SlideShare uma empresa Scribd logo
BIPBOP - Automação de consultas à CNPJ, CPF e outros
BIPBOP
- A BipBop é uma empresa especializada em capturar informações coletadas através
das mais diversas fontes de dados possíveis: Públicas, Privadas ou Banco de Dados.
- Fornecemos para nossos clientes e parceiros o Harlan, sistema responsável pela
extração de dados e apresentar em formatado amigável qualquer informação
disponível na internet.
- Nosso objetivo é a otimização do processo cadastral e fiscal de nossos clientes,
mitigando riscos que possam ocorrer por decorrência de cadastros desatualizados
ou negociações com fornecedores / clientes duvidosos.
MODALIDADES DE SERVIÇO
Harlan:
• Plataforma online para consulta de dados;
• Acesso de forma rápida e simples, basta um usuário e senha;
• Configuração online das fontes de dados para consulta;
Webservice:
• Integração da Bipbop com o sistema ERP do cliente;
• As informações são apresentadas em campos pré definidos;
• Não requer instalação de servidores no cliente;
Saneamento de dados:
• Atualização da base de dados do cliente;
• Disponibilização do comprovante da consulta
SAP Conector:
• Integração do WS - SAP utilizando templates para versão standard
• Possibilidade de desenvolvimento específico para adaptação do cliente
OPORTUNIDADE
• Atualização cadastral / sincronismo com a Receita Federal e SEFAZ;
• Sincronismo base de CEP (Fonte Correios) - SPED;
• Sincronismo código de postos / licença (Fonte ANP);
• Sincronismo IBGE (Código município) - SPED;
• Atualização cadastral endereços (SPED, NF-e e áreas internas);
• Riscos transacionais (negociação com empresas inidôneas);
• Quebra de CAPTCHAs (otimização do trabalho de cadastro);
• Entrada sempre através de área de apoio – raramente TI;
• Consultas específicas sob demanda (qualquer fonte).
Valor base para cálculo da multa: R$ 169.401,89
Falta de pagamento do imposto multa de 150% do valor;
+ juros de 0,13% ao dia, do período de 2006 à 2011;
+ correção monetária do período de 2006 à 2011.
Caso 1
Compra de mercadorias com a nota
fiscal no valor de R$ 941.121,61 com
crédito de ICMS de R$ 169.401,89.
A empresa creditou a seu favor o
valor do ICMS da transação
PROBLEMA: O Fornecedor estava
INAPTO.
RISCOS
Caso 2
Compra de mercadoria com a nota fiscal de um
fornecedor DUVIDOSO.
Várias entradas de notas por período de 7
meses no ano de 2006.
Valor notas fiscais: R$ 138.728,22
Credito de ICMS da transação: R$ 24.971,08
Valor base para cálculo da multa: R$ 24.971,08;
Falta de pagamento do imposto multa de 150% do valor;
+ juros de 0,13% ao dia, do período de 2006 à 2011;
+ correção monetária do período de 2006 à 2011;
Multa sobre a entrega do SPED FISCAL com informações erradas 1%
sobre faturamento mensal de 2006 à 2011.
RISCOS
O sistema retorna os dados e o certificado da consulta
HARLAN
• Sistema de consulta de dados em qualquer fonte disponível na
internet, sem a necessidade de instalação ou integração.
