SlideShare uma empresa Scribd logo
OUR Recordings
www.ourrecordings.com
Made in Germany and distributed by
NGL Naxos Global Logistics GmbH
www.naxos.com
MICHALA PETRI RECORDER
MARILYN MAZUR PERCUSSION
DANIEL MURRAY GUITAR
BRAZILIAN
LANDSCAPES
Paulo Porto Alegre (b.1953)
1: Sonhos (Dreams) (I) .....................4:45
Paulo Bellinati (b.1950)
2: Jongo...........................................7:00
Paulo Bellinati (b.1950)
3: Pingue-Pongue ..........................2:34
Antonio Carlos Jobim (1925-1994)
4: Olha Maria (Amparo)...................4:13
Daniel Murray (b.1981)
5: Cauteloso (Cauteous) .................6:50
Ernesto Nazareth (1863-1934)
6: Fon-Fon .......................................2:53
Daniel Murray (b.1981)
Canção e Dança (Song and Dance)
7: Canção ........................................4:32
8: Dança...........................................3:22
Egberto Gismonti (b.1947)
9: Karatê..........................................2:30
Egberto Gismonti (b.1947)
10: A Fala da Paixão (Passion talk) 5:22
Hermeto Pascoal (b.1936)
11: São Jorge (Saint George)..........6:11
Antônio Ribeiro (b.1971)
VIII Miniaturas (VIII Miniatures)
12: I Homenagem a Debussy
(Homage to Debussy).................1:20
13: II No Balanço (On toy swing)....1:15
14: III Dança (Dance).......................0:51
15: IV Valsa Triste (Sad Waltz) .......1:41
16: V Cirandinha (Children song) ...0:51
17: VI Modinha................................1:37
18: VII Toada ...................................1:27
19: VIII Final (Finale)........................0:38
Heitor Villa-Lobos (1887-1959)
20: Choros No 2 .............................2:26
Heitor Villa-Lobos (1887-1959)
21: Choros No 5
Alma Brasileira (Brazilian soul).......4:21
Paulo Porto Alegre (b.1953)
22: Sonhos (Dreams) (II) ..................4:10
Total: 1:11:11
2
A Variety of Landscapes
Notes by Paulo Bellinati
Brazilian Landscapes shows two pillars of composition, Antônio Carlos Jobim
the greatest creator of popular music and Heitor Villa-Lobos the greatest com-
poser of Brazilian classical music. Both Jobim and Villa-Lobos always sought
to enrich their creations in the classical and the popular field respectively.
Maestro Villa-Lobos was way ahead of his time and always believed that the
foundations on which he based his entire creation were rooted in Brazil’s folk
music.
On the other hand, Jobim always looked to the Maestro for many elements to
refine his music. We thus have a two-way street that formed a third stream:
popular music with the nuances and refinements of classical music or, classical
music incorporated with the rhythmic-harmonic-melodic improvisations of the
popular one.
These “pillars” influenced several generations of composers up to today’s
young people, who are very well represented here.
Choros No 2, originally for flute and clarinet, and Choros No 5-Alma Brasileira
for piano, are part of the collection of 10 “Choros” that Villa-Lobos wrote for
the most diverse range of formations: from No 1 for solo guitar to No 10 for
a full orchestra. In these versions, brilliantly arranged by Daniel Murray, the
pieces sound much more popular than in the classic original versions.
Olha Maria was written for piano and recorded by the composer on the 1969
album “Stone Flower” with the title Amparo. Years later the piece was given
lyrics by Chico Buarque de Holanda and recorded by famous singer/songwriter
3
Milton Nascimento with the new title. The influence of Villa-Lobos is remarkable
in the harmonies and in the exciting melody of Jobim.
Egberto Gismonti and Hermeto Pascoal are undoubtedly the two most important
composers of this style of instrumental music. Gismonti was also influenced by
Villa-Lobos but, like Hermeto, created a type of music that points to the future of
the Brazilian instrumental universe.
A Fala da Paixão - Passion Talk - is a breathtaking piece, a meditative instru-
mental song that lives up to its title. The recorder and the guitar are framed with
the delicate and subtle participation of Marilyn Mazur on percussions.
Karatê is a “frevo”- an important style from Pernambuco state, performed here
by Daniel and Michala Petri with vigor and abundant virtuosity, but without los-
ing the joy and good humor characteristic of this frenzied rhythm.
Ernesto Nazareth was a great pianist-composer who was active in the late 19th
century. His work contributed to marking the beginning of instrumental popular
music at a time when European dances such as the waltz, polka, and mazurca
were very much played in Brazil. One could say that the “Brazilian way” of play-
ing these dances gave rise to the first styles: Choro, Batuque, and Maxixe - a
dance occasionally known as the Brazilian tango.
Fon-Fon, originally written for piano, receives here an amusing version for re-
corder, guitar, and percussion, evoking a “roda de choro” - a kind of jam-session
mostly performed by a group of musicians playing traditional instruments.
4 5
Sonhos by Paulo Porto Alegre is the most descriptive and introspective piece
on this album. Over the obstinate accompaniment of the guitar, the recorder
traverses its melody spaced almost freely, and the punctuating effects of the
percussions enhance the composition’s mysterious atmosphere.
Cauteloso by Daniel Murray is a traditional choro, but contains all the influ-
ences revealed in this collection. Daniel has been touted as one of the great
composers of the new generation and his disquieting work covers a wide range
of styles, from Brazilian traditional to contemporary atonal music.
The Oito Miniaturas by Antônio Ribeiro are originally written for piano. Here
the recorder and guitar version leaves the listener with the question I like most:
Is this classical or popular music? The answer is: it is classic and popular at the
same time, as done by Jobim and Villa-Lobos, quite simply Brazilian instru-
mental music of the highest quality. Congratulations Michala Petri, Daniel Mur-
ray, Marilyn Mazur, and Lars Hannibal for making this award winning recording.
The work of Hermeto Pascoal influenced several generations of Brazilian
musicians and is built almost entirely on the musical styles from the north and
northeast of Brazil. Hermeto’s LP “Quarteto Novo” from 1967, recorded together
with Airton Moreira, Heraldo do Monte, and Theo de Barros, is considered a
landmark in the history of instrumental music. After that, he formed the Hermeto
Pascoal Group with which he recorded a dozen records, all absolutely revolu-
tionary, bringing their music to major jazz festivals around the world and culmi-
nating in the historic live recording of a double album at the Montreux Festival in
Switzerland.
São Jorge is a playful, inspired piece that stands out in Hermeto’s abundant
body of work formed largely by energetic compositions, always with intense
improvisations and contemporary textures similar to free jazz.
Jongo and Pingue-Pongue by Paulo Bellinati are both written for two guitars.
The musical style “jongo” comes from the homonymous religious ceremony, as
well as several other African musical genres that have been incorporated into
Brazilian folklore, greatly enriching it. This arrangement receives a new section
that pleasantly interrupts the steady, obstinate rhythm of the original version.
Marilyn masterfully completes the idea by bringing the intense percussions of
the ritual to the piece.
Pingue-Ponque is a maxixe-canon that can be performed by any two in-
struments. Here the version sounds transparent and flawless with the guitar
responding to the recorder as an echo. Writing a perfect canon is an incredible
exercise in composition, and that challenge was further enhanced by the fact
that it is also a “maxixe” in its traditional three-part form.
76
Michala Petri
Danish recorder player. For more than
40 years Michala Petri has toured the
world as a soloist and chamber musi-
cian, with more than 4.000 concerts in
the worlds leading festivals and concert
halls. She has recorded and toured
with conductors and musicians such as
Claudio Abbado, Keith Jarrett, Joshua
Bell, Gidon Kremer, James Galway and
Mahan Esfahani. She has premiered
more than 150 works written for her.
Amongst her many prizes and awards
are the Sonning Music Prize, Wilhelm
Hansen Music Price and European
Soloist Prize.
98
Marilyn Mazur
Danish/American percussionist/bandleader
and composer. For more than 40 years
Marilyn Mazur has toured the world as a
soloist, composer and “band musician”,
appearing on leading jazz festivals and in
concert halls. She recorded and toured for
many years with Miles Davis, and amongst
others also with Wayne Shorter, Jan Gar-
barek and Palle Mikkelborg. Among her
many prizes and honors are Ben Webster
Prize, Jazzpar Prize, Wilhelm Hansens
Composers Prize and JTI Jazz Award.
1110
Daniel Murray
Brazilian guitarplayer, arranger, teacher and
composer. Daniel Murray is considered one
of the most talented guitarists of his gen-
eration with a very active career. A master
of extended techniques, with incomparable
sound ability, he explores new ways in
creating unusual atmospheres and diverse
soundscapes. Daniel has also been touted
as one of the great composers of the new
generation and his disquieting work cov-
ers a wide range of styles, from Brazilian
traditional to contemporary atonal music.
His recordings includes Brazilian classical
music from various composers and own
compositions for solo guitar.
13
OLHA MARIA
Chico Buarque
Olha Maria
Eu bem te queria
Fazer uma presa
Da minha poesia
Mas hoje, Maria
Pra minha surpresa
Pra minha tristeza
Precisas partir
Parte Maria
Que estás tão bonita
Que estás tão aflita
Pra me abandonar
Sinto Maria
Que estás de visita
Teu corpo se agita
Querendo dançar
Parte Maria
Que estás toda nua
Que a lua te chama
Que estás tão mulher
Arde Maria
Na chama da lua
Maria cigana
Maria maré
Parte cantando
Maria fugindo
Contra a ventania
Brincando, dormindo
Num colo de serra
Num campo vazio
Num leito de rio
Nos braços do mar
Vai, alegria
Que a vida, Maria
Não passa de um dia
Não vou te prender
Corre, Maria
Que a vida não espera
É uma primavera
Não podes perder
Anda, Maria
Pois eu só teria
A minha agonia
Pra te oferecer.
12
OLHA MARIA a Brazilian poem
by Chico Buarque
Know this, Maria
I really want
To make you the focus
Of my poetry
But today, Maria
To my surprise
To my sorrow
You need to leave
Leave, Maria
You who are so beautiful
You who are so eager
To abandon me
I feel Maria
That you were only here visiting
Your body moves
Wanting to dance
Leave, Maria
You who are all naked
You who are called by the moon
You who are so womanly
Burn, Maria
In the flame of the moon
Maria the gypsy
Maria the tide
Leave singing
Maria running away
Against the big wind
Playing, sleeping
In the side of a hill
In an empty field
In the bed of a river
In the arms of the sea
Go away, Joy
That life, Maria,
Lasts for just one day
I won’t delay you
Run, Maria
For life doesn’t wait
It’s your springtime
You can’t miss it
Go ahead, Maria
For I’d have only
My agony
To offer to you
Go ahead, Maria
For I’d have only
My agony
To offer to you.
15
Olha Maria foi escrita para piano e gravada pelo compositor no disco “Stone
