SlideShare uma empresa Scribd logo
Aula sobre a 2° guerra
mundial
RICARDO DINIZ CAMPOS
A 2º Guerra Mundial
 A 2º Guerra mundial foi um marco na sociedade contemporânea
1939 a 1945 .
 Este conflito milhões de pessoas sofreram e sentiram a tristeza da
crueldade do ser humano .
 Esta Guerra mudou a politica do mundo dividindo em 2 eixos no
pós guerra .
2 º Guerra mundial
 A 2° guerra mundial foi o maior conflito bélico da história da
humanidade morreram aproximadamente 50 milhões de pessoas
sendo 6 milhões de judeus foram executados em campos de
concentração .
Lideres do Eixo
 Alemanha estava “ com as dores da derrota da primeira Guerra
mundial “ A recuperação da economia alemã foi por causa da
produção de armas bélicas liderada por Adolf Hitler .
 A Itália passou por mudanças se reestruturou liderada por Benito
Mussolini conhecido por Duce o país volta a crescer .
 Heroito o imperador proporcionou ao Japão no inicio do século XX
economia crescer levando o nacionalismo ao país .
Benito Mussolini e Hitler
Heroito Imperador Japonês
Hitler Observa replica do fusca
Regimes totalitários
 Alemanha de tinha o partido único o nazismo liderada por Adolf
Hitler que fechou congresso alemão passou a governar o país
sozinho proibindo a liberdade de imprensa caçando seus
opositores O nazismo propagava a superioridade da raça ariana .
 Itália Os movimentos fascistas compartilham certas características
comuns, incluindo a veneração ao Estado, a devoção a um líder
forte e uma ênfase em ultranacionalismo, etnocentrismo e militarismo.
O fascismo vê a violência política, a guerra, e o imperialismo como
meios para alcançar o rejuvenescimento nacional e afirma que as
nações e raças consideradas superiores devem obter espaço
deslocando ou eliminando aquelas consideradas fracas ou inferiores,
como no caso da prática fascista modelada pelo .
Forças do eixo .
 Hitler gostava mostrar seu poder no ano de 1936 nas Olimpíadas de
Berlim quando negro Jessé Owens Venceu o atleta alemão Fuhrer
abandona o estádio olímpico
 O nazismo já deixava outros países assustado com poder da
Alemanha .
 Vocês podem observa o nazismo já estava mostrando seu poder ao m
mundo .
 No ano de 1938 Hitler Invade a Áustria anexa seu território Alemanha .
Invasão a Tchecoslováquia .
Hitler anexa a tchescoslovaquia
Foto Invasão Tchecoslováquia
Foto Invasão Tchecoslováquia
Invasão a Áustria
Anti semitismo na perseguição por
toda Europa .
 Um dos motivos de Hitler Querer perseguir os Judeus na Alemanha foi
por causa que Fuhrer temia que o povo semita tomasse “ conta da
economia alemã a maioria deles eram proprietários das grandes
industrias do país .
 Esse foi um dos motivos que ditador líder do partido nazista
perseguisse o povo judeu por todo país.
 As medidas drásticas foram confiscando bens de judeus suas lojas
sofreram boicotes Hitler falava aos alemães que a dificuldades que
eles enfrentaram pós 1° guerra mundial a culpa era dos judeus .
Lojas judaicas sendo alvo dos
nazistas
Fotos lojas Judaicas
Foto lojas judaicas depredadas
Policias alemães extorquindo um
judeu
Inicio da 2° Guerra mundial
 1° setembro de 1945 Hitler Invade a Polônia anexa seu território as
outras nações aterrorizada declaram Guerra aos germânicos os
primeiros países foram a Inglaterra e França .
Invasão a Polônia
O Ataque a Londres
 Na da Tarde de 7 de setembro de 1940 625 Bombardeios escoltados 648 caça
no mais devastador ataque .
 23 de setembro de 1940 os nazistas atacaram várias cidades da Inglaterra
objetivo dos alemães eram acertar fabrica de aviões e tanques de óleo no país
britânico .
Os nazistas bombardeiam a capital
Inglesa!
Londres destruídas crianças
desoladas sem casa
A conquista da Grécia
 Hitler apoiou seu colega Mussolini auxiliando o exercito alemão em
ofensiva invade a Grécia .
 Maio de 1941 as Tropas alemãs desfilaram em Atenas após a
rendição dos gregos essa operação os nazista fizeram de invadir a
Grécia ficou conhecida por operação Mercúrio .
 O ataque alemão Reuniu aproximadamente 22.500 Homens 15.750
entraram de paraquedas 7.000 por mar .
 Foram 650 aviões 280 bombardeios 150 bombardeios de mergulho
podemos colocar submarinos 90 bombardeios aéreo 40 bombardeios
terrestre com tanques .
 Esse ataque do eixo a Grécia culminou na morte 15.000 homens
gregos e ingleses
O domínio dos germânicos a terra
dos Helenos
Os nazista se exibem na Grécia
Alemanha invade a França os
países baixos Bélgica , Holanda
Luxemburgo .
 Maio de 1940 os alemães invadem a França os países baixos no dia
10 de junho os germânicos dominam e conquistam a maior parte
do território Frances a população desesperada foge para o
interior .
 O Bombardeio interior a Paris matando 300 civis deixando algumas
pessoas feridas .
 Em Junho do mesmo ano a Itália declara guerra a França .
Invasão a França população alguns
deixam a cidade
Franceses Humilhados
 Fanfarra Nazista desfila nas ruas de Paris mostrar seu poder
soldados alemães se exibem na Champs Elysses .
Conquista da África
 A próxima investida do eixo era atacar África foram 12 dias de
combate os alemães derrotaram as tropas britânicas na Líbia
 A Itália ocupou A Somália , Etiópia , durante o conflito .
 Posteriormente os alemães conquistam a Líbia o Marechal Erwin
Rommel, Marechal Brauchsh os 2 eram ligeiros e tinham uma astucia
combate terrestre .
 O Marechal Erwin Rommel venceu várias batalhas contra o aliados
algumas delas forma no continente africano ficou conhecido por
Raposa do Deserto .
Dominio da África
Erwin Rommel A Raposa do
deserto
Marcha para leste desejo de
conquistar a URSS
 Conhecida por operação Barbosa Alemanha e Itália declaram Guerra
a URSS no dia 22 de Junho de 1941 .
 A Invasão ao União Soviética Hitler quebrava o pacto de não
agressão aos soviéticos .
 Considerada a maior e mais feroz campanha militar da história em
termos de mobilização de tropas e baixas sofridas,onde 4,5 milhões de
soldados do Eixo invadiram a União Soviética numa frente de 2900 km
sendo também utilizados 600.000 veículos automotores e 750.000 cavalos.
 A População da União soviética ao perceber a invasão do eixo no
inicio do conflito em seu país alguns compatriotas faleceram os
demais mudaram para as regiões geladas da Sibéria .
Foto Invasão a União soviética
Fotos Invasão a por União Soviética
nazistas
O poder do eixo Exibição de Hitler
 Hitler após aprisionar alguns Soldados russos levaram aos campos
de prisioneiros
 Soldados nazistas combate a resistência durante a tomada de Kiev a
Capital da Ucrânia .
 Os alemães após conquistarem algumas regiões da Rússia fecharam
o cerco as cidade diversas pessoas morreram de fome novembro de
1941 .
 A fome chegou 11 mil pessoas morreram por falta de alimentos .
 o Inverno se aproximava no hemisfério norte não era possível pescar
peixes os lagos estavam congelados
Erro do Fuhrer
 Hitler equivocou-se igual a Napoleão Bonaparte quando invadiu a
Rússia foi no período do inverno .
 As temperaturas estava 50 graus centigrados negativos .
 Naquele contexto os soldados de Hitler começaram enfraquecer
muitos morreram congelados não tinham o preparo aguentar a
baixa temperatura do inverno russo
 Mesmo assim Hitler lutava bravamente contra os russos apesar de
