimento especial a
terceira idade?

         5-O que você acha de uma pousada com alimentação saudável, com supervisiona
mento de um nutricionista?




                                                                                  35

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Turismo de base comunitária, mtur.
Turismo de base comunitária, mtur.Turismo de base comunitária, mtur.
Turismo de base comunitária, mtur.
EcoHospedagem
 
Jornal I Salão Baiano de Turismo n° 01
Jornal I Salão Baiano de Turismo n° 01Jornal I Salão Baiano de Turismo n° 01
Jornal I Salão Baiano de Turismo n° 01
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Turismo de aventura, orientações básicas, mtur 2008.
Turismo de aventura, orientações básicas, mtur 2008.Turismo de aventura, orientações básicas, mtur 2008.
Turismo de aventura, orientações básicas, mtur 2008.
EcoHospedagem
 
Turismoacessivel bem atender 3
Turismoacessivel bem atender 3Turismoacessivel bem atender 3
Turismoacessivel bem atender 3
abihoestepr
 
Artigo 19 é importante pensar a fileira do turismo - algumas sugestões
Artigo 19   é importante pensar a fileira do turismo - algumas sugestõesArtigo 19   é importante pensar a fileira do turismo - algumas sugestões
Artigo 19 é importante pensar a fileira do turismo - algumas sugestões
Novas da Guiné Bissau
 
Turihosp
TurihospTurihosp
Turihosp
Cris Buhamra
 
Job
JobJob
Análise do potencial Túristico de Aveiro
Análise do potencial Túristico de AveiroAnálise do potencial Túristico de Aveiro
Análise do potencial Túristico de Aveiro
Joana Lopes
 
Apresentação pgt costa do cacau
Apresentação pgt costa do cacauApresentação pgt costa do cacau
Apresentação pgt costa do cacau
Karlla Costa
 
Canais de Distribuição de Micro e Pequenos Meios de Hospedagem no Destino Per...
Canais de Distribuição de Micro e Pequenos Meios de Hospedagem no Destino Per...Canais de Distribuição de Micro e Pequenos Meios de Hospedagem no Destino Per...
Canais de Distribuição de Micro e Pequenos Meios de Hospedagem no Destino Per...
Kleber de Oliveira da Silva
 
Aula inaugural de Marketing e Turismo (IFSP Campus Cubatao)
Aula inaugural de Marketing e Turismo (IFSP Campus Cubatao)Aula inaugural de Marketing e Turismo (IFSP Campus Cubatao)
Aula inaugural de Marketing e Turismo (IFSP Campus Cubatao)
Aristides Faria
 
Turismo acessível, conceitos, legislação e similares , mtur 2009
Turismo acessível, conceitos, legislação e similares , mtur 2009Turismo acessível, conceitos, legislação e similares , mtur 2009
Turismo acessível, conceitos, legislação e similares , mtur 2009
EcoHospedagem
 
Turismo de base comunitária: Cubatão (SP)
Turismo de base comunitária: Cubatão (SP)Turismo de base comunitária: Cubatão (SP)
Turismo de base comunitária: Cubatão (SP)
Aristides Faria
 
Classificação hoteleira pousada - cartilha de orientação básica
Classificação hoteleira   pousada - cartilha de orientação básicaClassificação hoteleira   pousada - cartilha de orientação básica
Classificação hoteleira pousada - cartilha de orientação básica
EcoHospedagem
 
Turismo acessível, manual de orientação para turismo de aventura, mtur, 2009
Turismo acessível, manual de orientação para turismo de aventura, mtur, 2009Turismo acessível, manual de orientação para turismo de aventura, mtur, 2009
Turismo acessível, manual de orientação para turismo de aventura, mtur, 2009
EcoHospedagem
 
1835
18351835
1835
Pelo Siro
 
Turismo e acessibilidade, manual de orientações, mtur 2006.
Turismo e acessibilidade, manual de orientações, mtur 2006.Turismo e acessibilidade, manual de orientações, mtur 2006.
Turismo e acessibilidade, manual de orientações, mtur 2006.
EcoHospedagem
 
Revista Estação - Edição 27 - Junho
Revista Estação - Edição 27 - JunhoRevista Estação - Edição 27 - Junho
Revista Estação - Edição 27 - Junho
Michael Yoo
 
Projeto prda turismo
Projeto prda   turismoProjeto prda   turismo
Projeto prda turismo
ws_mathues
 
Classificação hoteleira flat apart-hotel - cartilha de orientação básica
Classificação hoteleira   flat apart-hotel - cartilha de orientação básicaClassificação hoteleira   flat apart-hotel - cartilha de orientação básica
Classificação hoteleira flat apart-hotel - cartilha de orientação básica
EcoHospedagem
 

Mais procurados (20)

Turismo de base comunitária, mtur.
Turismo de base comunitária, mtur.Turismo de base comunitária, mtur.
Turismo de base comunitária, mtur.
 
Jornal I Salão Baiano de Turismo n° 01
Jornal I Salão Baiano de Turismo n° 01Jornal I Salão Baiano de Turismo n° 01
Jornal I Salão Baiano de Turismo n° 01
 
Turismo de aventura, orientações básicas, mtur 2008.
Turismo de aventura, orientações básicas, mtur 2008.Turismo de aventura, orientações básicas, mtur 2008.
Turismo de aventura, orientações básicas, mtur 2008.
 
Turismoacessivel bem atender 3
Turismoacessivel bem atender 3Turismoacessivel bem atender 3
Turismoacessivel bem atender 3
 
Artigo 19 é importante pensar a fileira do turismo - algumas sugestões
Artigo 19   é importante pensar a fileira do turismo - algumas sugestõesArtigo 19   é importante pensar a fileira do turismo - algumas sugestões
Artigo 19 é importante pensar a fileira do turismo - algumas sugestões
 
Turihosp
TurihospTurihosp
Turihosp
 
Job
JobJob
Job
 
Análise do potencial Túristico de Aveiro
Análise do potencial Túristico de AveiroAnálise do potencial Túristico de Aveiro
Análise do potencial Túristico de Aveiro
 
Apresentação pgt costa do cacau
Apresentação pgt costa do cacauApresentação pgt costa do cacau
Apresentação pgt costa do cacau
 
Canais de Distribuição de Micro e Pequenos Meios de Hospedagem no Destino Per...
Canais de Distribuição de Micro e Pequenos Meios de Hospedagem no Destino Per...Canais de Distribuição de Micro e Pequenos Meios de Hospedagem no Destino Per...
Canais de Distribuição de Micro e Pequenos Meios de Hospedagem no Destino Per...
 
