SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
Lição 2
“Cheios do Espírito
Santo”
Atos 2
Para que a Igreja cumpra a
sua missão e consiga resistir
às pressões impostas pela
sociedade, é necessário que
o Espírito Santo tenha livre
acesso
Divisão do Capítulo 2
1) A descida do Espírito Santo;
2)O Discurso de Pedro;
3)As primeiras conversões
O DIA DE
PENTECOSTES
Evento que acontecia
50 dias após o sábado
da semana da páscoa.
Todos os homens estavam na
obrigação de comparecer ao
santuário central (Lv 23.21)
““O Pentecostes não foi um
acontecimento casual, mas uma
agenda estabelecida por Deus desde a
eternidade. Como o Calvário, o
Pentecostes foi um acontecimento
único e irrepetível. O Espírito Santo
foi enviado, a fim de estar para
sempre com a Igreja.”
A descida do espírito santo
1) Foi uma profecia feita por Joel ( Jl. 2.28 a 32)
2) Foi uma promessa feita por Jesus (Jo. 14.26 – 15.26)
3) Aconteceu num momento muito importante em que vários
povos estavam reunidos em um só lugar – Aproximadamente
18 povos (vv. 9 a 11);
4) Falaram, pregaram o evangelho em diversas línguas (idiomas),
línguas dos povos presentes ali, ou seja, não falaram em
línguas estranhas (vv. 4 a 6);
5) Naquele dia se converteram 3000 almas (v.41).
I Coríntios 14. 1 a 6; 9; 13 e 14; 18 e 19; 22.
Sobre o dom de línguas
Portanto, esforcem-se para ter amor. Procurem também ter dons espirituais,
especialmente o de anunciar a mensagem de Deus. Quem fala em línguas
estranhas fala a Deus e não às pessoas, pois ninguém o entende. Pelo poder
do Espírito Santo ele diz verdades secretas. Porém quem anuncia a
mensagem de Deus fala para as pessoas, ajudando-as e dando-lhes coragem e
consolo. Quem fala em línguas estranhas ajuda somente a si mesmo, mas
quem anuncia a mensagem de Deus ajuda a igreja toda. Eu gostaria que vocês
todos falassem em línguas estranhas, mas gostaria ainda mais que tivessem o
dom de anunciar a mensagem de Deus. Porque quem anuncia a mensagem
de Deus tem mais valor do que quem fala em línguas estranhas, a não ser que
esteja ali alguém que possa interpretar o que está sendo dito, para que toda a
igreja seja ajudada espiritualmente. Por isso, irmãos, quando eu os visitar,
que proveito vocês terão se eu lhes falar em línguas estranhas? É claro que
nenhum, a não ser que leve a vocês alguma revelação de Deus, ou algum
conhecimento, ou alguma mensagem inspirada, ou algum ensinamento.
Assim, também, como é que os outros vão entender o que
vocês estão dizendo se a mensagem por meio de línguas
estranhas não for clara? Vocês estariam falando para o vento!
Portanto, quem fala em línguas estranhas deve orar pedindo a
Deus que lhe dê o dom de interpretar o que elas querem
dizer. Porque, se eu orar em línguas estranhas, o meu espírito,
de fato, estará orando, mas a minha inteligência não tomará
parte nisso. Eu agradeço a Deus porque falo em línguas
estranhas muito mais do que vocês. Porém nas reuniões da
igreja prefiro dizer cinco palavras que possam ser entendidas,
para assim ensinar os outros, do que dizer milhares de palavras
em línguas estranhas. Portanto, o dom de falar em línguas
estranhas é um sinal de Deus para os descrentes e não para os
cristãos. Mas o dom de anunciar a mensagem de Deus é um
sinal para os cristãos e não para os descrentes.
“A PRESENÇA DO ESPÍRITO É
INDISPENSÁVEL NA VIDA DO CRISTÃO
Para ser um cristão comprometido, compreender a Bíblia,
manter uma vida de oração, viver em santidade, testemunhar
e atuar no ministério de acordo com a direção de Deus
precisamos da presença e direção do Espírito.
“
▣ Habita no corpo (I Co. 6.19);
▣ Ilumina a mente (I Co. 2.10);
▣ Conforta (At. 9.31);
▣ Guia (Jo.16.13);
▣ Santifica ( II Co. 3.18 – I Pe. 1. 15 e 16);
▣ Ajuda em nossas fraquezas (Rm. 8.26);
▣ Tem efeito positivo em todas as áreas de nossa
vida (Ef. 5 e 6 – Santidade Cristã)
O Espírito Santo
“A PRESENÇA DO ESPÍRITO É
INDISPENSÁVEL NA VIDA DA IGREJA
▣ Envia Missionários (13.2 a 4 – 20.28);
▣ Qualifica pessoas para o exercício da obra
(6,3 – 11.22 a 24);
▣ Revela onde a igreja está errando (5.3 e 9);
▣ Ajuda a suportar a perseguição (7.55 e 56 –
13.49 a 52 – 20.22 e 23);
▣ Tem autoridade (13.8 a 12);
▣ Obedece a autoridade do Espírito Santo
(16.6 – 20.22);
Uma Igreja onde o Espírito Santo atua, ela:
O Espírito Santo é uma pessoa e podemos nos
relacionar com ele:
Ele fala: Ap. 2.7 – At. 13.2;
Ele intercede: Rm. 8.26;
Ele testifica (atesta sobre Jesus): Jo. 15.26;
Ele guia: At. 8.29 - Rm. 8.14;
Ele ordena: At. 16. 6 a 9;
Ele Conduz: Jo. 16.13;
Ele nomeia: At. 20.28.
Se não estivermos firmes na fé, podemos:
Mentir para ele: At. 5. 3 e 4;
Insultá-lo: Hb. 10.29;
Blasfemar contra ele: Mt. 12. 31 e 32;
Entristecê-lo: Ef. 4.30.
Quando
preenchermos o
nosso vazio com a
presença do Espírito,
coisas maravilhosas e
extraordinárias
acontecerão primeiro
em nós, e depois
através de nós.
PERGUNTAS PARA DISCUSSÃO
1) Nossas Igrejas estão sendo marcadas por uma ação
intensa do Espírito Santo? Caso a resposta seja sim,
relate algumas evidências. Caso a resposta seja não,
quais os motivos? O que podemos fazer? E nossas
famílias?
2) Nossa mensagem tem seguido na mesma direção do
sermão de Pedro? O que temos visto em nossos dias:
arrependimento ou remorso? Conversão ou adesão?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula de pneumatologia
Aula de pneumatologiaAula de pneumatologia
Aula de pneumatologia
Alberto Nery
 