algumas perdas .
O fracasso alemão na batalha de
Kursk
 Apos a batalha os alemães se retiraram do Cáucaso aos poucos e
formaram uma linha defensiva, os russos continuaram avançando e
liberando algumas cidades, uma delas Kursk. Esta cidade seria o palco
da batalha de Kursk, a maior batalha de tanques da historia. A derrota
dos alemães em Stalingrado determinou também a derrota deles em
Kursk.
 A perda material e humana sofrida pelos alemães seria tão grande que
nunca mais Hitler teria condições de passar ao ataque de novo. A
Alemanha perdeu a iniciativa e nunca mais a recuperaria, depois destes
erros fatais Hitler perdeu a guerra bem antes dos aliados desembarcarem
em Normandia.
Fotos da Batalha de Krusk
Fotos Batalha de Krusk
Campos de concentração
 Hitler não se contentava em dominar os territórios queria algo maior .
 Quando foi anexando países europeus o Fuhrer escravizava os
judeus colocava os hebreus trabalharem em campos de
concentração.
 Esses campos foram nas cidades de de Auschwitz , Belzek , Berkenau
na Varsóvia Polônia , Bolsano Itália , Arbeitsdorf , Buchenwald, Bergen-
Belsen Alemanha .
 Os campos de concentração eram trabalhos forçados e extermínios
 Lideres do partido nazista confiscaram os bens dos Judeus e faziam
experiências cientificas . Um dos médicos experiência com semitas
era Josef Menguele
Foto do Menguele
Brasil deportava os Judeus
trabalho escravo na América do sul .
 Durante O governo Getúlio Vargas ele deportou vários Judeus para
Alemanha no ano de 1936 Olga foi expulsa do país entregue a
Gestapo a Policia secreta Alemã foi para os campos de contração
nazista acabou sendo executada .
 Presidente Vargas de 1930 a 1945 quando os judeus não eram
deportados a Europa eram forçados a trabalhos pesados na floresta
amazônica no ciclo da borracha
Olga Prestes
Manchete de Olga Prestes
Fotos de judeus trabalhando para
os Nazistas
Trabalho dos Judeus
Extermínio de Judeus
Extermínio de Judeus
Experiência com Judeus nos campos
de concentração
Fornos crematórios
Bens dos Judeus que foram
confiscados alianças
Ataque a Peal Habor
 O ataque japonês a Pearl Harbor marcou definitivamente a participação
do Japão e dos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial. Em 7 de
dezembro de 1941, no início da manhã os japoneses bombardearam a
base norte americana de Pearl Harbor, no Havaí. Foi um acontecimento
sangrento e violento, ocasionando na morte de mais de dois mil
americanos e mais de mil feridos, além de navios destruídos.
Interesse do japão em atacar Peal
Habor tinha uma razão
 O acontecimento de 1941 surpreendeu os americanos. O momento era
de expansão no Império Japonês, tanto economicamente como
militarmente e politicamente. Foi uma corrida na tentativa de alcançar
as potências europeias e os Estados Unidos. Essa corrida se deu por meio
de estratégias para extensão de território e para o controle e acesso a
recursos naturais. Por conta disso o Japão passou a conflitar com países
vizinhos, como a China.
Havaí Estados Unidos
Brasil declara guerra ao eixo .
 Em fevereiro de 1942, submarinos alemães e italianos iniciaram o
torpedeamento de embarcações brasileiras no oceano Atlântico em
represália.
 O Brasil estava neutro no conflito não tinha “ vontade de participar “
 As Pressões dos Estados Unidos eram enormes para o Brasil aderir .
 Vargas usou a politica troca de favores para a entrar na Guerra
com Presidente dos Estados Unidos .
 , Entre outros incentivos econômicos e comerciais, financiou a
construção de uma gigantesca siderúrgica, a Companhia Siderúrgica
Nacional. Segundo informações da época, os Estados Unidos tinham
supostamente planos para invadir a região Nordeste do Brasil, caso
Getúlio Vargas insistisse em manter a neutralidade.
Foto Brasil declara guerra ao Eixo
Invasão a Monte castelo
 Expedicionária Brasileira (FEB) no conflito. A batalha arrastou-se por três
meses, de 24 de novembro de 1944 a 21 de fevereiro de 1945, durante os
quais se efetuaram seis ataques, com grande número de baixas
brasileiras devido a vários fatores. Quatro dos ataques não tiveram êxito,
por falhas de estratégia.
 Desta vez a tática utilizada, seria a mesma idealizada por Mascarenhas
de Moraes em 19 de novembro, utilizando 2 divisões. Assim, em 20 de
fevereiro, as tropas da Força Expedicionária Brasileira apresentaram-se
em posição de combate, com seus três regimentos prontos para partir
rumo ao monte Castello. À esquerda do grupamento brasileiro, o avanço
seria iniciado em 18 de fevereiro pela 10ª Divisão de Montanha dos
Estados Unidos, tropa de elite, que tinha como responsabilidade tomar o
monte Belvedere e garantir, dessa forma, a proteção do flanco mais
vulnerável do setor
Foto invasão a monte Castelo .
Invasão a Monte castelo
Invasão a Monte castelo
Dia D a Invasão a Normandia
 Os desembarques da Normandia foram operações durante a invasão da
Normandia pelos aliados, também conhecida como Operação Overlord
e Operação Netuno, durante a Segunda Guerra Mundial. No dia 6 de
junho de 1944 (chamado de Dia D), cerca de 155 mil soldados, com o
apoio de 600 navios e milhares de aviões, desembarcaram na costa da
Normandia, França, abrindo uma nova frente de guerra no oeste.
 A aliança invadiu a França pouco antes das 06:00 da manha
objetivo era enfraquecer o eixo .
Dia D a Invasão a Normandia
 A operação foi a maior invasão anfíbia de todos os tempos, com o
desembarque de mais de 160 mil homens em 6 de junho de 1944. 195 700
pessoas das marinhas navais e mercantes aliadas em mais de 5000 navios
foram envolvidos na operação. Soldados e material foram transportados
a partir do Reino Unido por aviões carregados de tropas e navios,
desembarques de assalto, suporte aéreo, interdição naval do canal da
Mancha e fogo naval e de apoio. Os desembarques ocorreram ao longo
de um trecho de 80 km na costa da Normandia dividida em cinco
setores: Utah, Omaha, Gold, Juno e Sword.
Dia D Invasão a Normandia
O avanço dos aliados foi positivo chegaram a conquistar os territórios
que pretendiam por volta das 9:33 da manha do dia 06 de junho de
1944 General Eisenhower , as forças navais e áreas começaram a
desembarcar na costa norte da França
No dia 8 de junho os Britânicos e Canadenses libertaram a cidade
Bayeux as batalhas entre o eixo e os aliados persistiam .
15 de agosto aliados ocuparam a cidade de Marselha e e Toulon ,
Nice .
Comandos pelo Marechal Britânico Montgomey o exercito nazista já
era pouco na França
Libertação de Paris
 A liberação) ou libertação de Paris (também conhecida como Batalha
por Paris) começou no dia 19 de agosto e encerrou com a rendição da
última guarnição presente na cidade, em 25 de agosto de 1944. A
capital da França era administrada pela Alemanha nazista desde a
assinatura do armistício de 22 de junho de 1940.
 A libertação da cidade começou com um levante da Resistência
Francesa contra a guarnição de alemã em Paris. Em 24 de agosto, as
forças Forças Francesas do Interior receberam ajuda da organização
França Livre e da popular 4ª Divisão de Infantaria dos Estados Unidos.
.
Libertação de Paris
Esta batalha marcou o final da Operação
Overlord, que atingiu seu objetivo de libertar a
França das forças do Eixo. Um governo provisório