Aula inaugural de Marketing e Turismo (IFSP Campus Cubatao)
Aula inaugural de Marketing e Turismo (IFSP Campus Cubatao)Aula inaugural de Marketing e Turismo (IFSP Campus Cubatao)
Aula inaugural de Marketing e Turismo (IFSP Campus Cubatao)
 
Turismo acessível, conceitos, legislação e similares , mtur 2009
Turismo acessível, conceitos, legislação e similares , mtur 2009Turismo acessível, conceitos, legislação e similares , mtur 2009
Turismo acessível, conceitos, legislação e similares , mtur 2009
 
Turismo de base comunitária: Cubatão (SP)
Turismo de base comunitária: Cubatão (SP)Turismo de base comunitária: Cubatão (SP)
Turismo de base comunitária: Cubatão (SP)
 
Classificação hoteleira pousada - cartilha de orientação básica
Classificação hoteleira   pousada - cartilha de orientação básicaClassificação hoteleira   pousada - cartilha de orientação básica
Classificação hoteleira pousada - cartilha de orientação básica
 
Turismo acessível, manual de orientação para turismo de aventura, mtur, 2009
Turismo acessível, manual de orientação para turismo de aventura, mtur, 2009Turismo acessível, manual de orientação para turismo de aventura, mtur, 2009
Turismo acessível, manual de orientação para turismo de aventura, mtur, 2009
 
1835
18351835
1835
 
Turismo e acessibilidade, manual de orientações, mtur 2006.
Turismo e acessibilidade, manual de orientações, mtur 2006.Turismo e acessibilidade, manual de orientações, mtur 2006.
Turismo e acessibilidade, manual de orientações, mtur 2006.
 
Revista Estação - Edição 27 - Junho
Revista Estação - Edição 27 - JunhoRevista Estação - Edição 27 - Junho
Revista Estação - Edição 27 - Junho
 
Projeto prda turismo
Projeto prda   turismoProjeto prda   turismo
Projeto prda turismo
 
Classificação hoteleira flat apart-hotel - cartilha de orientação básica
Classificação hoteleira   flat apart-hotel - cartilha de orientação básicaClassificação hoteleira   flat apart-hotel - cartilha de orientação básica
Classificação hoteleira flat apart-hotel - cartilha de orientação básica
 

Semelhante a Desenvolvimento do projeto manoel

manual-de-producao-associada-ao-turismo (1).pdf
manual-de-producao-associada-ao-turismo (1).pdfmanual-de-producao-associada-ao-turismo (1).pdf
manual-de-producao-associada-ao-turismo (1).pdf
RafaelArruda54
 
Diretrizes desenvolvimento turismo_rural
Diretrizes desenvolvimento turismo_ruralDiretrizes desenvolvimento turismo_rural
Diretrizes desenvolvimento turismo_rural
Pedro Uva
 
TURISMO RURAL: Orientações Básicas
TURISMO RURAL: Orientações BásicasTURISMO RURAL: Orientações Básicas
TURISMO RURAL: Orientações Básicas
Pedro Uva
 
Turismo Sustentável: Apresentação Guiada
Turismo Sustentável: Apresentação Guiada Turismo Sustentável: Apresentação Guiada
Turismo Sustentável: Apresentação Guiada
praticas_sustentabilidade
 
Turismo sustentável e alívio da pobreza no brasil
Turismo sustentável e alívio da pobreza no brasilTurismo sustentável e alívio da pobreza no brasil
Turismo sustentável e alívio da pobreza no brasil
Mel Figueredo
 
Boas Práticas Internacionais no Turismo
Boas Práticas Internacionais no TurismoBoas Práticas Internacionais no Turismo
Boas Práticas Internacionais no Turismo
BMiBrasil
 
Programa de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do Turismo
Programa de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do TurismoPrograma de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do Turismo
Programa de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do Turismo
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Kupdf.net tiat modulos-11-12-13
Kupdf.net tiat modulos-11-12-13Kupdf.net tiat modulos-11-12-13
Kupdf.net tiat modulos-11-12-13
EuniceFrias1
 
Plano de Marketing - Ecotel Adventure
Plano de Marketing - Ecotel AdventurePlano de Marketing - Ecotel Adventure
Plano de Marketing - Ecotel Adventure
Fernando Alves
 
Como organizar feira de gastronomia
Como organizar feira de gastronomiaComo organizar feira de gastronomia
Como organizar feira de gastronomia
Arnaldo Silva
 
Guia Turismo e Sustentabilidade - Mtur 2016
Guia Turismo e Sustentabilidade - Mtur 2016Guia Turismo e Sustentabilidade - Mtur 2016
Guia Turismo e Sustentabilidade - Mtur 2016
EcoHospedagem
 
Projeto de Turismo para sua região - Gestão de Turismo 2º e 3º semestre.pdf
Projeto de Turismo para sua região - Gestão de Turismo 2º e 3º semestre.pdfProjeto de Turismo para sua região - Gestão de Turismo 2º e 3º semestre.pdf
Projeto de Turismo para sua região - Gestão de Turismo 2º e 3º semestre.pdf
HELENO FAVACHO
 
Papel do Turismo num novo modelo de desenvolvimento da economia portuguesa
Papel do Turismo num novo modelo de desenvolvimento da economia portuguesaPapel do Turismo num novo modelo de desenvolvimento da economia portuguesa
Papel do Turismo num novo modelo de desenvolvimento da economia portuguesa
Cláudia Samouqueiro e Vasconcellos
 
Seminário 01 pnt 2003-2007
Seminário 01   pnt 2003-2007Seminário 01   pnt 2003-2007
Seminário 01 pnt 2003-2007
Bruno Muniz de Brito
 
Turismo eventos
Turismo eventosTurismo eventos
Turismo eventos
Aline Aguiar
 
Texto 4 turismo sustentavel
Texto 4   turismo sustentavelTexto 4   turismo sustentavel
Texto 4 turismo sustentavel
Karlla Costa
 
Pensar Mafra 2013 - LLS
Pensar Mafra 2013 - LLSPensar Mafra 2013 - LLS
Pensar Mafra 2013 - LLS
Luis Lobo e Silva
 
Produção associada ao turismo praia do forte
Produção associada ao turismo   praia do forteProdução associada ao turismo   praia do forte
Produção associada ao turismo praia do forte
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Conheça a ONG Araucária!
Conheça a ONG Araucária!Conheça a ONG Araucária!
Conheça a ONG Araucária!
Alexandre Maitto
 
Referencial animação.pdf
Referencial animação.pdfReferencial animação.pdf
Referencial animação.pdf
JoseAssis9
 

