SlideShare uma empresa Scribd logo
#fail
“Como vi SCRUM ser
   completamente
 rechaçado em uma
  grande empresa”
Como?
Eu estava lá...
...e caí do cavalo!
Então vou falar da minha
visão dos acontecimentos
Quem sou eu?
Leandro Silva
+12 anos na indústria




 Leandro Silva
+12 anos na indústria




 Leandro Silva
                        +3 anos de agilidade
+12 anos na indústria
                        Programador apaixonado




 Leandro Silva
                          +3 anos de agilidade
+12 anos na indústria
                           Programador apaixonado

Blogueiro


     Leandro Silva
                             +3 anos de agilidade
+12 anos na indústria
                              Programador apaixonado

Blogueiro


     Leandro Silva
                                +3 anos de agilidade
 http://leandrosilva.com.br
@codezone
   +12 anos na indústria
                              Programador apaixonado

Blogueiro


     Leandro Silva
                                +3 anos de agilidade
 http://leandrosilva.com.br
@codezone
   +12 anos na indústria
                              Programador apaixonado

Blogueiro          Instrutor na Caelum


     Leandro Silva
                                +3 anos de agilidade
 http://leandrosilva.com.br
@codezone
   +12 anos na indústria
                              Programador apaixonado

Blogueiro          Instrutor na Caelum


     Leandro Silva
                                +3 anos de agilidade
 http://leandrosilva.com.br
      Gerente de Desenvolvimento na Locaweb
Vamos ao #fail
Onde tudo começou...
Líder sulamericana em seu segmento
  Ainda assim, culturalmente familiar
Já imaginou como se
desenvolvia software
   nessa empresa?
Haiô Silver!
Dito isso...
Por que não
  ser ágil?
Por que não
 SCRUM?
Começaram nossos #fails
1º #fail
“Faltou formação
  ágil no time”
Não estou falando de
ter uma certificação
Estou falando de aprender
   SCRUM de verdade
Não só regrinhas, e sim, os
   princípios e valores
Agilidade é muito sobre
  princípios e valores
Conselho #1
{ todos }

Faça um curso com alguém
   realmente experiente
{ todos }

Troque ideias com pessoas
   experientes ou não
{ todos }

Leia bons livros e artigos
sobre agilidade em geral
{ gerente }

Contrate um coach para
 acompanhar seu time
Mas...
Cuidado com os vigaristas!
2º #fail
“Faltou a bênção
do diretor de TI”
Não estou falando de
    “ah! faz lá...”
Estou falando de
compromisso com a causa
O time precisa ter a
bênção formal e pública de
quem realmente tem poder
para o apoiar e o defender
Conselho #2
{ time, gerente }

Exija a bênção formal e
pública do seu diretor
{ diretor }

 Apoie, confie, invista, dê
espaço e defenda seu time
3º #fail
“Tentamos ser
  híbridos”
Não estou falando de
 tentar se adaptar
Estou falando que nos
adaptamos para suprir
  a falta de bênção
Nos adaptamos para não
remarmos contra o que
  a empresa buscava
Se a cultura da empresa
  não muda, não tem
 como é difícil ser ágil
Conselho #3
{ todos }

A empresa são as pessoas
    que a compõe
{ todos }

    Mude seu mindset,
construa uma nova cultura
Esses foram alguns
  de nossos #fail
E foi assim que vi SCRUM ser pouco
 a pouco rechaçado completamente
        nessa grande empresa
Conselho #final
Reflita sobre se você está
realmente no lugar certo
Busque ter dentro de si a
essência do Manifesto Ágil
Leve essa essência para onde
     quer que você vá!
Obrigado!
                 http://leandrosilva.com.br
                         @codezone



“Como vi SCRUM ser completamente rechaçado em uma grande empresa”

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Como vi Scrum ser rechaçado em uma grande empresa