• Solução rápida e simples.
Tela para inserir o login e seha.
Possibilidade de consulta em diversas fontes de dados.
WEBSERVICE
• Webservice com layout em XML de envio/retorno
• Integração com QUALQUER sistema ERP/CRM e banco de dados;
MM
SD
WebservicePesquisas
Recentes
FI
SAP CONECTOR
SAP
Ações:
• Bloqueio
• Não Processamento
Cadastro com
Problema
Ações:
• Salva Comprovante
da Consulta (5 anos)
Cadastro
Saneado
RETORNOS
MM
SD
FI
SAP
WebservicePesquisas
Recentes
NA PRÁTICA
WebservicePesquisas
Recentes
NA PRÁTICA
WebservicePesquisas
Recentes
NA PRÁTICA
WebservicePesquisas
Recentes
NA PRÁTICA
WebservicePesquisas
Recentes
NA PRÁTICA
WebservicePesquisas
Recentes
NA PRÁTICA
1) Inserção e Manutenção de clientes
(XD01, VD01, XD02 e VD02);
• Ao criar um cliente faz-se a consulta
no Sintegra do contribuinte e valida-
se a sua situação cadastral.
• Caso tenha alguma pendência seu
cadastro é imediatamente
bloqueado.
CASE 1 – CONSULTAS E BLOQUEIOS
AUTOMÁTICOS
• Após informar o CNPJ e salvar
a transação, o Harlan SAP
Conector fará a validação
online.
• Caso esteja Ativo, o cadastro
será salvo.
• Caso esteja com restrição, o
cadastro será
automaticamente bloqueado.
• Em caso de indisponibilidade
da fonte, uma mensagem será
exibida na tela.
CASE 1 – CADASTRO DE CLIENTES (XD01)
• Após informar o CNPJ e salvar a
transação, o Harlan SAP Conector fará
a validação online.
• Caso esteja Ativo, o cadastro será
salvo.
• Caso esteja com restrição, o
cadastro será automaticamente
bloqueado.
• Em caso de indisponibilidade da
fonte, uma mensagem será exibida na
tela.
CASE 1 – CADASTRO DE FORNECEDORES (XK01)
Após realizar a consulta
nos órgãos definidos
(Sintegra e/ou Receita
Federal), o Harlan SAP
Conector fará o bloqueio
do fornecedor, através
da transação XK05.
CASE 1 – BLOQUEIO DE FORNECEDORES (XK05)
Inserindo uma
Ordem de Venda
(VA01), o Harlan
SAP Conector fará
uma consulta no
CNPJ do cliente
relacionado a
ordem.
CASE 1 – DADOS TRANSACIONAIS (VA01)
Após realização da consulta,
e constatado a situação
cadastral irregular do
cliente, automaticamente
será feito o bloqueio da
ordem de venda, conforme
mostra a imagem.
CASE 1 – DADOS TRANSACIONAIS (VA01)
É possível
bloquear o
cliente nas
transações XD05
(bloqueio
definitivo)
e FD32 (análise
de crédito),
conforme
mostram as
imagens:
XD05 FD32
CASE 2 – DADOS TRANSACIONAIS (XD05/FD32)
Durante a criação
do pedido de
compra
(fornecedores),
também é possível
realizar a consulta e
bloqueio do CNPJ
do fornecedor:
CASE 2 – DADOS TRANSACIONAIS (ME21N)
Durante a criação da
remessa também é
possível consultar o
cliente e bloquear o
processo, conforme
mostra a imagem:
CASE 2 – DADOS TRANSACIONAIS (VT01N)
Após as validações na
ME21N e VT01N é possível
realizar o bloqueio do
fornecedor na transação
XK05, conforme mostra a
imagem:
CASE 2 – DADOS TRANSACIONAIS (XK05)
CLIENTES EM PRODUÇÃO – SAP CONECTOR
CLIENTES WEB SERVICE / ROBÔS
BIPBOP - Automação de consultas à CNPJ, CPF e outros

