SlideShare uma empresa Scribd logo
CONSCIÊNCIA
ECOLÓGICA
• Consciência ecológica é uma expressão, exaustivamente
utilizada na bibliografia especializada, de anos recentes, sem
uma preocupação da maioria dos autores de precisarem a que,
exatamente, estão se referindo. A noção focalizada se
contextualiza, historicamente, no período pós Segunda Guerra
Mundial, quando setores da sociedade ocidental industrializada
passam a expressar reação aos impactos destrutivos
produzidos pelo desenvolvimento tecnocientífico e urbano
industrial sobre o ambiente natural e construído. Representa o
despertar de uma compreensão e sensibilidade novas da
degradação do meio ambiente e das conseqüências desse
processo para a qualidade da vida humana e para o futuro da
espécie como um todo.
O que é Consciência
Ecológica
• Expressa a compreensão de que a presente crise ecológica articula
fenômenos naturais e sociais e, mais que isso, privilegia as razões
político-sociais da crise relativamente aos motivos biológicos e/ou
técnicos. Isto porque entende que a degradação ambiental é, na
verdade, conseqüência de um modelo, de organização político-social
e de desenvolvimento econômico, que estabelece prioridades e define
o que a sociedade deve produzir, como deve produzir e como será
distribuído o produto social. Isto implica no estabelecimento de um
determinado padrão tecnológico e de uso dos recursos naturais,
associados a uma forma específica de organização do trabalho e de
apropriação das riquezas socialmente produzidas. Comporta,
portanto, interesses divergentes entre os vários grupos sociais, dentre
os quais aqueles em posição hegemônica decidem os rumos sociais e
os impõe ao restante da sociedade. Assim, os impactos ecológicos e
os desequilíbrios sobre os ciclos biogeoquímicos são decorrentes de
decisões políticas e econômicas previamente tomadas. A solução para
tais problemas, por conseguinte, exige mudanças nas estruturas de
poder e de produção e não medidas superficiais e paliativas sobre
seus efeitos.
Crise Ambiental e
Consciência Ecológica• O notável acúmulo de armamentos nucleares nas décadas de 50, 60 e
70 ocasionou um sério risco de extermínio, algo que nunca tinha sido
possível anteriormente. A multiplicação de usinas nucleares levanta o
problema do escape de radioatividade para o meio ambiente e coloca a
questão do que fazer com o perigoso lixo atômico. O acúmulo de gás
carbônico também na atmosfera representa um risco de catástrofe,
pois ocasiona o crescimento do efeito estufa, que eleva as médias
térmicas da maior parte dos climas do planeta.
• Muitos outros problemas ambientais podem ser lembrados. Um deles é
a contaminação de alimentos por produtos químicos nocivos à saúde
humana, como agrotóxicos, adubos químicos, hormônios e
medicamentos aplicados comumente ao gado para que ele cresça
mais rapidamente ou não contraia doenças. Podemos acrescentar
ainda a crescente poluição dos oceanos e mares, o avanço da
desertificação, o desmatamento acelerado das últimas grandes
reservas florestais originais do planeta (Amazônia, bacia do rio Congo
e Taiga), a extinção irreversível de milhares ou até milhões de espécies
vegetais e animais, etc.

Recomendado para você

Capitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evoluçãoCapitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evolução

O documento descreve as três fases principais da evolução do capitalismo: 1) capitalismo comercial, 2) capitalismo industrial, 3) capitalismo financeiro. Cada fase teve suas próprias características de relações econômicas entre colônias e metrópoles. O capitalismo evoluiu para se adaptar às novas formas de relações políticas e econômicas estabelecidas entre as nações ao longo do tempo.

Relação entre sociedade e natureza
Relação entre sociedade e naturezaRelação entre sociedade e natureza
Relação entre sociedade e natureza

O documento discute a relação entre sociedade e natureza, definindo conceitos geográficos como lugar, paisagem, território e região. Também aborda ideias históricas sobre natureza e como ela passou a ser vista como mercadoria sob o capitalismo, com ênfase no desenvolvimento sustentável.

placas tectônicasnaturezaabalos sísmicos
Meio ambiente apresentacao final
Meio ambiente  apresentacao finalMeio ambiente  apresentacao final
Meio ambiente apresentacao final

O documento discute diversos tópicos relacionados ao meio ambiente, incluindo conceitos, recursos naturais, poluição, efeito estufa, preservação, legislação e como o trânsito afeta o meio ambiente. Aborda a importância da reciclagem e dos órgãos responsáveis pela proteção ambiental no Brasil.