Flower” de 1969 com o título de “Amparo”. Anos depois a peça recebeu letra
de Chico Buarque de Holanda e foi gravada por Milton Nascimento com o novo
título. A influência de Villa Lobos é notável nas harmonias e na melodia emocio-
nante de Jobim.
Egberto Gismonti e Hermeto Pascoal são sem dúvida os dois mais importantes
compositores dessa música instrumental. Gismonti foi igualmente influenciado
por Villa-Lobos mas, assim como Hermeto, criou uma música que aponta para
o futuro do universo instrumental brasileiro.
A Fala da Paixão é uma peça de perder o fôlego. Uma canção instrumental
meditativa que faz jus ao seu titulo, aqui com a delicada e sutil participação de
Marilyn Mazur nas percussões.
Karatê é um “frevo rasgado” no melhor estilo pernambucano executado aqui
por Daniel e Michala Petri com vigor e virtuosidade abundante mas sem perder
a alegria e o bom humor característicos dessa dança frenética.
Ernesto Nazareth foi um grande pianista-compositor que já atuava no final do
século XIX. Sua obra contribuiu para marcar o inicio da música popular instru-
mental, em uma época em que as danças Europeias como a valsa, a polka, a
mazurca, eram muito tocadas no Brasil. Podemos dizer que o “jeito brasileiro”
de tocar essas danças deram origem aos primeiros estilos: Choro, Batuque e
Maxixe - também chamado de Tango Brasileiro.
14
Diversas Paisagens
por Paulo Bellinati
Brazilian Landscapes conta com os dois pilares da composição, Antônio Carlos
Jobim, o maior criador de canções da música popular e Heitor Villa-Lobos, o
maior compositor da música erudita brasileira. Tanto Jobim quando Villa-Lobos
sempre buscaram no clássico e no popular respectivamente o enriquecimento
de suas criações. O Maestro Villa-Lobos estava muito à frente de seu tempo e
sempre acreditou que na música folclórica do Brasil estavam os fundamentos
sobre os quais baseou toda sua criação.
Ao contrário, Jobim sempre buscou no Maestro muitos elementos para sofisti-
car suas canções. Temos uma via de mão dupla que foi gerando uma terceira:
música popular com os matizes e refinamentos da música erudita ou, música
clássica com as liberdades de improviso rítmico-harmônico-melódico da
música popular.
Estes “pilares” influenciaram várias gerações de compositores até os jovens de
hoje, aqui muito bem representados.
Choros No 2 original para flauta e clarinete e Choros No 5 - Alma Brasileira
para piano, fazem parte da coleção de 10 choros que Villa-Lobos escreveu
para as mais diversas formações: desde o No1 para violão solo até o No 10
para grande orquestra. Nestas versões, arranjadas brilhantemente por Daniel
Murray, as peças soam muito mais populares do que nas clássicas versões
originais.
17
respondendo a flauta doce como um eco. Escrever um cânone perfeito é um
incrível exercício de composição, e esse desafio foi ainda maior pelo fato de
ser também um “maxixe” na sua forma tradicional em 3 partes.
Sonhos de Paulo Porto Alegre é a peça mais descritiva e introspectiva deste
álbum. Sobre o acompanhamento obstinado do violão, a flauta passeia sua
melodia espaçada quase que livremente e os efeitos pontuais das percussões
realçam a atmosfera misteriosa da composição.
Cauteloso de Daniel Murray é um choro tradicional, mas contém todas as
influências reveladas na presente coleção. Daniel vem se destacando um dos
grandes compositores da nova geração e sua obra inquietante já abarca um
grande leque de estilos, da tradição brasileira à musica contemporânea atonal.
As Oito Miniaturas de Antônio Ribeiro foram escritas originalmente para pia-
no. Aqui a versão para flauta doce e violão vai deixando o ouvinte com a dúvida
que eu mais gosto: Isso é música clássica ou popular? A resposta: é clássica
e popular ao mesmo tempo, como fizeram Jobim e Villa-Lobos, simplesmente
música instrumental brasileira da mais alta qualidade. Parabéns Michala Petri,
Daniel Murray, Marilyn Mazur e Lars Hannibal por realizarem esta gravação já
premiada.
16
Fon-Fon, original para piano recebe aqui uma divertida versão para o trio flauta
doce, violão e percussão, evocando o ambiente de uma roda de choro.
A obra de Hermeto Pascoal influenciou várias gerações de músicos brasileiros
e está construída quase que totalmente sobre estilos musicais do norte e
nordeste do Brasil. Seu primeiro LP de 1967 “Quarteto Novo”, formado por
ele, Airton Moreira, Heraldo do Monte e Theo de Barros é um marco na historia
da música instrumental. Depois disso criou o Hermeto Pascoal e Grupo com
o qual gravou uma dezena de discos, todos absolutamente revolucionários
levando sua música para grandes festivais de Jazz em todo o mundo, culmi-
nando com a histórica gravação ao vivo de um álbum duplo no Festival de
Montreux na Suíça.
São Jorge é uma peça lúdica e inspirada que se destaca na densa obra de
Hermeto formada em grande parte por composições enérgicas, sempre com
improvisos intensos e texturas contemporâneas similares ao free-jazz.
Jongo e Pingue-Pongue de Paulo Bellinati são duas peças escritas para
dois violões. O estilo musical “jongo” vem da homônima cerimonia religiosa,
assim como vários outros gêneros musicais Africanos que se incorporaram
ao folclore brasileiro, enriquecendo-o sobremaneira. Este arranjo recebe um
novo trecho que interrompe agradavelmente a rítmica constante e obstinada da
versão original. Marilyn completa com maestria a idéia de trazer para a peça as
intensas percussões do ritual original.
Pingue-Pongue é um maxixe-cânone que pode ser executado por dois instru-
mentos quaisquer. Aqui a versão soa transparente e impecável com o violão
1918
Michala Petri
Flautista doce Dinamarquesa. Por
mais de 40 anos Michala Petri fez
turnês mundiais como solista e em
grupos de câmara, com mais de
4.000 apresentações em impor-
tantes festivais e salas de concerto
no mundo. Gravou e participou
de turnês com maestros e músi-
cos como Claudio Abbado, Keith
Jarret, Joshua Bell, Gidon Kremer,
James Galway e Mahan Esfahani.
Fez estreias de mais de 150 obras
escritas para ela. Entre seus muitos
prêmios destacan-se Sonning
Music Prize, Wilheim Hansen Music
Prize e European Soloist Prize.
2120
Marilyn Mazur
Dinamarquesa/ Americana,
percussionista/bandleader e com-
positora. Por mais de 40 anos Marilyn
Mazur fez turnês pelo mundo instru-
mentista e compositora como solista
e fazendo parte de importante grupos,
aparecendo nos principais festivais
de jazz e salas de concerto. Marylin
gravou e fez turnês por muitos anos
com Miles Davis, e entre outros como
Wayne Shorter, Jan Garbareck e
Palle Mikkelborg. Entre seus diversos
prêmios estão o Ben Webster Prize,
Jazz Prize, Wilhelm Hansens Composer
Prize e JTI Jazz Award.
23
Daniel Murray
Violonista Brasileiro, arranjador,
professor e compositor. Daniel
Murray é considerado um dos
mais talentosos violonistas de
sua geração e vem desenvol-
vendo uma ativa carreira. Mestre
em técnicas estendidas com uma
incomparável habilidade sonora,
ele explora novas maneiras de
fazer música trazendo a tona
sua originalidade em diversos
gêneros musicais. Tanto como
compositor quanto músico
ele cobre um vasto leque de
estilos do popular ao erudito.
Seus albums contemplam um
repertório diverso de composi-
tores brasileiros desde a música
erudita e experimental a música
popular além de suas próprias
composições.
22
25
A caminho desta gravação
A idéia deste album nasceu quando eu conheci Daniel em 2014 apresentando
seu recital solo no Jazz Club “Porgy and Bess” em Viena. Ele estava rep-
resentando o Brasil na Classical Next, uma importante conferência anual
de música clássica. Seu toque pessoal e arrojado chamou minha atenção.
Imediatamente pensei na possibilidade de combinar o violão do Daniel com
a maneira de tocar da Michala, além disso complementada com a incrível
sensibilidade e inventividade de Marilyn Manzur, que eu sempre admirei em
muitos outros trabalhos. Nos anos seguintes nos encontramos algumas vezes
na Dinamarca e fomos amadurecendo este projeto tão especial. Nas nossas
divagações passeamos por muitos lugares procurando peças que tivessem em
comum a mesma expressão musical, tanto Brasileira como Clássica européia.
Como músico, o que mais me fascinou na música brasileira foi a enorme varie-
dade de ritmos e expressões que você não acha nem no Jazz nem na música
clássica da Europa. Foi muito interessante descobrir que muitos pianistas
brasileiros no final do século XIX tocavam Chopin no cinema, bares e clubes,
e pouco a pouco incorporaram o choro e outros estilos nestas performances.
Então podemos dizer que as harmonias da Bossa Nova que iriam aparecer no
final dos anos 50, vieram de Chopin!
Esperamos que o clima bem humorado e feliz que permeou todo esse maravil-
hoso processo atinja igualmente os apreciadores deste album.
Lars Hannibal, violonista e produtor musical.
24
Leading to this recording
The idea for this album came when I first met Daniel in Vienna 2014 - he was
playing a solo recital at the Jazz Club “Porgy and Bess” representing Brazil
at the annual conference for classical music, Classical Next. His very special
and personal way of playing the guitar attracted and kept my attention.
I immediately thought of a match with Michala’s playing, complemented
with the outstanding musical inventiveness and sensitivity of Marilyn Mazur,
whom I along with so many others have admired for decades. Over the next
years we met in Denmark a few times, and developed this unique project.
We went to many places in our thoughts, and tried to find music where both
the Brazilian and European musical expression could be felt. One thing that
fascinates me as a musician is the many and very varied rhythmical patterns
and feelings in the Brazilian music that you do neither find in European clas-
sical music nor in Jazz. It was also interesting to find out that many Brazilian
piano players in the late 19
th
century played Chopin at bars and clubs, and
gradually incorporated the Brazilian Choro music into their playing - so you
could say in a way, that the harmonic origin for the Bossa Nova, that we
came to know in the late 1950s, came from Chopin!
The spirit during the whole process has been great, joyful and humorous
- something we all hope will convey itself to the listeners of this album.
Lars Hannibal, guitarist and executive producer.
2726
2928
This recording is made possible
by generous support from the
Oticon Foundation, Aage and
Johanne Louis-Hansens Foundation,
Edition Borup-Jørgensen and
Dansk Solistforbund.
Recorded in Koncertkirken,
Copenhagen, December 16-18 2016
in DXD Format (352.8 kHz/32 bit).
Arrangements: Daniel Murray
Recorded and Produced by:
Mikkel Nymand and Preben Iwan
Editing and mix: Mikkel Nymand
Mastering: Preben Iwan
Executive producer: Lars Hannibal
Cover notes: Paulo Bellinati
Art work and cover design:
CEZBP, OUR Recordings
Cover Photo: Svend Withfelt,
Lis Kasper (p.7), private: (p.28).
31
8.226907
6.220570
8.226900
8.226908
6.220600
8.226901
6.220607
6.220601
8.226902
8.226909
6.220602
8.226903
6.220614 OUR-LP0016.220616 6.220617
30
OUR Recordings Releases
6.220608
6.220603
8.226904
8.226910
6.220604
8.226905
6.220605
8.226906
6.220606
6.220531
6.220610
6.220613 6.220615
6.220609
6.2206126.220611