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a BIPBOP - Automação de consultas à CNPJ, CPF e outros

(2) Saneamento de Cadastros de Clientes e Fornecedores: o processo
(2) Saneamento de Cadastros de Clientes e Fornecedores: o processo(2) Saneamento de Cadastros de Clientes e Fornecedores: o processo
(2) Saneamento de Cadastros de Clientes e Fornecedores: o processo
Portal KeyConsultas-web
 
Saneamento de Cadastro de Clientes e Fornecedores (KeyConsultas-web)
Saneamento de Cadastro de Clientes e Fornecedores (KeyConsultas-web)Saneamento de Cadastro de Clientes e Fornecedores (KeyConsultas-web)
Saneamento de Cadastro de Clientes e Fornecedores (KeyConsultas-web)
KeySupport Consultoria e Informática Ltda
 
IDM assessoria Software para gestão empresarial
IDM assessoria Software para gestão empresarialIDM assessoria Software para gestão empresarial
IDM assessoria Software para gestão empresarial
IdmTGA
 
Café da Manhã Executivo NFe do Brasil - Brasilia
Café da Manhã Executivo NFe do Brasil -  BrasiliaCafé da Manhã Executivo NFe do Brasil -  Brasilia
Café da Manhã Executivo NFe do Brasil - Brasilia
Vemartin IT Consulting
 
Lekkus ERP
Lekkus ERPLekkus ERP
Lekkus ERP
Comercial Infodesk
 
Apresentação NFe do Brasil no Rodizio Contábil de Minas Gerais
Apresentação NFe do Brasil no Rodizio Contábil de Minas Gerais Apresentação NFe do Brasil no Rodizio Contábil de Minas Gerais
Apresentação NFe do Brasil no Rodizio Contábil de Minas Gerais
Vemartin IT Consulting
 
SAGE | IOB CORPORATE - QUALIFICAÇÃO CADASTRAL ESOCIAL E SANEAMENTO DE CADASTR...
SAGE | IOB CORPORATE - QUALIFICAÇÃO CADASTRAL ESOCIAL E SANEAMENTO DE CADASTR...SAGE | IOB CORPORATE - QUALIFICAÇÃO CADASTRAL ESOCIAL E SANEAMENTO DE CADASTR...
SAGE | IOB CORPORATE - QUALIFICAÇÃO CADASTRAL ESOCIAL E SANEAMENTO DE CADASTR...
Martcom Digital
 
Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10
Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10
Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10
Wandick Rocha de Aquino
 
Fisco na era digital risco a serem evitados
Fisco na era digital risco a serem evitadosFisco na era digital risco a serem evitados
Fisco na era digital risco a serem evitados
Rafhael Sena
 
Processo de-habilitacao-dos-fornecedores-veiculos portal-gruporic
Processo de-habilitacao-dos-fornecedores-veiculos portal-gruporicProcesso de-habilitacao-dos-fornecedores-veiculos portal-gruporic
Processo de-habilitacao-dos-fornecedores-veiculos portal-gruporic
FAIR PLAY AD / @VeronicaRRSouza
 
TGA Sistemas - Modulo Compras
TGA Sistemas - Modulo ComprasTGA Sistemas - Modulo Compras
TGA Sistemas - Modulo Compras
IdmTGA
 
(4) Alternativas de Governança de processos do Cadastro
(4) Alternativas de Governança de processos do Cadastro(4) Alternativas de Governança de processos do Cadastro
(4) Alternativas de Governança de processos do Cadastro
Portal KeyConsultas-web
 
Fisco Na Era Digital Risco A Serem Evitados
Fisco Na Era Digital Risco A Serem EvitadosFisco Na Era Digital Risco A Serem Evitados
Fisco Na Era Digital Risco A Serem Evitados
Rafhael Sena
 
Apresentação eCommerce Fly01
Apresentação eCommerce Fly01Apresentação eCommerce Fly01
Apresentação eCommerce Fly01
Sabrina Ribeiro
 
Webaula1
Webaula1Webaula1
Webaula1
dygos2
 
Cancelamento da NFe
Cancelamento da NFeCancelamento da NFe
Cancelamento da NFe
Michael Belmonte
 
Comércio Eletrônico e Métodos de pagamento on line - aula 03 - turma 01 e 02
Comércio Eletrônico e Métodos de pagamento on line - aula 03 - turma 01 e 02Comércio Eletrônico e Métodos de pagamento on line - aula 03 - turma 01 e 02
Comércio Eletrônico e Métodos de pagamento on line - aula 03 - turma 01 e 02
MBA em Marketing Digital e Gestão de Projetos Web
 
Documentos Fiscais - Novidades no DFe
Documentos Fiscais - Novidades no DFe Documentos Fiscais - Novidades no DFe
Documentos Fiscais - Novidades no DFe
Quirius. Seu parceiro fiscal.
 
