SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 27
Sistema Linfático
Sistema Linfático

Sistema paralelo ao circulatório, constituído por
uma vasta rede de vasos semelhantes às veias
(vasos linfáticos), que se distribuem por todo o
corpo e recolhem o líquido intersticial que não
retornou aos capilares sangüíneos, filtrando-o e
reconduzindo-o à circulação sangüínea.
É constituído pela linfa, vasos e órgãos linfáticos.
Sistema Linfático
Sistema Linfático
• Funções

Drenar o excedente intersticial
Absorver moléculas de gordura
Absorver substâncias com alto peso molecular
Defesa do organismo
Sistema Linfático
Linfa: líquido que circula pelos vasos linfáticos.
Sua composição é semelhante ao plasma
sanguíneo, apesar de conter glóbulos brancos dos
quais 99% são linfócitos. No sangue os linfócitos
representam cerca de 50% do total de glóbulos
brancos.
A linfa, corresponde ao líquido intersticial que
circula dentro dos linfáticos.
Sistema Linfático
Os capilares linfáticos estão presentes em quase
todos os tecidos do corpo. Capilares mais finos vão
se unindo em vasos linfáticos maiores, que
terminam em dois grandes dutos principais: o duto
torácico (recebe a linfa procedente da parte
inferior do corpo, do lado esquerdo da cabeça, do
braço esquerdo e de partes do tórax) e o duto
linfático (recebe a linfa procedente do lado direito
da cabeça, do braço direito e de parte do tórax),
que desembocam em veias próximas ao coração.
Sistema Linfático
Capilar Linfático
O Capilar Linfático tem a estrutura
semelhante ao capilar venoso, mas se
diferencia do mesmo por que sua parede
apresenta maior permeabilidade o que
permite drenar substâncias que não
conseguem entrar no capilar venoso
Capilar Linfático
Microcirculação
Sendo uma das funções do sistema linfático drenar o
excedente intersticial, vejamos então por que há esse
excedente. A microcirculação é composta por capilares
arteriais, venosos e linfáticos. É neste ambiente que
ocorrem as trocas entre o sangue e as células dos tecidos.
Isso se deve a:
 • Ultrafiltração – passagem de substâncias do capilar
   sanguíneo para o interstício
 • Absorção Venosa – passagem de substâncias do
   interstício para o capilar sanguíneo
 • Absorção Linfática – passagem de substâncias do
   interstício ao capilar linfático (o que não retorna pelo
   sangue, retorna pelo linfático para a corrente
   sanguínea)
Microcirculação
Microcirculação
Microcirculação
Ultrafiltração – 100%
Absorção Venosa – 90%
Absorção Linfática – 10% (excedente)
Para que o fluído intersticial seja drenado para o capilar
linfático é necessário que a pressão intersticial seja maior
que a intra capilar. Desta forma o bom funcionamento da
microcirculação está garantido.
Capilar Linfático
Órgãos Linfóides
Órgãos linfáticos: amígdalas (tonsilas),
baço, linfonodos ( nódulos linfáticos) , timo
(tecido conjuntivo reticular linfóide: rico em
linfócitos) e medula óssea
São órgãos que de forma primária ou
secundária participam da produção de
linfócitos conseqüentemente do sistema de
defesa do organismo
Órgãos Linfóides
Linfonodos
Linfonodos ou nódulos linfáticos: órgãos
linfáticos mais numerosos do
organismo,localizados nos trajetos dos vasos
linfáticos sua função é a de filtrar a linfa e eliminar
corpos estranhos que ela possa conter, como vírus
e bactérias. Nele ocorrem linfócitos, macrófagos e
plasmócitos. A proliferação dessas células
provocada pela presença de bactérias ou
substâncias/organismos estranhos determina o
aumento do tamanho dos gânglios, que se tornam
dolorosos, formando a íngua
Linfonodos
Linfonodos
Baço
Baço: órgão linfático, excluído da circulação linfática,
interposto na circulação sangüínea e cuja drenagem
venosa passa, obrigatoriamente, pelo fígado. Possui
grande quantidade de macrófagos que, através da
fagocitose, destroem micróbios, restos de tecido,
substâncias estranhas, células do sangue em circulação já
desgastadas como eritrócitos, leucócitos e plaquetas.
Dessa forma, o baço “limpa” o sangue, funcionando como
um filtro desse fluído tão essencial. O baço também tem
participação na resposta imune, reagindo a agentes
infecciosos. Inclusive, é considerado por alguns cientistas,
um grande nódulo linfático.
Baço
Timo
Timo: órgão linfático mais desenvolvido no período
prenatal, involui desde o nascimento até a puberdade.
Em termos fisiológicos, o timo elabora várias substâncias:
timosina alfa, timopoetina, timulina e o fator tímico
circulante. A timosina mantém e promove a maturação de
linfócitos e órgãos linfóides como o baço e linfonodos.
Existe ainda uma outra substância, a timulina, que exerce
função na placa motora (junção dos nervos com os
músculos) e, portanto, nos estímulos neurais e periféricos,
sendo considerada grande responsável por uma doença
muscular chamada miastenia grave.
Timo
Tonsilas
As tonsilas são aglomerados de nódulos linfáticos
revestidos apenas de epitélio. Estão localizadas na
cavidade bucal, sendo conhecidas como tonsilas palatinas;
próximas ao arco palatofaríngeo, na parte posterior da
língua, constituindo as tonsilas linguais, e na parte
posterior da nasofaringe encontramos as tonsilas faríngeas
(adenóide).