Fechamento da porta da graça iasd iguatemi
Fechamento da porta da graça iasd iguatemiFechamento da porta da graça iasd iguatemi
Fechamento da porta da graça iasd iguatemi
Ezequiel Gomes
 
estudo biblico
estudo biblicoestudo biblico
estudo biblico
valmarques
 

Mais procurados (20)

02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas
 
Doutrina do Pecado
Doutrina do Pecado Doutrina do Pecado
Doutrina do Pecado
 
Apocalipse
ApocalipseApocalipse
Apocalipse
 
Evangelismo
EvangelismoEvangelismo
Evangelismo
 
Lição 07 - A Salvação pela Graça
Lição 07 - A Salvação pela GraçaLição 07 - A Salvação pela Graça
Lição 07 - A Salvação pela Graça
 
Lição 12 – Vivendo em Constante Vigilância
Lição 12 – Vivendo em Constante VigilânciaLição 12 – Vivendo em Constante Vigilância
Lição 12 – Vivendo em Constante Vigilância
 
Aula de pneumatologia
Aula de pneumatologiaAula de pneumatologia
Aula de pneumatologia
 
Fechamento da porta da graça iasd iguatemi
Fechamento da porta da graça iasd iguatemiFechamento da porta da graça iasd iguatemi
Fechamento da porta da graça iasd iguatemi
 