Meeting || Rotinas Anuais RAIS + DIRF | Windows
Meeting || Rotinas Anuais RAIS + DIRF | WindowsMeeting || Rotinas Anuais RAIS + DIRF | Windows
Meeting || Rotinas Anuais RAIS + DIRF | Windows
EflowMeeting
 
Start Up Guide 2017
Start Up Guide 2017Start Up Guide 2017
Start Up Guide 2017
ResellerClub Brasil
 

Semelhante a BIPBOP - Automação de consultas à CNPJ, CPF e outros (20)

(2) Saneamento de Cadastros de Clientes e Fornecedores: o processo
(2) Saneamento de Cadastros de Clientes e Fornecedores: o processo(2) Saneamento de Cadastros de Clientes e Fornecedores: o processo
(2) Saneamento de Cadastros de Clientes e Fornecedores: o processo
 
Saneamento de Cadastro de Clientes e Fornecedores (KeyConsultas-web)
Saneamento de Cadastro de Clientes e Fornecedores (KeyConsultas-web)Saneamento de Cadastro de Clientes e Fornecedores (KeyConsultas-web)
Saneamento de Cadastro de Clientes e Fornecedores (KeyConsultas-web)
 
IDM assessoria Software para gestão empresarial
IDM assessoria Software para gestão empresarialIDM assessoria Software para gestão empresarial
IDM assessoria Software para gestão empresarial
 
Café da Manhã Executivo NFe do Brasil - Brasilia
Café da Manhã Executivo NFe do Brasil -  BrasiliaCafé da Manhã Executivo NFe do Brasil -  Brasilia
Café da Manhã Executivo NFe do Brasil - Brasilia
 
Lekkus ERP
Lekkus ERPLekkus ERP
Lekkus ERP
 
Apresentação NFe do Brasil no Rodizio Contábil de Minas Gerais
Apresentação NFe do Brasil no Rodizio Contábil de Minas Gerais Apresentação NFe do Brasil no Rodizio Contábil de Minas Gerais
Apresentação NFe do Brasil no Rodizio Contábil de Minas Gerais
 
SAGE | IOB CORPORATE - QUALIFICAÇÃO CADASTRAL ESOCIAL E SANEAMENTO DE CADASTR...
SAGE | IOB CORPORATE - QUALIFICAÇÃO CADASTRAL ESOCIAL E SANEAMENTO DE CADASTR...SAGE | IOB CORPORATE - QUALIFICAÇÃO CADASTRAL ESOCIAL E SANEAMENTO DE CADASTR...
SAGE | IOB CORPORATE - QUALIFICAÇÃO CADASTRAL ESOCIAL E SANEAMENTO DE CADASTR...
 
Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10
Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10
Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10
 
Fisco na era digital risco a serem evitados
Fisco na era digital risco a serem evitadosFisco na era digital risco a serem evitados
Fisco na era digital risco a serem evitados
 
Processo de-habilitacao-dos-fornecedores-veiculos portal-gruporic
Processo de-habilitacao-dos-fornecedores-veiculos portal-gruporicProcesso de-habilitacao-dos-fornecedores-veiculos portal-gruporic
Processo de-habilitacao-dos-fornecedores-veiculos portal-gruporic
 
TGA Sistemas - Modulo Compras
TGA Sistemas - Modulo ComprasTGA Sistemas - Modulo Compras
TGA Sistemas - Modulo Compras
 
(4) Alternativas de Governança de processos do Cadastro
(4) Alternativas de Governança de processos do Cadastro(4) Alternativas de Governança de processos do Cadastro
(4) Alternativas de Governança de processos do Cadastro
 
Fisco Na Era Digital Risco A Serem Evitados
Fisco Na Era Digital Risco A Serem EvitadosFisco Na Era Digital Risco A Serem Evitados
Fisco Na Era Digital Risco A Serem Evitados
 
Apresentação eCommerce Fly01
Apresentação eCommerce Fly01Apresentação eCommerce Fly01
Apresentação eCommerce Fly01
 