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Paulinho Nogueira
Paulinho NogueiraPaulinho Nogueira
Paulinho Nogueira
Alisson S.
 
Brasileiro: Villa-Lobos & Friends, com Nelson Freire
Brasileiro: Villa-Lobos & Friends, com Nelson FreireBrasileiro: Villa-Lobos & Friends, com Nelson Freire
Brasileiro: Villa-Lobos & Friends, com Nelson Freire
alfeuRIO
 
Estilos Musicais
Estilos MusicaisEstilos Musicais
Estilos Musicais
Marilia
 
Gêneros Musicais
Gêneros MusicaisGêneros Musicais
Gêneros Musicais
Aurelio1
 
Música Portuguesa
Música PortuguesaMúsica Portuguesa
Música Portuguesa
Sinziana Socol
 
Pellegrini 7-cordas
Pellegrini 7-cordasPellegrini 7-cordas
Pellegrini 7-cordas
Alexandre Araujo
 
Música Brasil
Música BrasilMúsica Brasil
Livro 100 anos-de-musica-site_cpfl
Livro 100 anos-de-musica-site_cpflLivro 100 anos-de-musica-site_cpfl
Livro 100 anos-de-musica-site_cpfl
Fábio Amaral
 
Ritmos musicais luana , maria eduarda , francisco
Ritmos musicais luana , maria eduarda , franciscoRitmos musicais luana , maria eduarda , francisco
Ritmos musicais luana , maria eduarda , francisco
nacirbertini
 
Ritimos musicais mikael,arthur napoleo e janaina q
Ritimos musicais mikael,arthur napoleo e janaina qRitimos musicais mikael,arthur napoleo e janaina q
Ritimos musicais mikael,arthur napoleo e janaina q
nacirbertini
 
Musica
Musica Musica
Música brasileira
Música brasileiraMúsica brasileira
Música brasileira
Di-Milhomem
 
Trabalho gêneros musicais - Maurício e Rosângela - Sertanejo
Trabalho gêneros musicais - Maurício e Rosângela - SertanejoTrabalho gêneros musicais - Maurício e Rosângela - Sertanejo
Trabalho gêneros musicais - Maurício e Rosângela - Sertanejo
escolafranciscozilli
 
História da Música Brasileira
História da Música BrasileiraHistória da Música Brasileira
História da Música Brasileira
Carlos Zaranza
 
Ritmos musicais maisa , maria a e matheus e
Ritmos musicais maisa , maria a e matheus eRitmos musicais maisa , maria a e matheus e
Ritmos musicais maisa , maria a e matheus e
nacirbertini
 
