SlideShare uma empresa Scribd logo
Confronto Histórico

Adolescentes Vencedores
Lição 4 – Livro de Gálatas
  4º Trimestre de 2012
Objetivos da Lição
1. CONHECER os principais assuntos abordados
   na Epístola aos Gálatas.
2. DESCREVER a batalha espiritual do cristão
   contra as obras da carne.
3. DEFINIR as principais virtudes que compõem
   o fruto do Espírito.
ESTRUTURA DA LIÇÃO
I. Um confronto Histórico
II. Fruto do Espírito X Obras da carne
III. Um time campeão
INTRODUÇÃO
• AUTOR: Paulo
• DATA: Aprox. 49 d.C.
• LOCAL: Antioquia
• DESTINATÁRIOS: As igrejas do sul da Galácia
  fundadas na 1º viagem missionária de Paulo.
• CARACTÉRISTICA PARTICULAR: Esta carta não foi
  escrita para uma igreja especifica, mas
  provavelmente para todas as igrejas da Galácia.
  Esta é a única carta que ele explicitamente se
  dirige a várias igrejas.
INTRODUÇÃO
             VISÃO PANORÂMICA

Paulo tomou conhecimento de que certos
mestres judaicos estavam inquietando seus novos
convertidos na Galácia, impondo-lhes a
circuncisão e o jugo da lei mosaica como
requisitos necessários à salvação e ao ingresso na
igreja. Paulo escreve para demonstrar que a
operação da lei nada haver tem com a graça, para
afirmar que a salvação se recebe por meio da
graça mediante a fé e não sob a lei.
INTRODUÇÃO
     PRINCIPAIS TEMAS DO LIVRO DE GÁLATAS

1.   Lei
2.   Fé
3.   Liberdade
4.   Espírito Santo
I. UM CONFRONTO HISTÓRICO
•   Há duas naturezas dentro do ser humano.
•   Uma se chama espiritual e a outra carnal
•   Estas duas naturezas nunca irão estar em
    acordo. Sempre irão ser opostas uma a outra.
•   De modo que, se agradarmos a uma iremos
    desagradar a outra. Assim como não podemos
    servir a dois senhores.
•   Isso não significa que temos Deus e o Diabo
    dentro de nós. Deus e o Diabo são pessoas,
    natureza não é uma pessoa, mas trabalha e atua
    nas pessoas.
I. UM CONFRONTO HISTÓRICO
• As naturezas são inclinações que nós temos.
• Adão e Eva, antes de pecar, possuíam uma
  natureza pura, porém, ao escolherem a
  árvore do conhecimento do BEM (Espiritual)
  e do MAL (Carnal), ganharam este conflito
  interior.
• A natureza carnal já está no homem, mesmo
  que ele não queira, da mesma forma que a
  natureza espiritual.
I. UM CONFRONTO HISTÓRICO
• A responsabilidade do ser humano agora é alimentar a
  natureza espiritual e desnutrir a natureza carnal.
• Este é um confronto histórico que se iniciou com Adão
  e Eva e passou de geração a geração e chegou até a
  nós.
• Em certo sentido, a natureza espiritual é mais “fraca”
  que a carnal. Por que? Por que a natureza carnal se
  alimenta de “lixo” e a espiritual somente de coisas
  boas. Como é mais fácil achar o que não presta, então
  a natureza espiritual fica vulnerável se não Buscarmos
  alimento para ela.
I. UM CONFRONTO HISTÓRICO
• Assim como não se pode servir a dois
  senhores, assim também, não se pode
  alimentar duas naturezas ao “mesmo tempo”.
• Na alimentação da natureza o tempo é
  fundamental.
• Se soubermos como estamos utilizando o
  nosso tempo saberemos para quem estamos
  jogando.
I. UM CONFRONTO HISTÓRICO
• Em todo o tempo estaremos alimentando uma
  natureza, até mesmo, se não percebemos.
• Temos 24 horas por dia, e durante 24 horas
  estamos alimentando uma natureza. Lembre-se
  quando você alimenta uma deixa de alimentar
  outra.
• Sempre será mais “fácil” alimentar a natureza
  carnal. Por que? Por que ela não é exigente com
  o que se alimenta. Ela só não gosta daquilo que
  agrada a Deus.
I. UM CONFRONTO HISTÓRICO
• Veja no quadro, no próximo slide, que o
  “time” carnal é mais “reforçado” do que o
  espiritual, porém veremos a seguir que só um
  jogador do time espiritual consegue ganhar o
  jogo de goleada.
I. UM CONFRONTO HISTÓRICO
NATUREZA ESPIRITUAL   NATUREZA CARNAL
•   Amor              •   Prostituição
                      •   Impureza
•   Alegria           •   Lascívia
                      •   Idolatria
•   Paz               •   Feitiçaria
•   Longanimidade     •   Inimizades
                      •   Porfias
•   Bondade           •   Emulações
                      •
•   Fé                •
                          Iras
                          Pelejas
•   Mansidão          •   Dissensões
                      •   Heresias
•   Temperança        •   Invejas
•   Justiça           •   Homicidios
                      •   Bebedices
•   Verdade           •   glutonarias
II. FRUTO DO ESPÍRITO X OBRAS DA
                CARNE
• Onde as duas natureza operam? Dentro do ser
  humano.          SER HUMANO




              Natureza
              Espiritual   X   Natureza
                               Carnal
II. FRUTO DO ESPÍRITO X OBRAS DA
              CARNE
O QUE PRECISAMOS PARA VENCER AS OBRAS
DA CARNE?