administraria o país até o fim da guerra e o
estado fantoche de Vichy foi exilado em
Sigmaringen, Alemanha.
FOTOS DO Dia D
FOTOS DO DIA D
Fotos Libertação de Paris
Operação Valquíria
 A Operação Valquíria (em alemão: Unternehmen Walküre) era um plano
alemão criado durante a Segunda Guerra Mundial com o propósito de
manter o governo do país funcionando em caso de uma emergência,
através da mobilização do exército reserva da Alemanha para assumir o
controle da situação caso houvesse algum tipo de levante entre a
população civil alemã ou uma revolta de trabalhadores estrangeiros (a
esmagadora maioria escravos trazidos dos territórios ocupados) em
fábricas dentro do país.
Operação Valquíria
 Os generais do exército alemão (Heer) Friedrich Olbricht, Henning von
Tresckow e o coronel Claus von Stauffenberg modificaram o plano com a
intenção de usar a força de reserva alemã para tomar o controle das
cidades do país, desarmar a SS e prender a liderança nazista após o
assassinato do ditador Adolf Hitler no Atentado de 20 de Julho. A morte
de Hitler (ao invés de simplesmente prende-lo) era necessário para
desprender os soldados e oficiais alemães do seu juramento de lealdade
pessoal a ele (Führereid). Em julho de 1944, a operação foi executada
mas terminou em fracasso, com os conspiradores sendo presos e muitos
deles executados
Hitler Persegue seus opositores no
país do nazismo
 No final, o coronel Claus von Stauffenberg (o mentor do atentado de
1944), os generais Tresckow e Olbricht e o marechal Erwin von Witzleben
foram executados pelos nazistas, enquanto Ludwig Beck cometeu
suicídio. Milhares de alemães foram presas e pelo menos 5 mil pessoas da
resistência foram também mortos em represálias.
A Morte de Mussolini
 A morte de Benito Mussolini, o ditador fascista italiano, aconteceu em 28
de abril de 1945, nos últimos dias da Segunda Guerra Mundial na Europa,
quando foi executado sumariamente por partisans anti-fascistas no
vilarejo de Giulino di Mezzegra no Norte da Itália. A versão "oficial" dos
eventos é que Mussolini foi alvejado por Walter Audisio, um partisan
comunista que usava o nome de guerra de "Coronel Valerio". Entretanto,
desde o fim da guerra, as circunstâncias da morte de Mussolini e a
identidade do assassino fazem parte de constantes confusões, disputas e
controvérsias na Itália
Morte de Mussolini
 Os corpos de Mussolini e Petacci foram levados para Milão onde ficaram
expostos em uma praça, a Piazzale Loreto, para um multidão enfurecida
que gritava insultos e atirava objetos nos corpos, que ficaram
pendurados de cabeça para baixo em uma viga de metal. Mussolini foi
enterrado em uma cova sem nome, porém em 1946 seu corpo foi
desenterrado e roubado por apoiantes fascistas. Quatro meses mais
tarde o corpo foi recuperado e mantido em um esconderijo pelos
próximos onze anos. Em 1957, seus restos mortais foram disponibilizados
para serem enterrados na cripta da família Mussolini na sua cidade-natal
Fotos da Morte de Mussolini
Morte de Hitler
 A Morte de Hitler é cercada de mistério e controvérsias .
 Segundo os relatos da época Hitler casou-se com Eva Braun poucas
horas antes de falecer .
 O Fuhrer já estava abatido e com depressão o soviéticos haviam
invadido Berlim já não havia mais esperanças para líder nazista .
Morte de Hitler
 Após o almoço Hitler cumprimentou os companheiros do partido
nazista em seguida deu ordem para arrumar combustíveis .
 Os soldados nazistas conseguiram 180 a 200 litros de gasolina em
seguida Hitler e sua companheira Eva Braun ingiriram um cianeto
 Após o casal entrar para seus aposentos escutou-se um tiro o corpo de
Hitler estava no sofá e de sua esposa no chão .
 Os estrondos do exercito russo ouvia na cidade de Berlim em seguida o
camareiro de Hitler Sturn Banfuhrer , Heinz Linger chefe da SS
transportaram o corpo de Hitler para fora em um cobertor jogaram em
buraco em seguida derramaram a gasolina sobre o líder nazista de sua
esposa colocaram fogo . Ergueram a mão direita fazendo saudação
despedida chegava o fim do 3° Reich .
Fotos da Morte de Hitler
Fotos do lugar queimou o corpo de
Hitler
Rendição da Alemanha
 O dia 8 de maio de 1945 entrou para a história como a data oficial da
rendição da Alemanha nazista. Foi quando o almirante alemão Karl
Dönitz comunicou à população o fim do Terceiro Reich. Assim, depois de
cinco anos, terminava a Segunda Guerra Mundial.
 Após a rendição os funcionários do nazismo foram levados ao
tribunal de Nuremberg e julgados .
 Alguns dos acusados foram sentenciados a morte outros condenados
a ficar um determinado longo período preso .
Foto da rendição alemã
Tribunal de Nuremberg
 O Tribunal foi criado A fim de julgar os crimes de cometidos pelos nazistas, uma série de
julgamentos foi realizada na cidade alemã de Nuremberg, entre 1945 e 1949. Entre os
acusados estavam oficiais do Partido Nazista e militares de alta patente, bem como
empresários, advogados e médicos que colaboraram ativamente com o projeto
nazista.
 As leis e procedimentos a serem adotados em Nuremberg foram estabelecidos pelos
Aliados na Carta de Londres, lançada em 8 de agosto de 1945. Neste documento
ficaram estabelecidos três categorias de crimes pelas quais os acusados seriam
julgados: crimes contra a paz (planejamento e engajamento em atividades de guerra
que descumprissem acordos internacionais), crimes de guerra (como tratamento
impróprio a civis e prisioneiros de guerra) e crimes contra a humanidade (assassinato,
escravização, deportação e perseguição a civis com base em motivos políticos,
religiosos ou raciais)
Foto tribunal de Nuremberg
Ataque Hiroshima e Nagazaki
 foram dois bombardeios realizados pelos Estados Unidos contra o Império do
Japão durante os estágios finais da Segunda Guerra Mundial, em agosto de
1945. Foi o primeiro e único momento na história em que armas nucleares
foram usadas em guerra e contra alvos civis.
 Os ataques ocorreram no dia 6 e 9de agosto Nagasaki em 9 de agosto.
Dentro dos primeiros 2 a 4 meses após os ataques atômicos, os efeitos
agudos das explosões mataram entre 90 mil e 166 mil pessoas.
 Hiroshima e 60 mil e 80 mil seres humanos em Nagasaki; cerca de metade
das mortes em cada cidade ocorreu no primeiro dia. Durante os meses
seguintes, vários morreram por causa do efeito de queimaduras,
envenenamento radioativo e outras lesões, que foram agravadas pelos
efeitos da radiação. Em ambas as cidades, a maioria dos mortos eram civis,
embora Hiroshima tivesse muitos militares.
Fotos ataque Hiroshima e Nagasaki
Fotos ataque Hiroshima e Nagasaki
Rendição do Japão na 2°guerra .
 Em 15 de agosto, poucos dias depois do bombardeio de Nagasaki e da
declaração de guerra da União Soviética, o Japão anunciou sua
rendição aos Aliados. Em 2 de setembro, o governo japonês assinou o
acordo de rendição, encerrando a Segunda Guerra Mundial. O papel
dos bombardeios na rendição do Japão e a sua justificação ética ainda
são pontos debatidos entre acadêmicos e na sociedade.
Foto comemoração final da Guerra
a vitória dos aliados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Caracteristicas Do Fascismo
Caracteristicas Do FascismoCaracteristicas Do Fascismo
Caracteristicas Do Fascismo
Carlos Vieira
 