Trabalho de tecnologia
Trabalho de tecnologiaTrabalho de tecnologia
Trabalho de tecnologia
Hadazza Hebbo
 
Historia da musica atividades
Historia da musica atividadesHistoria da musica atividades
Historia da musica atividades
Atividades Diversas Cláudia
 
Camargo emerson zíngaro - música sertaneja e globa ll-zação
Camargo emerson zíngaro  - música sertaneja e globa ll-zaçãoCamargo emerson zíngaro  - música sertaneja e globa ll-zação
Camargo emerson zíngaro - música sertaneja e globa ll-zação
https://camargoemersonzingaro.wordpress.com
 
A Evolução dos Ritmos Musicais
A Evolução dos Ritmos Musicais A Evolução dos Ritmos Musicais
A Evolução dos Ritmos Musicais
eercavalcanti
 
Fernando Deghi - catalogo de arranjos
Fernando Deghi - catalogo de arranjos Fernando Deghi - catalogo de arranjos
Fernando Deghi - catalogo de arranjos
deghi
 

Mais procurados (20)

Paulinho Nogueira
Paulinho NogueiraPaulinho Nogueira
Paulinho Nogueira
 
Brasileiro: Villa-Lobos & Friends, com Nelson Freire
Brasileiro: Villa-Lobos & Friends, com Nelson FreireBrasileiro: Villa-Lobos & Friends, com Nelson Freire
Brasileiro: Villa-Lobos & Friends, com Nelson Freire
 
Estilos Musicais
Estilos MusicaisEstilos Musicais
Estilos Musicais
 
Gêneros Musicais
Gêneros MusicaisGêneros Musicais
Gêneros Musicais
 
Música Portuguesa
Música PortuguesaMúsica Portuguesa
Música Portuguesa
 
Pellegrini 7-cordas
Pellegrini 7-cordasPellegrini 7-cordas
Pellegrini 7-cordas
 
Música Brasil
Música BrasilMúsica Brasil
Música Brasil
 
Livro 100 anos-de-musica-site_cpfl
Livro 100 anos-de-musica-site_cpflLivro 100 anos-de-musica-site_cpfl
Livro 100 anos-de-musica-site_cpfl
 
Ritmos musicais luana , maria eduarda , francisco
Ritmos musicais luana , maria eduarda , franciscoRitmos musicais luana , maria eduarda , francisco
Ritmos musicais luana , maria eduarda , francisco
 
Ritimos musicais mikael,arthur napoleo e janaina q
Ritimos musicais mikael,arthur napoleo e janaina qRitimos musicais mikael,arthur napoleo e janaina q
Ritimos musicais mikael,arthur napoleo e janaina q
 
Musica
Musica Musica
Musica
 
Música brasileira
Música brasileiraMúsica brasileira
Música brasileira
 
Trabalho gêneros musicais - Maurício e Rosângela - Sertanejo
Trabalho gêneros musicais - Maurício e Rosângela - SertanejoTrabalho gêneros musicais - Maurício e Rosângela - Sertanejo
Trabalho gêneros musicais - Maurício e Rosângela - Sertanejo
 
História da Música Brasileira
História da Música BrasileiraHistória da Música Brasileira
História da Música Brasileira
 
Ritmos musicais maisa , maria a e matheus e
Ritmos musicais maisa , maria a e matheus eRitmos musicais maisa , maria a e matheus e
Ritmos musicais maisa , maria a e matheus e
 
Trabalho de tecnologia
Trabalho de tecnologiaTrabalho de tecnologia
Trabalho de tecnologia
 
Historia da musica atividades
Historia da musica atividadesHistoria da musica atividades
Historia da musica atividades
 
Camargo emerson zíngaro - música sertaneja e globa ll-zação
Camargo emerson zíngaro  - música sertaneja e globa ll-zaçãoCamargo emerson zíngaro  - música sertaneja e globa ll-zação
Camargo emerson zíngaro - música sertaneja e globa ll-zação
 
A Evolução dos Ritmos Musicais
A Evolução dos Ritmos Musicais A Evolução dos Ritmos Musicais
A Evolução dos Ritmos Musicais
 
Fernando Deghi - catalogo de arranjos
Fernando Deghi - catalogo de arranjos Fernando Deghi - catalogo de arranjos
Fernando Deghi - catalogo de arranjos
 

Semelhante a Brazilian Landscapes - Encarte

Tema blog
Tema blogTema blog
Tema blog
LaisMusic
 
Projeto Gonzaga - Bicho de Pé
 Projeto Gonzaga - Bicho de Pé Projeto Gonzaga - Bicho de Pé
Projeto Gonzaga - Bicho de Pé
chamberdaniel
 
Sounds of Brazilian Music - Clarinet
Sounds of Brazilian Music - ClarinetSounds of Brazilian Music - Clarinet
Sounds of Brazilian Music - Clarinet
Rafael Nunan
 
Música trabalho completo
Música trabalho completoMúsica trabalho completo
Música trabalho completo
dfis1997
 
História da música
História da músicaHistória da música
História da música
Atividades Diversas Cláudia
 
Powerpoint bibliomusica
Powerpoint bibliomusicaPowerpoint bibliomusica
Powerpoint bibliomusica
RuteFolhas
 
Powerpoint bibliomusica
Powerpoint bibliomusicaPowerpoint bibliomusica
Powerpoint bibliomusica
Regina Coutinho
 
GENEROS.pptx
GENEROS.pptxGENEROS.pptx
GENEROS.pptx
AndreJose15
 
Biografia Fernando Lopes Graça.docx
Biografia Fernando Lopes Graça.docxBiografia Fernando Lopes Graça.docx
Biografia Fernando Lopes Graça.docx
Mary59609
 
Ponteio
PonteioPonteio
Cp141311
Cp141311Cp141311
Cp141311
Saulo Gomes
 
Cavaquinho brasil jorge dias
Cavaquinho brasil   jorge diasCavaquinho brasil   jorge dias
Cavaquinho brasil jorge dias
Januário Esteves
 
Generos MUSICAIS BRASILEIROS3333333333333
Generos MUSICAIS BRASILEIROS3333333333333Generos MUSICAIS BRASILEIROS3333333333333
Generos MUSICAIS BRASILEIROS3333333333333
matheuschagas71
 
Música portuguesa
Música portuguesaMúsica portuguesa
Música portuguesa
Silvia Cojocaru
 
A Bossa Dançante do Sambalanço - Tárik de Souza
A Bossa Dançante do Sambalanço - Tárik de SouzaA Bossa Dançante do Sambalanço - Tárik de Souza
A Bossa Dançante do Sambalanço - Tárik de Souza
alfeuRIO
 
Renato dobrados joao_cavalcante_final
Renato dobrados joao_cavalcante_finalRenato dobrados joao_cavalcante_final
Renato dobrados joao_cavalcante_final
Renato Cardoso
 
Violino, Formas Musicais Etc
Violino, Formas Musicais EtcViolino, Formas Musicais Etc
Violino, Formas Musicais Etc
HOME
 
MÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.ppt
MÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.pptMÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.ppt
MÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.ppt
FernandaBorges359180
 
MÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.ppt
MÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.pptMÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.ppt
MÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.ppt
MariaMarques385773
 
Palestra Sobre a Historia da Musica em Chapeco-SC
Palestra Sobre a Historia da Musica em Chapeco-SC Palestra Sobre a Historia da Musica em Chapeco-SC
Palestra Sobre a Historia da Musica em Chapeco-SC
Sergio Paulo Ribeiro
 

Semelhante a Brazilian Landscapes - Encarte (20)

Tema blog
Tema blogTema blog
Tema blog
 
Projeto Gonzaga - Bicho de Pé
 Projeto Gonzaga - Bicho de Pé Projeto Gonzaga - Bicho de Pé
Projeto Gonzaga - Bicho de Pé
 
Sounds of Brazilian Music - Clarinet
Sounds of Brazilian Music - ClarinetSounds of Brazilian Music - Clarinet
Sounds of Brazilian Music - Clarinet
 
Música trabalho completo
Música trabalho completoMúsica trabalho completo
Música trabalho completo
 
História da música
História da músicaHistória da música
História da música
 
Powerpoint bibliomusica
Powerpoint bibliomusicaPowerpoint bibliomusica
Powerpoint bibliomusica
 