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoLição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de Cristo
 
estudo biblico
estudo biblicoestudo biblico
estudo biblico
 
Marcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa MaduraMarcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa Madura
 
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de FéLição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
 
Doutrina do homem
Doutrina do homemDoutrina do homem
Doutrina do homem
 
Lição 8 O perigo de ser enganado por falsos profetas
Lição 8 O perigo de ser enganado por falsos profetasLição 8 O perigo de ser enganado por falsos profetas
Lição 8 O perigo de ser enganado por falsos profetas
 
QUEM É O ESPIRITO SANTO
QUEM É O ESPIRITO SANTOQUEM É O ESPIRITO SANTO
QUEM É O ESPIRITO SANTO
 
O Evangelismo e a igreja.ppt
O Evangelismo e a igreja.pptO Evangelismo e a igreja.ppt
O Evangelismo e a igreja.ppt
 
Isaías 9.6-7
Isaías 9.6-7Isaías 9.6-7
Isaías 9.6-7
 
Atos
AtosAtos
Atos
 
Dons espirituais
Dons espirituaisDons espirituais
Dons espirituais
 
O Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaO Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da Igreja
 

Semelhante a Atos Lição 2 - Cheios do Espírito Santo

Dons de elocução - Lição 5 - 2°trimestre 2014
Dons de elocução - Lição 5 - 2°trimestre 2014Dons de elocução - Lição 5 - 2°trimestre 2014
Dons de elocução - Lição 5 - 2°trimestre 2014
Pr. Andre Luiz
 
3009615 dons-do-espirito-santo
3009615 dons-do-espirito-santo3009615 dons-do-espirito-santo
3009615 dons-do-espirito-santo
Antonio Ferreira
 
Evangelismo efetivo retrato
Evangelismo efetivo   retratoEvangelismo efetivo   retrato
Evangelismo efetivo retrato
Vinicio Pacifico
 
Dons-Espirituais-Ministeriais-Assistenciais.pdf
Dons-Espirituais-Ministeriais-Assistenciais.pdfDons-Espirituais-Ministeriais-Assistenciais.pdf
Dons-Espirituais-Ministeriais-Assistenciais.pdf
Pecador Confesso
 

Semelhante a Atos Lição 2 - Cheios do Espírito Santo (20)

Lição 10 - As manifestações do Espírito Santo
Lição 10 - As manifestações do Espírito SantoLição 10 - As manifestações do Espírito Santo
Lição 10 - As manifestações do Espírito Santo
 
Dons de elocução - Lição 5 - 2°trimestre 2014
Dons de elocução - Lição 5 - 2°trimestre 2014Dons de elocução - Lição 5 - 2°trimestre 2014
Dons de elocução - Lição 5 - 2°trimestre 2014
 
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely LageO que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
 
Apostila de dons espirituais
Apostila de dons espirituaisApostila de dons espirituais
Apostila de dons espirituais
 
E.b.d adultos 3ºtrimestre 2017 lição 10
E.b.d   adultos 3ºtrimestre 2017 lição 10E.b.d   adultos 3ºtrimestre 2017 lição 10
E.b.d adultos 3ºtrimestre 2017 lição 10
 
Batismo no espirito santo
Batismo no espirito santoBatismo no espirito santo
Batismo no espirito santo
 
Ev efetivo 005
Ev efetivo 005Ev efetivo 005
Ev efetivo 005
 
Dons do Espírito Santo
Dons do Espírito SantoDons do Espírito Santo
Dons do Espírito Santo
 
As Manifestações do Espírito Santo - Lição 10 – CPAD – 3 Trim./2017
As Manifestações do Espírito Santo - Lição 10 – CPAD – 3 Trim./2017As Manifestações do Espírito Santo - Lição 10 – CPAD – 3 Trim./2017
As Manifestações do Espírito Santo - Lição 10 – CPAD – 3 Trim./2017
 