Scrum - Primeiros Passos - Curso de Férias Fatec Praia Grande
Scrum - Primeiros Passos - Curso de Férias Fatec Praia GrandeScrum - Primeiros Passos - Curso de Férias Fatec Praia Grande
Scrum - Primeiros Passos - Curso de Férias Fatec Praia Grande
Gabriel Rubens
 
Tutorial Scrum Experience
Tutorial Scrum Experience Tutorial Scrum Experience
Tutorial Scrum Experience
Rildo (@rildosan) Santos
 
LinkedIn para Estudantes: Como Conseguir Trabalho com o LinkedIn
LinkedIn para Estudantes: Como Conseguir Trabalho com o LinkedInLinkedIn para Estudantes: Como Conseguir Trabalho com o LinkedIn
LinkedIn para Estudantes: Como Conseguir Trabalho com o LinkedIn
Helena Dias
 
Tutorial Scrum Experience mai2019_v1.pdf
Tutorial Scrum Experience mai2019_v1.pdfTutorial Scrum Experience mai2019_v1.pdf
Tutorial Scrum Experience mai2019_v1.pdf
Marcio Camargo
 
Usando o Agile Coaching Competency Framework para evoluir na carreira de Agil...
Usando o Agile Coaching Competency Framework para evoluir na carreira de Agil...Usando o Agile Coaching Competency Framework para evoluir na carreira de Agil...
Usando o Agile Coaching Competency Framework para evoluir na carreira de Agil...
Caio Cestari
 
Advoco Brasil - Linkedin para advogados
Advoco Brasil - Linkedin para advogadosAdvoco Brasil - Linkedin para advogados
Advoco Brasil - Linkedin para advogados
Andre Medeiros
 
Pequenas Ações para Revolucionar sua Carreira
Pequenas Ações para Revolucionar sua CarreiraPequenas Ações para Revolucionar sua Carreira
Pequenas Ações para Revolucionar sua Carreira
Paulo Igor Alves Godinho
 
Pilares do atendimento ao cliente em Academias
Pilares do atendimento ao cliente em AcademiasPilares do atendimento ao cliente em Academias
Pilares do atendimento ao cliente em Academias
Thiago Villaça
 
Treinamento Indústria 4.0 e Agilidade
Treinamento Indústria 4.0 e AgilidadeTreinamento Indústria 4.0 e Agilidade
Treinamento Indústria 4.0 e Agilidade
Bianca Machado Branco
 
O modelo caos + ordem aplicado a alm
O modelo caos + ordem aplicado a almO modelo caos + ordem aplicado a alm
O modelo caos + ordem aplicado a alm
Alisson Idaló
 
Agile para seleção de times
Agile para seleção de timesAgile para seleção de times
Agile para seleção de times
Michel Cordeiro
 
10 dicas essenciais para gerenciar projetos com freelancers
10 dicas essenciais para gerenciar projetos com freelancers10 dicas essenciais para gerenciar projetos com freelancers
10 dicas essenciais para gerenciar projetos com freelancers
Gabriel Matias
 
Start Linkedin analisando o cenário atual
Start Linkedin analisando o cenário atualStart Linkedin analisando o cenário atual
Start Linkedin analisando o cenário atual
caugustovitor1
 
Agilidade em escala - Agile Brazil 2018
Agilidade em escala  - Agile Brazil 2018Agilidade em escala  - Agile Brazil 2018
Agilidade em escala - Agile Brazil 2018
Ewerton Santos (Ton)
 

Semelhante a Como vi Scrum ser rechaçado em uma grande empresa (14)

Scrum - Primeiros Passos - Curso de Férias Fatec Praia Grande
Scrum - Primeiros Passos - Curso de Férias Fatec Praia GrandeScrum - Primeiros Passos - Curso de Férias Fatec Praia Grande
Scrum - Primeiros Passos - Curso de Férias Fatec Praia Grande
 
Tutorial Scrum Experience
Tutorial Scrum Experience Tutorial Scrum Experience
Tutorial Scrum Experience
 
