SlideShare uma empresa Scribd logo
BOTÂNICA




 Botânica de Ensino Fundamental
BRIÓFITAS

Plantas de pequeno porte, que geralmente
  medem entre 1 á no máximo 10 centímetros.
Elas vivem em lugares úmidos e sombreados.
Essas plantas são na maioria das vezes
  musgos.
O musgo tem 3 partes/estruturas:
Rizoides - filamentos que fixam a planta no
  ambiente em que ela vive e absorvem a
  água e os sais minerais disponíveis nesse
  ambiente;
Cauloide - pequena haste de onde partem os
  filoides;
Filoides -estruturas clorofiladas e capazes de
  fazer fotossíntese.
Botânica
As Briófitas são de pequeno porte, pois elas
 não tem vasos condutores, isso fará com
 que a distribuição de água paras as células
 fique mais lenta prejudicando o
 desenvolvimento da planta.
PTERIDÓFITAS
A samambaia é uma planta assexuada
 produtora de esporos. Por isso, ela
 representa a fase chamada esporófito
Em certas épocas, na superfície inferior das
 folhas das samambaias formam-se
 pontinhos escuros chamados soros. O
 surgimento dos soros indica que as
 samambaias estão em época de reprodução
 - em cada soro são produzidos inúmeros
 esporos.
Botânica
Como você pode perceber, tanto as briófitas
 como as pteridófitas dependem da água
 para a fecundação. Mas nas briófitas, o
 gametófito é a fase duradoura e os
 esporófitos, a fase passageira. Nas
 pteridófitas ocorre o contrário: o gametófito é
 passageiro - morre após a produção de
 gametas e a ocorrência da fecundação - e o
 esporófito é duradouro, pois se mantém vivo
 após a produção de esporos.
IMAGENS DE PTERIDÓFITAS
ANGIOSPERMAS

Angiospermas são as árvores que produzem
 frutos.
Órgãos que envolvem as peças reprodutoras propriamente
  ditas, protegendo-as e ajudando a atrair animais polinizadores. O
  conjunto dos órgãos de proteção designa-se perianto. Uma flor
  sem perianto diz-se nua.
Cálice – conjunto de sépalas, as peças florais mais parecidas com
  folhas, pois geralmente são verdes. A sua função é proteger a flor
  quando em botão. A flor sem sépalas diz-se assépala. Se todo o
  perianto apresentar o mesmo aspecto (tépalas), e for
  semelhante a sépalas diz-se sepalóide. Neste caso diz-se que o
  perianto é indiferenciado.
Corola – conjunto de pétalas, peças florais geralmente coloridas e
  perfumadas, com glândulas produtoras de néctar na sua
  base, para atrair animais. A flor sem pétalas diz-se apétala. Se
  todo o perianto for igual (tépalas), e for semelhante a pétalas diz-
  se petalóide. Também neste caso, o perianto se designa
  indiferenciado.
   folhas férteis modificadas, localizadas mais ao centro da flor e
    designadas esporófilos. As folhas férteis masculinas formam o
    anel mais externo e as folhas férteis femininas o interno.
   Androceu – parte masculina da flor, é o conjunto dos estames.
    Os estames são folhas modificadas, ou esporófilos, pois
    sustentam esporângios. São constituídas por um filete
    (corresponde ao pecíolo da folha) e pela antera (corresponde ao
    limbo da folha);
   Gineceu – parte feminina da flor, é o conjunto de carpelos. Cada
    carpelo, ou esporófilo feminino, é constituído por uma zona
    alargada oca inferior designada ovário, local que contém óvulos.
    Após a fecundação, as paredes do ovário formam o fruto. O
    carpelo prolonga-se por uma zona estreita, o estilete, e termina
    numa zona alargada que recebe os grãos de pólen, designada
    estigma. Geralmente o estigma é mais alto que as anteras, de
    modo a dificultar a autopolinização.
GIMINOSPERMAS

As Gimnospermas são as plantas que
 geralmente vivem em clima frio. Como
 pinheiros, sequóias...
O estróbilo masculino produz pequenos
 esporos chamados grãos de pólen. O
 estróbilo feminino produz estruturas
 denominadas óvulos. No interior de um óvulo
 maduro surge um grande esporo.
Quando um estróbilo masculino se abre e
 libera grande quantidade de grãos de pólen,
 esses grãos se espalham no ambiente e
 podem ser levados pelo vento até o estróbilo
 feminino. Então, um grão de pólen pode
 formar uma espécie de tubo, o tubo polínico,
 onde se origina o núcleo espermático, que é
 o gameta masculino. O tubo polínico cresce
 até alcançar o óvulo, no qual introduz o
 núcleo espermático.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