       SANTIFICAÇÃO
II. FRUTO DO ESPÍRITO X OBRAS DA
                CARNE
O que é Santificação?
• É o PROCESSO de separação do mundo. Veja bem que
  não é nada instantâneo, mas sim um processo.
• Santificação não é eu ser PECADOR agora e depois de
  alguns minutos já ser SANTO no sentido literal da
  palavra.
• Santificação é um processo. Todo processo possui
  etapas. Toda etapa exige mudanças. A cada nova etapa
  que você entra dentro do processo de santificação sua
  vida vai mudando. Você vai se distanciando das obras
  da carne e chegando cada vez mais próximo ao amor
  de Deus.
II. FRUTO DO ESPÍRITO X OBRAS DA
              CARNE



FRUTO DO             OBRAS DA
 ESPÍRITO             CARNE
II. FRUTO DO ESPÍRITO X OBRAS DA
                CARNE
• Quando o Fruto do Espírito sai vencedor deste
  confronto, exposto no slide anterior, ocorre o que
  chamamos e denominamos de SANTIFICAÇÃO.
• A SANTIFICAÇÃO só acontece quando a natureza
  espiritual vence a carnal. E quando a natureza
  espiritual vence não significa que venceu para sempre.
• Como a santificação acontece no tempo, em tão em
  todo o tempo temos que está lutando. A santificação é
  continua e constante. Ela deve acontecer a cada
  segundo. A cada segundo temos que lutar contra o mal
  que está em nós.
II. FRUTO DO ESPÍRITO X OBRAS DA
                CARNE
• Veja que a SANTIFICAÇÃO é um processo de
  SEPARAÇÃO, de DISTANCIAMENTO, de deixar
  PARA TRÁS, as obras da carne e não um
  ISOLAMENTO.
• Se ISOLAR do mundo e das pessoas não é
  SANTIFICAÇÃO. Não é possível se santificar
  sozinho.
• Para realmente sabermos se estamos santificados
  é preciso vivemos no mundo como não
  pertencêssemos a ele, e não se isolar dele.
III. UM TIME CAMPEÃO
• AMOR: O amor sozinho ganha todo o jogo. Por que?
  Por que quem ama não peca e nem faz o seu próximo
  pecar.
• O pecado faz parte do EGOÍSMO. Uma pessoa egoísta é
  uma pessoa que não tem o Amor dentro de si. Lembre-
  se DEUS É AMOR. Ele é o próprio amor. O amor se
  alegra, o amor traz paz, o amor é sereno, é calmo. O
  amor faz bem e é bom. O amor acredita em Deus. O
  amor é manso de coração, o amor não é fingido. O
  amor não é extravagante e sim temperado,
  equilibrado. Sendo assim, o amor engloba em si, todos
  os outros Frutos do Espírito. Por isso quem ama já
  cumpriu toda a LEI. Quem ama não peca.
BIBLIOGRAFIA
• Bíblia de Estudo Pentecostal.
• Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal.
• Bíblia Revelada – Versão Di Nelson.
• Phillips, John. Explorando as Escrituras. CPAD
• Richards, O. Lawrence. Guia do Leitor da Bíblia.
  CPAD.
• Bíblia Sagrada – The Mensage.
• Revista Adolescentes Vencedores. Cartas que
  Ensinam.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristãoO fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristão
Eduardo Sousa Gomes
 
Estudo sobre anatureza humana
Estudo sobre anatureza humanaEstudo sobre anatureza humana
Estudo sobre anatureza humana
Manaus Anúncios
 
O Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito SantoO Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito Santo
Quenia Damata
 
E.b.d adultos 1ºtrimestre 2017 lição 01
E.b.d   adultos 1ºtrimestre 2017 lição 01E.b.d   adultos 1ºtrimestre 2017 lição 01
E.b.d adultos 1ºtrimestre 2017 lição 01
Joel Silva
 
EBD 1°TRIMESTRE 2017 Lição 10 Mansidão:Torna o crente apto para evitar pelejas.
EBD 1°TRIMESTRE 2017 Lição 10 Mansidão:Torna o crente apto para evitar pelejas.EBD 1°TRIMESTRE 2017 Lição 10 Mansidão:Torna o crente apto para evitar pelejas.
EBD 1°TRIMESTRE 2017 Lição 10 Mansidão:Torna o crente apto para evitar pelejas.
GIDEONE Moura Santos Ferreira
 
LIÇÃO 1 - AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITO
LIÇÃO 1 - AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITOLIÇÃO 1 - AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITO
LIÇÃO 1 - AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITO
Lourinaldo Serafim
 
Os Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneOs Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da Carne
Márcio Martins
 
