SlideShare uma empresa Scribd logo
Prevenção e Combate a
Incêndios
CURSO DE BOMBEIROCURSO DE BOMBEIRO
PROFISSIONAL CIVILPROFISSIONAL CIVIL
20152015
Ciência do fogoCiência do fogo
Extinção de IncêndiosExtinção de Incêndios
Prevenção a Incêndi osPrevenção a Incêndi os
Lição - 01Lição - 01
Sumário
• Finalidade
•Objetivos
•Introdução
•Teoria do Fogo
•Meios de Transmissão de
Calor
•Pontos Notáveis da
Combustão
•Fumaça
•Classes de Incêndio
•Causas de Incêndio
•
FINALIDADE
•Apresentar os conceitos e técnicas
fundamentais para a preservação da vida
e a prevenção de acidentes, através de um
método de ensino interativo, norteando os
princípios elementares da PREVENÇÃO E
COMBATE A INCÊNDIOS, demonstrando
a necessidade da mudança de
comportamento.
Comportamento Humano
em
Locais de Incêndio
Com quem você
se parece?
Desespero
Foge Medo da morte Socorre
Sai de fininho
OBJETIVOS
•Conhecer os componentes do TriânguloConhecer os componentes do Triângulo
e Quadrilátero do Fogo;e Quadrilátero do Fogo;
•Citar os meios de Transmissão de Calor;Citar os meios de Transmissão de Calor;
•Conhecer os métodos de extinção deConhecer os métodos de extinção de
incêndios;incêndios;
• Ao terminar esta lição o participante
será capaz de:
“O Conhecimento preserva a vida
e traz segurança.”
Introdução
NENHUM INCÊNDIO COMEÇA EM GRANDESNENHUM INCÊNDIO COMEÇA EM GRANDES
PROPORÇÕES.PROPORÇÕES.
DesejadoDesejado
UtilizadoUtilizado
Sob ControleSob Controle
IndesejadoIndesejado
DestruidorDestruidor
Começa / fora de controleComeça / fora de controle
Há DIFERENÇA ENTRE:Há DIFERENÇA ENTRE:
Curso Básico de Prevenção e combate  incêndios. LM
Fogo
• É a parte visível da combustão
Combustão
• É uma forma de oxidação
Incêndio
• É um acidente provocado pelo fogo
COMBUSTÃOCOMBUSTÃO
Combustão é a uma reação química entre um agente
combustível e um comburente, provocada por uma
fonte de calor (ignição), que pode ter como resultado
liberação de luz, calor, fumaça e gases.
COMBUSTÍVELCOMBUSTÍVEL ++ CALORCALORCOMBURENTECOMBURENTE
++
ENERGIA LUMINOSAENERGIA LUMINOSA ++ CALORCALOR
++ COCO22 ++ COCO ++ HH22 OO ++ CINZASCINZAS
FULIGEMFULIGEM ++ OUTROS GASESOUTROS GASES
Curso Básico de Prevenção e combate  incêndios. LM
COMBUSTIVELCOMBUSTIVEL
É Tudo aquiloÉ Tudo aquilo
que podeque pode
pegar fogopegar fogo..
É Tudo aquiloÉ Tudo aquilo
que podeque pode
pegar fogopegar fogo..
Combustível
• É toda matéria susceptível à combustão
Comburente
• É todo elemento químico capaz de
alimentar o processo de combustão
Calor
• É a condição favorável que provoca a
interação entre os dois reagentes
Classificação quanto a
Inflamabilidade
Inflamáveis
Queimam com a simples
presença de uma centelha
Comuns
Queimam somente quando aquecidos
e com a presença de uma centelha
Combustível
Queimam em Superfície e ProfundidadeQueimam em Superfície e Profundidade..
MadeiraMadeiraMadeiraMadeira
PapelPapelPapelPapel
TecidoTecidoTecidoTecido Etc...Etc...
Combustível
Os combustíveis líquidos,
têm características particulares,
como:
• Se derramados, escorrem e se
acumulam nas partes mais
baixas;
• São mais leves que a água,
sendo assim, flutuam
sobre ela;
COMBUSTIVELCOMBUSTIVELCOMBUSTIVELCOMBUSTIVEL
Queimam Somente em SuperfícieQueimam Somente em Superfície
•Espalha-se por todo o ambiente
disponível.
•Queima de forma instantânea.
•Para que haja combustão, a mistura com
o comburente deve ser ideal, não
podendo conter combustível em demasia
(mistura rica) e nem em quantidade
insuficiente do mesmo (mistura pobre).
Combustível
Oxigênio
Composição dos gases existentes na atmosfera:
No Ar Atmosférico ...........21%
Mínimo para sobrevivência humana ......16%
Mínimo para existir chamas ........... 13%
Oxigênio
Mínimo para existir brasas ........... 4 %
CALOR
Forma de energia que eleva a temperatura.
Efeitos do Calor
Efeitos do CALOR
Elevação
da Temperatura.
Efeitos do CALOR
Aumento do Volume.
Efeitos do CALOR
Mudanças do estado
Fisico da matéria.
Efeitos do CALOR
Mudanças do estado
Fisico da matéria.
Efeitos do CALOR
Mudanças do estado
Quimíco da matéria.
Efeitos do CALOR
Mudanças do estado
Quimíco da matéria.
Efeitos do CALOR
Mudanças do estado
Fisiológico da matéria.
Efeitos do CALOR
Mudanças do estado
Fisiológico da matéria.
Formas de transmissão de calor
O Calor transfere-se do corpo de maior temperatura
para o de menor temperatura, por:
 Condução
 Convecção
ä Irradiação
äProjeção
Pode provocar desidratação e queimaduras.
Pode provocar mudança de estado físico e dilatação
térmica nos materiais.
Calor
Condução
• E a transferência de calor através de
um corpo sólido de molécula a
molécula
Formas de Transmissão do Calor
Convecção
• É a transferência de calor pelo movimento
ascendente de massas de gases ou de
líquidos dentro de si próprios
Formas de Transmissão do Calor
Formas de TransmissãoFormas de Transmissão
do Calor.do Calor.
Formas de TransmissãoFormas de Transmissão
do Calor.do Calor.
Formas de Transmissão do Calor
Irradiação
• É a transmissão de calor por ondas de
energia calorífica que se deslocam
através do espaço
Formas de Transmissão do Calor
Formas de Transmissão do Calor
Processos de Propagação do Fogo
Pontos Notáveis da Combustão
Ponto de Fulgor:
É a menor temperatura na qual um combustível
liberta vapor em quantidade suficiente para
formar uma mistura inflamável por uma fonte
externa de calor.
O fogo começa, mas não se mantêm.
Pontos Notáveis da Combustão
Ponto de Combustão:
É a temperatura na qual um combustível desprende
vapores, que em contato direto com uma chama,
queima até que acabe o combustível.
Ao se retirar a centelha o fogo continua.
Pontos Notáveis da Combustão
Ponto de Ignição:
É a temperatura na qual um combustível desprende
vapores que com o simples contato com o oxigênio
existente no ar queime até que o combustível acabe.
Ocorre quando o combustível está no seu limite
superior de inflamabilidade.
Ex. motor a diesel
Pontos Notáveis da Combustão
Fumaça
É um dos produtos da combustão; o
resultado de uma combustão
incompleta, na qual pequenas
partículas sólidas se tornam visíveis.
A fumaça varia de cor, conforme o
tipo de combustão, como veremos a
seguir:
•
Fumaça de cor branca – indica que a
combustão é mais completa, com rápido
consumo de combustível e boa quantidade de
comburente;
•
Fumaça
Fumaça
Fumaça de cor negra – combustão que se
desenvolve em altas temperaturas, porém
com deficiência de comburente;
•
Fumaça amarela, roxa ou violeta – presença
de gases altamente tóxicos.
Fumaça
Efeitos da Fumaça
Curso Básico de Prevenção e combate  incêndios. LM
Técnicas de Extinção de Incêndios
Curso Básico de Prevenção e combate  incêndios. LM
Técnicas de Extinção de Incêndios
Curso Básico de Prevenção e combate  incêndios. LM
Técnicas de Extinção de Incêndios
Tetraedro do fogo
Curso Básico de Prevenção e combate  incêndios. LM
Reação em Cadeia
A reação em cadeia torna a queima auto-
sustentável.
O calor irradiado das chamas atinge o
combustível e este é decomposto em partículas
menores, que se combinam com o oxigênio e
queimam, irradiando outra vez calor para o
combustível, formando um ciclo constante.
Classes de Incêndio
CLASSES DE INCÊNDIO
 CLASSE A:
-COMBUSTÍVEIS SÓLIDOS COMUNS, QUE QUEIMAM
EM SUPERFÍCIE E PROFUNDIDADE.
Exemplos:
- MADEIRA
- PAPEL
- TECIDO
- CARVÃO
Curso Básico de Prevenção e combate  incêndios. LM
CLASSES DE INCÊNDIO
 CLASSE B:
- COMBUSTÍVEIS LÍQUIDOS, GASOSOS E
PASTOSOS QUE QUEIMAM EM SUPERFÍCIE
OU NA TOTALIDADE(GASES), SEM DEIXAR
RESÍDUOS APÓS A COMBUSTÃO.
Exemplos:
-GASOLINA
-CERAS
-TINTAS
-GRAXAS
CLASSES DE INCÊNDIO
 CLASSE C:
-INCÊNDIOS EM EQUIPAMENTOS ENERGIZADOS.
Exemplos:
-Geladeiras
-Computadores
-Tv
-Aparelho de Som
CLASSES DE INCÊNDIO
 CLASSE D:
- INCÊNDIO EM METAIS PIROFÓRICOS OU
MATERIAIS ESPECIAIS