A função mais característica das tonsilas é a produção de
plasmócitos que secretem IgA-secretória para a mucosa,
protegendo a mucosa da agressão de micróbios que fazem
parte da microbiota normal ou micróbios patogênicos que
possam vir junto com os alimentos.
Tonsilas
Medula Óssea
A medula como órgão linfóides primário é
capaz de formar pro-linfócitos que vem das
células totipotentes (leia capítulo I). O Pro-
linfócito não é capaz de realizar uma
resposta imune, então se dirige aos órgão
secundários para se desenvolver. A célula
multipotente mielóide e linfoblastos T irão ao
timo para formar linfócitos T.
Medula Óssea

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Anatomia - Sistema Articular
Anatomia - Sistema ArticularAnatomia - Sistema Articular
Anatomia - Sistema ArticularPedro Miguel
 
Sistema linfático e imune_Antônio
Sistema linfático e imune_AntônioSistema linfático e imune_Antônio
Sistema linfático e imune_AntônioMarcia Regina
 
Sistema linfático
Sistema linfáticoSistema linfático
Sistema linfáticoURCA
 
Sistema urinario apresentação de slides
Sistema urinario apresentação de slidesSistema urinario apresentação de slides
Sistema urinario apresentação de slidesFabiano Reis
 
Fisiologia do sistema digestório
Fisiologia do sistema digestórioFisiologia do sistema digestório
Fisiologia do sistema digestórioLIVROS PSI
 
Sistema cardiovascular bárbara de castro
Sistema cardiovascular   bárbara de castroSistema cardiovascular   bárbara de castro
Sistema cardiovascular bárbara de castroBarbaraCastroLoureiro
 
SISTEMA LINFATICO PDF.pdf
SISTEMA LINFATICO PDF.pdfSISTEMA LINFATICO PDF.pdf
SISTEMA LINFATICO PDF.pdfJoyce Andre
 
Powerpoint Sistema Circulatório Linfático
Powerpoint Sistema Circulatório LinfáticoPowerpoint Sistema Circulatório Linfático
Powerpoint Sistema Circulatório Linfáticostoricardo
 
o sistema respiratório
o sistema respiratórioo sistema respiratório
o sistema respiratórioCatir
 
Sistema Respiratorio
Sistema RespiratorioSistema Respiratorio
Sistema RespiratorioAndrea Lemos
 
Sistema urinário - Anatomia humana
Sistema urinário - Anatomia humanaSistema urinário - Anatomia humana
Sistema urinário - Anatomia humanaMarília Gomes
 
Sistema urinario anato
Sistema urinario anatoSistema urinario anato
Sistema urinario anatocesarromero13
 
6ª aula sistema urinário
6ª aula sistema urinário6ª aula sistema urinário
6ª aula sistema urinárioSimone Alvarenga
 
Fisiologia Humana 6 - Sistema Renal
Fisiologia Humana 6 - Sistema RenalFisiologia Humana 6 - Sistema Renal
Fisiologia Humana 6 - Sistema RenalHerbert Santana
 