Ebd 1 trimestre 2017 lição 1 as obras da carne e o fruto do espírito
Ebd 1 trimestre 2017 lição 1  as obras da carne e o fruto do espíritoEbd 1 trimestre 2017 lição 1  as obras da carne e o fruto do espírito
Ebd 1 trimestre 2017 lição 1 as obras da carne e o fruto do espírito
GIDEONE Moura Santos Ferreira
 
Estudo biblico 22
Estudo biblico 22Estudo biblico 22
Estudo biblico 22
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
3. a nova vida em cristo
3. a nova vida em cristo3. a nova vida em cristo
3. a nova vida em cristo
talmidimted
 
Sobre os Dons e Frutos do Espírito Santo -O Fruto do Amor
Sobre os Dons e Frutos do Espírito Santo -O Fruto do AmorSobre os Dons e Frutos do Espírito Santo -O Fruto do Amor
Sobre os Dons e Frutos do Espírito Santo -O Fruto do Amor
Rosiane Reis
 
Espírito X Carne _ Como está o Placar
Espírito X Carne _ Como está o PlacarEspírito X Carne _ Como está o Placar
Espírito X Carne _ Como está o Placar
fgondim
 
O odre
O odreO odre
As obras da carne e os frutos do espírito santo
As obras da carne e os frutos do espírito santoAs obras da carne e os frutos do espírito santo
As obras da carne e os frutos do espírito santo
antonio ferreira
 
O fruto do espírito santo
O fruto do espírito santoO fruto do espírito santo
O fruto do espírito santo
Ingrid Ramos
 
O fruto do espírito 02 - amor, aleria. paz
O fruto do espírito   02 - amor, aleria. pazO fruto do espírito   02 - amor, aleria. paz
O fruto do espírito 02 - amor, aleria. paz
Cleudson Corrêa
 
Ebd 1° trimestre 2017 lição 9 fidelidade, firmes na fé.
Ebd 1° trimestre 2017 lição 9  fidelidade, firmes na fé.Ebd 1° trimestre 2017 lição 9  fidelidade, firmes na fé.
Ebd 1° trimestre 2017 lição 9 fidelidade, firmes na fé.
GIDEONE Moura Santos Ferreira
 
Benegnidade: um Escudo Protetor Contra as Porfias
Benegnidade: um Escudo Protetor Contra as PorfiasBenegnidade: um Escudo Protetor Contra as Porfias
Benegnidade: um Escudo Protetor Contra as Porfias
Márcio Martins
 
O adolescente e a temperança - lição 4
O adolescente e a temperança - lição 4 O adolescente e a temperança - lição 4
O adolescente e a temperança - lição 4
Quenia Damata
 
Paz de Deus: Antídoto Contra as Inimizades.
Paz de Deus: Antídoto Contra as Inimizades.Paz de Deus: Antídoto Contra as Inimizades.
Paz de Deus: Antídoto Contra as Inimizades.
Márcio Martins
 

Mais procurados (20)

O fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristãoO fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristão
 
Estudo sobre anatureza humana
Estudo sobre anatureza humanaEstudo sobre anatureza humana
Estudo sobre anatureza humana
 
O Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito SantoO Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito Santo
 
E.b.d adultos 1ºtrimestre 2017 lição 01
E.b.d   adultos 1ºtrimestre 2017 lição 01E.b.d   adultos 1ºtrimestre 2017 lição 01
E.b.d adultos 1ºtrimestre 2017 lição 01
 
EBD 1°TRIMESTRE 2017 Lição 10 Mansidão:Torna o crente apto para evitar pelejas.
EBD 1°TRIMESTRE 2017 Lição 10 Mansidão:Torna o crente apto para evitar pelejas.EBD 1°TRIMESTRE 2017 Lição 10 Mansidão:Torna o crente apto para evitar pelejas.
EBD 1°TRIMESTRE 2017 Lição 10 Mansidão:Torna o crente apto para evitar pelejas.
 
LIÇÃO 1 - AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITO
LIÇÃO 1 - AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITOLIÇÃO 1 - AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITO
LIÇÃO 1 - AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITO
 
Os Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneOs Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da Carne
 
Ebd 1 trimestre 2017 lição 1 as obras da carne e o fruto do espírito
Ebd 1 trimestre 2017 lição 1  as obras da carne e o fruto do espíritoEbd 1 trimestre 2017 lição 1  as obras da carne e o fruto do espírito
Ebd 1 trimestre 2017 lição 1 as obras da carne e o fruto do espírito
 
Estudo biblico 22
Estudo biblico 22Estudo biblico 22
Estudo biblico 22
 
3. a nova vida em cristo
3. a nova vida em cristo3. a nova vida em cristo
3. a nova vida em cristo
 
Sobre os Dons e Frutos do Espírito Santo -O Fruto do Amor
Sobre os Dons e Frutos do Espírito Santo -O Fruto do AmorSobre os Dons e Frutos do Espírito Santo -O Fruto do Amor
Sobre os Dons e Frutos do Espírito Santo -O Fruto do Amor
 