Webaula1
Webaula1Webaula1
Webaula1
 
Cancelamento da NFe
Cancelamento da NFeCancelamento da NFe
Cancelamento da NFe
 
Comércio Eletrônico e Métodos de pagamento on line - aula 03 - turma 01 e 02
Comércio Eletrônico e Métodos de pagamento on line - aula 03 - turma 01 e 02Comércio Eletrônico e Métodos de pagamento on line - aula 03 - turma 01 e 02
Comércio Eletrônico e Métodos de pagamento on line - aula 03 - turma 01 e 02
 
Documentos Fiscais - Novidades no DFe
Documentos Fiscais - Novidades no DFe Documentos Fiscais - Novidades no DFe
Documentos Fiscais - Novidades no DFe
 
Meeting || Rotinas Anuais RAIS + DIRF | Windows
Meeting || Rotinas Anuais RAIS + DIRF | WindowsMeeting || Rotinas Anuais RAIS + DIRF | Windows
Meeting || Rotinas Anuais RAIS + DIRF | Windows
 
Start Up Guide 2017
Start Up Guide 2017Start Up Guide 2017
Start Up Guide 2017
 

Mais de Edgar Gonçalves

EFD ICMS/IPI - Bloco K
EFD ICMS/IPI - Bloco KEFD ICMS/IPI - Bloco K
EFD ICMS/IPI - Bloco K
Edgar Gonçalves
 
Substituição Tributária do ICMS/SP
Substituição Tributária do ICMS/SPSubstituição Tributária do ICMS/SP
Substituição Tributária do ICMS/SP
Edgar Gonçalves
 
RETENÇÃO de TRIBUTOS (IR, PIS, COFINS, CSLL, INSS e ISS)
RETENÇÃO de TRIBUTOS (IR, PIS, COFINS, CSLL, INSS e ISS)RETENÇÃO de TRIBUTOS (IR, PIS, COFINS, CSLL, INSS e ISS)
RETENÇÃO de TRIBUTOS (IR, PIS, COFINS, CSLL, INSS e ISS)
Edgar Gonçalves
 
A Carga Tributária no Brasil: Repercussões na Indústria de Transformação
A Carga Tributária no Brasil: Repercussões na Indústria de TransformaçãoA Carga Tributária no Brasil: Repercussões na Indústria de Transformação
A Carga Tributária no Brasil: Repercussões na Indústria de Transformação
Edgar Gonçalves
 
Emenda Constitucional 87/2015 - DIFAL - Perguntas e Respostas'
Emenda Constitucional 87/2015 - DIFAL - Perguntas e Respostas'Emenda Constitucional 87/2015 - DIFAL - Perguntas e Respostas'
Emenda Constitucional 87/2015 - DIFAL - Perguntas e Respostas'
Edgar Gonçalves
 
Emenda Constitucional 87/2015 - Adequações paulistas à nova legislação do ICMS
Emenda Constitucional 87/2015 - Adequações paulistas à nova legislação do ICMSEmenda Constitucional 87/2015 - Adequações paulistas à nova legislação do ICMS
Emenda Constitucional 87/2015 - Adequações paulistas à nova legislação do ICMS
Edgar Gonçalves
 
NOVA CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEP
NOVA CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEPNOVA CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEP
NOVA CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEP
Edgar Gonçalves
 
Geração do Bloco K no SPED Fiscal: Registro de Controle da Produção e do Estoque
Geração do Bloco K no SPED Fiscal: Registro de Controle da Produção e do EstoqueGeração do Bloco K no SPED Fiscal: Registro de Controle da Produção e do Estoque
Geração do Bloco K no SPED Fiscal: Registro de Controle da Produção e do Estoque
Edgar Gonçalves
 
Maturidade do Compliance no Brasil
Maturidade do Compliance no BrasilMaturidade do Compliance no Brasil
Maturidade do Compliance no Brasil
Edgar Gonçalves
 
ECF/ECD - Infográfico
ECF/ECD - InfográficoECF/ECD - Infográfico
ECF/ECD - Infográfico
Edgar Gonçalves
 