O Nazismo
O NazismoO Nazismo
O Nazismo
Jorge Almeida
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
Priscila Azeredo
 
Revolução chinesa
Revolução chinesaRevolução chinesa
Revolução chinesa
Fatima Freitas
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
Isaquel Silva
 
Slide nazismo
Slide nazismoSlide nazismo
Slide nazismo
Isabel Aguiar
 
O FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINI
O FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINIO FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINI
O FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINI
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
Leide Soares Matoso
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
A Independência da Índia
A Independência da ÍndiaA Independência da Índia
A Independência da Índia
Mariana Maia
 
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
Daniel Alves Bronstrup
 
O Fascismo e o Nazismo
O Fascismo e o NazismoO Fascismo e o Nazismo
O Fascismo e o Nazismo
_7udy_
 
Regimes totalitarios
Regimes totalitariosRegimes totalitarios
Regimes totalitarios
Creusa Lima
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
eiprofessor
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
Valéria Shoujofan
 
Apresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução RussaApresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução Russa
marcosfm32
 
O nazismo[1]
O nazismo[1]O nazismo[1]
O nazismo[1]
Ana Barreiros
 
Imperialismo, Belle Époque e Primeira Guerra Mundial
Imperialismo, Belle Époque e Primeira Guerra MundialImperialismo, Belle Époque e Primeira Guerra Mundial
Imperialismo, Belle Époque e Primeira Guerra Mundial
Douglas Barraqui
 
Nazismo Fascismo
Nazismo Fascismo Nazismo Fascismo
Nazismo Fascismo
Adail Silva
 
PPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferente
PPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferentePPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferente
PPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferente
josafaslima
 

Mais procurados (20)

Caracteristicas Do Fascismo
Caracteristicas Do FascismoCaracteristicas Do Fascismo
Caracteristicas Do Fascismo
 
O Nazismo
O NazismoO Nazismo
O Nazismo
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
 
Revolução chinesa
Revolução chinesaRevolução chinesa
Revolução chinesa
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
Slide nazismo
Slide nazismoSlide nazismo
Slide nazismo
 
O FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINI
O FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINIO FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINI
O FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINI
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
A Independência da Índia
A Independência da ÍndiaA Independência da Índia
A Independência da Índia
 
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
 
O Fascismo e o Nazismo
O Fascismo e o NazismoO Fascismo e o Nazismo
O Fascismo e o Nazismo
 
Regimes totalitarios
Regimes totalitariosRegimes totalitarios
Regimes totalitarios
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
Apresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução RussaApresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução Russa
 
O nazismo[1]
O nazismo[1]O nazismo[1]
O nazismo[1]
 
Imperialismo, Belle Époque e Primeira Guerra Mundial
Imperialismo, Belle Époque e Primeira Guerra MundialImperialismo, Belle Époque e Primeira Guerra Mundial
Imperialismo, Belle Époque e Primeira Guerra Mundial
 
Nazismo Fascismo
Nazismo Fascismo Nazismo Fascismo
Nazismo Fascismo
 
PPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferente
PPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferentePPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferente
PPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferente
 

Semelhante a 2° guerra mundial

A Segunda Guerra Mundial
A Segunda Guerra MundialA Segunda Guerra Mundial
A Segunda Guerra Mundial
Alex Ferreira dos Santos
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
Elaine Bogo Pavani
 
Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
Segunda Guerra Mundial (1939-1945)Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
ingeloreroiwas
 
SEGUNDA GUERRA MUNDIAL 11 de outubro .pptx
SEGUNDA GUERRA MUNDIAL 11 de outubro .pptxSEGUNDA GUERRA MUNDIAL 11 de outubro .pptx
SEGUNDA GUERRA MUNDIAL 11 de outubro .pptx
priverona11
 
Segunda Guerra Mundial 1939-1945
Segunda Guerra Mundial 1939-1945Segunda Guerra Mundial 1939-1945
Segunda Guerra Mundial 1939-1945
alinesantana1422
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
Norberto Correa
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
Norberto Correa
 
II GUERRA MUNDIAL
II GUERRA MUNDIALII GUERRA MUNDIAL
II GUERRA MUNDIAL
BarretoOtto
 
10.+Segunda+Guerra+Mundial.pptx
10.+Segunda+Guerra+Mundial.pptx10.+Segunda+Guerra+Mundial.pptx
10.+Segunda+Guerra+Mundial.pptx
DomingasMariaRomao
 
3º ano segunda guerra mundial (1939 – 1945)
3º ano   segunda guerra mundial (1939 – 1945)3º ano   segunda guerra mundial (1939 – 1945)
3º ano segunda guerra mundial (1939 – 1945)
Daniel Alves Bronstrup
 
Entre Guerras e Segunda Guerra Mundial
Entre Guerras e Segunda Guerra MundialEntre Guerras e Segunda Guerra Mundial
Entre Guerras e Segunda Guerra Mundial
jose brandaos
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
Auxiliadora
 
Segunda guerra mundial
Segunda guerra mundialSegunda guerra mundial
Segunda guerra mundial
Maiana Antoniazzi Dalla Bernardina
 
2° guerra mundial - Em tópicos simples
2° guerra mundial - Em tópicos simples 2° guerra mundial - Em tópicos simples
2° guerra mundial - Em tópicos simples
Ryan Gabriel Senaa
 
Segunda Guerra Mundial (segunda versão)
Segunda Guerra Mundial (segunda versão)Segunda Guerra Mundial (segunda versão)
Segunda Guerra Mundial (segunda versão)
Valéria Shoujofan
 
A segunda guerra mundial
A segunda guerra mundialA segunda guerra mundial
A segunda guerra mundial
Bruna Bressano
 
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Altair Moisés Aguilar
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
Marilia Pimentel
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Ii Guerra Mundial Pf
Ii Guerra Mundial   PfIi Guerra Mundial   Pf
Ii Guerra Mundial Pf
guest2c92ec
 

Semelhante a 2° guerra mundial (20)

A Segunda Guerra Mundial
A Segunda Guerra MundialA Segunda Guerra Mundial
A Segunda Guerra Mundial
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
Segunda Guerra Mundial (1939-1945)Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
 
SEGUNDA GUERRA MUNDIAL 11 de outubro .pptx
SEGUNDA GUERRA MUNDIAL 11 de outubro .pptxSEGUNDA GUERRA MUNDIAL 11 de outubro .pptx
SEGUNDA GUERRA MUNDIAL 11 de outubro .pptx
 
Segunda Guerra Mundial 1939-1945
Segunda Guerra Mundial 1939-1945Segunda Guerra Mundial 1939-1945
Segunda Guerra Mundial 1939-1945
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
II GUERRA MUNDIAL
II GUERRA MUNDIALII GUERRA MUNDIAL
II GUERRA MUNDIAL
 
10.+Segunda+Guerra+Mundial.pptx
10.+Segunda+Guerra+Mundial.pptx10.+Segunda+Guerra+Mundial.pptx
10.+Segunda+Guerra+Mundial.pptx
 
3º ano segunda guerra mundial (1939 – 1945)
3º ano   segunda guerra mundial (1939 – 1945)3º ano   segunda guerra mundial (1939 – 1945)
3º ano segunda guerra mundial (1939 – 1945)
 
Entre Guerras e Segunda Guerra Mundial
Entre Guerras e Segunda Guerra MundialEntre Guerras e Segunda Guerra Mundial
Entre Guerras e Segunda Guerra Mundial
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
Segunda guerra mundial
Segunda guerra mundialSegunda guerra mundial
Segunda guerra mundial
 
2° guerra mundial - Em tópicos simples
2° guerra mundial - Em tópicos simples 2° guerra mundial - Em tópicos simples
2° guerra mundial - Em tópicos simples
 
Segunda Guerra Mundial (segunda versão)
Segunda Guerra Mundial (segunda versão)Segunda Guerra Mundial (segunda versão)
Segunda Guerra Mundial (segunda versão)
 
A segunda guerra mundial
A segunda guerra mundialA segunda guerra mundial
A segunda guerra mundial
 
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
Ii Guerra Mundial Pf
Ii Guerra Mundial   PfIi Guerra Mundial   Pf
Ii Guerra Mundial Pf
 

Mais de Ricardo Diniz campos

período Vargas 1930 a 1945 1951 a 1954
período Vargas  1930 a 1945   1951 a 1954período Vargas  1930 a 1945   1951 a 1954
período Vargas 1930 a 1945 1951 a 1954
Ricardo Diniz campos
 