Powerpoint bibliomusica
Powerpoint bibliomusicaPowerpoint bibliomusica
Powerpoint bibliomusica
 
GENEROS.pptx
GENEROS.pptxGENEROS.pptx
GENEROS.pptx
 
Biografia Fernando Lopes Graça.docx
Biografia Fernando Lopes Graça.docxBiografia Fernando Lopes Graça.docx
Biografia Fernando Lopes Graça.docx
 
Ponteio
PonteioPonteio
Ponteio
 
Cp141311
Cp141311Cp141311
Cp141311
 
Cavaquinho brasil jorge dias
Cavaquinho brasil   jorge diasCavaquinho brasil   jorge dias
Cavaquinho brasil jorge dias
 
Generos MUSICAIS BRASILEIROS3333333333333
Generos MUSICAIS BRASILEIROS3333333333333Generos MUSICAIS BRASILEIROS3333333333333
Generos MUSICAIS BRASILEIROS3333333333333
 
Música portuguesa
Música portuguesaMúsica portuguesa
Música portuguesa
 
A Bossa Dançante do Sambalanço - Tárik de Souza
A Bossa Dançante do Sambalanço - Tárik de SouzaA Bossa Dançante do Sambalanço - Tárik de Souza
A Bossa Dançante do Sambalanço - Tárik de Souza
 
Renato dobrados joao_cavalcante_final
Renato dobrados joao_cavalcante_finalRenato dobrados joao_cavalcante_final
Renato dobrados joao_cavalcante_final
 
Violino, Formas Musicais Etc
Violino, Formas Musicais EtcViolino, Formas Musicais Etc
Violino, Formas Musicais Etc
 
MÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.ppt
MÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.pptMÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.ppt
MÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.ppt
 
MÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.ppt
MÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.pptMÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.ppt
MÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.ppt
 
Palestra Sobre a Historia da Musica em Chapeco-SC
Palestra Sobre a Historia da Musica em Chapeco-SC Palestra Sobre a Historia da Musica em Chapeco-SC
Palestra Sobre a Historia da Musica em Chapeco-SC
 

Mais de alfeuRIO

MENG - Meng Su.pdf
MENG - Meng Su.pdfMENG - Meng Su.pdf
MENG - Meng Su.pdf
alfeuRIO
 
Klengel, Schumann - Romantic Cello Concertos (Encarte).pdf
Klengel, Schumann - Romantic Cello Concertos (Encarte).pdfKlengel, Schumann - Romantic Cello Concertos (Encarte).pdf
Klengel, Schumann - Romantic Cello Concertos (Encarte).pdf
alfeuRIO
 
Sebastião Tapajós – Visões Do Nordeste (1986).pdf
Sebastião Tapajós – Visões Do Nordeste (1986).pdfSebastião Tapajós – Visões Do Nordeste (1986).pdf
Sebastião Tapajós – Visões Do Nordeste (1986).pdf
alfeuRIO
 
Alta Madrugada - 2003.pdf
Alta Madrugada - 2003.pdfAlta Madrugada - 2003.pdf
Alta Madrugada - 2003.pdf
alfeuRIO
 
Brasil Guitar Duo - Zanzibar, A Música de Edu Lobo.pdf
Brasil Guitar Duo - Zanzibar, A Música de Edu Lobo.pdfBrasil Guitar Duo - Zanzibar, A Música de Edu Lobo.pdf
Brasil Guitar Duo - Zanzibar, A Música de Edu Lobo.pdf
alfeuRIO
 
ANNA VINNITSKAYA - Ravel (2011)
ANNA  VINNITSKAYA -   Ravel (2011)ANNA  VINNITSKAYA -   Ravel (2011)
ANNA VINNITSKAYA - Ravel (2011)
alfeuRIO
 
Camille Thomas: Saint-Saëns, Offenbach
Camille Thomas:  Saint-Saëns, OffenbachCamille Thomas:  Saint-Saëns, Offenbach
Camille Thomas: Saint-Saëns, Offenbach
alfeuRIO
 
Christian Scott a Tunde Adjuah - Stretch Music
Christian Scott a Tunde Adjuah - Stretch MusicChristian Scott a Tunde Adjuah - Stretch Music
Christian Scott a Tunde Adjuah - Stretch Music
alfeuRIO
 
Nelson Freire: Heitor Villa-Lobos / Klavierwerke
Nelson Freire: Heitor Villa-Lobos / KlavierwerkeNelson Freire: Heitor Villa-Lobos / Klavierwerke
Nelson Freire: Heitor Villa-Lobos / Klavierwerke
alfeuRIO
 
Cartola Entre Amigos - Encarte
Cartola Entre Amigos - EncarteCartola Entre Amigos - Encarte
Cartola Entre Amigos - Encarte
alfeuRIO
 
Shin-Ichi Fukuda: Guitar-Pieces
Shin-Ichi Fukuda: Guitar-PiecesShin-Ichi Fukuda: Guitar-Pieces
Shin-Ichi Fukuda: Guitar-Pieces
alfeuRIO
 
YUJA WANG - Sonatas & Etudes (2009)
YUJA WANG - Sonatas & Etudes (2009)YUJA WANG - Sonatas & Etudes (2009)
YUJA WANG - Sonatas & Etudes (2009)
alfeuRIO
 
Hekel Tavares
Hekel TavaresHekel Tavares
Hekel Tavares
alfeuRIO
 
Villa-Lobos, Ripper, Gomes - A Night of Classics from Brazil
Villa-Lobos, Ripper, Gomes - A Night of Classics from BrazilVilla-Lobos, Ripper, Gomes - A Night of Classics from Brazil
Villa-Lobos, Ripper, Gomes - A Night of Classics from Brazil
alfeuRIO
 
Ophélie Gaillard: Schumann - Liszt (2012)
Ophélie Gaillard:  Schumann - Liszt (2012)Ophélie Gaillard:  Schumann - Liszt (2012)
Ophélie Gaillard: Schumann - Liszt (2012)
alfeuRIO
 
Mestre Severino - Cocoimbolê (2010)
Mestre Severino - Cocoimbolê (2010)Mestre Severino - Cocoimbolê (2010)
Mestre Severino - Cocoimbolê (2010)
alfeuRIO
 
Jongo do Sudeste - São Paulo
Jongo do Sudeste - São PauloJongo do Sudeste - São Paulo
Jongo do Sudeste - São Paulo
alfeuRIO
 
Imagens Brasileiras/Brazilian Images/Brasilianische Bilder
Imagens Brasileiras/Brazilian Images/Brasilianische BilderImagens Brasileiras/Brazilian Images/Brasilianische Bilder
Imagens Brasileiras/Brazilian Images/Brasilianische Bilder
alfeuRIO
 
Fauré - Andreas Brantelid & Bengt Forsberg
Fauré - Andreas Brantelid & Bengt ForsbergFauré - Andreas Brantelid & Bengt Forsberg
Fauré - Andreas Brantelid & Bengt Forsberg
alfeuRIO
 
Live in Brussels
Live in BrusselsLive in Brussels
Live in Brussels
alfeuRIO
 

Mais de alfeuRIO (20)

MENG - Meng Su.pdf
MENG - Meng Su.pdfMENG - Meng Su.pdf
MENG - Meng Su.pdf
 
Klengel, Schumann - Romantic Cello Concertos (Encarte).pdf
Klengel, Schumann - Romantic Cello Concertos (Encarte).pdfKlengel, Schumann - Romantic Cello Concertos (Encarte).pdf
Klengel, Schumann - Romantic Cello Concertos (Encarte).pdf
 
Sebastião Tapajós – Visões Do Nordeste (1986).pdf
Sebastião Tapajós – Visões Do Nordeste (1986).pdfSebastião Tapajós – Visões Do Nordeste (1986).pdf
Sebastião Tapajós – Visões Do Nordeste (1986).pdf
 
Alta Madrugada - 2003.pdf
Alta Madrugada - 2003.pdfAlta Madrugada - 2003.pdf
Alta Madrugada - 2003.pdf
 
Brasil Guitar Duo - Zanzibar, A Música de Edu Lobo.pdf
Brasil Guitar Duo - Zanzibar, A Música de Edu Lobo.pdfBrasil Guitar Duo - Zanzibar, A Música de Edu Lobo.pdf
Brasil Guitar Duo - Zanzibar, A Música de Edu Lobo.pdf
 