Semelhante a Desenvolvimento do projeto manoel (20)

manual-de-producao-associada-ao-turismo (1).pdf
manual-de-producao-associada-ao-turismo (1).pdfmanual-de-producao-associada-ao-turismo (1).pdf
manual-de-producao-associada-ao-turismo (1).pdf
 
Diretrizes desenvolvimento turismo_rural
Diretrizes desenvolvimento turismo_ruralDiretrizes desenvolvimento turismo_rural
Diretrizes desenvolvimento turismo_rural
 
TURISMO RURAL: Orientações Básicas
TURISMO RURAL: Orientações BásicasTURISMO RURAL: Orientações Básicas
TURISMO RURAL: Orientações Básicas
 
Turismo Sustentável: Apresentação Guiada
Turismo Sustentável: Apresentação Guiada Turismo Sustentável: Apresentação Guiada
Turismo Sustentável: Apresentação Guiada
 
Turismo sustentável e alívio da pobreza no brasil
Turismo sustentável e alívio da pobreza no brasilTurismo sustentável e alívio da pobreza no brasil
Turismo sustentável e alívio da pobreza no brasil
 
Boas Práticas Internacionais no Turismo
Boas Práticas Internacionais no TurismoBoas Práticas Internacionais no Turismo
Boas Práticas Internacionais no Turismo
 
Programa de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do Turismo
Programa de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do TurismoPrograma de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do Turismo
Programa de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do Turismo
 
Kupdf.net tiat modulos-11-12-13
Kupdf.net tiat modulos-11-12-13Kupdf.net tiat modulos-11-12-13
Kupdf.net tiat modulos-11-12-13
 
Plano de Marketing - Ecotel Adventure
Plano de Marketing - Ecotel AdventurePlano de Marketing - Ecotel Adventure
Plano de Marketing - Ecotel Adventure
 
Como organizar feira de gastronomia
Como organizar feira de gastronomiaComo organizar feira de gastronomia
Como organizar feira de gastronomia
 
Guia Turismo e Sustentabilidade - Mtur 2016
Guia Turismo e Sustentabilidade - Mtur 2016Guia Turismo e Sustentabilidade - Mtur 2016
Guia Turismo e Sustentabilidade - Mtur 2016
 
Projeto de Turismo para sua região - Gestão de Turismo 2º e 3º semestre.pdf
Projeto de Turismo para sua região - Gestão de Turismo 2º e 3º semestre.pdfProjeto de Turismo para sua região - Gestão de Turismo 2º e 3º semestre.pdf
Projeto de Turismo para sua região - Gestão de Turismo 2º e 3º semestre.pdf
 
Papel do Turismo num novo modelo de desenvolvimento da economia portuguesa
Papel do Turismo num novo modelo de desenvolvimento da economia portuguesaPapel do Turismo num novo modelo de desenvolvimento da economia portuguesa
Papel do Turismo num novo modelo de desenvolvimento da economia portuguesa
 
Seminário 01 pnt 2003-2007
Seminário 01   pnt 2003-2007Seminário 01   pnt 2003-2007
Seminário 01 pnt 2003-2007
 
Turismo eventos
Turismo eventosTurismo eventos
Turismo eventos
 
Texto 4 turismo sustentavel
Texto 4   turismo sustentavelTexto 4   turismo sustentavel
Texto 4 turismo sustentavel
 
Pensar Mafra 2013 - LLS
Pensar Mafra 2013 - LLSPensar Mafra 2013 - LLS
Pensar Mafra 2013 - LLS
 
Produção associada ao turismo praia do forte
Produção associada ao turismo   praia do forteProdução associada ao turismo   praia do forte
Produção associada ao turismo praia do forte
 
Conheça a ONG Araucária!
Conheça a ONG Araucária!Conheça a ONG Araucária!
Conheça a ONG Araucária!
 
Referencial animação.pdf
Referencial animação.pdfReferencial animação.pdf
Referencial animação.pdf
 