Exemplos:
-ALUMÍNIO
-MAGNÉSIO
-ZINCO
-SÓDIO
-POTÁSSIO
Curso Básico de Prevenção e combate  incêndios. LM
Curso Básico de Prevenção e combate  incêndios. LM
CLASSE K
• São os incêndios envolvendo materiais líquidos e
sólidos como óleos, banhas e gorduras de
substâncias comestíveis tendo como exemplo de
ambiente as cozinhas industriais. Esta norma
passou a vigorar em 1999 pela NFPA e ainda não
é muito conhecida.
•
CLASSES DE INCÊNDIO
Curso Básico de Prevenção e combate  incêndios. LM
Curso Básico de Prevenção e combate  incêndios. LM
Causas de Incêndio
NATURAIS
ARTIFICIAIS
Propositais
Acidentais
Principais Causas
• Atrito
• Choque
• Compressão
• Condução Térmica
• Eletricidade
• Substâncias químicas
•
• Queima de lixo
• Cigarros ou fósforos
• Vidros e garrafas
• Incendiarismo
• Descargas
atmosféricas
• Curto-circuito
•
Causas de Incêndio
Mais Comuns
GERAIS
üChama Exposta
üCentelha ou Faísca
üAtrito
üReações Químicas
üGLP
üCrianças
üVasilhames de Líquidos Inflamáveis
Causas de Incêndio
Mais Comuns
• Excesso de Carga
•Curto-circuito
•Contato Imperfeito
•Fusíveis e disjuntores com defeitos
Eletricidade
FIM
Lindomarmiranda_bm@hotmail.com
(24) 9848-7776
Curso Básico de Prevenção e combate  incêndios. LM
HIDRANTES
Abrigo de Mangueiras
• Corpo em chapa SAE 1020 laminada a
frio;
• Porta com ventilação e visor com a
inscrição “INCÊNDIO”
• Suporte 1/2 lua para fixação de
mangueira
•