Ev efetivo 005
Ev efetivo 005Ev efetivo 005
Ev efetivo 005
 
Lição 12 - Dons Espirituais
Lição 12 - Dons EspirituaisLição 12 - Dons Espirituais
Lição 12 - Dons Espirituais
 
missionária help e pastor Ayjalon silva os dons espirituais
missionária help e pastor Ayjalon silva os dons espirituaismissionária help e pastor Ayjalon silva os dons espirituais
missionária help e pastor Ayjalon silva os dons espirituais
 
Ebd lição 01
Ebd   lição 01Ebd   lição 01
Ebd lição 01
 
3009615 dons-do-espirito-santo
3009615 dons-do-espirito-santo3009615 dons-do-espirito-santo
3009615 dons-do-espirito-santo
 
Evangelismo efetivo retrato
Evangelismo efetivo   retratoEvangelismo efetivo   retrato
Evangelismo efetivo retrato
 
4º módulo 4ª aula
4º módulo   4ª aula4º módulo   4ª aula
4º módulo 4ª aula
 
4º módulo 4ª aula
4º módulo   4ª aula4º módulo   4ª aula
4º módulo 4ª aula
 
Dons-Espirituais-Ministeriais-Assistenciais.pdf
Dons-Espirituais-Ministeriais-Assistenciais.pdfDons-Espirituais-Ministeriais-Assistenciais.pdf
Dons-Espirituais-Ministeriais-Assistenciais.pdf
 
Lição 08- A Igreja e Os Dons Espirituais
Lição 08- A Igreja e Os Dons EspirituaisLição 08- A Igreja e Os Dons Espirituais
Lição 08- A Igreja e Os Dons Espirituais
 
Vida devocional 2
Vida devocional 2Vida devocional 2
Vida devocional 2
 

Mais de Cleide Corrêa

Mais de Cleide Corrêa (15)

Mensagem Missionária - A visão de Pedro e a conversão de Cornélio
Mensagem Missionária - A visão de Pedro e a conversão de CornélioMensagem Missionária - A visão de Pedro e a conversão de Cornélio
Mensagem Missionária - A visão de Pedro e a conversão de Cornélio
 
Romanos Lição 13 - Cristãos exemplares
 Romanos Lição 13 - Cristãos exemplares Romanos Lição 13 - Cristãos exemplares
Romanos Lição 13 - Cristãos exemplares
 
Romanos Lição 12 - As autoridades e a posição do crente
Romanos Lição 12 - As autoridades e a posição do crenteRomanos Lição 12 - As autoridades e a posição do crente
Romanos Lição 12 - As autoridades e a posição do crente
 
Romanos Lição 11 - Cuidado com os fracos na fé
Romanos Lição 11 - Cuidado com os fracos na féRomanos Lição 11 - Cuidado com os fracos na fé
Romanos Lição 11 - Cuidado com os fracos na fé
 
Romanos Lição 10 - Israel no plano de deus
Romanos Lição 10 - Israel no plano de deusRomanos Lição 10 - Israel no plano de deus
Romanos Lição 10 - Israel no plano de deus
 
Atos Lição 4 - Resistindo às investidas do inimigo
Atos Lição 4 - Resistindo às investidas do inimigoAtos Lição 4 - Resistindo às investidas do inimigo
Atos Lição 4 - Resistindo às investidas do inimigo
 
Atos Lição 3 - Em nome de Jesus Cristo
Atos Lição 3 - Em nome de Jesus CristoAtos Lição 3 - Em nome de Jesus Cristo
Atos Lição 3 - Em nome de Jesus Cristo
 
Atos Lição 1 - Resgatando a visão missionária
Atos Lição 1 - Resgatando a visão missionáriaAtos Lição 1 - Resgatando a visão missionária
Atos Lição 1 - Resgatando a visão missionária
 
Lição 9 - Bênçãos sem medida
Lição 9 - Bênçãos sem medidaLição 9 - Bênçãos sem medida
Lição 9 - Bênçãos sem medida
 