Sistema Respiratório
Sistema Respiratório Sistema Respiratório
Sistema Respiratório Ana Carolina
 
Sistema digestório - anatomia humana II
Sistema digestório - anatomia humana IISistema digestório - anatomia humana II
Sistema digestório - anatomia humana IIMarília Gomes
 
Aula 07 sistema endócrino - anatomia e fisiologia
Aula 07   sistema endócrino - anatomia e fisiologiaAula 07   sistema endócrino - anatomia e fisiologia
Aula 07 sistema endócrino - anatomia e fisiologiaHamilton Nobrega
 

Mais procurados (20)

Linfático
LinfáticoLinfático
Linfático
 
Anatomia - Sistema Articular
Anatomia - Sistema ArticularAnatomia - Sistema Articular
Anatomia - Sistema Articular
 
Sistema linfático e imune_Antônio
Sistema linfático e imune_AntônioSistema linfático e imune_Antônio
Sistema linfático e imune_Antônio
 
Sistema linfático
Sistema linfáticoSistema linfático
Sistema linfático
 
Sistema urinario apresentação de slides
Sistema urinario apresentação de slidesSistema urinario apresentação de slides
Sistema urinario apresentação de slides
 
Fisiologia do sistema digestório
Fisiologia do sistema digestórioFisiologia do sistema digestório
Fisiologia do sistema digestório
 
Sistema cardiovascular bárbara de castro
Sistema cardiovascular   bárbara de castroSistema cardiovascular   bárbara de castro
Sistema cardiovascular bárbara de castro
 
SISTEMA LINFATICO PDF.pdf
SISTEMA LINFATICO PDF.pdfSISTEMA LINFATICO PDF.pdf
SISTEMA LINFATICO PDF.pdf
 
Powerpoint Sistema Circulatório Linfático
Powerpoint Sistema Circulatório LinfáticoPowerpoint Sistema Circulatório Linfático
Powerpoint Sistema Circulatório Linfático
 
o sistema respiratório
o sistema respiratórioo sistema respiratório
o sistema respiratório
 
M3 fev
M3 fevM3 fev
M3 fev
 
Sistema Respiratorio
Sistema RespiratorioSistema Respiratorio
Sistema Respiratorio
 
Sistema urinário - Anatomia humana
Sistema urinário - Anatomia humanaSistema urinário - Anatomia humana
Sistema urinário - Anatomia humana
 
Sistema urinario anato
Sistema urinario anatoSistema urinario anato
Sistema urinario anato
 
6ª aula sistema urinário
6ª aula sistema urinário6ª aula sistema urinário
6ª aula sistema urinário
 
Fisiologia Humana 6 - Sistema Renal
Fisiologia Humana 6 - Sistema RenalFisiologia Humana 6 - Sistema Renal
Fisiologia Humana 6 - Sistema Renal
 
Sistema Respiratório
Sistema Respiratório Sistema Respiratório
Sistema Respiratório
 
Sistema digestório - anatomia humana II
Sistema digestório - anatomia humana IISistema digestório - anatomia humana II
Sistema digestório - anatomia humana II
 
Aula 07 sistema endócrino - anatomia e fisiologia
Aula 07   sistema endócrino - anatomia e fisiologiaAula 07   sistema endócrino - anatomia e fisiologia
Aula 07 sistema endócrino - anatomia e fisiologia
 
Sistema Linfático
Sistema LinfáticoSistema Linfático
Sistema Linfático
 

Semelhante a aula sist linfático

1195246600 sistema linfatico
1195246600 sistema linfatico1195246600 sistema linfatico
1195246600 sistema linfaticoPelo Siro
 
Sistema Linfático aula 1.ppt
Sistema Linfático aula 1.pptSistema Linfático aula 1.ppt
Sistema Linfático aula 1.pptAndriellyFernanda1
 
314198883-Aula-de-Sistema-Linfatico.pdf
314198883-Aula-de-Sistema-Linfatico.pdf314198883-Aula-de-Sistema-Linfatico.pdf
314198883-Aula-de-Sistema-Linfatico.pdfStefanieVilela2
 
Sistema linfáticovaneideceafi
Sistema linfáticovaneideceafiSistema linfáticovaneideceafi
Sistema linfáticovaneideceafiKarla Carmo
 
