SlideShare uma empresa Scribd logo
CRASE
PROFESSOR JAILTON
WWW.PROFESSORJAILTON.COM.BR
CRASE
❖Fusão --- Mistura
 Preposição a + artigo a (visita à praia)
 Preposição a + pronome aquele (superior àquele)
 Preposição a + demonstrativo a (voz igual à do irmão)
ACENTO GRAVE
❖Graficamente representado por um traço oblíquo para a
esquerda, o acento grave é colocado apenas sobre a vogal
a, indicando que há crase, ou seja, que ocorre a contração
da preposição a com outra palavra.
 à (a + a);
 às (a + as);
 àquele (a + aquele);
 àqueles (a + aqueles);
 àquela (a + aquela);
 àquelas (a + aquelas);
 àquilo (a + aquilo);
Não ocorre crase
 Diante de palavras masculinas:
 Isto cheira a perfume francês.
 Gostava de andar a pé.
Não ocorre crase
 Diante de verbos:
 Ainda há muita coisa a fazer.
 Estava disposto a disputar uma vaga.
Não ocorre crase
 Diante da maioria dos pronomes:
 Entregaram o prêmio a ela.
 Peço licença a Vossa Excelência.
 Fizeram referência a esta carta.
 Não fizeram alusão a alguma possibilidade de devolução
da mercadoria.
 Referiu-se à mesma resposta.
 Entregaram o prêmio à senhorita.
Não ocorre crase
 Nas expressões formadas por palavras repetidas:
 Ficou cara a cara com o inimigo.
 Contava as moedas uma a uma.
Não ocorre crase
 Antes das palavras QUEM, CUJO(S) e CUJA(S):
Era geniosa a funcionária a quem se reportava
Eis o documento a cuja cópia me refiro
Não ocorre crase
 Diante de substantivos empregados em sentido
genérico:
 Falava a pessoas desinteressadas.
 Fez alusão a cidades litorâneas.
 Não se referiu a criatura alguma.
Não ocorre crase
 Diante das palavras casa (no sentido de “lar”,
“moradia”)e terra (no sentido de “chão firme”):
 Voltou a casa.
 O navio estava chegando a terra.
 O marinheiro foi a terra.
 Voltou à casa dos pais.
 Voltou à terra natal.
 Os astronautas regressaram à Terra.
Crase Facultativa
 Diante de nomes próprios de pessoas do sexo
feminino:
 Ele fez referência a Sandra.
 Ele fez referência à Sandra.
Crase Facultativa
 Depois da preposição até:
 Fomos até a feira.
 Fomos até à feira.
Crase Facultativa
 Diante de pronomes possessivos femininos adjetivos:
Obedeço a minha irmã.
Obedeço à minha irmã.
Minha ideias não são iguais às suas. (uso obrigatório)
Diante de nomes de lugar
 Se vou de A e volto DA – vou “crasear”;
Se vou de A e volto DE – crase pra quê?
 Vou à Itália.
 Vou à Argentina.
 Vou a Roma.
 Vou a Curitiba.
 Vou à Roma antiga.
 Vou à moderna Curitiba.
Usa-se crase
 Com expressões adverbiais, prepositivas e conjuntivas
(à tarde, à noite, à moda, à proporção que...)
 Vendi à vista o relógio que ganhei numa rifa.
 Ando à procura de um amigo.
 Andava às pressas.
 Agia às escondidas.
 Pediu um filé à Camões. (=à moda de)
 À medida que estudava, mais entendia a matéria.
A crase e as horas
 Chegou às oito horas.
 (Chegou a0 meio-dia.)
 Estou aqui desde as treze horas.
 (Estou aqui desde o meio-dia.)
 O aumento entra em vigor à zero hora.
 Veio à meia-noite em ponto.
 Irá a uma hora qualquer.
Substitua a
expressão
que indica
horas por
MEIO-DIA.
Crase diante de numeral
1) quando houver, subentendido diante do numeral, um
substantivo feminino definido, que não se repete por
questão de estilo:
 Li da página 1 à 10.
 [da página 1 à página 10]
 Caminhou da rua Augusta à 7 de Setembro.
 [da rua Augusta à rua 7]
Crase diante de numeral
 2) quando houver explicitamente junto ao numeral um
substantivo feminino determinado (do qual o numeral
é apenas um dos determinativos):
 Dirigiu-se às duas crianças abandonadas.
 Servem café da manhã grátis às dez primeiras pessoas
que aparecem no hotel.
 Chegou-se, dessa forma, às 12 propostas descritas no
memorial.
Crase com os pronomes
demonstrativos
Aquele(s), aquela(s), aquilo
 Assisti àquele filme.
 Aspiro àquela vaga.
 Prefiro isto àquilo.
QUE
 Ocorre a crase da preposição A com os pronomes
demonstrativos A e AS (=aquela, aquelas).
 Sua caneta era igual à que comprei.
 (Sua caneta era igual a + aquela que comprei.)
àquela
 Esta é a faculdade a que aspiro.
 Esta é a cidade a que iremos.
A qual e as quais
 Ocorrerá crase com os pronomes relativos a qual e as
quais quando esses pronomes vierem antecedidos pela
preposição A, exigida por um termo da oração que tais
pronomes introduzem:
 A cidade à qual iremos possui praias às quais chegaremos.
A distância ou à distância?
 Se “distância” estiver especificada, a crase será
empregada:
 Ela estava à distância de 100 metros do ponto de táxi.
 [Distância está especificada (de 100 m) = crase]
 O ensino a distância não para de crescer.
 [Distância não está sendo especificada = sem crase]
Crase
Crase não... Crase não
Antes de palavras masculinas - eu não vou usar
Antes de verbos - eu não vou usar
Antes de pronome que repelem artigo – eu não vou usar
Entre palavras repetidas - eu não vou usar
Antes de QUEM e CUJA - eu não vou usar
A preposição + palavra , plural – eu não vou usar
Crase facultativa... Crase facultativa
Antes de nomes de mulheres - é facultativa
Antes de possessivos femininos - é facultativa
Depois da preposição ATÉ - é facultativa
Se vou de A e volto DA – eu vou “crasear”.
Se vou de A e volto DE – crase pra quê?