7 ano plantas
7 ano plantas7 ano plantas
7 ano plantas
RUTH969930
 
Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Reino plantae
Letícia Passos
 
O reino das plantas
O reino das plantasO reino das plantas
O reino das plantas
Vanessa Floriano
 
Botânica- resumo
Botânica- resumoBotânica- resumo
Botânica- resumo
Carlos Priante
 
Reino Plantas
Reino PlantasReino Plantas
Reino Plantas
infoeducp2
 
Reino vegetal 1
Reino vegetal 1Reino vegetal 1
Reino vegetal 1
ProfDelminda
 
Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Reino plantae
Julianalfaria
 
Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Reino plantae
Roberto Bagatini
 
Reino plantae (metaphyta)
Reino plantae (metaphyta)Reino plantae (metaphyta)
Reino plantae (metaphyta)
Beatriz Franco
 
00 intro botanica
00 intro botanica00 intro botanica
00 intro botanica
James Pinho Ladislau Pinho
 
Classificação do Reino Vegetal
Classificação do Reino VegetalClassificação do Reino Vegetal
Classificação do Reino Vegetal
lindana01
 
BotâNica Histologia Vegetal
BotâNica   Histologia VegetalBotâNica   Histologia Vegetal
BotâNica Histologia Vegetal
Diego Yamazaki Bolano
 
Botanica geral i grupos vegetais ppt
Botanica geral i  grupos vegetais pptBotanica geral i  grupos vegetais ppt
Botanica geral i grupos vegetais ppt
Andre Luiz Nascimento
 
Apostila botânica-pronta.107.193
Apostila botânica-pronta.107.193Apostila botânica-pronta.107.193
Apostila botânica-pronta.107.193
Isabella Silva
 
Reino Vegetal
Reino VegetalReino Vegetal
Reino Vegetal
theus19
 
Reino plantae – metaphyta
Reino plantae – metaphytaReino plantae – metaphyta
Reino plantae – metaphyta
Fatima Comiotto
 
Reino das plantas
Reino das plantasReino das plantas
Aula 7º ano - Reino Plantae
Aula 7º ano - Reino PlantaeAula 7º ano - Reino Plantae
Aula 7º ano - Reino Plantae
Leonardo Kaplan
 
Aula 2° Ano EM - O reino dos vegetais (Reino Plantae)
Aula 2° Ano EM - O reino dos vegetais (Reino Plantae)Aula 2° Ano EM - O reino dos vegetais (Reino Plantae)
Aula 2° Ano EM - O reino dos vegetais (Reino Plantae)
Ronaldo Santana
 
Briófitas e pteridófitas
Briófitas e pteridófitasBriófitas e pteridófitas
Briófitas e pteridófitas
Simone Miranda
 

Mais procurados (20)

7 ano plantas
7 ano plantas7 ano plantas
7 ano plantas
 
Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Reino plantae
 
O reino das plantas
O reino das plantasO reino das plantas
O reino das plantas
 
Botânica- resumo
Botânica- resumoBotânica- resumo
Botânica- resumo
 
Reino Plantas
Reino PlantasReino Plantas
Reino Plantas
 
Reino vegetal 1
Reino vegetal 1Reino vegetal 1
Reino vegetal 1
 
Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Reino plantae
 
Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Reino plantae
 
Reino plantae (metaphyta)
Reino plantae (metaphyta)Reino plantae (metaphyta)
Reino plantae (metaphyta)
 
00 intro botanica
00 intro botanica00 intro botanica
00 intro botanica
 
Classificação do Reino Vegetal
Classificação do Reino VegetalClassificação do Reino Vegetal
Classificação do Reino Vegetal
 
BotâNica Histologia Vegetal
BotâNica   Histologia VegetalBotâNica   Histologia Vegetal
BotâNica Histologia Vegetal
 
Botanica geral i grupos vegetais ppt
Botanica geral i  grupos vegetais pptBotanica geral i  grupos vegetais ppt
Botanica geral i grupos vegetais ppt
 
Apostila botânica-pronta.107.193
Apostila botânica-pronta.107.193Apostila botânica-pronta.107.193
Apostila botânica-pronta.107.193
 
Reino Vegetal
Reino VegetalReino Vegetal
Reino Vegetal
 
Reino plantae – metaphyta
Reino plantae – metaphytaReino plantae – metaphyta
Reino plantae – metaphyta
 
Reino das plantas
Reino das plantasReino das plantas
Reino das plantas
 
Aula 7º ano - Reino Plantae
Aula 7º ano - Reino PlantaeAula 7º ano - Reino Plantae
Aula 7º ano - Reino Plantae
 
Aula 2° Ano EM - O reino dos vegetais (Reino Plantae)
Aula 2° Ano EM - O reino dos vegetais (Reino Plantae)Aula 2° Ano EM - O reino dos vegetais (Reino Plantae)
Aula 2° Ano EM - O reino dos vegetais (Reino Plantae)
 