Painel Escrituração Contábil Fiscal 2015
Painel Escrituração Contábil Fiscal 2015Painel Escrituração Contábil Fiscal 2015
Painel Escrituração Contábil Fiscal 2015
Edgar Gonçalves
 
DRAWBACK
DRAWBACKDRAWBACK
DCTF Web
DCTF WebDCTF Web
OEA - Operador Economico Autorizado
OEA - Operador Economico AutorizadoOEA - Operador Economico Autorizado
OEA - Operador Economico Autorizado
Edgar Gonçalves
 
Construindo as condições para a retomada do crescimento
Construindo as condições para a retomada do crescimentoConstruindo as condições para a retomada do crescimento
Construindo as condições para a retomada do crescimento
Edgar Gonçalves
 
Desafios do Contencioso
Desafios do ContenciosoDesafios do Contencioso
Desafios do Contencioso
Edgar Gonçalves
 
Aspectos Tributários no Comércio Exterior de Serviços
Aspectos Tributários no Comércio Exterior de ServiçosAspectos Tributários no Comércio Exterior de Serviços
Aspectos Tributários no Comércio Exterior de Serviços
Edgar Gonçalves
 
Entendendo o eSocial
Entendendo o eSocialEntendendo o eSocial
Entendendo o eSocial
Edgar Gonçalves
 
Alterações no SPED para 2015
Alterações no SPED para 2015Alterações no SPED para 2015
Alterações no SPED para 2015
Edgar Gonçalves
 
SISCOSERV
SISCOSERVSISCOSERV
SISCOSERV
Edgar Gonçalves
 

Mais de Edgar Gonçalves (20)

EFD ICMS/IPI - Bloco K
EFD ICMS/IPI - Bloco KEFD ICMS/IPI - Bloco K
EFD ICMS/IPI - Bloco K
 
Substituição Tributária do ICMS/SP
Substituição Tributária do ICMS/SPSubstituição Tributária do ICMS/SP
Substituição Tributária do ICMS/SP
 
RETENÇÃO de TRIBUTOS (IR, PIS, COFINS, CSLL, INSS e ISS)
RETENÇÃO de TRIBUTOS (IR, PIS, COFINS, CSLL, INSS e ISS)RETENÇÃO de TRIBUTOS (IR, PIS, COFINS, CSLL, INSS e ISS)
RETENÇÃO de TRIBUTOS (IR, PIS, COFINS, CSLL, INSS e ISS)
 
A Carga Tributária no Brasil: Repercussões na Indústria de Transformação
A Carga Tributária no Brasil: Repercussões na Indústria de TransformaçãoA Carga Tributária no Brasil: Repercussões na Indústria de Transformação
A Carga Tributária no Brasil: Repercussões na Indústria de Transformação
 
Emenda Constitucional 87/2015 - DIFAL - Perguntas e Respostas'
Emenda Constitucional 87/2015 - DIFAL - Perguntas e Respostas'Emenda Constitucional 87/2015 - DIFAL - Perguntas e Respostas'
Emenda Constitucional 87/2015 - DIFAL - Perguntas e Respostas'
 
Emenda Constitucional 87/2015 - Adequações paulistas à nova legislação do ICMS
Emenda Constitucional 87/2015 - Adequações paulistas à nova legislação do ICMSEmenda Constitucional 87/2015 - Adequações paulistas à nova legislação do ICMS
Emenda Constitucional 87/2015 - Adequações paulistas à nova legislação do ICMS
 
NOVA CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEP
NOVA CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEPNOVA CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEP
NOVA CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEP
 
Geração do Bloco K no SPED Fiscal: Registro de Controle da Produção e do Estoque
Geração do Bloco K no SPED Fiscal: Registro de Controle da Produção e do EstoqueGeração do Bloco K no SPED Fiscal: Registro de Controle da Produção e do Estoque
Geração do Bloco K no SPED Fiscal: Registro de Controle da Produção e do Estoque
 
Maturidade do Compliance no Brasil
Maturidade do Compliance no BrasilMaturidade do Compliance no Brasil
Maturidade do Compliance no Brasil
 