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a crase.pdf

Crase
CraseCrase
Crase
CraseCrase
Camões crase
Camões   craseCamões   crase
Camões crase
Christiane Queiroz
 
Crase
CraseCrase
Crase
CraseCrase
Crase
CrisBiagio
 
Uso da crase
Uso da crase Uso da crase
Uso da crase
sandra
 
Crase
CraseCrase
Crase 2
Crase 2Crase 2
7 crase
7 crase7 crase
Crase2 120529191625-phpapp01
Crase2 120529191625-phpapp01Crase2 120529191625-phpapp01
Crase2 120529191625-phpapp01
Isabella Silva
 
CRASE.pptx
CRASE.pptxCRASE.pptx
CRASE.pptx
FtimaDantas7
 
Crase
CraseCrase
Crase
Tio Hatiro
 
Gramática crase
Gramática craseGramática crase
Gramática crase
Walter Mendes
 
Aula sobre crase
Aula sobre craseAula sobre crase
Aula sobre crase
catarinodilson
 
crases-130528213521-phpapp01 (1).pptx
crases-130528213521-phpapp01 (1).pptxcrases-130528213521-phpapp01 (1).pptx
crases-130528213521-phpapp01 (1).pptx
sheyllafeitosa1
 
Crase
CraseCrase
Nilvaandrade ativ5
Nilvaandrade ativ5Nilvaandrade ativ5
Nilvaandrade ativ5
nilvaandrade
 
Nilvaandrade ativ5
Nilvaandrade ativ5Nilvaandrade ativ5
Nilvaandrade ativ5
nilvaandrade
 