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Treinamento brigada de incêndio
Treinamento brigada de incêndioTreinamento brigada de incêndio
Treinamento brigada de incêndio
Régis Pinheiro Martins Bezerra
 
Princípios do FOGO
Princípios do FOGOPrincípios do FOGO
Princípios do FOGO
Jorge Alex Rodrigues
 
Combate a incêndio (Oficial CLC)
Combate a incêndio (Oficial CLC)Combate a incêndio (Oficial CLC)
Combate a incêndio (Oficial CLC)
Claudio Cesar Pontes ن
 
Aula de incêndio
Aula de incêndio Aula de incêndio
Aula de incêndio
Adilson Rodrigues Furtado
 
Combate e prevenção de incendio nr23
Combate e prevenção de incendio nr23Combate e prevenção de incendio nr23
Combate e prevenção de incendio nr23
franmfjg
 
Combate a incendio
Combate a incendio Combate a incendio
Combate a incendio
sandra brizolla
 
Combate a princípios de incêndio
Combate a princípios de incêndioCombate a princípios de incêndio
Combate a princípios de incêndio
DefesaCivilMatoGrosso
 
Treinamento nr 20 completo
Treinamento nr 20 completoTreinamento nr 20 completo
Treinamento nr 20 completo
marciliolopeslopes
 
Combate a incêndios
Combate a incêndiosCombate a incêndios
Combate a incêndios
j3oj3
 
Brigada de incêndio apresentação powerpoint
Brigada de incêndio   apresentação powerpointBrigada de incêndio   apresentação powerpoint
Brigada de incêndio apresentação powerpoint
Wallace Silva
 
Aula nr23
Aula nr23Aula nr23
Brigada de incendio
Brigada de incendioBrigada de incendio
Brigada de incendio
Ulysses Gibson
 
BRIGADA de Incêndio
BRIGADA de IncêndioBRIGADA de Incêndio
BRIGADA de Incêndio
Leontina Lima
 
Extintores de incendio
Extintores de incendioExtintores de incendio
Extintores de incendio
Marcos Rodrigues
 
Treinamento - Produtos Químicos
Treinamento - Produtos QuímicosTreinamento - Produtos Químicos
Treinamento - Produtos Químicos
HugoDalevedove
 
Treinamento nr 20 - segurança e saúde no trabalho com inflamáveis e combust...
Treinamento   nr 20 - segurança e saúde no trabalho com inflamáveis e combust...Treinamento   nr 20 - segurança e saúde no trabalho com inflamáveis e combust...
Treinamento nr 20 - segurança e saúde no trabalho com inflamáveis e combust...
Cristian Briet
 
Nr 23
Nr 23Nr 23
Palestra básica sobre a NR-14
Palestra básica sobre a NR-14Palestra básica sobre a NR-14
Palestra básica sobre a NR-14
Evelyn MarKão
 
Brigada de Emergência (Oficial CLC) 2017/2018
Brigada de Emergência (Oficial CLC) 2017/2018Brigada de Emergência (Oficial CLC) 2017/2018
Brigada de Emergência (Oficial CLC) 2017/2018
Claudio Cesar Pontes ن
 
Material de incendio
Material de incendioMaterial de incendio
Material de incendio
thiago_design
 

Mais procurados (20)

Treinamento brigada de incêndio
Treinamento brigada de incêndioTreinamento brigada de incêndio
Treinamento brigada de incêndio
 
Princípios do FOGO
Princípios do FOGOPrincípios do FOGO
Princípios do FOGO
 
Combate a incêndio (Oficial CLC)
Combate a incêndio (Oficial CLC)Combate a incêndio (Oficial CLC)
Combate a incêndio (Oficial CLC)
 
Aula de incêndio
Aula de incêndio Aula de incêndio
Aula de incêndio
 
Combate e prevenção de incendio nr23
Combate e prevenção de incendio nr23Combate e prevenção de incendio nr23
Combate e prevenção de incendio nr23
 
Combate a incendio
Combate a incendio Combate a incendio
Combate a incendio
 
Combate a princípios de incêndio
Combate a princípios de incêndioCombate a princípios de incêndio
Combate a princípios de incêndio
 
Treinamento nr 20 completo
Treinamento nr 20 completoTreinamento nr 20 completo
Treinamento nr 20 completo
 
Combate a incêndios
Combate a incêndiosCombate a incêndios
Combate a incêndios
 
Brigada de incêndio apresentação powerpoint
Brigada de incêndio   apresentação powerpointBrigada de incêndio   apresentação powerpoint
Brigada de incêndio apresentação powerpoint
 
Aula nr23
Aula nr23Aula nr23
Aula nr23
 
Brigada de incendio
Brigada de incendioBrigada de incendio
Brigada de incendio
 
BRIGADA de Incêndio
BRIGADA de IncêndioBRIGADA de Incêndio
BRIGADA de Incêndio
 
Extintores de incendio
Extintores de incendioExtintores de incendio
Extintores de incendio
 
Treinamento - Produtos Químicos
Treinamento - Produtos QuímicosTreinamento - Produtos Químicos
Treinamento - Produtos Químicos
 
Treinamento nr 20 - segurança e saúde no trabalho com inflamáveis e combust...
Treinamento   nr 20 - segurança e saúde no trabalho com inflamáveis e combust...Treinamento   nr 20 - segurança e saúde no trabalho com inflamáveis e combust...
Treinamento nr 20 - segurança e saúde no trabalho com inflamáveis e combust...
 