LinkedIn para Estudantes: Como Conseguir Trabalho com o LinkedIn
LinkedIn para Estudantes: Como Conseguir Trabalho com o LinkedInLinkedIn para Estudantes: Como Conseguir Trabalho com o LinkedIn
LinkedIn para Estudantes: Como Conseguir Trabalho com o LinkedIn
 
Tutorial Scrum Experience mai2019_v1.pdf
Tutorial Scrum Experience mai2019_v1.pdfTutorial Scrum Experience mai2019_v1.pdf
Tutorial Scrum Experience mai2019_v1.pdf
 
Usando o Agile Coaching Competency Framework para evoluir na carreira de Agil...
Usando o Agile Coaching Competency Framework para evoluir na carreira de Agil...Usando o Agile Coaching Competency Framework para evoluir na carreira de Agil...
Usando o Agile Coaching Competency Framework para evoluir na carreira de Agil...
 
Advoco Brasil - Linkedin para advogados
Advoco Brasil - Linkedin para advogadosAdvoco Brasil - Linkedin para advogados
Advoco Brasil - Linkedin para advogados
 
Pequenas Ações para Revolucionar sua Carreira
Pequenas Ações para Revolucionar sua CarreiraPequenas Ações para Revolucionar sua Carreira
Pequenas Ações para Revolucionar sua Carreira
 
Pilares do atendimento ao cliente em Academias
Pilares do atendimento ao cliente em AcademiasPilares do atendimento ao cliente em Academias
Pilares do atendimento ao cliente em Academias
 
Treinamento Indústria 4.0 e Agilidade
Treinamento Indústria 4.0 e AgilidadeTreinamento Indústria 4.0 e Agilidade
Treinamento Indústria 4.0 e Agilidade
 
O modelo caos + ordem aplicado a alm
O modelo caos + ordem aplicado a almO modelo caos + ordem aplicado a alm
O modelo caos + ordem aplicado a alm
 
Agile para seleção de times
Agile para seleção de timesAgile para seleção de times
Agile para seleção de times
 
10 dicas essenciais para gerenciar projetos com freelancers
10 dicas essenciais para gerenciar projetos com freelancers10 dicas essenciais para gerenciar projetos com freelancers
10 dicas essenciais para gerenciar projetos com freelancers
 
Start Linkedin analisando o cenário atual
Start Linkedin analisando o cenário atualStart Linkedin analisando o cenário atual
Start Linkedin analisando o cenário atual
 
Agilidade em escala - Agile Brazil 2018
Agilidade em escala  - Agile Brazil 2018Agilidade em escala  - Agile Brazil 2018
Agilidade em escala - Agile Brazil 2018
 

Mais de Leandro Silva

Arquitetura de Software 101
Arquitetura de Software 101Arquitetura de Software 101
Arquitetura de Software 101
Leandro Silva
 
Async/Await Pattern in C#
Async/Await Pattern in C#Async/Await Pattern in C#
Async/Await Pattern in C#
Leandro Silva
 
Uma breve introdução ao Terraform
Uma breve introdução ao TerraformUma breve introdução ao Terraform
Uma breve introdução ao Terraform
Leandro Silva
 
SRE - Esperança não é uma estratégia
SRE - Esperança não é uma estratégiaSRE - Esperança não é uma estratégia
SRE - Esperança não é uma estratégia
Leandro Silva
 
Composição e Integração de Sistemas em 2013
Composição e Integração de Sistemas em 2013Composição e Integração de Sistemas em 2013
Composição e Integração de Sistemas em 2013
Leandro Silva
 
Sistemas para o Mundo Real - TDC 2012
Sistemas para o Mundo Real - TDC 2012Sistemas para o Mundo Real - TDC 2012
Sistemas para o Mundo Real - TDC 2012
Leandro Silva
 