Desenvolvimento do projeto manoel

  • 1. UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO – EAD TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO-TCC MANOEL AFONSO MARQUES LOBATO ESTUDO DE VIABILIDADE A IMPANTAÇÃO DE UMA POUSADA Nome do Tutor Presencial: Meire Cristina Herculano Nome do Tutor Virtual: Rodrigo Muller Nauderer Nome do Professor Regente: Ricardo Hillmann Nome do Pólo: Santarém Salvaterra – PA. 2012/4 SUMÁRIO 1
  • 2. 1.Introdução .....................................................................................................2 2.Descrição da oportunidade...........................................................................3 3.Objetivos.........................................................................................................4 4.Justificativa....................................................................................................5 5.Apresentação do negocio e dos fornecedores..............................................6 6.Identifique e caracterize os fornecedores....................................................8 7.Localização e instalações da empresa..........................................................9 8.Layout da planta..........................................................................................10 9.Plano de marketing......................................................................................12 10.Plano organizacional..................................................................................21 11.Plano financeiro.........................................................................................25 12.Considerações finais..................................................................................31 Referências bibliográficas..............................................................................32 Anexos.............................................................................................................33 2
  • 3. 1-Introdução: Este trabalho refere-se ao estudo de viabilidade para criação e organização de um empreendimento no ramo de hospedagem denominado Pousada Castelinho, na Vila de Joanes, Município de Salvaterra, Ilha de Marajó/PA. Faz-se aqui uma detalhada descrição das possibilidades do negócio, como ele se insere na realidade local, sua relevância, modo de ordenação, divulgação e marketing, a projeção de seu espaço e layout, inserção no comércio local, maneira de captar e gerir recursos e estratégia de conquista de clientela. Inicia-se destacando o nicho de mercado a ser explorado pelo empreendimento, qual seja, hospedagem e turismo ecológico. Em seguida, caracterizam-se formas de desenvolver serviços específicos para o atendimento do público–alvo visado, a chamada melhor idade, por meio de estratégia de marketing bem direcionada. Segue-se expondo de forma bem direta o que se vislumbra com o estudo de viabilidade da Pousada e de que maneira se planeja efetivar sua implantação. Também indispensável, faz-se a explanação da relevância sociocultural da proposta, mostrando como seus desdobramentos são mais que uns negócios é um projeto de gestão sustentável, de valorização e cuidado com o meio ambiente. Por fim, faz-se a amostragem das formas de caracterização dos serviços oferecidos, da formação da clientela, o que se combina com a identificação dos aspectos diferenciais do negócio. Avaliam-se, de forma complementar, os riscos que se podem encontrar no processo de implementação e as possíveis formas de contorná-los. 3
  • 4. 2- Descrição da oportunidade: A Pousada Castelinho propõe-se como um complexo de serviços entre hospedagem e ecoturismo voltados principalmente para o público da terceira idade, integrando lazer e conforto, tendo como suporte um projeto de sustentabilidade ecológico-cultural. O turismo na terceira idade é um dos grandes destaques do turismo de lazer nos últimos tempos. Nunca se viu tantas opções de pacotes de viagens feitos específicos para esse pessoal que geralmente viajam em grupos e se divertem tanto quanto os jovens. (Thiago Busarello, 2012, p.1) A empresa será inserida no mercado de hospedagem, no município de Salvaterra, visamos este município pelo grande potencial turístico e desenvolvimento da região. Também levamos em conta o crescimento do turismo da 3ª idade em evidencia no Brasil. A população da terceira idade tem sido apontada com um nicho importante para o mercado turístico, sendo inclusa em projetos específicos do Ministério do Turismo, por sua representatividade e crescimento populacional nos últimos anos. Em contrapartida, organizações que desenvolvem trabalhos com idosos indicam o turismo como importante aliado no equilíbrio físico e social desses indivíduos. Dessa forma, analisa-se o turismo cultural como opção para este público, por suas cacteristicas peculiares e por sua profunda ligação com o patrimônio histórico, tornando-se fonte de conhecimento e historia. (Ana Maria de Paris Possamai Patrimônio: Lazer & Turismo, v. 6, n. 8, out.-nov-dez./2009, p. 43-60) 4
  • 5. 3-Objetivos: 3.1-Objetivo geral: Analisar a viabilidade de uma empresa que ofereça serviços de hospedagem na Vila de Joanes. 3.2 Objetivos específicos: • Fornecer serviços de hospedagem com qualidade com preços que possam permitir que os consumidores fiquem satisfeitos e encantados. • Atingir o mercado externo e turístico do Pará. • Definir um planejamento de marketing. • Conhecer local adequado para implementação da empresa. • Definir um planejamento de marketing. • Verificar estrutura organizacional necessária para o negócio (recursos humanos). • Verificar a viabilidade financeira. 5
  • 6. 4-Justificativa: Diante do crescimento favorável do turismo na região Marajoara, criamos o projeto da Pousada Castelinho com intuito de atender o grupo da 3ª idade. Pesquisas indicam um crescente envelhecimento da população brasileira nos últimos tempos, como mostra a tabela a seguir. Fonte: http://www.ibge.gov.br Vários setores começam a se preocupar com a introdução no mercado de produtos e serviços diretamente ligados a essas pessoas, garantindo melhor qualidade nesse período de vida. Desse modo, pensou-se em um empreendimento no ramo de hotelaria e ecoturismo para atender, sobretudo, as necessidades de lazer e hospedagem específicas para essa faixa etária. 6