Nr 23
Nr 23Nr 23
Nr 23
 
Palestra básica sobre a NR-14
Palestra básica sobre a NR-14Palestra básica sobre a NR-14
Palestra básica sobre a NR-14
 
Brigada de Emergência (Oficial CLC) 2017/2018
Brigada de Emergência (Oficial CLC) 2017/2018Brigada de Emergência (Oficial CLC) 2017/2018
Brigada de Emergência (Oficial CLC) 2017/2018
 
Material de incendio
Material de incendioMaterial de incendio
Material de incendio
 

Destaque

Combate a incêndio
Combate a incêndio Combate a incêndio
Combate a incêndio
Luciano Rodrigues
 
Prevencao incendio machado_jomacon
Prevencao incendio machado_jomaconPrevencao incendio machado_jomacon
Prevencao incendio machado_jomacon
João Machado da Conceição
 
Incêndio
IncêndioIncêndio
Incêndio
Kadu Edu
 
Curso
CursoCurso
1 º Período
1 º Período1 º Período
1 º Período
carjamor
 
BRIGADA DE CONTRA INCÊNDIO 2016 Campinas -SP
BRIGADA DE CONTRA INCÊNDIO 2016 Campinas -SPBRIGADA DE CONTRA INCÊNDIO 2016 Campinas -SP
BRIGADA DE CONTRA INCÊNDIO 2016 Campinas -SP
Mauricio Lima
 
Apostila prevençao e combate a incêndio
Apostila prevençao e combate a incêndioApostila prevençao e combate a incêndio
Apostila prevençao e combate a incêndio
Jaedson Lopes
 
Combate incêndio
Combate incêndioCombate incêndio
Combate incêndio
Zb Campanha
 
Capítulo 4 combate a incendios equipeletricos
Capítulo 4   combate a incendios equipeletricosCapítulo 4   combate a incendios equipeletricos
Capítulo 4 combate a incendios equipeletricos
Jorge Alex Rodrigues
 
Corpo de bombeiros militar de goias trabalho sustentavel
Corpo de bombeiros militar de goias  trabalho sustentavelCorpo de bombeiros militar de goias  trabalho sustentavel
Corpo de bombeiros militar de goias trabalho sustentavel
Walter Gleisson Oliveira Ribeiro
 
MANUAL DO ABTF - SCANIA
MANUAL DO ABTF - SCANIAMANUAL DO ABTF - SCANIA
MANUAL DO ABTF - SCANIA
Cesar Luis Mendes Farias
 
Termologia 141103111208-conversion-gate02
Termologia 141103111208-conversion-gate02Termologia 141103111208-conversion-gate02
Termologia 141103111208-conversion-gate02
Manoel Dias Dias
 
91
9191
NOÇÕES DE PRIMEIROS SOCORROS
NOÇÕES DE PRIMEIROS SOCORROSNOÇÕES DE PRIMEIROS SOCORROS
NOÇÕES DE PRIMEIROS SOCORROS
Robson Peixoto
 
Plano de Evacuação
Plano de EvacuaçãoPlano de Evacuação
Plano de Evacuação
EB 2,3 Martim de Freitas
 
Plano de prevencao_e_emergencia_para_estabelecimentos_de_ensino
Plano de prevencao_e_emergencia_para_estabelecimentos_de_ensinoPlano de prevencao_e_emergencia_para_estabelecimentos_de_ensino
Plano de prevencao_e_emergencia_para_estabelecimentos_de_ensino
Robson Peixoto
 
FICHA DE INSCRIÇÃO BOMBEIRO/BOMBEIRA CIVIL
FICHA DE INSCRIÇÃO BOMBEIRO/BOMBEIRA CIVILFICHA DE INSCRIÇÃO BOMBEIRO/BOMBEIRA CIVIL
FICHA DE INSCRIÇÃO BOMBEIRO/BOMBEIRA CIVIL
Leila Brandão
 
FICHA DE REGISTO DE PRESENÇAS
FICHA DE REGISTO DE PRESENÇASFICHA DE REGISTO DE PRESENÇAS
FICHA DE REGISTO DE PRESENÇAS
P.ESPERANCA
 
3 º Período
3 º Período3 º Período
3 º Período
carjamor
 
SCO Aula 02 curso de introdução ao sco
SCO Aula 02   curso de introdução ao scoSCO Aula 02   curso de introdução ao sco
SCO Aula 02 curso de introdução ao sco
Jorge Alex Rodrigues
 

Destaque (20)

Combate a incêndio
Combate a incêndio Combate a incêndio
Combate a incêndio
 
Prevencao incendio machado_jomacon
Prevencao incendio machado_jomaconPrevencao incendio machado_jomacon
Prevencao incendio machado_jomacon
 
Incêndio
IncêndioIncêndio
Incêndio
 
Curso
CursoCurso
Curso
 
1 º Período
1 º Período1 º Período
1 º Período
 
BRIGADA DE CONTRA INCÊNDIO 2016 Campinas -SP
BRIGADA DE CONTRA INCÊNDIO 2016 Campinas -SPBRIGADA DE CONTRA INCÊNDIO 2016 Campinas -SP
BRIGADA DE CONTRA INCÊNDIO 2016 Campinas -SP
 
Apostila prevençao e combate a incêndio
Apostila prevençao e combate a incêndioApostila prevençao e combate a incêndio
Apostila prevençao e combate a incêndio
 
Combate incêndio
Combate incêndioCombate incêndio
Combate incêndio
 
Capítulo 4 combate a incendios equipeletricos
Capítulo 4   combate a incendios equipeletricosCapítulo 4   combate a incendios equipeletricos
Capítulo 4 combate a incendios equipeletricos
 
Corpo de bombeiros militar de goias trabalho sustentavel
Corpo de bombeiros militar de goias  trabalho sustentavelCorpo de bombeiros militar de goias  trabalho sustentavel
Corpo de bombeiros militar de goias trabalho sustentavel
 