Sistemas para o Mundo Real
Sistemas para o Mundo RealSistemas para o Mundo Real
Sistemas para o Mundo Real
Leandro Silva
 
Gerenciando times autogerenciáveis
Gerenciando times autogerenciáveisGerenciando times autogerenciáveis
Gerenciando times autogerenciáveis
Leandro Silva
 
Erlang/OTP - Caelum Tech Day 2009
Erlang/OTP - Caelum Tech Day 2009Erlang/OTP - Caelum Tech Day 2009
Erlang/OTP - Caelum Tech Day 2009
Leandro Silva
 

Mais de Leandro Silva (9)

Arquitetura de Software 101
Arquitetura de Software 101Arquitetura de Software 101
Arquitetura de Software 101
 
Async/Await Pattern in C#
Async/Await Pattern in C#Async/Await Pattern in C#
Async/Await Pattern in C#
 
Uma breve introdução ao Terraform
Uma breve introdução ao TerraformUma breve introdução ao Terraform
Uma breve introdução ao Terraform
 
SRE - Esperança não é uma estratégia
SRE - Esperança não é uma estratégiaSRE - Esperança não é uma estratégia
SRE - Esperança não é uma estratégia
 
Composição e Integração de Sistemas em 2013
Composição e Integração de Sistemas em 2013Composição e Integração de Sistemas em 2013
Composição e Integração de Sistemas em 2013
 
Sistemas para o Mundo Real - TDC 2012
Sistemas para o Mundo Real - TDC 2012Sistemas para o Mundo Real - TDC 2012
Sistemas para o Mundo Real - TDC 2012
 
Sistemas para o Mundo Real
Sistemas para o Mundo RealSistemas para o Mundo Real
Sistemas para o Mundo Real
 
Gerenciando times autogerenciáveis
Gerenciando times autogerenciáveisGerenciando times autogerenciáveis
Gerenciando times autogerenciáveis
 
Erlang/OTP - Caelum Tech Day 2009
Erlang/OTP - Caelum Tech Day 2009Erlang/OTP - Caelum Tech Day 2009
Erlang/OTP - Caelum Tech Day 2009
 