Lição 8 - Esperança, intercessão e eleição
Lição 8 - Esperança, intercessão e eleiçãoLição 8 - Esperança, intercessão e eleição
Lição 8 - Esperança, intercessão e eleição
 
Lição 7 - A graça produz vida nova
Lição 7 -  A graça produz vida novaLição 7 -  A graça produz vida nova
Lição 7 - A graça produz vida nova
 
Romanos lição 4 - Abraão - Alcançado pela justificação
Romanos lição 4 - Abraão - Alcançado pela justificaçãoRomanos lição 4 - Abraão - Alcançado pela justificação
Romanos lição 4 - Abraão - Alcançado pela justificação
 
Romanos lição 2 - Desvios morais - ontem e hoje
Romanos lição 2 - Desvios morais - ontem e hojeRomanos lição 2 - Desvios morais - ontem e hoje
Romanos lição 2 - Desvios morais - ontem e hoje
 
Romanos lição 1 - Apresentando o Evangelho
Romanos lição 1  - Apresentando o EvangelhoRomanos lição 1  - Apresentando o Evangelho
Romanos lição 1 - Apresentando o Evangelho
 
A igreja que somos, a igreja que queremos ser.
A igreja que somos, a igreja que queremos ser.A igreja que somos, a igreja que queremos ser.
A igreja que somos, a igreja que queremos ser.
 

Último

Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
StelaWilbert
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
MilyFonceca
 

Último (13)

Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoHermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - ApresentaçãoCurso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
 