MANUAL DO ABTF - SCANIA
MANUAL DO ABTF - SCANIAMANUAL DO ABTF - SCANIA
MANUAL DO ABTF - SCANIA
 
Termologia 141103111208-conversion-gate02
Termologia 141103111208-conversion-gate02Termologia 141103111208-conversion-gate02
Termologia 141103111208-conversion-gate02
 
91
9191
91
 
NOÇÕES DE PRIMEIROS SOCORROS
NOÇÕES DE PRIMEIROS SOCORROSNOÇÕES DE PRIMEIROS SOCORROS
NOÇÕES DE PRIMEIROS SOCORROS
 
Plano de Evacuação
Plano de EvacuaçãoPlano de Evacuação
Plano de Evacuação
 
Plano de prevencao_e_emergencia_para_estabelecimentos_de_ensino
Plano de prevencao_e_emergencia_para_estabelecimentos_de_ensinoPlano de prevencao_e_emergencia_para_estabelecimentos_de_ensino
Plano de prevencao_e_emergencia_para_estabelecimentos_de_ensino
 
FICHA DE INSCRIÇÃO BOMBEIRO/BOMBEIRA CIVIL
FICHA DE INSCRIÇÃO BOMBEIRO/BOMBEIRA CIVILFICHA DE INSCRIÇÃO BOMBEIRO/BOMBEIRA CIVIL
FICHA DE INSCRIÇÃO BOMBEIRO/BOMBEIRA CIVIL
 
FICHA DE REGISTO DE PRESENÇAS
FICHA DE REGISTO DE PRESENÇASFICHA DE REGISTO DE PRESENÇAS
FICHA DE REGISTO DE PRESENÇAS
 
3 º Período
3 º Período3 º Período
3 º Período
 
SCO Aula 02 curso de introdução ao sco
SCO Aula 02   curso de introdução ao scoSCO Aula 02   curso de introdução ao sco
SCO Aula 02 curso de introdução ao sco
 

Semelhante a Curso Básico de Prevenção e combate incêndios. LM

09 - PROTEÇÃO E COMBATE A INCENDIOS-DESKTOP-JU5KNM8.ppt
09 - PROTEÇÃO E COMBATE A INCENDIOS-DESKTOP-JU5KNM8.ppt09 - PROTEÇÃO E COMBATE A INCENDIOS-DESKTOP-JU5KNM8.ppt
09 - PROTEÇÃO E COMBATE A INCENDIOS-DESKTOP-JU5KNM8.ppt
AdsonGuimares1
 
Proteção e combate a incêndio
Proteção e combate a incêndioProteção e combate a incêndio
Proteção e combate a incêndio
Arias Garcia
 
Proteção e Combate a incêndio 05102005
Proteção e Combate a incêndio 05102005Proteção e Combate a incêndio 05102005
Proteção e Combate a incêndio 05102005
WagnerSilva0990
 
8 proteção e combate a incêndio 05102005
8 proteção e combate a incêndio 051020058 proteção e combate a incêndio 05102005
8 proteção e combate a incêndio 05102005
Shirlene Maciel Rafino
 
8 proteção e combate a incêndio 05102005
8 proteção e combate a incêndio 051020058 proteção e combate a incêndio 05102005
8 proteção e combate a incêndio 05102005
Oseias Semencio
 
1 - CURSO DE BOMBEIROS PROFISSIONAL CIVIL - PREVENÇÃO DE COMBATE A INCÊNDIO -...
1 - CURSO DE BOMBEIROS PROFISSIONAL CIVIL - PREVENÇÃO DE COMBATE A INCÊNDIO -...1 - CURSO DE BOMBEIROS PROFISSIONAL CIVIL - PREVENÇÃO DE COMBATE A INCÊNDIO -...
1 - CURSO DE BOMBEIROS PROFISSIONAL CIVIL - PREVENÇÃO DE COMBATE A INCÊNDIO -...
mpstudio1 mpstudio1
 
Proteção contra incêndio modulo ii 1 c seg
Proteção contra incêndio modulo ii 1 c segProteção contra incêndio modulo ii 1 c seg
Proteção contra incêndio modulo ii 1 c seg
Marcio Andre
 
Combate a Incêndios 01.ppt
Combate a Incêndios 01.pptCombate a Incêndios 01.ppt
Combate a Incêndios 01.ppt
ssuser11eb651
 
PREVENÇÃO CONTRA INCÊNDIO
PREVENÇÃO CONTRA INCÊNDIOPREVENÇÃO CONTRA INCÊNDIO
PREVENÇÃO CONTRA INCÊNDIO
p3ninh4
 
11 proteção e combate a incêndio 05102005
11 proteção e combate a incêndio 0510200511 proteção e combate a incêndio 05102005
11 proteção e combate a incêndio 05102005
Shirlene Maciel Rafino
 
Prevenção e Combate à Sinistros - Introdução.pptx
Prevenção e Combate à Sinistros - Introdução.pptxPrevenção e Combate à Sinistros - Introdução.pptx
Prevenção e Combate à Sinistros - Introdução.pptx
KlebsonRodriguesPere
 
Curumin- Módulo combate a incêndio.pdf
Curumin- Módulo combate a incêndio.pdfCurumin- Módulo combate a incêndio.pdf
Curumin- Módulo combate a incêndio.pdf
BrunaLucyannaOliveir
 
8 manual de proteção e combate a incêndios
8 manual de proteção e combate a incêndios8 manual de proteção e combate a incêndios
8 manual de proteção e combate a incêndios
jmaciel_hmcg
 
MODULO I SEGURANCA
MODULO I SEGURANCAMODULO I SEGURANCA
MODULO I SEGURANCA
Marco Lamim
 
Brigada Contra Incendio.PPT
Brigada Contra Incendio.PPTBrigada Contra Incendio.PPT
Brigada Contra Incendio.PPT
AdelmaSiles
 