aula de meio ambiente
• Podemos falar numa consciência ecológica da humanidade em
geral, embora com diferente ritmos – mais avançada no Norte e
mais tardia nos países subdesenvolvidos – , que se iniciou por
volta da década de 70 e cresce a cada ano. Trata-se da
consciência de estarmos todos numa mesma “nave espacial”, o
planeta Terra, o único que conhecemos que possibilitou a
existência de uma biosfera. Trata-se ainda da consciência de
que é imperativo para a própria sobrevivência da humanidade
modificar o nosso relacionamento com a natureza. A natureza
deixa aos poucos de ser vista como mero recurso inerte e passa
a ser encarada como um conjunto vivo do qual fazemos parte e
com o qual temos que procurar viver em harmonia.
A Importância da consciência
Ambiental para o Brasil e para
o Mundo
A partir da escassez dos recursos naturais, somado
ao crescimento desordenado da população mundial
e intensidade dos impactos ambientais, surge o
conflito da sustentabilidade dos sistemas
econômico e natural, e faz do meio ambiente um
tema literalmente estratégico e urgente.
A atual sociedade de consumo vem alterando de
forma cada vez mais perigosa a biosfera. No
capitalismo a função da natureza é exclusivamente
de promover recursos, mas em contrapartida as
consequências são extremamente negativas. Do
ponto de vista ambiental o mundo passa por uma
série de modificações, devido a esse processo
percebemos o fim do petróleo, escassez de água e
aquecimento global, tudo isso fruto da sociedade
industrial consumista.
O homem esquece que quando promove a destruição da
natureza ele está se autodestruindo pois esse é parte integrante
da natureza, esquece também que os elementos da natureza
(hidrosfera, atmosfera, litosfera, animais, plantas entre outros)
possui uma relação de interdependência.

Recomendado para você

Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global

O documento discute o aquecimento global, definindo-o como o aumento da temperatura média da Terra desde meados do século XX devido às emissões de gases causadoras do efeito estufa. Apontam-se as causas principais, como a queima de combustíveis fósseis, e algumas consequências, como o derretimento de geleiras e o aumento do nível do mar. Finalmente, sugerem-se medidas para combater o aquecimento global, como trocar lâmpadas e reduzir o uso de carros e plásticos.

Sobre viver em sociedade
Sobre viver em sociedadeSobre viver em sociedade
Sobre viver em sociedade

O documento discute como a sociologia contribui para o entendimento da condição humana e da vida em sociedade. Aponta que as sociedades são formadas por indivíduos que dependem uns dos outros para sobreviver e realizar objetivos. Também discute como a educação é essencial para preparar as pessoas a viverem juntas em sociedade, transmitindo conhecimentos e experiências entre gerações.

Dinamica globalizacao
Dinamica globalizacaoDinamica globalizacao
Dinamica globalizacao

O documento discute a expansão das multinacionais e os fluxos globais de mercadorias, pessoas, informações e capitais no contexto da globalização. As multinacionais transferem a produção industrial para países em desenvolvimento devido a mão de obra barata e incentivos, enquanto mantêm centros de pesquisa avançados nos países desenvolvidos. Isso e novas tecnologias permitem a fragmentação da produção entre países. As multinacionais impulsionam o comércio global e possuem receitas maiores que muitos países. Grandes cidades globais concent

fluxos da globalizaçãoglobalização
A Hipótese Gaia, do grego “mãe Terra”, divindade que também
recebia o nome de Gea, é uma nova visão de mundo, diz que a
natureza poderá impor limitações à existência da vida humana no
planeta. Algumas das limitações podem ser percebidas, como o
aquecimento global, ou efeito estufa, fenômeno que se
caracteriza pelo aumento da temperatura média do planeta,
provocando aumento dos níveis das águas oceânicas, além de
mudanças climáticas com efeitos imprevisíveis.
Com base nestes problemas alguns grupos começaram a
se preocupar, dando início a vários movimentos
ambientalistas e o despertar da consciência ecológica, é
lógico que isso não ocorre de forma homogênea nos
governos das maiores potências, pois vários acordos são
gerados, muitos não são cumpridos para não
comprometer a prosperidade econômica.
Hoje existem muitos movimentos ambientalistas, em sua
grande maioria se tratam de ONG´s (Organizações não
Governamentais), que lutam para preservar a natureza,
dentre muitas podemos citar:
• Greenpeace
• grupo de defesa ecológica
• SOS MATA ATLÂNTICA
• Fundo Mundial para a Natureza
Os movimentos em defesa surgiram principalmente a
partir da década de 1960 e 1970.
Qual caminho seguir na preservação ambiental num mundo
moderno em que não há maneiras de retroceder em condição de
vida?
Primeiro é preciso um despertar da sociedade, que é o agente
das questões ambientais, tanto positivas quanto negativas.
Atualmente existem várias correntes de pensamentos de
preservação, o conservacionismo (consiste no pensamento de
que a prioridade é a natureza com uma preocupação de
conservação para as demais gerações), desenvolvimentismo
ecológico (consiste no pensamento de que o mundo pode
continuar crescendo economicamente de forma sustentável) e
ecocapitalismo (corresponde ao pensamento capitalista de obter
vantagens com as questões ambientais).
Em busca de soluções para os problemas ambientais
são realizados, ocasionalmente, conferências,
congressos, acordos para discutir as possíveis maneiras
de solucionar ou pelo menos amenizar, alguns dos
principais eventos mundiais estão o:
• Rio 92
• Protocolo de Quioto
• Rio +10
e outras, além de outras discussões no campo
acadêmico. Em suma todos os questionamentos acerca
dos problemas ambientais devem ser encarados de
forma coletiva, pois não é só o poder governamental
que deve ter compromisso, mas sim todos os cidadãos
podem participar cada um fazendo sua parte.

