SlideShare uma empresa Scribd logo
JULIANO MAGALHÃES
LUANA PIAIA
LUIZ PAULO GALLON
PATRICIA WILLMS
VANESSA SCOPEL
PARQUES TECNOLÓGICOS
SEMINÁRIO I
PARQUE SAPIENS
O Sapiens Parque está localizado a 25 km do centro de Florianópolis, capital do estado de Santa Catarina, no
Brasil. O empreendimento compreende uma área de 4,5 milhões m², que pertence à Sapiens Parque S.A -
Sociedade de Propósito Específico - e ao Governo do Estado de Santa Catarina.
Fonte: http://www.alugaemfloria.com.br
Fonte: : www.parquesapiens.com.br
COMPETIÇÃO INTERURBANA E INSERÇÃO MUNDIAL
PARQUE SAPIENS PARQUE TECNOLÓGICO DE
RIBEIRÃO PRETO
• Atendem a demanda nas áreas da Saúde e
Biotecnologia;
• Atraem um número grande de pessoas da região e do
país em busca de atendimento médico;
• O empreendimento visa estimular o desenvolvimento
científico e tecnológico da região;
Fonte: http://www.folha.uol.com.br/
• Utiliza um modelo inovador para atrair e desenvolver,
visando estabelecer um posicionamento diferenciado,
sustentável e competitivo;
• Ele é destaque no Festival Della Creatività, em
Firenze, na Itália, de 23 a 26 de outubro;
• Integrará o rol de empresas participantes do
Barcelona Meeting Point, o mais importante evento
profissional de investimento imobiliário, turístico e de
infra-estrutura da Europa;
• Sapiens Parque é o destaque nas áreas de Inovação
Tecnológica e Científica e Energias Alternativas e
Sustentabilidade.
Fonte: http://www.sapiensparque.com.br/
CONSTRUÇÃO DO SENTIMENTO DE CRISE
PARQUE SAPIENS PARQUE TECNOLÓGICO VALETEC
• Geração de empregos para melhorar a qualidade de
vida da população, devido a sua falta;
Fonte: http://novohamburgo.org
Fonte: http://www.feevale.br
• Como esta localizado numa área onde seu maior
potencial é o turismo, ela torna-se uma atividade
permanente para a população local, podendo utilizar
esse espaço de diversas maneiras, não priorizando
somente o turismo, mas quem ali mora.
Fonte: www.parquesapiens.com.br
INTERVENÇÕES PONTUAIS, PLANEJAMENTO
POR PROJETOS
PARQUE SAPIENS PARQUE TECNOLÓGICO
PERNAMBUCO
• Está localizado na zona central de Recife, onde que
mais de cem instituições, entre empresas de TIC,
serviços especializados e órgãos de fomento, fazem
parte do arranjo produtivo.
Fontehttp://1.bp.blogspot.com
• Melhora na infra-estrutura do transporte urbano, vias
de acesso que beneficiou o todo, revitalização e
criação de áreas verdes e lazer.
Fonte: www.parquesapiens.com.br
RENASCIMENTO DA CIDADE POR MEIO DE GRANDES
PROJETOS URBANOS
PARQUE SAPIENS PARQUE TECNOLÓGICO DE
RIBEIRÃO PRETO
• Urbanização planejada de uma área que não é
considerada como vetor de crescimento na cidade;
• Valorização de áreas do entorno do parque;
• Geração de demanda residencial para projetos
imobiliários associados.
• Sapiens Parque desenvolve-se a partir de atividades
que já são vocação de Florianópolis, visando
consolidá-la como uma capital do conhecimento e de
qualidade de vida;
• Serão ampliadas novas opções de comércio, lazer e
serviços para a comunidade e serão gerados cerca de
30 mil empregos;
• Será investido em vários setores em que irá trazer
benefícios para a população local e se entorno.
Fonte: : www.parquesapiens.com.br
Fonte: : Google Earth
EMPRESARIAMENTO URBANO E PARCERIAS
PÚBLICO-PRIVADAS
PARQUE SAPIENS PARQUE TECNOLÓGICO DE
RIBEIRÃO PRETO
• As empresas que apóiam esse parque são: FIPASE,
SEBRAE, FIESP, CIESP, SENAI e Prefeitura Municipal