Teoria do Fogo
Teoria do FogoTeoria do Fogo
Teoria do Fogo
DiegoAugusto86
 
Teoria do fogo aplicado Brigada Orgânica
Teoria do fogo aplicado Brigada Orgânica Teoria do fogo aplicado Brigada Orgânica
Teoria do fogo aplicado Brigada Orgânica
DiegoAugusto86
 
NR23+-+Treinamento+de+Brigada+de+Emergencia+-+2023 (1).pptx
NR23+-+Treinamento+de+Brigada+de+Emergencia+-+2023 (1).pptxNR23+-+Treinamento+de+Brigada+de+Emergencia+-+2023 (1).pptx
NR23+-+Treinamento+de+Brigada+de+Emergencia+-+2023 (1).pptx
WesleySousaSilva3
 
Teoria do fogo
Teoria do fogoTeoria do fogo
Teoria do fogo
Andre Fragoso
 
Combate a incêndio
Combate a incêndioCombate a incêndio
Combate a incêndio
André Mello
 

Semelhante a Curso Básico de Prevenção e combate incêndios. LM (20)

09 - PROTEÇÃO E COMBATE A INCENDIOS-DESKTOP-JU5KNM8.ppt
09 - PROTEÇÃO E COMBATE A INCENDIOS-DESKTOP-JU5KNM8.ppt09 - PROTEÇÃO E COMBATE A INCENDIOS-DESKTOP-JU5KNM8.ppt
09 - PROTEÇÃO E COMBATE A INCENDIOS-DESKTOP-JU5KNM8.ppt
 
Proteção e combate a incêndio
Proteção e combate a incêndioProteção e combate a incêndio
Proteção e combate a incêndio
 
Proteção e Combate a incêndio 05102005
Proteção e Combate a incêndio 05102005Proteção e Combate a incêndio 05102005
Proteção e Combate a incêndio 05102005
 
8 proteção e combate a incêndio 05102005
8 proteção e combate a incêndio 051020058 proteção e combate a incêndio 05102005
8 proteção e combate a incêndio 05102005
 
8 proteção e combate a incêndio 05102005
8 proteção e combate a incêndio 051020058 proteção e combate a incêndio 05102005
8 proteção e combate a incêndio 05102005
 
1 - CURSO DE BOMBEIROS PROFISSIONAL CIVIL - PREVENÇÃO DE COMBATE A INCÊNDIO -...
1 - CURSO DE BOMBEIROS PROFISSIONAL CIVIL - PREVENÇÃO DE COMBATE A INCÊNDIO -...1 - CURSO DE BOMBEIROS PROFISSIONAL CIVIL - PREVENÇÃO DE COMBATE A INCÊNDIO -...
1 - CURSO DE BOMBEIROS PROFISSIONAL CIVIL - PREVENÇÃO DE COMBATE A INCÊNDIO -...
 
Proteção contra incêndio modulo ii 1 c seg
Proteção contra incêndio modulo ii 1 c segProteção contra incêndio modulo ii 1 c seg
Proteção contra incêndio modulo ii 1 c seg
 
Combate a Incêndios 01.ppt
Combate a Incêndios 01.pptCombate a Incêndios 01.ppt
Combate a Incêndios 01.ppt
 
PREVENÇÃO CONTRA INCÊNDIO
PREVENÇÃO CONTRA INCÊNDIOPREVENÇÃO CONTRA INCÊNDIO
PREVENÇÃO CONTRA INCÊNDIO
 
11 proteção e combate a incêndio 05102005
11 proteção e combate a incêndio 0510200511 proteção e combate a incêndio 05102005
11 proteção e combate a incêndio 05102005
 
Prevenção e Combate à Sinistros - Introdução.pptx
Prevenção e Combate à Sinistros - Introdução.pptxPrevenção e Combate à Sinistros - Introdução.pptx
Prevenção e Combate à Sinistros - Introdução.pptx
 
Curumin- Módulo combate a incêndio.pdf
Curumin- Módulo combate a incêndio.pdfCurumin- Módulo combate a incêndio.pdf
Curumin- Módulo combate a incêndio.pdf
 
8 manual de proteção e combate a incêndios
8 manual de proteção e combate a incêndios8 manual de proteção e combate a incêndios
8 manual de proteção e combate a incêndios
 
MODULO I SEGURANCA
MODULO I SEGURANCAMODULO I SEGURANCA
MODULO I SEGURANCA
 
Brigada Contra Incendio.PPT
Brigada Contra Incendio.PPTBrigada Contra Incendio.PPT
Brigada Contra Incendio.PPT
 
Teoria do Fogo
Teoria do FogoTeoria do Fogo
Teoria do Fogo
 
Teoria do fogo aplicado Brigada Orgânica
Teoria do fogo aplicado Brigada Orgânica Teoria do fogo aplicado Brigada Orgânica
Teoria do fogo aplicado Brigada Orgânica
 
NR23+-+Treinamento+de+Brigada+de+Emergencia+-+2023 (1).pptx
NR23+-+Treinamento+de+Brigada+de+Emergencia+-+2023 (1).pptxNR23+-+Treinamento+de+Brigada+de+Emergencia+-+2023 (1).pptx
NR23+-+Treinamento+de+Brigada+de+Emergencia+-+2023 (1).pptx
 