Como vi Scrum ser rechaçado em uma grande empresa

Notas do Editor

  1. - Essa palestra não é sobre acusações, mas sobre lições que aprendi; - Muitas empresas passam por isso, então talvez essa palestra te ajude.
  2. “Como ele pode ter visto SCRUM ser rechaçado?”
  3. E participei, e me envolvi, e lutei, e acreditei, e...
  4. - As coisas não aconteceram como eu esperava; - E assim como outros colegas, caí do cavalo.
  5. - Vou falar exclusivamente da minha opinião; - Não é necessariamente a opinião dos que estavam lá comigo; - A propósito, que indelicadeza a minha...
  6. OK, agora que vocês já sabem quem eu sou, vamos em frente...
  7. OK, agora que vocês já sabem quem eu sou, vamos em frente...
  8. OK, agora que vocês já sabem quem eu sou, vamos em frente...
  9. OK, agora que vocês já sabem quem eu sou, vamos em frente...
  10. OK, agora que vocês já sabem quem eu sou, vamos em frente...
  11. OK, agora que vocês já sabem quem eu sou, vamos em frente...
  12. OK, agora que vocês já sabem quem eu sou, vamos em frente...
  13. OK, agora que vocês já sabem quem eu sou, vamos em frente...
  14. - Uma grande empresa, multinacional (Brasil, América Latina e Europa); - Processos bem caseiros; - Equipe própria de desenvolvimento.
  15. Essas duas frases dizem muito: - queriam ser grandes (porque realmente são!); - mas se comportavam como uma empresa de fundo de quintal.
  16. Uma imagem diz mais que mil palavras!
  17. - Arrumar a casa (no que diz respeito a desenvolvimento de software); - Fazer as coisas direito; - Entregar mais valor sob todos os aspectos.
  18. - SCRUM estava em alta na época; - Eu e outras pessoas já haviamos lido algumas coisas sobre SCRUM; - NOTA: Eu tinha lido o Extreme Programming do Kent Beck há um tempo.
  19. - Certificação não prova absolutamente nada; - Não ajuda em nada no dia-a-dia.
  20. É o mínimo que se espera de alguém que quer fazer SCRUM. - Somente eu e alguns fizemos curso (na época, com o Magno na Caelum); - No dia-a-dia percebiamos a diferença.
  21. Princípios e valores são mais importante que regras. - Saber as regras é indispensável; - Cuspi-las é que é uma desgraça.
  22. Nós falhamos muito nisso.
  23. - Não é vergonha nenhuma fazer um curso. - É excelente trocar idéias com alguém que “já acertou e já errou” (não apenas leu); - Tem coisa que é melhor aprender pelo debate (com quem tem experiência).
  24. - Troque idéias sobre erros e acertos que a galera está cometendo; - Não fique isolado tentando apenas fazer a coisa do seu jeito.
  25. - Troque idéias sobre erros e acertos que a galera está cometendo; - Não fique isolado tentando apenas fazer a coisa do seu jeito.
  26. Assim você pode revezar entre aprendizado “em uma sala” e “em campo”. - Ele pode fazer apresentações, workshops; - Dar conselhos “in runtime” (outra vez: porque tem experiência).
  27. - Procure ver mesmo quem é o instrutor, o coach, etc; - Tem muito vigarista por aí; - Veja se o cara é mesmo experiênte como diz ser.
  28. - Não é aquele “vai lá, pode fazer, eu deixo”; - Isso não é bênção!
  29. - Tem que reunir todos os envolvidos e dizer: “estou apoiando esse projeto”; - Tem que investir dinheiro no projeto; - Tem que falar publicamente que apoia o projeto.
  30. - Sem isso é muito difícil a coisa ir pra frente por muito tempo. - A minha opinião é que deve ser pelo menos 2 níveis acima dos desenvolvedores; - O ideal é que seja “o maioral”.
  31. - Isso vai te livrar de muita coisa desagradável; - Isso também vai ajudar a perpetuar a coisa.
  32. - 5 coisas, porque “com grandes poderes...” - Ninguém consegue ser brilhante se não tiver no mínimo essas 5 coisas; - Seu time precisa de você! ($$$ inclusive!)
  33. - Se adaptar “num sentido ágil” é bom; - Mas tem que tomar cuidado com as adaptações; - “O que” você está adaptando e “como”.
  34. - Tentamos ser “meio ágeis” (ágil por baixo dos panos); - Isso porque nos faltava apoio “de cima”; - Eu fui um dos que, erroneamente, apoiou a idéia de ser hibrido.
  35. - A nossa adaptação era contra ou a favor da empresa? - Contra! Porque ela apoiava a cultura do “velho oeste” e do PMI; - Ah! Eu não falei do PMI, né? Pois é, eles inventaram isso também.
  36. - Cuidado com se adaptar à cultura da empresa e fazer concessões; - Agilidade começa na mente; - Tem que mudar o mindset!
  37. - A empresa não é uma entidade mítica; - Ela é você, o diretor, o gerente, o dba; - São todos!
  38. - Construa uma cultura baseada nos valores ágil; - Sem comando-controle, sem padaria, sem cowboy; - A EMPRESA SÃO AS PESSOAS.
  39. Cometemos outros, mas acho que esses foram os cruciais.
  40. - Se só você quer mudar, talvez seja hora de procurar outro lugar; - Se todos querem mudar, menos você, talvez seja hora de procurar outro lugar. - Outra vez: A EMPRESA SÃO AS PESSOAS.
  41. Isso requer uma profunda mudança de atitude e pensamento. - Não é só cuspir regras de um curso.
  42. Isso requer uma profunda mudança de atitude e pensamento. - Não é só cuspir regras de um curso.