de Ribeirão Preto.
• Conquista Empreendimentos Agropecuários Ltda -
CEAL, a Universidade de São Paulo a Fundação
Instituto Pólo Avançado da Saúde – FIPASE, e com o
apoio da Secretaria de Desenvolvimento do Estado de
São Paulo, da FINEP, do MCT, e da FAPESP, foi
realizada a estruturação do Parque Tecnológico.
Fonte: http://m185.photobucket.com
• O empreendimento foi idealizado pela Fundação
Centro de Referências em Tecnologias Inovadoras
(CERTI) e apoiado pelo Governo do Estado de Santa
Catarina;
• Várias empresas e grandes instituições aderiram a
esse novo tipo de empreendimento.
Fonte: www.parquesapiens.com.br
Distribuição dos setores
Fonte: http://m185.photobucket.com
Fonte: www.parquesapiens.com.br
AS NOVAS FORMAS DE VALORIZAÇÃO
PARQUE SAPIENS PARQUE TECNOLÓGICO DE
RIBEIRÃO PRETO
• O Parque é atendido pelo anel viário Norte,
interligando a rodovia Anhanguera;
• Ele fica perto do Aeroporto Leite Lopes, facilitando
assim o acesso a este local.
Fonte: http://www1.folha.uol.com.br
• Contempla sistemas inovadores e modernos que
utilizam conceitos de sustentabilidade e do bem-estar
das pessoas;
• Possui em rápido acesso aos usuários, possui
ciclovias e largos passeios em todas as suas vias.
Fonte: : www.parquesapiens.com.br
Fonte: : www.parquesapiens.com.br
A CIDADE-MERCADORIA, O MARKETING URBANO
COMO INSTRUMENTO
PARQUE SAPIENS PARQUE TECNOLÓGICO DE ITAIPU
• Participa de Conferências Mundiais sobre Parques
Tecnológicos, na Carolina do Norte;
• Potencializa suas ações no maior evento de turismo
no mundo, o WTTC (World Travel & Tourism Council);
• Promove eventos, fóruns e importantes eventos para
assim divulgar e propor a expansão do parque;
• O Sapiens Parque é destaque no Festival della
Creatività, em Firenze, na Itália.
• Promove periodicamente palestras, workshops e
cursos para as empresas ali instaladas e para o público
externo;
• O PTI apóia a participação em feiras comerciais e
eventos para a demonstração de seus produtos e
serviços.
Fonte:http://jie.itaipu.gov.br
Fonte: : www.parquesapiens.com.br
ARQUITETURA DE GRIFE
PARQUE SAPIENS
• Possui parques científicos e tecnológicos;
• Complexos urbanos novos ou revitalizados;
• Parques temáticos e de lazer de última geração;
• Busca integrar esses elementos de uma forma
sustentável;
• Para realizar esse parque, foram analisados três
grandes projetos: Research Triangle Park, na Carolina
do Norte, Estados Unidos; Centennial Campus, na
Carolina do Norte, Estados Unidos e Digital Media City,
em Seul, Coréia do Sul.
Centro de cultura e Eventos
Fonte: http://www.sapiensparque.com.br
Telecentro e Biblioteca
Fonte: http://www.sapiensparque.com.br
Trilha do Rio do Braz
Fonte: http://www.sapiensparque.com.br
Centennial Campus
Fonte: http://www.hku.hk/cpao/images/cc2.jpg
Entrada Sapiens Parque
Fonte: http://www.belasantacatarina.com.br Research Triangle Park
Fonte: http://www.nature.com
A CONVERGÊNCIA PROGRAMÁTICA E URBANÍSTICA
DOS DIVERSOS PROJETOS
PARQUE SAPIENS PARQUE TECNOLÓGICO DO RIO
• A urbanização do parque preza por meios
sustentáveis, para não agredir o meio ambiente.
• Todo o projeto de urbanização do Parque foi
concebido para respeitar o meio ambiente;
• Preservaram áreas do manguezal e extensas áreas
verdes.
Fonte: http://www.parquedorio.ufrj.br/
• Por possuir conceitos de sustentabilidade através de
sua tecnologia, torna-se uma maneira de preservação
do meio.
Fonte: : www.parquesapiens.com.br