Recomendado para você

Conflitos mundiais.
Conflitos mundiais.Conflitos mundiais.
Conflitos mundiais.

O documento resume os principais conflitos mundiais atualmente, incluindo questões no Oriente Médio, terrorismo na Europa, narcotráfico na América do Sul e vários conflitos na África. Os motivos incluem disputas étnicas, políticas, territoriais e econômicas, envolvendo fatores como religião, recursos naturais e colonialismo. Muitos conflitos são antigos e complexos com raízes históricas profundas.

Grandes Problemas Ambientais
Grandes Problemas AmbientaisGrandes Problemas Ambientais
Grandes Problemas Ambientais

O documento discute os principais problemas ambientais globais, incluindo o aumento do efeito estufa e do aquecimento global, a destruição da camada de ozono, a desflorestação e ameaças à Amazônia e Antártida, além de chuvas ácidas, resíduos perigosos e escassez de água.

Impactos ambientais
Impactos ambientaisImpactos ambientais
Impactos ambientais

O documento discute os principais impactos ambientais causados pela ação humana, como desmatamento, poluição do ar, solo e água, e aquecimento global. Também aborda as conferências internacionais sobre meio ambiente e o conceito de desenvolvimento sustentável.

O que foi a Rio-92?
Foi a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o
Desenvolvimento, realizada no Rio de Janeiro, em junho de 1992
reuniu mais de 100 chefes de Estado para debater formas de
desenvolvimento sustentável, um conceito relativamente novo à
época.
O é Protocolo de Quioto?
O chamado Protocolo de Quioto é um acordo internacional voltado
para a redução das emissões de gases de efeito estufa. O
protocolo foi o resultado de um longo processo de debate e
negociações envolvendo diversos países de todos os continentes.
O que é Rio +10 ?
um encontro de alto nível reunindo líderes mundiais, cidadãos
engajados, agências das Nações Unidas, instituições financeiras
multilaterais e outros grandes atores, para avaliar a mudança
global desde a histórica Conferência das Nações Unidas para o
Meio Ambiente e Desenvolvimento (Rio-92).
Alguns problemas causado pela
globalizaçãoPoluição atmosférica
O ar poluído penetra o pulmão e pode causar varias doenças como,
câncer pulmonar, asma, bronquite crônica, como varias outras
Efeito estufa
Acidificação é a
designação dada à
diminuição do pH
nos oceanos,
significando
aumento da acidez,
causada pelo
aumento do gás
carbônico
Chuva acida
(Efeitos)

Recomendado para você

Geografia para o enem
Geografia para o enemGeografia para o enem
Geografia para o enem

O documento discute assuntos recorrentes no ENEM sobre geografia, incluindo globalização, potências emergentes, clima, migrações internacionais, relevo, solos e recursos hídricos. O texto também fornece conceitos-chave como aldeia global, origens e características da globalização, efeitos da globalização e protestos anti-globalização.

enemgeografiageopolitica
Espaço geográfico
Espaço geográficoEspaço geográfico
Espaço geográfico

O documento discute as categorias geográficas do espaço geográfico, incluindo paisagem, lugar, região e território. Paisagem é definida como a combinação dos elementos físicos, biológicos e humanos de uma área, e pode ser natural ou cultural. Região se refere a uma parte do espaço geográfico com características semelhantes. Território é uma parte do espaço geográfico organizada cultural ou socialmente, geralmente delimitada por fronteiras.

Poluição dos solos
Poluição dos solosPoluição dos solos
Poluição dos solos

O documento discute a poluição dos solos, suas principais causas como resíduos industriais, agrícolas e urbanos, e suas consequências, como a contaminação de lençóis freáticos e a desfertilização da terra. Também apresenta formas de evitar a poluição do solo, como reciclagem, compostagem e cultivo orgânico.

Esgot
o
Lixo
Gráfico apresenta os
lixos que merecem
maior atenção na
forma de
porcentagem
Gráfico apresenta
três perguntas
sobre lixo,
envolvendo aterro e
lixo orgânico
Escassez de
água

Recomendado para você

Introdução A Geografia
Introdução A GeografiaIntrodução A Geografia
Introdução A Geografia

O documento introduz a geografia como a ciência que estuda as relações entre o homem e a natureza através do trabalho, resultando no espaço geográfico. Explica que a geografia investiga estas relações usando métodos de trabalho e técnicas de pesquisa como a observação direta e indireta. Finalmente, diferencia os tipos de paisagens naturais e humanizadas.