Estados totalitáriosnazismo ,facismo,getulismo
Estados totalitáriosnazismo ,facismo,getulismoEstados totalitáriosnazismo ,facismo,getulismo
Estados totalitáriosnazismo ,facismo,getulismo
Ricardo Diniz campos
 
Depressão econômica de 29 o abismo econômico
Depressão econômica de 29 o abismo econômicoDepressão econômica de 29 o abismo econômico
Depressão econômica de 29 o abismo econômico
Ricardo Diniz campos
 
REVOLUÇÃO RUSSA mudou o curso da história
REVOLUÇÃO RUSSA mudou o curso da históriaREVOLUÇÃO RUSSA mudou o curso da história
REVOLUÇÃO RUSSA mudou o curso da história
Ricardo Diniz campos
 
Chegada dos portugueses na América o descobrimento do Brasil ica.pptx
Chegada dos portugueses na América o descobrimento do Brasil ica.pptxChegada dos portugueses na América o descobrimento do Brasil ica.pptx
Chegada dos portugueses na América o descobrimento do Brasil ica.pptx
Ricardo Diniz campos
 
Revolução francesa.liberdade igualde fraternidade
Revolução francesa.liberdade igualde fraternidadeRevolução francesa.liberdade igualde fraternidade
Revolução francesa.liberdade igualde fraternidade
Ricardo Diniz campos
 
Independência dos Países da América Espanhola
Independência dos Países da América EspanholaIndependência dos Países da América Espanhola
Independência dos Países da América Espanhola
Ricardo Diniz campos
 
Chegada da família Real no Brasil01.pptx
Chegada da família Real no Brasil01.pptxChegada da família Real no Brasil01.pptx
Chegada da família Real no Brasil01.pptx
Ricardo Diniz campos
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Ricardo Diniz campos
 
Revolta da vacina uso da politicagem cidade do Rio De janeiro em
Revolta da  vacina  uso da politicagem  cidade do Rio De janeiro emRevolta da  vacina  uso da politicagem  cidade do Rio De janeiro em
Revolta da vacina uso da politicagem cidade do Rio De janeiro em
Ricardo Diniz campos
 
Os primeiros povos do Brasil. na América
Os primeiros povos do Brasil. na AméricaOs primeiros povos do Brasil. na América
Os primeiros povos do Brasil. na América
Ricardo Diniz campos
 
Revoluções na inglaterra. puritana e gloriosa
Revoluções na inglaterra. puritana e  gloriosaRevoluções na inglaterra. puritana e  gloriosa
Revoluções na inglaterra. puritana e gloriosa
Ricardo Diniz campos
 
iluminismo período das luzes a razão acima da fé
iluminismo período das  luzes a razão  acima da féiluminismo período das  luzes a razão  acima da fé
iluminismo período das luzes a razão acima da fé
Ricardo Diniz campos
 
Revolução francesa. liberdade igualdade fraternidade
Revolução francesa. liberdade  igualdade  fraternidadeRevolução francesa. liberdade  igualdade  fraternidade
Revolução francesa. liberdade igualdade fraternidade
Ricardo Diniz campos
 
RENASCIMENTO. a virada de chave desencadeou na sociedade
RENASCIMENTO.  a virada  de chave desencadeou na sociedadeRENASCIMENTO.  a virada  de chave desencadeou na sociedade
RENASCIMENTO. a virada de chave desencadeou na sociedade
Ricardo Diniz campos
 
Coronelismo e Guerra de Canudos conflito que mudou o Brasil
Coronelismo  e Guerra de Canudos conflito que  mudou o BrasilCoronelismo  e Guerra de Canudos conflito que  mudou o Brasil
Coronelismo e Guerra de Canudos conflito que mudou o Brasil
Ricardo Diniz campos
 
Reforma protestante. mudou a visão das pessoas entender a religião
Reforma protestante. mudou a   visão das pessoas entender a religiãoReforma protestante. mudou a   visão das pessoas entender a religião
Reforma protestante. mudou a visão das pessoas entender a religião
Ricardo Diniz campos
 
primeira guerra mundial 1914 a 1918 causas e consequências
primeira  guerra mundial  1914 a  1918  causas e consequênciasprimeira  guerra mundial  1914 a  1918  causas e consequências
primeira guerra mundial 1914 a 1918 causas e consequências
Ricardo Diniz campos
 
Origem criacionista, e Evolucionistas que são defendidas
Origem criacionista, e Evolucionistas  que são defendidasOrigem criacionista, e Evolucionistas  que são defendidas
Origem criacionista, e Evolucionistas que são defendidas
Ricardo Diniz campos
 
A função do historiador dividido em história oral, documentação
A  função do historiador  dividido em história oral, documentaçãoA  função do historiador  dividido em história oral, documentação
A função do historiador dividido em história oral, documentação
Ricardo Diniz campos
 

Mais de Ricardo Diniz campos (20)

período Vargas 1930 a 1945 1951 a 1954
período Vargas  1930 a 1945   1951 a 1954período Vargas  1930 a 1945   1951 a 1954
período Vargas 1930 a 1945 1951 a 1954
 
Estados totalitáriosnazismo ,facismo,getulismo
Estados totalitáriosnazismo ,facismo,getulismoEstados totalitáriosnazismo ,facismo,getulismo
Estados totalitáriosnazismo ,facismo,getulismo
 
Depressão econômica de 29 o abismo econômico
Depressão econômica de 29 o abismo econômicoDepressão econômica de 29 o abismo econômico
Depressão econômica de 29 o abismo econômico
 
REVOLUÇÃO RUSSA mudou o curso da história
REVOLUÇÃO RUSSA mudou o curso da históriaREVOLUÇÃO RUSSA mudou o curso da história
REVOLUÇÃO RUSSA mudou o curso da história
 
Chegada dos portugueses na América o descobrimento do Brasil ica.pptx
Chegada dos portugueses na América o descobrimento do Brasil ica.pptxChegada dos portugueses na América o descobrimento do Brasil ica.pptx
Chegada dos portugueses na América o descobrimento do Brasil ica.pptx
 
Revolução francesa.liberdade igualde fraternidade
Revolução francesa.liberdade igualde fraternidadeRevolução francesa.liberdade igualde fraternidade
Revolução francesa.liberdade igualde fraternidade
 
Independência dos Países da América Espanhola
Independência dos Países da América EspanholaIndependência dos Países da América Espanhola
Independência dos Países da América Espanhola
 
Chegada da família Real no Brasil01.pptx
Chegada da família Real no Brasil01.pptxChegada da família Real no Brasil01.pptx
Chegada da família Real no Brasil01.pptx
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Revolta da vacina uso da politicagem cidade do Rio De janeiro em
Revolta da  vacina  uso da politicagem  cidade do Rio De janeiro emRevolta da  vacina  uso da politicagem  cidade do Rio De janeiro em
Revolta da vacina uso da politicagem cidade do Rio De janeiro em
 
Os primeiros povos do Brasil. na América
Os primeiros povos do Brasil. na AméricaOs primeiros povos do Brasil. na América
Os primeiros povos do Brasil. na América
 
Revoluções na inglaterra. puritana e gloriosa
Revoluções na inglaterra. puritana e  gloriosaRevoluções na inglaterra. puritana e  gloriosa
Revoluções na inglaterra. puritana e gloriosa
 
iluminismo período das luzes a razão acima da fé
iluminismo período das  luzes a razão  acima da féiluminismo período das  luzes a razão  acima da fé
iluminismo período das luzes a razão acima da fé
 
Revolução francesa. liberdade igualdade fraternidade
Revolução francesa. liberdade  igualdade  fraternidadeRevolução francesa. liberdade  igualdade  fraternidade
Revolução francesa. liberdade igualdade fraternidade
 
RENASCIMENTO. a virada de chave desencadeou na sociedade
RENASCIMENTO.  a virada  de chave desencadeou na sociedadeRENASCIMENTO.  a virada  de chave desencadeou na sociedade
RENASCIMENTO. a virada de chave desencadeou na sociedade
 