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a comparativo parques tecnológicos

O polo tecnológico de Florianópolis pelo Governo do Estado
O polo tecnológico de Florianópolis pelo Governo do EstadoO polo tecnológico de Florianópolis pelo Governo do Estado
O polo tecnológico de Florianópolis pelo Governo do Estado
lossio
 
Uberaba em Dados - 7/7 - Uberaba, Cidade Tecnológica
Uberaba em Dados - 7/7 - Uberaba, Cidade TecnológicaUberaba em Dados - 7/7 - Uberaba, Cidade Tecnológica
Uberaba em Dados - 7/7 - Uberaba, Cidade Tecnológica
Prefeitura Municipal de Uberaba
 
Emergência dos parques tecnológicos em Santa Catarina
Emergência dos parques tecnológicos em Santa CatarinaEmergência dos parques tecnológicos em Santa Catarina
Emergência dos parques tecnológicos em Santa Catarina
Antônio Diomário de Queiroz
 
Profa. dra. geciane_porto
Profa. dra. geciane_portoProfa. dra. geciane_porto
Parque do Jiquiá - OUT2011
Parque do Jiquiá - OUT2011Parque do Jiquiá - OUT2011
Parque do Jiquiá - OUT2011
João Rego - Factta Consultoria
 
inovacao (1).pptx
inovacao (1).pptxinovacao (1).pptx
inovacao (1).pptx
JaderMorari1
 
Políticas Públicas para a promoção da Ciência, Tecnologia e Inovação no Estad...
Políticas Públicas para a promoção da Ciência, Tecnologia e Inovação no Estad...Políticas Públicas para a promoção da Ciência, Tecnologia e Inovação no Estad...
Políticas Públicas para a promoção da Ciência, Tecnologia e Inovação no Estad...
BVS Rede de Informação e Conhecimento – SES/SP Centro de Documentação
 
Sectec - UM OLHAR SISTÊMICO-HOLÍSTICO E HISTÓRICO
Sectec - UM OLHAR SISTÊMICO-HOLÍSTICO E HISTÓRICOSectec - UM OLHAR SISTÊMICO-HOLÍSTICO E HISTÓRICO
Sectec - UM OLHAR SISTÊMICO-HOLÍSTICO E HISTÓRICO
Geraldo Aguiar
 
Secretaria de Ciencia, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais
Secretaria de Ciencia, Tecnologia e Ensino Superior de Minas GeraisSecretaria de Ciencia, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais
Secretaria de Ciencia, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais
Fabricio Martins
 
Palestra Básica. Secretaria De Ciencia, Tecnologia E Ensino Superior De Minas...
Palestra Básica. Secretaria De Ciencia, Tecnologia E Ensino Superior De Minas...Palestra Básica. Secretaria De Ciencia, Tecnologia E Ensino Superior De Minas...
Palestra Básica. Secretaria De Ciencia, Tecnologia E Ensino Superior De Minas...
Fabricio Martins
 
V SIMINOVE - EXPLORANDO AS POSSIBILIDADES DE EMPREENDEDORISMO NA UFLA - Profa...
V SIMINOVE - EXPLORANDO AS POSSIBILIDADES DE EMPREENDEDORISMO NA UFLA - Profa...V SIMINOVE - EXPLORANDO AS POSSIBILIDADES DE EMPREENDEDORISMO NA UFLA - Profa...
V SIMINOVE - EXPLORANDO AS POSSIBILIDADES DE EMPREENDEDORISMO NA UFLA - Profa...
Sistema Mineiro de Inovação
 