ECF/ECD - Infográfico
ECF/ECD - InfográficoECF/ECD - Infográfico
ECF/ECD - Infográfico
 
Painel Escrituração Contábil Fiscal 2015
Painel Escrituração Contábil Fiscal 2015Painel Escrituração Contábil Fiscal 2015
Painel Escrituração Contábil Fiscal 2015
 
DRAWBACK
DRAWBACKDRAWBACK
DRAWBACK
 
DCTF Web
DCTF WebDCTF Web
DCTF Web
 
OEA - Operador Economico Autorizado
OEA - Operador Economico AutorizadoOEA - Operador Economico Autorizado
OEA - Operador Economico Autorizado
 
Construindo as condições para a retomada do crescimento
Construindo as condições para a retomada do crescimentoConstruindo as condições para a retomada do crescimento
Construindo as condições para a retomada do crescimento
 
Desafios do Contencioso
Desafios do ContenciosoDesafios do Contencioso
Desafios do Contencioso
 
Aspectos Tributários no Comércio Exterior de Serviços
Aspectos Tributários no Comércio Exterior de ServiçosAspectos Tributários no Comércio Exterior de Serviços
Aspectos Tributários no Comércio Exterior de Serviços
 
Entendendo o eSocial
Entendendo o eSocialEntendendo o eSocial
Entendendo o eSocial
 
Alterações no SPED para 2015
Alterações no SPED para 2015Alterações no SPED para 2015
Alterações no SPED para 2015
 