ANNA VINNITSKAYA - Ravel (2011)
ANNA  VINNITSKAYA -   Ravel (2011)ANNA  VINNITSKAYA -   Ravel (2011)
ANNA VINNITSKAYA - Ravel (2011)
 
Camille Thomas: Saint-Saëns, Offenbach
Camille Thomas:  Saint-Saëns, OffenbachCamille Thomas:  Saint-Saëns, Offenbach
Camille Thomas: Saint-Saëns, Offenbach
 
Christian Scott a Tunde Adjuah - Stretch Music
Christian Scott a Tunde Adjuah - Stretch MusicChristian Scott a Tunde Adjuah - Stretch Music
Christian Scott a Tunde Adjuah - Stretch Music
 
Nelson Freire: Heitor Villa-Lobos / Klavierwerke
Nelson Freire: Heitor Villa-Lobos / KlavierwerkeNelson Freire: Heitor Villa-Lobos / Klavierwerke
Nelson Freire: Heitor Villa-Lobos / Klavierwerke
 
Cartola Entre Amigos - Encarte
Cartola Entre Amigos - EncarteCartola Entre Amigos - Encarte
Cartola Entre Amigos - Encarte
 
Shin-Ichi Fukuda: Guitar-Pieces
Shin-Ichi Fukuda: Guitar-PiecesShin-Ichi Fukuda: Guitar-Pieces
Shin-Ichi Fukuda: Guitar-Pieces
 
YUJA WANG - Sonatas & Etudes (2009)
YUJA WANG - Sonatas & Etudes (2009)YUJA WANG - Sonatas & Etudes (2009)
YUJA WANG - Sonatas & Etudes (2009)
 
Hekel Tavares
Hekel TavaresHekel Tavares
Hekel Tavares
 
Villa-Lobos, Ripper, Gomes - A Night of Classics from Brazil
Villa-Lobos, Ripper, Gomes - A Night of Classics from BrazilVilla-Lobos, Ripper, Gomes - A Night of Classics from Brazil
Villa-Lobos, Ripper, Gomes - A Night of Classics from Brazil
 
Ophélie Gaillard: Schumann - Liszt (2012)
Ophélie Gaillard:  Schumann - Liszt (2012)Ophélie Gaillard:  Schumann - Liszt (2012)
Ophélie Gaillard: Schumann - Liszt (2012)
 
Mestre Severino - Cocoimbolê (2010)
Mestre Severino - Cocoimbolê (2010)Mestre Severino - Cocoimbolê (2010)
Mestre Severino - Cocoimbolê (2010)
 
Jongo do Sudeste - São Paulo
Jongo do Sudeste - São PauloJongo do Sudeste - São Paulo
Jongo do Sudeste - São Paulo
 
Imagens Brasileiras/Brazilian Images/Brasilianische Bilder
Imagens Brasileiras/Brazilian Images/Brasilianische BilderImagens Brasileiras/Brazilian Images/Brasilianische Bilder
Imagens Brasileiras/Brazilian Images/Brasilianische Bilder
 
Fauré - Andreas Brantelid & Bengt Forsberg
Fauré - Andreas Brantelid & Bengt ForsbergFauré - Andreas Brantelid & Bengt Forsberg
Fauré - Andreas Brantelid & Bengt Forsberg
 