Capitalismo
CapitalismoCapitalismo
Capitalismo

O documento descreve a origem e evolução do capitalismo desde os séculos XV-XVI na Europa até a sua forma atual. O capitalismo passou por três fases principais: a comercial, a industrial e a financeira. Embora traga benefícios como progresso econômico, o capitalismo também gera problemas sociais que requerem intervenção estatal para reduzir desigualdades.

Problemas ambientais
Problemas ambientaisProblemas ambientais
Problemas ambientais

O documento discute vários problemas ambientais relacionados a recursos naturais como desmatamento, degradação de rios e aquíferos, biopirataria e falta de desenvolvimento sustentável. O desmatamento causa alterações climáticas e degradação do solo. A poluição por esgoto e agrotóxicos contamina rios e aquíferos, ameaçando o abastecimento de água.

Consciência Ecológica
Consciência Ecológica

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A sociedade de consumo e a degradação do
A sociedade de consumo e a degradação doA sociedade de consumo e a degradação do
A sociedade de consumo e a degradação do
Professor
 
Mudanças Climáticas
Mudanças ClimáticasMudanças Climáticas
9º Ano - Módulo 01 - Aula 01 - Introdução a globalização.
9º Ano - Módulo 01 - Aula 01 - Introdução a globalização.9º Ano - Módulo 01 - Aula 01 - Introdução a globalização.
9º Ano - Módulo 01 - Aula 01 - Introdução a globalização.
Cléber Figueiredo Beda de Ávila
 
Capitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evoluçãoCapitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evolução
Artur Lara
 
Relação entre sociedade e natureza
Relação entre sociedade e naturezaRelação entre sociedade e natureza
Relação entre sociedade e natureza
Colégio Nova Geração COC
 
Meio ambiente apresentacao final
Meio ambiente  apresentacao finalMeio ambiente  apresentacao final
Meio ambiente apresentacao final
neto Serafim
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
Prof.Paulo/geografia
 
Sobre viver em sociedade
Sobre viver em sociedadeSobre viver em sociedade
Sobre viver em sociedade
Mara Salvucci
 
Dinamica globalizacao
Dinamica globalizacaoDinamica globalizacao
Dinamica globalizacao
marceloyukiosato
 
Conflitos mundiais.
Conflitos mundiais.Conflitos mundiais.
Conflitos mundiais.
Douglas Gregorio
 
Grandes Problemas Ambientais
Grandes Problemas AmbientaisGrandes Problemas Ambientais
Grandes Problemas Ambientais
lidia76
 
Impactos ambientais
Impactos ambientaisImpactos ambientais
Impactos ambientais
Uilson Pereira da Silva
 
Geografia para o enem
Geografia para o enemGeografia para o enem
Geografia para o enem
LEONARDO RODRIGUES DA SILVA
 
Espaço geográfico
Espaço geográficoEspaço geográfico
Espaço geográfico
Carminha
 
Poluição dos solos
Poluição dos solosPoluição dos solos
Poluição dos solos
limaw
 
Introdução A Geografia
Introdução A GeografiaIntrodução A Geografia
Introdução A Geografia
Luciano Pessanha
 
Capitalismo
CapitalismoCapitalismo
Capitalismo
Janny Vitoriano
 
Problemas ambientais
Problemas ambientaisProblemas ambientais
Problemas ambientais
Fatima Freitas
 
Slide consumo-e-consumismo
Slide consumo-e-consumismoSlide consumo-e-consumismo
Slide consumo-e-consumismo
Cristina Meireles
 
Impactos ambientais intensivo
Impactos ambientais intensivoImpactos ambientais intensivo
Impactos ambientais intensivo
BIOLOGIA Associação Pré-FEDERAL
 

Mais procurados (20)

A sociedade de consumo e a degradação do
A sociedade de consumo e a degradação doA sociedade de consumo e a degradação do
A sociedade de consumo e a degradação do
 
Mudanças Climáticas
Mudanças ClimáticasMudanças Climáticas
Mudanças Climáticas
 
9º Ano - Módulo 01 - Aula 01 - Introdução a globalização.
9º Ano - Módulo 01 - Aula 01 - Introdução a globalização.9º Ano - Módulo 01 - Aula 01 - Introdução a globalização.
9º Ano - Módulo 01 - Aula 01 - Introdução a globalização.
 
Capitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evoluçãoCapitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evolução
 
Relação entre sociedade e natureza
Relação entre sociedade e naturezaRelação entre sociedade e natureza
Relação entre sociedade e natureza
 
Meio ambiente apresentacao final
Meio ambiente  apresentacao finalMeio ambiente  apresentacao final
Meio ambiente apresentacao final
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
 
Sobre viver em sociedade
Sobre viver em sociedadeSobre viver em sociedade
Sobre viver em sociedade
 
Dinamica globalizacao
Dinamica globalizacaoDinamica globalizacao
Dinamica globalizacao
 
Conflitos mundiais.
Conflitos mundiais.Conflitos mundiais.
Conflitos mundiais.
 