Espírito X Carne _ Como está o Placar
Espírito X Carne _ Como está o PlacarEspírito X Carne _ Como está o Placar
Espírito X Carne _ Como está o Placar
 
O odre
O odreO odre
O odre
 
As obras da carne e os frutos do espírito santo
As obras da carne e os frutos do espírito santoAs obras da carne e os frutos do espírito santo
As obras da carne e os frutos do espírito santo
 
O fruto do espírito santo
O fruto do espírito santoO fruto do espírito santo
O fruto do espírito santo
 
O fruto do espírito 02 - amor, aleria. paz
O fruto do espírito   02 - amor, aleria. pazO fruto do espírito   02 - amor, aleria. paz
O fruto do espírito 02 - amor, aleria. paz
 
Ebd 1° trimestre 2017 lição 9 fidelidade, firmes na fé.
Ebd 1° trimestre 2017 lição 9  fidelidade, firmes na fé.Ebd 1° trimestre 2017 lição 9  fidelidade, firmes na fé.
Ebd 1° trimestre 2017 lição 9 fidelidade, firmes na fé.
 
Benegnidade: um Escudo Protetor Contra as Porfias
Benegnidade: um Escudo Protetor Contra as PorfiasBenegnidade: um Escudo Protetor Contra as Porfias
Benegnidade: um Escudo Protetor Contra as Porfias
 
O adolescente e a temperança - lição 4
O adolescente e a temperança - lição 4 O adolescente e a temperança - lição 4
O adolescente e a temperança - lição 4
 
Paz de Deus: Antídoto Contra as Inimizades.
Paz de Deus: Antídoto Contra as Inimizades.Paz de Deus: Antídoto Contra as Inimizades.
Paz de Deus: Antídoto Contra as Inimizades.
 

Destaque

LIÇÃO 03 - O PERIGO DAS OBRAS DA CARNE
LIÇÃO 03 - O PERIGO DAS OBRAS DA CARNELIÇÃO 03 - O PERIGO DAS OBRAS DA CARNE
LIÇÃO 03 - O PERIGO DAS OBRAS DA CARNE
Polícia Militar do Estado do Tocantins
 
LIÇÃO 1 - AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITO
LIÇÃO 1 - AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITOLIÇÃO 1 - AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITO
LIÇÃO 1 - AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITO
Polícia Militar do Estado do Tocantins
 
Vencendo as obras da carne - Pecados emocionais
Vencendo as obras da carne - Pecados emocionaisVencendo as obras da carne - Pecados emocionais
Vencendo as obras da carne - Pecados emocionais
Michel Plattiny
 
Paulo – O ApóStolo
Paulo – O ApóStoloPaulo – O ApóStolo
Paulo – O ApóStolo
Petula
 
Apostila de Escola Bíblica/Discipulado.Minicurso - 2012
Apostila de Escola Bíblica/Discipulado.Minicurso - 2012Apostila de Escola Bíblica/Discipulado.Minicurso - 2012
Apostila de Escola Bíblica/Discipulado.Minicurso - 2012
Manoel Júnior
 
Slides o que é teologia
Slides o que é teologiaSlides o que é teologia
Slides o que é teologia
Manoel Júnior
 
Limitações e especulações
Limitações e especulaçõesLimitações e especulações
Limitações e especulações
Igreja do Evangelho Quadrangular - ITQ/SP-070
 
O processo de secularização
O processo de secularizaçãoO processo de secularização
O processo de secularização
João Carlos Nara Júnior
 
Definindo teologia capitulo i
Definindo teologia   capitulo iDefinindo teologia   capitulo i
Definindo teologia capitulo i
Igreja do Evangelho Quadrangular - ITQ/SP-070
 
Os Jovens E A SecularizaçãO
Os Jovens E A SecularizaçãOOs Jovens E A SecularizaçãO
Os Jovens E A SecularizaçãO
Clube de Lideres Online
 
Trabalho de teologia fundamentos e doutrinas
Trabalho de teologia fundamentos e doutrinas Trabalho de teologia fundamentos e doutrinas
Trabalho de teologia fundamentos e doutrinas
marcelo olegario
 
Vista o Sobretudo, Meu Filho!
Vista o Sobretudo, Meu Filho!Vista o Sobretudo, Meu Filho!
Vista o Sobretudo, Meu Filho!
Tiago Vieira
 
Lição 07 eu sei em quem tenho crido
Lição 07    eu sei em quem tenho cridoLição 07    eu sei em quem tenho crido
Lição 07 eu sei em quem tenho crido
Pr. Gerson Eller
 
José a realidade de um sonho
José a realidade de um sonhoJosé a realidade de um sonho
José a realidade de um sonho
Pr. Gerson Eller
 
A última Ceia
A última CeiaA última Ceia
A última Ceia
Pr. Gerson Eller
 
Agenda Anual 2012
Agenda Anual 2012Agenda Anual 2012
Agenda Anual 2012
Maria Dourisete Araujo
 
Consumismo x cristianismo
Consumismo x cristianismoConsumismo x cristianismo
Consumismo x cristianismo
Michel Plattiny
 
Mídia x evangelho
Mídia x evangelhoMídia x evangelho
Mídia x evangelho
Michel Plattiny
 