  • 7. Em termos de potencialidade econômica, sem dúvida uma atividade de grande importância é o turismo, que está obviamente relacionado com o fato da região contar com a maior ilha fluvio-marítima do mundo o que por si só já representa um grande atrativo turístico com suas praias fluviais e oceânicas, além da floresta, dos campos naturais e igarapés ali existentes. Em relação a esta atividade econômica destacam-se os municípios de Soure e Salvaterra. Destaca-se ainda pela Cultura, como as danças folclóricas (carimbó, lundu), pela produção artesanal (cerâmica marajoara) e pela culinária marajoara legada dos indígenas. O setor de turismo é composto de um conjunto de atividades que, em seu agregado, tem grande representação econômica e vem registrando um crescimento consistente ao longo das últimas décadas. O incremento da renda é o principal fator propulsor das atividades turísticas, o que promove forte correlação entre o dinamismo econômico e a expansão do setor. (Gustavo Mello, BNDES Setorial 33, p. 5 – 42). 5-Apresentação do negócio e dos fornecedores: 5.1-Qual é o negócio? O projeto visa à implementação de um projeto uma pousada na Vila de Joanes no município de Salvaterra. Focados no publico da 3ª idade. 5.2-Qual o produto ou serviço que você está disponibilizando para o mercado? O serviço que disponibilizamos: hospedagem, café da manhã, restaurante self serviçe, informações turísticas, lavanderia, estacionamento privativo, passeios turísticos pela região, serviço de quarto, manifestação cultural e internet banda larga. 5.3-Qual o segmento de mercado que você deseja atingir? Atender todos os tipos de clientes (turistas), do Brasil e/ou fora do país. 7
  • 8. Atender as necessidades de uma ótima hospedagem, passeio, alimentação e comodidade. Atender o mercado turístico de Salvaterra com um diferencial, que é o atendimento á 3ª idade. Baseados nesses contextos e pesquisas de mercado nosso segmento será turistas da 3ª idade entre 50 á 85 anos Solteiros e casados das classes A,B e C. 5.4-Qual é ou são os diferenciais dos seus produtos ou serviços, em relação á concorrência? Nosso diferencial é um serviço especial com atendimento a 3ª idade, que nenhum outro serviço de hospedagem disponibiliza na região. Com aumento da demanda desta faixa etária da terceira idade, houve uma adequação para esta faixa etária da terceira idade, houve uma adequação para esta realidade, com objetivo de proporcionar um atendimento diferenciado pela qualidade dos serviços a serem prestados. 5.5- Quem são os seus consumidores e ou clientes dos produtos ou serviços? São turistas do Brasil e do Mundo, classes sociais A, B e C temos preços acessíveis. Etnias religiões diferentes. Publico- alvo grupo da 3ª idade. 5.6- Porque os clientes e ou consumidores compram ou irão comprar seu produto ou serviço? Pelo diferencial do serviço, atendimento especializado para terceira idade, pois na região não há produto especializado para este publico na região. 5.7-Quais são as principais ameaças ao seu negócio? 8
  • 9. As ameaças são poucas, pois não temos concorrência direta do nosso serviço. A estrutura de acesso, que depende de serviço de navios e balsas que vêm da capital Belém e de vans que levam os turistas do porto do camará até a vila de Joanes.A falta de rede bancária com operações de câmbio na vila de Joanes.A falta de informações turísticas. 5.8-Identifique e caracterize os fornecedores? Fornecedores Supermercado Mercadinho Bebidas da Jura vitoria Marquinho 1-Atendimento, 4 4 4 condições 2- Condições de 3 4 3 entrega 3- Condições de 5 5 5 pagamento 4- Facilidades de 4 3 2 acesso e localização 5-Garantias dos 4 4 4 produtos 6- Lote Minima de 3 3 3 compra 7- Pontualidade na 4 4 4 entrega 8-Preço 3 3 4 9-Qualidade do 5 5 5 produto 1-Ruim LEGENDA: 2-Regular 3-Bom 9 4-Muito bom 5-Excelente
  • 10. 6-Localização da empresa 6.1- Localização da pousada: na Rua da esplanada na segunda TV de nº191, na vila de Joanes na cidade de Salvaterra-Ilha do Marajó-PA. 6.2- 5 pontos favoráveis: • Viabilidade de acesso aos transportes; • Localização próxima do local turístico como a praia e parte histórica da Vila; • Área adequada para qualquer investimento ligado ao turismo; • Próximo ao comercio local da Vila; • Por ser um município com visão turística, pois por ano nos visitam milhares de turistas. 10
  • 11. Fonte: Paulo Furtado (Fotografo) 11
  • 12. 1. O (primeiro chalé) será da (ADM) e (Recepção) tendo uma área 65m²com alvenaria á construir. 2. (segundo chalé) apresenta sua estrutura de alvenaria á construir com 50m²cada um. 3. Terceiro Chalé área 50m² contara com refeitório e áreas interna lavanderia Nesta área prevê disponibilidade de 3 chalés sendo distribuídos. Estes são os dados do layout estrutura físicas básicas do projeto. Tamanho do local: para atender a demanda 12hospedes diário, área construída devera ter aproximadamente 1045m² em área total. Área total do terreno 19 m² de frente por 55m² de fundos, no local apresentará saneamento básico e energia disponível. Nesta área prevê disponibilidade. O (primeiro chalé) será da (ADM) e (Recepção) tendo uma área 65m²com alvenaria á construir nesta unidade. (segundo chalé) apresenta sua estrutura de alvenaria á construir com 50m²cada um, incluindo o banheiro. (terceiro chalé) respectivamente se apresenta em alvenaria á construir com 50m, ²contara com refeitório e área interna lavanderia. 12
  • 13. 7-Plano de marketing. O marketing é o esforço realizado no sentido de conquistar e manter o cliente. Assim para definir como atingir seus objetivos e metas, de maneira vantajosa que é total preocupação do empreendimento. Colaboradores são responsáveis pela qualidade da prestação de serviço. Com isso foi realizado uma seleção do seu pessoal, e promover treinamentos para motivar e qualificar estes, para um serviço diferenciado. O desenvolvimento do planejamento de marketing do empreendimento foi totalmente focado nos 4 p’s de serviços, e com o intuito de atender o objetivo principal do marketing que é atender as necessidades e desejos do cliente. Tentando compreender as necessidades dos clientes com pesquisa totalmente voltada nos contextos de marketing. Atingindo assim lucratividade que é o feedback do nosso projeto. “Marketing é um processo social pelo qual indivíduos e grupos obtêm o que necessitam e desejam por meio de criação, da oferta da livre troca de produtos e serviços de valor com outros.” (Keller Kotler- 2006) Diante desta afirmação do autor entendemos que todo planejamento de marketing é uma troca de valores, então o negócio visa sempre este conceito. 7.1-Negócio: A empresa atuará no ramo de prestação de serviços de hospedagem com foco principal grupos da terceira idade. Nossa visão é ser o melhor serviço de hospedagem disponível no nosso município, para atender as demandas deste segmento, com estrutura adequada, alimentação saudável, opções de atividades e roteiro turístico por nossa região. Nossa missão é estar inserido no roteiro turístico da Ilha do Marajó, por ser atendimento exclusivo para a terceira idade, para atendermos qualquer classe social desse 13