Grandes Problemas Ambientais
Grandes Problemas AmbientaisGrandes Problemas Ambientais
Grandes Problemas Ambientais
 
Impactos ambientais
Impactos ambientaisImpactos ambientais
Impactos ambientais
 
Geografia para o enem
Geografia para o enemGeografia para o enem
Geografia para o enem
 
Espaço geográfico
Espaço geográficoEspaço geográfico
Espaço geográfico
 
Poluição dos solos
Poluição dos solosPoluição dos solos
Poluição dos solos
 
Introdução A Geografia
Introdução A GeografiaIntrodução A Geografia
Introdução A Geografia
 
Capitalismo
CapitalismoCapitalismo
Capitalismo
 
Problemas ambientais
Problemas ambientaisProblemas ambientais
Problemas ambientais
 
Slide consumo-e-consumismo
Slide consumo-e-consumismoSlide consumo-e-consumismo
Slide consumo-e-consumismo
 
Impactos ambientais intensivo
Impactos ambientais intensivoImpactos ambientais intensivo
Impactos ambientais intensivo
 

Destaque

Consciencia Ecologica
Consciencia EcologicaConsciencia Ecologica
Consciencia Ecologica
guest86185b
 
Homem e consciência ecológica
Homem e consciência ecológicaHomem e consciência ecológica
Homem e consciência ecológica
Kelly da Silva
 
Ecologia para 6º ano
Ecologia para 6º anoEcologia para 6º ano
Ecologia para 6º ano
Jéssica Lamblet
 
Ecologia
EcologiaEcologia
Ecologia
Bio Sem Limites
 
Crise ambiental no mundo
Crise ambiental no mundoCrise ambiental no mundo
Crise ambiental no mundo
Gustavo Covarrubias
 
Conceitos De Ecologia Aula
Conceitos De Ecologia AulaConceitos De Ecologia Aula
Conceitos De Ecologia Aula
CPM
 
Conciencia ecologica
Conciencia ecologicaConciencia ecologica
Conciencia ecologica
Juan Carlos Fernandez
 
1029
10291029
Aula
AulaAula
Aula
CPM
 
Poluiçao
PoluiçaoPoluiçao
Poluiçao
CPM
 
Hipermidia
HipermidiaHipermidia
Hipermidia
CPM
 
Resumo Ilustrado
Resumo IlustradoResumo Ilustrado
Resumo Ilustrado
CPM
 
Consciência Ecológica (Ecologia)
Consciência Ecológica (Ecologia)Consciência Ecológica (Ecologia)
Consciência Ecológica (Ecologia)
David Quintino
 
Trabalhando Com Projetos
Trabalhando  Com ProjetosTrabalhando  Com Projetos
Trabalhando Com Projetos
CPM
 
Pegada ecológica
Pegada ecológicaPegada ecológica
Pegada ecológica
Neli Oliveira
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
profdelmar
 
Aula+crise+ambiental
Aula+crise+ambientalAula+crise+ambiental
Aula+crise+ambiental
rdbtava
 
A Pegada Ecológica
A Pegada EcológicaA Pegada Ecológica
A Pegada Ecológica
Diego La Torre
 
IndagaçõEs Sobre CurríCulo
IndagaçõEs Sobre CurríCuloIndagaçõEs Sobre CurríCulo
IndagaçõEs Sobre CurríCulo
CPM
 
Pegada ecológica
Pegada ecológicaPegada ecológica
Pegada ecológica
zeopas
 

Destaque (20)

Consciencia Ecologica
Consciencia EcologicaConsciencia Ecologica
Consciencia Ecologica
 
Homem e consciência ecológica
Homem e consciência ecológicaHomem e consciência ecológica
Homem e consciência ecológica
 
Ecologia para 6º ano
Ecologia para 6º anoEcologia para 6º ano
Ecologia para 6º ano
 
Ecologia
EcologiaEcologia
Ecologia
 
Crise ambiental no mundo
Crise ambiental no mundoCrise ambiental no mundo
Crise ambiental no mundo
 
Conceitos De Ecologia Aula
Conceitos De Ecologia AulaConceitos De Ecologia Aula
Conceitos De Ecologia Aula
 
Conciencia ecologica
Conciencia ecologicaConciencia ecologica
Conciencia ecologica
 
1029
10291029
1029
 
Aula
AulaAula
Aula
 
Poluiçao
PoluiçaoPoluiçao
Poluiçao
 
Hipermidia
HipermidiaHipermidia
Hipermidia
 
Resumo Ilustrado
Resumo IlustradoResumo Ilustrado
Resumo Ilustrado
 
Consciência Ecológica (Ecologia)
Consciência Ecológica (Ecologia)Consciência Ecológica (Ecologia)
Consciência Ecológica (Ecologia)
 