Perspectivas do Parque Científico e Tecnológico de Macaé-RJ - Palestrante: Ca...
Perspectivas do Parque Científico e Tecnológico de Macaé-RJ - Palestrante: Ca...Perspectivas do Parque Científico e Tecnológico de Macaé-RJ - Palestrante: Ca...
Perspectivas do Parque Científico e Tecnológico de Macaé-RJ - Palestrante: Ca...
Rio Info
 
Parque Tecnológico de Marília
Parque Tecnológico de MaríliaParque Tecnológico de Marília
Parque Tecnológico de Marília
Elvis Fusco
 
Guilherme Ary Plonski: Cidades Inteligentes Regiões Metropolitanas - Habitade...
Guilherme Ary Plonski: Cidades Inteligentes Regiões Metropolitanas - Habitade...Guilherme Ary Plonski: Cidades Inteligentes Regiões Metropolitanas - Habitade...
Guilherme Ary Plonski: Cidades Inteligentes Regiões Metropolitanas - Habitade...
inovaDay .
 
Incubadoras e Incubação
Incubadoras e IncubaçãoIncubadoras e Incubação
Incubadoras e Incubação
Leandro Reinaux
 
Apresentando o NIT-PaqTc/PB
Apresentando o NIT-PaqTc/PBApresentando o NIT-PaqTc/PB
Apresentando o NIT-PaqTc/PB
João Ademar de Andrade Lima
 
UFF Tech 2013 - Apresentação do Parque Tecnológico da UFF
UFF Tech 2013 - Apresentação do Parque Tecnológico da UFF UFF Tech 2013 - Apresentação do Parque Tecnológico da UFF
UFF Tech 2013 - Apresentação do Parque Tecnológico da UFF
Sti Uff
 
Apresentacao Feisma 4.Nov.2009
Apresentacao Feisma 4.Nov.2009Apresentacao Feisma 4.Nov.2009
Apresentacao Feisma 4.Nov.2009
Larissa Pereira Mayer
 
Palestra Básica - Agosto de 2009
Palestra Básica - Agosto de 2009Palestra Básica - Agosto de 2009
Palestra Básica - Agosto de 2009
Matheus Parreira Machado
 
Palestra BáSica 21 07 09
Palestra BáSica 21 07 09Palestra BáSica 21 07 09
Palestra BáSica 21 07 09
Matheus Parreira Machado
 

Semelhante a comparativo parques tecnológicos (20)

O polo tecnológico de Florianópolis pelo Governo do Estado
O polo tecnológico de Florianópolis pelo Governo do EstadoO polo tecnológico de Florianópolis pelo Governo do Estado
O polo tecnológico de Florianópolis pelo Governo do Estado
 
Uberaba em Dados - 7/7 - Uberaba, Cidade Tecnológica
Uberaba em Dados - 7/7 - Uberaba, Cidade TecnológicaUberaba em Dados - 7/7 - Uberaba, Cidade Tecnológica
Uberaba em Dados - 7/7 - Uberaba, Cidade Tecnológica
 
Emergência dos parques tecnológicos em Santa Catarina
Emergência dos parques tecnológicos em Santa CatarinaEmergência dos parques tecnológicos em Santa Catarina
Emergência dos parques tecnológicos em Santa Catarina
 
Profa. dra. geciane_porto
Profa. dra. geciane_portoProfa. dra. geciane_porto
Profa. dra. geciane_porto
 
Parque do Jiquiá - OUT2011
Parque do Jiquiá - OUT2011Parque do Jiquiá - OUT2011
Parque do Jiquiá - OUT2011
 
inovacao (1).pptx
inovacao (1).pptxinovacao (1).pptx
inovacao (1).pptx
 
Políticas Públicas para a promoção da Ciência, Tecnologia e Inovação no Estad...
Políticas Públicas para a promoção da Ciência, Tecnologia e Inovação no Estad...Políticas Públicas para a promoção da Ciência, Tecnologia e Inovação no Estad...
Políticas Públicas para a promoção da Ciência, Tecnologia e Inovação no Estad...
 