Live in Brussels
Live in BrusselsLive in Brussels
Live in Brussels
 

Brazilian Landscapes - Encarte

  • 1. OUR Recordings www.ourrecordings.com Made in Germany and distributed by NGL Naxos Global Logistics GmbH www.naxos.com MICHALA PETRI RECORDER MARILYN MAZUR PERCUSSION DANIEL MURRAY GUITAR BRAZILIAN LANDSCAPES Paulo Porto Alegre (b.1953) 1: Sonhos (Dreams) (I) .....................4:45 Paulo Bellinati (b.1950) 2: Jongo...........................................7:00 Paulo Bellinati (b.1950) 3: Pingue-Pongue ..........................2:34 Antonio Carlos Jobim (1925-1994) 4: Olha Maria (Amparo)...................4:13 Daniel Murray (b.1981) 5: Cauteloso (Cauteous) .................6:50 Ernesto Nazareth (1863-1934) 6: Fon-Fon .......................................2:53 Daniel Murray (b.1981) Canção e Dança (Song and Dance) 7: Canção ........................................4:32 8: Dança...........................................3:22 Egberto Gismonti (b.1947) 9: Karatê..........................................2:30 Egberto Gismonti (b.1947) 10: A Fala da Paixão (Passion talk) 5:22 Hermeto Pascoal (b.1936) 11: São Jorge (Saint George)..........6:11 Antônio Ribeiro (b.1971) VIII Miniaturas (VIII Miniatures) 12: I Homenagem a Debussy (Homage to Debussy).................1:20 13: II No Balanço (On toy swing)....1:15 14: III Dança (Dance).......................0:51 15: IV Valsa Triste (Sad Waltz) .......1:41 16: V Cirandinha (Children song) ...0:51 17: VI Modinha................................1:37 18: VII Toada ...................................1:27 19: VIII Final (Finale)........................0:38 Heitor Villa-Lobos (1887-1959) 20: Choros No 2 .............................2:26 Heitor Villa-Lobos (1887-1959) 21: Choros No 5 Alma Brasileira (Brazilian soul).......4:21 Paulo Porto Alegre (b.1953) 22: Sonhos (Dreams) (II) ..................4:10 Total: 1:11:11
  • 2. 2 A Variety of Landscapes Notes by Paulo Bellinati Brazilian Landscapes shows two pillars of composition, Antônio Carlos Jobim the greatest creator of popular music and Heitor Villa-Lobos the greatest com- poser of Brazilian classical music. Both Jobim and Villa-Lobos always sought to enrich their creations in the classical and the popular field respectively. Maestro Villa-Lobos was way ahead of his time and always believed that the foundations on which he based his entire creation were rooted in Brazil’s folk music. On the other hand, Jobim always looked to the Maestro for many elements to refine his music. We thus have a two-way street that formed a third stream: popular music with the nuances and refinements of classical music or, classical music incorporated with the rhythmic-harmonic-melodic improvisations of the popular one. These “pillars” influenced several generations of composers up to today’s young people, who are very well represented here. Choros No 2, originally for flute and clarinet, and Choros No 5-Alma Brasileira for piano, are part of the collection of 10 “Choros” that Villa-Lobos wrote for the most diverse range of formations: from No 1 for solo guitar to No 10 for a full orchestra. In these versions, brilliantly arranged by Daniel Murray, the pieces sound much more popular than in the classic original versions. Olha Maria was written for piano and recorded by the composer on the 1969 album “Stone Flower” with the title Amparo. Years later the piece was given lyrics by Chico Buarque de Holanda and recorded by famous singer/songwriter 3 Milton Nascimento with the new title. The influence of Villa-Lobos is remarkable in the harmonies and in the exciting melody of Jobim. Egberto Gismonti and Hermeto Pascoal are undoubtedly the two most important composers of this style of instrumental music. Gismonti was also influenced by Villa-Lobos but, like Hermeto, created a type of music that points to the future of the Brazilian instrumental universe. A Fala da Paixão - Passion Talk - is a breathtaking piece, a meditative instru- mental song that lives up to its title. The recorder and the guitar are framed with the delicate and subtle participation of Marilyn Mazur on percussions. Karatê is a “frevo”- an important style from Pernambuco state, performed here by Daniel and Michala Petri with vigor and abundant virtuosity, but without los- ing the joy and good humor characteristic of this frenzied rhythm. Ernesto Nazareth was a great pianist-composer who was active in the late 19th century. His work contributed to marking the beginning of instrumental popular music at a time when European dances such as the waltz, polka, and mazurca were very much played in Brazil. One could say that the “Brazilian way” of play- ing these dances gave rise to the first styles: Choro, Batuque, and Maxixe - a dance occasionally known as the Brazilian tango. Fon-Fon, originally written for piano, receives here an amusing version for re- corder, guitar, and percussion, evoking a “roda de choro” - a kind of jam-session mostly performed by a group of musicians playing traditional instruments.
  • 3. 4 5 Sonhos by Paulo Porto Alegre is the most descriptive and introspective piece on this album. Over the obstinate accompaniment of the guitar, the recorder traverses its melody spaced almost freely, and the punctuating effects of the percussions enhance the composition’s mysterious atmosphere. Cauteloso by Daniel Murray is a traditional choro, but contains all the influ- ences revealed in this collection. Daniel has been touted as one of the great composers of the new generation and his disquieting work covers a wide range of styles, from Brazilian traditional to contemporary atonal music. The Oito Miniaturas by Antônio Ribeiro are originally written for piano. Here the recorder and guitar version leaves the listener with the question I like most: Is this classical or popular music? The answer is: it is classic and popular at the same time, as done by Jobim and Villa-Lobos, quite simply Brazilian instru- mental music of the highest quality. Congratulations Michala Petri, Daniel Mur- ray, Marilyn Mazur, and Lars Hannibal for making this award winning recording. The work of Hermeto Pascoal influenced several generations of Brazilian musicians and is built almost entirely on the musical styles from the north and northeast of Brazil. Hermeto’s LP “Quarteto Novo” from 1967, recorded together with Airton Moreira, Heraldo do Monte, and Theo de Barros, is considered a landmark in the history of instrumental music. After that, he formed the Hermeto Pascoal Group with which he recorded a dozen records, all absolutely revolu- tionary, bringing their music to major jazz festivals around the world and culmi- nating in the historic live recording of a double album at the Montreux Festival in Switzerland. São Jorge is a playful, inspired piece that stands out in Hermeto’s abundant body of work formed largely by energetic compositions, always with intense improvisations and contemporary textures similar to free jazz. Jongo and Pingue-Pongue by Paulo Bellinati are both written for two guitars. The musical style “jongo” comes from the homonymous religious ceremony, as well as several other African musical genres that have been incorporated into Brazilian folklore, greatly enriching it. This arrangement receives a new section that pleasantly interrupts the steady, obstinate rhythm of the original version. Marilyn masterfully completes the idea by bringing the intense percussions of the ritual to the piece. Pingue-Ponque is a maxixe-canon that can be performed by any two in- struments. Here the version sounds transparent and flawless with the guitar responding to the recorder as an echo. Writing a perfect canon is an incredible exercise in composition, and that challenge was further enhanced by the fact that it is also a “maxixe” in its traditional three-part form.
  • 4. 76 Michala Petri Danish recorder player. For more than 40 years Michala Petri has toured the world as a soloist and chamber musi- cian, with more than 4.000 concerts in the worlds leading festivals and concert halls. She has recorded and toured with conductors and musicians such as Claudio Abbado, Keith Jarrett, Joshua Bell, Gidon Kremer, James Galway and Mahan Esfahani. She has premiered more than 150 works written for her. Amongst her many prizes and awards are the Sonning Music Prize, Wilhelm Hansen Music Price and European Soloist Prize.
  • 5. 98 Marilyn Mazur Danish/American percussionist/bandleader and composer. For more than 40 years Marilyn Mazur has toured the world as a soloist, composer and “band musician”, appearing on leading jazz festivals and in concert halls. She recorded and toured for many years with Miles Davis, and amongst others also with Wayne Shorter, Jan Gar- barek and Palle Mikkelborg. Among her many prizes and honors are Ben Webster Prize, Jazzpar Prize, Wilhelm Hansens Composers Prize and JTI Jazz Award.
  • 6. 1110 Daniel Murray Brazilian guitarplayer, arranger, teacher and composer. Daniel Murray is considered one of the most talented guitarists of his gen- eration with a very active career. A master of extended techniques, with incomparable sound ability, he explores new ways in creating unusual atmospheres and diverse soundscapes. Daniel has also been touted as one of the great composers of the new generation and his disquieting work cov- ers a wide range of styles, from Brazilian traditional to contemporary atonal music. His recordings includes Brazilian classical music from various composers and own compositions for solo guitar.
  • 7. 13 OLHA MARIA Chico Buarque Olha Maria Eu bem te queria Fazer uma presa Da minha poesia Mas hoje, Maria Pra minha surpresa Pra minha tristeza Precisas partir Parte Maria Que estás tão bonita Que estás tão aflita Pra me abandonar Sinto Maria Que estás de visita Teu corpo se agita Querendo dançar Parte Maria Que estás toda nua Que a lua te chama Que estás tão mulher Arde Maria Na chama da lua Maria cigana Maria maré Parte cantando Maria fugindo Contra a ventania Brincando, dormindo Num colo de serra Num campo vazio Num leito de rio Nos braços do mar Vai, alegria Que a vida, Maria Não passa de um dia Não vou te prender Corre, Maria Que a vida não espera É uma primavera Não podes perder Anda, Maria Pois eu só teria A minha agonia Pra te oferecer. 12 OLHA MARIA a Brazilian poem by Chico Buarque Know this, Maria I really want To make you the focus Of my poetry But today, Maria To my surprise To my sorrow You need to leave Leave, Maria You who are so beautiful You who are so eager To abandon me I feel Maria That you were only here visiting Your body moves Wanting to dance Leave, Maria You who are all naked You who are called by the moon You who are so womanly Burn, Maria In the flame of the moon Maria the gypsy Maria the tide Leave singing Maria running away Against the big wind Playing, sleeping In the side of a hill In an empty field In the bed of a river In the arms of the sea Go away, Joy That life, Maria, Lasts for just one day I won’t delay you Run, Maria For life doesn’t wait It’s your springtime You can’t miss it Go ahead, Maria For I’d have only My agony To offer to you Go ahead, Maria For I’d have only My agony To offer to you.