Trabalhando Com Projetos
Trabalhando  Com ProjetosTrabalhando  Com Projetos
Trabalhando Com Projetos
 
Pegada ecológica
Pegada ecológicaPegada ecológica
Pegada ecológica
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
 
Aula+crise+ambiental
Aula+crise+ambientalAula+crise+ambiental
Aula+crise+ambiental
 
A Pegada Ecológica
A Pegada EcológicaA Pegada Ecológica
A Pegada Ecológica
 
IndagaçõEs Sobre CurríCulo
IndagaçõEs Sobre CurríCuloIndagaçõEs Sobre CurríCulo
IndagaçõEs Sobre CurríCulo
 
Pegada ecológica
Pegada ecológicaPegada ecológica
Pegada ecológica
 

Semelhante a Consciência Ecológica

Meio ambiente bases hist. capítulo 1 - marília brandão
Meio ambiente bases hist.  capítulo 1 - marília brandãoMeio ambiente bases hist.  capítulo 1 - marília brandão
Meio ambiente bases hist. capítulo 1 - marília brandão
Edmo Filho
 
Meio ambiente e sustentabilidade aula
Meio ambiente e sustentabilidade aulaMeio ambiente e sustentabilidade aula
Meio ambiente e sustentabilidade aula
Alenilson De Sousa Nobre
 
Página 01
Página 01Página 01
Página 01
Rogerio Catanese
 
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
Rogério Bartilotti
 
Ecologia e valores
Ecologia e valoresEcologia e valores
Ecologia e valores
Zaara Miranda
 
Questão Ambiental
Questão AmbientalQuestão Ambiental
Questão Ambiental
Rogerio Silveira
 
Aulao aquecimento global e sustentabilidade
Aulao aquecimento global e sustentabilidadeAulao aquecimento global e sustentabilidade
Aulao aquecimento global e sustentabilidade
Tatiane Assunção
 
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptxEDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
TeresaSantosSeabra
 
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptxEDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
TeresaSantosSeabra
 
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptxEDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
isabelkakunga
 
Manual Saneamento - FUNASA
Manual Saneamento - FUNASAManual Saneamento - FUNASA
Manual Saneamento - FUNASA
charlessousa192
 
problematica ambiental
problematica ambientalproblematica ambiental
problematica ambiental
Elvis Enhard
 
mini seminário 'Em busca da qualidade de vida'
mini seminário 'Em busca da qualidade de vida'mini seminário 'Em busca da qualidade de vida'
mini seminário 'Em busca da qualidade de vida'
Suellen Vitória
 
Iso 14000 resumo
Iso 14000   resumoIso 14000   resumo
Iso 14000 resumo
Faculdade de Palmas
 
Ppoint.DegradaçãO.Educ.Amb
Ppoint.DegradaçãO.Educ.AmbPpoint.DegradaçãO.Educ.Amb
Ppoint.DegradaçãO.Educ.Amb
Albano Novaes
 
Pcn 10.3 Tt Meio Ambiente
Pcn   10.3   Tt Meio AmbientePcn   10.3   Tt Meio Ambiente
Pcn 10.3 Tt Meio Ambiente
literatoliberato
 
Meioambiente
MeioambienteMeioambiente
Meioambiente
liarosamoura
 
PCN meio ambiente
PCN meio ambientePCN meio ambiente
PCN meio ambiente
klimata
 
Meioambiente
MeioambienteMeioambiente
Meioambiente
isabela30
 
Meioambiente
MeioambienteMeioambiente
Meioambiente
Carla Rodrigues
 

Semelhante a Consciência Ecológica (20)

Meio ambiente bases hist. capítulo 1 - marília brandão
Meio ambiente bases hist.  capítulo 1 - marília brandãoMeio ambiente bases hist.  capítulo 1 - marília brandão
Meio ambiente bases hist. capítulo 1 - marília brandão
 
Meio ambiente e sustentabilidade aula
Meio ambiente e sustentabilidade aulaMeio ambiente e sustentabilidade aula
Meio ambiente e sustentabilidade aula
 
Página 01
Página 01Página 01
Página 01
 
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
 
Ecologia e valores
Ecologia e valoresEcologia e valores
Ecologia e valores
 
Questão Ambiental
Questão AmbientalQuestão Ambiental
Questão Ambiental
 
Aulao aquecimento global e sustentabilidade
Aulao aquecimento global e sustentabilidadeAulao aquecimento global e sustentabilidade
Aulao aquecimento global e sustentabilidade
 
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptxEDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
 
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptxEDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
 
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptxEDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
EDUCAÇÃO AMBIENTAL. NOVO.pptx
 
Manual Saneamento - FUNASA
Manual Saneamento - FUNASAManual Saneamento - FUNASA
Manual Saneamento - FUNASA
 
problematica ambiental
problematica ambientalproblematica ambiental
problematica ambiental
 
mini seminário 'Em busca da qualidade de vida'
mini seminário 'Em busca da qualidade de vida'mini seminário 'Em busca da qualidade de vida'
mini seminário 'Em busca da qualidade de vida'
 