Sectec - UM OLHAR SISTÊMICO-HOLÍSTICO E HISTÓRICO
Sectec - UM OLHAR SISTÊMICO-HOLÍSTICO E HISTÓRICOSectec - UM OLHAR SISTÊMICO-HOLÍSTICO E HISTÓRICO
Sectec - UM OLHAR SISTÊMICO-HOLÍSTICO E HISTÓRICO
 
Secretaria de Ciencia, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais
Secretaria de Ciencia, Tecnologia e Ensino Superior de Minas GeraisSecretaria de Ciencia, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais
Secretaria de Ciencia, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais
 
Palestra Básica. Secretaria De Ciencia, Tecnologia E Ensino Superior De Minas...
Palestra Básica. Secretaria De Ciencia, Tecnologia E Ensino Superior De Minas...Palestra Básica. Secretaria De Ciencia, Tecnologia E Ensino Superior De Minas...
Palestra Básica. Secretaria De Ciencia, Tecnologia E Ensino Superior De Minas...
 
V SIMINOVE - EXPLORANDO AS POSSIBILIDADES DE EMPREENDEDORISMO NA UFLA - Profa...
V SIMINOVE - EXPLORANDO AS POSSIBILIDADES DE EMPREENDEDORISMO NA UFLA - Profa...V SIMINOVE - EXPLORANDO AS POSSIBILIDADES DE EMPREENDEDORISMO NA UFLA - Profa...
V SIMINOVE - EXPLORANDO AS POSSIBILIDADES DE EMPREENDEDORISMO NA UFLA - Profa...
 
Perspectivas do Parque Científico e Tecnológico de Macaé-RJ - Palestrante: Ca...
Perspectivas do Parque Científico e Tecnológico de Macaé-RJ - Palestrante: Ca...Perspectivas do Parque Científico e Tecnológico de Macaé-RJ - Palestrante: Ca...
Perspectivas do Parque Científico e Tecnológico de Macaé-RJ - Palestrante: Ca...
 
Parque Tecnológico de Marília
Parque Tecnológico de MaríliaParque Tecnológico de Marília
Parque Tecnológico de Marília
 
Guilherme Ary Plonski: Cidades Inteligentes Regiões Metropolitanas - Habitade...
Guilherme Ary Plonski: Cidades Inteligentes Regiões Metropolitanas - Habitade...Guilherme Ary Plonski: Cidades Inteligentes Regiões Metropolitanas - Habitade...
Guilherme Ary Plonski: Cidades Inteligentes Regiões Metropolitanas - Habitade...
 
Incubadoras e Incubação
Incubadoras e IncubaçãoIncubadoras e Incubação
Incubadoras e Incubação
 
Apresentando o NIT-PaqTc/PB
Apresentando o NIT-PaqTc/PBApresentando o NIT-PaqTc/PB
Apresentando o NIT-PaqTc/PB
 
UFF Tech 2013 - Apresentação do Parque Tecnológico da UFF
UFF Tech 2013 - Apresentação do Parque Tecnológico da UFF UFF Tech 2013 - Apresentação do Parque Tecnológico da UFF
UFF Tech 2013 - Apresentação do Parque Tecnológico da UFF
 
Apresentacao Feisma 4.Nov.2009
Apresentacao Feisma 4.Nov.2009Apresentacao Feisma 4.Nov.2009
Apresentacao Feisma 4.Nov.2009
 
Palestra Básica - Agosto de 2009
Palestra Básica - Agosto de 2009Palestra Básica - Agosto de 2009
Palestra Básica - Agosto de 2009
 
Palestra BáSica 21 07 09
Palestra BáSica 21 07 09Palestra BáSica 21 07 09
Palestra BáSica 21 07 09
 

Último

Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
JakiraCosta
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptxCLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
Deiciane Chaves
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
KarollayneRodriguesV1
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
ThiagoRORISDASILVA1
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Centro Jacques Delors
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 