Teoria do fogo
Teoria do fogoTeoria do fogo
Teoria do fogo
 
Combate a incêndio
Combate a incêndioCombate a incêndio
Combate a incêndio
 

Último

Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 

Curso Básico de Prevenção e combate incêndios. LM

  • 1. Prevenção e Combate a Incêndios
  • 2. CURSO DE BOMBEIROCURSO DE BOMBEIRO PROFISSIONAL CIVILPROFISSIONAL CIVIL 20152015
  • 3. Ciência do fogoCiência do fogo Extinção de IncêndiosExtinção de Incêndios Prevenção a Incêndi osPrevenção a Incêndi os Lição - 01Lição - 01
  • 4. Sumário • Finalidade •Objetivos •Introdução •Teoria do Fogo •Meios de Transmissão de Calor •Pontos Notáveis da Combustão •Fumaça •Classes de Incêndio •Causas de Incêndio •
  • 5. FINALIDADE •Apresentar os conceitos e técnicas fundamentais para a preservação da vida e a prevenção de acidentes, através de um método de ensino interativo, norteando os princípios elementares da PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS, demonstrando a necessidade da mudança de comportamento.
  • 6. Comportamento Humano em Locais de Incêndio Com quem você se parece? Desespero Foge Medo da morte Socorre Sai de fininho
  • 7. OBJETIVOS •Conhecer os componentes do TriânguloConhecer os componentes do Triângulo e Quadrilátero do Fogo;e Quadrilátero do Fogo; •Citar os meios de Transmissão de Calor;Citar os meios de Transmissão de Calor; •Conhecer os métodos de extinção deConhecer os métodos de extinção de incêndios;incêndios; • Ao terminar esta lição o participante será capaz de:
  • 8. “O Conhecimento preserva a vida e traz segurança.” Introdução
  • 9. NENHUM INCÊNDIO COMEÇA EM GRANDESNENHUM INCÊNDIO COMEÇA EM GRANDES PROPORÇÕES.PROPORÇÕES.
  • 10. DesejadoDesejado UtilizadoUtilizado Sob ControleSob Controle IndesejadoIndesejado DestruidorDestruidor Começa / fora de controleComeça / fora de controle Há DIFERENÇA ENTRE:Há DIFERENÇA ENTRE:
  • 12. Fogo • É a parte visível da combustão Combustão • É uma forma de oxidação Incêndio • É um acidente provocado pelo fogo
  • 13. COMBUSTÃOCOMBUSTÃO Combustão é a uma reação química entre um agente combustível e um comburente, provocada por uma fonte de calor (ignição), que pode ter como resultado liberação de luz, calor, fumaça e gases. COMBUSTÍVELCOMBUSTÍVEL ++ CALORCALORCOMBURENTECOMBURENTE ++ ENERGIA LUMINOSAENERGIA LUMINOSA ++ CALORCALOR ++ COCO22 ++ COCO ++ HH22 OO ++ CINZASCINZAS FULIGEMFULIGEM ++ OUTROS GASESOUTROS GASES
  • 15. COMBUSTIVELCOMBUSTIVEL É Tudo aquiloÉ Tudo aquilo que podeque pode pegar fogopegar fogo.. É Tudo aquiloÉ Tudo aquilo que podeque pode pegar fogopegar fogo..
  • 16. Combustível • É toda matéria susceptível à combustão Comburente • É todo elemento químico capaz de alimentar o processo de combustão Calor • É a condição favorável que provoca a interação entre os dois reagentes
  • 17. Classificação quanto a Inflamabilidade Inflamáveis Queimam com a simples presença de uma centelha Comuns Queimam somente quando aquecidos e com a presença de uma centelha Combustível
  • 18. Queimam em Superfície e ProfundidadeQueimam em Superfície e Profundidade.. MadeiraMadeiraMadeiraMadeira PapelPapelPapelPapel TecidoTecidoTecidoTecido Etc...Etc... Combustível
  • 19. Os combustíveis líquidos, têm características particulares, como: • Se derramados, escorrem e se acumulam nas partes mais baixas; • São mais leves que a água, sendo assim, flutuam sobre ela; COMBUSTIVELCOMBUSTIVELCOMBUSTIVELCOMBUSTIVEL Queimam Somente em SuperfícieQueimam Somente em Superfície
  • 20. •Espalha-se por todo o ambiente disponível. •Queima de forma instantânea. •Para que haja combustão, a mistura com o comburente deve ser ideal, não podendo conter combustível em demasia (mistura rica) e nem em quantidade insuficiente do mesmo (mistura pobre). Combustível
  • 21. Oxigênio Composição dos gases existentes na atmosfera:
  • 22. No Ar Atmosférico ...........21% Mínimo para sobrevivência humana ......16% Mínimo para existir chamas ........... 13% Oxigênio Mínimo para existir brasas ........... 4 %
  • 23. CALOR Forma de energia que eleva a temperatura.
  • 24. Efeitos do Calor Efeitos do CALOR Elevação da Temperatura.
  • 26. Efeitos do CALOR Mudanças do estado Fisico da matéria. Efeitos do CALOR Mudanças do estado Fisico da matéria.
  • 27. Efeitos do CALOR Mudanças do estado Quimíco da matéria. Efeitos do CALOR Mudanças do estado Quimíco da matéria.
  • 28. Efeitos do CALOR Mudanças do estado Fisiológico da matéria. Efeitos do CALOR Mudanças do estado Fisiológico da matéria.
  • 29. Formas de transmissão de calor O Calor transfere-se do corpo de maior temperatura para o de menor temperatura, por:  Condução  Convecção ä Irradiação äProjeção Pode provocar desidratação e queimaduras. Pode provocar mudança de estado físico e dilatação térmica nos materiais. Calor
  • 30. Condução • E a transferência de calor através de um corpo sólido de molécula a molécula
  • 32. Convecção • É a transferência de calor pelo movimento ascendente de massas de gases ou de líquidos dentro de si próprios
  • 34. Formas de TransmissãoFormas de Transmissão do Calor.do Calor. Formas de TransmissãoFormas de Transmissão do Calor.do Calor.
  • 36. Irradiação • É a transmissão de calor por ondas de energia calorífica que se deslocam através do espaço
  • 40. Pontos Notáveis da Combustão Ponto de Fulgor: É a menor temperatura na qual um combustível liberta vapor em quantidade suficiente para formar uma mistura inflamável por uma fonte externa de calor. O fogo começa, mas não se mantêm.
  • 41. Pontos Notáveis da Combustão Ponto de Combustão: É a temperatura na qual um combustível desprende vapores, que em contato direto com uma chama, queima até que acabe o combustível. Ao se retirar a centelha o fogo continua.
  • 42. Pontos Notáveis da Combustão Ponto de Ignição: É a temperatura na qual um combustível desprende vapores que com o simples contato com o oxigênio existente no ar queime até que o combustível acabe. Ocorre quando o combustível está no seu limite superior de inflamabilidade. Ex. motor a diesel
  • 43. Pontos Notáveis da Combustão
  • 44. Fumaça É um dos produtos da combustão; o resultado de uma combustão incompleta, na qual pequenas partículas sólidas se tornam visíveis. A fumaça varia de cor, conforme o tipo de combustão, como veremos a seguir: •
  • 45. Fumaça de cor branca – indica que a combustão é mais completa, com rápido consumo de combustível e boa quantidade de comburente; • Fumaça
  • 46. Fumaça Fumaça de cor negra – combustão que se desenvolve em altas temperaturas, porém com deficiência de comburente; •
  • 47. Fumaça amarela, roxa ou violeta – presença de gases altamente tóxicos. Fumaça
  • 50. Técnicas de Extinção de Incêndios
  • 52. Técnicas de Extinção de Incêndios
  • 54. Técnicas de Extinção de Incêndios
  • 57. Reação em Cadeia A reação em cadeia torna a queima auto- sustentável. O calor irradiado das chamas atinge o combustível e este é decomposto em partículas menores, que se combinam com o oxigênio e queimam, irradiando outra vez calor para o combustível, formando um ciclo constante.
  • 59. CLASSES DE INCÊNDIO  CLASSE A: -COMBUSTÍVEIS SÓLIDOS COMUNS, QUE QUEIMAM EM SUPERFÍCIE E PROFUNDIDADE. Exemplos: - MADEIRA - PAPEL - TECIDO - CARVÃO
  • 61. CLASSES DE INCÊNDIO  CLASSE B: - COMBUSTÍVEIS LÍQUIDOS, GASOSOS E PASTOSOS QUE QUEIMAM EM SUPERFÍCIE OU NA TOTALIDADE(GASES), SEM DEIXAR RESÍDUOS APÓS A COMBUSTÃO. Exemplos: -GASOLINA -CERAS -TINTAS -GRAXAS
  • 62. CLASSES DE INCÊNDIO  CLASSE C: -INCÊNDIOS EM EQUIPAMENTOS ENERGIZADOS. Exemplos: -Geladeiras -Computadores -Tv -Aparelho de Som
  • 63. CLASSES DE INCÊNDIO  CLASSE D: - INCÊNDIO EM METAIS PIROFÓRICOS OU MATERIAIS ESPECIAIS  Exemplos: -ALUMÍNIO -MAGNÉSIO -ZINCO -SÓDIO -POTÁSSIO
  • 66. CLASSE K • São os incêndios envolvendo materiais líquidos e sólidos como óleos, banhas e gorduras de substâncias comestíveis tendo como exemplo de ambiente as cozinhas industriais. Esta norma passou a vigorar em 1999 pela NFPA e ainda não é muito conhecida. • CLASSES DE INCÊNDIO
  • 70. Principais Causas • Atrito • Choque • Compressão • Condução Térmica • Eletricidade • Substâncias químicas • • Queima de lixo • Cigarros ou fósforos • Vidros e garrafas • Incendiarismo • Descargas atmosféricas • Curto-circuito •
  • 71. Causas de Incêndio Mais Comuns GERAIS üChama Exposta üCentelha ou Faísca üAtrito üReações Químicas üGLP üCrianças üVasilhames de Líquidos Inflamáveis
  • 72. Causas de Incêndio Mais Comuns • Excesso de Carga •Curto-circuito •Contato Imperfeito •Fusíveis e disjuntores com defeitos Eletricidade
  • 73. FIM
  • 76. HIDRANTES Abrigo de Mangueiras • Corpo em chapa SAE 1020 laminada a frio; • Porta com ventilação e visor com a inscrição “INCÊNDIO” • Suporte 1/2 lua para fixação de mangueira •