  • 14. grupo, etnias, religião, sermos exemplo para outras empresas com serviço de hotelaria, atender melhor este grupo de cliente que esta crescendo no mundo. 7.2-Produtos ou serviços: Os serviços oferecidos pela nossa empresa Pousada Castelinho, hospedagem para a terceira idade, com quartos apropriados para a classe, banheiros e toda estrutura da pousada com corrimões e rampas para melhor mobilidade do idoso, alimentação saudável no próprio restaurante da pousada (self service) sendo toda semana formado um cardápio variado por um nutricionista. Atividades eco turísticas, esporte, dança (carimbo), internet banda larga, educação ambiental e excursões pela cidade e eventos. A empresa fornece um serviço intangível, mas a mesma com utilização de recursos e muita qualidade na prestação de serviço, esse bem intangível se tornara um bem tangível e este será o feedback dos hóspedes. Com um ambiente calmo, limpo, agradável, decoração rústica marajoara, alimentação saudável estrutura do restaurante com limpeza total, transporte dos hóspedes para passeios turísticos de qualidade com ar condicionado. Funcionários capacitados. O diferencial em questão ao serviço é o atendimento exclusivo a terceira idade, estrutura adequada, restaurante com cardápio saudável, e o entretenimento aos mesmos. “O turismo tem crescido substancialmente nos últimos anos como um fenômeno econômico e social, razão pela quais tradicionais descrições dessa atividade baseadas, sobre tudo nos aspectos sociais culturais dos visitantes, têm sido complementadas por uma perspectiva de caráter econômico visando identificar e valorizar as contribuições geradas por este segmento á economia do país.” www.ibge.com.br (Economia do turismo) 7.3-Conjuntura do Mercado: Diante da expansão do turismo da terceira idade no mundo e principalmente no Brasil, visamos atuar neste segmento de mercado, pelo fato de não existir na região, pois na 14
  • 15. região marajoara estrutura e atendimento de serviços de hospedagem dedicados á terceira idade, Pesquisas feitas em agências de viagens e o crescimento desse público-alvo visitando a região marajoara nos fez focar neste negocio inovador. Para atingir as necessidades do público-alvo e conhecê-los melhor, analisamos o mercado diante de uma pesquisa qualitativa. O objetivo da pesquisa é a descrição de nosso suspects e nossos prospects, com o objetivo de conhecer melhor os consumidores e de que maneira podemos atrair melhor a atenção deles. Apesar de termos um diferencial muito grande que é o serviço para a terceira idade, queremos atender as necessidades deles. A pesquisa necessariamente descritiva e qualitativa com analise superficial. Depois efetuaremos o planejamento da pesquisa, definindo a fonte de dados de maneira primária, a abordagem será em forma de questionário. O plano de amostragem será pesquisando turista entre 50 á 80 anos entre 10 pessoas necessariamente. O método de contato neste perfil será feito de forma pessoal (presencial). • Plano de amostragem: -A maiorias das pessoas eram do sexo feminino 6 e 4 do sexo masculino. -Idade entre 55 á 75 anos. -8 entre 10 entrevistados viajam de seis e seis meses. - Todos se agradaram com a idéia do atendimento exclusivo para a terceira idade. -Todos necessitam de uma alimentação saudável, pois 8 entre 10 idosos entrevistados utilizam remédios e recomendações médicas para alimentação sem exageros e especialmente saudáveis. 15
  • 16. 7.4-Mercado de Atuação x Mercado de Atendimento: O mercado de atuação será de gênero de serviço de hospedagem e o mercado de atuação será de hotelaria. O negocio esta visando em atender a terceira idade no gênero de hospedagem, pois o mercado da nossa região não trás nenhuma opção de atendimento á este publico tão grande no Brasil.Nossa estrutura trará um conforto muito grande há este publico pois nos dedicamos totalmente o bem estar de nossos clientes. O mercado turístico vem crescendo a cada ano na Ilha do Marajó é o nosso empreendimento só tende a crescer junto, a fidelidade do cliente será certa.. É um desafio inovador mais com este diferencial risco serão poucos. 7.5- Distribuição dos produtos e serviços: O serviço de hospedagem que será disponível nas instalações da pousada Castelinho na Vila de Joanes município de Salvaterra. O canal de distribuição terá função de um intermediário que será a internet nosso principal canal, pois em site de agencias de viagens e blog, usaremos nossa divulgação principal da nossa prestação de serviços. 7.6-Matriz de SWOT: 16
  • 17. -Forças: -Fraquezas: • Qualidade do serviço • Falta de experiência do • Bom atendimento empreendedor • Serviço exclusivo na região, atendimento a terceira idade. -Oportunidades: -Ameaças: • Serviço diferenciado • Produto não essencial • Produto substituível • Estrutura de acesso a Ilha do • Geração de renda no Marajó. município • Ascensão do mercado turístico 7.7-O setor é bom para se investir. Por quê? O setor é bom para se investir porque o mercado turístico vem crescendo no Brasil, a Ilha do Marajó é uma das regiões mais comentadas nas agências de viagens de todo Brasil e de alguns lugares do mundo. Emissoras de TV divulgam e mostram nossos potenciais. Marajó faz parte de um novo modelo de desenvolvimento que vem sendo construído na Amazônia Brasileira, materializado no Plano Amazônia Sustentável (PAS). Este novo modelo tem como alicerce o ordenamento territorial e fundiário e como pilares, os investimentos em infraestrutura e em tecnologia, condições básicas para a viabilização de atividades dinâmicas e inovadoras, que possibilitem a geração de empregos e a melhoria da qualidade de vida das pessoas, mas compatibilizando-o com o uso sustentável dos recursos naturais e a preservação do meio-ambiente em que vivemos. (Ministério da Saúde, 2007,24p. il.) O turismo focado na terceira idade vem tendo um considerável crescimento a cada ano, pacotes de viagens com parcelamentos (facilidade de pagamento). 17