Sistema linfáticovaneideceafi
Sistema linfáticovaneideceafiSistema linfáticovaneideceafi
Sistema linfáticovaneideceafiKarla Carmo
 
Powerpointsistemacirculatrio parteiii-090506093501-phpapp02
Powerpointsistemacirculatrio parteiii-090506093501-phpapp02Powerpointsistemacirculatrio parteiii-090506093501-phpapp02
Powerpointsistemacirculatrio parteiii-090506093501-phpapp02Simone Alvarenga
 
Sistema linfático
Sistema linfáticoSistema linfático
Sistema linfáticoleiciana
 
Sistema linfático
Sistema linfáticoSistema linfático
Sistema linfáticoleiciana
 
(9) Apresentação LINFÁTICO.pptx
(9) Apresentação LINFÁTICO.pptx(9) Apresentação LINFÁTICO.pptx
(9) Apresentação LINFÁTICO.pptxSthefanyHonorato
 
drenagem-linftica-ps-cirrgica-apostila01.pdf
drenagem-linftica-ps-cirrgica-apostila01.pdfdrenagem-linftica-ps-cirrgica-apostila01.pdf
drenagem-linftica-ps-cirrgica-apostila01.pdfssusera83413
 
SISTEMA CIRCULATÓRIO II novo.pptx
SISTEMA CIRCULATÓRIO II novo.pptxSISTEMA CIRCULATÓRIO II novo.pptx
SISTEMA CIRCULATÓRIO II novo.pptxssuser51d27c1
 
Sistema circulatorio
Sistema circulatorioSistema circulatorio
Sistema circulatorioMarcos Anicio
 
sistemalinfticoeimune-110922051902-phpapp01.pptx
sistemalinfticoeimune-110922051902-phpapp01.pptxsistemalinfticoeimune-110922051902-phpapp01.pptx
sistemalinfticoeimune-110922051902-phpapp01.pptxDallianesoares1
 
CLINICA_MEDICA-PROXIMO_SABADO[1].pdf
CLINICA_MEDICA-PROXIMO_SABADO[1].pdfCLINICA_MEDICA-PROXIMO_SABADO[1].pdf
CLINICA_MEDICA-PROXIMO_SABADO[1].pdftaliso
 
Sistema Urogenital Humano - Equipe Aprendizes do Saber
Sistema Urogenital Humano - Equipe Aprendizes do SaberSistema Urogenital Humano - Equipe Aprendizes do Saber
Sistema Urogenital Humano - Equipe Aprendizes do SaberCarlos Eduardo
 

Semelhante a aula sist linfático (20)

1195246600 sistema linfatico
1195246600 sistema linfatico1195246600 sistema linfatico
1195246600 sistema linfatico
 
Sistema Linfático aula 1.ppt
Sistema Linfático aula 1.pptSistema Linfático aula 1.ppt
Sistema Linfático aula 1.ppt
 
314198883-Aula-de-Sistema-Linfatico.pdf
314198883-Aula-de-Sistema-Linfatico.pdf314198883-Aula-de-Sistema-Linfatico.pdf
314198883-Aula-de-Sistema-Linfatico.pdf
 
Sistema linfáticovaneideceafi
Sistema linfáticovaneideceafiSistema linfáticovaneideceafi
Sistema linfáticovaneideceafi
 
Sistema linfáticovaneideceafi
Sistema linfáticovaneideceafiSistema linfáticovaneideceafi
Sistema linfáticovaneideceafi
 
Drenagem linfática
Drenagem linfática Drenagem linfática
Drenagem linfática
 
Powerpointsistemacirculatrio parteiii-090506093501-phpapp02
Powerpointsistemacirculatrio parteiii-090506093501-phpapp02Powerpointsistemacirculatrio parteiii-090506093501-phpapp02
Powerpointsistemacirculatrio parteiii-090506093501-phpapp02
 
Sistema linfático
Sistema linfáticoSistema linfático
Sistema linfático
 
Sistema linfático
Sistema linfáticoSistema linfático
Sistema linfático
 
(9) Apresentação LINFÁTICO.pptx
(9) Apresentação LINFÁTICO.pptx(9) Apresentação LINFÁTICO.pptx
(9) Apresentação LINFÁTICO.pptx
 
drenagem-linftica-ps-cirrgica-apostila01.pdf
drenagem-linftica-ps-cirrgica-apostila01.pdfdrenagem-linftica-ps-cirrgica-apostila01.pdf
drenagem-linftica-ps-cirrgica-apostila01.pdf
 