Último (20)

Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptxCLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 

comparativo parques tecnológicos

  • 1. JULIANO MAGALHÃES LUANA PIAIA LUIZ PAULO GALLON PATRICIA WILLMS VANESSA SCOPEL PARQUES TECNOLÓGICOS SEMINÁRIO I
  • 2. PARQUE SAPIENS O Sapiens Parque está localizado a 25 km do centro de Florianópolis, capital do estado de Santa Catarina, no Brasil. O empreendimento compreende uma área de 4,5 milhões m², que pertence à Sapiens Parque S.A - Sociedade de Propósito Específico - e ao Governo do Estado de Santa Catarina.
  • 4. COMPETIÇÃO INTERURBANA E INSERÇÃO MUNDIAL PARQUE SAPIENS PARQUE TECNOLÓGICO DE RIBEIRÃO PRETO • Atendem a demanda nas áreas da Saúde e Biotecnologia; • Atraem um número grande de pessoas da região e do país em busca de atendimento médico; • O empreendimento visa estimular o desenvolvimento científico e tecnológico da região; Fonte: http://www.folha.uol.com.br/ • Utiliza um modelo inovador para atrair e desenvolver, visando estabelecer um posicionamento diferenciado, sustentável e competitivo; • Ele é destaque no Festival Della Creatività, em Firenze, na Itália, de 23 a 26 de outubro; • Integrará o rol de empresas participantes do Barcelona Meeting Point, o mais importante evento profissional de investimento imobiliário, turístico e de infra-estrutura da Europa; • Sapiens Parque é o destaque nas áreas de Inovação Tecnológica e Científica e Energias Alternativas e Sustentabilidade. Fonte: http://www.sapiensparque.com.br/
  • 5. CONSTRUÇÃO DO SENTIMENTO DE CRISE PARQUE SAPIENS PARQUE TECNOLÓGICO VALETEC • Geração de empregos para melhorar a qualidade de vida da população, devido a sua falta; Fonte: http://novohamburgo.org Fonte: http://www.feevale.br • Como esta localizado numa área onde seu maior potencial é o turismo, ela torna-se uma atividade permanente para a população local, podendo utilizar esse espaço de diversas maneiras, não priorizando somente o turismo, mas quem ali mora. Fonte: www.parquesapiens.com.br
  • 6. INTERVENÇÕES PONTUAIS, PLANEJAMENTO POR PROJETOS PARQUE SAPIENS PARQUE TECNOLÓGICO PERNAMBUCO • Está localizado na zona central de Recife, onde que mais de cem instituições, entre empresas de TIC, serviços especializados e órgãos de fomento, fazem parte do arranjo produtivo. Fontehttp://1.bp.blogspot.com • Melhora na infra-estrutura do transporte urbano, vias de acesso que beneficiou o todo, revitalização e criação de áreas verdes e lazer. Fonte: www.parquesapiens.com.br
  • 7. RENASCIMENTO DA CIDADE POR MEIO DE GRANDES PROJETOS URBANOS PARQUE SAPIENS PARQUE TECNOLÓGICO DE RIBEIRÃO PRETO • Urbanização planejada de uma área que não é considerada como vetor de crescimento na cidade; • Valorização de áreas do entorno do parque; • Geração de demanda residencial para projetos imobiliários associados. • Sapiens Parque desenvolve-se a partir de atividades que já são vocação de Florianópolis, visando consolidá-la como uma capital do conhecimento e de qualidade de vida; • Serão ampliadas novas opções de comércio, lazer e serviços para a comunidade e serão gerados cerca de 30 mil empregos; • Será investido em vários setores em que irá trazer benefícios para a população local e se entorno. Fonte: : www.parquesapiens.com.br Fonte: : Google Earth