Vencendo as obras da Carne - Pecados de religiosidade
Vencendo as obras da Carne - Pecados de religiosidadeVencendo as obras da Carne - Pecados de religiosidade
Vencendo as obras da Carne - Pecados de religiosidade
Michel Plattiny
 
Tomás Nsunda Lelo, Fasciculo de teologia contemporanea
Tomás Nsunda Lelo, Fasciculo de teologia contemporaneaTomás Nsunda Lelo, Fasciculo de teologia contemporanea
Tomás Nsunda Lelo, Fasciculo de teologia contemporanea
LELO
 

Destaque (20)

LIÇÃO 03 - O PERIGO DAS OBRAS DA CARNE
LIÇÃO 03 - O PERIGO DAS OBRAS DA CARNELIÇÃO 03 - O PERIGO DAS OBRAS DA CARNE
LIÇÃO 03 - O PERIGO DAS OBRAS DA CARNE
 
LIÇÃO 1 - AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITO
LIÇÃO 1 - AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITOLIÇÃO 1 - AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITO
LIÇÃO 1 - AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITO
 
Vencendo as obras da carne - Pecados emocionais
Vencendo as obras da carne - Pecados emocionaisVencendo as obras da carne - Pecados emocionais
Vencendo as obras da carne - Pecados emocionais
 
Paulo – O ApóStolo
Paulo – O ApóStoloPaulo – O ApóStolo
Paulo – O ApóStolo
 
Apostila de Escola Bíblica/Discipulado.Minicurso - 2012
Apostila de Escola Bíblica/Discipulado.Minicurso - 2012Apostila de Escola Bíblica/Discipulado.Minicurso - 2012
Apostila de Escola Bíblica/Discipulado.Minicurso - 2012
 
Slides o que é teologia
Slides o que é teologiaSlides o que é teologia
Slides o que é teologia
 
Limitações e especulações
Limitações e especulaçõesLimitações e especulações
Limitações e especulações
 
O processo de secularização
O processo de secularizaçãoO processo de secularização
O processo de secularização
 
Definindo teologia capitulo i
Definindo teologia   capitulo iDefinindo teologia   capitulo i
Definindo teologia capitulo i
 
Os Jovens E A SecularizaçãO
Os Jovens E A SecularizaçãOOs Jovens E A SecularizaçãO
Os Jovens E A SecularizaçãO
 
Trabalho de teologia fundamentos e doutrinas
Trabalho de teologia fundamentos e doutrinas Trabalho de teologia fundamentos e doutrinas
Trabalho de teologia fundamentos e doutrinas
 
Vista o Sobretudo, Meu Filho!
Vista o Sobretudo, Meu Filho!Vista o Sobretudo, Meu Filho!
Vista o Sobretudo, Meu Filho!
 
Lição 07 eu sei em quem tenho crido
Lição 07    eu sei em quem tenho cridoLição 07    eu sei em quem tenho crido
Lição 07 eu sei em quem tenho crido
 
José a realidade de um sonho
José a realidade de um sonhoJosé a realidade de um sonho
José a realidade de um sonho
 
A última Ceia
A última CeiaA última Ceia
A última Ceia
 
Agenda Anual 2012
Agenda Anual 2012Agenda Anual 2012
Agenda Anual 2012
 
Consumismo x cristianismo
Consumismo x cristianismoConsumismo x cristianismo
Consumismo x cristianismo
 
Mídia x evangelho
Mídia x evangelhoMídia x evangelho
Mídia x evangelho
 
Vencendo as obras da Carne - Pecados de religiosidade
Vencendo as obras da Carne - Pecados de religiosidadeVencendo as obras da Carne - Pecados de religiosidade
Vencendo as obras da Carne - Pecados de religiosidade
 
Tomás Nsunda Lelo, Fasciculo de teologia contemporanea
Tomás Nsunda Lelo, Fasciculo de teologia contemporaneaTomás Nsunda Lelo, Fasciculo de teologia contemporanea
Tomás Nsunda Lelo, Fasciculo de teologia contemporanea
 

Semelhante a Confronto histórico

3.a experiência do andar no espírito
3.a experiência do andar no espírito3.a experiência do andar no espírito
3.a experiência do andar no espírito
Jr Buzinely
 
A batalha constante do crente
A batalha constante do crenteA batalha constante do crente
A batalha constante do crente
Adina Silva
 
Carta aos efésios 2.1 2.10
Carta aos efésios 2.1 2.10Carta aos efésios 2.1 2.10
Carta aos efésios 2.1 2.10
jedagr
 
Conhecereis a verdade
Conhecereis a verdade Conhecereis a verdade
Conhecereis a verdade
Sergio Menezes
 
A Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.ppt
A Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.pptA Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.ppt
A Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.ppt
EdsonAguiar30
 
GVTC Tema 2 Homem Original ApresentaçãO
GVTC Tema 2 Homem Original ApresentaçãOGVTC Tema 2 Homem Original ApresentaçãO
GVTC Tema 2 Homem Original ApresentaçãO
danielpin
 