  • 18. O turismo na terceira idade é um dos grandes destaques do turismo de lazer nos últimos tempos. Nunca se viu tantas opções de pacotes de viagens feitos específicos para esse pessoal que geralmente viajam em grupos e se divertem tanto quanto os jovens. (Thiago Busarello, 2012, p.1) Baseados nestes dados importantíssimos para nosso empreendimento crescer, criamos este foco em serviços de hospedagem prestados a terceira idade. 7.8 Análise da concorrência: Não existem concorrentes diretos, pois nenhuma pousada da região tem um foco em serviço de hospedagem para a terceira idade. Pretendemos conquistar o mercado com atendimento personalizado, com um quadro funcional personalizado, pessoal capacitado, nível de relacionamento alto com os clientes.desenvolver um fluxograma operacional,mostrar ao cliente como será desenvolvido o serviço, para que ele acompanhe e tenha confiança nos processos, evitar processos confusos, ou muita espera, pois o processo faz parte do “pacote”de benefícios da compra do consumidor. 7.9-Vantagem competitiva: O diferencial será o serviço de hospedagem para a terceira idade, na qualidade do serviço e do atendimento. Investindo nestes diferenciais sabemos que o feed back do investimento será rápido, e cada vez mais investindo em pesquisas, mídia e qualidade de serviços 7.10-Clientes: O público alvo serão idosos entre50 a 80 anos, que gostam de viajar, Que curtem a natureza e gostam de viajar Os clientes estão espalhados por todo um mundo mais nosso foco é turistas brasileiros. Atenderemos necessidades de uma hospedagem com qualidade com comodidade e alimentação saudável. O primeiro impacto do turista é uma estrutura organizada, limpa, rústica, e com estrutura para idosos com corrimões e rampas. 18
  • 19. Segundo Peppers e Rogers afirmam que é impossível estabelecer uma relação com alguém que não conseguimos identificar. Diante dessa afirmação procuramos conhecer nossos clientes, diante de uma pesquisa de mercado com questionário presencial. 7.11-Mídia: Utilizaremos “canais de comunicação” em forma de divulgação, em Spots de rádio, cartazes e folders, divulgados em portos (navios e balsas) nos transportes em geral e restaurantes. Na internet em site de agencias de viagens e em blog da empresa. No mês mais intenso de turistas na cidade (mês de julho), promoveremos divulgação mais intensa nos meios de comunicação, e com promoções especiais. Gastos com Mídia Mêses Rádio Blog Hospedagem Mídia impressa internet Julho R$ 70,00* Gratuito R$ 50,00 R$ 60,00 Agosto R$ 60,00 Gratuito R$ 50,00 R$ 60,00 Setembro R$ 60,00 Gratuito R$ 50,00 R$ 60,00 Outubro R$ 60,00 Gratuito R$ 50,00 R$ 60,00 Novembro R$ 60,00 Gratuito R$ 50,00 R$ 60,00 Dezembro R$ 60,00 Gratuito R$ 50,00 R$ 60,00 Total R$ 370,00 Gratuito R$300,00 R$ 360,00 7.12-Preço: Os preços são baseados nos custos fixos de funcionários luz, água, manutenção e custos variados como nutricionistas e divulgação da pousada. A composição em custo unitário. Custo de serviços disponibilizados (mensalmente) 19
  • 20. Pousada Castelinho Descrição Custo unitário Quantidade Estimada Custo total de compra Quarto simples com R$ 15,00 30 diárias R$ 450,00 ar. Quarto VIP com ar e R$ 25,00 30 diárias R$ 750,00 frigobar Quarto alberg R$ 7,00 180 diárias R$ 1.260,00 Redário R$ 5,00 300 diárias R$ 1.500,00 Lavanderia R$ 10,00 100 diárias R$1.000,00 Restaurante self R$ 10,00 200 unidades R$ 2.000,00 service Serviço de van R$15,00 600 diárias R$ 9.000,00 Internet banda larga R$1,00 300 horas R$ 300,00 Total R$88,00 1.740 R$ 16.260,00 7.13-Vendas: As vendas foram projetadas mensalmente baseadas na composição feita pela estimativa de prestação de serviços promovida pela empresa. Estimativas de vendas serviços (mensalmente) Pousada Castelinho Descrição Preço de venda Quantidade estimada Receita Bruta Total de venda Quarto simples com R$ 50,00 30 diárias R$ 1.500,00 ar. 20
  • 21. Quarto VIP com ar e R$ 85,00 30 diárias R$ 2.250,00 frigobar Quarto alberg R$ 20,00 180 diárias R$ 3.600,00 Redário R$ 15,00 300 diárias R$ 4.500,00 Lavanderia R$ 20,00 100 diárias R$ 2.000,00 Restaurante self R$ 18,00 200 unidades R$ 3.600,00 service Serviço de van R$ 25,00 600 diárias R$15.000,00 Internet banda larga R$ 3,00 300 horas R$ 900,00 Total R$ 236,00 1.740 R$ 33.350,00 Capitulo 8-Plano organizacional 8.1- Gestão de negócios: A empresa será administrada pelo Manoel Afonso formado em administração de empresas e por seu sócio Paulo Furtado Fotografo. Os sócios não possuem nenhuma experiência na área de hotelaria, mas procuraram se capacitar na área com cursos ministrados pelo Sebrae-PA, para conhecimento no segmento. 8.2-Estrutura organizacional: A empresa Pousada Castelinho contará com dois sócios que irão administrar e gerenciar o processo de prestação de serviços disponibilizados pela pousada. A linha de 21
  • 22. serviços será composta 1 arrumadeira, 1 faxineira, 1 cozinheira e 1 auxiliar de cozinha. Todos sem experiência na área, mas passaram por processos capacitação para trabalhar na pousada. Conforme descrito na planilha abaixo: Estrutura Organizacional: Pousada Castelinho Pessoal de prestação de serviços Cargo Funções ou Salários Benefícios Quantidade Total demandas ( VT) Arrumadeira Organização R$ 650,00 R$ 60,00 1 R$710,00 do quartos Faxineira Limpeza R$ 650,00 R$60,00 1 R$710,00 geral da pousada Cozinheira Produção do R$650,00 R$60,00 1 R$710,00 restaurante Auxiliar de Auxilio na R$ 650,00 R$60,00 1 R$ 710,00 cozinha cozinha e servir os hospedes. Subtotal 4 R$ 2.840,00 Encargos R$132,00 4 R$528,00 médios (FGTS+INSS) 16,5% TOTAL R$3.368,00 Pessoal do Administrativo Cargo Funções Salário Benefícios Quantidade Total (VT) Gerente e Gerencia R$1.700,00 - 2 R$3.400,00 sócio fluxo financeiro, estoque, recepção etc. Outros - - - - - Subtotal R$1.700,00 - 2 R$3.400,00 22
  • 23. Encargos R$330,00 2 R$660,00 médios (FGTS+INSS) 16,5% Total R$4.060,00 8.3-Organograma: Sócios e proprietários (Gerente e sócio) Arrumadeira Faxineira Cozinheira 23
  • 24. Auxiliar de cozinha 8.4-Fluxograma: Cliente Recepção Quarto simples Quarto VIP Restaurante Quarto alberg Redário 24
  • 25. Capitulo 9-Plano financeiro 9.1-Capital Social e fonte de recursos: A empresa será composta por dois sócios, com 50% (cinqüenta por cento do capital da empresa cada) sendo a empresa divida por cotas de sociedade civil limitada. O investimento inicial será dos dois próprios sócios. A razão social da empresa será Hospedagens parceria Ltda., e o nome fantasia será Pousada Castelinho, sendo que o capital de cada sócio será de R$20.000,00. 25
  • 26. 9.2-Custo de operação-Investimento inicias: Analise financeira: Pousada Castelinho Descrição Quantidade Preço Valor em R$ Maquinário, equipamentos, móveis e utensílios R$ 18.495,00 Cama boxe casal 2unidades R$ 800,00 R$1.600,00 Cama boxe solteiro 7unidades R$ 400,00 R$2.800,00 Redes 20unidades. R$ 30,00 R$600,00 Ar condicionado 5 unidades R$450,00 R$2.250,00 Ventiladores de teto 4 unidades. R$45,00 R$180,00 Frigobar 1 unidade R$680,00 R$680,00 Geladeira 1 unidade. R$799,00 R$799,00 Freezer 1 unidade R$1.200,00 R$1.200,00 Lençóis e fronhas 25unidades R$18,00 R$450,00 Toalhas de banho e rosto 40unidades. R$10,00 R$400,00 Tolhas de mesa 20unidades R$8,00 R$160,00 Mesas para escritório 2 unidades R$120,00 R$240,00 Mesas para o restaurante 8 unidades R$ 50,00 R$400,00 Fogão para restaurante 1 unidades R$ 450,00 R$450,00 26