Atos Lição 2 - Cheios do Espírito Santo

  • 1. Lição 2 “Cheios do Espírito Santo” Atos 2
  • 2. Para que a Igreja cumpra a sua missão e consiga resistir às pressões impostas pela sociedade, é necessário que o Espírito Santo tenha livre acesso
  • 3. Divisão do Capítulo 2 1) A descida do Espírito Santo; 2)O Discurso de Pedro; 3)As primeiras conversões
  • 4. O DIA DE PENTECOSTES Evento que acontecia 50 dias após o sábado da semana da páscoa. Todos os homens estavam na obrigação de comparecer ao santuário central (Lv 23.21)
  • 5. ““O Pentecostes não foi um acontecimento casual, mas uma agenda estabelecida por Deus desde a eternidade. Como o Calvário, o Pentecostes foi um acontecimento único e irrepetível. O Espírito Santo foi enviado, a fim de estar para sempre com a Igreja.”
  • 6. A descida do espírito santo 1) Foi uma profecia feita por Joel ( Jl. 2.28 a 32) 2) Foi uma promessa feita por Jesus (Jo. 14.26 – 15.26) 3) Aconteceu num momento muito importante em que vários povos estavam reunidos em um só lugar – Aproximadamente 18 povos (vv. 9 a 11); 4) Falaram, pregaram o evangelho em diversas línguas (idiomas), línguas dos povos presentes ali, ou seja, não falaram em línguas estranhas (vv. 4 a 6); 5) Naquele dia se converteram 3000 almas (v.41).
  • 7. I Coríntios 14. 1 a 6; 9; 13 e 14; 18 e 19; 22. Sobre o dom de línguas Portanto, esforcem-se para ter amor. Procurem também ter dons espirituais, especialmente o de anunciar a mensagem de Deus. Quem fala em línguas estranhas fala a Deus e não às pessoas, pois ninguém o entende. Pelo poder do Espírito Santo ele diz verdades secretas. Porém quem anuncia a mensagem de Deus fala para as pessoas, ajudando-as e dando-lhes coragem e consolo. Quem fala em línguas estranhas ajuda somente a si mesmo, mas quem anuncia a mensagem de Deus ajuda a igreja toda. Eu gostaria que vocês todos falassem em línguas estranhas, mas gostaria ainda mais que tivessem o dom de anunciar a mensagem de Deus. Porque quem anuncia a mensagem de Deus tem mais valor do que quem fala em línguas estranhas, a não ser que esteja ali alguém que possa interpretar o que está sendo dito, para que toda a igreja seja ajudada espiritualmente. Por isso, irmãos, quando eu os visitar, que proveito vocês terão se eu lhes falar em línguas estranhas? É claro que nenhum, a não ser que leve a vocês alguma revelação de Deus, ou algum conhecimento, ou alguma mensagem inspirada, ou algum ensinamento.
  • 8. Assim, também, como é que os outros vão entender o que vocês estão dizendo se a mensagem por meio de línguas estranhas não for clara? Vocês estariam falando para o vento! Portanto, quem fala em línguas estranhas deve orar pedindo a Deus que lhe dê o dom de interpretar o que elas querem dizer. Porque, se eu orar em línguas estranhas, o meu espírito, de fato, estará orando, mas a minha inteligência não tomará parte nisso. Eu agradeço a Deus porque falo em línguas estranhas muito mais do que vocês. Porém nas reuniões da igreja prefiro dizer cinco palavras que possam ser entendidas, para assim ensinar os outros, do que dizer milhares de palavras em línguas estranhas. Portanto, o dom de falar em línguas estranhas é um sinal de Deus para os descrentes e não para os cristãos. Mas o dom de anunciar a mensagem de Deus é um sinal para os cristãos e não para os descrentes.
  • 9. “A PRESENÇA DO ESPÍRITO É INDISPENSÁVEL NA VIDA DO CRISTÃO Para ser um cristão comprometido, compreender a Bíblia, manter uma vida de oração, viver em santidade, testemunhar e atuar no ministério de acordo com a direção de Deus precisamos da presença e direção do Espírito.
  • 10. “ ▣ Habita no corpo (I Co. 6.19); ▣ Ilumina a mente (I Co. 2.10); ▣ Conforta (At. 9.31); ▣ Guia (Jo.16.13); ▣ Santifica ( II Co. 3.18 – I Pe. 1. 15 e 16); ▣ Ajuda em nossas fraquezas (Rm. 8.26); ▣ Tem efeito positivo em todas as áreas de nossa vida (Ef. 5 e 6 – Santidade Cristã) O Espírito Santo
  • 11. “A PRESENÇA DO ESPÍRITO É INDISPENSÁVEL NA VIDA DA IGREJA
  • 12. ▣ Envia Missionários (13.2 a 4 – 20.28); ▣ Qualifica pessoas para o exercício da obra (6,3 – 11.22 a 24); ▣ Revela onde a igreja está errando (5.3 e 9); ▣ Ajuda a suportar a perseguição (7.55 e 56 – 13.49 a 52 – 20.22 e 23); ▣ Tem autoridade (13.8 a 12); ▣ Obedece a autoridade do Espírito Santo (16.6 – 20.22); Uma Igreja onde o Espírito Santo atua, ela:
  • 13. O Espírito Santo é uma pessoa e podemos nos relacionar com ele: Ele fala: Ap. 2.7 – At. 13.2; Ele intercede: Rm. 8.26; Ele testifica (atesta sobre Jesus): Jo. 15.26; Ele guia: At. 8.29 - Rm. 8.14; Ele ordena: At. 16. 6 a 9; Ele Conduz: Jo. 16.13; Ele nomeia: At. 20.28.
  • 14. Se não estivermos firmes na fé, podemos: Mentir para ele: At. 5. 3 e 4; Insultá-lo: Hb. 10.29; Blasfemar contra ele: Mt. 12. 31 e 32; Entristecê-lo: Ef. 4.30.
  • 15. Quando preenchermos o nosso vazio com a presença do Espírito, coisas maravilhosas e extraordinárias acontecerão primeiro em nós, e depois através de nós.
  • 16. PERGUNTAS PARA DISCUSSÃO 1) Nossas Igrejas estão sendo marcadas por uma ação intensa do Espírito Santo? Caso a resposta seja sim, relate algumas evidências. Caso a resposta seja não, quais os motivos? O que podemos fazer? E nossas famílias? 2) Nossa mensagem tem seguido na mesma direção do sermão de Pedro? O que temos visto em nossos dias: arrependimento ou remorso? Conversão ou adesão?