Iso 14000 resumo
Iso 14000   resumoIso 14000   resumo
Iso 14000 resumo
 
Ppoint.DegradaçãO.Educ.Amb
Ppoint.DegradaçãO.Educ.AmbPpoint.DegradaçãO.Educ.Amb
Ppoint.DegradaçãO.Educ.Amb
 
Pcn 10.3 Tt Meio Ambiente
Pcn   10.3   Tt Meio AmbientePcn   10.3   Tt Meio Ambiente
Pcn 10.3 Tt Meio Ambiente
 
Meioambiente
MeioambienteMeioambiente
Meioambiente
 
PCN meio ambiente
PCN meio ambientePCN meio ambiente
PCN meio ambiente
 
Meioambiente
MeioambienteMeioambiente
Meioambiente
 
Meioambiente
MeioambienteMeioambiente
Meioambiente
 

Último

Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Manejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhasManejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhas
Geagra UFG
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docxPlano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
IsaiasJohaneSimango
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
FLAVIOROBERTOGOUVEA
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 

Último (20)

Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Manejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhasManejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhas
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
 
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docxPlano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 

Consciência Ecológica

  • 2. • Consciência ecológica é uma expressão, exaustivamente utilizada na bibliografia especializada, de anos recentes, sem uma preocupação da maioria dos autores de precisarem a que, exatamente, estão se referindo. A noção focalizada se contextualiza, historicamente, no período pós Segunda Guerra Mundial, quando setores da sociedade ocidental industrializada passam a expressar reação aos impactos destrutivos produzidos pelo desenvolvimento tecnocientífico e urbano industrial sobre o ambiente natural e construído. Representa o despertar de uma compreensão e sensibilidade novas da degradação do meio ambiente e das conseqüências desse processo para a qualidade da vida humana e para o futuro da espécie como um todo. O que é Consciência Ecológica
  • 3. • Expressa a compreensão de que a presente crise ecológica articula fenômenos naturais e sociais e, mais que isso, privilegia as razões político-sociais da crise relativamente aos motivos biológicos e/ou técnicos. Isto porque entende que a degradação ambiental é, na verdade, conseqüência de um modelo, de organização político-social e de desenvolvimento econômico, que estabelece prioridades e define o que a sociedade deve produzir, como deve produzir e como será distribuído o produto social. Isto implica no estabelecimento de um determinado padrão tecnológico e de uso dos recursos naturais, associados a uma forma específica de organização do trabalho e de apropriação das riquezas socialmente produzidas. Comporta, portanto, interesses divergentes entre os vários grupos sociais, dentre os quais aqueles em posição hegemônica decidem os rumos sociais e os impõe ao restante da sociedade. Assim, os impactos ecológicos e os desequilíbrios sobre os ciclos biogeoquímicos são decorrentes de decisões políticas e econômicas previamente tomadas. A solução para tais problemas, por conseguinte, exige mudanças nas estruturas de poder e de produção e não medidas superficiais e paliativas sobre seus efeitos.
  • 4. Crise Ambiental e Consciência Ecológica• O notável acúmulo de armamentos nucleares nas décadas de 50, 60 e 70 ocasionou um sério risco de extermínio, algo que nunca tinha sido possível anteriormente. A multiplicação de usinas nucleares levanta o problema do escape de radioatividade para o meio ambiente e coloca a questão do que fazer com o perigoso lixo atômico. O acúmulo de gás carbônico também na atmosfera representa um risco de catástrofe, pois ocasiona o crescimento do efeito estufa, que eleva as médias térmicas da maior parte dos climas do planeta. • Muitos outros problemas ambientais podem ser lembrados. Um deles é a contaminação de alimentos por produtos químicos nocivos à saúde humana, como agrotóxicos, adubos químicos, hormônios e medicamentos aplicados comumente ao gado para que ele cresça mais rapidamente ou não contraia doenças. Podemos acrescentar ainda a crescente poluição dos oceanos e mares, o avanço da desertificação, o desmatamento acelerado das últimas grandes reservas florestais originais do planeta (Amazônia, bacia do rio Congo e Taiga), a extinção irreversível de milhares ou até milhões de espécies vegetais e animais, etc.
  • 5. • Podemos falar numa consciência ecológica da humanidade em geral, embora com diferente ritmos – mais avançada no Norte e mais tardia nos países subdesenvolvidos – , que se iniciou por volta da década de 70 e cresce a cada ano. Trata-se da consciência de estarmos todos numa mesma “nave espacial”, o planeta Terra, o único que conhecemos que possibilitou a existência de uma biosfera. Trata-se ainda da consciência de que é imperativo para a própria sobrevivência da humanidade modificar o nosso relacionamento com a natureza. A natureza deixa aos poucos de ser vista como mero recurso inerte e passa a ser encarada como um conjunto vivo do qual fazemos parte e com o qual temos que procurar viver em harmonia.