Objetivos da vida
Objetivos da vidaObjetivos da vida
Objetivos da vida
LORENA MENDONÇA
 
13 espiritualidade na familia
13   espiritualidade na familia13   espiritualidade na familia
13 espiritualidade na familia
PIB Penha
 
LBA Lição 11 - Vivendo de forma moderda
LBA Lição 11 - Vivendo de forma moderdaLBA Lição 11 - Vivendo de forma moderda
LBA Lição 11 - Vivendo de forma moderda
Natalino das Neves Neves
 
Sentido_da_vida.ppt
Sentido_da_vida.pptSentido_da_vida.ppt
Sentido_da_vida.ppt
EdsonAguiar30
 
Nascer_de_Novo_fesman.ppt
Nascer_de_Novo_fesman.pptNascer_de_Novo_fesman.ppt
Nascer_de_Novo_fesman.ppt
EdsonAguiar30
 
Do esfriamento espiritual à queda
Do esfriamento espiritual à quedaDo esfriamento espiritual à queda
Do esfriamento espiritual à queda
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
CRISMA - Tema: Sexualidade E Afetividade
CRISMA - Tema: Sexualidade E AfetividadeCRISMA - Tema: Sexualidade E Afetividade
CRISMA - Tema: Sexualidade E Afetividade
Ruan Carlos P. B. Nascimento
 
friezaespiritual-160117125016 (1).pdf
friezaespiritual-160117125016 (1).pdffriezaespiritual-160117125016 (1).pdf
friezaespiritual-160117125016 (1).pdf
Tiago Silva
 
Síntese de palestras xamãsconet
Síntese de palestras xamãsconetSíntese de palestras xamãsconet
Síntese de palestras xamãsconet
Tai Santos
 
Espetacular curso motivacional_so_tem_riqueza.com
Espetacular curso motivacional_so_tem_riqueza.comEspetacular curso motivacional_so_tem_riqueza.com
Espetacular curso motivacional_so_tem_riqueza.com
Cheferson Luciana Kiyota
 
Palavra: Genesis e a Redenção - Separados para Deus
Palavra: Genesis e a Redenção - Separados para DeusPalavra: Genesis e a Redenção - Separados para Deus
Palavra: Genesis e a Redenção - Separados para Deus
Adriano Gonçalves Martins
 
1.a experiencia da comunhão no espírito com um deus resident
1.a experiencia da comunhão no espírito com um deus resident1.a experiencia da comunhão no espírito com um deus resident
1.a experiencia da comunhão no espírito com um deus resident
Jr Buzinely
 
A Virtude da Pureza - 4ª Reunião AJC
A Virtude da Pureza - 4ª Reunião AJCA Virtude da Pureza - 4ª Reunião AJC
A Virtude da Pureza - 4ª Reunião AJC
Grupo de Jovens AJC
 
Vivendo uma vida santa - A Igreja do Arrebatamento - Lições Bíblicas dos Jovens
Vivendo uma vida santa - A Igreja do Arrebatamento - Lições Bíblicas dos JovensVivendo uma vida santa - A Igreja do Arrebatamento - Lições Bíblicas dos Jovens
Vivendo uma vida santa - A Igreja do Arrebatamento - Lições Bíblicas dos Jovens
Francelia Carvalho Oliveira
 

Semelhante a Confronto histórico (20)

3.a experiência do andar no espírito
3.a experiência do andar no espírito3.a experiência do andar no espírito
3.a experiência do andar no espírito
 
A batalha constante do crente
A batalha constante do crenteA batalha constante do crente
A batalha constante do crente
 
Carta aos efésios 2.1 2.10
Carta aos efésios 2.1 2.10Carta aos efésios 2.1 2.10
Carta aos efésios 2.1 2.10
 
Conhecereis a verdade
Conhecereis a verdade Conhecereis a verdade
Conhecereis a verdade
 
A Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.ppt
A Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.pptA Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.ppt
A Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.ppt
 
GVTC Tema 2 Homem Original ApresentaçãO
GVTC Tema 2 Homem Original ApresentaçãOGVTC Tema 2 Homem Original ApresentaçãO
GVTC Tema 2 Homem Original ApresentaçãO
 
Objetivos da vida
Objetivos da vidaObjetivos da vida
Objetivos da vida
 
13 espiritualidade na familia
13   espiritualidade na familia13   espiritualidade na familia
13 espiritualidade na familia
 
LBA Lição 11 - Vivendo de forma moderda
LBA Lição 11 - Vivendo de forma moderdaLBA Lição 11 - Vivendo de forma moderda
LBA Lição 11 - Vivendo de forma moderda
 
Sentido_da_vida.ppt
Sentido_da_vida.pptSentido_da_vida.ppt
Sentido_da_vida.ppt
 
Nascer_de_Novo_fesman.ppt
Nascer_de_Novo_fesman.pptNascer_de_Novo_fesman.ppt
Nascer_de_Novo_fesman.ppt
 
Do esfriamento espiritual à queda
Do esfriamento espiritual à quedaDo esfriamento espiritual à queda
Do esfriamento espiritual à queda
 