Coronelismo e Guerra de Canudos conflito que mudou o Brasil
Coronelismo  e Guerra de Canudos conflito que  mudou o BrasilCoronelismo  e Guerra de Canudos conflito que  mudou o Brasil
Coronelismo e Guerra de Canudos conflito que mudou o Brasil
 
Reforma protestante. mudou a visão das pessoas entender a religião
Reforma protestante. mudou a   visão das pessoas entender a religiãoReforma protestante. mudou a   visão das pessoas entender a religião
Reforma protestante. mudou a visão das pessoas entender a religião
 
primeira guerra mundial 1914 a 1918 causas e consequências
primeira  guerra mundial  1914 a  1918  causas e consequênciasprimeira  guerra mundial  1914 a  1918  causas e consequências
primeira guerra mundial 1914 a 1918 causas e consequências
 
Origem criacionista, e Evolucionistas que são defendidas
Origem criacionista, e Evolucionistas  que são defendidasOrigem criacionista, e Evolucionistas  que são defendidas
Origem criacionista, e Evolucionistas que são defendidas
 
A função do historiador dividido em história oral, documentação
A  função do historiador  dividido em história oral, documentaçãoA  função do historiador  dividido em história oral, documentação
A função do historiador dividido em história oral, documentação
 

Último

Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p..._jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
marcos oliveira
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
AngelicaCostaMeirele2
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 

Último (20)

Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p..._jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 