SISTEMA CIRCULATÓRIO II novo.pptx
SISTEMA CIRCULATÓRIO II novo.pptxSISTEMA CIRCULATÓRIO II novo.pptx
SISTEMA CIRCULATÓRIO II novo.pptx
 
Sistema circulatorio
Sistema circulatorioSistema circulatorio
Sistema circulatorio
 
Trabalho de sistema linfático
Trabalho de sistema linfáticoTrabalho de sistema linfático
Trabalho de sistema linfático
 
Taina e Gilmara 8A1
Taina e Gilmara 8A1Taina e Gilmara 8A1
Taina e Gilmara 8A1
 
Sistema veno linfático
Sistema veno linfáticoSistema veno linfático
Sistema veno linfático
 
sistemalinfticoeimune-110922051902-phpapp01.pptx
sistemalinfticoeimune-110922051902-phpapp01.pptxsistemalinfticoeimune-110922051902-phpapp01.pptx
sistemalinfticoeimune-110922051902-phpapp01.pptx
 
CLINICA_MEDICA-PROXIMO_SABADO[1].pdf
CLINICA_MEDICA-PROXIMO_SABADO[1].pdfCLINICA_MEDICA-PROXIMO_SABADO[1].pdf
CLINICA_MEDICA-PROXIMO_SABADO[1].pdf
 
Sistema Urogenital Humano - Equipe Aprendizes do Saber
Sistema Urogenital Humano - Equipe Aprendizes do SaberSistema Urogenital Humano - Equipe Aprendizes do Saber
Sistema Urogenital Humano - Equipe Aprendizes do Saber
 
Fisio linfático
Fisio linfáticoFisio linfático
Fisio linfático
 

Mais de carlotabuchi

Mais de carlotabuchi (9)

Vasos
VasosVasos
Vasos
 
Aula sistema urinário
Aula sistema urinárioAula sistema urinário
Aula sistema urinário
 
aula sistema digestório
aula sistema digestórioaula sistema digestório
aula sistema digestório
 
aula sistema reprodutor
aula sistema reprodutoraula sistema reprodutor
aula sistema reprodutor
 
ROTEIRO DE ESTUDO
ROTEIRO DE ESTUDOROTEIRO DE ESTUDO
ROTEIRO DE ESTUDO
 
aula sistema endócrino
aula sistema endócrinoaula sistema endócrino
aula sistema endócrino
 
coração
coraçãocoração
coração
 
Sangue
SangueSangue
Sangue
 
Aula sistema respiratório
Aula sistema respiratórioAula sistema respiratório
Aula sistema respiratório
 

Último

Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 

Último (20)

Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 

aula sist linfático

  • 2. Sistema Linfático Sistema paralelo ao circulatório, constituído por uma vasta rede de vasos semelhantes às veias (vasos linfáticos), que se distribuem por todo o corpo e recolhem o líquido intersticial que não retornou aos capilares sangüíneos, filtrando-o e reconduzindo-o à circulação sangüínea. É constituído pela linfa, vasos e órgãos linfáticos.
  • 4. Sistema Linfático • Funções Drenar o excedente intersticial Absorver moléculas de gordura Absorver substâncias com alto peso molecular Defesa do organismo
  • 5. Sistema Linfático Linfa: líquido que circula pelos vasos linfáticos. Sua composição é semelhante ao plasma sanguíneo, apesar de conter glóbulos brancos dos quais 99% são linfócitos. No sangue os linfócitos representam cerca de 50% do total de glóbulos brancos. A linfa, corresponde ao líquido intersticial que circula dentro dos linfáticos.
  • 6. Sistema Linfático Os capilares linfáticos estão presentes em quase todos os tecidos do corpo. Capilares mais finos vão se unindo em vasos linfáticos maiores, que terminam em dois grandes dutos principais: o duto torácico (recebe a linfa procedente da parte inferior do corpo, do lado esquerdo da cabeça, do braço esquerdo e de partes do tórax) e o duto linfático (recebe a linfa procedente do lado direito da cabeça, do braço direito e de parte do tórax), que desembocam em veias próximas ao coração.
  • 8. Capilar Linfático O Capilar Linfático tem a estrutura semelhante ao capilar venoso, mas se diferencia do mesmo por que sua parede apresenta maior permeabilidade o que permite drenar substâncias que não conseguem entrar no capilar venoso
  • 10. Microcirculação Sendo uma das funções do sistema linfático drenar o excedente intersticial, vejamos então por que há esse excedente. A microcirculação é composta por capilares arteriais, venosos e linfáticos. É neste ambiente que ocorrem as trocas entre o sangue e as células dos tecidos. Isso se deve a: • Ultrafiltração – passagem de substâncias do capilar sanguíneo para o interstício • Absorção Venosa – passagem de substâncias do interstício para o capilar sanguíneo • Absorção Linfática – passagem de substâncias do interstício ao capilar linfático (o que não retorna pelo sangue, retorna pelo linfático para a corrente sanguínea)
  • 13. Microcirculação Ultrafiltração – 100% Absorção Venosa – 90% Absorção Linfática – 10% (excedente) Para que o fluído intersticial seja drenado para o capilar linfático é necessário que a pressão intersticial seja maior que a intra capilar. Desta forma o bom funcionamento da microcirculação está garantido.
  • 15. Órgãos Linfóides Órgãos linfáticos: amígdalas (tonsilas), baço, linfonodos ( nódulos linfáticos) , timo (tecido conjuntivo reticular linfóide: rico em linfócitos) e medula óssea São órgãos que de forma primária ou secundária participam da produção de linfócitos conseqüentemente do sistema de defesa do organismo
  • 17. Linfonodos Linfonodos ou nódulos linfáticos: órgãos linfáticos mais numerosos do organismo,localizados nos trajetos dos vasos linfáticos sua função é a de filtrar a linfa e eliminar corpos estranhos que ela possa conter, como vírus e bactérias. Nele ocorrem linfócitos, macrófagos e plasmócitos. A proliferação dessas células provocada pela presença de bactérias ou substâncias/organismos estranhos determina o aumento do tamanho dos gânglios, que se tornam dolorosos, formando a íngua
  • 20. Baço Baço: órgão linfático, excluído da circulação linfática, interposto na circulação sangüínea e cuja drenagem venosa passa, obrigatoriamente, pelo fígado. Possui grande quantidade de macrófagos que, através da fagocitose, destroem micróbios, restos de tecido, substâncias estranhas, células do sangue em circulação já desgastadas como eritrócitos, leucócitos e plaquetas. Dessa forma, o baço “limpa” o sangue, funcionando como um filtro desse fluído tão essencial. O baço também tem participação na resposta imune, reagindo a agentes infecciosos. Inclusive, é considerado por alguns cientistas, um grande nódulo linfático.
  • 21. Baço
  • 22. Timo Timo: órgão linfático mais desenvolvido no período prenatal, involui desde o nascimento até a puberdade. Em termos fisiológicos, o timo elabora várias substâncias: timosina alfa, timopoetina, timulina e o fator tímico circulante. A timosina mantém e promove a maturação de linfócitos e órgãos linfóides como o baço e linfonodos. Existe ainda uma outra substância, a timulina, que exerce função na placa motora (junção dos nervos com os músculos) e, portanto, nos estímulos neurais e periféricos, sendo considerada grande responsável por uma doença muscular chamada miastenia grave.
  • 23. Timo
  • 24. Tonsilas As tonsilas são aglomerados de nódulos linfáticos revestidos apenas de epitélio. Estão localizadas na cavidade bucal, sendo conhecidas como tonsilas palatinas; próximas ao arco palatofaríngeo, na parte posterior da língua, constituindo as tonsilas linguais, e na parte posterior da nasofaringe encontramos as tonsilas faríngeas (adenóide). A função mais característica das tonsilas é a produção de plasmócitos que secretem IgA-secretória para a mucosa, protegendo a mucosa da agressão de micróbios que fazem parte da microbiota normal ou micróbios patogênicos que possam vir junto com os alimentos.
  • 26. Medula Óssea A medula como órgão linfóides primário é capaz de formar pro-linfócitos que vem das células totipotentes (leia capítulo I). O Pro- linfócito não é capaz de realizar uma resposta imune, então se dirige aos órgão secundários para se desenvolver. A célula multipotente mielóide e linfoblastos T irão ao timo para formar linfócitos T.