  • 8. 15 Olha Maria foi escrita para piano e gravada pelo compositor no disco “Stone Flower” de 1969 com o título de “Amparo”. Anos depois a peça recebeu letra de Chico Buarque de Holanda e foi gravada por Milton Nascimento com o novo título. A influência de Villa Lobos é notável nas harmonias e na melodia emocio- nante de Jobim. Egberto Gismonti e Hermeto Pascoal são sem dúvida os dois mais importantes compositores dessa música instrumental. Gismonti foi igualmente influenciado por Villa-Lobos mas, assim como Hermeto, criou uma música que aponta para o futuro do universo instrumental brasileiro. A Fala da Paixão é uma peça de perder o fôlego. Uma canção instrumental meditativa que faz jus ao seu titulo, aqui com a delicada e sutil participação de Marilyn Mazur nas percussões. Karatê é um “frevo rasgado” no melhor estilo pernambucano executado aqui por Daniel e Michala Petri com vigor e virtuosidade abundante mas sem perder a alegria e o bom humor característicos dessa dança frenética. Ernesto Nazareth foi um grande pianista-compositor que já atuava no final do século XIX. Sua obra contribuiu para marcar o inicio da música popular instru- mental, em uma época em que as danças Europeias como a valsa, a polka, a mazurca, eram muito tocadas no Brasil. Podemos dizer que o “jeito brasileiro” de tocar essas danças deram origem aos primeiros estilos: Choro, Batuque e Maxixe - também chamado de Tango Brasileiro. 14 Diversas Paisagens por Paulo Bellinati Brazilian Landscapes conta com os dois pilares da composição, Antônio Carlos Jobim, o maior criador de canções da música popular e Heitor Villa-Lobos, o maior compositor da música erudita brasileira. Tanto Jobim quando Villa-Lobos sempre buscaram no clássico e no popular respectivamente o enriquecimento de suas criações. O Maestro Villa-Lobos estava muito à frente de seu tempo e sempre acreditou que na música folclórica do Brasil estavam os fundamentos sobre os quais baseou toda sua criação. Ao contrário, Jobim sempre buscou no Maestro muitos elementos para sofisti- car suas canções. Temos uma via de mão dupla que foi gerando uma terceira: música popular com os matizes e refinamentos da música erudita ou, música clássica com as liberdades de improviso rítmico-harmônico-melódico da música popular. Estes “pilares” influenciaram várias gerações de compositores até os jovens de hoje, aqui muito bem representados. Choros No 2 original para flauta e clarinete e Choros No 5 - Alma Brasileira para piano, fazem parte da coleção de 10 choros que Villa-Lobos escreveu para as mais diversas formações: desde o No1 para violão solo até o No 10 para grande orquestra. Nestas versões, arranjadas brilhantemente por Daniel Murray, as peças soam muito mais populares do que nas clássicas versões originais.
  • 9. 17 respondendo a flauta doce como um eco. Escrever um cânone perfeito é um incrível exercício de composição, e esse desafio foi ainda maior pelo fato de ser também um “maxixe” na sua forma tradicional em 3 partes. Sonhos de Paulo Porto Alegre é a peça mais descritiva e introspectiva deste álbum. Sobre o acompanhamento obstinado do violão, a flauta passeia sua melodia espaçada quase que livremente e os efeitos pontuais das percussões realçam a atmosfera misteriosa da composição. Cauteloso de Daniel Murray é um choro tradicional, mas contém todas as influências reveladas na presente coleção. Daniel vem se destacando um dos grandes compositores da nova geração e sua obra inquietante já abarca um grande leque de estilos, da tradição brasileira à musica contemporânea atonal. As Oito Miniaturas de Antônio Ribeiro foram escritas originalmente para pia- no. Aqui a versão para flauta doce e violão vai deixando o ouvinte com a dúvida que eu mais gosto: Isso é música clássica ou popular? A resposta: é clássica e popular ao mesmo tempo, como fizeram Jobim e Villa-Lobos, simplesmente música instrumental brasileira da mais alta qualidade. Parabéns Michala Petri, Daniel Murray, Marilyn Mazur e Lars Hannibal por realizarem esta gravação já premiada. 16 Fon-Fon, original para piano recebe aqui uma divertida versão para o trio flauta doce, violão e percussão, evocando o ambiente de uma roda de choro. A obra de Hermeto Pascoal influenciou várias gerações de músicos brasileiros e está construída quase que totalmente sobre estilos musicais do norte e nordeste do Brasil. Seu primeiro LP de 1967 “Quarteto Novo”, formado por ele, Airton Moreira, Heraldo do Monte e Theo de Barros é um marco na historia da música instrumental. Depois disso criou o Hermeto Pascoal e Grupo com o qual gravou uma dezena de discos, todos absolutamente revolucionários levando sua música para grandes festivais de Jazz em todo o mundo, culmi- nando com a histórica gravação ao vivo de um álbum duplo no Festival de Montreux na Suíça. São Jorge é uma peça lúdica e inspirada que se destaca na densa obra de Hermeto formada em grande parte por composições enérgicas, sempre com improvisos intensos e texturas contemporâneas similares ao free-jazz. Jongo e Pingue-Pongue de Paulo Bellinati são duas peças escritas para dois violões. O estilo musical “jongo” vem da homônima cerimonia religiosa, assim como vários outros gêneros musicais Africanos que se incorporaram ao folclore brasileiro, enriquecendo-o sobremaneira. Este arranjo recebe um novo trecho que interrompe agradavelmente a rítmica constante e obstinada da versão original. Marilyn completa com maestria a idéia de trazer para a peça as intensas percussões do ritual original. Pingue-Pongue é um maxixe-cânone que pode ser executado por dois instru- mentos quaisquer. Aqui a versão soa transparente e impecável com o violão
  • 10. 1918 Michala Petri Flautista doce Dinamarquesa. Por mais de 40 anos Michala Petri fez turnês mundiais como solista e em grupos de câmara, com mais de 4.000 apresentações em impor- tantes festivais e salas de concerto no mundo. Gravou e participou de turnês com maestros e músi- cos como Claudio Abbado, Keith Jarret, Joshua Bell, Gidon Kremer, James Galway e Mahan Esfahani. Fez estreias de mais de 150 obras escritas para ela. Entre seus muitos prêmios destacan-se Sonning Music Prize, Wilheim Hansen Music Prize e European Soloist Prize.
  • 11. 2120 Marilyn Mazur Dinamarquesa/ Americana, percussionista/bandleader e com- positora. Por mais de 40 anos Marilyn Mazur fez turnês pelo mundo instru- mentista e compositora como solista e fazendo parte de importante grupos, aparecendo nos principais festivais de jazz e salas de concerto. Marylin gravou e fez turnês por muitos anos com Miles Davis, e entre outros como Wayne Shorter, Jan Garbareck e Palle Mikkelborg. Entre seus diversos prêmios estão o Ben Webster Prize, Jazz Prize, Wilhelm Hansens Composer Prize e JTI Jazz Award.
  • 12. 23 Daniel Murray Violonista Brasileiro, arranjador, professor e compositor. Daniel Murray é considerado um dos mais talentosos violonistas de sua geração e vem desenvol- vendo uma ativa carreira. Mestre em técnicas estendidas com uma incomparável habilidade sonora, ele explora novas maneiras de fazer música trazendo a tona sua originalidade em diversos gêneros musicais. Tanto como compositor quanto músico ele cobre um vasto leque de estilos do popular ao erudito. Seus albums contemplam um repertório diverso de composi- tores brasileiros desde a música erudita e experimental a música popular além de suas próprias composições. 22
  • 13. 25 A caminho desta gravação A idéia deste album nasceu quando eu conheci Daniel em 2014 apresentando seu recital solo no Jazz Club “Porgy and Bess” em Viena. Ele estava rep- resentando o Brasil na Classical Next, uma importante conferência anual de música clássica. Seu toque pessoal e arrojado chamou minha atenção. Imediatamente pensei na possibilidade de combinar o violão do Daniel com a maneira de tocar da Michala, além disso complementada com a incrível sensibilidade e inventividade de Marilyn Manzur, que eu sempre admirei em muitos outros trabalhos. Nos anos seguintes nos encontramos algumas vezes na Dinamarca e fomos amadurecendo este projeto tão especial. Nas nossas divagações passeamos por muitos lugares procurando peças que tivessem em comum a mesma expressão musical, tanto Brasileira como Clássica européia. Como músico, o que mais me fascinou na música brasileira foi a enorme varie- dade de ritmos e expressões que você não acha nem no Jazz nem na música clássica da Europa. Foi muito interessante descobrir que muitos pianistas brasileiros no final do século XIX tocavam Chopin no cinema, bares e clubes, e pouco a pouco incorporaram o choro e outros estilos nestas performances. Então podemos dizer que as harmonias da Bossa Nova que iriam aparecer no final dos anos 50, vieram de Chopin! Esperamos que o clima bem humorado e feliz que permeou todo esse maravil- hoso processo atinja igualmente os apreciadores deste album. Lars Hannibal, violonista e produtor musical. 24 Leading to this recording The idea for this album came when I first met Daniel in Vienna 2014 - he was playing a solo recital at the Jazz Club “Porgy and Bess” representing Brazil at the annual conference for classical music, Classical Next. His very special and personal way of playing the guitar attracted and kept my attention. I immediately thought of a match with Michala’s playing, complemented with the outstanding musical inventiveness and sensitivity of Marilyn Mazur, whom I along with so many others have admired for decades. Over the next years we met in Denmark a few times, and developed this unique project. We went to many places in our thoughts, and tried to find music where both the Brazilian and European musical expression could be felt. One thing that fascinates me as a musician is the many and very varied rhythmical patterns and feelings in the Brazilian music that you do neither find in European clas- sical music nor in Jazz. It was also interesting to find out that many Brazilian piano players in the late 19 th century played Chopin at bars and clubs, and gradually incorporated the Brazilian Choro music into their playing - so you could say in a way, that the harmonic origin for the Bossa Nova, that we came to know in the late 1950s, came from Chopin! The spirit during the whole process has been great, joyful and humorous - something we all hope will convey itself to the listeners of this album. Lars Hannibal, guitarist and executive producer.
  • 14. 2726
  • 15. 2928 This recording is made possible by generous support from the Oticon Foundation, Aage and Johanne Louis-Hansens Foundation, Edition Borup-Jørgensen and Dansk Solistforbund. Recorded in Koncertkirken, Copenhagen, December 16-18 2016 in DXD Format (352.8 kHz/32 bit). Arrangements: Daniel Murray Recorded and Produced by: Mikkel Nymand and Preben Iwan Editing and mix: Mikkel Nymand Mastering: Preben Iwan Executive producer: Lars Hannibal Cover notes: Paulo Bellinati Art work and cover design: CEZBP, OUR Recordings Cover Photo: Svend Withfelt, Lis Kasper (p.7), private: (p.28).
  • 16. 31 8.226907 6.220570 8.226900 8.226908 6.220600 8.226901 6.220607 6.220601 8.226902 8.226909 6.220602 8.226903 6.220614 OUR-LP0016.220616 6.220617 30 OUR Recordings Releases 6.220608 6.220603 8.226904 8.226910 6.220604 8.226905 6.220605 8.226906 6.220606 6.220531 6.220610 6.220613 6.220615 6.220609 6.2206126.220611