2° guerra mundial

  • 1. Aula sobre a 2° guerra mundial RICARDO DINIZ CAMPOS
  • 2. A 2º Guerra Mundial  A 2º Guerra mundial foi um marco na sociedade contemporânea 1939 a 1945 .  Este conflito milhões de pessoas sofreram e sentiram a tristeza da crueldade do ser humano .  Esta Guerra mudou a politica do mundo dividindo em 2 eixos no pós guerra .
  • 3. 2 º Guerra mundial  A 2° guerra mundial foi o maior conflito bélico da história da humanidade morreram aproximadamente 50 milhões de pessoas sendo 6 milhões de judeus foram executados em campos de concentração .
  • 4. Lideres do Eixo  Alemanha estava “ com as dores da derrota da primeira Guerra mundial “ A recuperação da economia alemã foi por causa da produção de armas bélicas liderada por Adolf Hitler .  A Itália passou por mudanças se reestruturou liderada por Benito Mussolini conhecido por Duce o país volta a crescer .  Heroito o imperador proporcionou ao Japão no inicio do século XX economia crescer levando o nacionalismo ao país .
  • 8. Regimes totalitários  Alemanha de tinha o partido único o nazismo liderada por Adolf Hitler que fechou congresso alemão passou a governar o país sozinho proibindo a liberdade de imprensa caçando seus opositores O nazismo propagava a superioridade da raça ariana .  Itália Os movimentos fascistas compartilham certas características comuns, incluindo a veneração ao Estado, a devoção a um líder forte e uma ênfase em ultranacionalismo, etnocentrismo e militarismo. O fascismo vê a violência política, a guerra, e o imperialismo como meios para alcançar o rejuvenescimento nacional e afirma que as nações e raças consideradas superiores devem obter espaço deslocando ou eliminando aquelas consideradas fracas ou inferiores, como no caso da prática fascista modelada pelo .
  • 9. Forças do eixo .  Hitler gostava mostrar seu poder no ano de 1936 nas Olimpíadas de Berlim quando negro Jessé Owens Venceu o atleta alemão Fuhrer abandona o estádio olímpico  O nazismo já deixava outros países assustado com poder da Alemanha .  Vocês podem observa o nazismo já estava mostrando seu poder ao m mundo .  No ano de 1938 Hitler Invade a Áustria anexa seu território Alemanha . Invasão a Tchecoslováquia .
  • 10. Hitler anexa a tchescoslovaquia
  • 14. Anti semitismo na perseguição por toda Europa .  Um dos motivos de Hitler Querer perseguir os Judeus na Alemanha foi por causa que Fuhrer temia que o povo semita tomasse “ conta da economia alemã a maioria deles eram proprietários das grandes industrias do país .  Esse foi um dos motivos que ditador líder do partido nazista perseguisse o povo judeu por todo país.  As medidas drásticas foram confiscando bens de judeus suas lojas sofreram boicotes Hitler falava aos alemães que a dificuldades que eles enfrentaram pós 1° guerra mundial a culpa era dos judeus .
  • 15. Lojas judaicas sendo alvo dos nazistas
  • 17. Foto lojas judaicas depredadas
  • 19. Inicio da 2° Guerra mundial  1° setembro de 1945 Hitler Invade a Polônia anexa seu território as outras nações aterrorizada declaram Guerra aos germânicos os primeiros países foram a Inglaterra e França .
  • 21. O Ataque a Londres  Na da Tarde de 7 de setembro de 1940 625 Bombardeios escoltados 648 caça no mais devastador ataque .  23 de setembro de 1940 os nazistas atacaram várias cidades da Inglaterra objetivo dos alemães eram acertar fabrica de aviões e tanques de óleo no país britânico .
  • 22. Os nazistas bombardeiam a capital Inglesa!
  • 24. A conquista da Grécia  Hitler apoiou seu colega Mussolini auxiliando o exercito alemão em ofensiva invade a Grécia .  Maio de 1941 as Tropas alemãs desfilaram em Atenas após a rendição dos gregos essa operação os nazista fizeram de invadir a Grécia ficou conhecida por operação Mercúrio .  O ataque alemão Reuniu aproximadamente 22.500 Homens 15.750 entraram de paraquedas 7.000 por mar .  Foram 650 aviões 280 bombardeios 150 bombardeios de mergulho podemos colocar submarinos 90 bombardeios aéreo 40 bombardeios terrestre com tanques .  Esse ataque do eixo a Grécia culminou na morte 15.000 homens gregos e ingleses
  • 25. O domínio dos germânicos a terra dos Helenos
  • 26. Os nazista se exibem na Grécia
  • 27. Alemanha invade a França os países baixos Bélgica , Holanda Luxemburgo .  Maio de 1940 os alemães invadem a França os países baixos no dia 10 de junho os germânicos dominam e conquistam a maior parte do território Frances a população desesperada foge para o interior .  O Bombardeio interior a Paris matando 300 civis deixando algumas pessoas feridas .  Em Junho do mesmo ano a Itália declara guerra a França .
  • 28. Invasão a França população alguns deixam a cidade
  • 29. Franceses Humilhados  Fanfarra Nazista desfila nas ruas de Paris mostrar seu poder soldados alemães se exibem na Champs Elysses .
  • 30. Conquista da África  A próxima investida do eixo era atacar África foram 12 dias de combate os alemães derrotaram as tropas britânicas na Líbia  A Itália ocupou A Somália , Etiópia , durante o conflito .  Posteriormente os alemães conquistam a Líbia o Marechal Erwin Rommel, Marechal Brauchsh os 2 eram ligeiros e tinham uma astucia combate terrestre .  O Marechal Erwin Rommel venceu várias batalhas contra o aliados algumas delas forma no continente africano ficou conhecido por Raposa do Deserto .
  • 32. Erwin Rommel A Raposa do deserto
  • 33. Marcha para leste desejo de conquistar a URSS  Conhecida por operação Barbosa Alemanha e Itália declaram Guerra a URSS no dia 22 de Junho de 1941 .  A Invasão ao União Soviética Hitler quebrava o pacto de não agressão aos soviéticos .  Considerada a maior e mais feroz campanha militar da história em termos de mobilização de tropas e baixas sofridas,onde 4,5 milhões de soldados do Eixo invadiram a União Soviética numa frente de 2900 km sendo também utilizados 600.000 veículos automotores e 750.000 cavalos.  A População da União soviética ao perceber a invasão do eixo no inicio do conflito em seu país alguns compatriotas faleceram os demais mudaram para as regiões geladas da Sibéria .
  • 34. Foto Invasão a União soviética
  • 35. Fotos Invasão a por União Soviética nazistas
  • 36. O poder do eixo Exibição de Hitler  Hitler após aprisionar alguns Soldados russos levaram aos campos de prisioneiros  Soldados nazistas combate a resistência durante a tomada de Kiev a Capital da Ucrânia .  Os alemães após conquistarem algumas regiões da Rússia fecharam o cerco as cidade diversas pessoas morreram de fome novembro de 1941 .  A fome chegou 11 mil pessoas morreram por falta de alimentos .  o Inverno se aproximava no hemisfério norte não era possível pescar peixes os lagos estavam congelados
  • 37. Erro do Fuhrer  Hitler equivocou-se igual a Napoleão Bonaparte quando invadiu a Rússia foi no período do inverno .  As temperaturas estava 50 graus centigrados negativos .  Naquele contexto os soldados de Hitler começaram enfraquecer muitos morreram congelados não tinham o preparo aguentar a baixa temperatura do inverno russo  Mesmo assim Hitler lutava bravamente contra os russos apesar de algumas perdas .
  • 38. O fracasso alemão na batalha de Kursk  Apos a batalha os alemães se retiraram do Cáucaso aos poucos e formaram uma linha defensiva, os russos continuaram avançando e liberando algumas cidades, uma delas Kursk. Esta cidade seria o palco da batalha de Kursk, a maior batalha de tanques da historia. A derrota dos alemães em Stalingrado determinou também a derrota deles em Kursk.  A perda material e humana sofrida pelos alemães seria tão grande que nunca mais Hitler teria condições de passar ao ataque de novo. A Alemanha perdeu a iniciativa e nunca mais a recuperaria, depois destes erros fatais Hitler perdeu a guerra bem antes dos aliados desembarcarem em Normandia.
  • 39. Fotos da Batalha de Krusk
  • 41. Campos de concentração  Hitler não se contentava em dominar os territórios queria algo maior .  Quando foi anexando países europeus o Fuhrer escravizava os judeus colocava os hebreus trabalharem em campos de concentração.  Esses campos foram nas cidades de de Auschwitz , Belzek , Berkenau na Varsóvia Polônia , Bolsano Itália , Arbeitsdorf , Buchenwald, Bergen- Belsen Alemanha .  Os campos de concentração eram trabalhos forçados e extermínios  Lideres do partido nazista confiscaram os bens dos Judeus e faziam experiências cientificas . Um dos médicos experiência com semitas era Josef Menguele
  • 43. Brasil deportava os Judeus trabalho escravo na América do sul .  Durante O governo Getúlio Vargas ele deportou vários Judeus para Alemanha no ano de 1936 Olga foi expulsa do país entregue a Gestapo a Policia secreta Alemã foi para os campos de contração nazista acabou sendo executada .  Presidente Vargas de 1930 a 1945 quando os judeus não eram deportados a Europa eram forçados a trabalhos pesados na floresta amazônica no ciclo da borracha
  • 45. Manchete de Olga Prestes
  • 46. Fotos de judeus trabalhando para os Nazistas
  • 50. Experiência com Judeus nos campos de concentração
  • 52. Bens dos Judeus que foram confiscados alianças
  • 53. Ataque a Peal Habor  O ataque japonês a Pearl Harbor marcou definitivamente a participação do Japão e dos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial. Em 7 de dezembro de 1941, no início da manhã os japoneses bombardearam a base norte americana de Pearl Harbor, no Havaí. Foi um acontecimento sangrento e violento, ocasionando na morte de mais de dois mil americanos e mais de mil feridos, além de navios destruídos.
  • 54. Interesse do japão em atacar Peal Habor tinha uma razão  O acontecimento de 1941 surpreendeu os americanos. O momento era de expansão no Império Japonês, tanto economicamente como militarmente e politicamente. Foi uma corrida na tentativa de alcançar as potências europeias e os Estados Unidos. Essa corrida se deu por meio de estratégias para extensão de território e para o controle e acesso a recursos naturais. Por conta disso o Japão passou a conflitar com países vizinhos, como a China.
  • 56. Brasil declara guerra ao eixo .  Em fevereiro de 1942, submarinos alemães e italianos iniciaram o torpedeamento de embarcações brasileiras no oceano Atlântico em represália.  O Brasil estava neutro no conflito não tinha “ vontade de participar “  As Pressões dos Estados Unidos eram enormes para o Brasil aderir .  Vargas usou a politica troca de favores para a entrar na Guerra com Presidente dos Estados Unidos .  , Entre outros incentivos econômicos e comerciais, financiou a construção de uma gigantesca siderúrgica, a Companhia Siderúrgica Nacional. Segundo informações da época, os Estados Unidos tinham supostamente planos para invadir a região Nordeste do Brasil, caso Getúlio Vargas insistisse em manter a neutralidade.