CRISMA - Tema: Sexualidade E Afetividade
CRISMA - Tema: Sexualidade E AfetividadeCRISMA - Tema: Sexualidade E Afetividade
CRISMA - Tema: Sexualidade E Afetividade
 
friezaespiritual-160117125016 (1).pdf
friezaespiritual-160117125016 (1).pdffriezaespiritual-160117125016 (1).pdf
friezaespiritual-160117125016 (1).pdf
 
Síntese de palestras xamãsconet
Síntese de palestras xamãsconetSíntese de palestras xamãsconet
Síntese de palestras xamãsconet
 
Espetacular curso motivacional_so_tem_riqueza.com
Espetacular curso motivacional_so_tem_riqueza.comEspetacular curso motivacional_so_tem_riqueza.com
Espetacular curso motivacional_so_tem_riqueza.com
 
Palavra: Genesis e a Redenção - Separados para Deus
Palavra: Genesis e a Redenção - Separados para DeusPalavra: Genesis e a Redenção - Separados para Deus
Palavra: Genesis e a Redenção - Separados para Deus
 
1.a experiencia da comunhão no espírito com um deus resident
1.a experiencia da comunhão no espírito com um deus resident1.a experiencia da comunhão no espírito com um deus resident
1.a experiencia da comunhão no espírito com um deus resident
 
A Virtude da Pureza - 4ª Reunião AJC
A Virtude da Pureza - 4ª Reunião AJCA Virtude da Pureza - 4ª Reunião AJC
A Virtude da Pureza - 4ª Reunião AJC
 
Vivendo uma vida santa - A Igreja do Arrebatamento - Lições Bíblicas dos Jovens
Vivendo uma vida santa - A Igreja do Arrebatamento - Lições Bíblicas dos JovensVivendo uma vida santa - A Igreja do Arrebatamento - Lições Bíblicas dos Jovens
Vivendo uma vida santa - A Igreja do Arrebatamento - Lições Bíblicas dos Jovens
 

Último

ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
Oziete SS
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
marcobueno2024
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
GABRIELADIASDUTRA1
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 

Último (10)

ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 

Confronto histórico

  • 1. Confronto Histórico Adolescentes Vencedores Lição 4 – Livro de Gálatas 4º Trimestre de 2012
  • 2. Objetivos da Lição 1. CONHECER os principais assuntos abordados na Epístola aos Gálatas. 2. DESCREVER a batalha espiritual do cristão contra as obras da carne. 3. DEFINIR as principais virtudes que compõem o fruto do Espírito.
  • 3. ESTRUTURA DA LIÇÃO I. Um confronto Histórico II. Fruto do Espírito X Obras da carne III. Um time campeão
  • 4. INTRODUÇÃO • AUTOR: Paulo • DATA: Aprox. 49 d.C. • LOCAL: Antioquia • DESTINATÁRIOS: As igrejas do sul da Galácia fundadas na 1º viagem missionária de Paulo. • CARACTÉRISTICA PARTICULAR: Esta carta não foi escrita para uma igreja especifica, mas provavelmente para todas as igrejas da Galácia. Esta é a única carta que ele explicitamente se dirige a várias igrejas.
  • 5. INTRODUÇÃO VISÃO PANORÂMICA Paulo tomou conhecimento de que certos mestres judaicos estavam inquietando seus novos convertidos na Galácia, impondo-lhes a circuncisão e o jugo da lei mosaica como requisitos necessários à salvação e ao ingresso na igreja. Paulo escreve para demonstrar que a operação da lei nada haver tem com a graça, para afirmar que a salvação se recebe por meio da graça mediante a fé e não sob a lei.
  • 6. INTRODUÇÃO PRINCIPAIS TEMAS DO LIVRO DE GÁLATAS 1. Lei 2. Fé 3. Liberdade 4. Espírito Santo
  • 7. I. UM CONFRONTO HISTÓRICO • Há duas naturezas dentro do ser humano. • Uma se chama espiritual e a outra carnal • Estas duas naturezas nunca irão estar em acordo. Sempre irão ser opostas uma a outra. • De modo que, se agradarmos a uma iremos desagradar a outra. Assim como não podemos servir a dois senhores. • Isso não significa que temos Deus e o Diabo dentro de nós. Deus e o Diabo são pessoas, natureza não é uma pessoa, mas trabalha e atua nas pessoas.
  • 8. I. UM CONFRONTO HISTÓRICO • As naturezas são inclinações que nós temos. • Adão e Eva, antes de pecar, possuíam uma natureza pura, porém, ao escolherem a árvore do conhecimento do BEM (Espiritual) e do MAL (Carnal), ganharam este conflito interior. • A natureza carnal já está no homem, mesmo que ele não queira, da mesma forma que a natureza espiritual.
  • 9. I. UM CONFRONTO HISTÓRICO • A responsabilidade do ser humano agora é alimentar a natureza espiritual e desnutrir a natureza carnal. • Este é um confronto histórico que se iniciou com Adão e Eva e passou de geração a geração e chegou até a nós. • Em certo sentido, a natureza espiritual é mais “fraca” que a carnal. Por que? Por que a natureza carnal se alimenta de “lixo” e a espiritual somente de coisas boas. Como é mais fácil achar o que não presta, então a natureza espiritual fica vulnerável se não Buscarmos alimento para ela.
  • 10. I. UM CONFRONTO HISTÓRICO • Assim como não se pode servir a dois senhores, assim também, não se pode alimentar duas naturezas ao “mesmo tempo”. • Na alimentação da natureza o tempo é fundamental. • Se soubermos como estamos utilizando o nosso tempo saberemos para quem estamos jogando.
  • 11. I. UM CONFRONTO HISTÓRICO • Em todo o tempo estaremos alimentando uma natureza, até mesmo, se não percebemos. • Temos 24 horas por dia, e durante 24 horas estamos alimentando uma natureza. Lembre-se quando você alimenta uma deixa de alimentar outra. • Sempre será mais “fácil” alimentar a natureza carnal. Por que? Por que ela não é exigente com o que se alimenta. Ela só não gosta daquilo que agrada a Deus.
  • 12. I. UM CONFRONTO HISTÓRICO • Veja no quadro, no próximo slide, que o “time” carnal é mais “reforçado” do que o espiritual, porém veremos a seguir que só um jogador do time espiritual consegue ganhar o jogo de goleada.
  • 13. I. UM CONFRONTO HISTÓRICO NATUREZA ESPIRITUAL NATUREZA CARNAL • Amor • Prostituição • Impureza • Alegria • Lascívia • Idolatria • Paz • Feitiçaria • Longanimidade • Inimizades • Porfias • Bondade • Emulações • • Fé • Iras Pelejas • Mansidão • Dissensões • Heresias • Temperança • Invejas • Justiça • Homicidios • Bebedices • Verdade • glutonarias
  • 14. II. FRUTO DO ESPÍRITO X OBRAS DA CARNE • Onde as duas natureza operam? Dentro do ser humano. SER HUMANO Natureza Espiritual X Natureza Carnal
  • 15. II. FRUTO DO ESPÍRITO X OBRAS DA CARNE O QUE PRECISAMOS PARA VENCER AS OBRAS DA CARNE? SANTIFICAÇÃO
  • 16. II. FRUTO DO ESPÍRITO X OBRAS DA CARNE O que é Santificação? • É o PROCESSO de separação do mundo. Veja bem que não é nada instantâneo, mas sim um processo. • Santificação não é eu ser PECADOR agora e depois de alguns minutos já ser SANTO no sentido literal da palavra. • Santificação é um processo. Todo processo possui etapas. Toda etapa exige mudanças. A cada nova etapa que você entra dentro do processo de santificação sua vida vai mudando. Você vai se distanciando das obras da carne e chegando cada vez mais próximo ao amor de Deus.
  • 17. II. FRUTO DO ESPÍRITO X OBRAS DA CARNE FRUTO DO OBRAS DA ESPÍRITO CARNE
  • 18. II. FRUTO DO ESPÍRITO X OBRAS DA CARNE • Quando o Fruto do Espírito sai vencedor deste confronto, exposto no slide anterior, ocorre o que chamamos e denominamos de SANTIFICAÇÃO. • A SANTIFICAÇÃO só acontece quando a natureza espiritual vence a carnal. E quando a natureza espiritual vence não significa que venceu para sempre. • Como a santificação acontece no tempo, em tão em todo o tempo temos que está lutando. A santificação é continua e constante. Ela deve acontecer a cada segundo. A cada segundo temos que lutar contra o mal que está em nós.
  • 19. II. FRUTO DO ESPÍRITO X OBRAS DA CARNE • Veja que a SANTIFICAÇÃO é um processo de SEPARAÇÃO, de DISTANCIAMENTO, de deixar PARA TRÁS, as obras da carne e não um ISOLAMENTO. • Se ISOLAR do mundo e das pessoas não é SANTIFICAÇÃO. Não é possível se santificar sozinho. • Para realmente sabermos se estamos santificados é preciso vivemos no mundo como não pertencêssemos a ele, e não se isolar dele.
  • 20. III. UM TIME CAMPEÃO • AMOR: O amor sozinho ganha todo o jogo. Por que? Por que quem ama não peca e nem faz o seu próximo pecar. • O pecado faz parte do EGOÍSMO. Uma pessoa egoísta é uma pessoa que não tem o Amor dentro de si. Lembre- se DEUS É AMOR. Ele é o próprio amor. O amor se alegra, o amor traz paz, o amor é sereno, é calmo. O amor faz bem e é bom. O amor acredita em Deus. O amor é manso de coração, o amor não é fingido. O amor não é extravagante e sim temperado, equilibrado. Sendo assim, o amor engloba em si, todos os outros Frutos do Espírito. Por isso quem ama já cumpriu toda a LEI. Quem ama não peca.
  • 21. BIBLIOGRAFIA • Bíblia de Estudo Pentecostal. • Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal. • Bíblia Revelada – Versão Di Nelson. • Phillips, John. Explorando as Escrituras. CPAD • Richards, O. Lawrence. Guia do Leitor da Bíblia. CPAD. • Bíblia Sagrada – The Mensage. • Revista Adolescentes Vencedores. Cartas que Ensinam.