  • 8. EMPRESARIAMENTO URBANO E PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS PARQUE SAPIENS PARQUE TECNOLÓGICO DE RIBEIRÃO PRETO • As empresas que apóiam esse parque são: FIPASE, SEBRAE, FIESP, CIESP, SENAI e Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto. • Conquista Empreendimentos Agropecuários Ltda - CEAL, a Universidade de São Paulo a Fundação Instituto Pólo Avançado da Saúde – FIPASE, e com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento do Estado de São Paulo, da FINEP, do MCT, e da FAPESP, foi realizada a estruturação do Parque Tecnológico. Fonte: http://m185.photobucket.com • O empreendimento foi idealizado pela Fundação Centro de Referências em Tecnologias Inovadoras (CERTI) e apoiado pelo Governo do Estado de Santa Catarina; • Várias empresas e grandes instituições aderiram a esse novo tipo de empreendimento. Fonte: www.parquesapiens.com.br
  • 9. Distribuição dos setores Fonte: http://m185.photobucket.com Fonte: www.parquesapiens.com.br
  • 10. AS NOVAS FORMAS DE VALORIZAÇÃO PARQUE SAPIENS PARQUE TECNOLÓGICO DE RIBEIRÃO PRETO • O Parque é atendido pelo anel viário Norte, interligando a rodovia Anhanguera; • Ele fica perto do Aeroporto Leite Lopes, facilitando assim o acesso a este local. Fonte: http://www1.folha.uol.com.br • Contempla sistemas inovadores e modernos que utilizam conceitos de sustentabilidade e do bem-estar das pessoas; • Possui em rápido acesso aos usuários, possui ciclovias e largos passeios em todas as suas vias. Fonte: : www.parquesapiens.com.br
  • 12. A CIDADE-MERCADORIA, O MARKETING URBANO COMO INSTRUMENTO PARQUE SAPIENS PARQUE TECNOLÓGICO DE ITAIPU • Participa de Conferências Mundiais sobre Parques Tecnológicos, na Carolina do Norte; • Potencializa suas ações no maior evento de turismo no mundo, o WTTC (World Travel & Tourism Council); • Promove eventos, fóruns e importantes eventos para assim divulgar e propor a expansão do parque; • O Sapiens Parque é destaque no Festival della Creatività, em Firenze, na Itália. • Promove periodicamente palestras, workshops e cursos para as empresas ali instaladas e para o público externo; • O PTI apóia a participação em feiras comerciais e eventos para a demonstração de seus produtos e serviços. Fonte:http://jie.itaipu.gov.br Fonte: : www.parquesapiens.com.br
  • 13. ARQUITETURA DE GRIFE PARQUE SAPIENS • Possui parques científicos e tecnológicos; • Complexos urbanos novos ou revitalizados; • Parques temáticos e de lazer de última geração; • Busca integrar esses elementos de uma forma sustentável; • Para realizar esse parque, foram analisados três grandes projetos: Research Triangle Park, na Carolina do Norte, Estados Unidos; Centennial Campus, na Carolina do Norte, Estados Unidos e Digital Media City, em Seul, Coréia do Sul. Centro de cultura e Eventos Fonte: http://www.sapiensparque.com.br Telecentro e Biblioteca Fonte: http://www.sapiensparque.com.br Trilha do Rio do Braz Fonte: http://www.sapiensparque.com.br
  • 14. Centennial Campus Fonte: http://www.hku.hk/cpao/images/cc2.jpg Entrada Sapiens Parque Fonte: http://www.belasantacatarina.com.br Research Triangle Park Fonte: http://www.nature.com
  • 15. A CONVERGÊNCIA PROGRAMÁTICA E URBANÍSTICA DOS DIVERSOS PROJETOS PARQUE SAPIENS PARQUE TECNOLÓGICO DO RIO • A urbanização do parque preza por meios sustentáveis, para não agredir o meio ambiente. • Todo o projeto de urbanização do Parque foi concebido para respeitar o meio ambiente; • Preservaram áreas do manguezal e extensas áreas verdes. Fonte: http://www.parquedorio.ufrj.br/ • Por possuir conceitos de sustentabilidade através de sua tecnologia, torna-se uma maneira de preservação do meio. Fonte: : www.parquesapiens.com.br