Notas do Editor

  1. CH4 + 02 CH3 (Rad.)+ HO2 (Rad.) CH3 (Rad.) + O2 CH2O (Rad.) + HO (Rad.) HO2 (Rad.) + HO(Rad.) H2O + O2 CH2O (Rad.) + O2 CHO (Rad.)+ HO2 (Rad.) CHO(Rad.) + O2 CO (Rad.) + HO2 (Rad.) HO2 (Rad.) + HO2 (Rad.)H2O + O2 + O (Rad.) CO (Rad.) + O (Rad.) CO2 CH4 + 2O2 CO2 + 2H2O
  2. Atrito Fricção entre corpos rígidos, ou entre partes metálicas com lubrificação deficiente. b) Choque Choque entre partes metálicas frouxas ou desajustadas, em máquinas e motores que estejam sujos com resíduos de óleo e graxa. c) Compressão Compressão brusca e continuada dos gases provocando o aumento de temperatura em recargas de cilindro de gases, por exemplo. d) Condução térmica Calor transmitido de um corpo em alta temperatura para corpos vizinhos que estejam em condições normais. Ex: Uma chaminé em contato com o forro de madeira do telhado. e) Eletricidade São aqueles gerados por fenômenos termoelétricos. Ex: Curto-circuito, sobrecarga, fuga de corrente, etc.