  • 6. A Importância da consciência Ambiental para o Brasil e para o Mundo A partir da escassez dos recursos naturais, somado ao crescimento desordenado da população mundial e intensidade dos impactos ambientais, surge o conflito da sustentabilidade dos sistemas econômico e natural, e faz do meio ambiente um tema literalmente estratégico e urgente.
  • 7. A atual sociedade de consumo vem alterando de forma cada vez mais perigosa a biosfera. No capitalismo a função da natureza é exclusivamente de promover recursos, mas em contrapartida as consequências são extremamente negativas. Do ponto de vista ambiental o mundo passa por uma série de modificações, devido a esse processo percebemos o fim do petróleo, escassez de água e aquecimento global, tudo isso fruto da sociedade industrial consumista.
  • 8. O homem esquece que quando promove a destruição da natureza ele está se autodestruindo pois esse é parte integrante da natureza, esquece também que os elementos da natureza (hidrosfera, atmosfera, litosfera, animais, plantas entre outros) possui uma relação de interdependência.
  • 9. A Hipótese Gaia, do grego “mãe Terra”, divindade que também recebia o nome de Gea, é uma nova visão de mundo, diz que a natureza poderá impor limitações à existência da vida humana no planeta. Algumas das limitações podem ser percebidas, como o aquecimento global, ou efeito estufa, fenômeno que se caracteriza pelo aumento da temperatura média do planeta, provocando aumento dos níveis das águas oceânicas, além de mudanças climáticas com efeitos imprevisíveis.
  • 10. Com base nestes problemas alguns grupos começaram a se preocupar, dando início a vários movimentos ambientalistas e o despertar da consciência ecológica, é lógico que isso não ocorre de forma homogênea nos governos das maiores potências, pois vários acordos são gerados, muitos não são cumpridos para não comprometer a prosperidade econômica. Hoje existem muitos movimentos ambientalistas, em sua grande maioria se tratam de ONG´s (Organizações não Governamentais), que lutam para preservar a natureza, dentre muitas podemos citar: • Greenpeace • grupo de defesa ecológica • SOS MATA ATLÂNTICA • Fundo Mundial para a Natureza Os movimentos em defesa surgiram principalmente a partir da década de 1960 e 1970.
  • 11. Qual caminho seguir na preservação ambiental num mundo moderno em que não há maneiras de retroceder em condição de vida? Primeiro é preciso um despertar da sociedade, que é o agente das questões ambientais, tanto positivas quanto negativas. Atualmente existem várias correntes de pensamentos de preservação, o conservacionismo (consiste no pensamento de que a prioridade é a natureza com uma preocupação de conservação para as demais gerações), desenvolvimentismo ecológico (consiste no pensamento de que o mundo pode continuar crescendo economicamente de forma sustentável) e ecocapitalismo (corresponde ao pensamento capitalista de obter vantagens com as questões ambientais).
  • 12. Em busca de soluções para os problemas ambientais são realizados, ocasionalmente, conferências, congressos, acordos para discutir as possíveis maneiras de solucionar ou pelo menos amenizar, alguns dos principais eventos mundiais estão o: • Rio 92 • Protocolo de Quioto • Rio +10 e outras, além de outras discussões no campo acadêmico. Em suma todos os questionamentos acerca dos problemas ambientais devem ser encarados de forma coletiva, pois não é só o poder governamental que deve ter compromisso, mas sim todos os cidadãos podem participar cada um fazendo sua parte.
  • 13. O que foi a Rio-92? Foi a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, realizada no Rio de Janeiro, em junho de 1992 reuniu mais de 100 chefes de Estado para debater formas de desenvolvimento sustentável, um conceito relativamente novo à época. O é Protocolo de Quioto? O chamado Protocolo de Quioto é um acordo internacional voltado para a redução das emissões de gases de efeito estufa. O protocolo foi o resultado de um longo processo de debate e negociações envolvendo diversos países de todos os continentes. O que é Rio +10 ? um encontro de alto nível reunindo líderes mundiais, cidadãos engajados, agências das Nações Unidas, instituições financeiras multilaterais e outros grandes atores, para avaliar a mudança global desde a histórica Conferência das Nações Unidas para o Meio Ambiente e Desenvolvimento (Rio-92).
  • 14. Alguns problemas causado pela globalizaçãoPoluição atmosférica O ar poluído penetra o pulmão e pode causar varias doenças como, câncer pulmonar, asma, bronquite crônica, como varias outras
  • 16. Acidificação é a designação dada à diminuição do pH nos oceanos, significando aumento da acidez, causada pelo aumento do gás carbônico Chuva acida (Efeitos)
  • 18. Lixo
  • 19. Gráfico apresenta os lixos que merecem maior atenção na forma de porcentagem Gráfico apresenta três perguntas sobre lixo, envolvendo aterro e lixo orgânico