USO DA CRASE
USO DA CRASEUSO DA CRASE
USO DA CRASE
claudianavegante
 
CRASE CONTINUAÇÃO.pptx
CRASE CONTINUAÇÃO.pptxCRASE CONTINUAÇÃO.pptx
CRASE CONTINUAÇÃO.pptx
SauloTeixeira11
 

Semelhante a crase.pdf (20)

Crase
CraseCrase
Crase
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Camões crase
Camões   craseCamões   crase
Camões crase
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Uso da crase
Uso da crase Uso da crase
Uso da crase
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Crase 2
Crase 2Crase 2
Crase 2
 
7 crase
7 crase7 crase
7 crase
 
Crase2 120529191625-phpapp01
Crase2 120529191625-phpapp01Crase2 120529191625-phpapp01
Crase2 120529191625-phpapp01
 
CRASE.pptx
CRASE.pptxCRASE.pptx
CRASE.pptx
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Gramática crase
Gramática craseGramática crase
Gramática crase
 
Aula sobre crase
Aula sobre craseAula sobre crase
Aula sobre crase
 
crases-130528213521-phpapp01 (1).pptx
crases-130528213521-phpapp01 (1).pptxcrases-130528213521-phpapp01 (1).pptx
crases-130528213521-phpapp01 (1).pptx
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Nilvaandrade ativ5
Nilvaandrade ativ5Nilvaandrade ativ5
Nilvaandrade ativ5
 
Nilvaandrade ativ5
Nilvaandrade ativ5Nilvaandrade ativ5
Nilvaandrade ativ5
 
USO DA CRASE
USO DA CRASEUSO DA CRASE
USO DA CRASE
 
CRASE CONTINUAÇÃO.pptx
CRASE CONTINUAÇÃO.pptxCRASE CONTINUAÇÃO.pptx
CRASE CONTINUAÇÃO.pptx
 