SISCOSERV
SISCOSERVSISCOSERV
SISCOSERV
 

BIPBOP - Automação de consultas à CNPJ, CPF e outros

  • 2. BIPBOP - A BipBop é uma empresa especializada em capturar informações coletadas através das mais diversas fontes de dados possíveis: Públicas, Privadas ou Banco de Dados. - Fornecemos para nossos clientes e parceiros o Harlan, sistema responsável pela extração de dados e apresentar em formatado amigável qualquer informação disponível na internet. - Nosso objetivo é a otimização do processo cadastral e fiscal de nossos clientes, mitigando riscos que possam ocorrer por decorrência de cadastros desatualizados ou negociações com fornecedores / clientes duvidosos.
  • 3. MODALIDADES DE SERVIÇO Harlan: • Plataforma online para consulta de dados; • Acesso de forma rápida e simples, basta um usuário e senha; • Configuração online das fontes de dados para consulta; Webservice: • Integração da Bipbop com o sistema ERP do cliente; • As informações são apresentadas em campos pré definidos; • Não requer instalação de servidores no cliente; Saneamento de dados: • Atualização da base de dados do cliente; • Disponibilização do comprovante da consulta SAP Conector: • Integração do WS - SAP utilizando templates para versão standard • Possibilidade de desenvolvimento específico para adaptação do cliente
  • 4. OPORTUNIDADE • Atualização cadastral / sincronismo com a Receita Federal e SEFAZ; • Sincronismo base de CEP (Fonte Correios) - SPED; • Sincronismo código de postos / licença (Fonte ANP); • Sincronismo IBGE (Código município) - SPED; • Atualização cadastral endereços (SPED, NF-e e áreas internas); • Riscos transacionais (negociação com empresas inidôneas); • Quebra de CAPTCHAs (otimização do trabalho de cadastro); • Entrada sempre através de área de apoio – raramente TI; • Consultas específicas sob demanda (qualquer fonte).
  • 5. Valor base para cálculo da multa: R$ 169.401,89 Falta de pagamento do imposto multa de 150% do valor; + juros de 0,13% ao dia, do período de 2006 à 2011; + correção monetária do período de 2006 à 2011. Caso 1 Compra de mercadorias com a nota fiscal no valor de R$ 941.121,61 com crédito de ICMS de R$ 169.401,89. A empresa creditou a seu favor o valor do ICMS da transação PROBLEMA: O Fornecedor estava INAPTO. RISCOS
  • 6. Caso 2 Compra de mercadoria com a nota fiscal de um fornecedor DUVIDOSO. Várias entradas de notas por período de 7 meses no ano de 2006. Valor notas fiscais: R$ 138.728,22 Credito de ICMS da transação: R$ 24.971,08 Valor base para cálculo da multa: R$ 24.971,08; Falta de pagamento do imposto multa de 150% do valor; + juros de 0,13% ao dia, do período de 2006 à 2011; + correção monetária do período de 2006 à 2011; Multa sobre a entrega do SPED FISCAL com informações erradas 1% sobre faturamento mensal de 2006 à 2011. RISCOS
  • 7. O sistema retorna os dados e o certificado da consulta HARLAN • Sistema de consulta de dados em qualquer fonte disponível na internet, sem a necessidade de instalação ou integração. • Solução rápida e simples. Tela para inserir o login e seha. Possibilidade de consulta em diversas fontes de dados.
  • 8. WEBSERVICE • Webservice com layout em XML de envio/retorno • Integração com QUALQUER sistema ERP/CRM e banco de dados;
  • 10. Ações: • Bloqueio • Não Processamento Cadastro com Problema Ações: • Salva Comprovante da Consulta (5 anos) Cadastro Saneado RETORNOS MM SD FI SAP
  • 17. 1) Inserção e Manutenção de clientes (XD01, VD01, XD02 e VD02); • Ao criar um cliente faz-se a consulta no Sintegra do contribuinte e valida- se a sua situação cadastral. • Caso tenha alguma pendência seu cadastro é imediatamente bloqueado. CASE 1 – CONSULTAS E BLOQUEIOS AUTOMÁTICOS
  • 18. • Após informar o CNPJ e salvar a transação, o Harlan SAP Conector fará a validação online. • Caso esteja Ativo, o cadastro será salvo. • Caso esteja com restrição, o cadastro será automaticamente bloqueado. • Em caso de indisponibilidade da fonte, uma mensagem será exibida na tela. CASE 1 – CADASTRO DE CLIENTES (XD01)
  • 19. • Após informar o CNPJ e salvar a transação, o Harlan SAP Conector fará a validação online. • Caso esteja Ativo, o cadastro será salvo. • Caso esteja com restrição, o cadastro será automaticamente bloqueado. • Em caso de indisponibilidade da fonte, uma mensagem será exibida na tela. CASE 1 – CADASTRO DE FORNECEDORES (XK01)
  • 20. Após realizar a consulta nos órgãos definidos (Sintegra e/ou Receita Federal), o Harlan SAP Conector fará o bloqueio do fornecedor, através da transação XK05. CASE 1 – BLOQUEIO DE FORNECEDORES (XK05)
  • 21. Inserindo uma Ordem de Venda (VA01), o Harlan SAP Conector fará uma consulta no CNPJ do cliente relacionado a ordem. CASE 1 – DADOS TRANSACIONAIS (VA01)
  • 22. Após realização da consulta, e constatado a situação cadastral irregular do cliente, automaticamente será feito o bloqueio da ordem de venda, conforme mostra a imagem. CASE 1 – DADOS TRANSACIONAIS (VA01)
  • 23. É possível bloquear o cliente nas transações XD05 (bloqueio definitivo) e FD32 (análise de crédito), conforme mostram as imagens: XD05 FD32 CASE 2 – DADOS TRANSACIONAIS (XD05/FD32)
  • 24. Durante a criação do pedido de compra (fornecedores), também é possível realizar a consulta e bloqueio do CNPJ do fornecedor: CASE 2 – DADOS TRANSACIONAIS (ME21N)
  • 25. Durante a criação da remessa também é possível consultar o cliente e bloquear o processo, conforme mostra a imagem: CASE 2 – DADOS TRANSACIONAIS (VT01N)
  • 26. Após as validações na ME21N e VT01N é possível realizar o bloqueio do fornecedor na transação XK05, conforme mostra a imagem: CASE 2 – DADOS TRANSACIONAIS (XK05)
  • 27. CLIENTES EM PRODUÇÃO – SAP CONECTOR