Briófitas e pteridófitas
Briófitas e pteridófitasBriófitas e pteridófitas
Briófitas e pteridófitas
 

Semelhante a Botânica

reino plantae
reino plantaereino plantae
reino plantae
Brígida Menário
 
Plantas vasculares 1
Plantas  vasculares 1Plantas  vasculares 1
Plantas vasculares 1
SESI 422 - Americana
 
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
MARISTA , UVA, FIC, FAINTER, GÊNESIS
 
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
MARISTA , UVA, FIC, FAINTER, GÊNESIS
 
Angiosperma
AngiospermaAngiosperma
Angiosperma
Ronan Carvalho
 
Plantas
PlantasPlantas
Plantas
Carlaensino
 
Plantas
PlantasPlantas
Plantas
Carlaensino
 
Briofitas E Pteridofitas
Briofitas E PteridofitasBriofitas E Pteridofitas
Briofitas E Pteridofitas
Andrea Barreto
 
Angiospermas - Slide.pptx
Angiospermas  - Slide.pptxAngiospermas  - Slide.pptx
Angiospermas - Slide.pptx
LuisRicardoMonteiroC
 
reino-plantae-metaphyta.ppt
reino-plantae-metaphyta.pptreino-plantae-metaphyta.ppt
reino-plantae-metaphyta.ppt
IsamaraRochaLima
 
Reino Vegetal.pptx
Reino Vegetal.pptxReino Vegetal.pptx
Reino Vegetal.pptx
MichelleSimesdeRezen
 
Parcial biologia
Parcial   biologiaParcial   biologia
Parcial biologia
Isabella Silva
 
Aula bio 30set2011 2
Aula bio 30set2011 2Aula bio 30set2011 2
Aula bio 30set2011 2
Roberto Bagatini
 
reino-vegetal.pptx
reino-vegetal.pptxreino-vegetal.pptx
reino-vegetal.pptx
LUCASMESQUITA80
 
Biologia 2 - Aula 1 - Embriologia
Biologia 2 - Aula 1 - EmbriologiaBiologia 2 - Aula 1 - Embriologia
Biologia 2 - Aula 1 - Embriologia
Curisnho Popular Comunitário
 
Reino Plantae Power Point
Reino Plantae Power PointReino Plantae Power Point
Reino Plantae Power Point
infoeducp2
 
Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Reino plantae
Marcos Mororó
 
Partes da planta
Partes da plantaPartes da planta
Partes da planta
E E JOÃO PINHEIRO
 
Classificacao e reproducao das plantas
Classificacao e reproducao das plantasClassificacao e reproducao das plantas
Classificacao e reproducao das plantas
biroskaa
 
Aula pteridófita (05-05-2012)
Aula pteridófita (05-05-2012)Aula pteridófita (05-05-2012)
Aula pteridófita (05-05-2012)
BotanicaCPVA
 

Semelhante a Botânica (20)

reino plantae
reino plantaereino plantae
reino plantae
 
Plantas vasculares 1
Plantas  vasculares 1Plantas  vasculares 1
Plantas vasculares 1
 
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
 
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
 
Angiosperma
AngiospermaAngiosperma
Angiosperma
 
Plantas
PlantasPlantas
Plantas
 
Plantas
PlantasPlantas
Plantas
 
Briofitas E Pteridofitas
Briofitas E PteridofitasBriofitas E Pteridofitas
Briofitas E Pteridofitas
 
Angiospermas - Slide.pptx
Angiospermas  - Slide.pptxAngiospermas  - Slide.pptx
Angiospermas - Slide.pptx
 
reino-plantae-metaphyta.ppt
reino-plantae-metaphyta.pptreino-plantae-metaphyta.ppt
reino-plantae-metaphyta.ppt
 
Reino Vegetal.pptx
Reino Vegetal.pptxReino Vegetal.pptx
Reino Vegetal.pptx
 
Parcial biologia
Parcial   biologiaParcial   biologia
Parcial biologia
 
Aula bio 30set2011 2
Aula bio 30set2011 2Aula bio 30set2011 2
Aula bio 30set2011 2
 
reino-vegetal.pptx
reino-vegetal.pptxreino-vegetal.pptx
reino-vegetal.pptx
 
Biologia 2 - Aula 1 - Embriologia
Biologia 2 - Aula 1 - EmbriologiaBiologia 2 - Aula 1 - Embriologia
Biologia 2 - Aula 1 - Embriologia
 
Reino Plantae Power Point
Reino Plantae Power PointReino Plantae Power Point
Reino Plantae Power Point
 
Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Reino plantae
 
Partes da planta
Partes da plantaPartes da planta
Partes da planta
 
Classificacao e reproducao das plantas
Classificacao e reproducao das plantasClassificacao e reproducao das plantas
Classificacao e reproducao das plantas
 
Aula pteridófita (05-05-2012)
Aula pteridófita (05-05-2012)Aula pteridófita (05-05-2012)
Aula pteridófita (05-05-2012)
 

Último

reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
orquestrasinfonicaam
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
edusegtrab
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 

Último (20)

reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 

Botânica

  • 1. BOTÂNICA Botânica de Ensino Fundamental
  • 2. BRIÓFITAS Plantas de pequeno porte, que geralmente medem entre 1 á no máximo 10 centímetros. Elas vivem em lugares úmidos e sombreados. Essas plantas são na maioria das vezes musgos.
  • 3. O musgo tem 3 partes/estruturas: Rizoides - filamentos que fixam a planta no ambiente em que ela vive e absorvem a água e os sais minerais disponíveis nesse ambiente; Cauloide - pequena haste de onde partem os filoides; Filoides -estruturas clorofiladas e capazes de fazer fotossíntese.
  • 5. As Briófitas são de pequeno porte, pois elas não tem vasos condutores, isso fará com que a distribuição de água paras as células fique mais lenta prejudicando o desenvolvimento da planta.
  • 6. PTERIDÓFITAS A samambaia é uma planta assexuada produtora de esporos. Por isso, ela representa a fase chamada esporófito Em certas épocas, na superfície inferior das folhas das samambaias formam-se pontinhos escuros chamados soros. O surgimento dos soros indica que as samambaias estão em época de reprodução - em cada soro são produzidos inúmeros esporos.
  • 8. Como você pode perceber, tanto as briófitas como as pteridófitas dependem da água para a fecundação. Mas nas briófitas, o gametófito é a fase duradoura e os esporófitos, a fase passageira. Nas pteridófitas ocorre o contrário: o gametófito é passageiro - morre após a produção de gametas e a ocorrência da fecundação - e o esporófito é duradouro, pois se mantém vivo após a produção de esporos.
  • 10. ANGIOSPERMAS Angiospermas são as árvores que produzem frutos.
  • 11. Órgãos que envolvem as peças reprodutoras propriamente ditas, protegendo-as e ajudando a atrair animais polinizadores. O conjunto dos órgãos de proteção designa-se perianto. Uma flor sem perianto diz-se nua. Cálice – conjunto de sépalas, as peças florais mais parecidas com folhas, pois geralmente são verdes. A sua função é proteger a flor quando em botão. A flor sem sépalas diz-se assépala. Se todo o perianto apresentar o mesmo aspecto (tépalas), e for semelhante a sépalas diz-se sepalóide. Neste caso diz-se que o perianto é indiferenciado. Corola – conjunto de pétalas, peças florais geralmente coloridas e perfumadas, com glândulas produtoras de néctar na sua base, para atrair animais. A flor sem pétalas diz-se apétala. Se todo o perianto for igual (tépalas), e for semelhante a pétalas diz- se petalóide. Também neste caso, o perianto se designa indiferenciado.
  • 12. folhas férteis modificadas, localizadas mais ao centro da flor e designadas esporófilos. As folhas férteis masculinas formam o anel mais externo e as folhas férteis femininas o interno.  Androceu – parte masculina da flor, é o conjunto dos estames. Os estames são folhas modificadas, ou esporófilos, pois sustentam esporângios. São constituídas por um filete (corresponde ao pecíolo da folha) e pela antera (corresponde ao limbo da folha);  Gineceu – parte feminina da flor, é o conjunto de carpelos. Cada carpelo, ou esporófilo feminino, é constituído por uma zona alargada oca inferior designada ovário, local que contém óvulos. Após a fecundação, as paredes do ovário formam o fruto. O carpelo prolonga-se por uma zona estreita, o estilete, e termina numa zona alargada que recebe os grãos de pólen, designada estigma. Geralmente o estigma é mais alto que as anteras, de modo a dificultar a autopolinização.
  • 13. GIMINOSPERMAS As Gimnospermas são as plantas que geralmente vivem em clima frio. Como pinheiros, sequóias...
  • 14. O estróbilo masculino produz pequenos esporos chamados grãos de pólen. O estróbilo feminino produz estruturas denominadas óvulos. No interior de um óvulo maduro surge um grande esporo.
  • 15. Quando um estróbilo masculino se abre e libera grande quantidade de grãos de pólen, esses grãos se espalham no ambiente e podem ser levados pelo vento até o estróbilo feminino. Então, um grão de pólen pode formar uma espécie de tubo, o tubo polínico, onde se origina o núcleo espermático, que é o gameta masculino. O tubo polínico cresce até alcançar o óvulo, no qual introduz o núcleo espermático.