  • 57. Foto Brasil declara guerra ao Eixo
  • 58. Invasão a Monte castelo  Expedicionária Brasileira (FEB) no conflito. A batalha arrastou-se por três meses, de 24 de novembro de 1944 a 21 de fevereiro de 1945, durante os quais se efetuaram seis ataques, com grande número de baixas brasileiras devido a vários fatores. Quatro dos ataques não tiveram êxito, por falhas de estratégia.  Desta vez a tática utilizada, seria a mesma idealizada por Mascarenhas de Moraes em 19 de novembro, utilizando 2 divisões. Assim, em 20 de fevereiro, as tropas da Força Expedicionária Brasileira apresentaram-se em posição de combate, com seus três regimentos prontos para partir rumo ao monte Castello. À esquerda do grupamento brasileiro, o avanço seria iniciado em 18 de fevereiro pela 10ª Divisão de Montanha dos Estados Unidos, tropa de elite, que tinha como responsabilidade tomar o monte Belvedere e garantir, dessa forma, a proteção do flanco mais vulnerável do setor
  • 59. Foto invasão a monte Castelo .
  • 60. Invasão a Monte castelo
  • 61. Invasão a Monte castelo
  • 62. Dia D a Invasão a Normandia  Os desembarques da Normandia foram operações durante a invasão da Normandia pelos aliados, também conhecida como Operação Overlord e Operação Netuno, durante a Segunda Guerra Mundial. No dia 6 de junho de 1944 (chamado de Dia D), cerca de 155 mil soldados, com o apoio de 600 navios e milhares de aviões, desembarcaram na costa da Normandia, França, abrindo uma nova frente de guerra no oeste.  A aliança invadiu a França pouco antes das 06:00 da manha objetivo era enfraquecer o eixo .
  • 63. Dia D a Invasão a Normandia  A operação foi a maior invasão anfíbia de todos os tempos, com o desembarque de mais de 160 mil homens em 6 de junho de 1944. 195 700 pessoas das marinhas navais e mercantes aliadas em mais de 5000 navios foram envolvidos na operação. Soldados e material foram transportados a partir do Reino Unido por aviões carregados de tropas e navios, desembarques de assalto, suporte aéreo, interdição naval do canal da Mancha e fogo naval e de apoio. Os desembarques ocorreram ao longo de um trecho de 80 km na costa da Normandia dividida em cinco setores: Utah, Omaha, Gold, Juno e Sword.
  • 64. Dia D Invasão a Normandia O avanço dos aliados foi positivo chegaram a conquistar os territórios que pretendiam por volta das 9:33 da manha do dia 06 de junho de 1944 General Eisenhower , as forças navais e áreas começaram a desembarcar na costa norte da França No dia 8 de junho os Britânicos e Canadenses libertaram a cidade Bayeux as batalhas entre o eixo e os aliados persistiam . 15 de agosto aliados ocuparam a cidade de Marselha e e Toulon , Nice . Comandos pelo Marechal Britânico Montgomey o exercito nazista já era pouco na França
  • 65. Libertação de Paris  A liberação) ou libertação de Paris (também conhecida como Batalha por Paris) começou no dia 19 de agosto e encerrou com a rendição da última guarnição presente na cidade, em 25 de agosto de 1944. A capital da França era administrada pela Alemanha nazista desde a assinatura do armistício de 22 de junho de 1940.  A libertação da cidade começou com um levante da Resistência Francesa contra a guarnição de alemã em Paris. Em 24 de agosto, as forças Forças Francesas do Interior receberam ajuda da organização França Livre e da popular 4ª Divisão de Infantaria dos Estados Unidos. .
  • 66. Libertação de Paris Esta batalha marcou o final da Operação Overlord, que atingiu seu objetivo de libertar a França das forças do Eixo. Um governo provisório administraria o país até o fim da guerra e o estado fantoche de Vichy foi exilado em Sigmaringen, Alemanha.
  • 70. Operação Valquíria  A Operação Valquíria (em alemão: Unternehmen Walküre) era um plano alemão criado durante a Segunda Guerra Mundial com o propósito de manter o governo do país funcionando em caso de uma emergência, através da mobilização do exército reserva da Alemanha para assumir o controle da situação caso houvesse algum tipo de levante entre a população civil alemã ou uma revolta de trabalhadores estrangeiros (a esmagadora maioria escravos trazidos dos territórios ocupados) em fábricas dentro do país.
  • 71. Operação Valquíria  Os generais do exército alemão (Heer) Friedrich Olbricht, Henning von Tresckow e o coronel Claus von Stauffenberg modificaram o plano com a intenção de usar a força de reserva alemã para tomar o controle das cidades do país, desarmar a SS e prender a liderança nazista após o assassinato do ditador Adolf Hitler no Atentado de 20 de Julho. A morte de Hitler (ao invés de simplesmente prende-lo) era necessário para desprender os soldados e oficiais alemães do seu juramento de lealdade pessoal a ele (Führereid). Em julho de 1944, a operação foi executada mas terminou em fracasso, com os conspiradores sendo presos e muitos deles executados
  • 72. Hitler Persegue seus opositores no país do nazismo  No final, o coronel Claus von Stauffenberg (o mentor do atentado de 1944), os generais Tresckow e Olbricht e o marechal Erwin von Witzleben foram executados pelos nazistas, enquanto Ludwig Beck cometeu suicídio. Milhares de alemães foram presas e pelo menos 5 mil pessoas da resistência foram também mortos em represálias.
  • 73. A Morte de Mussolini  A morte de Benito Mussolini, o ditador fascista italiano, aconteceu em 28 de abril de 1945, nos últimos dias da Segunda Guerra Mundial na Europa, quando foi executado sumariamente por partisans anti-fascistas no vilarejo de Giulino di Mezzegra no Norte da Itália. A versão "oficial" dos eventos é que Mussolini foi alvejado por Walter Audisio, um partisan comunista que usava o nome de guerra de "Coronel Valerio". Entretanto, desde o fim da guerra, as circunstâncias da morte de Mussolini e a identidade do assassino fazem parte de constantes confusões, disputas e controvérsias na Itália
  • 74. Morte de Mussolini  Os corpos de Mussolini e Petacci foram levados para Milão onde ficaram expostos em uma praça, a Piazzale Loreto, para um multidão enfurecida que gritava insultos e atirava objetos nos corpos, que ficaram pendurados de cabeça para baixo em uma viga de metal. Mussolini foi enterrado em uma cova sem nome, porém em 1946 seu corpo foi desenterrado e roubado por apoiantes fascistas. Quatro meses mais tarde o corpo foi recuperado e mantido em um esconderijo pelos próximos onze anos. Em 1957, seus restos mortais foram disponibilizados para serem enterrados na cripta da família Mussolini na sua cidade-natal
  • 75. Fotos da Morte de Mussolini
  • 76. Morte de Hitler  A Morte de Hitler é cercada de mistério e controvérsias .  Segundo os relatos da época Hitler casou-se com Eva Braun poucas horas antes de falecer .  O Fuhrer já estava abatido e com depressão o soviéticos haviam invadido Berlim já não havia mais esperanças para líder nazista .
  • 77. Morte de Hitler  Após o almoço Hitler cumprimentou os companheiros do partido nazista em seguida deu ordem para arrumar combustíveis .  Os soldados nazistas conseguiram 180 a 200 litros de gasolina em seguida Hitler e sua companheira Eva Braun ingiriram um cianeto  Após o casal entrar para seus aposentos escutou-se um tiro o corpo de Hitler estava no sofá e de sua esposa no chão .  Os estrondos do exercito russo ouvia na cidade de Berlim em seguida o camareiro de Hitler Sturn Banfuhrer , Heinz Linger chefe da SS transportaram o corpo de Hitler para fora em um cobertor jogaram em buraco em seguida derramaram a gasolina sobre o líder nazista de sua esposa colocaram fogo . Ergueram a mão direita fazendo saudação despedida chegava o fim do 3° Reich .
  • 78. Fotos da Morte de Hitler
  • 79. Fotos do lugar queimou o corpo de Hitler
  • 80. Rendição da Alemanha  O dia 8 de maio de 1945 entrou para a história como a data oficial da rendição da Alemanha nazista. Foi quando o almirante alemão Karl Dönitz comunicou à população o fim do Terceiro Reich. Assim, depois de cinco anos, terminava a Segunda Guerra Mundial.  Após a rendição os funcionários do nazismo foram levados ao tribunal de Nuremberg e julgados .  Alguns dos acusados foram sentenciados a morte outros condenados a ficar um determinado longo período preso .
  • 82. Tribunal de Nuremberg  O Tribunal foi criado A fim de julgar os crimes de cometidos pelos nazistas, uma série de julgamentos foi realizada na cidade alemã de Nuremberg, entre 1945 e 1949. Entre os acusados estavam oficiais do Partido Nazista e militares de alta patente, bem como empresários, advogados e médicos que colaboraram ativamente com o projeto nazista.  As leis e procedimentos a serem adotados em Nuremberg foram estabelecidos pelos Aliados na Carta de Londres, lançada em 8 de agosto de 1945. Neste documento ficaram estabelecidos três categorias de crimes pelas quais os acusados seriam julgados: crimes contra a paz (planejamento e engajamento em atividades de guerra que descumprissem acordos internacionais), crimes de guerra (como tratamento impróprio a civis e prisioneiros de guerra) e crimes contra a humanidade (assassinato, escravização, deportação e perseguição a civis com base em motivos políticos, religiosos ou raciais)
  • 83. Foto tribunal de Nuremberg
  • 84. Ataque Hiroshima e Nagazaki  foram dois bombardeios realizados pelos Estados Unidos contra o Império do Japão durante os estágios finais da Segunda Guerra Mundial, em agosto de 1945. Foi o primeiro e único momento na história em que armas nucleares foram usadas em guerra e contra alvos civis.  Os ataques ocorreram no dia 6 e 9de agosto Nagasaki em 9 de agosto. Dentro dos primeiros 2 a 4 meses após os ataques atômicos, os efeitos agudos das explosões mataram entre 90 mil e 166 mil pessoas.  Hiroshima e 60 mil e 80 mil seres humanos em Nagasaki; cerca de metade das mortes em cada cidade ocorreu no primeiro dia. Durante os meses seguintes, vários morreram por causa do efeito de queimaduras, envenenamento radioativo e outras lesões, que foram agravadas pelos efeitos da radiação. Em ambas as cidades, a maioria dos mortos eram civis, embora Hiroshima tivesse muitos militares.
  • 87. Rendição do Japão na 2°guerra .  Em 15 de agosto, poucos dias depois do bombardeio de Nagasaki e da declaração de guerra da União Soviética, o Japão anunciou sua rendição aos Aliados. Em 2 de setembro, o governo japonês assinou o acordo de rendição, encerrando a Segunda Guerra Mundial. O papel dos bombardeios na rendição do Japão e a sua justificação ética ainda são pontos debatidos entre acadêmicos e na sociedade.
  • 88. Foto comemoração final da Guerra a vitória dos aliados