  • 27. Despesas operacionais: Valor em Armário estoque para restaurante 1 unidades R$300,00 R$300,00 Cadeiras para escritório 4 unidades R$ R$60,00 R$240,00 A)Salário restaurante Cadeiras para e encargos com pessoal 32unidades R$4.060,00 R$28,00 R$896,00 (administrativo) TV’s 24 ‘’ 5 unidades R$450,00 R$2,250.00 B)Prestação de serviços (pessoal terceirizado) Som e caixa amplificada 1 unidade R$800,00 - R$800,00 Notebook C) Aluguel 1 unidade R$890.00 - R$890,00 Armário arquivo 1 unidade R$750.00 R$750,00 D) Manutenção (máquinas da administração) - Utensílios para restaurante (louças) 80unidades R$ 2,00 R$ 160,00 E) Comissões de vendedores ou representantes - F) Outros(mídia-custo mensal) Veículos - R$170,00 - - Total de despesas operacionais R$4.230,00 Despesas pré-operacionais - - - Outros(especificar) - - - Total investimentos R$18.495,00 9.3-Descritivos Financeiros: Descritivo financeiro: Pousada Castelinho Custos dos Produtos/serviços: Valor em R$ A) Custo dos produtos/serviços R$ 16.260,00 B)Salários e encargos com pessoal (da R$3.368,00 produção) C)Depreciação de máquinas da produção D)Manutenção de máquinas da produção Total do custo dos produtos/serviços R$19.628,00 27
  • 28. OBS: O local do empreendimento é de propriedade dos sócios. 9.4-Demonstrativo de resultados: Descrição Valor em R$ 1.Receita bruta de vendas( é igual a Receita Total, R$33.350,00 e busca automaticamente da planilha mix de produtos e serviços) 2.(-)Deduções da receita bruta (impostos 21%) R$ 7.003,50 3.( = ) Receita liquida de vendas R$26.346,50 4.( -)Custos dos produtos(Busca automaticamente R$16.260,00 da planilha Mix produtos de serviços) 5.( = ) Margem de contribuição bruta R$10.086,50 6.( - ) Despesas operacionais (Relacionadas na R$ 4.230,00 planilha acima) 7.( = ) Lucro operacional R$ 5.856,50 8.( - ) Imposto de renda (Lucro presumido sobre a R$ 70,27 receita bruta: 1,2% Lucro total liquido R$5.786,23 Ponto positivo: -Receita bruta de vendas R$33.350,00 valor esperado pra uma micro empresa. • Ponto negativo: 28
  • 29. Alto índice de impostos (21%) comprometendo assim a receita liquida de vendas. 9.5- Necessidades de investimentos Total e Capital de giro: Necessidade média de estoque 30 dias, e capital de giro R$ 30, 000. 9.5.1-Estimativa de estoque inicial anual: Deverá ser apresentado um investimento inicial de R$ 60.000 para a implementação deste empreendimento e se manter solido no mercado. Descrição Quantidade x Valor unitário = Total R$ x R$ Alimentos 400 kg x R$ 2,50 = R$ 1.000,00 não X perecíveis Alimentos 500 kg x R$ 3.50 = R$ 1.750,00 não X perecíveis Material de 1.000 litros x R$ 2,50 = R$ 2.500,00 limpeza X (geral) Utensílios 100 unidades x R$ 0,40 = R$ 600,00 para cozinha X Lençóis e 100 unidades x R$18,00 = R$ 1.800,00 fronhas X Toalhas 100 unidades x R$ 8,00 = R$ 800,00 X Bebidas 2.000 litros x R$ 2,00 = R$ 4.000,00 alcoólicas e X refrigerantes Água mineral 3.000 litros x R$ 0,70 = R$2.100,00 X Total R$ 37,60 R$14.550 9.5.2-Caixa mínimo – contas a receber Prazo Médio de vendas % X Nº de dias Média Á vista 90 X0 80 29
  • 30. 30 dias no cartão 10 X 30 30 Total 100 X 30 110 9.5.3-Caixa mínimo –fornecedores Prazo médio de % x Nº de dias Média compra X Á vista 80 x 0 80 X 30 dias no cartão 20 x 30 60 X Total 100 X 30 140 9.5.4- Estoques- Cálculo da necessidade média de Estoques Necessidade média de estoque= 30 dias 9.5.5 – Cálculo da necessidade liquida de capital de giro em dias Recurso da empresa fora Nº de dias de sua caixa Contas a receber- prazo 60 médio de vendas Estoque-Necessidade média 30 Subtotal 1 (item 1+2) 90 Recurso de terceiros no caixa da empresa Fornecedores 140 Subtotal 2 140 Necessidade liquida de 0 capital de giro 30
  • 31. 9.5.6- Caixa mínimo Custo fixo mensal R$ 4.230,00 Necessidade liquida de 0 capital de giro Caixa mínimo R$ 4.230,00 9.6- Ponto de equilíbrio O PONTO DE EQUILIBRIO MOSTRA O QUANTO A EMPRESA NECESSITA ARRECADAR PARA COBRIR TODOS OS CUSTOS NO PERIODO INDICE DE MARGEM DE (RECEITA TOTAL - CUSTO CONTRIBUIÇÃO (IMC) = VARIÁVEL TOTAL) RECEITA TOTAL I MC = R$ 33.350,00- R$19.628,00 =0, 4114 R$ 33.350,00 PONTO DE EQUILIBRIO (PE) = CUSTO FIXO TOTAL IMC P E= R$ 4.230,00 = R$10.281,96 0,4114 31
  • 32. -Considerações finais: Através do decorrer do plano de negócios conseguimos identificar à viabilidade do negócio e a lucratividade através de dados financeiros concretos e pesquisas de mercado efetuadas pela mesma. As evidencia do turismo na Ilha do Marajó é ponto favorável e contando também com nosso diferencial que é o atendimento especializado a terceira idade. No contexto do plano financeiro este negocio tem feed back aos empreendedores, gerando também renda a população ao redor do projeto. 32
  • 33. -Referencias Bibliográficas - ANA MARIA, De Paris Possamai Patrimônio: Lazer & Turismo, v. 6, n. 8, out.- nov. dez./2009, p. 43-60). Acesso em: Setembro. 2012, 13:42: 06. -www.bndes.gov.br/SiteBNDES/export/sites/default/.../set3301.pdf >Acesso em: 01 Outubro. 2012, 11:25:03 -Manual para o desenvolvimento de projeto/Universidade Luterana do Brasil – Ulbra, (Org.) - Curitiba: Ibpex, 2010. consultoriaprofuturo.com/wp-content/.../Tema21>. Acesso em: 22 agostos. 2012, 21: 31: 06. ABREU, J. Microeconomia: Uma abordagem introdutória. São Paulo. Makron, 1995. IBGE. Instituto Brasileiro de Geografias e Estatísticas-Cidades. Disponível em <http://www.ibge.gov.br:> Acesso 04 de setembro de 2012. SEBRAE. Como elaborar um plano de negócios.2009. Disponível em: <http //www.sebrae.com.br.> Acesso em 17/08/12 HTTP: //WWW.saude.gov.br/bvs> Acesso em: 01 setembro 2012: 16:30: 06 http://www.vidadeturista.com/artigos/turismo-na-terceiraidade20/09/2012 ALBERTO, Nestor. Administração do capital de giro, Orçamento e fluxo de caixa.Rio grande do sul2010.l Administração de marketing/ Universidade Luterana do Brasil. Curitiba: Ibpex,2009. 33
  • 34. ANEXOS IMAGEM DA FACHADA DA ORGANIZAÇÃO. FIGURA 1 VISTA AÉREA Localização da Pousada em Joanes-Salvaterra-Ilha do Marajó Imagens de Paulo Furtado (De satélite). 34
  • 35. Questionário presencial: 1-Sexo: ( )Masculino ( ) feminino 2-Idade: ________________ 3-Com que freqüência você costuma viajar? ( ) de seis em seis meses ( ) uma vez ao ano ( ) com freqüência 4- O que você acha de se hospedar em uma pousada com atendimento especial a terceira idade? 5-O que você acha de uma pousada com alimentação saudável, com supervisiona mento de um nutricionista? 35