crase.pdf

  • 2. CRASE ❖Fusão --- Mistura  Preposição a + artigo a (visita à praia)  Preposição a + pronome aquele (superior àquele)  Preposição a + demonstrativo a (voz igual à do irmão)
  • 3. ACENTO GRAVE ❖Graficamente representado por um traço oblíquo para a esquerda, o acento grave é colocado apenas sobre a vogal a, indicando que há crase, ou seja, que ocorre a contração da preposição a com outra palavra.  à (a + a);  às (a + as);  àquele (a + aquele);  àqueles (a + aqueles);  àquela (a + aquela);  àquelas (a + aquelas);  àquilo (a + aquilo);
  • 4. Não ocorre crase  Diante de palavras masculinas:  Isto cheira a perfume francês.  Gostava de andar a pé.
  • 5. Não ocorre crase  Diante de verbos:  Ainda há muita coisa a fazer.  Estava disposto a disputar uma vaga.
  • 6. Não ocorre crase  Diante da maioria dos pronomes:  Entregaram o prêmio a ela.  Peço licença a Vossa Excelência.  Fizeram referência a esta carta.  Não fizeram alusão a alguma possibilidade de devolução da mercadoria.  Referiu-se à mesma resposta.  Entregaram o prêmio à senhorita.
  • 7. Não ocorre crase  Nas expressões formadas por palavras repetidas:  Ficou cara a cara com o inimigo.  Contava as moedas uma a uma.
  • 8. Não ocorre crase  Antes das palavras QUEM, CUJO(S) e CUJA(S): Era geniosa a funcionária a quem se reportava Eis o documento a cuja cópia me refiro
  • 9. Não ocorre crase  Diante de substantivos empregados em sentido genérico:  Falava a pessoas desinteressadas.  Fez alusão a cidades litorâneas.  Não se referiu a criatura alguma.
  • 10. Não ocorre crase  Diante das palavras casa (no sentido de “lar”, “moradia”)e terra (no sentido de “chão firme”):  Voltou a casa.  O navio estava chegando a terra.  O marinheiro foi a terra.  Voltou à casa dos pais.  Voltou à terra natal.  Os astronautas regressaram à Terra.
  • 11. Crase Facultativa  Diante de nomes próprios de pessoas do sexo feminino:  Ele fez referência a Sandra.  Ele fez referência à Sandra.
  • 12. Crase Facultativa  Depois da preposição até:  Fomos até a feira.  Fomos até à feira.
  • 13. Crase Facultativa  Diante de pronomes possessivos femininos adjetivos: Obedeço a minha irmã. Obedeço à minha irmã. Minha ideias não são iguais às suas. (uso obrigatório)
  • 14. Diante de nomes de lugar  Se vou de A e volto DA – vou “crasear”; Se vou de A e volto DE – crase pra quê?  Vou à Itália.  Vou à Argentina.  Vou a Roma.  Vou a Curitiba.  Vou à Roma antiga.  Vou à moderna Curitiba.
  • 15. Usa-se crase  Com expressões adverbiais, prepositivas e conjuntivas (à tarde, à noite, à moda, à proporção que...)  Vendi à vista o relógio que ganhei numa rifa.  Ando à procura de um amigo.  Andava às pressas.  Agia às escondidas.  Pediu um filé à Camões. (=à moda de)  À medida que estudava, mais entendia a matéria.
  • 16. A crase e as horas  Chegou às oito horas.  (Chegou a0 meio-dia.)  Estou aqui desde as treze horas.  (Estou aqui desde o meio-dia.)  O aumento entra em vigor à zero hora.  Veio à meia-noite em ponto.  Irá a uma hora qualquer. Substitua a expressão que indica horas por MEIO-DIA.
  • 17. Crase diante de numeral 1) quando houver, subentendido diante do numeral, um substantivo feminino definido, que não se repete por questão de estilo:  Li da página 1 à 10.  [da página 1 à página 10]  Caminhou da rua Augusta à 7 de Setembro.  [da rua Augusta à rua 7]
  • 18. Crase diante de numeral  2) quando houver explicitamente junto ao numeral um substantivo feminino determinado (do qual o numeral é apenas um dos determinativos):  Dirigiu-se às duas crianças abandonadas.  Servem café da manhã grátis às dez primeiras pessoas que aparecem no hotel.  Chegou-se, dessa forma, às 12 propostas descritas no memorial.
  • 19. Crase com os pronomes demonstrativos Aquele(s), aquela(s), aquilo  Assisti àquele filme.  Aspiro àquela vaga.  Prefiro isto àquilo.
  • 20. QUE  Ocorre a crase da preposição A com os pronomes demonstrativos A e AS (=aquela, aquelas).  Sua caneta era igual à que comprei.  (Sua caneta era igual a + aquela que comprei.) àquela  Esta é a faculdade a que aspiro.  Esta é a cidade a que iremos.
  • 21. A qual e as quais  Ocorrerá crase com os pronomes relativos a qual e as quais quando esses pronomes vierem antecedidos pela preposição A, exigida por um termo da oração que tais pronomes introduzem:  A cidade à qual iremos possui praias às quais chegaremos.
  • 22. A distância ou à distância?  Se “distância” estiver especificada, a crase será empregada:  Ela estava à distância de 100 metros do ponto de táxi.  [Distância está especificada (de 100 m) = crase]  O ensino a distância não para de crescer.  [Distância não está sendo especificada = sem crase]
  • 23. Crase Crase não... Crase não Antes de palavras masculinas - eu não vou usar Antes de verbos - eu não vou usar Antes de pronome que repelem artigo – eu não vou usar Entre palavras repetidas - eu não vou usar Antes de QUEM e CUJA - eu não vou usar A preposição + palavra , plural – eu não vou usar
  • 24. Crase facultativa... Crase facultativa Antes de nomes de mulheres - é facultativa Antes de possessivos femininos - é facultativa Depois da preposição ATÉ - é facultativa
  • 25. Se vou de A e volto DA – eu vou “crasear”. Se vou de A e volto DE – crase pra quê?